Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Terça-feira, 23 de julho de 2002 - Nº 578 Edições Anteriores

Naturali Garden Center

Caraguatatuba:
   Comércio articula movimento contra guard-rails em Caraguá
   Secretário de Estado visitou obras em Caraguá neste domingo 21
   Oswaldo Cruz teve obra concluída e recebeu novo asfalto
   Projeto TerrAmar e Fundacc abrem vagas para curso de cerâmica
   Programação “Inverno Quente” - Caraguatatuba
   Auxiliar é assassinado a pauladas no Porto Novo em Caraguatatuba

Ilhabela:
   Wiki Wiki surpreende e vence a Eldorado
   Recorde de participantes em regata é batido em Ilhabela

São Sebastião:
   São Sebastião negocia prédio da Petrobras
   Marinha realiza exercício de tiro em Alcatrazes
   Três tartarugas e um boto aparecem mortos nas praias de São Sebastião
   Andréa Lopes confirma favoritismo e vence “Billabong Girls” em Maresias
   Sert lança cursos pré-profissionalizantes e realiza 466 inscrições
   Prefeitura desapropria Abrigo Batuíra, no bairro São Francisco

Ubatuba:
   Termina busca por destroços de helicóptero

   Carta do Leitor



Comércio articula movimento contra guard-rails em Caraguá
Lojistas temem perda de clientes com obstrução de acesso na Rio-Santos

Caraguatatuba - A instalação de guard-rails pelo DER (Departamento de Estradas e Rodagem) nos trechos urbanos da rodovia Rio-Santos abriu uma polêmica entre comerciantes de Caraguatatuba, que articulam um movimento contra o projeto.
Eles temem que a obra bloqueie o acesso dos motoristas aos estabelecimentos que funcionam às margens da estrada.
Descontentes com a medida, cerca de 100 lojistas da cidade se reúnem hoje às 19h para debater o assunto na sede do Clube da Terceira Idade, no bairro Cidade Jardim.
A instalação de guard-rails na SP-55 é uma das melhorias previstas no projeto de reestruturação de parte da malha viária controlada pelo DER no Estado.
O trecho entre Caraguatatuba e Ubatuba tem 63,8 quilômetros. No Vale do Paraíba e Litoral Norte, 294 quilômetros de estrada passarão por reformas.
O projeto, de US$ 240 milhões, será viabilizado por empréstimo contraído junto ao BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) --a instituição bancará metade da obra. O restante será pago pelo governo estadual.
Além do recapeamento das rodovias estaduais, o projeto inclui obras de infra-estrutura --como canteiros centrais e ciclovias-- e ajustes geométricos.
Os guard-rails separariam a SP 55 do canteiro e da ciclovia que serão construídos ao longo da avenida Presidente Castelo Branco.
"Não sei como deficientes e crianças vão fazer para atravessar a pista", afirmou Spencer Esper, 58 anos, dono de uma loja de materiais de construção na avenida Presidente Castelo Branco. Segundo ele a obra prejudicará pelo menos 10 bairros.
O movimento contrário aos guard-rails, no entanto, não é unânime. O comerciante Paulo Roberto Bijos, 53 anos, aprovou a obra. Ele disse que no local ocorrem muitos acidentes e a instalação de guard-rails poderá diminuir o índice de atropelamentos.
O prefeito de Caraguatatuba, Antonio Carlos da Silva (PSDB) disse que o projeto dará segurança a motoristas e pedestres.
"A prefeitura está atenta aos problemas dos comerciantes, porém, mais preocupada em apoiar obras que favoreçam toda a população, reduzindo o número de atropelamentos", disse o tucano.
O ValeParaibano entrou em contato com a assessoria de imprensa do DER e com a direção regional do órgão após as 18h, mas não obteve retorno das ligações. (Fonte: ValeParaibano)

Secretário de Estado visitou obras em Caraguá neste domingo 21
Caraguatatuba recebeu neste domingo 21, a visita do Secretário de Estado do Emprego e Relações do Trabalho, Fernando Lessa. Na ocasião, Lessa aproveitou para visitar algumas obras e prédios públicos, incluindo o Ceprolin, que teve parceria do Governo na construção

Caraguatatuba - O Secretário de Estado do Emprego e Relações do Trabalho, Fernando Lessa, esteve em Caraguatatuba neste domingo 21, visitando várias obras realizadas pela Prefeitura Municipal de Caraguatatuba. O prefeito da cidade, Antonio Carlos da Silva foi pessoalmente receber Lessa na sua chegada ao município e seguiram em passeio por Caraguá visitando não apenas as obras em andamento, como o Centro de Capacitação dos Professores, que abrigará também um teatro com capacidade para 500 pessoas, a nova sede da Secretaria Municipal de Educação e o Ceprolin - Centro Profissionalizante do Litoral Norte, cuja obra foi realizada através de uma parceria entre a Prefeitura de Caraguatatuba e o Governo Federal.
Estiveram também presentes durante a visita ao Ceprolin, a presidente da Fundacc - Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba, Eloíza Andrade Antunes de Oliveira, o coordenador dos cursos do FAT - Fundo de Amparo ao Trabalhador, o professor da Politécnica de São Paulo, Vitor Ali, entre outros. (Fonte: PMC)

Oswaldo Cruz teve obra concluída e recebeu novo asfalto

Caraguatatuba - A avenida Oswaldo Cruz, via pública onde está localizado o supermercado Shibata teve sua obra concluída neste fim-de-semana. A antiga rua, pela qual atravessava um rio recebeu novas galerias de águas pluviais e ampliação. A construção durou bastante tempo mas o resultado é uma nova avenida, maior e asfaltada até o trevo da avenida dr. Altino Arantes.
De acordo com a secretaria Municipal de Obras, foram realizados serviços de drenagem e pavimentação num trecho total de 5.660m2 . O trecho pavimentado foi entre a rua Tertuliano Fogaça e a avenida Frei Pacífico Wagner, e em seguida, da Frei Pacífico até o trevo do Shibata. Segundo informações da Secretaria de Obras, a praça também receberá em breve uma reforma e tem previsão de término para cerca de 3 a 4 semanas. Haverá ainda uma mudança na circulação dos veículos.
A pavimentação da via pública teve início na quarta-feira 17 e já foi concluída. A pavimentação da rua Teotino Tibiriçá Pimenta, ( rua da Rádio Oceânica) também aconteceu na semana passada, após o término das obras de implantação de galerias de águas pluviais.
Segundo o secretário de Obras, Leandro Borella, outra importante obra acaba de ser iniciada é a pavimentação da Av. Siqueira Campos, com previsão de término até o final do ano, com uma área de 10.514,60 m2. No novo pacotão de obras anunciadas pelo prefeito Antonio Carlos da Silva, foram divulgadas ainda outras obras importantes como a contenção das margens do Rio do Ouro e a construção de uma ponte sobre o rio que está em fase de licitação e também foi anunciada a construção de cinco pontes metálicas em bairros do município. (Fonte: PMC)

Projeto TerrAmar e Fundacc abrem vagas para curso de cerâmica

Caraguatatuba - Juntos, a Fundacc e o Núcleo de Cerâmica TerrAmar, formaram mais 10 novos ceramistas no dia 20 de julho, durante cerimônia de encerramento do curso e abertura do forno, quando receberam seus certificados. Sendo assim, estão abertas as inscrições para mais uma turma.
As inscrições estão abertas de 22 de julho a 2 de agosto na Fundacc. Com duração de 5 meses, o curso acontecerá de 13 de agosto a 11 de dezembro, às terças e quartas-feiras, em dois horários.
O Curso de Cerâmica Artesanal é gratuito, e tem como objetivo oferecer condições de aprendizado para aqueles que buscam a cerâmica como opção de trabalho e renda, mas não tem o propósito de atender como terapia, hobby ou linguagem artística, e visa atender preferencialmente os mais jovens, acima de 15 anos, que busquem uma formação profissional.
Após a inscrição, o candidato para por uma entrevista com a diretora cultural da Fundacc, Maria Amélia Santos, e com o ceramista Ben-Hur Vernizzi, do TerrAmar, para que seja analisadas suas reais intenções quanto ao curso.
Segundo Vernizzi, é muito importante que os candidatos cheguem sabendo o que os espera, pois existem fatores que são determinantes para a continuidade, como o real interesse, habilidade, cooperação e frequência, já que faltas sem justificativa é fator de desligamento do curso.
“Embora as peças produzidas no Núcleo possam ser comercializadas, o objetivo do curso não é a comercialização e sim a formação do ceramista artesanal. As peças levam a assinatura do aluno e do Núcleo TerrAmar, e 10% do valor fica para o projeto” comenta Vernizzi.
Mais informações na Fundacc - Rua Santa Cruz, 396, centro, ou pelos telefones (12) 4237555/ 38833737. (Fonte: PMC)

Programação “Inverno Quente” - Caraguatatuba
Cultura, Lazer e Diversão para curtir o melhor do inverno em Caraguá

Inverno na Praia - Setur
Show musical com Cristiano Fragoso e Banda
Quinta-feira - 25/07 - 21h30
Praça de Eventos - Avenida da Praia

Inverno na Praia - Setur
Show musical com banda Tríade
Sexta-feira - 26/07 - 21h30
Praça de Eventos - Avenida da Praia

Inverno na Praia - Setur
Show musical com banda Bichos da Costeira
Sábado - 27/07 - 21h30
Praça de Eventos - Avenida da Praia

Aeróbica na praia - professor Marílio e equipe
Sextas e sábados, das 20h às 21h30
Praça de Eventos - Avenida da Praia

Torneio Futebol Society na areia
De segunda a sexta, à partir das 15h
Próximo à Praça de Eventos
À partir de 9 anos de idade

Voleibol - Duplas
De quinta a domingo, à partir das 15h
Próximo à Praça de Eventos - Avenida da Praia.
Livre.

Exposição Maria Bonomi
“Naiades e Ninfas”
Até 31 de julho
De terça a domingo, das 10h às 18h. Entrada franca.
Sob a curadoria da Fundação Gilberto Salvador - um dos nomes mais expressivos da gravura brasileira, artista de reconhecimento internacional.
MAC-Museu de Arte e Cultura de Caraguatatuba

Arraiá do Coreto
26/07 - sexta-feira, Rincão Sertanejo -Violeiros e Catireiros de Jacareí;
27/07 -sábado, India Morena e Tramandaí com o show “Recordando Cascatinha e Inhana”, de Caraguá, e encerrando a noite, um belíssimo show de Zé Mira e Violeiros de São José dos Campos.
28 - Banda Municipal Carlos Gomes, música típica junina.
Local: Praça Dr. Cândido Motta, sempre às 21 horas, no coreto.

Oficina de técnica de lápis de cor - monitor Jac Costa
Aulas às quintas-feiras, das 9h às 11h, e das 14h às 16h
Local: Fundacc - Rua Santa Cruz, 396 - Centro - informações pelos telefones (12) 423-7555/3883-3737

Cinema nas férias - Clássicos do Suspense - Fundacc
Seções às 16h e 21h30 - entrada: R$ 1,00
Local: MACC - Praça Cândido Motta

26/07 - Um corpo que cai
27/07 - Psicose
28/07 - Trama macabra
29/07 - Sabotador
30/07 - O homem que sabia de mais
31/07 - Janela Indiscreta

1ª Mostra de Teatro Fundacc 2002
- 26 e 27/07 - A Morta - de Oswald de Andrade - Troupe Sobretudo & SaltoAlto
21h - ingressos antecipados: R$ 3,00 e na hora R$ 5,00
Local: Auditário da Fundacc - informações: 423-7555
- 02 e 03/08 - Feitiço dos Deuses - de Anali Alvarez - Grupo Faces e Fases
21h - ingressos antecipados: R$ 3,00 e na hora R$ 5,00
Local: Auditário da Fundacc - informações: 423-7555

Abertas novas vagas para curso de Cerâmica na Fundacc
Inscrições de 22 de julho a 30 de agosto. O curso acontece de 13 de agosto a 11 de dezembro, às terças e quartas-feiras, em dois informações (12) 4237555/ 3883-3737

Exposição “Os Dizeres do Amigo” - em homenagem ao Dia Internacional da Amizade
Até 31/07, das 9h às 17h - no salão de exposições da Fundacc
Rua Santa Cruz, 396 - Centro - Caraguá (Fonte: PMC)

Auxiliar é assassinado a pauladas no Porto Novo em Caraguatatuba

Caraguatatuba - O auxiliar de tesoureiro Aparecido Lima de Oliveira, 29 anos, foi encontrado morto, na madrugada de sábado pela Polícia Militar, após denúncia anônima. O corpo da vítima estava próximo à boca da barra do rio Juqueriquerê, no Porto Novo, em Caraguatatuba. Ele estava de bruços e tinha a cabeça enterrada na areia.
Conforme a polícia, Aparecido tinha uma lesão na cabeça, aparentando ter sofrido uma pancada. A vítima estava com a carteira, contendo documentos pessoais, dinheiro, talão de cheques e cartão de crédito. Ele sofreu traumatismo craniano.
Pesquisando os antecedentes criminais de Aparecido, natural de São Paulo, a polícia descobriu que ele tem passagens por receptação. O corpo seguiu para São Paulo, onde foi enterrado.
O homicídio está registrado na Delegacia de Polícia de Caraguatatuba e será encaminhado para investigação no 1° Distrito Policial. Segundo o delegado titular do município, Fábio de Carvalho Joaquim, ainda não se sabe a autoria e motivo do crime.

Acusado de furtos é morto no Jardim Gaivotas - Na tarde de ontem a Polícia Militar registrou mais um assassinato na cidade. Desta vez, a vítima foi o acusado de furtos, Edmilson Lemes, 21 anos, conhecido por “Tiziu”. Ele foi atingido com dois tiros na cabeça e um no braço, disparados por um revólver calibre 38, à queima-roupa.
Uma denúncia anônima levou a Polícia Militar ao local do crime, na antiga rodovia Rio-Santos, no bairro Jardim Gaivotas. Segundo a polícia, não há testemunhas, pois o crime ocorreu em lugar desabitado, próximo a torre da Rádio Oceânica.
“Tiziu”, natural de Caraguatatuba, era morador no bairro Ponte Seca, próximo ao local do assassinato. A vítima já esteve presa várias vezes na delegacia local, sempre pelo crime de furto. O setor de investigação apura a autoria e motivo, ainda desconhecidos. (Fonte: Imprensa Livre)

Wiki Wiki surpreende e vence a Eldorado
Regata tem um dia de folga hoje; amanhã todos os barcos voltam a disputar o título

Ilhabela - O benetau 40.7 Wiki Wiki, veleiro comandado por Nelson Ilha, foi o vencedor da regata Eldorado Alcatrazes por Boreste, na classe IMS, terminando a prova, que deu início à 29ª Semana de Vela de Ilhabela, com o tempo corrigido de 4h03seg15min.
O resultado é baseado num cálculo internacional, conhecido por rating, que considera o tamanho e o peso do veleiro, além da velocidade do vento, sendo utilizado em provas como a regata Eldorado Alcatrazes, onde participam barcos de características diferentes numa mesma classe, no caso a IMS.
A vitória do Wiki Wiki foi uma surpresa para a tripulação e também para as pessoas que estavam apostando nos barcos comandados pelas estrelas do iatismo, como o "Odoya", de Robert Scheidt; "No Brainer", de Lars Grael; o "Curupira", de Mark Essle e o Sorsa II, de Celso Quintela.
O comandante do barco vencedor, Nelson Ilha, o único juiz brasileiro de regata a ser convidado para a Olimpíada de Sidney, na Austrália, afirmou que este ano foi mais fácil terminar o percurso.
"Em 2001, velejei num catamarã. Dessa vez, foi mais tranqüilo porque o benetau 40.7 é um barco mais rentável. Nosso objetivo é conquistar o título nesta classe e já estamos saindo com vantagem agora é só manter o resultado".
O veleiro Pajero TR4 Daslu, do iatista Eduardo Souza Ramos, ficou com a segunda colocação, com o tempo corrigido de 4h03min38seg.
"A maior dificuldade na regata foi a inconstância do vento já que para cada condição é necessário uma vela diferente", disse Ramos.
O barco "Curupira", de Mark Essle, campeão em 98 e 2000, ficou em 3º lugar, com o tempo corrigido de 4h03min40seg. Já o "No Branner", com o tático Lars Grael, conquistou o 14º lugar, e veleiro baiano Odoya, com o timoneiro Robert Scheidt, ficou em 17º.
Na classe ORC, os barcos "Cururu", de Alexandre Arrais; "Asbar", de Luis Bolognesi; e "Samurai", de Marcos Caselli, conquistaram o 1º, o 2º e o 3º lugares, respectivamente.
Hoje acontecem as regatas de Grand Prix, da prova Mitsubishi Motors, um evento paralelo a Semana de Vela. Amanhã, às 11h, uma regata de médio percurso marca o reinício da disputa pelo título da Semana de Vela, evento náutico considerado o mais importante da América Latina, que se estende até sábado, dia 27. (Fonte: ValeParaibano)

Recorde de participantes em regata é batido em Ilhabela

Ilhabela - A 29ª Semana de Vela de Ilhabela superou todas as expectativas e registrou a presença de 174 veleiros de oceano, recorde absoluto em sua história, com mais de 1.200 tripulantes.
Com 50 barcos a mais que na edição passada, a semana se tornou a maior regata de oceano da América Latina, com representantes de várias partes do Brasil, quatro barcos argentinos, dois velejadores ingleses e um representante de Portugal.
O evento começou na manhã do último sábado, com a regata Eldorado Alcatrazes, com aproximadamente 50 milhas náuticas. Os barcos largaram no canal de São Sebastião, próximo ao píer da Vila, no centro de Ilhabela, com ventos fracos, de apenas seis nós.
Técnica - Mais do que quantidade e a quebra do recorde de inscritos, a 29ª edição da Semana de Vela de Ilhabela foi marcada pela competitividade dos barcos e pela qualidade técnica dos velejadores.
"O evento cresceu em qualidade técnica e também no tamanho dos barcos participantes", comentou o vice-presidente da Federação de Vela do Estado de São Paulo, Carlos Eduardo Sodré.
Segundo ele, os barcos estão muito maiores e, por consequência, mais rápidos.
A partir de 2003, ano que a Semana de Vela de Ilhabela completa 30 anos, algumas regras poderão ser mudadas.
"No futuro, talvez a gente comece a pensar em uma forma de limitar uma quantidade máxima de inscritos. Mas o importante é que o evento está crescendo a cada ano", disse Carlos Eduardo.
Com um grande número de favoritos, nem mesmo os tripulantes quiseram arriscar um resultado para a regata Alcatrazes.
O veleiro Curupira, do comandante Mark Essle, foi o campeão de Alcatrazes, embora tenha ficado na segunda colocação na Semana de Vela do ano passado, vencida pelo veleiro carioca Sorsa, comandado então pelos irmãos Torben e Lars Grael. (Fonte: BOL)

São Sebastião negocia prédio da Petrobras

São Sebastião - A Prefeitura de São Sebastião está negociando o uso de imóveis da Petrobras no município que estariam sem utilização. Em troca, a administração não cobrará o IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) da estatal.
O prefeito Paulo Julião (PSDB) disse que quer aproveitar os imóveis para abrigar algumas secretarias municipais e para projetos nas áreas social, cultural e educacional.
Julião afirmou que esteve reunido com a direção da Petrobras e da Transpetro na última sexta-feira, no Rio de Janeiro, para discutir o assunto.
A Transpetro é uma subsidiária da Petrobras, responsável pelo transporte de petróleo cru através de dutos.
Ele disse que primeiramente está negociando o uso gratuito de um armazém no centro da cidade, de 2.200 metros quadrados, e de uma área de tancagem, de 4.000 metros quadrados, onde funcionaria um Centro de Informações Turísticas. "A prefeitura gasta hoje R$ 150 mil com aluguéis", disse Julião.
O prefeito disse que em agosto representantes da empresa deverão visitar oficialmente o município.
O ValeParaibano não localizou os responsáveis pela Petrobras no final da tarde de ontem para comentar o assunto. (Fonte: ValeParaibano)

Marinha realiza exercício de tiro em Alcatrazes
Tiros com projéteis de areia acertam alvos em pedras localizadas na base das ilhas, que segundo a Marinha, não geram qualquer dano ao local atingido

São Sebastião - Enquanto a “Fragata Defensora” esperava melhores condições de vento para a largada da “Regata Eldorado Alcatrazes por Boreste”, na manhã do último sábado, no Canal de São Sebastião, outra fragata da Marinha do Brasil, a “Liberal”, seguia com cerca de 50 convidados para executar uma demonstração de tiros no arquipélago. O exercício começou por volta das 13h.
Os tiros com projéteis de areia acertaram alvos em pedras localizadas na base das ilhas, sem gerar qualquer dano ao local atingido. Foram executados três disparos de canhão e, com total precisão, todos acertaram a marca na ilha conhecida como Lage, uma pedra que fica bem ao lado da ilha principal.
De acordo com a Marinha do Brasil, trata-se de um treinamento extremamente necessário para o aperfeiçoamento de homens e equipamentos. Os tiros também não afugentaram os pássaros que vivem nas ilhas.
Conforme explicação do tenente César Marques, do Departamento de Armas da Fragata Liberal, Alcatrazes conta com uma casa utilizada como ponto de observação, onde ficam os marinheiros que ajudam na informação e posicionamento do navio em relação ao alvo. Além disso, o arquipélago possui um heliponto.
Toda a munição utilizada nos exercícios de tiro é inerte, ou seja, evita danos ambientais, como por exemplo, a destruição das rochas. Ao bater na pedra, o projétil, recheado com areia, se desfaz.
Os alvos ficam a pelo menos 30 metros de um ponto com vegetação. A margem de erro também é mínima. Um helicóptero com água acompanha as operações para um possível caso de incêndio.
Segundo a Marinha do Brasil, em 1991, um grupo de ambientalistas entrou com uma ação na Justiça e conseguiu impedir a realização dos exercícios de tiro em Alcatrazes.
Porém, em 1994, a ação foi julgada improcedente e a atividade voltou a ser realizada. Para o prefeito municipal de Ilhabela, Manoel Marcos, que esteve a bordo da “Fragata Liberal” durante o exercício de tiro realizado no último sábado, este tipo de atividade deve continuar.
“É a primeira vez que assisto ao exercício de tiro, e por questão de segurança, é importante que os marinheiros estejam treinados. Não vi impacto que traga prejuízo ao meio ambiente”, declarou Manoel Marcos.
Outro que assistiu à demonstração foi o presidente da Associação Comercial e Industrial de Caraguatatuba (ACIC), Jorge Washington. “O exercício de tiro prova que a Marinha do Brasil está bem preparada”. frisou.
O empresário Nilson Jones, de São Paulo, que pertence à Sociedade Amigos da Marinha (Soamar), destacou a eficiência. “Com esse exercício dá para perceber que estão muito bem treinados e que não é tudo isso que o pessoal fala em relação ao meio ambiente”, disse Jones.
Além dos tiros de canhão, também houve a demonstração de um lançamento de míssil anti-submarino no mar. A operação foi concluída por volta das 15h e o navio atracou no Porto de São Sebastião às 17h30. O delegado da Capitania dos Portos de São Sebastião, Paulo Rogério de Almeida, também acompanhou o exercício.
A reportagem do Imprensa Livre entrou em contato com a sede da Estação Ecológica Tupinambás, da qual faz parte o Arquipélago dos Alcatrazes, para obter a opinião do Ibama sobre este tipo de atividade, mas não conseguiu falar com a diretora que se encontra de férias. O gerente executivo do Ibama no Estado de São Paulo, Wilson Lima, não foi localizado.

“Isto que fazem em Alcatrazes é um crime”, diz ambientalista - O ambientalista Fausto Pires de Campos, membro do Projeto Alcatrazes, uma organização não-governamental (ONG) que há anos atua na defesa do arquipélago, criticou a ação da Marinha do Brasil. “Isto que fazem em Alcatrazes é um crime”, declarou.
Fausto Pires afirma que os exercícios realizados desde a década de 70 já destruíram 25% da floresta. Segundo ele, alguns alvos estão próximos aos ninhos de aves.
De acordo com o ambientalista, o artigo 225 da Constituição Federal diz que toda a atitude de degradação necessita de Estudo de Impacto Ambiental. “É o princípio da precaução”, frisou.
Para Fausto Pires, a utilização de projéteis inertes melhorou a situação, porém, não resolveu. “Ainda ocorrem danos, ainda pega fogo. Em 99 teve um incêndio”.
Ele ressaltou o fato da Marinha do Brasil realizar os exercícios de tiro em áreas que fazem parte a Estação Ecológica Tupinambás, do Ibama. Pires disse que idéia é entrar com outra ação na Justiça, contudo, acredita que a solução seja política.

Conheça a “Fragata Liberal” - Construída na Inglaterra há 25 anos, a Fragata Liberal só foi incorporada à Marinha do Brasil em 1978. Seu objetivo é proteção contra forças navais e ameaças submarinas, aéreas e de superfície.
Atualmente passa por um processo de modernização de seus equipamentos, o projeto “Modfrafg”. Todo o sistema de combate é computadorizado e integrado a diversos sensores.
A tripulação é de 21 oficiais e 187 praças. O navio está dividido em quatro departamentos: máquinas, armamento, operações e intendência.
No total, a embarcação tem 3,2 mil toneladas na água, sendo 129,5 metros de comprimento, 13,5 metros de largura (boca) e 7 metros de calado. Sua velocidade máxima é de 30 nós, cerca de 60km/h, já que possui quatro motores e duas turbinas.
Toda a energia elétrica é gerada por quatro geradores. O comandante é Juarez Alves. (Fonte: Imprensa Livre)

Três tartarugas e um boto aparecem mortos nas praias de São Sebastião

São Sebastião - A Fundamar (Fundação do Mar) em São Sebastião registrou o aparecimento de três tartarugas marinhas e um boto cinza, mortos, na cidade, no fim de semana. A Defesa Civil da prefeitura encontrou duas tartarugas, entre as praias Cigarras e Enseada, e o boto, na praia do Arrastão, sábado.
O chefe da Defesa Civil, Luiz Figueiredo, conta que sua equipe foi acionada por causa de uma tartaruga. “O animal tinha cerca de 1,10 metro de comprimento. Comunicamos a ocorrência à Polícia Ambiental, que também compareceu à praia”. O animal foi enterrado no local, conforme orientações do Projeto Tamar (Tartarugas Marinhas), em Ubatuba.
Figueiredo afirma que logo após o animal ser enterrado, surgiu a segunda tartaruga, com cerca de 50 centímetros de comprimento, também morta, que foi enterrada na praia. Ambas apresentavam ferimentos sendo que uma delas estava sem cabeça.
O chefe da Defesa Civil, momentos depois, viu o boto cinza morto, boiando na praia do Arrastão. A oceanógrafa Shirley Pacheco, da Fundamar, realizou autopsia no animal. O resultado ainda não ficou pronto.
Shirley conta que a terceira tartaruga surgiu na praia de Boracéia, na Costa Sul. “Ela ficou presa em uma rede, chegou viva à praia, mas não resistiu”. Shirley acredita que as duas primeiras tartarugas também tenham morrido por conta de rede de pesca. As tartarugas vivem na região para se alimentar.
A oceanógrafa suspeita que boto também morreu afogado por causa de rede de pescadores porque tinha lesão característica nas nadadeiras. Ele era da espécie Sotalia fluviatilis, comum no Litoral Norte.

Problema mundial - Segundo Shirley, a morte destes animais marinhos causada por redes de pesca é um problema mundial. Segundo ela, uma forma de se evitar a mortandade seria impedir uso de rede próximo a área por onde passam esses animais.
Ela conta que as redes, por serem quase transparentes, não são visualizadas pelos animais, como golfinhos, baleias e tartarugas. “Há um dispositivo sonoro que pode ser usado nas redes para alertar os bichos, mas é muito caro”.
Shirley afirma que uma baleia, na tarde de domingo, ficou presa em uma “rede de espera”, na praia de Maranduba, sul de Ubatuba.
Homens do Salvamar Paulista tentaram cortar a rede, quando cheguei ao local, a noite, não vimos mais a baleia”. Segundo o Corpo de Bombeiros, era um animal da espécie Jubarte.
O Corpo de Bombeiros de Caraguatatuba e a Polícia Ambiental retornaram ontem à área onde estaria a baleia, mas não avistaram o mamífero. Shirley afirma que a mesma ocorrência, envolvendo esta espécie foi registrada no Canal de São Sebastião, em novembro do ano passado.
Houve esforços para cortar a rede e a baleia conseguiu se livrar. A oceanógrafa explica que a Jubarte vive na Antártida e migra para o sul da Bahia no inverno para se reproduzir. (Fonte: Imprensa Livre)

Andréa Lopes confirma favoritismo e vence “Billabong Girls” em Maresias

São Sebastião - A surfista Andréa Lopes confirmou o favoritismos e venceu o campeonato de surfe “Billabong Girls”, disputado no final de semana em Maresias. A competição foi válida como abertura do Circuito Brasileiro de Surfe Profissional Feminino e terminou no domingo.
No total, 40 surfistas participaram do evento. Aos 28 anos, Andréa é uma das atletas mais experientes em atividade.
Ela enfrentou três talentos da nova geração, Taís de Almeida, de Saquarema; Suelen Naraísa, de Ubatuba; e Cláudia Gonçalves, de Guarujá; todas com 17 anos e ainda iniciando no surfe profissional. Atual campeã do Super Surf, líder da temporada e bicampeã do Super Trials, Andréa Lopes liderou a bateria do início ao fim e desequilibrou a disputa com uma nota 7. Taís foi a vice, seguida de Suelen e Cláudia.
"Estou muito feliz porque estou vivendo um momento de tranqüilidade e fico muito orgulhosa em ver esta nova geração chegando forte. Eu tenho participação neste crescimento porque sempre incentivei a nova geração", afirmou Andréa, que ganhou R$ 1,8 mil pelo título.
A vice-campeã deixou um recado para a veterana. "A Andréa teve sorte de achar aquela onda boa que lhe deu 7. Mas ainda teremos muitas disputas pela frente", concluiu Taís.
Pró Júnior - Com um verdadeiro show, o pernambucano Bernardo Pigmeu ganhou a etapa de abertura do Billabong Pro Júnior, que também aconteceu na praia de Maresias. Ele travou uma disputa acirrada contra o paranaense Jihad Kohdr até os últimos segundos para assegurar a sua 1ª vitória como profissional e quebrar um tabu de mais de dois anos sem chegar ao lugar mais alto do pódio.
A competição valeu como a primeira seletiva para definir o time brasileiro que vai ao Mundial Profissional Júnior (até 20 anos), em novembro, na Austrália. (Fonte: Imprensa Livre)

Sert lança cursos pré-profissionalizantes e realiza 466 inscrições

São Sebastião - Cerca de 700 moradores dos bairros da Topolândia, Olaria e Itatinga, em São Sebastião, participaram ontem, 21, do lançamento dos cursos pré-profissionalizantes gratuitos nas áreas de reparo em embarcações e pranchas de surfe, corte e costura (moda praia), serviços domésticos e de camareira, culinária e bijuteria.
Os cursos fazem parte dos programas da Sert - Secretaria do Emprego e Relação do Trabalho do Governo do Estado, por intermédio do PAE – Programa de Auto Emprego e conta com a parceria da Prefeitura de São Sebastião.
Durante todo o dia de ontem, 466 pessoas que estiveram na Escola Josefa de Sant´Ana Neves, se inscreveram para um dos cursos, que iniciaram-se hoje.
O curso de culinária foi o mais procurado com 164 inscrições, seguido pelo curso reparos em embarcações e pranchas de surfe, com 110 inscritos.
Participaram a cerimônia de lançamento o secretário estadual da Sert, Fernando Leça, o coordenador técnico do PAE, Clóvis Albano de Santana, o prefeito Paulo Julião, a presidente do Fundo Social de Solidariedade, Elsa Regina Julião, dentre outras autoridades civis e militares.
São Sebastião é a 109ª cidade a receber a implantação dos cursos da Sert, que desenvolve o projeto desde 1996.
Segundo Paulo Julião, o Governo do Estado, desde o início da gestão do PSDB, com o ex-governador Mário Covas, trabalha visando o cidadão. "Em São Sebastião, foram implantados os cursos onde as pessoas possam desenvolver trabalhos voltados ao turismo, isso porque o nosso trabalho é desenvolvido em conjunto com o povo, pois é ele que sabe quais são as maiores necessidades", disse o prefeito.
Para o secretário, Fernando Leça, o programa se destaca como um dos mais importantes da Sert pois o seu objetivo diverge da metodologia de outros cursos implantados, uma vez que objetiva capacitar pessoas para serem empregadoras, "donas de seus próprios negócios e geradores de outros empregos".
Leça destacou o fato de 67% dos empregos gerados hoje, estarem direcionados nas micro e pequenas empresas. "Com estes cursos nós pretendemos mais dos apenas criar um emprego, mas construir o futuro das pessoas envolvidas", concluiu Leça. (Fonte: PMSS)

Prefeitura desapropria Abrigo Batuíra, no bairro São Francisco

São Sebastião - A prefeitura de São Sebastião desapropriou hoje, 22, as áreas onde funcionavam o antigo Abrigo Batuíra, no Bairro São Francisco.
O local, segundo o prefeito Paulo Julião, será restaurado e deverá abrigar atividades voltadas à educação e cultura. "O abrigo foi de fundamental importância para São Sebastião, por isso, nós pretendemos utilizar o espaço de forma a reativar o bairro São Francisco, incentivando o turismo. Essa ação é mais do que uma simples desapropriação de imóveis, é a preservação de uma cultura", disse Julião.
A casa, única da cidade que ainda possui eiras e beiras de madeira, funcionou em São Sebastião como "Instituição Cristã Beneficente Verdade e Luz – Abrigo Batuíra", entre os anos 1945 e 1990, quando teve de ser fechada por problemas econômicos. Neste período, o abrigo funcionava como internato e colônia de férias às crianças carentes.
Fundada em 1904, atualmente a instituição continua realizando seus projetos sociais nas cidades de Poá, São Paulo e Porto Ferreira, e tem como presidente o sobrinho neto do fundador Batuíra, Arnaldo Pandolfi. "Nós atendemos 300 crianças no sistema semi-internato. Desta forma, nós recolhemos estas crianças no período em que as mães (que não têm condições de pagar creche ou escola) estão trabalhando", explicou Lorehy Novazzi, da instituição, que receberá o título de cidadão sebastianense pelos serviços prestados ao município à frente do Batuíra. O título foi oferecido pelo presidente da Câmara, José Luiz Ribeiro, durante a cerimônia de assinatura.
Também participaram da cerimônia os vereadores Marco Antônio de Souza, Marco Leopoldino, Dalton José da Silva, João Barreto, Joel Manoel de Mattos, além dos secretários Luiz Leite Santana, da Fazenda; Vera Hilst, da Educação; Paulo Roberto machado Guimarães, de Assuntos Jurídicos; Vera Alonso, de Desenvolvimento Econômico e Assistência Social; o chefe de gabinete, Ubirajara Nascimento e José Pacini Filho. (Fonte: PMSS)

Termina busca por destroços de helicóptero

Ubatuba - Policiais do Corpo de Bombeiros e agentes do DAC (Departamento de Aviação Civil) encerraram ontem às 16h a operação de varredura entre a praia de Picinguaba, em Ubatuba, e a Ponta de Trindade, em Paraty. Uma equipe de 15 homens do Salvamar (Salvamento Marítimo) trabalhou durante sete dias nas buscas por mais destroços do helicóptero que sofreu o acidente em 1992, responsável pela morte de cinco pessoas, entre elas o deputado federal Ulysses Guimarães e o ex-senador Severo Gomes.
Não foi encontrado nenhum material durante as buscas marítimas. Na última sexta-feira, a equipe localizou destroços de um helicóptero em um rancho de pescadores nas proximidades da Ponta de Trindade, em Paraty. As peças foram enviadas para a perícia no sábado.
O tenente do Salvamar de Guarujá, Ricardo Pellicioni, disse que o Corpo de Bombeiros não descarta a possibilidade de os destroços terem sido arrastados pela maré.
Segundo o DAC, as peças encontradas serviram para confirmar a aeronave de origem, mas não são suficientes para uma investigação mais detalhada sobre as causas do acidente. O DAC informou que para as investigações das causas do desastre são necessárias peças do motor, instrumentos do painel ou da caixa da aeronave. (Fonte: ValeParaibano)

Carta do Leitor

Marajá do Elefante Branco - Ao internauta que disse que temos as praias mais belas do mundo e que não devemos nos preocupar com assuntos isolados: concordo com a primeira frase, mas com a segunda não. TEMOS QUE MORALIZAR SIM. Fico aqui pensando no PORQUE que, na primeira sessão da Câmara, SETE vereadores votaram a favor da CPI do carro, e na segunda, apenas QUATRO votaram pela continuação da mesma. O que será que aconteceu nesse meio tempo, já que não houve nenhuma defesa plausível ? Porque essa mudança de pensamento a respeito do certo e do errado ? Se HOJE eu acho essa atitude do Prefeito errada, vou achar SEMPRE, mas, três vereadores, mudaram de opinião, num curto espaço de tempo, passaram a achar que a tal compra estava certa, PORQUE?

Bel Dergham
Sertão da Quina - Ubatuba


Caminhos e Labirintos - Em nome da normatização da “programação visual” do município, esta semana deu caça as placas, faixas e tabuletas indicativas. A chiadeira maior, e com razão, foi por conta da surpresa. Não houve nenhum aviso oficial ou notificação. Um rapa. Uma ação coercitiva e prejudicial tanto aos proprietários das placas quanto aos usuários, merecia uma ação pensada, planejada e coerente.
No mínimo, esperava-se a substituição imediata por outras dentro do “padrão”. Afinal, estamos, pensamos ou nos iludimos estar em um município turístico. A pergunta é: existe e já esta devida e legalmente aprovada a nova normatização? Parece que não. E enquanto isso? A poluição visual das várias formas de indicação e /ou divulgação através de placas, faixas e etc, é, sem sombra de dúvidas uma agressão a nossa paisagem.
Como elas, há uma enormidade de outros agentes não menos e tão mais “poluidores” da paisagem que foram preteridos da “caça”. Porque será? Dão mais trabalho? As caças reagiriam com violência? Haveria maior prejuízo político? Precisaria de mais coragem? Caça é caça.
A “presa” mais atual pode-se constatar nos “campos’ da praça da Exaltação a santa Cruz. Barracas vermelhas (horríveis) “adornadas” por pontaletes de eucalipto fincados no passeio público (que jamais será consertado) pintados também de vermelho vivo, com uma bandeirola “festiva” na ponta. Lindos! Afora o manuseio de alimentos ao ar livre (nos moldes dos carrinhos de lanche) sem higiene e sem sanitários, o lixo malcheiroso deles, de cada dia, se avoluma nas esquinas, revirados a todo instante por catadores de latinhas e mendigos a procura de restos de vinho quente ou quentão. Qualquer um pode ter direito ao “mau gosto” desde que o tenha dentro de sua casa. Nunca em uma área pública e principalmente em uma cidade turística. Da vergonha.
Duas outras, mais antigas, são a feirinha paraguaia e suas lonas multicoloridas aposta em túmulos gigantes, de frente para o mar, numa verdadeira obra de arquitetura insana e os afamados carrinhos de lanche espalhados pela avenida Iperoyg (e pelas ruas da cidade). Poderíamos ainda citar as “maravilhosas” “butiques de praia”, as exposições de redeiros, de móveis na beira da estrada, o camelódromo da Praia Grande, os depósitos de areia e pedras nas vias publicas, as placas da SABESP (sabendo usar não vai faltar) a da Cooperativa de esgoto da praia Grande (caindo aos pedaços) as faixas oficiais amarradas em postes e arvores.
Nossa!!! Quantas caças a serem caçadas. O problema é que não há “bala” para estas caças. Muito mais fácil atirar naquelas (estáticas) que (aparentemente) pouco revidam. Muito barulho. Até quando? Nenhum excesso de boa vontade pode eximir o planejamento. Principalmente daqueles que “estão a soldo da comunidade”. O resultado é um monte de ações desencontradas e desordenadas de efeitos pífios (como os abandonados mirantes). Existem vários caminhos que levam a um mesmo lugar. A cidade e sua economia precisa urgente é de resultados práticos. Chega de labirintos. Desse tipo de caminho (tentativa e erro) já conhecemos e estamos cansados. De todos.

Ronaldo Dias
Empresário no ramo de hotelaria
e colaborador do Litoral Virtual

 

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão:
Clique Aqui.


Anuncie Aqui! alv.com.br Exata Informatica

As notícias e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando nescessariamente a opinião deste informativo.


Receba as notícias via e-mail:

Quero receber o boletim Últimas Notícias do Litoral na versão:
Compacta (apenas as manchetes c/ Link)
Completa (todas as notícias na íntegra) 
e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br


©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor