Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Quarta-feira, 06 de fevereiro de 2002 - Nº 470 Edições Anteriores
BIL - Bolsa de Imóveis do Litoral Modulo

Busca por palavras no Litoral Virtual:

Principais Manchetes:

Litoral Norte ganha dois museus este ano
Mar agitado transforma costão rochoso em atração turística
Litoral Norte de SP intensifica combate à dengue no Carnaval
Seminário de balneabilidade discute sobre situação das praias
Guardadores de Carro de Caraguá é referência nacional
Bloco "Segura o Meu Louro" agita Caraguá
Caraguá vence o prêmio "Mérito Municipal" em Brasília
Oficina de Bonecas
Oficina de Sabonete para deficientes físicos visa geração de renda
Saúde faz 2º arrastão contra dengue
São Sebastião é toda Carnaval
Carnamar: São Sebastião se prepara para a maior festa no mar
Infra-estrutura garante carnaval de São Sebastião
GRES Mocidade Independente da Topolândia une "o pão e o circo"
Vacinação contra rubéola é prorrogada em Ubatuba
Prefeitura faz o maior repasse da história de Ubatuba para a Santa Casa
Obras de ampliação da Santa Casa
Lâmpadas são religadas em Ubatuba
Plantão para temporada vai até 20/02
Pastor Anderson discute trio de projetos polêmicos
Vereador quer saber quanto a Prefeitura gastou em Publicidade
Pastor quer informações sobre o Tiro de Guerra
Copa Fonseca termina neste Sábado
Jogadores do Banespa dão aula na praia
Carta do Leitor



Litoral Norte ganha dois museus este ano

Litoral Norte - A região vai ganhar dois museus até o final do ano. O antigo prédio da Cadeia Pública de Ilhabela será transformado em museu com salas para exposição de artes. A revitalização do prédio faz parte das obras de recuperação da história da cidade.
Em Caraguá, o Macc (Museu de Arte e Cultura de Caraguatatuba) está em fase de acabamento. Segundo a presidente da Fundaac (Fundação de Arte e Cultura de Caraguá), Eloiza Antunes de Oliveira, a idéia é oferecer para a cidade um espaço cultural.
O museu de Caraguá ainda deve oferecer aos visitantes objetos do século 19, entre redes e panelas, remontando o cenário típico de aldeias de pescadores. Também estará montada uma sala que contará a história da cidade, sob a responsabilidade da historiadora Luzia de Toledo Prado. Está prevista ainda a construção de um aquário para abrigar espécies ornamentais marinhas.
Em Ilhabela, um primeiro passo para a transformação do prédio em museu foi no final do ano passado, quando o edifício foi tombado pelo Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arqueológico e Turístico do Estado de São Paulo).
Segundo a diretora de cultura de Ilhabela, Gilda Pinna, a edificação ficou abandonada vários anos, o que acelerou o processo de deterioração. "Com a recuperação, Ilhabela ganhará um espaço permanente para a realização de eventos culturais e de lazer."
Os técnicos do setor já elaboraram um projeto visando a aplicação de recursos municipais na obra de recuperação. A previsão é que as obras iniciem no primeiro semestre deste ano. (Fonte: ValeParaibano)

Mar agitado transforma costão rochoso em atração turística

Litoral Norte - A frente fria que passou pelo Litoral Norte no fim-de-semana deixou o mar agitado e obrigou os turistas a adotarem uma nova forma de lazer. Enquanto esperam a maré baixar, eles aproveitam para apreciar a formação das ondas, que já chegaram a atingir até 2 metros de altura.
Para quem não se arrisca em mar revolto, as pontas rochosas das praias oferecem uma boa opção para relaxar.
O advogado Adamastor dos Santos, de São Carlos (SP), afirma que ficar olhando a formação das ondas é uma terapia. "Não faz mal que não dê para se banhar. O espetáculo que estou vendo no mar nos últimos dias já está valendo o passeio", afirma.
A praia do Massaguaçu, em Caraguá, virou ponto de encontro dos amigos Renato Moraes e Andréa Ulisses de Sousa, de São Paulo, nos finais de tarde. "É o terceiro dia consecutivo que a gente vem pra cá no fim da tarde para tomar uma brisa e ver as ondas estourando", disse Andréa. A estudante afirma que não entra na água desde sábado, quando o mar começou a ficar "bravo".
A praia da Sununga, em Ubatuba, também virou atração durante os dias mais agitados do mar. "A gente fica olhando o tamanho das ondas e percebe que deve respeitar muito o mar", disse o publicitário Ananias Cruz de Paula, de Bauru.
Segundo informações do Cptec/Inpe, de Cachoeira Paulista, a agitação do mar foi ocasionada por um ciclone extra-tropical vindo do sul do país. A previsão para os próximos três dias é de ondas de até 2 metros de altura, como vem acontecendo desde o fim-de-semana.
Apesar de espantar banhistas, tem gente que está comemorando a vinda das "altas ondas" no Litoral Norte --os surfistas. Na Praia Grande, de Ubatuba, o surfista Luiz Carlos dos Santos, 36 anos, afirma que a frente fria colaborou para a prática do esporte desde o fim-de-semana. (Fonte: ValeParaibano)

Litoral Norte de SP intensifica combate à dengue no Carnaval 

Litoral Norte - As quatro cidades do litoral norte vão intensificar as campanhas de orientação no combate à dengue durante o feriado de Carnaval devido ao alto índice de casos registrados na cidade de São Sebastião no ano passado.
A reinfecção pode causar a dengue hemorrágica, manifestação mais grave da doença.
Segundo a secretária da Saúde de Caraguatatuba, Myrlene Nogueira Veneziani da Silva, o município foi classificado pela Sucen (Superintendência de Controle de Endemias) como uma cidade pré-epidêmica.
"Em Caraguá, estamos em estado de alerta. Foram contratados mais 15 agentes de saúde para reforçar o trabalho de orientação junto à população da cidade. O objetivo é identificar e eliminar os focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da doença", afirmou Myrlene.
A secretária disse ainda ser necessário que a população colabore com o combate à dengue, pois é iminente a ocorrência da doença na cidade.
O coordenador do programa de prevenção à dengue da Prefeitura de Ubatuba, Neilton Nogueira de Lima, disse que existem quatro casos suspeitos da doença na cidade. 
Segundo ele, o perigo maior é o surgimento de novas ocorrências, vindos de turistas que estão em Caraguá, onde a incidência de casos suspeitos é grande.
"Nós estamos mais preocupados com Caraguá do que com São Sebastião, devido à proximidade com a cidade", afirmou.
Em Ilhabela, foram registrados dois casos suspeitos neste ano e, por isso, a prefeitura vai intensificar a fiscalização até o final do Carnaval.
Segundo a diretora da divisão de Saúde da Prefeitura de Ilhabela, Fabiana Cristina Gonçalves, depois da epidemia que atingiu São Sebastião no ano passado, a cidade passou a registrar casos suspeitos da doença.
"Nós não tínhamos a presença do mosquito transmissor na cidade até ocorrer a epidemia em São Sebastião. Estamos contratando mais seis agentes de saúde para intensificar as blitze na cidade", afirmou a secretária.
Histórico - No ano passado, São Sebastião registrou 440 casos suspeitos de dengue clássica. Segundo a Secretaria da Saúde, a região central é a mais atingida.
São Sebastião é o município do litoral que mais preocupa a equipe da Sucen, pois, em casos de reincidência, pode ocorrer a dengue hemorrágica.
Para evitar novos casos e a reincidência da manifestação da doença, as prefeituras estão aumentando a orientação nos bairros que fazem fronteira com outras cidades do litoral.
De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, nos últimos anos, o país só havia detectado casos de dengue dos tipos 1 e 2 (os menos graves), mas o vírus tipo 3, que causa a dengue hemorrágica, já está sendo encontrado nos Estados do Rio de Janeiro e do Acre, causando nova epidemia da doença em algumas regiões dessas localidades. (Fonte: Folha Cotidiano)

Seminário de balneabilidade discute sobre situação das praias

Litoral Norte - A secretaria de Obras e Meio Ambiente da prefeitura de São Sebastião, realizou hoje, dia 05, no Teatro Municipal, seminário sobre a balneabilidade das praias do Litoral Norte paulista.
O prefeito Paulo Julião, abriu o seminário ressaltando a importância de manter as praias limpas em nossa região. Ele explicou que os bairros de São Sebastião receberão, investimentos de R$ 20 milhões em saneamento básico, na costa sul do município, sendo que a prefeitura irá arcar com R$ 10 milhões, através do PCM (Programa Comunitário Munipal), outros R$ 20 milhões foram investido na região norte da cidade, sendo que 80% das obras já estão executadas. Isso significa que no próximo ano, o município estará com 100% de sua rede de esgosto implantada. No entanto, para que esse investimento não seja em vão, a Câmara de Vereadores aprovou projeto de autoria do executivo, determinando que, após 60 dias da implatantação de rede de esgoto, o morador deva solicitar sua ligação. Caso contrário a Sabesp estará autorizada a cobrar do morador a taxa de esgoto, estimulando dessa forma a ligação domiciliar.
“Isso faz com que o esgoto coletado seja tratado não poluindo os lençóis freáticos. Essa é uma das principais formas de se preservar o meio ambiente”, declarou o prefeito.
O objetivo do seminário é ampliar as discussões entre os quatro municípios que compõem o Litoral Norte, (Ubatuba, Caraguatatuba, São Sebastião e Ilhabela), junto ao governo Estadual, visando a troca de experiência e conhecimento dos novos parâmetros adotados para controle da balneabilidade, de acordo com a resolução 274 do Conama (Conselho Nacional de Meio Ambiente).
De acordo com a gerente do setor de águas Litorâneas da Cetesb, Claudia Lamparelli, o novo sistema adotado pelo Conama, começou a ser aplicado no mês passado, e estabelece nova metodologia de coleta de análise da água das praias. “ A qualidade da água no Litoral Norte é fundamental para o desenvolvimento do turismo”, completou Lamparelli. 
O novo sistema da Cetesb substitui a avaliação por Coliformes Fecais pela bactéria E.Coli. Segundo a gerente, esse método vai tornar mais precisa a avaliação das praias impróprias para banhos, já que detecta com maior precisão a presença de dejetos dos animais de sangue quente. 
Para o secretario municipal de Obras e Meio Ambiente, Wander Augusto, a balneabilidade das praias do município, como também a preservação do meio ambiente, neste caso, os lençóis freáticos é prioridade:
“ A participação da comunidade é outro fator fundamental, já que após obter conhecimentos sobre balneabilidade todos podem ajudar em seu controle. Esse seminário visa que autoridades e população possam discutir o assunto conjuntamente, que é totalmente afeto à nossa região”, declarou o secretário. (Fonte: PMSS)

Guardadores de Carro de Caraguá é referência nacional
A associação hoje é procurada por empresários da cidade que contratam os guardadores para trabalhar durante festas e eventos

Caraguatatuba - A Associação de Guardadores de Carro de Caraguá tem sido referência para diversas cidades da região e até do Estado como Embú das Artes, que se Inspirou no projeto e com apoio de Caraguá, implantou a Associação de Guardadores de Carro no município. Recentemente a primeira dama de Itanhaém procurou a Secretaria Municipal de Assistência Social, também interessada no projeto. 
A associação hoje também vem sendo procurada por empresários da cidade que contratam os guardadores para trabalhar durante festas e eventos. A própria Igreja Católica contratou os guardadores para trabalhar durante a Festa do Divino nos últimos dois anos e teve ótimos resultados já que o número de roubo de carros baixou muito.
Os guardadores podem ser contratados para trabalhar em eventos pelo custo de R$ 10,00.
Segundo a psicóloga Cristina Daniel, coordenadora do projeto, a associação é um projeto Social que deu certo e por isso há tanto interesse de outras cidades. Representantes dos municípios de Praia Grande, São Sebastião, São José dos Campos e até Brasília já demonstraram interesse em implantar a Associação e querem o apoio de Caraguá.
A associação trabalhou durante a temporada de verão com 180 guardadores, que foram selecionados de acordo com os mesmos requisitos: morar em Caraguá há 3 anos, ter DVC, ser um chefe de família ou aposentado ou portador de deficiência física. O número cai para 60 guardadores trabalhando na baixa temporada. 
O projeto já foi notícia do programa Hora do Brasil, em Brasília quando a coordenadora foi convidada pora falar sobre projetos sociais que deram certo. "Somos referência nacional com este projeto que é pioneiro no Brasil por que houve uma vontade política muito grande do prefeito Antonio Carlos da Silva. A realização do projeto em Caraguá também contou com o apoio do Sebrae, trabalho que levou um ano para entrar em ação. 
O projeto é da Secretaria de Assistência Social e Fundo Social que à partir de uma determinação do prefeito em 1999 e com o apoio do Sebrae, conseguiu criar a Associação e, em maio de 2001, colocar o projeto em prática. Hoje o morador ou turista pode deixar seu carro com segurança sob os olhos dos guardadores associados. Eles usam como uniforme um colete laranja e preto, boné branco e crachá da Associação. (Fonte: PMC)

Bloco "Segura o Meu Louro" agita Caraguá
Bloco faz 26 anos e sobrevive com muita alegria e cada vez mais adeptos

Caraguatatuba - O bloco carnavalesco "Segura Meu Louro", de Caraguatatuba, promete agitar as noites de carnaval a partir do próximo sábado. Quem confirma isto é um dos organizadores da manifestação, Luis Antonio Bastos Ribeiro, 44 anos, conhecido popularmente como "Lula".
O bloco, segundo ele, existe desde 1976 e sempre reuniu multidões ao longo dos anos. "Somos populares em Caraguá e entra na folia quem quiser, pois não exigimos requisitos para participar conosco", diz.
Lula sempre morou no Rio de Janeiro e todo carnaval vem à Caraguá. Para ele "o Litoral de São Paulo é mais tranqüilo".
O Segura Meu Louro sairá da Avenida da Praia (Avenida Dr. Arthur Filho), no centro da cidade. A concentração das pessoas costuma ser na altura do número 255, próxima à firma de segurança Intercede. Lula finaliza dizendo que ano passado o bloco reuniu mais de 200 pessoas. "A grande concentração popular vai aumentando à medida que as pessoas vêem a gente chegar com toda a animação. Não há como o folião negar de entrar no meio da farra e divertir-se com a gente". (Fonte: PMC)

Caraguá vence o prêmio "Mérito Municipal" em Brasília
Caraguatatuba conquistou o 1º lugar entre as prefeituras de todo Brasil no prêmio "Mérito Municipal", com o projeto pedagógico apresentado em Brasília, e aplicado durante 2001 na creche Rio do Ouro - uma parceria da Prefeitura com a Fundação Orsa 

Caraguatatuba - Caraguá venceu o prêmio "Mérito Municipal", concorrendo com prefeituras de todo o Brasil na área da Educação. O trabalho apresentado em Brasília durante o Congresso Brasileiro de Qualidade na Educação concorreu com outras cidades do país da categoria Educação Infantil, de zero a 6 anos. O projeto "Colorindo nosso tempo", aplicado no CEI Rio do Ouro, teve como autoras a coordenadora pedagógica da Fundação Orsa, Renata Sanches Salva, e coordenadora técnica Maria Wânia Martins de Carvalho, juntamente com a diretora da creche "Profª Honorina Pacheco Corrêa", Mathilde Malva, e a coordenadora pedagógica da creche, Mara Regina Miranda Ribeiro, com supervisão da coordenadora da área de Educação da Fundação Orsa, Vera Lúcia Anselmi Melis Paulillo. 
O prêmio "Mérito Municipal" tem como objetivo reconhecer as administrações municipais e seus governantes no que diz respeito a projetos de cunho social que possam ser copiados por outros municípios. É uma oportunidade de demonstrar tudo que a administração está realizando na área educacional, além de ser um canal nacional de divulgação do município. Para os prefeitos o "Prêmio Mérito" representa reconhecimento público e consagração nacional da administração.
De acordo com a coordenadora Renata Sanches Salva, da Fundação Orsa, a premiação teve dois méritos: originalidade e tratamento diferenciado às crianças, mostrando que a creche não é um depósito de crianças. "O projeto Colorindo nosso tempo", mostrou, dentro da rotina do Centro de Educação Infantil do Rio do Ouro, um trabalho pedagógico com as crianças, com objetivo de deixá-las descobrir tempo, espaço, cores e toda linguagem expressiva em diversas áreas, entre elas música, teatro, pintura, entre outros", explicou Renata. Para a coordenadora técnica Maria Wânia, uma das elaboradoras do projeto, "o trabalho não foi individual, não teve apenas um, mas vários autores. Trabalhamos coletivamente, juntamente com as famílias, a comunidade, o CEI, e os profissionais da Fundação Orsa e Secretaria de Educação", explicou.
Para a coordenadora da área de Educação da Fundação Orsa, Vera Melis, essa premiação teve dois impactos fortes, primeiro o trabalho da Prefeitura, através da Secretaria de Educação, no sentido de investir e acreditar na educação para a primeira infância. "Isso valida e reconhece não só a dimensão política mas a educacional. Outro ponto importante é a parceria entre Prefeitura e ONG, no caso a Fundação Orsa, para colocar em prática a metodologia para a primeira infância e demonstrar para a comunidade que é possível transformar espaços sem recursos exorbitantes", explicou Vera. Para ela, essa parceria é exemplo para que outras prefeituras encontrem parceiros locais para melhorar a qualidade de vida das crianças, da família e comunidade. "Nós da Fundação Orsa estamos super felizes, por ver que a parceria está dando certo, e prova disso é esse Centro de Educação Infantil do Rio do Ouro, que tem apenas 9 meses de existência. Ficamos igualmente felizes em poder mostrar nosso projeto de gestão pedagógica tendo o prefeito de Caraguá como grande vencedor", finalizou Vera.
Segundo Antonio Carlos, "é um orgulho para Caraguá vencer esse prêmio. Isso mostra que investir em educação é investir no futuro e estamos sendo reconhecidos. Isso demonstra também que essa parceria com a Fundação Orsa é o caminho certo. Ainda em 2002 estaremos inaugurando mais quatro creches, acabando com o déficit de zero a 3 anos e novamente teremos a Orsa como grande parceira", declarou o prefeito de Caraguatatuba. Para a Secretária de Educação, Roseli Morilla, "Caraguatatuba tem investido muito na área d a Educação. Na área de Educação Infantil faz parte da proposta da SME e desse modo, o prêmio Mérito Municipal 2002 veio reconhecer e fortalecer os nossos propósitos", finalizou a secretária de Educação de Caraguá.
As prefeituras vencedoras irão receber o prêmio numa solenidade pública no dia 22 de fevereiro, em são Paulo, no hotel Crowne Plaza. Em maio, a revista Guia dos Fornecedores Municipais estará publicando os projetos e prefeitos vencedores, inclusive Caraguatatuba. (Fonte: PMC)

Oficina de Bonecas

Caraguatatuba - A oficina de bonecas em Caraguá vai de "vento em popa". O projeto é da Assistência Social e Fundo Social de Solidariedade de Caraguá e visa a geração de renda à comunidade que participa. A secretaria contratatou instrutores de São Paulo para aplicar novas técnicas para as alunas em estágio mais avançado, do bairro Pegorelli, onde o projeto é realizado atualmente no município.
As aulas serão aplicadas esta semana na escola Masako Soni, no bairro Pegorelli. As oficinas acontecem às segundas e terças das 8 às 11 horas e às quintas e sextas ds 14 às 16 horas.
O projeto pretende formar uma cooperativa para vender e gerar renda à comunidade. As bonecas já foram vendidas para Americana, Jambeiro e para comerciantes do próprio município. A intenção do Fundo Social é criar um selo para colocar as bonecas em consignação nas lojas de Caraguá. Segundo a psicóloga Cristina Daniel, o Fundo Social também está pleiteando um ponto em um dos shoppings centers da cidade para vender os produtos das oficinas de Geração de Renda de Caraguá, como cangas de seda pintadas à mão e bonecas. Todo o material fabricado pelas alunas será vendido também através da cooperativa e com o valor arrecadado será comprado material para a produção. Em seguida, Cristina explica que o lucro será revertido em renda para às participantes do projeto. (Fonte: PMC)

Oficina de Sabonete para deficientes físicos visa geração de renda

Caraguatatuba - Caraguá tem mais um projeto que visa a geração de renda: a Oficina de Sabonete. O projeto, da Secretaria de Assistência Social, tem verba do Governo de Estado e visa atender pessoas portadoras de alguma deficiência física e familiares. A Oficina de Sabonete está sendo realizada no Centro de Reabilitação dos Portadores de Deficiências Físicas no Jardim Primavera. As aulas são dirigidas para os portadores em tratamento e seus familiares ou responsáveis. O objetivo do projeto é oferecer aos deficientes e seus familiares uma atividade que poderá vir a gerar renda, já que as pessoas que cuidam do deficiente físico ou mesmo o próprio deficiente nem sempre pode ter um emprego fora de casa. O projeto tem perceria com o Sebrae que fará palestras para os participantes explicando como funciona uma cooperativa, para que todos entendam o objetivo do projeto. Segundo explicou a coordenadora Cristina Daniel, primeiramente as pessoas aprendem e depois poderão passar a produzir os sabonetes em série, para a que através da cooperativa o trabalho possa gerar renda aos participantes. "Criamos a Oficina de Sabonete pensando nas mães e nos familiares que ficam esperando o portador fazer fisioterapia. A intenção é também oferecer uma atividade em que a mãe possa apoiar o filho deficiente em casa, por que sabemos que em alguns casos o deficiente não consegue faezr todas as etapas do trabalho sozinho. (Fonte: PMC)

Saúde faz 2º arrastão contra dengue
Indaiá e bairros vizinhos têm mais focos do mosquito transmissor da Dengue 

Caraguatatuba - A Secretaria de Saúde de Caraguá iniciou pela segunda vez este ano um arrastão contra a dengue na região que abrange os bairros Indaiá, Caputera e Sumaré no dia 31 de janeiro. A equipe da Vigilância Sanitária já visitou até agora 349 imóveis e encontrou entre estes um total de 114 imóveis fechados. Entre as casas visitadas, 33 delas estavam com focos positivos do mosquito aedes aegypti e 5 não permitiram a entrada dos vigilantes.
Segundo o biólogo Ricardo Fernandes de Souza, as dificuldades em efetuar 100% da Campanha continuam por encontrarem grande número de casas fechadas, locais onde podem haver focos do mosquito que por não serem eliminados acabam se espalhando pela vizinhança. Devido a dificuldade, a secretaria pede aos moradores que passam o dia inteiro fora e mantém suas casas fechadas procurem a saúde, através do telefone 422-2291, para agendar horário especial para receber a equipe do arrastão. O trabalho está sendo feito com o apoio da SSM-Secretaria de Serviços Municipais que ajuda a tirar lixo, entulhos, etc, além de uma equipe da SUCEM que está fazendo aplicação de inseticida em residências e comércios desta região. 
Segundo o biólogo, a preocupação da Secretaria agora é com o Carnaval, feriado nacional que trará muita gente para o município. “Nós já temos o mosquito na cidade, porém não estão infectados com o vírus da dengue, o que pode acontecer com a vinda de muitas pessoas, e entre elas houver alguém contaminado pela dengue e for picado pelos mosquitos aqui. Isso poderá ser o início de uma epidemia”, explicou o biólogo. 
Mas o que mais preocupa, segundo Ricardo, é o fato de os moradores ainda não criaram o hábito de eliminar possíveis criadouros de suas resid6encias“Nossa equipe está passando pela terceira vez nestes bairros e continuamos encontrando criadouros - recipientes de todo tipo com água, nos quintais dos moradores”, comenta ele. (Fonte: PMC)

São Sebastião é toda Carnaval 

São Sebastião - A cidade se prepara para o carnaval 2002, quando cerca de 500 mil turistas deverão estar na cidade. Além de toda a infra- estrutura habitual na região central, este ano a folia tomará conta de vários bairros do município. 
Entre os dias 8 e 12, das 23h às 4h, haverá baile de carnaval com a Banda Lua e Maestro Pallito Miranda, na Rua da Praia, região central, e com a Banda Água de Cheiro, na praia de Boiçucanga.
Durante os quatro dias de folia, também haverá programação alternativa para quem desejar fugir da agitação do Trio Elétrico. Para matar a saudade das antigas marchinhas de carnavais passados, a cidade preparou o carnaval na praça do coreto, ao lado da Igreja Matriz, a partir das 21 horas.
Outro programa para quem não pretende cair no samba e prefere música eletrônica, é participar da festa alternativa do day club Bavaria Vibe, na praia de Maresias, Costa Sul do município. No dia 11, a partir das 23 horas, o melhor DJ do mundo,Carl Cox, faz a festa para a galera.. 
Já na sexta-feira, dia 8, às 23 horas, o Trio Elétrico Tutti-Frutti e Banda Gruporão estarão na praia da Enseada, Costa Norte, dando início aos festejos carnavalescos.
No sábado, dia 9, às 21 horas, o Bloco dos Sujos – homens e mulheres travestidos -, com o enredo "Hoje, Hoje só", invade a passarela do samba, na Rua da Praia. A noite continua com bailes de carnaval nas praias de São Francisco e Maresias.
No domingo, dia 10, a partir das 10 horas, é a vez do "Carnaval no Mar", na praia do Arrastão. A folia prossegue com a matinê, das 15h às 18h, na Rua da Praia, onde as crianças vão comandar a festa.
Por volta das 21 horas terá início o desfile das escolas de samba, na Rua da Praia. A primeira escola a desfilar será o GRES (Grêmio Recreativo Escola de Samba) Ki-Fogo, com o enrendo "As Quatro Estações", seguido pelo GRES Mocidade Independente Topolândia, com o enredo "São Sebastião Bonita por Natureza".
O GRES Acadêmicos São Francisco invade a avenida do samba, às 23 horas, com o enredo "Deste Clima que eu gosto", seguido pelo GRES Sol de Verão, escola campeã no ano passado, que este ano desfila cantando o samba-enredo "Viagem das Cores".
Nessa noite, haverá baile de carnaval em Boracéia, na Costa Sul, com o Trio Elétrico Guerreiro de Jós e a Banda Millenium. Na segunda-feira, dia 11, às 15 horas, na passarela do samba, ocorrerá a apuração do desfile das escolas.
Por volta das 21 horas, ocorrerá o desfile dos blocos carnavalescos. O primeiro a invadir a avenida será o Bloco Águia de Ouro, com o enredo "A Paz". Em seguida, o Bloco 3ª Idade "Polvo", com o tema "O Pescador" e o Bloco Vila Amélia, com o enredo "Das terras de Alá , pra lá". 
Haverá baile de carnaval nos bairros da Topolândia, região central, e na praia de Juquehy, Costa Sul, além de matinê – das 15h às 18h – na Rua da Praia. 
Na terça-feira, dia 12, às 21 horas, ocorrerá a apoteose do samba e a entrega da premiação para escola campeã do carnaval 2002. A noite prossegue com folia na Rua da Praia e em Boiçucanga. (Fonte: PMSS)

Carnamar: São Sebastião se prepara para a maior festa no mar

São Sebastião - O Carnamar é mais uma vez a principal atração do Litoral Norte para o Carnaval. O tradicional desfile de barcos que sai da praia do Arrastão, região central do município e vai até a Ilhabela, atravessando todo o canal, espera para esse ano a participação de aproximadamente 200 embarcações e 30 jet skys.
O evento, que já virou mania em São Sebastião, leva a folia literalmente para as águas do canal, longe de congestionamentos de trânsito e do intenso calor. Mas, para quem fica em terra, a festa também acontece. A prefeitura estará colocando um Trio Elétrico para animar o público na praia, além da distribuição de brindes e sorteio de vários prêmios.
A festa começa às 10 horas, no domingo de carnaval, dia 10, na praia do Arrastão, com a concentração dos barcos, animada pelo Trio Elétrico. Para quem quiser participar haverá escunas e embarcações saindo da praia, com preço de R$ 15 a R$ 20 por pessoa. Outra opção é o aluguel de embarcações, indicada para grupos fechados.Pode ser uma lancha com capacidade para seis a dez pessoas e que oferece muita agilidade, com custo que varia entre R$ 700 a mil reais.
O final do desfile está previsto para as 17 horas, quando acontece a premiação. A embarcação mais animada receberá como prêmio, além de troféu, um pacote de viagem individual para Natal/RN. Para a embarcação com melhor decoração e mais criativa, troféu e uma viagem individual para Maceió/AL, e troféus para o Jet Skys mais animado e melhor decorado. A Marina que inscrever maior número de barcos também receberá prêmios. Serão sorteados, entre as embarcações participantes, três pacotes individuais de viagem para Porto Seguro/BA. (Fonte: PMSS)

Infra-estrutura garante carnaval de São Sebastião

São Sebastião - A Prefeitura Municipal de São Sebastião irá reforçar a operação deste carnaval com o apoio de mais de 200 funcionários públicos. Destes, 140 irão trabalhar na estrutura do evento para garantir a organização durante os desfiles das escolas de samba e blocos carnavalescos. Além disso, estarão mobilizados 42 agentes de tráfego, 18 agentes da Defesa Civil e 50 guardas patrimoniais.
A idéia, segundo o Assessor de Defesa Civil e Proteção ao Cidadão, Coronel Rui Nogueira de Lima, é montar uma escala com os funcionários para auxiliar o trabalho dos policiais militares, que estarão fazendo a operação de controle e segurança durante as cinco noites de folia.
"Desta forma nós estamos contando com a participação dos próprios funcionários evitando a terceirização deste apoio, necessário para manter a organização neste período de carnaval", explicou o Coronel.
Oitenta homens da Polícia Militar estarão atuando durante o evento, que deverá atrair cerca de 500 mil pessoas a São Sebastião durante os cinco dias de folia.
O Corpo de Bombeiros conta também com duas viaturas de resgate e, até o carnaval, com o helicóptero Águia da Polícia Militar, que faz o trabalho de prevenção e salvamento aos banhistas.
A Defesa Civil também contará com uma embarcação para o Carnamar (evento que reúne embarcações e banhistas em um desfile e baile na praia do Arrastão e no Canal de São Sebastião), e com um helicóptero, que será alugado pela Prefeitura para atuar na prevenção e auxílio às emergências desta época.
Na área da saúde, São Sebastião conta com um Pronto Socorro, localizado na região central – que terá plantões de quatro médicos durante o dia e três a noite. Na Costa Sul do município há uma Unidade de Pronto Atendimento, em Boiçucanga. Durante o carnaval, três médicos farão os plantões. 
A Saúde também está disponibilizando duas unidades de atendimento emergencial com médico e enfermeira, sendo uma em Maresias, na Costa Sul e outra na Rua da Praia, região central.
A Secretaria da Saúde terá suporte da equipe da Avdec – Associação dos Voluntários da Defesa Civil e de 35 pessoas que farão a campanha de prevenção da AIDS, distribuindo cerca de 30 mil preservativos e alertando a população para medidas de combate à proliferação do mosquito da dengue.
O município terá duas ambulâncias UTI móveis - uma para cada unidade de pronto atendimento - e cinco ambulâncias de resgate, que ficarão localizadas nos bairros de Juquehy, Boiçucanga, Maresias, Centro e Enseada.
Durante a semana de carnaval o hospital de clínicas reduzirá as internações somente às emergências, evitando, desta forma, uma possível falta de leitos.
A coleta de lixo será intensificada de sexta a terça-feira. O objetivo é atender todos os cem quilômetros de costa diariamente, principalmente nos bairros da Costa Sul e da Região Central, onde o fluxo é consideravelmente maior durante esta época do ano. (Fonte: PMSS)

GRES Mocidade Independente da Topolândia une "o pão e o circo"

São Sebastião - Carnaval em tempo de crise econômica não é somente sinônimo de folia. Para muitos que, durante todo o ano, lutam à procura de emprego ou pela oportunidade de mostrar seu trabalho, essa é uma época de grandes oportunidades. 
O Grêmio Recreativo Mocidade Independente da Topolândia está conseguindo unir o "pão e o circo", apostando na dose certa de amor e competência para ganhar o título de campeão do carnaval 2002.
Desde o início do ano, os organizadores da escola, movidos pelo entusiasmo do presidente Júlio Contreras, estão trabalhando na confecção de fantasias, carros alegóricos e, principalmente, na escolha do enredo, fundamental na hora de levantar o astral do público presente na avenida. 
São, aproximadamente, 40 pessoas trabalhando para a realização do desfile que deverá levar à passarela do samba, este ano, mais de 200 foliões, com o enredo "São Sebastião Bonita por Natureza".
Uma hora de desfile pode ser pouco para quem está assistindo, mas parece "eterno" para as pessoas que passaram o ano todo trabalhando como donas- de- casa, serventes, pedreiros ou desempregados esperando para vestir a fantasia do carnaval.
Pedro Blukaê, compositor do enredo do GRES Mocidade Independente da Topolândia, é um desses personagens. Ele integra um grupo de pagode e, nessa noite, quando vai puxar o enredo de sua escola de samba, terá a oportunidade de mostrar seu talento musical. 
Também no barracão da escola, dez moradores do bairro da Topolândia, que estavam desempregados, estão recebendo R$ 30/dia para confeccionarem os carros alegóricos. "É um trabalho pesado, onde é necessário dedicação total para que não ocorra nenhum imprevisto na avenida", explica o presidente do GRES Mocidade Independente da Topolândia, Júlio C. Contreras. (Fonte: PMSS)

Vacinação contra rubéola é prorrogada em Ubatuba

Ubatuba - A Prefeitura de Ubatuba prorrogou até a próxima quinta-feira, 7, a vacinação contra rubéola. Hoje, 5, foram aplicadas 100 doses. Podem ser vacinadas mulheres de 15 a 29 anos que não estejam grávidas. A meta é atingir 95% de mulheres vacinadas; índice determinado pelo Ministério da Saúde. Até hoje Ubatuba totalizou 93%.
Estão sendo aplicadas as vacinas dupla viral (contra sarampo e rubéola) e dupla adulto (tétano e difteria). É necessário apresentar a carteira de vacinação ou o RG. A vacinação acontece no Calçadão da avenida Dona Maria Alves, das 8 às 16 horas, no centro de Ubatuba.
Em novembro do ano passado foram vacinadas 8008 mulheres. A maior procura foi de mulheres entre 15 a 19 anos. Além dos postos de saúde e do Centro de Saúde, a campanha também percorreu escolas municipais, estaduais e particulares. (Fonte: ACS-PMU)

Prefeitura faz o maior repasse da história de Ubatuba para a Santa Casa
Provedoria anuncia que não conseguiria chegar até o segundo semestre com os recursos disponíveis

Ubatuba - Na segunda-feira, 4, o prefeito de Ubatuba, Paulo Ramos (PFL), esteve reunido com a Provedoria da Santa Casa de Ubatuba e anunciou o aumento do repasse de R$ 153 mil para R$ 250 mil/mês, totalizando R$ 3 milhões/ano, o que representa 5% do orçamento anual da Prefeitura, o maior subsídio de todos os tempos. A medida foi adotada para manter a Santa Casa em funcionamento e tirá-la do vermelho financeiro, o que vinha comprometendo a qualidade dos serviços. A Prefeitura alocará recursos suplementares e o repasse começa em março.
A decisão de aumentar o repasse surgiu após diagnóstico realizado na Santa Casa pelo consultor de área hospitalar contratado pela Prefeitura, Francisco José Soares Meireles. As informações contábeis levantadas identificaram a necessidade do aumento do repasse para resolver o problema administrativo. A determinação foi do prefeito Paulo Ramos para cobrir o défict orçamentário causado pela emenda do Legislativo e para eliminar o constrangimento mensal da diretoria da Santa Casa em busca de recursos para cobrir os custos. 
No orçamento 2002, a Prefeitura destinou R$ 4 milhões/ano a título de subvenção social à Santa Casa e R$ 120 mil/ano à Associação Protetora dos Animais. A Câmara Municipal procedeu a emenda que dividiu o valor e destinou R$ 2.4 milhões à Santa Casa e R$ R$ 1.720 milhão para outras entidades. O diagnóstico feito por Meireles identificou a necessidade do repasse da ordem de R$ 250 mil/ano, para a manutenção de todas as despesas e o prazo de 6 meses para o equilíbrio. A Santa Casa estará promovendo uma remodelação administrativa.
A receita mensal da Santa Casa gira em torno de R$ 500 mil, incluindo os convênios com planos de saúde. Dentro do orçamento da Santa Casa está o repasse da Prefeitura de R$ 40 mil para administração da UNIR (Unidade Integrada de Reabilitação) e R$ 153 mil do convênio, cerca de R$ 180 mil do SUS (Sistema Único de Saúde), R$ 65 mil do PSF (Programa Saúde da Família) e R$ 30 mil do Programa Qualis do Governo Estadual. A folha de pagamento de cerca de 230 funcionários, absorve quase 50% da receita. O déficit mensal é de cerca de R$ 70 mil.
Na reunião, Paulo Ramos lembrou que desde o início de sua administração vem implantando uma política de mais investimentos nas áreas sociais, com o único objetivo de proporcionar um melhor atendimento aos munícipes. “Quando assumimos a Prefeitura o repasse à Santa Casa era de R$ 120 mil. De imediato aumentamos para R$ 153 mil. No orçamento 2002 tivemos uma grande preocupação e destinamos R$ 4 milhões/ano, o que foi dificultado pelo Legislativo. O nosso principal objetivo é ser parceiro e proporcionar qualidade”, afirmou Ramos.
Estiveram na reunião o vice-prefeito Moralino Valim (PMDB), e os secretários de Saúde, Jurandiau Lovizaro, de Finanças, Luiz Nunes, de Administração, Luiz Marino Jacob, a Provedora Silvia Ley e toda a Diretoria da Santa Casa. Jurandiau Lovizaro considerou uma data histórica. Luiz Nunes enfatizou a busca de soluções definitivas. Luiz Marino encara este apoio como uma gestão responsável e com o fim do paternalismo. O vice-provedor Paulo Pena afirmou que a Santa Casa não teria condições de sobreviver até o fim deste primeiro semestre.
Ao final da reunião, a Provedoria comprometeu-se em corrigir erros, alterar atendimentos incorretos, estabelecer novas regras, buscar a regularização tributária através da renegociação das dívidas e com isso mudar a cara da saúde de Ubatuba. O convênio da Prefeitura com a Santa Casa é fiscalizado pelo Conselho Municipal de Saúde e autorizado pelo Legislativo. Paulo Ramos solicitou aos diretores da Santa Casa que realizem prestações de contas periódicas para dar maior transparência no trato do dinheiro público. (Fonte: ACS-PMU)

Obras de ampliação da Santa Casa

Ubatuba - Em abril de 2001, o prefeito Paulo Ramos fez a doação de R$ 140 mil para o início das obras de ampliação da Santa Casa de Ubatuba. Ao final, serão mil metros quadrados de área construída. A estrutura tem capacidade para levantar cinco andares, mas o projeto prevê três andares. A obra teve início há seis meses e até o final deste ano estará com quase 100% concluído o primeiro piso. Estará oferecendo um novo centro cirúrgico, mais apartamentos e salas de recuperação. 
Com o apoio da Prefeitura a Santa Casa buscará recursos da ordem de R$ 500 mil junto ao Governo do Estado para a conclusão da primeira etapa das obras de ampliação do hospital, que hoje possui 80 leitos e não conta com UTI. A conclusão estará resolvendo o problema do atendimento de saúde no município e aumentando a receita com mais quartos para o atendimento dos convênio dos planos de saúde. Estará preparada para o atendimento na alta temporada que quintuplica. (Fonte: ACS-PMU)

Lâmpadas são religadas em Ubatuba

Ubatuba - Durante o plantão como prefeito, o coordenador do CPD, engenheiro Roberto de Carvalho Rezende, solicitou ao coordenador de relações de empresas da ELEKTRO, Ercílio Brielo, a religação de todas as lâmpadas das vias públicas de Ubatuba. A Guarda Municipal da cidade orientou que de imediato fossem religadas as lâmpadas de alguns pontos mais críticos, sujeitos a assaltos.
Hoje, 5, a ELEKTRO deverá encerrar os serviços no bairro do Itaguá, onde foram religadas lâmpadas nas ruas Milton de Holanda Maia, Bernardino Querido, Martins Fontes, Robillard de Marigny, Capitão Felipe e avenida Leovigildo Dias Vieira. No centro já foram religadas avenida Samambaia, Dona Maria Alves, ruas Guaicurus e Guarani. (Fonte: ACS-PMU)

Plantão para temporada vai até 20/02

Ubatuba - A Prefeitura de Ubatuba adotou desde 1º de janeiro o sistema de plantão para a temporada de verão que se estenderá até 20 de fevereiro. Os plantonistas são secretários e assessores que têm poder para a execução de todas as tarefas necessárias à solução dos problemas. Cada secretário ou assessor é responsável por um plantão contínuo de três dias aos sábados, domingos e feriados, escolhido por sistema de sorteio. Essa medida está sendo adotada para atender a demanda da temporada de verão. (Fonte: ACS-PMU)

Pastor Anderson discute trio de projetos polêmicos

Caraguatatuba - O Vereador Pastor Anderson Bertoncini (PTB), direcionou seus trabalhos para 3 projetos de cunho polêmico na Câmara Municipal de Caraguatatuba. Os projetos falam sobre as Escolas Municipais, sobre as normas para construção de postos de gasolina e sobre o fechamento de bares na periferia após às 22 horas.
O primeiro dos projetos fala da criação da Comissão de Assuntos Relevantes das Creches e Escolas Municipais. Segundo o Vereador, a proposta nasceu durante a discussão do Projeto de Resolução que criou a Comissão de Assuntos Relevantes da Educação, presidida pelo Vereador Juarez Pereira Pardim (PSDB) e que analisou as escolas estaduais. "Naquele momento eu fiz uma emenda, que perdeu pelo voto de minerva do presidente da Câmara", disse.
Não satisfeito com a decisão o Vereador protocolou projeto específico sobre o assunto. "Se uma comissão vai analisar as escolas do estado, porque não as do município, juntamente com as creches", frisou. No momento a Comissão está criada, com o presidente sendo o próprio Vereador Pastor Anderson. Com o reinício do ano letivo, uma portaria deverá nomear os integrantes restantes do grupo.
Estabelecer uma distância mínima de próprios municipais e estaduais para a construção de um posto de gasolina é outro projeto protocolado pelo Pastor Anderson. Na propositura ele estabelece uma distância mínima de 500 metros de asilos, creches, hospitais, escolas, quartéis, templos religiosos, supermercados, shoppings entre outros.
Segundo Bertoncini a Cetesb (Companhia de Tecnologia em Saneamento Ambiental) vem multando vários postos por vazamento, o que tem colocado o Meio Ambiente e a população em risco. "Quero dar mais segurança ao povo, disciplinando esse tipo de construção", disse. Este projeto foi rejeitado pela Câmara, contrariando a vontade do Vereador, que desejava ver estabelecida uma ordem para o assunto.
Colocando o álcool como fator principal de destruição da família e com a intenção de reduzir a criminalidade, o Vereador Pastor Anderson quer proibir o funcionamento de bares e similares após às 22 horas na periferia da cidade. No seu projeto de lei, o estabelecimento que ferir o horário receberá multa de 300 VRM, sendo cobrado o dobro em caso de reincidência.
Para o Vereador onde há família não há vício. "Existem muitos bares clandestinos na cidade e sem o devido controle de horário, o que traz e aumenta a criminalidade nos bairros", disse. Segundo fontes ligadas a Polícia Militar, o maior índice de crimes acontece nos bairros, em consequência do desemprego e do alcoolismo, gerando brigas e homicídios. (Fonte: Câmara Municial de Caraguatatuba)

Vereador quer saber quanto a Prefeitura gastou em Publicidade

Caraguatatuba - O Vereador Pastor Anderson Bertoncini (PTB), da Câmara Municipal de Caraguatatuba, quer saber, através de Requerimento, quanto foi o gasto com Publicidade, feito pela Prefeitura em 2001. O Vereador pergunta também sobre o não cumprimento da lei 420/93, de autoria do ex-Vereador Ilson Vitório de Souza.
Com o objetivo de saber quais são os gastos com Publicidade em mídia impressa, o Vereador Pastor Anderson Bertoncini elaborou Requerimento, endereçado ao Prefeito Municipal, Antonio Carlos da Silva.
No Requerimento o Vereador quer saber também quais foram os jornais beneficiados com Publicidade e o gasto de cada um.
Ao mesmo tempo, pede informações sobre o não cumprimento da lei 420/93, que obriga a Câmara e a Prefeitura a colocar, no rodapé de cada publicação, o valor pago na inserção. Segundo o Vereador, os valores gastos não estão sendo inserido no local corretamente, o que desrespeita a lei. (Fonte: Câmara Municial de Caraguatatuba)

Pastor quer informações sobre o Tiro de Guerra

Caraguatatuba - O Vereador Pastor Anderson Bertoncini (PTB), protocolou Requerimento, pedindo informações ao Executivo de Caraguatatuba, sobre a instalação do Tiro de Guerra na cidade. O Requerimento, protocolado na Câmara, tem 15 dias para ser respondido.
O Parlamentar faz 3 perguntas no Requerimento endereçado ao prefeito municipal Antonio Carlos da Silva; se houve dotação conforme o artigo 4º da lei 729 de 14 de dezembro de 1998. Se houver resposta positiva, o Parlamentar pergunta quando se iniciarão as instalação do Tiro de Guerra e caso negativo, quais serão as possibilidades de atendimento ao caso.
Para o Vereador o objetivo de criar o Tiro de Guerra seria o de tirar os jovens do ócio e dar-lhes uma esperança de vida, com dignidade e bons preceitos, sem contar os trabalhos sociais, como campanha do agasalho, vacinação e combate a endemias.
O Tiro de Guerra é um setor diferenciado do Exército Brasileiro, onde o soldado presta serviço durante 1 ano em horário comercial, com folga aos finais de semana. Este tipo de alistamento segue os padrões oficiais mas não se assemelha ao trabalho diário que é dado a infantaria regular. (Fonte: Câmara Municial de Caraguatatuba)

Copa Fonseca termina neste Sábado

Ubatuba - Após duas semanas de jogos válidos pela 1a Fase, que teve 16 jogadores divididos em 4 grupos, a Copa Fonseca de botão, primeiro evento promovido pela AUFM em 2002, realizará as fases finais neste Sábado, 9 de Fevereiro.
Classificaram-se pelo Grupo "A" Eduardo Ilário (que retorna às competições após quase um ano) e Edu Macedo Jr, atual bí-campeão da Copa Fonseca e líder do ranking ubatubense.
No Grupo "B", Bruno Brunieri ficou em primeiro e Rodrigo Lobo em segundo. Bruno foi considerado a "Zebra de 2001" por ter eliminado vários favoritos ao longo da temporada e continua aprontando em 2002. Já Rodrigo, atual campeão da Taça Tio Sam, apenas confirmou seu favoritismo.
Pelo Grupo "C", Fernando Macedo e Fábio Silva terminaram empatados na liderança, mas Fernando ficou em primeiro por levar vantagem nos critérios de desempate.
Completando a lista de classificados, pelo Grupo "D" passaram Ednelson Prado, atual campeão ubatubense, e a zebra Denauser Queiróz. Ednelson é o melhor botonista de Ubatuba na atualidade e está invicto a 19 partidas.
Confira os confrontos válidos pelas Quartas-de-Finais:
Eduardo Ilário x Denauser Queiróz
Fernando Macedo x Rodrigo Lobo
Bruno Brunieri x Edu Macedo Jr
Ednelson Prado x Fábio Silva

Mais detalhes sobre a Copa Fonseca e os eventos promovidos pela AUFM podem ser encontrados no site da associação  www.futmesaubatuba.hpg.com.br , atualizado semanalmente.

Jogadores do Banespa dão aula na praia 

Caraguatatuba - No próximo sábado, a equipe principal de vôlei do Banespa dará uma clínica, das 10h às 11h, na praia dos Indaiás, em Caraguatatuba. Após as aulas, às 12h, o time desafia os participantes para uma partida. (Fonte: Terra)

Carta do Leitor

Cadê a Segurança? - Olá, fiquei feliz em receber os informativos de vocês, e adorei o modo como a notícia tem espaço em módulo virtual.
Achei muito interessante o espaço aberto a críticas e outros.
Por isso criei coragem de tornar público um acontecimento deste último final de semana aí, no litoral norte, mais precisamente em Caraguatatuba, nas proximidades da praia do Indaía, de fronte ao quiosque 38 da mesma.
Sou turista no litoral, sempre que posso adoro ir passear na praia. Já fiquei vários finais de semana no mesmo endereço ( acima) e, por isso posso dizer com mais certeza em relação a falta de segurança no local, são áreas escuras, e abandonadas pelo policiamento local. Neste final de semana de feriado prolongado de 25 de janeiro, estive neste local, e não fui bem atendida pela polícia local, ou a central do famoso 190, quando, durante a tarde de sábado eu, e minhas amigas, estávamos na casa, quando dois sujeitos de moto invadiram o gramado da casa, na tentativa de fugirem de um automóvel gol, de cor preta, que os ameaçaram de morte com arma de fogo. Então, nós nos achamos no direito de comunicar a polícia, e então recebemos como consolo a frase, "Entrem pra dentro da residência, tranquem as portas, e se acaso o fato voltar a se repetir nos comuniquem, pois, no momento não podemos fazer nada, estamos com as viaturas fazendo ronda em outros setores da cidade"....Ficamos indignadas com a falta de atenção, e piorou ainda mais quando chegou a madrugada , mais ou menos por volta de 2:30 hs. da manhã, um alarme de uma residência vizinha disparou, e ficou assim até ele ser desligado sozinho, quando ligamos novamente, e, quem nos atendeu respondeu: "Isto é caso para ser resolvido pela companhia de segurança especializada da residência, e qual seria?". 
Então, depois de ser surpreendida com esta resposta ridícula, eu disse: "Eu não tenho como informar a companhia, sou apenas "vizinha" da casa, e estamos pedindo aquilo que nos é de direito, uma "segurança", uma vez que já passamos por outros inconvenientes no mesmo dia, e que, segundo os moradores da rua isto vem acontecendo constantemente, e que, também pudemos observar, a rua é totalmente escura, e não se vê qualquer viatura fazendo uma ronda, e nem se quer tem guarda municipal, ou outro tipo qualquer.E vem acontecendo roubos constantemente a qualquer hora.
Então eu pergunto: "onde foram parar os policiais de reforço para o feriado, que não podiam checar duas denúncias de moradores ou até mesmo de turistas, que vieram para passear?"
Tem alguém totalmente despreocupado com a segurança pública em uma cidade tão gostosa de se passear, e que poderá perder com isto.
Obrigada, pela atenção.

Ana Paula
anapa@dataroges.com.br



Coleta de Lixo - Resposta a carta do Sr. Luis Otto Faber Schmutzler 5/2/02. 
Prezado Luis Otto Faber Schmutzler. Este episódio não ocorre somente em Itamambuca. Além das lixeiras suspensas e com tampas, existem as internas com portas e travas.
Eu presenciei, no Tenório, um Gari vindo na frente do caminhão, "recolhendo" as pressas o lixo das lixeiras internas. Esse tipo de lixeira exige a entrada de corpo inteiro do Gari. Nada agradável esta situação, ele jogava e chutava o lixo para o meio da rua. Eram sacos já estourados, dezenas de pets, caixas de papelão lotadas de lixo solto exalando mau cheiro. 
Além de manusear o lixo em condições precárias, ele ainda tinha que ser muito rápido. Em alguns minutos ele fez a rua toda, deixou as lixeiras abertas e o lixo jogado no meio da rua. Como se não bastasse, os Garis do caminhão pegaram apenas os lixos que estavam totalmente fechados. Ou seja, a maioria ficou espalhado.
Qual a pior situação? A do Gari ter que manusear um lixo em péssimas condições ou o morador deixar seu lixo de qualquer jeito para o Gari recolher? É necessária a colaboração de todos para que esse problema seja amenizado. 
Estamos cansados de saber que para reduzir o problema do lixo é a implantação da Coleta Seletiva. Separar papéis, latas, vidros, plásticos, pilhas, e enviar esse material para reciclagem. A implantação de programas de coleta seletiva não só contribui para a redução da poluição causada pelo lixo, como também proporciona economia de recursos naturais - como matérias-primas, água e energia.

Helena Mantovani
helenamantovani@hotmail.com


Centro Náutico Uba Uba Orquídeas Chalés Maranduba

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão:
Clique Aqui.

 

Receba as Últimas Notícias do Litoral via e-mail!
e-mail:
Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Leia também as colunas:
Para Refletir
Para Refletir
Margareth Bravo

Opinião

Ronaldo Dias

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:
Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br


©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor