Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Quinta-feira, 16 de novembro de 2000 - Nº 169 Arquivo
Giorgio Restaurante American Bar
Truckmodelismo Brasil
  
Receba as Últimas Notícias do Litoral via e-mail!
e-mail:
Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Principais Manchetes:

Usuários de balsa questionam aumento
Acusado de estupro vai para o Putim
Morador pede mais rondas no bairro
Litoral Norte fica "vazio" no feriado
São Sebastião corta árvore centenária
Telefônica promete linha instalada em 15 dias
Ubatuba vacina cães e gatos
Litoral faz curso para prevenir deslizamentos
Ubatuba conquista medalha de bronze no caratê


Usuários de balsa questionam aumento

Ilhabela - O reajuste 15% no preço da tarifa da balsa que faz a travessia entre São Sebastião e Ilhabela revoltou os usuários do transporte marítimo. A maioria alega que o salário não está tendo um percentual de aumento semelhante.
Para o motorista Antônio Augusto Caulman, 47 anos, morador em Ilhabela, esse aumento atinge principalmente no bolso dos moradores. "A gente precisa ir para o continente várias vezes e, com esse aumento, é mais dinheiro que teremos que gastar."
O comerciante José Lúcio Ribeiro, de Caraguatatuba, disse que vai pelo menos duas vezes para Ilhabela e que o reajuste é oneroso para quem tem a necessidade de fazer a travessia a serviço.
O vereador Rogério Ribeiro de Sá, o Catolé (PV) disse que vai encaminhar hoje um ofício ao governo do Estado cobrando informações sobre esse reajuste. "Queremos uma tarifa diferenciada para os moradores."
O reajuste está valendo desde a zero hora de hoje e a tarifa para carros e caminhonetes passa de R$ 6 para R$ 6,90 em dias úteis e de R$ 9 para R$ 10,30 aos sábados, domingos e feriados. O preço para caminhões inflamáveis para de R$ 66,10 para 75,30. (Fonte: ValeParaibano)

Acusado de estupro vai para o Putim
Borracheiro que confessou assassinato de balconista em Caraguá fica em cela de segurança máxima

Caraguatatuba - O borracheiro Sidnei de Jesus, 23 anos, acusado de estuprar e matar a balconista Laura Cristina Pontes, 18 anos, em Caraguatatuba, foi transferido na noite de anteontem para o cadeião de Putim, em São José.
O acusado foi removido devido às ameaças de linchamento feito por parentes e amigos da vítima, que ficaram revoltados com o crime.
Na última terça-feira, um grupo de 50 pessoas tentou invadir a cadeia de Caraguatatuba para linchar o borracheiro.
O diretor do cadeião do Putim, Agnaldo Fracaroli, afirmou que o preso foi colocado em uma cela de segurança máxima, a mesma onde esteve o suposto sequestrador José Aparecido Machado, o Zé do Muro.
"Ele não vai ter contato com os demais presos porque corre risco de ser morto", disse.
INFÂNCIA - Sidnei de Jesus nunca apresentou comportamento violento, segundo o comerciante José Antônio da Silva, irmão adotivo do borracheiro.
Na infância, aos seis anos de idade, o borracheiro teria presenciado a morte violenta da mãe, que foi assassinada a facadas por seu pai.
Ele foi "adotado" pelos pais do comerciante após o crime. "Sidnei era uma criança problemática, mas em nenhum momento deu a impressão de ser agressivo ou violento."
Segundo ele, Sidnei de Jesus usava drogas. "Eu entreguei uma borracharia para ele tomar conta, mas não estava dando retorno por causa do vício. Depois disso, o relacionamento com minha família foi esfriando."
O comerciante disse que antes de se tornar dependente de drogas, o borracheiro vivia com a esposa, que está grávida, no bairro Jaraguazinho. "Na tarde de domingo eu o encontrei. Ele estava feliz com a filha que está para nascer. Mas a noite aconteceu essa coisa horrível."
TRAUMA - Para o psiquiatra especializado em violência, Marco Antônio Vitti, a violência sofrida por Sidnei de Jesus na infância pode ter criado uma lesão cerebral ou emocional que o tenha levado a cometer o crime contra a balconista.
"Pode ter sido um momento de raiva e abandono que o tenha levado a repetir a morte da mãe em outra pessoa", disse. (Fonte: ValeParaibano)

Morador pede mais rondas no bairro

Caraguatatuba - A morte da balconista Laura Cristina Pontes gerou medo e revolta entre os moradores do Morro do Algodão, em Caraguá. Eles prometem fazer um protesto para que a Polícia Militar intensifique as rondas no bairro.
A estudante Flávia Maria Pontes, 18 anos, prima da vítima, disse após a morte de Laura passou a ir para a casa da irmã após a faculdade, para não andar sozinha à noite no bairro. "Ninguém mais tem segurança aqui."
A comerciante Sônia Regina Domingues, 41 anos, disse que passou a buscar o filho no ponto de ônibus devido à falta de segurança.
Ninguém do comando da PM foi localizado ontem para falar sobre o assunto. (Fonte: ValeParaibano)

Litoral Norte fica "vazio" no feriado

Litoral Norte - O feriado da Proclamação da República levou ontem poucos turistas para o Litoral Norte. Nas praias, a maioria dos banhistas era de moradores da região e de turistas em férias. Pela manhã, o tempo ficou chuvoso e o sol apareceu somente no período da tarde. Comerciantes disseram que o fraco movimento já era esperado porque o feriado caiu no meio da semana.
Em Ilhabela, o movimento um pouco mais acentuado foi registrado na praia do Curral. Mesmo assim, o dono do bar Papagaio, Luciano Reid, ficou descontente. "Isso aqui está muito fraco, não apareceu ninguém", disse.
Para a secretária Elaine Cristina Caparroz, 30 anos, de Piracicaba, a praia tranqüila foi tudo o que pediu para as suas férias. Já a promotora O secretário municipal de Ilhabela, Carlos Alberto Naufal, descarta que ofraco movimento tenha relação com o derramamento de óleo que atingiu o município na semana passada.
Para o presidente da ACIC (Associação Comercial e Industrial de Caraguatatuba), Mase Ribeiro, o tempo ruim desestimulou os moradores do Vale a descerem para o litoral.
O tempo ficou chuvoso boa parte do dia. Segundo o CPTEC (Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos), a previsão para hoje é de tempo nublado, com chuvas em pontos isolados. (Fonte: ValeParaibano)

São Sebastião corta árvore centenária
Prefeitura substitui este mês as palmeiras imperiais que há 2 anos ameaçam cair na praça da Matriz

São Sebastião - As quatro palmeiras imperiais centenárias da praça da Igreja Matriz de São Sebastião, na região central, serão cortadas e substituídas pela prefeitura até o final deste mês. As árvores, que têm entre 28 e 30 metros de altura, estão amarradas com cordas há dois anos devido ao risco de queda sobre lojas e residências.
"Falta apenas conseguirmos um guindaste especial para retirarmos as árvores condenadas e substituí-las pelas sadias", disse o secretário municipal do Meio Ambiente, Eduardo Hipólito do Rego.
A prefeitura pagou R$ 1.200 por três palmeiras imperiais e uma outra foi doada por moradores. "Elas têm cerca de oito metros de altura e são 'filhas' das palmeiras condenadas", disse Rego.
Ele afirmou que as palmeiras condenadas, que são patrimônio do município, não foram trocadas antes porque a prefeitura estava a procura de espécies iguais para fazer a substituição. "Não queríamos deixar a praça da Matriz sem um de seus principais símbolos."
Ele disse que tem a garantia de que se as novas palmeiras não se adaptarem serão trocadas.
O corte foi decidido pelo Comdurb (Conselho Municipal do Desenvolvimento Urbano) após avaliação feita pelo IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas), em São Paulo. O laudo do instituto apontou o corte como melhor alternativa para as palmeiras imperiais, que estão infestadas por cupins.
Rego afirmou que deverá ser montado um esquema especial para o corte das palmeiras condenadas. A data oficial do corte não foi definida.
QUEDA - Em julho de 98, uma palmeira imperial da praça da Matriz caiu sobre o telhado da Câmara Municipal após um vendaval. Dois meses depois, as quatro palmeiras que restaram, que têm mais de 200 anos, foram amarradas com cordas, devido ao risco de queda apontado por técnicos do IPT.
O instituto constatou que a palmeira caiu porque suas raízes laterais haviam sido cortadas, provavelmente após uma reforma feita na praça da Matriz. O mesmo problema foi detectado nas outras palmeiras. Todas elas estão infestadas de cupins e em alguns pontos estão "ocas". (Fonte: ValeParaibano)

Telefônica promete linha instalada em 15 dias
Empresa anuncia instalação de linhas em duas semanas para consumidores de bairros de São Sebastião e Ubatuba

São Sebastião - Os moradores dos bairros Guaeca, em São Sebastião, e Praia Grande e Lagoinha, em Ubatuba, podem ter a linha telefônica instalada em até duas semanas, sem enfrentar filas.
O anúncio está sendo feito pela Telefônica. Segundo a empresa todos os clientes dos três bairros que se cadastraram já foram atendidos e há linhas disponíveis para esses locais do Litoral Norte.
Segundo a Telefônica, a mesma medida foi adotada em outras 72 áreas do Estado de São Paulo. O preço da instalação é R$ 76,62.
Desde que a Telefônica começou a operar, há dois anos, foram instalados cerca de 6.000 linhas em Ubatuba, o que representa um aumento de 53% no número de clientes atendidos, segundo a empresa.
São Sebastião recebeu cerca de 5.800 novas linhas no período --um crescimento de 50%.
As cidades do Vale do Paraíba e Litoral Norte receberam cerca de 155 novas linhas nestes dois anos.
A maior expansão aconteceu em Taubaté, que dobrou sua rede, chegando a 27 mil linhas instaladas. Em São José dos Campos, houve crescimento de 68%, com a instalação de 50 mil linhas.
Apesar do crescimento, em todos os demais municípios da região, inclusive nos outros bairros de Ubatuba e São Sebastião, existem clientes cadastrados para receber linhas telefônicas.
Moradores de algumas regiões de São José dos Campos, como bairros da zona leste, por exemplo, ainda têm problemas para conseguir suas linhas. Alguns fizeram o pedido há três anos e ainda não conseguiram a instalação das linhas. (Fonte: ValeParaibano)

Ubatuba vacina cães e gatos

Ubatuba - A Secretaria de Saúde de Ubatuba vai realizar uma campanha de vacinação contra a raiva em cães e gatos nos dias 25 de novembro e 2 de dezembro. A expectativa é imunizar cerca de 11 mil animais. O secretário da Saúde, Marcos Silveira Franco, disse que as campanhas realizadas no município têm conseguido atingir os objetivos. Os proprietários dos animais devem comparecer nas escolas identificadas com as faixas da campanha no período das 8h às 17h. Na ocasião a Associação de Proteção dos Animais vai estar aplicando anticoncepcional nas cachorras. (Fonte: ValeParaibano)

Litoral faz curso para prevenir deslizamentos

São Sebastião - As equipes que vão integrar do Plano Preventivo de Defesa Civil, em São Sebastião, participarão na próxima semana de um curso específico sobre deslizamentos na Serra do Mar. Atualmente o município conta com 33 pontos de ocupações em área de risco. O plano entra em vigor no dia 1º de dezembro e vai até 31 de março. Neste período as equipes, ficarão em estado de alerta para qualquer desmoronamento ou alagamento provocado pelas chuvas de verão. Na segunda-feira será feita uma apresentação do plano para a comunidade e na terça-feira a equipe visita as áreas de risco. (Fonte: ValeParaibano)

Ubatuba conquista medalha de bronze no caratê

Ubatuba - O carateca Ivan Fernandes conquistou o bronze na categoria super ligeiro dos Jogos Abertos de Santos. A medalha foi a primeira de Ubatuba na competição e a única da região na modalidade.
Com a terceira colocação de Ivan e a sexta de Welder Santos, na categoria pena, a cidade foi a melhor colocada da região no caratê, ficando com a 12ª posição no geral masculino e nove pontos.
Jacareí, com o quinto lugar de Rafael Guimarães, na categoria leve, o sétimo de José Ricardo, na meio-pesado, e o oitavo de Eder Vanderley, na categoria pena, foi a melhor colocada do Vale do Paraíba, com a 14ª posição e sete pontos.
São José dos Campos somou dois pontos e ficou em 21º no masculino, com a sétima colocação de Klémerson Carvalho, na categoria leve. A cidade ficou empatada com Taubaté, que também pontuou com Fábio Araújo, sétimo na categoria médio.
COLETIVOS - No basquete feminino até 21 anos, São José perdeu para Americana por 90 a 53. Na categoria livre, Pinda perdeu para Itatiba, por 102 a 51 e Taubaté perdeu para Ribeirão Preto, por 83 a 56. As equipes continuam na briga pela classificação para a próxima fase.
Na categoria masculina até 21 anos, Jacareí também foi derrotada. A cidade perdeu para Franca, por 88 a 72.
TÊNIS DE MESA DUPLAS - São José conquistou a quarta colocação no tênis de mesa feminino livre, na categoria duplas, com as mesatenistas Janaína e Ana.
Na categoria masculino até 21 anos, os joseenses Carlos e Guilherme pontuaram para a cidade com a quinta posição nas duplas. (Fonte: ValeParaibano)

Envie estas notícias para um amigo:
e-mail:



Leia também as colunas:
Para Refletir
Para Refletir
Margareth Bravo

Opinião

Ronaldo Dias
Navegando
Navegando
 Pedro Monte-Mór

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:
Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br


©1995/2000 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor