Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Quinta-feira, 09 de novembro de 2000 - Nº 164 Arquivo
Giorgio Restaurante American Bar
Truckmodelismo Brasil
  
Receba as Últimas Notícias do Litoral via e-mail!
e-mail:
Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Principais Manchetes:

Justiça exige perícia em navio para analisar dano ambiental
A Origem do Desastre
Cetesb mantém veto a 3 praias
Pescadores temem efeito de poluição
Secretaria vistoria limpeza nas praias
Mulher dá à luz em acostamento de rodovia
Caraguá realiza curso “Boas Práticas de Manipulação de Alimentos”
Alunos de Benjamín González fazem exposição na FUNDART
Feira das Nações atraiu grande público
“Hans Staden” vence festival em Cuiabá
Vencedores do concurso de artes e fotografia da FUNDART


Justiça exige perícia em navio para analisar dano ambiental
Promotoria do Meio Ambiente cobra agilidade na apuração de vazamento de óleo no Litoral Norte

São Sebastião - A Justiça de São Sebastião concedeu ontem liminar determinando a realização de uma perícia no navio Vergina 2, responsável pelo vazamento dos 86 mil litros de óleo ocorrido no sábado passado, que atingiu 21 praias no Litoral Norte.
A decisão foi tomada com base em uma ação cautelar movida pela Promotoria Regional do Meio Ambiente contra a Petrobras para o eventual ressarcimento dos danos provocados pelo acidente.
Na ação, a promotora Elaine Taborda de Avila pede que seja nomeado um perito judicial e solicita ainda a apreensão do navio de bandeira cipriota.
Decisão semelhante foi tomada pela Justiça de Ilhabela na segunda-feira, por meio de ação impetrada pela Colônia dos Pescadores no município. Até ontem o navio estava ancorado nas proximidades da Praia Grande, em Ilhabela.
A Promotoria também requisitou laudo da Cetesb (Companhia de Tecnologia e Saneamento Ambiental) sobre o maior desastre ambiental na região desde 94.
O perito deve ser nomeado ainda esta semana, mas não há prazo para a entrega do laudo, que servirá de base para que a Promotoria entre na Justiça com uma ação civil pública contra a Petrobrás para fins de indenização às três cidades atingidas pelo vazamento de óleo --São Sebastião, Ilhabela e Caraguatatuba.
AUDITORIA - A Defesa Civil de Ilhabela está acionando o Ministério Público para solicitar que a Petrobras apresente um plano de contingência para prevenir acidentes no mar. A entidade também quer aval da Promotoria para pedir uma auditoria na estatal.
O presidente da Defesa Civil, Nivaldo Simões, quer verificar quais os equipamentos a estatal dispõe e analisar se o pessoal contratado está apto para esse serviço.
Em boletim divulgado ontem, a Petrobras informou que equipes da Transpetro vão continuar monitorando o canal de São Sebastião e as praias da região para o caso de ser constatada alguma irregularidade. A empresa não se manifestou sobre as ações. (Fonte: ValeParaibano)

Jules Verne/VPA Origem do Desastre

São Sebastião - No detalhe, o rombo de 95 centímetros do navio Vergina 2, coberto por uma chapa. Pela fissura passaram os cerca de 86 mil litros de óleo que poluíram 21 praias e três manguezais do Litoral Norte. A embarcação ficará retida no canal de São Sebastião para perícia.
(Fonte: ValeParaibano)


Cetesb mantém veto a 3 praias

São Sebastião - Apesar de a Petrobras assegurar que a orla está livre da mancha de óleo espalhada pelo vazamento do navio Vergina 2, relatório da Cetesb (Companhia de Tecnologia e Saneamento Ambiental) aponta que três praias da região ainda estão impróprias para banho em razão do acidente.
Estão vetadas as praias São Francisco e Cigarras, em São Sebastião, e Saco da Capela, em Ilhabela. No boletim anterior, divulgado na segunda-feira, nove locais estavam proibidos para os banhistas.
O alerta da Cetesb, no entanto, foi insuficiente para afastar os turistas das praias da região no primeiro dia de sol da semana. Em duas delas --Cigarras e São Francisco-- foram encontrados resquícios de óleo sob a areia, o que forçou a realização de nova limpeza. Na praia do Saco da Capela estão ancoradas mais de 300 embarcações que foram atingidas pelo óleo. Ontem, equipes da Petrobras estiveram limpando os barcos e houve necessidade de manter as bóias de contenção para evitar que os resíduos do óleo e do produto de limpeza chegassem à praia.
Mesmo com a operação limpeza, turistas e moradores aproveitaram o sol que saiu de ontem. O motorista Esdras Gonçalves Menezes, 35 anos, de São Paulo, chegou a São Sebastião com a família no sábado e, desde então, não pôde ir à praia por conta do tempo ruim e da poluição.
Ontem, ele foi com a família para a praia das Cigarras, considerada imprópria pela Cetesb. "Eu perguntei para o pessoal que estava trabalhando aqui e eles disseram que não havia problema."
Para os nadadores, Eduardo Jarbas Valério, 24 anos, Carlos Eduardo de Morais, 16 anos, Fernando Henrique de Lima, 26 anos, que diariamente treinam na praia do Perequê, em Ilhabela, o vazamento de óleo atrapalhou a preparação para uma competição que ocorre no dia 15. "O pior é a gente entrar na água suportar o cheiro ruim", disse Lima.
A Petrobras informou que vai manter equipes monitorando a região. Ontem, agentes do Ibama e representantes das prefeituras sobrevoaram o Litoral Norte no final da tarde e constataram a ausência de vestígios de óleo no mar. (Fonte: ValeParaibano)

Pescadores temem efeito de poluição

São Sebastião - Os pescadores da costa norte de São Sebastião e Ilhabela foram os mais afetados com o vazamento de óleo. As consequências do desastre ambiental podem durar até quatro meses, segundo os representantes da categoria.
Os efeitos já estão sendo sentidos pelos que não conseguem vender o peixe nos entrepostos. Quem depende da pesca também não pode ir ao mar porque as embarcações estão sujas.
"Tenho três crianças para sustentar, vou ficar parado umas três semanas limpando o barco e a venda do peixe só deve melhorar depois de quatro meses", afirma o pescador Nerildo Tomé da Silva.
"Estou com o freezer com mais de 200 quilos de peixes saudáveis, mas ninguém quer saber que tudo foi pescado antes do acidente", disse Jandira Peixoto de Oliveira, 54 anos.
Para compensar o prejuízo, as colônias dos pescadores dos dois municípios estão propondo à Petrobras que compre o produto excedente. A empresa disse que vai analisar caso a caso e que tem assistentes sociais cadastrando as pessoas afetadas pelo vazamento.
A Transpetro, responsável pela limpeza das praias, divulgou nota ontem informando a conclusão dos trabalhos que, segundo a empresa, foram feitos dentro do prazo estabelecido e contaram com o apoio da comunidade local. (Fonte: ValeParaibano)

Secretaria vistoria limpeza nas praias

São Sebastião - A equipe da Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo da Prefeitura continua vistoriando a limpeza nas praias de São Sebastião. A limpeza nas praias está sendo realizada por cerca de 720 pessoas e 50 barcos em todas praias de São Sebastião e Ilhabela.
O secretário Eduardo Hipólito do Rêgo acredita que não seja possível concluir a limpeza nas praias de São Sebastião hoje. Isso porque foi encontrada camada de petróleo sedimentado na areia de algumas praias como no bairro São Francisco, Cigarras e Portal da Olaria.
A Prefeitura de São Sebastião já aplicou 11 multas para cada praia atingida pelo óleo no valor de 4 mil Ufirs cada. As multas estão previstas na Lei Ambiental do município.
O secretário afirma que houve danos ambientais graves, afetando ecossistemas delicados como o mangue do Perequê Mirim, na costa norte do município.
Segundo Eduardo Hipólito, a Prefeitura está aguardando a conclusão final do levantamento dos danos ambientais causados pelo acidente para ingressar com ação de indenização contra a Petrobras. (Fonte: PMSS )

Mulher dá à luz em acostamento de rodovia

Caraguatatuba - Um menino, pesando 3,1 quilos, nasceu ontem pela manhã no km 105 da rodovia Rio-Santos (SP-55), em Caraguatatuba. Quando a equipe do Corpo de Bombeiros chegou ao local, a dona-de-casa Indina Clécia Moreira Rodrigues, 24 anos, já havia dado à luz. Ela estava em casa, no bairro Poiares, quando começou a sentir as contrações.
Indina atravessou a rodovia para conseguir carona até a Santa Casa, mas começou a entrar em trabalho de parto quando estava no acostamento. Quando os bombeiros chegaram ao local, cortaram o cordão umbilical e levaram Indina e o filho para a Santa Casa. Segundo o hopital, os dois passam bem e devem receber alta ainda hoje. (Fonte: ValeParaibano)

Caraguá realiza curso “Boas Práticas de Manipulação de Alimentos”

Caraguatatuba - O SEBRAE, Agência Litoral Norte em parceria com a Prefeitura Municipal de Caraguá estará realizando o curso “Boas Práticas de Manipulação de Alimentos” nos dias 8 e 9 de novembro, das 9 às 18 horas no prédio da SETUR - Secretaria de Turismo de Caraguatatuba, na Praça Diógenes Ribeiro de Lima, nº 140, Centro. O curso é indicado para todos aqueles que manipulam ou comercializam alimentos (bares, restaurantes, hotéis e similares). De acordo com a programação do curso serão abordados os seguintes temas: fontes de contaminação, doenças de origem alimentar, higiene pessoal, higiene do ambiente, cuidados para evitar doenças. As inscrições devem ser feitas na agência do SEBRAE em Caraguatatuba, que fica na Avenida Dr. Arthur Costa Filho, nº 979. (Fonte: PMC)

Alunos de Benjamín González fazem exposição na FUNDART

Ubatuba - Os alunos do atelier Benjamín González mostram mais uma vez no Salão de Exposições da FUNDART seus trabalhos. A VI Mostra de Desenho, Pinturas e Aquarelas, abre nesta sexta-feira, dia 10 de novembro. Para a abertura, a mostra conta com a performance “Arte, Expressão Suprema do Interior...” participação especial de Marilena Cabral, Nalva Barbosa e Juan Carlos Rolón Martin.
A exposição tem a participação de 60 alunos do atelier. A Mostra pode ser visitada até o dia 26 de novembro, de segunda a sexta, das 8 às 20 horas, e sábados e domingos, das 14 às 20 horas. Mais informações na FUNDART, Praça Anchieta, 38, telefone (12) 434 1063, ou pela internet, no www.fundart.com.br

Feira das Nações atraiu grande público

Ubatuba - Mesmo com a chuva, que causou o adiamento de algumas atrações, a XIII Feira das Nações foi um sucesso. As barracas de comidas típicas permaneceram lotadas durante os oito dias de festa. O público pôde provar os pratos da Alemanha, Arábia, Argentina, Brasil, China, Japão, Espanha, Itália, França e Portugal, além de conferir as apresentações no palco montado na Avenida Iperoig.
A Feira contou com o apoio da “Oficina de Dança Suheil” (bailarinas Suheil, Patrícia Cajas, Adriana Menezes e alunas), Academia de Karatê Associação Ubatuba Karatê Kyokai-Itaguá (Edson Bettin e alunos), Canil Valley Dog (adestrador Luciano Guedes e Dr. Ferreira Neto), Coral Maremcanto da FUNDART (Maestro Marco Antônio de Rêgo Freitas), Lira Padre Anchieta (regente Valdecy dos Santos), Grupo de Serestas de Ubatuba (Ophélia Prado de Oliveira Lopes), Bloco Carnavalesco da 3ª Idade “Recordar é Viver”, Dança do Ventre (professora Katia Espinosa), Maria Aparecida dos Santos, José Antônio Sanches, Sandra Regina Silvestre, Bi Mello, Celso Teixeira Leite, Comissão Organizadora do Rotary Club de Ubatuba, Giraud e Canto, Comércio de Bebidas de Ubatuba e Comércio Local.
A XIII Feira das Nações teve a participação da Associação dos Maricultores, Famipa, Rotary Club, APAE, O Gaiato, Lar Vicentino, Paróquia Exaltação da Santa Cruz, Seicho-No-Ie e Cooperativa Educacional de Ubatuba e foi organizada pela Prefeitura Municipal, FUNDART, COMTUR e Rotary Club Internacional de Ubatuba. (Fonte: FUNDART)

“Hans Staden” vence festival em Cuiabá

Ubatuba - O filme “Hans Staden” venceu a 8ª edição do Festival de Cinema de Cuiabá, realizado entre os dias 24 e 28 de outubro. O longa-metragem foi rodado em 1997, na aldeia cinematográfica montada no bairro do Corcovado. "Hans Staden" é a história real do artilheiro alemão que esteve na região de Ubatuba em meados do século XVI, prisioneiro dos índios Tupinambá por vários meses. Sob direção de Luís Alberto Pereira, o filme traz em seu elenco Carlos Evelyn, Ariana Messias, Sérgio Mambertti, Beto Simas, Stênio Garcia, entre outros.
E este não é o primeiro prêmio que o filme recebe. No último Festival de Brasília, “Hans Staden” levou o prêmio de Direção de Arte (Chico Andrade), melhor Trilha Sonora (Marlui Miranda e Lélo Nazário) e ainda um prêmio especial do júri por Excelência da Realização. (Fonte: FUNDART)

Vencedores do concurso de artes e fotografia da FUNDART

Ubatuba - O vencedor do concurso “Pinte e Fotografe a nossa Cidade” foi conhecido no dia 5 de novembro, quando a urna do júri popular foi aberta. Na categoria de Artes Plásticas o mais votado pelos visitantes da exposição foi Adriano Oliveiro dos Santos, que teve 37 votos. Em seguida, empatados em segundo lugar com 20 votos, Wladimir Ferreira da Silva e Bhakta Krpa dos Santos. Na categoria Fotografia, com 21 votos, o premiado foi Paulo Zumbi. A segunda colocada foi Bi Mello, com 20 votos e em terceiro, Ricardo Viggiani, com 17 votos. A exposição teve a participação de 29 inscritos que registraram Ubatuba no dia do aniversário da Cidade. Todos os participantes receberam certificado de participação e os vencedores ganharam livros voltados à fotografia e artes plásticas.
O evento foi uma realização dos Grupos Setoriais de Artes Plásticas e Fotografia, Cinema e Vídeo da FUNDART. A idéia foi trazida pelo artista plástico François Guérin e foi inspirada num festival semelhante que acontece em sua cidade natal, Magné, na França. Lá, vários artistas pintam, durante o dia, vários aspectos da cidade de Magné e à noite seus quadros são expostos ao público e a um júri que escolhe os três melhores. Para maior participação de todos, a FUNDART ampliou o evento para pintura, desenho, escultura e fotografia, denominado “Pinte e fotografe a nossa cidade”. Junto com os trabalhos concorrentes do concurso o público também pôde conhecer os desenhos dos alunos da oitava série da escola Florentina Martins Sanches. (Fonte: FUNDART)

Envie estas notícias para um amigo:
e-mail:



Leia também as colunas:
Para Refletir
Para Refletir
Margareth Bravo

Opinião

Ronaldo Dias
Navegando
Navegando
 Pedro Monte-Mór

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:
Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br


©1995/2000 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor