Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Segunda-feira, 20 de novembro de 2000 - Nº 171 Arquivo
Giorgio Restaurante American Bar
Truckmodelismo Brasil
  
Receba as Últimas Notícias do Litoral via e-mail!
e-mail:
Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Principais Manchetes:

Homicídios crescem 55% em Caraguá e mudam ação da PM
Moradores temem bala perdida e estupros
Três morrem afogados em São Sebastião
Ciclista morre atropelado por ônibus
Porto busca verba para ampliação
Juiz manda empresa concluir hospital
Festival de Futsal beneficente em Caraguá
Aberto de pesca agita a praia de Massaguaçu


Homicídios crescem 55% em Caraguá e mudam ação da PM
Corporação vai implantar itinerários de policiamento e reativar Força Tática

Litoral Norte - O aumento da criminalidade no Litoral Norte está fazendo o comando da Polícia Militar adotar medidas mais ostensivas para melhorar a segurança em locais considerados mais perigosos.
De janeiro a outubro o registro de homicídios em Caraguatatuba cresceu 55% comparado com o mesmo período de 99. Foram 40 contra 26. Dois deles chocaram a comunidade pela brutalidade das mortes que ocorreram após duas jovens terem sido estupradas.
Para tentar melhorar o policiamento, o comandante do 20ª Batalhão da PM, em São Sebastião, coronel Rui Nogueira de Lima, determinou que todas as cidades - Caraguatatuba, Ubatuba, São Sebastião e Ilhabela -- fossem divididas em subsetores. "Cada rua será mapeada pelos policiais e entrará no nosso organograma de patrulhamento".
Com isso, ele pretende implantar ainda este ano o CIP (Cartão Intinerário de Patrulhamento). O policial escalado para fazer ronda receberá um mapa e deverá seguir um trajeto durante 40 minutos passando por todas as ruas daquele setor.
Na sequência ele deverá parar em um ponto por outros 20 minutos e só seguir para um outro setor. "Esse patrulhamento será alterado diariamente para que não se criem vícios e o criminoso não pratique seus atos após a passagem da viatura."
A iniciativa da PM vai de encontro às reivindicações de moradores dos bairros considerados mais violentos. Os vizinhos da jovem Laura Cristina Pontes, 18 anos, estuprada e morta no último domingo, prometem fazer uma manifestação cobrando policiamento (leia texto nesta página).
O coronel Lima adiantou que esse esquema podem falhar quando a viatura tiver que sair para atender uma outra ocorrência. Em locais onde as viaturas não chegarem, serão utilizadas motocicletas.
Outra medida adotada pela melhorar a segurança é a reativação da Força Tática. Já em operação em São Sebastião, ela será efetiva até a temporada de verão, que começa em 26 de dezembro em Caraguá, Ubatuba, Ilhabela e costa sul de São Sebastião.
RANKING - A polícia da região é unânime em considerar Caraguá como a cidade mais violenta do Litoral Norte. Os bairros Travessão, Jaraguá, Perequê-Mirim, na região sul, são apontados como os principais em ocorrências.
Essa região concentra cerca de 40% dos quase 80 mil moradores do município. O prefeito Antônio Carlos da Silva (PSDB) disse que a parte do município está sendo feita com iluminação e pavimentação da ruas até para facilitar a entrada das viaturas.
Ele acrescentou ainda que está reformando um imóvel para a instalação de um 2ª Distrito Policial nesta região. "O próximo passo será cobrar da Delegacia Seccional o envio de policiais para trabalharem nesta região."
ÚLTIMO CASO - Um homem foi morto na madrugada de ontem com um tiro na cabeça, no bairro Perequê-Mirim, região sul de Caraguatatuba. Anderson Bertoni, 20 anos, foi morto na avenida Jaraguá, próximo a um bar.
Segundo uma testemunha, no momento do crime estava acontecendo um forró nas imediações quando foram ouvidos disparos. O corpo de Bertoni está caído no chão e haviam várias pessoas no local.
A Polícia Civil não soube informar se o rapaz tinha passagem. (Fonte: ValeParaibano)

Moradores temem bala perdida e estupros

Litoral Norte - Os moradores que moram em região consideradas mais violentas temem sair de casa como medo de bala perdida e estupro. Na costa sul de Caraguatatuba, praticamente todos os dias há registro de algum tipo de ocorrência. Na sua maioria, tentativa de homicídio, assassinato, furtos e tráfico de entorpecente.
A doméstica B.P.L. mora há 10 anos no Perequê-Mirim. Ela conta que os moradores, apesar de acostumados com a criminalidade, têm medo de sair de casa. "Meu medo é de receber uma bala perdida."
Segundo ela, houve uma semana que contou três homicídios próximo à sua casa. "Acho que está faltando policiamento. Eles só aparecem aqui quando tem morto."
A cozinheira E.S, disse que está assustada com a violência na cidade, preocupada porque tem duas filhas menores e não tem mais sossego quando elas saem de casa. "Já não consigo mais dormir."
Seu drama começou quando a jovem Andreia Cristina Fortunato, 22 anos, foi estuprada, enforcada, furada e teve seu corpo queimado pelo menor A.R.P., 17 anos, no bairro Barranco Alto. Hoje ele está na Febem, em São Paulo.
No bairro do Morro do Algodão os moradores ainda estão inconformados com a morte da balconista Laura Cristina Pontes.
Segundo a comerciante Sonia Regina de Jesus Domingues, 41 anos, ela e a dona de casa Patrícia Adélia de Souza, 30 anos, prima de Laura, estão organizando um protesto pedindo mais policiamento para a região.
O pedreiro M.R.S., 23 anos, morador no bairro Olaria, também considerado crítico pela polícia, conta que que lá as coisas são resolvidas na faca ou no revólver.
Em Ubatuba, a criminalidade maior é registrada no bairro Ipiranguinha. Já em São Sebastião, a polícia classifica os bairros Topolândia, Olaria e Itatinga como os mais perigosos. Lá, as brigas e mortes ocorrem mais por acertos de conta entre grupos rivais. (Fonte: ValeParaibano)

Três morrem afogados em São Sebastião

São Sebastião - Três pessoas de uma mesma família morreram afogadas anteontem na praia Barra do Sahy, costa sul de São Sebastião. Iole Papa Rodrigues Cruz, 51 anos, sua filha Maura Henriques Cruz Seguim, e o neto Tomas Henriques Cruz Seguim, 2 anos, chegaram a ser socorridos até o Pronto Socorro de Boiçucanga, mas deram entrada mortos.
Os três estavam nadando em um local conhecido como Canto Bravo, próximo à costeira, que tem como característica um lago, quando foram arrastados por uma onda mais forte.
O marido de Iole e pai de Tomaz, Valter Banducc Seguim, que é médico também estava na água e ainda conseguiu retirar a criança, aplicando os primeiros-socorros, mas ela não resistiu.
Um policial militar que passava pelo local entrou no mar para resgatar as duas mulheres e fazer os procedimentos para reanimação.
O tenente Alexandre Rodrigues dos Passos, comandante interino do Grupo de Salvamento Marítimo no Litoral Norte, explicou que o local é considerado um dos mais perigosos da região com fortes correntezas e que não há guarda-vidas nesta área.
Ele alerta que as pessoas devem evitar andar na costeira quando o mar está revolto devido às fortes correntezas e ter cuidado com áreas escorregadias porque podem cair na água. (Fonte: ValeParaibano)

Ciclista morre atropelado por ônibus

Caraguatatuba - O motorista Benedito de Medeiros, 51 anos, morreu atropelado por um ônibus da empresa PraiaMar, na última quinta-feira no centro de Caraguatatuba. Ele estava estava andando de bicicleta pela avenida Miguel Varlez por volta das 18h quando aconteceu o acidente. Parte da área central da cidade ficou com trânsito congestionado por causa do atropelamento.
Segundo Ednaldo Celestino dos Santos, motorista do ônibus que atropelou Medeiros, a vítima trafegava na frente do ônibus, no sentido centro-São Sebastião, quando teria perdido o controle sobre a bicicleta e caiu no chão. Santos disse em depoimento à polícia que não teve tempo de parar o ônibus. Medeiros teve a cabeça esmagada.
O acidente aconteceu na altura do Jardim Primavera. O trânsito teve que ser desviado pelos fiscais de Ditran (Divisão de Trânsito). Os carros seguiam para ruas transversais, enquanto o Corpo de Bomebeiros fazia a remoção da vítima.
Medeiros estava voltando do serviço, onde trabalhava como motorista em uma empresa de construção civil. (Fonte: ValeParaibano)

Porto busca verba para ampliação

São Sebastião - A direção do Porto de São Sebastião está lançando uma campanha junto às empresas do Vale do Paraíba com o objetivo de aumentar o volume de circulação de cargas no local --tanto em exportações como em importações.
Segundo o gerente da Divisão do Porto, Vilson Costa, onde houver uma oportunidade representantes do porto vão estar conversando com empresariado para que façam um "lobby" junto a políticos e comunidade para conseguir verba para a ampliação do porto.
Ele afirma que para a consolidação do porto como referência regional são necessários investimentos em sua infra-estrutura.
Estão sendo pleiteados R$ 37 milhões dentro do PPA (Plano Plurianual do Governo Federal).
O porto de São Sebastião é administrado pela Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S/A) e movimenta cerca de 400 mil toneladas de produtos importados por ano. (Fonte: ValeParaibano)

Juiz manda empresa concluir hospital

Ilhabela - A Justiça de Ilhabela deu um prazo de 48 horas para que a construtora Gama retome as obras do Hospital Municipal.
A ordem foi dada pelo juiz Josué Vilela Pimentel, com base em ação impetrada pela prefeitura. A administração municipal alega que já pagou R$ 1,5 milhão à empresa, mas nem todos os serviços foram concluídos.
Segundo o procurador do município, Dilson de Almeida Moraes Júnior, a empresa ainda tem de realizar serviços como alvenaria, colocação de divisórias, portas e instalações hidráulicas e elétricas.
Na ação, o procurador justifica a necessidade do município estar com o hospital em funcionamento até o final de dezembro deste ano. "Deste período até o Carnaval, a cidade recebe cerca de 80 mil turistas sem que exista uma unidade de saúde para atendê-los."
No mês passado, o Ministério Público de Ilhabela abriu inquérito civil para apurar irregularidades em processo licitatório realizado pela prefeitura. Segundo a denúncia, a Secretaria de Obras determinou a abertura uma licitação para a colocação de pisos e azulejos no hospital, mas o material já estava assentado havia dois meses.
Nenhum representante da empresa foi localizado ontem para falar sobre a decisão judicial. (Fonte: ValeParaibano)

Festival de Futsal beneficente em Caraguá

Caraguatatuba - No próximo dia 23, a Secretaria de Esportes e Recreação de Caraguatatuba em parceria com empresários da cidade promovem um festival de futsal beneficente. O evento, que será realizado no Ginásio de Esportes do CIEFI, em Massaguaçu, acontece em prol do garoto Felipe Ferreira Rosa Fonseca, de oito anos. Ele sofre de uma doença degenerativa do tecido epitelial (pele) conhecida por epidermiolise bolhosa --a enfermidade não tem cura. O festival vai reunir oito equipes de quatro categorias diferentes. Os jogos acontecem a partir das 19h e o ingresso é um tubo da pomada Garamecina. (Fonte: ValeParaibano)

Aberto de pesca agita a praia de Massaguaçu

Caraguatatuba - Neste fim-de-semana, o Clube de Pescadores do Vale do Paraíba promoveu a segunda edição do Torneio Aberto Interestadual de Pesca. O evento foi realizado na praia de Massaguaçu, em Caraguatatuba. Além das equipes do Litoral Norte, do Vale e da Baixada Santista, os organizadores receberam participantes de outros Estados, como Rio de Janeiro, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. O Torneio Aberto Interestadual de Pesca é considerado um dos mais importantes do Estado. A modalidade praticada é pescaria costeira (onde o pescador arremessa sua linhada da areia). (Fonte: ValeParaibano)

Envie estas notícias para um amigo:
e-mail:



Leia também as colunas:
Para Refletir
Para Refletir
Margareth Bravo

Opinião

Ronaldo Dias
Navegando
Navegando
 Pedro Monte-Mór

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:
Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br


©1995/2000 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor