Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Quinta-feira, 16 de janeiro de 2003 - Nº 702 Edições Anteriores

Cooperativa Educacional Ubatuba Pousada das Cachoeiras Naturali Garden Center

Litoral Norte:
   Tempo ruim continua até sexta na região
   Ibama vai fiscalizar pescadores
   Cidades turísticas reelegem Julião presidente da Aprecesp

Caraguatatuba:
   Acidente na Tamoios mata um e fere quatro
   Cadeia fica com presos após motim
   SME de Caraguá realizou capacitação com funcionários de Itupeva
   Padre do Travessão deu bênção especial para Secretaria de Educação
   Caraguá define novas estratégias contra a dengue
   Lei Municipal proíbe animais soltos na praia
   Cicloturismo ganha adeptos em Caraguá
   Ulisses Rocha é atração na tenda Cultural dia 24

Ilhabela:
   Tarado na Ilha

São Sebastião:
   Musa grava programa da MTV em Maresias
   Turista se aglomera para ver modelo
   Futebol de sabão invade as praias
   Beach Games agita praias de São Sebastião
   Cetesb acha causa de vazamentos
   Pista clandestina estaria sendo usada para tráfico de drogas

Ubatuba:
   Transporte Náutico e Sistema Intermodal
   Câmara organiza Forum para discutir ações da Comtur
   Sonrisal, “O Resgate da Tradição”
   Fiscalização ostensiva inibe comércio clandestino
   Guarda renova porte de arma
   Asfalto faz a ligação de 4 bairros

   Carta do Leitor



Tempo ruim continua até sexta na região

Litoral Norte - A massa de ar úmida começou a deixar a região ontem e a previsão é de chuviscos na manhã de hoje em toda a região. Segundo o CPTEC (Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos) para amanhã, o céu deverá variar de parcialmente nublado a nublado. No sábado, há possibilidade de pancadas de chuva. Para hoje, a máxima é de 29ºC e mínima de 20ºC no Vale do Paraíba, máxima de 30ºC e mínima de 22ºC no Litoral Norte e máxima prevista de 25ºC e mínima de 13ºC na Serra da Mantiqueira. (Fonte: ValeParaibano)

Ibama vai fiscalizar pescadores

Litoral Norte - O Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) vai intensificar a fiscalização de pesca amadora sem licença no Litoral Norte. A pesca em praias e costeiras sem autorização é proibida.
Segundo o gerente do Programa de Pesca Amadora do Ibama, Leonardo Borges, a autorização é válida por 1 ano e as taxas variam de R$ 20 a R$ 40.
Borges afirmou que somente estão isentos da licença aposentados, menores de 18 anos e mulheres com mais de 60 anos. A multa para pesca sem licença varia de R$ 500 a R$ 2.000.
O coordenador de segurança Oswaldo Saldo Filho, 40 anos, morador de São José, disse que pratica pesca na praia da Massaguaçu, em Caraguá. Ele afirmou que não tem a autorização do Ibama. "Pretendo providenciar em breve a licença pois posso ter o meu material de pesca apreendido."
Informações no site do Ibama: www.ibama.gov.br  ou pelos telefones (61) 316-1234/1237/1400. (Fonte: ValeParaibano)

Cidades turísticas reelegem Julião presidente da Aprecesp

Litoral Norte - O prefeito de São Sebastião, Paulo Julião, foi reeleito ontem presidente da Aprecesp (Associação das Prefeituras de Cidades Estância do Estado de São Paulo). A eleição ocorreu na sede do DADE (Departamento de Apoio e Desenvolvimento das Estâncias), em São Paulo.
Julião venceu em chapa única. Os prefeitos de Barra Bonita, José Carlos de Melo Teixeira, e de Águas de Lindóia, Geraldo Mantovani, continuam como 1º e 2º vice-presidentes.
No total, 44 prefeitos participaram da votação. Para que a chapa fosse eleita era necessária a presença de 50% mais um dos 65 prefeitos da Aprecesp. “É uma responsabilidade a mais, porém, durante este primeiro mandato organizamos o estatuto e conseguimos liberar 70% dos recursos até hoje liberados para as cidades estâncias. Foi uma vitória que se concretizou nesta reeleição”, declarou o prefeito, ontem à tarde.
A Aprecesp se reúne a cada três meses. De acordo com o presidente, a entidade promove principalmente ações em busca de recursos para o setor turístico. “São verbas previstas na Constituição, definidas por lei”, destacou Julião.
Ele salienta que este ano São Sebastião será contemplado com R$ 1,990 milhão. “Temos uma relação direta com os órgãos estaduais, como Secretarias de Ciência e Tecnologia, Desenvolvimento Econômico, e Turismo, o que trará muitos benefícios para a região”, concluiu.
Criada em 1985 como “associação de prefeitos”, a Aprecesp só foi regularizada juridicamente na gestão de Paulo Julião. Além desta entidade, ele ainda é presidente da Associação dos Municípios Brasileiros com Terminais Petrolíferos (Abramt).
Ficou definido também que a próxima reunião será realizada na cidade de Ibirá, a 423km de São Paulo, na região de São José do Rio Preto, no final de março.
“Para esta próxima reunião, vamos convidar o secretário estadual de Ciência, Tecnologia, Desenvolvimento Econômico e Turismo, João Carlos Meirelles, para sabermos quais os projetos na área de turismo que a secretaria está preparando para os municípios estância”, disse Paulo Julião. “Vamos também convidar o governador, que vem prestigiando a entidade”, disse, ao se referir à presença de Geraldo Alckmin na última reunião ordinária, realizada em Paranapanema.
Foram eleitos também na chapa encabeçada por Julião os prefeitos de Serra Negra, Paulo Scachetti (1º secretário), de Caconde, Nestor Ribeiro Neto (2º secretário), de São Roque, José Fernandes Zito Garcia (1º tesoureiro), de Santo Antonio do Pinhal, Mario Luiz Vieira (2º tesoureiro), de São Luiz do Paraitinga, Danilo José de Toledo (diretor de assuntos nacionais), de São Bento do Sapucaí, Geraldo de Souza Dias (diretor de relações internacionais), de Monte Alegre do Sul, José Eneás Conti, de Águas de Santa Bárbara, Cleocir Dias e de Salesópolis, Francisco Rodrigues Correa (todos do conselho fiscal), do prefeito de Bananal, Wilton Nery Pereira, de Lindóia, Élcio Fiori de Godói e de Holambra, Celso Capato (suplentes). (Fonte: Imprensa Livre)

Acidente na Tamoios mata um e fere quatro

Caraguatatuba - Uma pessoa morreu e outras quatro ficaram feridas --duas em estado grave-- ontem em um acidente no km 79 da rodovia dos Tamoios, em Caraguatatuba. O acidente aconteceu depois que um caminhão perdeu o freio.
Quatro veículos se envolveram no acidente. Segundo a Polícia Militar Rodoviária de Caraguatatuba, um caminhão, com placas de Arariguama-SP, seguia no sentido Paraibuna-Caraguá quando perdeu o freio e colidiu contra a traseira de um caminhão Mercedes-Benz, com placas de Caçapava, que foi jogado contra um Fusca, de São Bento do Sapucaí, que estava parado no acostamento.
O caminhão que estava sem freios seguiu mais 800 metros e colidiu com um Citroen, de São Paulo, e tombou, interditando parte da rodovia dos Tamoios. O trânsito ficou interrompido durante uma hora e houve um congestionamento de cerca de 3 quilômetros.
O motorista do Fusca, Marcelo dos Santos, 33 anos, foi prensado no e morreu no local. O motorista do caminhão sem freios, Waldomiro Felipe da Silva, 44 anos, e o passageiro, Josué da Silva, 31 anos, tiveram ferimentos graves e foram levados ao pronto-socorro de Caraguá.
A passageira do Fusca, Camila Dalilla Pereira Santos, 8 anos, também foi levada ao pronto-socorro de Caraguá com ferimentos graves.
O pronto-socorro da Santa Casa de Caraguatatuba informou no final da tarde de ontem que Camila e Josué Silva, passageiro do caminhão, ainda estavam internados. O motorista do caminhão que perdeu o freios foi liberado durante a tarde. O motorista do Citroen e do caminhão Mercedes-Benz sofreram ferimentos leves.
No último dia 30, cinco pessoas morreram e outras oito ficaram feridas em um acidente no km 73 da Tamoios que também envolveu quatro veículos. (Fonte: ValeParaibano)

Cadeia fica com presos após motim

Caraguatatuba - Um dia depois da rebelião de presos na Cadeia Pública de Caraguá, a superlotação continua oferecendo risco de novos motins nas unidades do Litoral Norte. A Polícia Civil não conseguiu mais vagas no sistema prisional para transferir presos condenados.
Durante a rebelião, os presos fizeram um carcereiro como refém. Eles reivindicavam a transferência de nove presos com direito a prisão em regime semi-aberto.
O protesto acabou com a transferência de seis presos para Franco da Rocha (SP). Outros três não puderam ser removidos por faltas de vagas.
A cadeia está com 112 presos e capacidade para apenas 48 detentos. O diretor da cadeia de Caraguá, Fábio de Carvalho Joaquim, afirmou que a cadeia estava "tranquila" ontem. (Fonte: ValeParaibano)

SME de Caraguá realizou capacitação com funcionários de Itupeva

Caraguatatuba - A Secretaria de Educação de Caraguatatuba, através do setor de Informática, realizou nos dias 13 e 14 de janeiro uma capacitação para funcionários da Diretoria de Educação do município de Itupeva - SP.
A equipe veio à Caraguatatuba especialmente para conhecer de perto o SAEMEC - Sistema de Administração Escolar do MEC, utilizado pela Prefeitura de Caraguá, nas escolas, para o gerenciamento de dados. O sistema foi divulgado em um congresso pela Secretária de Educação, Roseli Morilla Baptista dos Santos, despertando o interesse de outras Prefeituras, ocasionando assim, o primeiro contato com a Diretoria de Educação de Itupeva. O treinamento, que teve duração de dois dias, foi oferecido para uma equipe composta de seis funcionárias da Educação de Itupeva.
Mas o que é o SAEMEC? - O SAEMEC é um sistema utilizado por todas as escolas da rede municipal de Caraguatatuba. Trata-se de um software desenvolvido pelo MEC para a automatização de trabalhos rotineiros das escolas como controle de freqüência, emissão de boletim e histórico escolar, controle de recursos humanos, financeiros, etc. O SAEMEC é distribuído gratuitamente para todas as escolas públicas e privadas de todo o Brasil e possibilita a transferência de dados do Censo Escolar para o SIED - Sistema de Informações Educacionais e INEP - Instituto de Pesquisas Educacionais - o que garante agilidade e confiabilidade às informações. Em Caraguá há ainda mais um diferencial: os dados escolares são transmitidos para o servidor da rede da Secretaria Municipal de Educação através de conexão online. (Fonte: SME/PMC)

Padre do Travessão deu bênção especial para Secretaria de Educação

Caraguatatuba - Funcionários da Secretaria Municipal de Educação se reuniram nesta quarta-feira 15, para receber o padre José Bramakula, da paróquia do bairro Travessão, que veio à SME fazer uma bênção especial para o ano de 2003. Trazido a convite da diretora Silmara Bolognini da EMEF "Prof Alaor Xavier Junqueira", do Travessão, o padre aproveitou a ocasião para falar da importância da Educação para nosso município e desejar um ano bom para que toda a equipe continue realizando um bom trabalho, para o bom funcionamento das 30 unidades escolares da Prefeitura de Caraguatatuba. Após a oração, todos os funcionários receberam a bênção, e em seguida o padre José visitou toda a sede da SME acompanhado pela Secretária de Educação Roseli Morilla Baptista dos Santos. (Fonte: SME/PMC)

Caraguá define novas estratégias contra a dengue

Caraguatatuba - Com o objetivo de diminuir cada vez mais a proliferação da dengue e a chance de uma epidemia, a Secretaria de Saúde de Caraguatatuba através da Vigilância Epidemiológica de Caraguatatuba está definindo novas estratégicas para o trabalho de combate a dengue. Uma das iniciativas foi ampliar a equipe de agentes, intensificando o trabalho de controle e prevenção da dengue no município. O controle vem sendo feito por 61 Agentes Comunitários de Sáude, que receberam treinamento, este mês, para atuarem nas regiões mais críticas. A equipe já começou a visitar as casas da região central, área com maior quantidades de focos do mosquito Aedes Aegity. Segundo a bióloga Gladys Lima, este ano nenhum novo criadouro foi encontrado na cidade e quanto aos casos de dengue, apenas duas notificações foram registradas este mês, no entanto sem a confirmação da doença.
Outra iniciativa foi implantar mudanças no fluxo de papeis, para acelerar o atendimento aos pacientes com dengue e ter maior controle das informações. Para que o trabalho obtenha sucesso, a Saúde pede que o morador ou turista com sintoma de dengue comunique a Unidade de Saúde mais próxima. A informação dos casos de dengue é essencial para que a equipe de controle da dengue possa fazer o trabalho de bloqueio do mosquito ao redor do doente. “Se um mosquito Aedes aegypti picar uma pessoa com dengue, este passa a ser um transmissor da doença, por isso temos que agir rápido no combate aos criadouros próximos a residência do pacientes com a dengue”, explicou a bióloga.
Para facilitar ainda mais o trabalho de combate aos criadouros na área onde reside ou permanece o doente, também estão sendo discutidas pela Secretaria de Saúde novas formas de atendimento aos pacientes com sintomas de dengue visando a aceleração dos resultados dos exames de sangue ou outros, para que a confirmação ou não da dengue aconteça mais rapidamente. Conforme explicou a bióloga Gladys Lima, a maioria dos pacientes procura a Casa de Sáude Stella Maris, onde a notificação dos casos de dengue pode não ser feita devido a grande rotatividade de médicos e a grande demanda, principalmente na alta temporada. (Fonte: PMC)

Lei Municipal proíbe animais soltos na praia

Caraguatatuba - A Lei Municipal nº 1.144 de novembro de 1980, que está no Código de Posturas do Município de Caraguatatuba, diz que é proibida a permanência de animais soltos na praia, mesmo acompanhados de seus donos, estando estes sujeitos a uma multa que varia de R$ 68 a R$ 341.
As leis federais e estaduais dizem que os animais devem estar sempre com coleira e se forem de raças consideradas agressivas devem usar também fucinheira para preservar a integridade física das pessoas na rua.
Além de diminuir o número de animais na praia, a Prefeitura se preocupa também com o controle de animais soltos na rua. Desde o estabelecimento da parceria entre a Prefeitura Municipal de Caraguatatuba e o Cecan (Centro Comunitário de Apoio aos Animais), em fevereiro do ano passado, o número de animais domésticos soltos nas ruas da cidade tem diminuído bastante. São cerca de 50 animais (cães e gatos) recolhidos, semanalmente, pela carrocinha e uma média de 140 por mês.
Segundo a presidente do Cecan, Amarílis Roncon Perez, 60% dos animais que entram na instituição são resgatados por seus donos ou adotados. “Já passaram por aqui um total de 3.200, e hoje, temos 236 cães e 80 gatos recolhidos e disponíveis para adoção”, disse.
Ela informou que o número de animais soltos aumenta após a noite de réveillon (os cães se assustam com os fogos e fogem) e nos meses de junho e novembro, quando os caseiros e zeladores estão preparando as casas e apartamentos para receberem os veranistas. “Muitas vezes, esses empregados criam seus animais onde moram e trabalham sem que os patrões saibam e, quando os proprietários vêm passear, os cães e gatos são jogados na rua como se fossem lixo”.
Existe um trabalho de conscientização da população, realizado pelo Cecan, que consiste em divulgar os trabalhos do Centro e convidar as pessoas a adotar um animal que está lá. “Hoje, em Caraguá, não existe animal de rua, o que temos são animais na rua. Os “de rua” são aqueles que nasceram e foram criados assim e os que temos aqui são considerados “na rua” por se tratar de cachorros perdidos, abandonados ou que fugiram de seus donos”.
O telefone do Cecan, disponível para pedido de recolhimento de animais, é o 3887-8933. (Fonte: PMC)

Cicloturismo ganha adeptos em Caraguá

Caraguatatuba - Estradas de terra, cachoeiras, nascentes, piscinas naturais e Mata Atlântica, tudo sob muitas pedaladas. Isso é o que os adeptos do cicloturismo esperam encontrar quando vêm para Caraguatatuba. Quem garante isso é o ciclista Pascoal Martinez Filho, que coordena as aventuras de bicicleta feitas por um grupo de 30 pessoas, por todo o litoral. No grupo há pessoas de 12 a 60 anos.
Os passeios são feitos pelo grupo, geralmente aos domingos, para diversos locais da cidade, como Poço das Antas e Rio Claro, mas também há aventuras para as cidades vizinhas como Natividade da Serra, Paraibuna, São Sebastião, Ilhabela, Ubatuba, entre outros. O grupo já tem até um calendário anual de eventos.
Os circuitos variam de 10 a 100 KM, e podem levar de cinco a dez horas ou mais, dependendo do preparo físico dos participantes. Pascoal aconselha que todos façam o treinamento antes de cada passeio, para aumentar a resistência. Quando o roteiro inclui outras cidades, uma Van é alugada para remover as bicicletas até um local adequado para a saída. Quando o passeio é na Ilhabela, por exemplo, a saída dos ciclistas com as bikes é feita da balsa.
Os treinamentos acontecem às terças e quintas-feiras às 19h30, por diversos pontos da cidade, o roteiro mais indicado por Pascoal percorre diversos pontos turísticos de Caraguá, como praia Martim de Sá, Fazenda Disparada, Camaroeiro, entre outros pontos.
A saída para o treino sempre acontece na Point Bike (esquina da Av. Prudente de Moraes com a Jorge Leite, no Poiares), dali o grupo segue para a avenida Geraldo Nogueira da Silva, na praia do Indaiá. As bicicletas indicadas para o passeio são as Montain Bikes ou qualquer outra com 18 marchas. (Fonte: PMC)

Ulisses Rocha é atração na tenda Cultural dia 24

Caraguatatuba - A Tenda Cultural montada na praia Martim de Sá em Caraguá terá ULISSES ROCHA E DUO no próximo dia 24. Há vários anos Ulisses Rocha prestigia a cidade com suas apresentações, uma delas com o guitarrista da banda Sepultura, Andrea Kisses. Ulisses é violinista, compositor e arranjador, conhecido internacionalmente. Tem estilo único e caminha em várias vertentes musicais. Ex- integrante do grupo D’Alma. Já trabalhou com Ernesto Pascoal, Al Di Meola, Roberto Carlos, entre outros. Apresentou-se em festivais internacionais, como o de Montrel, Nova Iorque e Quebec e tem vários CDs gravados.
Na mesma noite apresentam-se as CHORONAS, grupo instrumental de choro, formado por quatro mulheres (flauta, violão, pandeiro e cavaquinho) que interpreta o melhor deste estilo e ainda utiliza-se desta formação para interpretar sambas e até baiões. O grupo tem um CD e já fez várias apresentações em vários grandes espetáculos.
A tenda Cultural também trará atrações no sábado, dia 25, com o MAWACA, grupo que pesquisa e recria a música das mais diversificadas etnias do globo buscando conexões com a música brasileira. É formado por seis cantoras que interpretam canções em mais de dez línguas (línguas indígenas brasileiras, espanhol, búlgaro , finlandês, japonês, húngaro, swahili, grego, árabe, hebraico, ioruba e português), além do grupo instrumental acústico que apresenta uma multiplicidade de timbres; acordeom, violoncello, flagote, flauta, violino e sax soprano, baixo, além de instrumentos de percussão como as tablas indianas, derbak, árabe, djembés, africanos, berimbau, vibrafone, pandeirões do Maranhão e marimba. Tem três CDs gravados. (Fonte: PMC)

Tarado na Ilha

Ilhabela - A notícia não vazou, mas uma leitora da coluna avisa: pelo menos quatro mulheres foram estupradas possivelmente por um mesmo tarado, em Ilhabela, nos feriados de fim de ano. O sujeito as arrasta para a praia, e age perto da Vila e do Iate Clube. A polícia chegou a prender um homem, acusado do estupro de uma garota de 18 anos. Mas as três outras não o reconheceram como o agressor. Portanto, o criminoso continua solto. Todo cuidado é pouco. Não andem sozinhas por aí. (Fonte: César Giobbi/Caderno 2 Estadão)

Musa grava programa da MTV em Maresias
Daniela Cicarelli grava entrevistas na praia e atrai multidão; fã pode passar o dia com a modelo

São Sebastião - Os turistas que frequentam a praia de Maresias, na costa sul de São Sebastião, têm uma atração a mais neste verão --as gravações com a modelo e apresentadora Daniela Cicarelli, para o programa "Notícias de Biquíni", da MTV.
As gravações começaram no último dia 7 e acontecem na piscina de uma casa em frente à praia, uma das mais badaladas do Litoral Norte.
"Estou em lua-de-mel com este trabalho. O clima da casa é muito gostoso e a paisagem, maravilhosa. A escolha não poderia ter sido melhor", afirmou Daniela, que divide a apresentação do programa com Cazé Peçanha.
Algumas gravações também estão sendo realizadas na própria praia, como a cena que representa a chegada da modelo à casa-cenário, batizada como "Casa de Praia da MTV".
"A idéia era simular minha chegada em um furacão e, no dia da gravação, o mar estava muito agitado, o que nos ajudou ainda mais", disse Daniela.
Os VJs da MTV também estão participando das gravações na casa. "É a primeira vez que participo do projeto Casa da Praia e estou gostando muito. O clima da equipe da casa é muito bom e a praia, maravilhosa", disse a VJ Marina Person.
FÃ NA CASA - As gravações do programa Casa de Praia também contam com a participação de oito fãs, que foram os ganhadores da promoção "Eu na Casa".
Para a estudante de jornalismo Jéssica Senra, 19 anos, poder participar do programa, além de ser uma diversão, é também uma boa oportunidade para ver como funciona as gravações de TV. "Além de me divertir, conviver com pessoas da quais sou fã como a Daniela e os VJs, também estou aprendendo muito."
Para fazer parte do programa, os candidatos enviaram redações à MTV. As melhoras foram escolhidas.
O texto escrito por Jéssica relatava o sonho de passar um dia na casa. A história foi gravada pela modelo Daniela Cicarelli, que interpretou o papel da fã, e deverá ser apresentado durante a programação de verão que vai até o final de março na emissora.
As gravações na casa acontecem todos os dias, das 8h até as 20h, e tem término previsto para o final de janeiro. (Fonte: ValeParaibano)

Turista se aglomera para ver modelo

São Sebastião - Muitos turistas que estão passando férias na praia de Maresias, na costa sul de São Sebastião, decidiram fazer plantão em frente à casa onde a MTV grava os programas de verão, na esperança de ver de perto a modelo e apresentadora Daniela Cicarelli.
A estudante Adriana Hernandes, 14 anos, disse que ouviu falar das gravações e foi até o local para tentar ver de perto a modelo, que grava entrevistas para o programa "Notícias de Biquíni".
"Quando ouvi falar que a casa era aqui em Maresias, procurei até descobrir onde era exatamente", disse a estudante, que foi ver a modelo ontem.
O estudante Victor Fassino, 12 anos, veio de Porto Alegre (RS) para passar as férias com os tios e disse que, quando soube que a modelo estava gravando na casa, resolveu ficar de plantão em frente ao cenário. "Sou fã da Daniela e gostaria muito que hoje tivesse gravação na praia para vê-la de perto."
Durante todo o dia, uma multidão de adolescentes se forma em frente à casa para ver os famosos, que ficam até o fim do mês no Litoral Norte. (Fonte: ValeParaibano)

Futebol de sabão invade as praias

São Sebastião - Uma quadra de futebol de sabão, instalada próximo ao posto do Corpo de Bombeiros, tem conquistado os turistas que visitam a praia de Maresias, na costa sul de São Sebastião.
O jogo pode ser praticado por homens e mulheres de qualquer idade, que não se incomodem em levar muitos tombos e ser motivo de gargalhadas dos amigos.
"É muito mais uma brincadeira que um jogo", disse a estudante Sabrina de Oliveira, 15 anos, que participou do jogo por estímulo dos familiares e amigos.
Além de divertir, os jogadores o futebol de sabão também garantem boas gargalhadas para os torcedores.
"Eu gostei muito de ver meus filho, genro e neta jogando. Mas acho que as mulheres estão jogando melhor", disse a aposentada, Eulalia Guimarães, 63 anos.
A quadra fica até o fim do mês na praia e o jogo é gratuito. (Fonte: ValeParaibano)

Beach Games agita praias de São Sebastião

São Sebastião - A partir deste final de semana a animação chega às praias de São Sebastião com o inicio da programação do Beach Games, evento realizado pela Prefeitura Municipal.
Esta é a segunda edição do evento que reúne centenas de banhistas em diversas atividades esportivas e recreativas, como vôlei, futevôlei, malha, ginástica, aeróbica, além dos brinquedos infláveis.
As praias de Boiçucanga, na Costa Sul e Cigarras, na região Norte, serão as primeiras a entrar no calendário das atividades, nos dias 18 e 19.
Nos dias 25 e 26, os jogos acontecerão nas praias de Barra do Una, Costa Sul, e do Bairro São Francisco, na Costa Norte.
No primeiro final de semana de fevereiro, dias um e dois, a programação segue para a praia Balneário dos Trabalhadores (Praia Grande), na região central e, ao Sul, retorna para a praia de Boiçucanga, onde também acontecerá o encerramento destas atividades, nos dias oito e nove. Já na Costa Norte, Enseada será a última praia a abrigar o Beach Games, também nos dias oito e nove.
Na programação das atividades esportivas de São Sebastião, também estão o “V Passeio Ciclístico”, no dia 31 de Janeiro, com concentração marcada para as 21h30, na Rua da Praia e a 22ª edição dos Jogos de Verão de Barequeçaba, evento tradicional que acontece durante os dias de carnaval (entre 28/02 e 04/03), com atividades recreativas, esportivas e competitivas, que reúnem mais de duas mil pessoas diariamente.
As atividades nas praias terão início à partir das 10 horas. (Fonte: PMSS)

Cetesb acha causa de vazamentos

São Sebastião - Uma vistoria da Cetesb (Companhia de Tecnologia e Saneamento Ambiental) no bairro de Juqueí, na costa sul de São Sebastião, constatou vazamento de esgoto em algumas residências. A Secretaria Municipal do Meio Ambiente deverá pedir providências aos moradores hoje.
Os vazamentos de esgoto nas residências estariam ocorrendo devido às ligações irregulares e sistemas de fossa, onde o resíduo é despejado sem conecção com a rede pública. A Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) deve iniciar no próximo mês uma fiscalização em 1.500 casas.
Foram quatro vazamentos em 10 dias. O último ocorreu no domingo e na segunda-feira.
Segundo a empresa, os vazamentos em Juqueí ocorreram devido às ligações clandestinas na rede de águas pluviais e obstrução da rede. (Fonte: ValeParaibano)

Pista clandestina estaria sendo usada para tráfico de drogas

São Sebastião - O DAC (Departamento de Aviação Civil), órgão do Ministério da Aeronáutica, deverá vistoriar uma pista de pouso clandestina encontrada pela Dise (Delegacia de Investigação Sobre Entorpecentes) do Litoral Norte, na Costa Sul de São Sebastião. A Polícia Civil localizou a pista após investigar uma denúncia de que ela estaria sendo usada para tráfico de drogas na região.
O delegado da Dise, Odair Bruzos, explicou que durante as investigações a Dise não flagrou o tráfico, mas encontrou a pista, cuja localização exata não revelou, comunicando ao DAC, órgão com competência para fiscalizar.
Embora a Dise não tenha flagrado tráfico de drogas na área, existe a possibilidade da pista clandestina estar sendo usada para receber a droga na região sem precisar passar pela rodovia SP-55, fiscalizada pela Polícia Rodoviária e única estrada de acesso a São Sebastião.
A assessoria de imprensa do DAC informou que após cumprir vistorias em outras áreas, já agendadas, o DAC seguirá para São Sebastião. Conforme o setor, a inspeção do órgão tem por finalidade averiguar operações aéreas.
O DAC verificará se a pista é usada para transporte aéreo sem homologação. Se isso for detectado, esclareceu a assessoria, será averiguado se é por falta de orientação do proprietário ou má-fé e uso ilícito.
Segundo a assessoria, se for constatado a primeira hipótese será dada a correta informação ao dono para se regularizar, mas se o caso tratar-se de uso ilegal, como drogas, será acionada a Polícia Federal para agir. “O DAC não tem poder de polícia a sua atuação e na área de segurança de vôo”, ressaltou a assessoria.
Crime organizado - A descoberta do crime organizado em Santos, com a prisão de membros de facções, levou a polícia a investigar as áreas vizinhas, que podem ser rotas de traficantes. O Litoral Norte conta com uma rodovia que dá acesso da Baixada Santista ao Rio de Janeiro, portanto poderia estar na rota do crime organizado.
Para o delegado Seccional do Litoral Norte, João Barbosa Filho, se a região atrai estes criminosos, eles devem apenas passar pela região, sem cometer os crimes nas cidades locais e, portanto, não são descobertos pelos policiais.
O delegado explicou que muitas vezes, o criminoso ou o crime está camuflado em um carro com família, incluindo crianças, em viagem pela região, cujos documentos do veículo e motorista se encontram regularizados.
Nestes casos, disse João Barbosa, somente uma vistoria no carro poderia localizar algo suspeito. (Fonte: Imprensa Livre)

Transporte Náutico e Sistema Intermodal

Ubatuba - Em sessão extraordinária realizada no início da semana, vereadores de Ubatuba decidiram adiar a apreciação do projeto do Executivo que prevê a regularização do transporte náutico no município. Os parlamentares afirmam que a proposta iria privilegiar a alguns proprietários de barcos. Os vereadores pretendem discutir uma nova proposta para regulamentar o transporte náutico nas 74 praias de Ubatuba.
Na mesma sessão os vereadores aprovaram por unanimidade proposta do tucano Charles Medeiros que autoriza a prefeitura a alterar o sistema de transporte em Ubatuba. Medeiros propõe o "sistema intermodal". De acordo com a proposta, os ônibus convencionais atuariam apenas nas vias principais e vans ou microônibus ficariam responsáveis pelos transporte de passageiros nos bairros mais afastados. (Fonte: ValeParaibano)

Câmara de Ubatuba organiza Fórum para discutir ações da Comtur

Ubatuba - A Câmara de Ubatuba promove no próximo dia 17 de janeiro, às 19h, um fórum para discutir as ações da Comtur (Companhia Municipal de Turismo) no município, principalmente em relação à cobrança da zona azul em algumas praias da cidade.
A iniciativa partiu da nova Mesa Diretora do Legislativo, que pretende implantar mecanismos democráticos de discussão dos assuntos do município.
Segundo o presidente da Câmara de Ubatuba, Rogério Frediani, a audiência servirá para que o responsável pela Comtur dê explicações sobre o órgão. “Gostaríamos de saber porque apenas algumas praias tem zona azul, se os funcionários contratados são regis-trados? Acho um absurdo quando ele fala em acabar com a Comtur só por causa do fim da cobrança da zona azul”, ressalva.
Ainda segundo o presidente, a reunião será aberta à comunidade em geral. “Vamos enviar convite para todos os representantes da sociedade civil organizada”, disse.
A data da audiência foi definida depois que os vereadores de Ubatuba derrubaram na semana passada, em sessão extraordinária, a lei que permitia a cobrança pelo estacionamento em várias praias da cidade. A lei foi derrubada por 7 votos a 2. A cobrança da Zona Azul era o principal item de reclamação de turistas e moradores.
Votaram contra a cobrança os vereadores Eduardo César, autor do projeto, Domingos dos Santos, Charles Medeiros, Maurício dos Santos, Marcos Francisco, Ricardo Cortes e Osmar Souza.
Foram favoráveis os verea-dores João Mazieiro e Ricardo Barbosa. Não compareceram à sessão Andrade Henrique e Gerson de Oliveira. O vereador Samuel dos Santos saiu na hora da votação e o presidente da Câmara, Rogério Frediani, não votou.
A lei que permitia a cobrança de estacionamento nas praias estava em vigor desde 1997 e previa que parte do dinheiro arrecadado pela Comtur (que é de economia mista, onde 51% das ações pertencem à prefeitura e 49% a empresários locais), fosse investido na melhoria dos locais onde é efetuada a cobrança, assim como na contratação de uma empresa de seguros que dê garantias de ressarcimento aos proprietários dos veículos estacionados , em caso de furtos ou danos aos veículos.
Foi justamente na falta de cumprimento dessas determinações legais que o vereador Eduardo César se baseou para apresentar o projeto que revogou a autorização de cobrança, que atualmente é de R$ 3.
Para César, a arrecadação é imoral e a apresentação do projeto atendeu aos pedidos que ele recebeu de moradores indignados com a cobrança, ainda mais depois que surgiu a possibilidade de também cobrar taxa dos proprietários de carros com placas de Ubatuba.
A alegação da Comtur para estender a cobrança aos moradores do município iria contra a própria lei que regulamenta o serviço, não fazendo distinção dentre os que devem pagar pelo estacionamento.
O vereador Charles Medeiros, favorável ao fim da cobrança, justificou sua posição dizendo que o turista, ou morador, paga pelo estacionamento há anos e, apesar da espera, não vê melhorias nos locais onde se estaciona. “As pessoas não reclamam de pagar; elas questionam a falta de investimentos na melhoria dos locais, como a Praia Grande, que vive esburacada”, afirmou.
O fim da Comtur? - O presidente da Comtur, Luiz Bischof, disse que uma série de problemas serão acarretados com o fim da cobrança da zona azul. “Poderemos ocasionar demissões de aproximadamente 180 funcionários, o fim do controle de vans e ônibus de turismo que chegam à cidade e, por fim, o fechamento da companhia, já que mais de 70% da receita da empresa é proveniente da cobrança.
Ubatuba vai se transformar numa cidade caótica, poderemos ter a volta de flanelões, o município deixará de prestar serviços de orientação, enfim, por conta dessa picuinha, a cidade vai sofrer”, ressalva. (Fonte: Imprensa Livre)

Sonrisal, “O Resgate da Tradição”

Ubatuba - O Sonrisal, que já foi esporte tradicional na Praia da Sununga está sendo resgatado ao seu lugar de destaque.
Nos dias 25 e 26 de Janeiro a partir da 10 horas na Praia da Sununga estará acontecendo o “Sonrisal, o Resgate da Tradição”. Som, DJ’s e muita agitação. O evento deverá se estender ate as 19 horas e conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Ubatuba através da Secretaria de Esportes e Lazer, Quiosque do Meio, Associação Ubatuba de Surf e Barion Eventos. A organização é de Luiz Fernando.
O encerramento oficial será no dia 25 as 22:30 no Akalooa no Perequê-Mirim com entrega de prêmios. (Fonte: ACS-PMU)

Fiscalização ostensiva inibe comércio clandestino

Ubatuba - A equipe de fiscalização da Prefeitura de Ubatuba intensificou os trabalhos nesta temporada inibindo a invasão de clandestinos e promovendo as apreensões de produtos não autorizados. O município possui 720 ambulantes legalizados sendo que na temporada este número chega a duplicar. Nos últimos 15 dias foram lavrados 165 autos de apreensão, sendo recolhido das ruas e praias 200 latas de cerveja, 500 peças de queijo, 100 de goiabada, 150 redes, 150 mantas, 150 pacotes de queijadinhas, 1.500 peças de praia ( bonés, viseiras, óculos, etc), 800 churros ( cerca de 40 bandejas). As mercadorias são encaminhada para o depósito da Prefeitura e lá são analisadas. Os produtos não perecíveis ficam à disposição dos responsáveis pelo prazo de 30 dias, contados da data da apreensão, sendo liberados mediante o pagamento de multa. Os produtos perecíveis são encaminhados para análise da Vigilância Sanitária e, após constatação de estão em condições de consumo, são doadas a entidades assistenciais. No caso de estarem deteriorados, são encaminhados para o aterro sanitário.
A equipe de fiscalização formada por fiscais de posturas, tributos, obras, agentes da vigilância sanitária e do trânsito, conta com as parcerias que a Prefeitura firmou com a Comtur, Setur, Polícia Militar, Guarda Municipal, Associação Comercial, Polícia Civil e com os próprios ambulantes em situação regular.
A novidade para esta temporada são as câmeras instaladas na Av. Iperoig que , além do controle da criminalidade, transformou-se em importante aliado no combate ao comércio clandestino. (Fonte: ACS-PMU)

Guarda renova porte de arma

Ubatuba - Será nesta segunda-feira, dia 20, às 11h, na futura sede da Guarda Municipal, no bairro do Perequê-Açu, a entrega das credenciais e armas a 40 integrantes da corporação. A renovação do porte de arma foi autorizado após o cumprimento de todas exigências estabelecidas pela nova legislação e terá duração de 2 anos. O ato será presidido pela prefeito Paulo Ramos e terá como convidados o Delegado Seccional João Barbosa Filho; Fausto Geraldo Moura, delegado de Ubatuba; Marcos Marcondes, comandante da Polícia Militar e José Antonio Macário de Faria, comandante da Guarda Municipal.
“Todos os procedimentos para a renovação do porte como exames físicos, psicológicos e práticos foram cumpridos na Seccional em São Sebastião para o credenciamento junto à Secretaria de Segurança Pública” diz Macário. O comandante diz ainda que a arma é apenas um respaldo para que o integrante da guarda possa compor a segurança da cidade em conjunto com outras corporações. (Fonte: ACS-PMU)

Asfalto faz a ligação de 4 bairros

Ubatuba - Jardim Ipiranga, a Comunidade Emaús, o Vale do Sol e o Ipiranguinha estão ligados com o asfaltamento da rua Frei Tarcisio Correa . A Prefeitura, por meio da Secretaria de Obras ampliou o projeto inicial e avançou com a pavimentação, passando pelo Vale do Sol terminando na passarela que dá acesso ao Ipiranguinha, na altura da rua dos Cravos.
As obras deverão estar concluídas até o próximo dia 20 de janeiro. Paulo Alves Santos, motorista, morador do número 536 da Rua Frei Tarcisio comemora o melhoramento: “Estou nesta casa há 12 anos esperando o fim da poeira e dos buracos que finalmente aconteceu”, diz.
Uma ponte de concreto será construída na rua da Cascata, nas proximidades da rua Madre Sofia. No local da futura ponte, que permitirá a passagem de pedestres e veículos pesados, foi duplicada a linha de tubos para evitar alagamentos. Este conjunto de obras vai permitir que a Prefeitura estude um novo plano viário incluindo a circulação de ônibus no bairro. (Fonte: ACS-PMU)

Carta do Leitor

Forum Comtur I - Em primeiro lugar, quero parabenizar o comitê organizador do Fórum Comtur, nas pessoas do Presidente da Câmara Municipal de Ubatuba, Vereador Rogério Frediani, Tony Luiz, Jija e Emílio Campi pela brilhante iniciativa.
Todos, individualmente tem o meu maior respeito e admiração. Quando se juntam pelo bem de Ubatuba, só podemos esperar o melhor.
Atendendo ao convite público e na condição de especialista na área de Marketing Estratégico para Hotelaria e Turismo, me permito tecer algumas considerações no Fórum Comtur.
Quero também justificar minha ausência na audiência pública por ter compromisso assumido anteriormente no município de São José dos Campos.
Comtur - A Comtur é necessária e isso ninguém discute. Sobretudo, num município com as características de Ubatuba.
Existe em alguns municípios o Convention & Visitors Bureau que tem função semelhante a da Comtur porém, bancado pelo empresariado e o poder público municipal apenas se associa, não detém o controle acionário.
A partir daí, tem outras grandes diferenças. Primeiro que são geridos por empresários reconhecidos pela competência e que contam com o suporte de técnicos altamente qualificados, no sentido mais amplo da palavra.
Infelizmente não é o que acontece com a Comtur.
A polemica em torno da cobrança da zona azul é secundária e até dispensável, uma vez que a Câmara Municipal já definiu a questão de maneira brilhante.
Portanto, se existirão flanelões rondando os carros, isto é questão de polícia e assistência social. Equivoca-se, mais uma vez a presidência da Comtur ao chamar para si essa responsabilidade. O foco da Comtur é outro.
Todavia, é inadmissível, se comprovado, trabalhadores exercerem sua funções na empresa sem o devido registro em carteira, como fora ventilado pela mídia.
Sugestões - Acredito que somente a vontade política por parte do Prefeito Paulo Ramos é que poderá dar o rumo correto a Comtur.
A troca da Presidência da Comtur é fundamental e já se faz tarde. A partir daí, um levantamento das reais condições da empresa é o segundo passo para enfim, se traçar o que chamamos de Planejamento Estratégico, ou seja, diagnosticar o que temos, o que podemos fazer e como faremos. Não esquecendo, é claro, da necessária parceria da Secretaria de Turismo, assim como, do Conselho Municipal.
O papel da mídia local também é importantíssimo no atendimento e informação ao turista.
Já a prospecção de turistas via Marketing, requer um planejamento de investimentos nos locais de origem destes visitantes, com estudos de público alvo e distribuição de verba publicitária adequada.
Só assim, a Comtur realizará seu papel e proporcionará a geração de postos de trabalho num município que não tem opções, a não ser o turismo receptivo.
No mais, desejo sucesso aos organizadores do evento.

Joaquim Diniz
Especialista em Comunicação e Marketing


Forum Comtur II - Se imaginarmos a Comtur como uma empresa, que para sobreviver precisa conquistar o mercado, atrair clientes e consumidores e oferecer um produto de qualidade, veremos que ela está longe deste perfil.
Em primeiro lugar, "conquistar o mercado" é uma piada! Ela detém o monopólio para a exploração do turismo em Ubatuba, e com isso fica em uma posição muito cômoda, pois não precisa se preocupar com a concorrência (que não existe), e que no âmbito empresarial já é um fator de seleção natural, onde só os mais fortes, mais preparados e mais adequados ao meio sobrevivem (Darwin, lembra?).
Em segundo lugar vem o quesito "atrair clientes e consumidores", que a nossa Empresa Comtur também deixa muito a desejar. Não se tem notícia de nenhuma campanha que tenha realmente despertado o interesse nas pessoas para conhecerem Ubatuba. Estamos falando do grande público, da mídia, TV, revistas, jornais, rádios. Qual a empresa que sobrevive sem divulgar seu produto?
Em terceiro lugar vem o "serviço de qualidade". São pouquíssimos (se houver algum!) os clientes e consumidores da Comtur que estão satisfeitos com os serviços prestados pela empresa. Ela vende, ou melhor, faz seu consumidor "engolir" um serviço medíocre, sem qualidade, sem garantia, e ainda cobra por isso. As empresas sérias investem em sua imagem, no aperfeiçoamento do produto, na capacitação de seus funcionários, enfim, em tudo que possa melhorar o produto ou serviço prestado.
Outro detalhe: as empresas sérias possuem executivos especializados e capacitados na presidência, direção, administração e gerência; profissionais esses remunerados de acordo com a responsabilidade do cargo, dos quais são cobrados resultados e metas que levem a empresa a melhorar cada vez mais, senão, bye, bye!
Monopólio, Ditadura e Incompetência. Três ingredientes que afundam qualquer empresa séria.

Lourival da Silva
Ubatuba, SP


Forum Comtur III
- Parece que tudo o que tinha que ser dito sobre uma empresa que tem por obrigação colocar em sua diretoria, elementos gabaritados sob a orientação de um presidente com formação profissional (não política), experiência e idoneidade comprovadas, afim de administra-la de acordo com os interesses de um município que vive exclusivamente do turismo, já foi dito e repetido por uma grande maioria daqueles que aqui vivem e desta atividade dependem. Portanto vamos nos dedicar a um outro assunto, da maior importância que é a convocação de todos, REPITO, TODOS, os que se sentirem prejudicados pelo descaso que esta empresa, através de sua atual diretoria vem demonstrando, que compareçam a Câmara Municipal no dia 17 próximo, afim de dar seu apoio, exigindo mudanças.
Quando digo TODOS, estou me referindo aos lojistas, hoteleiros, donos de restaurantes, donos de quiosques e de qualquer outra atividade comercial, e principalmente a toda população representada pelas classes rica, média e pobre. Sim, pois que com uma empresa de turismo bem administrada, teremos uma qualidade cada vez melhor de turistas, proporcionando um maior desenvolvimento destes estabelecimentos, gerando inúmeros empregos, que beneficiarão diretamente a classe mais humilde, pois é exatamente dela que surgirão os elementos necessários para trabalhar em todas estas atividades.
NÃO DEIXEM DE COMPARECER, DIA 17, SEXTA-FEIRA AS DEZENOVE HORAS, NA CÂMARA MUNICIPAL.

Davi Cavalheiro
Ubatuba, SP


Forum Comtur IV - Sem dinheiro não se consegue trabalhar, para isso será necessario saber:
1 -A prefeitura destina alguma verba p/ Comtur ou ela tem que ter sua propria receita.
2 -Quanto ganha seu Presidente e assessores.
3 -Ja que é uma empresa mista, qual é o lucro distribuido a seus acionistas.
Pelo que sabemos, a Contur tem que caminhar com seus proprios pés, então a polemica de cobrar estacionamento, senha etc. Não seria a hora de todos os acionistas darem de presente suas ações p/ Prefeitura e ela de posse das mesmas dar um fim na Comtur e fazer uma Secretaria de Turismo forte conseguindo verbas e patrocinios para investir na qualidade do turismo.

José Carlos Cusato
São Paulo, SP


Caos em Ubatuba
- "Ubatuba vai virar um caos. Os flanelões voltarão, não haverá controle e o município deixara de prestar serviços aos turistas que nos visitam", afirmação de Antonio, presidente da Comtur, argumentando que a extinção da Zona Azul decretaria o fim da Comtur.
Oportuna e sincera a declaração do presidente do Legislativo, "Ubatuba só funciona pela força da iniciativa privada, pois o poder público não consegue resolver os problemas de sua responsabilidade e o maior problema de Ubatuba é a falta de competência para administrar certas áreas", e assim de fato é.
Ubatuba já existia antes do advento da Comtur e continuara existindo depois de assinado seu óbito. A iniciativa privada, moradores e turistas não permitirão a instalação do caos no município a despeito do prognostico pretensioso e arrogante de Antonio, presidente da Comtur.
Único a acreditar que sem a Comtur o município ficaria caótico, Antonio presidente da Comtur, talvez quisesse implantar o caos ao ameaçar o município: "na segunda feira mando parar a fiscalização de vans, ônibus e ambulantes, cancelo o contrato com os 10 salva-vidas e fecho o centro de informações turísticas", e se não era essa sua intenção, qual seria ou foi mera bravata?
COMTUR BUSCA ENTENDIMENTO COM CAMARA DE VEREADORES - titulo da matéria publicada em jornal do município no dia 11 do corrente mês.
Distante de sua função principal, implantar e fomentar o turismo, hoje a Comtur é um mero organismo arrecadador. Se com mais de dez anos de existência a Comtur não conseguiu mostrar a que veio, e com mais de dois anos na presidência da Companhia ainda não justificou sua permanência, não será agora depois de "ENTENDIMENTOS" que a Comtur será eficiente.
Ficou patente a satisfação dos presentes no plenário da Câmara por ocasião da aprovação do projeto de lei aprovando o fim da cobrança de estacionamento, inclusive dos próprios funcionários da Zona Azul que em inúmeras vezes aplaudiram o vereador Eduardo César.
Nem mesmo os acionistas da Comtur e seus propalados parceiros estiveram presentes na sessão, reforçando mais ainda a tese que a Comtur tem que passar por mudanças radicais.

Ezio Pastore
Ubatuba, SP


Shopping Itaguá - Estou chocada com a atitude do Shopping Itaguá de cobrar a entrada para ir ao banheiro. Aonde já se viu um local de comércio alimentício pagar para entrar no banheiro. Sou turista e estou indignada.

Isa Leo Ceci
Turista

 

Forum Comtur - Participe!
Dia 17/01/2003 às 19:00h na Câmara Municipal
Ajude a transformar Ubatuba em uma cidade com turismo de qualidade.
Clique Aqui para participar com sua sugestão



Foto do Dia:
Lagoa Azul/Capricórnio
Caraguatatuba
Lagoa Azul/Capricórnio
© Emilio Campi


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Clique Aqui para acessar o arquivo de Fotos Publicadas

 
Gaivota FM
Participe você também do Forum COMTUR
De segunda a sexta das 12 as 14 hs na Gaivota FM 104.9
Ligue 3833.5550
ou clique aqui e envie seu comentário


 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui.


Publicidade Ubatuba

As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  idenficação do autor.


GRÁTIS!!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:
Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral na versão:
Compacta (apenas as manchetes c/ Link)
Completa (todas as notícias na íntegra) 
e-mail:
Cidade:


Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br


©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor