Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Quarta-feira, 28 de março de 2001 - Nº 258 Arquivo
BIL - Bolsa de Imóveis do Litoral Free Wallpaper
Receba as Últimas Notícias do Litoral via e-mail!
e-mail:
Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Principais Manchetes:

Chacina deixa 3 mortos em Caraguá
Sobrevivente diz que se salvou por "milagre"
DER apresenta plano de obras para Tamoios
Ubatuba mantém isenção de ISS para Costamar
Polícia prepara despejo de famílias em Caraguá
Ministério aponta irregularidade no Tebar
Terminal nega as denúncias
População quer transparência, diz OAB
Vem aí a 3ª Etapa do Campeonato Paulista de Maratonas Aquáticas
XV tenta primeira vitória na Série B


Chacina deixa 3 mortos em Caraguá
Motivo do crime seria acerto de contas, diz polícia; atiradores pouparam apenas mulheres e crianças

Caraguatatuba - Três pessoas morreram e outras três ficaram feridas em uma chacina registrada na noite de anteontem em Caraguatatuba. O crime aconteceu durante um churrasco na casa de um comerciante da cidade. A polícia suspeita de acerto de contas.
Segundo testemunhas, três homens armados entraram na residência do comerciante Diogo Cabelo Dias Neto, conhecido como "Alemão", 41 anos, na avenida Miramar, no bairro Porto Novo, costa sul da cidade, por volta das 23h30 de segunda-feira.
Um dos atiradores estaria mascarado e teria dado cobertura para os outros dois, do lado de fora da casa. O grupo teria fugido a pé.
Cerca de 20 pessoas estariam participando do churrasco no momento do crime. Os assassinos só pouparam as mulheres e crianças que estavam dentro da casa.
Segundo testemunhas, os atiradores chegaram ao local e perguntaram por uma pessoa identificada como "Mano". Em seguida, teriam começado a atirar.
Os vizinhos informaram à polícia que inicialmente foram disparados quatro tiros e depois, uma sequência de rajadas. Os tiros teriam partido de uma pistola 380 e um revólver calibre 38. Cápsulas deste tipo de armamento foram encontradas ao lado dos corpos das vítimas.
O primeiro a ser atingido teria sido Alexandre Coren, 21 anos, que estava jogando sinuca. Em seguida disparam contra o cozinheiro Elias Cláudio dos Santos, 37 anos, que estava na varanda da casa. Os dois morreram no local.
O corpo de Antonio Rodrigues da Silva, 21 anos, a terceira vítima fatal, foi encontrado próximo ao portão da casa, mas a polícia não sabe em qual momento ele teria sido atingido.
Os corpos das vítimas foram reconhecidas ontem pelos familiares no IML (Instituto Médico Legal), de Caraguá.
"Alemão", dono de um quiosque que fica em frente ao Terminal Turístico da cidade, levou um tiro no pescoço. O garçon Eduardo Teles da Silva Figueira, 24 anos, foi baleado no peito, braço e perna.
Os dois foram levados em estado grave para a Santa Casa da cidade, onde permanecem internados. A desempregada Leide Souza Silva, 18 anos, esposa de Coren, foi atingida na perna, mas já foi liberada do hospital.
INVESTIGAÇÃO - A delegada que atendeu à ocorrência, Arlete Maria de Carvalho Neves, disse que não descarta a possibilidade de acerto de contas. Segundo ela, Coren e Silva, dois dos mortos, estavam há poucos dias na cidade. Eles teriam vindo de São Paulo.
"Alemão", que já disputou as eleições para vereador por duas vezes também estaria jurado de morte devido ao acúmulo de dívidas que teria deixado de pagar. Segundo a polícia, Santos, uma das vítimas fatais, tinha passagem pela polícia por receptação.
O caso será investigado pelo delegado Fábio Joaquim de Carvalho. Segundo ele, ainda é cedo para relacionar a chacina com as dívidas de "Alemão". "Com certeza, eles não foram mortos por acaso, mas vamos trabalhar com fatos. Não posso adiantar qualquer detalhe das investigações." (Fonte: ValeParaibano)

Sobrevivente diz que se salvou por "milagre"

Caraguatatuba - Os sobreviventes da chacina disseram que escaparam de ser atingidos pelos tiros por "milagre". Eles disseram que o grupo presenciou momentos de verdadeiro terror.
Um dos convidados da festa, que preferiu não se identificar, disse que os três atiradores já entraram na casa disparando as armas. Segundo ele, um dos assassinos usava uma camiseta para tampar o rosto.
Ele disse que, quando viu Elias Cláudio dos Santos ser atingido, entrou pela cozinha e foi para o quarto, que fica no andar superior. "Eu tentei fechar a porta mas não conseguia. Fui para a sacada e pulei para o terreno baldio ao lado para ir pedir socorro."
A versão dele foi confirmada pelos moradores da região, que disseram aos policiais que ouviram os tiros e, em seguida, os gritos de uma pessoa pedindo ajuda.
O cunhado de "Alemão", José Dias Santos Filho, disse que, pouco antes do crime, saiu com o carro do comerciante para ir buscar a namorada. "Só vi as viaturas passando por nós quando voltávamos e depois essa tragédia."
A namorada de "Alemão", G.S.S., que também preferiu não ser identificada, disse que, com exceção do cozinheiro, as duas outras vítimas fatais haviam chegado ao quiosque pouco antes do fechamento. Por isso, "Alemão" os teria convidado para o churrasco.
Segundo ela, pouco depois que seu irmão saiu para buscar a namorada, os assassinos entraram. "Eles chegaram no Alexandre e atiraram. Depois mataram o Elias. O Alemão pedia calma e eles também o acertaram." (Fonte: ValeParaibano)

DER apresenta plano de obras para Tamoios

Caraguatatuba - O DER (Departamento de Estradas e Rodagem) vai realizar amanhã, em Caraguatatuba, uma audiência pública para discutir a execução de um projeto de recuperação de 19 quilômetros de pista e implantação de melhorias na rodovia dos Tamoios.
Entre as melhorias previstas estão o recapeamento da pista entre os quilômetros 64,5 e 83,5, que fica na Serra do Mar, a construção de uma passarela no trecho urbano, além da melhoria de um entroncamento da rodovia com o bairro Rio do Ouro.
A consulta pública é uma exigência do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), que está financiando o projeto de recuperação de rodovias estaduais.
Além da Tamoios, devem ser incluídas ainda a Oswaldo Cruz, que liga Taubaté a Ubatuba, e estradas do Fundo do Vale.
Segundo o diretor regional do DER, Fernando José Pires de Oliveira, as obras podem ser iniciadas até o final do ano.
Oliveira não soube revelar o valor do empréstimo feito pelo BID.
Para os moradores de Caraguá, as melhorias serão importantes para trazer mais segurança à rodovia --o principal acesso do Vale do Paraíba e da Grande São Paulo ao Litoral Norte.
"A Tamoios se tornou perigosa, é importante ter uma passarela para os pedestres, que vão ter mais segurança para atravessá-la", disse o policial militar aposentado Cornélio Bila, 61 anos.
A audiência pública será realizada às 19h, na Fundação Cultural de Caraguá, que fica à rua Santa Cruz, 396, no centro da cidade. (Fonte: ValeParaibano)

Ubatuba mantém isenção de ISS para Costamar

Ubatuba - A Câmara de Ubatuba rejeitou ontem à noite o projeto do Executivo que suspendia a isenção de ISS (Imposto Sobre Serviços) para a empresa de ônibus Costamar, responsável pelo transporte coletivo urbano na cidade. A proposta encaminhada pelo prefeito Paulo Ramos (PFL) foi barrada por 10 votos a 2 no Legislativo. Só foram favoráveis ao fim da isenção os vereadores Charles Medeiros (PSDB) e Domingos dos Santos (PT). Com a rejeição do projeto, a empresa terá mantida a benesse fiscal. (Fonte: ValeParaibano)

Polícia prepara despejo de famílias em Caraguá
Sem-teto invadiram casas que serão de moradores de áreas de risco

Caraguatatuba - A Prefeitura de Caraguatatuba e a Polícia Militar preparam para a próxima semana a operação de reintegração de posse das 96 casas invadidas por sem-teto na semana passada.
Na última sexta-feira, o prefeito Antonio Carlos da Silva (PSDB) conseguiu na Justiça a liminar que obriga as famílias a deixarem as casas.
As casas estão sendo construídas pela prefeitura para as pessoas cadastradas na Secretaria de Promoção Social e que moram em áreas de risco.
Os moradores dessas áreas, principalmente encostas da serra do Mar sujeitas a deslizamentos, têm preferência para ocupar as casas. A entrega está prevista para o próximo dia 20 -aniversário da cidade.
SEM CONDIÇÕES - Segundo a Defesa Civil, as casas não estão em condições de serem habitadas. Não existe rede de esgoto nem água potável e energia elétrica no local. O procurador-geral da Prefeitura de Caraguatatuba, Sidnei de Oliveira Andrade, disse que a prefeitura pretende apressar a saída das famílias. Ontem à tarde, o procurador-geral dizia que o mandado deveria ser cumprido entre ontem e hoje.
Segundo ele, a prefeitura vai auxiliar as famílias a voltar aos locais de origem. "Vamos emprestar caminhões para fazer as mudanças. Também vamos enviar assistentes sociais para encaminhar as pessoas para suas antigas moradias", disse o procurador-geral.
A Polícia Militar ainda está se preparando para retirar as famílias. Os oficiais de Justiça só irão ao local acompanhados pelo reforço da PM.
RESISTÊNCIA - Houve denúncias de que os invasores poderiam tentar resistir à ordem de despejo.
Mesmo se houver resistência, o tenente da PM César Ferreira afirmou ontem que não haveria tempo para planejar uma ação até hoje.
"Temos no local ocupado pelo menos 300 pessoas, entre elas crianças. Por isso será necessário elaborar um planejamento da operação, para que não ocorram incidentes", afirmou.
SEM OPÇÕES - A invasora que se identificou como Maria da Graça Santos disse ter ocupado uma das casas porque tem quatro aluguéis em atraso. "Não tenho dinheiro para pagar", disse.
Outra invasora, Joana Santos, tem três filhos e seu marido está doente. Ela disse não ter onde morar. "Se eu sair daqui, não sei para onde vou", disse. (Fonte: Folha Vale)

Ministério aponta irregularidade no Tebar
Relatório informa que a subcontratação de trabalhadores compromete a segurança no terminal de São Sebastião

São Sebastião - Um relatório elaborado pelo Ministério do Trabalho apontou irregularidades no serviço de empresas terceirizadas, contratadas pela Petrobras, que comprometem a segurança do Tebar (Terminal Marítimo Almirante Barroso), em São Sebastião.
O documento foi enviado à OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), que o encaminhou ao Ministério Público.
O levantamento, realizado durante 11 meses de fiscalização no terminal, apontou falhas na qualificação de trabalhadores e no treinamento de funcionários em programas de segurança.
Segundo o Sindpetro (Sindicato dos Petroleiros), em documento enviado ao Ministério Público, há hoje no Tebar 600 trabalhadores terceirizados e 152 contratados pela própria Petrobras. Em 95, os contratados eram 500.
O relatório, assinado pelo auditor fiscal Cláudio Augusto Tarifa, concluiu que a terceirização de serviços no Tebar pode ter provocado acidentes na unidade.
Um dos itens aponta a subcontratação de empresas, permitida pela Petrobras, como um dos fatores que provocou o acidente com o soldador Manoel Otávio Neto, envolvendo um guincho da empresa, em dezembro do ano passado.
Em dez anos, a unidade registrou 13 vazamentos, o último deles em novembro de 2000, quando um erro na atracação do navio Vergina 2 provocou o derramamento de 86 mil litros de óleo no mar.
O Tebar é o maior terminal da Petrobras e responde por 65% do petróleo consumido no país.
No ano passado, 678 navios passaram pelo terminal. Foram movimentados 47,9 milhões de m3.
O Tebar, por meio de sua assessoria de imprensa, negou que os funcionários terceirizados não tenham qualificação.
Segundo a empresa, a principal atividade do terminal, o sistema operacional, é controlado pelos funcionários contratados. As notificações realizadas pelo ministério já teriam sido respondidas.
Em janeiro, a OAB já havia encaminhado pedido de ação civil pública ao Ministério Público com base em denúncias do Sindpetro.
Na semana passada, a promotora de Meio Ambiente Elaine Taborda de Ávila decidiu realizar uma perícia para apurar as condições de segurança do terminal.
A promotora pretende verificar as denúncias de falta de treinamento adequado de funcionários para manutenção preventiva e a precariedade de equipamentos, que estariam sucateados.
O auditor fiscal Tarifa disse que as empresas terceirizadas e a própria Petrobras já foram notificadas por falhas no treinamento de funcionários, falta de profissionais qualificados para as funções e contratação irregular de trabalhadores.
No ano passado, as empresas se regularizaram, mas neste ano voltaram a cometer infrações.
Em quatro meses, de maio a setembro de 2000, o auditor recebeu 90 reclamações contra a Petrobras, enviadas pelo sindicato e por funcionários do terminal.
Entre as reclamações, está o baixo número de funcionários contratados na unidade, o que acarretaria o desgaste dos trabalhadores, com excesso de horas extras e redução de folgas.
Um dos pontos apontados por Tarifa é que a Petrobras permite que as terceirizadas recontratem outras empreiteiras para a prestação de serviços, o que causa o relaxamento de normas.
Segundo ele, com essa subcontratação de funcionários, nenhuma empresa assume as responsabilidades pela qualificação dos trabalhadores e pelos acidentes, o que prejudica a segurança no terminal de São Sebastião.
"As empresas transferem responsabilidades, e há até casos de "sexteirização". É um caso muito complexo, que merece ser analisado", disse. (Fonte: Folha Vale)

Terminal nega as denúncias

São Sebastião - A direção do Tebar informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que as notificações enviadas ao terminal pelo auditor do Ministério do Trabalho já foram respondidas pela empresa.
A Petrobras negou as denúncias de irregularidades trabalhistas na unidade encaminhadas pela OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) ao Ministério Público.
Segundo a empresa, quanto ao processo de terceirização de serviços no Tebar, a operação está legalizada e inclui somente setores que não oferecem riscos.
O sistema operacional, que envolveria a maior parte das atividades do terminal, contaria somente com profissionais contratados pela Petrobras.
Os terceirizados receberiam da Petrobras treinamentos sobre prevenção de acidentes e medidas de segurança.
Em relação à qualificação dos empregados terceirizados responsáveis pela manutenção do terminal, a empresa disse que eles têm certificado e registro da Abram (Associação Brasileira de Manutenção).
A equipe já teria sido chamada, segundo a assessoria de imprensa do Tebar, para auxiliar em acidentes de outras empresas.
A empresa negou também as acusações de que os equipamentos utilizados no terminal estariam sucateados, o que provocaria acidentes.
Segundo a assessoria do terminal, todos os aparelhos utilizados no Tebar estão em boas condições e foram adquiridos pela empresa recentemente. (Fonte: Folha Vale)

População quer transparência, diz OAB

São Sebastião - O presidente da seccional da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) de São Sebastião, Luiz Tadeu de Oliveira Prado, disse ontem que a denúncia encaminhada pelo auditor fiscal do Ministério do Trabalho Carlos Augusto Tarifa faz parte de um movimento espontâneo no litoral norte que busca mais transparência nas ações da Petrobras.
Segundo ele, a OAB foi procurada pelo Sindpetro (Sindicato dos Petroleiros) e pelo auditor para que pedisse ao Ministério Público uma ação civil que investigasse a empresa.
O presidente da OAB afirmou que os documentos entregues por Tarifa revelaram aspectos trabalhistas e de segurança do Tebar (Terminal Marítimo Almirante Barroso) que eram desconhecidos pela entidade e pela Promotoria. Para ele, os dados são "importantes" para esclarecer como funciona a empresa.
"Fiquei surpreso com as iniciativas, mas é o que vai garantir a transparência e os rumos da apuração", disse.
A promotora Elaine Taborda decidiu, após o encaminhamento das denúncias, realizar uma perícia no terminal para analisar os equipamentos, que estariam sucateados, segundo o dossiê elaborado pelo sindicato, pela falta de manutenção preventiva, e a preparação técnica dos funcionários terceirizados.
A visita ao terminal ainda vai ser agendada entre a direção do Tebar e a promotoria.
Prado disse que outras entidades que têm ligação ou conhecem a unidade, que pertence à Petrobras, já entraram em contato com a OAB para também elaborar ofícios e relatórios sobre o terminal de São Sebastião.
Para ele, a OAB está sendo procurada para fazer a ponte entre as pessoas que têm denúncias contra a empresa e a Promotoria.
"Não temos ligações políticas. Somos neutros no assunto", disse o advogado.
Funcionários e empresas ligadas ao trabalho de atracação de navios e envolvidas com serviços no píer estão desenvolvendo relatórios sobre os equipamentos utilizados pela empresa.
"Nada foi organizado, mas é como uma bola de neve", o presidente da OAB de São Sebastião. (Fonte: Folha Vale)

Vem aí a 3ª Etapa do Campeonato Paulista de Maratonas Aquáticas

Caraguatatuba - A Setur-Secretaria de Turismo e Fomento de Caraguatatuba está apoiando a realização da 3ª Etapa do Campeonato Paulista de Maratonas Aquáticas no município. A realização será feita em parceria com a Federação Aquática Paulista. A etapa do campeonato que seria realizada em Ibiúna, interior de São Paulo, irá acontecer no dia 8 de abril na Praia da Cocanha, às 8 horas, com com três provas a serem disputadas: 1, 2 e 3 km.
Segundo Igor de Souza, árbitro geral do campeonato, esta competição é considerada uma das maiores da América Latina por reunir grande número de atletas participantes. Para se ter uma idéia 840 atletas de mais 70 equipes vindas do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná, São Paulo e Espírito Santo estarão disputando a etapa em Caraguatatuba.
A competição contará com a presença de grandes nadadores, como Glauco Rangel, campeão em 1998 e 1999 da Maratona Interamericana realizada no México; Regis Benevente, 3º lugar no Sul Americano Argentino de 2001 e Fabiana Uivari, convocada para o campeonato Mundial de Maratonas, que acontecerá em julho deste ano, no Japão,. Caraguá irá sediar ainda a última etapa do Campeonato Paulista em outubro na Martim de Sá. (Fonte: PMC)

XV tenta primeira vitória na Série B

Caraguatatuba - A primeira vitória no Campeonato Paulista da Série B-1 é o único resultado interessante para o XV de Caraguatatuba, hoje, às 15h, no Litoral Norte, contra o Fernandópolis.
Depois de estrear com um empate vencido nos pênaltis, o XV perdeu os quatro jogos restantes e desceu para a 15ª e última posição na classificação.
"A situação é incômoda, mas podemos sair dela, porque sábado passado até que jogamos bem contra o Palmeiras B", disse o técnico Pires.
No Parque Antarctica, Pires armou uma equipe mais defensiva, com três zagueiros. Agora, Negretti, um deles deve abrir espaço para o meia Feijão.
"Jogando em casa, temos que impor o nosso ritmo e buscar o ataque o tempo inteiro", disse Pires.
Remontado no esquema tático 4-4-2, o XV deve começar com: Carlos; Ferreira, João Carlos, Rubens e Washington; Rubinho, Macalé, Feijão e Itaparica; Juninho e Neno. (Fonte: ValeParaibano)


Litoral Virtual

Leia também as colunas:
Para Refletir
Para Refletir
Margareth Bravo

Opinião

Ronaldo Dias
Navegando
Navegando
 Pedro Monte-Mór

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:
Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br


©1995/2000 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor