Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Terça-feira, 27 de agosto de 2002 - Nº 603 Edições Anteriores

Naturali Garden Center

Litoral Norte:
   Enem reune mais de 2 mil alunos no Litoral Norte
   Preço do gás cai no litoral

Caraguatatuba:
   Alckmin em Caraguatatuba: "Sempre fui motoqueiro"
   Acidentes crescem 25% durante o Megacycle
   Evento bate recorde de público
   Megacycle Kids deu um brilho especial ao evento
   Peixes surgem mortos em rio de Caraguá
   Cetesb vai recolher amostras
   Câmara discute uso de espaço aéreo e subsolo do município
   Estudante é morto a tiros em Caraguá

Ilhabela:
   Ilhabela ganha Posto de Coleta de leite materno

São Sebastião:
   Fogo destrói casa no Centro de São Sebastião
   Traficante antiga da zona de prostiuição é presa pela Dise
   Polícia Civil apreende seis máquinas de jogo do azar
   Vacinação Infantil, em São Sebastião, supera expectativa

   Carta do Leitor


Enem reune mais de 2 mil alunos no Litoral Norte

Litoral Norte - No Litoral Norte a prova foi aplicada no domingo (25/08), das 13h às 18h, a cerca de 2600 estudantes de São Sebastião, Caraguatatuba, Ilhabela e Ubatuba.
Foram quatro tipos de prova (amarela, branca, rosa e verde), com 63 questões de múltipla escolha e uma redação. As questões são as mesmas nos quatro modelos. O que muda é a ordem em que são apresentadas.
O Enem foi mplantado pelo MEC (Ministério da Educação) em 1998, tem o objetivo de avaliar o desempenho dos estudantes e das escolas de ensino médio do país.
A avaliação é feita por alunos que já concluíram ou que estão prestes a concluir o ensino médio. O resultado deverá ser divulgado em novembro pelo MEC (Ministério da Educação).
Confira Gabarito Oficial das Provas - http://www.enem.inep.gov.br/enem-gabarito.htm
(Fonte: Imprensa Livre)

Preço do gás cai no litoral

Litoral Norte - O preço do gás de cozinha caiu até 13,4% em Caraguatatuba, acima da meta prevista pelo governo, de 12,4% de redução.
O ValeParaibano pesquisou preço nos pontos de venda ontem e encontrou botijão de 13 quilos por R$ 19,90 --contra os R$ 23 da semana passada, em Caraguá.
O maior preço continua sendo o de Ilhabela, onde o botijão caiu em torno de 7% e custava ontem R$ 28. Nas outras cidades, a redução foi de 10%.
Em Caraguá, a média de venda passou dos 50 para 70 botijões por dia após a redução. A vendedora do depósito Santa Terezinha, de Caraguá, Dulce Helena Rosa, disse que a venda já aumentou 40%.
O Procon recomenda que o consumidor pesquise preços antes de comprar. Antônio dos Anjos, disse que pesquisou mais de cinco revendedoras e encontrou preços diferentes. "Só comprei depois de pesquisar em várias lojas", disse. (Fonte: ValeParaibano)

Alckmin em Caraguatatuba: "Sempre fui motoqueiro"

Caraguatatuba - O candidato do PSDB ao governo do estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, esteve neste Sábado, 24, em Caraguatatuba. Em uma rápida visita de campanha, Alckmin participou de uma carreata e conheceu o movimentado Megacycle.
Em entrevista coletiva, o governador fez um balanço de seu um ano e meio de governo, afirmou, caso eleito, continuar com o apoio dado a Caraguatatuba e falou de seus projetos a partir de 2003.
No que diz respeito à segurança pública, no litoral Geraldo garantiu um maior policiamento efetivo, mais "extensivo, preventivo e ofensivo". Falou também sobre o combate às drogas, "na medida em que a segurança escolar é aumentada, a capacitação dos professores e a melhoria das escolas acontece, isso (o narcotráfico) tenderá a diminuir".
Já sobre o desemprego, Alckmin afirmou que o turismo é a solução, aumentando o saneamento básico e proporcionando um melhor acesso para as pessoas que queiram vir à cidade.
"Estamos criando a agência de fomento e turismo do Estado de São Paulo", e pegou carona no Megacycle. "Esse é o caminho de São Paulo, caminho de incentivar a atividade do turismo. Quanto emprego é gerado neste setor!"
Depois Alckmin seguiu de helicóptero para São Sebastião, onde foi recepcionado pelo prefeito Paulo Julião e correligionários do PSDB e participou de uma carreata.
Alckmin visiotou o comitê da candidata a deputado estadual, Cláudia Batochio, que foi inaugurado na manhã de Sábado e depois seguiu para São José dos Campos onde participou de um show-mício ao lado do candidato a presidente do PSDB, José Serra. (Fonte: Imprensa Livre)

Acidentes crescem 25% durante o Megacycle

Caraguatatuba - O número de acidentes envolvendo motociclistas nas estradas estaduais que dão acesso ao Litoral Norte aumentou cerca de 25% durante os dez dias da 10ª edição do Megacycle.
Segundo a Polícia Rodoviária Estadual, foram registrados cerca de 67 acidentes com 23 vítimas leves, 10 graves e 2 com vítima fatal. Em 2001, polícia registrou apenas 55 acidentes com 21 vítimas leves, 8 graves e uma fatal.
Durante a operação da polícia, foram apreendidos ainda cerca de 14 motos, 11 carteiras de habilitação e 57 documentos.
Este ano, a polícia também registrou crescimento de 80% no número de multas aplicadas nas rodovias, que passou de 304 para 560, entre 2001 e este ano.
Segundo a polícia, o aumento dos acidentes e das multas é devido ao intenso movimento de veículos que trafegaram pelas rodovias.
A Polícia Militar de Caraguá informou que não foi registrado na cidade nenhuma ocorrência de gravidade.
MORTES - Duas pessoas morreram no fim-de-semana em acidentes nas estradas que dão acesso a Caraguatatuba. Liliane Cristina Oliveira, 18 anos, de Jacuí (MG), morreu em um acidente na rodovia dos Tamoios.
Ela estava de carona em uma motocicleta quando o piloto José Reis Batista Filho perdeu o controle e bateu em uma guia. Ela foi lançada do veículo e caiu em uma ribanceira. Batista Filho sofreu ferimentos graves e foi levado ao pronto-socorro local.
Na Rio-Santos, o motociclista Lázaro Tadeu de Oliveira, de Amparo (SP), morreu depois de colidir frontalmente com um veículo. Segundo a polícia, Oliveira tentou ultrapassar um carro pela contramão. (Fonte: ValeParaibano)

Evento bate recorde de público

Caraguatatuba - A 10ª edição do Megacycle reuniu cerca de 300 mil pessoas entre motociclistas e visitantes durante os dez dias do evento. Foi registrada a participação de mais de 50 mil motociclistas que vieram de diversas cidades do país.
No ano passado, a organização do evento totalizou um público de aproximadamente 200 mil pessoas.
Segundo informações da assessoria de imprensa da prefeitura, o evento bateu recorde de público em relação aos quatro anos que a cidade é sede do evento.
Somente neste fim-de-semana, cerca de 200 mil prestigiaram o evento e lotaram ruas e avenidas. A praia Martin de Sá, uma das mais populares da cidade, registrou um movimento de cerca de 100 mil pessoas.
Os principais dias do evento foram sábado e domingo e contaram com a presença de mais de 180 mil participantes no centro de exposições e na avenida da Praia, locais da realização do evento. (Fonte: ValeParaibano)

Megacycle Kids deu um brilho especial ao evento
Não foi só “gente grande” que curtiu de perto as belas motos do Megacycle. As crianças do CEI Ipiranga, vestidas a caráter passaram uma tarde divertida com os motociclistas do Tamoios Moto Clube, de Caraguá, aprendendo um pouco mais sobre esse evento que tem uma relevante importância turística para Caraguatatuba... além de ser pura diversão!!!

Caraguatatuba - O Megacycle, considerado o maior encontro motociclístico do Hemisfério Sul, que foi realizado em Caraguatatuba de 16 a 25 de agosto, reuniu na cidade motociclistas de todo Brasil, com motos super variadas para todos os gostos e estilos. Gente bonita, de todos os cantos do país veio ver de perto essa super festa, de carro, de moto, de ônibus, de bicicleta, para apreciar as manobras radicais, acrobacias e desfile das motos irreverentes de motoclubes como os Abutres MC. Foi uma grande festa, que reuniu cerca de 50 mil motociclistas e claro, as crianças não podiam ficar de fora. Por isso, o CEI - Centro de Educação Infantil “ Messias Mendes de Souza” , no Ipiranga - uma parceria entre a Prefeitura de Caraguatatuba e Fundação Orsa realizou um Megacycle Kids, mostrando para as crianças da creche a importância de um encontro como esse na cidade, as questões turísticas e a diversão de ver de pertinho motos gigantes, bonitas, e motoqueiros “vestidos a caráter” .
O Megcycle no CEI aconteceu nesta Sexta-feira 24, nos períodos da manhã e da tarde, com o apoio da Polícia Militar, que trouxe motos oficiais e também do Motoclube Tamoios, de Caraguá, que passou um dia descontraído com as crianças, e distribuiu balas e doces, desmitificando a imagem de que motoqueiros são bravos. As crianças de 1 a 4 anos aproveitaram para subir nas motos e tirar fotos. O clima de Megacycle kids durou o dia todo, e as crianças vestiram literalmente a camisa... usando bandanas do Megacycle, mostrando que a paixão pelo motociclismo pode nascer na infância. (Fonte: PMC)

Peixes surgem mortos em rio de Caraguá
Cetesb foi acionada para verificar contaminação; água teria cheiro forte e manchas amarelas

Caraguatatuba - Cerca de 50 peixes foram encontrados mortos no início da tarde de ontem no rio Gracuí, no bairro de Massaguaçu, em Caraguatatuba. O rio, que deságua na praia da Cocanha, uma das mais frequentadas pelos turistas, apresenta ainda manchas amareladas na água e forte cheiro.
Ontem, o secretário de Meio Ambiente de Caraguá, Auracy Mansano Filho, e técnicos da Cetesb (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental) estiveram fazendo vistoria no local.
A contaminação do rio será confirmada somente após a análise de amostras da água, que não foram colhidas ontem por falta de material adequado.
Hoje, a equipe da Vigilância Sanitária da prefeitura deve ir ao bairro verificar as condições das famílias que moram próximo ao rio.
A prefeitura descartou ontem a possibilidade de o riacho ter sido poluído por lançamentos de esgoto ou resíduos industriais. A suspeita é de descarga de algum produto químico utilizado na limpeza de algum condomínio da região.
"Há vários dias, a água do rio está com uma cor amarelada e apresenta pontos de gordura. Um cheiro forte, parecido com solvente, se espalhou pelo bairro causando tonturas nos moradores e irritação na pele das crianças", disse a dona-de-casa Teresa Estevan, moradora do local.
Ela afirmou ainda que desde que mudou para o bairro, há seis anos, não havia ocorrência de morte de peixes no rio.
"Ontem, por causa da maré baixa fiquei assustada quando presenciei aquela quantidade de peixes boiando pela superfície", disse.
Teresa disse ainda que desde que começou o forte cheiro, sua filha de 1 ano e meio e outras crianças do bairro começaram a sentir tonturas e aparecer feridas pelo corpo.
"Todos os indícios mostram que a poluição do rio está prejudicando os moradores. E minha filha começou apresentar esses problemas de saúde", disse.
Ela afirmou ainda que caso o forte cheiro continue, os moradores terão que procurar um outro local para ficar.
"Esse problema tem que ser solucionado para que não precisemos sair de nossas casas. O pior é que muitos moradores não tem outro lugar para ficar", disse.
Morando a poucos metros do rio, a dona-de-casa Sônia Majoros disse que não sabe como que o produto surgiu no rio pois na região não há nenhuma fábrica.
"Precisamos de ajuda pois fica difícil para os moradores identificarem de que lugar esta vindo essa poluição. Alguns peixes mortos apresentavam ainda manchas que pareciam de óleo", disse. (Fonte: ValeParaibano)

Cetesb vai recolher amostras

Caraguatatuba - O secretário de Meio Ambiente de Caraguá, Auracy Mansano Filho, disse que a morte dos peixes no rio não ocorreu por causa de poluição provocada por esgoto.
Ele afirmou que hoje a Vigilância Sanitária estará no local verificando as condições de saúde das famílias que moram no bairro.
"Ainda não sabemos o motivo da poluição, mas trabalhamos com a hipótese de a morte dos peixes ter sido provocada por algum produto químico", disse.
O secretário disse ainda que não pode avaliar se a poluição vai atingir a praia da Cocanha, que fica próxima ao rio.
"Os peixes eram de várias espécies, tamanhos e provavelmente podem ter morrido por causa da poluição. O motivo do dano ambiental teremos somente depois da análise", disse.
Ontem os técnicos da Cetesb (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental) estiveram fazendo vistoria no local mas não recolheram amostras da água. Eles fizeram apenas serviço de inspeção do local e informaram que as coletas deverão ser feitas por outra equipe. (Fonte: ValeParaibano)

Câmara discute uso de espaço aéreo e subsolo do município

Caraguatatuba - A Câmara Municipal de Caraguatatuba votará, na sua 25ª Sessão Ordinária semanal desta terça-feira, projeto de lei do Executivo que dispõe sobre o uso do espaço aéreo e subsolo do município, para implantação de equipamentos urbanos destinados aos serviços de infra-estrutura. O projeto depende de votação única e aprovação por maioria simples.
A propositura versa sobre a utilização dos postes e dos subterrâneos da cidade para a implantação, instalação e utilização pelas concessionárias de serviços públicos e empresas de infra-estrutura.
De acordo com a mensagem do prefeito Antonio Carlos da Silva (PSDB), as referidas empresas se utilizam deste espaço de forma indiscriminada e sem qualquer regulamentação, sem contar a falta de receita proveniente do fato. O prefeito quer o disciplinamento da matéria, que vem sendo adotada pela maioria dos municípios em nosso país.
Estão incluídos no projeto, desde rede de abastecimento de água a outdoors, passando por oleodutos, TV a Cabo e caixas de correio. A cobrança foi estabelecida através de uma fórmula, que verifica a extensão da rede, sua largura, valor do terreno, índice de locação, entre outros. No caso dos containers, a cobrança terá a razão de R$ 150,00 (Cento e Cinqüenta Reais) o metro cúbico.
Constam também na Ordem do Dia, o projeto de lei do Vereador Nilson Lopes da Silva - o Nézão (PPS), que denomina praça Engenheiro Marino Polari, a área pública localizada no Loteamento Jardim Brasil, no bairro do Porto Novo, zona sul da cidade.
Outro projeto que deverá ser votado amanhã, tem a autoria do Vereador Wilson Agnaldo Gobetti (PPS), que altera a Lei Municipal 739/99 e permite a denominação de ruas, logradouros e próprios municipais com o nome de pessoas vivas. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Estudante é morto a tiros em Caraguá

Caraguatatuba - O estudante Rafael Aparecido Luciano, 20 anos, foi encontrado morto na madrugada de ontem no bairro Rio do Ouro, em Caraguatatuba. Segundo informações da Polícia Militar, Luciano foi atingido por seis tiros de revólver calibre 28. Testemunhas informaram à polícia que ouviram cerca de dez disparos e, logo depois, encontraram a vítima baleada e caída no chão. O jovem foi socorrido por populares mas não resistiu aos ferimentos e morreu no local. A Polícia Civil informou que ainda não tem pistas dos criminosos e vai investigar se o crime tem alguma ligação com o tráfico de entorpecentes na região. (Fonte: ValeParaibano)

Ilhabela ganha Posto de Coleta de leite materno

Ilhabela - O Programa de Saúde da Família de Ilhabela iniciou há algumas semanas uma parceria com o CIAMA (Centro de Incentivo ao Aleitamento Materno). Atualmente estão trabalhando de forma improvisada, mas em uma semana o município terá um Posto de Coleta de Leite Humano equipado com um freezer. O posto será dentro da nova Unidade Básica de Saúde Itaquanduba, que começará a funcionar no próximo dia 2.
Segundo a Coordenadora da equipe do PSF Costa Norte Enfermeira Ana Paula Salomon, a coleta do leite é feita em visitas domiciliares às mães que são atendidas pelas unidades de cada região do município. “Os agentes orientam as puerperas da importância de doar o leite que está ”sobrando” e que pode até acabar empedrando se não for retirado”, completa. Este leite vai servir de alimento para bebês pré-maturos e doentes, que necessitam do leite materno para auxiliar na recuperação.
O leite retirado é levado para o Banco de Leite de São Sebastião, onde é realizada uma série de exames e depois pasteurizado. Quando volta para o Posto de Coleta está pronto para ser utilizado. A Coordenadora está muito satisfeita com o resultado inicial da coleta. “Cerca de 70% das puerperas que são atendidas pelo PSF Costa Norte (do Engenho D’ água até Jabaquara) estão colaborando”, afirma. (Fonte: PMI)

Fogo destrói casa no Centro de São Sebastião
Corpo de Bombeiros descarta possibilidade de incêndio acidental

São Sebastião - Um incêndio destruiu a casa 234 da rua Expedicionário Brasileiro, no Centro de São Sebastião, na tarde de domingo. O Corpo de Bombeiros foi acionado às 16h45, quando o fogo já destruía móveis, livros, roupas e utensílios domésticos.
Dos cômodos existentes na residência, apenas a cozinha não foi atingida pelo incêndio. A casa está localizada entre o prédio das Oficinas Culturais e a empresa Eclipse Film.
O Corpo de Bombeiros descarta a hipótese de incêndio acidental. Isto porque foi encontrado um vasilhame com combustível jogado na área da residência.
Os bombeiros, que levaram um caminhão pipa e um veículo de apoio, contaram com a participação da Defesa Civil.
O fogo na residência chamou a atenção e atraiu moradores e comerciantes do Centro devido à fumaça. O trânsito na rua Expedicionário Brasileiro teve de ser bloqueado por aproximadamente uma hora.
A proprietária da casa registrou a ocorrência da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), que deverá investigar o caso. (Fonte: Imprensa Livre)

Traficante antiga da zona de prostiuição é presa pela Dise

São Sebastião - A comerciante S.L.C., 47 anos, foi presa na noite de sexta-feira, portando cocaína, na rua Amazonas, zona de prostituição de São Sebastião. A Dise (Delegacia de Investigação Sobre Entorpecentes) do Litoral Norte recebeu denúncia de que a mulher, presa e condenada no mesmo crime em 1994, voltou a vender entorpecentes.
Conforme a Dise, a mulher seria a traficante mais antiga do local.
Quando os policiais chegaram ficaram observando a mulher, que atendia os usuários de droga, se dirigia até um relógio de luz, pegava algo e entregava para o viciado.
A Dise se aproximou da comerciante, que tentou engolir os entorpecentes, mas foi impedida pelos policiais. Com ela, foram apreendidos cinco “papelotes” e no relógio da luz, mais 19 porções da mesma droga e com a mesma embalagem da que estavam em seu poder. Dentro da calcinha dela também foram encontrados R$ 15.
A comerciante foi conduzida ao 1° Distrito Policial, onde foi indiciada por tráfico de entorpecentes, sendo removida para cadeia feminina de Ubatuba. (Fonte: Imprensa Livre)

Polícia Civil apreende seis máquinas de jogo do azar

São Sebastião - A Polícia Civil do 1° DP apreendeu na manhã de ontem seis máquinas de caça-níquel. Elas estavam em estabelecimentos comerciais do Centro, Portal da Olaria e Porto Grande.
Segundo a polícia, os comerciantes responderão por contravenção penal. Na semana passada o setor havia destruído duas máquinas de caça-níquel, que haviam sido apreendidas há dois anos, dentro de um estabelecimento comercial, no Centro.
A Justiça já havia sentenciado o proprietário, condenado a prestação de serviços, e autorizou a destruição dos aparelhos. (Fonte: Imprensa Livre)

Vacinação Infantil, em São Sebastião, supera expectativa

São Sebastião - A Campanha de Vacinação Infantil, em São Sebastião, que aconteceu no sábado, dia 24, das 8 horas às 17 horas, em 26 postos fixos e 10 volantes, superou a expectativa da secretaria de Saúde.
No total, foram vacinadas 6543 crianças, com idade até 5 anos, o que corresponde a 104,67% de cobertura vacinal. A previsão era que 6251 crianças recebessem a dose da vacina contra paralisia infantil.
Cerca de 330 funcionários trabalharam na realização da campanha para a qual foram solicitadas à Regional da Saúde 11.500 doses de vacina.
Além da vacina para paralisia infantil, os agentes de saúde aproveitaram para atualizar as carteiras de vacinação das crianças, com aplicação da BCG, Hepatite B, Sarampo, Tetravalente, Tríplice Viral, HIB, Tríplice Bacteriana e dupla adulto. (Fonte: PMSS)

Carta do Leitor

Banco Alemão Financia a Ineficiencia da Proteção Ambiental no Brasil - O Projeto de Preservação da Mata Atlântica, implantado há cerca de quatro anos no litoral paulista e Vale do Ribeira, regiões que conservam os maiores remanescentes da Floresta Atlântica brasileira, um dos ecossistemas mais importantes e ameaçados do planeta, prevê o investimento de trinta milhões de dólares em atividades voltadas para a fiscalização, monitoramento, planejamento, consolidação e implantação de unidades de conservação, sendo que 44% dos recursos seriam provenientes do Governo do Estado de São Paulo, enquanto os 56% restantes seriam originários do Banco KfW (Kreditanstalt für Wiederaufbau), órgão financiador do Governo da Alemanha.
Previsto para durar quatro anos, de 1.995 a 1.999, o projeto sofreu atrasos e, antes mesmo de ser implantado, já provocou prejuízos, gerando expectativas que provocaram transtornos na administração do Parque Estadual da Serra do Mar, como o exemplificado nas declarações contidas na obra da especialista Maria Cecília Wey de Brito, intitulada “Unidades de Conservação : intenções e resultados”, na qual se encontra textualmente : “(...) e dinheiro internacional, que é o KfW, que tem um milhão de dólares pra Picinguaba, só que esse dinheiro a gente conta com ele há cinco anos e ele não vem, então é pior também, porque no fim você fica achando ... não pede isso e não pede aquilo, ninguém te dá também porque vai vir o tal do KfW, não pede isso e não pede aquilo, ninguém te dá também porque vai vir o tal do KfW, e ele não vem ... e nós estamos nessa situação de petição de miséria (...) (Núcleo Picinguaba)”, de idêntica forma ao declarado recentemente por outro técnico da própria Secretaria de Estado do Meio Ambiente, quando afirmou que os parques estaduais “estão no bico do corvo”, o que não destoa da declaração dos próprios dirigentes das agências ambientais públicas quando se lamentam da carência de recursos nos órgãos responsáveis pela gestão dos recursos florestais do Estado de São Paulo.
Ao que parece e pelo que afirmam os administradores ambientais, o Governo não estaria cumprindo a liberação dos recursos referentes à contrapartida programada, da ordem de 44%, deixando de investir no custeio de sua responsabilidade mesmo antes da liberação do financiamento internacional, importando ressaltar que a metade deste montante ocorre na forma de doação governamental, significando dizer que mais de um quarto dos trinta milhões de dólares estão sendo doados pelo povo alemão, enquanto os brasileiros pagarão o restante do valor financiado, suportando o custo do dispendioso e ineficiente aparato estatal e comprometendo parte do esforço produtivo nacional para o pagamento da crescente dívida externa.
Em Ubatuba, onde se localiza o Núcleo Picinguaba, uma das dependências administrativas do Parque Estadual da Serra do Mar, o que se assiste é o crescimento assombroso das invasões e ocupações das áreas florestadas e de preservação permanente, em que pesem os vultosos investimentos em suntuosas construções, veículos e equipamentos, não se conseguindo sustar o pernicioso processo de transferência de propriedade que está levando ao extermínio a população caiçara, com o aniquilamento dos ocupantes tradicionais por força da especulação imobiliária, no contexto geral de falência de um modelo administrador centralizador e no qual prevalecem atitudes fascistas nas quais se valorizam os métodos violentos, como na famigerada Gestapo, quer no tratamento organizacional das instituições, quer nas manifestações de intolerância, quando barracos humildes são demolidos a golpes de coturnos, enquanto os especuladores, os invasores poderosos, os caçadores, os exploradores dos produtos florestais continuam com suas ações num ritmo acelerado que caminha para o comprometimento irreversível da riqueza natural cada vez menos coberta pela Floresta Atlântica, que se despedaça impiedosamente em todos os recantos do maior parque estadual paulista, que abrange mais de 310.000 hectares ao longo das magníficas montanhas que adornam o litoral.
Em Picinguaba, há cerca de um mês, vândalos incendiaram um posto de guarda florestal, destruindo equipamentos adquiridos através do Projeto de Preservação da Mata Atlântica, perdendo-se recursos de igual forma ao que ocorre com os constantes furtos, desvios e acidentes, tendo sido denunciada a má qualidade das obras nas construções contratadas pelo projeto, as quais, por incorreção nas áreas envidraçadas, provocam a continuada morte de pássaros que se chocam contra as janelas. Ao mesmo tempo, se promovem encontros e reuniões técnicas em luxuosos hotéis da região, tudo sendo custeado pelos recursos públicos, sendo freqüentes as comunicações sobre desvios e desperdícios, como o abastecimento de veículos particulares com o combustível destinado aos trabalhos de fiscalização, como no Parque Estadual da Ilha Bela, com tudo isso se somando numa verdadeira barbárie ambiental que compromete a própria sobrevivência dos parques estaduais onde se abrigam os últimos remanescentes da outrora extensa Floresta Atlântica, exigindo-se, urgentemente, uma postura mais enérgica e vigilante da população, no sentido de se cobrar posturas mais corretas e eficiência na proteção do patrimônio natural brasileiro.
Ubatuba, 23 de agosto de 2002

João Evangelista de Melo Neto
Engenheiro Agrônomo – Pesquisador Científico
Mestre em Manejo e Conservação de Recursos
Ubatuba, SP, Brasil


Sou Louco por Sujeira e Poluição Visual
- Andando pelas ruas do bairro de Maresias pode-se observar a grande e suja campanha do tal Turco Loco. Ele conseguiu poluir visualmente todo o bairro, com pequenas faixas em todos os postes com dizeres do tipo: Sou louco por haggie, sou louco por skate, sou louco por rock, sou louco por hap, sou louco por surf e coisas assim. Bastava apenas dizer, sou louco. Daria na mesma.
Toda esta loucura do Turco está indo direto prás valas e ruas, emporcalhando todo o bairro. Pergunta: O que um pretenso político como este carrega em sua essencia?
Será que nada mais há para passar além disso? E o que nos importa se é louco por rock ou hap? Nos importaria se fosse louco por um mundo melhor, mais digno, mais justo e mais limpo.
Francamente Sr. Turco Loco. Gastou muito dinheiro com uma porcaria de campanha. Precisa rever seus conceitos e mudar seu estilo de campanha pois se continuar assim, substimando nossa mentalidade, estará liquidado como político pois o povo não é tão tapado assim...

Aninha
Maresias
São Sebastião, SP


Agressão Virtual - Como leitora assídua do "Litoral Virtual" venho observando que, infelizmente, alguns indivíduos não têm utilizado a coluna "Carta do Leitor" a título de colaboração e melhoramento do que quer que seja; limitam-se apenas a criticarem uns aos outros rebatendo, muitas vezes com palavras agressivas, o conteúdo do texto escrito por alguém o que torna o espaço jornalístico muito desagradável. Devemos lembrar que cada pessoa vê as coisas por ângulos diferentes (é só uma questão de ponto de vista) e que para opinar não há necessidade de ser "expert" em todos os assuntos... basta ser bom observador e saber escrever! Temos o direito de discordar e contestar as opiniões alheias mas, para isso, não há necessidade de desrespeitar o próximo seja com palavras ou ações. Está na hora de darmos um basta no velho ditado que diz: "Chumbo trocado não dói"! porque dói e muito, tanto para quem leva como para quem presencia a cena.

Sonia
Publicitária
Campinas - SP


Tréplica ao Sr. Edison Lusko (Carta do Leitor de 26/08/2002)  - Gostaria de informar ao Sr. Edison Lusko, que nunca, em momento algum, durante os anos que aqui resido, solicitei algum favor da Prefeitura de Ubatuba ou de seus dirigentes, bem como, nunca procurei ou precisei de algum político no âmbito municipal, diante disso, não mantenho nenhuma querela com a Prefeitura, com seus dirigentes ou com algum vereador em particular.
O que me leva, algumas vezes, a criticar os atos do executivo ou de algum membro do legislativo local é o que me garante o art. 5°, IV da Constituição Federal, assim como, zelar pela ética e moral na vida pública e, principalmente, pela boa aplicação dos recursos municipais que, em última análise, é o meu dinheiro que não quero ver jogado fora sem dar o retorno social que nosso povo merece e necessita, por isso escrevo mostrando os erros e incoerências da administração pública, além do que, mesmo sem ser uma PhD em determinados assuntos ou no gerenciamento publico, apesar de ter uma boa e sólida formação acadêmica em universidades de renome internacional (USP e UNICAMP) sou uma conhecedora daquilo que falo por isso escrevo sobre eles, critíco e apresento soluções.
Concordo com o Sr. Edison que os problemas epidemiológicos não serão resolvidos pela INTERNET, até por que eles dependem de políticas federais para o setor. Esses problemas só serão resolvidos com vontade política de solucioná-los, o que no caso de Ubatuba, está longe de acontecer.
Na Carta do Leitor, publicada no dia 23, abordei o tema de repasse de verbas da Prefeitura para uma associação fazer aquilo que é competência do Centro de Controle de Zoonozes, em nenhum momento escrevi algo sobre Vigilância Epidemiológica ou Vigilância Sanitária, por isso, utilizando-me de suas próprias palavras, sugiro que o Sr. converse com quem entende. Para seu rápido conhecimento: zoonozes são doenças transmitidas pelos animais ao ser humano enquanto vigilância epidemiológica é um conjunto de ações que proporcionam o conhecimento, a detecção ou prevenção de qualquer mudança nos fatores determinantes e condicionantes da saúde individual ou coletiva, com a finalidade de recomendar e adotar as medidas de prevenção e controle das doenças ou agravos (§ 2° do art. 6° da Lei 8.080 de 19/09/90 - Lei Orgânica da
Saúde) e a vigilância sanitária é a eliminação, redução e prevenção aos riscos à saúde das pessoas onde a Vigilância Sanitária intervém nos problemas sanitários decorrentes da produção, distribuição, comercialização e uso de bens de capital e de consumo, e na prestação de serviços de interesse da saúde. A Vigilância Sanitária exerce fiscalização e controle sobre o meio ambiente e os fatores que interferem na sua qualidade, abrangendo os processos e ambientes de trabalho, habitação e lazer.
Por favor, Sr. Edison, antes de ocupar o espaço de um veículo de comunicação tão importante e útil, quanto o Litoral Virtual que se preocupa em informar a população do que se passa no Litoral Norte procure conhecer melhor sobre o que está escrevendo e não emita conceitos preconceituosos como os manifestado na Carta em questão. Em Ubatuba existem diversas pessoas naturais ou de coração, de ambos os sexos, com
conhecimento científico suficientes para abordar esse e outros temas relevantes a população.

Rose Ferreira
Ubatubense por opção e coração

 


 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão:

Clique Aqui.


Vivenda do Flamboyant alv.com.br Lineu Materiais para Construção

As notícias e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo.


Receba as notícias via e-mail:

Quero receber o boletim Últimas Notícias do Litoral na versão:
Compacta (apenas as manchetes c/ Link)
Completa (todas as notícias na íntegra) 
e-mail:
Cidade:


Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br


©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor