Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Segunda-feira, 02 de dezembro de 2002 - Nº 672 Edições Anteriores

Moacyr Colli Junior e Advogados Pousada das Cachoeiras Naturali Garden Center

Litoral Norte:
   Obra para recuperar Tamoios deve ser iniciada em 15 dias
   Turista pensa em desistir do litoral
   Comércio espera mais movimento
   Verão Legal no Litoral

Caraguatatuba:
   Caraguá investe em boates para atrair turista durante o verão
   Prefeitura organiza Caraguá Music
   Diocese de Caraguatatuba arrecada 7 toneladas de alimentos
   Tempo nublado não afasta turistas
   Caraguá disciplina estacionamento de veículos de turismo
   Conselho quer usar Imposto de Renda para programas sociais
   Definida nova lei para feira municipal de artes e artesanato
   Vigilância Epidemiológica inicia combate a pernilongos
   Extraordinária aprova projetos de interesse do Servidor

Ilhabela:
   Ilhabela terá nove representantes no Campeonato Brasileiro de optimist

São Sebastião:
   Homem é baleado em bairro de S.Sebastião

   Carta do Leitor



Obra para recuperar Tamoios deve ser iniciada em 15 dias
Turista teme que interdição de trechos nas estradas de acesso ao litoral transforme viagem em maratona

Litoral Norte - O início da execução do pacote de obras em quatro trechos das rodovias estaduais que cortam as cidades do Litoral Norte deve transformar a viagem do turista em um verdadeiro martírio.
O DER (Departartamento de Estradas e Rodagens) informou que o governo do Estado assinou na semana passada contrato com as empresas responsáveis pelas obras. A recuperação da Rodovia dos Tamoios (São José-Caraguatatuba) no trecho de serra, entre o km 64 e km 83, deve começar em 15 dias.
O trecho é um dos mais movimentados da temporada de verão. Nos finais de semana, cerca de 100 mil veículo passam pela rodovia.
Os motoristas temem um verdadeiro caos nas estradas durante este período. Alguns turistas afirmam que, em condições normais, já demoraram mais de cinco horas para fazer o trajeto de São José a Caraguá. Eles temem que este tempo de viagem seja ainda maior com as obras.
Outra obra que terá início dentro de 15 dias é a da SP-55 no trecho que liga São Sebastião à praia de Boiçucanga, onde serão recuperados 34 quilômetros de rodovia.
Em 30 dias, outros dois trechos da mesma rodovia terão as obras iniciadas --o que liga as cidades de Caraguá e Ubatuba e a ligação de Caraguá a São Sebastião.
O diretor de operação DER, Mansueto Henrique Lunardi, afirmou que serão tomadas medidas preventivas para que as obras não atrapalhem o fluxo de veículos durante a temporada.
"Não acredito que haja grande congestionamento nas rodovias além do que já é esperado. As obras são necessárias e tomaremos providências para que se evite transtorno ao usuário", disse Lunardi.
Uma das medidas será uma parceria entre a Polícia Rodoviária Estadual e as prefeituras das cidades onde estarão sendo realizadas as obras.
Além dos usuários, o início das obras preocupa os comerciantes. Eles temem a queda no número de turistas que procuram a região nesta época do ano (leia texto nesta página).
PREFEITURAS - O prefeito de São Sebastião, Paulo Julião (PSDB), disse que as obras são inevitáveis. Ele admite que elas causarão um certo desconforto para os turistas, mas acredita que isso não compromete a temporada.
"Estas obras já eram previstas. E se ficarmos adiando o início da recuperação das estradas nunca elas vão acontecer. Dentro de um ano, as cidades do Litoral Norte estarão com uma infraestrutura melhor para receber o turista", disse Julião.
São Sebastião recebe em média 4 milhões de turistas a cada verão vindos de várias regiões do país.
O prefeito de Caraguatatuba, Antônio Carlos da Silva (PSDB), não acredita em grandes congestionamento com as obras. "Vamos fazer uma parceria com a Polícia Rodoviária Estadual para que ninguém saia no prejuízo com a obra", disse Antônio Carlos.
CUSTOS - O pacote das quatro obras está orçado em R$ 240 milhões, sendo que R$ 120 milhões são repassados pelo governo do Estado e o restante será financiado pelo BID (Banco Interamericana de Desenvolvimento).
As obras nas rodovias incluem o recapeamento do asfalto e a criação de uma faixa tripla no trecho que será reformado na Tamoios. (Fonte: ValeParaibano)

Turista pensa em desistir do litoral

Litoral Norte - João Nascimento, 25 anos, gerente de um posto de gasolina, acredita que o trânsito vai ficar ainda mais caótico com início das obras na Rodovia dos Tamoios durante a temporada de verão.
Ele sempre utiliza a rodovia para visitar o irmão que mora em São Sebastião. No último feriado, ele desistiu de viajar em razão dos congestionamentos.
"Não queria passar quatro horas num congestionamento para chegar ao litoral. Trabalho todos os finais de semana e tenho pouco tempo para viajar", disse Nascimento, que mora em São José e trabalha em Jacareí.
Nascimento está pensando em desistir de viajar nas festas de fim-de-ano. "Com a obra fica difícil pegar estrada. O trânsito com certeza vai ficar caótico. Acho que vou fazer outra programação para Natal e Ano Novo", disse.
A projetista aeronáutica Vera Satie Odaguiri, 43 anos, acredida que as obras são importantes, mas na temporada podem dificultar a vida dos turistas.
"Com certeza as obras criarão transtornos. Há três anos passei mais 12 horas num engarrafamento na Tamoios. Hoje, procuro ir fora de temporada para fugir do trânsito", disse.
O vendedor Elias Gomes Silva, 37 anos, aprova o início das obras, mesmo na temporada. Todos os anos ele viaja com a família no mês de janeiro para curtir as praias do litoral.
"As rodovias estão cada vez piores. A reforma vai melhorar a qualidade da pista e do trânsito. Vale a pena fazer este esforço agora, para que no ano que vem a gente possa ter uma temporada sem tantos engarrafamentos", disse Silva. (Fonte: ValeParaibano)

Comércio espera mais movimento

Litoral Norte - O presidente da ACIC (Associação Comercial e Industrial) de Caraguatatuba, Jorge Washington, acredita que o movimento no comércio no litoral seja 30% maior que o registrado na temporada passada.
Washington afirma que está otimista, mas disse que se as obras forem confirmadas, as vendas poderão ser memores. "As obras poderão afugentar os turistas e aí as vendas cairão", disse. (Fonte: ValeParaibano)

Verão Legal no Litoral
CBH promove reunião com Ongs nesta terça-feira

Litoral Norte - O Comitê de Bacias Hidrográficas do Litoral Norte (CBH-LN) organizou para esta terça-feira, 3, às 9h30 na Faculdade Módulo, em Cararguatatuba, uma reunião com Ongs e entidades ambientais da região. O objetivo é traçar o planejamento estratégico e organizar as ações que serão realizadas durante o verão, denominado "Verão Legal no Litoral". Esta campanha terá início no dia 22 de dezembro e encerra após o carnaval. Esta iniciativa é do CBH-LN e visa estimular a consciência ecológica de preservação ambiental com ampla distribuição de peças publicitárias/educativas de uso racional da água, preservação de rios e mananciais, lixo, combate ao mosquito da dengue, entre outros aspectos ambientais. Haverá também ações práticas com mutirões de limpezas de rios do Litoral, que acontecerão simultaneamente.
Esta mobilização regional conta com os apoios de todas as Prefeituras do Litoral Norte, Sabesp, Cetesb, Inpe e Secretaria de Estado da Saúde. A Sabesp irá disponibilizar 1 milhão de folhetos para distribuição para as populações fixa e flutuante. As mídias de jornais e rádios da região serão convidadas para participarem da campanha educativa. A secretária Executiva do CBH-LN, Rosa Mancini, diz que é importante que todas as entidades ambientais e Ongs do Litoral Norte compareçam nesta reunião para engajarem nesta causa. A Faculdade Módulo fica na avenida Frei Pacífico Wagner, 653, em Caraguatatuba. (Fonte: ACS-PMU)

Caraguá investe em boates para atrair turista durante o verão
Região central da cidade e a praia Martim vão receber tendas musicais

Caraguatatuba - Os proprietários de casas noturnas e boates de Caraguatatuba estão investindo em novidades de lazer para garantir o movimento de turistas durante a temporada de verão. As opções são variadas como videokê, iluminação a laser, festas temáticas, decorações exóticas, drinques especiais, DJ computadorizado, entre outros.
As atrações da temporada ficarão ainda por conta das tendas musicais que serão instaladas na região central e na praia Martin de Sá, considerada a mais popular da cidade (leia texto nesta página).
Para o proprietário da danceteria Power Dance de Caraguá, Osmar Cabrino Filho, as músicas serão escolhidas por um DJ virtual que vai interagir com o público.
"Estamos montando um telão para transmitir um cenário com dancarinos virtuais que vão animar a festa de acordo com as músicas. O cliente também poderá participar imitando os ritmos do computador", disse.
O proprietário afirmou que será montado um palco de show com iluminação especial a laser para apresentação de videokê. A expectativa é de um público de cerca 300 pessoas por dia.
"Vamos oferecer um espaço onde o turista poderá fazer apresentações musicais como se fosse um show", disse Cabrino.
A proprietária do Prince Clube, Futin Mazzucca,afirma que a novidade do verão será as festas temáticas que iniciam na segunda quinzena de dezembro.
"Em cada fim-de-semana será oferecido uma festa diferente, como a noite das bebidas e apresentações de grupos musicais variados. Essa tendência garante um público diversificado e o sucesso da temporada", disse Futim.
Ela espera receber mais de duas mil pessoas e obter um faturamento de 100% em relação aos meses de baixa temporada.
"Temos que contar com o agito do verão para conquistar os visitantes que estão em busca de diversão noturna", disse a proprietária.
Segundo o produtor de eventos da danceteria Ilha do Tamanduá, Luiz Henrique Abreu, as casas noturnas têm que oferecer uma qualidade comparada aos estabelecimentos das grandes cidades. A expectativa de freqüentadores por noite na danceteria é em torno de 1.200 pessoas.
"Vamos apresentar uma decoração futurista em preto e branco que é a tendência da moda jovem. As variedades ficarão por conta dos drinques de verão e da tequila considerada uma das especialidades da casa", disse Abreu. (Fonte: ValeParaibano)

Prefeitura organiza Caraguá Music

Caraguatatuba - As atrações da temporada em Caraguatatuba ficarão por conta das tendas musicais que serão instaladas em vários pontos da cidade.
Segundo a prefeitura, está previsto para a segunda quinzena de dezembro a instalação de tendas na região central e na praia Martin de Sá, considerada a mais popular da cidade. As promotoras do evento ainda estão acertando o contrato com o município.
Dentro da programação do Caraguá Music, as tendas vão ser o palco dos bailes da passagem de ano e das apresentações de artistas regionais.
A programação da praia Martin de Sá, inclui os shows de Música Popular Brasileira, durante todos os finais de semana.
Na última temporada, os eventos ficaram por contas das tendas musicais da avenida da Praia, que ofereceram atrações variadas de dance, axé, forró e samba. Na praia do Massaguaçu, a tenda de shows ao vivo, reuniu diversas bandas da rock/regae. (Fonte: ValeParaibano)

Famílias aumentam renda com reciclagem de lixo orgânico

Caraguatatuba - Cerca de 20 famílias de Caraguatatuba terão uma nova fonte de renda a partir deste mês com a criação da Associação do Lixo Verde. Segundo o Fundo Social de Solidariedade, a entidade será responsável pela reciclagem de casca de coco verde, podas de árvores e corte de grama, considerados lixo verde.
Os produtos serão misturados com materiais orgânicos (restos de alimentos), para a fabricação de adubos que vão ser vendidos para a Secretaria da Agricultura.
Outra novidade será uso da casca do coco para a produção de enchimento para bancos de automóveis. O material será comercializado para uma montadora da região.
A idéia surgiu por causa da grande quantidade de material verde que é produzido durante a temporada de verão. Diariamente entre os meses de dezembro e março são recolhidos cerca de 80 mil cocos.
A renda será dividida entre os integrantes da associação. Os membros serão escolhidos pela entidade. Terão preferência as famílias assistidas pelo Fundo Social. (Fonte: ValeParaibano)

Tempo nublado não afasta turistas

Caraguatatuba - O movimento de turistas foi intenso durante todo o dia de sábado nas praias do Litoral Norte. Apesar do tempo nublado, a praia Martin de Sá, considerada a mais popular da região central de Caraguatatuba, ficou lotada desde o início da manhã.
Segundo os turistas ouvidos pelo ValeParaibano, as praias já estão com clima de temporada por causa do número intenso de visitantes.
Para a projetista, Luciana Campos, 24 anos, moradora de Itatiba (SP), a proximidade do verão incentiva a vinda das pessoas para as praias.
"Estou em Caraguá desde quinta-feira e percebi que o número de pessoas tem aumentado", disse Luciana.
A moradora de Bragança Paulista (SP), Lilian Rodrigues, 21 anos, disse que não esperava encontrar movimento na cidade por ser um final de semana comum. "Estou aproveitando os dias de folga para conhecer os pontos turísticos e curtir a praia", disse.
Para a vendedora, Ciça Cavalca, 35 anos, moradora de São José dos Campos, o início da temporada está aumento o valor dos produtos alimentícios. "Percebi a variação de preços nas bebidas, inclusive a água e cerveja. Essa diferença pode ser confirmada nos supermercados e padarias", disse. (Fonte: ValeParaibano)

Caraguá disciplina estacionamento de veículos de turismo

Caraguatatuba - A partir do próximo dia 25 as vans, kombis e micro-ônibus que transportam turistas terão que pagar uma taxa de R$ 150,00 para poder utilizar o Terminal Turístico na Praia Flexeiras, no bairro do Porto Novo. A medida atende ao decreto 23/97 que disciplina a circulação e o estacionamento de ônibus de turismo, ou quaisquer outro veículo coletivo utilizado para o mesmo fim, ou seja, o transporte de turistas. A medida vinha sendo adotada apenas para ônibus de turismo de um dia que recolhem a taxa de R$ 300,00 para o mesmo fim. De acordo com o decreto, as vans, kombis e micro-ônibus sómente poderão estacionar no terminal turístico, que tem capacidade para 150 veículos. Segundo Mário Brito, chefe da Seção de Posturas, a medida está sendo adotada porque a praia Martim de Sá, a mais procurada pelos turistas transportados por vans, kombis e micro-ônibus, não comporta mais o grande número destes veículos nos fins de semana. Segundo Mário Brito, a praia Martim de Sá chega a receber até 80 veículos deste tipo aos domingos. O chefe da Seção de Posturas informou que os proprietários de vans, kombis e micro-ônibus terão que solicitar com antecedência vagas no Terminal Turístico, através dos telefones 420-8135 ou 420-8136 e fazer o pagamento da taxa, para que possam receber a senha que permite a permanência no terminal turístico. Aquele que desobedecer as normas estará sujeito a apreensão e multas. No caso de vans, kombis e micro-ônibus, a multa é de R$ 532,05 No caso de ônibus que desrespeitarem as normas a multa é de R$ 2.341,02. O chefe da Seção de Posturas, Mário Brito, fez questão de esclarecer que os veículos deverão estacionar no terminal turístico e que a partir daí os banhistas poderão se dirigir e usufruir de qualquer praia da cidade, sem qualquer impedimento. (Fonte: PMC)

Conselho quer usar Imposto de Renda para programas sociais

Caraguatatuba - O Conselho dos Direitos da Criança e Adolescentes de Caraguatatuba vai iniciar uma campanha com o intuito de arrecadar recursos financeiros para o Fundo da Infância e Juventude. A idéia é sensibilizar os moradores e veranistas a destinarem parte do Imposto de Renda ao fundo para possibilitar a realização de programas de assistência as crianças e adolescentes. Segundo Regina Helena Pedroso, que presta assessoria ao Conselho dos Direitos da Criança e Adolescentes, a campanha pretende conscientizar as pessoas físicas de que elas podem destinar até 6% do imposto de renda ao Fundo da Infância e Juventude. “Pretendemos fazer uma grande divulgação disto junto aos moradores e veranistas e principalmente, nos escritórios de contabilidade, para que eles orientem seus clientes a destinarem o recurso ao fundo”, explicou Regina Helena Pedroso. Ela acredita que muita gente deverá colaborar, visto que, não haverá necessidade de novas doações, mas apenas, a destinação de 6% do Imposto de Renda para o Fundo da Infância e Juventude. Redgina adiantou que com os recursos obtidos pelo fundo poderão ser implantados os programas já definidos como prioritários pelo conselho: um abrigo para adolescentes ; atendimento para crianças vítimas de maus tratos; e, programas de assistência a adolescentes com problemas de comportamento. (Fonte: PMC)

Definida nova lei para feira municipal de artes e artesanato

Caraguatatuba - Ficou definida na noite de ontem, Segunda-feira, dia 13, a apresentação de uma nova lei municipal para disciplinar o funcionamento da FMAAC-Feira Municipal de Artes e Artesanato de Caraguatatuba. A nova lei foi discutida em reunião que contou com a presença do prefeito Antonio Carlos da Silva; a presidente da Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba, Eloiza Antunes de Oliveira e cerca de 30 artesãos e artistas plásticos do município. A nova lei feita em parceria entre a prefeitura e os artesãos e artistas plásticos será encaminhada à câmara nos próximos dias para apreciação e posterior votação pelos vereadores. A nova lei passa a organização da feira aos cuidados da Fundacc, antes ficava sob a responsabilidade do Turismo. Ela também cria uma comissão de artistas plásticos e artesãos para avaliar os trabalhos a serem expostos na feira e cria uma taxa anual de 60 UFIR que será paga pelos expositores, sendo que, antes artistas e artesão eram isentos da cobrança da taxa. Outra boa novidade é que a nova lei abre a possibilidade da implantação de novas áreas de exposição dos trabalhos, atendendo solicitação feita pelo prefeito Antonio Carlos da Silva. O prefeito pretende criar novas feiras nos bairros de Massaguaçu, Porto Novo e na praça Cândido Mota. “O prefeito foi bastante sensível as nossas reivindicações e mostrou Ter interesse em valorizar nosso trabalho”, destacou o presidente da Associação de Artes e Artesanato de Caraguatatuba, Jonatas Garcia. A feira tem atualmente 85 participantes e a partir de abril de 2001 aumentará as vagas para 100 expositores. A Feira Municipal de Artes e Artesanato é uma das maiores atrações turísticas do município. A feira acontece atualmente na Praça Diogenes Ribeiro de Lima, nos fins de semana. (Fonte: PMC)

Vigilância Epidemiológica inicia combate a pernilongos

Caraguatatuba - A Prefeitura de Caraguatatuba, através da Vigilância Epidemiológica, deu início, esta semana, ao combate às larvas de pernilongos (Culex) fazendo uso de um inseticida biológico - o BTI. O trabalho visa evitar a proliferação do pernilongo durante a temporada de verão.
Ao contrário do mosquito transmissor da dengue, os pernilongos se proliferam em valetas de esgoto ou água parada e suja, onde o inseticida será depositado.
A equipe técnica da Vigilância Epidemiológica parou de usar o fumacê na cidade por orientação da Sucem, já que esse tipo de veneno provoca a seleção de uma população mais resistente do mosquito Aedes aegypti, o que dificulta o combate à dengue.
Dengue
Os agentes de combate à dengue continuam trabalhando em parceria com a comunidade na eliminação de criadouros e na prevenção. O responsável pela ação de combate, o biólogo Ricardo de Souza, ministrou uma palestra no Ciefi do Tinga sobre o controle da doença e tirou dúvidas da população quanto aos sintomas da dengue e locais que podem vir a ser criadouros.
No próximo dia 10, haverá uma reunião entre Acic (Associação Comercial e Industrial de Caraguatatuba) e Secretaria Municipal de Saúde com o objetivo de discutir sobre as áreas mais infestadas na cidade e propor soluções mais efetivas.
Uma das propostas é responsabilizar um funcionário de cada estabelecimento comercial para que ele seja, além de um agente de saúde, também um multiplicador. (Fonte: PMC)

Extraordinária aprova projetos de interesse do Servidor

Caraguatatuba - A Câmara Municipal de Caraguatatuba realizou em seu Parlamento, às 15 horas desta sexta-feira, 29 de novembro, a sua 11ª Sessão Extraordinária, que discutiu e votou apenas projetos de autoria do Executivo. Os projetos são inteiramente voltados para o Servidor Público Municipal.
As proposituras que constavam na Ordem do Dia da 11ª Sessão Extraordinária foram aprovadas por maioria de votos e sem emendas. As proposituras dispunham sobre o benefício do Vale-Gás; sobre a concessão do Vale Alimentação Complementar e sobre o Vale Alimentação.
O Projeto de Lei 087/02, do Executivo, dispõe sobre o Vale Gás. Nesta propositura, que altera Lei Municipal 630/97 e 759/99, o Vale-Gás só será concedido aos Servidores Públicos Municipais que recebam até 2 (duas) vezes o piso salarial vigente, sendo concedido, como forma de pecúnia, o valor do botijão de 13 quilos de GLP (Gás Liquefeito de Petróleo), no mercado, constando o mesmo no holerite com a inscrição "Vale-Gás".
Já o Projeto 092/02 concede o Vale Alimentação Complementar aos Servidores Públicos Municipais, pensionistas e aposentados. O Vale Alimentação Complementar terá o valor de R$ 50,00 e será concedido uma única vez durante o ano, no mês de dezembro, em decorrência das festividades do final de ano, juntamente com o pagamento do 13º salário.
Por último, o Projeto de Lei 095/02 dispõe sobre o Vale Alimentação e altera projetos como o 622/97 e o 759/99, aumentando o valor de R$ 80,00 para R$ 120,00. O Vale Alimentação da Prefeitura de Caraguatatuba é assim discriminado; R$ 50,00 para os Servidores que tiverem até 3 (três) faltas no mês e os R$ 30,00 restantes para forma de premiar a assiduidade, concedendo este benefício para aqueles que não tiverem falta alguma. Com o projeto, o valor de R$50 passa à R$ 70 e os R$ 30 para R$ 50.
Não há informações de quantos servidores serão beneficiados com tais medidas, bem como qual o valor a ser gasto mensalmente pelo Executivo, mas durante a sessão, vários Servidores Públicos estiveram presentes, assistindo a discussão e votação do projeto. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Ilhabela terá nove representantes no Campeonato Brasileiro de optimist

Ilhabela - A cidade de Ilhabela através do Grêmio de Vela de Ilhabela (GVI) classificou oito velejadores do optimist para competir no Campeonato Brasileiro da classe que acontecerá de 09 a 17 de janeiro em São Sebastião. O velejador José Vicente, que também se classificou, não participará da competição por completar 15 anos no final do ano.
Das 21 vagas que o estado de São Paulo tinha direito o GVI conquistou o maior número de vagas, enquanto clubes tradicionais como Yate Clube Santo Amaro e Clube de Campo Castelo ficaram com quatro cada um e Yate Clube Paulista com cinco vagas no campeonato.
Ilhabela também será representada por uma velejadora, Mariana Rafael Mateus. Segundo as normas da ABCO (Associação Brasileira da Classe Optimist), velejadoras não precisam participar do ranking para se classificar para o campeonato brasileiro.
Além do talento e seriedade no trabalho do GVI, o apoio da Prefeitura de Ilhabela também foi imprescindível.
Através da iniciativa do Prefeito Manoel Marcos e o Diretor de Esportes Náuticos José Roberto de Jesus em criar a Escola Municipal de Vela de Ilhabela, os velejadores puderam contar com a atenção dos professores Nilton Cezar de Jesus e Márcio Reis de Oliveira aperfeiçoando suas técnicas, o que contribuiu muito com a evolução destes garotos dentro do esporte. (Fonte: PMI)

Homem é baleado em bairro de S.Sebastião

São Sebastião - O desempregado R.F.S., 20, foi baleado na noite de sexta-feira no bairro de Itatinga, em São Sebastião. S., que tem passagem por tráfico de drogas, foi socorrido no pronto-socorro central e não corre risco de morte. A vítima é uma das cinco pessoas acusadas de tráfico de entorpecentes que foram presas há cerca de um mês e que tiveram a prisão relaxada dias depois por determinação judicial. A Polícia Civil não tem pistas do autor dos disparos contra S. mas suspeita que a motivação do crime esteja relacionada a queima de arquivo. (Fonte: ValeParaibano)

Carta do Leitor

Balsa para Ilhabela - Estou indignado com a fila na balsa, vou mensalmente para a Ilha e nunca vi uma fila tão grande. Está certo que uma balsa estava quebrada, mas segundo o pessoal operacional, o atraso não foi devido a quebra da balsa e sim pela obrigação de cumprir horário. Eu fiquei com meu carro dentro da balsa durante 15 minutos. A balsa com a capacidade completa, e fui informado que não podiamos partir pois eram obrigados a cumprir o horário.... O tempo que ficamos parado era exatamente o tempo da travessia. Acredito que a diretoria da DERSA, nunca viu como sempre funcionou o transporte, pois senão nunca teria dado uma ordem dessas.
Pessoal, acordem para os clientes, que são quem sustentam seus salários...

Mario Guimarães
Ubatuba, SP


Parabéns a Ubatuba - Parabéns a prefeitura de Ubatuba pela ciclovia, que deve beneficiar em muito a população desse municipio , pois a administração de Caraguá não entedeu ainda que bicicleta em nossa região é uma necessidade,e a ciclovia que deveria ser ao longo de toda a rodovia tanto na região sul como na norte, está sendo construída ao longo da orla da marítima, enquanto isso os ciclistas que circulam nas rodovias, pois não há acostomentos continuam sendo vítimas de atropelamentos pelos veículos que aí trafegam, ainda mais com o monopólio da empresa de ônibus que aumentou aida mais o presso da passagem.

Marcos
Caraguatatuba, SP


Saúde em Ubatuba I - Gostaria de parabenizar esta seção do "Litoral Virtual", e gostaria de deixar aqui uma sugestão: quanto à viabilização dos serviços de atendimento na Santa Casa de Ubatuba, enquanto não se tem recursos, e eles poderiam e teriam que vir de forma emergente e urgente da grande arrecadação do COMTUR, cobrando suas taxas para estacionamentos nas praias...
Poderia-se formar um conjunto de voluntários com trabalho designado e emergente, como grupo de apoio ao atendimento na Santa Casa, com dias e horarios alternados, etc.

Carmen Silvia
Maranduba, Ubatuba, SP


Saúde em Ubatuba II - Sabemos que o Sistema de Saúde de Ubatuba está em situação difícil, mas dependendo do profissional que encontramos pela frente a situação pode ser melhor ou muito pior.
Gostaria de falar sobre a Dra. Graziela que atende na Unidade Mista da Maranduba, ela tem uma capacidade de se doar como se doa a um filho, a um pai ou a uma mãe. Seus pacientes mais idosos a tratam como filha e ela, como seus pais, faz visitas nas casas, volta quantas vezes for necessário, traz alem de remédios ... amor. Acho que as pessoas que trabalham no setor de saúde, deveriam ter muita consciência de que as pessoas que vão a procura de atendimento são pessoas carentes e doentes e que deveriam ser muito bem recebidas e atendidas.
Ali na Maranduba, está faltando uma melhor orientação aos pacientes e as atendentes. Deveria ter um quadro bem grande na entrada, com o cronograma de atendimento inclusive de exame como eletro-cardiograma, pois esta semana quando precisei para minha mãe, foi difícil as atendentes chegarem a uma conclusão se deveriam atender ou não, se não fosse uma anotação que a Rogéria, Encarregada de Enfermagem, havia feito no meu pedido quando fui me informar qual o dia e hora de atendimento, acho que não teria conseguido realiza-lo. Então para não ocorrer tais situações, todos seguirem o mesmo cronograma, bastaria este quadro informativo.
Dra. Graziela, que Deus continue lhe mantendo repleta de amor, carinho, competência e respeito ao próximo, um profissional como você é uma benção de Deus.

Bel Dergham
Sertão da Quina, Ubatuba


Esgoto - Concordo com os comentários da Adriana, de Ubatuba. Mas não é só a Rua Guarani que cheira merda, gostaria que o prefeito passase também na Rua Tamoio, aonde tem a Sabesp, que antes tratava o esgoto, esquina com a Rua Marília - Bairro da Lagoa - Itaguá. Alí tem fossas vazando pelos quintais e ruas. E aonde mais precisava, um pequeno trecho que não possui esgosto ainda. Fui na construtora que está realizando esgosto em Ubatuba e simplesmente esse pequeno trecho não está no projeto, ou os moradores pagam para a Sabesp realizar esse trabalho que não é nada barato, ou então continuaremos mandando a merda para rua. Agora o imposto que vem para pagarmos em janeiro não é nada barato, acho que o povo que mora ou tem casa em Ubatuba deveria ser mais respeitato, pois com as ruas cheirando a merda como querem atrair os turistas, e a cidade vivem deles.

Magaly Zingaro Munhoz
Ubatuba, SP



Foto do Dia:
Praia do Itaguá
Ubatuba
Praia do Itaguá
© Emilio Campi


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Clique Aqui para acessar o arquivo de Fotos Publicadas


 F
aça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão:
Clique Aqui.


Radar Litoral Recanto Tropical Central de Reservas

As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  idenficação do autor.

GRÁTIS!!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:
Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral na versão:
Compacta (apenas as manchetes c/ Link)
Completa (todas as notícias na íntegra) 
e-mail:
Cidade:


Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br


©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor