Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Sexta-feira, 13 de setembro de 2002 - Nº 616 Edições Anteriores

Naturali Garden Center

Caraguatatuba:
   Ação Integrada irá beneficiar crianças dos CEI’s
   Artistas expõem nos relógios-termômetros em Caraguá
   Campanha "Doe um Instrumento"
   Brinquedos e Brincadeiras no MACC
   Alunos do EJA e Telecurso visitam Câmara de Caraguá
   Secretaria de Saúde contrata motoristas
   Nézão consegue rede de água para Rio do Ouro
   Vereadora Dalva homenageia escola Colônia dos Pescadores

Ilhabela:
   Jornais discutem parcerias com escolas
   Programas incentivam interesse pela leitura
   Hospital de Ilhabelha tem 1ª morte
   Propagandas de candidatos poluem a a cidade
   Vacinação anti-rábica nas comunidades isoladas

São Sebastião:
   ACISS é contra projeto que prevê aumento de licença para ambulantes
   Alunos visitam Porto e conhecem suas principais atividades
   Abertas as Inscrições para o Ensino Fundamental
   Laboratório de informática auxilia votação do Orçamento Cidadão
   Teatro apresenta shows de “Eduardo Dusek” e “Sebastião Tapajós”
   Pedestre da Independência, em São Sebastião

Ubatuba:
   Aeroporto de Ubatuba ganha R$ 483 mil

   Carta do Leitor



Ação Integrada irá beneficiar crianças dos CEI’s
A parceria entre as Secretarias de Educação e Saúde, irá colocar dentro dos Centros de Educação Infantil os enfermeiros do Programa Saúde da Família, que mensalmente estarão acompanhando o crescimento dos alunos de zero a 4 anos, das escolas administradas através de uma parceria entre a Prefeitura e Fundação Orsa

Caraguatatuba - Os CEI’s - Centros de Educação Infantil de Caraguatatuba, administrados através de uma parceria entre a Prefeitura Municipal e Fundação Orsa, estarão participando agora de um novo projeto, no qual será firmada um nova parceria, entre as Secretarias Municipais de Educação e Saúde.
Trata-se do projeto “Ações Integradas”, o qual irá beneficiar as crianças que estudam nos CEI’s administrados pela Prefeitura e Fundação Orsa.
O programa visa o trabalho conjunto da SME, Fundação Orsa e SMS, através das equipes do PSF - Programa Saúde da Família, que estarão disponibilizando enfermeiros atuantes das áreas dos CEI's para realizarem dentro das creches avaliações com os alunos de zero a 4 anos.
De acordo com a enfermeira e coordenadora do PSF, Marcelle Costa Bernardo, "haverá nos CEI's mensalmente consultas de enfermagem na área de Pediatria, e isso inclui a visita do médico 1 vez por mês. Faz parte do programa o acompanhamento das crianças com relação a peso e medida e atualização das carteiras de vacina", explicou a enfermeira, completando que entram também nessa parceria os setores de Vigilância Sanitária e Epidemiológica, no sentido de educação e orientação de pais de alunos com relação à Saúde e doenças como pediculose, escabiose, hepatite e verminose.
Os enfermeiros participarão também dentro dos Centros de Educação Infantil, das reuniões de pais, para orientação sobre diversos assuntos como DST(doenças sexualmente transmissíveis)- Aids, planejamento familiar e outras questões.
Outro ponto importante dessa parceria entre CEI e PSF é a inclusão das famílias em outros programas específicos de cada bairro, como de carências nutricionais, cozinha nutritiva, entre outros.
Estiveram reunidos na Secretaria de Educação nesta quarta-feira 12, os diretores dos CEI's, enfermeiros das equipes de PSF que estarão trabalhando nessa parceria, integrantes da Fundação Orsa da área de Educação, representantes da Secretaria de Saúde, entre outros, para discutir questões referentes à nova parceria, que beneficia diretamente as crianças de zero a 4 anos, alunos dos CEI's, que a partir de agora passam a Ter acompanhamento médico dentro da escola, dispensando assim os atendimentos feitos nas Unidades De Saúde da Família. (Fonte: SME/PMC)

Artistas expõem nos relógios-termômetros em Caraguá

Caraguatatuba - Quem quiser ver as horas ou a temperatura nos próximos dias em Caraguá, vai poder também conhecer e apreciar obras de oito artistas plásticos, que estarão expondo seus trabalhos nos relógios-termômetros, instalados em vários pontos da cidade. Com o projeto Hora da Arte, que tem como objetivo promover as artes plásticas, divulgar artistas locais, e transformar o meio urbano em um espaço cultural, possibilitando o acesso da população às artes, a Provis Propaganda Visual, de São Paulo, abre seu espaço que tradicionalmente é ocupado por empresas e produtos, para dar lugar para a arte. Segundo Guilherme De Luca, responsável pelo projeto, a intenção é estender o Hora da Arte para todo o Litoral Norte com o mesmo conceito, abrindo espaço para 84 artistas plásticos da região - “Essa é a semente de um projeto maior a ser realizado durante o verão 2003, para que os artistas, que normalmente sofrem com problemas de visibilidade, possam expor seus trabalhos na rua, em contato com o grande público, sem contar que ainda existe o fator de que decora-se o meio urbano com obras de arte”. Está previsto também dentro do projeto, uma tenda com 100m2 que percorrerá semanalmente cada uma das quatro cidades, exibindo os originais e promovendo oficinas de artes. Os artistas de Caraguá que participam desse projeto são; Jac Costa, Ben Hur Vernizzi, Adriana Bucci, Eliana Bustamante, Haroldo Di Giaimo, Edson Macedo, Mitsuco Suizo Sampa e Maria Raquel Costa Neves, dividindo espaço nos relógios localizados na Praça Dr. Cândido Motta, Praça Diógenes Ribeiro de Lima, Praça IV Centenário e Praia Martin de Sá. (Fonte: Fundacc)

Campanha "Doe um Instrumento"

Caraguatatuba - A Fundacc está realizando uma campanha para incentivar a comunidade a doar instrumentos musicais, dando oportunidade da população carente ter a chance de participar das oficinas culturais e aprender música. Os interessados em participar devem entrar em contato com a Fundacc na Rua Santa Cruz, 396, centro ou pelos telefones 423 7555 / 3883 3606. (Fonte: Fundacc)

Brinquedos e Brincadeiras no MACC

Caraguatatuba - A Fundacc promove no mês de outubro uma grande exposição de brinquedos e brincadeiras antigas, no MACC - Museu de Arte e Cultura de Caraguatatuba, para que as crianças de hoje conheçam como se divertiam seus pais e avós. A Fundacc conta com a participação da comunidade para a realização da mostra, portanto, se você tem algum brinquedo antigo, empreste para a exposição e participe da vida cultural de sua cidade. Entre em contato com a Fundacc - Rua Santa Cruz, 396, centro ou pelos telefones: 38837555/38833606.
Cia Teatral Genérico apresenta a peça Mani E Cômio, nos dias 21 e 22 de setembro, às 19 e 21 horas, no Auditório da Fundacc. A entrada é 1 quilo de feijão. Esse grupo está participando da Gincana Estudantil da TV Vanguarda. A autoria e direção é de Rafael Andrade, aluno da Escola Colônia dos Pescadores. Esse grupo é um dos inscritos no FET. (Fonte: Fundacc)

Workshop de cenografia com Mathilde Mathias

Caraguatatuba - A Fundacc promove nos dias 14 e 15 de setembro, sábado e domingo, um workshop de cenografia direcionado à dança, maquiagem, figurino e interpretação, ministrado pela bailarina, coreógrafa e responsável pelo Corpo Experimental de Baile de Caraguatatuba, Mathilde Mathias. As aulas acontecem no Centro Cultural Maristela de Oliveira, no dia 14 das 14 às 18h30, e no dia 15, das 9 às 12h30 e o valor é de R$ 40,00.
Segundo Mathias, o workshop é de grande importância para os interessados em dança pois engloba as necessidades para montagem de um espetáculo, desde as coreografias até a maquiagem adequada - “ Na parte de interpretação, será trabalhado através da expressão corporal, os vários estados da alma, com exercícios específicos para desinibição para saber interpretar o personagem que está sendo dançado. As coreografias têm que transmitir sentimentos, dando vida aos passos e movimentos” finaliza.
Mais informações e inscrições na Fundacc pelos telefones 12 38837555 ou 3883 3606. (Fonte: Fundacc)

Alunos do EJA e Telecurso visitam Câmara de Caraguá

Caraguatatuba - Os alunos do EJA (Escola de Jovens e Adultos) e do Telecurso, ambos localizados no bairro de Martin de Sá, visitaram a Câmara Municipal de Caraguatatuba na última terça-feira, durante a Sessão Ordinária semanal. Após a visita os alunos discutem em aula o que foi visto, no âmbito da Cidadania.
Cerca de 20 alunos, no total, de ambos os cursos, assistiram a Sessão Ordinária semanal da última terça-feira. Os alunos puderam observar o Expediente e a Tribuna dos Vereadores. Neste período, são lidos os projetos protocolados no Legislativo, bem como são discutidos e votados os Requerimentos e Moções. Na Tribuna dos Vereadores os Parlamentares fazem críticas, elogios ou indagações sobre o que está ocorrendo atualmente no município.
Os alunos do EJA estiveram representados pela professora Rosemeire Santos Castilho e pelo Telecurso, quem compareceu foi a professora Valéria Ferreira Macedo Costa. Durante o intervalo, entre o final da Tribuna e a Ordem do Dia, os alunos do EJA conheceram o prédio do Legislativo com suas novas dependências, incluindo as novas salas dos funcionários e os gabinetes dos Vereadores.
Para o presidente da Câmara, Vereador Valmir Gonçalves - Valmir da Colônia (PSDB) a população tem que estar cada vez mais próxima ao Vereador. "Somos eleitos pelo povo e são eles, apenas eles os únicos a nos cobrar uma melhor atuação e dentre esta cobrança está conhecer a Casa de Leis, que nada mais é do que a Casa do Povo", frisou. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Nézão consegue rede de água para Rio do Ouro

Caraguatatuba - O Vereador Nílson Lopes da Silva - o Nézão (PPS), da Câmara Municipal de Carguatatuba, empreendeu esforços e conseguiu junto a Sabesp (Saneamento Básico do Estado de São Paulo), a extensão da rede de água para mais de 30 famílias no bairro do Rio do Ouro, zona oeste de Caraguatatuba. Há de se salientar que a extensão foi conseguida sem qualquer custo adicional aos moradores - totalmente gratuito.
As ruas que conseguiram extensão da rede de água no Rio do Ouro estão localizadas na rua particular - na Ilha do Sol; na rua Pedra da Onça e na rua Airton Senna. Os orçamentos, que tinham custo estimado em R$ 590 e R$ 820 foram isentados aos proprietários. Esta conquista veio através do Vereador Nézão, que conseguiu isso reiterando pedidos à Sabesp e ao prefeito municipal, Antonio Carlos da Silva (PSDB).
Para o Vereador o Rio do Ouro vem tendo uma nova conquista a cada dia. "Este é um bairro carente que ficou esquecido dos prefeitos por muito tempo. Graças ao meu entrosamento com o prefeito Antonio Carlos, estamos a cada dia fazendo uma melhoria, trazendo uma benfeitoria, transformando esta comunidade num verdadeiro bairro", disse o Vereador. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Vereadora Dalva homenageia escola Colônia dos Pescadores

Caraguatatuba - A Vereadora Dalva Ricardo Santana - Profª Dalva (PPS), da Câmara Municipal de Caraguatatuba, homenageou na Sessão Ordinária semanal desta terça-feira, dia 10 de setembro, a Escola de Primeiro e Segundo Graus Colônia dos Pescadores, através do seu time de basquete masculino infantil, que sagrou-se vice-campeã dos Jogos Escolares do Estado de São Paulo. A homenagem veio na forma de uma Moção, aprovada com louvor e por unanimidade.
O time do Colônia dos Pescadores já tem história no basquete regional e de competição. No ano passado tornou-se campeão, na cidade de Taubaté, no Vale do Paraíba, onde participaram 48 equipes. No torneio deste ano, sediado na cidade de Ourinhos, interior do estado, no final do mês de agosto, foram mais de 40 equipes e o vice-campeonato veio na derrota para a cidade de Mogi-Guaçu, equipe que havia sido derrotada por Caraguatatuba na primeira fase do torneio.
A Sessão Ordinária transformou-se em Solene, graças a alegria que reinou no plenário. Nas galerias, professores, alunos e pais e amigos compareceram para apreciar a homenagem. Todos os Vereadores se manifestaram sobre a Moção, o que gerou um atraso na programação da sessão em 30 minutos.
A Vereadora Dalva Santana enalteceu o padrão técnico da equipe local, frisando que o vice-campeonato veio através da galhardia e da competência dos atletas.
Mas não foram somente elogios na sessão para discutir a Moção. Os Vereadores Laércio Aparecido de Andrade - o Bolha (PPS) e Madalena Fachini (PSB) teceram críticas ao fato ocorrido com o técnico do time, Luiz Cláudio Passos Ribeiro dos Santos - Professor Dado. Segundo os Parlamentares, o professor, que é contratado da Prefeitura Municipal, teve o seu dia descontado na Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, ao acompanhar a equipe em Ourinhos.
Para o Vereador Bolha o Secretário de Esportes, Francisco Carlos Marcelino mostrou "falta de tato, de compreensão e desestímulo aos atletas e professores". Bolha alertou para 2004, quando Caraguá irá sediar os Jogos Regionais. "Espero que a cidade esteja cheia de atletas de outras cidades e que as equipes de Caraguá tenham professores, técnicos e atletas da nossa comunidade, pois seria terrível termos um monte de contratações só para os Regionais", frisou. A Moção foi aprovada por unanimidade. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Jornais discutem parcerias com escolas
Veículos de comunicação e educadores trocam experiências sobre programas educativos

Ilhabela - A necessidade de formar parcerias entre veículos de comunicação e escolas e a utilização de projetos sócio-educativos como argumento de vendas e marketing social das empresas jornalísticas foram os temas discutidos ontem no Encontro Nacional de Coordenadores de Programas Jornal na Educação, da ANJ (Associação Nacional de Jornais), em Ilhabela.
O evento, que termina hoje à tarde, tem como objetivo a troca de experiências entre os 38 jornais participantes sobre programas sócio-educativos.
Promovido pelo ValeParaibano, o encontro reúne representantes de jornais de vários Estados como o A Tarde, de Salvador (BA) e O Globo, do Rio de Janeiro (RJ), além dos jornais regionais de São Paulo, como Correio Popular e Diário do Povo, de Campinas, A Tribuna, de Santos, e Jornal da Cidade, de Bauru.
Segundo o vice-presidente da ANJ, Silvino de Godoy Neto, que participou da abertura do evento, os veículos precisam investir mais em projetos educativos. "Além de imprimir jornais, precisamos imprimir o sentimento de cidadania na alma dos leitores brasileiros".
Ontem, o encontro foi dividido em duas partes --pela manhã, os coordenadores discutiram a questão mercadológica dos projetos sócio-educativos. À tarde, a palavra passou para educadores, que mostraram a diretores e editores de jornais, os principais benefícios e dificuldades de trabalhar com jornal em sala de aula.
"O jornal é a principal ferramenta para o professor conseguir dar uma aula mais atrativa. Com ele, conseguimos trabalhar a interdisciplinaridade, isto é, verificar que é possível ensinar diversas disciplinas em apenas um texto jornalístico", disse a educadora do ensino fundamental de Bauru, Rosiley Vilela Tezani Moreira. Ela está implantando há um mês o programa Jornal na Educação, a partir da utilização do Jornal da Cidade, de Bauru.
Para a coordenadora do Sub-Comitê Jornal na Educação, da ANJ, Maria Aparecida Borelli de Almeida, a mera distribuição do jornal em sala de aula não reflete um programa educativo. "O trabalho está na orientação dos educadores sobre as formas de utilização dos veículos dentro da escola".
Maria Aparecida disse que o evento é importante por reunir representantes dos veículos das diversas áreas, que passam a entender que o programa é abrangente e precisa do envolvimento de todos.
"O jornal serve para complementar o livro didático. A agilidade da informação dá um embasamento pedagógico para o professor trabalhar em sala de aula que o livro só iria trazer no próximo ano letivo", afirma.
UNESCO - O evento também conta com a presença de uma representante da Unesco, a educadora Maria Alice Marcondes Gomes Pereira, especialista em educação e autora da Revolução Cognitiva, que permite a alfabetização de crianças sem idade mínima.
A pesquisadora deverá coordenar projetos promovidos pelo ValeParaibano como a primeira rádio-escola cultural, prevista para ser inaugurada em Ilhabela, no início de 2003. (Fonte: ValeParaibano)

Programas incentivam interesse pela leitura

Ilhabela - O coordenador do programa sócio-educativo Vale Educar, do jornal ValeParaibano, Gilberto Martins, abre as discussões de hoje do Encontro Nacional de Coordenadores de Programa Jornal na Escola, a partir das 8h30, no Ilha Flat Hotel, em Ilhabela.
Martins vai falar sobre como o programa sócio-educativo pode contribuir para o desenvolvimento produtivo da empresa jornalística. "Aproveitamos o encontro de diretores e editores de jornais, além de coordenadores de programas, para discutir a importância de incentivar a leitura e o retorno que essa atividade pode oferecer às empresas", disse.
Durante o último dia do evento também serão discutidos outros temas, como parcerias com órgãos públicos, terceirização dos programas, além de captação de recursos para a sustentabilidade dos trabalhos, privilegiando união entre empresas jornalísticas e fundações educativas.
A responsabilidade direta e indireta do jornalismo na formação de cidadãos será o tema da última palestra de hoje, com a participação do editor-chefe do ValeParaibano, Hélcio Costa. (Fonte: ValeParaibano)

Hospital de Ilhabelha tem 1ª morte

Ilhabela - Após 15 dias de inauguração, o hospital Mário Covas de Ilhabela registrou sua primeira morte. No último domingo, a dona-de-casa Aparecida Anilda da Silva Soares, 31 anos, grávida de sete meses, morreu cerca de três horas depois de dar entrada no hospital.
A família da vítima está acusando o hospital de uma suposta negligência médica. "Aparecida tinha problemas cardíacos e não foi atendida por nenhum médico especializado", disse Adão José de Passos, 29 anos, marido da vítima.
O secretário da Saúde, Antônio Luiz Colucci, disse que a vítima passou por todos os atendimentos médicos necessários. (Fonte: ValeParaibano)

Propagandas de candidatos poluem a a cidade

Ilhabela - A Prefeitura Municipal de Ilhabela através da Secretaria do Meio Ambiente já está tomando providências em relação aos banners e faixas de candidatos fixados em árvores situadas nas vias públicas do município. A insatisfação de moradores e até turistas é visível quando se trata da poluição visual causada pelas propagandas de candidatos.
Desde sexta passada, a equipe da Secretaria do Meio Ambiente vem fazendo uma coleta nas principais ruas e avenidas do município. Até agora foram retirados cerca de 100 faixas e banners. Nesta quarta, a limpeza foi no canteiro central, na Barra Velha.
Os ventos fortes que vem ocorrendo há algumas semanas na cidade tem contribuído para piorar ainda mais as condições dos banners, que ficam destruídos, enrolados e até pendurados, podendo causar algum acidente. Segundo a Secretária do Meio Ambiente, Cássia Redo, existe uma lei que regulamenta a disposição de faixas em apenas 5 pontos do município. “Nós temos fiscalizado tudo que é pertinente a comunicação visual em Ilhabela”, completa.
A Elektro, concessionária que atende o município, fez um comunicado a prefeitura referente a veiculação de propaganda eleitoral nos postes, solicitando que fossem tomadas medidas para que se cumprisse a Lei Eleitoral. A autorização para uso dos postes deverá partir da concessionária, mas o responsável pela fiscalização é da Justiça Eleitoral da cidade.
Segundo a Elektro, a fixação de faixas, placas, cartazes, pinturas, inscrições ou assemelhados nos postes de propriedade da concessionária, podem causar ao poste dano, dificultar ou impedir o seu uso, operação e manutenção ou ainda oferecer riscos à segurança de terceiros. (Fonte: PMI)

Vacinação anti-rábica nas comunidades isoladas

Ilhabela - O Cronograma é previsto porque as viagens dependem das condições do clima e do mar. As datas de dezembro ainda não foram definidas. O Cronograma previsto para vacinação anti-rábica nas comunicades isoladas de Ilhabela foi o seguinte:
Castelhanos – dia 18/09, 16/10 e 20/11
Búzios e Vitória – dia 20/09, 25/10 e 29/11
Bonete, Anchovas e Indaiauba – dia 25/09 e 30/10
Fome, Serraria, Poço, Eustáquio e Guanxumas – dia 02/10 e 6/11
Praia Mansa, Praia Vermelha, Figueira e Sombrio – dia 09/10 e 13/11 (Fonte: PMI)

ACISS é contra projeto que prevê aumento de licença para ambulantes

São Sebastião - A Aciss (Associação Comercial de São Sebastião) é contra o projeto de lei 45/2002, que dispõe sobre aumento de licenças para vendedores ambulantes na região central. O presidente da entidade, Artur Ramirez Balut, afirma que os comerciantes já haviam pedido providências à associação para evitar excesso de ambulantes.
Pelo projeto de lei, de autoria do vereador Erwin Mota, as inscrições de ambulantes no centro passarão de 50 para 75. O parlamentar disse que o objetivo é regularizar situação já existente, onde pessoas procuraram este trabalho para sustento de suas famílias. A propositura será votada na próxima segunda-feira.
Balut afirma que também é prematuro aprovar este projeto. “O excesso de ambulantes é uma das principais preocupações dos comerciantes estabelecidos”.
Segundo ele, há a necessidade de se resolver a problemática de estabelecimentos comerciais irregulares por falta de alvará e outras normas.
“São 40% dos estabelecimentos no Litoral Norte nesta situação.
Precisamos estudar o assunto em São Sebastião e verificar a demanda de empregos”. Ainda segundo ele, esse percentual sobe para 60% no setor hoteleiro.
Balut afirma que a prefeitura tem a intenção de apresentar projeto de lei sobre o comércio ambulante. Para ele, abrir mais 25 vagas no centro poderia ensejar outras medidas, em especial na Costa Sul.
“A prefeitura também tem um projeto para o embelezamento do Centro Histórico. Como praticar essa iniciativa com grande número de ambulantes na área?”, questiona.
O presidente da Aciss afirma que a questão do desemprego precisa ser discutida com propostas de qualidade. “Já temos ambulantes sem licença no centro, mas há necessidade de fiscalização ostensiva”.
Na sessão da Câmara de segunda-feira, o vereador Carlos Borba sugeriu que a Aciss fosse convidada para discutir o projeto de lei. Na ocasião, o projeto seria votado, o que não ocorreu porque o vereador Dalton da Silva pediu vistas.
O vereador Mota discordou da sugestão da Borba alegando que “a Associação Comercial não participa das sessões da Câmara”.
Balut afirma que a Aciss pode não estar presente às sessões, mas isto não significa que está alheia ao que ocorre na Casa. (Fonte: Imprensa Livre)

Alunos visitam Porto e conhecem suas principais atividades

São Sebastião - Mais de 50 alunos de 3ª a 8ª séries do ensino fundamental do Instituto Educacional Progresso (Sistema de Ensino Anglo), de São Sebastião, participaram ontem pela manhã do projeto “Conheça o Porto”. Trata-se de um programa da Dersa (Desenvolvimento Rodoviário), que visa mostrar aos estudantes as principais atividades da área portuária.
Por volta das 9h, os alunos do Instituto Progresso estiveram na Malteria do Vale, onde conheceram o processo de armazenamento de graneis.
Em seguida, após receberem bonés, folhetos e camisetas alusivos ao programa, todos foram para o Porto/Dersa acompanhados pelo chefe do Departamento Comercial, Administrativo e Financeiro do Porto/Dersa, Ibsen Trench Gomes.
Durante o passeio, crianças e adolescentes tiveram a oportunidade de ver de perto o cais comercial, armazéns e os compartimentos de descarga de produtos em pó, como a barrilha. Após a visitação estava prevista uma palestra sobre recursos, localização, configuração e situação atual do Porto de São Sebastião.
Um vídeo de aproximadamente dez minutos mostrou os planos de desenvolvimento, incluindo o pedido de liberação de recursos públicos para ampliação da infra-estrutura e a captação de investimentos privados para área retroportuária, que prevê a construção de armazéns e silos de armazenamento.
Para a mantenedora do Instituto Progresso, professora Josiane Frediani, o programa serve para informar os estudantes sobre a importância do porto na cidade. “Acho útil pois moram numa cidade portuária e têm pouco conhecimento”, considerou.
Ibsen Gomes informou que, em um ano de programa (de julho de 2001 a julho de 2002), mais de 400 estudantes visitaram o Porto de São Sebastião. Cinco faculdades já participaram do projeto.
Ele também destacou a importância deste tipo de visitação para os estudantes do município. Gomes afirma que muitas crianças que participam do “Conheça o Porto” desconhecem o trabalho portuário. Já a partir deste ano, o projeto deve receber as escolas municipais. (Fonte: Imprensa Livre)

Abertas as Inscrições para o Ensino Fundamental

São Sebastião - A Secretaria da Educação de São Sebastião realiza até o dia 28 de setembro as inscrições de 1ª a 8ª séries do Ensino Fundamental.
Esta inscrição será destinada aos alunos que estão fora da escola ou que não freqüentaram nenhuma unidade escolar municipal no ano de 2002.
O responsável deverá comparecer à escola mais próxima de sua residência, que possua a série pretendida, com a certidão de nascimento do aluno, nos períodos das 9h às 11h e das 14h às 16h.
Segundo a secretária da Educação, Vera Hilst, a previsão é que cerca de 200 crianças sejam inscritas neste período. “Tivemos a iniciativa de começar as inscrições mais cedo para acabar com as filas intermináveis nas escolas”, explica. (Fonte: PMSS)

Laboratório de informática auxilia votação do Orçamento Cidadão

São Sebastião - Durante o próximo final de semana (data de encerramento da votação do Orçamento Cidadão), a população de São Sebastião poderá votar naquilo que consideram prioritário para o município no laboratório móvel de informática, que irá percorrer os bairros da cidade, servindo como reforço para os mais de 150 postos já instalados desde o último sábado, dia 7.
O laboratório, que conta com seis micro-computadores (equipados com os programas para a votação), estará no dia 14, na costa sul e, no dia 15, em bairros da região central e costa norte.
Esta é a segunda vez que consecutiva que a prefeitura de São Sebastião realiza o programa Orçamento Cidadão, com a proposta de incluir na dotação orçamentária de 2003, as propostas que tiverem um maior número de votos.
Segundo estimativa dos organizadores, 50% da população eleitora terão a oportunidade de participar do programa, respondendo questões dos mais de 60 mil formulários, distribuídos entre as 150 urnas (localizadas em padarias, supermercados, centro de ensino profissionalizantes, setores da prefeitura, entre outros). Além disso, 40 pessoas estão circulando em pontos de maior concentração, ruas e em bairros de menor acesso, distribuindo os formulários.
As urnas que estiverem em estabelecimentos comerciais que não funcionam no final de semana, serão transferidas para praças, quadras esportivas, teatro e demais locais de concentração.
Na segunda-feira, 16, será realizada a contabilização dos votos. Ás 10 horas, está prevista a contagem dos votos da costa sul, no espaço cultural Guapuruvu, em Boiçucanga e, às 16 horas, na Escola Municipal Henrique Botelho, região central. Em ambas haverá as apresentações das fanfarras e a presença de autoridades.
No ano passado, mais de seis mil pessoas manifestaram suas preferências e definiram as prioridades que integraram o Orçamento Municipal de 2002, representando mais de 15% da população votante, que se encontra superior a 37 mil.
Cidadão Mirim - Com o encerramento do Orçamento Cidadão, terá início o "Cidadão Mirim", onde as crianças terão a vez de discutir as suas prioridades. A partir do dia 16, os mesmos temas já pré definidos nas discussões com a comunidade, para a implantação do questionário do Orçamento Cidadão, como por exemplo, violência, drogas e saúde, serão discutidos nas salas de aulas.
Cada classe contará com um material de apoio, que servirá como base para a formação do questionário. A votação do Cidadão Mirim será no inicio de outubro, e a apresentação das solicitações dos estudantes está marcada para o dia 12 de outubro, quando é comemorado o Dia da Criança. Os alunos que fazem parte do Procon Mirim irão entregar o documento para o prefeito Paulo Julião e para o presidente da Câmara Municipal, José Luís Ribeiro.
Segundo a secretária da Educação, Vera Hilst, a intenção é fazer com que o máximo de crianças utilizem-se dos computadores para o voto. "Nós estaremos encaminhando os alunos de algumas escolas que ainda não possuem laboratório de informática, para aquelas que já estão equipadas com este material", disse a secretária.
Para ela, é de fundamental importância a participação das crianças na votação, "já que elas podem desenvolver a sua cidadania e aprender, com o voto, a construir o seu espaço, percebendo que podem realizar mudanças, sugerindo propostas", concluiu Vera Hilst. (Fonte: PMSS)

Teatro apresenta shows de “Eduardo Dusek” e “Sebastião Tapajós”

São Sebastião - O Teatro de São Sebastião apresenta hoje, dia 13, às 22h30, o show do cantor e compositor, Eduardo Dusek. A entrada é gratuita. O ingresso pode ser retirado
Dusek começou a carreira artística aos 15 dias como pianista de peças de teatro, quando estudava na Escola Nacional de Música. Mais tarde passou a compor suas próprias canções e montou uma banda, que acabou apadrinhada por Gilberto Gil.
A partir de 1978 já tinha algumas composições, feitas em parceria com Luiz Carlos Góes, gravadas por nomes de peso da MPB, como As Frenéticas (o samba “Vesúvio”), Ney Matogrosso (o fox “Seu Tipo”) e Maria Alcina (o frevo “Folia no Matagal”).
Suas letras buscavam aliar sátira e bom humor. Em 1980, participou do festival MPB Shell da TV Globo, com a debochada música “Nostradamus”, que não se classificou, mas ficou conhecida do público. Nessa época gravou o primeiro LP, “Olhar Brasileiro”.
O reconhecimento musical veio em 1982, quando Dusek lançou o LP, “Cantando no Banheiro!”, que tinha no repertório a música “Barrados no Baile” (com Luiz Carlos Góes), “Cabelos Negros” (com Luiz Antônio de Cássio) e “Rock da Cachorra” (Léo Jaime). Entre seus grandes sucessos destacam-se ainda: “Doméstica” e “Aventura”.
Sebastião Tapajós - O show com o violonista, Sebastião Tapajós, acontece no Teatro Municipal, às 21h30, no domingo, dia 14. A entrada é gratuita.
Nascido em Santarém (PA), Tapajós começou a tocar violão aos 9 anos, com o pai. Mais tarde mudou-se para Belém, onde se aprofundou no estudo do instrumento. Em 1964, partiu para Portugal, onde foi aluno do Conservatório Nacional de Música de Lisboa.
De volta ao Brasil, radicou-se no Rio de Janeiro e passou a pesquisar ritmos e sons brasileiros, populares e folclóricos. Considerado um dos violonistas mais criativos e originais, Tapajós já lançou mais de 50 discos.
Além disso, acompanhou artistas como: Hermeto Pascoal, Gery Mullingan, Oscar Peterson e Astor Piazzolla. Seu disco “Guitarra Criolla”, de 1982, ganhou diversos prêmios na Europa, assim como “Terra” (1992). (Fonte: PMSS)

Pedestre da Independência, em São Sebastião

São Sebastião - A Prefeitura de São Sebastião realiza neste domingo, dia 15, a II Prova Pedestre da Independência. A largada das categorias de base acontece, as 7h30, na praça em frente ao Clube Portal do Olaria, e das categorias oficiais será na Rua da Praia, em frente ao Teatro Municipal, às 9 horas. A chegada será no bairro São Francisco.
Dessa vez o percurso foi invertido visando aumentar a segurança dos participantes e para que a liberação do trânsito seja mais rápida e não interfira no cotidiano dos moradores e dos visitantes. O evento contará com o apoio de cerca de 100 pessoas entre voluntários da AVDEC, polícia militar, defesa civil, guarda patrimonial, secretarias da Saúde e de Obras e Meio Ambiente.
O trajeto para as categorias oficial será de 10 km e para as categorias mirim e infantil será de 2 km. Na classificação geral, nas categorias masculino e feminino, serão premiados do 1º ao 5º colocado, com valor que varia de R$ 1,5 mil a R$ 400. Já do 6º ao 10º receberão medalhas.
Os três primeiros colocados de São Sebastião, como forma de incentivo, receberão prêmios que variam de R$ 200 a R$ 50, além disso, serão distribuídos troféus até o 5º colocado.
Já confirmaram presença no evento, que consta no calendário oficial da Federação Paulista Atletismo, as atletas: Maria Justina dos Santos (seleção brasileira), Fabiane Cristine da Silva (campeã da I Prova Pedestre da Independência – 2001), Maria das Graças (campeã da Maratona de Blumenau, 13º em Paris e campeã em São Roque – 2002) e Marizete de Paula Rezende.
Na categoria masculino estarão disputando a prova, os seguintes atletas: Aleudo Francisco Santos, Luiz Antônio dos Santos, Emerson Zer Bem (campeão da São Silvestre de 97), campeão em Portugal da Etapa Mundial, 3º lugar na Maratona do Japão de 99, campeão nacional sul-americano 2002), Israel dos Anjos (10º na I Prova Pedestre da Independência em 2001), Daniel Lopes (2º na I Prova Independência 2001 e campeão na cidade de São Paulo) e Diamantino Silveira Santos.
Segundo o secretário de Turismo, Esportes e Cultura, José Cardim de Souza, o objetivo da prova é incentivar o atletismo, que é considerado um esporte de rua, sendo praticado pelo cidadão comum. “Acreditamos que cerca de 600 pessoas estarão participando da prova, vindas de vários municípios do Vale do Paraíba, do Litoral Norte e até de outros estados. Além de incentivar o esporte, estaremos divulgando o nome da cidade”.
Durante a prova estarão interditadas as seguintes ruas: av. Altino Arantes, Av. São Sebastião, Av. Antônio N. Januário, Av. do Cais, Av. do Outeiro, Av. Remo Correa, R: São Geraldo, R: I Centenário Batista, Av. Mansueto Pieroti, R: Duque de Caxias, R: Antônio Cândido, Praça Almirante Barroso, Av. Auta Pinder, Av. Guarda Mor Lobo Viana, Av. Manoel Hipólito do Rego, Av. Manoel Teixeira, R: Martins Do Val e Praça do Convento (local da chegada). (Fonte: PMSS)

Aeroporto de Ubatuba ganha R$ 483 mil

Ubatuba - O Daesp (Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo) vai abrir na próxima quarta-feira uma licitação para escolher a empresa que fará a ampliação e reforma no Aeroporto Gastão Madeira, em Ubatuba. O investimento total nas obras será de R$ 483 mil.
A expectativa é que os trabalhos comecem em novembro. Entre os serviços está a construção de um alojamento para bombeiros, uma seção de incêndio, área de lazer e a construção de uma cerca ao redor do aeroporto.
As obras fazem parte de um projeto de urbanização elaborado pela Secretaria da Arquitetura e Urbanismo da Prefeitura de Ubatuba em parceria com o Daesp e tem o objetivo de melhorar as condições do local para os passageiros.
Nesse planejamento, também estão previstos o recapeamento da pista de 940 metros e melhorias na sinalização horizontal do sistema de pátio e pista e de balizamento noturno para o helicóptero. (Fonte: ValeParaibano)

Carta do Leitor

São Sebastião, A Capital do Cinema Ambiental - Aprenda primeiro a saber reprimir as QUEIMADAS URBANAS e a livre circulação dos CACHORROS NA PRAIAS, antes de querer ser ícone de ecologia.

Escalonamento de Férias - O Pai tira férias em Janeiro, a Mãe em Fevereiro, o filho maior em Março, a caçula em Abril. Conclusão: Ninguém vai para a praia.

Giuseppe D'Ippolito
Economista
Boiçucanga, SP


Esculturas e Publicidade - Não entendi ainda o que a Fundação Gilberto Salvador tem a ver com a administração de um sistema de 800 painéis publicitários. A proposta de um parque escultórico é uma idéia boa. Já a troca, por parte do poder publico, de publicidade por qualquer tipo de ação é inadequada, por que o município não tem um sistema de leis para regulamentar a atividade. Portanto, cabe à administração pública zelar pelo meio ambiente fazendo estas leis, ao invés de se associar a particulares na exploração comercial do espaço público.
Está aí acontecendo uma dupla inversão de papéis: Uma fundação para a arte explorando a publicidade e a prefeitura empresariando o espaço público. Além das boas intenções, se elas existem, isto está errado.
A vontade empresarial distorcida acaba promovendo absurdos, como uma praça de alimentação em frente a bares, os quais pagam impostos o ano todo, ou eventos em 25 praias do município. Não precisamos disso.
O município no verão já atingiu a sua capacidade máxima de receber turistas. Cabe agora a seleção por um turismo de qualidade no verão, e uma programação de eventos fora da temporada, esta sim carente de investimentos sérios. Trocar um show pop por 2 anos de cartaz de presunto tampando a serra do mar não é investimento em turismo. Tampouco o é implantar a indústria da poluição visual desenfreada no município, sem que se tenha as leis que a regulamentem.
Seria como a prefeitura se associar a uma grande construtora de São Paulo antes de ter uma lei de uso do solo. Imagine-se o desastre, e o que vem depois.
Caro Gilberto. Você que vive do olhar sabe que São Paulo foi assassinada na nossa geração. Não se preste a este papel em São Sebastião.

Mike Buser
Arquiteto
São Sebastião, SP


Aeroporto de Ubatuba - Com relação à matéria "Aeroporto de Ubatuba garante reformas", veiculada pelo site LitoralVirtual, em 12 de setembro último, indagamos:
1. A cerca que pretendem fazer no entorno de "toda a área do aeroporto" abrangerá a parte pertencente ao DAESP, do outro lado da AV Rio Grande do Sul, que está parcialmente invadida, além de prestar-se ao lançamento de entulhos de diversas orígens e composições, sem oposição alguma do poder público municipal?
2. Aqueles que ocuparam esta área pública do DAESP, irregularmente, serão removidos e a área, que é central, será urbanizada e utilizada para a implantasção dos projetos comentados no artigo destacado?
3. Ou o projeto elaborado pela Secretaria de Arquitetura e Urbanismo da Prefeitura Municipal de Ubatuba contempla somente o lado leste do aeroporto e deixa o extremo oeste relegado ao abandono, à ocupação irregular (favelização) e ao lançamento sistematico de restos de poda, entulhos, ferro velho e lixo em geral?
É necessário que o poder público municipal esclareça essas questões pontuadas.

Thomas De Carle
Ubatuba, SP


Ponte da Maranduba - Lendo as noticias sobre Ubatuba no dia 12/09 nessa conceituada pagina, fico espantado em saber que a Prefeitura vai gastar R$ 3,5 milhões em asfaldo das ruas do centro, R$ 1,7 na estrada do rio escuro, não sei quanto no Aeroporto e a PONTE DA MARANDUBA nem com o auxilio da comunidade sai do papel.

José Carlos Cusato
Ubatuba, SP


Povos do Mar Clamam por Inclusão Social - Reunidos em São Sebastião, com a realização do VII Encontro dos Povos do Mar, os representantes das comunidades litorâneas de todo o país exprimem a indignação diante das desigualdades sociais advindas das políticas públicas de desenvolvimento, especialmente as direcionadas para o gerenciamento costeiro, incluindo a pesca e o turismo, onde os investimentos do Governo apenas favorecem os grandes empreendimentos, erguidos sob a égide dos poderosos e influentes grupos empresariais, comumente integrados por estrangeiros e que se assenhoram dos vultosos orçamentos direcionados para o fomento dessas atividades, deixando à mingua de recursos as comunidades locais e, mais que isso, mergulhando-as num perverso processo de exclusão social, mencionando-se os terríveis malefícios decorrentes da prostituição infantil e do consumo de drogas, como declarado pelos participantes do nordeste, onde se instalam imensos complexos hoteleiros, pouco se aproveitando da mão-de-obra local e, por conta disso, sem a distribuição dos benefícios esperados.
O doloroso exemplo desse geral clamor pode ser visto aqui mesmo, no litoral norte paulista, onde se aplicam milhões de dólares no Projeto de Preservação da Mata Atlântica, com ínfimos resultados sociais, especificamente no que possam estes ser medidos pela geração de empregos e pela melhoria da qualidade de vida das populações tradicionais. Ao contrário, o que se assiste é o cruel esmagamento do caiçara, que vai sendo expulso de suas terras por falta de um adequado amparo devido pelo Estado, no exato compasso em que entra em colapso a própria administração ambiental, decorrente dos conflitos gerados pela inoperância sistêmica dos organismos oficiais, o que já traz, no bojo de todos os malefícios, o crescimento da violência cruamente estampada nos casos recentes das bárbaras agressões aos desamparados agentes florestais ocorridas no Núcleo Picinguaba e noutras áreas do Parque Estadual da Serra do Mar.
Apesar dos milhões de dólares aplicados pela Secretaria do Meio Ambiente, oriundos do financiamento através do banco alemão KfW, não se tem conseguido proteger eficientemente o Parque Estadual da Serra do Mar, contabilizando-se um crescente passivo ambiental onde se incluem centenas de desmatamentos, continuadas invasões, extração de palmito, caça e outros danos ambientais, percebendo-se que a raiz de tudo isso possa estar na imposição de um modelo centralizador que excluiu a comunidade da discussão e da participação nos seus próprios destinos sócio-ambientais. Destarte, pode-se destacar os ínfimos contingentes funcionais existentes nos organismos florestais gerenciadores das unidades de conservação em Ilha Bela e nos núcleos de Picinguaba, Caraguatatuba e São Sebastião do Parque Estadual da Serra do Mar, com o decrescente quadro funcional atestando, indubitavelmente, a não geração de empregos e o não aproveitamento das pessoas do local, as quais seriam mais adequadamente inseridas no contexto preservacionista do ambiente que sempre utilizaram para a própria sobrevivência, enquanto povo e cultura tradicionais. Na Ilha Anchieta, observamos o isolamento dos pescadores artesanais, alijados de quaisquer benefícios gerados pelo desenvolvimento estrutural, onde, ainda, se pretende investir substancial verba tão simplesmente “para a revisão do plano de manejo do parque”, enquanto muito melhor proveito tal verba poderia gerar se aplicada, como exemplo, na implantação do Núcleo Paraibuna, reivindicado há mais de quatro anos pela Prefeitura Municipal e com elevado potencial gerador de empregos e benefícios para a comunidade local, ou mesmo, para que a verba permaneça em Ubatuba, na melhor estruturação do próprio Núcleo Picinguaba, ou mesmo na implantação do uso público do Horto Florestal, como importante base de vigilância para a intensamente agredida região do Pé-da-Serra, mas com tudo isso implicando na oportunidade de emprego, de muitos empregos, para a população local, o que não passou de promessas não cumpridas, desde a implantação do Núcleo Picinguaba, nos meados da década de 1.980, quando, então, o Instituto Florestal enviou para o local cinqüenta funcionários, dos quais não restam hoje menos da metade, quando muito bem se poderia ter duzentos trabalhadores envolvidos nas atividades de recreação, ecoturismo, educação ambiental, administração, proteção e pesquisa científica, com o que muitos dos problemas hoje existentes não estariam ocorrendo, pelo simples motivo de que a comunidade estaria plenamente envolvida e colhendo os benefícios do desenvolvimento sustentável, inserindo-se sócio e economicamente na dinâmica ambientalista que deve conciliar os interesses humanos com a manutenção da riqueza natural. Sem pretender buscar quaisquer responsabilidades do passado, há que se esperar um reordenamento na aplicação das políticas públicas, sejam de conservação ou desenvolvimento, onde se inclui, necessariamente, a participação das municipalidades como mais próximas representantes das comunidades locais.

João Evangelista de Melo Neto
Engenheiro Agrônomo – Pesquisador Científico
Mestre em Manejo e Conservação de Recursos
Ubatuba, SP


... e os errados estavam certos! - Com muita dignidade o Prefeito Paulo Ramos admitiu no Programa Radio Livre, do Radialista Tony Luiz, na Rádio Costa Azul em Ubatuba, que seu governo estava levando o barco chamado " Ubatuba " a colidir nas pedras.
Merece nosso respeito a atitude do Prefeito que assumiu publicamente suas dificuldades e já começou a trocar seu Secretariado buscando mais competência a favor do município, acatando as críticas sempre construtivas dos que eram considerados errados, por seus assessores de primeiro escalão, justamente porque apontávamos os equívocos e erros grosseiros destes próprios.
Cabe agora a população dar este crédito ao Prefeito Paulo Ramos e aguardar seus próximos movimentos.
Com certeza a expectativa é grande com relação a atuação do Secretário de Turismo, assim como, do Presidente da COMTUR, que enviou nota a diversos veículos de comunicação " orientando-os " para que não aceitassem veiculação de anúncios publicitários de meios de hospedagens que não fossem formalizados e regularizados junto a Prefeitura.
Até aí tudo bem.
O problema começa quando o Centro de Informações da COMTUR distribui folhetos dos Meios de Hospedagem de propriedade do Presidente Luiz Bishof e, nestes folhetos constam o anúncio na Praia do Almada, da Pousada Manobra, que não tem sua regulamentação realizada junto a própria Prefeitura.
E se estiver regularizada, o fora recentemente pois, temos provas cabais de que seus comunicados para os veículos de comunicação são anteriores a possível regulamentação do referido Estabelecimento.
Este Estabelecimento está regulamentado ?
Na Praia do Almada pode ter este tipo de Estabelecimento ?
Portanto, Prefeito Paulo Ramos e Vereadores, é evidente que temos aí sérias distorções éticas que precisam ser corrigidas por parte do Comandante do Barco chamado " Ubatuba " sob pena de não se conseguir unidade no município por conta deste tipo de comportamento de quem deve dar exemplo, principalmente no Turismo, principalmente no exercio do Poder Executivo.

Joaquim Diniz
Professor de Marketing Estratégico
para Hotelaria e Turismo da UNITAU
e colunista do Litoral Virtual*

* Seus artigos não representam a opinião do Jornal ou das Instituições as quais presta serviços

 


 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão:

Clique Aqui.


Studio Maranduba Pousada Pé na Areia

As notícias e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo.


GRÁTIS!!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral na versão:
Compacta (apenas as manchetes c/ Link)
Completa (todas as notícias na íntegra) 
e-mail:
Cidade:


Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br


©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor