Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Sexta-feira, 01 de fevereiro de 2002 - Nº 467 Edições Anteriores
BIL - Bolsa de Imóveis do Litoral Modulo

Busca por palavras no Litoral Virtual:

Principais Manchetes:

Feriado terá operação especial nas estradas
Ubatuba faz campanha contra Aids
Lazer mais barato no litoral
Menescal e Orquestra Paulista garantem boa música no litoral
Caraguá se prepara para o futuro investindo em cultura
“Caraguá-Folia” - Carnaval 2002
Carnaval de Antigamente
Corpo Experimental de Dança prepara espetáculo
Museu de Caraguá irá resgatar a história dos pescadores da antiga vila
Procon de Ubatuba consegue entendimento entre alunos e escola
Ubatuba  investe em recursos humanos na área de Educação
Começa hoje o projeto “Verão Akuatico”
UNIR mantém atendimento a pacientes
Eleição do Codivap acontece hoje em Tremembé
Prefeito de São Lourenço visita Câmara de Caraguá
Vereador custeia melhorias na Zona Oeste de Caraguá
Carta do Leitor



Feriado terá operação especial nas estradas

Litoral Norte - A Polícia Rodoviária Estadual vai realizar a "Operação Carnaval", entre 8 e 13 de fevereiro, nas rodovias estaduais que cortam o Vale do Paraíba e Litoral Norte. O policiamento será reforçado principalmente nas rodovias dos Tamoios (São José-Caraguá) e Oswaldo Cruz (Taubaté-Ubatuba). Pelo menos cinco radares móveis serão utilizados no período. O acostamento na Tamoios ficará liberado para o tráfego. O trecho liberado será divulgado com antecedência e sinalizado, entre os kms 55 e 83. A Polícia Rodoviária Federal também deverá divulgar na próxima semana a operação nas rodovias. (Fonte: ValeParaibano)

Ubatuba faz campanha contra Aids

Ubatuba - A Prefeitura de Ubatuba vai distribuir durante o Carnaval 20 mil preservativos e 15 mil folhetos educativos em postos instalados na cidade. A distribuição faz parte da campanha "Quem Quer Brincar, Tem que se Prevenir", para tentar combater a Aids.
Os postos serão montados no Centro de Informações Turísticas (avenida Iperoig), no bairro do Itaguá, no quiosque Point do Gordo (praia Grande), e no quiosque Millenium (praia da Maranduba).
Cada posto funcionará das 23h às 2h. A casa noturna Red Beach Park, na praia Vermelha do Norte, também participará da campanha, de 7 a 12 de fevereiro. Ela vai distribuir 1.000 preservativos por noite. (Fonte: ValeParaibano)

Lazer mais barato no litoral
Turista pode aproveitar áreas verdes para montar as barracas; acampamento selvagem é proibido em toda a região

Litoral Norte - Feriados prolongados e temporada de verão no Litoral Norte podem significar uma busca incansável por vagas em hotéis e pousadas. Para quem curte a exuberância da natureza da região, a dica é ficar em um dos campings espalhados pelas quatro cidades.
Sem o luxo do setor hoteleiro, a maior parte dos campings oferece estrutura básica de atendimento. Localizados em extensas áreas verdes, esses locais oferecem estacionamentos, banheiros masculino e feminino, água quente no chuveiro, duchas, pias, postes com tomadas, piscina e salão de jogos.
Outro diferencial com relação a hotéis e pousadas é o preço cobrado pela diária. No primeiro caso, a pernoite pode custar até R$ 200, dependendo do nível do estabelecimento, enquanto o preço máximo nos acampamentos pode chegar a R$ 15 por pessoa.
Com a proximidade do Carnaval, alguns campings como o Tia Lolinha, localizado em Maresias, costa sul de São Sebastião, estão fazendo pacotes especiais. O preço é de R$ 100 e é válido de sexta até as 12h de quarta-feira. Em alguns hotéis, o pacote para o feriado é superior a R$ 1.000 para quarto de casal.
A proprietária da área, Aurora Santos Queiróz, aponta algumas comodidades. "Estamos quase em frente à praia e as pessoas que aqui vêm aqui tem vantagens como em qualquer hotel mais refinado."
Para a dona do Camping Solemar , que fica na em frente à Praia do Perequê-Açu, em Ubatuba, Carla Vieira, a área de 30 mil metros quadrados faz a diferença. O camping é um dos maiores da região, com capacidade média para 800 barracas, quando a maioria oferece espaço para 100 barracas.
No camping da Barra, no Perequê, em Ilhabela, churrasqueiras coletivas e segurança fazem parte do regulamento do estabelecimento. O custo da diária é de R$ 13 e não há necessidade de reservas.
Em Caraguatatuba, o Camping El Shadday, localizado na Massaguaçu, tem por característica manter o preço de três anos atrás. Mesmo para o Carnaval, a diária é de R$ 8 por pessoa.
VERDE - A estudante Mariana Ribeiro, 20 anos, de Jundiaí, disse que gosta de acampar devido ao convívio com a natureza. "Dou preferência para camping, pois fica próximo de rios e não dispenso um banho de água doce."
O artista plástico Júlio Neves, 32 anos, disse que prefere o acampamento selvagem. Mesmo sabendo da proibição em todas as praias do Litoral Norte, ele disse que curte passar finais de semana na praia de Camburi, na região norte de Ubatuba. "Essa região é muito bonita e é gostoso pegar peixe fresco e tomar banho de cachoeira."
Campings em Ubatuba: Solemar - (12) 432-7152 ou 9144-5626 e Tour Camping - (12) 443-9300; em São Sebastião: Praia Grande - (12) 462-6392 e Tia Lolinha - (12) 465-6442; em Ilhabela: Camping da Barra - (12) 472-2239 e Canto Grande - (12) 472-9423; e em Caraguá: Bem-Te-Vi - (12) 427-1760 e El Shadday - (12) 424-1044  (Fonte: ValeParaibano)

Menescal e Orquestra Paulista garantem boa música no litoral

Litoral Norte - O 3º Festival de Verão do litoral norte está voltado à musica instrumental neste final de semana.
A partir desta sexta feira, o público vai poder admirar o som de Roberto Menescal e da Orquestra Sinfônica Paulista, que conta com a participação de Hector Costita. A orquestra é de Tatuí, a cidade mais "musical"do Estado.
Menescal vai tocar os sucessos do CD "Brasilidade", que fez em parceria com o trio Bossacucanova.
O músico, que já foi professor de Nara Leão, é um dos ícones vivos da bossa-nova, e deu seus primeiros passos ao final dos anos 50, quando gravou "Os Garotos da Bossa Nova".
Preciosidades - Entre as pérolas do estilo estão composições de Menescal "Barquinho", "Você", "Vagamente", "Ah, Se Eu Pudesse", "Errinho à-toa"e "Nós e o Mar", entre outras.
O instrumentista formou o Conjunto Roberto Menescal, que acompanhou shows de Dorival Caymmi, Aracy de Almeida, Maysa, Silvinha Telles e outros.
Gravou com muitos artistas e excursionou pelo mundo inteiro tocando os clássicos da bossa-nova, tarefa que cumpre até hoje.
Nas décadas de 80 e 90, destacou-se como diretor e produtor musical. Época em que descobriu, lançou e relançou talentos.
Menescal se apresenta sexta feira em Ilhabela e sábado, em Ubatuba.
A Orquestra Sinfônica Paulista se apresenta sexta em Ubatuba, sábado, em São Sebastião, e domingo, em Ilhabela. (Fonte: BOL)

Caraguá se prepara para o futuro investindo em cultura

Caraguatatuba - Caraguá está se preparando para o futuro em todos os sentidos. No setor cultural não é diferente. De acordo com o prefeito Antonio Carlos, “uma cidade sem cultura forte não consegue ter um turismo desenvolvido”. Desde a criação da Fundacc - Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba, a entidade, junto à prefeitura têm lutado pela cultura e pelo resgate das primeiras civilizações caiçaras responsáveis pelo surgimento da Vila de Santo Antonio, que hoje dá espaço a nossa Caraguá, moderna, estruturada, de braços abertos à população e ao turista e veranista que escolhe nossas belas praias.
Se cultura é um ponto forte, pode-se dizer que Caraguatatuba está investindo forte no setor, com a finalização do Centro de Aperfeiçoamento e Treinamento do Professor, que irá abrigar um teatro municipal de última geração, com capacidade para 500 lugares e espetáculos de todos os tipos. Outra obra em finalização, esperada com entusiasmo pela comunidade é Pólo Cultural Profª Adaly Coelho Passos, que irá abrigar o Museu de Arte e Cultura de Caraguatatuba, em fase de acabamento, que terá salas-ambiente sobre a cultura caiçara, videoteca, arquivo público, entre outras.
O Centro Cultural Maristela de Oliveira, que abriga a Fundacc sofreu uma reforma em 2000, e possui instalações modernas e anfiteatro reformado com capacidade de 150 lugares. A biblioteca também ganhou novo visual, com estantes deslizantes e amplo espaço para lazer e pesquisa. Fora isso, a Fundação possui em todos os bairros da cidade oficinas culturais de música, dança, desenho, pintura e outras modalidades, procurando proporcionar à população a Cultura de forma descentralizada e ao alcance de toda a comunidade. O Cinema nos Bairros leva jóias do cinema para a cidade inteira atingindo um público equivalente a 3 mil pessoas por Mês. No ano de 2001, a Fundacc presenteou a população com o livro Santo Antonio de Caraguatatuba, contando a história da população e os antepassados, até então desconhecida pelos moradores. O último investimento em Cultura feito pela Fundacc tem a parceria da Secretaria de Estado da Cultura: o Projeto Guri, está ensinando crianças, jovens e adolescentes a música erudita, e formando em Caraguá uma orquestra que num futuro próximo estará conquistando seu espaço na história recente de nossa cultura. (Fonte: PMC)

“Caraguá-Folia” - Carnaval 2002

Caraguatatuba - A prefeitura de Caraguá já tem uma programação definida para o Carnaval 2002 e já tomou todas as providências para que a cidade entre em festa sem perder o clima de paz. A secretaria de Turismo e Fundacc já programaram os bailes populares em quase toda a cidade. O “Caraguá-Folia” terá animação na praça de Eventos, na praia do Centro de sexta à terça-feira, sempre das 22 às 2 horas, com a banda baiana “Panelabadá”. A banda tem como vocalista a cantora Dandara, considerada pelos críticos de música europeus como a Tina Turner brasileira, graças ao seu empenho no palco. Dandara morou na década de 90, na França e na Suíça, ocasião em que participou do renomado festival de Montreaux. Dandara desde os 12 anos de idade canta em trios elétricos na Bahia, por isso sua eletrizante performance nos palcos europeus e brasileiros. Sua banda é formada por quatorze músicos.
A estrutura de som, iluminação e palco, segundo a secretaria de Turismo, será a mesma do Caraguá Music. O Caraguá-Folia também terá animação no bairro Massaguaçu com a banda e trio elétrico Ôbahia. A banda é formada por ex-integrantes da banda Olodum, Timbalada e Araketu. É composta por onze músicos, dois vocalistas e duas bailarinas e se apresentará de sábado à terça-feira, das 22 horas às 2 horas, em cima de um trio elétrico, com 20 metros de comprimento e 100 mil watts de som.
Na praça do Coreto, a folia fica por conta do Carnaval de Antigamente animado pela “Big Band”. No dia 11 haverá matinê das 16 às 18horas, com concurso de fantasia infantil à tarde e concurso para adultos à noite. A Fundacc também vai premiar com troféus os grupos fantasiados mais animados. Nos bairros do Porto Novo e Perequê os bailes serão realizados no sábado, domingo e segunda-feira. No Porto-Novo, a animação fica por conta da banda Swing Brasil. No Perequê-Mirim, quem vai animar o Carnaval será a banda Feira Livre, ambos os bairros têm animação do carnaval por conta da Fundacc. (Fonte: PMC)

Carnaval de Antigamente
Fundacc promove bailes de carnaval com marchinhas populares, bonecões, concurso de fantasias e blocos mais animados e resgata o carnaval tradicional em Caraguá

Caraguatatuba - Pelo terceiro ano consecutivo, a Fundacc - Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba estará realizando o "Carnaval de Antigamente", animado pela New Band no coreto da Praça Cândido Motta, no centro da cidade.
Os bailes acontecerão de 9 a 12 de fevereiro, das 21 às 24 horas, e a matinê, no dia 11, segunda feira, das 16 às 18 horas.
No repertório, só marchinhas relembrando os carnavais tradicionais de salão. Para animar o público, os bonecões Bié, Filó, Biezinho estarão participando dos bailes. Este ano também foi realizada a oficina de empapelamento, visando construir mais um integrante para a família de bonecões da Fundacc, que será apresentado na noite de sábado, 9, e também as máscaras e adereços produzidas através da técnica do empapelamento, que farão parte da decoração da praça para o Carnaval.
Serão premiadas a melhor fantasia infantil (masculino e feminino), e adulto(masculino e feminino), e o grupo fantasiado mais animado (adulto). As premiações acontecem na matiné de Segunda, 9, e no baile à noite.
Os bailes realizados pela Fundacc têm atraído grande público, na maioria composto por famílias inteiras, relembrando os antigos carnavais de clubes, onde pais e filhos divertiam-se juntos.
Nos coretos das praças do Porto Novo e Perequê-Mirim, na região sul da cidade, também acontecerão bailes de carnaval realizados pela Fundacc, nos dias 9, 10 e 11 de fevereiro, das 21 às 24 horas. A Banda Swing Brasil anima o coreto do Porto Novo e o Perequê- Mirim recebe o conjunto Feira Livre. Nos repertórios, axé, samba, forró, xote e xaxado. (Fonte: PMC)

Corpo Experimental de Dança prepara espetáculo

Caraguatatuba - Estão abertas as inscrições para os interessados em fazer parte do Corpo Experimental de Dança de Caraguatatuba, realizado pela Fundacc, sob a direção de Mathilde S. Mathias. Há vagas para rapazes e moças que devem ter de 12 a 23 anos, para ballet e jazz.
As inscrições devem ser feitas na Fundacc, e a audição de seleção é no dia 9 de março, em dois horários: das 9 às 12 horas e das 14 às 17 horas.
Com início das atividades do grupo em fevereiro de 2001, o objetivo da Fundacc é formar elenco para compor o Corpo de Baile Municipal, exigindo o máximo dos alunos, que ainda estão em fase experimental.
Já participaram do Festidança de São José dos Campos, e obtiveram premiações no New Fest de Campos do Jordão, já mostrando a seriedade com que vem sendo desenvolvido o trabalho. Segundo a diretora e coreógrafa do grupo, Mathilde S. Mathias, está sendo preparado o primeiro espetáculo da Cia, ainda em fase de concepção do projeto, que será dividido em dois atos, com 12 coreografias, 102 figurinos e 46 bailarinos -"Estamos desenvolvendo um trabalho de base, pois a formação de uma cia de dança, principalmente um Corpo de Baile que represente a cidade, requer rigorosidade no ensino, muita disciplina e qualidade. É isso que estamos fazendo na Fundacc" comenta a diretora.
A Fundacc fica na Rua Santa Cruz, 396, no centro. Mais informações pelo telefone 3883-9770. (Fonte: PMC)

Museu de Caraguá irá resgatar a história dos pescadores da antiga vila

Caraguatatuba - Em breve os caiçaras, nascidos em Caraguatatuba terão motivos de sobra para comemorar: o museu, a cultura, os antepassados, “nossa história”, serão preservados através das paredes do MAAC - Museu de Arte e Cultura de Caraguatatuba, que foi feito através de uma parceria entre a Prefeitura Municipal de Caraguatatuba e Fundacc - Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba, e está em fase de acabamento.
Não há data prevista para a inauguração, mas para a comunidade caiçara, esta é uma prova de que a história do “caiçara pescador” não ficou esquecida no início do século, muito menos soterrada pela Catástrofe de 1967, quando uma tromba d’água vitimou muitas famílias e deixou Caraguatatatuba em estado de calamidade pública, forçando a população a recomeçar a construir as paredes, a história.
A estrutura arquitetônica da cidade mostra que não temos referências do passado. Não há prédios antigos, patrimônios históricos tombados pelo Condephat. A fachada da igreja Matriz, de antiga só tem o desenho, já que até mesmo sua estrutura exterior sofreu modificações.
Objetivando resgatar o passado, que não pode ser contado através de monumentos, a Fundacc iniciou em 1998 uma corrida contra o tempo, primeiro para a publicação de um livro sobre a história da cidade - publicado no ano passado após dois anos de intensa pesquisa. Em seguida o projeto do Pólo Cultural, veio registrar visualmente a vida do caiçara, deixando para a posteridade parte da cultura local, das primeiras famílias que deram vida ao povoado da antiga “Villa de Santo Antonio” (primeiro nome da cidade).
O projeto museográfico do MAAC teve a assinatura de Gilson Alcântara e parceria com a Secretaria de Estado da Cultura.
Algumas salas já estão prontas, entre elas a Sala do Caiçara, que tem a coordenação do artista plástico Jac Costa, e ambientação fotográfica de Adriana Coutinho e Thales Stadler. A sala será composta ainda de moradia típica, produzida por pescadores do bairro Porto Novo e vários objetos do início do século XIX, incluindo redes, panelas, fogão à lenha, o que reconstituirá parte do cenário típico da aldeia de pescadores.
Haverá ainda outra sala, contando a história da cidade, sob a responsabilidade da historiadora Luzia de Toledo Prado. De acordo com a presidente da Fundacc, Eloiza Andrade Antunes de Oliveira, esse trabalho visa oferecer um espaço cultural, fruto de pesquisa e trabalho de equipe, para retomar a história do pescador.
Com a inauguração da MAAC, mesmo ainda sem previsão, a civilização futura poderá saber um pouco mais sobre a história de Caraguá, que durante tantos anos permaneceu soterrada nos escombros da catástrofe, impedindo que a juventude soubesse que aqui viveu uma população caiçara. (Fonte: PMC)

Procon de Ubatuba consegue entendimento entre alunos e escola
Após quase três meses sem aula, a escola técnica Tableau anuncia encerramento das atividades

Ubatuba - Na noite de quarta-feira, 30, o representante do Procon de Ubatuba, Marco Antônio Guimarães Leite, esteve reunido com alunos e a direção da escola Tableau, na sede da unidade. A reunião foi para decidir a situação dos alunos de auxiliar de enfermagem que estão sem aula desde o mês de novembro. Ao final ficou decidido que a escola retornará com as atividades neste mês de fevereiro, para concluir o curso. Em março encerram as atividades e será fechada a filial de Ubatuba.
No acordo ficou estabelecido que os alunos terão aulas diárias das 19 às 22h30. Para repor os meses perdidos, as aulas serão realizadas aos sábados em período integral, para cumprir toda a carga horária necessária para o encerramento do curso técnico. João Corrêa, mantenedor da escola, disse que uns dos fatores que influenciaram a decisão de fechar a unidade foi a preocupação com a qualidade de ensino e a dificuldade de professores habilitados para a área.
Segundo os alunos, em novembro a escola anunciou o fechamento da unidade. A direção da escola propôs a transferência dos 37 alunos para a filial de Caraguatatuba, absorvendo o custo do transporte. A proposta foi aceita por 11 alunos e 26 alunos foram encaminhados pelo Tableau para estágio de 48 horas na Santa Casa de Ubatuba. Após o estágio não houve mais aula. Com isso, mais 19 alunos acabaram aderindo a proposta de estudar em Caraguatatuba. Ficaram 7 alunos que resistiram e reivindicaram o direito de concluírem o curso em Ubatuba.
A escola Tableau inaugurou sua unidade de Ubatuba em fevereiro de 2000, com curso técnico de auxiliar de enfermagem. Neste período formou 17 profissionais que já estão no mercado de trabalho. O Tableau está há 25 anos no mercado e possui 12 unidades espalhadas pelo interior do estado de São Paulo. É integrada ao Profae do Ministério da Saúde (Projeto de Profissionalização dos Trabalhadores da Área de Saúde), contratada através de processo licitatório. Em Ubatuba, ministrava aulas em 5 salas e 1 laboratório. O curso tem a duração de 13 meses e as mensalidade são de R$ 150 por mês. (Fonte: ACS-PMU)

Ubatuba  investe em recursos humanos na área de Educação
Professores e funcionários da secretaria assistirão a cursos e palestras custeados pela secretaria de Educação

Ubatuba - A secretaria de Educação da Prefeitura de Ubatuba está investindo em recursos humanos para aprimorar a qualidade do serviço prestado na rede municipal de ensino. Todos os funcionários da secretaria serão submetidos a cursos e palestras de aperfeiçoamento profissional, motivação e marketing.
A partir de segunda-feira, 2, todos os 360 professores da rede, que foram convocados, serão divididos em nove turmas para desenvolvimento do Curso de Formação Permanente. O curso será ministrado por profissionais da Pró-Reitoria de Pós Graduação da Unitau (Universidade de Taubaté), terá carga horária de 72 horas/aula e deve durar até o mês de setembro. Os profissionais da rede pública participarão gratuitamente, pois as despesas serão totalmente custeadas pela secretaria de Educação. Os professores de ensino fundamental (1ª a 4ª séries) formarão cinco turmas e receberão instruções na escola Padre José Anchieta. Três turmas de professores de educação infantil assistirão ao curso na escola Olga Gil, enquanto a turma de professores de 5ª a 8ª séries estarão na escola Tancredo Neves. “O conteúdo, material e programa do curso foram desenvolvidos pela Unitau. Acreditamos que serão de grande valia para o aperfeiçoamento da formação de nossos professores”, avaliou o secretário municipal de Educação, professor Cursino Aliste Mezquita.
Na quinta-feira, 7, será a vez da equipe de apoio das escolas assistir a um curso. Auxiliares de serviços gerais e infantis, inspetores de aluno, secretários e outros funcionários da rede foram convocados para assistirem a uma palestra às 8h, com o professor Jairo de Paula, que atua em São Paulo (SP) e é considerado um especialista em marketing e motivação de recursos humanos. Cerca de 300 pessoas devem participar do evento, que será sucedido por uma confraternização entre os funcionários. No período noturno, a partir das 18h, a mesma palestra será direcionada aos professores da rede municipal, mas poderá ser vista também pelos professores da rede estadual que desejarem participar. As palestras serão gratuitas e praticamente acontecerão sem custos para a secretaria de Educação, que precisará arcar apenas com a hospedagem e alimentação do palestrante.
A iniciativa de investir em recursos humanos é uma das propostas de governo do prefeito Paulo Ramos (PFL). “Esse processo de aperfeiçoamento contínuo trará grandes benefícios aos professores e principalmente aos nossos alunos”, sintetizou o secretário. Após as palestras, a secretaria de Educação irá orientar e supervisionar o planejamento do ano letivo em cada escola da rede municipal. (Fonte: ACS-PMU)

Começa hoje o projeto “Verão Akuatico”
Praia Vermelha do Norte terá 12 dias de atividades promovidas pelo guaraná Kuat

Ubatuba - Começa hoje, 1, na praia Vermelha, região Norte de Ubatuba, as atividades promocionais, recreativas e esportivas patrocinadas pelo guaraná Kuat, o “Verão Akuatico”. O encerramento será no dia 12. O evento conto com apoio da Comtur (Companhia Municipal de Turismo) e da Prefeitura de Ubatuba. Luiz Bischof, presidente da Comtur, disse que é mais uma parceria que deu certo e que também está divulgando o município em nível nacional. “Deste evento a Kuat irá tirar imagens de Ubatuba para compor o cenário de futuros comerciais do produto da Coca-Cola. Este é apenas o início da negociação da marca em Ubatuba”, afirma Bischof.
Serão montadas tendas nas areias da praia, onde serão realizadas as atividades recreativas e esportivas. No mar haverão atividades com caiaque, bóia gigante, decks e escorregador. Haverá distribuição de brindes, degustação e outras ações promocionais. Durante o dia haverá o acompanhamento vip, onde a equipe da Kuat levará os participantes à rota do artesanto de Ubatuba, na Casanga. Às sextas e sábados, haverá acompanhamento vip para casas noturnas. O evento começa às 10 horas e términa às 20 horas. (Fonte: ACS-PMU)

UNIR mantém atendimento a pacientes

Ubatuba - A Unidade Integrada de Reabilitação (UNIR) da secretaria de Saúde da Prefeitura de Ubatuba vem mantendo uma média de atendimento de 20 pacientes por dia. O serviço é voltado a pacientes em reabilitação nas áreas neurológica, seqüelas e de deficiência física, auditiva e visual. Possui um quadro efetivo formado por dois fisioterapeutas, dois fonoaudiólogos e um terapeuta ocupacional.
Segundo a chefe da UNIR, Maria Regina Nascimento, de 34 anos, apesar das demissões ocorridas no final do ano, o atendimento não foi paralisado em razão das contratações dos terapeutas feitas através de convênio com a Santa Casa.
A APAE (Associação de Pais e Amigos de Excepcionais) e o Lar Vicentino estão entre as entidades atendidas pela UNIR, que foi criada em 97. Em convênio com o Governo do Estado, vem sendo proporcionadas próteses, cadeiras de rodas e aparelhos auditivos às pessoas atendidas na unidade.
“Desenvolvemos um trabalho de terapia ocupacional e de adaptação do paciente ao retorno de sua própria vida diária, através de oficina culinária e trabalhos manuais que visem reintegrar o paciente normalmente a vida comum”, salientou Maria Regina. (Fonte: ACS-PMU)

Eleição do Codivap acontece hoje em Tremembé

São Sebastião - O Codivap (Consórcio de Desenvolvimento Integrado do Vale do Paraiba, Litoral Norte e Serra da Mantiqueira), elege a sua nova diretoria hoje, na cidade de Tremembé. Duas chapas estão concorrendo, uma tem o prefeito de São Sebastião Paulo Julião como presidente e Orozimbo Lúcio, prefeito de Tremembé e atual presidente como Vice. A outra chapa é composta pelo prefeito de Aparecida, José Luis Rodrigues (presidente) e Francisco Rodrigues, prefeito de Salesópolis como Vice.
Para o prefeito Paulo Julião, a eleição do Codivap não se trata de uma disputa, uma vez que todos os prefeitos têm capacidade. Ele decidiu presidir uma chapa, atendendo os pedidos de vários prefeitos, que querem dar continuidade a atual administração, na qual é vice.
A idéia, explicou o prefeito, é continuar trazendo em cada reunião do setor, que acontece mensalmente, uma pessoas de destaque, como ocorreu com a presença do ministro da Saúde, José Serra, em São Sebastião.
Segundo Julião, o Codivap não é um órgão executivo, mas um setor que congrega prefeitos de várias regiões. Esta diversificação acaba por envolver interesses diferentes, pois as regiões têm áreas distintas. “Uma é industrial, outra agrícola e a nossa turísitica”, completa.
Conforme o prefeito, são 42 representantes de município que querem diferentes propostas. “ Se cada um apresentar três, serão 126 reivindicações”, disse.
Para tentar reduzir e unir os interesses, o prefeito propõe criar divisões no Codivap, com micro-regiões tendo uma coordenação. Paulo Julião explicou que os setores, chamados de Câmaras Setoriais, discutiriam questões e problemas regionalizados, contando ainda com a presença de Sociedades Amigos, entre outros segmentos. (Fonte: PMSS)

Prefeito de São Lourenço visita Câmara de Caraguá

Caraguatatuba - O prefeito de São Lourenço (MG), Clóvis Aparecido Nogueira - o Nêga Véia (PFL), esteve visitando a Câmara de Caraguatatuba na tarde de hoje, 31 de janeiro. A visita foi de cunho social e lazer, visto que o Chefe do Executivo daquela cidade está em Caraguá para comemorar o seu aniversário.
O prefeito Nêga Véia, como gosta de ser chamado comemora hoje 52 anos de idade e marcou para este fim de semana, uma agenda social lotada de comemorações. Clóvis Nogueira está no seu segundo mandato, quando conseguiu a reeleição com 52% dos votos do eleitorado mineiro, disputando com outros 6 candidatos.
São Lourenço faz parte do "Circuito das Águas", é uma Estância Hidromineral e conta com 37 mil habitantes, estando distante cerca de 280 quilometros de Caraguatatuba.
Nêga Véia freqüenta Caraguatatuba desde 1993, quando anualmente comemora o seu aniversário, com amigos e parentes, seja de sua cidade natal, como de Caraguatatuba.
Na Câmara, a visita foi social e lazer, visto que antes estava no gabinete do prefeito Antonio Carlos da Silva. Tanto Valmir da Colônia (PSDB), presidente da Câmara de Caraguá, como Clóvis Nogueira, discutiram sobre política, a situação do país e os fatos que marcam as duas cidades, que tem sua economia voltada para o turismo.
Na ocasião Valmir da Colônia acenou com a possibilidade de haver uma partida de futebol entre as Câmaras das duas cidades, o que foi amplamente aceito pelo chefe do Executivo daquela cidade mineira. Nêga Véia disse que a Câmara de São Lourenço tem 15 Vereadores e que 12 fazem parte do seu grupo de apoio.
O prefeito aproveitou para dar uma opinião sobre a cidade. "Nos últimos anos foram feitas grandes mudanças em Caraguatatuba, trazendo mais conforto ao turista e aliado as belezas naturais desta terra, ela ficou ainda mais linda. Gosto muito daqui e observei que as maiores mudanças foram feitas na orla marítima e no centro da cidade", disse. (Fonte: Câmara Municial de Caraguatatuba)

Vereador custeia melhorias na Zona Oeste de Caraguá

Caraguatatuba - O Vereador Nilson Lopes da Silva - o Nézão (PPS) está desenvolvendo um trabalho comunitário na Zona Oeste de Caraguatatuba, desde janeiro do ano passado. A Zona Oeste é reduto eleitoral do Vereador. As melhorias estão se tornando visíveis após 12 meses de trabalho contínuo.
A Zona Oeste de Caraguatatuba está localizada na entrada da cidade, de quem desce a serra pela SP-99, a Rodovia dos Tamoios, sendo formada pelos bairros do Rio do Ouro, Jaraguazinho e Ponte Seca. Nessa região a maior parte é de moradores locais, com uma pequena porcentagem de turistas e veranistas, ou seja, eminentemente residencial.
Há cerca de um ano, o Parlamentar montou uma equipe de trabalho, custeada do próprio bolso. No total são 5 pessoas, incluindo aí trabalhadores de rua e assessores. Os gastos mensais do Vereador não foram mencionados.
No geral o trabalho desenvolvido pelo Vereador destina-se a manutenção das ruas, a limpeza das margens do Rio do Ouro, limpeza de terrenos, colocação de placas indicativas com nomes de ruas, execução de lombadas, extensão da rede de água e colocação de tubos de esgoto e água pluvial.
O trabalho do Vereador é feito em parceria com a Prefeitura Municipal de Caraguatatuba, através do SSM (Secretaria de Serviços Municipais), que ajuda com o material, ficando a cargo do Vereador o custeio dos homens, de um caminhão e das máquinas utilizadas nos serviços.
Na agenda de Nézão estão pedidos de calçamento, com bloquetes sextavados, de várias ruas da região, bem como a construção da UBS (Unidade Básica de Saúde) do Rio do Ouro, bem como uma ponte no local, que deverá ter sua obra iniciada em março. Para o Vereador ele considera esse trabalho como obrigação. "Estamos retribuindo o carinho e a confiança depositada pelos eleitores da região Oeste a mim. Nossa tarefa é deixar a região com mais condições e qualidade de vida", disse. (Fonte: Câmara Municial de Caraguatatuba)

Carta do Leitor

Comentários - Caro Editor. Faço dois comentários sobre tópicos do jornal de ontem:
O seminário sobre balneabilidade das praias e a alternativa para vir a Ubatuba passando pela Av. Artur Costa Filho.
Devemos ter em mente que a Sabesp tem o monopólio da distribuição da agua e tratamento de esgoto. Um bom começo, ao invés de culpar o doente é responsabilisar a diretoria da Sabesp pelas doenças causadas pela situação calamitosa que se instalou no litoral norte. Monopólio é para isso. Será que os consumidores, que são obrigados a consumir Sabesp, além de vítimas de doenças devem ser culpados?
Interessante notar que na Europa, metade da população bebe agua da torneira com qualidade melhor do que agua mineral engarrafada (Evian e outras). Portanto não é por falta de solução que temos um problema deste tamanho.
Sobre a alternativa de se passar pela av. Artur Costa Filho, deve ser alertado que a prefeitura montou lá um pedágio com valores de R$100,00 para cima, para pegar motoristas através de radar. Você recebe uma multa pelo correio dois meses depois, não tem como argumentar, e qualquer reclamação tem que ir á prefeitura de lá, preencher um pedido, e pagar uma taxa.
Sou a favor de um tráfego civilisado, mas isso é uma obscenidade e o turista deve ser alertado,

Mike Buser
Ubatuba SP
panadoce@iconet.com.br



Tabatinga e Ilha do Tamanduá - O posicionamento do Sr. Roberto Petratti é típico de quem vive em seu "mundinho" (estou aproveitando o termo que ele mesmo escreveu na sua mensagem). A RAMPA DE LANÇAMENTO de que ele falou com tanto orgulho deve ser aquela que foi construida com concreto e causou alterações no movimento das marés e foi OBRIGADA a ser retirada fazem alguns anos (será que ele frequenta mesmo a praia há 25 anos?). Se ele está se referindo a alguma outra rampa, esta eu desconheço.O Condomínio Tabatinga que ele se refere é o Costa Verde da Tabatinga e, realmente, tem casas maravilhosas mas, neste momento, JÁ NÃO TEM SUA PRAIA MARAVILHOSA. Esta praia agora, tem permanentemente uma camada de óleo ou de gasolina beirando a areia.Os vários edifícios e marinas, e porque não pousadas, foram construídos em desacôrdo com as restrições impostas pelo loteamento denominado Portal da Tabatinga. A evolução e os novos tempos não podem servir para degradar o meio ambiente, atentar contra a segurança das pessoas, desrespeitar as leis (de trânsito, de marinha, de meio ambiente,etc.). O trânsito de veículos na praia É PROIBIDO POR LEI e, tenho certeza, não foi a autoridade competente que DELIMITOU o trânsito naquela área que o missivista chama de "rampa de lançamento". Quanto à Ilha do Tamanduá, temos exemplos diversos quanto o possível final desta novela. Como ainda não começou o estrago, por obrigação, temos que dar ao Sr. Juan, que eu não conheço (soube dele pela carta do Sr. Roberto), o benefício da dúvida, até porque é bem possível que o projeto dele tenha todas as aprovações legais necessárias para um empreendimento destes.O Sr. Roberto nos invita a crescer. Será que é transformando a Tabatinga em um Saco da Ribeira que cresceremos? ou será que diminuiremos o, já pouco, espaço de lazer da maioria gritante das pessoas que procuram a praia para divertir-se? Aproveito para convidar o Sr. Roberto a sair do seu mundinho.

Armando Carneiro Junior
armandur@ig.com.br



O Perequê Açú pertence a Parati ou Ubatuba? - Gostaria que algum dos politicos que bateram na minha humilde casa pedindo votos, me orientassem a respeito de um problema que constantemente me tira o sono. Moradora do bairro Perequê - Açu e vendo o descaso para com o mesmo, ruas cobertas de mato, péssima iluminação, esgotos correndo pelas ruas, buracos, asfalto pago e até hoje nada, me pergunto se nós os moradores não estamos recorrendo à prefeitura errada. Por favor, o Perequê - Açu pertence à Parati ou todo este descaso é realmente fruto de imcompêtencia por parte dos politicos?
Será que novamente fomos enganados? São quase doze anos de abandono.
Prá que santo rezar?....
Sr. Editor gostaria que nosso protesto fosse regitrado. Muito Obrigada.

Magda C. Araujo
Ubatuba SP
idalina@iconet.com.br



Água para a Barra da Maranduba - Fiquei satisfeita em saber que o vice-prefeito Moralino, o gerente da Sabesp e outros estão atendendo ao pedido de água e esgoto para o Rio Escuro e região, pois aqui na Maranduba, na Barra, inicio da Estrada da Cassandoca, os moradores estão constantemente com problemas de falta de água, o reservatório está cada vez mais vazio, chega a ficar só o lodo no fundo. Todo ano nesta época de temporada, quando a população aumenta, todo dia falta água. Os moradores sempre comprando mais canos, tentando instalar mais caixas dágua no morro, gastando o que não tem para arranjar mais água.
Ali moram varias familias de pescadores, alem de outros e tambem casa de turistas. Já tiveram promessas de rede de aguá, mas até agora só promessas.
Gostaria de saber quais as providências que eles poderiam tomar, quem procurar e onde. Este ano com tanta chuva, não está faltando, mas por outro lado, a aguá vem amarela e sempre causando problemas de vomito e diarréia nos que se servem dela.

Bel Dergham
Ubatuba SP
dergham@iconet.com.br



Propaganda Política - É impressão minha, ou os vereadores de Caraguatatuba estão usando este veiculo para campanha politica, já que tenho percebido notícias de Caragua, onde aparece o nome do vereador no título e o projeto apresentado pelo mesmo, alguns por sinal não devem ter destaque nem na câmara, por que então deveria ter aqui?

Carlos Rogerio
CRogerio@abril.com.br



(Im)Pacto da (In)Segurança - Já não há mais o quê nos surpreenda. Descoberta a fragilidade do sistema, vaza por todos os lados a ousadia dos criminosos. Não se espera mais pela próxima vítima, pois, a essa altura, toda a sociedade sente-se atingida pela força do tumor. Vítima do medo!
É possível aceitar que por tomar um caminho proibido, na direção do seu carro, uma pessoa seja assassinada? É possível aceitar que os criminosos promovam blitze, paralisem o trânsito, e façam a limpa geral? É possível aceitar o fuzilamento de uma autoridade pública, a ameaça de morte contra várias delas? É possível aceitar a execução de um promotor público? É possível aceitar que agentes penitenciários sejam pressionados a atender as ordens dos criminosos, sob pena de retaliação como a que levou à saraivada de balas contra o ônibus que os conduzia? Estes fatos ocorreram nos últimos 15 dias. São apenas uma síntese, excertos colhidos entre tantas manchetes.
Espera-se que tenha um início um pacto capaz de associar as ações entre as várias instâncias de governo, tornando-as complementares e eficazes. Mesmo que leve algum tempo para a elaboração e o ajuste das propostas, mesmo que signifique pagar ainda mais, é preciso recuperar o domínio da cena para voltarmos a dizer, e não a ouvir: Mãos ao alto!
Em São Sebastião, a Prefeitura anuncia a criação da Guarda Municipal. O prefeito, em entrevista recente à imprensa, lamentou o fato de não tê-la instalado no primeiro ano da sua gestão. Além dela, como implemento as atividades de Segurança, serão construídos (serão?) os portais do município.
Pode-se elaborar melhor o calendário de atividades para as crianças e os adolescentes, utilizando-se da infra-estrutura privada - piscinas, quadras e praças esportivas - e da infra-estrutura pública - ginásios de esportes e praias. Os centros comunitários também constituem estruturas importantes nesse novo cenário, que precisa ser desenhado. O ensino profissionalizante, como parte do currículo escolar, abriria perspectivas para quem está se acostumando a freqüentar filas para a disputa de poucas vagas. Assim, estaríamos cuidando do universo onde é maior a influência dos instrutores da criminalidade.
Os Conselhos de Segurança - CONSEG’s - encaminham pleitos ao Governo do Estado. Na Costa Sul, por exemplo, foi consensual a indicação para transformar o destacamento da Policia Militar, em Boiçucanga, numa Companhia da Policia Militar. Teríamos maior efetivo, mais policiais nas ruas. Outro, mais remoto, é o pedido de funcionamento em período integral da Delegacia da Policia Civil, no mesmo bairro.
O fato é que a sociedade civil está agindo. Sem isso, certamente, pior estaria! Números apresentados pelas autoridades públicas dão conta da existência de 300.000 agentes de segurança privada, enquanto a Segurança Pública tem um efetivo de 120.000 policiais em todo o Estado. O caos urbano é apontado como uma das causas que afetam a qualidade da segurança pública.
Em entrevista à rádio Bandeirantes, o cel. Rui César Mello, Comandante Geral da Polícia Militar, denuncia que, em boa parte das apreensões de armas - foram 80.000 no último ano -, os detidos são liberados, mediante fiança de R$ 60,00, após alegarem que não são responsáveis pela raspagem da numeração da arma apreendida. Entre as 9 mil detenções realizadas mensalmente em São Paulo, 30% contam com a participação de adolescentes.
As estatísticas da Segurança no Litoral Norte têm demonstrado o trabalho da polícia; ela prende. Nossa peregrinação pelas ruas constata a atuação da Justiça; ela solta. Entre um fato e o outro há um abismo. A lei de execuções penais é antiga, leniente. Seu prazo de validade venceu. Outro fato, similar à perseguição que o cão faz ao próprio rabo, é o número insuficiente de vagas no sistema prisional. Arrisco-me a antecipar que o Carandiru não será implodido; por precaução.
Além de todo o esforço que tem feito, a sociedade precisa descartar a hipocrisia. Comprar um toca-fitas, uma pecinha qualquer para o carro, um vídeo cassete, ou qualquer produto sem origem, mesmo vindo de mãos amigas, pode ser o pequeno passo que devemos evitar. Nada como deixar essa oportunidade passar!
Em resumo, não dá para discutir Segurança Pública sem levar em conta: o sistema prisional, o abandono e a expansão das periferias das cidades, as atividades de apoio e acompanhamento contínuos para as crianças e os adolescentes, a lei de execuções penais, as condições oferecidas aos policiais, o reaparelhamento das policias e a questão das drogas e das armas.
O que aconteceu, e passamos a ver com nitidez, é que o iceberg da Segurança Pública virou de pernas para o ar. Tudo ficou à mostra! Enquanto a criminalidade crescia, primeiro tomávamos uma xícara de chá e depois uma atitude. A casa caiu!
Apesar de parecer o contrário, creio que este momento de reflexão sobre a Segurança Pública significa o começo de um novo pacto entre a sociedade e o governo. Como disse anteriormente, há uma exposição nítida dos males que causaram a atual situação. Agora, cabe definir como e de que forma remontar o quebra-cabeças.

Vitório Manoel Moreira Papini
vitóriommp@uol.com.br



Centro Náutico Uba Uba Studio Maranduba

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão:
Clique Aqui.

 

Receba as Últimas Notícias do Litoral via e-mail!
e-mail:
Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Leia também as colunas:
Para Refletir
Para Refletir
Margareth Bravo

Opinião

Ronaldo Dias

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:
Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br


©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor