Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Segunda-feira, 22 de outubro de 2001 - Nº 401 Arquivo
BIL - Bolsa de Imóveis do Litoral Free Wallpaper

Busca por palavras no Litoral Virtual:

Principais Manchetes:

Litoral busca apoio para tentar reduzir meta de energia elétrica
Ubatuba cria albergue para migrantes
Seminário de Turismo discute proposta para Ubatuba
Caraguá muda trânsito no centro e asfalta avenidas
Turismo Internacional: O Brasil é a "Bola da Vez"
Ubatuba: 364 Anos
Aviões e carros antigos, anfiteatro e homenagens em Ubatuba
Mitos no aeroporto de Ubatuba
Exposição Fotográfica "As Melhores Fotos"
10 países são atração na avenida
Grupo teatral se destaca em Ubatuba
Lentidão na reforma prejudica usuários de UBS na região sul
Brasil quer explorar remédios que vêm do mar
Projeto de Reciclagem proporciona curso de capacitação para 30 famílias
Carta do Leitor


Litoral busca apoio para tentar reduzir meta de energia elétrica

Associações comerciais e industriais querem rever índice para temporada

Litoral Norte - Presidentes e representantes das associações comerciais e industriais do Litoral Norte se reúnem hoje com o secretário Estadual de Energia, Mauro Arce, para pedir ajuda na revisão da meta de consumo de energia durante a temporada de verão.
A principal reivindicação do grupo é que o governo deixe de medir a meta de consumo nos meses de maio, junho e julho e passe a usar o período entre dezembro e fevereiro como base do cálculo.
Eles querem que a região tenha o mesmo tratamento dispensado para cidades-estâncias que conseguiram a cobrança baseada no período de maior consumo. No Vale do Paraíba, essa medida foi adotada durante a temporada de inverno em Campos do Jordão.
Um comitiva se reuniu ontem com gerente-executivo da Bandeirante Energia, Edson Neves, levando novas reivindicações. Neves adiantou que alterações no consumo de metas devem ser feitas junto à Câmara de Gestão de Energia Elétrica.
O prefeito de Caraguatatuba, Antônio Carlos da Silva (PSDB), disse que o município, comerciantes, moradores e veranistas não podem ser penalizados. "A região depende da temporada e das pessoas que nos visitam."
APOIO - Segundo ele, na segunda-feira, representantes da cidade, Ubatuba, Ilhabela e São Sebastião, vão pedir ao secretário Arce apoio junto à Câmara de Gestão para que essas metas sejam revistas.
O presidente da Acii (Associação Comercial e Industrial de Ilhabela), Roberto Pacheco, disse que os comerciantes não têm como cortar mais o consumo de energia. "Seria necessário considerar o período de temporada como base para medir a média de consumo."
Essa também é a opinião de Jorge Washington, presidente da Acic (Associação Comercial e Industrial de Caraguá) que aposta na exceção aberta a Campos do Jordão como precedente para o Litoral Norte.
Em Ubatuba, o secretário-executivo da Associação Comercial, Célio Moraes Stéfani, disse que há uma preocupação geral no setor comercial principalmente porque o consumo aumenta de acordo com a quantidade de turistas.
VERÃO - Comerciantes e hoteleiros do Litoral Norte afirmam que, mesmo com a redução de 20% determinada pela comissão de gestão, os estabelecimentos podem ter aumento de consumo de energia por causa do calor.
"Vamos desligar frigobar, reduzir o funcionamento dos freezers, mas como evitar que o hóspede não use o ar-condicionado em dias de muito calor?," questiona Hélio Barros Leite, presidente da Associação de Hotéis, Pousadas e Similares de Caraguá. (Fonte: ValeParaibano)

Ubatuba cria albergue para migrantes

Ubatuba - O avanço do número de migrantes sem abrigo que a cada feriado prolongado procuram um espaço na praças e ruas de Ubatuba fez com que a Secretaria de Assistência social elaborasse o Projeto Trampolim.
Pelo programa, migrantes sem vícios em álcool ou drogas, ou doenças graves como esquizofrenia, terão espaço em uma casa transitória até que estejam melhor estruturados.
A proposta é do secretário Edson Alves, que conseguiu autorização do prefeito Paulo Ramos (PFL) para utilizar uma área de 5.000 metros quadrados, no Sertão da Quina, e construir o lar.
Parte da verba será repassada pelo Estado. O custo para a implantação e de cerca de R$ 80 mil. A casa terá capacidade para atender 30 pessoas direto ou 80 que passam por triagem, higienização e se alimentam.
"A idéia é ter uma casa agrícola onde o migrante vai trabalhar com a terra", afirma o secretário.
Levantamento feito esse ano mostra que 305 migrantes foram recolhidos das ruas desde janeiro. Após triagem para saber onde estão suas famílias, a maioria recebe passagem para a cidade de origem.
Mesmo com essas providências, não é raro o migrante voltar para as ruas. Muitos deles, fazem disso sua vida. O catador de papelão Atírzio Ferreira de Souza, 34 anos, disse que tem família em Ubatuba, mas prefere ficar nas ruas. "Eu fico catando papel e durmo um pouco quando escurece." (Fonte: ValeParaibano)

Seminário de Turismo discute proposta para Ubatuba

Ubatuba - Empresários do segmento turístico, estudantes, secretários, assessores e vereadores municipais de Ubatuba estiveram na noite de quinta-feira, 18, no auditório da escola Tancredo de Almeida Neves assistindo um seminário técnico com o secretário de Cultura e Turismo de Parintins (Amazonas), Sérgio Luiz Alves de Carvalho, que apresentou experiências e modelos que tratam do desenvolvimento do turismo de sua cidade. Sérgio iniciou o seminário fazendo uma introdução ao turismo sustentável, analisou a situação do município, enfatizou a importância da participação da comunidade no planejamento e desenvolvimento, além do processo de planejamento de marketing.
Com graduação em administração hoteleira e 26 anos de atuação profissional nas áreas de administração hoteleira e turismo, implantação de hotéis, consultoria e assessoria de implantação turística, Sérgio Carvalho mostrou os benefícios com a implantação do PNMT (Programa Nacional de Municipalização do Turismo), da qual a cidade de Parintins é referência nacional. “Hoje o cenário de Ubatuba é muito favorável ao pólo de desenvolvimento da região. A comunidade deve estar inserida neste processo para que o mesmo tenha êxito”, disse Carvalho. O seminário contou com grande participação dos presentes, que questionaram sobre vários problemas que a cidade hoje enfrenta.
Paulo Ramos esteve presente no seminário e enfatizou a necessidade do empenho e apoio de todos os segmentos da cidade. “Precisamos de semeadores para desenvolver o turismo. A existência do curso de turismo em Ubatuba já é um grande passo”, explicou Ramos. O convite foi feito pelo prefeito de Ubatuba, Paulo Ramos (PFL), na ocasião do 1º Simpósio e Exposição sobre Ecoturismo e Desenvolvimento Sustentável dos Países da Bacia Amazônica (Ecotur 2001) realizado de 24 a 27 de setembro, em Manaus. (Fonte: ACS-PMU)

Caraguá muda trânsito no centro e asfalta avenidas

Caraguatatuba - O trânsito da região central de Caraguatatuba vai passar por reformulação. Três rotatórias serão instaladas na avenida Miguel Varlez, principal acesso ao centro. Alguns trechos vão ganhar canteiros centrais.
As ruas do centro também receberão asfalto. As obras estão orçadas em R$ 1 milhão.
Segundo o diretor da Ditran (Divisão de Trânsito), Celso Rapaci, as praças da Miguel Varlez serão cortadas para a instalação de mais uma via de acesso. Em alguns locais, a via se transformará em mão única.
Rapaci disse que o objetivo é acabar com o congestionamento entre a Santa Casa, no Jardim Primavera, até a rua Altino Arantes, no centro.
Em um dos pontos mais críticos, no cruzamento das avenidas Miguel Varlez e Prestes Maia, onde existia o único semáforo da cidade, será colocado um obstáculo no canteiro central.
O prefeito Antônio Carlos da Silva (PSDB) disse que na próxima semana começa a aplicação de uma capa de asfalto mais resistente nas ruas do centro. Posteriormente, será feita a sinalização vertical e horizontal. (Fonte: ValeParaibano)

Turismo Internacional: O Brasil é a "Bola da Vez"

Ubatuba - Do dia 13 a 16 de outubro o Município de Ubatuba participou, em Buenos Aires, da 10º FIT - Feira Internacional de Turismo da Argentina, considerada uma das mais importantes feiras internacionais de turismo. A participação de Ubatuba ocorreu através de trabalho realizado em parceria com as outras cidades do Litoral Norte, Caraguatatuba, São Sebastão e Ilhabela, tendo sido Ubatuba representada oficialmente por Celso Bradaschia, presidente da Associação das Pousadas e Hotéis de Ubatuba/SP, entidade que coordenou a ida do município ao evento. Segundo Bradaschia, “a presença de Ubatuba trará, com certeza, ótimos resultados para a cidade. O Brasil hoje é considerado entre as operadoras e agências de turismo como sendo A BOLA DA VEZ no mercado internacional, não só pelo diferencial de câmbio de quase três para um, o que o torna um destino extremamente atraente, como também em função dos últimos acontecimentos internacionais que farão aumentar em muito a demanda por destinos de menor risco”.
Ainda segundo Bradaschia, “está sendo organizado, pelas quatro cidades, com programação para a 2º quinzena de novembro, press-tur reunindo diversos repórteres argentinos, representantes dos principais veículos de comunicação; o momento é também oportuno para, com o apoio do Prefeito Paulo Ramos em parceria com as prefeituras das outras cidades do Litoral Norte, pleitearmos dos governos estaduais e federais maiores investimentos, tanto em infra estrutura quanto na maior divulgação de nossa região”. (Fonte: APHU)

Ubatuba: 364 Anos

Confira Programação na FundartUbatuba - A preservação da cultura de um povo é seu mais valioso bem. A manutenção dos valores culturais que concorreram para formação dos traços morais, costumes e personalidade é por si só uma prova incontestável do amor de uma comunidade pela terra.
Ubatuba completa seu tricentésimo sexagésimo quarto ano de existência, tendo especial cuidado com a manutenção de seu bem mais valioso, ou seja, sua cultura.
Aliada a preocupação de preservação cultural, a preservação ambiental também encontra eco na cidade. Com área de preservação superior a 90 por cento do município, Ubatuba é uma das maiores áreas preservadas do Estado de São Paulo.
Sua história, repleta de nomes de grande valor, se confunde com a própria história do Brasil.
Nossa terra foi o primeiro cenário do Brasil para se falar de paz. A “Confederação dos Tamoios” e a “Paz de Iperoig” foram bons exemplos.
O caiçara, e o morador que adotou Ubatuba como sua terra, são gente de paz e de boa índole e recebem como ninguém seus visitantes.
Além de tudo isso, que já justificaria a comemoração desta data, ainda temos mais de 70 praias, matas, cachoeiras, diversificada fauna e flora marinha e terrestre. Para qualquer lado que se olhe o visual é paradisíaco e vai até onde a vista possa alcançar.
Por isso, e por muito mais que você ainda vai descobrir, vamos comemorar nossos 364 anos.
Esperamos que sua voz se una à nossa para dizer
Parabéns Ubatuba.

Paulo Ramos
Prefeito de Ubatuba



Aviões e carros antigos, anfiteatro e homenagens em Ubatuba


Ubatuba - A cidade vem se preparando para as comemorações do seu aniversário no próximo dia 28, domingo, quando completa 364 anos, com uma programação diversificada voltada para diferentes públicos. O pessoal do esporte terá surf, corrida pedestre, futebol e natação. A Semana do Trânsito, vai orientar o pedestre e o motorista quanto à segurança no trânsito e avaliar as condições físicas com o apoio de clínico geral e oftalmologista.
O prefeito Paulo Ramos terá um encontro com os prefeitos da região e com o Secretário do Meio Ambiente, Ricardo Trípoli, reunião coordenada pela Radio Costa Azul. O secretário vem entregar obras do Estado no Núcleo Picinguaba.
A fase regional do Mapa Cultural, na modalidade fotografia, será em nossa cidade com a participação de 15 cidades, 29 fotógrafos e 202 fotos.
A tradicional Feira das Nações, em sua 14a edição e com l0 países, abre no dia 26 e vai até 4 de novembro. A Banda San Francisco anima o Red Beach no dia 26, no Baile de Aniversário. Os carros antigos voltam a desfilar na avenida e, no aeroporto, teremos uma exposição de aviões antigos. A sessão solene da Câmara Municipal, com a entrega de títulos de cidadania, será no anfiteatro da Unitau ,a ser inaugurado no dia do aniversário ,onde a prefeitura assina convênio para bolsas de estudo e o balé da Fundart mostra a ótima fase em que se encontra.
Confira abaixo a programação:

22/10 (Segunda-feira)
8:00 às 17:00 h - Semana do Trânsito (GMU e SMT)

23/10 (Terça-feira)
8:00 às 17:00 h - Semana do Trânsito (GMU e SMT)

24/10 (Quarta-feira)
8:00 às 17:00 h - Semana do Trânsito (GMU e SMT)

25/10 (Quinta-feira)
8:00 às 17:00 h - Semana do Trânsito (GMU e SMT)

26/10 (Sexta-feira)
8:00 às 17:00 h - Semana do Trânsito (GMU e SMT)
14:00 h - Encontro de Prefeitos da Região com a presença do Secretário Estadual Meio Ambiente Ricardo Trípoli - Ubatuba Palace Hotel.
15:30 h - Inauguração das obras do Núcleo Picinguaba - presença do Secretário Estadual do Meio Ambiente Ricardo Trípoli.
19:00 h - Abertura da XIV Feira das Nações - Av. Iperoig (Rotary Club)
20:00 h - Abertura Projeto Mapa Cultural Paulista - Secretaria de Estado da Cultura - Fase Regional / Fotografia (Sobradão do Porto - Fundart)
23:00 h - Baile de aniversário no Red Beach com a banda San Francisco (Comtur, Fundart, ACIU e UNITAU)

27/10 (Sábado)
8:00 às 17:00 h - Semana do Trânsito (GMU e SMT)
10:00 às 18:00 h - Competição de Som Automotivo - Av. Iperoig (Comtur)
10:00 h - 33a Prova Pedestre “Cidade de Ubatuba” - Av. Iperoig (Esportes)
11:00 h - Abertura do V Encontro de Automóveis Antigos - Av. Iperoig (Comtur e ACIU)
Abertura da Exposição de Aviões Antigos - Aeroporto “Gastão Madeira” (ABAAC - Associação Brasileira de Aeronaves Antigas e Clássicas, Comtur e Eugênio Camargo).
19:00 h - XIV Feira das Nações - Av. Iperoig (Comtur, Rotary e Fundart)

28/10 (Domingo)
8:00 h - Desfile Oficial - Tema: “Meio Ambiente: Aqui é o Paraíso” (Av. Iperoig)
14:00 às 18:00 h - V Encontro de Automóveis Antigos (Comtur e Eugênio Camargo)
Exposição de Aviões Antigos no Aeroporto “Gastão Madeira” (Comtur, Eugênio Camargo)
19:00 h - XIV Feira das Nações (Comtur,Rotary e Fundart) - Show Pirotécnico
20:00 h - Inauguração do Anfiteatro e assinatura de Convênio no campus da UNITAU.
Sessão Solene da Câmara Municipal com entrega de títulos de cidadania - UNITAU.
Apresentação da Oficina de Dança da Fundart (Balé) - UNITAU

30/10 (Terça-feira)
15:00 h - Apresentação do Projeto Verão 2002 - (Ubatuba Palace Hotel)

31/10 (Quarta-feira)
19:00 h - XIV Feira das Nações - Av. Iperoig
Apresentações de Grupos Folclóricos e Shows Musicais

01/11 (Quinta-feira)
19:00 h - XIV Feira das Nações - Av. Iperoig
20:00 h - Encontro de Corais do Litoral Norte

02/11 à 04/11 (Sexta-feira à Domingo)
19:00 h - XIV Feira das Nações - Av. Iperoig - Encerramento. (Fonte: ACS-PMU)

Mitos no aeroporto de Ubatuba

Ubatuba - Um avião de observação, modelo L4, fabricado nos Estados Unidos em 1940 e que participou da Segunda Guerra, estará na exposição de aeronaves antigas que faz parte do aniversário da cidade. Para os curiosos há outra preciosidade: um modelo Fleet, canadense, fabricado em 1933, o mais antigo em operação no País. Outros modelos que deverão matar a saudade de conhecedores do assunto e visitantes: Cesna 140, ano 1946: Piper CA-20, ano 1940: Cesna 140, ano 1940: Aironca, ano 1940; Piper PA-38 Tomahawk, ano 1984 um Piper, modelo J3, de 1940 e um Taylor, de 1946 ficarão à disposição para visitação. A mostra é organizada pela Associação Brasileira de Aeronaves Antigas e Clássicas - ABAAC, em conjunto com a Prefeitura, Comtur e Fundart. Na av. Iperoig, a partir das 11 h do dia 26, o público vai curtir o 5o Encontro de Automóveis Antigos com premiação aos veículos que serão julgados pelo público. (Fonte: ACS-PMU)

Exposição Fotográfica "As Melhores Fotos"

Ubatuba - A mostra com 202 fotos de 29 participantes de 15 cidades estará sendo aberta no próximo dia 26, às 20 horas, na sede da Fundart, no Sobradão do Porto. A exposição abre a fase regional do Mapa Cultural Paulista e contará com a presença de Eliane Machado, Delegada Regional da Secretaria Estadual de Cultura. Os jurados convidados são Dudu Cavalcanti, Fabiana Figueiredo e Marie Hippenmeyer. (Fonte: ACS-PMU)

10 países são atração na avenida

Ubatuba - Alemanha, Arábia, Argentina, Brasil, China, Japão, Espanha, Itália, França e Portugal vão receber um grande público com atrações musicais e comidas típicas a partir do próximo dia 26. Trata-se da XIV edição da Feira das Nações, na av. Iperoig, promovida pelo Rotary Club com apoio da Prefeitura, Fundart e Comtur além das entidades assistenciais. O resultado financeiro será revertido em prol da Santa Casa, Rotary Club, APAE, Paróquia Exaltação à Santa Cruz, Seicho-No-Ie, Cooperativa Educacional de Ubatuba e Associação dos Maricultores. Pela tradição e organização, a feira que fica na avenida até o dia 4 de novembro, deve ser um grande sucesso para o morador e o turista. (Fonte: ACS-PMU)

Grupo teatral se destaca em Ubatuba

Ubatuba - Alex Sander, Michel, Rafael, Higo, Carla, Yara, Emmanuel, Isabele e Juliano, integrantes do grupo TAU, de nossa cidade, foi a atração no último final de semana, no auditório da Fundart com a peça “Soltando o Verbo”, de Zé Carlos de Andrade. O espaço esteve lotado, mostrando que o grupo vem conquistando um público cada vez maior. Vencedores de festivais fora do nosso município, o elenco vem se apresentando para as comunidades com o esquete “Drogas, o nome já diz tudo”, dentro do programa Comunidade em Ação, coordenado pela Secretaria de Assuntos Comunitários da Prefeitura.. Alex Sander destaca o apoio da Fundart ,informando que a próxima exibição do TAU será no bairro do Sumidouro. (Fonte: ACS-PMU)

Lentidão na reforma prejudica usuários de UBS na região sul

Caraguatatuba - A lentidão na reforma de ampliação da UBS (Unidade Básica de Saúde), do bairro do Porto Novo, que atende a região sul da cidade está prejudicando o atendimento dos usuários da Saúde na localidade. Este foi o principal problema encontrado pela Comissão de Assuntos Relevantes da Saúde, da Câmara, na sua 10ª visita pela cidade.
A Comissão de Assuntos Relevantes da Saúde, da Câmara Municipal de Caraguatatuba esteve visitando a UBS do bairro Porto Novo, localizada na zona sul do município. Estiveram presentes o presidente da comissão, o Vereador Aurimar Mansano (PTB), o relator, Vereador José Benedito Gonçalves Pinto - o Zézinho Prequeté (PDT) e os seguintes membros; Agostinho Lobo de Oliveira - o Lobinho (PSDB) e Leonor Diniz (PDT), além de uma equipe de funcionários da Câmara que sempre acompanham os Vereadores nas visitas.
A UBS do Porto Novo foi construída em 1976 e reformada em 1991, sofrendo a sua segunda reforma após 10 anos. No local trabalham diariamente 8 médicos, incluindo 2 para Ultrasonografia e 3 setores de PSF (Programa de Saúde da Família), além de 48 funcionários, sendo 12 da Prefeitura e 36 do PSF. Devido a posição geográfica da UBS, espaço disponível e número de atendimentos, é intenção da Prefeitura tornar o local um Centro de Referências.
Atualmente o local está prejudicando os usuários da Rede Pública de Saúde em Caraguatatuba, visto que houveram problemas durante a reforma de ampliação. A empresa vencedora da licitação abandonou as obras alegando problemas financeiros e somente há poucos dias uma nova empresa entrou no local, com intuito de finalizar as obras.
Mais uma vez a comissão constatou a falta de médicos no local. Dos 3 profissionais que deveriam estar trabalhando no período da visita, apenas um encontrava-se no local. De acordo com os funcionários um dos médicos estava realizando tratamento cardíaco e sua esposa, a outra médica, o acompanhou até a capital.
A comissão detectou também que naquela UBS são pequenas as cotas para exames de Otorrinolaringologia e Oftalmologia. Na farmácia todos os remédios estavam dentro do prazo de validade, mas a responsável pelo setor reclamou da falta de alguns medicamentos. Alguns funcionários reclamaram também o fato de não receberem adicional de insalubridade. (Fonte: Câmara Municial de Caraguatatuba)

Brasil quer explorar remédios que vêm do mar
Pesquisas com esponjas e tunicados revelam novas substâncias, capazes até de combater tumores

São Sebastião - O estudo da biodiversidade brasileira acaba de render novas substâncias com potencial para uso farmacológico. E não foi na Amazônia, nem em qualquer outra floresta. Foi no mar de São Sebastião, um dos points favoritos dos paulistanos para passar férias e feriados. Ali mesmo, nas praias do canal e da costa de Ilhabela, pesquisadores descobriram dezenas de espécies não-catalogadas ou inéditas de esponjas e tunicados marinhos. Em pelo menos duas delas foram identificadas moléculas bioativas com características antitumorais.
As substâncias foram isoladas, purificadas e agora estão sendo analisadas para possível uso como medicamento. As duas mais promissoras, granulatimida e isogranulatimida - para as quais já foi pedida patente -, foram extraídas da ascídia Didemnum granulatum. As ascídias são um tipo de tunicado, animais invertebrados que vivem presos a rochas ou outros substratos marinhos.
Segundo o pesquisador Roberto Berlinck, do Instituto de Química da Universidade de São Paulo (USP) em São Carlos, as duas substâncias demonstram atividade seletiva contra células cancerígenas. "Ou seja, na dosagem adequada, afetam células tumorais, mas não as células normais", explica ele.
Teses farmacológicos mostraram que as moléculas interferem na organização do DNA durante o processo de divisão celular, o que resulta na morte das células. As análises iniciais foram feitas com tecidos humanos de câncer de mama. Novas pesquisas agora estão sendo feitas com camundongos, junto com a Universidade da Colúmbia Britânica, no Canadá.
Outra substância promissora foi encontrada na esponja Aplysina caissara, que só existe no Brasil. Ela sintetiza o alcalóide aeroplisinina-1, que também tem ação antitumoral. Essa substância já foi patenteada por pesquisadores europeus a partir de uma esponja do Mediterrâneo e está sendo testada clinicamente em seres humanos. A "caiçara", no entanto, produz a molécula em quantidades muito maiores do que a espécie européia, o que permitiria ao Brasil se tornar um exportador desse alcalóide, caso as pesquisas tenham resultado positivo.
Mais quatro alcalóides inéditos foram descobertos na esponja Arenosclera brasiliensis, que também só existe no Brasil. Todos apresentam atividade citotóxica contra microrganismos resistentes a antibióticos. O biólogo Eduardo Hajdu, professor de biogeografia marinha e zoologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), espera um dia patentear uma dessas substâncias e, com isso, atrair mais atenção (e investimentos) para o estudo das esponjas, sua especialidade. "A maior parte das moléculas marinhas isoladas até hoje para uso farmacológico foi extraída de esponjas."
Diversidade - Hajdu, que estava na USP quando iniciou sua pesquisa, foi quem coordenou o trabalho de identificação e mapeamento das esponjas do litoral norte paulista. Mergulhando em uma faixa de 50 quilômetros ao longo do canal e no entorno de Ilhabela, os pesquisadores conseguiram aumentar o número de espécies conhecidas na região de 34 para 140 - pelo menos 10 delas inéditas para a ciência. Isso é quase metade das 300 espécies catalogadas em toda a costa brasileira.
O coordenador do projeto e diretor do Centro de Biologia Marinha (Cebimar) da USP, José Carlos de Freitas, admite que ficou surpreso com os resultados.
"Essa é uma área de oceano que vem sofrendo sérios impactos por derramamentos de petróleo, portanto estava preocupado se acharíamos algo inédito", diz o pesquisador, referindo-se às instalações da Petrobrás na região. "Apesar disso, encontramos muitas espécies desconhecidas, além de novas moléculas." O projeto temático levou quatro anos e foi financiado com R$ 600 mil da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).
A pesquisadora Rosana Moreira da Rocha, da Universidade Federal do Paraná, coordenou o trabalho de identificação das ascídias. (Fonte: Estado)

Projeto de Reciclagem proporciona curso de capacitação para 30 famílias

Caraguatatuba - A Secretaria de Assistência Social em parceria com o Fundo Social de Solidariedade de Caraguatatuba está desenvolvendo com a comunidade o projeto de Reciclagem de Lixo, com o objetivo de montar uma cooperativa para administrar a reciclagem na cidade.
Cerca de 30 famílias já estão cadastradas no projeto e participaram de um curso do Sebrae, nos dias 16, 17 e 18, chamado “Saber empreender”.
O curso teve como finalidade de ensinar aos futuros cooperados os procedimentos técnicos para gerenciar o próprio negócio. Entre as principais atividades desenvolvidas, houve elaboração de Planos de Negócios, o que contribuiu para a descoberta do potencial empreendedor de cada participante.
Dentro da proposta de trabalho, a cooperativa deverá reativar ainda em novembro deste na a oficina de reciclagem que pertencia à Caritas, reiniciando os trabalhos inclusive de coleta seletiva.
O projeto tem sido bem aceito pela comunidade e conta com o apoio da SAB Ponte Seca. A Prefeitura Municipal, através das Sociedades Amigos de Bairro pretende administrar o negócio, até que os cooperadores sintam-se suficientemente seguros e em condições de assumirem o empreendimento. (Fonte: PMC)

 Carta do Leitor

Ensino

Como professor e Conselheiro Regional da APEOESP - Sindicato Estadual, subsede de Caraguatatuba, e único representante naquele Conselho da cidade de Ubatuba, muito me estranha a posição equivocada e até forçada de alguns professores do Litoral Norte em apoio ao Dirigente Regional de Ensino, prof. Laércio Albarici.
Forçada, por que na semana passada, dia 11, passou a circular nas Escolas Estaduais, após reunião do Dirigente com os Diretores e Coordenadores, um abaixo assinado, inclusive enviado por e-mail remetido as Escolas pela Diretoria Regional de Ensino, conforme cópia anexa, em apoio ao Dirigente, em uma clara demonstração de autoritarismo já que a maioria dos Diretores das Escolas Estaduais no Litoral Norte são nomeados pelo Dirigente Regional podendo ser exonerados a qualquer momento por ato do Dirigente, e até, do uso da máquina governamental, para propósitos pessoais, já que foi utilizado o acesso a Internet da Diretoria Regional de Ensino. Diversas reclamações de professores, funcionários e, até, pais de alunos pelos maus tratos sofridos por parte do prof. Laércio, demonstrado pelo tratamento dado a um representante do povo caraguatatubense, que a este representa e tem por dever de ofício defendê-lo.
Neste caso específico, mais uma vez o prof. Laércio, pensando estar tratando com algum professor ou pai de aluno, desrespeitou o nobre vereador, ofendendo desta forma a todos os eleitores e ao povo caraguatatubense.O Dirigente Regional com posturas autoritárias, impondo muitas vezes sua opinião sobre os dos demais segmentos escolares não prima pelo bom senso, bom andamento e desempenho das Escolas Estaduais na Região.
Por outro lado, reconheço a competência do prof. Laércio na aplicação de uma política educacional que vem redundando em salas de aula super lotadas, como o caso da EE Capitão Delindo, onde, algumas salas do Ensino Médio chegam a ter 50 alunos, por pura teimosia do Sr. Dirigente que insiste em não permitir que outras escolas no centro da cidade de Ubatuba venham a ministrar o Ensino Médio, bem como, o número reduzido de pessoal de apoio nas escolas (inspetores de aluno, serventes, merendeiras, oficiais de secretaria, etc) implicando em uma jornada estafante para todos os segmentos envolvidos no processo educativo. Coisas que o prof. Laércio enquanto Dirigente Regional de Ensino tem, por dever, sanar ou pelo menos tentar minimizar esses problemas e não se apoiar em falsas propagandas sobre o aumento do número de matrículas na Rede Oficial, diminuição da repetência e evasão escolar, conseguido graças a promoção continuada que na verdade é uma “aprovação automática”. O aumento no número de alunos matriculados não veio acompanhado das necessidades básicas que uma Escola necessita para atender a esta clientela, bem como, a evasão escolar, não veio acompanhada na melhoria da qualidade do ensino.
Essas são algumas considerações que se fazem necessários sobre os fatos que vem ocorrendo em nossa região envolvendo o Dirigente Regional de Ensino.

Afonso Ricca
ahricca@bol.com.br

Camburi

Estou lhe escrevendo, pois da forma que estamos em nosso litoral não demorar muito e perderemos tudo que conquistamos durante varios anos de trabalho.
A praia de Camburi virou uma coisa que é dificil de acreditar, roubos, complemento descobrimento da legistlação municipal estadual e federal. O nosso litoral como um todo esta virando terra de ninguem onde todos fazem o que querem.
Nossa prefeitura não faz nada para regularizar essa situação, ambulantes vendendo bebidas alcoolicas, inclusive para menores de idade. A rua principal virou um verdadeiro salão de bailes, ou melhor um grande forro. Abrem -se casa noturnas de qualquer maneira sem sequer aprovações, sem acustica, e funcionam e ninguem toma nenhuma providencia.
A falta de segurança esta se tornando incontrolavel: roubos a mão armada, roubos de carro, etc.
Acho que esta na hora de tomarmos medidas fortes, pois ate o governo do estado diz que não enviará militares para nosso litoral.
AONDE VAMOS PARAR COM ISSO.??
Estamos anexando um Ofício enviado a prefeitura e pedimos se posivel publicar alguma coisa com referencia a atal documento.
Abraços

Luiz A. Vergilio
Pres. da Sociedade Amigos de bairro de Camburi
pousadasolar@uol.com.br

 

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão:
Clique Aqui.

 



Atlantis Atlantic Inn Recanto da Praia


Receba as Últimas Notícias do Litoral via e-mail!
e-mail:
Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Leia também as colunas:
Para Refletir
Para Refletir
Margareth Bravo

Opinião

Ronaldo Dias

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:
Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br


©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor