Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Sexta-feira, 29 de novembro de 2002 - Nº 671 Edições Anteriores

Moacyr Colli Junior e Advogados Pousada das Cachoeiras Naturali Garden Center

Caraguatatuba:
   Tarifa de ônibus terá aumento à partir de 1º de dezembro
   Prefeitura fiscaliza e retira quiosques irregulares
   Caraguá vai criar associação para reciclar lixo verde
   Sociedade Amigos do Bairro Casa Branca vai eleger nova diretoria
   Comerciantes querem melhorias na praça do centro
   Câmara entrega Título de Cidadão para empresário
   Diocese de Caraguatatuba arrecada 7 toneladas de alimentos

Ilhabela:
   Ilhabela recebe 1º navio cruzeiro desta temporada
   Secretaria da Educação discutem novos programas para o ano que vem

São Sebastião:
   Fila de espera da balsa leva mais de 1h40 em plena 5ª feira
   Obras de recuperação das rodovias devem começar brevemente
   Alunas apresentam projeto didático para “ensinar brincando”

Ubatuba:
   Água do Rio Grande está condenada
   7 praias no litoral estão impróprias
   Alunos da Cooperativa realizam plantio de árvores
   Vila Jambeiro terá ponte pênsil
   Reformas no Pátio de Obras
   Prefeito recebe diploma do Grupo dos Escoteiros de Ubatuba
   Forum de Ubatuba: 5 empresas entregam propostas
   Poder Judiciário com novo espaço
   Festival do Mexilhão é domingo no Itaguá
   Ciclovia é concluída
   Centro Cultural desenvolve reciclagem
   Semana da Solidariedade terá grande bazar
   Aviso do Banco do Povo
   Arte em cerâmica
   Ampliação da rede de informática na Prefeitura

   Carta do Leitor



Tarifa de ônibus terá aumento à partir de 1º de dezembro

Caraguatatuba - As tarifas de transporte coletivo em Caraguatatuba terão aumento à partir de 1º de dezembro. O valor da tarifa passa de R$1,40 para R$1,60. A alteração está baseada no Decreto nº 218/02, de 21 de novembro de 2002, que autoriza a cobrança da nova tarifa para o transporte coletivo urbano, através da Lei Municipal nº 465/94.
A medida foi tomada levando em conta a elevação dos custos dos insumos do transporte coletivo de passageiros, em especial o de combustível e mão de obra. A Secretaria de Governo, Planejamento e Gestão analisou devidamente a planilha de custos apresentada pela empresa concessionária e considerou a necessidade de adequar as tarifas desse serviço de utilidade pública a esses custos, sem, no entanto, transformá-las em ônus insuportável para a população.
Também foram considerados os investimentos feitos pela empresa na renovação de 40% da frota com veículos zero kilômetro e os investimento que vem sendo realizados para obtenção do Certificado Mundial de Qualidade ISO 9001-2000. PMC

Prefeitura fiscaliza e retira quiosques irregulares

Caraguatatuba - A Secretaria Municipal de Urbanismo iniciou nesta quinta-feira, 28, a retirada de quiosques de fibra de vidro que vendiam sorvetes na praia Martim de Sá. A fiscalização foi feita pela Secretaria de Urbanismo, que constatou que seis quiosques estão em situação irregular por não possuírem alvará de funcionamento.
Segundo o secretário de Urbanismo Leandro Borella, os proprietários dos quiosques foram notificados e o prazo para a retirada dos quiosques venceu no domingo, dia 24. Como até este dia, os proprietários não haviam tomado providência, a fiscalização está retirando os quiosques. Até agora, apenas um quiosque foi retirado, que foi levado para o Pátio da Prefeitura.
Com esta iniciativa, a prefeitura está respaldada na legislação, que só permite na praia quiosques de alvenaria, cuja construção é concedida pela prefeitura.
Segundo o secretário Leandro Borella, esta fiscalização irá preservar os quiosques que estão regulamentados, e será estendida às demais praias do município.
No próximo final de semana, entre os dias 6 e 8 de dezembro, a Prefeitura fará uma fiscalização mais intensa na cidade, através da Secretaria de Urbanismo, Vigilância Sanitária e Fiscalização do Comércio. (Fonte: PMC)

Caraguá vai criar associação para reciclar lixo verde

Caraguatatuba - O Fundo Social de Caraguatatuba, em parceria com a Secretaria de Serviços Municipais, está formando uma associação para reciclar o lixo verde produzido na cidade. Considera-se como lixo verde a poda de árvores, corte de grama e a casca do coco. A prefeitura recolhe diariamente uma média de 50 metros cúbicos de lixo verde por dia no município. Na temporada triplica a coleta deste tipo de lixo. No verão é feita a coleta de cerca de 80 mil cocos por dia.
A coordenadora do Fundo Social, Cristina Marques, explicou que a idéia é gerar emprego que beneficiará entre 10 a 20 famílias. Segundo ela, será feita a compostagem do lixo verde com lixo orgânico (sobra de alimentos) para produção de adubo orgânico que será vendido para a secretaria de Agricultura, floras e prefeituras. A casca do coco verde será comercializada com uma montadora automobilística para produção de banco de automóveis. A poda maior será estocada e posteriormente trocada em olarias por tijolos que serão utilizadas na construção de moradias para famílias carentes.
A formação da nova associação esta sendo viabilizada após uma visita técnica feita nos dias 26 e 27 à Universidade Federal de Viçosa (MG) promovida pela Caixa Econômica Federal. Na universidade foi feito um contato da representante do fundo com o professor doutor João Tinoco Pereira Neto, um dos maiores especialistas em meio ambiente. A CEF pretende promover um fórum municipal sobre reciclagem e meio ambiente envolvendo prefeituras do Vale, Mantiqueira e Litoral Norte para difundir as experiências feitas pela universidade de Viçosa.
Em Caraguá, o Fundo Social criou e supervisiona desde 2000 a Associação dos Trabalhadores de Materiais Recicláveis - Arte de Viver que emprega 17 famílias diretamente e outras oito, indiretamente. Os salários variam de R$ 350 a R$ 550 por mês. (Fonte: PMC)

Sociedade Amigos do Bairro Casa Branca vai eleger nova diretoria

Caraguatatuba - A Sociedade de Amigos do Bairro Casa Branca vai eleger sua nova diretoria. Duas chapas estão concorrendo à eleição que será realizada no dia 1º de dezembro às 17 horas na rua Antonio Henrique de Mesquita número 470, bairro Casa Branca.
Na chapa número um, disputam Maria Lúcia dos Santos Faria, como presidente; Célio Nascimento Nogueira, vice, Carlos Roberto da Silva, tesoureiro e Ivan Correia Lopes, secretário.
Concorrendo com a chapa número um, estão Maria Lúcia dos Santos Faria, como presidente; Célio Nascimento Nogueira, vice; Carlos Roberto da Silva, tesoureiro e Ivan Ferreira Lopes secretário. A assembléia geral vai ser realizada no dia quinze de dezembro às 20 horas no Bar do José Rita. (Fonte: PMC)

Comerciantes querem melhorias na praça do centro

Caraguatatuba - A CAR (Comissão de Assuntos Relevantes), da Câmara Municipal de Caraguatatuba, que analisa a situação do comércio na cidade realizou a sua primeira visita, na manhã desta quinta-feira, dia 28 de novembro. Foram visitados 4 comerciantes que reclamaram unicamente da situação precária da praça Dr. Cândido Mota, no centro de Caraguatatuba. As reclamações foram de segurança a limpeza pública, passando pela falta de eventos.
A Comissão de Assuntos Relevantes do Comércio, da Câmara Municipal de Caraguatatuba é formada pelo Vereador Omar Kazon (PL) - Presidente; Pastor Anderson Silva Bertoncini (PTB) - Relator e Aureliano Gonçalves Pereira - o AG Pereira, como membro. Juntamente com os Vereadores, acompanham 3 funcionários da Câmara Municipal, que secretariam a Comissão, fazem a filmagem em VHS e a Assessoria de Imprensa, que relata as entrevistas.
Extraordinariamente, na primeira visita da Comissão, acompanharam os Vereadores alguns jornalistas de veículos regionais.
Segundo os comerciantes entrevistados, a praça Dr. Cândido Mota carece de mais limpeza, manutenção e conservação, além da falta de segurança, reclamada por alguns dos comerciantes entrevistados, que citaram a dificuldade que é ter uma viatura próxima ao local em questão.
A falta de eventos programados pela Prefeitura, bem como a falta de união entre os estabelecimentos da localidade, para um show na praça, foram outras reclamações da categoria.
Para o Vereador/Presidente, Omar Kazon (PL), a primeira visita foi proveitosa. "Vamos estudar agora qual o próximo passo. Temos muitas pessoas para ouvir, muito que analisar, muito para fazer", disse. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Câmara entrega Título de Cidadão para empresário

Caraguatatuba - A Câmara Municipal de Caraguatatuba realiza nesta sexta-feira, às 18 horas, em seu plenário, Sessão Solene para a entrega de Título de Cidadão para o empresário José Luiz Ribeiro - o Luizinho do 70. A autoria da honraria é do Vereador Aureliano Gonçalves Pereira - o AG Pereira (PTB).
O empresário nasceu em maio de 57, na cidade de Lagoinha, em São Paulo, no Vale do Paraíba. Aos 7 (sete) anos foi para Guaratinguetá para estudar, mas aos 17 (dezessete), conheceu Caraguatatuba. Seu amor por esta cidade foi tão grande que o homenageado largou tudo e resolveu mudar-se para esta cidade.
Por ter aprendido o ofício de mecânico, trabalhou na oficina de João Appes até 78. Desta data até 82 montou oficina com um amigo, onde o início foi simplório e cheio de lutas e dificuldades. A mecânica 70 nasceu no bairro do Jaraguazinho, onde comprou um prédio e começou a construir sua mecânica, no ano de 82.
A diversificação dos negócios partiu daí; Mecânica, Funilaria, Guincho e Ônibus de Turismo e hoje o seu empreendimento conta com 19 veículos, 30 funcionários, transportando idosos gratuitamente e os universitários para Taubaté e São José dos Campos. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Diocese de Caraguatatuba arrecada 7 toneladas de alimentos
Gincana da Partilha se encerra com show dos “Cantores de Deus”

Caraguatatuba - A Gincana da Partilha que acontece todos os anos na Diocese de Caraguatatuba foi encerrada no último Domingo,24, durante a Festa de Cristo Rei. Este dia já faz parte do calendário da Diocese, quando toda a comunidade católica é convidada a participar das atividades propostas.
A abertura da concentração diocesana aconteceu com a celebração da Santa Missa presidida pelo bispo diocesano Dom Frei Fernando Mason e concelebrada por quase todos os padres da diocese. Já no salão social, foram apresentadas as tarefas de arrecadação de alimentos, que este ano totalizou 7 toneladas de gêneros alimentícios básicos que estarão reforçando e aumentando as cestas oferecidas à famílias carentes assistidas pela ação social das paróquias.
A tarefa do conhecimento foi a novidade deste ano e animou as torcidas. A mais animada foi a torcida da Paróquia Nossa Senhora das Graças, do bairro Maranduba, Ubatuba, que garantiu 100 pontos na contagem de geral. Entretanto a paróquia vencedora da Gincana da Partilha foi a São João Batista, do Poiares, Caraguatatuba, que totalizou 2.614 pontos, tendo arrecadado 1.150 quilos de alimentos. A Segunda colocada foi a paróquia Santo Antonio com 1.035 quilos e a terceira foi a Paróquia São Sebastião com 784 quilos de alimentos.
A paróquia vencedora levou uma parte à mais de alimentos que as demais. Cada paróquia levou de volta cerca de 580 quilos de alimentos, reforçando o tema da Gincana que é o de partilhar tudo o que foi arrecadado. A paróquia que menos arrecadou foi a Nossa Senhora da Glória com 204 quilos, e as quase paróquias São José e Nossa Senhora de Fátima não participaram da Gincana.
O encerramento deste dia foi feito com chave de ouro. Cerca de 2 mil pessoas estiveram na Catedral Divino Espírito Santo, cantando juntos com os “Cantores de Deus”. Pe. Marcos V Rosa, coordenadores diocesano de pastoral agradeceu a todos os patrocinadores do show, sem os quais seria impossível “tornar este sonho realidade”. A iniciativa valeu elogio de muitas pessoas o que garante a vinda de outros grupos de música-mensagem em datas futuras, garantiram os organizadores deste momento. (Fonte: Diocese de Caraguatatuba)

Ilhabela recebe 1º navio cruzeiro desta temporada

Ilhabela - Ilhabela recebeu ontem 1.350 visitantes do primeiro navio cruzeiro da temporada de verão. O Island Scape que tem um público internacional e nacional ficou atracado no píer da Barra Velha. A embarcação realiza o roteiro turístico entre Búzios (RJ) e Santos (SP) e tem a capacidade para cerca 1.800 pessoas. As atrações a bordo são variadas com academia de ginástica, cyber café, restaurantes, bares, piscina, cassino e butiques. O município receberá nesta temporada um total de 21 navios cruzeiros até o mês de abril de 2003. (Fonte: ValeParaibano)

Secretaria da Educação discutem novos programas para o ano que vem

Ilhabela - O Secretário Municipal da Educação, Antonio Cornélio, e a equipe pedagógica da Secretaria participaram nesta quinta, 28, de uma reunião no Pólo do MEC (Ministério da Educação e Cultura) em São José dos Campos. O encontro reuniu os municípios do Litoral Norte e Vale do Paraíba com os coordenadores do MEC para discutir os programas do PCN em ação (Parâmetros Curriculares Nacionais) para o ano de 2003.
O PCN em ação é um programa da linha pedagógica do MEC que vem norteando o processo de ensino e aprendizagem da Secretaria da Educação de Ilhabela. Através de orientação técnica-pedagógica dos coordenadores da Secretaria, que acontece quinzenalmente em São José dos Campos, os professores da rede municipal de ensino vem desenvolvendo sua capacitação.
Segundo o Secretário, a Educação Infantil e Fundamental de Ilhabela vem evoluindo na questão da alfabetização dos alunos da Rede. “Quero parabenizar a toda equipe pedagógica, equipe pedagógica de apoio e principalmente os professores, pelo progresso que a Educação da Ilha alcançou”, completa.
Na próxima segunda, 2, em Arujá, o Secretário e equipe participarão de outra reunião, desta vez, definindo ações para o PROFA (Programa de Formação de Professores Alfabetizadores), outra parceria entre prefeitura e MEC, para 2003.
De acordo com Cornélio, foi nesta administração que este convênio entre município e MEC foi firmado. “Quero agradecer o Prefeito Manoel Marcos por ter autorizado o convênio, que no caso de Ilhabela aconteceu em junho de 2001”, afirmou.
O Professor também disse que apesar do município ter iniciado o programa com cerca de um ano de atraso em relação aos outros, o esforço e vontade dos professores, coordenadores e toda Secretaria, os colocaram no mesmo nível de outros municípios. (Fonte: PMI)

Fila de espera da balsa leva mais de 1h40 em plena 5ª feira

São Sebastião - Faltando pouco menos de um mês para o início da temporada de verão no Litoral Norte, a travessia de balsa entre São Sebastião e Ilhabela já dá sinal do que será o movimento neste período.
Ontem, uma quinta-feira normal, o tempo médio na fila da balsa foi em torno de 1h40. Das cinco balsas que operam no canal, só três estavam funcionando, e ainda assim, não com rapidez suficiente para atender a demanda.
O pico do movimento de ida para Ilhabela ocorreu por volta das 10h30. O administrador Flávio Everaldo, de São Paulo, disse que se arrependeu de ter escolhido passar o dia em Ilhabela.
Ele saiu de Juquehy, na Costa Sul de São Sebastião, junto com a engenheira Renata Silva, chegaram por volta das 10h20 no guichê e só entraram na balsa às 11h55. Para passar o tempo, o jeito foi jogar baralho dentro do carro e aguentar um sol forte de 32º.
O técnico em informática Fernando da Costa Silva, foi um dos indignados com o serviço. “Estou há quase uma hora na fila, tenho que ir trabalhar e ainda tem dezenas de carros na minha frente. Gostaria que resolvessem este problema que se repete a cada início de temporada’’.
Para o casal Luiz Cláudio Silva e Gisele Silva, de Campinas e que estavam em Caraguatatuba, não justifica esperar tanto tempo. Eles ficaram assustados com a demora e preocupados com o retorno para São Sebastião. “ Espero que a balsa não tenha hora para parar”, disse antes de saber que a travessia é direta, mas com horário reduzido durante a madrugada.
Uma das justificativas da Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S/A) é que quinta-feira é dia de travessia de caminhões que fazem entrega em Ilhabela. Segundo o coordenador técnico da Dersa, Válter Bárbara, só na semana passada, foram 202 veículos e 198 na sexta-feira.
Outra justificativa foi que, das quatro balsas que deveriam estar em operação, a Nohas, que foi alugada em Manaus para ajudar na travessia, fundiu o motor. Além desses problemas, a cada veículo considerado especial – carro-forte, caminhão de gás, transferência de preso – uma das balsas é utilizada única e exclusivamente para esse transporte, contribuindo para o aumento da fila em horários de pico.
Reclamações - Este mês a Câmara de Ilhabela recebeu dezenas de reclamações de usuários insatisfeitos com os serviços prestados pela Dersa e pela OP-Marine, empresas responsáveis pela travessia marítima.
O presidente da Câmara, Carlos Alberto de Oliveira Pinto, disse estar preocupado com o caso. “O não cumprimento do horário na travessia acarreta atraso de funcionários, estudantes universitários, entre outros.
A cidade depende do turismo, pois sem ele tudo pára e, consequentemente a cidade não gera emprego. Se o turista perde até quatro horas na fila para travessia, principalmente em feriado, ele vai pensar duas vezes antes de vir para Ilhabela”, ressalva.
Com relação ao atraso de ontem, Valter Bárbara disse que a Nohas deve voltar a operar ainda hoje, e que antes do Natal o serviço deve ser normalizado com a volta do ferry-boat que está em manutenção no Guarujá.
Audiência - Hoje, vereadores e representantes da Dersa e comunidade civil devem participar de uma audiência pública, na Câmara, para discutir os problemas e constantes atrasos das balsas. (Fonte: Imprensa Livre)

Obras de recuperação das rodovias devem começar brevemente

São Sebastião - O Consórcio Engevix-Ductor será responsável pela supervisão das obras realizadas nos trechos de ligação da São Sebastião/Boiçucanga e Boiçucanga/Boracéia, da rodovia Rio-Santos ( SP-55).
Para custeio do contrato, o Governo do Estado liberou R$ 2.416.157,20, de acordo com publicação do Diário Oficial, edição de 20 de novembro. Essas obras abrangem um total de 63.507 quilômetros quadrados com trabalhos de restauração, recapeamento, pavimentação de acostamentos, e implantação e recuperação de dispositivos de acesso.
A supervisão das obras faz parte do Programa de Recuperação de Rodovias do Estado de São Paulo, que conta com parceria do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) para recuperação de 1.370 quilômetros de rodovias. O BID vai financiar U$ 120 milhões de dólares. Com a contrapartida do Governo paulista de igual valor, os trabalhos receberão investimento total de US$ 240 milhões.
Segundo o DER (Departamento de Estradas de Rodagem), falta apenas uma nota de serviço para que as obras de recuperação das rodovias Rio-Santos e Tamoios, que ligam as cidades do litoral paulista, tenham início.
Conforme a assessoria de imprensa do DER, os contratos estão assinados, e as empresas já estão se organizando e montando canteiros de obras, fazendo levantamentos topográficos.
A reforma da Rio-Santos irá contemplar 181 km da estrada, dividida em seis trechos. De Ubatuba a Caraguatatuba, a obra será do km 53,6 ao 100, com investimentos de R$17.934.909,28. No trecho de Caraguatatuba a São Sebastião (km 102,2 a 119,8), o valor das obras é de R$13.704.393,23. Em São Sebastião, até o bairro de Boiçucanga, serão recuperados os km 124,7 ao 162,3, com custos de R$ 22.297.382,64.
Ainda em São Sebastião, o trecho de Boiçucanga a Boracéia será reformado nos km 162,3 ao 191, com investimentos de R$ 22.635.537,94. De Boracéia a Bertioga, nos km 191 ao 220,4, os custos serão de 21.530.105,96, e no último trecho, de Bertioga a Monte Cabrão, em Santos, serão recuperados os km 220,4 ao 247,6, com investimentos de R$ 4.994.500,27. (Fonte: Imprensa Livre)

Alunas apresentam projeto didático para “ensinar brincando”

São Sebastião  - As alunas de 4º ano do curso Normal (magistério) da Escola Maísa Theodoro da Silva (antigo Cene), localizada no bairro Porto Grande, em São Sebastião, realizaram ontem à tarde a apresentação do projeto “Recursos Didáticos”. Trata-se da criação de jogos e brincadeiras que buscam facilitar o aprendizado das crianças.
O programa integrou os alunos de 5ª a 8ª séries com as futuras professoras. No auditório da escola, vários jogos foram colocados em exposição.
Segundo a professora de Conteúdos Metodológicos, Rita Lopes Figueiredo, a idéia é apresentar novos métodos de ensino. “Quando as crianças estão brincando com estes tipos de jogos, nem percebem que estão aprendendo”, frisou.
Para a professora Cacilda Maria de Alvarenga Nogueira, os métodos são muito eficazes. “Ao fazer uma coisa que não é obrigação e que ainda tem o desafio, a criança é estimulada a aprender”, avaliou Cacilda Nogueira.
A aluna do magistério Viviane Migliorini de Souza aprova a idéia. “Acho legal, pois desperta o interesse pelas disciplinas”, disse a estudante.
No seu grupo, Viviane e as colegas elaboraram um jogo de multiplicação e adição, que visa ensinar a matemática. “Fizemos também um tiro ao alvo, com perguntas de meio ambiente dentro de bexigas. Hoje (ontem), nesta exposição estão envolvidas várias disciplinas”, completou.
Na tarde de ontem, muitas crianças passaram pelo auditório do Cene para brincar e aprender ao mesmo tempo. “O aprendizado por meio dos jogos também mostra a importância da ética, pois o aluno vê que não pode roubar ou trapacear”, finalizou a professora Cacilda Nogueira. A exposição aberta às 14h foi encerrada no final da tarde. (Fonte: Imprensa Livre)

Água do Rio Grande está condenada

Ubatuba - A Cetesb (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental) divulgou ontem um laudo que confirma a poluição por esgoto doméstico do rio Grande, que passa entre os bairros da Ressaca e Ilha dos Pescadores, na região central de Ubatuba.
Parte do abastecimento de água do município é feito por meio da nascente do rio. A amostra da água foi recolhida no dia 28 de setembro, a pedido da APPRU (Amigos na Preservação, Proteção e Respeito à Ubatuba).
Na época, o grupo realizou um mutirão de limpeza onde foram retirados 2.000 quilos de lixo, inclusive carcaça de carro, ar-condicionado, geladeira, sofá e fogão.
Segundo a Cetesb, o rio Grande apresenta vários pontos de contaminação por esgoto. Os índices são considerados acima do normal com 3.000 e 8.000 bactérias de coliformes fecais por 100 ml de água. O padrão de qualidade da água é de 1.000 bactérias por cada 100 ml.
"O resultado mostra que está havendo uma poluição por causa do despejo de esgoto domiciliar diretamente na água do rio", disse a gerente do setor de Águas Litorâneas, Cláudia Lamparelle.
O presidente da APPRU, Antônio Augusto Oliveira Neto, disse que vai encaminhar o laudo para a prefeitura. "Não podemos permitir que o local se torne um depósito de lixo e de esgoto." (Fonte: ValeParaibano)

7 praias no litoral estão impróprias

Ubatuba - Sete praias do Litoral Norte estão impróprias para banho, segundo informou ontem a Cetesb (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental).
As praias Indaiá, Porto Novo e Centro, em Caraguatatuba; e Porto Grande e Pontal da Cruz, em São Sebastião, estão impróprias para a utilização dos turistas. Em Ubatuba, as praias Itaguá, Centro e Bairro também não são indicadas.
Para a gerente do setor de Águas Litorâneas da Cetesb, Cláudia Lamparelle, a falta de estrutura no tratamento de esgoto no litoral aumenta as chances de poluição das praias.
"O esgoto é o principal fator de contaminação. O banho de mar em locais impróprios pode causar várias doenças graves como hepatite A, cólera, micoses e alergias", disse. (Fonte: ValeParaibano)

Alunos da Cooperativa realizam plantio de árvores

Ubatuba - Os alunos da primeira série da Cooperativa Educacional de Ubatuba realizaram nesta quinta-feira, 28 de novembro,o reflorestamento da margem do rio Tavares em Ubatuba. Este plantio fez parte do projeto realizado pela professora Cristiane Gil, no qual as crianças estudaram a respeito de ervas medicinais e árvores de nossa região.Entre as mudas plantadas estão a aroeira-amansa, babosa-branca, embaúba e palmito-juçara.O trabalho foi executado com a parceria do Grupo Escoteiro Iperoig, Secretaria de Agricultura de Ubatuba, IPEMA( Instituto de Permacultura da Mata Atlântica), Polícia Ambiental e pais dos alunos da Cooperativa Educacional. Os alunos assistiram a uma palestra sobre a importância do reflorestamento das margens dos rios e aprenderam como se faz o plantio das mudas.Desta forma as crianças desenvolveram a consciência ecológica, além de proteger um rio de grande importância para Ubatuba.

Vila Jambeiro terá ponte pênsil

Ubatuba - Um ponte pênsil com 25 m de extensão será construída pela Prefeitura, em parceria com a comunidade, no bairro do Camburi, na Vila Jambeiro. Os levantamentos do material necessário - cimento, areia, ferro e cabos de aço -, foram feitos pela Secretaria de Obras na última terça-feira. A Vila Jambeiro, reduto quilombola na divisa do município , representa um patrimônio da tradição do município. No local já existem duas cabeceiras de concreto construídas no ano passado. A retomada das obras, determinada pelo prefeito Paulo Ramos, visa dar condições de passagem pelo rio bastante prejudicada durante as fortes chuvas. No bairro moram cerca de 25 familias e 30 alunos que frequentam a Escola Municipal na praia.
De acordo com projeto, a ponte terá 25 m de extensão com tabuleiro de madeira e cabos de aço na base e como corrimão de segurança. A Prefeitura participa com o material e a comunidade com a mão de obra. O morador mais conhecido e antigo do local, Genésio dos Santos, diz que a ponte vai representar um novo tempo para a comunidade pois vai permitir o tráfego permanente dos moradores. (Fonte: ACS-PMU)

Reformas no Pátio de Obras

Ubatuba - O pátio de obras está sendo modificado, para que em futuro próximo o cartão de ponto passe para a guarita da frente e um novo bicicletário está sendo construído ao lado do estacionamento dos secretários na Rua Maria Alves. Este bicicletário é para maior segurança para os usuários que deixam suas bicicletas para trabalharem na Prefeitura que terão uma entrada que dará acesso ao pátio è um recinto fechado e com capacidade par guardar mais bicicletas do que hoje. O pátio de obras também estará passando por reforma para melhor atender a demanda e a circulação dos veículos que ali são guardados como os ônibus dos funcionários, da Secretaria de Educação da Fiscalização e outros. (Fonte: ACS-PMU)

Prefeito recebe diploma do Grupo dos Escoteiros de Ubatuba

Ubatuba - O Prefeito Paulo Ramos recebeu diploma de Presidente de Honra do Grupo de Escoteiros Iperoig de Ubatuba – no dia 27 de Dezembro em seu gabinete. A nova diretoria de Ubatuba também fez algumas solicitações e informou ao prefeito sobre suas atividades como no “Dia de fazer a diferença”. Este dia , pelo terceiro ano consecutivo é comemorado pela UEB – União dos Escoteiros do Brasil. Em Ubatuba o grupo Iperoig 209/SP estará nos dias 29 , 30 e 1º de Dezembro estará fazendo o plantio de mudas e recolhendo alimentos não perecíveis para serem doados para entidades filantrópicas e pessoas carentes. (Fonte: ACS-PMU)

Forum de Ubatuba: 5 empresas entregam propostas

Ubatuba - Cinco empresas entregaram propostas para participar da construção do Forum da Comarca de Ubatuba nesta quinta-feira, 27, em concorrência promovida pela Prefeitura e que conta com R$ 1,9 milhão da Secretaria de Justiça e Cidadania e contrapartida do município de R$ 499 mil. "Desde o nosso primeiro mandato buscamos a concretização desta obra que vai atender a necessidade da população, advogados e dos funcionários do Judiciário. As instalações atuais não respondem mais pelo crescimento da demanda gerando desconforto e comprometendo o rendimento do setor", diz o prefeito Paulo Ramos.
Estão participando da concorrência as seguintes empresas: Construleste, Ecopave, Emplatec, Paulitec e RO - Projetos e Construções Ltda, todas paulistas.Após a publicação, no Diário Oficial, com o resultado da análise da documentação encaminhada pelas empresas será julgada, pela comissão de licitação, se estão habilitadas ou não. A comissão , presidida pelo assessor de Governo Casemiro Galvão, é integrada ainda pelo representante da OAB, Luiz Celso Rocha e os funcionários Jean Carlos Pereira Briet e Carlos Alberto Maciel Leite. (Fonte: ACS-PMU)

Poder Judiciário com novo espaço

Ubatuba - O novo prédio, com 3 mil m2 de área construída, será implantado em um terreno com 12 mil m2 desapropriado pela Prefeitura. . O prazo para construção é de 12 meses tendo a empresa Ricardo Yazigi ficado responsável pela elaboração do projeto executivo.
Várias visitas foram feitas pelo prefeito, acompanhado do presidente da Ordem dos Advogados do Brasil - OAB ( Regional), Luiz Celso Rocha e representantes do poder judiciário local à Secretaria de Justiça e Cidadania no sentido de apressar a tramitação burocrática para que acontecesse o início efetivo das obras.
Além de amplo estacionamento, o novo Forum deverá contar com a 3a Vara, já autorizada, bem como a Junta de Conciliação e Julgamento e instalações para OAB, Promotoria Pública, Salão de Júri, etc. (Fonte: ACS-PMU)

Festival do Mexilhão é domingo no Itaguá

Ubatuba - A partir das 12 horas de domingo, dia 1o, no Camping Itaguá, em Ubatuba, os produtores de mexilhão do Estado estarão realizando a quarta edição do festival que reúne, em média, 3 mil visitantes que comparecem para saborear o produto a vinagrete e o tradicional lambe-lambe. O 4o Festival Estadual do Mexilhão de Cultivo é uma realização da Associação dos Maricultores do Estado de São Paulo - AMESP, Prefeitura de Ubtuba, por meio da Assessoria de Assuntos Comunitários e Fundart e do Instituto de Pesca. Segundo os organizadores, a novidade deste ano fica por conta da participação dos produtores de ostras de Cananéia que viabilizam o cultivo por meio de cooperativa. Em Ubatuba, que conta atualmente com 45 produtores, o passo seguinte é o cultivo da vieira, uma espécie de concha muito valorizada em restaurantes e utilizada também como peça de artesanato.
O valor do ingresso é de R$ 10,00 com direito a dois pratos típicos que são preparados por cozinheiros do restaurante Peixe com Banana. Haverá ainda exposição de trabalhos científicos realizados pelo Instituto de Pesca como projetos de cultura de mexilhão, camarão e armadilhas para capturas de pescado. (Fonte: ACS-PMU)

Ciclovia é concluída

Ubatuba - As obras do trecho de 1.500 m da ciclovia, do Posto Rodoviário Estadual até o Pé da Serra, na rodovia Oswaldo Cruz estarão concluídas até este sábado, dia 30 de novembro. Este trecho completa a ligação da entrada da cidade, no entroncamento da rodovia Rio-Santos até o Pé da Serra com extensão total de 9 km.
"Trata-se de uma ciclovia de extrema importância para o município, pois além de beneficiar bairros populosos como Ipiranguinha, Horto Florestal, Mato Dentro, Morro das Moças e Figueira, é uma garantia de segurança para ciclistas e motoristas, diminuindo drásticamente o número de acidentes na rodovia Oswaldo Cruz", diz o prefeito Paulo Ramos.
De acordo com Jeriel Rocha, secretário de Obras, este projeto exigiu grande esforço da Prefeitura pois foi preciso refazer todo o acostamento. Só neste trecho de 1.500 m foram remanejados cerca de 900 m3 de terra significando 180 viagens de caminhão. Foram 4.500 m2 de área pavimentada com a utilização, em média, de 20 homens/dia. "O esforço valeu a pena, pois os moradores já podem contar com uma via para deslocamento muito mais segura e confortável, evitando riscos de acidentes" afirma o Secretário de Obras. (Fonte: ACS-PMU)

Centro Cultural desenvolve reciclagem

Ubatuba - As atividades relacionadas com a reciclagem de lixo deverão ter continuidade após a entrega das obras do Centro Cultural da Praia do Engenho, ao lado da Praia da Almada, que vem sendo construído pela Prefeitura em parceria com o Governo do Estado. Os recursos, da ordem de R$ 81 mil sãodo Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estado - DADE. O centro ocupa uma área onde funcionava a moradia do professor, ao lado da antiga escola que será mantida, integrando-se ao projeto que visa resguardar as tradições caiçaras. O curso de reciclagem é frequentado atualmente por 28 alunos tendo como professor o monitor amibiental do Núcleo Picinguaba, Jaime Navarro. "O resultado da venda dos trabalhos reverte em benefício dos alunos, com idades bastante variáveis. Além disso, há uma conscientização quanto a preservação ambiental que é levada também para os turistas"diz Navarro.
O projeto, que deverá evoluir para um Espaço Cultural Caiçara, tem a frente o pessoal da Ong AICÁS (golfinho em tupi-guarani), em que 9 voluntários participam e contam com apoio da Sociedade Amigos do Bairro do Almada - SABA. (Fonte: ACS-PMU)

Semana da Solidariedade terá grande bazar

Ubatuba - O Fundo Social de Solidariedade da Prefeitura está coordenando, de 7 a 14 de dezembro, uma série de eventos para comemorar a "Semana da Solidariedade", instituída por lei, e que visa desenvolver atividades em benefício dos mais carentes. Na última quinta-feira, a presidente do Fundo, Claudia Regina da Fonseca, esteve reunida com os integrantes do conselho da entidade para definir as ações da semana.
No próximo dia 7, sábado, a partir das 15 hora, na Associação Comercial e Industrial de Ubatuba - ACIU, haverá o "Bazar Solidário onde serão vendidos, a preços simbólicos, uma grande variedade de mercadoria que foi apreendida pela Receita Federal. Roupas, peças de decoração, baixelas, eletrodomésticos, cintos, óculos, etc, poderão ser adquiridos com o resultado financeiro sendo destinado a entidades assistenciais.
No dia seguinte, domingo,dia 8, a partir das 7:30h as pessoas poderão participar da "Caminhada da Solidariedade" tendo como ponto de partida o Centro de Informações Turísticas, na Av. Iperoig. Durante a semana, que vai de 7 a 14 de dezembro, as escolas dos bairros contarão com a promoção "Natal Fraterno" nos locais onde vem sendo desenvolvido o Projeto de Alfabetização Solidária.
O Bazar Solidário nos bairros, onde será vendido apenas peças de roupas, atenderá a seguinte programação: Dia 10, terça-feira , Camburi, Picinguaba, Ubatumirim e Poruba; dia 11 e 12 , quarta e quinta-feira, Praia Dura, Rio Escuro, Saco da Ribeira, Perequê-Mirim, Sertão da Quina e Maranduba; Dia 12, quinta-feira, Taquaral, Perequê-Açu, Sesmaria, Anchieta e Estufa II e 13, sexta-feira, Ipiranguinha, Bela Vista e Emaús. (Fonte: ACS-PMU)

Aviso do Banco do Povo

Ubatuba - O Banco do Povo estará fechado para atendimento ao público na semana correspondente aos dias 02 a 06/12-02, primeira semana de dezembro, quando os agentes desta unidade de Ubatuba estarão reunidos com os outros agentes no “Treinamento de Agentes de Crédito – 4º Encontro” realizado em São Paulo para todos os agentes de Crédito do Estado de São Paulo. (Fonte: ACS-PMU)

Arte em cerâmica

Ubatuba - O projeto "Caminhos do Mar" vem promovendo a integração de menores com a sociedade por meio da pintura em cerâmica. Os alunos das professores Malu Ramos e Adriana Rodrigues produzem os desenhos em salas de aula, logo após são queimados em azulejos a temperaturas acima de 1.000 graus para depois serem colados em postes e logradouros públicos sob a forma de mosaicos. O projeto vem sendo desenvolvido desde março deste ano com apoio da Fundart e contemplou mais de 300 alunos, alguns indicados pelo Conselho Tutelar. "A criação fica por conta dos próprios alunos e nossa vontade é atingir toda a cidade. Em vez de pichação pura e simples temos obras de arte desses menores para mostrar" afirma a ceramista Malu Ramos que, juntamente com Adriana Rodrigues realiza um trabalho voluntário. Por isso, fazem questão de agradecer a colaboração do comércio, incluindo comerciantes da Rua Guarani e aqueles ligadas a área de construção.
Roberto de Azevedo e Gleison Fernandes Sousa, ambos com 13 anos, encaminhados pelo Conselho Tutelar estiveram esta semana montando os mosaicos na ponte da Barra da Lagoa, ao lado do Aquário e mostram-se bastante satisfeitos com os resultados: "É uma forma de aprender um ofício e até ganhar algum dinheiro no futuro", dizem . (Fonte: ACS-PMU)

Ampliação da rede de informática na Prefeitura

Ubatuba - A tubulação que foi embutida no pátio de obras estará ligando a Secretaria de Obras ao CPD que estarão em rede até dia 15 de dezembro. A mesma tubulação ligará também a Secretaria de Agricultura Abastecimento e Pesca.
A Secretaria de Educação está ligada à rede por rádio e já foi liberada para tomada de preços, a compra de uma antena para a Prefeitura (que atualmente usa uma antena da Iconet ). Esta integração das secretarias com o CPD dará uma melhor qualidade e facilidade no uso da internet, e de informações entre secretarias. (Fonte: ACS-PMU)

Carta do Leitor

Miniver - Concordo, Maria Emilia. Mas o que eu faria com o meu banco de dados? Será que o Miniver teria algum interesse? Se houvesse, eu o negociaria. Daria a eles 50% dos dados desde que mudassem o nome para Minimever: Ministério da Meia Verdade.
Bem, como você pode perceber, realizada a barganha, voltaríamos ao ponto em que nos encontramos...

Vitório Manoel Moreira Papini
Boiçucanga, São Sebastião, SP

Amigo do Prefeito pode tudo... - São Sebastião tem um excelente código de obras (leis de uso do solo), voltado a preservar nossa região. Pena que estas leis só se apliquem aos munícipes em geral, porque alguns empreendedores podem TUDO, especialmente se forem amigos ou colaboradores do prefeito .
Um exemplo: em um terreno “pé na areia” na Praia de Maresias, mais precisamente na Av. Francisco Loup 1190, amigo do prefeito pode construir
encostado ao muro de uma viela de acesso a praia, sem dar o recuo de 2,00m. exigido por lei . Pode construir na faixa de marinha até o limite do terreno com a praia.
Também pode ocupar praticamente toda a largura do terreno com edificações, embora a lei restrinja esta ocupação a 2/3 da testada.
Mas o que realmente me chamou a atenção foi um enorme buraco, NA DIVISA DO TERRENO COM O ESPAÇO PÚBLICO DA AREIA DA PRAIA, profundo demais para ser uma piscina, já com sua base pronta para ser concretada, e um cano de PVC (normalmente usado para esgoto ..) se projetando, ameaçador, para dentro desta estrutura.
Será este misterioso buraco o sistema de esgoto deste empreendimento, que infiltrará seu saudável conteúdo em nossa praia? Afinal, uma
poluiçãozinha a mais nem vai fazer diferença...
Uma discretíssima faixa anuncia reservas de espaço comercial em um shopping center, com o nome de Pátio do Sol. Alguém acredita que possa ser apenas uma “promoção de verão” , algo temporário para incentivar o “turismo”, e que por isto não precisa obedecer as leis?
Vale aqui mais uma pergunta: Estará este empreendimento aprovado junto a Prefeitura?
Vamos torcer para que nossas praias e matas consigam resistir ‘a destruição acarretada pela ganância.

Carlos Eduardo da Silva
São Sebastião, SP


Ainda o Corte de Árvores Centenárias da Tabatinga - Prezado Emilio Campi. Só para mantê-lo informado, e aos leitores do Litoral: o Cap. Campos Jr. ainda não respondeu ao meu e-mail (aquele que voce publicou aqui no Litoral). Eu já solicitei resposta para o mesmo e, até este momento, nada.
Quase chorei de emoção ao ver a praia sem os 250 barcos fundeados, e sem os tratores, jetskies e recipientes com combustivel estacionados nas areias na foto do dia de ontem, 28/11.

Claudio Berttoti Marques
Tabatinga, Caraguatatuba, SP


Indignação - Estou indignada com o aumento abusivo da passagem de onibus (unica empresa), um aumento de +14% é um absurdo. Se houvesse outras empresas a passagem não chegaria a tanto, São Paulo subiu este ano a $1,40 enquando aqui já custava isso. Conforme nos explica a PROCON, quando se compra algo em quantidade muito superior deveriamos ter um desconto; este empresa vc compra a cartela fechada de 50 vales transporte tem que pagar preço unico não há abatimento.
Pelo o Jeito este ônibus é feito de Ouro.

Teca
Caraguatatuba, SP


Ubatuba: Será que essa cidade vai para frente? - Antes de mais nada gostaria de agradecer e parabenizar o Litoral Virtual pela oportunidade da população dar sua a opinião em um espaço tão importante como esse.
Ubatuba é uma cidade maravilhosa com um potêncial turistico fortissimo, que ainda não achou seu rumo, se a cidade depende do Turismo o ano todo porque não se faz turismo de verdade, estamos em pleno ano de 2002 e a cidade é igual ou pior que a 10 anos atrás. Uma cidade onde os moradores não tem um hospital descente, imagine na temporada quando a população dobra, a falta de condição para atender os moradores
e aos turistas é miníma.
A COMTUR, orgão que se diz responsável pelo desenvolvimento do turismo da cidade, a única coisa que sabe fazer e cobrar estacionamento nas praias sem oferecer condição nenhuma para os banhistas, e organizar haves, onde só tem drogados e lixo na praia.
É um absurdo um orgão que é responsável pelo desenvolvimento do turismo na cidade não fazer absolutamente nada de bom, pelo contrário. Querem construir Piers, desenvolver o turismo náutico, mas a infraestrutura da cidade é pessíma, quando um turista vai a rua Guarani, a única coisa que se destaca é o cheiro de merda, do esgoto que corre ao lado, o Prefeito de Ubatuba fez alguma coisa c/ relação a isso? e o Secretário de Turismo será que entende realmente de Turismo, pois hotelaria é uma coisa, e Turismo é bem diferente.
Espero que os orgão publicos da cidade realmente façam alguma coisa de bom para o munícipio, e cumpram com o que prometeram, pois da mesma forma que a população os elegeu também podem tira-los do comando, porque precisamos de governantes que tenhão visão de desenvolvimento e boa vontade.

Adriana
Ubatuba, SP


Médicos de Ubatuba Vivenciam Crise no Sistema de Saúde do Município - Ao ser indicado para assumir a Secretaria de Saúde de Ubatuba, em agosto de 2001, substituindo a médica Dra. Graça Gil Mattos que exonerou-se do cargo por motivos pessoais e no qual permanecera durante sete meses com atividades bem conduzidas tecnicamente, à frente da Pasta, o então Secretário Jurandiau Lovizaro, que também desligou-se do cargo a cerca de quinze dias, disse que não estaria à frente da secretaria “inventando nada” e sim “mantendo o mesmo trabalho e intensificando todas as atividades para que se obtenha um melhor desempenho” (A Cidade, 18/8/01, pg. 3).
Escolhido pelo prefeito Paulo Ramos por “possuir um currículo que acumula larga experiência administrativa no setor de saúde”, o Secretário Jurandiau Lovizaro tinha como missão inadiável resolver a polêmica questão das “gratificações SUS” concedidas aos funcionários da saúde de forma generalizada e sem critério justo, segundo informações oficiosas, bem como encontrar solução para os sérios problemas vivenciados no atendimento da Santa Casa e no ambulatório do Centro de Saúde.
Em sua posse, ocorrida em 13/8/02, o sr. Lovizaro disse que aceitava o convite do prefeito como “mais um desafio” e que o ponto importante na sua administração seria “maior ênfase na parte preventiva para que diminuam os gastos da secretaria e melhore a qualidade da saúde da população”.
Na audiência pública realizada na Câmara Municipal em 02/9/02 para prestação de contas da Secretaria de Saúde do trimestre abril/junho, falando sobre a manutenção geral dos atendimentos do setor e demonstrando as atividades desenvolvidas pelas unidades que compõem a Pasta, disse o secretário Jurandiau que os munícipes deveriam comparecer sempre às prestações de contas da secretaria para tomar conhecimento do que está sendo feito e para saberem por exemplo, “...que o mínimo obrigatório a ser aplicado na saúde é estipulado em 15% e em Ubatuba até agora no ano de 2002, já foram aplicados 22,63% da receita de impostos” (A Cidade, 07/9/02, pg. 4).
Só para argumentar, segundo informações extra-oficiais, a receita tributária do Município arrecadada até setembro deste ano teria sido superior a R$ 70 milhões. Vale dizer, caso esses números estejam corretos, o sistema municipal de saúde já teria consumido na manutenção de suas atividades recursos financeiros em torno de R$ 16 milhões. Recursos esses que, convenhamos, dariam para atender grande parte das necessidades básicas da rede pública municipal. Observe-se que o percentual acima refere-se apenas e tão-somente à receita dos impostos pagos pelos contribuintes. Acresça-se a isso as demais verbas regularmente repassadas pela União e pelo Governo do Estado para o custeio de diversos convênios mantidos pelo Município para desenvolvimento da saúde, como por exemplo o Programa Saúde da Família-“PSF”, administrado pela Santa Casa.
Mas isso, se de um lado é auspicioso, de outro, é muito preocupante, posto que, curiosamente, apesar da soma considerável de recursos que, supostamente, foram aplicados no setor, existem claros indícios de que o sistema de saúde deste município encontra-se em grave situação de crise, estando na iminência de entrar em colapso, apesar da considerável soma de recursos financeiros que supostamente foram aplicados no setor até o mês de setembro.
Avaliação feita pela classe médica de Ubatuba através de “MANIFESTO” assinado pelo médico Carlos Fragnan, publicado no Informativo “Litoral Virtual”, da Internet, semana passada, aponta as possíveis causas dessa crise instalada na saúde pública municipal.
No referido documento, os médicos avaliam que “Diante da situação vivenciada pelos médicos envolvido no sistema de saúde deste município, optamos por manifestar-nos....a fim de sensibilizar, esclarecer e unir esforços de diversos seguimentos da sociedade.....no sentido de oferecer à população melhorias na atenção a saúde, assim como permitir a classe médica condições de trabalho”.
Afirmam que identificaram “diversos aspectos que vêm contribuindo com a deteriorização do sistema de saúde”, apontando as “medidas que seriam extremamente úteis para minimizar os riscos de colapso que tememos correr”.
Dentre essas medidas, os médicos reivindicam: “Participação da classe médica, através de sua associação e lideranças na decisão das políticas de ações de saúde do município.”; “viabilizar a manutenção e aquisição de equipamentos e materiais indispensáveis para prática médica”; “viabilizar maior resolutividade por parte do atendimento executado pela rede pública”; “Contínua avaliação das ações médicas, corrigindo distorções e incentivando a boa prática”, bem como outras prioridades, etc...etc...
Vale ressaltar que quase todas as medidas enumeradas no referido documento reivindicatório são exigências contidas na Lei Orgânica do Município. Por que não implementá-las?
Outro indício da crise que permeia o setor da saúde do município é a carta assinada pela Provedoria da Santa Casa de Ubatuba, também publicada na Internet, em 04/11/0, através da qual a instituição denuncia a falta de pagamento aos médicos que trabalharam no “Projeto Verão 2001/2002”, bem como o alto valor que a Santa Casa terá de pagar em indenizações trabalhistas acumuladas, decorrentes da execução do convênio “PSF”, firmado com a municipalidade em 19/2/99, com prorrogações nos exercícios subseqüentes.
Seriam esses os motivos que levaram o Secretário Jurandiau Lovizáro a deixar o cargo há vinte dias atrás, sem dar qualquer explicação convincente? Teria ele conseguido vencer o desafio que aceitou enfrentar quando assumiu a Pasta?
De qualquer forma o problema existe, é realmente preocupante e precisa ser devidamente apurado. Até porque o prefeito Paulo Ramos, que tem se esforçado em dar um atendimento digno principalmente à população mais humilde assistida pelo serviço público de saúde, poderá vir a sofrer, desnecessariamente, novo desgaste em sua imágem pública, por inabilidade política de alguns de seus principais Assessores, como já aconteceu no recente episódio de um certo carro importado adquirido pela Prefeitura.
A população acredita e espera que o novo titular da Pasta, Dr. Francisco Roberto Cisneros, com sua comprovada competência e experiência administrativa, além de grande conhecedor que é das mazelas que atingem o serviço que administra, consiga contornar satisfatoriamente todas essas contingências, bem como “equilibrar a batata quente” que tem em suas mãos, ou “descascar o pepino”, que herdou de seu antecessor.

José Carlos da Silva
RG 6.518.644/SP
Ubatuba, SP


A Floresta Profanada no Parque Estadual - Aqueles que deveriam dar o exemplo do cumprimento da lei, fazem dela letra morta, como se assiste no Núcleo Picinguaba do Parque Estadual da Serra do Mar, onde o Estado, com recursos oriundos do Projeto de Preservação da Mata Atlântica – PPMA, vem praticando uma verdadeira barbárie ambiental contra o sacrossanto ambiente especial e multiplamente protegido pela legislação ambiental, conquanto vem procedendo, às custas do combalido erário, grandes obras de reforma completa e ampliação das instalações sanitárias do conjunto de uso público que compreende o Centro de Visitantes e o Alojamento, irregularmente erigidos em 1.987, quando, então, tais obras, incluindo, ainda, uma lanchonete e uma bateria de sanitários, foram embargados sob ação conduzida pelo Ministério Público, cujo papel corregedor vem agora a ser, novamente, invocado para que se evitem danos maiores aos frágeis ambientes ameaçados pela poluição ampliada.
Em que pese a importância de tais instalações para o desenvolvimento das programações de educação ambiental, recreação e pesquisa do Núcleo Picinguaba, os graves impactos das obras e, posteriormente, do uso mais amplo dessas instalações, deveriam ser objeto de estudos e relatórios, obtendo-se o licenciamento através dos organismos pertinentes, como o Departamento Estadual de Recursos Naturais, a CETESB, o CONDEPHAAT e outros, com atuações correlatas e atribuições concorrentes, incluindo-se a Prefeitura Municipal de Ubatuba, tudo de forma a assegurar a minimização dos efeitos nocivos aos protegidos ambientes afetados, constituídos por praia, manguezal e restinga, que, por certo, não comportam maior carga de poluentes sob pena de comprometimento irremediável de suas funções ecológicas.
Profanada por mãos ineptas e vítima de atitudes omissivas e até subversivas de valores, a Floresta Atlântica, com a sua multiplicidade fisionômica, que se derrama desde as mais elevadas cristas da Serra do Mar até as planícies litorâneas, vem sendo sistematicamente destruída num continuado e crescente processo traduzido por milhares de invasões que se ampliam em desmatamentos, caça, pesca, extração de palmito e construções irregulares que avançam sobre seus flancos mais cobiçados, como as regiões de Picinguaba, Camburi e Pé-da-Serra, em Ubatuba, e nas margens da represa em Paraibuna, dispondo o Estado de moribundas estruturas onde se encontram reduzidos contingentes funcionais, qual um esfarrapado exército cujos desmoralizados integrantes, os agentes florestais públicos, não recebem vestimentas adequadas há anos, tem que pagar a própria alimentação nos alojamentos e se submetem a escravistas turnos de serviço, sem perceberem diárias ou ajudas de custo devidas pelo Governo, reclamando-se a falta de dignas condições de trabalho, assim como da falta de combustível e outros meios, quando se sabe de casos de flagrantes desvios e desperdícios desses mesmos recursos na Instituição Florestal.
Com tudo isso, amplia-se o passivo ambiental e vai se destruindo o majestoso manto florestal abarcado pelo Parque Estadual da Serra do Mar, impondo-se que o poder público efetivamente cumpra o seu dever de proteção ao meio ambiente, o que, imperiosamente, deve ser efetivado com o fiel cumprimento da lei.

João Evangelista de Melo Neto
Engenheiro Agrônomo - Pesquisador Científico
Ubatuba - SP



Foto do Dia:
Cáis do Porto
Ubatuba
Cáis do Porto
© Emilio Campi


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Clique Aqui para acessar o arquivo de Fotos Publicadas


 F
aça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão:
Clique Aqui.


Radar Litoral Recanto Tropical Central de Reservas

As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  idenficação do autor.

GRÁTIS!!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:
Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral na versão:
Compacta (apenas as manchetes c/ Link)
Completa (todas as notícias na íntegra) 
e-mail:
Cidade:


Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br


©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor