Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Terça-feira, 12 de março de 2002 - Nº 488 Edições Anteriores
BIL - Bolsa de Imóveis do Litoral Modulo

Busca por palavras no Litoral Virtual:

Principais Manchetes:

Jipeiros se reúnem em Caraguatatuba, litoral norte de São Paulo
São Sebastião gasta R$ 51 milhões em contrato para coleta de lixo
Transporte encarece serviço, diz prefeitura
Evangélicos definem 2 candidatos na região
PM prende grupo durante sequestro
Avião cai em Ubatuba e passageiros saem ilesos
São Sebastião apresenta Ultraje a Rigor em "18 anos sem tirar!"
II Romaria Equestre atrai quase o dobro de participantes do ano passado
Prefeitura e Transpetro prêmiam escolas que participaram da gincana Apell
Escola no Ipiranguinha será entregue hoje
Alfabetização Solidária entrega mais de 200 certificados
Centro de Informações Turísticas de Ubatuba é reformado
Começa o Campeonato Municipal de Futebol de Mesa
Lei de Zoneamento é pauta de Sessão Ordinária da Câmara
Prequeté leva Aguillar para ouvir apelos do Getuba
Vereadora quer explicações sobre abandono de rua no Sumaré
Carta do Leitor



Jipeiros se reúnem em Caraguatatuba, Litoral Norte de São Paulo

Caraguatatuba - A etapa de Caraguatatuba da 5ª Vale Raid acontece no dia 23 na Fazenda Serramar no Parque Estadual da Serra do Mar. Os participantes da competição serão recebidos na praia do Centro, no dia 22.
O evento vai ter o apoio da Associação de Hotéis, Pousadas e Similares de Caraguatatuba, que dará desconto na hospedagem para os participantes do evento, e do Jeep Clube Tamoios de Caraguatatuba, que dará apoio técnico e socorro durante as provas. (Fonte: Folha)

São Sebastião gasta R$ 51 milhões em contrato para coleta de lixo
Prefeitura fecha 4º acordo consecutivo com a Enob; empresa foi a única habilitada em licitação

São Sebastião - A Prefeitura de São Sebastião fechou uma contrato de R$ 51 milhões com a Enob Ambiental para a coleta do lixo na cidade por um período de cinco anos. A empresa foi a única habilitada no processo de licitação que contou com a participação de nove empresas.
Em 14 meses de administração do prefeito Paulo Julião (PSDB), a Enob já havia sido contratada outras três vezes, sem licitação, para executar o serviço em caráter emergencial.
O último acordo foi definido em janeiro e tinha duração de três meses. Os contratos já efetuados somam R$ 10 milhões.
A licitação "invade" a gestão do futuro prefeito e os valores definidos no edital viraram alvo de questionamento na Câmara.
"Como o contrato é de cinco anos e passa para a outra gestão, é preciso saber se não há equívocos", disse o vereador Edvaldo Raimberg (PPS), que elaborou requerimento à prefeitura em que cobra detalhes sobre o processo.
Segundo o técnico do Cepam (Centro de Estudos e Pesquisas da Administração Municipal) Manuel Silvino Jardim, a lei de licitações permite contratações de até cinco anos. "Mas é mais comum que sejam feitos contratos anuais renováveis", disse.
O prefeito Paulo Julião disse que a opção pela assinatura de um contrato de cinco anos foi "meramente administrativa" (leia texto nesta página).
GASTOS- O valor que será repassado à empresa em São Sebastião, cidade de cerca de 65 mil habitantes, é superior ao praticado em São José dos Campos, que tem cerca de 600 mil habitantes.
A empresa Fossil Engenharia, de Belo Horizonte (MG), foi contratada pela Prefeitura de São José por R$ 8 milhões em dois anos.
A empresa venceu a licitação com um valor de R$ 26,73 por tonelada coletada e a cidade tem uma produção diária média de 350 toneladas de lixo doméstico e hospitalar.
Em Caraguatatuba, a prefeitura paga uma média de R4 33,30 por tonelada recolhida para a Coletora Pioneira. O contrato também é de cinco anos e deve chegar a R$ 5 milhões, sem correção, no final do contrato.
Segundo a Secretaria de Administração de São Sebastião, o preço apresentado pela Enob foi uma combinação de valores unitários --sendo R$ 69,20 relativos à coleta e ao transporte de resíduos sólidos domiciliares, R$ 82,30 correspondentes a esse serviço somado à conteinerização e R$ 174,70 acrescida à coleta seletiva. A empresa vai receber cerca de R$ 10,2 milhões por ano.
Retiraram o edital as empresas Queiroz Galvão S/A, Sanepav Engenharia Saneamento e Pavimentação Ltda, Construbase Engenharia ltda, Júlio Simões Transportes e Serviços Ltda, Enob Ambiental Ltda, Coletora Pioneira S/C Ltda, Terracom Engenharia Ltda, Saneciste Saneamento e Meio Ambiente S/A e Enterpa Ambiental S/A.
A Enterpa, de São Paulo, tentou impugnar o edital, sem sucesso. Os responsáveis pela empresa foram procurados ontem, mas, segundo a assessoria de imprensa não havia ninguém na empresa que pudesse falar sobre o motivo do pedido de impugnação. (Fonte: ValeParaibano)

Transporte encarece serviço, diz prefeitura

São Sebastião - Os diferenciais do serviço prestado pela Enob e a dificuldade para o transporte do lixo em São Sebastião são os elementos que teriam encarecido o contrato com a empresa para a execução do serviço, segundo a prefeitura.
Segundo o secretário de Meio Ambiente, Wander Augusto, todos os serviços de coleta de resíduos sólidos recicláveis, hospitalar e marítimo, transbordo do centro até o aterro da Baleia, tratamento, construção de edificações e licenças ambientais serão feitos pela empresa vencedora da licitação.
A Enob também terá que resolver um impasse no antigo "lixão", que produz chorume, no aterro da Baleia, além de colocar contêineres em toda a cidade e ampliar a varrição manual e mecânica das ruas e praias.
São Sebastião produz uma média de 70 toneladas de lixo por dia na baixa temporada. O volume pode chegar a 200 toneladas durante a alta temporada.
O prefeito, Paulo Julião (PSDB), disse que a administração optou por fazer um contrato por cinco anos para que todo esse serviço pudesse ser executado sem interrupção.
A Enob tem 190 funcionários no município e opera com nove caminhões. Com o novo contrato, a empresa terá que duplicar o número de veículos nas ruas.
A engenheira da Enob Tatiane Siqueira da Silva credita o valor do contrato ao serviço que será realizado e à distância entre os pontos que serão atendidos. O aterro da Baleia fica a 50 quilômetros do centro, o que inviabiliza o transporte diário principalmente da costa norte. (Fonte: ValeParaibano)

Evangélicos definem 2 candidatos na região

Caraguatatuba - Pelo menos duas cidades do Litoral Norte planejam lançar candidatos evangélicos a deputado estadual e federal.
As bancadas evangélicas na Câmara estão costurando uma rede de apoio aos nomes aprovados. O primeiro pré-candidato formal é o empresário André Luiz dos Santos, indicado pelo PSB de São Sebastião para disputar uma vaga na Assembléia Legislativa.
Ele espera conseguir a adesão de pastores e da comunidade evangélica. "Temos pelo menos nove pastores na região que trabalhar em nossa candidatura", afirma.
Em Caraguatatuba, o PTB delegou ao vereador Aureliano Pereira a tarefa de ser o candidato evangélico da cidade a deputado estadual.
A tentativa de unir a base evangélica no litoral, no entanto, não seduz toda a militância religiosa.
O vereador e pastor Samuel dos Santos, do PTB, de Ubatuba, acredita que é "muito cedo" para definir o apoio aos candidatos da região.
Já o vereador Anderson Bertoncinni (PPB), que é pastor, vai fazer campanha para candidatos "importados". "Tenho candidatos que me ajudaram nas eleições municipais e irei retribuir isso agora", disse Bertoncinni, que garante defender a "união da ala evangélica em torno de nomes que representem os ideais de justiça social". (Fonte: ValeParaibano)

PM prende grupo durante sequestro

Caraguatatuba - A Polícia Militar de Caraguatatuba prendeu ontem à noite cinco pessoas acusadas de sequestrar um gerente da agência da Nossa Caixa Nosso Banco de Paraibuna, de sua casa localizada no bairro Estrela Dalva.
Junto com a quadrilha, os policiais apreenderam duas pistolas --uma 9 milímetros e outra calibre 380--, usadas para render o gerente e sua família.
A polícia localizou os suspeitos após receber um telefonema anômino, informando que havia uma "movimentação estranha" na residência da vítima.
Para efetuar a prisão, a PM montou uma operação, mobilizando vários soldados e viaturas da corporação no município. Os policiais cercaram a casa do gerente, fazendo os acusados se renderem.
Os suspeitos foram encaminhados à delegacia de Caraguá. Até as 23h de ontem, eles não haviam sido identificados.
Segundo a PM, um dos membros da quadrilha rendeu o gerente durante a tarde, vestindo um uniforme dos Correios. Em seguida, outros dois acusados teriam entrado na casa, dominando o restante da família.
A intenção, segundo a corporação, era de roubar hoje a agência da Nossa Caixa de Paraibuna. (Fonte: ValeParaibano)

Avião cai em Ubatuba e passageiros saem ilesos

Ubatuba - Um avião monomotor Cessna caiu sexta-feira à tarde na Barra da Lagoa, na praia do Itaguá, em Ubatuba, após a hélice ter se soltado. Os dois passageiros tiveram escoriações leves. O acidente aconteceu por volta das 14h30 quando o dentista Ronaldo Esteves de Carvalho, 42 anos, e a artista plástica Adriane Fontes Cansado, 35 anos, ambos do Rio de Janeiro, saíram do aeroporto da cidade para um vôo de reconhecimento. O avião, prefixo PU-RRC, caiu com as rodas para cima já próximo ao mar. Os passageiros conseguiram sair andando da aeronave. Os bombeiros do Salvamar Paulista constataram que não havia ferimentos graves. (Fonte: ValeParaibano)

São Sebastião apresenta Ultraje a Rigor em "18 anos sem tirar!"

São Sebastião  - O grupo de rock Ultraje a Rigor traz para São Sebastião, na próxima sexta-feira, dia 15, as músicas que fizeram sucesso nos anos 80, com o show "18 anos sem tirar!". A apresentação será na praça de eventos, na Rua da Praia, a partir das 23 horas. A entrada é gratuita.
O CD "18 anos sem tirar!", mais recente trabalho do Ultraje, já vendeu mais de 100 mil cópias e recebeu o disco de ouro. Lançado no início de 99, o disco apresenta algumas canções inéditas, como a faixa "Nada a declarar", que critica o tédio e a falta de assunto geral do cenário musical e da juventude, em especial.
O início do ano de 99 marca a volta dos que não foram e para a felicidade dos fãs, o Ultraje a Rigor assina contrato com a Deskdisc/Abril Music para lançar "18 anos sem tirar!", um disco ao vivo com algumas canções inéditas gravadas em estúdio. (Fonte: PMSS)

II Romaria Equestre atrai quase o dobro de participantes do ano passado

São Sebastião  - A II Romaria Equestre São Sebastião – Aparecida, cuja saída será na próxima quarta-feira, às 18 horas, de frente da Igreja Matriz, contará com a participação de 45 cavaleiros, número que corresponde quase ao dobro de inscrições do ano passado, quando o passeio foi realizado pela primeira vez, e reuniu 25 pessoas.
A idéia de realizar a romaria foi de José Geraldo Silva, conhecido por Toninho Chaveiro, presidente da Associação de Cavaleiros de São Sebastião. Em 11 de setembro de 2000, ao se submeter a uma cirurgia no estômago, ele fez uma promessa de reunir até 350 cavaleiros para ir até Basílica de Aparecida.
"O objetivo é reunir pelo menos mais 20 pessoas, a cada ano", diz Toninho. Desta vez participam do passeio dez cavaleiros de Caraguatatuba, dez de Ilhabela e 25 de São Sebastião.
Para participar da romaria, cada cavaleiro pagou a quantia de R$ 70, para despesas com os cavalos, como ração, remédios e ferraduras e também dos cavaleiros, como o pernoite em rancho e o aluguel do caminhão, que acompanhará o grupo, transportando barracas e alimentos.
Após a partida, o grupo segue até o bairro de Pouso Alto, em Caraguatatuba, onde irá pernoitar. Na manhã seguinte, se dirige até a cidade de Natividade da Serra. Em ambos os lugares, os cavaleiros irão acampar.
Na quinta-feira, os romeiros seguem até o município de Registro e, no dia seguinte, partem para Pindamonhangaba, onde irão pernoitar no rancho Quatro Milhas, antes de chegarem em Aparecida, por volta das 11 horas, onde assistirão a Missa de Ação de Graças.
Na volta da romaria para São Sebastião, os cavalos serão transportados em caminhão alugado pela prefeitura municipal, em apoio ao evento. (Fonte: PMSS)

Prefeitura e Transpetro prêmiam escolas que participaram da gincana Apell

São Sebastião  - Acontece hoje no Tebar Praia Clube a partir das 13 horas a premiação da gincana Apell realizada com mais 4,5 mil alunos das escolas municipais e estaduais de São Sebastião: são elas Maisa Teodoro da Fonseca (Cene), Henrique Botelho, Emei Peteleco, Professor Machado Rosa, Josepha de Santana Neves, Poli Positivus, Tia Marisa, além de Instituições como Casa do Menor, creches e Ceprom (Centro Profissional Municipal). Essas escolas ficam localizadas ao redor dos tanques da Petrobras, considerados setores de risco.
O plano Apell foi criado pela ONU (Organização da Nações Unidas), com objetivo de capacitar a comunidade para uma situação de acidentes locais. Hoje São Sebastião, entre as cidades que possui Terminal Petrolífero, é a única cidade que tem um plano de emergência em operação no Brasil. Além disso a cidade é a única em que a prefeitura cuida pessoalmente do plano , envolvendo diretamente a comunidade e os órgãos competentes como a Defesa Civil.
A gincana Apell foi desenvolvida com o objetivo de conscientizar moradores, alunos e todas as pessoas que, de uma forma ou de outra, estão nos locais considerados de risco tecnológico. Assim a Defesa Civil em parceria com a Transpetro, elaborou um simulado visando capacitar a comunidade a agir em caso de acidentes.
“A comunidade tem participação importante na divulgação do Plano Apell. Esse é o nosso maior objetivo”, completou o Chefe da Defesa Civil, Luiz Figueiredo.
No simulado uma viatura da Defesa Civil entra nas escolas e toca a sirene alertando que está ocorrendo uma emergência em um dos tanques do Terminal. Após o toque, os professores levam seus alunos até um ponto de encontro pré-definido. No ponto de encontro os alunos são cadastrados pela Defesa Civil e em seguida voltam para a escola. Em uma situação real, os alunos, após o cadastro, entrariam em um ônibus e seriam levados para um abrigo.
Premiação - Antes da entrega dos prêmios a organização preparou mais uma brincadeira com as crianças (alunos das escolas), que estarão sendo representadas por um aluno, escolhidos entre eles que deverá responder a algumas questões de conhecimentos da cidade e do próprio Plano Apell. A escola que acertar maior número de perguntas ganhará uma TV com vídeo acoplado.
A escola que melhor desempenhou as ações do Plano Apell, durante a gincana, ganhará como prêmio um Micro-Computador Pentium III com impressora. Na ocasião os alunos, que também participaram de concursos de melhor redação, melhor desenho e serão premiados com kit`s Apell, durante a cerimônia.
Atrações - Outra novidade é que, durante o evento, haverá um corpo de jurados avaliando qual a melhor torcida, nos seguintes critérios: coreografia, animação, ordem e maior número de pessoas com a camiseta do Apell. Haverá sorteios de brindes, distribuição de lanches, brincadeiras e apresentação do Grupo “Dança de Rua”, da cidade de Santos, que já se apresentou no Programa do Faustão e da Hebe Camargo. Além da presença da atleta Ana Moser, que explicará aos alunos a importância do esporte no dia-a-dia de cada um.
Para o coordenador de Segurança e Meio Ambiente da Transpetro, engenheiro Rogério Miguéis Picado, é fundamental o envolvimento da Prefeitura na execução de um plano lançado pela ONU.
“Hoje podemos dizer que o Plano Apell de São Sebastião pode ser comparado com planos de ação em emergência praticados em países como Japão, Estados Unidos e também na Europa. O poder público local está exercendo um papel extremamente importante para mobilização da comunidade em situações de emergências. A Transpetro por exemplo, tem uma consciência muito grande de empresa cidadã. Pois quem trabalha aqui dentro, mora lá fora”, finalizou. (Fonte: PMSS)

Escola no Ipiranguinha será entregue hoje

Ubatuba - A escola municipal “Governador Mário Covas Jr.”, no bairro do Ipiranguinha, com 8 salas de aula e 16 classes será entregue hoje, 12, com todas as 570 vagas ocupadas. A Prefeitura de Ubatuba, por meio da secretaria de Educação, investiu cerca de R$ 256 mil na obra que foi concluída em prazo recorde: iniciada em novembro é inaugurada com quatro meses de trabalho. A escola tem 996 m2 de área coberta, 6 banheiros, cozinha ( a maior da rede com 40 m2), 3 almoxarifados, sala de professores e vestiário para merendeiras. Localizada entre as ruas Babaçu e Assai , a escola é opção para os alunos da escola Madre Maria da Glória sem necessidade de cruzar a rodovia Oswaldo Cruz.
Cinco escolas da rede estadual receberão cobertura de suas quadras esportivas. A confirmação foi oficializada pela secretaria da Educacão ao prefeito Paulo Ramos, que desde o ano passado vinha reivindicando esta melhoria para a prática de esportes nas escolas. O custo de cada unidade está estimado em R$ 40 mil. Serão beneficiadas as seguintes escolas: EEPG Professora Dionísia Bueno Veloso; EEPG Professora Florentina Martins Sanches; EEPSG Cap. Deolindo de Olivieira Santos; EEPG Professora Aurelina Ferreira e EEPG Aurea Moreira Rachou.
Micro para alunos - Um novo micro-ônibus com capacidade para 24 lugares foi entregue pelo Governo do Estado para a secretaria municipal de Educação de Ubatuba no último sábado, dia 9, em Tremembé. O prefeito Paulo Ramos e o secretário de Educação Corsino Alizte Mesquita estiveram presentes à cerimônia de entrega. O veículo vai atender ao transporte de alunos e atividades ligadas a área da educação. Com esta doação, a secretaria municipal soma quatro micro-ônibus, sendo dois com capacidade para 24 e outros dois com capacidade para 29 lugares. (Fonte: ACS-PMU)

Alfabetização Solidária entrega mais de 200 certificados

Ubatuba - Aconteceu no último sábado, 9, na escola municipal Prof. Madre Glória, no Parque dos Ministérios a entrega de certificados e a festa de encerramento do 1.º Módulo da Alfabetização Solidária de Ubatuba.
O Programa de Alfabetização Solidária é uma iniciativa do governo federal em convênio com a UNITAU - Universidade de Taubaté e a Prefeitura de Ubatuba. Os professores são remunerados pelo Governo Federal, a orientação pedagógica é feita pela Unitau e a Prefeitura de Ubatuba participa com a infra- estrutura através da secretaria de Educação e do Fundo Social de Solidariedade.
Estiveram presentes à solenidade o prefeito Paulo Ramos, a primeira dama Claudia Regina Fonseca, o secretário de Educação Cursino Aliste Mezquita, a coordenadora da Unitau professora Dra. Maria Teresa de Moura Ribeiro, coordenadores, professores dos módulos e uma platéia de mais de 300 pessoas composta por alunos, parentes e amigos.
“Esta entrega de certificados do Programa de Alfabetização Solidária mexe muito mais com o coração da gente do que uma grande obra de concreto, por melhor que ele seja. Valorizar o ser humano, nos da uma alegria muito maior”, disse Ramos durante a solenidade. Em seguida o prefeito anunciou que havia acabado de acertar com o secretário de Educação a instalação de um módulo do Programa EJA, Educação de Jovens e Adultos, na Escola Madre Glória para que os alunos alfabetizados no 1.º módulo possam dar seqüência ao seu aprendizado.
Além da apresentação de vários trabalhos, foram servidos na oportunidade doces típicos com as receitas escritas pelos próprios alfabetizados. (Fonte: ACS-PMU)

Centro de Informações Turísticas de Ubatuba é reformado

Ubatuba - Os acessos e o interior do Centro de Informações Turísticas (CIT) de Ubatuba estão passando por reformas para oferecer melhores condições de atendimento ao visitante. A área externa ganhará nova urbanização com espaços para estacionamento para carros, motos e bicicletas e o relógio digital, Banco 24 horas, banca de jornais e orelhões serão relocados. As lixeiras e bancos, patrocinados pelo comércio local, completam o projeto que inclui o circuito da ciclovia previsto em toda orla da praia. As obras são da Prefeitura por meio da Companhia Municipal de Turismo (Comtur), secretarias de Arquitetura e Urbanismo e Obras. No interior do CIT, de acordo Luiz Bishof, presidente da Comtur, será mantido o terminal de informática, as paredes ganham acabamento em azulejo, além de displays com informações turísticas e um mosaico com o desenho do mapa do município. O Centro de Informações Turísticas está localizado na avenida Iperoig. (Fonte: ACS-PMU)

Começa o Campeonato Municipal de Futebol de Mesa

Ubatuba - Foi dada a largada na briga pelo título de melhor botonista de Ubatuba. Começou no último Sábado, 09/03, o Campeonato Municipal, promovido pela AUFM (Associação Ubatubense de Futebol de Mesa) com o patrocínio do Spot CyberCafe & LAN House.
Na 1a Fase, os 16 participantes foram divididos em 2 grupos, onde se enfrentam, todos-contra-todos. Os 4 primeiros colocados de cada grupo classificam-se para a Fase Final.
O atual campeão, Ednelson Prado, estreou com uma goleada (5x1) e mostrou que está em forma para conquistar o bí-campeonato. Além de defender o título, Ednelson busca também o récorde isolado de invencibilidade da AUFM, que atualmente pertence a Ralph Solera (ficou invicto por 25 partidas). Ednelson já igualou a marca e está a 25 jogos sem perder, além de dividir a liderança do Grupo “B” com Fernando Macedo, atual campeão da Copa Fonseca.

Lei de Zoneamento é pauta de Sessão Ordinária da Câmara

Caraguatatuba - A Ordem do Dia da 6ª Sessão Ordinária semanal da Câmara Municipal de Caraguatatuba terá 2 projetos que alteram o Regimento Interno e a Lei de Zoneamento - a 200/92. Ainda na pauta consta a denominação de uma praça pública na praia Pan Brasil. As Sessões Ordinárias tem início às 19h30 de terça-feira, com entrada franca.
A alteração da lei 200/92 tem a autoria do Vereador João Rodrigues de Godoy Filho - o Baduca (PL), que permite as atividades S1 e S2 no Loteamento Jardim Primavera. As atividades S1 e S2 correspondem, respectivamente a escritórios, clínicas médicas e laboratórios.
O Vereador José Benedito Gonçalves Pinto - o Zézinho Prequeté (PDT), altera o artigo 158 do Regimento Interno, no seu parágrafo 1º, quanto a palavra do Vereador na discussão dos Requerimentos. Atualmente os Vereadores só se manifestam quando o autor fala sobre a sua propositura. Com o projeto de Resolução do Vereador Prequeté, qualquer Vereador poderá se manifestar, independente do autor ou não desejar se pronunciar.
Já o presidente da Câmara, Valmir Gonçalves (PSDB), denomina Pedro Salvador João a uma área localizada junto a ponte do rio Lagoa, na praia Pan Brasil, no bairro praia das Palmeiras.
Estes projetos constavam na Ordem do Dia da sessão anterior, mas não foram votados devido ao adiantado da hora. (Fonte: Câmara Municial de Caraguatatuba)

Prequeté leva Aguillar para ouvir apelos do Getuba

Caraguatatuba - O Vereador José Benedito Gonçalves Pinto - o Zézinho Prequeté (PDT), esteve no bairro do Getuba, na zona norte da cidade, em companhia do Vice-Prefeito e Secretário Municipal de Serviços Municipais, José Pereira de Aguillar (PPS), para ouvir os apelos da comunidade do bairro. A conversa resultou num mutirão e numa comissão que irá analisar as prioridades do local.
O Vereador Zézinho Prequeté e o Vice Aguillar debateram com a comunidade do bairro do Getuba, zona norte de Caraguatatuba na última sexta-feira. O encontro se deu na Igreja Holliness, de linha evangélica e predominante no bairro. Cerca de 40 acompanharam o evento, que teve por objetivo levar aos poderes constituídos, os reclamos da comunidade, que fica situada entre o centro da cidade e as praias de Massaguaçu e Tabatinga.
Após a abertura, feita pelo próprio Zézinho, os moradores começaram a descrever e listar os problemas do bairro, que sofre com a falta de calçamento, limpeza de ruas e valas, com o cancelamento do contrato do professor de basquete para as crianças do bairro, que teriam prática esportiva na quadra da igreja e quanto aos animais soltos, principalmente de criadores que não tem terrenos para guarda-los.
Os moradores, principalmente a classe feminina, reclamou da falta de uma Creche, de melhorias na UBS (Unidade Básica de Saúde), do esgoto e da escola e do nível de ensino dado.
Ao final dos pedidos o Vice-Prefeito e Secretário Municipal de Serviços Municipais, José Pereira de Aguillar fez uso da palavra e explicou que as reclamações que não estão vinculadas ao seu setor, serão repassadas ao prefeito e conseqüentemente aos seus secretários. Quanto aos pedidos formulados e referente a Secretaria de Serviços Municipais (SSM), Aguillar adiantou que tudo será resolvido dentro em breve.
Para confirmar suas palavras, uma equipe da SSM iniciará os trabalhos de limpeza do bairro já nesta segunda, dia 11 de março. Foi marcado também, para a próxima quarta-feira, dia 13 de março uma visita do Vice e do Vereador Zézinho, para que junto com uma comissão de moradores, possam ser definidas as prioridades de atuação na localidade.
Após a visita, Zézinho relembrou que essa prática já lhe é costumeira desde o mandato do ex-prefeito Jair Nunes. "Eu levava o Jair para ouvir as reivindicações da comunidade e o resultado é extraordinário", disse. Para o Vice-prefeito esse contato com a população é salutar. "Errado é o político que se afasta de sua comunidade e não ouve os problemas de seu bairro", finalizou. (Fonte: Câmara Municial de Caraguatatuba)

Vereadora quer explicações sobre abandono de rua no Sumaré

Caraguatatuba - A Vereadora de Caraguatatuba, Madalena Fachini (PSB), prepara um processo com pedido de explicações, por parte do Executivo sobre a situação de uma antiga rua no bairro do Sumaré. Segundo a Parlamentar há descaso da Administração quanto ao fato, pois a rua está fechada, sem saída, devido a construção de 2 muros, por empresas no local.
A reclamação da Vereadora Madalena Fachini diz respeito a antiga rua 9, mais precisamente na sua quadra 34G, que atualmente tem o nome de Marginal da avenida Castelo Branco, localizada no bairro do Sumaré. A rua tem acesso para a avenida Castelo Branco, principal via do bairro para a zona norte e a cidade de Ubatuba.
Segundo a Parlamentar, com base em foto tirada recentemente, a rua está completamente fechada por mato e atualmente está sem saída, visto que uma empresa de Materiais para Construção e uma empresa de paisagismo construíram muros no local, barrando o tráfego.
Madalena quer saber o que a Prefeitura está fazendo para resolver a questão, visto que a rua foi aberta há mais de 30 anos. "A rua está sem saída, tem mato alto e não há limpeza no local. O que será feito diante desse problema?", finaliza a Parlamentar. (Fonte: Câmara Municial de Caraguatatuba)

Carta do Leitor

Rotatória SP-55 - É chocante saber que tem gente que está mais preocupado com o barro nos pneus de seu carro do que com as vidas que são preservadas, com uma rotatória na estrada. Passo sempre pela SP-55 em Caraguá e confesso que invejo a força da comunidade que consegue junto com o poder público realizar obras em benefício de todos. Esta rotatória está sendo comentada até em Paraty e a maioria das pessoas admiraram a união mostrado em Caraguá, até as mais incrédulas. É um exemplo que merece apoio e que seja repetido em outras comunidades.

Pedro Toni
São Paulo - Capital


Falta de Atenção - Sou leitor assíduo do "Litoral Virtual" e gostaria de parabenizá-los pelo trabalho realizado. Sei que não é fácil atender aos anseios de todos, mas vocês estão fazendo um excelente trabalho.
Da mesma forma, vejo com bons olhos a administração do Prefeito Antônio Carlos, porém, aproveito a oportunidade para me solidarizar com a leitora Cristiane Bersani (carta divulgada na edição de 07/03/02) sobre a falta de atenção ao Bairro do Massaguaçú. Tenho uma casa no "Getuba" há mais de dez anos, e nunca vi melhoras no local. As ruas continuam com os mesmos problemas, com buracos e muito mato, além do esgoto a céu aberto.Nem mesmo a entrada principal do "Getuba" recebe cuidados. Gostaria de saber se há previsão de calçamento para ruas do bairro.
Grato pela atenção.

Sergio Rocha
São Paulo - SP


Voto Ineficiente - Historicamente no Brasil os órgãos públicos gozam da fama de ineficientes. Não vejo comportamento diferente em relação ao executivo da cidade de Caraguatatuba. Acompanhei na semana passada a indignação de leitores com a destruição da última praia selvagem da cidade e uma das poucas que ainda oferece boas condições de balneabilidade: a praia da Mocóca.
Limitou-se a municipalidade a, laconicamente, informar que as obras encontram-se devidamente autorizadas. Diga-se de passagem, ela também faz parte do processo de aprovação, portanto co-responsável pelos fatos. Mas parece estarem todos preocupados com o rápido retorno econômico do empreendimento. Míopes, não conseguem perceber que preservar é garantia de retorno econômico. Não distante da Mocóca comprova-se o que escrevo. O estado lastimável em que se encontra o bairro da Tabatinga com imóveis significativamente desvalorizados, águas impróprias ao banho de mar pela visível presença de óleo diesel e outras toxinas, excessivo tráfego de tratores portando imensos barcos, cujo peso é incompatível com a frágil camada de asfalto político colocado na via principal sem que houvessem trabalhos de infra-estrutura (água e esgoto), concessão de alvarás para funcionamento de indústrias e outros etc... Isto tudo em nome não evidentemente do progresso, mas de interesses econômicos pessoais e jamais coletivos. Pois que se alí não tivesse havido intromissão do legislativo e do executivo ao editarem e promulgarem, sem razão alguma que a justificasse, a Lei Municipal 560/96 que alterou o zoneamento em algumas partes de algumas vias do bairro, este estado de coisas degradantes não existiria. Se alguma injustiça houve na tão polemica matéria publicada por Veja São Paulo em janeiro deste ano, com certeza foi em relação à praia da Mococa.....mas .... pelo andar da carruagem, talvez em janeiro de 2003, sua não citação seja mais que justificada. E apesar de tudo, periodicamente me deparo com uma questão ambígua e por muitos compartilhada: não consigo entender como alguns conseguem ser tão eficientes nos processos eletivos que nos levam a crer que desta vez votaremos certo, mas quando assumem o poder a história da ineficiência volta a se repetir!
Quando será que terei discernimento para votar certo?!

Silvio Dias Ribeiro


Campeonato de pesca deixa muita sujeira - Freqüento a praia de Massaguaçú, em frente a torre da Telesp e assisti o campeonato realizado nos dias 2 e 3 de março p.p., promovido por uma associação de pesca, onde estavam participando aproximadamente 200 pescadores. Os concorrente ficam algumas horas em um “Box” e trocam de lugar ao sinal do comando. Pois bem, nesta troca, que tem um tempo determinado para ser executada, recolhem de qualquer jeito uma parte do lixo gerado, amontoam na grama, largando ali aquela sujeira toda, e da mesma forma, também pelos próximos ocupantes do “Box”, pois querem chegar rápido à mesa de pontuação. A prefeitura não está à disposição da competição para vir recolher ou fazer a varrição.
Conversei com um participante sobre os dejetos e me contou que a organização do evento solicita para que recolham tudo. Mas não foi isso que aconteceu o vento ficou forte no final da tarde e o que estava amontoado se espalhou deixando a praia suja.
Os organizadores devem fiscalizar os participantes e promover um mutirão após o término da pescaria e a Prefeitura PUNIR a associação que não respeitar o meio ambiente.
RECOLHAM O LIXO EM SACOS PLÁSTICOS E LEVEM DE VOLTA.
Vamos ficar de olho e fiscalizar.

Roberto Petratti
São Paulo e Caraguatatuba

 

Vivenda do Flamboyant Orquideas Royal Segurança

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão:
Clique Aqui.

 

Receba as Últimas Notícias do Litoral via e-mail!
e-mail:
Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Leia também as colunas:
Para Refletir
Para Refletir
Margareth Bravo

Opinião

Ronaldo Dias

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:
Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br


©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor