Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Terça-feira, 26 de novembro de 2002 - Nº 668 Edições Anteriores

Moacyr Colli Junior e Advogados Pousada das Cachoeiras Naturali Garden Center

Caraguatatuba:
   Caraguá Verão 2003 - No melhor litoral do Brasil
   Projetos sociais geram renda em Caraguá
   Parlamento vota apenas projetos do Executivo em sessão ordinária

Ilhabela:
   IPTU em Ilhabela terá reajuste de 13%
   Sabesp paralisa 5 obras em Ilhabela
   Ilhabela paga hoje a 1º parcela do 13º
   Prefeitura e comunidade se unem contra a Dengue
   Secretaria da Saúde promove evento sobre aleitamento materno
   Prefeitura abre vagas para cursos profissionalizantes “Dia D”

São Sebastião:
   Instituições negociam projeto para estrada da Limeira

Ubatuba:
   Organização, limpeza e camaradagem na cadeia de Ubatuba

   Carta do Leitor


Caraguá Verão 2003 - No melhor litoral do Brasil

Caraguatatuba - A temporada de verão promete momentos inesquecíveis de lazer, esporte, aventura e cultura aos turistas e veranistas que escolherem Caraguatatuba como destino para suas férias. Com novas obras inauguradas, a cidade, de cara nova, está pronta para receber seus visitantes, oferecendo o melhor em turismo e lazer.
A urbanização da avenida da praia do centro se estendeu até o bairro Aruan, dando continuidade à reurbanização da avenida Arthur Costa Filho (rua da praia), totalizando 5.200 metros, a maior obra em orla marítima do litoral norte paulista.
A nova avenida melhorou o tráfego naquela região e já é mais uma via de acesso para a zona sul da cidade ou para quem segue destino a São Sebastião ou Ubatuba. A nova avenida conta com bolsões de estacionamento que irão disciplinar o trânsito. E com ciclovias que irão proporcionar maior conforto e segurança para os ciclistas. Outra obra importantíssima foi a construção das galerias de águas pluviais, que irão solucionar os problemas de inundações ao longo da avenida. Com a reurbanização da avenida, aumentam também as áreas de lazer. Caraguá inaugura neste verão a pista oficial de skate, na avenida da praia, possibilitando a realização de campeonatos.
O trânsito também foi reestruturado em Caraguá, com a implantação de mais de 200 placas indicativas e de regulamentação. A Praça Walfrido Arouca (ao lado da telefônica), com o término da obra da Galeria Oswaldo Cruz, recebeu projeto paisagístico e readequação geométrica melhorando a fluidez no trânsito. Os desvios e rotas alternativas estão sinalizados, facilitando a locomoção pela cidade.
O Projeto de Verão começa no dia 20 de dezembro e vai até o dia 2 de fevereiro de 2003. A Secretaria de Turismo de Caraguá está preparando uma programação para animar praias, praças e ruas da cidade. A abertura oficial vai acontecer na Praça de Eventos, com show popular de renome (ainda não confirmado). O público estimado é de 25 mil pessoas.
À partir do dia 28 de dezembro o Caraguá Music trará diversos dos maiores sucessos musicais para a Praça de Eventos. Serão 40 dias com muitos shows de bandas nacionais, como Titãs, Capital Inicial, Rouge, Falamansa, Charlie Brown Jr, KLB, Revelação, Rick & Renner, Daniel, KLB, Zezé Di Camargo, Falamansa, entre outros. O programação do Caraguá Music inclui ainda a instalação de uma danceteria itinerante na areia da praia, ao lado da Praça de Eventos.
Entre os dias 21 e 24 de dezembro, várias apresentações estarão animando a praça Diógenes Ribeiro de Lima, a Praça de Eventos e o Calçadão. Estão previstas apresentações itinerantes da banda Original Jazz Band, orquestras e a chegada do Papai Noel. São esperadas 40 mil pessoas.
Para o Reveillon, haverá shows na Praça de Eventos e queima de fogos para um público estimado em 100 mil pessoas. Na programação também estão incluídas diversas atividades na Praia Ma Sá, como tenda cultural aos finais de semana, à partir do dia 2 de janeiro. Estas e outras praias também serão contagiadas com as aulas de aeróbica, lambaeróbica e hidroginástica no mar.
Para crianças, a Secretaria de Turismo vai repetir o projeto Brincando na Areia, que foi sucesso em diversas praias no ano passado, proporcionando às crianças atividades de lazer e recreação em tendas montadas na areia. E quem quiser relaxar ainda mais em nossa praias poderá fazer massagens na praia com profissionais que estarão disponíveis em várias praias e horários. (Fonte: PMC)

Projetos sociais geram renda em Caraguá

Caraguatatuba - O Projeto “Fazendo Acontecer”, da Secretaria de Assistência Social de Caraguatatuba, finalizou no último dia 11 de novembro o curso de panificação realizado em parceria com o Governo do Estado durante o ano de 2002. O projeto ofereceu ainda outros cursos, como confecção de bonecas de pano e estamparia. Os três juntos envolveram 220 pessoas, que hoje trabalham para atender as encomendas geradas através de parcerias com empresas e confecções de São Paulo.
Para poder comercializar o trabalho, a Assistência Social de Caraguá junto com o Sebrae estão viabilizando a formação de cooperativas, que vão facilitar e aumentar as negociações entre empresas e os grupos de trabalho.
Para a psicóloga Cristina Daniel, uma das coordenadoras do projeto “Fazendo Acontecer”, o resultado do trabalho deste ano é uma grande conquista. “Conseguimos capacitar, oferecemos estrutura para a produção e agora, o mais importante, é que os grupos estão comercializando os produtos e obtendo renda com um trabalho que acabaram de aprender.”
Os grupos das oficinas de estamparia e bonecas de pano hoje produzem para Clarice Borihan, da Bazzo, confecção de griff de São Paulo, que contratou a mão-de-obra de Caraguá para a confecção de estamparias. A Zialli -Todos à Bordo é outra empresa que está comercializando com os grupos de Caraguá, através de encomendas de bonecas de pano. Para se ter uma idéia do sucesso, hoje as 60 mulheres do projeto Boneca de Pano trabalham exclusivamente para a empresa.
Os projetos de Geração de Renda em Caraguá são hoje mais do que capacitação profissional, oferecendo cada vez mais oportunidades de trabalho e renda para integrantes de famílias de baixa renda e escolaridade, muitos em situação de pobreza e exclusão social. (Fonte: PMC)

Parlamento vota apenas projetos do Executivo em sessão ordinária

Caraguatatuba - A Câmara Municipal de Caraguatatuba votará apenas projetos do Executivo na Ordem do Dia da 38ª Sessão Ordinária semanal, a se realizar dia 26 de novembro, terça-feira, a partir das 19h30. Os projetos falam sobre Educação e convênio com o Governo do Estado.
O Executivo Municipal apresenta 2 projetos para a Sessão Ordinária semanal desta terça-feira, dia 26 de novembro. O primeiro disciplina a organização do Sistema Municipal de Ensino do município e o segundo, sobre um convênio com o Governo do Estado, através da Secretaria Estadual da Ciência, Tecnologia, Desenvolvimento Econômico e Turismo.
O primeiro projeto obedece o que está discriminado na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). A propositura fala nos objetivos, nas responsabilidades e no organograma da Educação Municipal, além de outros itens. A Educação é ponto de honra da administração Antonio Carlos da Silva (PSDB) e vem sendo chefiada pela professora Roseli Morilla.
O segundo e último projeto da sessão fala em convênios a serem assumidos ou ratificar os já em andamento, sejam eles de interesse do povo, bem como de natureza turística ou esportiva. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

IPTU em Ilhabela terá reajuste de 13%

Ilhabela - A Prefeitura de Ilhabela planeja reajustar em 13,32% o valor do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) para 2003. A proposta está em análise no Legislativo e deve entrar em votação até o dia 30. Segundo o prefeito Manoel Marcos (PTB), o aumento será necessário para a realização de melhorias. "A administração realizou diversas obras este ano, inclusive pavimentação dos bairros. Temos que ter uma verba, pois está prevista também para os próximos anos a construção de três escolas e o reforço da segurança", disse. (Fonte: ValeParaibano)

Sabesp paralisa 5 obras em Ilhabela

Ilhabela - A Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) paralisou cinco obras de ampliação da rede de esgoto e captação de água em Ilhabela. A paralisação foi determinada pela Secretaria do Estado do Meio Ambiente devido à falta de licença ambiental.
As cinco obras estavam sendo realizadas na avenida principal da Barra Velha, que liga o centro da cidade ao sul da ilha. Os trabalhos tiveram início em janeiro e deixaram de ser executados há cerca de 40 dias. A previsão é que sejam retomados somente a partir de fevereiro do próximo ano, após uma nova licitação para execução das obras. A Sabesp não soube informar o valor das obras.
O embargo prejudica os bairros Barra Velha, Curral, Ponta da Sela, Itaguaçu, Veloso, entre outros.
A assessoria de imprensa da Sabesp informou que a licença ambiental já foi solicitada e que os contratos com as empresas responsáveis pela execução das atividades foram cancelados. O novo edital de licitação deve ser publicado até o dia 30 de dezembro.
"Como ocorreu atraso, indicamos que o serviço seja retomado somente após o verão por causa do intenso movimento de turistas", disse o prefeito Manoel Marcos (PTB).
Para o presidente da Associação Comercial e Industrial, Marcelo Carlos, a paralisação vai prejudicar o desenvolvimento do comércio. "Mais um ano os turistas poderão enfrentar problemas com falta d'água e de esgoto", disse Carlos. (Fonte: ValeParaibano)

Ilhabela paga hoje a 1º parcela do 13º

Ilhabela - O Prefeito Manoel Marcos esta pagando hoje a mais de 750 funcionários ativos e inativos da Prefeitura a 1ª parcela do 13º salário. Foram aproximadamente R$ 340 mil reais, além dos R$ 32.500 mil relativos ao pagamento do 13º dos Agentes do PSF.
Apesar de todos os percalços econômicos sofridos este ano, de um lado com a enorme quantidade de obras realizadas, somadas a maior queda de arrecadação da história do município, a prefeitura municipal soube administrar suas contas com competência e serenidade.
Os salários dos servidores têm sido pagos sempre no primeiro dia útil e a partir de janeiro os fornecedores já poderão contar com a habitual pontualidade desta administração em seus pagamentos.
Os Roialts da Petrobrás foram um dos vilões do orçamento, pois a inclusão de dois novos municípios, Bertioga e Caraguatatuba, reduziram em cerca de 50% as previsões orçamentárias deste ano. Outro gasto inadiável, porem muito pesado, foi a retomada das obras de ampliação e conclusão do Hospital Mario Covas Jr., considerado prioritário pela população. (Fonte: PMI)

Prefeitura e comunidade se unem contra a Dengue

Ilhabela - A Secretaria da Saúde recebeu nesta segunda, 25, o ganhador da bicicleta sorteada neste sábado, chamado de “Dia D no Combate a Dengue”. O estudante Ivan Flauzino Ferreira, de 17 anos, recebeu o prêmio das mãos do Secretário da Saúde Antônio Colucci e a proprietária do Restaurante Ilha Sul, Beth, que doou a bicicleta.
Para Beth, toda a comunidade tem que se envolver de alguma forma para impedir o desenvolvimento do mosquito. “Se acontecer uma possível epidemia na cidade, os comerciantes serão penalizados e em conseqüência disso, a população que depende desta área para trabalhar“, afirma.
Ivan é morador do Bairro Itaquanduba e teve sua casa vistoriada pela equipe da Secretaria da Saúde no sábado. Não sendo constatado nenhum possível criadouro do mosquito, entrou para o sorteio.
Segundo o secretário, os sorteios devem continuar com a principal finalidade de incentivar a comunidade a intensificar os cuidados com criadouros dos mosquitos em suas residências.
A gincana “Caça a Dengue”, que aconteceu no Bairro do Bexiga, reuniu cerca de 100 pessoas. Os prêmios sorteados ficaram por conta do comércio local, que doaram uma televisão, 2 bicicletas e um urso de pelúcia. Todas as crianças que participaram nas equipes ganharam uma camiseta e um presente. (Fonte: PMI)

Secretaria da Saúde promove evento sobre aleitamento materno

Ilhabela - A Prefeitura Municipal de Ilhabela através da Secretaria da Saúde estará promovendo na próxima quarta, dia 27, no CAPS (Centro de Apoio Psico Social) um evento dedicado ao Aleitamento Materno. Além de comemorar a Semana Mundial do Aleitamento Materno, o evento vem para lembrar a importância do aleitamento na prevenção à desnutrição e outras doenças.
O evento vai contar com duas palestras, uma com o pediatra Dr. Alfredo Rosmaninho, falando da importância do aleitamento materno e a outra ministrada pela enfermeira Carla Bruço da Silveira do CIAMA de São Sebastião, que vai abordar o assunto “Banco de Leite Humano”. Para ilustrar ainda mais a tarde, as equipes do PSF de Ilhabela vão fazer uma mostra do trabalho com as mães doadoras de leite humano.
O município de Ilhabela já conta com um posto de coleta de leite coletado através de visitas domiciliares feitas pelos Agentes Comunitários da Saúde às mães atendidas pelas UBS. Além disso, as mães ainda são orientadas da importância de doar o leite que está ”sobrando” e que pode até acabar empedrando se não for retirado.
Segundo o Secretário da Saúde, Antonio Colucci, a coleta de leite humano é mais um trabalho ao qual a equipe da secretaria tem se dedicado para obter sucesso. “Ilhabela é responsável por 50% do leite enviado ao CIAMA de São Sebastião”, completa.
A Secretaria da Saúde convida a todos para participar deste evento!
Local: CAPS (Vila), ao lado da UBS Costa Norte
Data: 27/11 - Horário: 13h30 às 17h (Fonte: PMI)

Prefeitura abre vagas para cursos profissionalizantes

Ilhabela - A Prefeitura de Ilhabela através da Comissão Municipal de Emprego de Ilhabela (CMEI) está trazendo para a cidade mais seis cursos profissionalizantes gratuitos. Desta vez para a formação em Espanhol, Inglês, Atendimento ao cliente, Vigias e Porteiros, e Recreação e Lazer.
As aulas acontecerão em locais variados da cidade (Praia Grande, Barra, Reino, Itaquanduba e Vila) e contarão com o apoio da Secretaria de Educação e Escolas Estaduais, que oferecerão a infra-estrutura de salas de aula.
São todos cursos de apoio à atividade turística que encontram boa aceitação pelo mercado, principalmente nesta época do ano. Profissionais capacitados para atuarem nestas áreas contribuem para a melhoria da qualidade do serviço turístico oferecido pela cidade.
Os cursos contam com o apoio ao Transporte dos treinandos, lanche, apostilas e certificação pelo Governo do Estado de São Paulo.
Os cursos são gratuitos e as vagas limitadas. As inscrições podem ser feitas junto a ACII - Associação Comercial e Industrial de Ilhabela na Av. Princesa Isabel, nº 2875 – Barra Velha (rotatória) tel 3895-8523, de 25 a 27 de novembro, das 9h às 17h, apresentando RG e Comprovante de Residência.
Aproveite a oportunidade para se qualificar e melhorar suas chances de conseguir um posto de trabalho nesta temporada!

Confira os cursos:

INGLÊS
DATA: 02/12/02 à 20/12/02
PERÍODO: 2ª a 6ª Feira
HORÁRIO: 13H00 às 17H00
LOCAL: EE. Gabriel Ribeiro Santos
END: R. Santa Teresa, 174
Centro

ATENDIMENTO AO CLIENTE
DATA: 02/12/02 à 20/12/02
PERÍODO: 2ª a 6ª Feira
HORÁRIO: 8H00 às 12H00
LOCAL: EE Maria Gemma de Souza Oliveira
END: R. Prof. Malaquias de Oliveira Freitas, 461
Barra Velha

RECREAÇÃO E LAZER
DATA: 02/12/02 à 20/12/02
PERÍODO: 2ª a 6ª Feira
HORÁRIO: 13H00 às 17H00
LOCAL: Colégio São João
END: Av. São João,
Perequê

ESPANHOL
DATA: 02/12/02 à 20/12/02
PERÍODO: 2ª a 6ª Feira
HORÁRIO: 18h00 às 22h00
LOCAL: EE Anna Leite Julião Torres
END: Av. Riachuelo, 5893
Praia Grande

VIGIAS E PORTEIRO
DATA: 02/12/02 à 20/12/02
PERÍODO: 2ª a 6ª Feira
HORÁRIO: 18h00 ás 22h00
LOCAL: EE Waldemar Belizário
END: Rua Nova Dois, s/nº
Itaquanduba (Fonte: PMI)

Instituições negociam projeto para estrada da Limeira

São Sebastião - Representantes da Petrobras/Transpetro, do Instituto Florestal e da Prefeitura de São Sebastião vistoriaram a estrada da Limeira, no Parque Estadual da Serra do Mar. O objetivo é o projeto da Petrobras/Transpetro destinado a serviços de drenagem, contenção e pavimentação de alguns trechos.
A Petrobras quer melhorar o acesso às linhas de oleodutos, visando o trabalho de manutenção periódica. Na próxima segunda-feira, às 14h, na Secretaria Municipal de São Sebastião, haverá reunião para prosseguir análises sobre o projeto e para negociação.
Em agosto deste ano, o IF e a prefeitura constataram danos ambientais causados por pavimentação de trecho da estrada, pela Petrobras, sem licenciamento. Foi instalado concreto ao longo de 110 metros. As obras, a 400 metros de altitude, foram embargadas. O Ministério Público abriu Ação Civil Pública para apurar o caso, segundo o engenheiro agrônomo João Evangelista de Melo Neto, que atua do Parque Estadual de Caraguatatuba. Ele também participou da vistoria ontem.
Controle a acesso - O Instituto Florestal e a Secretaria de Meio de São Sebastião defendem a necessidade de investimentos para evitar mais problemas decorrentes à melhoria do acesso dentro do Parque, como a atuação de palmiteiros, caçadores e ocupação de áreas pelo processo de invasão.
À margem da Limeira há sinais de retirada de palmito, cujos troncos estão abandonados na pista. Também há antigos postes de energia elétrica, residências, sítios e áreas com vegetação exótica ou não nativa. Há árvores caídas na estrada e trechos afetados por deslizamentos e erosão.
A Petrobras abriu a estrada ao final da década de 60 para manutenção de oleodutos, antes do decreto que regulamenta a criação dos Parques Estaduais. “Queremos proteger nosso patrimônio, disse o diretor do Parque Estadual/Núcleo São Sebastião, Edson Marques Lobato”.
Estrada-parque - Lobato entende ser necessária a manutenção dos dutos para segurança. Mas declarou ser fundamental estabelecer conceito de uso da estrada em termos ambientais. Ele cita que para facilitar o acesso aos oleodutos também deve-se viabilizar medidas para controle contra danos ao ecossistema. Assim, Lobato afirma que a estrada deve ter guaritas, equipes de guardas-parques, programas para ecoturismo, educação ambiental e pesquisa científica.
Lobato e o diretor de Meio Ambiente da Prefeitura de São Sebastião, Nivaldo Simões, querem que a Petrobras banque a contratação de 10 a 15 guardas-parques.
O engenheiro da empresa, Rogério Migueis Picado, afirmou que esta medida cabe ao Estado e que, por motivos jurídicos, a empresa não pode contratar estes profissionais. Mas Lobato argumentou que o processo poderia ser via convênio com alguma entidade. “Não estamos pedindo que a Petrobras contrate”.
De acordo com Picado, a Petrobras pode viabilizar, de imediato, duas guaritas, um andarilho para fiscalização dos oleodutos, e com formação em guarda-parque, equipamento de comunicação, veículos de transporte, placas de sinalização e folhetos educativos.
“Colcha de retalhos” - Nivaldo Simões considera que a Petrobras tem dívida pelo passivo deixado pela instalação do oleoduto. “Os dutos transformaram a unidade de conservação de São Sebastião a mais vulnerável e ameaçada do Estado de São Paulo”, alerta. Segundo ele, os trechos de dutos deixaram o parque como uma colcha de retalhos. “Isto só é visto por sobrevôo”.
“Ninguém é contra a Petrobras, mas a empresa precisa ajudar a resolver os problemas que ela própria causou”, acrescenta Simões. Ele também considera necessária a pavimentação de certos trechos de acentuado declive na estrada da Limeira para mitigar problemas de deslizamentos e erosão.
“Entendemos a necessidade de manutenção do acesso para a segurança do oleoduto, mas também queremos compa-tibilizar os serviços na estrada com o programa de manejo do parque”, explicou Picado.
Ele afirma que o prosseguimento dos trabalhos de melhoria no acesso é emergencial porque o contrato com a empresa Talude está parado há quatro meses e também porque o período de chuvas está próximo, podendo agravar a situação da estrada. Para o licenciamento de melhorias na estrada, feitas pela Petrobras, poderá ser necessário acordo frente ao Ministério Público. (Fonte: Imprensa Livre)

Organização, limpeza e camaradagem na cadeia de Ubatuba

Ubatuba - Organização, limpeza e camaradagem são encontradas na cadeia feminina de Ubatuba. Embora sem a lotação existente nas outras cadeias, uma vez que o local está com 22 presas, podendo abrigar até 24, a diferença na convivência e adaptação ao local, é bem diferente de uma unidade masculina, em quase todos os aspectos.
O dia começa às 8h, quando as detentas acordam e ficam o dia todo com as celas abertas, que somente são trancadas à noite.
Desde 1999 a cadeia de Ubatuba abriga somente a ala de mulheres envolvidas em crimes no Litoral Norte. Segundo a secretária da cadeia, Adriana Pupo da Silveira Maurício, que trabalha no local desde 1994, as primeiras detentas chegaram em 12 de abril de 1999.
Na ocasião, foram 48 presas, que fizeram a primeira e última rebelião (já que depois não se registrou nem tentativa de fuga) na cadeia feminina. “Elas se revoltaram, pois a mudança fez com que se separassem dos namorados que mantinham na cadeia mista”, disse.
Depois desta fase, veio a adaptação e o local nunca mais registrou problemas.
Bom relacionamento - A área carcerária é composta por quatro celas, que podem abrigar seis presas em cada. A cadeia feminina não tem cela do seguro como na unidade masculina, onde há presos jurados de morte, que não podem se misturar com os demais. Em Ubatuba, todas mantêm bom relacionamento.
Cerca de 80% delas, explica Adriana, estão detidas por tráfico de entorpecentes. O restante é dividido em vários crimes, como estelionato, furto e receptação. Pelo menos até ontem, havia apenas uma presa acusada de homicídio e nenhuma assaltante.
A suspeita de assassinato, S.B.O., 43 anos, foi presa este ano por matar o marido com uma dose de pinga e cloro. Ela ainda não foi condenada e o processo continua tramitando na Justiça. Conforme Adriana, ela apresenta problemas psicológicos.
Caraguatatuba - A maioria das presas é proveniente de Caraguatatuba. Apenas quatro são de São Sebastião e seis de Ubatuba. Grande parte também nunca esteve presa em outro local. A detenta mais velha tem 48 anos e a mais nova está com 19 anos. Ambas detidas por tráfico de drogas.
As presas recebem visita às quintas-feiras, inclusive íntimas, que são poucas, uma vez que os visitantes são, em sua maioria, pais, irmãos e filhos. Pode ser por isso, disse Adriana, que não ocorrem caso de gravidez dentro da cadeia. Atualmente há apenas uma que se encontra no sétimo mês, que já entrou grávida.
Adriana conta que muitos maridos ou namorados não vão visitá-las pois também se encontram presos. “Geralmente, quando elas são presas por tráfico de drogas é porque o marido é traficante”, acrescentou.
Cozinhar - Dentro da rotina na cadeia feminina, que difere da masculina, está a alimentação e vaidade pessoal. As presas cozinham diariamente a sua própria refeição, embora uma empresa faça a entrega. “Mas muitas preferem cozinhar. Elas começam o ritual às 9h e terminam as 14h, uma vez que as condições para fazer a refeição são mínimas”, completou.
Além da comida, as presas passam o tempo fazendo trabalhos manuais, como tricô ou crochê e também arrumando-se, pois na cadeia a vaidade não acaba. Elas pintam os cabelos e as unhas. A higiene nas celas também é constante.
Diariamente elas fazem a limpeza das celas e, em um tanque instalado no pátio, lavam as roupas. “Também colocam as cobertas no sol. Aqui não há aquele cheiro de mofo das outras cadeias”, destacou Adriana. O cheiro de limpeza é sentido do lado de fora.
Carcereiro, refém em rebelião, acha cadeia tranqüila - Para o carcereiro Silvio Augusto Dias de Souza, que em seu primeiro plantão na antiga cadeia mista de Ubatuba foi refém em rebelião, a cadeia atualmente é uma tranqüilidade.
Segundo Silvio, há quatro anos atuando em Ubatuba, é notável também a higiene, segurança e organização das presas. As detentas também são mais alegres e divertidas. Uma delas, ao ver o fotógrafo da reportagem, fez questão de fazer pose para as fotos.
Embora atualmente a cadeia esteja na paz, há quatro anos o prédio registrou inúmeras rebeliões, fugas e tentativas.
O local, com quatro celas, chegou a abrigar 100 presos, que se revezavam para dormir, pois não havia espaço. A condição precária das celas fez com que a Justiça interditasse a cadeia.
Mesmo com a medida judicial, o local continuou abrigando detentos por um período, até que no dia 29 de março de 1999 os últimos presos foram removidos. O local passou por uma reforma para, em abril do mesmo ano, receber as presas do Litoral Norte.
Homessexualismo é comum - O homossexualismo é comum na cadeia feminina, onde aparece mais que na masculina. Para a secretária Adriana, a mulher é mais afetiva que o homem e acaba mantendo relacionamento amoroso entre si.
Há casos em que elas começaram no homossexualismo dentro da cadeia. Tem um caso em que duas mulheres presas por tráfico de drogas se conheceram dentro da cadeia. Após ganharem a liberdade, uma delas retornou pelo mesmo crime. A outra, que tinha um mandado de prisão, acabou se entregando espontaneamente para poder estar perto da companheira.
Segundo a presa V.L.Q., que não quis se identificar, 44 anos, todas se dão bem. V. veio de São Paulo há sete anos, quando ficou viúva. Viciada em maconha ela é condenada por tráfico e alega que nunca esteve em uma cadeia antes. Em Ubatuba ela se encontra há um ano e três meses.
Ela disse que no final do ano deverá sair e espera terminar a condenação em Ubatuba. Para V., tirando a falta de liberdade, a convivência na cadeia é a melhor possível. “Não sai briga. De vez em quando acontece um bate-boca, como em toda família”, finaliza. (Fonte: Imprensa Livre)

Carta do Leitor

George Orwell - 1984 - Sr. Vitório Manoel Pereira Papini pelo visto o senhor não leu ao 1984 de George Orwell. Se houvesse lido teria verificado que o problema em São Sebastião não é com o prefeito e sim com o funcionário do Miniver que não está cumprindo corretamente com seu papel. Poderia até ser o caso de algum simpatizante de Goldstein, nesse caso trataria-se de uma crimidéia. O que está inoperante, na realidade é a Polícia do Pensamento. No seu caso eu recomendo, a fim de preservar a SUA saúde mental, praticar rigorosamente os seus dois minutos de ódio.

Maria Emilia Muka Yani Martins
Ubatuba, SP


Animais nas Praias - Olha aí UBATUBA, a tomada de medida do pessoal de Caraguá sobre a proibição de animais nas praias, e olha lá que em Caraguá não se cobra pedágio (zona azul) para veículos dos banhistas.
Valeu Caraguá! Já estava mesmo passando da hora de alguém tomar uma decisão como esta pois é muito freqüente a presença de animais, principalmente cães nas praias em meio aos banhistas e que normalmente são levados por pessoas que se acham as donas da verdade chegando ao cúmulo de defenderem a qualquer custo suas inconseqüentes atitudes.
Quanto a Ubatuba é muito comum a presença de animais (cães) nas praias principalmente nas praias de Maranduba, Lagoinha e as demais praias de sul do município, praias esta que não oferecem qualquer infraestrutura aos banhistas mas que a administração insiste em cobrar pedágio (zona azul) do veículos dos banhistas que freqüentam estas praias. Se a cobrança é feita para oferecer ao turista uma condição melhor, maior segurança e mais o que não sei, porque até agora, após vários anos cobrando o pedágio as praias de sul de Ubatuba não oferecem sequer (1) um banheiro público e (1) uma ducha de água doce aos banhistas? O banhista paga pedágio para se banhar em águas totalmente duvidosas no que se refere a poluição, pois ponde é que o cidadão vai aliviar-se de suas necessidades senão no mar, já que a sua volta estão milhares de outros banhistas? O mar que banha a praia torna-se um verdadeiro banheirão público.

Dirceu Astorga Emmã



Foto do Dia:
Namoro de Siri
Namoro de Siri
Itamambuca
© José Carlos Marques


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Clique Aqui para acessar o arquivo de Fotos Publicadas


 F
aça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão:
Clique Aqui.


Radar Litoral A Semana Central de Reservas

As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  idenficação do autor.

GRÁTIS!!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:
Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral na versão:
Compacta (apenas as manchetes c/ Link)
Completa (todas as notícias na íntegra) 
e-mail:
Cidade:


Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br


©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor