Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Quarta-feira, 04 de dezembro de 2002 - Nº 674 Edições Anteriores

Moacyr Colli Junior e Advogados Pousada das Cachoeiras Naturali Garden Center

Litoral Norte:
   Estado destina verba de R$ 450 mil para a Saúde
   Forum de Integração discute a questão do Transporte

Caraguatatuba:
   Defesa de Andinho pede grampos em Caraguá
   Mais de R$ 178 mil são roubados no Bradesco em Caraguatatub
   Caraguá terá duas mobilizações da Semana da Aids
   Estado faz balanço sobre gestão da Saúde Mental
   Crianças do Projeto de Dança se apresentam na Fundacc
   CEI Rio do Ouro trouxe a comunidade para a escola
   Alunos participam de formaturas do PROERD em Caraguá
   Emef Benedita Pinto realiza 1ª Mostra de Artes “Tarsila do Amaral”
   Vereadora aponta irregularidades nas Casas Populares
   Denominações de rua fazem a pauta da Câmara de Caraguá
   Audiências Públicas são o destaque da semana na Câmara
   Sebrae Promove Programa de Desenvolvimento do Turismo Receptivo

Ilhabela:
   Ilhabela lança campanha de segurança
   Dersa estuda colocação de lancha para atender usuário da balsa
   Vereadores de Ilhabela aprovam projeto que aumenta IPTU em 6%

São Sebastião:
   São Sebastião terá verba para pesca
   Fugitivo do Fórum faz refém e consegue escapar para Boiçucanga
   Taxista passa momento de medo com fugitivo
   Polícia abre inquérito para apurar facilitação de fuga
   São Sebastião recebe R$ 100 mil para investir na Saúde

Ubatuba:
   Ubatuba paga viagem de vereador para Bahia
   Homem morre ao cair de prédio em Ubatuba
   População de Ubatuba faz a diferença
   Novamente Ubatuba acolhe Papai Noel

   Carta do Leitor



Estado destina verba de R$ 450 mil para a Saúde

Litoral Norte - O governo do Estado assinou ontem um convênio do projeto Verão 2002/2003, que prevê o repasse de uma verba de R$ 450 mil para as santas casas do Litoral Norte. Caraguatatuba e São Sebastião vão receber cerca de R$ 100 mil cada; Ilhabela, R$ 49,9 mil e Ubatuba, R$ 200 mil. O recurso é destinado à aplicação nos hospitais para reforçar o atendimento durante a temporada. A verba faz parte do pacote de R$ 1,92 milhão, que será dividido entre as 18 cidades litorâneas e seis hospitais filantrópicos do Estado. O governador Geraldo Alckmin (PSDB) não compareceu ao evento por causa do mau tempo que atingiu a capital. (Fonte: ValeParaibano)

Forum de Integração discute a questão do Transporte

Litoral Norte - O Forum de Integração do Litoral Norte e o CBH-LN organizaram mais um debate sobre a nossa região e o próximo tema será "Transportes: Alternativas para o Litoral Norte". O Encontro ocorrerá em Ubatuba, no Tamoios Iate Clube, localizado na Av. Leovigildo Dias Vieira, n. 1470 - Itaguá no próximo dia 4 de dezembro às 14:00h. Estarão presentes representantes da Secretaria de Estado dos Transportes que falarão sobre a recuperação e projetos para as estradas do litoral norte e sobre a ampliação do Porto de São Sebastião, em seguida uma representante da Secretaria de Estado do Meio Ambiente falará sobre a avaliação do impacto ambiental destas obras. Trata-se de uma iniciativa muito importante pois toda a mídia vem tratando deste tema sem que tivéssemos oportunidade de debate-lo com as autoridades competentes. (Fonte: CBH-LN)

Defesa de Andinho pede grampos em Caraguá

Caraguatatuba - A defesa do sequestrador Wanderson Nilton de Paula Lima, o Andinho, quer usar gravações telefônicas feitas pela polícia de conversas entre os comparsas Valmir Conte, o Valmirzinho, e Anderson José Bastos, o Anso, para tentar provar sua inocência no caso da morte do prefeito de Campinas Antonio da Costa Santos. As gravações foram requisitadas à Justiça pelo defensor público Silvio Artur Dias da Silva. Os grampos foram feitos em setembro de 2001, pela equipe do delegado Marcos Manfrim. O trabalho levou a polícia a organizar a operação que culminou na morte de quatro homens em Caraguá, entre eles Valmirzinho e Anso, em 2 de outubro de 2001. (Fonte: ValeParaibano)

Mais de R$ 178 mil são roubados no Bradesco em Caraguatatuba

Caraguatatuba - Mais de R$ 178 mil foram roubados da agência do banco Bradesco, em Caraguatatuba, por volta das 17h de ontem. Quatro pessoas armadas de pistolas cercaram um carro forte e levaram dois malotes. Eles estavam com dinheiro nos valores de R$98.737 e R$79.289. Um terceiro malote, com cheques, no total de R$ 35.147 não foi levado pelos assaltantes porque estava dentro do carro-forte.
Os ladrões teriam pego dois malotes do lado de fora do banco e o terceiro estaria sendo escondido pelo vigia. Quando um dos bandidos percebeu a ação do vigia, disparou a arma e acertou uma cabine de caixas. Eles estariam usando pistolas 9mm e metralhadores. Houve troca de tiros com os guardas do carro-forte e correria e gritaria das pessoas que estavam dentro da agência e próximas ao banco.
Os assaltantes usaram uma caminhonete S-10 preta, cabine dupla, placas GKP-6089, de Anápolis, roubada neste domingo, em São José dos Campos, um Golf placas CKH- 0396, de São José, assaltada dia 22 de novembro em Taubaté, e uma Paraty bege. Os dois primeiros veículos foram abandonados em Caraguá e estão apreendidos na delegacia de polícia. Os bandidos fugiram na Paraty.
Até o fechamento da edição não havia pistas dos ladrões. (Fonte: Imprensa Livre)

Caraguá terá duas mobilizações da Semana da Aids

Caraguatatuba - A Secretaria Municipal de Saúde de Caraguatatuba vai realizar hoje (4) duas importantes mobilizações nas ruas da cidade.
Durante a manhã, haverá a distribuição de panfletos educativos e preservativos próximo ao Camaroeiro na Avenida da Praia. Os agentes comunitários de saúde da cidade estarão trabalhando na campanha.
Às 8h, três equipes do Programa de Saúde da Família irão coordenar uma passeata com a fanfarra do Colégio Alaor no bairro Perequê Mirim que percorrerá as proximidades da escola. (Fonte: PMC)

Estado faz balanço sobre gestão da Saúde Mental

Caraguatatuba - A Dra. Mirsa Elizabth Delossi, coordenadora de Saúde Mental da Secretaria Estadual de Saúde, apresentou hoje(segunda-feira, dia 2) na Câmara Municipal de Caraguatatuba um relatório de oito anos da gestão da saúde mental pelo Estado. Segundo ela, a diversificação dos serviços tem possibilitado uma maior inclusão das pessoas com transtornos psiquiátricos, reduzindo a necessidade do internamento.
“Os CAPS- Centro de Atendimento Psicossocial e as equipes multiprofissionais são fundamentais para redução das internações e a reintegração das pessoas na sociedade”, adiantou. A coordenadora de Saúde Mental do Estado destacou ainda a importância de parcerias com as secretarias de esporte, cultural e educação para “incluir” ainda mais os pacientes na sociedade. O ideal, segundo ela, é que o paciente seja atendido no município e mantenha a convivência com a família.
“O Estado de São Paulo tinha 110 hospitais psiquiátricos na década de 80, hoje, existem apenas 60, oito deles pertencentes ao Estado” informou ela. Ela relembrou o passado da saúde mental em São Paulo. Até a década de 70, o País tinha 100 mil leitos psiquiátricos, 40 mil deles em São Paulo. O paciente era encaminhado aos hospitais psiquiátricos. A mudança no atendimento teve início em 1977, quando o governo do estado criou onze ambulatórios de saúde mental em São Paulo. Em 1983, o governo Montoro ampliou para 110 unidades com equipe multiprofissional.
“Hoje, o hospital psiquiátrico é uma das alternativas, não mais a única”, enfatizou ela. A Dra. Mirsa afirmou ainda que considera a ampliação dos serviços de saúde mental como a melhor opção para prevenir futuros transtornos mentais provocados pelo stress, depressão, alcoolismo e uso de drogas. A coordenadora de Saúde Mental do Estado alertou sobre o crescimento das “fazendinhas” que tratam dos dependentes químicos. “Estamos internando os usuários, afastando-os de suas famílias e da comunidade em que vivem. Estamos vendo eles seguirem o mesmo caminho, que antes se dava às pessoas com transtornos mentais, o isolamento”, comentou.
A Secretaria Municipal de Saúde de Caraguatatuba, Myrlene Veneziani da Silva, que abriu o encontro realizado na Câmara Municipal, destacou a importância do comprometimento de todos, a família, os servidores da saúde, a comunidade, para que o paciente possa se recuperar e voltar a conviver socialmente. Segundo Myrlene, em Caraguatatuba, a saúde está fazendo parcerias com a educação, esporte e cultura para facilitar a inclusão daqueles que necessitam de atendimento na saúde mental. O município de Caraguatatuba atende em média 700 pessoas no CAPDS-Centro de Atendimento Psicossocial. (Fonte: PMC)

Crianças do Projeto de Dança se apresentam na Fundacc
Pela segunda vez consecutiva, as crianças participantes do projeto de dança nas escolas da rede municipal se apresentam no auditório da Fundacc - Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba. O evento acontece nesta sexta-feira 6, às 19h30. A entrada é franca

Caraguatatuba - Durante o ano todo foram realizados em todas as unidades escolares da rede municipal os Projetos Especiais de Educação Física. Dentro deles estão diversas atividades incluindo futebol, basquete, xadrez, tênis de mesa, artes plásticas e dança. Para a Secretaria Municipal de Educação de Caraguatatuba, o principal objetivo do trabalho é ocupar o tempo livre das crianças (fora do horário de aulas) com atividades culturais, recreativas e prazerosas.
Um dos resultados desse projeto, poderá ser conferido de perto nesta sexta-feira 6. Trata-se do Projeto de Dança, realizado pelas professoras de Educação Física, Adriana Pileggi, Laís Carvalho Lippi e Rosemary Aparecida Bueno dos Santos.
De acordo com as professoras, o trabalho é realizado nas Emef’s “Carlos Altero Ortega”, no Morro do Algodão, “Lúcio Jacinto dos Santos”, no Tinga, “Bernardo Ferreira Louzada”, no Rio do Ouro e “Santina Nardi Marques”, no bairro Estrela D’Alva”.
Estão envolvidas com a dança cerca de 93 crianças, que apresentarão no auditório da Fundacc 10 números e prometem ainda uma surpresa para o público presente.
De acordo com a professora Adriana Pileggi, “expusemos nosso projeto num congresso no início desse ano, no qual estiveram presentes profissionais de Educação Física de diversas prefeituras, e não existe em nenhuma rede um trabalho como esse, um projeto contínuo. O que existe é aula de dança dentro do horário de Educação Física, e não um trabalho específico fora do horário de aula, é algo pioneiro”, explicou. A professora Laís, disse que o trabalho “envolve crianças até a 4ª série, e nosso diferencial é justamente não excluir nenhum aluno. Todos participam. Esse processo não é como uma apresentação de escolas de dança, onde participam apenas os melhores. Ali todos são bons porque são participativos, e para nós isso é o mais importante”, disse.
O objetivo do Projeto de Dança é proporcionar ás crianças uma oportunidade de vivência corporal e cultural, o que colaborará para a vida desses futuros cidadãos,q eu serão mais críticos, mais seguros e saberão se expressar através do corpo, da postura, da fala.
A apresentação do projeto acontecerá no auditório da Fundacc, nesta sexta-feira 6, às 19h30. A entrada é franca. Vale à pena conferir! (Fonte: SME/PMC)

CEI Rio do Ouro trouxe a comunidade para a escola

Caraguatatuba - O CEI - Centro de Educação Infantil “Profª Honorina Pacheco Corrêa”, do bairro Rio do Ouro, administrado através da parceria entre a Prefeitura de Caraguatatuba e Fundação Orsa, realizou na última sexta-feira 29, mais um evento que trouxe a comunidade para dentro da rotina escolar.
A exposição “O Jabuti falando de Arte”, foi realizada no período da tarde, com trabalhos feitos pelas crianças envolvendo pinturas e artes plásticas em geral, desenhos e outras atividades, feitas com os alunos atendidos pelo CEI até 3 anos e 11 meses. Além da exposição, foi realizada a apresentação de fantoches e músicas com interpretação pelas crianças do Grupo II, de 3 anos a 3 anos e 11 meses. O evento foi aberto à comunidade, que é bastante participativa no bairro Rio do Ouro. “O Jabuti falando de Arte”, faz parte do projeto pedagógico do CEI, que trabalha através do personagem Jabuti, ações voltadas à educação, meio ambiente, cultura, e outras questões que envolvem aa própria comunidade adjacente.
Projeto Comer com prazer - Dentro das atividades realizadas pelo CEI Honorina Pacheco Corrêa, foi inaugurado na quinta-feira 28, o restaurante “Pintanguinha”, dentro da própria escola. Os alunos dos Grupos I e II, agora já podem fazer suas refeições na escola como num restaurante, escolhendo sua refeição conforme a orientação das professoras e ADI’s. O projeto, intitulado “Comer com prazer”, tem como objetivo ensinar a criança a comer, a escolher suas refeições e despertar nelas a capacidade motora, a necessidade de saber escolher o alimento como fonte de saúde, energia, desenvolvimento e crescimento. (Fonte: SME/PMC)

Alunos participam de formaturas do PROERD em Caraguá

Caraguatatuba - O PROERD - Programa Educacional de Resistência às Drogas e Violência, realizado com os alunos da rede municipal de 1ª a 4ª séries do Ensino Fundamental, realizado através da parceria entre a Polícia Militar e Secretaria Municipal de Educação está realizando a formatura dos alunos, que durante todo o ano letivo de 2002 participaram do projeto, que tem como principal objetivo mostrar às crianças os malefícios do contato direto com drogas e violência.
Esse programa, é realizado pela Polícia Militar dentro das escolas, e foi criado pelo DARE - Distrito Escolar e Departamento de Polícia de Los Angeles em 1983, chegando ao Brasil, dentro do Estado de São Paulo apenas em 1993. O PROERD é desenvolvido hoje em mais de 50 países e atende cerca de 35 milhões de crianças por ano.
Os monitores sãos os próprios policiais militares, voluntários, treinados e envolvidos com o programa que tem como material uma cartilha e o mascote, que é o leãozinho.
Entre as principais metas do projeto estão proporcionar crescimento e desenvolvimento global das crianças, tornando-as cidadãos críticas, e colaborando assim na formação de um país mais justo e democrático, e ainda ensinar lições que desenvolvem a auto-estima, resistência à pressão dos amigos envolvidos com drogas, comportamentos positivos e prevenção ao uso de drogas.
Em Caraguá o PROERD é uma realidade para as crianças da rede municipal.
No dia 29 d3 novembro, a formatura aconteceu na Emef Luiz Ribeiro Muniz, no bairro Martim de Sá.
Nesta terça-feira 3, com a presença da secretária de Educação Roseli Morilla Baptista dos Santos, foi a vez dos alunos de três escolas receberem os diplomas pela participação no programa. São elas a Emef João Benedito Marcondes, do Barranco Alto, a Emef Masako Sone, do Pegorelli e a Emef Maria Aparecida Ujio, do bairro Porto Novo. Essa formatura aconteceu no período da manhã e envolveu um total de 204 alunos entre 10 e 12 anos, que além de serem incentivados quanto às drogas passam agora a serem os agentes multiplicadores, entre amigos e na família, sobre as idéias no combate ao uso de entorpecentes.
As próximas formaturas do PROERD acontecem no dia 5 de dezembro, às 9h30, na Emef Santina Nardi Marques, no bairro Estrela D’Alva, no dia 9 de dezembro, também às 9h30, na Emef Carlos Altero Ortega, no bairro Morro do Algodão, e no dia 9 de dezembro, às 9h30, na Emef Alaor Xavier Junqueira, no bairro Travessão. (Fonte: SME/PMC)

Emef Benedita Pinto realiza 1ª Mostra de Artes “Tarsila do Amaral”
Mostrando que arte e cultura são fortes no bairro Casa Branca, será realizada nesta sexta-feira 6, a 1ª Mostra de Artes “Tarsila do Amaral”. Trata-se de uma grande conquista, envolvendo alunos e educadores, já que a escola faz parte do processo de municipalização do ensino de 5ª a 8ª série, que teve início em agosto de 2002

Caraguatatuba - A Emef - Escola Municipal de Ensino Fundamental Benedita Pinto Ferreira, no Casa Branca, recém-municipalizada pela Prefeitura de Caraguá estará realizando nesta sexta-feira 6, a 1ª Mostra de Artes “Tarsila do Amaral”.
O projeto envolve trabalhos relacionados à arte, realizados pelos alunos da escola, que usaram como tema as grandes obras de Tarsila do Amaral e outros mestres da Arte em geral.
A mostra acontece na própria escola, das 8h às 18h. Confira! (Fonte: SME/PMC)

Vereadora aponta irregularidades nas Casas Populares

Caraguatatuba - A Vereadora Madalena Fachini (PSB), da Câmara Municipal de Caraguatatuba, deu entrada no Fórum local com uma Ação Popular, visando o ressarcimento dos valores pagos irregularmente quanto as obras das Casas Populares no bairro do Pegorelli, zona sul da cidade. Na ação a Parlamentar aponta diversos erros no processo.
O processo se refere as 120 Casas Populares no bairro do Pegorelli, na zona sul de Caraguatatuba, que foram construídas com base na modalidade "Tomada de Preços", onde a Parlamentar relaciona o prefeito Antonio Carlos da Silva, a construtora Metrópole, da cidade de Jundiaí, a Prefeitura local e os membros da Comissão de Licitação e o Secretário Municipal de Obras.
Segundo Madalena, cópias do processo já foram enviadas para o Tribunal de Contas do Estado, sob o nº 1207/007/00, com decisão unânime julgando irregulares o processo licitatório, o contrato e as autorizações de despesa.
A Vereadora mostra na ação que a obra foi feita sem a devida previsão de verba, no sentido contrário do artigo 7º, parágrafo 2º, inciso III da Lei de Licitações, visto que a obra tem preço total de R$ 979.585,91, mas no Orçamento de 2002 a dotação de verba para a referida obra é de R$ 616.492,06.
Outro detalhe levantado pela Parlamentar diz respeito a Comissão de Licitações, a mesma desde 1997, o que novamente contraria a Lei de Licitações, desta vez no seu artigo 51, parágrafo 4º que especifica as Comissões de Licitação com prazo de 1 (hum) ano, sendo proibida a recondução ao cargo de seus membros para o período subseqüente.
Para Madalena o Edital da obra também apresenta falhas, erros e irregularidades, como ausência de projeto básico referente a disposição das casas no local da obra. Não há cálculo na planilha da obra da guarita, fossa séptica, sumidouro e muros, mas as mesmas aparecem no projeto básico. O projeto básico fala que haverá um poste para cada 2 (duas) casas, mas na planilha de custos aparecem valores de um (1) poste por residência.
Ainda sobre os postes, o projeto básico cita que serão utilizadas 3 (três) braçadeiras por poste, mas na planilha de custos foram verificados preços apenas para 1 (uma) braçadeira por poste. No Edital consta uma falha que diz respeito aos ambientes que terão laje pré-fabricada, pois no projeto básico não há com identificar tais ambientes.
A Vereadora fala também sobre os aditamentos, feitos pois foram descobertas falhas, como o posicionamento dos lotes em termos topográficos, pois descobriu-se que 95% dos lotes estavam localizados abaixo do nível das ruas. O segundo aditamento majorou o contrato em mais R$ 153 mil, sem qualquer justificativa. Nos 2 aditamentos, o prazo ampliado da obra foi de 180 dias em cada um deles.
A Vereadora quer, com a ação, decretar nulo o contrato, a obra e o Edital referente as Casas Populares do Pegorelli, bem como a devolução do dinheiro gasto em todo o trâmite do procedimento, além da indisponibilidade dos bens do prefeito Antonio Carlos da Silva, da empresa Metrópole Engenharia e dos membros da Comissão de Licitação. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Denominações de rua fazem a pauta da Câmara de Caraguá

Caraguatatuba - A Ordem do Dia da 39ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Caraguatatuba é constituída apenas com denominações de nome de rua. As sessões semanais acontecem toda terça-feira, a partir das 19h30. Faltam apenas mais 2 (duas) sessões para o encerramento do ano legislativo.
Os projetos constantes na pauta pertencem aos Vereadores Aureliano Gonçalves Pereira - o AG Pereira (PTB) e a Vereadora Vera Lúcia Moreira Peixoto - Vera Peixoto (PSDB).
O Vereador Pereira apresenta propositura prolongando a denominação "Pica-Pau" para a via já existente e localizada no Jardim Gaivotas, na zona sul da cidade.
Já a Vereadora Vera Peixoto denomina Izabel Fernandes Nardi a atual avenida Alfa, localizada no Jardim Parnaso, no bairro do Porto Novo, zona sul do município.
O último projeto também pertence a Vereadora Vera Peixoto e denomina Ana Francisca Fachini - Donana a rua Monte Alegre do Sul, localizada no bairro de Martin de Sá, nos arredores do centro da cidade. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Audiências Públicas são o destaque da semana na Câmara

Caraguatatuba - A Câmara Municipal de Caraguatatuba realizou na segunda-feira, dia 2 e realizará na quarta, dia 4 de dezembro, Audiências Públicas para tratar de assuntos ligados à comunidade. As audiências começam às 18h30 e são esperados membros da Sociedade Civil organizada, Prefeitura e Câmara Municipal.
Serão 2 (duas) Audiências Públicas, com 2 projetos diferentes, sendo cada um deles discutido em apenas um encontro, sempre no horário das 18h30 e com entrada franca. São esperados membros de Sociedades Amigos de Bairro, entidades, clubes, associações, do Legislativo e da Prefeitura Municipal.
Os projetos tem a autoria do Executivo e do Vereador Aurimar Mansano (PTB). O primeiro introduz alterações no Código Tributário Municipal, criando, entre outros, uma Taxa de Sinistro. Já o projeto de Mansano institui o Perímetro Escolar de Segurança em Caraguatatuba.
No projeto do Executivo, os destaques vão para a proposta de isenção de ISS (Imposto Sobre Serviços) para a concessionária dos transportes coletivos na cidade, a Praiamar Transportes Ltda., bem como os taxistas do município.
Outro destaque é a criação de uma "Taxa de Sinistro", que seria de 15 VRM (Valor de Referência do Município) e estimada em cerca de R$ 20,00 (Vinte Reais), que seriam revertidos para cada carnê e repassados à Comdec (Comissão Municipal de Defesa Civil) e ao Grupamento de Combate a Incêndios do Corpo de Bombeiros, com base em acordo firmado pela Prefeitura e o Governo do Estado. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Sebrae Promove Programa de Desenvolvimento do Turismo Receptivo

Caraguatatuba - A Agencia Sebrae Litoral Norte promove oWorkshop "TURISMO: Negócio Coletivo", que será realizado em Caraguatatuba, nas faculdades Módulo no dia 05/12/2002 a partir das 08:00 h. Av. Frei Pacifico Wagner 653, Centro, Caraguatatuba. O Workshop faz parte de um novo Programa do Sebrae-SP de Turismo Receptivo, produto este apresentado abaixo. Seguido da programação do dia 05/12.

Projeto “Turismo: Negócio Coletivo” (Workshop)
Implantação: NOVEMBRO 2002
Proposta: Disponibilizar aos Municípios Paulistas um conjunto de Informações e Instrumentos que possibilitem a alavancagem do processo de organização da atividade turística municipal e regional criando ambiente favorável ao sucesso dos micro e pequenos empresários do setor.
Objetivo Geral: Mostrar como o Município pode se constituir em unidade produtora de turismo, enfatizando o aspecto de complementaridade e interdependência entre os empreendedores turísticos, a administração pública e a comunidade de modo a consolidar-se estruturas autônomas de gestão da atividade turística e a partir disso alcançar-se a regionalização.
Produto: O Projeto “Turismo: Negócio Coletivo” é composto por uma programação com carga horária de 08 horas, divididas entre dois seminários com duas horas cada um e três oficinas de capacitação concomitantes de 04 horas cada uma.
Para cada um dos Seminários e Oficinas será desenvolvido material instrucional específico (arquivos de PowerPoint animados e Manuais Orientativos)
Público: Este Produto é direcionado a grupos de representação da comunidade (formais ou não) interessados e/ou comprometidos com o aproveitamento de recursos turísticos na formatação de propostas de desenvolvimento local e setorial.
Recomenda-se que este Produto seja aplicado para grupos de municípios, visualizando-se a possibilidade de ações regionais.
Estratégia: Este Projeto vem agregar-se ao Programa Sebrae-SP de Desenvolvimento do Turismo Receptivo objetivando provocar atitudes de articulação entre líderes e representantes da comunidade.
Mediante as reações geradas após a aplicação do projeto, poderemos identificar mais claramente o real interesse e pró-atividade da comunidade em assumir a gestão do desenvolvimento sustentável da atividade turística local.
Em se constatando essas manifestações positivas, fica estabelecida a oportunidade de aplicação do nosso Programa de Turismo com melhores possibilidades de obtenção de resultados e até mesmo a configuração de casos de sucesso.
Composição com outros Programas do Sebrae-SP: Este mesmo Projeto poderá integrar-se a outros Programas do Sebrae-SP - notadamente Programa de Desenvolvimento Local e SAI- visto que a identificação de vocação para Turismo e Turismo Rural nos municípios por eles atendidos apresenta significativa incidência.
Desenvolvimento do Produto: Será contratada empresa especializada para consultoria e assessoria ao Núcleo de Turismo no que tange à elaboração e composição dos arquivos de PowerPoint animados e dos Manuais Orientativos. O prazo para finalização destes trabalhos será 15 de outubro de 2002.

Programação.
8:00 h Credenciamento/Recepção
8:30 h Abertura
9:00 h Seminário-“SISTEMA INTEGRADO DE RECEPÇÃO A TURISTAS”
10:30 café
10:45 Seminário-“ IDENTIFICAÇÃO DE OPORTUNIDADES DE NEGÓCIO EM TURISMO”
12:30 Almoço
14:00 h Inicio da oficinas
Oficina 1 (04h00): “Ações Associativistas em Turismo”
Oficina 2 (04h00): “COMTUR: Representando a Comunidade”
Oficina 3 (04h00): “Produtos Turísticos: Tipos e Componentes”
16:00 h café
16:15 h continuação das oficinas
18:00 h Encerramento.

Local: Faculdades Integradas Módulo/ Auditório: Angelo Fonseca
Av. Frei Pacifico Wagner 653-Centro, Caraguatatuba- SP
Tel. para contato (12) 3882.1744. Confirmar com Érica/Ana Paula
E. R.- Litoral Norte - Fone: 12-3882-1744 - Fax: 12-3882-1113
OBS: Workshop Gratuito. (Fonte: SEBRAE-SP)

Ilhabela lança campanha de segurança

Ilhabela - A Prefeitura de Ilhabela lança na sexta-feira uma campanha de segurança durante a temporada, com distribuição de folhetos com dicas para os turistas. Durante o evento, serão colocadas em funcionamento as 13 câmeras de vigilância instaladas no centro da cidade.
A campanha de segurança é realizada em conjunto com as polícias Civil e Militar. Serão investidos R$ 100 mil --R$ 79 mil somente com as câmeras.
O projeto prevê distribuição de 100 mil folhetos e 10 mil jornais da campanha nas balsas nos quatro meses de campanha. Além dos turistas, a campanha quer atingir moradores e comerciantes.
O delegado Vanderlei Pagliarini de Almeida Filho afirmou que as dicas de segurança incluem atenção para objetos pessoais na praia e com veículos. "Os crimes que aumentam são de furtos, como celulares, carteiras e toca-fitas de carros."
A PM deve triplicar o efetivo policial na cidade, que possui 25 PMs e deve ficar 50 durante a temporada. (Fonte: ValeParaibano)

Dersa estuda colocação de lancha para atender usuário da balsa

Ilhabela - Os constantes atrasos e problemas da travessia entre São Sebastião e Ilhabela foram os temas discutidos em uma audiência pública, realizada na Câmara de Ilhabela, na última sexta-feira, que durou aproximadamente três horas. Uma das sugestões apresentadas para amenizar a situação é a colocação de lanchas para atender os pedestres e liberar as balsas para os veículos.
Segundo o gerente da Dersa, Ricardo Goulart, a intenção dessas reuniões é atender as necessidades dos usuários. “A Dersa deve fazer um esforço para implantação da travessia de pedestres através de lanchas. O problema com os atrasos se deve também por causa de pedestres. Com esse sistema, as balsas não seriam obrigadas a esperar esses usuá-rios, quando estivessem lotadas de veículos”.
De acordo com o gerente, a possibilidade da implantação das lanchas é grande. “Seriam três lanchas com capacidade para 110 pessoas ou duas lanchas com capacidade de 200 pessoas cada. Pela travessia o usuário terá que pagar uma taxa, que ainda não foi estipulada”, ressalva.
Goulart ressaltou ainda que existe a possibilidade de operar com seis balsas depois do Ano Novo, o que atenderia à demanda diária de 5 mil pes-soas que fazem a travessia.
A audiência teve a participação de 30 pessoas, entre elas representantes da Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S/A), da empresa OP Mariner, além de vereadores e representantes da sociedade civil organizada.
Os vereadores questionaram os representantes da OP Mariner sobre os freqüentes atrasos, atendimento e os problemas de estrutura das balsas que realizam a travessia.
O presidente da Câmara de Ilhabela, Carlos Alberto de Oliveira Pinto, classificou a reunião de produtiva. “Questio-namos a questão do banheiro em São Sebastião, limpeza, a criação de coberturas nas balsas, além é claro do problema das filas e horários”, comenta.
A Dersa e a OP Mariner comprometeram-se em atender as exigências, mesmo que algumas sejam a longo prazo.
Sobre as obras de construção de abrigos, o gerente Ricardo Goulart informou que uma equipe está fazendo um levantamento, mas disse que as obras só começarão após a alta temporada.
Já a OP Mariner, empresa que cuida da movimentação da balsa, vai realizar um estudo técnico sobre as condições da travessia. Um grupo de profissionais foi destacado para permanecer no local até o final desta semana e coletar as reivindicações dos usuários.
De acordo com a assessoria de imprensa da empresa, a OP Mariner está à inteira disposição da comunidade de São Sebas-tião e Ilhabela e dos usuários da travessia em toda a região, contando com a colaboração de todos, no sentido de enviar soluções e sugestões que contribuam para a melhoria do sistema e dos serviços prestados.
Operação - Atualmente a Dersa atua com cinco balsas. A FB-15 e FB-2 operam com capacidade para 24 veículos cada. Já a Nohas opera com capacidade de 25 veículos. A Valda II comporta 36 veículos e a maior delas, a FB-17, que substituiu a FB-20 (em manutenção), tem a capacidade de 48 veículos.
A FB-17 chegou a Ilhabela na última sexta-feira. “Essa balsa estava em reforma em Itajaí e veio direto para São Sebastião”, informou Valter Bárbara, coordenador técnico da Dersa. (Fonte: Imprensa Livre)

Vereadores de Ilhabela aprovam projeto que aumenta IPTU em 6%

Ilhabela - Os vereadores aprovaram na sessão de ontem, a emenda 78/2002 referente ao projeto de lei 67/02 que institui a planta genérica de valores e métodos de avaliação da propriedade imobiliária, para efeito de lançamento de IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) para o ano de 2003, com uma correção de 6%.
No projeto elaborado pelo Executivo, o valor venal seria alterado no sentido de se proceder a recomposição de valores através da aplicação do IGP-M referente aos períodos de setembro de 2001 a setembro de 2002, projetado em 13,32%, visto não haver sido efetuada nenhuma reavaliação dos valores no período de dois anos.
O projeto ainda prevê uma redução de 10% para os contribuintes que quitarem o IPTU através de parcela única, tendo em vista não só a estabilidade da moeda, mas também com o objetivo de se promover uma arrecadação mais uniforme durante o exercício.
Houve um consenso entre os vereadores de que tal reajuste seria excessivo para a população, tendo em vista que não houve aumento salarial, prejudicando assim a classe trabalhadora assalariada.
O vereador Rogério Ribeiro de Sá achou que não haveria necessidade desse reajuste de 13,32%. “Estudamos exaustivamente esse projeto de lei e chegamos no consenso de que era considerado muito alto para os padrões do munícipe.
Segundo o prefeito Manoel Marcos, o projeto foi baseado no índice inflacionário do perío-do, baseado no plano genérico e na receita do município.
“Vou analisar o resultado, pois se for detectada uma interferência ou redução na receita do município, vou acionar o jurídico da Prefeitura para analisar o caso”, comenta.
O presidente da Câmara, Carlos Alberto de Oliveira Pinto, disse que os vereadores têm que aprovar leis que tragam receitas ao município, mas não abusar e recair sobre a população.
“Temos que pensar também nos contribuintes, que são os que mais sofrem com esse aumento”.
Para o vereador Romeu Pedro Persch, que votou a favor do projeto, o reajuste de mais de 13% seria puxado para os contribuintes. “Recebi muitas reclamações de moradores da Ilha sobre esse aumento”.
Contrário a qualquer tipo de reajuste o ex-diretor de Meio Ambiente de Ilhabela, Edward Boehringer, disse que um ponto deve ser analisado profundamente.
Seria a progressividade aplicada somente com base no valor venal, sem levar em consideração o tipo de uso e o tamanho do terreno. “O luxo construtivo vai gerar uma si-tuação de injustiça para quem tem uma casa simples em um terreno grande. (Fonte: Imprensa Livre)

São Sebastião terá verba para pesca

São Sebastião - A Câmara de São Sebastião aprovou uma verba de R$ 1 milhão do Orçamento do município de 2003 para investimentos no setor de pesca. A emenda que destina o recurso para a pesca foi aceita por unanimidade pelos vereadores.
O Orçamento aprovado para o próximo ano é de R$ 186 milhões e representa um aumento de 20% em relação a 2002. O Orçamento foi aceito por 13 votos a 1, na primeira votação do projeto de lei do prefeito Paulo Julião (PSDB).
Para o vereador Dalton José da Silva (PRP), autor da emenda, os pescadores necessitam ter uma receita própria.
"O dinheiro vai beneficiar a categoria, inclusive do bairro São Francisco onde existe a maior concentração de pescadores no município", disse.
O presidente da Colônia dos Pescadores, Guilmer Puertas, disse que será necessário mapear as necessidades dos pescadores para que todos sejam beneficiados.
"Nas reivindicações estão incluídas a construção de uma fábrica de gelo e de um mercado municipal para o abastecimento dos produtos", disse.
PRIORIDADE - Segundo o prefeito, a administração terá como prioridade os setores da Educação e Saúde, que vão receber R$ 37 milhões e R$ 26,2 milhões, respectivamente.
A Secretaria da Juventude, Esporte e Lazer, criada em junho terá um recurso de R$ 4,5 milhões, e a Secretaria de Serviços Urbanos, que será reativada, receberá R$ 23 milhões.
O vereador Edvaldo Amarante Reimberg (PPS) disse que não concorda com o valor do Orçamento. Segundo ele, a população está carente de vários benefícios.
"As áreas da Saúde e Educação estão abandonadas. Não sou favorável ao valor pois o dinheiro público está sendo usado de maneira irresponsável pelo Executivo", disse o vereador. (Fonte: ValeParaibano)

Fugitivo do Fórum faz refém e consegue escapar para Boiçucanga

São Sebastião - O preso Gerson Duarte Moreno, 27 anos, o “Galego”, que fugiu com algemas, na tarde de sexta-feira da 1ª Vara da Justiça de São Sebastião, invadiu uma loja na rua Capitão Luís Soares, onde fez duas pessoas como reféns. Ele ficou escondido em um galpão da loja, sem ser notado, por cerca de três horas, e depois conseguiu fugir para Boiçucanga com um táxi.
Segundo o comerciante G., que prefere não ser identificado, “Galego”, que não estava baleado como a polícia desconfiou, entrou na loja pela porta de frente, indo direto para os fundos, sem ser notado. No local, ele subiu nas prateleiras, se escondendo em um galpão, que serve como depósito, atrás de um toldo.
Deste local, que tem placas móveis, ele descolou um pedaço e ficou observando todo o movimento da loja, durante cerca de três horas. Neste período vários clientes e funcionários entraram e saíram da loja e também dos fundos e não perceberam a presença do fugitivo.
Rendido - Por volta das 20h, disse o comerciante, o funcionário que trabalha na parte de trás do estabelecimento, foi embora assim como outros balconistas. O comerciante ficaria sozinho na loja para fechar, mas uma funcionária, que iria ao supermercado, retornou para os fundos, sendo feita neste momento de refém.
O comerciante se assustou. Ele disse que embora soubesse da fuga, não imaginava que o preso estivesse na loja. “Galego” havia tirado a camisa e enrolado na mão, afirmando que estava armado. Na verdade, ele não portava armas quando fugiu do Fórum.
De acordo com o comerciante, nestas horas a vítima não duvida que a pessoa esteja armada.
“Galego” algemou o comerciante e a todo momento ameaçou as vítimas. Ele pediu uma camisa a G., que chegou a tirar a sua, mas não serviu no preso, que é alto e forte. No armário, o comerciante encontrou uma blusa de frio, deixada por um funcionário, e deu para “Galego”, que também pegou cerca de R$ 450 e o celular da vítima.
Refém - O preso mandou que o comerciante ficasse quieto na loja, enquanto levava a funcionária como refém para pegar um táxi. Ele disse que caso chamasse a polícia, a mulher morreria. Aflito, o comerciante aguardou no estabelecimento enquanto a refém se dirigia até o ponto de táxi da praça do Coreto, com o fugitivo, que alegou estar indo para Ubatuba.
Depois de 15 minutos, segundo a vítima, a funcionária, em estado de choque, retornou à loja e a polícia foi avisada, encontrando o comerciante algemado. Apavorada, a mulher não soube informar as placas e características do táxi à polícia, que não encontrou o fugitivo.
Durante o tempo em que o preso ficou na loja, vários policiais chegaram a passar pela frente. Quando o fugitivo saiu com a funcionária, havia uma viatura no final da rua. “Eles achavam que o preso estivesse no mato do terreno da esquina e ficaram esperando sair”, disse o comerciante. (Fonte: Imprensa Livre)

Taxista passa momento de medo com fugitivo

São Sebastião - O taxista, que também não quis ser identificado, passou momentos de medo e aflição com o fugitivo. “Pensei que iria morrer”, disse. Ele conta que estava deitado no banco da praça, aguardando um outro taxista que o iria render às 21h, quando chegaram o fugitivo e a refém, abraçados.
A princípio, lembrou, ele pensou que fosse apenas um casal. O taxista entrou no carro e abriu a porta para os dois, achando que ela iria junto, mas somente “Galego” entrou.
O taxista, que sabia da fuga, começou a desconfiar. Ele pediu a identidade do passageiro, alegando que a polícia, que estava à procura de um fugitivo, iria parar o táxi e pedir identificação.
Neste momento, o passageiro revelou que era o foragido, querendo ir para Bertioga. No trajeto, lembrou o taxista, ele teve várias idéias. “Considerei que iria para Bertioga e não voltaria, pois seria morto. Pensei em virar o carro em um barranco, chegando a soltar o cinto, para fugir rápido”, disse.
Na descida da serra de Maresias, já chegando em Boiçucanga, o preso mandou o taxista virar em uma rua para evitar o posto da Polícia Militar.
Na praça da Alegria, em Boiçucanga, o taxista decidiu parar o carro e disse: “Daqui eu não saio mais. Para minha surpresa, o preso falou: ‘Beleza’, e desceu do veículo, me deixando ir embora”.
Durante o trajeto “Galego” disse que tinha vários crimes e não queria voltar à cadeia onde estava sendo “jurado de morte”. (Fonte: Imprensa Livre)

Polícia abre inquérito para apurar facilitação de fuga

São Sebastião - A Polícia Civil abriu um inquérito para apurar uma possível facilitação de fuga do carcereiro que fazia a escolta do preso. Será apurado em que situação “Galego” conseguiu soltar as algemas, que deve-riam estar travadas.
Uma sindicância também será aberta pela Delegacia Seccional para apurar eventual negligência do policial, explicou o delegado assistente do setor, Eduardo Iasco.
“Galego” fugiu quando estava no Fórum, onde foi levado para audiência. Ele alegou ao carcereiro que estava com sede e no bebedouro, que fica ao lado da escada, fugiu correndo, alcançando a rua. O policial civil, que fazia sua escolta, ainda correu atrás dele, disparando tiros para o alto e na direção do fugitivo, que desapareceu próximo à garagem da Litorânea, momento que entrou na loja.
“Galego” estava preso na cadeia masculina de São Sebastião desde setembro último, quando policiais foram buscá-lo em Lavras/MG. Esta semana, ele teve desentendimentos na cadeia e foi “jurado de morte”.
“Galego” é acusado de cometer pelo menos quatro homicídios, quatro roubos, três tentativas de homicídio em São Sebastião, e dois roubos em Bertioga, além de envolvimento com o tráfico de drogas na Costa Sul. (Fonte: Imprensa Livre)

São Sebastião recebe R$ 100 mil para investir na Saúde

São Sebastião - O município de São Sebastião terá um repasse extra de R$ 100 mil para investir na saúde nesta temporada de verão. O recurso, que será repassado por meio de convênio pelo governo do Estado de São Paulo, faz parte do Projeto Verão, que acontece pelo sétimo ano consecutivo.
A cerimônia no Teatro Municipal, às 14h30, deveria contar com a presença do governador Geraldo Alckmin, que não compareceu devido ao mau tempo que impossibilitou a decolagem da aeronave que o transportaria de São Paulo até a cidade.
Segundo o diretor da DIR – 21, de São José dos Campos, Paulo Fernando Semeghini, o total de investimentos do Estado no Projeto Verão é de cerca de R$1,9 milhão. “Esta verba visa melhorar o atendimento aos turistas durante a temporada. Este projeto custeia serviços, como a ampliação do quadro de funcionários, e consumo, como compra de equipamentos e medicamentos”, explica.
As cidades do Litoral Norte receberão juntas R$ 449,9 mil, sendo: Caraguá (R$ 100 mil), Ilhabela (R$ 49,9 mil), São Sebastião (R$ 100 mil) e Ubatuba (R$ 200 mil). Esses recursos, com exceção de Ubatuba, serão repassados para as prefeituras municipais, que ficarão responsáveis pela distribuição da verba.
No caso de São Sebastião, conforme o secretário da Saúde, Aldo Pedro Conellian Júnior, o recurso será investindo basicamente no Pronto Socorro, para contratação de funcionários e aquisição de equipamentos para atendimentos de urgência e emergência. (Fonte: PMSS)

Ubatuba paga viagem de vereador para Bahia
Parlamentares participam de congresso em Costa do Sauípe; gasto só com passagens ultrapassa R$ 7.500

Ubatuba - Seis vereadores de Ubatuba vão viajar esta semana para participar de congressos em Manaus (AM) e na Costa do Sauípe (BA). A Câmara não revelou ontem quanto será gasto mas os vereadores terão passagem aérea, hospedagem, alimentação e taxa do congresso pagos pelo Legislativo.
O ValeParaibano apurou que só com passagens aéreas serão gastos pelo menos R$ 7.500 --isto no caso das empresas aéreas que oferecem menor preço, em classe econômica.
Os vereadores Osmar de Souza (PSC), Samuel dos Santos (PTB), Ricardo Barbosa (PPB) e João Mazieiro (PPB), escalados para o congresso em Manaus, deveriam sair ontem à noite de Ubatuba. A previsão era que eles deixassem a cidade após a votação do Orçamento 2003.
O congresso em Manaus é sobre "Lei de Diretrizes Orçamentárias e sua Amplitude", "O papel do vereador em sua comunidade" e "A Economia Nacional e os Municípios". O evento teve início ontem e vai até sexta-feira.
Para o congresso na Bahia, sobre "Inclusão Social e Impacto Ambiental", os vereadores escolhidos foram Andrade Henrique dos Santos (sem partido) e Maurício Carvalho Leite (PMDB). O evento começa amanhã e vai até 8 de dezembro.
O vereador Santos disse que irá participar do congresso com o objetivo de trazer novas informações para o trabalho dos vereadores. Ele afirmou que não sabia quanto a viagem custaria aos cofres públicos.
O vereador Eduardo Cesar (sem partido), da bancada de oposição, disse que o convite para os congressos foi lido durante uma sessão. Ele afirmou que não se ofereceu para participar da viagem.
Segundo Cesar, a participação dos vereadores no congresso é válida desde que as informações colhidas sejam transmitidas aos demais vereadores.
O presidente da Câmara, Gerson de Oliveira (PMDB), não retornou às ligações do ValeParaibano ontem. (Fonte: ValeParaibano)

Homem morre ao cair de prédio em Ubatuba

Ubatuba - O ajudante Mauro Lima de Andrade, 21 anos, morreu ontem à tarde após cair do quarto andar de uma obra em Ubatuba, Litoral Norte. Andrade prestava serviço para uma empresa de ar-condicionado e estaria instalando um aparelho quando caiu do prédio. O acidente ocorreu no bairro Praia Grande, um dos mais movimentados de Ubatuba. Ele teve traumatismo craniano e morreu antes de chegar ao Pronto-Socorro da Santa Casa. O corpo foi liberado no final da noite de ontem pelo IML (Instituto Médico Legal). Andrade era natural de São Paulo e o corpo será levado para a capital. (Fonte: ValeParaibano)

População de Ubatuba faz a diferença

Ubatuba - A população de Ubatuba contribuiu para o susesso do Dia Mundial de Fazer a Diferença, o projeto do grupo escoteiro Iperoig era receber donativos em forma de alimentos, e depois fazer cestas básicas para entregar a famílias carentes da cidade.
Com o apoio dos meios de comunicações e do comércio da cidade, a campanha conseguiu arrecadar mais de meia tonelada de alimentos, que foi transformada em 61 cestas que, com certeza, irá fazer a diferença para quem esta precisando, pois quem tem fome tem pressa.
A chefia do grupo escoteiro esta muito feliz com o resultado da campanha realizada em 4 horas por seis chefes, seis senior e guias e 20 escoteiros e escoteiras.
Os escoteiros agradecem à todos que foram parceiros nesta campanha, em especial a: Zé da Gráfica, Center Tudo, Casa Tamoios e Casa da Batata, Supermercados Paulista, Rosado, Maná, Top Stop, Modelo, Zezinho, Dom vital e Aguários. Rádios: Costa Azul e Gaivota. Jornais: A Semana, A Cidade e Jornal da Cidade. Billy Informática e Litoral Virtual. Câmara dos Vereadores e Prefeitura Municipal de Ubatuba.

Novamente Ubatuba acolhe Papai Noel

Ubatuba - Dentro das festividades natalinas, o Papai Noel chegará em Ubatuba dia 07 de dezembro, sábado, às 16 horas, na Ilha dos Pescadores, onde será recebido pela banda Lira Padre Anchieta e Coral Infantil da FUNDART. Após, seguirá em alegre cortejo, em carro antigo, com acompanhamento musical da banda Lira Padre Anchieta, dirigindo-se à Praça Nóbrega, onde se encontra a “Casa do Papai Noel”, que receberá as crianças ansiosas e deslumbradas com a presença do bom velhinho.
O Papai Noel será transportado em veículo conversível, da década de 30 e a banda Lira Padre Anchieta acompanhará na “Jardineira”, executando musicas natalinas.
A “Jardineira” é um veículo Ford da década de 20 e era utilizada como meio de transporte coletivo da época.
Os veículos antigos foram gentilmente cedidos por um colecionador de nossa cidade.
Esta ação é realizada graças a importante parceria entre a Prefeitura de Ubatuba, FUNDART, Cia. Municipal de Turismo e Associação Comercial de Ubatuba, contando com o imprescindível apoio da TAIGA, empresa fabricante de infláveis.

Carta do Leitor

Obras na Tamoios - Quem é o grande "GÊNIO" que define a data das obras? Será que não tem desconfiometro ou simancol? É claro que as obras são mais que bem vindas, mas a idéia de deixar para realizá-las em plena temporada é no mínimo ridícula. Passamos praticamente 10 meses por ano abandonados por todos os orgãos públicos imagináveis e querem fazer as melhorias bem na temporada? Tem alguém querendo aparecer?
Vocês ja perceberam que tudo que é feito para o litoral, quer seja reformas ou obras são sempre realizados durante os feriados ou em plena a temporada. Nunca nada é feito antes, só durante.
Vamos pensar um pouco antes de realizar as obras durante a temporada, pois se todos já estão reclamando em pequenos feriados o tempo que demoram sem as obras imaginem o que farão e o que dirão quando levarem um dia inteiro para chegarem ao litoral.
E o turismo para onde vai ? Para as Pi........ . Srs secretários de turismo de todo o nosso querido litoral, acordem e interfiram nas datas destas obras. Depois não adianta encher o ouvido de todos que dependem dos parcos dois meses de turismo com lamúrias infundadas, pois se quiserem fazer alguma coisa decente pelo turismo, que o façam agora.

Alexandre Antonakis
Ubatuba, SP


Iluminação - Concordo com seu Jacob em fazer as tais iluminações na Praia Grande para os surfistas. Mas acho melhor primeiro iluminar ruas onde usuários de drogas costumam se aproveitar dos escurinhos para tal prática, exemplo: trecho da Rua Marilia e trecho da Rua Tamoios, e outras ruas também. Políticos são todos iguais: fazem benefícios só onde o povo vê, só para falar que estão fazendo alguma coisa com o nosso dinheiro.

Magaly Zingaro Munhoz
Ubatuba, SP


Delegada Rose - No dia 03/10 acontecia reunião no bairro da Lagoinha da Delegada Rose com a comunidade da Maranduba e Lagoinha para ouvir as revidicacões das comunidades. Apos ouvir atentamente foi unanime duas revidincacoes:
1- Escola nova para o bairro da Lagoinha (para atender a demanda)
2- Tratamento de esgoto para os dois Bairros.
Já no dia l6/10/2002 quinta feira, retornou ao municipio de Ubatuba, e em reunião com os moradores de Lagoinha e Maranduba, agradeceu os votos recebidos e novamente confirmou a sua decisão de trabalhar para conseguir as necessidades dos Bairros. Enfim seria nossa representante na Assembleia.
Dia l3/11/2002 atendendo convite da Deputada, a ex vereadora Mia Mafalda esteve em audiencia com a mesma, onde se surprenendeu com a emenda n 5071 ao Projeto de Lei 614/2002 com remanejamento de recurso de reserva de Contigencia para a Secretaria de Educacão no valor de 300.000,00 (trezentos mil reais) para a construcão de escola no Bairro da Lagoinha, no Municipio de Ubatuba, para atender a demanda e que necessita de maior infra-estrutura. Na oportunidade foi entregue a Deputada Rose um dossie com o historico do projeto de Saneamento dos Bairros, que ha 10 anos vem sendo trabalhada .
Parabens a Deputada Rose por tão rapida iniciativa. Sentimos que realmente temos nossa representante na Assembleia.

Mia Mafalda Niedheidt
Ubatuba, SP



Foto do Dia:
Cachoeira Água Branca
Ubatuba
Cachoeira Água Branca
© Emilio Campi


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Clique Aqui para acessar o arquivo de Fotos Publicadas


 F
aça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão:
Clique Aqui.


Radar Litoral Cooperativa Educacional Ubatuba Central de Reservas

As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  idenficação do autor.

GRÁTIS!!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:
Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral na versão:
Compacta (apenas as manchetes c/ Link)
Completa (todas as notícias na íntegra) 
e-mail:
Cidade:


Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br


©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor