Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Terça-feira, 02 de janeiro de 2001 - Nº 199 Arquivo
Anuncie Aqui Studio Maranduba
Giorgio Restaurante American Bar
Truckmodelismo Brasil
  
Receba as Últimas Notícias do Litoral via e-mail!
e-mail:
Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Principais Manchetes:

Réveillon na praia atrai 1,3 milhão, apesar da chuva
Dois são espancados durante comemorações
Volta do feriadão congestiona Tamoios
Pedra cai e desaloja 18 famílias
Paulo Ramos convoca morador para recolher lixo
Musicamar agita o Litoral Norte
Relação de Shows do Musicamar 2001


Réveillon na praia atrai 1,3 milhão, apesar da chuva
Turistas vão à orla assistir à queima de fogos apesar do mau tempo; telefonia celular fica com linhas congestionadas

Litoral Norte - Mais de 1,3 milhão de pessoas acompanharam a queima de fogos nas praias do Litoral Norte. A chuva insistente não afastou a multidão das praias na virada do milênio.
A estimativa do secretário de Turismo de Caraguatatuba, Salim Burihan, é que cerca de 300 mil pessoas acompanharam a queima de 15 toneladas de fogos na orla da praia do centro e região. Foram 20 minutos de espetáculo debaixo de uma chuva fina.
Muita gente aproveitou para fazer pedidos para Iemanjá, rainha do mar, a a praia ficou lotada de oferendas, rosas e velas. A professora Giovana Schiavon, de Mogi Guaçu, acendeu uma vela para agradecer o ano que passou e pedir paz e saúde para o novo ano.
Em Ubatuba, o novo milênio foi recebido com música e luzes na praia da avenida Iperoig. O presidente da ACIU (Associação Comercial e Industrial de Ubatuba), Josias Baltazar Sabóia, estima que, mesmo com a chuva forte, cerca de 500 mil pessoas acompanharam a queima de fogos em toda a cidade.
A chuva também castigou Ilhabela, mas não atrapalhou o Réveillon dos mais de 100 mil turistas que estiveram na cidade.
Em São Sebastião, o maior espetáculo de fogos foi realizado na costa sul da cidade. Mais de 400 mil pessoas passaram o Réveillon nas praias do município.
PANE TELEFÔNICA - O excesso de turistas no litoral prejudicou quem quis se comunicar com familiares de outras cidades por telefone. Diferente do que a Telesp Celular anunciou, quem tentou fazer uma ligação com o aparelho móvel a partir das 21h não conseguiu completar a ligação pelo menos até as 3h.
A comerciária Leila Regina Diman, de Jaú, disse ter ficado chateada porque não conseguiu falar com seu filho, que não pode ir à praia. "Tentei várias vezes, mas infelizmente não consegui completar a ligação na virada." (Fonte: ValeParaibano)

Dois são espancados durante comemorações

Caraguatatuba - Duas pessoas foram espancadas e outra baleada durante as festas do Réveillon em Caraguatatuba.
Na praia do Capricórnio, na costa norte da cidade, o turista Roberto Piacseka, 38 anos, morador em Santo André, foi agredido e levou um tiro no braço.
Segundo a polícia, ele foi levado para a Santa Casa para retirada da bala e disse que se lembrava apenas de ter sido agredido por várias pessoas, mas desconhecia o motivo.
A outra agressão ocorreu na praia Martin de Sá, onde um adolescente não identificado foi agredido por várias pessoas. A vítima não havia registrado boletim de ocorrência até o final da tarde de ontem.
As cenas de agressão foram filmadas e a Polícia Civil informou que está tentando identificar os agressores.
Ainda em Caraguá, André Vicente dos Santos, 27 anos, levou quatro tiros. Ele foi encontrado às margens da rodovia Rio-Santos, no bairro Casa Branca, costa norte da cidade.
MORTE - O funcionário público José Antônio dos Santos, conhecido por Tomé, 33 anos, foi morto durante um assalto na madrugada de domingo.
A vítima estava fazendo a segurança de veículos parados em uma boate, na praia Vermelha do Norte, quando quatro homens em duas motocicletas anunciaram o assalto. Eles estavam armados com revólveres calibre 32 e 38 e pistola 380.
Logo após o homicídio, a Polícia Militar prendeu os irmãos Vagner e Ricardo dos Santos Silvério, no bairro do Lázaro, com armas supostamente usadas no crime. (Fonte: ValeParaibano)

Volta do feriadão congestiona Tamoios

Litoral Norte - A volta do feriadão de Réveillon foi lenta para quem estava no Litoral Norte. A viagem entre Caraguá e São José dos Campos chegou a durar o dobro do tempo normal.
A rodovia com o pior trânsito foi a Tamoios, que liga São José ao litoral. Os motoristas levavam até três horas para fazer o percurso que é feito normalmente em uma hora e meia. O acostamento precisou ser liberado no km 18 e o trânsito desviado entre os kms 36 e 32, para amenizar o congestionamento.
"A viagem demorou muito por ineficiência da polícia rodoviária, que abriu uma pista em Paraíbuna e depois a fechou, afunilando o trânsito", afirmou o economista Dorival Gazetta, 51 anos, que se dirigia a São Paulo.
O trânsito ficou lento nos trechos de serra, com a velocidade média atingindo em torno de 20 km/h.
A previsão da Polícia Rodoviária Estadual era de que 147 mil veículos passassem pela rodovia dos Tamoios durante o feriado. Mas não houve problemas em direção ao litoral, em função do tráfego ter sido distribuído ao longo da semana.
O fluxo de veículos na rodovia Oswaldo Cruz, que liga Taubaté a Ubatuba, também foi lento --o percurso chegou a ser feito em três horas. O tempo normal é de duas horas.
A Polícia Rodoviária Estadual não registrou acidentes. Já na via Dutra, um engavetamento envolvendo cinco carros causou um congestionamento de três quilômetros no km 116 da pista Rio-São Paulo, mas não houve vítimas. (Fonte: ValeParaibano)

Pedra cai e desaloja 18 famílias

Ilhabela - Pelo menos 18 famílias ficaram desabrigadas ontem no bairro Santa Tereza, em Ilhabela, após uma pedra de 500 toneladas cair sobre uma casa, que estava vazia. As famílias foram desalojadas devido ao risco de novos deslizamentos.
Técnicos do IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas) e do IG (Instituto de Geologia) vistoriaram ontem a área atingida e interditaram um quarteirão inteiro do bairro.
O deslizamento da pedra aconteceu por volta das 18h30 de domingo, quando chovia forte na cidade. O engenheiro Elói Fornazaro, 76 anos, estava na casa com a esposa quando os dois ouviram um estrondo e saíram para a rua. Segundos depois a pedra caiu sobre o imóvel, que foi totalmente destruído.
De acordo com avaliação dos técnicos do IPT, a pedra escorregou na montanha, provavelmente por infiltração de água, bateu em uma outra pedra. Com o impacto ela teria "voado" por uma distância de 60 metros, passando por cima de árvores e caindo sobre casa de Fornazaro.
De acordo com o agente da Defesa Civil, Ronaldo Alves dos Santos, há uma bloco rochoso com o dobro do tamanho do que caiu, ameaçando deslizar. Por medida de precaução, a Defesa Civil fez a desocupação de 18 casas. Os moradores foram abrigados por familiares e amigos.
Para tentar evitar a queda, a pedra foi coberta com plástico. Hoje um especialista em rochas deve avaliar os riscos e as medidas a serem adotadas. (Fonte: ValeParaibano)

Paulo Ramos convoca morador para recolher lixo

Ubatuba - O novo prefeito de Ubatuba, Paulo Ramos (PFL), tomou posse ontem e anunciou que seu primeiro ato como chefe do Executivo será a realização de um mutirão para a coleta de lixo na cidade.
A expectativa é recolher cerca de 10 toneladas de lixo produzidas durante o feriado de Ano Novo. Entre os bairros mais afetadas e que devem receber o mutirão estão Ipiranguinha, centro, Itaguá, Estufa 1 e 2, Perequê-Açu, Lázaro, Enseada, Lagoinha e Maranduba. Esse lixo está acumulado ao longo da rodovia Rio-Santos (PS-55) e nas calçadas.
O prefeito está pedindo que as pessoas que tenham caminhões, caçambas, picapes, saiam às ruas para retirar o lixo e levá-lo ao aterro sanitário no bairro do Ipiranguinha. O secretário de Obras, Andrade Henrique dos Santos, disse que será usada a mão-de-obra necessária da prefeitura para realizar a coleta.
Na semana passada o então prefeito Zizinho Vigneron (PPS) acertou com a empresa JAJ, reponsável por 60% da coleta da cidade, o pagamento de cerca de R$ 300 mil para que os funcionários voltassem a fazer hora-extra para a coleta. Ainda não foi escolhida a nova empresa que deverá fazer a coleta de lixo na cidade. (Fonte: ValeParaibano)

Musicamar agita o Litoral Norte

Litoral Norte - O Litoral Norte já está preparado para a Terceira Edição do maior encontro de música do Verão, o portal de entrada para o Terceiro Milênio de Som, Música e Cor: MUSICAMAR 2001!
O Musicamar 2001 entra na sua 3ª Edição. Com início em 99 o evento levou 60 mil pessoas em 3 dias. Já este ano foram 100 mil pessoas em Caraguatatuba durante 21 dias. O empreendimento para 2001 tem expectativa de 200 mil pessoas durante os 28 dias em que estiver armado.
Todos os shows acontecem na praça de eventos, em Caraguatatuba, localizada na Avenida Dr. Arthur Costa Filho (avenida da praia), na praia central da cidade, com 10 mil metros² de área e capacidade para até 25 mil pessoas. Os portões serão abertos sempre às 21 horas e os shows terão início, impreterivelmente às 23.
O evento este ano buscou reduzir custos desnecessários e proporcionar melhor estrutura. O palco tem 18 metros de frente e 16 de fundo, com altura (do piso do palco), de 10 metros.
As arquibancadas foram trocadas este ano por Camarotes e setores Vip, dando mais espaço aos pagantes, mais conforto e segurança, além de uma melhor visualização para os espectadores.
Este ano não será usado o palco da praça de eventos, construído pela Prefeitura de Caraguatatuba. Optou-se em colocar o palco paralelo a avenida da praia, evitando que o som se propague na mesma e cause transtornos aos vizinhos, ou seja, com a nova posição do palco, a praça adquire uma forma retangular horizontal, ao invés da vertical dos anos anteriores.
O preço dos ingressos antecipados será sempre de R$ 10,00 e os ingressos comprados na hora podem chegar até a R$ 20,00 então, com base nisso, o melhor é comprar logo o seu ingresso, evitando o risco de ter que comprá-lo das mãos de inescrupulosos cambistas. O preço do camarote ainda não foi definido.
Uma novidade no Musicamar 2001 é a estreita parceria dos artistas com a Indústria de Eventos, organizadora dos shows, onde todos estarão visitando Caraguatatuba e fazendo suas apresentações na participação na bilheteria.
Quem estiver dentro da Arena do Rock durante o Musicamar 2001 terá a sua disposição uma Praça de Alimentação, com comidas e bebidas variadas, produzidas, elaboradas, preparadas e servidas pelos mesmos que fazem a Fapija e o Rodeio de Americana.
Ao contrário dos anos anteriores não estará dentro da arena do rock a praça de Esportes Radicais e muito menos a Danceteria, que animava as noites madrugada adentro. A alternativa este ano foi a de que várias casas noturnas estarão em funcionamento na cidade e região e dividir ainda mais a fatia do mercado dos aficcionados em dança e na noite seria inviável.
O mesmo se aplica aos Esportes Radicais. Descobriu-se que a praia do centro não é local para esportes e ainda mais devido aos diversos eventos esportivos de verão que estarão acontecendo em praias como Indaiá, Cocanha e Martin de Sá, optou-se em liberar o espaço para uma maior quantidade de público durante os shows.
O Musicamar 2001 é feito por quem gosta e entende de Música e Show. O patrocínio é da Samesp, com apoios da Antarctica, TV Band Vale, Prefeitura Municipal de Caraguatatuba, Sajo Apart Hotel, Adrenalina, Gatorade e o provedor www.kosmos.com.br. A promoção está a cargo das rádios Morada FM, Oceânica Am e Piratininga, AM e FM.

Relação de Shows do Musicamar 2001

30/12 - Hamonia do Samba
06/01 - É O Tchan
07/01 - Capital Inicial
12/01 - O Rappa
13/01 - Charlie Brown Jr.
20/01 - Lulu Santos
26/01 - Daniela Mercury
Leonardo*
Raul Gil*
Jota Quest*

* - Com data à confirmar
Shows sempre às 23 horas na Praça de Eventos - Praia do Centro - Caraguatatuba

Envie estas notícias para um amigo:
e-mail:



Leia também as colunas:
Para Refletir
Para Refletir
Margareth Bravo

Opinião

Ronaldo Dias
Navegando
Navegando
 Pedro Monte-Mór

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:
Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br


©1995/2000 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor