Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Quarta-feira, 15 de janeiro de 2003 - Nº 701 Edições Anteriores

Moacyr Colli Junior e Advogados Pousada das Cachoeiras Naturali Garden Center

Litoral Norte:
   Polícia Rodoviária registra diminuição no número de acidentes em 2002

Caraguatatuba:
   Shows gratuitos animam a Praça de Eventos em Caraguá
   Martin de Sá sai da lista de praias impróprias
   Novo brinquedo atrai turista em Caraguá
   'Cyber-café' é moda entre jovens no litoral
   Ameaça de morte em rebelião de presos em Caraguá
   Estado quer área para instalar CDP
   Carcereiro vive momentos de terror
   Projeto Verde promove integração de crianças com a natureza
   PAT de Caraguá foi o primeiro em contratações
   Duplas de Caraguá são destaque no Torneio de Vôlei de Praia
   Caraguá é destaque em publicação do Ministério da Saúde

Ilhabela:
   Lancha Taniuka vence o 18º Torneio de Peixes de Bico no YCI

São Sebastião:
   Trator desgovernado desce ladeira no Itatinga
   Pela 4ª vez, esgoto vaza e suja praia de S. Sebastião
   Morador quer reunião para discutir problema
   São Sebastião apresenta Exposição “Memória e Projeção”
   Rio de janeiro vence Campeonato Brasileiro de Optimist por Equipe
   Prefeitura realiza 120 apreensões de produtos comercializados irregularmente

Ubatuba:
   Contas da Comtur são contestadas
   Câmara de Ubatuba faz sessão para votar reajuste em ônibus

   Carta do Leitor



Polícia Rodoviária registra diminuição no número de acidentes em 2002

Litoral Norte - O comando do Policiamento Rodoviário do Litoral Norte, que abrange as rodovias estaduais que ligam e acessam os municípios de Caraguatatuba, Ubatuba e São Sebastião realizou o balanço de suas atividades em 2002, que registrou uma diminuição no número de acidentes nessas estradas.
Os principais dados da fiscalização e do policiamento de trânsito rodoviário registraram que, mesmo considerando o aumento no número de carros circulando devido ao maior turismo interno, o número de acidentes com vítimas leves, graves e fatais caiu de 1.941 em 2001, para 1.856 em 2002.
O número que mais caiu foi o de vítimas leves que de 1.427 foi para 839, ou seja, uma variação de -70%. A porcentagem de diminuição de vítimas graves foi de -3% e de vítimas fatais foi de -17%.
Já o número de autuações lavradas subiu de 11.423 em 2001, para 17.335 em 2002, bem como o número de Carteiras Nacionais de Habilitação recolhidas que passou de 260 para 302 e o de Certificados de Licenciamento recolhidos, que foi de 1.876 no ano passado, contra os 1.556 recolhidos em 2001. Isso significa também que houve um aumento quantitativo nas ações do Policiamento Rodoviário da região evidenciando um maior esforço em melhorar a segurança nas rodovias estaduais. PMC

Shows gratuitos animam a Praça de Eventos em Caraguá

Caraguatatuba - Caraguá terá diversos shows gratuitos na Praça de Eventos durante o mês de janeiro. A prefeitura de Caraguá, através da Secretaria de Turismo e Fomento contratou mais de dez bandas para tocarem ao público no mesmo palco onde acontecem semanalmente os shows do Caraguá Music.
Algumas bandas já se apresentaram em dias que o Caraguá Music não acontece. Na programação está a banda de rock Wisky Marítimo no dia 14; Forró pra Jah, no dia 15; Clayton e Dennis, com música sertaneja, no dia 16; banda Aditive, com muito rock in roll, no dia 19; as duas duplas Marcos e Mingo e Jonny e Rafael com música sertaneja, no dia 20; Banda Blusy, rock, no dia 21; e Pedro Henrique e Rafael, no dia 27.
Dentro desta programação também está confirmado o Agito Vanguarda, que trará a Banda Orfeu nos dias 28 e 29 de janeiro também na Praça de Eventos. Outro evento promete muita agitação na Praça de Eventos no dia 30, trata-se de um eventos gospel com show da cantora Baby do Brasil. PMC

Martin de Sá sai da lista de praias impróprias

Caraguatatuba - A Martin de Sá, a mais movimentada de Caraguá, foi excluída ontem da lista de praias impróprias no Litoral Norte. Segundo boletim da Cetesb (Companhia de Tecnologia e Saneamento Ambiental), 15 praias na região estão inadequadas ao banho de mar.
De acordo com o último relatório, a região tinha 14 praias impróprias. Em contrapartida à melhoria na qualidade da água na Martin, duas localidades voltaram a fazer parte da lista --Iperoig, em Ubatuba, e Grande, em Ilhabela. Ambas já apareceram em classificações negativas anteriores.
A Cetesb coleta amostras de água para análise em 74 praias nas quatro cidades do Litoral Norte. A avaliação geral é feita uma vez por semana, no entanto, desde a semana passada, a companhia efetua mais duas coletas extras por semana nas praias de maior movimento ou risco de poluição.
A Cetesb orienta que os banhistas evitem os locais impróprios por causa do risco contrair doenças de pele, cólera, hepatite A, micoses e alergias. VALE

Novo brinquedo atrai turista em Caraguá

Caraguatatuba - Um novo brinquedo está agitando os turistas em Caraguá. A "Orbit Boll" é uma bola inflável com capacidade para duas pessoas. Os participantes ficam dentro do brinquedo e descem uma pista de 30 metros de altura. "A bola é a novidade do verão. A pessoa que gosta de esportes radicais pode participar pois o brinquedo é seguro", disse o proprietário da bola, Daniel Izar. O brinquedo é indicado somente para pessoas entre 30kg e 100kg e a descida custa R$ 5. A bola está instalada na avenida da Praia, na região central. O horário de funcionamento vai das 12h às 2h, todos os dias. VALE

'Cyber-café' é moda entre jovens no litoral

Caraguatatuba - Pelo menos três "cybers-café" foram inaugurados desde o início da temporada em Caraguá. As chuvas dos últimos dias acabaram lotando os estabelecimentos, sucesso entre os jovens.
As lojas de jogos virtuais também têm atraído jovens na cidade.
A proprietária do Internet Café - Litoral Norte, Nilza Jarro Navas, disse que o movimento aumenta em até 50% nos dias de chuva.
"Tenho recebido uma média de 70 a 80 clientes por dia", disse. O cliente paga R$ 5 para usar uma hora de internet.
A proprietária da casa de jogos virtuais Win, Rita de Cássia Castro, disse que investiu cerca R$ 100 mil no estabelecimento.
"Inauguramos há 15 dias. Temos um movimento intenso do público adolescente. A idéia é manter o estabelecimento funcionando depois do verão."
O estudante Tareek Ali, 14 anos, de Campinas, disse que, mesmo em férias, não consegue ficam sem usar o computador. "Gosto de praia mas quando chove tenho outra opção de lazer."
Nas lojas de jogos virtuais, são cobrados em média R$ 3 por hora. O estudante Felipe Bromer, 14 anos, de São Paulo, disse que vai às lojas de jogos com os amigos. "Sempre nos reunimos para jogar. Fazemos novas amizades." VALE

Ameaça de morte em rebelião de presos em Caraguá
Carcereiro e 15 presos passam 2 horas sob sob ameaça. Detentos exigem transferências para reduzir superlotação; ruas próximas são isoladas e motim assusta moradores

Caraguatatuba - Presos da Cadeia Pública de Caraguatatuba fizeram um carcereiro refém durante um motim que durou duas horas na tarde de ontem. Eles reivindicavam a transferência de nove presos com direito a regime semi-aberto. Ninguém ficou ferido.
A cadeia estava superlotada com 112 presos e capacidade para apenas 48. Os detentos se queixaram da superlotação nas celas e lentidão na revisão dos processos. Há meses, a cadeia vinha registrando fugas e tentativas de fuga.
A rebelião começou às 12h30 quando o carcereiro Osni Silva Santos, 31 anos, foi rendido por dois presos. Ele foi mantido em uma cela vigiado por presos "faxina" --detentos encarregados da limpeza e refeição nas celas.
Os presos estouraram os cadeados das celas e ficaram no pátio da cadeia. Eles queimaram colchões e depois apagaram os focos de incêndio. Os rebelados exigiam a presença de um juiz-corregedor dos presídios.
Eles estavam armados de estiletes e facas e ameaçaram matar 15 detentos caso não fossem atendidos. Os presos ameaçados não foram apresentados, nem identificados.
As ruas próximas à cadeia, localizada na região central da cidade, foram interditadas. O local foi cercado por 60 homens das polícias Civil e Militar. O Corpo de Bombeiros também foi chamado mas não precisou entrar na cadeia.
Por volta das 13h30 a juíza-substituta da 1ª Vara de Caraguatatuba, Vanessa Christie Ernandi, chegou à cadeia. Ela negociou com os presos através das grades de proteção do pátio.
Segundo a Polícia Civil, o motim não teve líderes e as negociações foram conduzidas por vários presos.
A rebelião terminou às 14h30 depois que a polícia conseguiu vagas para transferir seis detentos. O carcereiro foi libertado e saiu ileso.
O grupo foi removido para a penitenciária de Franco da Rocha (SP), às 15h30. Outros três detentos deveriam ser transferidos na noite de ontem, segundo o delegado seccional João Barbosa Filho.
TRANSFERÊNCIA - O diretor da cadeia, Fábio de Carvalho Joaquim, disse que a cadeia tem 28 presos condenados que deveriam ser transferidos para penitenciárias. Ele afirmou que os detentos não tinha motivo para fazer o motim porque a transferência já havia sido marcada para o dia 20 de janeiro.
A mulher de um dos detentos que foi transferido, que se identificou apenas como Cláudia, afirmou que soube do motim pelo rádio. Ela disse que desconhecia a data marcada para remoções de detentos.
"A gente só é avisada destas coisas no dia de visita. Agora vai ficar difícil para visitar meu marido", disse. VALE

Estado quer área para instalar CDP

Caraguatatuba - O coordenador dos Estabelecimentos Prisionais do Vale do Paraíba e Litoral Sul, Carlos Alberto Corade, disse que o Estado está aberto a negociações para instalar um CDP (Centro de Detenção Provisória) no Litoral Norte.
A medida, segundo ele, depende apenas do interesse de prefeitos do litoral em cederem terrenos para a construção da unidade.
Os CDPs abrigam presos que aguardam julgamento. A região possui um CDP em Taubaté.
"O CDP de Taubaté já está lotado e precisamos de mais uma unidade para absorver os presos do Litoral Norte", disse.
O presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) de Caraguá, Amilton Marcondes Sodré, afirmou que a lentidão da Justiça para julgar a situação processual dos presos é um dos motivos da superlotação.
"A máquina judiciária é muito lenta. O problema vem se agravando em Caraguá devido à existência de uma única Vara de Execução Criminal para atender todas cadeias do litoral", disse. VALE

Carcereiro vive momentos de terror

Caraguatatuba - O carcereiro Osni Silva Santos, 31 anos, viveu momentos de terror nas duas horas em que ficou refém de 112 presos armados de estiletes na cadeia de Caraguatatuba.
Ele disse que foi rendido quando servia almoço aos detentos por dois presos armados de facas, que estavam escondidos em um almoxarifado usado para guardar materiais de limpeza.
"Foi o momento em que senti mais medo. Eles me levaram para o xadrez 3, onde fui mantido sentado em uma cama. Eles gritaram para eu ficar calmo que não iriam me machucar", disse.
O carcereiro disse que sempre teve um bom relacionamento com os detentos. VALE

Projeto Verde promove integração de crianças com a natureza

Caraguatatuba - A equipe do Projeto Verde - Turismo Rural está realizando, pela terceira vez, de 1º de dezembro a 28 de fevereiro, o “Brincando com a Natureza”, um programa de atividades que consiste em ensinar assuntos relacionados à natureza para as crianças que estão em férias escolares. O objetivo do projeto é integrar e ensinar através do divertimento.
As atividades são de lazer, rurais e silvestres. No local, existem poços em rios com corredeiras, balanços naturais em árvores, pontes de Tarzan, tanques com peixes, cavalos, quadra de vôlei de areia, animais domésticos e lanchonete. A área tem também muitas árvores frutíferas.
São realizadas visitas monitoradas a diversas vitrines vivas, como hortas, viveiros de plantas e grandes plantações rurais, além de trilhas pela fazenda. O ingresso tem um custo de R$3,00, que garante a reserva.
O “Brincando com a Natureza” acontece na Fazenda Disparada, no bairro do Canta Galo em Caraguatatuba.
Mais informações pelos telefones 3883-3961 com Jomar ou 3883-7130 com Pedro. PMC

PAT de Caraguá foi o primeiro em contratações

Caraguatatuba - Caraguá foi o município que mais empregou no mês de dezembro, entre os todos os municípios do Estado de São Paulo, com exceção da grande São Paulo. Através do Posto de Atendimento ao Trabalhador, Caraguá contratou 406 pessoas em dezembro de 2002, mês em que foram encaminhados 1.106 pessoas.
O PAT trabalha em Caraguá em parceria com a Prefeitura Municipal e o Governo do Estado e Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho. Esta parceria resulta no sucesso que o PAT tem obtido em Caraguá. Conforme explicou a coordenadora Cristina Bota, a Prefeitura gerou 30% dos empregos através de frentes de trabalho e contratação de funcionários para escolas. Na pesquisa, o PAT obteve maior número de contratações que o Polpa Tempo de São José dos Campos, o de Guarulhos e o de São Sebastião, entre outros.
O PAT de Caraguá na busca de viabilizar empregos e contratações, tem desenvolvido projetos de potencialização do trabalho, como por exemplo o projeto “Meu trabalho, meu orgulho” que empregou cerca de 20 vendedores de churrasquinho de queijo e pode empregar mais 20, oferecendo o carrinho para cada um deles. Outro projeto é da Empregada Doméstica. O PAT também realizou no ano passado o curso de formação de caixas para 16 pessoas, todos eles com estágio garantido em supermercados da cidade. O projeto teve apoio dos supermercados Silva e Shibata.
“A meta do PAT é de empregar 45 por mês. Mas nós sempre superamos este número. Em dezembro, nós trabalhamos inclusive no dia 31. Houve um esforço muito grande de toda nossa equipe para conseguir dar baixa em todas as vagas do mês de dezembro. O sucesso se deve principalmente por que temos o total apoio e suporte da Prefeitura. O PAT é um órgão que recebe muita atenção do prefeito Antonio Carlos, que se preocupa com a geração de emprego no município”, disse Cristina Bota. PMC

Duplas de Caraguá são destaque no Torneio de Vôlei de Praia

Caraguatatuba - A Prefeitura de Caraguatatuba através da Secretaria de Esportes e Recreação, SER, realizou neste final de semana, a 1ª etapa do Torneio de Vôlei de Praia, na arena montada na praia Martim de Sá.
O torneio faz parte da Programação Esportiva de Praia - Verão 2003 e, é dividido em duplas masculinas e femininas do Litoral Norte, Vale do Paraíba, Serra da Mantiqueira e Grande São Paulo.
A classificação feminina da primeira etapa se deu: grupo A, Soleane e Valdirene em primeiro lugar e, Patrícia e Marluci em segundo lugar. Ambas de São José dos Campos. Grupo B, Vitória e Daniela em primeiro lugar e, Kamila e Dani em segundo lugar. Ambas de Caraguatatuba.
A classificação das duplas masculinas terminou em: grupo A, Henrique e Maurício de São José dos Campos em primeiro lugar e, Paulinho e Carlos de São Sebastião em segundo lugar. Grupo B, Ronaldo e Rodrigo de Jacareí em primeiro lugar e, Alexandre e Rodrigo de São José dos Campos em segundo lugar.
No próximo sábado, 18 e domingo, 19, serão realizados os jogos dos grupos C e D do torneio de Vôlei de Praia. Na mesma data, estará sendo realizado a 2º Etapa do torneio de Futvôley.
As inscrições para as duplas femininas de vôlei continuam abertas e podem ser feitas através do telefone: 9767-5121, com Marcelo. PMC

Caraguá é destaque em publicação do Ministério da Saúde

Caraguatatuba - O livro "Políticas Intersetoriais em favor da Infância" - guia referencial para gestores municipais, publicado pelo Ministério da Saúde deu grande destaque para o município de Caraguatatuba, mostrando parte do trabalho realizado em Educação Infantil, através da parceria entre a Prefeitura e Fundação Orsa.
O material, impresso no final de 2002, é resultado das iniciativas dirigidas à construção de políticas intersetoriais, articuladas, e integradas para assegurar os direitos das crianças, na busca de efetivar aquilo que é estabelecido pela nossa Constituição Federal.
Esse trabalho mostra que é a partir da elaboração de uma política pública em favor da infância que se deve reconhecer a criança como uma pessoa de direitos, mostrando que é preciso compreende-la como um ser em desenvolvimento e formação.
Essa publicação, que teve uma tiragem de 10 mil exemplares, distribuídos em todo território nacional tem como principal objetivo colocar à disposição dos gestores públicos, principalmente municipais, ações e iniciativas que deram certo em favor da infância. Caraguatatuba foi um dos destaques do livro, a partir da parceria feita entre a Prefeitura e Fundação Orsa, e conseqüentemente a implantação do PROGEPI - Programa de Gestão Pedagógica para a Infância, que se estrutura através do desenvolvimento de um diagnóstico local, reuniões temáticas entre as Secretarias Municipais de Educação, Saúde e Assistência Social, e articulação com os gestores municipais para planejamento da gestão a ser implantada nos Centros de Educação Infantil.
O livro do Ministério da Saúde destaca ainda o projeto pedagógico desenvolvido nos CEI's, que prioriza a adequação dos espaços internos e externos em favor da prática lúdica, com atividades especialmente estudadas para a Primeira Infância, de acordo com a faixa etária das crianças, dando ênfase à imaginação, linguagem, pensamento, memória, criatividade, expressão e concentração. Um dos destaques desse guia para Caraguatatuba são os cantinhos da imaginação existentes nas unidades de Educação Infantil, entre eles o Faz de Conta, o Acampamento Legal, a Casinha, a Quitanda, entre outros. Com o ideal de trazer a comunidade para dentro da escola, são desenvolvidos ainda projetos como o Boletim Informativo - que mostra as atividades desenvolvidas com as crianças dos CEI's e a Escola de Pais Cidadãos - ambas atividades também ganharam espaço na publicação que está levando a Educação Municipal de Caraguatatuba para todo o Brasil em mais de quatro páginas, constatando assim que a Primeira Infância também é prioridade da administração municipal. (SME/PMC)

Lancha Taniuka vence o 18º Torneio de Peixes de Bico no YCI

Ilhabela - Muitos peixes de bico marcaram a última etapa do 18º Torneio de Peixes de Bico, no último sábado, no Yacht Club de Ilhabela (YCI). Vinte e seis sailfishes, um marlim azul e um marlim branco foram marcados e liberados, e ainda 35 dourados foram embarcados.
Na última etapa do torneio, a lancha Taniuka , de Adhemar de Barros Neto, com Emílio Massoni, Virgílio Reis, Marcos e Juarez Ortiz, faturou o primeiro lugar. Em segundo veio a lancha Yesss, de Leandro Haddas, e em terceiro a Bacana, de Fábio Ferraz, Marcos Pozza, André e Rodrigo Magini.
A lancha Dejo, com André de Noce, Eduardo Nogueira, Reinaldo Holzuch e Cesar Martins fisgou o maior dourado, com 19,30 kg.
Na soma das três etapas a campeã do torneio foi a lancha Taniuka, seguida da Bacana e da Yesss.
Para Cláudio Órfão, diretor de pesca do YCI, a quantidade de peixes foi muito boa, proporcionalmente maior que a do torneio que aconteceu no mesmo dia no Iate Clube do Rio de Janeiro, cidade famosa pela piscosidade de suas águas.
A modalidade do torneio era de Tag & Release (marca e solta), onde os peixes de bico (marlim azul, branco e sailfish) recebem pequenas marcas numeradas e são devolvidos ao mar, para estudos de migração e crescimento feitos pelo Instituto de Pesca de Santos com o apoio da TBF (The Billfish Foundation). Para esta modalidade de torneio o pescador tem também que ser um bom cinegrafista, já que o peixe, desde sua fisgada e antes de ser devolvido ao mar, deve ser filmado, para comprovar a sua captura e completa liberação. Como cada equipe é composta de quatro pescadores, um acaba sendo o escolhido para filmar, mas algumas vezes há revezamento.
Ao final da pescaria uma comissão escolhida se reúne para assistir os filmes e validar ou não a pontuação. Ela é composta por cinco participantes. Cada marlim azul liberado vale 1500 pontos, mais 600 de bônus. Já o marlim branco conta 1000 pontos, mais 300 de bônus, e o sailfish 500 mais 150 de bônus.
No dia 25 deste mês acontece o Torneio de Encerramento, junto com as festividades de aniversário de 47 anos do YCI. IMP

Trator desgovernado desce ladeira no Itatinga

São Sebastião - Uma máquina retro-escavadeira desgovernada quase provocou uma tragédia ontem à tarde, no Itatinga, em São Sebastião. O trator da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) desceu uma ladeira de aproximadamente 100 metros na travessa Júlio Prestes de Albuquerque.
Desgovernada, a máquina ganhou velocidade e atingiu um Santana que estava parado. O veículo foi jogado contra a fachada de uma casa. Antes de acertar o carro, o trator destruiu parte da calçada da travessa Julio Prestes.
Para os moradores, o acidente poderia ter sido mais grave. Segundo eles, a rua costuma ficar cheia de crianças diariamente. Com o mau tempo, muitas estavam dentro de casa na ocasião.
O dono do veículo atingido pela retro-escavadeira, Aguinaldo Messias Cardoso Vidal, estava inconformado. “Meu carro estava parado e a máquina desceu rasgando a rua. Ela estava com a pá escorando no chão, mas mesmo assim desceu o morro”, declarou.
Vidal também considerou que, apesar da destruição do veículo, todos tiveram sorte. “Ainda bem que não tinha nenhuma criança na rua”.
Quanto ao carro, ele disse que irá levar em três autorizadas. “Isso aqui é perda total. A Sabesp vai ter que pagar pois o veículo estava parado”, concluiu Aguinaldo Vidal.
Funcionários da empresa informaram que a máquina estava na travessa Júlio Prestes de Albuquerque para ajudar na colocação de bloquetes. A retro-escavadeira estava parada e com a pá carregadeira no chão quando começou a descer a ladeira.
Susto - O comerciante Jorge Luís dos Santos ficou assustado com o acidente. Ele estava na frente de seu bar acompanhado por três crianças quando a máquina desceu desgovernada.
“Eu e as crianças estávamos na calçada. Só deu tempo de puxá-las para dentro e a máquina passar”, lembrou Santos. Parte da calçada foi arrancada pelo trator. “Vão ter que pagar por isso aí pois não vou ficar com o prejuízo”, finalizou.
Uma viatura da Polícia Militar esteve no local para registrar a ocorrência. O acidente, ocorrido por volta das 17h, atraiu muitos moradores do bairro à travessa Júlio Prestes. IMP

Pela 4ª vez, esgoto vaza e suja praia de S. Sebastião
Resíduo atinge areia e revolta moradores e hoteleiros; Cetesb vai vistoriar o local hoje

São Sebastião - A Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) registrou anteontem novo vazamento, o 4º em 10 dias, na rede de esgoto na praia de Juqueí, na costa sul de São Sebastião. Os resíduos atingiram a areia mas a área não foi isolada como nos incidentes anteriores.
O chefe da Defesa Civil, Luiz Figueiredo, disse que não foi feita vistoria no local porque não houve reclamação formal. A Sabesp informou que o despejo ocorreu no domingo e na segunda-feira, quando o vazamento teria sido contido.
A presidente da Associação de Moradores de Juqueí, Regina Paiva, afirmou que uma reunião deve ser marcada ainda esta semana com a prefeitura. O problema estaria afetando o turismo do local (leia texto nesta página).
No último dia 3, a Defesa Civil interditou uma área de 80 metros quadrados da praia de Barequeçaba e um trecho de 350 metros do rio Juqueí por causa de um vazamento. Na última semana, o órgão isolou novamente parte de Barequeçada devido ao mesmo problema.
Segundo a assessoria de imprensa da Cetesb (Companhia de Tecnologia e Saneamento Ambiental), hoje será realizada uma avaliação no local.
A prefeitura informou que a Secretaria de Meio Ambiente está analisando a possibilidade de realizar teste de balneabilidade nas praias e rios do município. Atualmente, o análise é feita pela Cetesb semanalmente.
O prefeito Paulo Julião (PSDB) foi procurado durante todo o dia de ontem mas não retornou às ligações até as 22h.
OUTRO LADO - A assessoria de imprensa da Superintendência da Sabesp no Litoral Norte informou que no local foi realizado um serviço para a contenção do vazamento.
A companhia suspeita que o problema tenha sido causado pela chuva dos últimos dias. O excesso de ligações clandestinas de águas pluviais no sistema também pode ter colaborado.
A Sabesp informou que pretende iniciar no próximo mês uma fiscalização nas redes do bairro Juqueí para detectar ligações irregulares de água pluviais no sistema. Cerca de 1.500 casas devem ser vistoriadas.
A medida foi realizada nos últimos dois meses em Barequeçaba, onde foram fiscalizadas 1.000 residências. Segundo a companhia, 89% das casas apresentaram problemas no sistema de esgoto domiciliar e cerca de 40% eram de ligações clandestinas de água pluviais na rede de esgoto. VALE

Morador quer reunião para discutir problema

São Sebastião - Hoteleiros e moradores da costa sul de São Sebastião planejam marcar uma reunião com prefeitura, Sabesp e Cetesb para discutir o problema dos vazamentos de esgoto nas praias da região.
A presidente da Associação de Moradores de Juqueí, Regina Paiva, disse que os turistas e moradores estão revoltados.
"Os moradores estão desesperados. A praia deveria ser interditada pois os resíduos de esgoto podem colocar em risco a saúde dos banhistas", disse.
Regina afirmou que, caso o problema não seja solucionado de imediato, a associação pretende encaminhar ação à Justiça contra a Sabesp.
"Não podemos passar mais uma temporada de verão com registro de vazamento de esgoto na praia e no rio", disse.
O sócio do Juquehy Praia Hotel, Mário Serrarini, disse que seu estabelecimento está localizado próximo a dois postos de visita (rede esgoto) da Sabesp. O vazamento do final de semana atingiu a área em frente ao estabelecimento. "Os vazamentos podem causar sérios problemas para o turismo." VALE

São Sebastião apresenta Exposição “Memória e Projeção”

São Sebastião - Vinte e um formandos do curso de bacharelado em artes plásticas da Universidade Braz Cubas, de Mogi das Cruzes, realizam amanhã, dia 15, uma exposição itinerante, denominada “Memória e Projeção”, no Teatro de São Sebastião, situado na av. Altino Arantes, 02, centro. A entrada é gratuita.
Segundo o coordenador da mostra, George Rembrandt Gutlich, a exposição desvenda o passado e o presente dos artistas, através de imagens poéticas vindas do subconsciente, com o objetivo de renovar o espírito.
O inusitado da mostra é o local onde os trabalhos ficam expostos: uma caixa de madeira, com tamanho e largura 50x50. A escolha não foi aleatória, ao contrário, faz parte da proposta da exposição, criar um espaço individualizado, para que cada um pudesse expor sua história.
Chamada de caixa de pandora, pelo fato de guardar alguns sentimentos escondidos ou adormecidos, o expositor, além de tudo, é bastante prático, já que a intenção é levar os trabalhos para outros lugares do
Estado, como Taubaté, São José dos Campos e a cidade de São Paulo.
Os materiais utilizados na exposição foram diversos variando da tinta a terracota, cerâmica, entre outros. Um dos trabalhos que estarão expostos é da artista Nilza Stricker, que após uma minuciosa pesquisa sobre as figuras que representam a natureza, criou uma simbologia de céu e mar, onde a atração principal é uma concha. “No fundo, no fundo, o que está lá dentro ninguém sabe”, diz misteriosa.
Já a artista Maria Luíza de Carlos Nogueira escolheu projetar a construção do ser, objetivo da exposição, através da visão do subconsciente, simbolizada pelas lentas de um óculos e um muro. “A arte contemporânea é muito subjetiva e, aliada a visão poética, surge uma interpretação muito ampla”, diz. A exposição tem o apoio da Prefeitura de São Sebastião. PMSS

Rio de janeiro vence Campeonato Brasileiro de Optimist por Equipe

São Sebastião - A equipe do Rio de Janeiro, formada pelos velejadores Philip Wender, Marcos Duarte, Thomas Low Beer, Bruno Faria e Frederico Chaves, foi a vencedora do Campeonato Brasileiro de Optimist, que terminou hoje, dia 14, após a realização de 8 regatas de curto percurso.
O segundo lugar também foi conquistado pelos cariocas, com a equipe formada por Marcos Grael, Juliana Senft, Martini Polvoli, Flávio Pies e Anne Aune. Em terceiro lugar ficou a equipe de Pernambuco, composta por: Leonardo Monteiro, Heitor Caldas, Cecília Aragão, Humberto Carrilho e Marcelo Carrilho.
Na quarta colocação ficou a equipe de São Paulo, que conta com velejadores do Litoral Norte, Gabriel Melchert e Baepi Pinna, além de Juan Carri, Rafael Bastos e Martin Pineda.
Neste ano, a competição teve um formato diferenciado, com competições individuais e por equipes. Os dois primeiros dias de regatas foram reservados para o Campeonato Individual. Os quatro mais bem colocados de cada Estado constituíram os times formados por cinco velejadores.
Amanhã será reiniciado o campeonato individual, com a primeira largada às 11 horas. Nesta categoria, o resultado parcial também prevalece a boa campanha dos cariocas, com Marcos Grael, em primeiro lugar, e Bruno Faria, em segundo. O catarinense, bicampeão da classe, Matheus Dellagnelo, segue na terceira posição. Os sebastianenses Gabriel e Fábio Melchert ocupam o 9º e o 58º lugares, respectivamente.
O campeonato que reúne pequenas feras do iatismo de vários Estados brasileiros, como: Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Distrito Federal e Pernambuco prossegue até a próxima sexta-feira, dia 17.
Os melhores juízes do Brasil estão reunidos nesta competição, como Nelson Ilha, Pedro Paulo Petersen, Cláudio Buckup, Cláudio Ferraz e Rodrigo Lobato. A equipe de auxílio em água conta com a presença do vice-presidente da Federação Paulista de Vela, Carlos Eduardo Sodré.
O Campeonato Brasileiro de Optimist conta com o apoio da Prefeitura Municipal, que cedeu toda a infra-estrutura necessária ao evento. PMSS

Prefeitura realiza 120 apreensões de produtos comercializados irregularmente

São Sebastião - A Prefeitura de São Sebastião realizou a apreensão de 120 produtos, comercializados irregularmente por ambulantes não cadastrados. A ação faz parte de um novo sistema de fiscalização integrada, que visa o combate ao comércio irregular, adotado em dezembro do ano passado e que envolve diversas áreas da administração pública, polícias militar, civil e ambiental e organizações como associações de bairros.
As apreensões levam a um universo de objetos e alimentos como 2003 sorvetes, 195 espetinhos de queijo, 702 abacaxis, 330 bebidas, 76 pacotes de biscoitos de biju, 219 óculos de sol, 323 unidades entre tapetes, redes, mantas e cangas, 338 chapéus, sete caixas de foguetes, 124 buchas de sândalo, 83 peças de artesanato, entre outros.
A Costa Sul é a região que mais registrou apreensões, sendo 34 em Juquehy, 33 em Maresias e 37 nos bairros de Boiçucanga e Camburi, enquanto nas praias do Guaecá e Cigarras foram efetuadas 16 apreensões.
São Sebastião conta com cerca de 500 ambulantes cadastrados pela prefeitura (número que chega a triplicar na temporada) e, para manter este trabalho intensivo no município, a administração pública montou uma estrutura que conta com mais de 60 fiscais, trabalhando diariamente, em turno de revezamento, em barracas instaladas nos bairros de Juquehy, Camburi, Boiçucanga, Maresias, Guaecá e Cigarras. A fiscalização também conta com o telefone 08007725307 (disponível para denúncias), rádios de comunicação e veículos utilizados pela fiscalização volante.
Segundo o secretário da Fazenda, Luiz Leite Santana, o objetivo é abranger a comunidade como um todo, onde a pessoa tenha uma referência para efetuar as denúncias de irregularidades, “seja na área da fiscalização de posturas, obras, meio ambiente ou sanitária”, disse.
Os fiscais também efetuaram 84 autuações referentes a comércios sem alvará, 15 para eventos sem autorização e 14 para uso irregular do solo (como cadeiras e mesas em espaços públicos, por exemplo).
Os alimentos perecíveis recolhidos pela fiscalização e em condições de consumo, são doados para entidades filantrópicas do município.
Esta medida será rotina de trabalho da fiscalização nos feriados prolongados e alta temporada. PMSS

Contas da Comtur são contestadas

Ubatuba - A Câmara de Ubatuba pretende propor a instauração de CEI (Comissão Especial de Inquérito) para investigar supostas irregularidades na administração da Comtur (Companhia Municipal de Turismo).
O pedido de investigação foi feito pela dona-de-casa Maria Aparecida da Cunha, que acusa a Comtur de suposto desvio da verba da cobrança de estacionamento rotativo em quatro praias.
"Vamos votar a CEI na primeira sessão ordinária. É preciso apurar a denúncia", afirmou o presidente da Câmara, Rogério Frediani (PTB).
O presidente da Comtur, Luiz Bischof, negou irregularidades na companhia. "Prestamos contas de tudo que fazemos e os vereadores inclusive receberam relatório com os nossos balanços." VALE

Câmara de Ubatuba faz sessão para votar reajuste em ônibus

Ubatuba - A Câmara de Ubatuba vai apreciar amanhã em sessão extraordinária o projeto do Executivo que prevê aumento no valor da tarifa do transporte coletivo do município. O preço da passagem deverá sofrer reajuste de 20%, passando de R$ 1,40 para R$ 1,70.
A empresa Costamar Transportes Coletivos solicitou à Prefeitura Ubatuba que o valor da tarifa seja fixado em R$ 1,85, o que corresponderia a um aumento de 32%. Mas, após analisar as planilhas da empresa, o Executivo decidiu propor R$ 1,70.
A proposta do prefeito de Ubatuba, Paulo Ramos de Oliveira (PFL), foi encaminhada na última terça-feira à Câmara e entrou em regime de urgência. A sessão extraordinária será realizada amanhã a partir das 18h.
SÃO SEBASTIÃO - Em São Sebastião, a tarifa dos ônibus urbanos já foi reajustada. A passagem passou de R$ 1,40 para R$ 1,70.
As linhas que fazem a ligação do centro para as praias da Costa Sul também sofreram reajuste. A tarifa do itinerário Centro-Boracéia passou de R$ 3,20 para 3,60.
No sentido Centro-Boiçucanga, atualmente o passageiro paga 2,60 --o valor anterior era R$ 2,30. A passagem do centro até Maresias passou de R$ 2 para R$ 2,30. O mesmo valor é cobrado de Boiçucanga a Boracéia.
A passagem de ônibus da linha intermunicipal Caraguatatuba-São Sebastião foi reajustada em 6% no último domingo. A tarifa passou de R$ 1,65 para R$ 1,75.
O serviço é explorado apenas pela empresa Litorânea Transportes Coletivos. Segundo a empresa, o reajuste foi necessário devido aos aumentos de combustível.
SÃO JOSÉ - Em São José dos Campos, o índice de reajuste deverá ser definido até o final desta semana. As empresas que operam no município reivindicam que a passagem aumente de R$ 1,35 para até R$ 2,38. A tendência é que novo valor da passagem fique entre R$ 1,50 e R$ 1,60. VALE

Carta do Leitor

Ao Sr. Prefeito Antonio Carlos da Silva - Realmente a nossa Caragua está ficando cada vez mais bonita, principalmente com as obras que estão em andamento. Fica aqui a minha insatisfação em relação aos seguintes pontos:
1) Existem ruas no Jd Aruã e provavelmente em outros bairros carentes de passeio para pedestres, colocando em risco a vida das inúmeras pessoas que escolheram Caraguatatuba para curtir as férias e relaxar. Presenciei uma cena muito desagradável de queda de um cidadão no "lago dos sapos". Desculpe o nome mas não vejo outro nome para dar ao local que deveria ser uma calçada na AV. Rotary com a Av. General Osório .
Diante da minha gravidade do assunto descobri o telefone da area de urbanismo e resolvi falar com alguém para tomar as providências cabíveis. Para a "nossa" decepção fui informado da existência de denúncia registrada (número 120) de 21/01/2002 referente ao lote 9 quadra 10 e nova notificação 36.073 em 21/01/2002. Parece-me bastante razoável o prazo de um ano para colocação de tubos, eliminação da água que ali se acumula e disponibilizar a calçada para os pedestres. Peço ao senhor a verificação dos motivos pelo qual até a presente data continua tudo do mesmo jeito , salvo o mato que agora parece ter coberto o lago.
2) Alguns jovens mantem Som alto demais em algumas casas de veraneio não respeitando o silêncio de quem procura após as 22:00h descansar com a familia. Existe alguma possibilidade de modificação no atual procedimento que obriga a presença física do reclamante junto ao local do som alto com as autoridades policiais? Numa das situações anteriores o reclamante recebeu ameaça logo após a saída das autoridades policiais e o som permaneceu alto durante a madrugada.
3) Na recente inauguração da duplicação de pistas da Avenida Geraldo Nogueira da Silva - (Centro/Indaiá) se faz necessário a colocação de lombadas e faixas de pedestres devido ao excesso de velocidade dos veículos que ali passam obrigando os pedestres a correr para não ser atropelado.
Para efeito de esclarecimentos, resolvi escrever para a redação do Litoral Virtual pois estou desacreditado na comunicação com a prefeitura e demais secretarias pois ambas não deram retorno aos últimos e-mails encaminhados. Finalizo com a sugestão da implantação de pesquisas de satisfação com os municipes e quem sabe criação de uma Ouvidoria para dar mais transparência ao processo.
Desde já agradeço,

Sérgio M. Baptista
Caraguatatuba, SP


Radares - Caro Editor. A instalação de radares em São Sebastião deve privilegiar a segurança e fluidez no tráfego e não a fúria arrecadacionista. Para isso, o poder público deve fazer a sua parte na lição de casa.
A rodovia está saturada, tanto para o lado de Caraguá como para a costa sul. Precisamos de intervenções que ampliem sua faixa de uso, como terceiras vias em subidas, criação de paradas obrigatórias para veículos mais lentos, para que não se formem filas, e a limitação do tráfego de caminhões nos horários de pico, e uma pintura de faixa central mais honesta, que permita ultrapassagens aonde ela é viavel, por exemplo.
Entre o caos e a obra cara, deve haver um projeto de otimização da infraestrutura instalada.

Mike Buser
São Sebastião, SP


Cobranças - Sra Magaly, só para esclarecer melhor, sou nascido e fui criado em Ubatuba, inclusive na época que os partos eram nas residencias com parteiras e as aguas das chuvas entravam em nossas casas e as pessoas eram retiradas por canoas, isto por que era no centro da Cidade. Sai de Ubatuba faz 2 anos, continuando com residencia e indo aos finais de semana. Mas uma coisa tenho certeza a minha idade e o tempo já vivido que, Ubatuba não pode e não vai ficar fora do progresso. Que a causa aparenta mais aquelas brigas politicas, que prejudicam o crescimento de uma Cidade, vindo atrapalhar uma melhor qualidade de vida para seus moradores, aumentando empregos, educação, segurança,saúde e com certesa melhorando a qualidade e atendimento aos turistas. (fonte de nossa renda).
Para concluir, vamos cobrar investimentos nas ruas com as arrecadações garantidas, caso contrário como vamos cobrar uma qualidade em algum serviço que seja , banheiros, estacionamentos, ruas etc.Temos de nos acostumar que temos de pagar para poder exigir, por um exemplo fui usar o banheiro da Sorveteria Rocha, na Praça e fui cobrado R$ 0,30, não acho errando pois para melhorar em limpeza. até acho justo.

Pedro Silva
Ubatuba, SP


Comtur I - Turismo, geração de riquezas, matemática e conclusões - Temos lido nos noticiários a guerra fiscal entre os estados. Cada um querendo oferecer “vantagens” às empresas industriais e/ou comerciais e de prestação de serviços com o intuito de aumentar suas respectivas arrecadações, criar empregos enfim promover o desenvolvimento social, custeado pelo econômico. Idem para os municípios do mesmo estado ou não. Assim, municípios e estados “concorrem” com o que tem, e podem oferecer, para atingir este mesmo fim. Nós, não temos opões industriais, que não seja a indústria do turismo. Esta indústria de serviço é tida como a mais atraente, pois, pelo menos em tese, é a que traz mais na relação custo benefício e, também e tese a menos poluidora. Não vamos discutir aqui suas vantagens, pois é nossa única alternativa, claro que desde que implantada. Esta indústria requer infra - estruturas básicas e específicas de custos vultosos. Vamos fazer um paralelo ao assunto usando um pouco de matemática simples. Temos 60.000 habitantes (arredondei um pouco para baixo para facilitar o raciocínio) e um orçamento anual por volta de 60 milhões. O que daria um “gasto anual” por habitante de R$ 1000,00 ou R$ 83,00 reais/mês. O que assistimos é que este dinheiro arrecadado, cumprindo as exigências percentuais orçamentárias falta sempre recursos para qualquer investimento. Não sobra recursos suficientes para a Santa Casa, para a recuperação do leito carroçável das ruas, para o recolhimento e tratamento do lixo, para investimento em segurança,l para preservação do meio ambiente, limpeza e conservação de ruas e praças, criação de estacionamentos, construção de escolas e creches etc ect etc. Por que? Má administração dos recursos? Talvez em parte. Na verdade nos falta arrecadação e geração de emprego e renda. Peço especial atenção para a próxima argumentação:
Quando recebemos durante a temporada digamos durante 30 dias consecutivos no verão e outros 30 dias durante o restante do ano 600.000 pessoas, isso quer dizer que: Durante dois meses por anos recebemos 10 vezes mais pessoas do que a nossa população e “damos” e ou “dividimos” com elas todos os nossos (já deficientes) serviços públicos e ficamos ainda com o ônus da depredação ambiental que estamos sofrendo ano a ano e a recuperação do desgaste dos nossos bens públicos. Assim, aqueles tais R$ 83,00 por mês por habitante (para tudo) transformam-se em apenas R$ 31,25. Não é assustador? Onde iremos parar ainda, se continuarmos a fomentar o turismo de massa e ainda com a política burra de “TUDO DE GRAÇA” ??? Iremos aumentar mais o IPTU, por exemplo, a cada necessidade? Será, que as cidades de origem destes visitantes aceitariam de volta o lixo que trouxeram? O esgoto que deixaram? Será que nos custeariam as necessidades da Santa Casa? A pavimentação das Ruas? Fariam doações para a segurança pública? Para os Salva Vidas? Mandariam mutirões para a limpeza das praias? Mandariam recompor a flora e a fauna dos incêndios provocados por acampamentos clandestinos? CLARO QUE NÃO! Então, quanto mais pessoas, nesta desorganização total do que pensamos ser turismo, muito pior.
Nas cidades turísticas, a média (baixa) de gasto do visitante é de US$ 50,00. Vamos nos contentar, para efeito de calculo com 50,00 (entre hospedagem, alimentação, passeios, compras e demais serviços. Voltemos a matemática: 600.000 pessoas gastando R$ 50,00 teríamos R$ 30.000.000,00/ dia x 60 dias teríamos um “faturamento da cidade (só durante estes períodos) de impressionantes R$ 1.800.000.000,00 (Um bilhão e oitocentos milhões de reais). Este é, com certeza, o valor aproximado que Ubatuba (apenas) serve de “palco” para a circulação desta vultosa riqueza. Se fosse possível o município tributar em apenas 1% esta quantia, arrecadaria 3 vezes mais e isentava de IPTU toda a população. Acham muito? Quem consegue ficar de férias um dia apenas em qualquer cidade, por exemplo Salvador, com menos do que R$ 50,00? Pagando hospedagem, alimentação e fazendo passeios e compras de lembrançinhas?
A idéia inicial da formação da comtur era que ela, porque a prefeitura não tem mobilidade política e orçamentária para tanto, planejar implantar, administrar e gerir o desenvolvimento turístico de Ubatuba.
Tenho certeza de que a discussão da cobrança de R$ 3,00 de estacionamento nas praias é tão estúpida quanto sua justificativa. Não se fará desenvolvimento econômico e turístico com esta taxa. Muito menos com a COMTUR que esta aí. A prefeitura, pela “saia” justa da lei orçamentária não conseguiria nem de perto o necessário. A comtur é a solução. Ela deveria, e ainda quem sabe será, a “menina dos olhos” de todos nós. Principalmente dos representantes do povo no legislativo, porque uma hora dessas eles irão cobrar mais “pão” e menos “circo”. Tenho mais um “saco” de considerações a fazer mas, vou ficar por aqui. Afinal, devo estar tomando lugar e tempo de outros que também tem direito a palavra. Pode existir idéia melhor que a Comtur. Porque não? Quem tiver essa idéia, por favor, gostaria muito, muito mesmo de conhece-la.

Ronaldo Dias
Ubatuba, SP


Comtur II - Uma grande dúvida - Parece que está havendo uma grande confusão com relação ao destino da COMTUR. A discussão não é sobre o fim desta empresa, mas sim da atual administração.
Após uma magnífica vitória, com aprovação por sete votos contra dois, pelos nobres vereadores que por fim resolveram moralizar um pouco o nosso município, vem o Sr. Prefeito, juntamente com o presidente da COMTUR e outros diretores interessados em derrubar este ato, que diga-se de passagem foi o mais importante dos últimos anos, solicitar um fórum afim de tentar reverter a situação.
Segundo opinião geral, a vontade é substituir meia dúzia de inexperientes e ditadores que comandam a COMTUR por um profissional gabaritado e interessado em exercer sua profissão com dignidade e seriedade. Com o salário destes elementos, contratar-se-ia um profissional diplomado e com experiência para realmente justificar a existência de uma COMTUR, e ainda sobraria dinheiro para aplicar em benfeitorias, que é e sempre será o objetivo de uma empresa que trabalha com honestidade e transparência.
Trabalhei em uma empresa que estava afundando ano após ano. Um dia o conselho chegou a conclusão que o problema estava na má administração. Resolveram destituir toda a diretoria e contratar pessoas mais gabaritadas e experientes. A empresa tomou novos rumos, progrediu, aumentou o faturamento, contratou mais empregados e está crescendo até hoje. E não fechou.
Senhores vereadores, se desta vez houver uma decepção, de toda uma população, dos nobres defensores dos interesses do município, jogando por água abaixo aquele fio de esperança adquirido por todos, sentiremos muito, pois nada mais terá valor, nem dignidade, nem hombridade, nem honestidade. O que poderemos dizer para nossos filhos amanhã? O que dizer para os eleitores nas próximas eleições? Quais de vocês terá condição de dormir tranqüilo, sabendo que seus próprios filhos o estarão julgando?
Na próxima sexta feira dia 17, serão inúmeros os eleitores que estarão atentos às atitudes dos nobres vereadores, e milhares, como eu, esperamos sair pelas ruas de peito erguido e orgulhosos de nossos representantes.
Não se deixem enganar com falsas promessas e falsas desculpas. Simplesmente cumpram com o seu dever.

Davi Cavalheiro
Ubatuba, SP

 

Forum Comtur - Participe!
Dia 17/01/2003 às 19:00h na Câmara Municipal
Ajude a transformar Ubatuba em uma cidade com turismo de qualidade.
Clique Aqui para participar com sua sugestão



Foto do Dia:
Praia da Martin de Sá
Caraguatatuba
Praia do Martin de Sá
© Emilio Campi


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Clique Aqui para acessar o arquivo de Fotos Publicadas

 
Gaivota FM
Participe você também do Forum COMTUR
De segunda a sexta das 12 as 14 hs na Gaivota FM 104.9
Ligue 3833.5550
ou clique aqui e envie seu comentário


 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui.


Museu Caiçara Cooperativa Educacional Ubatuba Ubatuba

As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  idenficação do autor.


GRÁTIS!!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:
Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral na versão:
Compacta (apenas as manchetes c/ Link)
Completa (todas as notícias na íntegra) 
e-mail:
Cidade:


Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br


©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor