Volta para página inicial
Últimas Notícias

Giorgio Restaurante American Bar
Truckmodelismo Brasil
  
Receba as Últimas Notícias do Litoral via e-mail!
e-mail:
Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.
Litoral Norte: Sexta-feira, 14 de julho de 2000 - Nº 78 Arquivo

Homem foi atropelado três vezes
Comerciante é ameaçado de sequestro
Treinamento anti-sequestro
Palmito pupunha deve ser comercializado pelos índios guaranis
Campanha do Fundo
Reflorestamento do palmito
Prefeitura abre inscrição para Oficinas Culturais
II Encontro de Autos Antigos de São Sebastião
Festa do Divino começa nesta sexta

Previsão do Tempo - 07:00 (local), 14/07/2000 - Fonte: CNN Brasil
parcialmente nublado Máxima: 19 C Mínima: 15 C
Clique Aqui para ver a previsão para 4 dias


Homem foi atropelado três vezes


Ubatuba - Um homem morreu anteontem à noite na rodovia Rio-Santos (BR-101), em Ubatuba, após ter sido atropelado três vezes. O acidente aconteceu no quilometro 50, no bairro Estufa. A rodovia é usada como avenida pelos moradores e não tem iluminação.
Segundo testemunhas, Creuzo Ribeiro, 49 anos, trafegava próximo ao acostamento quando foi atingido pelo espelho retrovisor do veículo Honda dirigido por Claudete Costa Guedes. Ele caiu e foi atropelado pela moto CG pilotada por Marcos Cidimar Santos. Em seguida, um carro não identificado passou sobre o corpo de Ribeiro, que faleceu no local.
Desde o início da Operação Férias, em 30 de junho, a Polícia Rodoviária Federal registrou 10 acidentes com uma vítima fatal e dois feridos gravemente no mesmo trecho.
ILUMINAÇÃO - A Prefeitura de Ubatuba receberá uma verba de R$ 118 mil do DADE (Departamento de Assistência e Desenvolvimento das Estâncias) para a colocação de 120 postes e luminárias entre os trevos da Praia Grande e da rodovia Oswaldo Cruz (SP-125). Na próxima semana devem ser abertas as cartas-convite para a escolha da empresa que fará o serviço. (Fonte: ValeParaibano)

Comerciante é ameaçado de sequestro

Caraguatatuba - O desempregado Sílvio Cassiano dos Santos foi preso ontem acusado de extorquir um comerciante de Caraguatatuba ameaçando sequestrar sua família. O acusado teria pedido R$ 80 mil e foi flagrado por policiais militares quando recebia o dinheiro.
O comerciante, que não teve o nome revelado pela polícia, teria recebido uma carta em que um suposto fugitivo da cadeia de São Sebastião afirmava conhecer toda a rotina de seus familiares, que são donos do Depósito de Material de Construção Vila.
Segundo a polícia, a carta teria sido escrita por duas pessoas. O comerciante comunicou a polícia, que o orientou a marcar um horário para entregar o dinheiro.
Segundo o delegado titular de Caraguá, Fábio de Carvalho Joaquim, na hora e local marcados, dois PMs prederam Santos quando ele pegava o pacote. O acusado foi preso em flagrante por extorsão. Santos nega as acusações e disse que apenas passava pelo local quando foi preso pelos policiais. Ele tem passagem por tentativa de homicídio e assaltos, segundo a polícia.  (Fonte: ValeParaibano)

Treinamento anti-sequestro

Caraguatatuba - Cerca de 90 policiais militares de Caraguá estão sendo treinados para ações em assaltos com reféns, sequestros e ameaça de bomba. Ontem, um grupo de 10 PMs participaram de uma simulação de invasão de cativeiro e resgate de refém ameaçado de morte. Nas simulações, os PMs são orientados sobre a melhor maneira de agir em situações críticas. "O policial precisa manter o controle para segurança da vítima durante a negociação com o bandido", disse o capitão André Luiz Cavalcante, comandante da 2º Cia da PM. No exercício de ontem, em uma casa localizada no trecho de serra da rodovia dos Tamoios - usada como um suposto cativeiro onde um asasltante mantinha um refém sob a mira de um revólver - os policiais aprenderam que o trabalho em equipe é fundamental para evitar risco fatal.  (Fonte: ValeParaibano)

Palmito pupunha deve ser comercializado pelos índios guaranis

São Sebastião - Os índios guaranis da aldeia do Rio Silveira, em Boracéia, devem começar a comercialização do palmito pupunha ainda este ano. Inicialmente 300 pés de pupunha já estão em fase de corte e prontos para serem comercializados.
A comercialização do palmito depende do interesse dos comerciantes locais em adquirir o palmito que deve ser vendido in natura. A venda será feita através da Associação Indígena Guarani Tcheruba Baecuai que também já comercializa o artesanato e flores de helicônia (espécie da Mata Atlântica).
Na aldeia guarani do Rio Silveira, onde moram 50 famílias e cerca de 300 índios, já existem 15 mil mudas de palmito produzidas pelo próprio viveiro da reserva. Além do pupunha, os índios também cultivam mudas de outras espécies de palmitos, como o juçara, açaí e híbrido (mistura do açaí com o juçara). Os índios também vendem as mudas dessas espécies, menos as do pupunha que serão plantadas na própria reserva.
Conforme o cacique Adolfo, líder da comunidade indígena guarani, a aldeia possui três hortas comunitárias, onde são cultivadas as mudas do palmito pupunha e outras espécies. Além das hortas comunitárias, cada família também cultiva suas roças que são utilizadas para consumo próprio.
Adolfo explica que na primeira horta já tem 300 pés de palmito pupunha em fase de corte. Na segunda são 800 pés, sendo que somente alguns estão prontos para o corte e, na terceira, são 500 pés de pupunha que ainda estão no início do cultivo.
A plantação do pupunha na reserva indígena teve início em 97, quando foram compradas 3 mil mudas do palmito em substituição ao juçara, espécie nativa da Mata Atlântica, ameaçada de extinção devido à exploração clandestina.
O palmito pupunha leva três anos para o primeiro corte e, após isso, pode ser cortado novamente em um ano. O pupunha também se reproduz durante 15 anos, diferente do juçara que leva 10 anos para o primeiro corte e não se reproduz mais. (Fonte: PMSS)

Campanha do Fundo

São Sebastião - Em 97, a Prefeitura desenvolveu uma campanha junto à comunidade, através do Fundo Social de Solidariedade, arrecadando R$ 2,1 mil para o projeto entre empresários locais - Rosely Santaela, José Luiz dos Santos, Vanderley Nogueira, Edson Ferreira e Associação Comercial.
O dinheiro foi repassado à comunidade indígena, que adquiriu três mil mudas de palmito pupunha no Horto Florestal de Ubatuba. Os técnicos do Horto vem há anos desenvolvendo projeto de implantação desta espécie no Litoral Norte, em substituição ao palmito juçara, cujo ciclo de vida é bem mais longo.

Reflorestamento do palmito

São Sebastião - A Fundação Getúlio Vargas (FGV) selecionou 100 projetos semifinalistas do 5º ciclo de premiação do Programa Gestão Pública e Cidadania. São Sebastião foi um dos municípios escolhidos com o programa "Reflorestamento do Palmito", desenvolvido pela comunidade indígena do Rio Silveiras, em Boracéia.
O programa foi inscrito pelo coordenador do projeto Wando dos Santos, da comunidade indígena. A Prefeitura de São Sebastião é parceira na implantação do projeto, que também teve apoio da Casa da Agricultura local, através do engº agrônomo Maurício Rubio Pinto.
Mais informações:
Comunidade Indígena - Caraí ou Márcio Alvim (FUNAI) - (012) 467-9204
Fundo Social - Priscila Siqueira - (012) 452-2569
Casa da Agricultura - Maurício - (012) 452-1340
FGV - (011) 281-7904 / 05 ou 814-5192


Prefeitura abre inscrição para Oficinas Culturais

São Sebastião - A prefeitura de São Sebastião, através da secretaria de Esportes e Cultura, abriu inscrição para Oficinas Culturais. Os interessados devem procurar o departamento de Cultura, na rua da Praia. As inscrições podem ser feitas até 2 de agosto. São oferecidas vagas para o projeto Fazendo Arte (crianças de 2 a 7 anos), Ballet Clássico (infantil/adulto), Jazz (infantil), Teatro (infantil/adulto), Artesanato em madeira (infantil/adulto/criança), Dança de Salão (juvenil/adulto), Flamenco (adulto) e Instrumentos de Sopro (juvenil/adulto). (Fonte: PMSS)

II Encontro de Autos Antigos de São Sebastião

São Sebastião - O II Encontro de Autos Antigos de São Sebastião começa hoje e termina Domingo (16), na Rua da Praia. Hoje, dia 14, a partir das 10 horas, começam a chegar os autos antigos que ficarão expostos na Rua da Praia. A abertura oficial do evento será a partir das 19h com a apresentação da Banda Municipal e do grupo de danças do grupo da Terceira Idade. Haverá ainda show de rock a partir das 22 horas.
No Sábado, prossegue a exposição de carros antigos na rua da praia e, a partir das 15 horas, haverá desfile de carros pela principais ruas do município. E ainda apresentação da Fanfarra Municipal as 17 horas. E à noite, a partir das 22 horas, show de rock na Rua da Praia. No Domingo, a exposição se encerra as 14 horas. Todos os dias haverá passeio de jardineira pela cidade. O II Encontro de Autos Antigos é uma realização da Fragatas Viagens e Turismo Ltda e tem o apoio da Prefeitura, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Social.

Festa do Divino começa nesta sexta

Ubatuba - De 14 a 23 de julho o centro de Ubatuba vira palco da Festa do Divino. Em frente a Igreja Matriz, o público conta com barracas de comidas, bingo, procissões, apresentações folclóricas e shows. Todos os dias, com exceção do dia 23, a procissão do Divino saí da Igreja São Francisco até a Matriz, com a participação das comunidades de Ubatuba., a partir das 19 horas, seguida da Santa Missa. Após a missa, acontecem apresentações folclóricas e musicais.
Confira a programação:

14/07 - Congada de Bastões do Poruba - Banda Pracaniz
15/07 - Fandangueiros do Promirim - Filhos de São Luiz
16/07 - Grupo Cultural Itapoá - Quadrilha Banda EXCB
17/07 - Cirandeiros de Paraty - Banda Zé Marques
18/07 - Grupo Cultural Itapoá - Dança do Boi - Banda Estrutura
19/07 - Grupo Cultural Itapoá - Dança da Fita - Aeloá Band
20/07 - Moçambiqueiros de Jambeiro - Banda Forrógoró
21/07 - Catireiros de Jacareí - Banda Prakatum
22/07 - Moçambiqueiros de São Luiz - Banda Esquadrilha
23/07 - Show Pirotécnico e bingão de um automóvel Gol/2000 0Km

O DIVINO - A Festa do Divino, como é chamada a comemoração da descida do Espirito Santo sobre os apóstolos, é realizada quase sempre no dia de Pentecostes, isto é, cinqüenta dias após a Páscoa, como é comemorada na cidade vizinha de São Luiz do Paraitinga. Mas, em Ubatuba, a Festa do Divino não é comemorada no dia de Pentecostes. A explicação que se dá para tal fato, é que no passado, devido a grande importância que desempenhava a pesca da tainha durante os meses de maio, junho e até mesmo princípio de julho, a população local era obrigada a transferir as comemorações do Divino Espirito Santo para o mês de julho. Hoje, a pesca da tainha está praticamente exterminada, porém, a tradição de se realizar a Festa no mês de julho continua.
Este ano os festeiros são Ney e Tereza, Beto e Zéia, Saulo e Dora e Cleber e Tatyane. A Festa organizada pela Paróquia Exaltação da Santa Cruz conta com o apoio da Prefeitura Municipal, FUNDART, COMTUR, Delegacia Regional de Cultura do Cone Leste Paulista, Polícia Militar, Guarda Municipal, Costamar Transportes, Gráfica São Lourenço, Banespa, BBVA, Bradesco e Rádio Costa Azul. (Fonte: Fundart)

Visite nossos Patrocinadores:



Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba
Conheça as cidades do Litoral Norte:
Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba
Home Litoral Virtual - Home Page
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet

info@litoralvirtual.com.br
©1995/2010 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor

Sites do grupo: Litoral Virtual - Jornal Maranduba - PanoTour - Caraguá - Maranduba - Maré Legal - Truckmodelismo Brasil - ECampi