Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Quinta-feira, 09 de janeiro de 2003 - Nº 697 Edições Anteriores

Moacyr Colli Junior e Advogados Pousada das Cachoeiras Naturali Garden Center

Litoral Norte:
   Litoral Norte pode ter risco de dengue, diz Sucen
   Santas Casas do litoral dobram equipes para atender temporada
   Cetesb aumenta coleta em praia poluída
   Turista reclama de falta de sinalização
   Sabesp fiscaliza ligações clandestinas
   Prefeitura e DISE de São Sebastião criam disque-denúncia
   Rios mais Limpos no Litoral Norte

Caraguatatuba:
   Bombeiros registram índice zero em morte por afogamento
   Parceria entre Prefeitura e Polícia Militar
   Alimentos são fiscalizados pela Vigilância Sanitária
   Prefeitura combate pernilongos e borrachudos
   Bruno & Marrone fazem a festa no Caraguá Music
   Falamansa irá balançar o balco do Caraguá Music
   Programação de eventos em Caraguá

Ilhabela:
   Passageiros serão recepcionados com apresentações de danças
   Ilhabela aplicará multas contra estacionamentos clandestinos
   Artistas são convidados a participar da exposição Arte na Vila
   Programação de Esportes para Verão 2003 em Ilhabela

São Sebastião:
   Começa o Campeonato Brasileiro de Optmist
   Prefeitura assina contrato de R$ 141 mil para instalar radares
   Dono de embarcação não consegue entrar com combustível no cais

Ubatuba:
   TJ suspende condenação de David Praxedes
   Central de Reservas apresenta um outro lado de Ubatuba
   Encerrada campanha promocional de combate à Dengue
   Mercado de Peixe passará por reforma

   Carta do Leitor



Litoral Norte pode ter risco de dengue, diz Sucen

Litoral Norte - A Sucen (Superintendência de Controle de Endemias do Estado) apontou ontem a possibilidade de ocorrer uma nova epidemia de dengue este ano em São Sebastião e em Caraguatatuba. Segundo o engenheiro-agrônomo da regional da Sucen, Francisco de Assis Gomes, as altas temperaturas e a grande incidência de chuvas propiciam melhores condições de procriação do mosquito trasmissor da doença, o Aedes aegypt. "Esses dois fatores fazem o inseto se desenvolver mais rapidamente." No ano passado, São Sebastião registrou 2.447 casos notificados, sendo 1.235 deles confirmados. Em Caraguá, foram 1.418 notificações, sendo 454 confirmados. (Fonte: ValeParaibano)

Santas Casas do litoral dobram equipes para atender temporada

Litoral Norte - As santas casas do Litoral Norte estão reforçando a estrutura de atendimento para a temporada. Os hospitais estão tendo que ampliar o número de médicos, enfermeiros e conseguir mais medicamentos.
Segundo o secretário de Saúde de Ilhabela, Antônio Luiz Colucci, a equipe de enfermeiros e médicos terá um reforço de cerca 40% até fevereiro.
"Os atendimentos emergenciais duplicam na temporada, principalmente em janeiro. Dois médicos estarão trabalhando durante 24 horas no hospital e pronto-socorro", disse.
Colucci afirmou que em casos mais graves, os pacientes são transferidos para São Sebastião e hospitais do Vale. "O município administra 100% do hospital mas ainda não temos estruturas para cirurgias cardíacas e neurológicas", disse.
Segundo a provedora da Santa Casa de São Sebastião, Elizabeth Chagas, o reforço será feito no pronto-socorro. "O hospital estará atendendo com três médicos durante 24 horas. Teremos plantonistas e enfermeiros nos setores de cirurgias e maternidade", disse.
A Santa Casa de Caraguatatuba informou que mais de 50% dos atendimentos da temporada são vítimas tiro e facada, acidentes de trânsito e excesso de bebidas alcoólicas.
Segundo a administração, na temporada a emergência vai funcionar com dois médicos plantonistas e um anestesista. Será duplicado o estoque de remédios, principalmente soro e antibiótico.
Os hospitais do litoral possuem apenas UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para adultos. Em Caraguá, está sendo construído uma UTI neo-natal, mas a obra ainda não tem prazo para a conclusão.
A Santa Casa de Ubatuba não se pronunciou sobre o assunto.
SANGUE - O reforço também terá que ser feito para garantir estoques de sangue. A demanda de bolsas de sangue duplica no verão e estão previstos aumentos em média de 30% nos estoques.
São Sebastião pediu ao Hemonúcleo de Taubaté cerca de 25 bolsas por semana para atender a demanda. Nos demais meses o hospital recebe 16 bolsas semanalmente.
"Nessa época precisamos do apoio da população como doadores para que o sangue seja suficiente para atender todos os casos", disse a provedora.
A administração da Santa Casa de Caraguá informou que intensifica o estoque de sangue. Em dias normais o número de bolsas por semana solicitadas varia entre 20 e 35. Na temporada são necessárias 50 unidades.
Em Ilhabela, o estoque de sangue do hospital é reforçado em 50%. O hospital prevê instalar nos próximos meses uma unidade para a coleta de sangue. (Fonte: ValeParaibano)

Cetesb aumenta coleta em praia poluída
Análise extra inclui sete praias do Litoral Norte; turista reclama de falta de sinalização nos locais impróprios

Litoral Norte - A Cetesb (Companhia de Tecnologia e Saneamento Ambiental) decidiu intensificar a análise da água em sete praias do Litoral Norte depois dos resultados de balneabilidade do último boletim, divulgado na terça-feira. Houve um aumento no número de praias poluídas --de 11 para 16.
Segundo a companhia, os locais que terão boletins extras foram escolhidos de acordo com a reincidência de poluição e áreas de grande concentração de turistas (veja quadro nesta página).
Até o final do mês, a análise extra será feita três vezes por semana (domingo, quarta-feira e sábado). Os resultados estarão disponíveis aos domingos, terças e quintas-feiras.
A Cetesb divulga hoje o primeiro laudo extra de balneabilidade. O restante das praias continuará com o boletim semanal, em que as coletas são efetuadas aos domingos e o resultado divulgado às quintas-feiras.
Segundo a gerente do Setor de Águas Litorâneas da Cetesb, Claudia Lamparelli, a intensificação do teste acontece nas praias que apresentaram históricos de poluição por esgoto na temporada passada.
"Estamos analisando ainda as praias que estiveram na classificação de poluição das últimas semanas e com movimento intenso de banhistas."
Cláudia afirmou que o número de praias impróprias costuma aumentar na segunda e terceira semanas de janeiro.
"Analisamos a intensificação das praias impróprias em janeiro há quatro anos. O motivo da poluição é o despejo direto de esgoto domiciliar sem tratamento nas praias", disse Cláudia.
A gerente disse que o aumento do número de turistas no período e a chuvas também podem alterar as condições de qualidade.
"O esgoto vai direto para as praias pelos córregos, rios e galerias de águas pluviais. As chuvas podem carregar essa poluição", disse.
A Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) e as prefeituras do litoral informaram ontem que aumentaram as vistorias para detectar casas com ligações clandestinas de esgoto (leia texto nesta página).
Ontem, os turistas reclamaram da sinalização nas praias impróprias. A maioria disse desconhecer a condição (leia texto nesta página).
PANFLETO - A partir do dia 18 de janeiro, a Cetesb vai iniciar a distribuição de panfletos informando a qualidade das praias. Os panfletos serão entregues nos pedágios que dão acesso às cidades litorâneas e nas praias. (Fonte: ValeParaibano)

Turista reclama de falta de sinalização

Litoral Norte - Os turistas que estavam nas praias impróprias reclamaram ontem da falta de sinalização. Segundo a Cetesb, a média é de uma bandeira para cada praia.
A estudante Ana Carolina Dias, 23 anos, de São Paulo, disse que não viu a bandeira vermelha (imprópria) ontem na praia do Perequê, em Ilhabela. "Não percebi que tinha uma bandeira na praia, pois estava distante do local que frequento. A indicação deveria estar em todos os pontos", disse.
O estudante André Lima, 22 anos, de Piracicaba (SP), disse que só depois de entrar na água ficou sabendo que a Martin de Sá, em Caraguá, estava imprópria.
"A partir de amanhã (hoje), vou procurar outra praia que não esteja poluída", disse.
A operadora de telemarketing Chiara Andrei, 38 anos, disse que a divulgação não é adequada. Ela frequenta a praia Arrastão, em São Sebastião, reprovada no teste de balneabilidade.
A gerente do Setor de Águas Litorâneas da Cetesb, Claudia Lamparelli, disse que as bandeiras são colocadas somente nos pontos de coleta de água para análise.
A média por praia é de uma bandeira mas, em locais de maior extensão, podem ser instaladas até duas sinalizações.
COMÉRCIO - As vendas nas praias impróprias caiu nos últimos dias, segundo os comerciantes da região.
A vendedora de milho Antônia de Souza, 49 anos, afirmou que percebeu a redução das vendas na praia desde o início da semana. Antônia atua na Martin de Sá, considerada a mais popular de Caraguá. A praia foi reprovada no último teste de balneabilidade da Cetesb.
"O banhista vai procurar um local próprio para banho, pois fica com medo de contrair uma doença na praia poluída", disse a vendedora.
A comerciante de São Sebastião Maria Pereira, 36 anos, disse que a bandeira vermelha afasta os turistas. Ela trabalha há 4 anos na praia do Arrastão, que teve classificação negativa.
"Apesar de ter turista na praia, o movimento ainda não é satisfatório. Percebo que muitas pessoas chegam na praia e retornam pois não está indicada para o uso", disse Maria. (Fonte: ValeParaibano)

Sabesp fiscaliza ligações clandestinas

Litoral Norte - Para tentar amenizar o problema da poluição nas praias, a Sabesp e as prefeituras do Litoral Norte intensificaram as vistorias para detectar casas com ligações clandestinas.
Nesses casos, o esgoto é jogado diretamente nos rios e córregos, que levam para o mar a sujeira.
Segundo a assessoria de imprensa do Sabesp, outro fator que prejudica a rede de esgoto são as duchas das casas de veraneiro, que são ligadas ilegalmente à rede coletora, aumentando o volume e transbordando o esgoto.
Em Ilhabela, o principal problema é ocasionado pelo sistema precário de coleta. Segundo o secretário da Saúde, Antônio Luis Colucci, o sistema de esgoto atinge apenas 10% das casas no município.
Em São Sebastião, a prefeitura espera da Sabesp a execução de uma lei, aprovada em 2002, que permite à empresa cobrar taxa de água e esgoto das casas onde existe rede nas ruas mas os moradores optam por ligações clandestinas.
"O motivo da poluição é a falta de educação ambiental", disse o diretor de Meio Ambiente, Nivaldo Simões.
Em Ubatuba, o assessor técnico da Secretaria do Meio Ambiente, Fabian Alberto Pérez, afirmou que a poluição piora "pela falta da estação elevatória, que leva o esgoto das casas para a estação de tratamento".
O mesmo problema é apontado pelo secretário do Meio Ambiente de Caraguatatuba, Auracy Mansano Filho. "Assim que as obras ficarem prontas, a Martin de Sá não deverá mais sofrer com a poluição", disse Mansano Filho. A Sabesp está concluindo a obra de uma estação de tratamento de esgoto que atenderá a região da Martin. (Fonte: ValeParaibano)

Prefeitura e DISE de São Sebastião criam disque-denúncia

Litoral Norte - O Litoral Norte conta com um serviço telefônico de atendimento gratuito à população, para a questão da segurança. Através dele a polícia pode ser acionada para receber denúncias sobre a ação de bandidos e traficantes. O disque denúncia 0800-7704463 já funciona em caráter experimental e a população tem sigilo absoluto garantido. O trabalho é resultado de uma parceria entre polícia civil e prefeitura de São Sebastião. (Fonte: PMSS)

Rios mais Limpos no Litoral Norte
Avaliação da Ação ambiental de 22 de dezembro do CBH-LN

Litoral Norte - O CBH-LN e a SMA/CETESB, desde julho de 2002, elaboraram um projeto e buscaram patrocínio para a Operação Verão 2003. Infelizmente o patrocinador, por conta da transição política, desistiu de financiar a proposta que foi elaborada em conjunto com todos os municípios do Litoral Paulista (Norte, Baixada Santista e Litoral Sul).
Apesar desse fato, e por demanda de técnicos da nossa região, o CBH-LN foi à luta para organizar algum tipo de ação voltada para fortalecer a consciência ambiental diante do afluxo de turistas previstos para a temporada.
As decisões:
Resolvemos, em uma reunião, para a qual foram convocadas as ONGs, prefeituras e órgãos do Estado, que faríamos um mutirão de limpeza nos rios do litoral norte. Foi elaborada uma lista dos principais rios de cada município e em seguida foi escolhido o rio principal de cada município, a saber: Indaiá em Ubatuba; Juqueriquerê em Caraguá; Una em São Sebastião e Toca em Ilhabela (posteriormente Ilhabela desistiu). Foi escolhido em conjunto o dia 22 de dezembro, pois apesar de ser domingo, tratava-se do início do verão para realizarmos o mutirão em todos os municípios concomitantemente.
As atribuições:
Ficaria sob responsabilidade das prefeituras e das ONGs a mobilização das pessoas e ao CBH conseguir a infraestrutura (sacos de lixo, luvas, galocha, colete salva-vidas, lanche, faixas, releases para a imprensa, contatar órgãos estaduais para prestar apoio). Além disso, gravamos spots com dicas para um verão legal.
Neste meio tempo a Secretaria Executiva do CBH-LN, conforme havia se comprometido, encaminhou ofícios para a CETESB, Polícia Ambiental, SABESP, Corpo de Bombeiros, Prefeituras Municipais, Polícia Rodoviária, entre outros pedindo apoio.
Apoios:
A CETESB logo de início já se prontificou a ajudar e nos enviou 500 sacos de lixo de 100 litros, 400 luvas cirúrgicas e 100 luvas de borracha, 22 salva-vidas, 20 galochas, imprimiu 10.000 folhetos sobre fossas sépticas, nos enviou ainda 5.000 cópias do folheto para combate à dengue, e no dia enviou um laboratório volante (que mede alguns parâmetros de qualidade da água) e uma embarcação. Além disso, cedeu tinta e madeiras para fazer placas e o CBH-LN contratou a elaboração das faixas convocando o público para o evento.
O Super Mercado Paulista, de Ubatuba, nos ajudou enviando 20 caixas de água Minalba, 15 pacotes de pão pulman, mussarela fatiada, que constituiu o lanche encaminhado para todos.
A SABESP nos enviou folhetos sobre cuidado com caixas d’água, como realizar a conexão das casas à rede, e outros folhetos sobre dengue.
A Polícia Ambiental, o Corpo de Bombeiros, e a Polícia Rodoviária se comprometeram a nos apoiar, o que ocorreu parcialmente.
As Prefeituras apoiaram o evento com transporte e com o caminhão para a coleta de lixo.
Dessa forma e estando sempre em contato com todas as ONGs que estavam na organização, a saber: APPRU, ACAJU, A. L. Norte, Caeté conseguimos organizar os mutirões, sendo que todo o mês de dezembro foi dedicado a isso.
O Material citado foi em parte encaminhado pelo CBH-LN para as Prefeituras e ONGs no dia 20 de dezembro e Rosa Maria foi pessoalmente entregar lanches, água e folhetos restantes no próprio dia 22 a partir das 6:00h. Por tratar-se de final de ano Rosa Maria não pode contar com as outras 3 pessoas de sua equipe, e por estava sozinha e não pode participar dos mutirões, restringindo-se à entrega do material...
Chuva....!!!
Para complicar as coisas...no dia choveu muito em Caraguá, em Ubatuba (demais...) e nada em São Sebastião..., mas mesmo assim o evento aconteceu...e abaixo segue a descrição sucinta do que ocorreu nos 3 municípios...
Caraguatatuba:
De acordo com Daniel da P.M.Caraguá, chefe de sessão técnica de meio ambiente, o mutirão do Juqueriquerê ocorreu das 9:00 às 12:30h. Compareceram ao local por volta de 30 pessoas, sendo que contaram com o apoio para a coleta de lixo de 2 traineiras, 6 caiaques, duas lanchas. Retiraram do rio mais de 20 sacos de 100litros de lixo, sendo que a avaliação do evento foi positiva. Compareceram representantes da ACAJU, da Cocanha, da PMC e da Polícia Ambiental. Ao final o caminhão de lixo da PMC retirou tudo do local. Aavaliação dos participantes foi positiva e querem organizar outro mutirão ainda neste mês.
Ubatuba:
A ação ambiental no Rio indaiá reuniu mais de 50 pessoas das seguintes entidades/instituições: APPRU, CETESB, Grupo de Escoteiros Iperoig, Escola Maria Alice da Silva (com a sua direção e professoras que fizeram trabalho com as crianças sobre o rio Indaiá o ano todo), Corpo de Bombeiros, Polícia Rodoviária, Polícia Ambiental, Polícia Federal, Associação de Bairro do Taquaral, Comunidade do Perequê Açu, Comunidade da Barra Seca, Casanga, moradores do Rio Indaiá.
Tiveram apoio de canoas e caiaques para a retirada do lixo, mas devido a chuva só conseguiram limpar o trevo, o local da partida do evento, e uma pequena parte do rio e mangue, mas mesmo assim 30 sacos de lixo de 100 litros foram retirados, inúmeros pneus, calotas, carrinho de mão, latas, garrafas pet, sacolinhas plástica, pia, etc. O desafio será fazer a limpeza de todo o manguezal e tirar um grande armário de ferro que encontra-se no leito do rio.
Ao longo da rodovia colocaram uma faixa falando da ação e fazendo uma blitz ambiental com entrega de folhetos. Foram distribuídas mais de 60 camisetas para os que trabalharam.
A CETESB estava presente com o seu laboratório volante que media nível de oxigenação da água do rio, PH, acidez, salinidade, condutividade. Nos próximos eventos este lboratório móvel irá para outros municípios.
Segundo Antonio Augusto de Oliveira Neto da APPRU o que atrapalhou foi a chuva, mas a sua avaliação é positiva, apesar da época difícil (temporada), mas já está pronto para iniciar outra ação ambiental....
São Sebastião:
De acordo com Fernanda o mutirão no Una reuniu por volta de 15 pessoas, mas foi retirado todo o lixo existente (cerca de 600 litros , além de material de construção e pneus) pois as marinas daquela região usualmente fazem este serviço. O grande apoio veio de Sr. Adrian que forneceu embarcações e pessoas para ajudar.
A avaliação de Ana Maria Borges de Olinda da ONG Caetê, de São Sebastião, que enviou texto, foi de que apenas parte do objetivo de envolver as comunidades e entidades que estão trabalhando na perspectiva de proteção dos rios foi alcançado, pois a atuação foi feita apenas por 3 ONGs ( Projeto Caetê Ecolazer, Al Norte e Econaútica) e a empresa Marina Canoa.
Considerou que a data (22/12) não foi apropriada, pois na Costa Sul -SS é difícil ocorrer mobilização nesta data quando a maioria das pessoas está saindo de viagem para o Natal. A PMSS compareceu com apenas 3 funcionários, sendo que a Defesa Civil, Polícia Ambiental, Corpo de Bombeiros e o CBH-LN, não compareceram para executar as funções pertinentes. Ao subirem o rio verificaram que existe apenas um local com problemas de lixo, próximo a uma extração de areia. Ana Maria afirma: ”Temos outros rios que necessitam deste trabalho efetivado e é nosso interesse trabalhar nos rios de Maresias, Boiçucanga e Camburí”. Avaliou como positivo enquanto passeio.
Comentários:
Acima foi descrito todo o processo para organização deste evento e todo esforço por nós empreendido para a sua realização. Para aqueles que conhecem nossa atuação e estrutura, sabem que não fazemos distinção entre um município e outro e que temos uma equipe de 2 técnicos e 3 estagiários para realizar todo o trabalho do Comitê. Todas as demandas foram atendidas buscando satisfazer igualmente os 3 municípios envolvidos nesta ação e entregamos todo o material em tempo hábil para sua utilização , o que era nossa responsabilidade. Além disso, a data e o Rio (local) foram escolhidos pelas próprias ONGs, apesar dos nossos protestos, pois a nossa idéia era realizar em rios com maior visibilidade, para que mais pessoas se sensibilizassem, e em data mais apropriada...mas nos rendemos à decisão da maioria que estava na reunião de 03/12/02 no Módulo em Caraguatatuba, sendo que São Sebastião foi representado por Ana Paula Caribe da A. L. Norte.
De qualquer forma estamos à disposição para apoiar a realização de outros eventos, nos locais e datas definidos pelas entidades.
Apesar de todos os reveses avaliamos como uma ação positiva e devemos transformar isto numa prática rotineira... (Fonte: CBH-LN)

Bombeiros registram índice zero em morte por afogamento

Caraguatatuba - O Corpo de Bombeiros de Caraguatatuba está satisfeito e otimista com seu trabalho na temporada de verão 2002-2003, pois nenhuma morte por afogamento foi registrada nas praias da cidade desde o dia 26 de dezembro. Mais 30 guarda-vidas temporários foram contratados, 15 pela prefeitura e 15 pela Petrobrás, para trabalharem pela segurança das pessoas nas praias.
De acordo com o Corpo de Bombeiros, foram feitos 8 salvamentos por afogamento, um resgate de embarcação em situação de risco, 21 crianças (entre 2 e 5 anos de idade) perdidas e 5 casos clínicos (desde de insolação até coma alcoólico) até hoje.
Segundo o comandante dos bombeiros de Caraguá, tenente Igor Sergei Klein, os 30 guarda-vidas temporários mais os 24 homens do Corpo de Bombeiros ficam espalhados nas praias Mococa, Cocanha, Lagoa Azul (Capricórnio), Martin de Sá, Prainha, Indaiá, Praia da Lagoa, Praia das Palmeiras, Flecheiras e Barra do Juqueriquerê em três turnos: das 7h30 às 13h30, das 13h30 às 19h30 e das 10h às 18h. “O horário considerado crítico é aquele entre 10h e 16h, quando todos os 54 homens estão trabalhando. Nossa escala já funciona assim para que todos estejam trabalhando nesse horário. O trabalho dos guarda-vidas temporários só termina em março, após o carnaval”, disse.
O comandante informou que Caraguá foi dividida em três para organizar melhor a ação dos guarda-vidas. “Dividimos a cidade em região Norte, que vai da praia da Tabatinga até a Lagoa Azul; região sul, que começa no Indaiá e termina no Rio Juqueriquerê e centro, que vai da praia Brava até a praia do Camaroeiro”. Ele acrescentou que existem duas embarcações de apoio nas regiões norte e sul; no centro, uma viatura de resgate e nas praias Flecheiras, Palmeiras e Indaiá estão os quadriciclos.
Segundo o tenente Klein, até agora, o resultado do trabalho está extremamente positivo, pois a campanha educativa, com distribuição de panfletos e pulserinhas para crianças, tem se desenvolvido muito satisfatoriamente. Ele ainda dá algumas dicas para uma melhor segurança nas praias como procurar se banhar em locais onde existem salva-vidas trabalhando, não consumir bebidas alcoólicas e nadar em seguida, não perder as crianças de vista e ele dá o alerta de que “água no umbigo é sinal de perigo”.
Os equipamentos utilizados pelos guarda-vidas são o apito, que alerta as pessoas sobre a área de risco no mar, as nadadeiras e o flutuador, para resgate na água. O treinamento dos bombeiros dura um ano e três meses e dos homens temporários dura 4 semanas.
“Estamos muito satisfeitos com os excelentes resultados dessa temporada, já que a prefeitura nos apoiou bastaste objetivando a intensificação dos trabalhos de segurança e salvamento em Caraguatatuba”, concluiu o comandante. (Fonte: PMC)

Parceria entre Prefeitura e Polícia Militar

Caraguatatuba - Para sua segurança, a Polícia Militar e a Prefeitura de Caraguatatuba irão dobrar o efetivo nas ruas e praias, e você também pode fazer a sua parte. Colabore tamando algumas precauções que lhe garantam um verão tranqüilo. Aproveite bem as praias e belezas naturais, que fazem da "Nossa Caraguá" uma das melhores cidades turísticas do país.
Segundo o Capitão PM Padulla, basta seguir alguns conselhos práticos:

01- Nunca reaja durante um assalto.
02- Ao ligar 190, passe todas as informações de forma que o atendente possa registrar onde você está, o que você precisa e o quê aconteceu.
03- Ao perceber que está sendo seguido ou observado, procure a ajuda de um policial militar ou disque 190.
04- Evite mostrar ou carregar grandes quantidades de dinheiro, talões de cheque, cartões de crédito e jóias. As bolsas e sacolas devem ser transportadas junto ao corpo e do lado de dentro da calçada.
05- Procure caminhar no centro da calçada e contra o sentido do trânsito. É mais fácil perceber a aproximação de um veículo suspeito.
06- Preserve sua vida e respeite as leis de trânsito: Se for dirigir não beba, se beber não dirija.
07- Procure estacionar seu veículo em locais seguros, sempre com as portas travadas e sem objetos à mostra.
08- Oriente seus filhos a não aceitarem convites de pessoas desconhecidas para passear em carros, entrar em casas, terrenos; mesmo que atraídos por doces, objetos, dinheiro. Este é um recurso bastante utilizado por malfeitores.
09- Namorar na praia é bom, mas à noite, escolha um lugar mais seguro.
10- Em congestionamentos, ande com os vidros do carro fechados e não abra para vendedores, pois podem ser assaltantes disfarçados. (Fonte: PMC)

Alimentos são fiscalizados pela Vigilância Sanitária

Caraguatatuba - A Vigilância Sanitária de Caraguatatuba está intensificando a fiscalização sobre a venda de alimentos por ambulantes nas praias do município. O setor atua através de quatro fiscais que percorrem as praias diariamente e aprendem produtos vendidos ilegalmente por ambulantes. Os produtos mais apreendidos são os peixes fritos, ostras, camarão no espeto e mariscos. Segundo José Ernesto, coordenador do setor, a venda desses produtos na praia é proibida, bem como a de batidas de frutas com bebidas alcóolicas. Os ambulantes só têm permissão para vender água e cerveja e refrigerante em lata, desde que possuam o alvará da prefeitura. Com relação aos quiosques, a Vigilância Sanitária fiscaliza a qualidade dos produtos comercializados, alertando para a data de validade, temperatura, conservação e manipulação dos alimentos, entre outras orientação que garantam o bem estar dos consumidores e evite riscos à saúde dos consumidores.
A fiscalização do comércio também tem realizado fiscalização nas praias, apreendendo produtos comercializados sem a licença da prefeitura. (Fonte: PMC)

Prefeitura combate pernilongos e borrachudos

Caraguatatuba - A prefeitura de Caraguatatuba está intensificando o controle de borrachudos e pernilongos através da Vigilância Epidemiológica. Segundo a bióloga Beatriz Oliveira, o controle dos pernilongos (insetos que picam à noite) vem sendo feito há 30 dias através da aplicação do larvicida químico “Abate”. O produto é aplicado em águas paradas e sujas a cada sete ou dez dias, conforme a necessidade. As aplicações foram feitas nos bairros Porto Novo, Barranco Alto, Morro do Algodão, Sumaré, Ipiranga, Tinga, Jardim Jaqueira, Getuba e Masaguaçu. Em alguns locais específicos, o controle será feito com a aplicação do “Fog”, conhecido como fumacê, em valas da cidade. O produto é aplicado sempre que as valas são limpas e em locais onde não haja proximidade com pessoas ou animais.
Já para combater os borrachudos, a equipe da Vigilância Epidemiológica está aplicando o produto BTI em nascentes, rios e cachoeiras. A aplicação começou há trinta dias, logo após a limpeza dos cursos de água que ficam nas divisas com São Sebastião e Ubatuba. Os 300 focos existentes no município recebem o BTI, que elimina as larvas do borrachudo a cada 15 dias. Já foram feitas aplicações em Bacias do Mar Verde, Mococa, Jaraguazinho e Serraria. O produto químico não oferece riscos a pessoas e animais. (Fonte: PMC)

Bruno & Marrone fazem a festa no Caraguá Music

Caraguatatuba - Os fãs de Bruno & Marrone vão poder agitar ainda mais a Praça de Eventos em Caraguatatuba neste final de semana. A dupla vai se apresentar no Caraguá Music nesta sexta-feira, dia 10, a partir das 21 horas. Ao lado de nomes como Leandro & Leonardo, Chrystian & Ralf e Zezé Di Camargo & Luciano, estes dois goianos estão sendo considerados, nacionalmente, como os mais novos expoentes da moderna música sertaneja.
Apesar de o sucesso ter chegado somente em 1994 com o lançamento do primeiro CD pela gravadora Continental East West, Bruno e Marrone começaram a carreira muito cedo. Foram dez anos de estrada, tocando em bares, comícios, festas particulares e feiras agropecuárias. Bruno é um compositor que já contabiliza mais de vinte músicas gravadas com parceiros como Fátima Leão, Zezé Di Camargo e vários outros nomes consagrados.
A grande consagração veio com “Dormi na praça”, música que estourou nas rádios de todo o Brasil. Depois dela, vieram muitas outras que caíram no gosto popular agradando, assim, a todas as gerações. Desde então, seus shows têm sido marcados pelo aprimoramento técnico da sua infra-estrutura e pela qualidade dos músicos que os acompanham. (Fonte: PMC)

Falamansa irá balançar o balco do Caraguá Music

Caraguatatuba - Caraguá vai receber neste sábado, dia 11, a banda de forró Falamansa, que estará se apresentando na Praça de Eventos, a partir das 22h, dentro da programação do Caraguá Music.
Com letras que falam desde amor até críticas sociais, o Falamansa fará em Caraguá o que tem realizado em todo o país: magníficos shows que sempre são recorde de público, inclusive na edição do evento Caraguá Music do ano passado.
O grupo, que é composto por Ricardo Cruz (Tato), Douglas Carpaldo (Alemão), Valdir do Acordeon, e André Canonico (Dézinho), já vendeu 1,5 milhão de cópias em seu primeiro trabalho e, desta vez, o grupo irá tocar músicas do novo CD.
O CD “Essa é pra vocês” foi feito em homenagem ao público conquistado durante o trabalho do CD “Universitários”. No total, foram 8 mil cópias vendidas somente para a categoria universitária.
O nome “Falamansa” foi idéia de Tato durante a realização de um festival de música da Universidade Mackenzie. No dia da inscrição, o músico entrou calmamente e deixou sua ficha preenchida com a fita de vídeo cassete. Quando estava saindo da sala, o responsável pelas inscrições perguntou ao músico qual era o nome da banda, e então ele respondeu: “Falamansa”.
Foi nessa descontração que saíram as músicas “Xote da Alegria”, e as novas composições: “Ver pra Crer”, “Solução”, “A falta”, entre outras. Todo esse sucesso é composto por uma grande produção de som, luzes e palco. (Fonte: PMC)

Programação de eventos em Caraguá

Caraguatatuba - Segue a programação de eventos para Caraguatatuba para este final de semana:

Tenda Cultural - Montada na Praça Antonio Fachinni, na praia Martin de Sá, a Tenda Cultural terá atrações de música instrumental todas as sextas e sábados, a partir das 19 horas. Nos moldes do Festival de Verão, a Tenda Cultural trará shows de música popular, contemporânea e clássica. A abertura aconteceu na sexta-feira, dia 3 de janeiro. O evento vai até o final de janeiro.

Dia 10, sexta-feira - cantor e compositor Jarbas Monte e banda Tom Zé que estão se apresentando na Tenda Cultural. O grupo tem quatro CDs gravados, o último deles “Forró do Gogó ao Mocotó”, que recria canções imortalizadas por Jackson do Pandeiro, com quem tocou nos anos 80. Tem composições suas gravadas por Gilberto Gil, Marines, Chico César, entre outros. Outro grupo que se apresenta dia 10 é o contrabaixista Sizão Machado e trio. O contrabaixista é renomado e conhecido por participar de gravações com os maiores astros da MPB. Recentemente gravou CD com composições próprias e interpretações de clássicos da nossa música. Vem de recente excursão pela Europa e Japão.

Dia 11, Sábado - Arismar do Espírito Santo é arranjador, compositor e multi-instrumentista, autodidata com estilo próprio de tocar e compor. Iniciou a carreira como baterista e depois passou para o contrabaixo acústico. Toca ainda, contra-baixo elétrico, guitarra e piano. Tem quatro CDs instrumentais gravados.

Pôr-do-Sol Musical - A Fundação Cultural de Caraguá inova nesta temporada de verão com o “Pôr-do-Sol Musical” na Praça do Caiçara, no Museu de Arte e Cultura, centro da cidade. Grupos e músicos solistas com estilos e repertórios variados de mpb, jazz, rock, pop, reggae, entre outros, fazem apresentações sempre à partir das 18 horas.
Dia 9 - Grupo Revival (Caraguá)
Dia 15 - Almir Clemente (São Sebastião)
Dia 16 - Marília (São Sebastião)

Caraguá Music - Os shows acontecem na Praça de Eventos na avenida da Praia do Centro, por volta das 10 horas. Os ingressos antecipados custam R$ 10,00.
Dia 10 - Bruno e Marrone
Dia 11 - Falamansa

Coreto em Sol - Os melhores grupos musicais regionais apresentam Música Popular Brasileira, Jazz e Chorinho, todas as sextas-feiras, sábados e domingos, a partir das 21 horas no coreto da Praça do Centro e também do Massaguaçu, Porto Novo e Perequê-Mirim. No coreto do centro, o repertório de sexta-feira é de mpb, jazz, reggae, forró; aos sábados chorinho com grupos de São Paulo e do Vale; aos domingos, a Banda Municipal Carlos Gomes anima as noites com seu repertório variado. Nos coretos dos bairros, os shows acontecem aos sábados, com grupos de estilos variados.

Programação do Centro
Dia 10 - Banda Azul Marinho e Grupo Arsis
Dia 11 - Aleh Ferreira e Regional
Dia 12 - Banda Carlos Gomes

Programação dos Bairros
Massaguaçu
Dia 11 - Banda Carlos Gomes
Perequê Mirim
Dia 11 - Clayton e Dennis
Porto Novo
Dia 11 - Johnny e Rafael e Bandeira 2

“Summer Vibe” - Dia 25, no Espaço Bijus, às 23 horas, a festa “Summer Vibe” com os três melhores Dj’s do eixo Rio-São Paulo; 80 mil watts de som e luz. Convites a R$ 10,00 e R$ 15,00, com consumação.

Programação Esportiva
- De 9 de janeiro a 9 de fevereiro, diversas atividades como vôlei de praia, futvôlei, beach soccer e bicicross.
- Vôlei de Praia Recreativo - De terças a domingos das 9 às 18 horas, nas praias Tabatinga, Cocanha, Indaiá e Flexeiras.
- Torneio Verão Caraguá de Vôlei de Praia - Aos sábados e domingos, a partir do dia 11/01, das 9 às 17 horas, na praia Martim de Sá, arena montada entre os quiosques 13 e 13 A Informações e inscrições na SER, fone 3887-1165.
- Aberto de Futvolei - Todas as quintas-feiras das 17 às 20 horas, e aos sábados e domingos das 16 às 20 horas, na arena montada na Praia Martim de Sá entre os quiosques 13 e 13 ª Inscrições e informações na SER, fone: 3887-1165.
- Torneio de Bech Soccer - De quinta-feira a domingo das 9 às 18 horas, na praia do Indaiá ao lado do quiosque Varandão. Inscrições no local.
- 1ª Etapa da Copa Refactor de Bicicross - Dia 25 de janeiro, à partir das 8 horas (Fonte: PMC)

Passageiros serão recepcionados com apresentações de danças

Ilhabela - A Prefeitura Municipal de Ilhabela através da Secretaria da Cultura e FUNDACI (Fundação Arte e Cultura de Ilhabela) prepararam para a próxima sexta, dia 10, uma recepção especial de “Boas-Vindas” para os passageiros do navio Island Escape, que aporta no canal pela 5ª vez desde o início da temporada de navios.
No período da manhã, á partir das 9h, os alunos estarão realizando apresentações de Danças Folclóricas e Capoeira sob a direção dos professores Dali e Nelson. Á partir das 14h os professores Kuka, Núbia, Nice e Kleber convidam aos passageiros e turistas para participar do Workshop de Dança: Jazz, Dança de Rua e Aeróbica.
O navio Island Escape ficará em Ilhabela das 8h às 17h partindo, em seguida, para Santos. (Fonte: PMI)

Ilhabela aplicará multas contra estacionamentos clandestinos

Ilhabela - A Prefeitura de Ilhabela iniciou ontem operação de campo para aplicação de multas contra estacionamentos clandestinos.
Segundo o diretor de Fiscalização, Ronaldo Alves de Souza, no fim do ano passado foi feito levantamento que apontou de 10 a 12 estacionamentos clandestinos.
O diretor conta que aguardou a vigência do novo Código Tributário da cidade, a partir do dia 1º, para aplicar as providências. A legislação prevê multa imediata de R$ 144,70 a R$ 434,12 e prazo para regularização, sob pena de interdição. A maior parte destas áreas se encontra na região central e sul.
Na manhã de ontem, os fiscais percorreram o lado Sul, mas não localizaram os estacio-namentos clandestinos funcionando. “Se não conseguirmos flagrar a situação, vamos encaminhar as multas para os donos dos terrenos”, diz Souza.
O diretor afirma que mesmo se os donos não souberem que suas áreas são ou foram usadas para estacionamento clandestino, devem assumir a responsabilidade. “A prefeitura não tem a obrigação de cuidar de terrenos particulares”, completa.
Ubatuba - Em Ubatuba, o encarregado de Fiscalização Municipal, Francisco de Assis Cardoso, afirma que estacionamentos clandestinos não implicam problemas. “Quando constatamos, aplicamos notificação para a regularização em 72 horas”.
Ele afirma que hoje só existem quatro, que aguardam a conclusão do processo para a licença que está em andamento na prefeitura.
São Sebastião - Desde dezembro a Divisão de Fiscalização da Prefeitura de São Sebastião notificou cinco estacionamentos clandestinos. Antes disto, 30 já estavam notificados, cujos processo de licença também estão em andamento.
Segundo o chefe de Divisão de Tributos, Enderson Alves Chagas Júnior, a maior parte destes estabelecimentos está nos bairros de Barequeçaba, região central, e Boiçucanga, Maresias e Cambury, na Costa Sul. Três estacionamentos em Mare-sias estão interditados.
O secretário da Fazenda de São Sebastião, Luís Leite Santana, afirma que nesta época do ano é muito difícil controlar estabelecimento comer-ciais clandestinos. Ele lembra que os estacionamentos surgiram da noite para o dia.
“Levando-se em consideração que falta espaço em nossa cidade para estacionamento de veículos, estas áreas, apesar de não licenciadas, são úteis, mas contrariam a lei e provocam evasão de receitas”, diz Santana. “Temos de coibir tudo que contraria a lei, sob pena de prevaricação”, completa.
Caraguá - A cidade de Caraguatatuba tem notificado estacionamentos clandestinos, especialmente no bairro Martin de Sá, próximo à praia, onde se concentram.
O secretário municipal de Urbanismo, Habitação e Trânsito, Leandro Borella Barbosa, explica que a maior parte destas notificações foi aplicada contra donos de lotes. “Muitos nem sequer sabem que suas propriedades são usadas para estacionamentos”.
O secretário explica que a Lei de Uso do Solo proíbe estacionamentos na Martin de Sá. Ele afirma que já existe projeto de alteração da lei, inclusive para permitir as áreas de estacionamento.
A orla da praia de Martin de Sá será urbanizada. Conforme Barbosa, com este empreendimento, as vagas públicas para carros também serão reduzidas. Ele considera que os problemas relacionados a estacionamentos clandestinos devem ser amenizados já que o período de maior concentração de turistas passou. (Fonte: Imprensa Livre)

Artistas são convidados a participar da exposição Arte na Vila

Ilhabela - A Prefeitura Municipal de Ilhabela através da Secretaria da Cultura e FUNDACI (Fundação Arte e Cultura de Ilhabela) convidam a todos os artistas plásticos (desenho, estalação e pintura), munícipes e veranistas, a participar da exposição Arte na Vila.
A exposição esta programada para acontecer durante o mês de janeiro, de segunda a domingo, na sede da Secretaria da Cultura, no horário da 14h às 22h. Mais informações no departamento de eventos com Marcelo (12) 3896-1747. (Fonte: PMI)

Programação de Esportes para Verão 2003 em Ilhabela

Ilhabela - Local: Praça de Eventos Roberto Fazzini (Antigo Campo de Aviação) no Bairro do Pequeá
De 06/01 à 10/01 – Futebol de Areia Principal – Masculino (fase eliminatória)
11 e 12/01 – Futebol de Areia (cidades convidadas)
18/01 – Vôlei feminino (4x4)
19/01 – Vôlei masculino (4x4)
25/01 – Biathlon (natação – corrida)
26/01 – Malha de areia
27/01 à 31/01 – Futebol de Areia (crianças)
01 e 02/02 – Futebol Feminino (cidades convidadas)
08 e 09/02 – Tênis de Campo
15 e 16/02 – Futebol Veterano
15 e 16/02 - Squash (Fonte: PMI)

Começa o Campeonato Brasileiro de Optmist
138 embarcações já garantiram a participação no campeonato. Expectativa é que esse número chegue a 150

São Sebastião - A 31ª Edição do Campeonato Brasileiro de Optmist começa hoje, dia 9, na Praia do Porto Grande, em São Sebastião, quando será aberta as inscrições e iniciada a medição dos barcos. 138 barcos já estão treinando no canal, mas a expectativa da organização é que esse número chegue a 150.
Pequenas feras do iatismo de vários Estados brasileiros, como: Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Distrito Federal e Pernambuco participando do evento.
Entre elas, o campeão brasileiro da classe em 2002, Gabriel Lorenzo (RJ), o bicampeão, Matheus Dellagnelo (SC) e Marcos Grael – filho de Torben Grael – que há oito meses treina na Nova Zelândia.
Representando o Litoral Norte, destacam-se Gabriel Melcherd, de São Sebastião, e Baepi Pinna, de Ilhabela, que possuem em seu favor o fato de estarem competindo em casa. “Temos uma equipe bem preparada, mas o optmist sempre surpreende”, explica Eduardo Melcherd, técnico e organizador do campeonato.
Os melhores juízes do Brasil também estarão reunidos nesta competição, como Nelson Ilha, Pedro Paulo Petersen, Cláudio Buckup, Cláudio Ferraz e Rodrigo Lobato. A equipe de auxílio em água conta com a presença do vice-presidente da Federação Paulista de Vela, Carlos Eduardo Sodré.
A cerimônia de abertura do evento acontece no sábado, dia 11, às 9 horas, na Praça da Vela, no Porto Grande. Em seguida, marcada para as 11 horas, será dada a largada da primeira regata.
Neste ano, a competição terá um formato diferenciado, com competições individuais e por equipes. Por causa do grande número de inscritos, a flotilha (nome dado ao grupo de velejadores de uma mesma classe) será dividida em quatro grupos. Este procedimento facilita a largada e melhora as condições de segurança.
Os dois primeiros dias de regatas estão reservados para o Campeonato Individual e servirão de critérios de pontuação dos quatro mais bem colocados de cada Estado e os times serão constituídos por cinco velejadores.
Além disso, este evento estará incentivando os participantes a gerar a menor quantidade de lixo. Para isso, logo na inscrição, os iatistas receberão duas garrafas de água, que serão reutilizadas durante o campeonato.
Também há faixas espalhadas pelo local do evento conscientizando para o problema e um aviso na instrução de regata que realça sobre a importância de causar o menor impacto possível ao meio ambiente. “Esperamos reduzir a produção lixo em pelo menos 50%”, diz Melcherd.
O Campeonato Brasileiro de Optmist conta com o apoio da Prefeitura Municipal, que cedeu toda a infra-estrutura necessária ao evento. “Se não fosse o apoio da Prefeitura nada disso seria possível”, afirma o organizador. (Fonte: PMSS)

Prefeitura assina contrato de R$ 141 mil para instalar radares

São Sebastião  - A Prefeitura de São Sebastião fechou esta semana um contrato de R$ 141 mil com a empresa paulista Engebras, para a instalação de 16 radares na cidade, em oito pontos fixos localizados entre os bairros de São Francisco e Topolândia, além de duas lombadas eletrônicas.
O contrato foi baseado em uma resolução assinada em outubro do ano passado, onde o Contran (Conselho Nacional de Trânsito) obrigou empresas a refazerem os contratos com empresas terceirizadas para aplicação de multas. Essa medida elimina o interesse da autuação indiscriminada, já que o pagamento pelo uso dos equipamentos não corresponderá à quantidade de multas aplicadas, mas sim um contrato com valores fixos.
Amanhã os técnicos da empresa estarão fazendo testes nos locais pré-determinados. Se correr tudo certo, no dia seguinte os radares estarão em funcionamento. Os radares começarão a funcionar na próxima sexta-feira e ficarão em caráter experimental até abril, mas com a possibilidade de estender para o resto do ano.
A localização dos radares foi estabelecida conforme estudo com um levantamento do índice de acidentes e fluxo de pedestres e velocidade dos veículos, fornecidos pelas polícias Militar e Rodoviária.
No bairro de São Francisco serão instalados quatro radares ao longo da avenida Manoel Teixeira, sendo dois próximo à escola Nair Ferreira Neves e os outros dois próximos ao destacamento da Polícia Florestal.
No Portal do Olaria serão instalados mais dois radares na avenida Manoel Hipólito do Rego. Nesta mesma avenida serão instalados mais dois radares no bairro Pontal da Cruz, próximo a Marina Santana, além de outros dois no início da avenida Guarda Mór Lobo Viana, no bairro Porto Grande.
Os dois últimos radares serão instalados na avenida engenheiro Remo Corrêa da Silva, no bairro da Topolândia.
As lombadas eletrônicas serão instaladas uma em frente ao Shopping Villa Mares, no Arrastão e outra em frente ao banco Itaú, na avenida Guarda Mór Lobo Viana.
De acordo com o diretor do Detraf (Departamento de Tráfego), Carlos Eduardo da Costa Carvalho, os radares fixos e as lombadas eletrônicas contribuirão para coibir ações de motoristas imprudentes. “Queremos dar segurança às pessoas e a instalação desses radares ajuda a coibir as imprudências”, destaca.
O limite máximo que o motorista pode andar, no centro da cidade é de 40 quilômetros por hora e nos bairros 50 quilômetros por hora.
Costa Sul - Perguntado sobre a possibilidade de instalação de radares ou lombadas eletrônicas em bairros da Costa Sul, o diretor do Detraf, Carlos Eduardo da Costa Carvalho, informou que encaminhou um ofício ao DER (Departamento de Estradas e Rodagens), solicitando uma maior autonomia para fiscalizar o trânsito nos bairros da Costa Sul e ainda instalar um radar na reta de Maresias.
Ainda segundo ele, junto com o ofício foi encaminhado um estudo com o índice de acidentes no município.
De acordo com a assessoria de imprensa do DER, o ofício está sendo analisado por uma comissão do órgão.
Outra medida do Detraf para coibir o excesso de velocidade e fluxo de veículo foi a instalação de um semáforo no cruzamento da avenida Guarda Mor Lobo Viana com a rua Auta Pinder. O semáforo deverá estar funcionando até o final da semana.
Para realizar todo o monitoramento no trânsito no município, atualmente o Detraf conta com 24 agentes de trânsito, sete veículos e quatro motos.
De acordo com informações do diretor do Detraf, o prefeito Paulo Julião assinou decreto para a contratação de mais 16 agentes, que estão em fase de treinamento. (Fonte: Imprensa Livre)

Dono de embarcação não consegue entrar com combustível no cais

São Sebastião - O proprietário da embarcação Jorana II, que fica atracada no Porto de São Sebastião, disse que ficou impossibilitado de trabalhar com o barco ontem por falta de combustível.
Marcelino Migriorini, estivador em São Sebastião, contou que foi barrado pela primeira vez na portaria do cais, por guardas portuários, quando levava o combustível para abastecer a embarcação. Segundo ele, ninguém teria justificado o motivo pelo qual não poderia entrar no Porto.
Marcelino conta que possui o barco há cerca de sete meses e desde então o utiliza para a pesca. Nesse período, ele sempre fez o abastecimento da mesma forma: carrega alguns galões com diesel e depois transfere para o barco.
De acordo com ele, muitos donos de barcos fazem o mesmo, porque existe grande diferença de preço entre o combustível dentro e fora do
cais.
Ainda segundo Marcelino, o preço por litro do diesel em postos da cidade custa, em média, R$ 1,52, enquanto na região portuária não sai por menos de R$ 1,70.
Outro Lado - De acordo com Paulo Eugênio, responsável pela segurança do trabalho no porto, esse procedimento foi suspenso provisoriamente, até que se defina qual a melhor maneira de agir nesses casos.
Ele comenta que o principal motivo da suspensão foi a falta de segurança dessas ações, que poderiam comprometer a segurança do meio ambiente.
“Para liberarmos esse tipo de abastecimento, é necessário haver meios adequados e seguros na execução dos mesmos”, diz.
Paulo ainda conta que o porto avisou previamente que a medida passaria a vigorar nesta semana. Para ele, a decisão é temporária, e deve resultar na regulamentação de uma forma mais adequada para os proprietários abastecerem as embarcações. (Fonte: Imprensa Livre)

TJ suspende condenação de David Praxedes
Tribunal acata recurso de ex-vereador de Ubatuba, acusado de corrupção passiva

Ubatuba - A 1ª Câmara Criminal do TJ (Tribunal de Justiça) do Estado acatou um recurso preliminar do ex-vereador de Ubatuba David Praxedes (PMDB) que foi condenado em 98 a dois anos de prisão por corrupção passiva.
Praxedes chegou a ser afastado do exercício do cargo em fevereiro de 98 em razão de uma liminar concedida pela Justiça local.
O advogado de Praxedes, Dalmo do Nascimento, disse ontem que a decisão anula o processo contra o seu cliente. "Fez-se justiça. O processo continha vários erros e o Tribunal de Justiça reconheceu isso", afirmou Nascimento.
O teor da decisão, tomada em julgamento no dia 16 de dezembro, não foi divulgado pelo Tribunal de Justiça ontem. Segundo a assessoria de imprensa, o processo está em fase de elaboração do acórdão de posse do desembargador Péricles Piza.
A assessoria confirmou apenas que o pedido preliminar foi acatado por dois votos a um pela 1ª Câmara Criminal. O recurso foi protocolado no TJ em 20 de maio de 99.
O ex-vereador David Praxedes disse ontem que pretende processar vereadores que votaram a favor de sua cassação e também vai exigir a restituição de 36 meses de salário. "Também penso em processar o Estado por danos morais", afirmou.
MEMÓRIA - Praxedes foi detido no dia 10 de setembro de 97, acusado de extorsão para facilitar a implantação de serviço de mototáxi na cidade.
O vereador foi preso em flagrante pela Polícia Civil ao receber R$ 2 mil de um empresário na praça 13 de Maio, no centro de Ubatuba, em uma operação montada pelos policiais.
Praxedes ficou detido por 41 dias e só foi liberado graças a um habeas-corpus.
Em dezembro de 97, a Câmara rejeitou o pedido de cassação de Praxedes proposto por uma comissão processante. O vereador acabou perdendo o mandato dois meses depois quando a Justiça de Ubatuba concedeu uma liminar solicitada pelo Ministério Público. (Fonte: ValeParaibano)

Central de Reservas apresenta um outro lado de Ubatuba

Ubatuba - Nesta temporada em Ubatuba nossos turistas estão descobrindo muito mais do que somente lindas praias. Através de roteiros e programações preparados para atender à todas a idades e gostos, a Central de Reservas no seu novo ponto de venda, localizado no Shopping Center Porto Itaguá, oferece trilhas pela Mata Atlântica, roteiro por cachoeiras, passeios de barco e escunas, rappel, tiroleza, rafting, exploração de caverna e muito mais. Tudo com muita segurança e profissionalismo.
O turísta ainda recebe informações e indicações de gastronomia, hotelaria, operadoras e serviços, obtendo com isto uma explanação exata e confiável em prestação de serviço em nosso município.
Venha conferir: Central de Reservas- Shopping Center Porto Itaguá e Shopping Center Iperoig - www.reservasubatuba.com.br 

Encerrada campanha promocional de combate à Dengue
Ubatuba continua sem um único caso. Neste ano, Vigilância Sanitária intensificará ações preventivas

Ubatuba - A campanha promocional de combate ao mosquito da Dengue teve o seu encerramento no último dia 2 de janeiro. Foram cerca de três meses de ação que mobilizou todo o município com a efetiva participação da comunidade. Nesta campanha foram distribuídas 15 mil cartilhas educativas em todas as escolas e à população em geral, 20 mil cupons nos principais comércios da cidade onde as pessoas se inscreviam para participarem do sorteio e mais de 10 mil folhetos explicativos. O resultado foi positivo sem um único caso detectado no município. Treze pessoas foram premiadas e seis pessoas sorteadas foram reprovadas na vistoria da Vigilância Sanitária que encontrou possíveis criadouros em suas residências e que foram eliminados.
Neste ano de 2003, a Vigilância Sanitária da Secretaria Municipal de Saúde estará intensificando o trabalho preventivo por meio das 12 equipes do PSF (Programa Saúde da Família), que fará o atendimento casa a casa. Haverá também um trabalho de conscientização de turistas, veranistas e de informações setorizadas para condomínios e marinas. Em parceria com a DIR (Diretoria Regional de Saúde de São José dos Campos) a secretaria de Saúde da Prefeitura de Ubatuba estará promovendo treinamento às equipes do PSF. Casos suspeitos terão a visita imediata dos agentes de saúde no local de moradia, onde farão pesquisa entomológica para detectar a possível existência do mosquito e o encaminhamento do indivíduo para os devidos exames.
Em Ubatuba não tem Dengue porque não há o mosquito, segundo a Vigilância Sanitária da cidade. Neste mês de janeiro, duas pessoas estiveram com suspeita de contaminação da Dengue, sendo que foi constatado que estas pessoas estiveram em cidades com altos índices de contaminação, que foram Rio de Janeiro e Santos. Com isso, são casos importados, vindos de outros municípios. O coordenador das Ações de Controle e Prevenção da Dengue da Vigilância Sanitária, Neilton Nogueira de Lima, afirma que Ubatuba ainda não apresentou um único caso autoctone, ou seja, de pessoas infectadas no próprio município. “É importante que as pessoas com sintomas suspeitos de Dengue como febre, dor de cabeça, dor no corpo, entre outros, procure imediatamente o serviço médico do município”, aconselha Lima.
O ano de 2002 foi de trabalho intenso na prevenção e no combate ao mosquito da Dengue. Logo no início do ano foi lançada a campanha publicitária de prevenção que durou até o mês de novembro. O tema utilizado foi o “Xô, Dengue!” com a distribuição de 30 mil folders educativos, 2 mil cartazes, dezenas de faixas, banners, anúncios em jornais locais, spots nas rádios locais, treinamentos das equipes e até apresentações teatrais em praças, bairros e escolas. A Vigilância Sanitária contou também com o engajamento e a participação da Pastoral da Criança da Igreja Católica. “Hoje a secretaria de Saúde comemora o resultado que coloca a população de Ubatuba tranqüila. Mas alertamos que não podemos descuidar um só minuto”, conclui Lima.
Mais informações: Neilton Nogueira (12)9769-2582. (Fonte: ACS-PMU)

Mercado de Peixe passará por reforma

Ubatuba - A secretaria de Agricultura e Pesca (Saab) da Prefeitura de Ubatuba anunciou que o Mercado de Peixe, na Barra dos Pescadores, passará por um série de reparos, atendendo reivindicação da categoria. A iniciativa e os recursos são da Saab que contará com a parceria da secretaria de Obras que executará os serviços. O início das obras será definido pela secretaria de Obras, conforme cronograma de atendimento ao município. Serão executadas pintura, manutenção do sistema de encanamento, eliminação de abrigos de pombos, troca de azulejos quebrados e reforma do piso.
Segundo o secretário de Agricultura e Pesca, Antônio Marchiori, esta iniciativa faz parte da política de investimentos da Saab e em março terá início uma reforma mais ampla das instalações. “Melhorar o sistema de comercialização do pescado é fundamental para o município, já que o Mercado é a principal vitrine do setor”, afirmou Marchiori. O prefeito Paulo Ramos (PFL) considera importante esta revitalização e diz que o Mercado de Peixes é um dos importantes pontos turísticos do município. “É grande o número de pessoas que frequentam o Mercado e com isso, merece toda a nossa atenção”, concluiu Ramos. (Fonte: ACS-PMU)

Carta do Leitor

Dna. Miriam Freitas - Justíssima sua indignação, esteja certa que não é a única perplexa com o "andar da carruagem". Cada vez que passo pelo centro e vejo as reformas - substituição de calçadas, mudanças nas praças, troca de pisos de calçadões, pedras portuguesas por todos os cantos, etc - fico pensando se a cidade já está com o básico tão finalizado a ponto de partirmos para essas melhorias e "requintes de acabamentos".
Esse aumento nas tarifas dos ônibus também é deixar qq um boquiaberto. O trabalhador pega o ônibus, anda da Enseada ao centro, e paga R$ 1,70? Quem são, na realidade, os donos das empresas de transporte urbano que pretendem tamanho lucro?
Como disse um outro leitor, é torcer para os próximos dois anos passarem rápido.

Luciana Carvalho
São Sebastião, SP


Nova Tabatinga - Venho por meio desta apresentar a nova diretoria da Sociedade Amigos da Tabatinga (S.A.T), que assume a partir de agora a administração do bairro da Tabatinga.
Presidente: Marcelo Machado
Vice Presidente: Milton L. Rodrigues
1º secretário: Léo Raimundo
2º secretário: Aldemir A. Conceição
1º tesoureiro: Francisco G. M. Filho
2º tesoureiro: Luis Gonzaga R. Coelho
Conselho Fiscal.
Marcos Cezar S.
Maria de Fátima Oliveira
Valdecir Raimundo

A nova diretoria tem como objetivo melhorar as áreas de saúde, educação, lazer e segurança do bairro, reestruturar o centro comunitário, melhorar as vias de acesso a praia, combater ligações de esgotos clandestinos e impedir novas instalações de qualquer tipo de garagens, marinas e náuticas.
Aproveitando a oportunidade, peço desde já, pessoas que tenham algum tipo de conhecimento e queiram colaborar para a melhoria de nosso bairro e bem estar de todos, que nos procure.
Agradecemos a todos que acreditaram e votaram na Nova Tabatinga!!!

Marcelo Machado
Presidente da Sociedade Amigos da Tabatinga
Caraguatatuba, SP


Sujeira sobre Ubatuba - Estava eu na varanda de minha residência no bairro da Ressaca, na tarde da última terça-feira, quando fui surpreendida por uma chuva de papel - Sim! Uma tenebrosa chuva nojenta de panfletos fazendo propaganda de "serviços odontológicos" à Rua Hans Staden...
O contraste do verde da Mata ao fundo sendo pontilhado por aquele lixo vindo dos ares (sabe-se que o avião não decolou do nosso aeroporto e sim de outra cidade) causou espanto e repugnância!
Entrei em contato imediatamente com a Rádio Gaivota FM e o Luís já estava noticiando o fato e recebendo dezenas de telefonemas de ouvintes de vários bairros da cidade, "alvejados" criminosamente pela imundície voadora.
Podemos prever a qualidade do atendimento prestado em tal "consultório", visto que noções de higiene, respeito, caráter, ética e bom senso são desconhecidas por este anti-profissional da Saúde (reincidente neste tipo de ação!).
Amigos leitores do Litoral Virtual, divulguem este lastimável acontecimento a fim de proteger cidadãos incautos contra o temível "Porcão-Alado-Que-Pretensiosamente-Utiliza-O-Título-De-Dentista!"
Se alguém souber de outras notícias do caso, por favor escreva ao boletim.
Um abraço,

Maria Rita Zahra
Ubatuba, SP


Meias Verdades - Meias verdades não existem. A proposta da suspensão da cobrança de estacionamento nas pela Comtur é na verdade um jogo de cena, com interesses políticos nos bastidores. Moeda de troca, ameaças, barganha dentre tantos outros adjetivos “desqualificativos”. As justificativas da cobrança e da não cobrança padecem de fundamentos básicos.
Na verdade, a Comtur desviou-se, ou melhor, foi desviada do seu objetivo principal que era o do desenvolvimento do turismo (única atividade econômica básica do município). Ela era uma cópia autêntica da mesma empresa (com até o mesmo nome que funciona, com resultados concretos e surpreendentes, no turismo de Santa Catarina). O motivo, claro é que quando (e não durou muito) foi descoberta como uma possibilidade de cabides de emprego, tornou-se um guarda roupa. Dos grandes. A partir de então, com toda sua administração nomeada (pelo sócio majoritário) pela prefeitura, segue o mesmo curso.
Os sócios empresários, tornam-se, por óbvio, meros concordes. O legislativo, a quem caberia a sua normatização, até hoje, silente. Por que será? Desinteresse por assunto tão relevante? Desconhecimento do que representa o turismo para toda a população? Incapacidade? Cegueira? Medo? O que será? Será? O que esperar do município, com uma única possibilidade econômica (o turismo), que praticamente não tem nenhuma verba orçamentária para este fim? Quem não proveu? Quem deveria? Será que tantos não enxergam a necessidade? Ou não enxergam o turismo? Ou pensam que turismo é feito de centenas barraquinhas e licenças de ambulantes? Tudo de graça? E quem paga as contas?
O turismo, não tem verba! Ora, ora... Não é com a cobrança do estacionamento que desenvolveremos o turismo. Também, não será apenas deixando de cobrar que nomearemos falsos heróis. Vamos aguardar, mais essa temporada, a ressaca do Reveillon, para mais uma vez, constatar o quanto precisamos de um trabalho sério, consistente e planejado para encher as panelas e criar empregos e oportunidades consistentes para os nossos filhos. Um futuro melhor do que uma licença de ambulante ou um emprego de balconista em uma loja qualquer. Um município, que tem 80% de sua área de preservação, acredito que pelo seu inestimável valor patrimonial paisagístico, degradado ano a ano, pela falta de infra-estrutura para uma super ocupação que assistimos na passagem do ano, não precisa de nada?
Quem fiscaliza a degradação? A á ocupação? O mau uso? Quem repõe? Ano a ano estamos perdendo uma grande parcela do que queremos preservar. O fétido esgoto da Praia Grande, desembocando no Itaguá, prova que não existe uma relação coambiental entre as duas praias, entre tantas outras “cositas mas”. E olhem, qualquer narina não se deixa enganar. Não se engana por muito tempo uma torcida. Principalmente quando o time é ruim, e de bola, sabe apenas, que deve ser redonda. Além do mais, só desavisados, cegos e surdos acreditam em meias verdades. Não é mesmo?

Ronaldo Dias
Ubatuba, SP


Foto do Dia:
Praia Brava
Caraguatatuba
Praia Brava
© Emilio Campi


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Clique Aqui para acessar o arquivo de Fotos Publicadas

 
Gaivota FM
Participe você também com seu cometário, crítica ou sugestão no programa
Estação Ubatuba c/ Tony Luiz
De segunda a sexta das 12 as 14 hs na Gaivota FM 104.9
Sempre com entrevistados diários e variados, falando sobre todos os temas
Ligue 3833.5550


 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui.


Museu Caiçara Cooperativa Educacional Ubatuba Ubatuba

As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  idenficação do autor.


GRÁTIS!!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:
Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral na versão:
Compacta (apenas as manchetes c/ Link)
Completa (todas as notícias na íntegra) 
e-mail:
Cidade:


Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br


©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor