Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Segunda-feira, 09 de dezembro de 2002 - Nº 677 Edições Anteriores

Moacyr Colli Junior e Advogados Pousada das Cachoeiras Naturali Garden Center

Caraguatatuba:
   Caraguatatuba tem hotéis quase lotados
   Associação denuncia clandestinos
   PM distribui cartilha em Caraguá
   Caraguá premia combate à dengue
   Caraguá avalia isenção de ISS para transporte coletivo
   Caraguá terá a maior programação cultural de verão do Litoral Norte
   Pescadores da cidade dão nome às canoas do Pólo Cultural
   Fundacc realiza exposição de Arte Sacra “Afeto e Fé” no MACC
   Aurimar quer observatório para avaliação nas escolas

São Sebastião:
   Ambulantes de S.Sebastião aprendem inglês e espanhol
   Cursos enfatizam a conversação
   Projeto do litoral recebe R$ 20 mil

Ubatuba:
   Vende-se área do aeroporto
   Justiça determina demolição de barraca de praia
   Chuvas deixam ciclovia intransitável
   Interação da PM, escola e família no combate às drogas
   Asfalto no Ipiranguinha
   Escola ganha ampliação e reforma

   Carta do Leitor



Caraguatatuba tem hotéis quase lotados
Rede de hotéis da cidade registra cerca de 80% de reservas paras os pacotes de Natal e Réveillon

Caraguatatuba - A rede hoteleira de Caraguatatuba está com cerca de 80% das vagas preenchidas para as festividades de Natal e Réveillon. Esse índice é cerca de 30% superior comparado ao mesmo período do ano passado, segundo proprietários de hotéis e pousadas entrevistados pelo ValeParaibano.
Para a diretora da Associação dos Hotéis, Pousadas e Similares de Caraguá, Mirian Patitucci, está previsto a ocupação de 100% das vagas dos estabelecimentos até o carnaval.
"Temos apenas os feriados e a temporada de verão para obter o faturamento. Em outros meses do ano o movimento de hóspedes é muito baixo", disse a diretora.
CLANDESTINOS - Miriam afirmou que a rede hoteleira do município não tem registrado novos investidores há cerca de três anos. Mas o número de hotéis e pousadas clandestinas aumentou mais de 30% prejudicando o lucro da categoria (leia texto nesta página).
Para a gerente de pousada Pé na Areia, Maria José Petrone, não há vagas disponíveis no pacote de sete dias para o final do ano.
"O estabelecimento tem quinze quartos e capacidade para 50 pessoas. As reservas começaram a ser solicitadas desde o mês de outubro e foram preenchidas no início deste mês", disse.
Maria afirmou que diferente dos outros anos o público está variado com clientes estrangeiros. Há lista de espera de hóspedes caso tenha alguma desistência.
"O Litoral Norte está sendo referência para as férias. Para o Réveillion tenho reservas de clientes dos estados Santa Catarina, Paraná e São Paulo e de países como o Canadá e Austrália", disse a gerente.
Para a proprietária do hotel Vilagio Cocanha, Lenita Ribeiro, o aumento da clientela é por causa da alta do dólar e do calor.
"Os reajustes das viagens para o exterior está agitando a movimentação de turistas no litoral. As pessoas estão procurando as praias pois tiveram poucos feriados durante o ano e devido a expectativa de verão intenso", disse.
Lenita afirmou que as opções de lazer oferecidas pelos hotéis também conquistam os clientes. O preço dos serviços adicionais podem ser incluídos nos pacotes de hospedagem.
"No final do ano oferecemos uma ceia completa com bebidas para os hóspedes. Além de atrações variadas como passeios de escunas, roteiros culturais e trilhas", disse a proprietária.
PREÇO - Trabalhando há 16 anos na rede hoteleira, o proprietário do hotel Residence Sol de Verão, Marcos Cabral, afirma que os atrativos do verão serão os preços das hospedagens, que não tiveram reajustes desde 2000.
"Na temporada os preços dos pacotes vão permanecer igual aos índices dos últimos anos. Temos a vantagem de conquistar o cliente na baixa temporada oferecendo descontos que podem chegar até 50%", disse Cabral.
Para o turista de São Paulo, João Augusto, 41 anos, antecipar a reserva garante uma hospedagem de qualidade e preço acessível.
"Temos a oportunidade de negociar com os proprietários de hotéis o valor das vagas, sugerindo descontos especiais antes do período de intenso movimento, quando se tem um preço definido", disse. (Fonte: ValeParaibano)

Associação denuncia clandestinos

Caraguatatuba - Para a diretora da Associação de Hotéis, Pousadas e Similares de Caraguatatuba, Mirian Patitucci, a rede hoteleira não tem registrado novos investidores há cerca de três anos. Mas o número de estabelecimentos clandestinos aumentou mais de 30% nesse período.
O município tem cerca de 50 hotéis e pousadas com autorização para o funcionamento. "Nossa meta é garantir a hospedagem dos turistas mesmo no período de intenso movimento. Apesar de ausência dos investidores, a categoria tem atendido a demanda", disse.
Mirian afirmou que os hotéis e pousadas clandestinos não apresentam um serviço de qualidade comparado aos credenciados.
"O estebelecimento pode oferecer um valor na hospedagem inferior pois não precisa pagar impostos e a maioria contrata empregados temporários", disse a diretora. (Fonte: ValeParaibano)

PM distribui cartilha em Caraguá

Caraguatatuba - A Polícia Militar vai lançar uma campanha durante a temporada de verão para dar dicas de segurança a turistas e moradores de Caraguatatuba. Mais de 20 mil cartilhas serão entregues no município a partir do dia 10, em diversos pontos, como praias, centro comercial e rodovias que dão acesso ao Litoral Norte.
Segundo o comandante da PM de Caraguá, Valter Padulla, a idéia é orientar os turistas para a prevenção de assaltos e roubos. "Os criminosos aproveitam a tranqüilidade dos visitantes para praticar o assaltos em casas e carros. É importante seguir todos os itens de segurança para evitar a ação dos assaltantes", disse o comandante.
Padulla afirmou que o turista tem que ficar alerta com bolsas, carteiras, chaves de veículos quando estiver na praia. "Orientamos que as pessoas não levem objetos de valor, como grande quantidade de dinheiro e jóias, para as praias. Ao sair de casa, elas devem verificar se as portas e janelas estão trancadas."
O comandante afirmou que as pessoas devem acionar a polícia, não apenas quando forem vítimas, mas também quando suspeitarem de ocorrências em casas de vizinhos. (Fonte: ValeParaibano)

Caraguá premia combate à dengue

Caraguatatuba - A Prefeitura da Caraguatatuba vai distribuir prêmios aos moradores que não tiverem criadouros do mosquito transmissor da dengue dentro de suas casas. A medida faz parte de uma campanha de conscientização realizada pela Vigilância Epidemiológica e Associação Comercial e Industrial. Entre os prêmios estão uma moto, um aparelho de DVD e cinco bicicletas.
Segundo o biólogo da Secretaria da Saúde, Ricardo Souza, o município registrou novos focos de larvas do mosquito em regiões que ainda não tinham casos da doença.
"Em novembro, encontramos 28 larvas nos bairros Martin de Sá, Porto Novo, Pegorelli e Perequê Mirim. Antes, os casos de infestação eram somente no centro."
Esse ano, foram confirmados 433 casos de dengue na cidade, segundo a Secretaria Estadual da Saúde.
Para participar da campanha, a pessoa deve comprar algum produto nas 48 lojas credenciadas e preencher o cupom. Serão distribuídos cerca de 50 mil bilhetes que terão validade até a última semana de dezembro.
O agente de saúde vai até a casa do morador sorteado verificar se não há criadouros do mosquito. Se confirmado, a pessoa recebe o prêmio. (Fonte: ValeParaibano)

Caraguá avalia isenção de ISS para transporte coletivo
Objetivo seria evitar novo reajuste da tarifa, que passou para R$ 1,60 este mês

Caraguatatuba - O prefeito de Caraguatatuba, Antonio Carlos da Silva (PSDB), enviou à Câmara um projeto de lei complementar que pretende isentar as empresas de ônibus do pagamento do ISS (Imposto Sobre Serviços) a partir de 2003.
A medida iria beneficiar diretamente a empresa Praiamar, a única que explora as linhas urbanas na cidade. A proposta está sendo avaliada pela Câmara e deverá ser votada até o final do mês pelos vereadores.
O procurador geral do município, Sidnei de Oliveira Andrade, informou que a isenção faz parte de um acordo com a diretoria da Praiamar. Ele afirmou que a isenção do ISS manterá os preços da tarifa de ônibus, que hoje é de R$ 1,60.
"A empresa apresentou duas planilhas de reajuste. Uma considerando a cobrança do ISS, e outra, sem o imposto. Chegamos ao preço de R$ 1,60 considerando a isenção da taxa", disse Andrade.
A tarifa do transporte coletivo de ônibus em Caraguá teve reajuste de R$ 1,40 para R$ 1,60 no último dia 1º.
O aumento, de 14,3%, foi autorizado pelo prefeito Antônio Carlos, por meio do decreto 218/02, assinado no dia 21 de novembro.
O índice de reajuste foi maior que a inflação acumulada nos últimos 12 meses medida pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), que ficou em 10,26%.
A vereadora de oposição Madalena Sachini (PSB) disse não concordar com a isenção do ISS. "O município vai ser prejudicado com a diminuição da arrecadação", disse a vereadora.
A diretoria da empresa Praiamar não retornou às ligações do ValeParaibano ontem para comentar o assunto.
ARRECADAÇÃO - A Prefeitura de Caraguá não divulgou o valor de ISS que é recolhido da empresa Praiamar. O procurador geral do município, Sidnei Andrade, disse que não haverá queda na arrecadação.
"Vamos compensar a não cobrança do ISS com o aumento na arrecadação em outros tributos. Se não isentarmos a empresa, as passagens poderão voltar a aumentar", disse Andrade.
IPTU - A Prefeitura de Caraguá retirou esta semana da Câmara proposta de criação de uma taxa de R$ 20 no carnê do IPTU (Imposto Predial Territorial Urbano) para o ano de 2003.
O dinheiro da taxa seria aplicado no Corpo de Bombeiros e Defesa Civil da cidade. Depois de polêmica, o Executivo decidiu retirar o projeto de lei da Câmara. (Fonte: ValeParaibano)

Caraguá terá a maior programação cultural de verão do Litoral Norte

Caraguatatuba - Nos próximos finais de semana, Caraguatatuba irá sediar grandes eventos musicais para todos os gostos. Para os evangélicos, o 1º Festival Gospel trará a cantora Baby do Brasil e sua banda no dia 7, sábado. Para os amantes da música brasileira, imperdível será o show com Moraes Moreira, no dia 20 . Baby do Brasil estará se apresentando, na Praça de Eventos, às 19h, no 1º Mega Show Gospel, que será realizado nos dias 7 e 8 deste mês. O evento vai contar com a participação de vários artistas do elenco gospel inclusive a banda Gerd, com 15 integrantes.
Além de muita música, Caraguatatuba oferecerá a seus munícipes e visitantes eventos culturais que a Fundacc (Fundação Cultural e Educacional de Caraguatatuba) vem promovendo durante todo o ano. Os trabalhos das Oficinas de Artes Plásticas e Artesanato, que tiveram início no dia 1º de dezembro, vão até o dia 20. Todo o material das exposições foi feito por alunos de escolas de vários bairros da cidade, com a orientação dos monitores Jac Costa, Anderson Kocis, Marcos Oli e Marta Fernandes da Silva. A visitação tem entrada franca e pode ser feita de segunda a sábado, das 9h às 20h, na própria Fundação.
No dia 7, acontece a Mostra de Dança das Oficinas Culturais como jazz, dança de rua, dança de salão, lambaeróbica e dança recreativa com a participação de 465 alunos de Caraguá. Participam também, o grupo “Corpo de Baile Experimental de Caraguatatuba”, o grupo “De Bem com a Vida” e o grupo “Meninos e Meninas de Ouro”. As apresentações serão no Cemug - Centro Esportivo Municipal Ubaldo Gonçalves, às 19h. A entrada é franca.
A exposição de Arte Sacra e Afeto e Fé do artista e escultor Hélio Petrus, de Mariana, MG, estará no MACC, Museu de Arte e Cultura de Caraguá - Pólo Cultural Prof. Adaly Coelho Passos, do dia 14 de dezembro a 6 de janeiro de 2003. São 26 peças com temas religiosos, esculpidas com tratamento de envelhecimento, policromados e patinados. A exposição estará aberta até a visitação até às 21 horas.
No dia 18, às 21 horas, a Orquestra e Coral do Projeto Guri estará se apresentando em frente ao Pólo Cultural Adaly Coelho Passos, na praça Dr. Cândido Motta. As oficinas de música e dança da Fundacc estarão se apresentando no dia 19, às 21 horas, também na praça Dr. Cândido Motta.
No dia 20, Caraguá estará realizando um Mega Show de Música Popular Brasileira com Moraes Moreira. A apresentação acontecerá na Praça de Eventos a partir das 22 horas. A entrada é franca. Também estará sendo realizada a dramatização “Auto de Natal” dos alunos das oficinas de teatro da Fundação Cultural e Educacional de Caraguatatuba. O evento será realizado na praça Dr. Cândido Motta, às 21 horas.
Os corais das quatro cidades do Litoral Norte estarão promovendo a partir das 21 horas, o “Encontro de Corais Vozes do Mar”, no dia 21, na praça Dr. Cândido Motta.
A Banda Municipal Carlos Gomes sob regência do maestro Álvaro Ferraz e Coral da Emef Luiz Ribeiro Muniz, do bairro Martim de Sá, sob regência do maestro Zé PP, estarão se apresentando com o tema “Concerto de Natal”, no dia 22 , às 21 horas, na praça Dr. Cândido Motta. (Fonte: PMC)

Pescadores da cidade dão nome às canoas do Pólo Cultural

Caraguatatuba - O pescador do Camaroeiro Moacyr Frugoli e seu filho Fernando Sant’ana Frugoli, de 16 anos, pintaram as canoas caiçaras que devem voltar para a fonte da Praça do Caiçara nos próximos dias. As canoas foram pintadas de branco e vermelho, representando a flor do Caraguatá, planta que deu origem ao nome da cidade. Cada comunidade caiçara, vai dar um nome a cada canoa, representando seus pescadores e sua região. Moacyr envolveu-se com a Fundacc nos preparativos do V Festival do Camarão quando deu indicações de pescadores de Ubatumirim para produzirem a canoa caiçara durante a festa. (Fonte: PMC)

Fundacc realiza exposição de Arte Sacra “Afeto e Fé” no MACC
A Exposição “Afeto e Fé” de Arte Sacra, com talhas e esculturas barrocas, acontece no Pólo Cultural e marca início das festividades natalinas em Caraguá, trazendo Hélio Petrus, um dos mais conceituados escultores de Minas Gerais e presépios do Museu de Arte Sacra de São Paulo.

Caraguatatuba - A Fundacc promove de 14 de dezembro a 6 de janeiro de 2003, a Exposição de Arte Sacra “Afeto e Fé”, com obras do artista escultor Hélio Petrus de Mariana, Minas Gerais e presépios do MAS - Museu de Arte Sacra de São Paulo. As obras ficarão expostas no MACC - Museu de Arte e Cultura de Caraguatatuba, no Pólo Cultural Profª Adaly Coelho Passos. A visitação é de terça a domingo, das 11 às 20 horas.
As peças de Hélio Petrus fazem parte do acervo do artista. São esculturas, talhas, colunas, medalhões neobarrocos em policromia e com tratamento moderno.
Hélio Petrus nasceu em Felipe dos Santos, Minas Gerais em 1943, e aos sete anos mudou-se para Mariana, também em Minas, e inspirou-se no trabalho do mestre Aleijadinho e artistas do século 18, aos 25 anos, iniciou-se na carreira artística. De formaçào seminarista, Petrus é um pesquisados e estudioso do barroco que elegeu como tema de seu trabalho. Frequentou cursos de Direito e Letras e influenciado por amigos, participou na militância política e foi prefeito de Mariana por um curto período.
Hélio retrata imagens que compõem a iconografia religiosa .A partir de 1994, iniciou uma nova fase, identificando e incentivando novos talentos como objetivo de dar continuidade a sua pesquisa no Universo da arte barroca .Com a ajuda desses jovens, seus projetos tornaram-se mais audaciosas e a qualidade de suas obras aprimorada.
Participou de várias exposições coletivas e individuais em Minas Gerais e outros estados. Seus trabalhos já foram expostos na França, Itália, Suíça, Japão, Portugal, Estados Unidos e outros.
Os presépios do MAS - Museu de Arte Sacra de São Paulo também estarão expostos, assim como obras de artesãos da cidade, compondo um cenário natalino no MACC.
A visitação é de terça a domingo, das 11 às 20 horas e a entrada é franca. O Pólo Cultural Profª Adaly Coelho Passos fica na Pça Dr. Cândido Motta, nº 72, no centro de Caraguá. (Fonte: Fundacc)

Aurimar quer observatório para avaliação nas escolas

Caraguatatuba - O Vereador Aurimar Mansano (PTB), da Câmara Municipal de Caraguatatuba, protocolou projeto de lei que cria o Observatório Municipal de Acompanhamento e Avaliação do Regime de Ciclos com Progressão Continuada nas Escolas Municipais. A Educação faz parte da base de trabalho do Vereador Mansano.
O Observatório.... tem como base o acompanhamento e a avaliação do regime de ciclos adotado para as escolas do ensino fundamental da rede municipal, ou seja, sua função prioritária é a de não transformar a Progressão Continuada em promoção automática.
A cada ano o Observatório....se pronunciará, com base nos resultados e avaliação, seja da organização curricular, como do rendimento dos alunos das escolas municipais, havendo liberdade para organizar suas discussões e avaliação.
Para que se pronuncie anualmente, os membros do Observatório..., que serão nomeados pelo prefeito Antonio Carlos da Silva (PSDB), se reunirão mensalmente, onde a base da discussão será a organização curricular e a avaliação do rendimento dos alunos.
A composição do Observatório será a seguinte; 2 representantes da Secretaria Municipal de Educação, 2 membros do Conselho Municipal de Educação, 1 representante de cada uma das entidades representativas do magistério municipal, 2 representantes das faculdades do município que tenham trabalhos acadêmicos desenvolvidos na área e 3 estudantes do último ano do curso superior de Pedagogia.
A intenção do Vereador é a de dar mais qualidade ao ensino, para que a Progressão Continuada não seja um investimento sem qualidade. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Ambulantes de S.Sebastião aprendem inglês e espanhol

São Sebastião - Os ambulantes de São Sebastião estão aprendendo a falar inglês e espanhol para atender os turistas estrangeiros que passam pela cidade no verão. Esta é apenas uma das iniciativas das cidades do Litoral Norte para melhorar a qualidade do atendimento aos turistas que passam pela região na temporada.
Entre as ações, está a realização de cursos de qualificação para os profissionais que trabalham diretamente com os turistas. Os investimentos nesta área faz parte de uma parceria entre as prefeituras, empresários locais e o Sebrae.
A cidade de São Sebastião está inovando com a qualificação dos serviços prestados pelos ambulantes que trabalham nas praias. Além de aprender normas de higiene e manuseio de alimentos, os vendedores estão tendo aula de língua estrangeira e qualidade no atendimento.
Segundo a assessora de relações comunitárias de São Sebastião, Rose Costa, a qualificação dos profissionais é um bom negócio para a cidade. Ela afirma que o quando o turista é bem tratado ele volta sempre.
"Todos ganham com a qualificação. Os comerciantes ganham porque o bom atendimento atrai os turistas. A cidade estará sempre cheia e com bons negócios", disse.
OUTRAS CIDADES - A cidade de Caraguatatuba ganhou em outubro deste ano o Ceprolin (Centro Profissionalizante do Litoral Norte), com cursos voltados para hotelaria e qualidade no atendimento.
"O centro vai qualificar ainda mais os profissionais que trabalham na cidade", disse o secretário de turismo de Caraguá, Paulo de Noronha.
Em Ubatuba, a novidade é o início das atividades dos primeiros 50 profissionais de Turismo formados pela Unitau (Universidade de Taubaté). (Fonte: ValeParaibano)

Cursos enfatizam a conversação

São Sebastião - A ambulante Raquel da Silva, 36 anos, faz parte do grupo de 200 vendedores que passaram pelo curso de qualificação do Ceprom (Centro Profissionalizante Municipal) de São Sebastião. Ela conta que já sabe se comunicar em inglês e espanhol com o turista.
"O curso foi rápido, mas aprendemos o suficiente para nos comunicar com os turistas. Fico com um pouco de vergonha,mas depois passa", disse Raquel.
O curso de inglês e espanhol do Ceprom foi dado com método baseado em conversação. Os ambulantes aprenderam nas duas línguas a falar os preços das mercadorias, a cumprimentar os turistas e a explicar o cardápio.
Raquel trabalha numa barraca de cachorro-quente no centro da cidade. Nos dias de festa ela vende os sanduíches na Avenida da Praia.
"Já atendi um turista chileno e consegui me comunicar bem. Ainda não vendi pra quem fala inglês, mas se chegar alguém eu consigo falar", disse. (Fonte: ValeParaibano)

Projeto do litoral recebe R$ 20 mil

São Sebastião - O projeto "Jejy" de reflorestamento do palmito da Aldeia do Rio Silveiras, de São Sebastião, ficou entre os cinco destaques do Programa Gestão Pública e Cidadania da FGV (Fundação Getúlio Vargas). Segundo o coordenador do projeto, Márcio Alwin, os 287 membros da comunidade indígena participam do plantio de palmito. A aldeia vai receber R$ 20 mil, que serão aplicados em melhorias para o próprio projeto. A divulgação dos vencedores foi ontem à noite na sede do BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social), no Rio de Janeiro. O "Jejy" concorreu com mais de 900 propôstas inscritas no programa. (Fonte: ValeParaibano)

Vende-se área do aeroporto

Ubatuba - Na semana passada, recebemos uma denúncia que estaria acontecendo venda de lotes na avenida Rio Grande do Sul, em frente ao aeroporto. Segundo a denúncia, uma pessoa que mora na área há muitos anos está vendendo lotes ao preço de R$ 5.000 parcelados em diversas vezes. Há casos com entrada de R$ 500 e o restante de acordo com a condição que cada um pode pagar.
Acontece que a área em questão pertence ao DAESP, é de segurança do aeroporto e vai até a rodovia Mario Covas; é uma área muito grande e está sendo picada e loteada.
Qualquer pessoa que passar pela avenida e der uma olhada atenta para o lado do morro vai ver o grande número de barracos novos que se instalaram no local. Parte das ruas ali existentes já foi invadida em outras épocas e hoje conta com muitas casas até de bom padrão. Mas estas casas e a área invadida anteriormente não corriam risco maior de um avião na decolagem ou na aterrissagem cair sobre elas. Já esta área em questão está bem sobre a reta em que os aviões são obrigados a passar. Não queremos nem pensar se um avião cair sobre esta área, pois com o número de barracos vai ser um fogueira só.
Ninguém vai ser responsabilizado pelo desastre e nem pelas vidas perdidas pela irresponsabilidade das autoridades que não tomam medidas urgentes para isto não acontecer.
Recentemente, um avião que desceu pelo lado errado da pista só parou porque se enroscou na cerca e caiu num buraco. Se não fosse isto, ele teria atravessado a avenida Rio Grande do Sul.
Muitos são os problemas que podem acontecer. Primeiro as pessoas inocentes acabam usando a poupança para comprar um terreno, alguns chegam a deixar de comer para pagar o tão sonhado terreninho. O sonho de qualquer pessoa é ter uma casinha e estão correndo sério risco de perder tudo o que pagaram.
A área em questão não pertence a quem está vendendo, mas ao Estado que deveria estar cuidando do que é dele para não ser invadido e fazer muitas vítimas, pois todas as pessoas que lá estão comprando uma área são vítimas.
Nem podemos imaginar se um avião passar reto pela pista e atingir o local. Ubatuba vai de novo para os principais noticiários como um dos maiores acidentes, com vítimas fatais. Considerando que não temos Bombeiros na cidade, e que até eles virem de Caraguá nenhum só pedacinho dos barracos vai estar de pé.
Ubatuba já enfrenta muitos problemas de terras e não precisa de mais. Não só nesta área vem acontecendo isto. Em diversos pontos da cidade é possível comprar um pedaço de terra sem documentos e sem as condições mínimas para as pessoas viverem. Podemos citar o pé da serra ou o Félix, ou muitos outros pontos, onde oportunistas invadem uma área e saem loteando e enganando as pessoas de que ali terão sossego e não serão incomodadas. Depois de anos, muitos perdem suas casas, como aconteceu no Perequê Mirim e no Rio Escuro.
Existem casos em que as pessoas até são donas das terras e começam a vender partes sem ruas, sem guias, sem nada na realidade e depois a confusão está formada. Há três semanas, uma briga que se arrasta na Justiça há anos impediu muitos moradores de entrarem em suas casas no trevo de Taubaté, pois a dona da área ganhou o direito de fechar a rua. O caso não é diferente: os donos da área a venderam em frações, sem planejamento e hoje alguns moradores enfrentam o problema da falta de rua para chegar até suas casas.
Estivemos no aeroporto conversando com o encarregado que nos mostrou documentos e fotos da área em questão e das denúncias que já fez junto ao DAESP, mas até o presente momento nada foi feito. A Polícia ambiental já fez diversas autuações na área, pois parte dela está na beira do rio, mas também nada aconteceu.
O maior problema nesta história toda são as pessoas que podem acabar ficando sem suas poupanças e ainda correndo o risco de ficar na rua, ou um acidente com conseqüências gravíssimas, de proporções que nem podemos imaginar. Tudo isto por falta de uma lei mais rigorosa e desatenção de nossas autoridades que passam pelo local e só olham para o lado do mar como se o problema não existisse ou as medidas não são eficazes.
O jornal A Semana não pode ficar inerte a um problema tão sério como este. Se certas autoridades da cidade fazem de conta que o problema não existe e alguns chegam até a incentivar certos casos, solicitando ligações de água e luz, não podemos ficar inertes, pois o problema é, sim, da cidade inteira, pois muitas pessoas que estão sendo enroladas na compra destes lotes são funcionários de diversos comerciantes que vão enfrentar problemas futuros com seus funcionários por não terem onde morar e alegando que perderam tudo.
Não estamos aqui nem para julgar este nem aquele. Cada um responde pelos seus atos. Estamos aqui para alertar a população do que vem acontecendo e as conseqüências graves que a cidade vai ter que enfrentar, mais cedo ou mais tarde. (Fonte: Jornal A Semana)

Justiça determina demolição de barraca de praia

Ubatuba - Na última quinta-feira, 5, seis viaturas da Polícia Militar com um efetivo de 49 homens, duas viaturas da Polícia Ambiental e uma ambulância da prefeitura se dirigiram à praia do Prumirim para cumprir mandado judicial de reintegração de posse, do quiosque do Osmar. A Polícia Militar não encontrou resistência e cumpriu o que a justiça havia determinado. Todo o quiosque foi posto abaixo, numa ação que demorou sete horas.
Em outra tentativa, a Polícia Militar não conseguiu cumprir a determinação da justiça, pois encontrou muita resistência por parte do proprietário e da comunidade. Esta é uma briga que se arrasta na justiça há anos, como muitas acusações e denúncias.
Com certeza, muitos turistas e amigos vão sentir falta do Quiosque do Osrmar, que há mais de dez anos funciona no local.
Segundo o advogado de Osmar, Dr Luiz Augusto Pinheiro, este é processo judicial, com base em escritura falsa feita em cartório de Ubatuba, em 1965, e está ameaçando transformar em indigentes uma família de caiçaras que sempre viveu da própria terra. A Justiça julgou procedente ação demolitória contra o estabelecimento de Osmar, um barzinho rústico onde ele ganhava a vida.
Ainda segundo o advogado, Altivo da Costa, pai de Osmar, possui 10 alqueires de frente para a praia do Prumirim, cuja escritura paroquial data de 1.855. Ocorre que hoje essa área é avaliada em alguns milhões de dólares, o que explica a retaliação que ele vem sofrendo, um humilde caiçara analfabeto e com 80 anos de idade. “No dossiê disponível para a Imprensa constam em detalhes as ações que se desenrolam na Justiça desde que, em 1960, esses caiçaras venderam apenas 6,66% a um certo senhor Adib Raduan, do norte do Paraná. Este senhor conseguiu obter, em 1965, no cartório de Ubatuba, uma escritura falsa, que destituía os caiçaras de quase toda a área em questão. A falsidade da escritura foi comprovada anos mais tarde, por perito judicial, conforme constam nos autos do processo (cópias no dossiê). Entretanto, a negligência dos advogados do caiçara - o primeiro foi anuente à escritura falsa; o segundo perdeu diversos prazos de apresentação da defesa - fez com que esse processo, que vem se arrastando na Justiça de Ubatuba há mais de 20 anos, culminasse em ameaça de tragédia social. Um grupo de caiçaras que sempre viveu da terra e da pesca poderá ser reduzido à condição de miseráveis, desvalidos e engrossar a fila dos sem-terra e sem-emprego”, finaliza o advogado. (Fonte: Jornal A Semana)

Chuvas deixam ciclovia intransitável

Ubatuba - As chuvas que caíram neste domingo deixaram parte da ciclovia do povo sem condições de trânsito para bicicletas. Em frente a Porto Vitória, a água estava com um nível muito alto, a ciclovia só podia ser vista pelas guias sobressaltadas, pois a pista praticamente estava sumida embaixo d’água.
Os motoristas, quando chegavam ao local, tomavam um susto e uns tentavam desviar e acabavam fora da estrada. Já os ciclistas tentavam passar com suas bicicletas e acabavam tomando um banho inevitável pelos carros que passavam pela pista.
As esperanças são que neste projeto de reforma da estrada que deverá ser iniciado neste próximo mês, os engenheiros tenham previsto este alagamento que acontece com qualquer chuva. Não existe para onde a água ser escoada, ela vai se acumulando e a região vira um grande piscinão.
Se não está previsto no projeto de reforma o escoamento das águas neste ponto da estrada o problema poderá aumentar, pois com mais uma camada de asfalto na pista a água vai ter que subir mais para atravessar, o que poderá levar o risco da água invadir as moradias no local. (Fonte: Jornal A Semana)

Interação da PM, escola e família no combate às drogas

Ubatuba - O programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd) atingiu a marca de 6900 crianças atendidas no município, com as duas formaturas que aconteceram ontem, dia 6, no salão da igreja São Francisco.
Durante este semestre, três instrutores Proerd (Sgt Santos, Sd. PM Vella e Sd. fem. PM Beatriz), pertencentes a 3ª Cia PM - Ubatuba, se deslocaram diariamente do quartel com a importante missão de trabalhar pela prevenção ao uso de drogas e à violência nas escolas estaduais, municipais e particulares do município.
As lições foram aplicadas durante dezessete semanas, uma aula por semana em cada sala de quarta série do ensino fundamental, com duração de 50 minutos, tendo como objetivo desenvolver nas crianças a auto-estima, o controle de tensões e a civilidade, além de ensinar técnicas de auto-controle e resistência às pressões dos companheiros que incentivam o uso das drogas. As aulas foram ministradas com o auxílio de uma cartilha padronizada, destinada às crianças na faixa etária de 9 a 12 anos.
O sucesso do Proerd depende de um perfeito entrosamento entre a polícia militar, a escola e a família. Na última aula acontece a formatura, quando os alunos recebem um certificado e se comprometem perante os professores, pais, policiais militares e autoridades presentes a ficar longe das drogas. (Fonte: Jornal A Semana)

Asfalto no Ipiranguinha

Ubatuba - A rua Minas Gerais, antiga rua do Galo, no Parque das Rosas, no Ipiranguinha vem sendo asfaltada pela Secretaria de Obras e os serviços estarão concluídos na próxima semana. "Trata-se de uma alternativa de entrada e saída para o bairro e a decisão para a execução da obra foi tomada em conjunto com a comunidade. Outros melhoramentos estão previstos em breve para Ipiranguinha ", diz o prefeito Paulo Ramos.
O novo trecho asfaltado serve como alternativa para entrada e saída do bairro pois inicia na Rua da Cascata e termina no acostamento da rodovia Oswaldo Cruz. Com extensão de 575 m e largura de 6 m terá 3.450 m2 de área pavimentada. (Fonte: ACS-PMU)

Escola ganha ampliação e reforma

Ubatuba - Será no dia 14, sábado, ás 16 horas a entrega das obras de reforma e ampliação da Escola Municipal "Joaquim Luis Barbosa", no bairro da Bela Vista. Foram construídas 2 salas de aula e uma para diretoria, um pátio coberto, refeitório além de reforma do telhado e pintura geral. A Prefeitura, que por meio da Secretaria da Educação, está convidando para a entrega das obras. O investimento foi da ordem de R$ 70 mil . A rua Francisco Alves Levino Filho onde está localizada a escola começa a ser asfaltada ainda neste sábado.
A escola ocupa uma área doada pelo sr. João Preto, onde funcionava um centro comunitário. De acordo com a diretora Roselaine Fernandes Rossi, a ampliação possibilitou concentrar atualmente 230 alunos, dos quais 120 do ensino fundamental e 110 da faixa infantil, atendendo todas as crianças do bairro. Anteriormente a escola funcionava com 100 alunos.
"A Secretaria da Educação se faz presente em todos os locais onde haja carência de vagas e o bairro da Bela Vista necessitava de novas classes. Hoje o atendimento está normalizado", diz Corsino Aliste Mezquita, secretário da Educação.
O homenageado - A lei municipal 2239 de 4 de outubro de 2002 oficializou a homenagem a Joaquim Luis Barbosa. Professor, nascido em Guaratinguetá, casou-se com Alice Burgemeister Barbosa com quem teve duas filhas, Márcia e Andréia. Foi contador da Prefeitura na administração Francisco Matarazzo Sobrinho, professor de Matemática, vice-diretor da EE Capitão Deolindo de Oliveira Santos, formando-se advogado pela Faculdade de Direito de Taubaté. Advogado atuante durante vários anos militou principalmente no Tribunal de Júri, com defesas brilhantes. Candidato a prefeito, foi ainda fundador de empresa Barca que durante 6 anos prestou importantes serviços à comunidade. Foi um dos responsáveis pela remoção dos posseiros da Trindade (RJ) para Ubatuba, proporcionando casas dignas e prestando assistência jurídica e social. Faleceu aos 56 anos em 6 de maio de 1994. (Fonte: ACS-PMU)

Carta do Leitor

Taxa de Sinistro - Gostaria, como participante da audiência publica sobre o projeto de lei criando a taxa de sinistro, de esclarecer alguns itens publicados na matéria publicada:
1- Na realidade o Executivo retirou a taxa de sinistro porque era inconstitucional, já havendo jurisprudência sobre o assunto, porque houve questionamento de munícipes e até de vereadores na primeira audiência publica.
2- A defesa da isenção para empresas de transportes essencialmente municipais (leia-se: transporte urbano de passageiros, entre outras) não tem amparo na Lei Complementar Federal 101 (Lei de Responsabilidade Fiscal), que obriga o Executivo quando der isenção a prover a diminuição da receita de outra forma, o que não estava prevista no projeto. E o mais grave não era nem citado na mensagem do encaminhamento do projeto ao Legislativo a isenção específica à concessionária, sem nenhuma transparência e só foi justificado posteriormente por motivo de denuncia também na primeira audiência.
3- Na apresentação do projeto de lei intitulado "Perímetro Escolar de Segurança" só estavam no Plenário da Câmara 4 vereadores e 2 munícipes. Nem o autor compareceu para explicar o projeto, e por ser muito polemico não foi discutido. Deveria ser invalidado sua apresentação naquela audiência e convocada outra.
Seria muito importante para nossa comunidade que quando fossem publicados os resultados das audiências publicas realizadas na Câmara Municipal os mesmos relatassem os resultados da consulta e o numero de munícipes e vereadores presente.

Rodoaldo Graciano Fachini
Caraguatatuba, SP


Resposta Quilombola - O leitor Milton Gomes considera "besteira" o fato da Prefeitura querer transformar o Quilombo da Caçandoca em atração turística. Uma leitura mais atenta da matéria veiculada no jornal "Valeparaibano" do último dia 5 permite constatar que a iniciativa é do Instituto de Terras do Estado de São Paulo - ITESP, tendo sido o assunto levantado a partir de publicação no Diário Oficial. Portanto, a Prefeitura, ainda não está participando desse projeto. Aliás, isso ficou bem claro no texto. Muito claro, por sinal.
Na última quarta-feira, dia 4, os técnicos do DER e do Banco Interamericano de Desenvolvimento - BIRD, estiveram reunidos no Tamois Iate Club para informar sobre os investimentos em nossas estradas, incluindo a SP - 99, a rodovia dos Tamoios que liga S.José ao litoral. A Prefeitura de Ubatuba e técnicos do município preferiram concentrar esforços na batalha pela recuperação da pista e acostamento e construção de ciclovia da SP 55, trecho Ubatuba-Caraguatuba. Portanto, uma ação prática objetiva e direcionada em defesa de nossa cidade. Mas fica valendo também a defesa da SP 99. A matéria detalhando as melhorias na SP 55 foi publicada e poderá ser encontrada na edição do dia 4  "Litoral Virtual"

Celso Teixeira Leite - Jornalista
Assessoria de Comunicação Social
Ubatuba, SP


Agradecimento - Como assíduo leitor deste poderoso meio de comunicação, agradeço a divulgação do nosso trabalho do Arame Farpado, o grupo de Rock e Blues de Ubatuba. Bem como do 6º Motorcycle. Reforço o convite para você e os seus.
Tenho a obrigação de informa-lo que toda vez que meu endereço eletrônico é divulgado ou mesmo meu telefone, pelo Litoral Virtual, recebo contato de diversas regiões, mostrando, desta forma, a grande abrangência conquistada pelo seu trabalho.
Parabéns! Votos de muita Paz, Saúde e Prosperidade.

Giasone
Ubatuba, SP


Férias do Prefeito I - Concordo pleinamente com o comentário de Bel Dergham publicado no dia 05/12/2002. E pode esperar-me na terça-feira na Câmara Municipal de Ubatuba, às l9horas, porque eu também quero ver de perto quais os vereadores que vão votar a favor as férias do Sr. Paulo Ramos em plena temporada. Gostaria de contar com a presença de todos que lessem esse jornal.

Magaly Zingaro Munhoz
Ubatuba, SP


Férias do Prefeito II - Eu não concordo com a Sra. Bel quando diz que vai a uma sessão da Câmara e convida todos os demais para que seja verificado os vereados que votarão contra ou a favor das férias do Sr. Prefeito. Não moro em Ubatuba mas vou até lá constantemente porque tenho familiares e também não consigo ficar muito tempo sem tomar um banho nesse mar maravilhoso que Deus nos presenteou.
Sra. Bel, acho que temos que cobrar sim do Sr.Prefeito: melhoras no hospital, nas ruas, nos bairros, nas escolas, resolver problemas de moradia, enfim aonde estiver precisando, eu não sei quais são as prioridades porque como já disse não moro aí. Agora a Sra. me desculpe mas férias todos tem o direito de tirar e no mês em que for mais conveniente para a sua família e tem mais um detalhe... o bom chefe é aquele que sai e o serviço flui como se ele estivesse presente, pois é sinal que ele soube delegar para os subordinados e não foi concentrador.

Nilda Maria


Bairro Esquecido - Quanto aos comentários de quem assina como O GRUPO, do dia 05/12/2002, concordo com eles plenamente. O bairro do Itaguá foi esquecido mesmo, pois já começo a me arrepender de ter investido meu dinheiro aí em Ubatuba, no bairro do Itaguá, e quanto aos turistas logo, eles vão começar a perceber que existe lugares bem melhores que Ubatuba e bem mais barato, já que nosso prefeito não tem simancol. Aí quero ver essa cidade sobreviver sem a grana dos turistas.

Magaly Zingaro Munhoz
Ubatuba, SP


E Isso Não Aconteceu... - Repetir sistematicamente o mesmo assunto torna-se tão entediante quanto assistir diariamente a repetição dos fatos que dão origem a ele. O turismo poderia ser o principal combustível da economia do município de Ubatuba se fossem criadas expectativas e um plano de ação gerenciado por pessoas competentes.
Essa incumbência é da Comtur e da Secretaria de Turismo ou da Secretaria de Turismo e da Comtur, ainda não definiram exatamente quem manda e quem obedece, quem faz e quem desfaz, quem fala e quem cala e nesse imbróglio as perdas são grandes.
Não passa semana sem reclamação inserida nos jornais de grande tiragem e o reinvidicado é sempre o mesmo: acesso as praias, limpeza e lixo, esgoto, calçamento de ruas, segurança, zona azul, rios e praias poluídos, volume de som, etc.
É consenso que não se quer, de momento, grandes obras. O que se quer é a manutenção do que existe e o término do que começou a ser feito. Não se quer asfaltar 57 ruas do centro da cidade que já são calçadas, o que se quer é a reforma das ruas asfaltadas que estão intransitáveis e impraticáveis. Não se quer, de momento, refazer toda calçada esburacada da Av Leovigildo Dias Vieira, o que se quer é que se tape os buracos que foram abertos em volta das arvores (cujas raízes foram cortadas) onde seriam feitas floreiras e hoje são depósitos de lixo. Não se quer ridículas plaquinhas nas margens do rio Tavares com os dizeres "respeite o rio Tavares", o que se quer é o término da estação de esgoto iniciada a OITO anos e um rio Tavares e uma praia do Itagua com menos bosta. Não se quer dois novos piers no Itagua, o que se quer é a reforma do Porto e sua operacionalidade. Não se quer uma autoridade de transito criando armadilhas para motoristas com finalidade meramente arrecadatória, o que se quer é policiamento de trânsito ostensivo e educativo com finalidade única de preservar a vida. Não se quer tagarelas, o que se quer são homens que desempenhem suas funções e façam jus aos salários pagos pela comunidade .
JANEIRO 2002: revolta dos usuarios da zona azul, Antonio Bischof atual presidente da Comtur declara que o dinheiro arrecadado seria revertido na infraestrutura das praias - ISSO NÃO ACONTECEU!
FEVEREIRO 2002: Antonio, atual presidente da Comtur, acompanhado de uma comitiva peregrina por municipios do Parana e Santa Catarina para implantar seus modelos de urbanização nas zonas de estacionamento, controle de ambulantes, sinalização, paisagismo e ocupação de areas. Vai até Joinville para visitar a escola de ballet da Bolshoi - ISSO NÃO ACONTECEU!
MARÇO DE 2002: Antonio, atual presidente da Comtur, declara que a Marinha Brasileira autorizou-o a afundar um navio, e que isso seria feito no segundo semestre de 2002 - ISSO NÃO ACONTECEU!
MAIO DE 2002: Antonio, atual presidente da Comtur, participa do movimento "exportar mendigos" - ISSO NÃO ACONTECEU!
JULHO DE 2002: Antonio, atual presidente da Comtur, divulga seu plano de ação, entre outras: calendario de eventos do municipio, placas de sinalização de ruas, afundar navio, jardineiras em logradouros publicos, adaptação do cais da Ponta Grossa (na Ponta Grossa não tem cais só tem um farol de auxilio a navegação) para embarque e desembarque de passageiros de navios de cruzeiro - ISSO NÃO ACONTECEU!
OUTUBRO DE 2002: Antonio, atual presidente da Comtur, declara que a EMBRATUR autoriza Ubatuba receber navios de cruzeiro desde que o municipio tenha estrutura, e o mesmo declara que enviara a empresa em sessenta dias o plano de reestruturação da cidade - ISSO NÃO ACONTECEU!
E, enquanto tudo acontece todas as semanas nos municipios vizinhos, lá esta na rua D.João III, afrontando o art. 08 da Lei 1734/98 pintada em muro 'POUSADA MANOBRA e ninguém se "toca".
O que realmente anda acontecendo nos bastidores?
Face ao exposto pode-se até concordar com quem, referindo-se as declarações de Antonio, atual presidente da Comtur, disse "poderiamos acreditar na seriedade do projeto não fosse a palavra somente inserida no contexto"

Ezio Pastore Junior
Ubatuba, SP


Foto do Dia:
praia do Cruzeiro
Ubatuba
Praia do Cruzeiro
© Emilio Campi


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Clique Aqui para acessar o arquivo de Fotos Publicadas


 F
aça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão:
Clique Aqui.


Radar Litoral Cooperativa Educacional Ubatuba Pousada albatroz

As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  idenficação do autor.

GRÁTIS!!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:
Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral na versão:
Compacta (apenas as manchetes c/ Link)
Completa (todas as notícias na íntegra) 
e-mail:
Cidade:


Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br


©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor