Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Terça-feira, 01 de outubro de 2002 - Nº 628 Edições Anteriores

Naturali Garden Center

Caraguatatuba:
   Faculdade de Caraguá cria 2 cursos
   Caraguá abre 3 núcleos do PSF
   Morador critica de falta de médico
   Caraguá comemora um ano de projeto Guri
   Briga de vizinhos acaba na delegacia
   Ladrões colocam cinto de dinamite em funcionário e roubam Praiamar
   Mecânico reage a assalto e leva um tiro no ombro na praia do Centro
   Turista entra em rua errada na Martin de Sá e é assaltado
   Retorna à pauta Veto Total da Telefonia Celular

Ilhabela:
   Ilhabela Participa do Projeto Estadual de Turismo de 2003
   Prefeito inaugura iluminação na Estrada do Camarão

São Sebastião:
   São Sebastião estima crescimento de 39%
   Sabesp estuda aplicar lei sobre rede de esgoto
   Terceira Idade fica em segundo lugar no IX Festival de Jogos Adaptados
   Vazamento de esgoto em caixa de inspeção atinge a praia de Juquehy

Ubatuba:
   Ubatuba estima crescimento orçamentário de 10% para o próximo ano

   Carta do leitor


Faculdade de Caraguá cria 2 cursos

Caraguatatuba - As Faculdades Integradas Módulo, de Caraguatatuba, inauguram no próximo ano cursos de Biologia e Informática, passando para 12 o número de cursos oferecidos pela instituição.
Segundo a assessora de Planejamento e Avaliação Institucional da Módulo, Regina de Castro Pompeu, no próximo ano a faculdade irá inaugurar um campu s no bairro Martin de Sá. O primeiro prédio terá 18 salas de aula e deve ficar pronto em fevereiro.
"A meta é construir um centro universitário. Estamos ampliando o raio de atendimento. O objetivo é, além de atender alunos das quatro cidades do Litoral Norte, atender o Vale do Paraíba", disse Regina.
A Módulo funciona há 27 anos em Caraguá, possui cinco unidade no município e cerca de 2.000 alunos.
"Queremos atrair estudantes do Vale com qualidade de ensino e qualidade de vida. Às vezes fica mais barato para os pais manterem o filho na casa de veraneio do que mantê-los no interior de São Paulo. A vida no litoral é mais tranquila", afirmou Regina.
A Módulo oferece cursos de Pedagogia, Letras (inglês/português), História, Administração de Empresas, Ciências Contábeis, Direito, Arquitetura e Urbanismo, Educação Física, Turismo e Normal Superior.
As inscrições para o vestibular 2003 podem ser feitas até o dia 28 de outubro. O valor da inscrição é R$ 50. A prova será aplicada no dia 1º de novembro.
Mais informações pelo telefone (12) 3897-2000 ou pelo site www.modulo.br. (Fonte: ValeParaibano)

Caraguá abre 3 núcleos do PSF

Caraguatatuba - A Secretaria de Saúde de Caraguatatuba vai implantar Postos-Referência de Saúde nos bairros do Massaguaçu, Porto Novo e Tinga.
O projeto faz parte do Programa Saude da Família, modelo preventivo implantado pelo governo federal e adotado pelo município.
Segundo a secretária de Saúde, Myrlene Silva, além de atendimento clínico-geral, os postos vão contar ainda com a atuação de médicos especialistas nas áreas de ginecologia e pediatria.
"O objetivo dos postos é atender a demanda de pacientes dos bairros e restruturar o atendimento da equipe do Programa de Saúde da Família que poderá contar com um serviço médico especializado em todos os casos", disse Myrlene. Os postos terão ainda estrutura para o pronto atendimento e para a realização de pequenas cirurgias.
As Unidades de Saúde da Família que funcionam nos bairros já estão sendo ampliadas com a construção de novos setores.
A prefeitura informou ainda que a equipe do programa já iniciou o trabalho de assistência médica especializada para os casos mais graves detectados entre os pacientes.
"Atualmente os pacientes são avaliados pelo clínico-geral nas unidades do bairro e somente depois são encaminhados ao médico especialista. Com um posto-referência, os atendimentos serão feitos em um único lugar", disse. (Fonte: ValeParaibano)

Morador critica de falta de médico

Caraguatatuba - Apesar da construção de novos postos, os moradores de Caraguatatuba reclamam da falta de médicos nas Unidades Saúde da Família. Segundo a dona-de-casa Regina Oliveira, que reside no bairro Perequê-Mirim, há sete meses sua filha de 15 anos está tentando uma consulta com um oftalmologista e não consegue por falta de médico.
"Em março peguei a guia de consulta para o mês de julho, mas não pode marcar por causa do período de férias dos médicos. Hoje (ontem), a minha filha foi ao posto de saúde na região central para a consulta e o médico não estava trabalhando", disse. A consulta foi remarcada para a próxima semana.
A dona-de-casa Inês dos Santos, disse que desistiu de fazer o exame preventivo ginecológico, pois não conseguia marcar consulta.
"Há quase um ano tento passar por um médico especialista. Como sempre não há vagas, desisti de marcar consulta", disse.
A secretária de Saúde, Myrlene Silva, afirmou que há médico clínico-geral em todas as unidades de saúde do município, mas existe a falta de especialistas. Segundo ela, a demanda vai ser atendida com a instalação dos postos-referências. (Fonte: ValeParaibano)

Caraguá comemora um ano de projeto Guri

Caraguatatuba - Caraguá está comemorando o 1º aniversário de Implantação de seu Pólo Guri. O projeto Guri é hoje um dos mais bem sucedidos da área social em todo o país. Criado em 1995 pela secretaria de estado da Cultura de São Paulo, o Guri tem como objetivo desenvolver as habilidades e potencialidades de crianças e adolescentes de áreas culturalmente carentes através da música. Agente desta transformação, a música leva esses jovens a uma revitalização de auto-estima e o fortalecimento da cidadania, criando uma nova perspectiva de vida. A comemoração deste importantíssimo projeto no município vai acontecer no próximo dia 4, às 20 horas no Salão de Festas da Catedral do Divino Espírito santo, que fica na Av. Amazonas, 1,665, Indaiá, com uma apresentação do coral e orquestra do projeto Guri Pólo Caraguatatuba. (Fonte: PMC)

Briga de vizinhos acaba na delegacia

Caraguatatuba - O aposentado Sebastião Rodrigues, 76 anos, foi preso na manhã de anteontem suspeito de esfaquear o desempregado João Batista Estevan, 59 anos, no bairro Caputera, em Caraguá. Segundo a PM, o aposentado alegou que Estevan havia invadido sua casa de madrugada. Ao abordar Estevan, o aposentado teria sido agredido e, para se defender, teria usado uma faca. Segundo a PM, Rodrigues afirmou que Estevan já havia praticado roubos em sua casa. Estevan teve ferimentos no abdômen e tórax e foi levado ao pronto-socorro, onde permanecia em observação até ontem. Estevan têm antecedentes criminais por homicídio e tráfico de drogas. (Fonte: ValeParaibano)

Ladrões colocam cinto de dinamite em funcionário e roubam Praiamar

Caraguatatuba - Em um roubo ousado, assaltantes obrigaram o funcionário A.F.B., 19 anos, a retirar R$ 10 mil do guichê da Praiamar, no Terminal Rodoviário de Caraguatatuba, colocando nele um cinto contendo dinamite e um relógio, que poderia supostamente ser ativado. O assalto aconteceu na tarde de domingo, horário de pouco movimento no terminal.
O funcionário relatou à polícia que havia acabado de deixar o serviço quando foi abordado ainda nas proximidades do terminal, por dois desconhecidos que o colocaram dentro de um carro. Afirmando que comparsas estariam com seus pais na casa, os assaltantes, armados de fuzis, obrigaram A. a colocar um cinto, que aparentava estar com dinamite, e ir ao guichê pegar o dinheiro.
Conforme a polícia, A. foi à sala da empresa no terminal, tocando a campainha e pedindo para entrar. Ele alegou ao outro funcionário, W.F.A., que precisava falar urgente com ele, levantando a camisa e mostrando o cinto.
Fuga - A sala foi aberta e o dinheiro, referente ao movimento das viagens dos ônibus de uma semana, retirado do cofre. A vítima levou até os assaltantes no carro, que tiraram o cinto e fugiram rumo ignorado.
Posteriormente, a vítima ficou sabendo que não havia ninguém com sua família na casa.
O funcionário não anotou a marca ou placas do veículo, uma vez que ficou muito assustado. Ele também não observou as características dos assaltantes. O caso foi registrado na Delegacia de Polícia de Caraguá.
O delegado Fábio de Carvalho Joaquim disse que esta é a primeira vez que ocorre na cidade um roubo deste tipo, usando dinamite.
Para o delegado, os assaltantes blefaram e o material não iria explodir, sendo usado somente para assustar a vítima. Joaquim ainda adiantou que a polícia já tem suspeitos, que seriam moradores da cidade. Ele não quis dar mais informações para não atrapalhar as investigações. (Fonte: Imprensa Livre)

Mecânico reage a assalto e leva um tiro no ombro na praia do Centro

Caraguatatuba - O mecânico R.M.P., 17 anos, reagiu a um assalto na madrugada de domingo e acabou sendo atingido com um tiro de raspão no ombro. O caso ocorreu na orla marítima do Centro de Cara-guatatuba.
A Polícia Militar, acionada por funcionários do hospital, atendeu a ocorrência no pronto-socorro da Casa de Saúde Stella Maris, onde a vítima recebeu medicação.
O mecânico disse que estava na praia com um amigo, quando chegou três desconhecidos e armados.
A vítima foi reagir e um dos assaltantes acabou disparando. Assustados, o trio foi embora sem levar nada. O amigo socorreu a vítima, que informou à Polícia Militar que não pretendia registrar o fato na delegacia. A reportagem não conseguiu contato com o mecânico.
Baleado - O ajudante M.G.F., 28 anos, chegou desmaiado e baleado, com um desconhecido, no pronto-socorro de Caraguatatuba.
A Polícia Militar foi chamada pela recepção do hospital e não conseguiu informações sobre o crime, uma vez que a vítima estava na sala de cirurgia e a pessoa que o socorreu, tinha ido embora. A vítima foi atingida com três tiros, que acertaram no braço, perna e barriga. (Fonte: Imprensa Livre)

Turista entra em rua errada na Martin de Sá e é assaltado

Caraguatatuba - O comerciante R.C.B., 55 anos, morador em São José dos Campos, foi vítima de assalto na noite de sábado no bairro Martin de Sá, em Caraguatatuba.
Ele voltava para casa de veraneio a pé, quando errou o caminho, entrando em um trecho sem iluminação e moradia.
Neste local, contou a vítima à polícia, dois homens armados, se aproximaram e anunciaram o assalto. Eles pegaram a polchete do comerciante, que estava com documentos pessoais, R$ 315, chave da casa e ainda um colar de ouro com crucifixo, fugindo em seguida.
A vítima avisou a Polícia Militar, que fez patrulhamento, mas não conseguiu localizar os suspeitos. O roubo foi registrado na Delegacia de Polícia de Caraguatatuba. (Fonte: Imprensa Livre)

Retorna à pauta Veto Total da Telefonia Celular

Caraguatatuba - O Veto Total do prefeito Antonio Carlos da Silva (PSDB), sobre o projeto do Vereador Aurimar Mansano (PTB), relativo a Telefonia Celular, retorna à Ordem do Dia da Câmara Municipal de Caraguatatuba. O projeto havia sido adiado a pedido do Líder do Executivo na Câmara, Vereador João Rodrigues de Godoy Filho - Baduca (PL).
A Ordem do Dia da 30ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Caraguatatuba, terá, entre outras proposituras, o Veto Total do prefeito Antonio Carlos da Silva, para com o projeto de lei sobre a Telefonia Celular, de autoria do Vereador Aurimar Mansano (PTB). Entraves políticos fizeram com que a propositura fosse adiada a pedido do líder do prefeito no Legislativo. O autor espera poder rejeitar o Veto, mas teme-se que a bancada governista o mantenha.
Outro projeto que merece destaque na sessão também vem do Executivo e altera a Lei de Zoneamento - a 200/92 e trata de uma área no bairro do Massaguaçu, mais precisamente no Sertão dos Tourinhos, localizada no Setor 8 e que o Executivo deseja que altere a sua zona de ocupação para Z-2.
Há também 2 (duas) denominações de rua, de autoria dos Vereadores tucanos, Agostinho Lobo de Oliveira - Lobinho e Vera Lúcia Moreira Peixoto - Vera Peixoto, que denominam, respectivamente, João Martins, no Morro do Algodãoa e José Néder, no Jaraguazinho. Finalizando, o Vereador Aurimar Mansano concede Título de Cidadão Caraguatatubense para a Secretária Municipal de Educação, Roseli Morilla Baptista dos Santos. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Ilhabela Participa do Projeto Estadual de Turismo de 2003

Ilhabela - A Prefeitura Municipal de Ilhabela através do Secretário Municipal de Turismo, Eduardo Espiaut, participou, no início da semana passada, da reunião que preparou as emendas do orçamento do Governo do Estado para 2003.
O convite para a Secretaria integrar o grupo surgiu do Diretor do DADE (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias), Ronaldo Assunção e do Diretor de Turismo do Sebrae, José Bento.
Esta verba vai dar ao DADE recursos para promoção e divulgação das estâncias através de TV, Rádio, Folheteria, CD Room, participação em Feiras de Turismo Nacionais e Internacionais, além de implantar nas estâncias o projeto de turismo de receptivo do Sebrae. (Fonte: PMI)

Prefeito inaugura iluminação na Estrada do Camarão

Ilhabela - O Prefeito Manoel Marcos inaugurou nesta sexta, 27, a nova iluminação da Estrada do Camarão e Travessa do Camarão, no Bairro da Barra Velha. Foram implantados cerca de 27 postes, 985 metros de rede primária compacta, 468 metros de rede secundária além de luminárias e transformadores. Também houve a substituição de mais oito postes da área já iluminada da estrada. O custo total da obra foi mais de R$100 mil.
Em seu discurso o Prefeito Manoel Marcos falou da importância de fazer uma coisa de cada vez, conforme as possibilidades e só prometer o que se pode cumprir. Recentemente os moradores da Estrada do Camarão receberam a extensão de rede de água, agora foi a vez da iluminação e para o futuro já existem projetos para o calçamento.
Estiveram presentes na inauguração autoridades municipais, moradores, além do Coordenador institucional da Elektro Guarujá, Ercélio Birello e o coordenador técnico da Elektro Ilhabela, Marcelo José dos Santos. Depois de feita a inauguração oficial o prefeito fez questão de caminhar pela estrada para conferir o trabalho completo. (Fonte: PMI)

São Sebastião estima crescimento de 39%

São Sebastião - A previsão orçamentária de São Sebastião para 2003 teve aumento de 39% em relação ao atual exercício --de R$ 134 milhões para R$ 186 milhões. Do total, 27% será destinado à educação e 16%, à saúde.
Segundo o prefeito Paulo Julião (PSDB), o motivo do aumento foi o crescimento do município na participação de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), de 0,66% para 0,7%. "Consultamos moradores para definirmos as prioridades."
O vereador oposicionista Erwin Aparecido Mota (sem partido) estranhou o aumento de 39%. "Temos que ver qual o cálculo usado para chegar a esse valor."
ILHABELA - Ao contrário de outras cidades, a previsão em Ilhabela é de queda de 0,58% --de R$ 34,1 milhões neste ano para R$ 33,9 milhões em 2003.
Segundo o prefeito Manoel Marcos (PTB), a queda se justifica pela diminuição dos royalties recebidos da Petrobrás pelo uso do Porto de São Sebastião. "Tivemos queda de arrecadação de R$ 500 mil por mês." (Fonte: ValeParaibano)

Sabesp estuda aplicar lei sobre rede de esgoto

São Sebastião - A Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) está estudando como deverá aplicar uma lei municipal que obriga os moradores de São Sebastião a fazerem ligação de esgoto à rede de coleta da estatal.
A legislação está em vigor desde fevereiro deste ano, após ser aprovada na Câmara e sancionada pelo prefeito de São Sebastião, Paulo Julião (PSDB). Passados sete meses, a Sabesp ainda não colocou em prática as novas regras. O estudo começou a ser elaborado na última quinta-feira pela regional da Sabesp no Litoral Norte, após pedido feito pela Prefeitura de São Sebastião junto à presidência da estatal.
A assessoria de imprensa da regional da Sabesp informou que a estatal está verificando a viabilidade jurídica e técnica de aplicar a lei municipal. Uma definição sobre o assunto deverá sair na próxima sexta-feira. No entanto, a companhia não deu detalhes de como seria essa cobrança.
De acordo com a lei, os moradores têm até 60 dias para requisitar a ligação com a rede de esgoto, a contar da notificação por parte da estatal. Depois desse período, a companhia poderá cobrar pelo serviço, mesmo sem solicitação.
PRESSÃO - O prefeito Paulo Julião afirmou que a nova lei tem o objetivo de exigir dos proprietários de casas que façam a ligação, uma vez que eles tentam fugir da taxa de coleta, mesmo com a existência da rede de esgoto.
"Já existe o sistema há mais de dez anos no centro e em três bairros da cidade, como o Arrastão, Porto Grande e Pontal da Cruz. Mas, as pessoas não fazem isso só para economizar."
O prefeito disse que a meta é evitar o despejo dos resíduos nas praias na temporada de verão devido à falta de uma ligação. Segundo ele, a mesma regra valerá para os bairros que terão redes de esgoto a partir do final do ano.
Segundo estimativas da prefeitura, a cidade tem aproximadamente 40 mil residências. (Fonte: ValeParaibano)

Terceira Idade fica em segundo lugar no IX Festival de Jogos Adaptados

São Sebastião - A equipe da Terceira Idade de São Sebastião esteve em Osasco, entre os dias 26 e 29 de setembro, participando do IX Festival de Jogos Adaptados à Terceira Idade.
São Sebastião conquistou a segunda colocação na classificação geral, onde concorreu com 29 cidade e perdeu apenas para Piracicaba.
O destaque da competição ficou para a modalidade dança, que levou o primeiro lugar, atingindo a pontuação máxima dos jogos na categoria.
Além disso, os atletas sebastianenses ficaram com o segundo lugar na natação masculino e no basquete misto e em quarto no vôlei masculino.
“O mais emocionante foi ver como a equipe da dança se apresentou, sendo este o primeiro evento, após o falecimento do monitor Álvaro Vitório e da dona Emília, que integrava o grupo”, disse Denise Moura Estevaletto, assistente social que acompanha os atletas.
A equipe contou com o apoio do Tebar Praia Clube, Prefeitura, Fundo Social, Autoviass e Centro de Convivência da Terceira Idade Polvo. (Fonte: PMSS)

Vazamento de esgoto em caixa de inspeção atinge a praia de Juquehy

São Sebastião - Duas caixas de inspeção do sistema de esgoto de Juquehy, na Costa Sul de São Sebastião, vazaram na praia no último sábado.
Segundo Regina Helena de Paiva Ramos, da Sociedade Amigos de Juquehy (Samju), não é a primeira vez que vazamentos ocorrem no bairro, que tem o sistema de esgoto funcionando parcialmente.
“Na frente da minha casa existem duas caixas, que já vazaram três vezes. A Sabesp disse que o vazamento foi de águas pluviais, em ligações feitas pelos moradores. Mas o que aconteceu sábado, na praia, não foi água de chuva, já que não chovia há três dias. O que vazou foi esgoto mesmo, com um mau cheiro insuportável”, falou.
Segundo ela, no domingo a Sabesp mandou um caminhão para drenar o esgoto que estava vazando na praia. “Só que nós não queremos que isso aconteça. Estamos assustados com essa situação. A Samju está muito preocupada com esse assunto”, disse Regina.
Segundo o diretor de meio ambiente da Prefeitura, Nivaldo Simões, foram aplicadas duas multas à Sabesp, uma no sábado e outra no domingo, no valor de R$ 4 mil cada. “Nós isolamos a área e multamos a Sabesp. Estivemos em reunião com a empresa, em Caraguatatuba, e estamos aguardando o laudo técnico que vai apontar a causa do vazamento”, disse.
A assessoria de imprensa da Sabesp disse que há várias hipóteses para o vazamento ter acontecido, entre elas a falta de energia elétrica ou a obstrução do sistema. A assessoria afirma que dentro de uma semana o laudo técnico com a causa do vazamento estará pronto.
Nivaldo Simões disse considerar uma aberração a instalação de caixas de inspeção em praias. A assessoria da Sabesp, entretanto, negou que os dois poços de visita estejam localizados na praia de Juquehy. Segundo a empresa, o PV’s ficam na Avenida Mãe Bernarda, que dá acesso à praia.
A Sabesp também informou que não é normal a ocorrência de vazamentos de qualquer espécie, mesmo com falta de energia elétrica.
A empresa afirmou que assim que o laudo técnico for divulgado irá tomar providências imediatas para resolver os problemas do sistema de esgoto do bairro. Segundo a empresa o sistema de Juquehy terá funcionamento total em breve. (Fonte: Imprensa Livre)

Ubatuba estima crescimento orçamentário de 10% para o próximo ano

Ubatuba - A previsão orçamentária para o ano que vem em Ubatuba é de R$ 70 milhões, o que representa um aumento de cerca de R$ 10 milhões em relação ao previsto para o exercício 2002.
De acordo com dados da Secretaria de Finanças, esse aumento leva em conta, inclusive, o excesso de receita obtida neste ano, com relação a previsão inicial apresentada no fim do ano passado.
Os números indicam que a previsão do orçamento era de R$ 59 milhões e já se obteve este ano cerca de R$ 65 milhões, em recursos.
Para o secretário municipal de Finanças, Luis Carlos Nunes de Barros, o aumento de arrecadação é o principal responsável pelo superávit de cerca de R$ 6 milhões, em relação à previsão inicial.
Barros ressalta que desde que a atual administração assumiu o comando, a cobrança da dívida ativa aumentou significativamente e a inadimplência tributária se estabilizou na casa dos 28%.
O secretário fez questão de registrar que para um aumento de arrecadação algumas medidas foram implementadas, como a retenção de impostos para fornecedores na fonte, como o ISS (Impostos Sobre Serviços).
Como as ações deram certo, a prefeitura, de acordo com Barros, pretende otimizar ainda mais o processo de arrecadação.
Para isso, um programa, com financiamento do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento), será implantado no ano que vem para melhorar o atendimento ao contribuinte, com informatização total do sistema e otimização de cobrança.
Barros, no entanto, explica que o reajuste do orçamento para o próximo ano segue critérios básicos, como o aumento natural de despesas em alguns setores, caso da Educação. “Temos cerca de 1,2 mil crianças entrando na rede municipal anualmente, isso precisa de maiores investimentos e, conseqüentemente, uma necessidade maior de arrecadação”, disse.
Os números apresentados pela prefeitura indicam que o setor de ensino ficará com 28% dos investimentos previstos pelo orçamento, enquanto a saúde receberá 17%, a secretaria de obras 16% e outros 39% serão divididos entre as demais áreas da administração.
Uma novidade para 2003 será a destinação de verbas para a Secretaria de Meio Ambiente, criada este ano, e que deverá receber cerca de R$ 500 mil em investimentos; dos quais R$ 300 mil deverão ser utilizados na desapropriação e construção de casas populares para as famílias que moram em área do Parque Estadual da Serra do Mar, na altura do Pé da Serra.
O prefeito Paulo Ramos concorda com as afirmativas feitas pelo secretário de finanças e garante que o esforços para manter a arrecadação em níveis satisfatórios serão mantidos.
Ramos aproveitou para comentar o fato de Ubatuba ter um orçamento 50% menor que o de São Sebastião, que anuncia uma estimativa de R$ 150 milhões para o próximo ano. Se tivesse a possibilidade de trabalhar com uma expectativa como a que o atual prefeito da cidade vizinha, Paulo Julião, ele afirma que aplicaria o dinheiro preferencialmente em dois setores: saúde e educação.
Na educação, o prefeito de Ubatuba explica que a qualificação do corpo docente da rede municipal seria uma prioridade. “Cursos de especialização são necessários. Precisamos ter uma mão de obra cada vez mais preparada e investiríamos nisso, com certeza”, afirmou.
Quanto à Saúde, Ramos ressalta que o investimento tem de ser constante. “Sempre que abrimos uma nova porta, temos pessoas doentes para atender. É o tipo de investimento que nunca poderá acabar”, disse. A ampliação da frota e de programas como o de Saúde da Família também seriam revistos. (Fonte: Imprensa Livre)

Carta do Leitor

Aterro Sanitário ou Usinas de Reciclagem? - Neste momento em que Caraguá discute a implantação de um Aterro Sanitário, gostaria de contribuir com alguns dados e tendências sobre a questão do lixo.
O Projeto de Lei 203/91 http://www.camara.gov.br/Internet/sileg/integras/41925.htm  que instituirá a Política Nacional de Resíduos Sólidos, segue a tendência dos países do hemisfério Norte, como: Gradual Banimento dos Aterros Sanitários; Desincentivo à Geração; Reciclagem Integral; Responsabilidade Pós-consumo dos Produtores; Reciclagem com Geração e Conservação de Energia Elétrica; Licenciamento Condicionado à Sustentabilidade; Incremento da Coleta Seletiva; Cobrança Proporcional aos Custos; Normas Rigorosas de Disposição Final em Aterros. Neste contexto, é importante notar a quebra de paradigma em relação a Viabilidade Financeira da Reciclagem, anteriormente calculada apenas por CR = VR - CC (CR: Custo da Reciclagem; VR: Venda do Resíduo; CC: Custo de Coleta). Na década de 80, o município de São Paulo adotava os seguintes valores: CC = R$ 417/t e VR = R$ 50/t, concluindo que o Custo de Reciclagem custava ao município R$ 367,00/t - enquanto a coleta comum custava cerca de R$ 80,00/t. Este foi o principal argumento para retardar as políticas de coleta seletiva. Hoje em dia, já se adota uma nova fórmula para cálculo de viabilidade da reciclagem que leva em conta os Fatores de Economia ligados à reciclagem. Por exemplo:

 

Fator de Economia

Lata Alumínio

Vidro

Papel

Plástico

Lata Aço

1

Redução no Consumo de Energia

95%

13%

71%

79%

74%

2

Redução na Poluição do Ar

95%

20%

74%

-

85%

3

Redução na Poluição da Água

97%

-

35%

-

76%

4

Redução no Consumo de Água

-

50%

-

-

40%

5

Redução no Consumo de Matéria Prima (Brasil) (Milhões)

R$ 2,7

R$ 27,3

R$ 339

R$ 353,7

R$ 13,2

(*) Fonte: Os Bilhões Perdidos no Lixo – Sabetai Calderoni

Em 1996, o Brasil obtinha ganhos de apenas R$ 1,192 Bilhões com Reciclagem de Lixo quando tinha potencial para gerar R$ 5,836 Bilhões (*). Se considerarmos a possibilidade de geração de energia a partir do lixo (autorizada pela ANATEL em 05/07/2000), a economia potencial salta para R$ 10,000 Bilhões. Estes números demonstram o potencial econômico do Lixo e como o atual problema ambiental pode tornar-se uma importante fonte de recursos.
Por isso, penso que além da solução de aterros sanitários, os municípios do Litoral Norte poderiam liderar um movimento nacional para Implantação de Usinas de Reciclagem Integral de Resíduos capazes de oferecer (*):
1) Triagem e comercialização de materiais “inorgânicos” papel, plástico, vidro, lata de alumínio e lata de aço;
2) Produção de composto orgânico de alta qualidade utilização de digestor com processamento anaeróbio;
3) Produção de energia elétrica com aproveitamento do metano pelas turbinas para geração de energia;
4) Baixo índice de resíduos finais - cerca de 5% do total de resíduos recebidos.
Todavia, o êxito das Usinas de Reciclagem depende de uma bem articulada Política de Parcerias entre Poder Público e Iniciativa Privada capaz de fomentar o Mercado da Reciclagem. Entre as ações a serem desenvolvidas estão: Coleta Seletiva/Cooperativa de Catadores/Políticas de Geração de Emprego e Renda; Política de Compras do Governo; Fixação de Preços Mínimos; Concessão de Serviços; Parcerias com Órgãos Ambientais; Geração de Energia etc.
Para nossas cidades, onde a preocupação com o desenvolvimento sustentável está diretamente associada às políticas de urbanismo e desenvolvimento econômico (onde destaca-se o turismo), o correto equacionamento da questão do lixo pode reforçar-lhes a imagem de responsabilidade ambiental e respeito à natureza – um patrimônio incomensurável.

Ricardo Molina
Diretor do NATURALI Garden Center
Ubatuba, SP


Bertioga x São Sebastião - Redesenhar o mapa do município?
Melhor discutir sobre o sexo dos Anjos!

Giuseppe D'Ippolito
Economista
Boiçucanga


Bertioga ou São Sebastião - O leitor Hélio Ramos Aurélio trouxe a discussão um tema que mobiliza os moradores da costa sul de São Sebastião, assim definida pelo conjunto de bairros que a partir de Barequeçaba finaliza em Boracéia.
A proposta sugere que a região (Costa Sul) seja parcialmente incorporada ao município de Bertioga. Oferece como argumento a tese de que Bertioga teria maiores facilidades para administra-la, por não existirem trechos montanhosos entre si.
Ao utilizar-se de um acidente geográfico (o trecho de serra) como base para avaliações, a proposta nasceu morta. Da costa sul de São Sebastião não é possível enxergar qualquer condição diferenciada de administração que a prefeitura de Bertioga tenha implantado, por exemplo, no bairro de Boracéia, que partilha com São Sebastião.Tanto Boracéia do Norte quanto Boracéia do Sul, digamos assim, padecem do mesmo problema: isolamento administrativo.
A administração pública vive a reboque dos problemas e estes dependem de estratégia. De que adianta termos conhecimento de previsões para o crescimento demográfico, em toda a região, se não temos um fórum adequado onde se discuta de que forma a região poderá suportar esse crescimento e como os municípios deverão interagir a respeito.
Educação, Saúde e Segurança, sem contar outros tantos, são temas de inserção regional. No entanto, ficam restritos a cada um dos gabinetes. Seria mais racional, e representaria uma grande economia aos cofres públicos, que o ordenamento espacial e o desenvolvimento econômico da região fossem permanentemente discutidos e atendessem diretrizes acordadas pelos municípios, objetivando a oferta de serviços, estrutura e soluções mais avançadas aos munícipes e aos turistas.
A política e a administração pública, embora uma leve à outra, são funções distintas. Os políticos (prefeitos) seguem imaginando que administrar é ter acesso ao governador, receber atenções especiais, e formar maioria na Câmara Municipal que lhes permita tocar a obra sem turbulências. Quando muito, fazem uma consulta popular, recolhem as opiniões de cada cidadão, contam os resultados e pronto: têm em mãos uma longa relação de coisas a fazer. Isso é a administração pública que anda por aí, e por aqui também! Planejar e realizar metas são coisas do passado!
De minha parte, abreviando o que penso sobre a mudança de lado sugerida , declaro que a única possibilidade que me atrai é dispensar a administração à distância, venha do norte ou sul, e cuidarmos de nossa própria vida.
Atenciosamente

Vitório Manoel Moreira Papini
Boiçucanga
Costa Sul de São Sebastião, SP


O Direito de Falar - Impossível deixar de manifestar minha surpresa diante da proposta do cidadão, que sugere debate sobre absorção de parte do município de São Sebastião pelo município vizinho, Bertioga.
Minha colocação é curta e grossa: parabéns à Editoria, por abrir espaço a essa voz. "Defenderei até à morte o direito de alguém dizer o que pensa, embora não concorde com uma única palavra do que diz."
Mas convenhamos, meus amigos, para encerrar de vez o assunto: QUE ASNEIRA!

Renato Winkler
Praia de Cambury
São Sebastião, SP


Bolas na Tabatinga I - Bem diz o ditado: água mole em pedra dura, tanto bate até que fura. Demorou, mas o reconhecimento de que praia não é lugar para carros, finalmente, tornou-se óbvio na cidade cuja razão de ser são suas praias: nossa Caraguá. Os banhistas da Tabatinga têm, o mesmo direito de usufruir desse espaço com garantias de segurança que aqueles da praia do Centro. Oxalá tenhamos um verão sem risco de vida em nossa Tabatinga.

Cesar Guerardi
Caraguatatuba, SP


Bolas na Tabatinga II - Cabe antes de tudo esclarecer ao Sr Gomes, proprietário de embarcação na Tabatinga, que o bairro não conta com rede de esgotos. Ela foi instalada, mas a estação de tratamento ainda está em obras pelo Governo do Estado, não havendo ainda possibilidade de conexão . Nestas condições os proprietários são obrigados a construir fossas sépticas. Aqueles que estão lançando esgotos domésticos, ou não, no canal pluvial ou no rio Tabatinga estão agindo ilegalmente. A Sociedade Amigos da Tabatinga atende com agrado a colaboração do Sr Gomes e estará encaminhando pedido de fiscalização à Vigilância Sanitária, assim como atendeu pedidos de associados para a colocação de bolas para garantir a segurança física dos banhistas.

Gregori X. Niculitcheff
Presidente da Soc. Amigos da Tabatinga
Caraguatatuba, SP


Bolas na Tabatinga III - Respondendo, e perguntando, diretamente ao Sr. Gomes. O que o Sr. quer dizer com tradição de barcos na Tabatinga?
Os barcos dos pescadores que sempre foram colocados e retirados à mão? e que "dormem na praia" e, portanto, não necessitam de ser transportados por tratores?
Ou será que o Sr. está se referindo aos 450 barcos que chegaram nos últimos anos nas "marinas" construídas porque num passe de mágica (para não dizer outra coisa) foi alterada a lei de zoneamento sem qualquer embasamento técnico, estudo ambiental, etc.?
Eu estou na Tabatinga há mais de 20 anos. Será que o Sr. Gomes, caso ele venha a responder às indagações acima, poderia informar-nos a quanto tempo ele tradiciona, desculpe, traciona o seu barco na Tabatinga?
Aguardo ansioso a resposta do cavalheiro.

Claudio Bertotti Marques
Caraguatatuba, SP


Acorda BRA$IL - Muito bom saber que temos este espaço para podermos expressar nossas idéias, posto que muitas pessoas o fazem, muito embora algumas vezes percebemos um certo despreparo, mas como dizia Oscar Niemeyer(o Arquiteto de Brasilia) - "Sempre critiquei os arquitetos que faziam projetos mediocres, mas mediocres ou não estavam feitos e isso é o mais importante, faça certo ou não mas faça, os erros servirão de lição e os acertos serão bem vindos..."
As pessoas sempre escrevem com boa vontade, expessando opiniões que nem todos concordam, ainda bem.
Mas outro dia lendo um mail enviado por amigos me deparei com uma coisa interessante que me coloca em contraste com alguns e-mails que vejo aqui no L.V.
Muitas vezes os comentários são expostos como se o problema central, ou melhor, o tema em questão não fosse responsabilidade de quem escreve e sim "dos outros", politicos, policiais, governantes etc...
A meu ver se nós vivemos em sociedade, temos responsabilidade (ou deveriamos ter) por tudo que acontece, se hoje nossa vida social é um mar de lama, será que "alguém" tem culpa, ou a culpa é de todos nós.
O que queremos quando votamos??
Porque votamos??
Por que não participamos de nossa vida pública??
Porque esperamos que apareça um "salvador da Patria" sendo que nós somos os salvadores da patria.
Enquanto o dinheiro comprar os votos dos cidadãos despreparados e nós criticarmos sem fazer nada, estaremos coniventes com essa situação caótica que é nossa vida social.
Se hoje está assim, a pergunta é... Porque deixamos chegar nesse ponto????
Somos uma sociedade ou um bando que individualmente achamos que a "CULPA" é dos outros.
Acorda BRA$IL.

Jarbas Anibal Talarico
Caraguatatuba, SP


Luz no fim do Túnel em Ubatuba - Na verdade não é luz no fim do túnel e sim, luz na zona de arrebentação das ondas em Ubatuba.. É um projeto extremamente importante na medida em que propicia a prática do surf noturno.
Se não houver restrições a essa medida, por parte do pessoal do meio ambiente, que diga-se de passagem, tem feito tripas coração para tentar manter nossas riquezas naturais, com certeza Ubatuba trilhará novos caminhos e chamará para si um diferencial em todo o Brasil.
Quem diria, um município com tantos problemas administrativos, em meio a um mandato conturbado, começa a encontrar saídas para viabilizar um turismo que todos nós queremos.
Quando se criar este fato, como chamamos em marketing, o município literalmente chamará para si os holofotes de todo o Brasil.
Isto para começar a conversa . Logo depois, gerará empregos em torno dessa nova atividade noturna.
Basta saber se o projeto colocado em prática, contará com infra estrutura e sistema de segurança, como guarda vidas e policiamento noturno, para os praticantes do esporte e também para a população e turistas que visitarão a praia para passear e observar a movimentação.
Também registro aqui o esforço da Associação de Hotéis e Pousadas que, começa a se colocar de maneira firme e profissional, procurando realizar parcerias para divulgar Ubatuba em todo o Estado e, até fora do país.
A Associação, através de seus diretores, sabe e começa a trabalhar no sentido de que, esta divulgação tem que ser simultânea ao trabalho de conscientização receptiva e de reciclagem profissional de todos que atuam no trade turístico.
Na medida em que trabalharmos em conjunto, Associação de Hotéis e Pousadas, Secretaria de Turismo, Comtur (com nova mentalidade e comportamento ético), Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Civil e Rodoviária, Guarda Municipal, parceiros como o SEBRAE, alunos de Hotelaria e Turismo da UNITAU, Veículos de Comunicação e a população, com certeza Ubatuba dará uma guinada na atual situação e será o melhor destino turístico do Brasil.
Será que alguém duvida disto?

Joaquim Diniz
Professor de Marketing Estratégico
para Hotelaria e Turismo da UNITAU*
Ubatuba, SP

* Seus artigos não representam a opinião do Jornal ou das Instituições as quais presta serviços


 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão:
Clique Aqui.


A.Coutinho Nautica Refúgio do Corsário

As notícias e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo.


GRÁTIS!!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral na versão:
Compacta (apenas as manchetes c/ Link)
Completa (todas as notícias na íntegra) 
e-mail:
Cidade:


Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br


©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor