Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Sexta-feira, 18 de maio de 2001 - Nº 294 Arquivo

Maré Hotel de Ubatuba
 Anuncie Aqui
Receba as Últimas Notícias do Litoral via e-mail!
e-mail:
Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Principais Manchetes:

Ubatuba prende 3 policiais acusados de sequestro
Prédio de 4 andares desaba em Ubatuba
Construtor nega ser responsável por incidente
Casos de dengue sobem de 13 para 42 em São Sebastião em três dias
Câmara bane voto secreto em Ubatuba
Prefeitura discute desenvolvimento com Sebrae e Unicamp
Tamoios terá terceira pista na serra
Turismo terá planejamento
Programa Saúde da Família será ampliado
Prefeitura no combate ao desemprego
Monte Valério será revitalizado
Caraguá tem salas de atendimento a deficiêntes
Projeto Mar Verde é adiado; Câmara aprova Renda Mínima
5ª Copa Litoral Norte de Natação acontece neste domingo


Ubatuba prende 3 policiais acusados de sequestro
Mulher da vítima não teria concordado em pagar resgate de R$ 250 mil, o que atrapalhou a ação

Ubatuba - Três policiais civis de Ubatuba foram presos acusados de sequestrar um homem suspeito de tráfico de drogas. Eles teriam mantido a vítima e seu enteado de 12 anos em um cativeiro por seis horas e exigido R$ 250 mil de resgate.
O escrivão Orlando da Silva e Souza e os carcereiros Marli Rejane Silva Imba e André Luiz Ribeiro estão presos desde o último sábado no Presídio Especial da Polícia Civil, em São Paulo.
Eles foram acusados de sequestrar José Francisco Chagas, 36 anos, junto com seu enteado por volta das 13h da última sexta-feira.
Chagas havia chegado de Taubaté e estava na casa de veraneio da família, no bairro do Sumidouro. Os policiais teriam recebido uma informação anônima de que o acusado iria receber uma remessa de drogas de Taubaté para distribuir no Litoral Norte.
Os três policiais teriam levado o suspeito para uma pousada, ao invés de encaminhá-lo Chagas para a delegacia.
No cativeiro, os policiais teriam ligado para a mulher de Chagas, S.G.D., 40 anos, e pedido R$ 250 mil de resgate. Eles não se identificaram como policiais.
A mulher teria se recusado a pagar o resgate e os policiais teriam abaixado o preço para R$ 40 mil. S.G.D. teria avisado a polícia, que começou a investigar o caso.
Vizinhos da casa de veraneio de Chagas disseram à polícia que viram uma viatura policial levar o acusado, o que levantou suspeitas do envolvimento dos policiais.
Por volta das 19h, os três policiais teriam desistido do sequestro, diante da recusa da família em pagar o resgate, e decidido levar as vítimas para a delegacia.
Chagas foi preso com 50 gramas de crack e levado para a cadeia de São Sebastião.
Os policiais foram presos por sequestro e extorsão e respondem processo administrativo.
Segundo a polícia, os três negaram ter cometido o crime. Eles disseram que detiveram o suspeito para esperar que ele recebesse o carregamento de drogas para prender o restante da quadrilha.
Eles disseram à polícia que resolveram apresentar Chagas na delegacia em razão do carregamento não ter sido entregue em Ubatuba.
Chagas negou que estivesse com drogas. Ele disse que havia ido à Ubatuba para pagar o aluguel da casa de veraneio e o caseiro.
Segundo a polícia, Chagas tem passagens por receptação e sua mulher, por tráfico de drogas.
O escrivão trabalhava há 12 anos de polícia e os carcereiros, há 2 anos. O delegado assistente seccional, Eduardo Iasco, afirmou que os policiais devem ser demitidos da polícia.
Ele disse que, apesar do caso prejudicar a imagem da polícia, o fato do grupo ter sido preso pelos próprios colegas mostra que a Polícia Civil não aceitaria o envolvimento de policiais com o crime.
"Esta prisão mostra que a população pode confiar na polícia, porque a maioria dos policiais são honestos", afirmou. (Fonte: ValeParaibano)

Prédio de 4 andares desaba em Ubatuba
Pilares romperam e residencial caiu sobre a garagem; Defesa Civil isolou a área e quer implodir imóvel

Ubatuba - A estrutura de um dos blocos do residencial Anêmona, na praia das Toninhas, em Ubatuba, cedeu na madrugada de ontem. Os quatro pilares de sustentação romperam e o prédio, com 24 apartamentos, caiu sobre a garagem.
O imóvel foi entregue em fevereiro aos proprietários. Como o residencial é usado apenas por turistas, no momento do acidente não havia nenhum morador no local.
A Defesa Civil vai solicitar a demolição do imóvel. No total, são 48 apartamentos divididos em dois blocos com quatro andares. O valor médio de cada unidade é de R$ 70 mil.
Segundo a presidente da Defesa Civil de Ubatuba, Elizabeth Ferrari Mota, a estrutura dos pilares não sustentou o peso do prédio. "Aparentemente o imóvel teve problemas na estrutura dos pilares."
Elizabeth disse que o bloco B, que fica na frente do bloco que cedeu, também apresenta problemas na estrutura e deve ser implodido. "A Defesa Civil vai sugerir a demolição porque o prédio não apresenta possibilidade de recuperação."
A síndica do residencial, Sandra Betito, afirmou que desde que os blocos foram entregues já apresentavam problemas. "O prédio tinha rachaduras, o piso estavam afundando e as colunas, tortas. Não precisava ser nenhum perito para notar que tinha problema. Eu mesma tinha receio de passar debaixo do prédio."
As obras do empreendimento foram iniciadas pela construtora Técnica, que faliu, e concluídas pela empresa RPA Construtora e Incorporadora, que alega não ter responsabilidade técnica sobre a parte estrutural dos blocos. (leia texto nesta página)
Segundo Sandra, a CEF (Caixa Econômica Federal), que financiou algumas unidades, e a construtora RPA foram comunicadas dos problemas físicos dos dois blocos do residencial.
"Mandei uma carta para a CEF, que encaminhou para a construtora, mas ninguém tomou providência e ainda disseram que eu estava denegrindo a imagem da construtora e ameaçaram me processar."
A síndica disse que aguarda o resultado do laudo de um engenheiro para acionar juridicamente a construtora. "Vamos entregar o laudo a um advogado que vai decidir quais medidas jurídicas serão adotadas."
Segundo o engenheiro da Secretaria de Arquitetura e Urbanismo de Ubatuba, Carlos Augusto Malheiros, próximo ao bloco do residencial Anêmona que cedeu, há uma casa que foi evacuada por medida de segurança e, ao lado do outro bloco, há um edifício.
"O bloco B aparentemente também apresenta problemas na estrutura, mas ainda não oferece risco para isolar o edifício vizinho. Vamos fazer uma avaliação técnica e acionar a construtora para decidir o que será feito", disse. (Fonte: ValeParaibano)

Construtor nega ser responsável por incidente

Ubatuba - A RPA Construtora e Incorporadora, que concluiu as obras do residencial Anêmona, informou que não tem responsabilidade técnica sobre a fundação dos blocos.
Segundo o engenheiro da construtora, que se identificou apenas como Roberto, a RPA responde apenas pelo acabamento dos blocos. "Somos responsáveis pelo acabamento. Tenho os ARTs (Anotações de Responsabilidade Técnica) nos quais consta que a responsabilidade da fundação é do engenheiro da construtora Técnica, que começou a obra", afirmou.
Segundo o superintendente regional da CEF, Miguel Sampaio Júnior, 17 unidades do empreendimento foram comercializadas pelo banco. "Todos eles foram vistoriados por engenheiros credenciados à CEF", disse.
Segundo Sampaio, hoje vai haver um reunião com a construtora. "Um engenheiro vai vistoriar o empreendimento, vamos conversar com a construtora e acionar a seguradora para ressarcir os mutuários", afirmou.
O ValeParaibano não localizou o responsável pela massa falida da Construtora Técnica para comentar o assunto. (Fonte: ValeParaibano)

Casos de dengue sobem de 13 para 42 em São Sebastião em três dias

São Sebastião - O número de pessoas com dengue em São Sebastião, contaminadas na própria cidade, aumentou de 13 para 42 nos últimos três dias. O município registrou ainda mais um caso de exame com resultado positivo "importado" de Santos.
São Sebastião vive uma epidemia da doença. Desde janeiro, a Secretaria da Saúde notificou 359 casos suspeitos. Desse total, 53 foram descartados e o restante aguarda laudo do Instituto Adolfo Lutz, de São Paulo.
A secretária da Saúde de São Sebastião, Cláudia Batochio Pinto Flausino, disse que os 29 novos casos autóctones (quando a contaminação se dá no local em que o paciente reside) foram confirmados com o recebimento dos laudos.
"Aguardamos ainda o resultado de 263 exames. A dengue já virou uma epidemia na cidade. Intensificamos os trabalhos de orientação para erradicar a doença."
Segundo a secretária, não é possível estimar quantos novos casos da doença poderiam ser diagnosticados. A maioria das pessoas contaminadas mora na região central do município e nos bairros Porto Grande e Pontal.
Cláudia afirmou que 36 agentes de saúde e outros 40 agentes comunitários do PSF (Programa de Saúde da Família) estão percorrendo bairros do município para orientar os moradores sobre a doença e identificar possíveis focos do mosquito.
"O médicos nos postos de saúde também estão mais atentos. Já pedimos que se houver pacientes com sintomas da dengue --que são parecidos com os da gripe-- é preciso solicitar o exame. Queremos mapear a doença."
Claudia disse que a principal preocupação é diminuir a quantidade de mosquitos transmissores. "Para isso precisamos da colaboração das pessoas para que não propriciem condições de criadouros do mosquito."
A secretária disse que São Sebastião não registrou nenhum óbito em razão da doença. "Também não tivemos nenhum caso de dengue hemorrágica." (Fonte: ValeParaibano)

Câmara bane voto secreto em Ubatuba

Ubatuba - A Câmara de Ubatuba aboliu o voto secreto nas deliberações do Legislativo para cassação de vereadores e prefeito, concessão de títulos de cidadania e análise de vetos do prefeito.
O projeto aprovado na última terça-feira foi encaminhado pelo vereador Eduardo Cesar (PPS). A proposta, que prevê alteração na Lei Orgânica do Município, deve ser votada pela segunda vez no próximo dia 22.
Cesar disse que a quebra do sigilo nas votações foi motivada pelo escândalo da fraude do painel eletrônico do Senado Federal. Segundo ele, a proposta vai deixar os trabalhos na Câmara mais "transparentes".
"Penso que das três situações, a votação em aberto do veto dos prefeitos é a mais importante porque ocorre com mais frequência. Com a quebra do sigilo, os conchavos vão acabar", disse o vereador.
Na região, as Câmara de Cunha e Ilhabela também já aprovaram o fim do voto secreto. Em São José, São Sebastião, Taubaté, Jacareí, Caçapava e Lorena, as propostas tramitam na Casa. (Fonte: ValeParaibano)

Prefeitura discute desenvolvimento com Sebrae e Unicamp

Ubatuba - Na quinta-feira, 17, representantes do Sebrae (Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de São Paulo) e da Unicamp (Universidade de Campinas) estiveram reunidos com o vice-Prefeito Moralino Valim (PMDB), secretários e assessores da Prefeitura de Ubatuba. O professor de economia da Unicamp, Miguel Juan Bicic, apresentou o diagnóstico sócio-econômico e as potencialidades do município, elaborado pela Universidade, segundo dados disponíveis pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e pela RAIS (Relação Anual das Informações Sociais). Segundo o técnico do Sebrae, Rigoberto Soler, o objetivo da reunião foi de atualização das informações contidas no diagnóstico para alinhar as ações futuras com os programas do órgão.
No diagnóstico foi constatado pelos palestrantes que a principal atividade econômica do município é o turismo. Foram apresentados os aspectos demográficos e sociais, a geração de empregos nos setores do comércio e de serviços. Constatou-se o crescimento de cerca de 23% nos setores de alojamento e alimentação, mais de 572% de crescimento no setor de prestação de serviços e 44% de geração de empregos formais, de 1990/1998. Para Juan Bicic o importante é preparar o município para o desenvolvimento de planos regionais, investindo nas forças produtivas locais. “Com visão regional e interdependência com as cidades vizinhas, podemos gerar mais empregos e desenvolvimento, aumentando a eficiência e a qualidade de toda a região”, afirmou Juan Bicic.
Ao final, foi agendada a próxima reunião que acontecerá no dia 29 deste mês no auditório da escola Padre José de Anchieta, das 9 às 17 horas. Serão formados grupos temáticos que discutirão ações e propostas individuais e regionais para o turismo, que serão levadas ao seminário regional do Litoral Norte. Dentro do programa os temas são educação, melhoria do meio ambiente, planejamento urbano, desenvolvimentos do artesanato, agricultura, maricultura e turismo, oportunidades de negócios em indústrias não poluentes e a capacitação de empresários e empregados nos setores do comércio e serviços. (Fonte: ACS-PMU)

Tamoios terá terceira pista na serra

Caraguatatuba - O DER-Departamento de Estradas e Rodagens deve iniciar, em novembro deste ano, as obras de construção da terceira pista em 19 quilômetros da Rodovia dos Tamoios (SP-99), a principal ligação entre o Vale do Paraíba e o Litoral Norte do Estado. As obras orçadas em R$ 10,3 milhões, serão custeadas por financiamento liberado pelo BID-Banco Interamericano de Desenvolvimento. A terceira pista vai passar entre o quilômetro 64,4, no trecho de serra e o quilômetro 83,4 em Caraguatatuba e deverá estar pronta no segundo semestre de 2002, reduzindo os congestionamentos na chegada ao litoral.
Segundo o projeto do DER, serão feitas obras de melhoria nos acessos ao bairro Alto, Rio do Ouro e Jaraguazinho, no trecho urbano da rodovia dos Tamoios, em Caraguatatuba. O DER vai construir um canteiro central e uma rotatória na altura do terminal rodoviário de Caraguá. Entre os quilômetros 81 e 83,4, será construída uma ciclovia do aldo direito da pista e pontos de ônibus na baixada da rodovia, onde há uma grande concentração populacional. Serão feitas obras de drenagem e recapeamento da pista e do acostamento no trecho da rodovia entre os quilômetros 64,4 e 83,4. O DER pretende recuperar bueiros, eliminar canaletas e aumentar as guias em locais onde ocorrem alagamento na pista. A sinalização horizontal e a vertical também serão renovadas. Segundo o diretor técnico do DER, Jorge Jobram, a licitação deve estar concluída em três meses. O prefeito de Caraguatatuba, Antonio Carlos da Silva acredita que mesmo começando em novembro, as obras de recuperação da Tamoios não vão prejudicar o turismo na cidade. “As obras são de fundamental importância e não vão gerar grandes congestionamentos na rodovia, afirmou Antônio Carlos. O prefeito disse que as obras mais simples devem ser feitas primeiro, para não congestionar o trânsito durante o verão. (Fonte: PMC)

Turismo terá planejamento

Ubatuba - A Comtur (Companhia Municipal de Turismo) estará apresentado no próximo dia 24, à partir das 16 horas, na Associação Comercial e Industrial de Ubatuba, o planejamento das atividades de desenvolvimento do turismo para os exercícios de 2001 e 2002. A reunião é para trade turístico do município. Haverá também prestação de contas de todas as atividades desenvolvidas para o crescimento do setor. (Fonte: ACS-PMU)

Programa Saúde da Família será ampliado

Ubatuba - O programa Saúde da Família atende hoje em Ubatuba cerca de 47% da população. O trabalho é realizado por 9 equipes da secretaria municipal de Saúde e já está com o projeto de implantação de mais 3 grupos de trabalho. Com a ampliação a secretaria pretende atingir 62% da população. O programa vem se reestruturando para conseguir melhor resultado junto às equipes. O Ministério da Saúde enviou para Ubatuba kits contendo mochila, boné, jaleco, camiseta, colete e jaqueta, para que as equipes esteja devidamente uniformizadas em suas atividades.
Algumas dessas equipes desenvolvem eventos com pacientes, como a reunião de dinâmica de grupo de hipertensos e diabéticos, que acontece mensalmente no Terminal Turístico do Perequê-Açu. (Fonte: ACS-PMU)

Prefeitura no combate ao desemprego

Ubatuba - A Prefeitura de Ubatuba, através da secretaria de Assistência Social, estará promovendo um encontro para apresentar e discutir o programa “Ubatuba no Combate ao Desemprego”, que será realizado próximo dia 23, às 16 horas, na Associação Comercial e Industrial de Ubatuba. O encontro terá as participações da Comissão da Cooperart (cooperativa modelo de costureira de Caraguatatuba), do presidente da Cooperlim, Ramiro Prata Jr. e a presença do presidente da Federação das Cooperativas do Litoral Norte, Carlos Henrique Carvalho. (Fonte: ACS-PMU)

Monte Valério será revitalizado

Ubatuba - A Prefeitura de Ubatuba e órgãos ambientais estão discutindo e estudando um projeto de revitalização do Parque do Monte Valério, uma área de 23 hectares. Durante as discussões estão participando as sociedades amigos de bairros do Pé-da-Serra e do Monte Valério, ONG World Help e IPEMA(Instituto Permacultura da Mata Atlântica), entre outros. Na última quarta-feira, 16, entidades e Prefeitura estiveram reunidos e logo após seguiram para o Monte Valério onde puderam identificar todas as necessidades e oportunidades do local
Nos primeiros encontros várias sugestões já foram apontadas, como a transformação do local em um espaço que poderá ser utilizado pelas escolas, artesãos e até por turistas, com toda infra-estrutura. Para o secretário de Arquitetura e Urbanismo, Sidney Giraud, o primeiro passo é o levantamento do local e a elaboração do projeto em planta. “O Monte Valério é um espaço maravilhoso, que está disponível e abandonado. Nossa intenção é revitalizá-lo”, explica.
A próxima reunião está marcada para o dia 23 de maio, às 9 horas, na secretaria de Educação. (Fonte: ACS-PMU)

Caraguá tem salas de atendimento a deficiêntes
Com o objetivo de integração social os alunos serão atendidos fora do horário do ensino regular

Caraguatatuba - A Prefeitura Municipal de Caragutatatuba está oferecendo atendimento especializado aos portadores de deficiência visual e auditiva, através da Secretaria Municipal de Educação. Com a instalação de salas de recursos
em seis escolas da rede municipal de ensino, crianças de 6 a 14 anos poderão receber atendimento com professores especializados. Trata-se da educação inclusiva, antiga proposta da educação e já trabalhada há algum tempo. Este ano a prefeitura conseguiu aumentar o número de sala, ampliando o atendimento. As aulas visam a integração do aluno portador de deficiência na sociedade. Agora são oferecidas três salas para atendimento aos portadores de diciência auditiva, instaladas na EMEF Prof. Oswaldo Ferreira, no bairro Casa Branca; EMEF Profa. Aida de Almeida Castro Grazioli, no Rio do Ouro e; na EMEF Alaor Xavier Junqueira, no Travessão. Outras três salas de atendimento a portadores de deficiência visual foram implantadas na EMEF Luiz Ribeiro Muniz, na Martim de Sá; EMEF Carlos Altero Ortega, no Morro do Algodão e; EMEF Geraldo de Lima, no Perequê Mirim. Os responsáveis por estes alunos devem procurar as escolas que têm as salas de recursos. O aluno será atendido fora do horário do ensino regular. (Fonte: PMC)

Projeto Mar Verde é adiado; Câmara aprova Renda Mínima

Caraguatatuba - A Câmara Municipal de Caraguatatuba aprovou na sua sessão ordinária projeto em regime de urgência do Executivo, que cria o Programa de Renda Mínima no município. O projeto do Vereador Omar Kazon, que altera a Lei de Zoneamento nos Loteamentos Mar Verde 1 e 2 foi adiado por tempo indeterminado.
Na sessão ordinária de terça-feira, 16 de maio, foram lidos 5 projetos, dentre eles o do Vereador Aureliano Gonçalves Pereira - o AG Pereira, que termina com o voto secreto na Câmara de Caraguatatuba, o do Vereador e presidente da Câmara, Valmir Gonçalves - o Valmir da Colônia que cria o Fórum de Debates de Problemas Municipais e o da Mesa Diretora, que inclui reuniões ordinárias para as Comissões Permanentes do Legislativo local.
Dentre os Requerimentos, foram 4 a serem discutidos e votados, com destaque para o da Vereadora Leonor Diniz, que requer ao Juiz Eleitoral informações sobre a propaganda eleitoral nos muros do município e para o do Vereador Anderson Silva Bertoncini - Pastor Anderson, que pede informações sobre os devedores em atraso com IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), do ano passado, este o único rejeitado, pois segundo a bancada governista o Requerimento tinha um maior teor político do que informativo.
Na mesma sessão foram lidas 66 indicações, automaticamente encaminhadas ao prefeito Antonio Carlos da Silva.
Na pauta do dia foram lidos e votados, além do projeto do Vereador Omar Kazon, duas outras proposituras, todas em regime de urgência; A do Vereador Nílson Lopes da Silva - o Nezão que denomina de "Rua Clemente dos Santos Gomes", a antiga rua Hum, na Vila Ernestina, no bairro do Rio do Ouro.
O Executivo também apresentou projeto em regime de urgência, que cria o Programa de Renda Mínima em Caraguatatuba. De acordo com o projeto serão beneficiadas as famílias que tiverem até 3 filhos e com renda máxima de R$ 450,00 ou per capita de R$ 90,00 com o valor mensal e unitário de R$ 15,00 para cada criança até 15 anos e que esteja matriculada regularmente na rede pública municipal ou estadual. O programa será mantido através de repasse do Governo Federal.
O projeto do Vereador Omar Kazon, que altera a Lei de Zoneamento, a 200/92, liberando a instalação de pontos comerciais nos Loteamentos Mar Verde 1 e 2 foi adiado, a pedido do autor, por tempo indeterminado. Vários moradores, contrários e favoráveis ao projeto estavam nas galerias da Câmara a espera da discussão e votação.
Este projeto nasceu da reivindicação de alguns moradores que tem se deslocar alguns quilometros para as compras do seu dia-a-dia. Para isso foram realizadas no mês de março duas audiências públicas, onde a sociedade organizada se mobilizou sobre o assunto.
Segundo o Vereador Omar Kazon o adiamento se deu devido aos Loteamentos estarem sob judice e por desconhecer o teor da Ação Popular, achou melhor essa alternativa. Kazon observou também que com relação ao assunto não há uma maioria, seja de favoráveis como contrários à propositura, obrigando-o ao adiamento, até que seja feita uma reunião para uma definição do assunto. (Fonte: Câmara Municial de Caraguatatuba)

5ª Copa Litoral Norte de Natação acontece neste domingo

Ubatuba - A secretaria de Esportes e Lazer da Prefeitura de Ubatuba realiza no próximo domingo, dia 20, a 3ª etapa da 5º Copa Litoral Norte de Natação, que será disputada às 9 horas, na Piscina Municipal. A competição reúne os melhores nadadores do Litoral Norte.
A prova será disputada nas categorias infantil (13 e 14 anos), juvenil (15 a 17 anos), sênior (18 a 30 anos) e master (acima de 31 anos). A secretaria estima que devam participar da competição cerca de 150 atletas. As inscrições podem ser feitas no local. (Fonte: ACS-PMU)



Maré Hotel de Ubatuba
 A.Coutinho Royal Segurança


Leia também as colunas:
Para Refletir
Para Refletir
Margareth Bravo

Opinião

Ronaldo Dias
Navegando
Navegando
 Pedro Monte-Mór

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:
Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br


©1995/2000 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor