Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Segunda-feira, 01 de abril de 2002 - Nº 501 Edições Anteriores
BIL - Bolsa de Imóveis do Litoral Modulo

Busca por palavras no Litoral Virtual:

Principais Manchetes:

Moradores fazem maratona para conseguir água em S. Sebastião
Polícia registra boletim
Órgãos tentam identificar pontos ilegais
Delegado de SP é flagrado com droga
TCE contesta contratação em São Sebastião
Proibida, extração de palmito-juçara já derrubou milhares de palmeiras
Iº Mini Enduro Hípico do Litoral Norte
Caraguá comemora seu aniverário com shows e competições
Capoeira dá início a cursos no Itamambuca
Prefeitura removerá bicicletas estacionadas irregularmente no Calçadão
Setor de Trânsito busca solução para estacionamento na Feira Hippie
Esquema especial para coleta de lixo no Calçadão
Melhorias no aeroporto de Ubatuba
Carta do Leitor



Moradores fazem maratona para conseguir água em S. Sebastião
População do Morro do Abrigo leva mangueira até cachoeira para fazer ligação

São Sebastião - Moradores do bairro Morro do Abrigo, no sertão do São Francisco, em São Sebastião, enfrentam uma árdua batalha para conseguir água. Eles percorrem cerca de 1 quilômetro, morro acima, para levar uma mangueira até uma cachoeira e fazer uma ligação precária de água.
São metros de mangueiras emendadas que passam pelo meio da mata até chegar a uma caixa d'água e, finalmente, às torneiras.
O custo não é barato para famílias carentes. Por isso, a maioria se "socializa" na compra do material --mangueira e caixa d'água-- e depois faz o uso da água compartilhada.
Esse é o caso de Marcos Pedro Alves, 35 anos, que vive de "bicos". Morando há três anos no bairro, ele divide a água com outras cinco casas. A caixa d'água tem capacidade para 500 litros.
A doméstica Tereza Alves Dias, 48 anos, também fez uma "parceria" com a irmã. Se o marido não está em casa e acontece algum problema, é ela que vai até a cachoeria consertar a mangueira e garantir o abastecimento.
Os moradores reclamam que têm muitos problemas com o furto da borracha. "Tem gente que vem consertar algum vazamento e retira um pedaço da nossa mangueira para não precisar voltar aqui", disse Tereza. Prevenida, ela já leva um pedaço de reserva.
RISCOS - A diretora do Núcleo Regional da Saúde, Denise Formaggia, alerta para os riscos que a captação e consumo de água sem tratamento pode causar à saúde.
Segundo ela, se a fonte fica abaixo de um núcleo populacional, o esgoto doméstico pode contaminar a água. Mesmo que a captação seja feita de cachoeiras e córregos sem interferência humana, ainda assim há risco de contaminação por animais silvestres.
Denise afirmou que, a partir de 2003, entrará em vigor uma portaria federal que define sobre a potabilidade da água para consumo humano e todos os sistemas particulares terão que ter qualidade.
O Daee (Departamento de Água e Energia Elétrica) e o CBH-LN (Comitê de Bacias Hidrográficas do Litoral Norte) vão fazer um recadastramento dos principais pontos de captação autorizada e irregular de água na região. (Fonte: ValeParaibano)

Polícia registra boletim

São Sebastião - O excesso de mangueiras para captação de água em córregos e cachoeiras no Litoral Norte já gerou vários boletins de ocorrência na Polícia Ambiental para averiguação de crime ambiental
A Sabesp alega que esse tipo de atividade compromete o abastecimento devido à captação irregular.
O último boletim de ocorrência ocorreu em meados de março quando policiais ambientais de São Sebastião identificaram pelo menos dez famílias do bairro Morro do Abrigo, no São Francisco, que usam o sistema irregularmente, mas há mais de 30 mangueiras na cachoeira.
A situação também é apontada como crítica em Toque Toque Grande, na costa sul, e em praticamente toda a Ilhabela. (Fonte: ValeParaibano)

Órgãos tentam identificar pontos ilegais

São Sebastião - O Daee (Departamento de Água e Energia Elétrica) e o CBH-LN (Comitê de Bacias Hidrográficas do Litoral Norte) vão fazer um recadastramento dos principais pontos de captação autorizada e irregular de água na região.
O resultado servirá de base para a criação de um plano de manejo para os quatro municípios --São Sebastião, Ilhabela, Caraguatatuba e Ubatuba.
O trabalho deverá mostrar a situação dos mananciais do litoral, a capacidade de vazão, a qualidade da água e quem são as pessoas que utilizam desse recurso para garantir a água diária.
Segundo Michel José Elias, diretor técnico do Daee, o Instituto de Pesquisas Tecnologicas está elaborando um estudo em 34 sub-bacias da região. (Fonte: ValeParaibano)

Delegado de SP é flagrado com droga

Caraguatatuba - O delegado da Polícia Civil de São Paulo, E.L.P., foi autuado em flagrante na madrugada de anteontem em Caraguatatuba por porte de entorpecente. Segundo a polícia, E. foi liberado no Distrito Policial após o pagamento de uma fiança estipulada em R$ 30. O flagrante aconteceu às 2h20, na região central de Caraguatatuba. O delegado E. estava estacionado com seu carro, um Audi A3 preto, quando foi abordado pela Polícia Militar que fazia ronda na região. Segundo a polícia, o delegado estava com dois papelotes de cocaína. Ele disse aos polícias que a drogas era para consumo próprio. (Fonte: ValeParaibano)

TCE contesta contratação em São Sebastião

São Sebastião - Parecer da assessoria técnica do TCE (Tribunal de Contas do Estado de São Paulo) apontou supostas irregularidades na contratação da empresa Enob para coleta de lixo em São Sebastião, realizada sem licitação no início de 2001.
O posicionamento preliminar do tribunal foi emitido no último dia 18 pelo setor de engenharia da assessoria técnica.
"A emissão desse parecer mostra que as denúncias que estamos fazendo têm sustentação técnica e é a parte mais importante de todo o processo. O contrato foi feito de maneira irregular e a assessoria técnica do tribunal atestou isso", afirmou o ex-prefeito Luiz Alberto Faria (PDT), que denunciou o caso ao TCE.
Segundo o texto, a contratação da empresa não poderia ter sido feita em caráter emergencial, dispensando licitação, pois a quantidade e condições de coleta de lixo na cidade são previsíveis. O parecer também indica que, a princípio, o preço dos serviços estaria acima do mercado.
OUTRO LADO- Para o prefeito de São Sebastião, Paulo Julião (PSDB), o parecer da assessoria estaria "equivocado" porque as informações apresentadas na denúncia não seriam completas.
"Muitas informações úteis sobre essa questão não foram fornecidas, o que pode ter levado a assessoria a fazer uma análise incorreta. A prefeitura irá apresentar, nos prazos legais, informações que integrais sobre a contratação", disse.
As denúncias sobre irregularidades no contrato da Enob também estão sendo investigadas pelo TCE (Tribunal de Contas do Estado), cuja assessoria jurídica já emitiu parecer favorável à continuidade do processo em 2001.
A Enob foi a única empresa habilitada na licitação feita no início deste mês para a coleta de lixo na cidade nos próximos cinco anos. O contrato é estimado em R$ 51 milhões. (Fonte: ValeParaibano)

Proibida, extração de palmito-juçara já derrubou milhares de palmeiras

Litoral Norte - Pelo menos 2.452 hectares de mata, o equivalente a cerca de 3.000 campos de futebol, foram devastados no Vale do Paraíba e no Litoral Norte nos últimos cinco anos para a extração do palmito-juçara, uma das principais espécies da mata atlântica.
Os números significam que pelo menos 4.900 palmeiras foram derrubadas, colaborando com a extinção da espécie e com a migração de animais da serra do Mar para outras regiões.
No período, a Polícia Militar Ambiental fez 302 apreensões da espécie com quadrilhas de interceptadores, restaurantes, fábricas clandestinas e principalmente com palmiteiros dentro dos 850 mil hectares do parque estadual da serra do Mar.
A extração do palmito-juçara é considerada crime ambiental. A pena chega a um ano de prisão. Hoje, a região mais devastada fica nos municípios de Ubatuba e São Luís do Paraitinga.
Só 12 guarda-parques e 103 soldados da Polícia Militar Ambiental fiscalizam os três núcleos do parque nas cidades de São Luís do Paraitinga, Ubatuba, Caraguatatuba e São Sebastião.
Os criminosos geralmente não são do litoral. As quadrilhas presas são do Vale do Ribeira, do sul do Estado e de Cunha, onde o extrativismo praticamente disseminou a juçara.
A única arma dos fiscais contra os palmiteiros são as denúncias. As quadrilhas são organizadas, com vigias nas estradas de entorno do parque, radiocomunicadores, celulares e carros de escolta para o transporte. (Fonte: Folha)

Iº Mini Enduro Hípico do Litoral Norte

Caraguatatuba - O Centro Hípico Andaluzia de Caraguatatuba irá promover no próximo feriado de 21 de abril, o Iº Mini Enduro do Litoral Norte. Neste evento acontecerão provas de mini enduro; prova de baliza; prova de dois e três tambores. Todas as provas são abertas e competitivas, sem limite de idade com premiação em dinheiro. O Centro Hípico Andaluzia dispõe de excelente infra-estrutura e equipamentos para transporte dos animais. Promove interessantes passeios e organiza equipes para participação em romarias. Aceita hospedagem de animais por longos períodos com manutenção regular de treinamento deixando o animal sempre em perfeitas condições de montaria.
O Centro Hípico Andaluzia, localizado em Caraguatatuba tem como principais atividades: ecoturismo à cavalo em trilhas e cachoeiras, aulas de equitação e equoterapia. Para maiores informações disque 0800-7712276 e (12) 9142-5055. (Fonte: AHPSC)

Caraguá comemora seu aniverário com shows e competições

Caraguatatuba - No dia 20 de abril, data oficial do aniversário da cidade, haverá Copa de Natação "Cidade de Caraguatatuba" no Centro Esportivo Municipal, às 8 horas. Dando continuidade às festividades, o II Circuito de Vela do Litoral Norte e Vale do Paraíba "Prova Cidade de Caraguatatuba", na Praia Martin de Sá, às 9:horas.
Muita festa vai rolar para marcar os 145 anos de aniversário da cidade. À partir das 14 horas, na Praça de Eventos, no Centro da cidade, haverá Exibição de Aeromodelismo. Às 21 horas, Gil e Banda Beijo invadem o palco da Praça de Eventos, com o show Aniversário da Cidade.
No domingo, dia 21 de abril, grandes eventos esportivos continuam agitando a cidade. Um deles é a Copa Brasil de Canoagem - Travessia Ilhabela Caraguatatuba. O outro é a continuação do II Circuito de Vela do Litoral Norte e Vale do Paraíba "Prova Cidade de Caraguatatuba", na Martim de Sá, à partir das 9 horas. Simultaneamente estará acontecendo a Exibição de Automodelismo na Praça Ton Ferreira, à partir das 9 horas. (Fonte: AHPSC)

Capoeira dá início a cursos no Itamambuca

Ubatuba - Cerca de 50 alunos começaram a frequentar, a partir do último dia 26, as aulas do curso de capoeira no pátio da Capela São Benedito, no Itamambuca, promovido pela Fundart em parceria com o Centro Esportivo e Recreativo e Educativo “Jesus é Vida – CERE. A presidente da Fundart, Silvia Issa e o vice-prefeito Moralino Vallim Coelho acompanharam o início do curso. Natalia Maria a Leite Santos, que vai fazer alongamento, veio da Casanga com o filho Wlamir Coutinho Santos, de 7 anos e já inscreveu os outros dois, Kleber e Cleiton para o curso de violão. Debora Helena dos Santos, de 12 anos, vai frequentar teatro, violão e capoeira e Bruna de Cássia Leite, de 11 anos, teatro e capoeira. “A turma da tarde é mais numerosa e temos condições de atender até 80 alunos apenas na capoeira” afirma o professor Fábio Ferrari, que desde os 10 anos pratica a modalidade principalmente com o público mais jovem. Leodato Otacílio de Sousa, fundador do grupo CERES é um dos maiores incentivadores do projeto. Além da capoeira, a Fundart que inaugura no Itamambuca o projeto “Cidadãos do Amanhã”, que prevê cursos para crianças e adolescentes em outros bairros , vai instalar ainda os cursos de alongamento, crochê, desenho, teatro, violão e teclado. (Fonte: ACS-PMU)

Prefeitura removerá bicicletas estacionadas irregularmente no Calçadão
Cumprindo a legislação municipal, veículo será removido e infrator terá que pagar taxa de apreensão de R$ 5,00. A verba será destinada às entidades filantrópicas da cidade.

Ubatuba - A Guarda Municipal de Ubatuba (GM) e o Serviço Municipal de Trânsito (SMT) passarão a remover as bicicletas estacionadas irregularmente no Calçadão da rua Dona Maria Alves. A medida será aplicada em atendimento à legislação municipal pertinente à matéria, nº 2.083 de 19 setembro de 2001.
A organização do Calçadão começou há cerca de 40 dias, quando funcionários do setor de trânsito começaram a realizar panfletagem. Na semana seguinte, a campanha recebeu o reforço da Guarda Municipal, que enviou cerca de 15 homens para a fase da abordagem pessoal, onde cerca de 6 mil panfletos educativos foram confeccionados e distribuídos à população, num trabalho preventivo de conscientização popular, visando a orientação sobre a utilização do bicicletário para o estacionamento do veículo. Na área central, 180 suportes foram instalados para abrigar as bicicletas.
Segundo levantamento feito pelo SMT, cerca de 10 mil pessoas foram abordadas e a receptividade da população em relação à campanha vem sendo considerada satisfatória. No trabalho de conscientização, os guardas explicam a necessidade do estacionamento do veículo nos suportes, em razão da segurança e da própria urbanização do local. A cidade de Ubatuba possui cerca de 70 mil bicicletas.
No caso das bicicletas removidas, o infrator deverá pagar uma taxa de R$ 5,00 para a retirada do veículo. A renda arrecadada deverá ser recolhida para entidades filantrópicas da cidade. (Fonte: ACS-PMU)

Setor de Trânsito busca solução para estacionamento na Feira Hippie

Ubatuba - O Serviço Municipal de Trânsito da Prefeitura (SMT) iniciou uma campanha para solucionar o problema de estacionamento de veículos na avenida Iperoig. Cerca de 150 formulários foram distribuídos para artesãos, expositores e donos de carrinho de lanche para que apresentem sugestões para a utilização do estacionamento naquele local.
A Prefeitura entende que a participação da população é indispensável. “O grande problema naquele local é a má utilização das vagas, o que acaba gerando grande número de autuações e reclamações”, declarou Douglas Incáo.
As informações deverão ser enviadas para o SMT e servirão de base para a implantação de futuros projetos no local. (Fonte: ACS-PMU)

Esquema especial para coleta de lixo no Calçadão

Ubatuba - O trabalho de organização do Calçadão da avenida Maria Alves, que teve início a partir desta segunda-feira, 25, sofreu alterações em razão da necessidade dos comerciantes e moradores do local, identificadas pela Prefeitura.
Todo o lixo produzido pelos comerciantes e moradores do local deverá ser depositado diretamente no caminhão coletor que estará estacionado na praça Nóbrega ao lado do Fórum. O horário de recolhimento, no entanto, foi ampliado. Desde a semana passada, o caminhão recolhe o lixo das 8h às 8h30 e das 18h às 18h20 na rua Coronel Ernesto de Oliveira, ao lado do Fórum e das 18h20 às 18h30 em frente à agência do Banespa. O caminhão estará estacionado nos locais e horários indicados, inclusive aos sábados.
O trabalho de organização do Calçadão foi iniciado com a conscientização quanto ao estacionamento de bicicletas no Calçadão. As ações são realizadas pelo Serviço Municipal de Trânsito e a Guarda Municipal de Ubatuba. PMU
Fiscalização e Vigilância Sanitária - As equipes de fiscalização e vigilância sanitária da Prefeitura também estão inseridas no trabalho de organização do Calçadão.
Os fiscais estão desenvolvendo ações de instrução para a não utilização do espaço viário para publicidade e exposição irregular. A equipe da vigilância sanitária procurará conscientizar os comerciantes, moradores e usuários do local a não depositarem lixo em locais e horários inadequados, para quer seja respeitado o novo esquema de recolhimento implantado no local.
As posturas serão cobradas para evitar a poluição visual e otimizar a utilização do espaço viário.
A Prefeitura solicita que o lixo seja acondicionado em sacos plásticos resistentes. Novas idéias e sugestões ou denúncias que possam vir a melhorar a prestação de serviços no Calçadão poderão ser feitas diretamente ao Serviço de Coleta de Lixo (telefone 433-2846), ao Serviço Municipal de Trânsito (telefone 434-1036), para a Fiscalização da Prefeitura (telefone 434-1005), para a Vigilância Sanitária (telefone 432-3872) ou à Guarda Municipal (telefone 433-3949). (Fonte: ACS-PMU)

Melhorias no aeroporto de Ubatuba

Ubatuba - Uma série de melhorias e alterações será implantada no Aeroporto “ Gastão Madeira”, em Ubatuba, criando condições para operações de aeronaves com toda segurança e um padrão de recepção a altura dos passageiros e visitantes. A decisão foi tomada durante visita, na última quinta-feira, dia 27, de Dario Rais Lopes, superintendente do Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo - DAESP que estabeleceu uma parceria com o prefeito Paulo Ramos , permitindo ainda a utilização, pela Prefeitura, de uma área anexa com 20 mil m2 . Nesta área, de acordo com projeto da Secretaria de Arquitetura e Urbanismo - SAU, com base em sugestão do Instituto de Planejamento de Ubatuba - IPU, serão criadas 210 vagas para estacionamento; área para exposição e eventos, parque infantil , bicicletário e paisagismo.
As obras de reforma do aeroporto compreendem o recapeamento da pista com 940 m incluindo os ítens relativos á sinalização e construção, em outro local, de um novo terminal de passageiro em substituição ao atual e módulos defronte a av. Guarani que ficarão sob coordenação da administração do aeroporto..
Uma importante mudança no sistema viário vai desafogar o tráfego intenso naquele região pois será feita a ligação da Av. Guarani com a rua Guaicurus, passando por dentro do Aeroporto. Com isso, ficam criadas duas mãos na Av. Guarani uma no sentido cidade e outra no sentido Itaguá.
A reunião com o DAESP, contou com a presença do prefeito Paulo Ramos, do presidente da COMTUR, Luiz Bishof, do Secretário de Arquitetura e Urbanismo -SAU, Sidnei Giraud; do presidente do Movimento em Defesa de Ubatuba, Jean Fabian e Luiz Antonio Ayres Neto, administrador do aeroporto. O prefeito determinou ainda o replantio de 300 mudas como forma de reposição ambiental.
Os recursos para a reforma do aeroporto correrão por conta de fundos da União a serem repassados ao DAESP, cabendo á SAU a elaboração do projeto. (Fonte: ACS-PMU)

Carta do Leitor

500 Edições I - Quero parabenizá-los pelo Litoral Virtual. Tenho poucos meses de "assinatura" mas posso afirmar com muita convicção que o Litoral Virtual tem um papel preponderante na divulgação das notícias de Caraguá, São Sebastião e Ubatuba. Mais importante ainda é a divulgação das cartas dos leitores que mostra um pouco (muito pouco infelizmente pois o povo não está acostumado a reclamar) do "outro lado" dos acontecimentos. Parabéns à equipe que toca o Litoral Virtual.

Claudio Berlotti Marques


500 Edições II - Aceite as felicitações da Federação Pró Costa Atlântica e de sua presidente por ter chegado à edição de número 500 do excelente Litoral Virtual. Vocês estão prestando ao Litoral Norte um serviço inestimável, mantendo-nos a nós, internautas, muito bem informados de tudo o que ocorre nos quatro municípios. Além de tudo, como bem disse você na nota de hoje,é a história local que segue sendo registrada, neste país onde a memória é tão pouco valorizada.
Parabéns e um grande abraço.

Regina Helena de Paiva Ramos
Presidente da Federação Pró Costa Atlântica
São Sebastião - SP


500 Edições III - Señor Director. Desde la ciudad de Pilar, Argentina, una familia con 5 hijos que pasa sus vacaciones en Praia do Lázaro, les hace llegar su alegría por las 500 ediciones del boletín y les anima a poner el esfuerzo para llegar a las ansiadas 1,000 ediciones.
Les mandamos un cariñoso abrazo,

Mariela, Mariana; Lucía; Belén; Pilar; Cecilia y Javier Rodríguez Ruiz
Pilar - Argentina


500 Edições IV - Parabéns por todo o seu trabalho e pelo marco que representa o número 500 do boletim. Parabéns também pela iniciativa de disponibilizar ao público o acervo composto pelas edições anteriores que, sem sombra de dúvida, passa a ser uma importantíssima fonte de informações sobre a História recente do Litoral Norte!
Com um abraço,

Gilmar Rocha
Ubatuba - SP


500 Edições V - É com muita satistafação que te vejo alcançar com sucesso esse significativo número 500 de boletins. É muito prazeiroso entrar diariamente para saber o que ocorre de importante em nossa região atravéz deste teu fantástico trabalho. Esse teu sucesso não me causa surpresa de forma nenhuma, pois bem conheço a tua dedicação e capacidade de faze-lo. Isso é resultado de um trabalho feito com muito amor e carinho, que é um estilo de vida teu. É muito bom ter amigos como você. Isso nos valoriza como seres humano.
Parabéns

Carlos Alberto Barreto
Ubatuba - SP


500 Edições VI - Envio minhas saudações pela emissão 500º boletim Litoral Virtual. Sem dúvida, essa é uma marca que ratifica a qualidade e a importância do trabalho que vem sendo realizado. Certamente o tempo registrará outras tantas, pois, além de informativo, o Litoral Virtual tem sido um grande veículo para a expressão de idéias e opiniões dos seus leitores.

Vitório Manoel Moreira Papini
Boiçucanga, São Sebastião, SP
Litoral Norte


500 Edições VII - Quero parabenizá-lo pelas 500 edições do LITORAL VIRTUAL, informativo sério, imparcial e que busca divulgar o que se passa na nossa região com a maior rapidez e independência.
Quero lembrar que se hoje adotei, a 3 anos, a cidade de Ubatuba para aqui fixar residência devo muito a você e ao LITORAL VIRTUAL que me ajudaram na escolha da cidade quando algumas dúvidas me assolavam sobre a mudança ou não de cidade.
Com certeza estarei aqui na milésima e em muitas outras edições para parabenizá–lo.
Abraços,

Afonso Ricca
Ubatuba - SP


500 Edições VIII - Quero parabenizar você pela meta de 500 tiragens do nosso querido "Litoral Virtual". Sei de sua capacidade e quisera que o mundo fosse feito de pessoas como você, empreendedoras, inovadoras e o que é mais importante, realizadoras! Espero para o nosso próprio benefício que possamos logo, logo, estar na marca dos 1000 jornais informativos, pois com a dificuldade que encontramos de manter-nos á par do que acontece em nosso Litoral, nosso "Jornal Virtual" é fundamental... Mais uma vez, Parabéns á você e a toda á sua equipe! Espero poder contar com voces durante muuuuuuuiiiiiitttttoooo tempo!
Abraços à todos,

Graça Regina Provazi
Ubatuba - SP


500 Edições IX - Meus parabéns pela 500ª edição.

Roberto Petratti
São Paulo/Caraguatatuba


500 Edições X - Nós é que agradecemos ao empenho do Editor do Litoral Virtual, graças a você posso receber em casa notícias tão importantes do nosso município e municípios vizinhos, receber e fazer críticas, pedidos, comentários. Atravéz das cartas dos leitores, moradores e turistas podem tomar conhecimento de muitos outros acontecimentos que a imprensa não divulga, é muito importante, porque assim podemos descruzar os braços e tambem fazermos alguma coisa, principalmente nós moradores desse paraiso.

Bel Dergham
Sertão da Quina
Ubatuba - SP


Nota do Editor

Agradecimento - Meus mais sinceros agradecimentos à todos os leitores que nos telefonaram e enviaram e-mails parabenizando pelos 500 boletins "Últimas Notícias do Leitoral". Sinceramente não esperávamos tal repercursão, mas para nós essa surpresa foi a maior recompensa, o maior presente que poderíamos receber de nossos leitores.
Mais uma vez muito obrigado à todos os nossos leitores pelo carinho com que recebem nossos boletins.

Emilio Campi
Editor

 

Studio Maranduba Screen Saver Grátis

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão:
Clique Aqui.

 

Receba as Últimas Notícias do Litoral via e-mail!
e-mail:
Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Leia também as colunas:
Para Refletir
Para Refletir
Margareth Bravo

Opinião

Ronaldo Dias

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:
Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br


©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor