Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Segunda-feira, 06 de novembro de 2000 - Nº 161 Arquivo
Giorgio Restaurante American Bar
Truckmodelismo Brasil
  
Receba as Últimas Notícias do Litoral via e-mail!
e-mail:
Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Principais Manchetes:

Óleo vaza no canal de S. Sebastião
Verba do Estado garante novo visual para praias
Ubatuba quer mudar a lei para permitir prédio alto
São Sebastião rejeita os espigões
Caraguá tem déficit de 4.000 moradias
Bala perdida atinge turistas na praia
2º Salão de Artes Plásticas de Caraguatatuba
3ª Travessia Ilhabela - Caraguatatuba 2000


Óleo vaza no canal de S. Sebastião

São Sebastião - Um acidente de manobra do navio Virgínia 2 no Tebar (Terminal Marítimo Almirante Barroso), em São Sebastião, provocou vazamento de óleo no mar ontem, por volta das 10h. Até as 17h, nenhuma praia havia sido atingida.
O navio bateu no pier quando se preparava para atracar, o que resultou em uma fissura no casco. A mancha se estendeu por 150 metros de comprimento e 50 de largura no Canal de São Sebastião.
A assessoria do Tebar informou que foram colocadas barreiras para evitar que o óleo se espalhasse.
A Cetesb e a Petrobras não souberam informar qual o volume de óleo que atingiu o mar. Segundo a Cetesb, técnicos fariam um sobrevôo no final da tarde de ontem para avaliar a quantidade de óleo que pode ter vazado e possíveis riscos a praias. (Fonte: ValeParaibano)

Verba do Estado garante novo visual para praias
Cidades remodelam orla criando áreas para estacionamento e lazer

Caraguatatuba - As principais praias do Litoral Norte vão ganhar cara nova para a próxima temporada. As prefeituras estão investindo cerca de R$ 3,3 milhões na reurbanização da orla. As obras já começaram em duas cidades, Ubatuba e Caraguatatuba.
Algumas idéias são comuns em quase todos os projetos --as prefeituras priorizaram a construção de bolsões de estacionamento. A medida será adotada nas praias Grande e Maranduba (Ubatuba), e Boiçucanga (São Sebastião).
Paisagismo e ciclovia fazem parte do projeto para mudar o visual da Indaiá e Praia das Palmeiras (Caraguatatuba) e Barra Velha à Vila (Ilhabela).
A maior parte dos recursos para a execução dessas obras está sendo repassada pelo Dade (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias), órgão ligado à Secretaria de Esportes e Turismo, do governo do Estado.
Só para Ubatuba foram repassados cerca de R$ 800 mil para a execução da primeira fase dos projetos. Parte do estacionamento da praia Grande já está sendo usada pelos turistas. Segundo o secretário municipal de Arquitetura e Urbanismo, João Paulo Rolim, as outras etapas devem ser executadas na próxima gestão, mas o recurso já foi pedido.
Em Caraguá está sendo executada a maior obra, com a urbanização da orla entre as praias do Indaiá e Palmeiras, em uma extensão de cerca de 3,5 quilômetros e custo de R$ 1,4 milhão.
O prefeito Antônio Carlos da Silva (PSDB), disse que além da ciclovia e pavimentação da avenida beira-mar, será construída outra pista de rolamento, como foi feito na avenida da praia, além de galerias pluviais.
Ele afirmou que no próximo ano dará início à urbanização da praia Martin de Sá, uma das mais frequentadas da cidade, que terá como principal alteração a implantação da mão única. Também foi elaborado um projeto que prevê mudanças paisagísticas e instalação de equipamentos de lazer.
A praia do Massaguaçu também entra na lista das que serão reformadas na próxima gestão de Antônio Carlos. Considerada a melhor praia para a pratica de pesca de arremesso, ela terá uma estrutura especial para os usuários.
ESPERA - Após vários anos de espera, a Soab (Sociedade Amigos de Boiçucanga) terá a reforma da orla da praia.
Como o recurso --R$ 585 mil-- demorou a sair, o projeto ficou pronto no segundo semestre. Segundo o presidente da entidade, Alcyr Toledo Vianna, as obras só começam após o Carnaval. "Não podemos atrapalhar o nosso turista."
Ilhabela também está com projeto para a reurbanização da região central. De acordo com a prefeita Nilce Signorini (PDT), foi feito um concurso para a escolha do arquiteto que fará o projeto de reurbanização.
O município recebeu verba de R$ 540 mil do Dade para o projeto, que prevê a reurbanização desde a balsa, na Barra Velha, até a Vila, no centro, em um trecho de seis quilômetros. A reforma vai incluir ciclovia. (Fonte: ValeParaibano)

Ubatuba quer mudar a lei para permitir prédio alto
Prefeito eleito defende fim da restrição; ambientalistas protestam

Ubatuba - A Prefeitura de Ubatuba pretende alterar a legislação municipal para permitir a construção de prédios de mais de quatro andares no município. Atualmente, a verticalização acima desse patamar é proibida. A proposta do prefeito eleito de Ubatuba, Paulo Ramos (PFL), deverá ser enviada à Câmara no início de 2001.
Ramos alega que a alteração vai permitir maior atração de investimentos do setor de turismo em Ubatuba, além de ajudar a resolver o déficit habitacional no município.
"A nossa intenção é discutir essas propostas com entidades ambientalistas e outros setores da sociedade que tenham interesse no assunto. A verticalização dará um novo impulso à cidade", disse Ramos.
Segundo o prefeito eleito, ele está mantendo contatos com grupos de hotéis cinco estrelas que já teriam demonstrado interesse em construir prédios na cidade.
"Um desses grupos já demonstrou interesse em construir em Ubatuba, mas três andares seriam usados apenas para entretenimento e lazer. Com essa restrição atual de quatro pavimentos, o projeto fica inviabilizado", afirmou.
Segundo Ramos, o incentivo ao turismo é uma das suas principais preocupações. Ele pretende incentivar o ecoturismo em Ubatuba e criar parcerias com os quatro prefeitos do Litoral Norte para alavancar o setor.
CAMPANHA - Entidades ambientalistas de Ubatuba já estão se organizando contra o projeto de verticalização, proposto por Paulo Ramos.
Os grupos iniciaram uma campanha para esclarecer à população sobre os supostos problemas que a verticalização pode ocasionar.
Para o representante do Litoral Norte no Consema (Conselho Estadual de Meio Ambiente) e diretor da Cooperativa de Saneamento da Praia Grande, Alvaro Campos de Oliveira, a proposta visa apenas a "atender interesses comerciais".
"A cidade não tem nenhuma infra-estrutura para esse tipo de projeto. O tratamento de esgoto é muito restrito e há falta constante de água. Ubatuba não oferece suporte para isso", afirmou.
A ambientalista Juliana Marcondes Bussolatti, do Movimento de Defesa de Ubatuba, afirma que todas as entidades ligadas ao setor são contrárias ao projeto.
"Antes de se falar nessa questão é preciso definir a Lei de Zoneamento que está em tramitação na Câmara. Hoje, 80% do município é considerado área de preservação ambiental. O próprio solo de Ubatuba não é recomendado para este tipo de construção."
CÂMARA - O atual presidente da Câmara, Andrade Henrique dos Santos (PFL), aliado de Paulo Ramos, acredita na aprovação do projeto de lei.
"Algumas pessoas são contra, mas não se pode brecar o progresso. Depois não adianta reclamar da situação financeira de Ubatuba", afirmou. Dos atuais 13 vereadores, Ubatuba reelegeu apenas quatro parlamentares. (Fonte: ValeParaibano)

São Sebastião rejeita os espigões

São Sebastião - O prefeito eleito de São Sebastião, Paulo Julião (PSDB), descarta a mudança na legislação municipal para possibilitar a construção de prédios na cidade. Atualmente, a legislação restringe as construções em São Sebastião a nove metros de altura.
Segundo Julião, o município possui ainda muitas áreas que podem ser ocupadas e a verticalização descaracterizaria a arquitetura da cidade, principalmente o centro.
"O que vamos propor na área de turismo são ações integradas entre os quatro municípios para explorar melhor o imenso potencial do Litoral Norte como um todo", afirmou.
Segundo Julião, uma das alternativas para incentivar o turismo seria a adoção de um calendário único. "Com esse tipo de evento, se integraria a região, fazendo com que as pessoas circulassem por todas as cidades", afirmou.
De acordo com Julião, apenas 20% dos turistas que utilizam a rodovia dos Tamoios (São José-Caraguá) vêm para São Sebastião e Ilhabela. "O governo do Estado está fazendo algumas melhorias para facilitar o acesso a São Sebastião, que é feito principalmente pelas rodovias Anchieta/Imigrantes e Mogi/Bertioga. (Fonte: ValeParaibano)

Caraguá tem déficit de 4.000 moradias

Caraguatatuba - Apesar da liberação da construção de prédios a partir da gestão do ex-prefeito Sidney Trombini (PMDB), Caraguatatuba convive com um déficit de pelo menos 4.000 moradias, segundo dados da própria prefeitura.
Em Caraguá, a legislação municipal permite a construção de prédios de até 12 andares.
Neste ano, foram liberados cerca de R$ 90 mil para o setor de habitação, mas a maior parte dos investimentos em moradias populares ficou por conta de cooperativas e da iniciativa privada. Foram construídas cerca de 500 unidades neste ano.
O prefeito reeleito, Antonio Carlos da Silva (PSDB), afirma que pretende fazer parcerias com a estatal CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano) em 2001 para tentar reverter o déficit habitacional.
Para tentar alavancar o turismo, o prefeito está propondo o incentivo ao esportes náuticos e a instalação de um aeroporto regional.
Uma comissão de engenheiros do Instituto de Aviação Civil, Serviço Regional de Proteção ao Vôo e Serviço Regional de Engenheiros esteve na cidade na última terça-feira para vistoriar uma área para o aeroporto. A idéia é trazer o turista para a região por meio de vôos fretados. (Fonte: ValeParaibano)

Bala perdida atinge turistas na praia

Caraguatatuba - O mecânico Robert William Corrêa da Silva Santos, de 19 anos, e o estudante Carlos Guilherme Alves Pereira, de 21, foram vítimas de bala perdida na madrugada de sábado, na Praia Martim de Sá, em Caraguatatuba. Eles estavam próximos ao Bar Cavalo de Fogo quando aconteceu o tiroteio. Robert foi atingido no braço direito e no lado direito do peito, enquanto Carlos Guilherme foi ferido no braço direito. Eles foram socorridos por policiais até o PS (Pronto Socorro) de Caraguatatuba, onde até o fechamento desta edição estavam internados em observação. (Fonte: ValeParaibano)

2º Salão de Artes Plásticas de Caraguatatuba

Caraguatatuba - Estão abertas as inscrições para o 2º Salão oficial de Artes Plásticas de Caraguatatuba, evento que faz parte do projeto Verão 2001. As inscrições podem ser feitas até o dia 14 de novembro na sede da Fundacc-Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba, situada na rua Santa Cruz, 396, centro. O salão será realizado de 16 de dezembro a 4 de janeiro de 2001. O concurso foi dividido em cinco categorias: pintura, aquarela, desenho, escultura e fotografia. As obras inscritas serão pré-selecionadas para participar da exposição no Museu Municipal Adaly Coelho Passos. Segundo o organizador do salão, Fernando Braun, serão distribuídos como prêmios uma viagem para Morro de São Paulo(BA) para o primeiro colocado; R$ 1.000,00 para o segundo colocado; e, R$ 500,00 para o terceiro colocado. Maiores informações podem ser obtidas pelos telefones (012) 420-8150 ou 420-8210. (Fonte: PMC)

3ª Travessia Ilhabela - Caraguatatuba 2000

Caraguatatuba - Caraguá sediará no próximo dia 12 a 3ª Travessia Ilhabela - Caraguatatuba. A organização é da Federação Aquática Paulista, com o apoio da Secretaria de Esporte e Turismo do Estado e das prefeituras de Caraguá e Ilhabela. A Travessia Natatória Ilhabela-Caraguatatuba é considerada a única no calendário brasileiro. Este ano, além das 12 equipes de revezamento teremos 4 atletas participando individualmente. A travessia de 25 quilômetros tem a saída da Praia Martim de Sá e chegada no Pier da Ilhabela. Este ano terá a presença de atletas como Glauco Rangel, campeão da Maratona do México, em 1999, Fabiana Uyvari, classificada para o Mundial de Fukuoka em 2001, Cláudio Plit, da Argentina, 3 vezes campeão mundial e Igor de Souza, campeão mundial, recordista do Canal da Mancha. Também já está confirmada a presença da equipe da Argentina, bem como as equipes do SERC Santa Maria, campeã da última edição, Círculo Militar de São Paulo, 3º colocado em 1998, Clube Atlético Paulistano, Academia Vila Olímpica, Academia The Swemmer e outras. A largada será dada às 8 horas, com chegada prevista para os primeiros colocados às 13h30. (Fonte: PMC)

Envie estas notícias para um amigo:
e-mail:



Leia também as colunas:
Para Refletir
Para Refletir
Margareth Bravo

Opinião

Ronaldo Dias
Navegando
Navegando
 Pedro Monte-Mór

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:
Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br


©1995/2000 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor