Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Segunda-feira, 30 de julho de 2001 - Nº 343 Arquivo
BIL - Bolsa de Imóveis do Litoral Free Wallpaper
Receba as Últimas Notícias do Litoral via e-mail!
e-mail:
Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Principais Manchetes:

Bombeiros buscam 2 sobreviventes
Chances são mínimas, dizem bombeiros
Para bombeiros, nadar foi o certo
Frio ameaça sobrevivência no mar
Polícia prende 10 em construção ilegal
Oposição questiona contrato de Julião
Conferência Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente
Professores aprendem novo programa de utilização didática
Prefeitura e Pat selecionam trabalhadores para o Megacycle
Secretaria de Educação terá um sub-provedor de internet


Bombeiros buscam 2 sobreviventes

São Sebastião - Trinta homens do Corpo de Bombeiros, em Maresias, em São Sebastião, litoral norte de São Paulo, continuam as buscas do piloto e da modelo Fernanda Vogel, desaparecidos desde sexta à noite quando o helicóptero do empresário João Paulo Diniz, filho mais velho de Abílio Diniz, presidente do grupo Pão de Açúcar, caiu no mar próximo ao litoral.
Além de três helicópteros, botes e um navio vasculhando o mar, as buscas também estão sendo feitas na parte terrestre. A esperança dos bombeiros é que os dois tenham conseguido chegar a costa ou a uma praia próxima. Segundo os bombeiros, a temperatura do mar estava em 11 graus o que aumentaria a possibilidade de hipotermia e diminuiria as chances de sobrevivência.
Abaixo de 16 graus há risco de hipotermia dependendo da condição física da pessoa. O tempo chuvoso, com mar agitado também não ajudam. As buscas vão continuar também durante a noite com uma equipe menor.
João Paulo Diniz viajava com a namorada para passar o fim-de-semana em Maresias. Ele e o co-piloto conseguiram nadar até à praia. Diniz ainda tentou carregar a namorada, mas devido ao mar revolto eles se perderam. O piloto Ronaldo Jorge Ribeiro ficou no local do acidente.
Segundo o tenente Igor Sergei Klein, que comanda a operação de busca, foram encontrados destroços do helicóptero, que caiu a cerca de 3km da praia. Uma distância que pode ser vencido por um não atleta aproximadamente em três horas. Ele não sabe porque o piloto e a modelo não tentaram nadar até a praia. "Para nós é um mistério, não é uma distância tão grande."
Só nesse ano o grupo já fez três operações desse tipo conseguindo resgatar os sobreviventes. (Fonte: ValeParaibano)

Chances são mínimas, dizem bombeiros

São Sebastião - As chances de a modelo Fernanda Vogel, 20, namorada do empresário João Paulo Diniz, e do piloto do helicóptero do grupo Pão de Açúcar Ronaldo Jorge Ribeiro serem encontrados vivos são "mínimas", de acordo com avaliação do 17º Grupamento de Bombeiros de Maresias, na costa sul de São Sebastião.
"A queda da temperatura corporal, o longo período dentro do mar e a baixa temperatura da água tornam cada vez menores as chances de encontrá-los com vida", disse o capitão Átila Gregório Ribeiro Pereira, comandante da operação de resgate.
Os dois estão desaparecidos desde as 18h45 de sexta-feira, quando o helicóptero que os levava caiu a cerca de três quilômetros da praia de Maresias.
Além dos dois, a aeronave levava Diniz e o co-piloto Luís Roberto de Araújo Cintra, 35, que conseguiram nadar até a praia e estão fora de perigo.
Segundo o Corpo de Bombeiros, apesar de o tempo ter melhorado ontem, a temperatura da água ainda era de 11ºC, como anteontem, e as ondas tinham alturas que variavam entre 1,5 e 2 metros -anteontem, a altura delas ficou entre 2 e 2,5 metros.
Segundo Pereira, além das condições do mar, a queda da temperatura corporal abaixo de 35ºC faz com que a pessoa perca a resistência e o sentido dos órgãos.
Ontem, foram mobilizados na operação de resgate 68 homens -23 bombeiros e 45 homens da Capitania dos Portos-, além de dois carros do Corpo de Bombeiros, dois botes, uma lancha, dois navios e um helicóptero.
Anteontem, a estrutura usada na operação era semelhante, mas havia mais dois helicópteros -um da FAB (Força Aérea Brasileira) e outro do grupo Pão de Açúcar- ajudando nas buscas.
A equipe de resgate está vasculhando uma área de cerca de 60 km de extensão, entre as praias de Maresias e a da Enseada, em Caraguatatuba.
Enquanto as embarcações prosseguem com as buscas no mar, dois carros do Corpo de Bombeiros, com três homens em cada um, seguem patrulhando a costa.
A operação de resgate, que havia sido praticamente suspensa anteontem à noite -apenas um navio prosseguiu no trabalho-, foi reiniciada ontem, às 8h35, quando dois botes com bombeiros partiram para o mar.
Às 17h, o helicóptero foi retirado da operação devido às condições de vôo.
Meia hora depois, os barcos e a lancha também abandonaram a operação, restando, novamente, apenas o navio.
"Ele [o navio] pode ficar até dez dias no mar sem precisar reabastecer", disse Pereira, que afirmou que a mesma equipe será utilizada até hoje, quando a estrutura deverá ser reduzida para dois botes e dois carros.
Segundo Pereira, já houve casos no litoral norte de pessoas que ficaram até 43 horas no mar e ainda foram resgatadas com vida. (Fonte: Folha Vale)

Para bombeiros, nadar foi o certo

São Sebastião - A decisão dos quatro tripulantes do helicóptero de saírem nadando após a aeronave ter afundado foi acertada, na avaliação do capitão Átila Gregório Ribeiro Pereira, que comanda as operações de resgate em Maresias.
"A situação foi acertada porque a temperatura era muito baixa", disse. No momento do acidente, a temperatura da água do mar era de 15ºC.
"Após a queda, ele [João Paulo Diniz] conseguia visualizar toda a costa. Possivelmente, e isso é comum nessas situações, ele imaginava estar muito mais próximo do que realmente estava", disse.
Para o capitão, o empresário avaliou que daria para chegar até a costa nadando. "Ele tinha reais conhecimentos das suas condições físicas para fazer essa travessia. Ele fez o certo porque imaginou que, assim, o problema seria solucionado mais rápido", disse.
Segundo Pereira, não há uma orientação padrão. "Cada situação é uma situação. Se eles estivessem longe da costa, o ideal seria que ficassem juntos e próximos, esperando ajuda", disse. (Fonte: Folha Vale)

Frio ameaça sobrevivência no mar

São Sebastião - A baixa temperatura da água é a maior ameaça à vida de náufragos que permanecem por muitas horas no mar. Águas abaixo de 15ºC podem provocar uma hipotermia depois de oito a dez horas de exposição em pessoas sem roupas adequadas. Só uma movimentação contínua é capaz de manter o corpo aquecido.
Quando o helicóptero caiu, na noite de sexta-feira, a temperatura da água era de 15ºC, Anteontem, chegou a 11ºC.
O processo de hipotermia, queda de temperatura do organismo, conduz a uma redução do metabolismo do corpo, que se protege mantendo os órgãos vitais em funcionamento. Com a exaustão, e consequentes cãimbras, a hipotermia paralisa as extremidades, dificultando os movimentos. Com o corpo perdendo temperatura, a vítima entra num estado de torpor, não sabe mais onde está e o que está fazendo. "A pessoa pode morrer afogada pela perda da consciência", diz Pérola Grimberg Plapler, fisiatra do Instituto de Ortopedia do Hospital das Clínicas de São Paulo.
O empresário triatleta João Paulo Diniz e o piloto Luiz Roberto Cintra escaparam porque mantiveram os corpos em movimento.
A modelo Fernanda Vogel e o piloto Ronaldo Ribeiro podem ter sido vítimas também de aspiração da água, provocada pelas fortes ondas. "Uma gota de água que entra pela traquéia, pelas vias aéreas, provoca reação imediata de tosse e sensação de afogamento", diz o pneumologista Luis Carlos Losso. (Fonte: Folha Vale)

Polícia prende 10 em construção ilegal

São Sebastião - A Polícia Florestal de São Sebastião efetuou na última quinta a prisão de dez pessoas acusadas de construção ilegal no Loteamento Juréia, situado a 70 quilômetros do centro da cidade.
Uma blitz do policiamento florestal constatou a desobediência à ordem judicial de 1997 que proibiu qualquer construção no loteamento que ocupa uma área de mais de quatro milhões de metros quadrados.
Segundo o Tenente PM Jamir David Júnior foram flagrados pedreiros e mestres de obras construindo ilegalmente duas casas. Foi registrado boletim de ocorrência para abertura de um inquérito que possa apurar o nome dos proprietários da construções.
O tenente afirmou que há placas de aviso sobre a proibição em todo a área do loteamento.
Posteriormente será solicitado que a Prefeitura de São Sebastião realize a demolição das casas. (Fonte: ValeParaibano)

Oposição questiona contrato de Julião

São Sebastião - O PDT e o PPS, partidos de oposição ao prefeito de São Sebastião, Paulo Julião (PSDB), encaminharam uma denúncia ao TCE (Tribunal de Contas do Estado) e ao TJ (Tribunal de Justiça do Estado) por supostas irregularidades no contrato de recolhimento de lixo da cidade.
A contratação da empresa Enob Ambiental, de São Paulo, foi feita no início do ano sem licitação por R$ 4 milhões por um período de seis meses.
Julião, que alegou estado de emergência para dispensar a concorrência, acabou renovando o contrato até o final de 2001 pelo mesmo valor.
"Pagamos R$ 666 mil por mês, enquanto Caraguá desembolsa R$ 149 mil e Ubatuba R$ 135 mil. Estamos contestando tanto a contratação inicial, como a renovação, que são absurdas", disse o presidente do diretório do PDT em São Sebastião, Antero Ventura Alves.
O prefeito Paulo Julião afirmou ontem que já desafiou seus adversários a provarem na Justiça eventuais irregularidades do contrato.
"São Sebastião possui características diferentes de outras cidades. O município tem 55 km de extensão territorial, o que encarece a coleta. A empresa também presta serviço de varrição, coleta seletiva, hospitalar e de sucata. Quando assumi o lixo era o nosso pior problema", afirmou o prefeito.
Segundo ele, não houve "tempo hábil" para preparar a licitação ainda este ano. "Para 2002, vamos fazer a concorrência", disse.
São Sebastião recolhe, em média, 100 toneladas de lixo por dia. Na alta temporada, o número chega a triplicar, segundo Julião. (Fonte: ValeParaibano)

Conferência Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente

Caraguatatuba - Caraguá vai realizar a Conferência Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente “Dizer não à violência”, no próximo dia 4 de agosto, à partir das 8 horas na Fundação Cultural de Caraguatatuba. O evento visa discutir as diretrizes das políticas públicas relacionadas à criança e o Adolescente, priorizando o enfoque ao combate à violência. No dia também serão eleitos os dois delegados que irão representar Caraguatatuba na Conferência Estadual, que acontecerá em setembro.
A Secretaria de Assistência Social espera ter a participação de 150 pessoas, entre autoridades locais, conferencistas, educadores, assistentes sociais, SAB’s, APM’s, entidades sociais, clubes de serviço, associações e sociedade civil organizada.
Os interessados em participar devem fazer a inscrição até o dia 2 de agosto na Secretaria de Assistência Social, à Av. Frei Pacífico Wagner, nº 295, com as coordenadoras do evento, Clarice ou Kátia.
A programação terá início às 8h com uma apresentação de ginástica rítmica do projeto “De bem com a vida”. Às 9h30 será feita a aprovação do regimento interno, às 9h45, palestra; às 10h30, cofee break, às 10h45, debate, às 12h, almoço livre; às 13h30, trabalho em grupo; às 15h, plenária final; às 16h45 cofee break, às 17h, eleição de delegados para a Conferência estadual de Direitos da criança e do Adolescente e; às 17h30, apresentação de dança de rua. (Fonte: PMC)

Professores aprendem novo programa de utilização didática

Caraguatatuba - Todos os professores da rede municipal de ensino estão participando desde o dia 2 de julho do curso de capacitação de informática, que termina nesta segunda feira, dia 30. Cerca de 250 professores passaram pelo treinamento e em breve estarão aptos a criar aulas e exercícios complementares para seus alunos no laboratório de informática, através do programa Visual Class.
O programa é mais uma ferramenta a ser usada pelo professor, que poderá inovar as formas de aplicar matérias e até exercícios. O professor poderá usar o programa com exercícios, jogos, pesquisas, incrementando assim a matéria aplicada em sala de aula. Os monitores de informática também estão sendo treinados para que possam ajudar os professores nos laboratórios.
A rede municipal conta hoje com 11 laboratórios de informática e terá em setembro mais duas escolas com informática, a EMEF Martim e Sá e EMEF Barranco Alto.
“Levará um certo tempo para que todos se sintam familiarizados com a nova ferramenta, mas assim que tiverem se acostumado irão usar e abusar da novidade. É isso que esperamos, afinal a informática será um excelente meio para tornar as aulas mais interessantes. O objetivo da Secretaria de Educação com a instalação do programa Visual Class é ajudar o professor em suas aulas e não ensinar informática ao aluno, se bem que ele acabará aprendendo ou aperfeiçoando seus conhecimentos através dos exercícios no laboratório”, explicou a supervisora de ensino, Wanderly Alves de Araújo. (Fonte: PMC)

Prefeitura e Pat selecionam trabalhadores para o Megacycle

Caraguatatuba - A Prefeitura Municipal de Caraguatatuba em parceria com o Pat-Posto de Atendimento ao Trabalhador estará cadastrando os interessados em trabalhar no evento Megacycle, que será realizado entre os dias 29 de agosto e 2 de setembro. Há vagas para recepcionistas, fiscais, caixas e serviços gerais de limpeza. Os interessados devem ir até o Pat ou Sine-Sistema Nacional de Emprego à Rua Taubaté, nº 520, Sumaré, entre os dias 6 e 10 de agosto, no horário das 9 às 12 horas e, falar com Cristina Marques do Fundo Social, no horário das 9 às 12h30 para o preenchimento de ficha pessoal. Para participar da seleção é necessário residir em Caraguatatuba há pelo menos dois anos. Levar documentação e também uma foto de corpo inteiro (tamanho 10 x 15cm). Os requisitos para as vagas de recepcionistas e caixas são: ter de 18 a 25 anos e curso de 2º grau completo. Para as vagas de fiscais a idade é de 18 a 37 anos, e 1º grau completo. Para as vagas de limpeza é necessário ter de 20 a 40 anos e 1º grau completo. As vagas serão preenchidas por processo de seleção. Os resultados serão divulgados no dia 23 de agosto. (Fonte: PMC)

Secretaria de Educação terá um sub-provedor de internet

Caraguatatuba - A Secretaria Municipal de Educação de Caraguatatuba pretende agilizar a comunicação com as escolas através de um sub-provedor. Montado na secretaria, o sub-provedor www.educacao.caraguatatubanet.com.br, irá reduzir os custos com internet para as escolas, que não precisarão pagar para se conectar à internet. Além disso terão acesso direto à todas as informações disponíveis no servidor da rede da Secretaria. Outra vantagem do sub-provedor é que a comunicação via internet nunca ficará prejudicada por uma queda ou falta de conexão do provedor do município. Com o portal “caraguanet” da Secretaria de Educação, a comunicação entre escolas e a secretaria torna-se possível a qualquer momento. Com a inovação, alunos de todas as escolas que possuem laboratórios de informática, terão à sua disposição o acesso à internet. Professores, pais e alunos também poderão acessar os site e obter todo tipo de informação da Secretaria de Educação. (Fonte: PMC)



Free Wallpaper Orquídeas - Coleção e Cultivo


Leia também as colunas:
Para Refletir
Para Refletir
Margareth Bravo

Opinião

Ronaldo Dias

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:
Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br


©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor