Volta para página inicial
Últimas Notícias

Litoral Norte, 06 de maio de 2000 Arquivo

Retorno de Zizinho derruba secretários
Servidores acompanham o retorno
Andrade volta à presidência da Câmara
Antônio Carlos se mantém com 4º melhor prefeito de SP
Pescadores preparam festa para a temporada do camarão
XV decide viajar no dia do jogo
Ubatuba tem torneio municipal

 

Retorno de Zizinho derruba secretários
Prefeito de Ubatuba festeja retorno e faz críticas a adversários em discurso de posse

O retorno de Zizinho Vigneron (PPS) à Prefeitura de Ubatuba na tarde de ontem foi acompanhada por servidores e simpatizantes. Logo depois de assumir o cargo, os 21 secretários e assessores do PFL nomeados durante seu afastamento pediram exoneração. Zizinho e o presidente da Câmara fizeram uma posse simbólica. A rampa da prefeitura ficou lotada de servidores municipais e simpatizantes do prefeito que foram acompanhar ato. O prefeito já havia ido de manhã à prefeitura onde fez fotos oficiais no gabinete.
Para o vereador Andrade Henrique dos Santos (PFL), prefeito em exercício durante o afastamento do Zizinho, a volta do prefeito era tida como certa, por isso não havia o que lamentar. Ele voltou à Câmara onde tomou posse como presidente do Legislativo. Em sua primeira entrevista após a posse, Zizinho disse que os 127 dias que ficou afastado serviram para refletir sobre tudo o que aconteceu antes de seu afastamento. "Minha meta a partir de agora é desenvolver a economia do município", disse. Como primeiro ato dessa sua nova fase, ele disse que este será o Ano Municipal do Turismo. Ele disse que espera a cooperação de outras entidades como Associação Comercial e Industrial, Sindicato dos Hoteleiros e vereadores.
Durante o discurso de posse, o prefeito se emocionou e pediu para que seus inimigos declarados o deixasse trabalhar, "para o bem do município". "Sei que na calada da noite ainda vão tentar me derrubar, mas eu vou colocar a cidade para frente." Entre seus desafetos, ele citou Vicente Malta Plagiuso, ex-secretário de Assuntos Jurídicos. Procurado pelo ValeParaibano, o advogado disse que não é ele quem responde na Justiça por suposta fraude eleitoral. Zizinho conseguiu o direito de voltar à prefeitura após decisão do ministro Franciulli Netto, do STJ (Superior Tribunal de Justiça), que derrubou liminar concedida pelo Tribunal de Justiça à Promotoria de Ubatuba. Essa última moveu ação civil para investigar fraude eleitoral em 95, quando Zizinho teria se desfiliado do PMN para o PRP fora do prazo.

Servidores acompanham o retorno

O clima ontem na Prefeitura de Ubatuba era de intranqüilidade e euforia. Servidores e representantes da comunidade foram acompanhar o retorno do prefeito Zizinho Vigneron (PPS). O presidente da Associação dos Moradores do Vale do Sol, Crispim Correa Guimarães, disse que desde o afastamento de Vigneron houve uma decadência no bairro. Para a dona-de-casa Neusa Costa a decisão do STJ coloca um ponto final na crise administrativa que a cidade estava passando. O presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), subseção Ubatuba, Luiz Celso Rocha, disse que toda a mudança pela qual o município passou foi ruim para o seu crescimento. "Com a decisão da Justiça, esperamos que Ubatuba comece a se desenvolver."

Andrade volta à presidência da Câmara

O vereador Andrade Henrique dos Santos (PFL) assumiu ontem a presidência da Câmara de Ubatuba após entregar o cargo de prefeito a Zizinho Vigneron (PPS). Andrade considerou correta a decisão do STJ em derrubar a liminar que impedia o prefeito de administrar a cidade e disse que fez o possível para tocar os projetos pendentes. Nos 119 dias em que exerceu o cargo de prefeito, Andrade enfrentou sua maior polêmica após anunciar que iria extinguir a Fundart (Fundação de Arte e Cultura de Ubatuba). Ele justificou que a fundação não mudaria de função e sim de nome para que o prefeito pudesse saber onde o dinheiro estava sendo investido. Andrade disse que mesmo após a experiência não tem intenção de sair candidato a prefeito. "Eu sou vereador e é assim que pretendo continuar."

Antônio Carlos se mantém com 4º melhor prefeito de SP

O prefeito de Caraguatatuba, Antonio Carlos da Silva (PSDB), comemorou ontem o resultado da pesquisa ValeParaibano/Brasmarket, que o manteve como o quarto melhor prefeito do Estado de São Paulo. Segundo Antonio Carlos, a classificação aumenta sua responsabilidade à frente da administração pública. "As melhorias realizadas em infra-estrutura na cidade também colaboraram para o reconhecimento do nosso trabalho e esforço. Caraguá ainda tem carências e necessidades, mas são problemas que já estamos tentando sanar", afirmou o prefeito, que é candidato à reeleição.
Segundo ele, um dos fatores que colaborou para sua classificação na pesquisa foi a valorização da educação no município. "Caraguá vem crescendo a uma taxa de 5% ao ano nos últimos oito anos e o reflexo disso é imediato, como a construção de moradias em área de risco, por exemplo. Estamos trabalhando para minimizar esse problema." O prefeito citou o desemprego e habitação como principais problemas enfrentados pelo seu governo. Favorito para a corrida eleitoral, ele disse que o reconhecimento da população é reflexo das suas ações nos quatro anos de administração. Com relação ao desemprego, Antonio Carlos disse que o fortalecimento do turismo, determinado como meta em sua administração, vem colaborando para a redução dos reflexos da falta de oferta de postos de trabalho.
NÚMEROS - Antonio Carlos da Silva obteve um fator de excelência de 172,7 pontos. Sua administração é aprovada por 86,6% da população. O prefeito também é recordista no percentual de ótimo (13,1%) e bom (33,8%) entre os prefeitos pesquisados na região. Político habilidoso, o prefeito fez um acordo com o governo do Estado em janeiro deste ano para receber uma dívida de R$ 59 milhões referentes a uma dívida de desapropriação do Parque Estadual da Serra do Mar, o que gerou recursos para o município. Em Caraguá, os partidos de oposição pretendem lançar a candidatura do ex-vereador Alvaro Alencar Trindade (PDT) para disputar a prefeitura local.

Pescadores preparam festa para a temporada do camarão

Os pescadores de Caraguatatuba se preparam para o final do defeso do camarão, período que impede a pesca do produto, e para as festividades do 3º Festival do Camarão, que acontece de 19 e 21 de maio. O evento, que já faz parte do calendário turístico da cidade, vende camarão fresco mais barato. Hoje, o camarão o quilo do camarão é vendido a R$ 6. Durante o festival o preço deve ser inferior a R$ 2. A região é responsável pela pesca de cerca de 10 toneladas de camarão.
Uma parceria entre a prefeitura, a colônia e Associação dos Pescadores do Camaroeiro, vai permitir a instalação de barracas para a venda do camarão na praia do centro. A idéia é atrair um maior número de turistas para a cidade durante o festival.
Segundo a presidente da Fundacc (Fundação de Arte e Cultura de Caraguá), Heloisa Antunes, no dia 15 de maio acontece a cerimônia Barcos ao Mar, onde será dada uma benção para todos os pescadores que saírem ao mar no dia seguinte. A abertura oficial acontece no dia 19, quando os pescadores retornam com seus barcos carregados de camarão. A festa também terá
artesanato caiçara.

XV decide viajar no dia do jogo

O XV de Caraguatatuba desistiu de viajar hoje para a região de Ribeirão Preto, onde amanhã à tarde visitará o Sertãozinho pela Série B-1. As limitações financeiras do departamento de futebol não permitiram despesas com a hospedagem, que poderiam variar entre R$ 800 e R$ 1.300. "É uma pena, mas temos que viver de acordo com as nossas possibilidades", disse o presidente e técnico da equipe, Eduardo Gonçalves. Amanhã, bem cedo, os jogadores saem do alojamento e passam na padaria Capri, que tem fornecido gratuitamente o café. O estabelecimento é do ex-lateral Clóvis, jogador do Corinthians nos anos 60 e de Tuca, ex-diretor do São José. Em seguida, e com um ônibus cedido pela prefeitura, a delegação embarca para aproximadamente sete horas de viagem.

Ubatuba tem torneio municipal

A 3ª etapa do Circuito Municipal de Surfe de Ubatuba acontece hoje e amanhã, na Praia Grande, com as disputas das categorias júnior, mirim, iniciantes, estreantes e petit. O atual líder da categoria júnior, Eduardo Silva, não participará da etapa, pois está se recuperando de um atropelamento. Com a ausência de "Eduardinho", Saulo Júnior - líder do paulista júnior - e Edigley Santos - atual líder do brasileiro mirim - são os favoritos para assumir a liderança do ranking. Outros destaques da competição são os atletas Hizunomê Bettero, que lidera as categorias mirim e iniciantes, além de Pierre Romann, líder da estreantes e Matheus Toledo, 9 anos, que lidera a categoria petit.

(Fonte: ValeParaibano)

Receba as Últimas Notícias do Litoral Virtual via e-mail!
e-mail:
Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Truckmodelismo Brasil Studio Maranduba

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba
Conheça as cidades do Litoral Norte:
Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba
Home Litoral Virtual - Home Page
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet

info@litoralvirtual.com.br
©1995/2010 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor

Sites do grupo: Litoral Virtual - Jornal Maranduba - PanoTour - Caraguá - Maranduba - Maré Legal - Truckmodelismo Brasil - ECampi