Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Segunda-feira, 11 de dezembro de 2000 - Nº 185 Arquivo
Gefran Brinquedos
Giorgio Restaurante American Bar
Truckmodelismo Brasil
  
Receba as Últimas Notícias do Litoral via e-mail!
e-mail:
Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Principais Manchetes:

Limpeza pode ter colapso no Litoral
Litoral aumenta fiscalização contra ambulante irregular
Prefeito quer câmeras na Martin de Sá
Obras viárias terão que ser adiadas
Oposição vê "plágio" de idéias
I Exposição de produtos turísticos do Litoral Norte
Fundo Social prepara Festa de Natal
Comunidade discutirá Diagnóstico das Bacias Hidrográficas


Limpeza pode ter colapso no Litoral
Processo de transição pode obrigar prefeito a firmar contrato de emergência para garantir limpeza de praia

Litoral Norte - O processo de transição no Litoral Norte pode provocar um colapso na coleta de lixo das cidades. Diferente dos anos anteriores, quando havia planos de contingência para limpeza das praias após o Réveillon, prefeitos eleitos adiantam que podem fazer contratos de emergência para garantir a limpeza durante a temporada.
Com pouco mais de 200 mil habitantes fixos, as quatro cidades do Litoral Norte devem receber mais de 1 milhão de turistas no verão. O aumento da população também gerar efeitos em outros setores como abastecimento de água e atendimento médico.
O prefeito eleito de Ubatuba, Paulo Ramos (PFL), disse que está preocupado porque não consegue informações sobre a atual situação da coleta do lixo na cidade. "Se não houver alternativa, após minha posse vou fazer um contrato de emergência para a limpeza."
Segundo a assessoria da prefeitura, a atual frota de oito veículos está em ordem e a limpeza deve ser feita sem problemas até o dia 1ª de janeiro, data da posse.
Em Ilhabela, o prefeito eleito Manoel Marcos (PTB) disse que planeja organizar um mutirão ou convocar frentes de trabalho para garantir o serviço.
O secretário do Meio Ambiente, José Guilherme Galvão, disse que a atual estrutura é suficiente para garantir a coleta na semana entre o Natal e o Ano Novo.
Em São Sebastião, o prefeito eleito Paulo Julião (PSDB) solicitou um levantamento sobre o sistema de coleta do município. "Queremos saber se o que tem é suficiente para a cidade não entrar em colapso."
Na semana passada, a quebra de quatro caminhões deixou a região central e costa norte com lixo acumulado nas ruas.
O diretor de Educação Ambiental da prefeitura, Fábio Cidrin, disse que os veículos foram consertados e estão prontos para a temporada.
A Secretaria Estadual do Meio Ambiente ainda não definiu o início da operação Praia Limpa.
A coleta de lixo sempre foi um dos principais problemas do litoral durante a temporada. O diretor da Somar (Sociedade Amigos de Maresias), em São Sebastião, Lineu Coelho Júnior, disse que uma equipe contratada pela entidade está preparada para trabalhar nas primeiras horas do novo ano.
ÁGUA - A Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) está com o plano de contingência pronto para a temporada de verão. A empresa garante que não vai faltar água no Litoral Norte, a não ser em casos extraordinários.
Segundo a Sabesp, foi feita a aquisição de materiais para garantir o abastecimento.
Outra medida adota pela Sabesp é a fiscalização em pelo menos 15 pontos de captação de água no Litoral Norte. A medida visa impedir que turistas nadem em cachoeiras e nascentes que servem de captação. (Fonte: ValeParaibano)

Litoral aumenta fiscalização contra ambulante irregular
Caraguá e São Sebastião dobram fiscais nas praias para evitar comércio ilegal

Caraguatatuba - As prefeituras de Caraguatatuba e São Sebastião vão intensificar a fiscalização do comércio ambulante nas praias e nas áreas centrais das duas cidades durante a temporada de verão. A meta é dobrar o número de fiscais no trabalho.
O objetivo da medida é evitar que camelôs não cadastrados vendam produtos não permitidos. A Polícia Militar deve acompanhar as blitze para evitar confusão.
O chefe da fiscalização do comércio de Caraguá, Eduardo Machado de Castro, disse que as blitze começam no dia 15 e serão feitas em conjunto com a Divisão de Postura e a Vigilância Sanitária. Cerca de 50 homens vão estar nas praias.
Segundo Castro é proibida a venda de produtos como óculos, redes, mantas e roupas que tenham equivalentes no mercado. A cidade tem 300 ambulantes cadastrados. Aqueles que estiverem atuando de forma irregular terão as mercadorias apreendidas.
Para recuperar o produto, o ambulante terá que pagar 30 Ufirs - R$ 32 por mercadoria. "A maioria acaba deixando o produto aqui porque o preço da multa é maior que a peça", disse Castro.
Para o comerciante Ruy Nogueira, da loja Água do Mar, a fiscalização tem que ser rigorosa porque os comerciantes que pagam impostos são os maiores prejudicados.
O comandante interino da 2º Companhia de Caraguá, Alessandro Luís Morau, disse que serão designados policiais para acompanhar os fiscais durante as blitze.
Esta temporada a Vigilância Sanitária também está mais rigorosa com a venda de produtos perecíveis. Segundo o diretor do setor, José Ernesto Pires de Campos, serão instalados postos nas praias Martin de Sá, Centro e Indaiá onde os consumidores poderão fazer denúncias.
SÃO SEBASTIÃO - Em São Sebastião, a prefeitura vai intensificar a fiscalização do comércio ambulante nas praias, principalmente na costa sul da cidade onde o movimento de turistas é maior. Cerca de 540 têm alvará para trabalhar na cidade.
O chefe da Receita Municipal, Reinaldo Luiz Figueiredo, disse que o trabalho dos fiscais está sendo feito aos finais de semana e à noite. Ele preferiu não informar o número de fiscais para não alertar os ambulantes ilegais sobre a capacidade de operação da fiscalização. (Fonte: ValeParaibano)

Prefeito quer câmeras na Martin de Sá
Reeleito, Antonio Carlos da Silva (PSDB) inclui segurança e saúde entre as cinco primeiras medidas de seu novo governo

Caraguatatuba - A instalação de câmeras de vídeo na praia Martin de Sá e região central e a construção de um hospital regional com atendimento de especialidades estão entre as cinco primeiras medidas que o prefeito reeleito de Caraguatatuba, Antônio Carlos da Silva (PSDB), pretende adotar em 2001.
Ele admite que o município está vivendo um momento sério com relação à falta de segurança e acredita que a instalação das câmeras, como vem ocorrendo em outras cidades da região, pode reduzir o índice de criminalidade. "Os assaltantes poderão ser filmados e esse fator pode inibir a ação."
O monitoramento desse equipamento deverá ser feito pela PM, que teria melhores condições de agir em casos de crimes ou identificar o criminoso.
A medida tem o apoio do comandante da 2º Cia da Polícia Militar, capitão André Luiz Cavalcante, para quem a instalação das câmeras de vídeo é uma alternativa para a controlar a criminalidade na cidade.
"Só o fato do criminoso saber que pode estar sendo vigiado, já pode modificar o seu comportamento."
Cavalcante afirma que o ideal é que, além da região da Martin de Sá e da área central, câmeras fossem instaladas na rodovia dos Tamoios, principal portal de entrada para a cidade.
HOSPITAL - A saúde é outra área prioritária para o início do próximo governo. Antônio Carlos diz que vai reformar, ampliar e informatizar os 11 Postos e o Centro de Saúde da cidade.
A construção do hospital regional seria viabilizada com recursos do Estado e do governo federal. No local, vai funcionar um Centro Regional de Especialidades, com atendimento no setor cardiológico, oftalmológico e urológico. Anexo ao centro, seria construído um pronto-socorro.
O prefeito eleito também destacou a educação entre as cinco primeiras medidas, com a proposta de conclusão dos Ciefis (Centros Integrados de Educação Fundamental e Infantil) nos bairros Barranco Alto, Casa Branca, Tinga, Rio do Ouro e Travessão.
Outra obra de "impacto" anunciada pelo prefeito é a extensão do projeto de urbanização da avenida da Praia até o bairro das Palmeiras.
O turismo cultural é outra meta prioritária da próxima administração. Entre as medidas previstas para o setor está a inauguração do Teatro Municipal, com 500 lugares. (Fonte: ValeParaibano)

Obras viárias terão que ser adiadas

Caraguatatuba - O prefeito de Caraguatatuba, Antonio Carlos da Silva, terá que adiar a entrega das obras viárias que pretendiam melhorar o tráfego no perímetro urbano e o fluxo de veículos na rodovia Rio-Santos.
A construção de cinco rotatórias que deveriam ter sido implantadas este ano --três no sentido São Sebastião e duas em direção a Ubatuba-- só deve começar após a temporada de verão.
O pacote viário foi viabilizado por um acordo envolvendo a indenização da Serra do Mar e também inclui a pavimentação do acostamento da Rio-Santos e a reformulação do trevo de entrada da cidade.
As obras serão administradas pelo DER (Departamento de Estradas e Rodagens) que já recebeu dinheiro, cerca de R$ 5 milhões, mas não conseguiu fazer licitação em tempo hábil para a executar dos trabalhos. "Não há possibilidade de se iniciar agora devido à temporada de verão", afirma o prefeito. (Fonte: ValeParaibano)

Oposição vê "plágio" de idéias

Caraguatatuba - A oposição ao prefeito reeleito, Antônio Carlos da Silva, acusa o tucano de se "apropriar" de suas idéias no novo mandato.
O ex-candidato a vice-prefeito pela coligação PDT/PFL, César Jumana, disse que algumas das medidas anunciadas, como levar creches para bairros mais pobres e reforma dos postos de saúde eram propostas da oposição.
Ele disse ainda que é preciso incrementar o turismo de negócios na região. "Não adianta fazer eventos só na temporada."
O vereador Roberto Commans (PT) disse que a maior parte das medidas anunciadas prioriza apenas grandes obras. "Está na hora de colocar os pés no chão e começar a olhar mais o social a população."
O vereador do PT, que não conseguiu se reeleger, afirma que os investimentos na área de saúde não vão dar resultado se não houver uma política eficiente de recursos humanos.
Para Commans, o prefeito esqueceu do funcionalismo público, não concedendo reajuste salarial. "Não adianta ampliar posto de saúde e não dar condições, salário para o médico trabalhar." (Fonte: ValeParaibano)

I Exposição de produtos turísticos do Litoral Norte

Caraguatatuba - A cidade vai marcar presença na Exposição de Produtos Turísticos do Litoral Norte, realizada pelo Grupo Temático Turismo e Serviços do Fórum São Paulo Século 21. A exposição reunirá produtos e informações turísticas de São Sebastião, Ilhabela e Ubatuba.
A exposição estará acontecendo entre os dias 11 e 15 de dezembro de 2000, das 10h às 20h no Espaço Cultural V Centenário. Que fica na Av. Pedro Álvares Cabral, 201, 1º andar, Ibirapuera São Paulo. O coquetel de abertura será realizado no dia 11 de dezembro, às 18 horas. Henrique Galvão e Patrícia Reis, da Secretaria de Turismo estarão recepcionando os visitantes e divulgando a cidade através de cartões postais, banners, um vídeo sobre os pontos turísticos do município, gigantografia (painéis com fotografia), folhetos e folders com informações sobre o Parque Estadual e também sobre eventos como o Megacycle - Encontro de Motociclistas, que acontece anualmente em Caraguá, além de outros eventos. (Fonte: PMC)

Fundo Social prepara Festa de Natal

São Sebastião - O Fundo Social de Solidariedade de São Sebastião já iniciou os preparativos para a Festa de Natal da Solidariedade 2000. O evento promovido pela Prefeitura de São Sebastião conta com apoio da AutoVias.
Este ano, a festa acontecerá no dia 16 de dezembro, a partir das 15h, no Ginásio de Esportes José de Souza , o Gringo. Para facilitar o acesso, a AutoVias irá liberar a passagem dos menores de 14 anos nas linhas de ônibus municipais das 13:30 as 20h.
A Festa terá distribuição de doces, shows e atividades de recreação. A chegada do Papai Noel está prevista para as 17h. No ano passado, cerca de 6 mil crianças participaram da festa. (Fonte: PMSS)

Comunidade discutirá Diagnóstico das Bacias Hidrográficas

Litoral Norte - O Relatório Zero das Bacias Hidrográficas do Litoral Norte é o principal assunto da reunião do Comitê de Bacias Hidrográficas do Litoral Norte (CBH-LN). O documento deverá ser avaliado pela comunidade em reunião marcada para a próxima terça-feira, dia 12, na Fundacc em Caraguatatuba.
O Relatório Zero foi elaborado pelo Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT). O diagnóstico tem quatro volumes: dois de mapas e dois com informações econômicas, sociais, ambientais, avaliação da água, biodiversidade, saneamento. Todos os comitês de bacias do estado estão elaborando levantamentos semelhantes.
O documento está a disposição da população nas bibliotecas da região.
Após as deliberações da comunidade, será preparado uma versão condensada do relatório e um cd-rom. O documento irá nortear as discussões sobre o Plano de Bacias do Litoral Norte e a distribuição de recursos do Fundo de Recursos Hídricos (Fehidro).
A reunião do CBH-LN irá deliberar ainda sobre as novas regras para distribuição de recursos do Fehidro, revisão dos estatutos do comitê, sobre a situação dos projetos financiados e a sucessão no comitê.
Mais informações: secretária executiva do CBH-LN - Rosa Maria Mancini ( 12) 432-3816, Secretário de Meio Ambiente - Eduardo Hipólito do Rego (12) 452-2058. (Fonte: PMSS)

Envie estas notícias para um amigo:
e-mail:



Leia também as colunas:
Para Refletir
Para Refletir
Margareth Bravo

Opinião

Ronaldo Dias
Navegando
Navegando
 Pedro Monte-Mór

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:
Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br


©1995/2000 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor