Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Segunda-feira, 18 de dezembro de 2000 - Nº 190 Arquivo
Gefran Brinquedos
Giorgio Restaurante American Bar
Truckmodelismo Brasil
  
Receba as Últimas Notícias do Litoral via e-mail!
e-mail:
Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Principais Manchetes:

Aventureiros liberam a adrenalina no Litoral Norte
PM recebe reforço para a temporada
Barco naufraga e mata um em Ilhabela
Órgão define sobre aeroporto em fevereiro
Estacionamento pode custar caro a turista
"Maré vermelha" ameaça praias do litoral
Ubatuba será locação de longa metragem
Produção procura figurantes em Ubatuba
Câmara vota cobrança 50% maior a turistas


Aventureiros liberam a adrenalina no Litoral Norte
Empresas facilitam acesso a esportes radicais para atrair pessoas que procuram emoção durante as férias

Litoral Norte - O Litoral Norte promete para essa temporada de verão muita aventura e emoção aos turistas que querem mais que praias limpas e paisagens bonitas. Para atender a crescente procura por esportes radicais, as empresas oferecem até pacotes com várias modalidades esportivas.
Descer uma cachoeira amarrado em uma corda (rapel), atravessar uma distância de 40 metros a 15 metros do chão (tirolesa) ou fazer um vôo livre (asa delta) são alguns dos esportes radicais mais procurados na região durante as férias.
"A procura por esse tipo de programa está crescendo muito e a expectativa é que aumente ainda mais nessa temporada", disse o instrutor Nestor Costa. Ele oferece aos turistas um pacote que dura cinco dias e inclui mergulho, trilhas, vôo de paraglider, rapel e passeio de escuna.
Passeio semelhante é oferecido pela Fazenda Disparada que está montando o projeto 'Brincando com a Natureza'. O participante poderá fazer os esportes na fazendo ou optar por passeio de escuna a ilhas da região.
O proprietário da Radical Brasil, André Trujillo, disse que o perfil de seus 'alunos' é de profissionais liberais e médicos. "A adrenalina gerada pelos esportes radicais ajuda a reduzir o estresse."
O arquiteto Othon Ribeiro Carneiro, 45 anos, de Caraguatatuba, descarrega a energia com o grupo de mergulho. "Sempre gostei de mar e depois que comecei com as aulas até parei de fumar para melhorar minha resistência física."
O comerciante Luiz Sodré Monteiro, 34 anos, de Mogi das Cruzes, conta que começou a praticar rapel por acaso. "Estava com um grupo de amigos em Castelhanos (Ilhabela), vi o pessoal indo para a cachoeira, resolvi arriscar e adorei."
O Morro Santo Antônio, em Caraguá, com seus 340 metros de altura, é uma dos mais procurados para os adeptos do vôo livre com com asa delta ou paraglider.
"Os iniciantes devem fazer a estréia com um vôo duplo e procurar profissionais credenciados antes de saltar para a aventura", disse o instrutor José Mario de Souza, da escola High Fly. (Fonte: ValeParaibano)

PM recebe reforço para a temporada

Litoral Norte - O reforço da Polícia Militar para a Operação Verão chega na próxima quinta-feira no Litoral Norte. Foram destacados cerca de 400 homens para garantir da segurança na praia entre 26 de dezembro e 4 de março.
Esse reforço só tem sido possível nos últimos anos na região devido a parcerias existente entre a PM e as prefeituras e sociedades civis.
Uma das regiões que dependem basicamente do apoio das sociedades amigos de bairros é a costa sul de São Sebastião. Este ano, devido à procura por casas de veraneio e o atraso na divulgação sobre o número de policiais destinados para a região, a SOAB (Sociedades Amigos de Boiçucanga) está com dificuldade para conseguir um imóvel para alojar os 12 PMs que trabalharão no bairro.
O presidente da entidade Alcyr Toledo Vianna disse que é através dessa parceria que é possível garantir o policiamento porque o fluxo de turistas chega a quadruplicar nos finais de semana. Ele disse estar esperançoso em conseguir um imóvel para alojar os policiais militares, escrivães e investigadores até o início da semana.
Em Maresias, o presidente do Conseg (Conselho de Segurança), Lineu Alvim Coelho Júnior, disse que já há um acordo com a prefeitura para utilizar o espaço cultural do bairro como alojamento neste período. "O Estado não tem onde alojar esse pessoal e nós precisamos da polícia por aqui."
A refeição dos policiais que não moram na cidade é garantida por meio de uma parceria com a prefeitura. O mesmo ocorre em Ubatuba onde a ACIU (Associação Comercial e Industrial) também providencia o alojamento e em Caraguá, onde essa estrutura é fornecida pela prefeitura.
"Sem esse apoio seria inviável o reforço nas cidades", disse o oficial de operações do 20ª Batalhão da PM, capitão Eduardo Rosmaninho. Para essa temporada serão 423 policiais a mais, sendo 138 em Ubatuba, 120 em São Sebastião, 118 em Caraguá e 47 em Ilhabela. A PM também vai contar com equipamentos novos para o patrulhamento como seis quadriciclos e seis bases comunitárias móveis --duas em São Sebastião e uma nas outras cidades.
Segundo o comandante da 1º Cia, em São Sebastião, capitão Nilson Souza Silveira, haverá policiamento de bicicleta na costa sul, em Maresias e em Camburi. Em Caraguá, as bicicletas serão usadas nas praias Martin de Sá e centro. (Fonte: ValeParaibano)

Barco naufraga e mata um em Ilhabela

Ilhabela - Um turista morreu e outro desapareceu após o naufrágio de um barco pesqueiro, por volta das 6h30 de ontem, na baía de Castelhanos, em Ilhabela. No total, 11 turistas de São José estavam no barco Brucutu, que pertencia a um pescador de Ilhabela. O mar estava agitado em razão das fortes chuvas que caíam na região desde sábado à noite e provocou a inundação do barco.
Segundo testemunhas, uma onda forte virou a embarcação e todas as pessoas foram lançadas ao mar. Uma lancha, batizada de Marco Zero, que também levava turistas, foi a primeira a chegar ao local do acidente. Em poucos minutos, os ocupantes da lancha conseguiram resgatar dez pessoas com vida e o corpo de José Inácio dos Santos, que morreu logo após a queda.
Yutaca Ikeda, um dos turistas que estavam no barco, desapareceu e não havia sido localizado pela Capitania dos Portos até a noite de ontem.
Segundo a Capitania, o corpo de Santos foi levado ao IML e as outras dez pessoas prestaram depoimento e foram liberadas.
De acordo com a Capitania, a embarcação não tinha rádio. Também está sendo investigada a possibilidade de não haver duas pessoas habilitadas no barco, o que é exigido pela legislação. Por ser de pesca, a embarcação não poderia estar levando turistas. A Capitania abriu inquérito para apurar o acidente.
CHUVAS - Em Ubatuba, uma escuna que levava turistas teve o mastro avariado pelo mau tempo e ficou à deriva, mas foi resgatada por bombeiros. Não houve feridos.
Em Caraguá, um barranco deslizou e soterrou uma casa no morro da Querosene, deixando uma família desabrigada. Ninguém ficou ferido. A cidade teve cinco pontos de alagamento. (Fonte: Folha Vale)

Órgão define sobre aeroporto em fevereiro

Caraguatatuba - A falta de opções de transporte para o litoral norte levou a Prefeitura de Caraguatatuba a encomendar ao DAC (Departamento de Aviação Civil) um estudo sobre a viabilidade de instalar um aeroporto no bairro das Flexeiras, que atenderia as demais cidades da região -Ubatuba, São Sebastião e Ilhabela.
A administração estima que o DAC entregue, em fevereiro, um relatório detalhado à prefeitura sobre a viabilidade do aeroporto em Caraguá.
O tráfego aéreo no litoral norte, de acordo com empresas de aluguel de helicópteros consultadas pela Folha, vem apresentando crescimento a cada ano.
De acordo com o diretor de operações da América Air, Clóvis Carneiro, a temporada de verão do ano passado registrou um aumento de 25% na procura por causa da virada de ano.
"As pessoas estavam esperando a virada de 1999 para 2000. Todas queriam festejar na praia, e isso fez com que a procura pelo serviço de fretamento aéreo aumentasse", afirma Carneiro.
ESTUDOS - Uma comissão formada por técnicos do DAC, do IAC (Instituto de Aviação Civil), do SRPV (Serviço Regional de Proteção ao Vôo) e do Sereng (Serviço Regional de Engenharia) esteve em Caraguatatuba no mês de outubro, vistoriando uma área no bairro das Flexeiras, na região sul da cidade, onde poderá ser instalado o aeroporto.
O estudo foi solicitado pelo prefeito de Caraguá, Antonio Carlos da Silva (PSDB). Ele afirmou que a implantação de um aeroporto doméstico pode dar um impulso ao desenvolvimento turístico do litoral norte.
De acordo com o secretário de Planejamento da Prefeitura de Caraguá, Roberto Leite de Melo, a instalação do aeroporto depende de estudos sobre clima, condições de vento, tamanho do terreno e tipo de pista.
A prefeitura, no entanto, ainda não calculou quanto deverá despender com a obra.
"Ainda não podemos saber quanto seria gasto na construção do aeroporto nem em quanto tempo as obras estariam finalizadas. Tudo depende do resultado dos estudos do DAC", afirmou a secretário.
Firmando-se como centro comercial do litoral norte, Caraguatatuba espera que cerca de 3 milhões de turistas circulem pela cidade durante o verão - são aguardadas 400 mil pessoas só no feriado de Ano Novo. (Fonte: Folha Vale)

Estacionamento pode custar caro a turista

São Sebastião - Por falta de opções, o motorista que frequenta a costa sul de São Sebastião, a mais procurada pela classe média-alta no litoral norte paulista, tem que recorrer a estacionamentos clandestinos para deixar os carros.
Além da falta de segurança e da não-existência de seguro para os veículos e objetos deixados em seu interior, os preços são comparáveis aos cobrados por estabelecimentos regularizados na área central de São Paulo.
Os estacionamentos credenciados pela prefeitura cobram, em média, R$ 5 durante o dia e R$ 10 à noite, enquanto os clandestinos chegam a pedir R$ 20 de cada carro deixado no local.
Segundo o diretor de trânsito da Prefeitura de São Sebastião, Carlos Eduardo da Costa Carvalho, a falta de estacionamentos regularizados provoca um grande transtorno nas avenidas ao lado das praias do município.
A prefeitura acredita que existam apenas nove locais com autorização de funcionamento nas praias mais movimentadas da cidade -cinco em Maresias e quatro em Camburi.
"Com a falta de estacionamentos regularizados, muitas pessoas se apossam de terrenos vazios para fazer um", disse Carvalho.
A diretora de turismo de São Sebastião, Célia Pinto, pede que os turistas se informem na prefeitura sobre quais estacionamentos são credenciados.
"Os estacionamentos irregulares não oferecem garantias aos turistas", afirma Célia.
De acordo com ela, os estabelecimentos regulares entregam um recibo aos motoristas e são mais seguros.
FISCALIZAÇÃO - A Diretoria de Turismo de São Sebastião enviou, na semana passada, um relatório à prefeitura solicitando providências em relação aos estacionamentos clandestinos que existem no município.
Segundo a diretora, a administração precisa aumentar o número de fiscais para atuar nos 113 quilômetros de costa que a cidade possui.
"Se a fiscalização não for intensificada, os turistas não ficarão tranquilos em nossa cidade", disse Célia.
Além do problema de estacionamento, o diretor de trânsito de São Sebastião afirmou que a concentração de pedestres nas portas das boates do município também contribui para o aumento do congestionamento nas ruas.
"Em Maresias e Camburi, é comum ver uma grande concentração de jovens parados nas calçadas e avenidas das casas noturnas, dificultando o fluxo de veículos", disse Carvalho. (Fonte: Folha Vale)

"Maré vermelha" ameaça praias do litoral

Ilhabela - Em plena temporada de verão, as praias do Centro e Saco de Capela, em Ilhabela, foram atingidas ontem por uma mancha de origem ainda desconhecida.
A fiscalização da Prefeitura de Ilhabela vistoriou as praias e constatou que a mancha, de 60 metros, resulta de um fenômeno natural conhecido como "maré vermelha", ou seja, uma aglomerado de microalgas que se reproduzem em excesso e liberam uma substância tóxica.
Outras regiões, como a praia do Bonete e os costões, um trecho de cerca de seis quilômetros, também teriam sido atingidas pela maré vermelha, embora não haja confirmação da prefeitura.
As praias já haviam sido contaminadas no vazamento de óleo cru do navio cipriota Vergina 2, fretado pelo Petrobras, em novembro, quando outras 20 praias foram atingidas pelo óleo.
A cinco quilômetros das praias atingidas, próximo à balsa que leva a Ilhabela, uma equipe da Petrobras foi acionada ontem depois de receber denúncias de pessoas que atravessavam o canal.
O técnico de operação do Tebar (Terminal Marítimo Almirante Barroso) João Eugênio Avelar disse que se tratava de uma mancha conhecida como "iridescência" -camada fina e brilhante de óleo que fica sobre a água.
A bióloga Valéria da Hadel, da USP, explicou que o fenômeno é provocado por desequilíbrios ambientais, como derramamentos de óleo. Peixes contaminados pelas algas causam intoxicação. (Fonte: Folha Vale)

Ubatuba será locação de longa-metragem

Ubatuba - A cidade de Ubatuba será cenário para o longa-metragem "Desmundo", uma adaptação do romance de Ana Miranda, a ser produzida por Alain Fresnot, que já fez "Castelo Rá-Tim-Bum", "Kenoma" e "Ed Mort".
No ano passado, além de servir de locação para minisséries de televisão, o filme "Hans Staden", dirigido pelo cineasta Luiz Alberto Pereira, foi gravado, em sua grande parte, no município.
"Desmundo" conta a história da jovem órfã portuguesa Oribela, que é enviada ao Brasil para se casar com o português Francisco de Albuquerque, a quem não consegue amar, por estar apaixonada por outro homem.
A história começa em 1555, com uma carta do jesuíta Manoel da Nóbrega, enviada ao reino de Portugal pedindo a vinda de jovens órfãs para casarem-se com os primeiros colonizadores, pois eles já estavam "misturando-se" com as indígenas.
O diretor de produção, Ivan Teixeira, já está em Ubatuba negociando as locações na costa norte do município.
Entre os atores cotados para integrar o elenco estão Jonas Bloch, Stênio Garcia, Osmar Prado, Irene Ravache, Fernanda Montenegro e Paulo Autran.
As filmagens vão se iniciar em 2001. A produção vai fazer testes com figurantes da região. (Fonte: Folha Vale)

Produção procura figurantes em Ubatuba

Ubatuba - A produção do longa-metragem ""Desmundo", que será rodado em Ubatuba, está à procura de pessoas para trabalhar como figurantes.
A produção quer pessoas com os seguintes perfis:
1 - Índios ou descendentes de todas as idades;
2- Homens e mulheres brancos, de todas as idades. Podem ter tipos físicos diversos ou diferentes. Cabeludos e barbudos têm mais chances;
3 - Homens brancos com cicatrizes no rosto ou corpo
4 - Homens negros, entre 25 e 40 anos.
Os interessados em fazer parte deste longa-metragem, que será projetado nos cinemas de todo o país e do mundo, deverá comparecer para teste na sede da Fundart, o Casarão do Porto. As filmagens começam em 2001. (Fonte: Folha Vale)

Câmara vota cobrança 50% maior a turistas

Ubatuba - A Câmara de Ubatuba vota na próxima semana um projeto de lei que reajusta em 50% o valor cobrado dos ônibus que levam "turistas de um dia" e passa a cobrar taxa de vans que também fazem esse tipo de transporte e que hoje não pagam nada.
O projeto é do presidente da Câmara, Andrade Henrique dos Santos (PFL), que alega que esse tipo de turismo "aumentou desordenadamente" e que a taxa atual já tem quatro anos.
O Comtur (Conselho Municipal de Turismo) cobra hoje R$ 200 dos ônibus que transportam turistas que não tenham lugar comprovado para ficar.
Com a aprovação do projeto, o órgão vai cobrar taxa de R$ 300 dos ônibus e de R$ 150 de vans e peruas.
REDUÇÃO - Segundo o conselho, o número de ônibus em Ubatuba nos finais de semana vem caindo -há dez anos, cerca de 500 ônibus desciam para a cidade, contra cerca de cem que levam turistas hoje. (Fonte: Folha Vale)

Envie estas notícias para um amigo:
e-mail:



Leia também as colunas:
Para Refletir
Para Refletir
Margareth Bravo

Opinião

Ronaldo Dias
Navegando
Navegando
 Pedro Monte-Mór

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:
Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br


©1995/2000 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor