Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Terça-feira, 13 de março de 2001 - Nº 247 Arquivo
BIL - Bolsa de Imóveis do Litoral Free Wallpaper
Receba as Últimas Notícias do Litoral via e-mail!
e-mail:
Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Principais Manchetes:

Acidentes matam um e ferem 4 em Caraguá
São Sebastião faz blitz para retirar mendigos das ruas
Comissão da Câmara veta criação de praia de nudismo em Ilhabela
Federação Pró Costa Atlântica rejeita cadeião
Mutirão tira 25 ton de lixo de praia
São Sebastião ganha etapa do Circuito Brasileiro 2001


Acidentes matam um e ferem 4 em Caraguá

Caraguatatuba - Uma pessoa morreu e outras quatro ficaram feridas em dois acidentes registrados no final de semana em Caraguatatuba.
Na rodovia Rio-Santos (SP-55), no Jardim Britânia, a bancária Fabiana do Carmo Alvarenga Freire, 31 anos, morreu anteontem após ter seu carro atingido por outro veículo.
Segundo testemunhas, o carro conduzido pelo agente da Dersa João Rodrigues Neto, 36 anos, um Gol com placas de Caraguá, fez uma ultrapassagem proibida na altura do km 107 e bateu de frente com o Chevette, com placas de Limeira, dirigido por Fabiana.
O artista plástico Maurício dos Santos Filho, 46 anos, que estava no Chevette e Rodrigues Neto foram levados em estado grave para a Santa Casa.
O outro acidente aconteceu no sábado na avenida da Praia, sobre a ponte do Rio Santo Antônio, no Indaiá. Alexandro Ferreira de Oliveira, 27 anos, de São Paulo, perdeu o controle de seu carro, colidiu com a bicicleta onde estavam os irmãos Carlos José da Silva Carvalho, 16 anos, e José Jorge da Silva Carvalho, 15 anos, e atingiu um ônibus que estava no sentido contrário. Os dois adolescentes foram levados à Santa Casa com fraturas expostas nas pernas. (Fonte: ValeParaibano)

São Sebastião faz blitz para retirar mendigos das ruas

São Sebastião - A Prefeitura de São Sebastião e a Defesa Civil iniciaram ontem uma vistoria nos bairros da costa sul com o objetivo de identificar e cadastrar a população andarilha da cidade, no litoral norte.
A vistoria foi feita por 13 profissionais da Defesa Civil, Polícia Militar e as secretarias de Desenvolvimento Social e de Obras.
Em Juqueí, a equipe encontrou sete pessoas morando debaixo de uma ponte localizada na rodovia Rio-Santos e apreendeu colchonetes e materiais de uso pessoal de andarilhos que habitavam a quadra de bocha do bairro, que está desativada.
Segundo o secretário de Assuntos de Segurança e Defesa Civil da prefeitura, Rui Nogueira de Lima, os andarilhos moram há mais de dois anos no local.
"Encontramos ligação elétrica, geladeira e camas debaixo da ponte" disse Lima.
Os andarilhos não foram retirados do local, mas estão orientados pela equipe de assistentes sociais a procurar outro local para morar.
Na praia de Boiçucanga havia cinco pessoas morando em um acampamento entre as pedras da encosta.
Segundo Lima, um dos andarilhos é portador do vírus da Aids e foi levado para o Pronto-Socorro de São Sebastião.
Os outros mendigos foram encaminhados para suas cidades de origem.
"Se a pessoa não tiver como retornar para sua cidade, a prefeitura paga as despesas com o transporte. Não podemos deixar essas pessoas morando nas ruas", disse Lima.
A Prefeitura de São Sebastião já cadastrou 18 pessoas que vivem pedindo esmolas na costa sul e na área central da cidade.
Segundo a Secretaria de Defesa Civil, a maioria dos andarilhos chega a pé na cidade, vindos de Bertioga, e querem viver nas ruas.
"A prefeitura dá banho, comida e paga a passagem de volta. Muitos chegam até Caraguatatuba e voltam a viver nas ruas", afirmou Lima.
A operação continua até a próxima sexta-feira, nos bairros das costas norte e sul. (Fonte: Folha Vale)

Comissão da Câmara veta criação de praia de nudismo em Ilhabela

Ilhabela - A Câmara de Ilhabela deve arquivar o projeto que prevê a criação de uma praia de nudismo na cidade antes mesmo da apreciação da proposta em plenário. Três das quatro comissões do Legislativo já deram pareceres contrários ao projeto.
O vereador Luiz Antônio dos Santos (PDT), autor do projeto, já não acredita mais na aprovação da idéia. "Há uma movimentação intensa na cidade contra a instalação antes mesmo do projeto ser apresentado", disse o pedetista. Para ele, a proposta deveria ao menos ser colocada em votação e discutida com a comunidade.
Pela proposta do vereador, seria implantada uma área para a prática do nudismo na Praia da Caveira, localizada no lado leste do arquipélago e considerada de difícil acesso.
Só se chega na praia de barco ou caminhando por uma trilha de aproximadamente quatro horas a partir da baía de Castelhanos.
O presidente da comissão de Obras, vereador José Donizete da Silva (PFL), disse que o parecer da comissão foi contrário porque alunos da rede municipal de ensino utilizam uma trilha para ir às escolas de Guanxumas e Serraria, duas comunidades tradicionais da região.
As comissões de Justiça e Finanças também deram pareceres contrários ao projeto. Falta agora o parecer da comissão de Educação, que deve sair até o final desta semana. Em caso negativo, o projeto não será apresentado em plenário. (Fonte: ValeParaibano)

Federação Pró Costa Atlântica rejeita cadeião

São Sebastião - A Federação Pró Costa Atlântica encaminhou ao prefeito de São Sebastião, Paulo Julião, ofício solicitando que não seja instalado no município um cadeião que abrigaria 768 detentos. Segue abaixo cópia do ofício:

Senhor Prefeito

A Federação Pró Costa Atlântica pede licença para fazer algumas considerações, expor seu ponto de vista e finalmente expressar o que certamente traduz o pensamento das comunidades por nós representadas com relação à instalação do Centro Provisório de Detenção - o “cadeião” para 768 detentos em nosso município. As notícias que nos chegam - pelos jornais e pela Internet - dão conta do entusiasmo demonstrado pelo prefeito de São Sebastião em abrigar esse estabelecimento.

Considerando, Senhor Prefeito, a vocação irretorquível e irresistível dos municípios do Litoral Norte de São Paulo para o turismo; considerando que já convivemos, até em então em razoáveis termos de vizinhança com o Porto de São Sebastião e com a Petrobrás, esta última um polvo que nos amedronta e que tanto tem prejudicado o meio ambiente no nosso município; considerando que essas duas atividades embora antagônicas ao turismo são irremovíveis; considerando que o Litoral Norte de São Paulo já tem na vizinhança o fantasma assustador das Usinas Angra I e Angra II também irremovíveis; considerando que, diante da vocação turística inegável mister se faz amenizar o mais possível os impactos da vizinhança antagônica e potencialmente poluidora e não admitir novas ameaças ao desenvolvimento do turismo, do pleno emprego e da qualidade de vida; dadas portanto todas essas considerações, Senhor Prefeito,

NÃO PARECE À FEDERAÇAO PRÓ COSTA ATLÂNTICA QUE SE DEVA ACEITAR ESSE VERDADEIRO PRESENTE DE GREGO QUE O GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO OU, PELO MENOS, SEU SECRETÁRIO DA SEGURANÇA PUBLICA PRETENDE NOS DAR.

A todos os considerandos já interpostos neste ofício temos ainda a acrescentar que, não apenas do ponto de vista de proprietários no município de São Sebastião, mas do ponto de vista de cidadãos esclarecidos ( muitos dos quais empresários, engenheiros, advogados, jornalistas, professores universitários, geógrafos, sociólogos, políticos, historiadores e toda uma gama de profissionais que, pelas suas atividades e pela sua formação são obrigados a conhecer e estar a par das soluções políticas e administrativas ) não podemos aceitar pacificamente e sem protestar e clamar por todos os meios à nossa disposição contra a política prisional do governo do Estado. Em que pese a honradez, a bravura, a altíssima capacidade administrativa, a seriedade e integridade do Governador Mário Covas, que infelizmente nos deixou, seu governo não acertou quanto ao problema da segurança e do regime prisional.

Esperamos muito que o novo governador, Geraldo Alkmin, corrija os rumos nesse setor. Até por que já se discute muitíssimo entre os profissionais de engenharia prisional e entre juristas o porte e a capacidade das cadeias. Um “cadeião” para 768 presos é o ideal do ponto de vista de segurança e reeducação dos detentos?

Conhecedor dos problemas específicos do Vale do Paraíba e do Litoral Norte , esperamos que o Governador Geraldo Alkmin atente para a absurda implantação de um estabelecimento desses numa região totalmente voltada para o turismo e que do turismo necessita para sobreviver. O que mais se quer acrescentar à nossa região, além da Petrobrás, no Porto e das Usinas atômicas?

Conhecemos perfeitamente a situação potencialmente perigosa da cadeia pública de São Sebastião, que abriga mais de 200 presos - a maioria de outros municípios - quando deveria hospedar apenas 60. Sabemos das condições miseráveis e desumanas que lá existem e achamos que o Governo do Estado tem que e até deve corrigir essa situação, perigosa não apenas para os detentos como para a população vizinha. Mas não é criando outro problema, a nosso ver mais grave, que esta situação deva ser corrigida.

Era o que tínhamos a dizer a Vossa Excelência, depois de reunião com nossos associados das sociedades de amigos para examinar o assunto. Esperamos que Vossa Excelência, para o bem do Município, não aceite a implantação desse “cadeião”.

Sendo o que se nos apresentava, enviamos a Vossa Excelência nossos protestos de elevada estima e consideração.

José Luiz Santos
Presidente

Excelentíssimo Senhor
Doutor Paulo Julião
DD Prefeito de São Sebastião
Prefeitura Municipal de São Sebastião
São Sebastião

Mutirão tira 25 ton de lixo de praia

Ilhabela - O mutirão realizado no final de semana em Ilhabela retirou 25 toneladas de lixo da praia do Bonete, onde está localizada uma comunidade tradicional da cidade. Essa foi a primeira etapa do programa "Ilhabela Tem Cara Limpa".
Cerca de 140 pessoas passaram dois dias no Bonete fazendo a limpeza e participando de programas de educação ambiental. A secretária do Meio Ambiente de Ilhabela, Cássia Duarte Redo, disse que ficou impressionada com a quantidade de lixo encontrada no local.
"A maior dificuldade é fazer o transporte do que é deixado aqui por turistas e moradores", afirmou a secretária. Segundo ela, a partir de agora, dois moradores ficarão responsáveis pela retirada do lixo deixado na praia ao longo da semana.
A próxima etapa do programa prevê mutirões de limpeza no Morro dos Mineiros e no bairro do Bexiga. As duas áreas são consideradas de alta densidade populacional. (Fonte: ValeParaibano)

São Sebastião ganha etapa do Circuito Brasileiro 2001

São Sebastião - Depois de perder para Saquarema (RJ) o direito de sediar a etapa de abertura do SuperSurf 2001, o principal evento do surfe nacional, a praia de Maresias, em São Sebastião, vai receber, de 13 a 15 de abril, a quarta etapa do Circuito Brasileiro 2001.
O anúncio foi feito pela Abrasp (Associação Brasileira de Surfe Profissional). Em fevereiro, a entidade havia informado que a etapa de abertura do SuperSurf não seria disputada em Maresias porque o prefeito de São Sebastião, Paulo Julião (PSDB), teria demorado para responder sobre a disposição do município em abrigar o torneio.
No ano passado, apenas as praias de Maresias e Itamambuca (em Ubatuba) sediaram etapas do SuperSurf no litoral norte. O torneio teve como um dos destaques o surfista ubatubano Tadeu Pereira, que terminou em segundo lugar no ranking.
O circuito deste ano tem como um de seus destaques Odirlei Coutinho, outro surfista de Ubatuba. No dia 18 de fevereiro, ele conquistou, pela segunda vez consecutiva, o título em Torres (RS), na terceira etapa do circuito, e levou 2.000 pontos. (Fonte: Folha Vale)


Litoral Virtual

Leia também as colunas:
Para Refletir
Para Refletir
Margareth Bravo

Opinião

Ronaldo Dias
Navegando
Navegando
 Pedro Monte-Mór

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:
Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br


©1995/2000 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor