Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Terça-feira, 06 de fevereiro de 2001 - Nº 224 Arquivo
BIL - Bolsa de Imóveis do Litoral Free Wallpaper
Receba as Últimas Notícias do Litoral via e-mail!
e-mail:
Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Principais Manchetes:

Ilhabela pode ter 1ª praia de nudismo
ACAJU retira 200 quilos de lixo do Juqueriquerê com canoagem
Árvores são envenenadas em Ubatuba
Caraguá promove ato público na luta contra o câncer
Obras de ampliação da Ciclovia do Povo
Prefeitura recebe reivindicações do Sumidouro
Abertas inscricões para práticas esportivas
Raio mata surfita em praia de Ubatuba
Polícia prende assassino de Pareja no litoral
Náufrago é resgatado no mar após 24 h
Servente morre enforcado em lhabela
Ubatuba prende 14 no final de semana
Banda Banko Central toca blues domingo



Ilhabela pode ter 1ª praia de nudismo

Ilhabela - A Câmara de Ilhabela está analisando um projeto que prevê a criação da primeira praia de nudismo do Litoral Norte.
A proposta, do vereador Luiz Antonio dos Santos (PTB), foi apresentada ontem. A idéia é transformar a Praia da Caveira, situada na região leste do arquipélago, em um núcleo naturista.
O local é considerado de difícil acesso. Só é possível chegar à praia de barco ou caminhando por quatro horas em uma trilha a partir da baía de Castelhanos.
O vereador afirma que a proposta surgiu no ano passado quando conheceu uma casal suíço que estava passando as férias na cidade e era praticante do naturismo. "Eles explicaram qual o modelo adotado em todo o mundo e as vantagens para o usuário e cidade", disse.
Ele afirmou ainda que o projeto criará uma nova opção de turismo para a cidade.
REAÇÃO - O projeto ainda será analisado pelas comissões de Ética e Justiça da Câmara, mas já provoca polêmica.
O vigário-geral da diocese de Caraguatatuba, José Bramakulam, critica o projeto que, segundo ele, contraria as normas da Igreja Católica. Para ele, a comunidade não está preparada para assumir um projeto desse nível. "Acho que os vereadores têm que ir atrás de coisas mais importantes e que afetam a comunidade." (Fonte: ValeParaibano)

ACAJU retira 200 quilos de lixo do Juqueriquerê com canoagem

Caraguatatuba - A Acaju - Associação Caiçara Ecológica conseguiu retirar 200 kg de lixo durante a canoagem Ecológica no Rio Juqueriquerê, que aconteceu no sábado, dia 3. Na categoria individual venceu William Costa Reis, do bairro Massaguaçu, com 9 sacos de 100 litros de lixo recolhidos; em segundo lugar Fernando Lima Barbosa, do Indaiá, com 8 sacos de lixo; e em terceiro Leandro Silva Sodré, também do Massaguaçu, com 7 sacos.
Na categoria dupla, quem juntou a maior quantidade de lixo nas margens do Rio e ganhou o prêmio de primeiro colocado foi a dupla Junior e Wagner, do Porto Novo, com 5 sacos de lixo; seguidos pela dupla Tirso e Adriana, da Cocanha, com 3 sacos de lixo. O lixo foi recolhido das margens do rio e não do rio propriamente dito, já que uma das regras era não sair dos caiaques e canoas. Os troféus foram desenvolvidos pelos artistas plásticos, Juliano Junqueira e Bem Hur Vernizi.
Segundo a organização, o evento não resolve o problema da poluição do rio, mas serve para chamar atenção de turistas e moradores, principalmente nesta época do ano, quando as pessoas jogam muito lixo no rio e no mar. “Durante a canoagem foram retirados grandes quantidade de embalagem de alimentos, especialmente garrafas de plástico, além de isopor, papel, ferro e alguns entulhos”, contou a diretora cultural da Acaju, Silvia Regina Paes.
O próximo passo da Acaju segundo Silvia Regina Paes, é dar continuidade a A Projeto PORA de Cultura e Ecologia com a realização da Oficina de fotografia Maquinalata, para crianças e adolescentes de 9 a 17 anos. Sob a responsabilidade do fotógrafo Diego de Campos Padgurschi. O objetivo foi estimular o conhecimento do ecossistema e a cultura caiçara. Também serão desenvolvidas novas oficinas. (Fonte: PMC)

Árvores são envenenadas em Ubatuba

Ubatuba - Um grupo de moradores da praia de Itamambuca, em Ubatuba, está acusando a SAI (Sociedade Amigos da Itamambuca) de envenenar e cortar cerca de 120 árvores à beira da praia. A denúncia está sendo investigada pela Polícia Civil e pelo Ministério Público.
No boletim de ocorrência registrado no dia 16 de janeiro, os policiais florestais constataram que 22 árvores foram envenenadas, 16 cortadas, 10 arrancadas e quatro descascadas. Para os moradores existem cerca de 120 árvores mortas.
Além disso, foram apreendidas uma seringa de 10 ml para aplicação do veneno e cartuchos da marca Aché. Essa ação é configurada como crime ambiental e prevê pena de prisão de três meses a um ano.
As árvores são amendoeiras e não são consideradas nativas, segundo parecer do DPRN (Departamento Estadual de Proteção aos Recursos Naturais) solicitado pela SAI.
Segundo o comerciante Fábio Ginicolo, que há 22 anos mora no local, o objetivo da ação da SAI é afugentar os turistas da praia. "A sombra que as amendoeiras fazem era o alvo", afirmou.
Ginicolo afirmou que, extra-oficialmente, os funcionários da SAI chegaram a assumir o crime. "Como o caso virou um inquérito policial, a SAI passou a negar." O gerente-administrativo da SAI, Ronaldo Lopes, negou a autoria do crime. (Fonte: ValeParaibano)

Caraguá promove ato público na luta contra o câncer

Caraguatatuba - A Prefeitura de Caraguatatuba está promovendo hoje, dia 2 de fevereiro, o ato público “Caraguatatuba Contra o Câncer” em comemoração ao dia Mundial de Combate ao Câncer. O ato público acontecerá na Câmara Municipal, às 19 horas e terá assinatura da carta de Paris contra o câncer, apresentação da situação atual do câncer em Caraguatatuba e apresentação do grupo Gesto - Grupo de Estímulo e Solidariedade ao Tratamento Oncológico.
Segundo o Secretário de Saúde, Marcos da Silveira Franco, o ato público tem como objetivo conscientizar a população sobre o câncer. De acordo com dados da Secretaria Municipal de Saúde de Caraguatatuba, o câncer representa 8,5% das mortes ocorridas no município entre os anos de 97 e 2000. O câncer mais comum tem sido o de colo de útero (30%) e o que mais tem causado mortes vem sendo o câncer de pulmão com 14%, seguido pelo câncer de estômago (13,8%) e da mama (11,2%). (Fonte: PMC)

Obras de ampliação da Ciclovia do Povo

Ubatuba - A Prefeitura de Ubatuba deu início hoje, dia 6, à ampliação da Ciclovia do Povo, na rodovia Oswaldo Cruz. Construída em 94, na primeira gestão do prefeito Paulo Ramos, a ciclovia foi entregue com 7 km.
Hoje os funcionários da secretaria de Obras estão executando serviços de limpeza e logo após serão colocados 1000 metros de guias e sarjetas chegando até o bairro do Morro das Moças. O projeto prevê a ciclovia até o Pé da Serra.
A ciclovia é o principal meio utilizado pelos moradores do bairro do Ipiranguinha, um dos mais populosos do município, Morro das Moças e Horto Florestal. Segundo informações da Polícia Rodoviária Estadual, após a construção da ciclovia o índice de acidentes naquele trecho reduziu em quase 100%. (Fonte: ACS-PMU)

Prefeitura recebe reivindicações do Sumidouro

Ubatuba - Moradores do bairro do Sumidouro estiveram na sexta-feira dia 02, reunidos com secretários da Prefeitura, reivindicando soluções para os problemas que a comunidade vem enfrentando.
Segundo Milton Piauí, fundador da Associação de Moradores, um dos problemas que o Sumidouro vem passando é a proliferação de escargot africano por todo o bairro, gerando preocupação principalmente com as crianças, pois este caramujo pode transmitir doenças semelhantes a meningite e a apendicite aguda. “Outro problema é a preocupação com as enchentes já que as valas estão sujas e o escoamento prejudicado”, afirma Piauí.
O secretário de Obras, Andrade Henrique disse que já está viabilizando a limpeza das valas e o nivelamento das ruas. O assessor de Assuntos Comunitários, Arimar Vieira, ressaltou a necessidade destas reuniões com a administração pois assim pode-se traçar as prioridades de cada bairro.
Os presidentes de associações de bairros interessados em agendar reuniões com os secretários, devem entrar em contato com a assessoria de Assuntos Comunitários, pelo telefone 434-1043. (Fonte: ACS-PMU)

Abertas inscricões para práticas esportivas

Caraguatatuba - A Secretaria de Esportes e Recreação de Caraguatatuba está com as inscrições abertas para a prática de atividade física e esportiva em 2001, à partir de ontem, dia 5 de fevereiro. Quem quiser participar deve fazer a sua matrícula no núcleo esportivo mais próximo de sua casa. Para inscrever-se é necessário levar cópia do RG ou Certidão de Nascimento, cópia do comprovante de residência, uma foto 3x4 e exame médico.
A secretaria de esportes oferece exame médico gratuito às segundas (das 7h às 8h30), às terças, quintas e sextas-feiras (à partir das 14h30). No CEMUG - Centro Esportivo Municipal Ubaldo Gonçalves, haverá natação para crianças à partir dos 5 anos; atletismo para pessoas de 5 a 25 anos; futsal para os interessados entre 7 e 14 anos de idade, basquete (equipe) para pessoas de 13 a 18 anos e vôlei (equipe) para pessoas de 13 a 18 anos.
Na Sub-Prefeitura do Porto Novo, haverá ginástica feminina para todas as idades. Já na quadra poliesportiva do Porto Novo, estão abertas as inscrições para as aulas de futsal, para idades de 7 a 14 anos. Nos campos bairros Barranco Alto, Porto Novo, Poiares e Massaguaçú, crianças de 7 a 14 anos poderão participar das aulas de futebol de campo.
No Ginásio poliesportivo Benedito Lippi, Poiares, haverá vôlei (9 a 16 anos); futsal (7 a 14 anos) e ginástica feminina. Na quadra poliesportiva do tinga, futsal (7 a 14 anos) e vôlei (9 a 16 anos).
No Centro Comunitário da Ponte Seca, Futsal (7 a 14 anos) e ginástica feminina. No Salão da Setur, ginástica feminina para 3ª idade. Na Quadra poliesportiva da Cidade Jardim, futsal para crianças e adolescentes entre 7 e 14 anos. E no Ginásio Poliesportivo Márcio Fleury, no Massaguaçu, futsal (7 a 14 anos); vôlei (9 a 16 anos) e, ginástica feminina para a 3ª Idade. (Fonte: PMC)

Raio mata surfita em praia de Ubatuba
Adolescente de 14 anos, que passava férias na cidade, é atingido por uma descarga elétrica na praia de Itamambuca

Ubatuba - O surfista Victor Hugo de Souza, 14 anos, morreu anteontem à tarde após ter sido atingido por um raio, na praia de Itamambuca, costa norte de Ubatuba. Esse foi o segundo caso de morte provocada por raio na região do Vale do Paraíba e Litoral Norte em menos de uma semana.
Segundo testemunhas, o adolescente estava surfando durante a tempestade que atingiu a cidade. Ao sair do mar, ele teria recebido a descarga elétrica e caiu na areia da praia. Ele chegou a ser socorrido por populares. Souza recebeu os primeiros-socorros da Unidade de Resgate do Corpo de Bombeiros.
O sargento do Corpo de Bombeiros, Davi Correia de Godói, disse que a pressão e o pulso do adolescente estavam bons quando ele foi levado para o hospital, mas acabou não resistindo.
A autópsia revelou que Souza estava com uma marca na região toráxica e que morreu em consequência do choque que provocou uma parada cárdio-respiratória. Souza morava no Rio de Janeiro e estava passando a férias com a família na praia de Itamambuca.
Na semana passada, o garoto André Luiz Galvão de França Viana, 12 anos, morreu após ser atingido por um raio no bairro Vila Brasil, em Guaratinguetá. Ele estava brincando com o primo Willian César de França Barros em uma olaria vizinha à sua casa.
André sofreu duas paradas respiratórias e os médicos não conseguiram reanimá-lo. Ele teve hematomas no tórax e no rosto.
Em janeiro de 98 a adolescente Natalie Cafaffo Domingues, 12 anos, morreu após ser atingida por um raio na praia de Boracéia, a 60 quilômetros do centro de São Sebastião. Ela chegou a ser levada ao pronto-socorro de Bertioga (SP), mas chegou morta.
DESCARGA - O coordenador do Elat (Grupo de Eletricidade Atmosférica) do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), Osmar Pinto Júnior, disse ontem que as ocorrências de raios registradas nesta época são comuns. "No ano passado é que a incidência foi menor."
Segundo ele, o que mais está chamando a atenção é que esses raios estão sendo descarregados em áreas urbanas, quando o normal é ocorrer na região rural e áreas descampadas.
Com relação à morte do surfista à beira mar, ele alerta que a água salgada é um potente condutor de eletricidade. "Isso significa que as pessoas devem evitar o mar em casos de ocorrências de raios."
Segundo Pinto Júnior, se a ação do raio no solo é de cerca de 100 metros, quando ele atinge a água do mar sua atuação passa a ser de até 5 quilômetros. "A recomendação é que as pessoas se abriguem em carros e casas até o final da tempestade."
Este ano foram registrados 24 casos de mortes em pessoas atingidas por raios, sendo 8 no Estado e 2 na região. Pinto Júnior acredita que o número pode ser maior porque têm casos que não são registrados. (Fonte: ValeParaibano)

Polícia prende assassino de Pareja no litoral
Acusado estava morando em Caraguá desde que fugiu do Cepaigo após matar Leonardo Pareja

Caraguatatuba - Investigadores do SIG (Setor de Investigações Gerais) de Caraguatatuba prenderam ontem Eduardo Rodrigues Siqueira, 28 anos, conhecido como "Baixinho", acusado pela morte de Leonardo Pareja, em dezembro de 96.
Pareja ficou famoso após manter a estudante Fernanda Viana, na época com 13 anos, como refém por mais de 60 horas, em um hotel de Feira de Santana (BA).
Siqueira foi detido após uma confusão em frente a uma farmácia, no Jardim Primavera. Só na delegacia, após ter acesso à ficha criminal, a polícia soube que "Baixinho" era foragido da cadeia de Anápolis (GO), desde agosto de 97, e um dos autores dos sete tiros que mataram Pareja. Siqueira confirmou a acusação. "O Pareja era muito encrequeiro e queria tomar conta do Cepaigo (Centro Penitenciário Agroindustrial de Goiás)", disse.
Pareja foi morto com sete tiros de pistola 45. Também participou do crime João Carlos do Santos, 28 anos, que fugiu com "Baixinho" de Anápolis. Os dois conseguiram escapar da prisão pela porta da frente, quando Siqueira estava sendo transferido para uma nova cela.
Ele rendeu um soldado, roubou um revólver calibre 38 e abriu três celas que facilitaram a fuga de mais sete presos. Eles levaram outros dois revólveres calibre 38 e fugiram em uma camionete roubada.
Siqueira disse que desde a fuga se mudou para Ubatuba, onde foi viver com a mulher e uma filha pequena. Ele disse que a escolha pela cidade foi aleatória porque não conhecia ninguém na região. "Eu entrei dentro de um ônibus, parei em Ubatuba, aluguei uma casa e tentei refazer minha vida com minha família."
O fugitivo chegou a trabalhar como padeiro na cidade, mas no ano passado se envolveu em um outro crime --uma tentativa de homicídio. "O cara era malandro e estava me roubando". Após o caso, Siqueira mudou para Caraguá, no bairro da Ponte Seca.
Ele negou que estivesse brigando. "Eu apenas saí para comprar uma mochila para minha filha ir à escola e quando vi, estava sendo preso."
Segundo a Polícia, o fugitivo deverá ser reencaminhado para a cadeia de Anápolis para o cumprimento da pena.
Ele só acabou quando Pareja trocou a adolescente pelo comerciante Luís Augusto Silva Lima. Pareja fugiu com o refém num Monza, despistando os policiais na Rodovia Rio-Bahia. Ele também denunciou a violência policial. (Fonte: ValeParaibano)

Náufrago é resgatado no mar após 24 h

Ilhabela - O aposentado Sérgio Araújo foi resgatado depois de 24 horas, na Ilha Vitória, em Ilhabela, após o naufrágio do barco no qual estava fazendo um passeio juntamente com dois amigos.
O acidente aconteceu no final da tarde de sábado quando ele e outros dois amigos, ainda não identificados, estavam retornando de um passeio pela costa de Ubatuba. Os dois teriam conseguido nadar até a praia.
A suspeita é que a embarcação tenha virado após uma tempestade. O helicóptero da Polícia Militar, Águia 9, ainda sobrevoou a área, mas não conseguiu localizar os três ocupantes do barco.
Araújo se separou dos amigos e foi nadando até a costeira da Ilha Vitória onde foi resgatado por um barco de pescadores que passavam pelo local. Ele foi levado até a praia. Ele não teve nenhum ferimento.
No dia 17 de dezembro, o barco-pesqueiro Brucutu, naufragou em Ilhabela provocando a morte de José Inácio dos Santos, 55 anos, e Yutaca Ikeda, 64 anos, de São José dos Campos. (Fonte: ValeParaibano)

Servente morre enforcado em lhabela

Ilhabela - Um homem foi encontrado morto na tarde de anteontem, em um sítio na região central de Ilhabela. Há suspeita de que ele tenha sido enforcado. O corpo do servente de pedreiro José Cardoso Leal, foi encontrado por vizinhos no sítio São Paulo, por volta ds 13h30 de domingo. A perícia identificou sinais de corda no pescoço do servente. Ontem ele foi reconhecido por um irmão. A polícia ainda não tem informações se a vítima, que morava na Barra Velha, teria registro na polícia. (Fonte: ValeParaibano)

Ubatuba prende 14 no final de semana

Ubatuba - A polícia de Ubatuba prendeu 14 pessoas no final de semana, envolvidas em diversos crimes. O número foi considerado alto pela própria polícia. Em um dos casos registrados pela PM, foram presos dois suspeitos de assalto. Na madrugada de domingo, foi detido Sandro Cristiano Pape, 33 anos, acusado de atentado violento ao pudor. Ele teria agarrado I.R.S., na rua da Cascata, no bairro Ipiranguinha. Outro caso de roubo foi registrado na Praia Grande. Também foram registrados quatro casos de estelionato e formação de quadrilha e tráfico de entorpecente. (Fonte: ValeParaibano)

Banda Banko Central toca blues domingo

Caraguatatuba - O projeto Sons do Verão, organizado pela Prefeitura de Caraguatatuba, leva mais um show de música popular à praça Tom Cardoso neste final de semana.
O destaque fica por conta da banda Banko Central, que se apresenta domingo, a partir das 21h. O grupo quer atrair 2000 pessoas ao show.
No repertório estão ritmos como blues, rock and roll, hard rock e improvisos com bastante suingue, que serão tocados pelos músicos Marcos Brenner (bateria e backing vocal), Luis Marassi Tanuri (guitarrista base e vocal), Ronaldo Fida (guitarrista base e solo) e Wagner Gonçalves Campos (baixo).
Um dos objetivos da banda, segundo seus integrantes, é fazer música independente e investir em outros ritmos, fugindo do axé, do pagode e do sertanejo.
O Projeto Sons do Verão é realizado pela Prefeitura de Caraguá, que promove shows de várias bandas de música. Os estilos vão desde reggae, rock, rap, surf music até MPB. A entrada é franca. (Fonte: ValeParaibano)


Cit-Férias

Leia também as colunas:
Para Refletir
Para Refletir
Margareth Bravo

Opinião

Ronaldo Dias
Navegando
Navegando
 Pedro Monte-Mór

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:
Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br


©1995/2000 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor