Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Quarta-feira, 02 de janeiro de 2002 - Nº 446 Edições Anteriores
BIL - Bolsa de Imóveis do Litoral Modulo

Busca por palavras no Litoral Virtual:

Principais Manchetes:

Bom tempo incrementa festas do litoral
Lentidão nas estradas deve continuar hoje
Réveillon no Litoral teve poucas ocorrências
Caraguá poderá ter delegacia na região norte
Rio-Santos vai ter 1ª reforma em dez anos
Antônio Carlos diz ter superado crise
Som alto na praia incomoda moradores de Caraguatatuba
Projeto Navegar em Ilhabela
População de Ilhabela dobrou nos últimos dez anos
Poluição já começa a ser notada
Fundacc promove Coreto em Sol e apresenta músicos da região
Psicólogo realiza massagem na Praia da Mocóca em Caraguá



Bom tempo incrementa festas do litoral

Passagem de ano nas cidades da região foi a melhor dos últimos 3 anos, segundo turistas e organizadores

Litoral Norte - A passagem do ano no Litoral Norte foi considerada a melhor dos últimos três Réveillons. A orla das principais praias de Caraguatatuba, Ubatuba, São Sebastião e Ilhabela, ficaram lotadas de expectadores que acompanharam a chegada de 2002.
Depois de dois anos com muita chuva, o réveillon 2002 foi iluminado pela lua cheia e shows pirotécnicos. Durante 20 minutos a queima de fogos na praia do Centro, em Caraguá, prendeu os olhares no céu. A cada nova explosão ou jogo de luzes ouvia-se os gritos e aplausos dos presentes. "Foi impressionante", resumiu a vendedora Lúcia Helena Neves, 26 anos, de São Paulo.
A prefeitura estima que cerca de 120 mil pessoas acompanharam o espetáculo nas praias do Centro, Indaiá, Palmeiras e Porto Novo. O secretário de Turismo, Salim Burihan, disse que o movimento superou as expectativas. "O grande número de pessoas chegou a preocupar, mas foi bem alucinante."
Muita gente aproveitou que estava na praia para levar oferendas a Iemanjá, e pedir um ano de paz, saúde, amor e dinheiro no bolso. Na orla da praia, velas foram acesas e rosas jogadas ao mar.
Quem foi à praia Martin de Sá pode acompanhar a queima de fogos promovida por um condomínio e curtir o primeiro dia do ano até o amanhecer.
São Sebastião - A programação feita pela prefeitura levou expectadores para várias praias da cidade para acompanhar o espetáculo de queima de fogos. Só no bairro São Francisco, o secretário de Turismo, José Cardim de Souza, calcula que cerca de 20 mil pessoas foram à praia.
Em Ubatuba, o movimento foi intenso na praia do Centro, onde houve queima de fogos por 20 minutos e na Praia Grande, onde a orla ficou repleta de gente reverenciando a entrada de 2002.
O Réveillon em Ilhabela foi feito por comerciantes e moradores e o movimento foi intenso na Vila e na praia do Curral, na região sul.
Segurança - Diferente de outros anos, a virada do ano foi considerada mais tranqüila pela Polícia Militar. Das ocorrências registradas, as mais graves aconteceram na Martin de Sá, onde uma pessoa levou um tiro de raspão, e nas Toninhas, em Ubatuba, onde um policial teve o pescoço cortado por uma garrafa.
Retorno - O tempo bom e a preocupação com o retorno, fez muito turista prolongar um pouco mais a estada no litoral. O engenheiro agrônomo Luís Plácido Ribeiro, 34 anos, de Goiás (GO) disse que só retorna ao trabalho na próxima semana, por isso optou por ficar na praia até sábado. (Fonte: ValeParaibano)

Lentidão nas estradas deve continuar hoje
Previsão para quem adiou volta era de tráfego intenso a partir das 8 horas

Litoral Norte - O retorno do Litoral Norte pela Rodovia dos Tamoios também foi complicado. O motorista enfrentou pontos de congestionamento e lentidão por uma extensão de 37 quilômetros, fazendo a viagem demorar cerca de três horas.
Normalmente, os 90 quilômetros da rodovia são percorridos em uma hora.
Do km 55, na saída de Caraguatatuba, até o km 18, em Jambeiro, houve colisões e pequenos acidentes, que agravaram ainda mais a situação. (Fonte: Estadão)

Réveillon no Litoral teve poucas ocorrências

Litoral Norte - O réveillon no Litoral parece ter surpreendido os policiais. As ocorrências mais graves aconteceram em Caraguatatuba. Na praia Martim de Sá, houve uma tentativa de homicídio. Ricardo Ferreira, de 29 anos, foi atingido por uma bala de raspão na perna, depois de uma discussão com o autor do disparo, que fugiu. Ricardo ficou em observação no pronto-socorro, mas já foi liberado. (Fonte: O Globo)

Caraguá poderá ter delegacia na região norte

Caraguatatuba - Caraguá poderá ter neste ano a ativação de uma delegacia de polícia na região norte da cidade. O projeto já foi iniciado em 1992 durante a gestão do ex-governador Luiz Antonio Fleury Filho e agora só falta ser finalizado.
O vereador Aurimar Mansano (PTB) disse que o local precisa somente de uma boa reforma, pois a região necessita de um posto policial.
Esta é uma antiga reivindicação minha e já estamos em negociação com o prefeito Antonio Carlos - disse.
O prefeito Antonio Carlos da Silva (PSDB) disse que poderá firmar uma parceria entre a prefeitura e o governo estadual. Segundo ele, a cada viatura fornecida pelo estado para a futura delegacia, a prefeitura cederá mais uma. O prefeito também disse que alugará o prédio e fará uma reforma geral. (Fonte: O Globo)

Rio-Santos vai ter 1ª reforma em dez anos

Litoral Norte - Pela primeira vez nos últimos dez anos, a rodovia Rio-Santos, que liga os litorais sul e norte de São Paulo, passará por obras de recapeamento, sinalização, recuperação de acostamento e implantação de terceiras faixas. As reformas vão começar depois do Carnaval de 2002 e poderão se estender até 2005.
As melhorias fazem parte do Programa de Recuperação de Rodovias, criado pelo governo estadual em 1999, com financiamento do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento). A previsão do DER (Departamento de Estradas de Rodagem) é gastar em torno de R$ 115 milhões na Rio-Santos.
As obras devem facilitar os acessos às praias de Boracéia, Camburi, Maresias, Boiçucanga e Ubatuba, entre outras, mas não vão englobar a retomada de pontes e viadutos da estrada, que começaram a ser construídos nos anos 70 e que permanecem abandonados.
Interesse turístico - O DNER, órgão do governo federal, chegou a gastar U$ 33 milhões em quatro lotes de ampliação da rodovia, executou quase 40% dos projetos de 1975 a 1978, mas descarta concluir os esqueletos que estão localizados em meio à Serra do Mar e integram a paisagem entre os municípios de São Sebastião e Caraguatatuba.
"A intenção do governo militar era oferecer uma alternativa à Dutra, mas faltaram recursos depois da crise do petróleo. Hoje, para a gente, é inviável, não faria sentido. A característica é exclusivamente turística, e não de interesse nacional", afirma Deuzedir Martins, diretor do DNER em São Paulo.
Defendida pelas prefeituras do litoral norte e criticada por ambientalistas, a construção chegou a ser investigada pela CPI das Obras Inacabadas, na Câmara dos Deputados. Martins defende que ela seja retomada pelo governo estadual, que atualmente administra esse trecho da Rio-Santos.
Recapeamento - A última vez que a rodovia Rio-Santos sofreu recapeamento foi no começo da década de 90, em dois trechos que somam 40 km de extensão (entre Ubatuba e a praia da Lagoinha e entre Caraguatatuba e São Sebastião).
Desta vez, a reforma será em 181 km da estrada, do km 53,6 ao km 100 (Ubatuba/Caraguatatuba), do km 102,2 ao km 119,8 (Caraguatatuba/São Sebastião), do km 127,4 ao km 162,3 (São Sebastião/Ponte do rio Boissucanga), do km 162,3 ao km 191 (Ponte do rio Boissucanga/Boracéia), do km 191 ao km 220,4 (Boracéia/Sesc Bertioga) e do km 220,4 ao km 247,6 (Sesc Bertioga/SP-248). (Fonte: Folha de S.Paulo)

Antônio Carlos diz ter superado crise
Prefeito de Caraguá afirma que medidas drásticas impediram déficit nas contas públicas

Caraguatatuba - Em entrevista concedida ao ValeParaibano, o prefeito de Caraguatatuba, Antonio Carlos da Silva (PSDB), faz um balanço do primeiro ano de seu segundo mandato à frente da maior cidade do Litoral Norte.
Caraguá viveu em 2001 momentos críticos no campo administrativo. Ao contrário dos anos anteriores, no ano passado o prefeito foi forçado a conceder férias coletivas aos funcionários da Secretaria de Serviços Municipais para equilibrar o caixa e fechar ano com um superávit de R$ 2 milhões nas contas públicas.
O ano também foi marcado pelo anúncio da implantação a Guarda Municipal, que coincidiu com o avanço na criminalidade, motivo de medo entre os moradores. Na última sexta-feira, dois agentes de trânsito foram assassinados na Prainha em um crime que chocou a cidade.
"Temos que unir esforços com a sociedade civil. Segurança não algo que se resolve do dia para a noite", diz o tucano.
Para este ano, Antônio Carlos elencou a Saúde como uma de suas metas. Devido ao excesso de denúncias no setor, a Câmara criou uma comissão de vereadores para vistoriar todos os postos e centros de saúde, além da Santa Casa. O resultado não foi dos melhores e medidas de providências foram encaminhadas ao prefeito. "Este ano serão investidos 34% do orçamento municipal na saúde", afirma.
Apesar de ser considerado o nome mais forte do Litoral Norte em uma eventual disputa por vaga na Assembléia Legislativa, o prefeito de Caraguá garante que pretende seguir até o final de sua administração no Executivo.
"Tenho um compromisso com a população até o final do mandato." Ele admite, no entanto, que não há outro candidato de consenso para a região no pleito legislativo deste ano. (Fonte: ValeParaibano)

Som alto na praia incomoda moradores de Caraguatatuba

Caraguatatuba - Moradores do bairro Jardim São Francisco, na região do Massaguaçu, em Caraguatatuba, querem acionar a Promotoria do Meio Ambiente para solucionar o problema do som alto na praia. De quinta-feira a domingo funciona a boate itinerante da Tribos Beach Bar onde também acontecem os shows.
A funcionária pública Neide Alvarenga Sedara, veranista no condomínio Atol das Rocas, reclama que os moradores não conseguem mais dormir. "O barulho vai até de manhã."
Ariovaldo Ribeiro disse coloca seus dois filhos pequenos para dormir por volta das 20h30 porque quando chega a madrugada começa o barulho."
No domingo um grupo de moradores fez um boletim de ocorrência por perturbação de sossego e pretende acionar a promotoria pública esta semana pedindo providências.
Segundo o síndico do condomínio, Roberto do Amaral Camargo, todas as medidas cabíveis serão tomadas para acabar com o barulho.
OUTRO LADO - Um dos sócios do Tribos Beach Bar, Cláudio Fernandes, disse que os shows começarim mais cedo, por volta das 23h. Mas na noite de anteontem a apresentação começou depois da 1h30 e a boate terminou depois das 5h.
O secretário municipal de Turismo, Salim Burihan, disse que o evento foi levado para a Massaguaçu, para descentralizar as atrações, e que Caraguá é uma cidade turística que depende de atrativos nesta época do ano. (Fonte: ValeParaibano)

Projeto Navegar em Ilhabela

Ilhabela - Uma batalha da Prefeitura Municipal, através da Secretaria do Turismo,que se iniciou em junho de 2001 com a elaboração do Projeto Navegar, teve hoje seus esforços recompensados com a aprovação, por parte do ministro Carlos Melles, Ministro Estadual do Esporte e Turismo, de verba para a construção de um Clube Municipal de Iatismo de Ilhabela. O projeto realizado através de uma parceria entre a Prefeitura Municipal e o Governo do Estado, receberá uma verba de R$ 176.269,00 destinada a compra de equipamento e pagamento dos monitores. À prefeitura de Ilhabela caberá a construção de salas de aula, refeitório, almoxarifado, escritório e sede social, no mesmo local onde hoje se encontra a atual escola de iatismo.
A transformação da Escola de Iatismo em Clube Municipal de Iatismo é muito importante para o aluno que após se formar, poderá continuar na prática do esporte. (Fonte: PMI)

População de Ilhabela dobrou nos últimos dez anos

Ilhabela - A dificuldade de acesso, totalmente dependente da balsa ou outro transporte marítimo, não impediu que Ilhabela, no litoral norte de São Paulo, dobrasse sua população nos últimos dez anos, mantendo taxa de crescimento de 10% ao ano. Esse aumento, no entanto, está causando danos ao meio ambiente, uma vez que menos de 2% da população conta com coleta de esgoto.
As obras de construção das redes de distribuição de água estão espalhadas por Ilhabela. O problema é que elas não evitarão um problema crônico neste verão. Nas palavras de um diretor da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, o arquipélago está virando uma "uva passa", tamanha a escassez de água.
De 1998 a 2000, o índice pluviométrico médio foi de 1.456 milímetros. Neste ano, é de 920 milímetros. A população de 21 mil habitantes capta a água dos diversos córregos e fontes espalhados nas encostas, muitos sem nenhum controle sanitário.
A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) alimenta seu reservatório com água da Cachoeira da Água Branca, no Parque Estadual de Ilhabela, que fica praticamente seca em alguns dias.
Duas estações de tratamento estão sendo construídas em Ilhabela, com capacidade de fornecer 100 mil litros de água por segundo. Segundo a Sabesp, nas próximas semanas devem entrar em funcionamento os sistemas de abastecimento dos bairros de Morro da Cruz e Cantagalo. (Fonte: Estadão)

Poluição já começa a ser notada

Ilhabela - Problemas de falta de balneabilidade já começam a aparecer em praias como Perequê e Itaguaçu. A última chegou a ficar 40% do tempo imprópria em 2000. "Enquanto São Sebastião e Caraguatatuba vão ter, em dois anos, quase todo o esgoto tratado, aqui o pouco que é coletado é lançado praticamente in natura no mar", diz o diretor da Divisão de Promoção Ambiental da cidade, Edward Boehringer. "Além disso, nosso solo é rochoso, o que torna cara a expansão da coleta."
Enquanto o município e o governo não encontram solução para a questão, é difícil ver um curso d´água na região central que não esteja contaminado por esgoto doméstico. Boehringer salienta, porém, que isso não significa que toda a ilha esteja com problemas.
"Enquanto a Cetesb monitora muitas praias em outros municípios, em Ilhabela são só 9, em mais de 40, e todas no Canal de São Sebastião. Por isso, parece que temos muitas praias impróprias", justifica. "Temos projeto para pôr pequenas estações de tratamento nas comunidades, com verba do Fundo Estadual de Recursos Hídricos (Fehidro), mas não dá para resolver tudo ao mesmo tempo." (Fonte: Estadão)

Fundacc promove Coreto em Sol e apresenta músicos da região

Caraguatatuba - O Coreto em Sol é um projeto musical realizado pela Fundacc nas temporadas de verão, que acontece no Coreto da Praça Cândido Motta, no centro da cidade, com o objetivo de proporcionar ao público local e turistas, música de boa qualidade em local agradável nos finais de semana.
O projeto acontece de 4 de janeiro a 12 de fevereiro de 2002, encerrando com o “Carnaval de Antigamente”.O Coreto em Sol estará sendo realizado em quatro coretos da cidade - praça Cândido Motta, no Centro, Coreto do Massaguaçú, Do Porto Novo, e do Perequê-Mirim, sempre às 21 horas.
Procurando diversificar os estilos, a Fundacc traz esse ano muito chorinho, MPB, forró e xote, musica regional e reggae, contando com a participação de músicos da cidade e da região, sendo assim, o Coreto em Sol, uma vitrine do que vem sendo produzido em música atualmente na região.
Confira a programação - dia 4, sexta-feira, no coreto do centro, abrindo a programação, a Banda ARSIS, de Caraguá, com muito MPB, seguida da apresentação de Joca Freire, de São José dos Campos, com chorinho e também MPB.
Já no dia 5, sábado, quem apresenta-se no centro é o Chorinho do Vale, num grande show para todos. No Coreto do Massaguaçú, também no dia 5, apresentam-se novamente a ARSIS, que agora dividirá o palco com a banda Cheiro de Mato, também de Caraguá, com muito xote, xaxado, forró e MPB, fazendo todo mundo dançar.Ainda no dia 5, a Banda Municipal Carlos Gomes apresenta-se no Coreto do Perequê -Mirim, e o coreto do Porto Novo recebe a dupla sertaneja João Marcos e Juliano e Samanta.
No dia 6, domingo, é dia da Banda Municipal Carlos Gomes no coreto do Centro, transformando a praça num grande salão de baile.
Durante todo o projeto, inúmeros shows estão programados como o Sexteto Nota Jazz, do programa do Jô Soares, Conjunto Paulistano de Chorinho, Banda Millenium, Caindo no Choro e ainda apresentações do Grupo de Ballet Guadalquivir, de São Sebastião e o Grupo Experimental de Baile de Caraguatatuba. (Fonte: Fundacc)

Psicólogo realiza massagem na Praia da Mocóca em Caraguá
Praias de Caraguatatuba terão massagens anti-stress como por exemplo a técnica “Reichiana” desenvolvida por psicólogo paulistano

Caraguatatuba - Caragujá terá algo inovador para quem vier visitar as praias da Mocóca, Martin de Sá e Centro. A prefeitura de Caraguá, através da Secretaria de Turismo e Fomento, está promovendo “massagens anti-stress” para moradores e veranistas que estiveram visitando as praias do município.
O psicólogo Aledyson Danilo Marques, de 25 anos, é formado pela UNESP (Universidade do Estado de São Paulo) e através de uma matéria que viu pela TV ano passado relatando sobre este tipo de massagem em Caraguá, resolveu conhecer novos horizontes. “Por conta própria e com apoio da prefeitura, decidi trabalhar nesta área que gosto muito de atuar”. Marques realizará as massagens das 8h até 18h na Mocóca a partir deste sábado. “Inicialmente irei permanecer na tenda instalada na praia e depois do dia 11 de janeiro ficarei somente das sextas aos domingos”, diz.
O tratamento que o profissional faz é baseado em estudos do psicólogo Reichi, que através de anos de estudos constatou que o corpo absorve muita tensão durante o dia-a-dia. “O objetivo principal é aliviar a tensão adquirida que a pessoa acaba absorvendo com o passar do tempo. A técnica de Reich dissolve as “couraças” do corpo, fazendo com que a energia volte a circular normalmente”, explica Aledyson. Ele também conta que a massagem é feita através de toques e dura cerca de 30 minutos.
É a primeira vez do psicólogo em Caraguá, que morava em São Paulo e está há seis meses em São José dos Campos, onde reside atualmente. Ele irá permanecer em Caraguatatuba até fevereiro. O telefone para contato é o (0**12) 9134-4362. (Fonte: PMC)


Náutica Free Wallpaper

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão:
Clique Aqui.

 

Receba as Últimas Notícias do Litoral via e-mail!
e-mail:
Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Leia também as colunas:
Para Refletir
Para Refletir
Margareth Bravo

Opinião

Ronaldo Dias

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:
Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br


©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor