Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Quinta-feira, 26 de abril de 2001 - Nº 278 Arquivo

Maré Hotel de Ubatuba
 Anuncie Aqui
Receba as Últimas Notícias do Litoral via e-mail!
e-mail:
Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Principais Manchetes:

Sucen diz que São Sebastião está infestada pela dengue
Doença atinge bairro de veranistas
Polícia prende quatro por desmatamento
Prefeitura de Caraguá corta passe de 4.800 estudantes
Kazon quer informação sobre suspensão de Exames Médicos
Ubatuba faz campanha para ciclista
Ilhabela quer transformar obra de posto em hospital
Ubatuba quer mudar transporte coletivo


Sucen diz que São Sebastião está infestada pela dengue
Órgão muda classificação de município e reforça trabalho de combate ao mosquito

São Sebastião - A Sucen (Superintendência de Controle de Endemias) mudou ontem a classificação de São Sebastião, que passa a ser considerado município infestado pelo Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue.
No começo da semana foram confirmados cinco casos da doença, contraídos em três bairros da cidade --Pontal da Cruz, Centro e Enseada.
Hoje e amanhã, 40 funcionários da equipe de combate ao Aedes vão receber um treinamento para intensificar as ações em todo o município.
Por um período de dois meses, eles deverão visitar todas as casas e estabelecimentos comerciais para eliminar possíveis criadouros da larva do Aedes.
Na avaliação da Sucen, São Sebastião está em uma zona delicada para combate ao mosquito. O porto e o tráfego de caminhões de outras regiões teriam contribuído para a entrada do Aedes. A proximidade com Santos, que é considerada uma região endêmica para a dengue, também é outro fator que contribuiu para o atual quadro.
A preocupação agora é evitar a entrada de outros tipos de vírus da dengue clássica e da dengue hemorrágica.
"É importante que todos os casos suspeitos sejam notificados pelos órgãos de saúde para que possam ser feitos os bloqueios nas áreas", disse o diretor da Sucen, Briner Castelli Azevedo.
A secretaria municipal de Saúde, Cláudia Batocchio Flausino, disse que todos os postos de Saúde e hospitais já foram informados sobre importância da notificação.
CASAS FECHADAS - Uma das principais preocupações do setor de saúde é com relação às casas de veraneios que representam cerca de 30% do total de moradias da cidade (leia texto nesta página).
O diretor da Sucen disse que os proprietários são notificados sobre a importância do trabalho preventivo, mas há casos em que os agentes não conseguem contato.
"Quando nos deparamos com essa situação, acionamos o Ministério Público por se tratar de um problema de saúde coletiva. Mas depois da primeira visita é necessário fazer o mesmo processo e isso acaba atrasando o trabalho."
BALANÇO - Até o momento, a Sucen registrou 27 casos de dengue no Litoral Norte e Vale do Paraíba. Desse total seis são de São Sebastião, sendo que todos eles foram contraídos no município. Nas outras cidades os casos são importados -- os doentes foram infectados em outro município. (Fonte: ValeParaibano)

Doença atinge bairro de veranistas

São Sebastião - Dos cinco casos de dengue confirmados esta semana em São Sebastião, três são de moradores do bairro Pontal da Cruz, localizado na região central da cidade.
O maior problema é que parte das casas é de veraneio. Com isso, os agentes da Saúde têm dificuldades para fazer o combate à larva do Aedes aegypti.
A secretária de Saúde, Cláudia Batocchio Flausino, disse que os três pacientes são moradores fixos do bairro. A operação bloqueio, quando nove quadras ao redor da residência do caso suspeito são visitadas, o trabalho teria ficado comprometido.
Muitos moradores da região ainda não ficaram sabendo dos casos de dengue.
A dona-de-casa Eunice Nobre, 57 anos, disse que ouviu, "por acaso", que havia casos de dengue no bairro. Já o estudante Alex Ribeiro de Jesus, 25 anos, disse que não sabia dos casos.
Na Enseada, onde também foi confirmado um caso de dengue e a maioria da população é fixa, a dona-de-casa Cármen Sanches, 56 anos, disse que as orientações estão sendo repassadas pelos agentes de Saúde e que foi surpresa a chegada da doença ao bairro. (Fonte: ValeParaibano)

Polícia prende quatro por desmatamento

São Sebastião - A Polícia Florestal de São Sebastião prendeu ontem quatro homens em flagrante por prática de crime ambiental.
Os suspeitos foram detidos por desmatamento de vegetação nativa sem permissão do Ibama (Instituto do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis).
Às 17h, J.H.M., 46, proprietário de um terreno no bairro do Piavú, foi preso pelo soterramento de uma área de mata com pedras e areia trazidas por um caminhão contratado por ele.
J. e o motorista do caminhão resistiram à prisão e foram levados ao 2º Distrito Policial da cidade, após serem advertidos pelos fiscais de que dificultar a ação da fiscalização é punível com até três anos de prisão.
O posseiro J.F.C., 61, foi detido porque estava desmatando a vegetação de um bosque no Sertão da Baleia, em Camburi, na costa sul de São Sebastião.
A.S., 33, também foi preso na região. Os suspeitos foram levados para o 2º Distrito Policial e libertados após pagamento de fianças de R$ 70. (Fonte: Folha Vale)

Prefeitura de Caraguá corta passe de 4.800 estudantes

Caraguatatuba - A Secretaria de Educação de Caraguatatuba decidiu suspender o fornecimento de passes escolares para 4.800 alunos do ensino médio (1ª a 3ª séries do segundo grau).
O corte levou estudantes a protestar na Câmara na sessão de anteontem. "Trabalho o dia inteiro e não tenho dinheiro para pagar o ônibus todo dia", disse a aluna da escola do bairro do Travessão Juliana da Silva Santos. O gasto mensal com transporte pode chegar a R$ 28 para quem usa as linhas urbanas.
"A situação é preocupante porque boa parte dos estudantes depende do transporte coletivo", disse a professora Élvia Carla Perroni, da mesma unidade.
A secretária da Educação, Roseli Morilla, disse que suspensão do passe foi necessária. Segundo ela, no ano passado o município concedia o benefício a 1.500 alunos, mas o número de inscritos este ano chegou a 4.800. "Esse número foge à lei municipal que estabelece critérios para a distribuição", disse.
A lei estipula passe para alunos carentes com renda familiar de até três salários mínimos (R$ 540) e que more a mais de 1,5 quilômetro da escola onde está matriculado.
Um novo cadastramento deverá ser feito nas escolas estaduais. A previsão é que os passes voltem a ser entregues a partir de 2 de maio. (Fonte: ValeParaibano)

Kazon quer informação sobre suspensão de Exames Médicos

Caraguatatuba - O Vereador Omar Kazon aprovou requerimento junto ao Parlamento do Município pedindo informações do Executivo sobre a suspensão dos exames médicos na Clínica Santa Marta.
Segundo Kazon, os exames de Eletrocardiograma, Eletroencefalograma, Endoscopia e outros, eram realizados em convênio com a Secretaria Municipal de Saúde e a Clínica Santa Marta e foram suspensos em novembro do ano passado.
Para o Legislador isso mostra o descaso do Poder Público, visto que várias pessoas moradoras no município dependem desses exames e sua paralisação compromete ainda mais o estado de saúde deles. De acordo com o Parlamentar, algumas vidas podem ser salvas e outras se perderem se os exames não voltarem a serem feitos o mais rápido possível. (Fonte: Câmara Municial de Caraguatatuba)

Ubatuba faz campanha para ciclista

Ubatuba - A Prefeitura de Ubatuba está desenvolvendo uma campanha para disciplinar o trânsito de bicicletas na cidade.
Parte dos moradores usa o veículo para trabalhar e é comum a ocorrência de acidentes envolvendo bicicletas. O diretor municipal de Trânsito, Douglas Libertti Incao, disse que a idéia é levar o programa "Respeitar o Trânsito é Legal" para as escolas para educar as crianças e alertar sobre a necessidade do uso das ciclovias.
A população poderá participar da campanha dando sugestões. Outdoors também serão instalados na cidade visando disciplinar o ciclista. (Fonte: ValeParaibano)

Ilhabela quer transformar obra de posto em hospital
Secretaria da Saúde vai alterar projeto da Unidade Mista e retomar obra

Ilhabela - A Prefeitura de Ilhabela vai alterar o projeto de construção da Unidade Mista de Saúde, que está praticamente concluído, para transformá-la no primeiro hospital público da cidade. O prédio deve ser inaugurado até dezembro deste ano.
O custo adicional da obra deverá ser de R$ 400 mil. Até agora, a construção da Unidade Mista consumiu cerca de R$ 1,5 milhão, segundo o secretário de Saúde, Antonio Luiz Colucci, 39 anos.
Segundo o Censo 2000, o município tem 20.744 habitantes e está há dois anos sem hospital. Os atendimentos de urgência e emergência foram improvisados num posto de saúde, que se transformou em um pronto-socorro.
Os casos que precisam de internação hospitalar são encaminhados para São Sebastião e outras cidades da região.
A Secretaria de Saúde criou no final de março o Grupo de Trabalho do Hospital de Ilhabela para estudar as mudanças no atual projeto da Unidade Mista.
Uma série de adequações estão sendo avaliadas, entre elas está a construção de uma nova enfermaria para 50 pacientes.
Anteontem, o secretário se reuniu com o grupo para discutir a construção do hospital. A previsão é que as obras sejam retomadas até julho.
PARALISAÇÃO - As obras da Unidade Mista de Saúde foram paralisadas no final do ano passado pela Gama Construções. Segundo Colucci, cerca de 70% das obras estão concluídas.
A empresa alegava na época que a prefeitura alterou o projeto original, aumentando os custos.
No final do ano passado, a prefeitura conseguiu uma liminar na Justiça, que determinou a continuação das obras. Mas em março, a Justiça de Ilhabela nomeou um perito para avaliar a condição atual da obra da Unidade Mista de Saúde.
A partir da avaliação dos peritos a prefeitura pretende retomar as obras. Colucci disse que há possibilidade de a atual empresa continuar na obra.
Ilhabela ainda dispõe de cerca de R$ 900 mil do Governo do Estado para aplicar no projeto e comprar equipamentos para o hospital.
Segundo o secretário, esse dinheiro só poderá ser liberado após a decisão final da Justiça.
O ValeParaibano não localizou representantes da empresa Gama Construções para comentar o assunto ontem após as 19h.
ATENDIMENTO - Mais de 100 pacientes de Ilhabela são atendidos em outros hospitais da região, segundo o secretário. Cerca de 50 partos por mês também são feitos em outras cidades do Litoral Norte.
A secretaria também pretende transferir o pronto-socorro para o novo hospital. Hoje, o PS realiza cerca de 100 atendimentos mês. (Fonte: ValeParaibano)

Ubatuba quer mudar transporte coletivo

Ubatuba - A Prefeitura de Ubatuba vai fazer um estudo sobre a viabilidade da implantação de transporte alternativo na cidade.
O estudo será realizado pela empresa Planum Planejamento de Construção. O município deverá gastar cerca de R$ 39 mil.
O objetivo do prefeito Paulo Ramos (PFL) é ter um projeto básico para o sistema de transporte coletivo urbano e rural, digitação dos mapas das ruas, pesquisa de movimento e fiscalização do sistema.
A empresa deverá ainda fazer uma pesquisa com usuários para identificar a permanência dos pontos de paradas ou possíveis alterações, instalação de novos pontos e implantação de novas linhas e horários.
Com o resultado nas mãos a prefeitura deverá abrir uma licitação para a contratação da empresa que preencha o perfil definido.
JUSTIÇA - O Ministério Público de Ubatuba encaminhou ação civil contra a prefeitura e empresa Costamar, responsável pelo transporte coletivo na cidade.
O promotor Carlos Cabral Cabrera questiona as prorrogações de contrato feitas na gestão anterior de Paulo Ramos e de Zizinho Vigneron (PPS), quando, na sua avaliação, deveria ter sido feita uma licitação.
Ele solicita que a empresa devolva o dinheiro recebido no período. O proprietário da Costamar, José Lúcio Galvão, não foi localizado ontem. A prefeitura informou que a prorrogação foi feita com base em uma lei estadual. (Fonte: ValeParaibano)



Maré Hotel de Ubatuba
 Vivenda do Flamboyant Racional Turismo


Leia também as colunas:
Para Refletir
Para Refletir
Margareth Bravo

Opinião

Ronaldo Dias
Navegando
Navegando
 Pedro Monte-Mór

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:
Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br


©1995/2000 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor