Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Sexta-feira, 24 de janeiro de 2003 - Nº 708 Edições Anteriores

Cooperativa Educacional Ubatuba Pousada das Cachoeiras Naturali Garden Center

Litoral Norte:
   Litoral Norte tem vários shows no fim de semana
   Aniversário de São Paulo lota hotéis
   Sem chuva, praia fica lotada

Caraguatatuba:
   Caraguá limpa rios para evitar enchente
   Aterro único do litoral será em Caraguá
   Rapaz é executado com 20 tiros em Caraguá

Ilhabela:
   Governo de SP adia obras de saneamento em Ilhabela
   Ilhabela revitaliza trilhas para ecoturismo
   Torre permite observação de pássaros
   Ilhabela comemora padroeira com shows
   Festa da Padroeira de Ilhabela terá shows com LSJack e Jorge Vercilo
   Programação Religiosa da Festa da Padroeira de Ilhabela

São Sebastião:
   Barequeçaba está imprópria para banho
   Comerciantes de Maresias se queixam de shoppings temporários
   Prefeitura faz plano para quitar dívida
   São Sebastião é puro show
   Kaiser leva vips em navio a São Sebastião
   São Sebastião apresenta “No Retrovisor”

Ubatuba:
   Bloco B do Edifício Anemona, em Ubatuba, pode ser demolido
   Evento debate terras caiçaras em Ubatuba
   Itamambuca tem aula de relaxamento
   Turista conhece história do mar

   Carta do Leitor



Litoral Norte tem vários shows no fim de semana

Litoral Norte - As praias do litoral norte serão palco de vários shows no fim de semana. Em Caraguatatuba, se apresentam a banda Angra e outros nove grupos no 1.º Rock na Praia, a partir das 13 horas de domingo. Em São Sebastião, Rita Lee faz show amanhã, na Avenida da Praia. O grupo de reggae Natiruts é a atração de domingo no mesmo local. A festa de Nossa Senhora D'Ajuda, padroeira de Ilhabela, começa neste fim de semana. (Fonte: Estadão)

Aniversário de São Paulo lota hotéis

Litoral Norte - A rede hoteleira do Litoral Norte estima ocupação de 100% no final de semana devido ao feriado do aniversário de São Paulo, amanhã. A procura por vagas teve início há dez dias, segundo a Associação de Hotéis, Pousadas e Similares de Caraguá.
"A chuva não deve atrapalhar o movimento. Os eventos musicais estão atraindo os visitantes", disse a diretora da associação Mirian Patitucci.
Ela afirmou que o "congelamento" dos preços nos hotéis também aumentou o número de clientes. "A categoria está oferecendo o mesmo preço dos últimos três anos."
ESTRADAS - A Polícia Rodoviária Estadual calcula um movimento de 90 mil veículos nas rodovias que ligam o Vale ao Litoral Norte. Na Tamoios, a previsão é de 65 mil carros. Entre Taubaté e Ubatuba, na Oswaldo Cruz, a previsão é de 25 mil carros.
A polícia informou que está previsto aumento do fluxo de carros a partir das 14h de hoje. (Fonte: ValeParaibano)

Sem chuva, praia fica lotada

Litoral Norte - Mesmo com os dias de chuva, as praias do Litoral Norte continuam movimentadas.
Na manhã de ontem, muitos banhistas movimentaram a praia Martin de Sá, em Caraguatatuba, e a Praia Grande, em Ubatuba.
Segundo o professor Valdemir Pereira 40 anos, o importante é aproveitar as férias.
"Já que estou no litoral, é melhor vir para a praia com chuva do que ficar em casa entediado", afirma.
Um outro motivo apontado pelos turistas para estar na praia com chuva é a tranquilidade de não se queimar com o sol.
"Eu tenho dois filhos e nos dias de chuva eles têm mais liberdade para brincar na areia sem se queimar", disse a contadora Maria Tereza Peixoto Pimenta, 34 anos.
Os adeptos da lambaeróbica também não foram espantados pela chuva. "A chuva ajuda a refrescar na hora de dançar", afirma a estudante Camila Berton Novaes, 20 anos. (Fonte: ValeParaibano)

Caraguá limpa rios para evitar enchente

Caraguatatuba - A Secretaria de Serviços Públicos de Caraguatatuba começa hoje o desassoreamento do rio da Paca e do rio Perequê-Mirim, no bairro Perequê-Mirim, para minizar as enchentes no bairro. A região sofreu alagamentos devido às chuvas de terça e quarta-feira. Várias casas construídas às margens dos rios foram inundadas. A limpeza vai incluir retirada de mato e entulho das margens dos rios. Todas as famílias atingidas já retornaram ao local. Segundo a secretaria, mesmo com a limpeza, o local não ficará livre dos alagamentos devido ao bairro estar próximo aos rios. Serão usadas retro-escavadeira e caminhões para a retirada do material. (Fonte: ValeParaibano)

Aterro único do litoral será em Caraguá
Local foi definido anteontem, durante reunião que envolveu representantes das prefeituras e do governo do Estado

Caraguatatuba - As prefeituras do litoral norte e a Secretaria de Estado do Meio Ambiente decidiram anteontem que será construído um aterro de lixo centralizado para a região no município de Caraguatatuba, em local ainda a ser definido.
A discussão sobre a implantação do aterro único de lixo na região vinha sendo feita há cerca de dois meses, mas esbarrava na definição de qual município centralizaria" os resíduos sólidos das quatro cidades.
A iniciativa da construção de um aterro centralizado na região partiu do governador Geraldo Alckmin (PSDB), que defendeu a idéia como uma alternativa para resolver o problema do lixo na região.
Segundo inventário anual feito pela Cetesb (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental), relativo ao ano passado, os quatro aterros da região são inadequados.
Durante todo o ano, a Cetesb dá notas de um a dez para os locais de destinação de lixo, de acordo com suas condições. As notas servem de parâmetro para o cálculo do IQR (Índice de Qualidade de Aterro) - inadequado (nota de zero a seis), controlado (de 6,1 a oito) e adequado (de 8,1 a dez).
No litoral norte, todos os municípios tiveram notas abaixo de seis - Caraguatatuba (3,8), São Sebastião (5,2), Ubatuba (5,8) e Ilhabela (3,8).
No levantamento, são observados 41 itens, entre eles, a proximidade dos cursos d'água - que devem estar a 200 metros de distância do lixo -, a legalidade do terreno, o tratamento do chorume (líquido resultante da decomposição dos resíduos), o monitoramento da poluição do lençol freático e a presença de urubus e catadores.
A decisão sobre a construção do aterro em Caraguá foi tomada ontem, durante reunião em São Paulo envolvendo representantes do governo do Estado e das prefeituras da região.
O aterro - que será chamado de Centro Integrado de Tratamento de Resíduos -, além de receber o lixo, também integraria o sistema de coleta seletiva, triagem de resíduos e compostagem, além de funcionar como um centro de educação ambiental.
Na reunião, ficou definido que as prefeituras irão se reunir para decidir qual modelo de gestão será adotado no centro e a participação de cada um nos custos para a implantação. O governo do Estado e as prefeituras não fizeram estimativa de custos para a implantação da unidade.
A consolidação da proposta ainda depende da elaboração do EIA/Rima (Estudo de Impacto Ambiental/Relatório de Impacto Ambiental).
(Fonte: Folha de São Paulo, caderno Folha Vale, C3, de 23 de janeiro de 2003)

Rapaz é executado com 20 tiros em Caraguá

Caraguatatuba - O desempregado Luiz Fernando Soares, 20 anos, foi assassinado com 20 tiros por quatro homens armados dentro de um bar às 16h de anteontem no bairro Perequê-Mirin, em Caraguatatuba. A vítima estava jogando bilhar no estabelecimento quando o grupo desceu de um carro azul e efetuou os disparos, fugindo em seguida. Segundo a polícia, Soares tinha antecedentes criminais de roubo e homicídio. O crime pode estar relacionado com acerto de contas entre quadrilhas. O caso está sendo investigado pelo 1º Distrito Policial de Caraguatatuba. (Fonte: ValeParaibano)

Governo de SP adia obras de saneamento
Licitação que previa contratação de serviços de ampliação do sistema de coleta e tratamento de esgoto não tem data para ocorrer

Ilhabela - O governo de São Paulo adiou, por tempo indeterminado, a licitação que previa a contratação de serviços de ampliação do sistema de coleta e tratamento de esgoto sanitário em Ilhabela, no litoral norte do Estado.
A abertura dos envelopes da concorrência estava prevista para ontem. No entanto, o Estado publicou um edital anunciando o adiamento "sine die" (sem fixar data) do processo licitatório.
As obras atenderiam dois bairros -Barra Velha, o mais populoso da ilha, com cerca de 5.000 moradores, e Jardim Éden.
O município coleta e trata apenas 4% do total de esgoto gerado.
A assessoria da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) não soube informar a razão pela qual a concorrência foi adiada nem estimar o aumento da coleta de esgoto a partir da ampliação do sistema.
A Sabesp também não informou quantas empresas haviam participado da licitação.
De acordo com o órgão, a superintendência da companhia, que deveria passar as informações, esteve reunida durante todo o dia de ontem.
Surpresa - O prefeito de Ilhabela, Manoel Marcos de Jesus (PTB), disse que vai se reunir com o secretário de Estado dos Recursos Hídricos, Saneamento e Obras, Mauro Arce, para falar sobre a prorrogação do processo licitatório.
Manoel Marcos, que foi pego de surpresa com o anúncio de suspensão da concorrência, irá aproveitar o encontro que já estava agendado para as 16h de hoje para tratar do assunto.
O prefeito do município afirmou que somente comentaria sobre o adiamento da licitação depois da reunião com o secretário Mauro Arce.
A assessoria de imprensa da Secretaria de Estado dos Recursos Hídricos, Saneamento e Obras também não soube informar o motivo pelo qual a licitação foi adiada por tempo indeterminado.
Repercussão - O presidente da SAB (Sociedade Amigos de Bairro) da Barra Velha, Sebastião Clemente, declarou que os moradores aguardam pela coleta do esgoto há seis anos, desde quando foi anunciada a hipótese de implantar o sistema.
"Mais uma vez fomos deixados de lado. A situação no bairro está complicada. Tem morador fazendo fossa na garagem de casa porque não tem mais lugar para fazer o buraco", afirmou.
Clemente disse que o mau cheiro no bairro aumenta a cada dia em razão do acréscimo de esgoto liberado na rua.
"Além disso, as crianças estão sujeitas a contrair doenças. O esgoto corre a céu aberto", declarou Clemente.
Reivindicação - A ampliação da rede de coleta e tratamento de esgoto é uma reivindicação antiga dos moradores e prefeitos dos quatro municípios do litoral norte do Estado de São Paulo -Caraguatatuba, Ubatuba, São Sebastião e Ilhabela.
São Sebastião é a cidade do litoral norte paulista que tem o maior índice de coleta e tratamento do esgoto, com 35%.
Em seguida, vem o município de Ubatuba, com 24% dos esgotos coletados e tratados, e depois vem Caraguatatuba, com 19%. (Fonte: Folha Cotidiano)

Ilhabela revitaliza trilhas para ecoturismo
Parcerias com empresas melhoram acessos a cachoeiras; parque estadual ganha torre de observação de pássaros

Ilhabela - Ilhabela iniciou a revitalização de suas principais trilhas para incentivar o ecoturismo e atrair maior número de visitantes. A melhoria inclue mudanças em acessos, troca de sinalização e instalação de infra-estrutura.
As melhorias são resultado de parcerias firmadas entre a prefeitura, empresas privadas e o Parque Estadual de Ilhabela. As três primeiras beneficiadas foram Água Branca, Pico do Baepi e Três Tombos.
A Trilha da Água Branca, que fica logo na entrada do parque, recebeu emplacamento novo, o que a transformou em uma trilha autoguiada.
"Se o turista seguir as placas de orientação, ele pode fazer a trilha até mesmo sem o guia, porque não há o risco de se perder", disse Marcos Aurélio Alves Nascimento, monitor ecológico do parque estadual.
A trilha, que conta com cinco cachoeiras, também recebeu melhorias nas escadas, áreas de descanso e uma torre de observação de pássaros (leia texto nesta página).
Segundo o coordenador de educação ambiental do Parque Estadual de Ilhabela, João Batista Dias, depois do processo de revitalização, a trilha passou a receber mais visitantes.
"Hoje é possível ver até idosos de 70 anos caminhando por esta trilha. Há bancos para descanso a cada 200 metros", afirma.
Com a revitalização, a trilha do Pico do Baepi recebeu placas de localização mas, mesmo assim, o turista não deve dispensar a presença de um monitor para a subida.
Como o pico é a terceira maior altitude da ilha, a principal atração é a vista. Do alto, é possível observar toda a extensão do canal de São Sebastião e o arquipélago de Alcatrazes. "A sensação é de ter a ilha aos seus pés", afirma Dias.
Com entrada pelo bairro da Feiticeira, a trilha dos Três Tombos também recebeu emplacamento para facilitar a vida dos turistas.
CERTIFICADO - No final do ano passado, a Prefeitura de Ilhabela firmou convênio com a Sociedade Oceanográfica de Conservação Marinha para desenvolver o programa de certificação ambiental, reconhecido pela Sociedade Cousteau.
Ilhabela pode se tornar a primeira do Atlântico Sul a entrar na lista dos melhores lugares do mundo para turismo ecológico e mergulho.
O município será orientado por três anos por membros da Sociedade Oceanográfica. Após esse período, a Sociedade Cousteau irá avaliar o arquipélago e decidir se está apto a receber o certificado. (Fonte: ValeParaibano)

Torre permite observação de pássaros

Ilhabela - A torre de observação de pássaros, instalada na trilha da Água Branca, em Ilhabela, tem cerca de 7,5 metros de altura e deverá ser utilizada para estudos científicos e educação ambiental.
"Sempre que recebemos a visita de escolas, trazemos as crianças aqui para que elas possam ter contato com os pássaros e ver a importância da natureza", disse João Batista Dias, coordenador de educação ambiental do Parque Estadual.
A instalação da torre no parque faz parte do processo de revitalização pelo qual passou a trilha.
O local para a instalação da torre foi escolhido estrategicamente. Ela está ao lado de um antigo bananal, onde os pássaros costumam ir se alimentar.
"Este bananal é remanescente de uma fazenda do século 18 que havia aqui. Apesar da recomposição da mata, ele permaneceu aqui servindo de alimento para os animais", afirma Dias.
Os turistas que frequentam a trilha da Água Branca também têm acesso à torre de observação. (Fonte: ValeParaibano)

Ilhabela comemora padroeira com shows

Ilhabela - As atrações musicais vão marcar presença nas festividades de Nossa Senhora da D'Ájuda, padroeira de Ilhabela, que serão realizadas a partir de hoje. O cantor Jorge Vercillo e a banda LSJack se apresentam nos dias 31 de janeiro e 2 de fevereiro, respectivamente. As celebrações religiosas terão início hoje a partir das 19h, na igreja Matriz. As apresentações musicais e as quermesses serão realizadas no Deck da Vila e na praça de Eventos Roberto Fazzini, no bairro do Pequeá. No final de semana, os shows serão de bandas regionais. (Fonte: ValeParaibano)

Festa da Padroeira de Ilhabela terá shows com LSJack e Jorge Vercilo

Ilhabela - Começa em Ilhabela na próxima sexta, dia 24, até dia 2 de fevereiro a Festa da Padroeira de Ilhabela Nossa Senhora D´Ájuda. Foram preparados pela Paróquia Nossa Senhora D´Ájuda e pela Prefeitura Municipal de Ilhabela através da Secretaria de Cultura dez dias de festas religiosas e culturais cheias de música, comida típica, dança, shows, sorteios de prêmios e muito mais.
Entre as principais atrações culturais estão as apresentações abertas ao público dos artistas Jorge Vercilo e do grupo LSJack. No dia 02, dia da Padroeira, a Igreja inicia as comemorações às 6h até às 18h30. Toda arrecadação é em prol da construção do salão paroquial. (Fonte: ValeParaibano)

Programação Religiosa da Festa da Padroeira de Ilhabela

Novena com Missa
Local: Igreja Matriz
De 24 de janeiro a 02 de fevereiro
Às 19h30

Quermesse
Dias 24 (sexta), 25 (Sábado), 26 (Domingo)
Local: Praça da Bandeira (Vila, próximo ao píer)
Dias 31 de janeiro; 01 e 02 de fevereiro
Local: Praça de Eventos Roberto Fazzini (Pequeá, Campo de Aviação)
A partir das 20h00

Dia da Padroeira
Dia 02 de fevereiro (Domingo)
6h – Alvorada (repicar sinos);
8h – Ofício Divino de Nossa Senhora;
12h – Queima de fogos;
14h, 15h, 16h e 17h – Benção de Nossa Senhora D´Ájuda;
17h30 – Carreata com a imagem de Nossa Senhora D´Ájuda, saindo da capela Nossa Senhora Aparecida, na Barra Velha, até a Matriz;
18h30 – Procissão luminosa com a participação de todas as comunidades com seus respectivos padroeiros.

Programação Cultural da Festa da Padroeira de Ilhabela
Todos os eventos têm entrada gratuita
Horário: a partir das 20h

Show com Big Band e Coral
(promovendo junto a exposição Gilberto Salvador)
Dia 24 de janeiro (sexta)
Local: Deck da Vila

Show com Blukaê
Dia 25 de janeiro (Sábado)
Local: Deck da Vila

Show com Pronúncia no Olhar
Dia 26 de janeiro (Domingo)
Local: Deck da Vila

Show com as Baterias das Escolas de Samba de Ilhabela
Dia 31 de janeiro (Sexta)
Local: Praça de Eventos Roberto Fazzini (Pequeá, Campo de Aviação)

Show Jorge Vercillo
Dia 01 de fevereiro (Sábado)
Local: Praça de Eventos Roberto Fazzini (Pequeá, Campo de Aviação)

Show LS Jack
Dia 02 de fevereiro (Domingo)
Local: Praça de Eventos Roberto Fazzini (Pequeá, Campo de Aviação) (Fonte: PMI)

Barequeçaba está imprópria para banho

São Sebastião - A praia de Barequeçaba, em São Sebastião, está imprópria para banho de mar, segundo o boletim de balneabilidade da Cetesb (Companhia de Tecnologia e Saneamento Ambiental) divulgado ontem. O motivo seria a intensa chuva dos últimos dias e os constantes vazamentos de esgoto no local.
Barequeçaba é uma das mais movimentadas da cidade. O Litoral Norte tem outras 15 praias poluídas. Em Ilhabela, a praia Grande saiu da lista (veja quadro nesta página).
"A chuva carrega para as praias o esgoto clandestino despejado nos rios, córregos e valas. Os vazamentos também colaboraram para aumentar a quantidade de coliformes fecais na água", disse a bióloga do Setor de Águas Litorâneas da Cetesb, Débora de Moura.
Desde o início do mês, ocorreram quatro vazamentos nos postos de visita (rede de esgoto) da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) nas praias Juqueí e Barequeçaba.
"O despejo do esgoto sem tratamento no local e os vazamentos comprometem a qualidade da água. As praias poluídas não podem ser usadas por banhistas devido ao risco de doenças", disse Débora.
O presidente da OAB (Ordem dos Advogados dos Brasil) de São Sebastião, Luiz Tadeu de Oliveira Prado, disse que planeja encaminhar hoje uma representação ao Ministério Público contra a Sabesp.
"A situação é insustentável e os vazamentos de esgoto na praia prejudicam os moradores da região e os turistas", disse.
Nenhum diretor da Sabesp foi localizado após as 18h de ontem para comentar o assunto.
O prefeito Paulo Julião (PSDB), segundo a assessoria de imprensa, estava viajando e não foi localizado. (Fonte: ValeParaibano)

Comerciantes de Maresias se queixam de shoppings temporários

São Sebastião - Comerciantes de Maresias estão reclamando do funcionamento dos considerados “shoppings da temporada”, instalados desde dezembro no bairro. Eles questionam, principalmente, a abertura desses comércios que não gerariam lucros para o município, e enfraquecem o comércio local.
De acordo com Aldo Amadei, proprietário de uma loja no shopping Boulevard, de Maresias, e que representa alguns comerciantes do bairro, esse tipo de empreendimento não deveria ser liberado, “por não trazer benefícios para o município e ainda poder prejudicar os lojistas da região”.
“Eles não enfrentam as dificuldades que nós, comerciantes locais, temos durante a baixa temporada. Aproveitar a melhor época do ano e depois ir embora é bem mais fácil”.
Segundo Aldo, deveria ser estabelecido algum critério que definisse a permanência dessas lojas durante todo o ano. Segundo o comerciante, já que eles desejam lucrar na temporada, deveriam se firmar durante o ano todo, gerando impostos e empregos para a cidade.
O comerciante criticou ainda o aproveitamento da mão de obra local, que geralmente não acontece nesses empreendimentos. “Nos shoppings aqui de Maresias, quase todos os funcionários são de fora. Os moradores da cidade praticamente não têm oportunidade”.
O comerciante ainda diz que os únicos gastos que essas pessoas acabam tendo é com alimentação e estadia durante os meses de trabalho na cidade. Segundo ele, o restante do lucro acaba saindo da cidade. “Não temos medo da concorrência, porque ela faz bem para os comerciantes e os consumidores, até melhora a qualidade dos nossos serviços”.
O maior problema, segundo Amadei, é que as pequenas empresas acabam sofrendo um pouco mais e correm o risco de não conseguir se sustentar durante o resto do ano. Desta forma, os freqüentadores da praia em outros períodos do ano podem ficar sem opções de comércio na baixa temporada.
O presidente da Aciss (Associação Comercial e Industrial de São Sebastião, Artur Ramirez Balut, afirmou que esse comércio temporário só prejudica os comerciantes locais.
Ele também acha incoerente a forma com que esses empreendedores conseguem liberação para funcionamento. “Eles se instalam rapidamente, enquanto os comércios fixos precisam seguir uma série de recomendações para funcionar, sendo um processo difícil e demorado”. (Fonte: Imprensa Livre)

Prefeitura faz plano para quitar dívida

São Sebastião - A Prefeitura de São Sebastião anunciou para 2003 um plano de parcelamento dos tributos atrasados dos cerca de 20 mil inadimplentes existentes na cidade. A novidade deste ano é a possibilidade de parcelamentos em até 50 meses.
Entre os 28 impostos que integram o programa de parcelamento estão o IPTU (Imposto Predial Territorial Urbano) e ISS (Imposto Sobre Serviço).
Uma lei municipal sancionada em dezembro de 2002 possibilita a partir deste ano o parcelamento de 30 a 50 vezes nas dívidas contraídas em anos anteriores.
"No parcelamento máximo (de 50 meses), é necessário que o contruinte esteja em dia com o imposto do ano em vigor", disse o diretor de Produção e Gestão da Prefeitura de São Sebastião, Nelson da Costa Macedo Filho.
INADIMPLÊNCIA - São Sebastião possui cerca de 30% de inadimplência nos tributos públicos e, com as novas medidas, a prefeitura espera adesão de mais de 70% da população.
"Nos empenhamos para obter 100% de adesão, mas sabemos que é difícil. O objetivo é propor planos de pagamento de acordo com as condições sócio-econômicas de cada um", disse Macedo Filho.
Para uma maior adesão da população, a prefeitura está agilizando o processo para validar cadastros dos inadimplentes. "Estaremos colocando faixas nas entradas dos bairros comunicando o povo sobre as facilidades para quitação das dívidas", disse.
Os interessados em aderir ao programa de parcelamento já podem procurar a prefeitura para fazer a adesão. (Fonte: ValeParaibano)

São Sebastião é puro show

São Sebastião - A agenda deste final de semana promete agitar São Sebastião com os shows das bandas Peixelétrico, Epidemia, além de Rita Lee, Supla, Jota Quest e Natiruts.
Esta programação vem ocorrendo desde o dia 11, com a apresentação do grupo Roupa Nova, que levou mais de 10 mil pessoas à Rua da Praia.
No final de semana passada, cerca de 100 mil pessoas assistiram aos shows do grupo Rouge, Martinho da Vila, RPM e Cidade Negra.
Na sexta-feira, 24, a banda de forró Peixe Elétrico, fará o arrasta pé na Rua da Praia, esta será a segunda apresentação da banda na cidade. No sábado, 25, a programação será aberta com o grupo Epidemia. Uma banda nova, composta por jovens que misturam rock com hardcore que apresentarão o show “Rock na Certa”.
A cantora Rita Lee também sobe ao palco no sábado e apresentará “Yê Yê Yê de Bamba”, um título tropicalista que por si só traduz a qualidade do trabalho dessa roqueira com 36 anos de estrada. Depois do grande sucesso no primeiro semestre de 2002, Rita Lee recicla o repertório e substitui dois músicos no time da sua Talebanda: Marquinhos na bateria e Rafael nos teclados. Continuam no campo Dadi Carvalho no baixo e Ary Dias na percussão (ambos ex-Cor do Som) e Roberto de Carvalho na guitarra, vocais e direção musical.
Como quem dirige Rita é ela mesma, sua performance e figurino rolam conforme a vendeta do dia, desde improvisações de repertório até apetrechos reciclados do seu baú e famosas "griffes made in Paraguay", como ela mesma costuma dizer. O repertório novo foi escolhido a dedo em meio a tantos sucessos e desfila por todas as fases da carreira de Rita acrescentado é claro das pérolas do "Aqui, Ali em Qualquer Lugar", seu vigésimo oitavo disco. A abertura fica com A Hard Day's Night e a partir daí rola um leque de "antigonas", dela e de outros artistas, que ganharam nova roupagem especialmente para essa nova fase. Entre as músicas recentes escolhidas estão: "Só de Você", "The more I see you", "Cor de Rosa Choque", "Flagra", "Orra meu" e "Ando Jururu". O repertório dos Beatles pontuando nos meios pode variar de show para show, inclusive algumas versões "proibidas" que não fizeram parte do disco por terem sido consideradas "too much exotic" pela editora deles. No bis acontece o já famoso momento "Miss Simpatia" como Rita costuma brincar, onde ela e Roberto retornam ao palco e atendem aos pedidos da platéia cantando qualquer música do seu repertório e o improviso rola solto.
A estréia nacional da turnê aconteceu em janeiro de 2002, no Rio, e foi um enorme entusiasmo de público e crítica. Yê Yê Yê de Bamba já percorreu todo o Brasil e depois do grande sucesso do disco, rebatizado de Bossa'n'Beatles para a América do Sul, a turnê segue para algumas capitais mundiais. A repercussão deste trabalho inédito apresentando o repertório dos Beatles com sonoridade brasileira está sendo bastante aguardado nos Estados Unidos e Inglaterra e seu lançamento está previsto para o primeiro semestre de 2003. Rita Lee começou o ano de 2003 com a excelente notícias: ganhou Disco de Platina na Argetina com seu disco "Bossa'n Beatles" , conhecido aqui no Brasil com o título "Aqui, Ali, em Qualquer Lugar"
Dose Tripla no Domingo - A programação de domingo começará mais cedo. A partir das 16 horas, a praia de Maresias será invadida pelo som do grupo Jota Quest. O roqueiro Supla se apresentará às 18 horas. Sua carreira teve inicio aos 11 anos de idade, quando montou a sua primeira bateria com latas e panelas. Aos 14 anos já tocava sucessos dos Beatles e Rolling Stones na noite de São Paulo com a banda "Os Impossíveis". Sempre com o estilo divertido e rebelde, de botinha a boneco, o que o artista mais gosta é cair na estrada com a turnê do "Charada Brasileiro". Nas apresentações pelo Brasil, além das músicas do último cd, Supla relembra sucessos antigos como "Motocicleta Endiabrada" e "Mão Direita". No setlist do novo show, versões de clássicos como "My Way" e "Rain drops keep faling on My Head" também garantem um show de rock'n roll que diverte, alerta e surpreende milhares de pessoas. No palco Supla não está sozinho: além do Kojak no teclado, a banda punk Holly Tree o acompanha tanto nas músicas como nas performances. O cenário e a iluminação foram cuidadosamente estudados, música por música, o que resultou num show completo. Ambos os shows são realizações da Rádio Mix 106,3, de São Paulo.
O dia será encerrado na Rua da Praia com o reggae da banda Natiruts, às 22 horas. (Fonte: PMSS)

Kaiser leva vips em navio a São Sebastião

São Sebastião - Amanhã, um navio cargueiro de 93 metros vai se transformar em uma boate flutuante, com capacidade para 2.000 pessoas, em São Sebastião. A cervejaria Kaiser levará mais de 800 vips entre atrizes e cantores para uma festa no porto. O Kaiser Boat será restrito aos convidados da empresa. Estão confirmadas as presenças do apresentador Marcos Mion e das atrizes Drika Lopes, Leila Lopes e Mariana Dubois. Durante o evento, o navio vai percorrer a orla de São Sebastião. Até o dia 10, a boate passará por Vitória, Aracaju, Maceió e Recife. (Fonte: ValeParaibano)

São Sebastião apresenta “No Retrovisor”

São Sebastião - Um acerto de contas bem-humorado é a proposta da peça "No Retrovisor", de Marcelo Rubens Paiva, sob direção de Mauro Mendonça Filho ("A Megera Domada"), que estréia neste sábado (25), às 21h, no Teatro de São Sebastião. No domingo (26) haverá nova apresentação, às 20 horas.
O flashback inicia-se a partir do reencontro de dois velhos amigos, Marcos (Otávio Muller) e Ney (Marcelo Serrado), que compartilharam, em plena década de 80, ideais artísticos vanguardistas e trazem na bagagem da memória as referências musicais e do teatro.
Juntos, os dois viram shows da Legião Urbana, assistiram ao primeiro espetáculo do grupo Asdrúbal Trouxe o Trombone, riram da onda gótica e quiseram mudar o mundo.
Quando se reencontram, após duas décadas, um deles, Ney, perdeu a visão após um acidente, e faz sucesso como cantor pop de um romantismo duvidoso, brega. O outro, Marcos, trocou as pretensões artísticas pela necessidade de ganhar dinheiro num emprego comum para manter sua família.
O encontro dos dois, interpretado pelos atores Marcelo Serrado e Otavio Muller, faz com que eles façam uma comparação entre o que desejavam ser e o que são.
Engenhoso, o texto sensibiliza o espectador e diverte com seus diálogos bem humorados e muitas vezes carregados de nostalgia. A direção de Mauro Mendonça Filho privilegia a música para fazer os interlúdios entre uma ação dramática e outra. Ao som de New Order, a peça promete despertar nos “trintões” o saudosismo da década de 80.
O ingresso já está disponível na bilheteria do Teatro, situado na avenida Altino Arantes, 02 - centro, ao custo de R$ 15 antecipado e R$ 20 no dia. Funcionários da Petrobras pagam R$ 10. Maiores informações: 3892- 4489. (Fonte: PMSS)

Bloco B do Edifício Anemona, em Ubatuba, pode ser demolido

Ubatuba - A Prefeitura de Ubatuba e a Defesa Civil já levantam a possibilidade da demolição do bloco B do condomínio Anemona, localizado na Praia das Toninhas, que tombou no dia 17 de maio de 2001 e teria afundado três centímetros desde o ultimo monitoramento, há cerca de um mês.
As informações são do presidente da Defesa Civil, Arly de Oliveira Cruz. “Em breve estaremos fazendo um novo monitoramento, mas o processo de derrubada já está na prefeitura”. Ele diz ainda que existe um prazo de 60 dias para que a prefeitura dê retorno sobre o pedido.
Segundo o síndico do condomínio, Silvanio Pirani, tanto a Caixa Econômica Federal, que financiou 17 apartamentos, quanto a construtora RPA, responsável pela finalização da obra, assumiram uma posição de neutralidade em relação ao problema do edifício. “Em função dessa posição neutra é que paramos as obras. A caixa alega que o problema é de construção e não da natureza, portanto seu seguro não cobre os danos. A RPA nos ajudou no início das obras de reestru-turação, mas quando chegou a fase de reerguimento, não se manifestou mais”.
Pirani diz ainda que já haviam contratado um engenheiro que realizou um projeto para a recuperação da obra, mas há cerca de dois ou três meses, ele teria dito que a demora teria atrapalhado. “O engenheiro mandou um aviso ao condomínio e disse que devido à demora, não seria mais viável tecnicamente reeguer o Bloco B”.
Quanto ao Bloco A, Pirani conta que foram feitas obras de reestruturação, mas estas não foram concluídas. “O Bloco A não está estável, pois as obras também foram interrompidas”, explica.
Os moradores não foram ressarcidos e nem sabem se terão novamente seus apartamentos, por isso estão indignados. “Sou um brasileiro frustrado. Não temos para quem reclamar. A construtora Técnica, que iniciou a obra, sumiu e ninguém mais quer assumir responsabilidade. Não existe seriedade”, reclama Marcos Bonavita, um dos condôminos do edifício.
Marcos informou que comprou apartamentos da mesma construtora na Praia Grande e até hoje o projeto não saiu do papel. “O juiz de lá quer arquivar o inquérito porque a Técnica sumiu, mas eu já tinha pago cerca de 35% do valor do imóvel. Vou cobrar de quem?”, questiona.
Pirani informou que, por decisão de todos os proprietários, a obra não terá continuidade enquanto não existir uma posição definitiva de todos os órgãos responsáveis. “O condomínio não vai mais gastar dinheiro nos prédios”, conta.
Ele disse também que se a Prefeitura e a Defesa Civil realmente decidirem pela possível derrubada do edifício, eles não vão arcar com os custos.
“Se a prefeitura der um parecer pela derrubada, vamos encaminhar o laudo para os nossos advogados nego-ciarem junto aos responsáveis. De maneira alguma sairemos derrubando o prédio”, completa Pirani.
A assessoria de imprensa da Caixa Econômica Federal informou que, por enquanto, o órgão não vai se pronunciar sobre o assunto.
“Não vamos falar e ainda não fomos comunicados da possível demolição ou qualquer outro ato referente ao prédio”. (Fonte: Imprensa Livre)

Evento debate terras caiçaras em Ubatuba

Ubatuba - A ADPC (Associação de Defesa do Povo Caiçara) realiza no dia 9 de fevereiro a "2ª Audiência Pública sobre Terras Caiçaras de Ubatuba". O objetivo é discutir as relações entre a população local, o turismo e as benefícios e prejuízos trazidos pela modernização de Ubatuba. Segundo o coordenador da ADPC, Jairo Felipe Félix dos Santos, desde a construção da Rio-Santos os caiçaras sofreram duros golpes por causa da valorização das terras do Litoral Norte. A audiência será realizada no Ginásio de Esportes da cidade. (Fonte: ValeParaibano)

Itamambuca tem aula de relaxamento

Ubatuba - Professores contratados pela Secretaria de Turismo de Ubatuba realizam amanhã e domingo, a partir das 9h, na praia de Itamambuca, aulas gratuitas de Swásthya Yôga, uma técnica mais forte e dinâmica que a ioga tradicional.
Criada na Índia, a yôga é uma técnica utilizada para ajudar na expressão corporal e também no relaxamento.
Ao contrário da ioga, que tem como finalidade direcionar atividades de meditação, a yôga tem como princípio promover a força e a vitalidade dos praticantes.
Segundo o professor Charles Maciel, o esporte é voltado basicamente para pessoas na faixa etária de 18 aos 40 anos.
"Este esporte ajuda o adepto a ter técnicas orgânicas, corporais, disciplinares e também de relaxamento", disse o professor.
As aulas, que são gratuitas, serão ministradas por professores e instrutores da Universidade de Yôga, de São Paulo. (Fonte: ValeParaibano)

Turista conhece história do mar
Em Ubatuba, o turista pode aliar o lazer à educação ambiental

Ubatuba - O Aquário de Ubatuba permite aos visitantes conhecer, de perto, um pedaço do complexo e fascinante mundo submarino, com mais de 70 espécies de animais marinhos. O tanque de contato é extremamente atraente, para as crianças, que podem tocar em diversos animais marinhos, sempre com a orientação de monitores.
Outra atividade desenvolvida é o cantinho do desenho, que revela a sensibilidade com que elas enxergam o local. "Interpretamos o Aquário através do grafismo infantil", explica Marta Penha, coordenadora de educação ambiental do Aquário.
No Projeto Tamar, a garotada pode conhecer exemplares vivos de quatro espécies de tartarugas marinhas, além de exibição de vídeos didáticos, representação de desova e Museu Caiçara com mais de 200 peças, que representam o costume caiçara.
O Cespema (Centro de Estudo e Pesquisa Marinha) é outro espaço destinado à educação ambiental. No local, a idéia é realizar passeio de escuna enfocando a biologia marinha. Os visitantes aprendem a respeito de equinodermas, algas, moluscos, plânctons, crustáceos, peixes e outros. Uma verdadeira aula aliada ao lazer.
Mais informações podem ser obtidas pelos telefones: (12) 3832-6202 (Tamar) e (12) 3832-1382 (Aquário de Ubatuba). (Fonte: ValeParaibano)

Carta do Leitor

Prêmio para a Marinha? - Amigos, li com franca decepção e espanto, que a Marinha do Brasil ganhou um prêmio por preservar o Arquipélago dos Alcatrazes, local onde, segundo o Capitão dos Portos, a Marinha "dá aulas de tiro". Na qualidade de advogado que atuou na Ação Civil Pública que o MOPRESS - Movimento de Preservação de São Sebastião promoveu contra a Marinha, visando a interrupção dos exercícios de tiro, e como ambientalista, não posso deixar de me manifestar.
É certo que a presença da força armada no local afasta depredadores. Mas os exercícios de tiro (e não "aulas"), que consistem em bombardeios a alvos pintados nas rochas, próximos a ninhais, são a prova mais cabal de que a Marinha do Brasil não tem qualquer preocupação com meio ambiente. É bom lembrar, estamos falando do maior ninhal de aves do Sudeste Brasileiro, local de repouso, alimentação e reprodução de aves, mamíferos (terrestres e marinhos), répteis, anfíbios, aracnídeos, etc., muitos deles só existentes lá. E em todas as vezes que tive a oportunidade (ou privilégio) de visitar o Arquipélago - durante as expedições científicas -, pude atestar o que já parecia óbvio: os exercícios de tiro são uma das mais grotescas e absurdas formas de depredação do patrimônio ambiental que eu já pude ver. Imaginem uns rombos na terra, com tudo destruído ao redor... Tudo isso para brincar, de vez em sempre, de tiro ao alvo.
Incompreensível, portanto, auferir um prêmio ambiental a quem causa tanto estrago. Fico imaginando como a entidade que "presenteou" a Marinha trabalhou no conhecimento do caso, e pior, indicando tais atitudes como exemplos para outros países. Em outros países, as Forças Armadas treinam em alvos móveis, e não em ilhas. Aqui, a Marinha também treina em alvos móveis: os animais de Alcatrazes.

Eduardo Hipólito do Rego
Representante Ambientalista do Litoral Norte no CONSEMA
Conselho Estadual do Meio Ambiente


Lixo - Me parece que temos uma produção de lixo de primeiro mundo, com embalagens sofisticadas e supérfluas, e um tratamento do mesmo, de terceiro mundo, através da disposição do mesmo em áreas condenadas. Ao mesmo tempo, o lixo é um excelente negócio.
Precisamos debater opções para os lixões, que não condenem o território, visto que o lixo é cumulativo.
O que fazem os países que como nós produzem esta quantidade de lixo?
Até onde eu sei, o queimam, e responsabilizam os produtores e vendedores de embalagens pelo descarte, fechando o ciclo do consumo.
A longo prazo qualquer depósito de lixo é inviavel, por isso devemos discutir alternativas, e ter transparencia de custos.
A Sociedade Oceanográfica Espanhola dar um premio pela preservação de Alcatrazes, a quem atira em área de preservação é piada de português.

Mike Buser
São Sebastião, SP


Situação das ruas da Tabatinga - Gostaria primeiramente de PARABENIZAR e Prefeitura de Caraguá, que segundo obras que constam no carne do IPTU que recebi, melhorou exemplarmente a Cidade e seus Bairros, mas gostaria de fazer uma ressalva: por várias vezes durante o ano de 2002, escrevi para o Litoral Virtual inclusive com cópias para a Prefeitura, relatando os problemas simples e fáceis de serem resolvidos na rua de acesso a Praia de TABATINGA, mas infelizmente continuamos sendo esquecidos pela Prefeitura. O esgoto continua vazando a céu aberto (a
rede de esgoto ainda não foi entregue mas devem possuir ligações não autorizadas pois está vazando em todas bocas de inspeção)e indo para o Rio Tabatinga durante as graves chuvas que tem caído, trazendo riscos a todos moradores e banhistas. As ruas estão todas esburacadas, inclusive na entrada do Bairro onde não passam tratores com lanchas (sei que muitos acham que é isto que estraga o asfalto). As guias estão entupidas com areia e sujeira, pois não há varredores. Não temos calçadas em diversos trechos da rua. Será que a solução será fechar o resto do Bairro e tranformá-lo em um Condomínio como o Costa verde para nós mesmos resolvermos nossos problemas???
Vejam as fotos anexas que comprovam o estado péssimo que venho relatando.
Espero que agora após todas obras nos demais bairros estarem bem encaminhadas, nós da Tabatinga, tenhamos um pouco mais de atenção e solução para o fato.

Ysmail Almeida
Cond. Tabaguá
Tabatinga - Caraguatatuba, SP

 

Forum Comtur - Participe!
Ajude a transformar Ubatuba em uma cidade com turismo de qualidade.
Clique Aqui para participar com sua sugestão

ou leias as sugestões enviadas


Foto do Dia:
Poço Verde
Ubatuba
Poço Verde
© Emilio Campi


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Clique Aqui para acessar o arquivo de Fotos Publicadas

 
Gaivota FM
Participe você também do Forum COMTUR
De segunda a sexta das 12 as 14 hs na Gaivota FM 104.9
Ligue 3833.5550
ou clique aqui e envie seu comentário


 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui.


Lineu Representações Ubatuba Mary´s Chalés

As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  idenficação do autor.


GRÁTIS!!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:
Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral na versão:
Compacta (apenas as manchetes c/ Link)
Completa (todas as notícias na íntegra) 
e-mail:
Cidade:


Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br


©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor