Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Segunda-feira, 29 de outubro de 2001 - Nº 406 Edições Anteriores
BIL - Bolsa de Imóveis do Litoral Modulo

Busca por palavras no Litoral Virtual:

Principais Manchetes:

Rio-Santos é a rodovia do abandono
Obra começa 2 dias antes do Carnaval
Polícia quer reforço para temporada
Turista procura praias perigosas
Salvamar contrata guarda-vidas
Rios também provocam riscos
Seleção revolta artesãos
José Lopes Expõe em Caraguatatuba
Caraguá fará concurso público para professores
Câmara homenageia Médicos e Dentistas em Sessão Solene
Presidente da Avesp visita Caraguatatuba
Futsal da Câmara na semifinal do Campeonato Municipal
Carta do Leitor


Rio-Santos é a rodovia do abandono

Traçado antigo e com margens ocupadas por bairros, trecho estadual da estrada tem quilômetros de problemas

Litoral Norte - A velha Rio-Santos (SP-55), que encanta pela beleza de suas paisagens de encostas e praias em seu trecho no Litoral Norte, tem se consolidado como um dos problemas mais graves da malha rodoviária do Estado.
A estrada sempre deixou a desejar nos quesitos manutenção e segurança, mas a situação tem piorado. Buracos, trincas, erosão, trechos sem acostamento e falta de sinalização são problemas que crescem a cada ano.
O fluxo de veículos tem sido cada vez maior e chega a 40 mil carros no intervalo de 24 horas durante a temporada. A ocupação das margens também não pára de crescer. O traçado é antigo e sinuoso.
O ValeParaibano percorreu 150 quilômetros da rodovia na última quarta-feira, começando em São Sebastião, km 191, no bairro Boracéia, passando por Caraguatatuba e encerrando a viagem em Ubatuba, no km 19, na praia do Ubatumirim, já na área de jurisdição federal.
Em todo o trecho há pessoas caminhando pela estrada, mesmo onde o acostamento é precário. A média de acidentes já chegou a quatro por semana, incluindo atropelamentos.
O DER (Departamento de Estradas de Rodagem) aterrou parte do acostamento, principalmente em Caraguatatuba, mas o desnível da pista para as lateriais ao longo da rodovia continua sendo um dos principais problemas apontados por moradores e motoristas.
A ajudante-geral Vilma Teixeira da Silva, 42 anos, que tem deficiência de audição, precisa atravessar a rodovia várias vezes por dia. Ela trabalha em uma escola no bairro do Getuba e muitas vezes anda a pé pela rodovia por não ter outro caminho.
"Morro de medo de ter que atravessar a pista todos os dias por causa do meu problema de audição. Muita gente é atropelada aqui e eu já soube de três mortes. Durante à noite é escuro e nem o pedestre e nem o motorista tem muita visão da estrada", disse Vilma.
A falta de recuos para paradas de ônibus também prejudica a visão do motorista. No bairro São Fancisco, em São Sebastião, há uma grande circulação de pedestres na pista porque não há calçada às margens da rodovia.
Os acessos para os bairros, pista de desaceleração e sinalização horizontal e vertical praticamente não existem em quase toda a estrada, principalmente nos pontos de acessos aos bairros.
Trecho com alto índice de acidentes --incluindo atropelamentos-- entre os bairros Enseada e Lázaro, em Ubatuba, obrigam motoristas e pedestres a se arriscarem em uma travessia rápida.
O condutor de transporte escolar Adriano Tavares, 24 anos, disse que o motorista não pode nem frear direito para entrar nos acessos. "Preciso entrar nos acessos de uma vez sem frear nos buracos, senão batem atrás. Aparece muito buraco na pista e a faixa branca nem dá pra enxergar", disse Tavares.
MOVIMENTO - Os turistas ajudam a agravar os problemas da rodovia. "Eles não respeitam nenhuma regra e provocam mais acidentes. No Réveillon e no Carnaval é quando acontecem mais acidentes", disse o motorista de Caraguá, José Luis Jacinto, 30 anos, que faz entregas com caminhão na região e costuma percorrer a rodovia entre Ubatuba e São Sebastião.
As lombadas sem sinalização horizontal também expõem as pessoas ao perigo. O padeiro de Caraguá, João Pereira, 58 anos, disse que precisa driblar os carros em alguns trechos sem acostamento.
"O carro sai fora da pista para fugir da lombada e chega bem perto da gente. Eu quase fui atropelado várias vezes por causa da falta de calçadas bem sinalizadas", disse Pereira.
Para a Polícia Rodoviária Estadual, é impossível impedir as pessoas de caminhar ou atravessar a rodovia (leia texto nesta página).
Com tantos problemas, a velocidade permitida no trecho é de 100 quilômetros por hora.
O governo do Estado promete obras para fevereiro, mas reconhece que o traçado antigo e a ocupação das margens dificulta alternativas de melhora. A rodovia será recapeada e receberá faixas de acostamento. (Fonte: ValeParaibano)

Obra começa 2 dias antes do Carnaval

Litoral Norte -O Governo do Estado priorizou a Rio-Santos no Programa de Recuperação das Rodovias, que é desenvolvido em parceria com o BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento).
As obras devem custar entre R$ 60 e R$ 70 milhões e a previsão é que comecem no dia 12 de fevereiro de 2002, dois dias antes do Carnaval.
A inclusão da Rio-Santos no programa foi anunciada em agosto pelo próprio governador Geraldo Alckmin (PSDB) durante visita em Jambeiro.
A rodovia deve ser recapeada e receberá novas faixas de acostamento.
O início das obras previsto para fevereiro deve agravar os transtornos no trânsito da região. Na temporada, o Litoral Norte recebe cerca de um milhão de turistas.
Segundo a Secretaria de Estado dos Transportes, o edital de licitação das obras da Rio-Santos será divulgado em 10 de novembro. A análise das propostas será feita em janeiro de 2002.
Os empréstimos do BID somam US$ 120 milhões e o governo entrará com R$ 670 milhões na recuperação de 1.500 quilômetros de estradas no Estado.
O DER (Departamento de Estradas de Rodagem) informou que já está fazendo manutenção em alguns techos da Rio-Santos. Estão sendo recuperados também os acostamentos da Tamoios (São José-Caraguá) e Oswaldo Cruz (Taubaté-Ubatuba), que recebeu nova sinalização horizontal. (Fonte: ValeParaibano)

Polícia quer reforço para temporada

Litoral Norte - O Comando da Polícia Rodoviária Estadual do Litoral Norte informou que vai precisar de reforço especial para a temporada para enfrentar o caos da Rio-Santos.
Durante a temporada, o trânsito na região chega a 40 mil veículos durante 24 horas, segundo a polícia.
"O traçado da rodovia é difícil de ser melhorado com construção de acostamento. Há uma preocupação com o meio ambiente também", disse o comandante da Polícia Rodoviária Estadual do Litoral Norte, tenente Lourival da Silva Júnior.
Atualmente, a Polícia Rodoviária conta apenas com 10 policiais por dia, em revezamento, para patrulhar o trecho estadual da Rio-Santos e as rodovias Tamoios e Oswaldo Cruz. A base da Polícia Rodoviária é Caraguatatuba.
Para a polícia, o traçado antigo da Rio-Santos, o crescimento urbano às margens das pistas e o comportamento de motoristas e moradores são as principais causas dos problemas.
Para reduzir os acidentes e principalmente os atropelamentos nos trechos mais urbanizados, a Polícia Rodoviária Estadual costuma fazer travessias de pedestres e moradores que precisam cruzar a pista para estudar ou trabalhar.
"Não temos como controlar isso. Impedir os moradores de circularem pela estrada é difícil. A rodovia é o único acesso para o trabalho ou escola", disse o tenente.
Segundo ele, a polícia faz palestras educativas nas escolas para conscientizar os moradores dos problemas da estrada, já que eles têm que conviver com a estrada sem que haja condições adequadas.
"Estamos fazendo nosso trabalho. Retiramos da rodovia muitas placas e faixas particulares que foram colocadas indevidamente. Essas placas acabavam tirando a concentração dos motoristas e estavam aumentando o número de acidentes." (Fonte: ValeParaibano)

Turista procura praias perigosas
Points do litoral mais frequentados têm maior incide de acidentes; último caso foi morte de campeã de surfe

Litoral Norte - As praias mais freqüentadas do Litoral Norte são também as mais perigosas com riscos de afogamentos ou acidentes em costeiras. Essa é a avaliação do Salvamar Paulista que prepara operação para a temporada de verão. Este ano foram feitos 715 salvamentos e ocorreram 17 mortes.
Por causa dessas características, os turistas de regiões mais distantes são as principais vítimas de acidentes. Isso porque a maior parte ignora os sinais de alertas colocados nas praias.
Diariamente os guarda-vidas sinalizam as praias informando os pontos onde tem buraco ou formação de correnteza. Independente da placa é comum ver banhista mergulhando no local, muitas vezes acompanhado de criança. Quando o mar está bravio também são passadas orientações.
O comandante interino do Salvamar Paulista, tenente Danilo Godói, disse que a orientação é para chamar a atenção do banhista que está em área de risco. "É difícil o controle porque essas praias são extensas".
LOTAÇÃO - Em Ubatuba, uma das preferidas dos banhistas é a Praia Grande que fica lotada durante todos os dias de verão. Suas principais características são fortes correntezas e buracos.
O município ainda tem a praia da Itamambuca, na costa norte, outra área considerada perigosa apesar de ser muito procurada por surfistas profissionais. As ondas altas, pode chegar até 3 metros de alturas e as correntezas exigem atenção daqueles que entram na água.
O comandante Danilo Godói ressalta que nem sempre a experiência é tudo quando o mar está bravio. "É preciso tomar cuidados básicos para entrar na água."
Um exemplo de profissionalismo que acabou em tragédia foi o caso de Débora Farah, 27 anos, campeã brasileira de surf em 1997, que morreu há nove dias quando estava surfando em Maresias, costa sul de São Sebastião. Testemunhas contam que a surfista pegou uma onda e segundos depois apareceu boiando.
O inquérito está sendo conduzido pelo delegado Odair Bruzos, da delegacia central e ainda não foi concluído.
A praia de Maresias, uma das mais conhecidas mundialmente e point da nata paulistana, também figura na lista das mais perigosas, com mais de 200 tipos de correntezas e ondas altas. O mesmo ocorre com Camburi e Camburizinho, também na costa sul.
Em Caraguatatuba, a Martin de Sá, mais freqüentada da cidade também tem problema com buracos e lotação. "Onde há muita gente de excursão há maior incidência de ocorrências, principalmente devido à ingestão de álcool."
O comandante do Salvamar Paulista aponta ainda a praia do Massaguaçu como outra que merece redobrada atenção. Quase toda a sua extensão é de tombo, ou seja, funda logo no início e é indicada para pesca esportiva.
"É preciso conhecer o local e saber nadar", orienta o comandante acrescentando que os rios que desaguam no mar são outro problema.
Em Ilhabela os riscos estão nas costeiras, porque as praias estão abrigadas pelo canal. (Fonte: ValeParaibano)

Salvamar contrata guarda-vidas

Caraguatatuba - Com o aumento do número de turistas nas praias do Litoral Norte, o Salvamar Paulista vai contratar 84 guarda-vidas temporários. As inscrições começam amanhã e vão até o dia 9 de novembro.
Esse número é quase o atual efetivo do Salvamar que tem 93 homens que trabalham nas principais praias da região.
Os interessados devem se inscrever nos postos de salvamento de Caraguatatuba (Martin e Sá), São Sebastião (Maresias) e Ubatuba (Perequê-Açú) das 8h às 18h. A taxa de inscrição é de R$ 2.
É necessário ser maior de 18 anos, ter o 1ª grau completo, não possuir antecedentes criminais e saber nadar.
De acordo com o comandante interino do Salvamar no Litoral Norte, tenente Danilo Godói, o teste seletivo vai avaliar a parte física. Os candidatos terão que mergulhar uma piscina de 25 metros, nadar 400 metros e correr 12 minutos.
Os aprovados vão trabalhar 40 horas semanais a partir do dia 5 de dezembro até depois do carnaval, receber um salário de R$ 300 além de vale transporte, alimentação e uniforme fornecidos pela Petrobras e prefeituras.
EQUIPAMENTOS - Para facilitar o trabalho, este ano os guarda-vidas vão ter um auxílio a mais. O comando do Corpo de Bombeiros entregou um quadriciclo elétrico que poderá ser usado na areia. De acordo com o tenente, no caso de uma ocorrência, o guarda-vida pode levar o balão de oxigênio, os flutuadores e nadadeiras e iniciar o resgate até a chegada da Ursa (Unidade de Resgate de Salvamento Aquático).
Um outro veículo, uma Land Rover, também vai ser usada nesta temporada pelo Salvamar com a vantagem de chegar a locais ou praias de difícil acesso.
O litoral conta ainda com duas unidades de resgate, dois botes infláveis, uma moto aquática e um navio.
Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (0**12) 427.3151. (Fonte: ValeParaibano)

Rios também provocam riscos

Caraguatatuba - Os rios que deságuam na praia também preocupam os guarda-vidas porque o risco de afogamento é grande. Eles se influenciam pela variação das marés e muitos banhistas acabam ilhados ou tragados pelas ondas.
O motorista Arlindo da Silva passou o maior susto na temporada anterior quando seu filho Tcharles Michael da Silva quase se afogou.
Os dois estavam no rio Lago Azul, na praia do Capricórnio, em Caraguatatuba, e quando foram atravessar para a praia, uma forte onda rompeu o dique formado por um banco de areia e os dois caíram na água.
"Tive que segurar meu filho em um braço e fazer força para conseguir atravessar o canal enquanto a força da água nos levava."
O tenente Danilo Godói orienta que as pessoas devem evitar nadar nesses rio porque eles são inconstantes.
Outra recomendação é com relação às costeiras. Ele disse que os riscos de quedas são incalculáveis e não há um local seguro no Litoral Norte para esse tipo de aventura. "Além da queda, há lugares, como Camburi, em São Sebastião, que há escorregamento de pedra." (Fonte: ValeParaibano)

Seleção revolta artesãos

Caraguatatuba - Terminou na sexta sob forte polêmica, o prazo para que os artesãos de Caraguatuba paguem a taxa de R$ 135,00 à prefeitura correspondente ao alvará de funcionamento na feira da cidade. Muitos artesãos alegam que os novos critérios que a prefeitura está adotando para recadastrar trabalhadores é injusto.
No mês passado, foi aplicado uma prova aos artesão para verificar a qualidade do trabalho desses profissionais. A média era de sete pontos.
Maria Auxiliadora Camargo, 31 anos, é feirante há 8 anos. Com o marido acidentado, ela sustenta três filhos com o dinheiro que ganha com o artesanato. Ela conseguiu a autorização para trabalhar na feira só na área de vendas de conchas, sua maior fonte de renda era a bijuteria. "Nós não temos dinheiro para pagar a taxa."
Os artesão foram incluídos na categoria de feirantes, o que os obriga ao pagamento da taxa. Antes dos novos critérios eles eram isentos de pagar o tributo.
Segundo a presidente da Fundac (Fundação Educacional e Cultural de Caraguá), Heloísa Andrade Antunes de Oliveira todas as novas regras foram definidas por lei e aprovada pelos próprios artesãos.
A prefeitura informou que os artesãos que se sentirem prejudicados podem recorrer. (Fonte: ValeParaibano)

José Lopes Expõe em Caraguatatuba

Caraguatatuba - Nascido em Presidente Venceslau, São Paulo, de onde partiu aos oito anos de idade, desde garoto inquieto e observador em pouco tempo aflorava neste ariano Venceslauense a sensibilidade artística que hoje desenvolve com maestria em suas obras, José Lopes tem pela Arte, paixão herdada de seu Pai que também era pintor. Recebendo vários elogios de críticos de arte.
Após muitos anos de pesquisa, José Lopes, adquiriu um amplo domínio sobre o material que usa em sua obra, dando-lhe suporte técnico para hoje preparar suas tintas e vernizes, conseguindo assim desenvolver tonalidades que refletem a sua própria personalidade, onde a predominância do azul, ocre, verde e vermelho se fundem harmoniosamente no contexto de sua criação.
Pela expressão da qualidade de seu trabalho, vem se destacando no cenário da arte contemporânea brasileira.
Local: Fundacc - Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba
Rua: Santa Cruz, 396 Caraguatatuba.
Data: de 14 a 30 de Novembro de 01.
Horário: das 10:00h às 22:00h de Terça a Domingo. (Fonte: PMC)

Caraguá fará concurso público para professores

Caraguatatuba - Caraguá fará concurso público simultâneo com as outras cidades do Litoral para contratação de professores. Um pedido de criação de cargos foi enviado hoje para a Câmara Municipal de Vereadores para que o concurso possa ser realizado. A data do concurso está prevista para o final de novembro. Segundo a secretária Roseli Morila, em Caraguá, serão criadas 150 vagas. Para provimento, são 40 vagas a professores adjuntos, ou substitutos, destinados a educação infantil e fundamental de 1ª a 4ª séries. Em reunião na Secretaria de Educação de São Sebastião com todos os secretários do Litoral, na quinta-feira, dia 4, ficou decidido pelo concurso simultâneo visando racionalizar os custos, porque uma mesma empresa será contratada para realizar o processo de seleção. Outro objetivo é valorizar o profissional local. Os secretários consideram importante a realização dos concursos de forma simultânea também pelo aspecto da qualidade do ensino. O profissional define a cidade onde quer prestar o concurso. Residindo no Litoral Norte a tendência é optar pelo município onde mora, o que propicia mais facilidade de atuação, uma vez aprovado e contratado. A secretária de Educação em Caraguatatuba, Roseli Morila, declarou que espera que os professores se dediquem muito para prestar o concurso. “Embora sejam cargos para professores adjuntos, nosso objetivo é contratar profissionais que irão somar para a valorização do magistério entre os professores do município.” (Fonte: PMC)

Câmara homenageia Médicos e Dentistas em Sessão Solene

Caraguatatuba - A Câmara Municipal de Caraguatatuba realiza hoje, em seu plenário, dia 26 de outubro, a partir das 19 horas, a sua 10ª Sessão Solene do ano. Desta vez os homenageados serão os Médicos e Dentistas do município. A iniciativa foi das Vereadoras Leonor Diniz (PDT) e Vera Peixoto (PSDB).
O plenário do Legislativo de Caraguatatuba será palco, mais uma vez, de uma cerimônia de Sessão Solene. O evento acontece às 19 horas desta sexta-feira, dia 26 de outubro. Os homenageados serão os Médicos e Dentistas do município.
No total, 31 profissionais serão homenageados na cerimônia, que deverá contar com a presença de Vereadores e autoridades civis, militares e políticas da cidade, além de convidados.
Por iniciativa da Vereadora Leonor Diniz (PDT), que é médica Obstetra e Ginecologista, 18 Médicos serão homenageados com um título pelos serviços prestados à população de Caraguatatuba. Destes, 11 receberão a honraria divididos em suas especialidades; 4 pelo tempo de serviço, incluindo o ex-prefeito José Bourabeby e o pediatra Pedro Norberto. O restante receberá homenagem por serem profissionais genuinamente caiçaras.
A homenagem aos Dentistas partiu da Vereadora Vera Peixoto (PSDB), que dará honrarias a 13 profissionais da área, incluindo os que trabalham na rede pública e os que atendem exclusivamente em consultórios particulares.
Cada homenageado receberá um quadro, com o título de serviços prestados, assinado pela Mesa Diretora do Parlamento Municipal, além de um arranjo de flores.
Esta será a 10ª Sessão Solene do ano de 2001, durante o primeiro ano da gestão de Valmir da Colônia (PSDB), a frente da presidência da casa. Já foram homenageadas as Mulheres, a Segurança Pública, os Ex-Prefeitos e Vereadores, os Trabalhadores, Advogados, a Imprensa, os Atletas dos Jogos Regionais, as Secretárias e por último, os Professores. (Fonte: Câmara Municial de Caraguatatuba)

Presidente da Avesp visita Caraguatatuba

Caraguatatuba - A Presidente da Avesp (Associação das Vereadoras do Estado de São Paulo), Rita Marton (PSDB) e sua Secretária Geral, a Vereadora Reinalma Montalvão (PFL), respectivamente das cidades de Lorena e Caçapava, estiveram na tarde de sexta-feira, dia 26 de outubro, em Caraguatatuba, para tratar da finalização da programação do 4º encontro da Avesp. Rita Marton ressaltou o bom trabalho que Caraguatatuba vem fazendo e destacou que cerca de 250 Vereadoras deverão comparecer ao evento.
A Vereadora, que além de presidente da Avesp é presidente do Legislativo de Lorena, juntamente com a Vereadora de Caçapava, estiveram reunidas na tarde de sexta-feira, dia 26, com as Vereadoras Vera Peixoto (PSDB), esta membro do Conselho Fiscal da entidade e Dalva Santana (PPS), ambas de Caraguatatuba, para fechar a programação do 4º encontro da Avesp, que acontece em Caraguatatuba nos dias 10 e 11 de novembro.
A programação ficou definida da seguinte maneira: Um café da manhã irá recepcionar as participantes às 9 horas. Ás 9h30 os trabalhos serão iniciados através da presidente da Avesp, quando será composta a mesa, com a diretoria da Avesp, as Vereadoras de Caraguatatuba e os convidados, respectivamente Deputados Estaduais, o prefeito de Caraguatatuba e o presidente do Parlamento Municipal.
Às 9h45 o Água Viva Coral fará uma apresentação aos presentes e às 10 horas terá início a primeira palestra, com a Administradora da Educação Municipal, Dalva Cristofolleti. A Arquiteta, Urbanista e Gerente de Cidades, Cibele Rumel, falará às 10h20 sobre Plano Diretor e às 11 horas o Gestor Governamental do gabinete da Presidência da República, Victor Carvalho Pinto dará uma palestra sobre Estatuto da Cidade.
Das 11h30 às 12 horas haverá um debate, reunindo Dalva Cristofollet, Cibele Rumel, Victor Carvalho Pinto, a Consultora de Empresas Sueli Costa e a Deputada Federal Zulaiê Cobra (PSDB), sobre os assuntos discutidos no período da manhã. Fechando o evento, a Deputada Zulaiê Cobra falará sobre O papel da Mulher na Política Nacional às 12 horas.
Após o encerramento, às 12h30, haverá um almoço às participantes e após às 14h30 as Vereadoras farão um City Tour pela cidade, conhecendo obras e pontos turísticos. A presidente da Avesp ficou contente com a programação e observa que de 150 a 250 Vereadoras deverão comparecer ao evento. "Além da proximidade do Verão e da beleza que se encontra Caraguatatuba, muitas parlamentares virão curiosas por ser o quarto encontro da entidade", disse. Dos mais de 14 mil Vereadores no Estado de São Paulo, apenas 819 são mulheres. (Fonte: Câmara Municial de Caraguatatuba)

Futsal da Câmara na semifinal do Campeonato Municipal

Caraguatatuba - O time de Futsal da Câmara já está na semifinal do Campeonato Municipal da modalidade, torneio organizado pela Secretaria Municipal de Esportes e Lazer. A vitória contra o Unidos da Ponte Seca garantiu a vaga.
A Câmara Municipal de Caraguatatuba venceu na quinta-feira, dia 25 de outubro, o time do Unidos da Ponte Seca, pelo torneio municipal de Futsal, pelo placar de 10 x 5. No primeiro jogo, da melhor de 3 pontos, a Câmara venceu por 5 x 2.
Com isso, o time do Legislativo garantiu a sua vaga para a semifinal, que será disputada também numa melhor de 3 pontos, em 2 jogos na próxima segunda-feira, dia 29 de outubro e na quinta, dia 1º de novembro contra o Ajax, uma das melhores equipes do campeonato.
Em caso de vitória, o time do Parlamento vai direto para a final do torneio, que será disputada com o vencedor dos jogos entre Corinthians x Vem quem quer. (Fonte: Câmara Municial de Caraguatatuba)

Carta do Leitor

Em resposta a APEOESP - subsede de Caraguatatuba

Realmente a situação está insustentável , como pode uma entidade de classe criada para nos defender , nos acusar de pessoas incapazes de ter opinião própria?
Estou indignada , sou diretora designada e não admito que façam registro de ações que não ocorreram dentro desta Unidade Escolar. A maioria da equipe escolar desta Unidade se manifestou a favor da permanência do Dirigente Regional por livre e espontânea vontade , inclusive os efetivos e filiados a APEOESP , não sendo os mesmos coagidos a assinarem tal manifesto.
Como esta Unidade Escolar não dispensou alunos e não passou listas de apoio a menores e não os dispensou das atividades escolares , uma retratação pública da acusação ocorrida na publicação de 26/10/01 onde a APEOESP fez denúncias mentirosas manchando a boa imagem desta Unidade Escolar.
Aproveito para reiterar meu total apoio ao professor Laércio Albarici o qual ocupa com muita dignidade e competência o cargo Regional de Ensino.

Ana Maria de Faria
RG: 9.920.949
Diretor de Escola Designado
EE. "Profª Áurea Moreira Rachou"
 aureamr@iconet.com.br 

À Apeoesp

Dentro de um sistema democrático é direito dos cidadãos prestarem apoio ou repúdio à atos administrativos de qualquer ordem. Os cidadãos têm o direito à opinião própria , compatível à sua ideologia pessoal.
A APEOESP , como entidade classista , deve representar seus sócios mas, como entidade , deve basear-se na verdade, sempre.
Pergunto-lhes: é o momento apropriado para campanhas difamatórias , sem base legal , baseada em denúncias não apuradas?
Sabendo este não ser o caminho, peço-lhes esclarecimentos públicos sobre as denúncias efetuadas com relação à moção de apoio ao Dirigente Regional de Ensino do Litoral Norte.
A moção foi feita para apoioá-lo , dentro desta U.E , somente assinou quem quis , não havendo pressão para apoiá-lo.
Como entidade classista , cabe à vocês denunciarem irregularidade , não "inventarem".
Como filiada , cidadã e professora Efetiva , peço esclarecimentos.

Anelise Baccan Lombardi
PEB II. - Efetiva
RG: 18.205.828
aureamr@iconet.com.br

APEOESP II

Os Funcionários da EE. "Profª. áurea Moreira Rachou", vem a público manifestar estranheza pelos termos usados pela APEOESP, com relação à nosso apoio ao Sr. Dirigente Regional Sr. Laércio Albarici.
Queremos também lembrar ao autor do texto do e-mail que "Tropa de Choque" são aqueles soldados que atiraram bombas de efeito moral e balas de borrachas contra os professores durante as greves passadas , obedecendo ordens sem saber se estavam certos ou errados e não tiveram "ninguém" para defende-los naquela hora , o nosso apoio foi dado concientemente por comprovarmos pela gestão do Prof. Laércio Albarici , que estamos muito bem representados pelo referido Dirigente.
Pedimos por isso que sua manifestação fale somente em seu nome , não nos incluindo na sua opinião e menos ainda, citando situações que em nossa U.E não aconteceram.
Esperando não ter que nos manifestar mais por este motivo.

Respeitosamente
Quadro de Apoio Escolar
da EE. "Profª. Áurea Moreira Rachou"
aureamr@iconet.com.br

APEOESP III

A EE. "JOSÉ CELESTINO ARANHA" TAMBÉM MANIFESTA REPÚDIO À APEOESP - SUBSEDE CARAGUATATUBA
NESTA UNIDADE ESCOLAR NENHUM PROFESSOR OU FUNCIONÁRIO FOI COAGIDO A ASSINAR E TAMPOUCO HOUVE ASSINATURA DE ALUNO.

jcaranha@iconet.com.br

APEOESP IV

Progressão Continuada só funciona com eficácia nas escola em que o professor tem comprometimento com a qualidade de suas aulas, trabalha em equipe e se regozija com o progresso de seus alunos.
Não consideramos equivocada a política da S.E.e. e nem tampouco a defesa desta política pelo Prof. Laércio Albarici (educador de gabarito com um compromisso inegualável ao nosso aluno).
Repudiamos a tudo que a APEOESP vem pregando, sem um mínimo de conhecimento dos fatos (pelo fato de estarem distante da escola pública, principalmente de alunos).
Em nossa escola a Progressão Continuada funciona sim, só não vemos funcionar a APEOESP a não ser em tempos de greve.

EE. Prof. Maria Gemma
 gemma@iconet.com.br 

Outro Lado

Como professor e Conselheiro da APEOESP – Sindicato Estadual, da subsede do Litoral Norte, venho por meio desta esclarecer alguns pontos que se fazem necessário sobre a moção de apoio desta subsede a Câmara Municipal de Caraguatatuba, quando esta, recentemente, aprovou uma moção de repúdio ao Dirigente Regional de Ensino.
A APEOESP – Sindicato Estadual, em seu Estatuto, no art. 2°, define as principais finalidades desta Entidade e no inciso 'A' deste mesmo dispositivo legal, estabelece a defesa dos interesses e direitos, individuais e coletivos, da categoria, bem como, em seu art. 12°, inciso 'A' assegura aos seus associados a defesa coletiva e/ou individual de seus direitos. Quando algum dispositivo estatutário está sendo violado e dever do Conselho Regional de Representantes (CRR), eleitos através de voto direto de toda a categoria do Litoral Norte, também por determinação estatutária, sanar e zelar para o seu bom e fiel cumprimento.
A APEOESP – Sindicato Estadual, subsede do Litoral Norte, durante os últimos anos têm recebido diversas reclamações de professores pelo tratamento agressivo e, às vezes, desrespeitoso com que são tratados pelo Dirigente Regional de Ensino, bem como, o uso da máquina publica para o envio de e–mails particular solicitando as escolas do Litoral Norte que faça passar junto a comunidade escolar o abaixo–assinado anexado a ele.
Diante dessas denúncias e respeitando o estatuto da Entidade, o CRR, representante dos docentes associados a APEOESP – Sindicato Estadual, da subsede do Litoral Norte, encaminhou tal moção a Câmara Municipal de Caraguatatuba.
Existem diversas denúncias junto ao Conselho Tutelar da cidade de Caraguatatuba, formalizada por pais pela coação sofrida pelos alunos, alguns menores de idade, para assinarem um manifesto prestando solidariedade ao Dirigente Regional de Ensino e por ter, algumas escolas daquela cidade, dispensado os alunos e professores para participarem de um ato na Câmara Municipal em apoio ao Dirigente Regional e em repúdio aos vereadores, tais denúncias estão sendo investigadas pelo Conselho aludido. E, como esta Entidade tem por principio denunciar tornando público os equívocos cometidos por todos aqueles responsáveis pela implementação e execução das políticas educacionais seja em nossa região ou no Estado, é que foi formalizada a denúncia junto à instância máxima de deliberação da APEOESP – Sindicato Estadual, que soberanamente, de acordo com os estatutos da Entidade, aprovou uma moção de repúdio ao Dirigente Regional de Ensino de nossa região.
A APEOESP – Sindicato Estadual, primando pela ética que sempre a conduziu em momento algum, em suas opiniões divulgadas pela imprensa citou o nome de qualquer pessoa ou escola que coagiram alunos ou professores a assinarem o manifesto de apoio, bem como, aquelas que dispensaram os mesmos para prestarem solidariedade ao Dirigente Regional de Ensino.
A APEOESP – Sindicato Estadual é uma entidade de base, aberta a todos os docentes que têm em suas instâncias deliberativas, RE’s, CRR, CER, Congresso Estadual, membros eleitos por seus pares, dessa forma a subsede do Litoral Norte se encontra aberta a todos os docentes para, democraticamente, expressarem suas opiniões e fazerem parte de suas instâncias.
Diante do exposto espero ter conseguido esclarecer não só os motivos que levaram a entidade, bem como, o porque o CRR (eleito por todos os professores associados a Entidade) não precisar proceder a assembléias ou reuniões de todos seus associados para deliberarem sobre assuntos que encontram respaldo em seu estatuto.
Atenciosamente,

Afonso Ricca
CRR - APEOESP
subsede do Litoral Norte
 ahricca@iconet.com.br 

Oficina de Papel Reciclado

A Oficina de Papel Artesanal Reciclado “Cultivando Papéis”, para dar continuidade ao seu projeto de fazer papel reciclado cada vez melhor, mais bonito, necessita de uma série de materiais para o consumo cotidiano que tornariam o trabalho mais produtivo e intessante. Estamos em busca de parceiros, não pedindo ajuda, mas uma verdadeira parceria, omde cada um contribui com o que lhe cabe, na forma que lhe convém, sabedor do compromisso que cada um de nós tem para a construção de um mundo melhor e que o investimento com educação e cultura para os jovens, significa a possibilidade de cultivar os papéis da cidadania, da solidariedade e da esperança.
Relacionamos abaixo alguns produtos de uso cotidiano, que necessitam de reposição mensal e outros de uso permanente que podem ser emprestados, doados ou outra proposta a ser combinada. São eles:

  • 3 tubos de 500g de cola branca ao mês
  • tinta Guache nas cores primárias e secundárias
  • pincéis diversos para uso do guache, aquarela e para cola
  • 01 boa tesoura
  • estiletes
  • material de pintura e desenho (lápis de cor, giz de cera, aquarela, borracha, lápis preto, pincel atômico)
  • alguns rodinhos de pia
  • 3 litros de alcool por mês
  • 01 régua de aço de 60 cm
  • 01 ferro de passar (220w)
  • alguns rolos de fita”Silvertape”
  • 01 prensa
  • 100g de CMC (metilam) por mês
  • 1 jogo de 12 aventais
  • viabilizar cópias xerox para material educativo
  • viabilizar transporte para exposições e atividades culturais relativas à reciclagem de papel

Aceitamos também doações de tecidos velhos, trapos (camisetas, por ex...), bacias, caixas grandes de isopor.
Esta lista não esta é definitiva, nem completa, uma vez que a oficina é bastante dinâmica. Converse conosco sobre outras possibilidades de participação neste trabalho.
Com este material poderemos fazer cartões e convites especiais e personalizados, quadros e uma série de produtos que com papel reciclado artesanalmente, tornam-se mais bonitos e valiosos.
Cultivamos nossos papéis todas as quinta-feiras, das 14 às 17 horas e aos sabados das 10 às 13 horas, na sede da SoAB, rua Gilmar Furtado de Oliveira, 75, fone: 465-2169, Boiçucanga, São Sebastião.

Carmem Lúcia Prado
Papeleira coordenadora do projeto “Cultivando Papéis”


Alpha Marine Arpoador Anuncie Aqui

 

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão:
Clique Aqui.

 

Receba as Últimas Notícias do Litoral via e-mail!
e-mail:
Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Leia também as colunas:
Para Refletir
Para Refletir
Margareth Bravo

Opinião

Ronaldo Dias

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:
Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br


©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor