Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Segunda-feira, 12 de março de 2001 - Nº 246 Arquivo
BIL - Bolsa de Imóveis do Litoral Free Wallpaper
Receba as Últimas Notícias do Litoral via e-mail!
e-mail:
Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Principais Manchetes:

Jararaca-de-alcatrazes aguarda divulgação mundial
Alckmin promete novo acesso ao Litoral Norte
Ilhabela quer perito para obra de hospital
São Sebatião fiscaliza pesca de camarão
Ilhabela realiza mutirão de limpeza
Conselho tutelar atende 290 crianças e adolescentes em fevereiro
Santa Casa de Ubatuba pode perder título
Investigação não terminou
Provedor de hospital nega acusações
Prefeitura promove discussões sobre planejamento estratégico
CBH - LN elege os 12 membros da sociedade civil
XV de Caraguá é derrotado pelo Osasco por 2 a 1


Jararaca-de-alcatrazes aguarda divulgação mundial

São Sebastião - A jararaca-de-alcatrazes (Bothrops sp.) poderá agora ser reconhecida internacionalmente junto à comunidade científica. A nova espécie da serpente foi identificada por cientistas no arquipélago de Alcatrazes, em São Sebastião.
O biólogo do Laboratório de Herpetologia do Instituto Butantã, em São Paulo, Otávio Marques, disse que existem 24 exemplares dessa nova serpente preservados na coleção do instituto.
Os pesquisadores concluíram que a jararaca-de-alcatrazes se difere da jararaca comum (Bothrops jararaca) porque ela é menor --alcança no máximo 50 centímetros, enquanto que a do continente pode atingir mais de um metro. Além disso tem uma coloração mais escura, olhos grandes, diferenças no número e forma das escamas no corpo e na cabeça e no formato dos espinhos do órgão copulador dos machos.
Outro detalhe importante, segundo Marques, é que o veneno dessa serpente também é diferente. "Ele não provoca tanto inchaço quanto o da jararaca comum, mas sua ação hemorrágica é maior."
A pesquisa está sendo desenvolvida há 10 anos por Marques, Márcio Martins, professor de Ecologia da USP, e o professor Ivan Sazima, do Departamento de Zoologia da Unicamp, e vai ser apresentada à revista científica "Herpetológica", especializada em répteis e anfíbios.
Segundo Martins, se o trabalho for aceito e publicado dentro de dois anos, a nova serpente receberá o nome de Bothrops alcatraz.
BOMBARDEIO - O fato do Arquipélago dos Alcatrazes ser utilizado para exercícios da Marinha preocupa dos pesquisadores que temem o desaparecimento dessa espécie de serpente e de outros animais.
O coordernador do Projeto Alcatrazes - Sociedade de Defesa do Litoral Brasileiro, Fausto Pires de Camargo, disse que pelo menos 25% da área da ilha sofre ação direta dos bombardeios.
O encarregado da 1º seção do Estado-Maior do 8ª Distrito Naval, em São Paulo, capitão-de-corveta Antônio Carlos Mendes, informou que "a Marinha atira com munição de areia sobre alvos pintados em um paredão rochoso e não ocupa 5% da área da ilha". (Fonte: ValeParaibano)

Alckmin promete novo acesso ao Litoral Norte

Litoral Norte - O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), disse que o Estado está estudando alternativas para duplicar a rodovia dos Tamoios (São José-Caraguá) e vai fazer melhorias no trecho urbano da Rio-Santos entre Ubatuba e Bertioga.
O anúncio foi feito em entrevista exclusiva ao ValeParaibano no Palácio dos Bandeirantes, na última sexta-feira, três dias após ele assumir definitivamente o Estado com a morte de Mário Covas (PSDB). (Fonte: ValeParaibano)

Ilhabela quer perito para obra de hospital

Ilhabela - A Prefeitura de Ilhabela encaminhou esta semana uma ação cautelar solicitando a nomeação de um perito para avaliar as condições da obra da Unidade Mista de Saúde. A cidade está há dois anos sem um hospital e a prefeitura pretende dar continuidade às obras.
Segundo o advogado contratado pela prefeitura, Luís Henrique Homem Alves, 34 anos, o objetivo é averiguar a atual situação da unidade, para que a administração possa dar prosseguimento à obra.
O advogado afirmou que a continuação das obras deve ser feita em caráter emergencial. Alves disse que o juiz da Vara Distrital de Ilhabela, Josué Vilela Pimentel, deverá dar uma decisão até a próxima semana sobre a solicitação do perito. Ele disse que o contrato com a empreiteira apresenta uma série de irregularidades.
O ValeParaibano entrou em contato com a Gama, mas o diretor da empresa, Sérgio Padilha, não retornou a ligação.
O secretário da Saúde de Ilhabela, Antônio Luiz Colucci, 39 anos, afirmou que ainda faltam cerca de 30% das obras para serem concluídas. "A prefeitura pagou tudo o que podia pagar e não recebeu a obra."
Apesar da falta de definição da obra, os vereadores encaminharam sugestão à prefeitura para que a unidade receba o nome de Mário Covas, em homenagem ao governador morto esta semana. (Fonte: ValeParaibano)

São Sebatião fiscaliza pesca de camarão

São Sebastião - O arrasto de camarão na costa de São Sebastião deve ganhar uma fiscalização mais intensa nos próximo dias. Ontem os vereadores se reuniram com representantes da Polícia Florestal e do Ibama (Instituto Brasileiro de Recursos Naturais Renováveis) para discutir uma estratégia de fiscalização em pesqueiros de outros estados que aproveitam o defeso do camarão --período que a pesca fica proibida para a desova-- para fazer a pesca predatória na região. Os vereadores estimam que a há pelo menos 100 pesqueiros na cidade. (Fonte: ValeParaibano)

Ilhabela realiza mutirão de limpeza

Ilhabela - A Prefeitura de Ilhabela realizou no último fim de semana uma gincana para recolher lixo na praia do Bonete, onde está instalada uma comunidade tradicional. A secretaria Cássia Duarte Redo, disse que há uma preocupação com o número de turistas na região --que provocou o aumento na produção de lixo. A limpeza faz parte do programa "Ilhabela Tem Cara Limpa". O prefeito Manoel Marcos (PTB) deve passar o final de semana no Bonete participando das atividades. O programa será levado para todo o município. (Fonte: ValeParaibano)

Conselho tutelar atende 290 crianças e adolescentes em fevereiro

Caraguatatuba - O Conselho Tutelar de Caraguatatuba realizou 290 atendimentos de crianças e adolescentes no mês de fevereiro. Entre casos do direito à vida e a saúde , como acompanhamento e tutela em atendimento hospitalar e psicológico, internação e outros, foram 14 casos.
Entre os casos do direito à liberdade, ao respeito e a dignidade, como maus tratos, adolescentes com atitudes atentatórias a moral, rixa e desinteligência entre adolescentes, criança rejeitada, estupro e ameaças, somam 28. casos.
Do direito à convivência familiar e comunitária, entre casos de abrigamento na casa da Criança, abandono materno, pensão alimentícia, desinteligência familiar, entre outros, foram 120 casos.
No âmbito da educação, cultura, esporte e lazer, o Conselho Tutelar atendeu 41 casos. O Conselho Tutelar também atuou em casos de denúncia de exploração do trabalho de criança e de adolescente em trabalho perigosos, além de 79 encaminhamentos para atendimento psicosocial, defesa da mulher, emprego, educação e saúde.
De todos os atendimentos, estavam envolvidos um total de 81 crianças do sexo masculino e 96 do sexo feminino. Entre os adolescentes o número é 62 do sexo masculino e 51 do sexo feminino. (Fonte: PMC)

Santa Casa de Ubatuba pode perder título

Ubatuba - A Santa Casa de Ubatuba, que está sendo investigada sob a acusação de tráfico de bebês, recebeu na semana passada o título de Hospital Amigo da Criança.
O fato de o hospital estar sendo investigado pelo Ministério Público pode, no entanto, levar a uma reavaliação da concessão.
A denominação foi conferida pelo Ministério da Saúde, por meio de portaria publicada no dia 8 de março no "Diário Oficial" da União. O hospital deve receber o título em abril.
O título, que é uma iniciativa do ministério e tem o apoio da Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância), é dado às unidades de saúde que seguem as normas previstas pelo fundo para o aleitamento materno.
A Santa Casa está sofrendo processo investigatório pelo Ministério Público e pela Polícia Civil, pela suspeita de venda de recém-nascidos, desde abril de 99.
Uma mulher, que estaria interessada em adotar um bebê, fez a denúncia de que quatro funcionários da unidade estariam envolvidos no tráfico de crianças.
O caso ainda não foi concluído pelos promotores de Ubatuba, que abriram dois processos investigatórios -um cível, para apurar a conduta e a suposta participação dos diretores da Santa Casa no caso, e um criminal sobre a denúncia de que funcionários vendiam bebês.
A promotora de Infância do município, Gabriela Gnatos João Lima, que foi nomeada há uma semana, disse que a apuração está correndo em sigilo e que o MP está buscando provas conclusivas sobre o caso.
O inquérito policial ainda não foi concluído e não conseguiu reunir informações para o indiciamento de suspeitos.
A coordenadora do programa de aleitamento materno do ministério, Graça Rosa, disse que as unidades que se candidatam a ser Hospital Amigo da Criança não podem ter processos judiciais.
Segundo ela, o título somente será conferido em abril. Por isso as apurações do MP passarão, a partir de agora, a ser acompanhadas pelo ministério.
"Estamos reavaliando, mas, como nada consta, vamos aguardar o fim das investigações", disse Graça.
O representante do Unicef Alin Girardi disse que o hospital que ganha o título deve ser referência não só no aleitamento materno, mas em todo o atendimento às crianças. Por isso, o caso merece ser reavaliado.
"O caso é muito sério. Se pairam dúvidas a respeito, temos que avaliar. Não se pode somente dar o certificado", disse. (Fonte: Folha Vale)

Investigação não terminou

Ubatuba - As investigações sobre um suposto esquema de venda de recém-nascidos por funcionários da Santa Casa de Ubatuba já duram três anos e continuam sem conclusão ou indiciamento dos supostos envolvidos.
Em abril de 99, a Promotoria de Ubatuba pediu ajuda ao Gaeco (Grupo de Apoio e Combate ao Crime Organizado), órgão do Ministério Público, para a apuração do caso.
O pedido foi realizado depois de ter sido constatado, nas primeiras investigações, que o suposto tráfico teria conexão com entidades de São Paulo.
Deputados da Comissão de Direitos Humanos da Assembléia Legislativa e integrantes da comissão da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) também acompanharam as apurações.
Os promotores que receberam as denúncias sobre o tráfico de bebês e iniciaram as investigações foram ameaçados de morte e tiveram que receber proteção policial para continuar no caso.
A Promotoria suspeitava, no início das investigações, de que o esquema já existia havia pelo menos dez anos.
O caso só veio à tona, no entanto, quando pessoas teriam pedido R$ 3.000 para entregar um recém-nascido a uma mulher interessada em adotar um bebê.
Quatro pessoas foram identificadas pela autora das denúncias, por meio do quadro de funcionários do hospital, como integrantes do esquema, mas ninguém foi afastado pela direção. Doze pessoas foram ouvidas no caso. (Fonte: Folha Vale)

Provedor de hospital nega acusações

Ubatuba - O provedor da Santa Casa de Ubatuba, Jurandiau Lovizario, negou que tenha havido venda de recém-nascidos no hospital.
Em 99, o provedor confirmou o caso à Folha e disse que o hospital não estava envolvido, mas iria aguardar a conclusão das investigações para punir os funcionários culpados pelo tráfico.
Segundo ele, as denúncias feitas ao Ministério Público e à Polícia Civil, há dois anos, foram originadas por boatos espalhados na cidade, que ""não têm fundamento".
"Nunca se falou mais nada sobre o assunto. Tudo foi uma grande confusão", disse.
O provedor afirmou que não há o envolvimento do hospital e de funcionários no caso. Para ele, a denúncia foi falsa e somente trouxe prejuízo moral para a instituição.
Lovizario disse que a Santa Casa se preparou durante quatro anos para se tornar Hospital Amigo da Criança e que a apuração das denúncias de tráfico de bebês não deve prejudicar o título recebido.
"Não há como esses boatos interferirem no nosso título. O selo de Amigo da Criança é renovado todo ano. Se houver comprovação, então o perdemos", disse. (Fonte: Folha Vale)

Prefeitura promove discussões sobre planejamento estratégico

Ubatuba - A secretaria de Agricultura e Pesca da Prefeitura de Ubatuba deu início nesta quinta-feira, 8, no Núcleo Picinguaba, com grande participação de agricultores, ao encontro sobre Planejamento Estratégico dos Agronegócios da Agricultura Familiar de Ubatuba e Região da Mata Atlântica. O objetivo da discussão é promover o desenvolvimento sustentável. O início do encontro foi marcado pelo ato de 1 minuto de silêncio pela morte do Governador Mário Covas.
O prefeito Paulo Ramos (PFL) deu início aos trabalhos enfatizando a importância da iniciativa da secretaria de Agricultura e Pesca. Falou ainda da necessidade de se compatibilizar os interesses do pequeno agricultor que desenvolve um papel importante na economia deste setor, além da questão social, com os interesses ecológicos de preservação. Também tiveram a palavra os representantes do Instituto Florestal, Luiz Roberto Numa, do SOS Mulher, Elizabeth Godoi, secretário de Agricultura, Antonio Marchiori e a agricultora Maria Balbina, que comporam a mesa que deu início aos trabalhos.
As apresentações dos temas foram feitas pelos representantes da Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (CATI) da secretaria da Agricultura do Governo do Estado. Escolástica Ramos de Freitas falou sobre “Visão de mundo e Globalização”; Abelardo Gonçalves Pinto explanando sobre agroecologia com desenvolvimento sustentável e princípios e valores com democracia, participação e cidadania. Ivamney Augusto Lima focou o desenvolvimento local sustentável e Antonio Marchiori encerrou as atividades do dia falando sobre Plano Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável.
Na Sexta-feira, 9, o grupo voltou a discutir as atividades que devem ser desenvolvidas para alcançar os resultados e objetivos desejados. Foi apresentado diagnóstico da realidade atual do tema em exercício e teve ainda dinâmica de grupo para fortalecer valores. No sábado as atividades serão encerradas com a consolidação do Plano Municipal de Desenvolvimento Rural e suas perspectivas. (Fonte: ACS-PMU)

CBH - LN elege os 12 membros da sociedade civil

Litoral Norte - Reuniram-se em Caraguatatuba no último dia sete, 40 entidades cadastradas junto ao Comitê de Bacias do Litoral Norte com o objetivo de eleger os 12 representantes para o biênio 2001/2003. O processo eleitoral foi tranqüilo, sendo que cada categoria teve oportunidade de debater e escolher seus representantes respeitando critérios previamente definidos (disponibilidade de tempo para participar, conhecimentos e experi6encia técnica, multiplicação das informações0. Em conjunto foi definido que as pessoas eleitas não poderiam ocupar cargos nas administrações públicas, com pena de ser substituído em seu mandato. A tônica de toda a discussão foi a questão do fortalecimento da participação deste segmento no CBH, uma vez que a participação, com honrosas exceções, tem deixado a desejar. A categoria que teve a eleição mais concorrida foi a dos ambientalistas, que demonstraram muita organização nas discussões e propostas para uma atuação conseqüente junto ao CBH-LN. A posse de todos os representantes vai acontecer no dia 5 de abril, às 9h30 em Ubatuba, no Hotel São Charbel. No dia serão eleitos o Presidente, Vice-Presidente e Secretário Executivo do CBH-LN, que deverão atuar até março de 2003.

Os doze eleitos representam 8 categorias, conforme segue:

Entidades associativas de bairro (4 votos):
Titular 1: Vilma Campanna - Sociedade Amigos das Toninhas
Suplente1: Carlos Jamovitch - Sociedade Amigos de Itamambuca

Titular2: Francisco de Assis de Souza Pereira - Sociedade Amigos do Bairro do Itaguá.
Suplente 2: Marcelo Bueno - Sociedade Amigos da Fortaleza

Titular 3: Gregori Chavier Nicuhitcheff - Sociedade Amigos da Tabatinga
Suplente 3: Luís Carlos Couvre Penteado - Sociedade Amigos do Bairro Pontal de SantaMarina

Titular 4: Evaristo Domingos Vicenzo - Federação da Sociedade Amigos da Região Central de São Sebastião - Facenorte.
Suplente 4: Rosely Santaella - Federação das Sociedades Amigos da Região Central de São Sebastião - Facenorte

Entidades Associativas de Agricultores e Artesãos:
Titular: Naídes de Cerqueira e Silva Alves de Lima - Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Ubatuba
Suplente: Silvio Saito - Associação dos Produtores Rurais do Litoral Norte

Entidades Ambientalistas (2 votos):
Titular1: Patrícia Ortiz - MDU
Suplente 1: Pedro dos Santos Raymundo - Caraguatá

Titular 2: José Guilherme Galvão - Associação Centro Cultural Museu do Caiçara Ilhabela
Suplente 2: Eduardo Hipólito do Rego - Instituto Educa Brasil

Representação de entidades de defesa dos interesses difusos do cidadãos:
Titular: Hamilton Marcondes Sodré - OAB
Suplente: Rodrigo César Vieira Guimarães - OAB

Entidades representativas de associações profissionais relacionadas a recursos hídricos:
Titular: Paulo André Cunha Ribeiro - Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de Caraguatatuba
Suplente: José Evenildo da Silva Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de São Sebastião

Entidades de Setores de Comércio, Serviços e Indústria:
Titular: Mara Scarcelli Buongermino - Associação Comercial e Industrial de Caraguatuba
Suplente: Josias Baltazar Nunes Saboia - Associação Comercial e Industrial de
Ubatuba

Entidades de Ensino Superior e/ou que desenvolve pesquisa científica titular:
Marcos Lopes Couto - Faculdades Integradas Módulo
Suplente: Silvio de Angelis Junior - Fundação Museu de História, Pesquisa e Arqueologia do Mar FUNDAMAR.

Entidades Associativas de Pescadores:
Titular: Roberto Lourdes Nascimento - Colônia dos Pescadores de Ilhabela
Suplente: Adenir da Silva - Associação dos Pescadores da Praia do Camaroeiro. (Fonte: PMC)

XV de Caraguá é derrotado pelo Osasco por 2 a 1

Caraguatatuba - O XV de Caraguatatuba perdeu do Osasco ontem, por 2 a 1, jogando em casa, pela Série B-1 do Campeonato Paulista. A equipe já sabia que a vitória seria difícil, já que o Osasco é o vice-líder do torneio. O time de Caraguatatuba entrou em campo com uma nova formação, já que tinha cinco desfalques na equipe -três jogadores estavam sem a documentação e outros dois estavam machucados e não puderam jogar. (Fonte: Folha Vale)


Litoral Virtual

Leia também as colunas:
Para Refletir
Para Refletir
Margareth Bravo

Opinião

Ronaldo Dias
Navegando
Navegando
 Pedro Monte-Mór

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:
Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br


©1995/2000 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor