Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Segunda-feira, 08 de janeiro de 2001 - Nº 204 Arquivo
Giorgio Restaurante American Bar
Truckmodelismo Brasil
  
Receba as Últimas Notícias do Litoral via e-mail!
e-mail:
Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Principais Manchetes:

Ubatuba teve campo de concentração de japoneses
Organização causou 23 mortes em São Paulo
Antigo presídio é parque ecológico
Prefeito de Ubatuba copia modelos do PT
Vereador do PT espera sinceridade
Verão movimentado
Prefeito põe a mão na massa
IPTU - prazo inicial para 10 de janeiro com desconto de 10 %
Fundacc promove curso "Férias com Fotografia"
Seleção de músicos para Projeto Guri
Núcleo de Picinguaba é opçãopara os amantes da natureza
Termina evento internacional em Ubatuba


Ubatuba teve campo de concentração de japoneses
Membros da seita secreta Shindo Renmei, que acreditavam que o Japão havia vencido a Grande Guerra, ficaram presos na Ilha Anchieta

Ubatuba - Um ano após o fim da Segunda Guerra, Ubatuba abrigou um "campo de concentração" de japoneses. Nenhum deles lutou na Campanha do Pacífico e nem cometeu crimes de guerra --eles eram acusados de pertencer a uma organização secreta, a Shindo Renmei, que declarou uma guerra também secreta entre os imigrantes japoneses no Estado de São Paulo, que deixou 23 mortos e 150 feridos.
Durante dois anos, centenas de japoneses ficaram confinados no presídio da Ilha Anchieta, até serem anistiados pelo governador Adhemar de Barros.
Esta história, praticamente desconhecida na cidade, foi revelada pelo jornalista e escritor Fernando Morais no livro "Corações Sujos", lançado pela editora Companhia das Letras no segundo semestre de 2000. E reacendeu lembranças de sobreviventes daquela época, como do historiador Washington de Oliveira, o seo Filhinho, de 95 anos.
"Eram uns 40", afirma o historiador. Pelos registros do Tribunal de Justiça do Estado, foram mais de 200 japoneses levados à Ila Anchieta.
Lembrança mais viva é a do pastor Cláudio de Oliveira, 85 anos, que durante 19 anos foi encarregado da usina de força que gerava energia para a ilha e teve como ajudante Fusatoshi Yamauchi --um dos condenados, que também cuidava da parte mecânica dos veículos e tinha liberdade para pilotar a lancha Ubatubinha, que fazia a ligação com o continente.
"Eles mudaram a ilha. Por serem sitiantes, fizeram hortas e plantaram mais de mil bananeiras na Praia Grande", disse.
Segundo o pastor, os japoneses não eram considerados presos comuns: ficavam em um pavilhão da ilha, enquanto os condenados ficavam em celas.
"Eles eram muito educados, religiosos, gostavam de cantar seu hino pela manhã, antes do café, e quase não falavam português", lembra.
Oliveira conta que os japoneses também produziam artesanatos com produtos naturais --como os famosos palitos japoneses para comer sashimi. Alguns funcionários passaram a ter aulas de judô e jiu-jitsu. (Fonte: ValeParaibano)

Organização causou 23 mortes em São Paulo

Ubatuba - A Shindo Renmei --ou Liga do Caminho dos Súditos-- acreditava que o Japão não havia perdido a Segunda Guerra. Como aceitar a derrota se em 2.600 anos o Exército Imperial jamais perderá uma guerra?
Essa certeza desencadeou uma guerra secreta dentro da comunidade japonesa no Brasil entre janeiro de 1946 e fevereiro de 1947.
De um lado, os kachigumi --que não aceitavam a derrota. De outro, os makegumi, chamados pejorativamente de derrotistas ou corações sujos --condenados à morte por traição.
Parece enredo de filme, mas não é. Esta história aconteceu de verdade no Estado de São Paulo. Batalhões de tokkotai --matadores da Shindo Renmei-- espalharam terror entre as comunidades de imigrantes, deixando 23 mortos e 150 feridos em seus ataques e atentados. Cidades como Tupã e Oswaldo Cruz viveram dias de violência.
Para reforçar a tese da vitória do Japão, a Shindo Renmei fabricava dinheiro falso --como dólares impressos sob as ordem do imperador Hiroito-- e exemplares falsos da revista Life, que mostravam as forças dos EUA se entregando aos japoneses no encouraçado Missouri, ao contrário do que ocorrerá de verdade.
A repressão aos movimento foi violenta. Em um ano, mais de 30 mil suspeitos foram presos e 381 acabaram condenados. (Fonte: ValeParaibano)

Antigo presídio é parque ecológico

Ubatuba - Em 1977, a Ilha Anchieta, que já abrigou um presídio de segurança máxima, foi transformada em parque ecológico. Hoje é um dos principais roteiros de turismo do Litoral Norte.
Localizada em uma área de 828 hectares e uma extensão de 17 quilômetros de costa, o turista pode conhecer as sete praias que formam o complexo --Presídio, Engenho, Sapateiro, Palma, Prainha, Sul e Leste.
Para os adeptos do contato com a natureza, as opções são caminhadas pelas trilhas do Sul e do Saco Grande.
Em uma hora, o trilheiro pode de deparar, com capivaras, largatos, passarinho vermelho, cotia, macaco-prego, sagui, entre outros animais. Cerca de 60 mil pessoas por ano visitam o local, segundo os responsáveis pelo parque.
A ilha abriga ainda uma parte do projeto Tamar (Tartarugas Marinhas), onde esses animais --cuja espécie está ameaçada-- são preservados em tanques.
RECONSTRUÇÃO - O ex-diretor do presídio Manoel de Azevedo Fontes espera recuperar as antigas ruínas do presídio correcional, que foi desativado em 1954, dois anos após uma tragédia.
Em junho de 1952, os presos protagonizaram a maior fuga da época, que resultou na morte de 22 pessoas --oito militares, dois funcionários civis e 12 detentos. Fugiram 129 presos.
As oito celas, onde viviam 60 presos em cada uma, e a padaria estão no mesmo estágio desde o dia da rebelião. Algumas áreas estão interditadas para visitação devido à falta de segurança. (Fonte: ValeParaibano)

Prefeito de Ubatuba copia modelos do PT
Paulo Ramos diz desafio será mudar imagem de corrupção e nepotismo

Ubatuba - O prefeito Paulo Ramos de Oliveira (PFL), 43 anos, assumiu Ubatuba recolhendo lixo no mutirão da limpeza e suspendendo o pagamento dos servidores. Mas estas tarefas não foram difíceis comparadas com o maior desafio de Paulo Ramos: mudar a imagem de nepotismo e corrupção que marcou seu primeiro governo (93 a 96).
Eleito com 13.826 votos, 43,56% dos votos válidos, Paulo Ramos quer sacramentar a mudança usando o PT como bússola.
Pretende copiar a lei anticorrupção criada pela prefeita de São Paulo, Marta Suplicy (PT), para fortalecer os limites da Lei de Responsabilidade Fiscal, e promete conter o depotismo: dos três irmãos que participaram de seu governo anterior, só um -- expressão sua-- retorna à prefeitura.
O namoro com o PT já começou. Paulo Ramos disse já ter feito contato com o senador Eduardo Suplicy (PT) e com o economista João Sayad, secretário de Finanças de Marta em São Paulo. Ambos tem casa de veraneio em Ubatuba. "Agora, quero um encontro com o Rui Falcão (secretário de Governo de Marta)", disse.
"O PT é um exemplo de moralidade administrativa e pretendo segui-lo", acrescentou.
Tanta admiração pelo PT não implica em uma eventual --e complicada-- troca de legenda. O prefeito de Ubatuba se define como um político de centro com inclinações à esquerda, mas não pretende deixar o PFL. "Na origem, todos os partidos são bons", disse, escorado na estranha aliança entre o PFL e o PC do B em Ubatuba.
A mudança de rumos de Paulo Ramos tem um alvo: ele não esconde o desejo de alçar vôos maiores, após deixar a prefeitura em 2004. O prefeito, que já foi presidente do Codivap (Consórcio de Desenvolvimento do Vale do Paraíba), quer assumir a presidência do Comitê de Bacias do Litoral Norte em março e defende uma ação integrada das quatro prefeituras do Litoral Norte.
"Se não houver união entre os prefeitos, o Litoral Norte continuará a enfrentar dificuldades. Somente pensando no interesse da região é que as cidades conseguirão superar suas dificuldade", fala, com um discurso de candidato a deputado.
PROBLEMAS - Sobre erros do passado, Paulo Ramos traz apenas um arrependimento: o relacionamento com empresários que prestavam serviços à prefeitura. Ele não cita nome, mas classifica essas pessoas como a banda podre de qualquer administração. "Hoje quero distância de todo fornecedor da prefeitura." (Marcelo Pimentel - Especial para o ValeParaibano)

Vereador do PT espera sinceridade

Ubatuba - O vereador Domingos Fábio dos Santos (PT), 37 anos, disse que as intenções do prefeito Paulo Ramos são positivas. "Mas desde que haja sinceridade em seus atos".
Para o primeiro vereador eleito pelo PT em Ubatuba, o prefeito precisa dar o bom exemplo --o que teria faltado a ele no primeiro mandato, segundo Santos.
Segundo o vereador, o papel dele como representante do PT na Câmara será fiscalizar as ações daprefeitura.
A lei anticorrupção que Ramos pretende criar em Ubatuba contará com o voto do vereador petista, que também apóia a licitação para a contratação de uma nova empresa de ônibus na cidade.
Domingos espera uma mudança radical na postura do prefeito. "Levando emconsideração o número de processos do primeiro mandato, fica claro que foiuma gestão complicada."
Para o vereador, a contratação de parentes não deve ser completamentedescartada, mas deve seguir o critério da competência administrativa. Quanto ao PC do fazer parte do governo, Domingos disse que o partido está aderindo à direita. (Fonte: ValeParaibano)

Verão movimentado

Foto: Thalis StladerLitoral Norte - A praia do Curral, em Ilhabela, teve movimento acima do normal durante o dia de ontem. O bom tempo fez as praias do Litoral Norte receberem grande uma quantidade de turistas, chegando ao mesmo volume do feriado de Ano Novo em algumas praias. Segundo o Corpo de Bombeiros de Ubatuba, pelo menos 10.000 pessoas passaram pela Praia Grande ontem. Em São Sebastião, o Posto Salva-Mar registrou um aumento de até 80% do movimento nas praias do município, em comparação a um fim-de-semana normal, mesmo quadro observado em pontos de Caraguá. (Fonte: ValeParaibano)

Prefeito põe a mão na massa

Foto: Thales Stalder/VPUbatuba - O prefeito Paulo Ramos (PFL) fez sua estréia no cargo trabalhando na rua, ajudando a recolher lixo acumulado em Ubatuba. "Suei a camisa", disse. No primeiro dia do mutirão foram recolhidas 211 toneladas de lixo por voluntários e funcionários municipais. A cidade ficou mais de duas semanas sem coleta no final do governo Zizinho Vigneron. (Fonte: ValeParaibano)



IPTU - prazo inicial para 10 de janeiro com desconto de 10 %

Caraguatatuba - A Prefeitura Municipal de Caraguatatuba irá expedir em breve cerca de 80 mil carnês de lançamentos do IPTU para o exercício de 2001. Não há confirmação da data que serão expedidos os carnês. O secretário de Planejamento Roberto Leite de Melo, esclareceu que não haverá qualquer aumento no valor do tributo, apenas a correção anual do VRM - Valor de Referência do Município, que foi atualizado de R$ 1,0641 para R$ 1,1278, representando um aumento de 5,99 %.
Para a correção do VRM, tendo em vista que foi extinta a UFIR Federal que servia de base para esta finalidade, o Prefeito Municipal de Caraguatatuba Antonio Carlos da Silva determinou a aplicação do índice anual do IPCA do IBGE, que passará a ser utilizado para a atualização monetária da VRM. O prazo inicial para o vencimento do IPTU foi fixado para o dia 10 de janeiro de 2001, sendo que os contribuintes que optarem pelo pagamento antecipado integral terão um desconto de 10 %.
Para pagamento integral do IPTU no mês de fevereiro, o contribuinte será beneficiado com um desconto de 5 %. Finalmente, como uma terceira opção, o IPTU ainda poderá ser pago em onze parcelas mensais.
A Prefeitura também beneficiará o contribuinte que quitar em dia suas parcelas até o dia 20 de cada mês. O munícipe que perder a data de vencimento das parcelas terá uma multa de 2 % e juros de mora, além de perder o benefício do desconto oferecido pela prefeitura de 3 %. A Prefeitura Municipal manterá plantões para esclarecimento de dúvidas ao contribuinte. (Fonte: PMC)

Fundacc promove curso "Férias com Fotografia"

Caraguatatuba - A Fundacc estará realizando nos meses de janeiro e fevereiro de 2001 o curso “Férias com Fotografia”, realizado pelo fotógrafo Arnaldo Klajn. As inscrições estão abertas e devem ser feitas na entidade, à Rua Santa Cruz, 396 - Centro. Informações podem ser obtidas pelo telefone (12) 420-8150 ou 420-8210.
Segundo Arnaldo, o projeto Férias com Fotografia visa atender alunos saídos dos cursos básicos dados por ele dentro da Fundacc, e também outros alunos. “A idéia é explorar as possibilidades de fotografar ao ar livre, aproveitando o magnífico cenário do itoral”, diz. “Muitos alunos, ao longo dos cursos, tem solicitado uma formação mais específica nessa área - fotos outdoor, a situação mais comum par o amador”
O curso será ministrado aos sábados, das 13h30 às 18h30, durante quatro sábados seguidos, totalizando 20 horas/aula. O custo é de R$ 20,00 com vagas limitadas. (Fonte: PMC)

Seleção de músicos para Projeto Guri

Caraguatatuba - Caraguá foi escolhida para ser um pólo do Projeto Guri , que visa a implantação de orquestras e corais. A Fundacc está buscando instrumentistas para atuar no projeto nas áreas de violino, viola, violoncelo, contrabaixo acústico, bateria, percussão e canto coral. Músicos devem enviar currículo de 02 a 15 de janeiro de 2001 para Fundacc- Rua Santa Cruz,396, centro- cep 11660-000 Caraguatatuba -SP. Mais informações (12) 420 8210 ou 420 8150. (Fonte: PMC)

Núcleo de Picinguaba é opçãopara os amantes da natureza
Trilhas estão entre os programas oferecidos e podem receber grupos de no máximo 20 pessoas

Ubatuba - Os amantes da naturaza podem aproveitar o verão para conhecer o Núcleo de Picinguaba, em Ubatuba. O Núcleo é responsável pela preservação da área do Parque Estadual da Serra do Mar no município, com 309.938 hectares.
Toda essa área é destinada à preservação dos ecossistemas, da diversidade genética, da pesquisa científica e da valorização da cultura local.
O Núcleo de Picinguaba é o único ponto do Parque Estadual da Serra do Mar que atingue a orla marítima. A floresta de Picinguaba chega até os costões rochosos e se espalha pela planície litorânia em sete praias: Praia Brava da Almada, Engenho, Fazenda, Vila de Picinguaba, Brava do Camburí, Camburí e Almada.
Para o turista que quer ter uma vista panorâmica da paisagem, a dica é ir até os mirantes da Vila de Picinguaba e da Almada. De lá pode ser vista a praia da Fazenda, as montanhas e, ao fundo, o encontro das águas dos rios da Fazenda e Picinguaba com o mar. No mirante da Almada dá para se avistar a praia de Ubatumirim.
Quem desejar visitar e ficar hospedado, deve agendar como antecedência.
Além das belezas naturais, o turista pode conhecer muito da cultura caiçara. O Centro de Visitantes, que fica dentro do Núcleo, organiza um educativo bate-papo com o "seu Genésio", um antigo morador de Camburí com mais de 70 anos que dá o testemunho das transformações ambientais, sociais e culturais de Picinguaba.
TRILHAS - As trilhas do Núcleo Picinguaba podem receber grupos de no máximo 20 pessoas. Na trilha do Jatobá os visitantes podem conhecer a tradicional Casa da Farinha, com uma roda d'água e um patrimônio histórico e cultural do Núcleo. Além de um conjunto de ruínas de uma antiga usina de açúcar e álcool, construída no final do século 19 pelos imigranates italianos.
A maior trilha dentro do núcleo é a do Corisco, antigo caminho que liga Picinguaba à Paraty. São 30 quilômetros de caminhada que dura cerca de nove horas para ser feita.
O caminho é de mata tropical úmida e o visitante pode conhecer vários ecossistemas e espécies de fauna e flora da Mata Atlântica. É importante lembrar que todas as trilhas devem ser feitas com o acompanhamento dos monitores credenciados e agendadas antecipadamente. (Fonte: ValeParaibano)

Termina evento internacional em Ubatuba

Ubatuba - Cerca de 150 pára-quedistas do Brasil, Argentina e Estados Unidos encerraram, ontem, em Ubatuba, o Boogie Ford Ranger 2001, evento não-competitivo que começou no dia 30 de dezembro no aeroclube da cidade. O público também pôde saltar junto com os pára-quedistas de renome internacional. Ao todo, foram realizados 500 saltos na competição. A equipe campeã mundial de free fly esteve em Ubatuba. (Fonte: Folha Vale)




Leia também as colunas:
Para Refletir
Para Refletir
Margareth Bravo

Opinião

Ronaldo Dias
Navegando
Navegando
 Pedro Monte-Mór

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:
Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br


©1995/2000 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor