Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Terça-feira, 26 de dezembro de 2000 - Nº 195 Arquivo
Gefran Brinquedos
Giorgio Restaurante American Bar
Truckmodelismo Brasil
  
Receba as Últimas Notícias do Litoral via e-mail!
e-mail:
Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Principais Manchetes:

Câmeras de vídeo monitoram o litoral
Cadeias do litoral estão superlotadas
Cliente reclama de serviço de caixa postal em telefone
IPTU com desconto de 10% até 10 de janeiro
Bazar do fundo Social está aberto
Venezia é tema da exposição na Fundacc
São Sebastião, o point da temporada
Trilhas levam a paisagens que "renovam o espírito"
São Sebastião prepara festa da virada
Culinária local preserva os pratos preparados com peixe
Centro histórico é restaurado


Câmeras de vídeo monitoram o litoral
Caraguá e São Sebastião planejam aumentar a segurança em bairros e praias com a instalação dos equipamentos

Caraguatatuba - A instalação de câmeras de vídeos em pontos estratégicos no Litoral Norte foi uma das alternativas encontradas pela população para tentar reduzir o número de furtos e roubos a residências nesta época do ano.problema dos casos de furtos e roubos nas quatro cidades do A comunidade e a administração das quatro cidades do litoral --Caraguatatuba, Ubatuba, São Sebastião e Ilhabela-- estão se mobilizando para reduzir os índices de criminalidade durante a temporada.
Um projeto-piloto está sendo executado em Maresias, costa sul de São Sebastião, pelo Conseg (Conselho de Segurança) do bairro. A idéia é ampla e visa atender todas as praias e os dois portais de entrada da cidade.
Batizado como Sisco (Sistema Integrado de Segurança Comunitária), o projeto prevê o uso de rádio comunicadores e instalação de câmeras para monitoramento em residências particulares e estabelecimentos comerciais. A segunda etapa do projeto prevê a instalação de câmeras de alta definição em locais estratégicos do bairro.
O presidente do Conseg, Lineu Alvim Coelho Júnior, disse que essas medidas visam reduzir a criminalidade na região e inibir as invasões e degradações contra o meio ambiente.
Um primeiro levantamento feito por uma empresa de segurança apontou que a instalação dos equipamentos custaria cerca de R$ 50 mil. Coelho Júnior disse que o projeto prevê a participação de toda a comunidade dentro do Sisco, que aprovaram a idéia.
De janeiro a outubro deste ano, a Polícia Militar registrou um crescimento de 35% no número de furtos e de 29% de roubos praticados no Litoral Norte.
A preocupação do presidente do Conseg é com relação a temporada de verão, quando esses números crescem ainda mais.
O prefeito eleito Paulo Julião disse que está preocupado com a criminalidade na cidade e por isso nomeou o coronel Rodrigues Silva Lopes como assessor de assuntos de segurança.
CARAGUÁ - Em Caraguatatuba, o prefeito Antônio Carlos da Silva anunciou que vai instalar câmeras de vídeo na praia Martin de Sá e na região central, também com o objetivo de coibir a criminalidade.
Estão previstas a instalação de oito câmeras ao longo da orla da praia Martin Sá que devem ser operadas no período noturno quando são frequentes as desavenças entre os jovens que frequentam o local.
Na região central, os equipamentos seriam usados para inibir os assaltos às agências bancárias e lojas comerciais. O prefeito estuda ainda a instalação de câmeras nos acessos a Ubatuba e São Sebastião.
Para o sub-comandante do 20º Batalhão da PM, capitão André Luiz Cavalcante, a instalação das câmeras de vídeo é uma alternativa para controlar a criminalidade na cidade.
Ele afirmou que há tempos está conversando com o prefeito Antônio Carlos sobre essa possibilidade. "Só o fato do criminoso saber que pode estar sendo vigiado, já pode modificar o seu comportamento."
O monitoramento desse equipamento deverá ser feito pela PM, que teria melhores condições de agir em casos de crimes ou identificar o criminoso. (Fonte: ValeParaibano)

Cadeias do litoral estão superlotadas

Litoral Norte - A cadeias públicas do Litoral Norte estão superlotadas e não têm condições de receber o contingente de presos durante a temporada, que chega a triplicar nesta época do ano, segundo a polícia.
Juntas, as três cadeias públicas de Caraguatatuba, São Sebastião e Ubatuba possuem 322 presos e capacidade para apenas 132. A preocupação da polícia é que, com o aumento no número de crimes, aumentaria o número de prisões nesta época do ano.
O delegado-assistente da Seccional de Polícia de São Sebastião, Eduardo Iasco, disse que as cadeias estão tentando fazer transferências de presos para tentar abrir novas vagas.
Segundo ele, outra medida é reforçar equipamentos de segurança e número de carcereiros, para evitar fugas causadas pela superlotação.
"Não temos mais espaço e vai lotar ainda mais. A tendência é triplicar o número de detentos", disse o diretor da cadeia de São Sebastião, José Lamartine Fagundes.
A cadeia possui 172 presos para apenas 60 vagas. Em uma cela com capacidade para seis detentos, por exemplo, está abrigando cerca de 20, segundo o diretor.
O comandante do 20º Batalhão da Polícia Militar, tenente coronel Rui Nogueira de Lima, afirmou que a polícia vai investir este ano no policiamento comunitário, para evitar as prisões.
"O preventivo é nossa meta, porque sabemos que as cadeias estão lotadas. Para isso temos que contar com a ajuda da comunidade, que deve acionar a PM em caso de suspeitas, antes que ocorra o delito", disse.
A assessoria de imprensa da Secretaria da Administração Penitenciária informou que recebe uma média de 900 presos por dia em todo o Estado e não tem como conseguir novas vagas.
Para a secretaria, o problema vai ser solucionado com a construção do CDP (Centro de Detenção Provisória), em Taubaté. (Fonte: ValeParaibano)

Cliente reclama de serviço de caixa postal em telefone

São Sebastião - A auxiliar de educação Clemilda Oliveira Leite, 50 anos, de São Sebastião, está insatisfeita com o serviço de caixa postal no seu telefone residencial, instalado há pouco mais de um mês pela empresa Telefônica.
Segundo ela, na maioria das vezes que alguém tenta ligar na sua casa, cai direto na caixa postal, mesmo sem ter ninguém usando.
Clemilda disse que foi praticamente forçada pelos vendedores da empresa a instalar o serviço em seu telefone. "Eles insistiram tanto, dizendo que era um serviço importante e necessário, que acabei aceitando", disse ela, que paga uma taxa de R$ 12 mensais pelo serviço.
Ela afirmou que pediu para removerem a sua caixa postal, mas que na Telefônica teriam informado que seu nome não constava no cadastro da empresa, e que não poderia fazer nada.
OUTRO LADO - A assessoria de imprensa da Telefônica informou que o serviço de caixa postal é gratuito e que, portanto, a cobrança de R$ 12 é indevida. Segundo a Telefônica, se for constatada a cobrança, será feito o ressarcimento ao cliente.
A assessoria de imprensa informou ainda que os assinantes devem registrar suas dúvidas e reclamações para a central de atendimento pelo número 104, que atende 24 horas por dia, inclusive sábados, domingos e feriados. (Fonte: ValeParaibano)

IPTU com desconto de 10% até 10 de janeiro

Caraguatatuba - A Prefeitura Municipal de Caraguatatuba irá expedir cerca de 80 mil carnês de lançamentos do IPTU para o exercício de 2001. O secretário de Planejamento Roberto Leite de Melo, esclareceu que não haverá qualquer aumento no valor do tributo, apenas a correção anual do VRM - Valor de Referência do Município, que foi atualizado de R$ 1,0641 para R$ 1,1278, representando um aumento de 5,99 %. Para a correção do VRM, tendo em vista que foi extinta a UFIR Federal que servia de base para esta finalidade, o Prefeito Municipal de Caraguatatuba Antonio Carlos da Silva determinou a aplicação do índice anual do IPCA do IBGE, que passará a ser utilizado para a atualização monetária da VRM.
O prazo inicial para o vencimento do IPTU foi fixado para o dia 10 de janeiro de 2001, sendo que os contribuintes que optarem pelo pagamento antecipado integral terão um desconto de 10 %. Para pagamento integral do IPTU no mês de fevereiro, o contribuinte será beneficiado com um desconto de 5 %. Finalmente, como uma terceira opção, o IPTU ainda poderá ser pago em onze parcelas mensais.
A Prefeitura também beneficiará o contribuinte que quitar em dia suas parcelas até o dia 20 de cada mês. O munícipe que perder a data de vencimento das parcelas terá uma multa de 2 % e juros de mora, além de perder o benefício do desconto oferecido pela prefeitura de 3 %. A Prefeitura Municipal manterá plantões para esclarecimento de dúvidas ao contribuinte. (Fonte: PMC)

Bazar do fundo Social está aberto

Caraguatatuba - O Fundo Social de Solidariedade de Caraguatatuba está realizando, entre os dias 15 de dezembro e 30 de janeiro, um Bazar com os produtos das oficinas do CFP - Centro de Formação Profissionalizante. Diversos produtos estarão à venda à partir das 17 horas, durante todos os dias da semana. Há ótimas opções para presente. O consumidor irá encontrar no Bazar peças variadas em papel reciclado: cartões de natal e porta-retratos. Taboa: tapetes, chinelos, cachepôs e cestarias. Tecido e pintura: bolsas, almofadas, caminhos de mesa, cortinas, puxa-sacos, sacos de pão e outras produções das oficinas do CFP. Os preços variam de R$ 3,00 a R$ 30,00. O Bazar está montado atrás do Palco da Praça de Eventos, na Avenida da Praia. (Fonte: PMC)

Venezia é tema da exposição na Fundacc

Caraguatatuba - “Venezia” é o tema da exposição de fotos de Gianni D’Ângelo, que começa no dia 22 de dezembro na Fundacc - Fundação Cultural de Caraguatatuba. A exposição vai até o dia 6 de janeiro e, continua entre os dias 8 e 14 na Setur. A exposição reúne 18 fotos sobre Veneza, feitas pelo fotógrafo italiano entre 1993 e 1995. São fotos reveladas em preto e branco quer mostram a arquitetura romântia, gótica e bizantina da cidade.
Situada no nordeste da Itália, a 4 km do continente, em meio à vasta laguna do Mar Adriático, Veneza é pitoresca por seus 160 canais. Formada por 118 ilhas ligadas entre si por 400 pontes e é considerada a cidade italiana de maior importância histórica. “Há muito tempo eu queria mostrar ao público de Caraguá a beleza desta cidade. Para mim, Veneza está para a arquitetura como o Brasil está para a natureza, as duas são as melhores do mundo nestes quesitos”, comentou Gianni.
Gianni D’ângelo é fotógrafo há 21 anos e residente no Brasil há 10. Na Itália trabalhou 10 anos no Studio Odeon em fotografia publicitária e como repórter para o cotidiano “Giornale de Brescia”. No Brasil teve fotografias publicadas nos jornais “Folha de São Paulo”, “ValeParaibano” e “Estadão”, entre outros. Colabora desde 1994 para a Prefeitura Municipal de Caraguatatuba. Executou vários folhetos, mapas, postais e cartões telefônicos da cidade. A revista italiana “Motociclismo” publicou por duas vezes suas reportagens do evento “Megacycle”. (Fonte: PMC)

São Sebastião, o point da temporada
Costa sul do município é uma das mais badaladas do verão do Litoral Norte

São Sebastião - Uma das regiões mais badaladas do Litoral Norte, por suas belezas naturais e pelo público que a frequenta, a costa sul de São Sebastião reúne tudo o que agrada o veranista: praias com visual muito agradável, esportistas de várias "tribos", muita gente bonita, agito noturno e muitas opções de lazer e ecoturismo.
Maresias é uma estrela entre as praias da região. Camburi, Boiçucanga também está na lista dos turistas que buscam animação. E quem quer mais tranquilidade também tem seu lugar ao sol: as praias de Toque-Toque Grande e Toque-Toque Pequeno são sossegadas, com pouco movimento.
A costa sul de São Sebastião ainda é palco de passeios náuticos imperdíveis e de campeonatos de surfe que reúne competidores do Brasil é do mundo.
Os fanáticos por surfe garantem que as melhores ondas são encontradas nas praias de Maresias e Camburi. Em Paúba, se o surfista tiver sorte, também pode conseguir altas ondas.
Mas para aqueles que não perdem um dia de praia, faça sol ou faça chuva, vale mesmo o prazer de estar na água e quebrar as ondas maiores e mais fortes.
Para quem não gosta de se arriscar sozinho no mar, a dica é aproveitar os passeios que são oferecidos, com garantia e segurança.
Para quem quer conhecer o que há por trás das belas paisagens formadas pela mata atlântica, do azul do oceano Atlântico e dos rios que cortam a costa sul, a Marina Canoa é uma opção.
O Up River Boat, é uma dica para quem quer descer o rio Una e apreciar as belezas naturais e as diversidades da fauna e flora da região. Nessa região o encontro da água doce com a salgada é um espetáculo imperdível.
Para os mais aventureiros há o passeio de lancha até as ilhas Montão de Trigo, onde é possível fazer mergulho livre, Ilha das Couves e as Ilhas. Essa última é uma das mais procuradas por turistas que se encantam com sua beleza selvagem e suas praias de areia branca e águas claras. (Fonte: ValeParaibano)

Trilhas levam a paisagens que "renovam o espírito"

São Sebastião - Se o sol não ajudar muito na hora de pegar um bronze nas praias de São Sebastião, o turista pode encontrar dentro da área do Parque Estadual da Serra do Mar opções de lazer de, literalmente, tirar o fôlego do visitante.
Para isso é oferecido um programa de trilhas que levam a lugares encantadores, com paisagens maravilhosas e cachoeiras inesquecíveis. A visita deve ser agendada com antecedência no CIT (Centro de Informações Turísticas) porque a demanda diária pelos locais é grande.
Uma das principais trilhas da cidade é a que leva à Cachoeira do Ribeirão do Itú, em Boiçucanga, na costa sul.
A trilha é longa, dura cerca de 6 horas para um trecho de 8,2 km. A partida é em Boiçucanga e os aventureiros vão até o município de Salesópolis. No caminho o ecoturista vai encontrar diversas cachoeiras (e descê-las pendurado em cordas), atravessar rios, observar a fauna e a flora da mata atlântica.
Outra opção de trilha monitorada é a da praia Brava, também na costa sul da cidade. Com 2 km de extensão e 3 horas de percurso, essa trilha faz parte de uma área sob proteção especial entre Maresias e Boiçucanga, onde a Serra do Juqueriquerê forma uma ponta que avança para o mar, formando um importante corredor biológico.
O trilheiro vai encontrar ao longo do percurso um trilha larga e de fácil acesso e poderá desfrutar de banho de mar e em cachoeiras, praticar surfe, ter uma vista panorâmica e poder observação de mata de encosta.
Alguns trechos dessa trilha podem ser percorridos de bicicleta ou veículos com tração nas quatro rodas, o que aumenta ainda a mais a emoção durante o percurso. Passeio a cavalo também é permitido nesse local.
O percurso do bairro Enseada até a estrada do Rio Pardo, para quem vai fazer off-road é de cerca de 31 km. O visitante passará perto do ponto mais alto de São Sebastião --827 metros acima do nível do mar.
A principal dica para quem quer fazer trilhas na região, além de ir com equipamentos adequados como roupas confortáveis --camiseta e calça de moleton, tênis com sola anti-derrapante ou bota com proteção para os tornozelos-- é contratar um monitor local (aliás, esta é uma dica obrigatória). (Fonte: ValeParaibano)

São Sebastião prepara festa da virada
Costa sul oferece atrações com muita festa para os turistas que vão estar no Litoral Norte no Ano Novo

São Sebastião - Quem está programando passar o Réveillon no Litoral Norte tem como opção apreciar a queima de fogos que vai acontecer nas principais praias da costa sul de São Sebastião. Depois, sobram opções de agitos na região.
Com ocorre há pelo menos quatro anos, o Hotel Canoa e o Iate Clube Barra do Una vão fazer uma queima de fogos de pelo menos 30 minutos de duração.
O proprietário da marina, Adrian Fuhrhausser, disse que estão sendo investidos cerca de R$ 10 mil na aquisição dos fogos de artifício. O evento será uma festa fechada e os convites serão vendidos a R$ 50, com direito a um buffet de frutas.
Em Boiçucanga, a comunidade está se organizando para também garantir a passagem do ano com luzes e música. Estão sendo esperadas cerca de 10 mil pessoas para o evento.
O presidente da Soab (Sociedade Amigos de Boiçucanga), Alcyr de Toledo Vianna, adiantou que o evento será feito em parceria com um condomínio. Os fogos serão acessos onde será construída a Praça do Por do Sol, no canto direito da praia e será aberto para todos.
Aliás, a costa sul de São Sebastião, composta por 15 praias, é um dos principais points da cidade. A nata paulistana "invade" as praias, principalmente Maresias, Boiçucanga e Camburi, nos finais de semanas, feriados e férias.
A secretária de Turismo do município, Célia Pinto, disse que para isso não faltam opções de agito para a moçada. Lojas, bares, restaurantes e danceterias que não deixam nada a desejar aos grandes centros do Estado.
Prova disso é que as tradicionais boates Sirena (Maresias) e Galeão (Camburi) ganharam novas concorrentes, como a Phoenix e Donna, esta última de Adriane Galisteu.
Nessa região o principal lema é ver e ser visto, não importa por quem. A estudante Neide Vilaça, 27 anos, de São Paulo, disse que há dois anos frequenta Maresias, e que não há point melhor para ver gente bonita.
O comerciante Eduardo Schiavenato, 32 anos, também da capital, disse que desce todo o final de semana para a praia (Boiçucanga) e frequenta os melhores points da região.
FESTIVAL - Para manter a cidade em evidência durante a próxima temporada de verão, o prefeito eleito Paulo Julião está tentando junto à Secretaria de Cultura do Estado conseguir levar uma parte do Festival de Verão que este ano aconteceu em Ilhabela, para o município. (Fonte: ValeParaibano)

Culinária local preserva os pratos preparados com peixe

São Sebastião - Como em toda a cidade litorânea, São Sebastião também preserva os pratos preparados à base de peixes e frutos de mar. Aliás, esse gosto é ditado pelo turista que quer conhecer cada vez mais a culinária caiçara.
A costa sul da cidade não foge à regra e a dica do chef e proprietário do Neno Restaurante, Vladimir "Neno" Scarpa, é pelo filé de linguado à moda da casa.
Esse prato é uma adaptação do tradicional azul marinho --peixe cozido com banana verde e servido com farinha-- com um toque mais sofisticado. Nesse caso a banana é madura, coberta com queijo e cozido em um molho de leite de coco. O sabor é inesquecível.
Neno conta que o prato foi criado há 15 anos, desde que abriu o restaurante e ainda é um dos mais pedidos pelos clientes.
O proprietário do Mare Nostrum Restaurante e Pizzaria, Maurício Waissmann, aposta nas massas com frutos do mar como um dos preferidos pelos turistas. "Nos primeiros dias, o peixe tem uma boa saída, mas depois, o cliente quer comer uma coisa diferente."
Uma dica da casa é para a pizza de camarão temperado. A picanha, velha conhecida da maioria dos turistas, também não pode ser esquecida. "Se não tiver no cardápio, podemos perder cliente", ensina Neno. (Fonte: ValeParaibano)

Centro histórico é restaurado

São Sebastião - Junto com o turismo praticado nas praias e points da cidade, o centro histórico de São Sebastião é um dos mais procurados pelos turistas.
Na década de 60 o Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arqueológico e Turístico do Estado de São Paulo) tombou sete quadras do centro históricos.
Entre as construção mais significativas estão a Igreja Matriz, do século 17 --que está sendo reformada pela Mitra Diocesana com a patrocínio da prefeitura, Petrobrás e Vokswagen-- Casa de Câmara e Cadeia (século 18) e a Casa Esperança. Essa última é a construção mais nobre do município e foi construída de pedra e cal, com argamassa feita da moagem de conchas, areia e óleo de baleia.
Ao lado da Casa da Esperança fica a sede da Secretaria de Cultura e Turismo, do início do século. Na rua da praia existe o Hotel da Praia e no centro fica a capela de São Gonçalo, recém-recuperada e que hoje abriga o Museu de Arte Sacra.
A Casa Dória, de 1906, também no centro é um exemplo da transição entre a arquitetura colonial com a moderna.
Fora da área central, no bairro São Francisco, está localizado o convento de Nossa Senhora do Amparo, que data do século 12.
SÍTIO - O sítio arqueológico localizado no bairro São Francisco, na costa norte de São Sebastião, é outro passeio que ser feito por quem visita São Sebastião. Esse ponto faz parte do programa de ecoturismo, educação e proteção ambiental desenvolvido pela prefeitura.
Situado dentro da área do Parque Estadual da Serra do Mar, o sítio tem mais de 200 anos, está localizado em uma área de 3.500 metros quadrados e faz parte da história da colonização brasileira nos séculos 18 e 19.
As construções do sítio foram feitas em sistema de terraço sendo que na parte mais alta ficava a casa do senhor da fazenda. (Fonte: ValeParaibano)

Envie estas notícias para um amigo:
e-mail:



Leia também as colunas:
Para Refletir
Para Refletir
Margareth Bravo

Opinião

Ronaldo Dias
Navegando
Navegando
 Pedro Monte-Mór

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:
Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br


©1995/2000 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor