Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Sexta-feira, 14 de fevereiro de 2003 - Nº 723 Edições Anteriores

Cooperativa Educacional Ubatuba Pousada das Cachoeiras Naturali Garden Center

Litoral Norte:
   Litoral Norte se prepara para a maior festa popular

Caraguatatuba:
   Ciclista infrator recebe aula sobre leis de trânsito em Caraguá
   Rádio Nacional de Brasília entrevista Secretária de Educação de Caraguá
   SME participa de palestra sobre Educação Especial
   CME realiza leitura do Plano Nacional de Educação
   Alunos receberão kits escolares da Bandeirante Energia
   Fundação Orsa lança livro de fontes para Educação Infantil
   Artesãos pedem apoio da Câmara sobre reforma da praça
   Nivaldo Alves assume no lugar de Omar Kazon

São Sebastião:
   Tebar treina pescadores para agir em vazamentos
   São Sebastião muda limite de radares
   Ninguém apresenta proposta para transmitir sessões da Câmara

Ubatuba:
   Ubatuba não cobrará estacionamento em praia
   Vereadores de Ubatuba derrubam veto e mantém fim da Zona Azul
   Casal rouba carro e fura bloqueio da PM
   Poço artesiano na Fortaleza
   Debate na Colônia de Pesca atrai mais de 50 pescadores
   Fundart abre inscrições para diversos cursos
   Biblioteca Municipal reabre com novidades
   Proprietários de imóveis na Praia Grande serão notificados
   Centro Cultural em fase final
   Oficina pedagógica na Secretaria de Saúde
   Visita oficial do prefeito de Jaguariuna
   Retorno as aulas com 13 mil alunos

   Carta do Leitor



Litoral Norte se prepara para a maior festa popular
As quatro cidades já fecharam a programação do Carnaval; agora só falta o turista escolher a praia para curtir e o bloco para desfilar

Litoral Norte - A festa popular mais esperada do ano, o Carnaval, tem endereço certo: o Litoral Norte. Com uma programação de deixar qualquer turista com vontade de cair na folia, as quatro cidades já estão praticamente prontas para a festa.
Além de desfiles das escolas de samba e dos blocos carnavalescos, as cidades realizam ainda os bailes e o carnaval de antigamente, resgatando a tradição das marchinhas.
Em Caraguatatuba, a Fundação Educacional e Cultural promoverá pelo quarto ano consecutivo o Carnaval de Antigamente, com quatro bailes populares. A festa terá a presença dos bonecões e cabeções gigantes que encantam adultos e crianças, além de muito confete e serpentina.
Os bailes acontecem em três praças da cidade. No centro, a animação fica por conta da New Band, no Porto Novo, pelo grupo Feira Livre e no Perequê-Mirim, pelo Swing Brasil.
Durante os bailes, acontecem os concursos de blocos animados e de fantasias adulto e infantil e no domingo, dia 2, às 15h, na praça Dr. Cândido Motta, no centro da cidade, a matinê. No ano passado, mais de cinco mil foliões foram 'arrastados' para a praça nas quatro noites de festa.
Já em São Sebastião, o tradicional Bloco dos Sujos, no qual os homens saem vestidos de mulher, desfila no sábado, dia 1º de março.
No domingo, acontece o desfile de quatro escolas de samba e, na segunda-feira, é a vez dos blocos carnavalescos. O desfile das campeãs acontece na terça-feira de Carnaval. Todos os desfiles acontecem na avenida da praia.
No bairro de Boiçucanga, haverá bailes todas as noites e trio elétrico durante o dia nas praias. O Carnamar, tradicional carnaval que acontece no mar, será no domingo, dia 2, na Praia do Arrastão. A atração são os barcos enfeitados de formas diferentes. Mesmo quem não tem uma embarcação acaba pegando uma carona e participando da festa que dura mais de quatro horas no mar, fora os preparativos em terra. (Fonte: ValeParaibano)

Ciclista infrator recebe aula sobre leis de trânsito em Caraguá
Campanha para redução de acidentes também prevê apreensão de bicicletas

Caraguatatuba - A Prefeitura de Caraguatatuba está oferecendo curso de educação no trânsito para ciclistas que são flagrados desrespeitando leis do Código de Trânsito Brasileiro.
Segundo a prefeitura, pelo menos 27 ciclistas tiveram suas bicicletas apreendidas em razão das infrações e estão tendo que participar das aulas. O curso começou no dia 4 de fevereiro.
As principais infrações dos ciclistas são não utilizar ciclovias, trafegar na contramão e em locais proibidos, como praças e calçadas.
Segundo o diretor da Ditran (Divisão de Trânsito) de Caraguá, Celso Rapaci, o curso faz parte de uma campanha educativa para reduzir o número de acidentes. Ele disse que desde o início da campanha, o número de acidentes de trânsito envolvendo ciclistas na zona urbana da cidade caiu 28%.
"O curso é fundamental para Caraguá. O município tem cerca de 20 mil ciclistas. Durante quatro horas a pessoa vai aprender leis de trânsito, sinalização e ser alertado sobre os riscos de trafegar em pontos proibidos", disse.
O ciclista terá três meses para fazer o curso e retirar a bicicleta apreendida. Após o prazo, a bicicleta será vendida em leilão.
Segundo a prefeitura, foram distribuídos mais de 10 mil folhetos educativos na cidade antes do início da campanha e das apreensões.
Rapaci afirmou que o ciclista poderá ser multado caso tenha a bicicleta apreendida pela segunda vez. O valor da multa é de cerca R$ 90.
CICLISTAS - Para a balconista Cristiana Dantas, 24 anos, as apreensões são necessárias para melhorar o trânsito da cidade.
"O ciclista deve respeitar as leis de trânsito. Tento respeitar a sinalização e não ando em locais proibidos. O ciclista tem que ter cautela no trânsito para garantir sua segurança e a das outras pessoas nas ruas", disse.
O ciclistas Vanderson Nascimento, discorda da medida. Ele teve sua bicicleta apreendida e disse ter ficado surpreso. "Não tinha conhecimento da campanha. Preciso da bicicleta diariamente para trabalhar e ainda terei que fazer o curso", disse. (Fonte: ValeParaibano)

Rádio Nacional de Brasília entrevista Secretária de Educação de Caraguá
Caraguatatuba será destaque nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste do país, através da Rádio Nacional de Brasília, que entrevistou nesta terça-feira 12 a Secretária Roseli Morilla sobre o projeto “Tempero de Mãe”

Caraguatatuba - A Secretária de Educação de Caraguatatuba, Roseli Morilla Baptista dos Santos foi convidada na manhã desta quarta-feira 12, para conceder uma entrevista para a Rádio Nacional de Brasília, a qual transmite sinal também para a Rádio Nacional do Amazonas.
Durante a conversa com a equipe de reportagem da emissora, a Secretária Roseli falou das questões relacionadas à Educação Municipal e contou sobre o projeto Tempero de Mãe – principal interesse da emissora, que veiculará a entrevista no programa Escola Brasil, que vai ao ar diariamente às 6h30 para as regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste do país.
O projeto, já noticiado nos principais jornais regionais e emissoras de TV chegou à Brasília através da divulgação da mídia, e será mostrado agora em regiões do Brasil que não têm acesso às notícias da Educação Municipal de Caraguatatuba.
O Tempero de Mãe, que acontece em todas as escolas de Caraguá integra comunidade e escola. Mães de alunos, selecionadas pelas APM’s _ Associações de Pais e Mestres, das unidades escolares conseguiram uma maneira prazerosa de trabalhar, cultivando verduras e legumes em hortas na escola. Além do cultivo, elas preparam a refeição escolar que alimenta seus filhos e todas as crianças da rede municipal. A merenda agora, além de enriquecida com alimentos saudáveis, passou a ter um sabor especial que só o “Tempero de Mãe” tem.
A Rádio Nacional de Brasília entrevistou a Secretária Roseli durante cerca de 5 minutos e divulgará o projeto Tempero de Mãe num programa específico sobre Educação, que tem duração de 30 minutos, e objetiva mostrar projetos nesta área, que podem se tornar modelo para outras cidades do país. (Fonte: SME/PMC)

SME participa de palestra sobre Educação Especial

Caraguatatuba - A Secretária Municipal de Educação, Roseli Morilla Baptista dos Santos, juntamente com a equipe de Supervisão da SME, Psicólogas, Fonoaudiólogas e representantes da área de Educação da Fundação Orsa, Renata Sanches Salva e Maria Wânia de Carvalho Martins, esteve reunida com a dra. Maria Salete Aranha, membro da UNESCO e professora da Unesp de Bauru para discutir assuntos relacionados à Escola Inclusiva.
Maria Salete, que já foi consultora do MEC e atuou também junto ao Ministério da Justiça veio à Caraguatatuba para fazer uma palestra e realizar um diagnóstico do trabalho realizado na rede municipal de ensino com relação à Educação Inclusiva. A visita foi solicitada pela Secretária Roseli Morilla que através da equipe da SME realizou um levantamento de dados da rede e, a partir deles, Salete pôde fazer uma avaliação sobre como o município está em relação à inclusão.
Como autora de documentos do PCN (Parâmetros Curriculares Nacionais) e PCN em Ação, na área de Educação Especial, a dra. Maria Salete mostrou-se bastante entusiasmada com o nível de comprometimento da Administração Municipal e Secretaria de Educação com relação à Educação Inclusiva.
Segundo declarou, “Os alunos são INSERIDOS na rede municipal de educação e esperam que a nossa escola inclusiva respeite as suas necessidades especiais”, explicou a dra. Salete.
Durante a reunião, a representante da UNESCO se comprometeu a disponibilizar informações e orientações para que o grupo de Supervisão e especialistas da SME continuem ampliando seus próprios conhecimentos e organizem a formação dos professores da rede municipal que possuem em suas classes alunos INSERIDOS.
Além da secretária Roseli Morilla e equipe da SME, esteve também presente na reunião o prefeito de Caraguatatuba, Antonio Carlos da Silva, que aproveitou a ocasião para falar dos investimentos na Educação Municipal, projetos, entre outros.
A Educação Municipal possui hoje nas escolas de Ensino Fundamental 131 alunos, e na área de Educação Infantil, de 4 a 6 anos, 7 alunos que têm atendimento regular nas unidades municipais, contando com o trabalho da Supervisão, dos Psicólogos, Fonoaudiólogos e os suportes das Salas de Recursos e do transporte especial. (Fonte: SME/PMC)

CME realiza leitura do Plano Nacional de Educação

Caraguatatuba - Os membros Conselho Municipal de Educação, que trabalha em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, vêm reunindo-se semanalmente desde 19 de janeiro de 2003, com o objetivo de estudar a Lei 10.172/01, que aprovou o Plano Nacional de Educação. Após a conclusão desses estudos, prevista para o início de março, o Conselho, com o apoio da SME, irá organizar um Fórum para a elaboração do Plano Municipal de Educação.
Na última quinta-feira 6, o Conselho reuniu-se na sede da SME para a leitura da Lei 10.172. O capítulo discutido era relacionado ao Ensino Médio e, pra debater o assunto, foram convidados a participar da leitura o Dirigente Regional de Ensino, professor Laércio Albarici e o diretor do Ceprolin, sr. Wilson Schmidt Cardoso.
Nesta quinta-feira 13, dando continuidade ao assunto do dia 6 de fevereiro o Conselho volta a se reunir para a leitura do capítulo sobre Ensino Médio, que não pôde ser concluído na última reunião. No dia 20, o Conselho Municipal de Educação novamente se reunirá para a leitura do capítulo que fala sobre a Educação de Jovens e Adultos e Ensino à Distância.
No dia 27, o Conselho fará leitura sobre Educação Tecnológica, e Formação Profissional e Educação Especial. No dia 6 de março, o assunto do Conselho será Educação Indígena e Magistério da Educação Básica e no dia 13 de março, finalizando a leitura da Lei 10.172, será realizada a discussão dos capítulos referentes a Financiamento e Gestão, Acompanhamento e Avaliação do Plano.
As reuniões do Conselho acontecem sempre às quintas-feiras, na SME, às 19h, com a participação dos membros, e a Secretária de Educação, Roseli Morilla Baptista dos Santos. (Fonte: SME/PMC)

Alunos receberão kits escolares da Bandeirante Energia

Caraguatatuba - Os alunos da rede municipal pertencentes à EMEF Oswaldo Ferreira, no bairro Casa Branca, em Caraguatatuba, receberão pela segunda vez consecutiva os kits escolares cedidos gratuitamente pela Bandeirante Energia.
A empresa, que em 2002 distribuiu 16 mil kits escolares para 28 escolas municipais em suas áreas de concessão, explica que essa distribuição faz parte de um trabalho de responsabilidade social de ações para melhoria do ambiente escolar chamado PROJETO CIDADÃO.
No ano passado, a EMEF do Casa Branca já tinha sido contemplada com os kits para alunos de 1ª a 4ª séries. De acordo com a Bandeirante, foi escolhida uma escola de cada cidade e para dar continuidade ao projeto, novamente a EMEF Oswaldo Ferreira volta a ser presenteada com os materiais escolares para os alunos da comunidade local.
A distribuição dos kits acontece através do programa Bandeirante Comunidade – Educação, realizado dentro do PROJETO CIDADÃO. O principal objetivo é reforçar junto à comunidade a imagem de que a Bandeirante é uma empresa socialmente responsável.
A entrega dos kits aos alunos do Casa Branca acontece no dia 18 de fevereiro, às 14h, com a participação da Secretária de Educação de Caraguá, Roseli Morilla Baptista dos Santos.
Composição do KIT BANDEIRANTE: 1 pasta poliondas, 4 cadernos brochura, 1 caderno de desenho, 1 caderno de caligrafia, 3 lápis grafite, 3 canetas, 1 borracha, 1 apontador, 1 régua, 1 tesoura sem ponta, 2 tubos de cola, 1 caixa de lápis de cor(12 unidades), 1 caixa de giz de cera colorido(12 unidades), 1 caixa de tinta guache com 6 cores, 3 pincéis para guache(1 fino, 1 médio e 1 grosso) e 100 folhas de papel sulfite branco. (Fonte: SME/PMC)

Fundação Orsa lança livro de fontes para Educação Infantil

Caraguatatuba - A Fundação Orsa, parceira da Prefeitura Municipal de Caraguatatuba na administração dos CEI’s – Centros de Educação Infantil para crianças de zero a 3 anos e 11 meses, está lançando em São Paulo na próxima sexta-feira a publicação “Fontes para a Educação Infantil”, sob a coordenação geral da coordenadora da área de Educação da Fundação Orsa, Vera Melis Paulilo.
O livro, que foi primeiramente lançado em Brasília, no dia 11 de fevereiro, no auditório da UnB, e nesta quarta-feira 12, em Belém (PA), no Jardim Botânico da Amazônia, terá seu lançamento na Capital paulista na sede do Sindicato dos Jornalistas, na av. Rego Freitas, 530, no Centro, às 10h30.
De acordo com a Fundação Orsa, o objetivo da obra é disseminar nos mais diferentes meios profissionais – junto a professores, profissionais interessados neste tema e também pesquisadores, a idéia de que a aprendizagem inicia com o nascimento e que a educação infantil é um componente fator de democratização da nossa sociedade.
A Fundação Orsa, UNESCO e ANDI, acreditam no papel fundamental dos jornalistas na construção de um país de cidadãos e na pluralidade de fontes de informação como um dos fatores relevantes neste processo, e por isso, através de uma parceria estão lançando essa publicação objetivando estimular e subsidiar o trabalho qualificado dos jornalistas na cobertura sobre a educação infantil. Por esse motivo, o livro será lançado na própria sede do Sindicato dos Jornalistas e poderá ser utilizado como fonte importante no trabalho jornalístico quando o assunto for Educação par Primeira Infância. (Fonte: SME/PMC)

Artesãos pedem apoio da Câmara sobre reforma da praça

Caraguatatuba - Um grupo de Artesãos, ligados a Femaac (Feira Municipal de Arte e Artesanato de Caraguatatuba) esteve na Câmara Municipal de Caraguatatuba na noite de terça-feira, pedindo apoio dos Parlamentares quanto a questão da reforma da praça e a manutenção das barracas no local. Os artesãos foram recebidos por um grupo de Vereadores, liderados pelo presidente Wilson Gobetti (PPS).
Um grupo de aproximadamente 30 artesãos esteve na noite desta última terça-feira nas dependências da Câmara Municipal de Caraguatatuba, para pedir apoio aos Vereadores, sobre a questão da reforma da praça Dr. Diógenes Ribeiro de Lima e a manutenção das barracas no local.
Segundo Neusa Liporini, representante da diretoria da Femaac, a Prefeitura Municipal de Caraguatatuba pretende reformar a praça Diógenes Ribeiro de Lima na segunda quinzena de março e das 110 barracas que compõem os associados da Femaac, apenas 32 ficarão no local.
A representante Liporini quer ter acesso ao projeto, bem como poder opinar sobre ele, com o objetivo de discutir o futuro das 110 barracas. Liporini afirma ter recebido as informações da presidente da Fundacc (Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba), Eloiza Antunes.
Um grupo de 5 artesãos mais a representante Liporini, foi recebido pelo Presidente da Câmara, Wilson Agnaldo Gobetti (PPS), mais 3 Vereadores: João Rodrigues de Godoy Filho - o Baduca (PL), Laércio Aparecido de Andrade - o Bolha (PPS) e José Pedro Lucas - Zé Pedro (PRP).
Imediatamente, após saber da situação, o presidente Gobetti ligou para o Secretário de Obras Públicas, Gílson Mendes de Souza que relatou o que estava ocorrrendo para o Parlamentar. Segundo Gílson não há um projeto pronto e definido para a praça e a reforma não terá início na segunda quinzena de março e quando for iniciada, será feita em partes.
O Secretário assegurou ao presidente Gobetti, que relatou aos artesãos, ordem expressa do prefeito Antonio Carlos da Silva (PSDB), sobre a manutenção dos direitos dos artesãos, mantidos integralmente. Finalizando, Gílson Mendes informou ao Parlamentar que toda sugestão, crítica ou discussão sobre o projeto deverá ser agendada com a presidente da Fundacc.
Liporini ficou satisfeita com o atendimento, mas frisou que voltará quando precisar ou notar que os direitos dos artesãos estão sendo ameaçados. O presidente Gobetti acha que tudo não passou de um mal entendido. "Esta é uma questão do Executivo, mas sempre que for possível e necessário, estaremos intermediando ações que visem o futuro e a melhoria da qualidade de vida de nossos cidadãos e da cidade", finalizou. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Nivaldo Alves assume no lugar de Omar Kazon

Caraguatatuba - O Vereador Nivaldo Rodrigues Alves (PL), assumiu nesta terça-feira, dia 11 de fevereiro, a cadeira de Vereador na Câmara Municipal de Caraguatatuba, no lugar de seu colega Parlamentar Omar Kazon (PL). A posse foi rápida e automática, com a apresentação dos documentos necessários e o juramento durante o Expediente da sessão.
Omar Kazon está no segundo mandato e afastou-se, primeiramente por 30 (trinta) dias, para tratamento de saúde. O Vereador apresentou ofício e atestado médico comprovando o afastamento. O Parlamentar concorreu a presidência da Câmara no final do ano passado e ocupa atualmente a presidência do diretório municipal do PL em Caraguatatuba.
Nivaldo Rodrigues Alves tem 45 anos, é casado, tem 3 filhos e um neto - Paulo Henrique. O suplente é caiçara de nascimento e está no Partido Liberal há 13 anos. Foi Vereador de 93 a 96 na gestão do ex-prefeito José Sidney Trombini e não conseguiu se reeleger em 96, mesmo sendo o mais votado, pois o seu partido não conseguiu o número de corte necessário. Nas eleições municipais de 2000 sagrou-se o primeiro suplente da legenda.
O Parlamentar não sabe dizer quanto tempo ficará na Câmara. "Sabe como é, problemas de saúde costumam se alongar e esperamos o pronto restabelecimento de Kazon", disse. Quanto a sua postura, resume-se como sempre foi; "independente". (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Tebar treina pescadores para agir em vazamentos
Terminal da Petrobras em São Sebastião quer orientar grupos sobre como agir em caso de derramamento de óleo no mar

São Sebastião - O Tebar (Terminal Marítimo Almirante Barroso), em São Sebastião, vai promover um treinamento para pescadores de São Sebastião, Caraguá e Ilhabela com a finalidade de orientá-los para agir em caso de vazamento de óleo nas praias do Litoral Norte.
O último vazamento registrado no ano passado ocorreu em 10 de agosto, em São Sebastião, quando 3.000 litros de óleo vazaram de um navio grego, atingindo a praia das Cigarras.
"Não estamos livres de sofrer acidentes. Por isso, é importante mostrar técnicas de ação para os pescadores. Eles precisam saber como conter o óleo nas barreiras montadas em caso de novos acidentes", explicou o coordenador de segurança de Meio Ambiente e Saúde da Petrobrás, Rogério Picado.
Segundo o coordenador, a iniciativa da realização deste curso partiu da própria colônia de pescadores de São Sebastião. A Petrobrás, no entanto, ainda não definiu quando será o curso.
"Deve ser entre os meses de abril e maio. Neste período, é a fase mais fraca de pesca no litoral. Mas ainda estamos formatando como será o curso", completou o coordenador da Petrobrás.
A realização deste curso foi aprovada por associações de pescadores do Litoral Norte. Para o pescador Edmilson Ranufo, um dos representantes da Associação da Praia da Cocanha, de Caraguatatuba, disse que a iniciativa é muito positiva.
"Temos que buscar alternativas para proteger o que é da gente. O mar é nosso meio de sobrevivência. Por isso, aprovo este curso. Vamos aprender como se deve manusear corretamente o óleo em caso de vazamento", disse. (Fonte: ValeParaibano)

São Sebastião muda limite de radares

São Sebastião - A Prefeitura de São Sebastião vai alterar de 50 para 60 km/h o limite de velocidade estipulado para os motoristas que trafegam na rodovia Rio-Santos, entre os kms 120 e 128, que corresponde ao trecho entre a praia São Francisco e o centro.
A partir de hoje, os 16 radares eletrônicos irão multar em R$ 127 apenas os motoristas que trafegarem acima de 60 km/h. A cada 500 metros da rodovia há um radar, em lados alternados da pista.
Técnicos do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Normatização e Qualidade Industrial) devem verificar os 16 aparelhos hoje para liberar o funcionamento após a alteração no limite de velocidade.
De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura de São Sebastião, o Departamento de Trânsito decidiu aumentar o limite de velocidade porque os motoristas estavam trafegando muito abaixo de 50 km/h e prejudicando o trânsito no local.
Os radares foram instalados no início do mês como medida para tentar reduzir o número de acidentes no local, segundo a prefeitura. (Fonte: ValeParaibano)

Ninguém apresenta proposta para transmitir sessões da Câmara

São Sebastião - Nenhuma empresa apresentou proposta para transmitir as sessões ordinárias e extraordinárias da Câmara Municipal de São Sebastião via internet. A informação foi passada ontem pelo diretor de informática, Walmir Ramos.
Ontem foi o último dia para a entrega dos envelopes dos interessados em participar da concorrência. A Comissão de Licitação faria a avaliação das propostas a partir das 10h, no plenário, que durante toda a manhã ficou fechado. Toda a documentação tinha de ser entregue até às 9h30, mas não houve procura.
A empresa vencedora seria contratada pelo prazo de 12 meses, após análise dos custos. O contrato poderia ser prorrogado por igual período.
Para transmitir as sessões ao vivo pela internet, a Câmara de São Sebastião exigiu “link de rádio com acesso acima de 2 Mbps (mega bits por segundo) em upload e download”. Além disso, a empresa vencedora do processo de licitação teria de fornecer técnicos e demais equipamentos para a transmissão, incluindo aparelho para gravação em DVD.
Na edição de ontem do Imprensa Livre, o técnico em informática Carlos Bolina disse que o link de rádio com acesso de 2Mbps (mega bits por segundo) seria desnecessário para a transmissão pela internet. Segundo ele, o sistema “multicast”, que afirma ser mais barato, é o suficiente.
O técnico ressaltou que o link que a Câmara possui atualmente daria para transmitir as sessões. Conforme informou, os 2Mbps são suficiente para manter um pequeno provedor de internet.
No final da tarde de ontem, por telefone, o presidente da Câmara de São Sebastião, Marcos Leopoldino, disse que irá avaliar o que será feito a partir de agora. “Estou fora da Câmara desde quarta ao meio-dia. Amanhã (hoje) vou saber o que aconteceu”, encerrou. (Fonte: Imprensa Livre)

Ubatuba não cobrará estacionamento em praia

Ubatuba - Motoristas que deixarem os carros nas praias de Ubatuba, litoral norte, como Tenório, Praia Grande, Maranduba e Lagoinha, não precisarão mais pagar à Companhia Municipal de Turismo pelo estacionamento. Sete vereadores votaram a favor do cancelamento da cobrança - projeto que havia sido vetado pelo prefeito Paulo Ramos (PFL) na semana passada. Cada 12 horas no estacionamento custava R$ 3. Os vereadores alegaram que o dinheiro não era revertido para o turismo. (Fonte: Estadão)

Vereadores de Ubatuba derrubam veto e mantém fim da Zona Azul

Ubatuba - Por sete votos a cinco, a Câmara de Ubatuba derrubou o veto do Executivo ao projeto de Lei que prevê o fim da cobrança de estacionamento nas praias do município. Inicialmente, a lei havia sido aprovada pelo mesmo placar, no dia 3 de janeiro, quando foi encaminhado para apreciação do prefeito Paulo Ramos.
Na sessão da última terça-feira, novamente os vereadores mantiveram sua posição contrária à cobrança da taxa de R$ 3. Segundo o vereador Charles Medeiros, a postura dos vereadores se manteve porque durante o período em que se aguardava o posicio-namento oficial do prefeito a respeito do assunto, a Comtur não apresentou propostas que justificassem a continuidade da cobrança.
“Tivemos tempo, fizemos o Fórum de debates e cobramos uma posição sobre o investimento do dinheiro arrecadado e a resposta que obtivemos foi de que para se investir em infra-estrutura, seria necessário o aumento do valor da taxa de R$ 3 para R$ 5, um absurdo”, declarou.
Medeiros afirmou ainda que esperava uma postura diferenciada, propostas para o fomento do turismo, o que, ele ressalta, não aconteceu. “A questão da cobrança é clara: a lei prevê investimentos nos locais onde ocorre a arrecadação e isso não acontece. Não é uma questão de ser contra a cobrança, mas de não ver esse dinheiro ser revertido em benefício de quem paga”, disse.
Para o vereador Ricardo Barbosa, que se posicionou a favor da manutenção do veto, a Comtur possui falhas, mas existem outras formas de se resolver o problema. “O Fórum foi um exemplo de que existem outras maneiras de chegarmos a uma solução. O fim da cobrança não resolve. O que precisamos é discutir mais, apresentar outras alternativas”, falou.
Para o presidente da Comtur, Luís Bischof, a situação ainda não está definida. Para ele, a palavra final sobre a cobrança caberá à justiça, pois a empresa entrará com uma ação de inconstitucionalidade contra a Lei.
“A lei que criou a cobrança foi de autoria do Executivo. Não cabe portanto ao Legislativo elaborar uma lei para acabar com a taxa. Isso é inconstitucional e iremos à justiça comum para definir a si-tuação”, afirmou.
Segundo a departamento jurídico da Câmara, o legislativo tem até hoje para oficiar à prefeitura sobre a derrubada do veto. A partir daí, o Executivo terá uma semana para publicar a nova lei. Somente após a publicação é que a cobrança estará oficialmente extinta. (Fonte: Imprensa Livre)

Casal rouba carro e fura bloqueio da PM

Ubatuba - Um casal foi preso em flagrante pela Polícia Militar, na madrugada de ontem em Ubatuba, após roubar o carro de um comerciante. Antes da prisão, a dupla conseguiu escapar de três bloqueios feitos pela PM.
Segundo a polícia, o autônomo Luiz Fernando Ramos Dinkema, 33 anos, e a secretária Raquel Pereira, 28 anos, pediram carona no centro às 2h para o comerciante Robson Eduardo Cruz, 32 anos, que estava com seu Renault Clio. Segundo o tenente da PM, Rubens Martins Franco Júnior, o casal com um revólver anunciou o assalto durante o percurso.
O comerciante foi abandonado no bairro Itamambuca e avisou à PM. Os suspeitos retornaram com o carro em direção ao centro e furaram três bloqueios da PM.
Os bloqueios foram feitos nos bairros Barra Seca, Perequê-Açu e no trevo do Perequê-Açu. Cerca de 1 quilômetro depois, o condutor perdeu a direção e bateu o carro. O casal tentou fugir a pé pelo matagal no bairro Silop, mas acabou preso por volta das 2h30. A captura aos suspeitos envolveu cerca de 10 PMs.
PRISÃO - Segundo o tenente Franco, a dupla não chegou a disparar contra a PM, mas ambos sofreram algumas escoriações ao bater o carro e na tentativa de fuga pelo matagal. Nenhum policial se feriu e a arma utilizada pela dupla não foi encontrada.
O tenente Franco disse que o casal veio de São Paulo e estava morando no bairro Maranduba. Os dois estão presos na carceragem do Distrito Policial de Ubatuba e não possuem passagem pela polícia. (Fonte: ValeParaibano)

Poço artesiano na Fortaleza

Ubatuba - A Escola Municipal da Fortaleza, com 27 alunos, resolveu o problema de abastecimento de água com a construção de um poço artesiano que incluiu a colocação de um purificador. A Prefeitura, por meio da Secretaria da Educação, vem instalando ainda uma sala para computação e uma pequena biblioteca. A reunião com a comunidade na escola contou com a presença do vice- prefeito Moralino Valim Coelho que encaminhou à prefeitura os pedidos para retirada do telefone público do interior da área da escola que, principalmente durante as férias, sofre depredações por parte de usuários. A entrega de passes escolares para estudantes que frequentam a escola e são obrigados a fazer longas caminhadas também deverá ser efetivada nos próximos dias.
Esta semana, a Secretaria da Educação esteve reunida com pais de alunos das escolas municipais Ernesmar de Oliveira, na Praia Dura e do Corcovado os quais agradeceram a ação do prefeito Paulo Ramos com a realização as obras de ampliação e reforma. Para José Carlos Firme, diretor, da escola da Praia Dura, as reuniões permitem tratar dos problemas diretamente com a comunidade facilitando soluções mais rápidas. (Fonte: ACS-PMU)

Debate na Colônia de Pesca atrai mais de 50 pescadores

Ubatuba - Na noite de sábado, 8, o auditório Washington Oliveira da Câmara Municipal de Ubatuba recebeu a presença de mais de 50 pescadores que participaram do primeiro debate organizado pela secretaria de Agricultura e Pesca (Saab) da Prefeitura de Ubatuba, entre os cinco candidatos à presidência da Colônia Z-10. O debate teve início às 19 horas e a duração foi de cerca de 2 horas. No próximo dia 22 haverá o segundo debate e as eleições ocorrerão no dia 10 de março. Os candidatos são o atual presidente da Colônia Z-10, Manoel dos Santos, Jaime Floriano dos Santos (Russo), Benedito Gerônimo (Alberico), Cláudio dos Santos (Cacá) e Rosildo Amâncio de Paula (Nenê).
A organização sistematizou o debate em três fases. A primeira foi uma exposição do plano de trabalho de cada candidato. Na segunda fase a organização formulou duas perguntas aos candidatos, sobre como pretendem ampliar a atuação da Colônia da região central até as comunidades pesqueiras mais distantes como Picinguaba, Camburi, Almada, Caçandoca e Bonete e também sobre a questão da cobrança da taxa de uso dos comerciantes permissionários que hoje somam uma dívida de mais de R$ 20 mil, causando prejuízos aos pequenos pescadores e inviabilizando uma série de projetos da Colônia. Na terceira fase o debate esquentou, com participação interativa do público presente que escolhia o candidato e fazia a sua pergunta. Ao final, o público saiu satisfeito.
O candidato Cacá enfatizou a necessidade de haver um acordo efetivo para o pagamento da dívida, por parte dos comerciantes permissionários. Russo afirmou que a Colônia não pode ficar restrita a Ilha dos Pescadores e precisa ir de encontro às comunidades. Alberico e Rosildo comungaram da mesma idéia e enfatizaram sobre a necessidade da Colônia aproveitar ainda mais o apoio da Prefeitura, por meio da Saab, e buscar mais o Governo do Estado. O atual presidente e candidato à reeleição, Manoel dos Santos, falou das realizações e das dificuldades que tem enfrentado e que pretende melhorar a sua atuação num eventual próximo mandato.
O secretário de Agricultura e Pesca, Antônio Marchiori, ficou satisfeito com o resultado do debate e disse que o objetivo foi alcançado, oferecendo maior transparência para que os pescadores tenham mais conhecimento das propostas de cada chapa. “O importante é manter a categoria unida. Foi um debate de idéias e as divergências fazem parte do processo democrático. O importante, independente do resultado nas urnas, é somar e ter união para o fortalecimento desta importante atividade econômica. Acredito que não houve simplesmente um candidato vitorioso, com melhor performance durante o debate, e sim a vitória de todos que participaram”, afirmou Marchiori. O prefeito de Ubatuba, Paulo Ramos (PFL), também manifestou o seu apoio parabenizando a iniciativa e a organização. (Fonte: ACS-PMU)

Fundart abre inscrições para diversos cursos

Ubatuba - A partir da próxima segunda-feira, 17, estarão abertas as inscrições para diversos cursos que serão ministrados na Fundart (Fundação de Arte e Cultura) e nos bairros do Itamambuca e do Perequê-Mirim. As inscrições vão até o dia 10 de março, das 8 às 12 horas e das 14 às 18 horas, de segunda à sexta-feira. O candidato deve levar uma foto 3x4, cópia da certidão de nascimento ou de casamento e comprovante de residência. As mensalidades são de R$10,00. Os cursos foram definidos pelo Conselho Deliberativo da Fundação, que esteve reunido na última segunda-feira, 10, e avaliou dezenas de propostas de cursos para a Fundação. Estiveram presentes os coordenadores e o suplentes de Artes Plásticas e Artesanato, José Paulo Alves Barreto, Sônia Maria Ribeiro Nogueira, Almir Mederios e José Pedro de Oliveira, respectivamente, o coordenador de Música, Eurivaldo Paschoalino, o coordenador de Folclore, Lígia Benedita de Arruda e o coordenador de Fotografia, Ricardo Pimentel.
Neste ano a Fundart estará oferecendo cursos de teclados, piano, violão, instrumentos de sopro, percussão popular, corais infantil e adulto, entalhe, cerâmica, crochê, tricô, ponto cruz, macramê, vagonite, capoeira, ballet clássico, desenho, pintura e aquarela. Serão levados para os bairros do Itamambuca e Perequê-Mirim os cursos de capoeira, crochê, tricô, ponto cruz, macramê e vagonite.
Professores:
Teclados - Raquel Nogueira e Maria Emília Zuccoli Tozin
Violão - Pedro Paulo Carpinetti e Frederico J.Zimmermann Aranha
Instrumentos de sopros - Amarildo da Hora
Percurssão popular - Hipólito José de Souza Almeida Mello
Coral infantil e adulto - Maria Emília Zuccoli Tozin
Piano - Carolina Mikie Sugimoto e Maria Fernanda Bischof César
Entalhe - Antônio Theodoro de Souza (Bigode)
Cerâmica - Maria Suzana Botine Cassoli e Fabiana Souza Mendes
Crochê, tricô, ponto cruz, macramê e vagonite - Laercia de Fátima Arruda, Nadir Tomás da Silva e Márcia Denise Gonçalves
Capoeira - Rogério Sales Miguel Scalaps e Jaldo Motta Silva (Jequié)
Desenho, pintura e aquarela - Pauli Gil e Benjamin Gonzalez
Ballet clássico - Alexandra Penha de Carvalho Ferreira
Mais informações pelo telefone: (12) 3832-4584
Curso de elétrica - As inscrições para o curso de elétrica já foram encerradas, devido ao grande número de pessoas inscritas e por este motivo também houve um atraso para o início das aulas o que acontecerá provavelmente na semana que vem. As pessoas inscritas receberão aviso por telefone e por carta, confirmando a horário e local. O Projeto cidadão estará trazendo outro curso de elétrica em futuro próximo, devido a grande procura mais de 200 solicitações de inscrições. (Fonte: ACS-PMU)

Biblioteca Municipal reabre com novidades
Deficientes visuais ganham novos títulos em literatura e sócios em débitos são anistiados

Ubatuba - A Biblioteca Municipal reabriu para este ano letivo na última segunda-feira,10, com funcionamento de segunda à sexta-feira das 8 às 18 horas, sem interrupção. As novidades são 10 novos títulos de literatura de romance e poesia em braile por meio do convênio firmado com a Fundação Dorina Nowill para Cegos, de São Paulo e também a campanha de anistia para sócios que estão em débito com a biblioteca que prevê a devolução de livros sem a multa diária, que é de R$0,50. Segundo a bibliotecária Izildinha Basile, hoje somam cerca de 30 livros que ainda não foram devolvidos. Para ser sócio da Biblioteca e ter direito ao empréstimo de livros basta levar um documento, comprovante de residência, uma foto e não há taxa de inscrição.
O convênio com a Fundação Dorina Nowill foi firmado no ano passado e hoje conta com 25 títulos da coleção braile que somam 150 volumes. O braile é o método de leitura para deficientes visuais. Segundo a bibliotecária Izildinha, em Ubatuba são poucos os deficientes que buscam este tipo de literatura, pois muitos não possuem a técnica da escrita e da leitura. A Biblioteca é administrada pela Fundart e conta com acervo de cerca de 25 mil livros. Possui a hemeroteca que são recortes de jornais e revistas arquivados para pesquisas sobre história, geografia, ciências, política, entre outros assuntos. Há ainda o departamento de leitura infanto-juvenil, o acervo histórico do município e conta com quatro monitores para atendimento aos usuários.
O presidente da Fundart, Cícero Assunção, tem como meta tornar a biblioteca totalmente informatizada para o usuário, que terá acesso à internet e a possibilidade de muito mais informação. “São importantes estes novos títulos no método braile, pois possibilita a inclusão do deficiente visual dentro do contexto da informação, da literatura. Este trabalho faz parte do esforço que a Fundação quer imprimir para popularizar a leitura como instrumento de superação do cidadão”, afirmou Assunção. (Fonte: ACS-PMU)

Proprietários de imóveis na Praia Grande serão notificados
SEMA e SAU intensificam fiscalização de ligações clandestinas de esgoto

Ubatuba - O secretário municipal do Meio Ambiente (Sema), Virgílio Barroso, anunciou que no próximo dia 20 terá início o envio de notificações a todos os proprietários de imóveis da praia Grande que ainda não estão conectados à rede de esgoto da Cooambiental (Coorperativa de Saneamento Ambiental da Praia Grande). Nesta semana, o presidente da Cooambiental, Álvaro Campos de Oliveira, repassou à Sema todos os nomes e endereços dos proprietários e imóveis que são responsáveis pela atual contaminação do lençol freático. Já a secretaria de Arquitetura e Urbanismo (Sau) da Prefeitura de Ubatuba estará concluindo no começo da próxima semana o levantamento que identificará pontos com grande número de contribuintes em prédios de apartamentos, casas para aluguel de temporada, pousadas e hotéis. Atualmente a rede conta com 2257 imóveis ligados e 1012 imóveis que não estão ligados à rede de tratamento e que são os responsáveis pela contaminação do solo.
Virgílio Barroso disse que começará o envio de notificações a partir do dia 20 para que o veranista tenha conhecimento do problema e tome as devidas providências. Virgílio adiantou que há um Decreto no Código Sanitário que diz que nos bairros que são atendidos por rede de água e esgoto os proprietários são obrigados a estarem conectados. “É Lei. As pessoas precisam ter a consciência da gravidade do problema e tomar iniciativa para a solução, que no caso da praia Grande é simples, já existe a rede coletora para o tratamento do esgoto”, finalizou Barroso. O secretário Sidney Giraud anunciou que após o levantamento que está sendo realizado pela Sau, ocorreram vistorias nos imóveis que não estão ligados à rede para saber como que estão resolvendo o problema do esgoto. “A nossa preocupação é também solucionar o problema causado pelos canos de esgotos clandestinos que despejam direto em córregos”, disse Giraud. (Fonte: ACS-PMU)

Centro Cultural em fase final

Ubatuba - As obras do Centro Cultural e Museu da Praia do Engenho, no bairro da Almada, deverão estar concluídas nos próximos 60 dias. As informações são da área técnica da Secretaria de Obras que anunciou o início da cobertura dos 167 m2 de área onde estava instalada a casa do professou que foi reaproveitada como espaço comunitário. No local terão continuidade as atividades relacionadas com a reciclagem do lixo empregando a mão de obra os alunos do bairro. “ O resultado das venda do artesanato alí produzido é revertido em benefício dos alunos com idades bastante variáveis” diz Jaime Navarro, professor e monitor ambiental do Núcleo Picinguaba. A conscientização quanto a preservação também é levada a sério e transmitida para os turistas, argumenta Navarro.
As obras do Centro Cultural, com custos avaliados em R$ 81 mil, são do Governo do Estado em parceria com a Prefeitura de Ubatuba
O projeto, que deverá evoluir para um Espaço Cultual Caiçara, tem a frente o pessoal da Ong AICÁS ( golfinho em tupi-gurani). São voluntários que participam e contam com o apoio da Sociedade Amigos do Bairro do Almada - SABA.
Cais e Perequê-Açu - A urbanização da estrada do Cais do Porto, numa extensão de 550 m e que contará com calçada, decks para pesca artesanal e iluminação já está em andamento. Seräo investidos R$ 155 mil .Os decks de madeira avançarão em direção ao mar tendo como apoio as rochas existentes. Serão 850m2 de calçada com jardins laterais, oferecendo uma área de grande potencial turístico.
As obras da primeira fase de urbanização da orla da Praia do Perequê-Açu também tiveram início. Nesta etapa, orçada em R$ 450 mil, que se estende do Terminal Turístico até a rua Nóbrega, o projeto compreende a colocação de bloquetes, guias e sarjetas. O trecho terá duas mãos de tráfego e canteiro central. (Fonte: ACS-PMU)

Oficina pedagógica na Secretaria de Saúde

Ubatuba - Está sendo realizado no Sítio do Pica Pau nos dias 25 e 26 de fevereiro em Ubatuba uma oficina pedagógica, a educação em Saúde e o planejamento local em Vigilância à Saúde. Esta oficina é promovida pela Secretaria de Estado da Saúde , Coordenadoria de Saúde do Interior Direção Regional de Saúde de São José dos Campos e Prefeitura Municipal de Saúde de Ubatuba.
O Público alvo são os profissionais das Secretarias de Saúde , Educação e Meio Ambiente do Município. O objetivo Geral é instrumentalizar os profissionais das secretarias municipais para planejar, executar e avaliar intervenções educativas enquanto parte das ações de vigilância da saúde coletiva. As oficinas são divididas em cinco unidades : Unidade I- Educação em saúde ; onde estamos e para onde vamos. Unidade II - A Prática educativa ; a saúde e a doença. Unidade III - A prática educativa; a realidade local 1ª fase da dispersão. Unidade IV- A prática educativa ; planejamento para intervenção municipal e Unidade V Intervenção atividades educativas grupais 2ª fase da dispersão.
O coordenação pedagógica ficou por conta de Lídia Batista Colomban da DIR de São José dos Campos e Zenaide Lázara Lessa da Secretaria da Saúde de São Paulo e Ednéia também da Vigilância Sanitária do Estado de São Paulo. E para monitores foram convidados os que já haviam feito a oficina anteriormente ; Denize Maria Elizabeth Formaggia , Denise Terra Fernandes , Ivan César de Lima Chaves e Neilton Nogueira de Lima. Estiveram também presentes as chefias como Késia chefe da adminstração da saúde, Suely chefe da enfermagem, Wladiléia (Léa) presidente do COMUS, a chefe do PSF - Programa de saúde da Família Joseane.
No dia 12 foram montados grupos de trabalho com os participantes, bem como foram escolhidos temas para aplicação de um organograma de trabalho, para serem discutidos e adotados pela Secretaria Saúde do município o que acontecerá na oficina dos dias 25 e 26. (Fonte: ACS-PMU)

Visita oficial do prefeito de Jaguariuna

Ubatuba - O prefeito da cidade de Jaguariuna, Tarcísio Cleto Chiavegato (PTB) passou a última terça-feira, 11, no município de Ubatuba. Amigo pessoal do prefeito Paulo Ramos (PFL), Chiavegato passou o período da tarde em visita de cortesia no gabinete de Ramos. Elogiou a culinária caiçara, quando degustou o tradicional Azul Marinho, o nosso peixe com banana verde. Jaguariuna fica no interior de São Paulo e é um dos principais circuitos de rodeios do país. (Fonte: ACS-PMU)

Retorno as aulas com 13 mil alunos

Ubatuba - A população da rede básica de educação de Ubatuba iniciou este ano com 13 mil alunos contra 11.600 do ano passado. Este aumento de 1.400 alunos exigiu a implantação de 420 classes. Em 2002 eram 380. A expectativa de aumento foi prevista com a necessária antecedência, embora o nível de crescimento tenha surpreendido. A Prefeitura, por meio da Secretaria da Educação, não mediu esforços para ampliar, reformar e construir salas de aula para possibilitar o atendimento. Durante a atual administração do prefeito Paulo Ramos foram adaptadas 18 salas e construídas outras 43, totalizando 61 salas. Outras 50 estão com cronogramas definidos até o final da gestão. Trata-se do maior investimento realizado até hoje neste setor.
Para este ano será mantida a média de fornecimento de 30 mil passes escolares anuais além do transporte de 500 alunos por dia nos 9 veículos adquiridos pela Secretaria da Educação.
Secretário da Educação, Corsino Aliste Mezquita, explica que para atender a demanda das 30 novas classes serão convocados 26 professores estatutários que passaram pelo concurso de remoção promovido em 17 de dezembro do ano passado. As 14 vagas restantes serão preenchidas pelos classificados na prova seletiva realizada para contratação de professores adjunto. “ Tal providência somente será efetivada após a criação dos cargos”, afirma o Secretário.
Corsino informa ainda que de 21 mil passou para 22 mil o número de merendas servidas diariamente com produtos de primeira qualidade e acompanhamento de nutricionista. A ação da Secretaria da Educação compreendeu ainda a ampliação de 3 salas da rede estadual no Sertão da Quina, além de reformas nas escolas do Perequê-Mirim, Estufa I, Perequê-Açu e Centro ( EE Esteves da Silva). A novidade para este ano será a inauguração de novos espaços para a prática esportiva nas escolas: dois ginásios cobertos, um no Taquaral e outro na Estufa II da Prefeitura e outras 5 quadras cobertas vão permitir complementar, com esporte, o ensino nas escolas dos bairros. (Fonte: ACS-PMU)

Carta do Leitor

Rio transbordante - Sou um turista frequentador de Caraguá ha mais de cinco anos, mas em janeiro do corrente ano, quando estava hospedado em um apartamento no Bairro Sumaré, especificamente no dia 24 de janeiro, quando estava dentro do apartamento, fui chamado às 21:00 hs, no meu apartamento, para retirar o meu carro da rua onde o mesmo estava boiando na água, em virtude da cheia do rio que corta o Bairro.
Achei um absurdo, pois o rio esta sujo e cheio de mato a sua volta, e os moradores falaram que o rio só é limpo as vezes no mês de setembro.
Para uma cidade do porte de Caraguá, que quer atrair turistas e combater a dengue, bem que a administração poderia limpar o rio que corta o bairro Sumaré na temporada, pelo menos em consideração aos turistas que visitam a cidade nesta época.

Claudio
Uchoa, SP


Zona Azul - Realmente cobrar R$3,00 para guardar o carro na faixa de areia de algumas praias de Ubatuba sem que nenhuma melhoria seje feita com este recurso está errado, porém espero que seje realizado pelo menos um acompanhamento por parte da polícia a estas áreas, acredito que não ira demorar para aparecerem os famosos "guardadores de carro" e então as "contrubuições" deverão passar da casa dos R$5,00 ou até mais dependendo do número de turistas, isto é se você não quizer ter o carro riscado etc...

Carlos Eduardo J. dos Santos
Ubatuba, SP


Jet Ski - Um acidente que deixou enlutada duas familias acaba virando motivo de comentários levianos por pessoas que descutem falta de combustível, quando deveriam descutir falta de cultura. Imagino esse senhor, descendo a serra de Taubaté para Ubatuba, em um carro com direção hidráulica, e de repente o motor para por falta de combustível. A direção assim como deslocamento do jet ski, é dado como já diz o nome por um jato d'água que é proveniente de uma bomba movida a gasolina. Faltando gasolina imediatamente vc perde a direção, porém existe um fator chamado seguimento que esta intimamente ligado a velocidade desenvolvida. Ou seja, o jet só irá parar quando acabar essa energia que provoca o seguimento. Meu Sr. o seu carro se bem cuidado como manda a lei deve ter freios se possível à disco e ABS... O jet não tem... lanchas tambem não. Para vc diminuir o seguimento e parar uma embarcação é precisco reverter a rotação do motor ou no caso do jet inverter o jato d'água. Com o motor parado o Sr jamais conseguirá isso.
Existem leis físicas que explicam tudo isso, pena não estar ao alcance de todos.

Carlos Alberto Barreto
Ubatuba, SP

Manhas e Artimanhas do Cacique Cunhambebe

Depois que eu decidi contar neste jornal o que é, como surgiu e o que deve ser feito com a “Maldição de Cunhambebe” que inferniza Ubatuba há mais de três séculos, fui procurado por muitas pessoas interessadas em maiores detalhes sobre o veterano cacique. Pouco pude acrescentar ao que eu já havia dito, mas para espanto meu, aconteceu uma coisa extraordinária. O próprio Cunhambebe apareceu em minha casa anteontem durante a madrugada.
Como moro na avenida do Cruzeiro, disse-me que é por alí que passa seus dias, organizando todos os movimentos para ver permanentemente cumprida sua conhecida maldição, e depois que eu a revelei resolveu se apresentar, quis me conhecer e se dar a conhecer. Realmente a história tem razão, é um tipo grandalhão, de fala mansa e gago. Me pareceu um sujeito alegre e gozador apesar do aspecto sombrio, dos olhos terríveis e duros e da enorme cicatriz que vai de um lado a outro do peito.
Contou que observa quem chega, quem sai e o que fazem na cidade, aí então vai desfazendo as iniciativas, pondo pedras no caminho e trabalhando há séculos para irritar e prejudicar os descendentes, amigos e convidados daqueles portugueses que humilharam seu povo. Disse-me que anda meio cansado desse assunto mas, como foi ele que lançou a maldição, ficou eternamente comprometido com sua perfeita realização. Outros caciques o ajudaram nos primeiros duzentos e cinqüenta anos, porém acharam que já era demais e se foram. Ele, teimoso e determinado como sempre, se mantém ligado em tudo que acontece. Comentou que a cidade cresceu muito ultimamente, com muita gente que veio de fora sendo também vítimas de sua maldição, mas que era isso mesmo que ele queria. Quanto mais gente, mais problemas e pior os governantes, foi o que ele disse.
Conversa vai, conversa vem convidei-o a dar uma volta para que me mostrasse como agia para que as coisas não dessem certo por aqui. Levou-me para o alto do morro do Matarazzo que ele chamou de Curuçá-mirim dizendo que de lá, onde estava antigamente sua aldeia, podia avistar toda a baía e a cidade, acompanhando os passos das pessoas e o que faziam. Disse que ficava por lá porque se sentia bem naquele terreno velho conhecido, e que sua condição de cacique secular o permitia estar em todos os lugares e ver tudo ao mesmo tempo.
Contou que a primeira coisa que fazia era retirar das pessoas sua capacidade de reclamar e de cooperar, introduzindo em seu lugar o sentimento de inveja e a prática da futrica. Só isso, disse ele, era suficiente para paralisar tudo porque as pessoas se destruíam sozinhas. Deu como exemplo o seguinte: qualquer um que começasse a se destacar em algum trabalho comunitário seria logo chamado de candidato a prefeito para que despertasse naqueles que pretendiam candidatar-se, a preocupação com o futuro concorrente. Aí então trabalhavam contra ele. O pessoal da administração pública, vereadores e chefes partidários passavam-lhe toda espécie de rasteira, negando-se ainda a atendê-lo em seus pedidos em favor do bairro para destruí-lo perante a população, só porque achavam que chegaram antes na fila dos candidatos a prefeito. Como a população já tinha sido privada da capacidade de reclamar e cooperar, viravam as costas para o sujeito, acreditando nas futricas que lançavam contra ele, negando-lhe qualquer apoio. Assim era mais um que se ia e tudo ficava na mesma.
Outra artimanha do velho cacique, contada em meio a enormes gargalhadas, era a cegueira seletiva que aplicava nas pessoas. Produzia uma cegueira no cidadão que o impedia de ver só o que ele, cacique, não queria que a pessoa visse. Por exemplo, os policiais encarregados de manter a ordem para criar um clima favorável aos turistas que deveriam trazer dinheiro para a cidade, ficavam cegos em relação ao montão de mendigos que perseguem as pessoas atrás de uns trocados, ou cegos quanto aos motoristas de cidades do interior que ligam um som altíssimo nos seus automóveis toda noite nas principais ruas da cidade, embolando as calçadas e xingando as pessoas que estiverem a passeio ou em suas casas que, aborrecidos e ofendidos vão-se embora achando que a cidade não oferece segurança. Os policiais são bem intencionados, mas o cacique se diverte criando neles a cegueira seletiva porque isso reforça os efeitos da sua maldição sobre a cidade.
Também se diverte muito com o golpe da cegueira aplicado na privatização do espaço público, isto é, o que é de todos fica sendo apenas de um, com a concordância e prejuízo de todos, e todos riem.
Funciona assim : vêm uns caras e montam um quiosque no meio da calçada ou na beira da praia, de preferência em algum lugar bonito e tranqüilo. A seguir, enchem a sua volta de mesas e cadeiras, metem um som barulhento durante a noite toda até a madrugada. Ninguém vê o abuso, mas o pessoal da cidade, os moradores do lugar, todos se aborrecem. Sua paz vira um inferno mas todos toleram porque dizem que a zorra é para alegrar os turistas. E é aí que o cacique se diverte mais. Diz que conseguiu pôr na cabeça das pessoas que aquela zorra atrai turistas, e ninguém percebeu que é justamente o contrário, espanta os visitantes. Assim, os próprios chefes da cidade afugentam aqueles que tem dinheiro e gostariam de gasta-lo em Ubatuba, ficando por aqui, rebolando “quinem doidos nos quiosques”, como disse o velho morubixaba, apenas as pessoas que andam de Kombi 79, Opala 68 e Brasília qualquer ano. Esses não tem dinheiro nenhum mas como são muito numerosos, enganam as pessoas da cidade que, sem saber que estão afetadas pelo golpe da cegueira, dizem que o futuro vai ser bom porque a cidade está cheia. Cheios ficaram aqueles que viraram as costas para Ubatuba e foram gastar seu rico dinheirinho noutras cidades do litoral, menos bonitas mas mais organizadas e inteligentes, arrematou às gargalhadas o gigante Cunhambebe.
Nesse momento, como o sol já estava querendo aparecer no horizonte do mar do Itaguá, lançando uns raios de fogo contra as nuvens ainda escuras da noite e fazendo as águas da baía parecerem uma enorme planície negra, o cacique, voltando-se para mim com um olhar sério e cansado, disse que estava na hora de caminhar sozinho por aquela superfície em direção ao astro rei. E foi-se.
Ainda vi seu enorme vulto andando contra o vermelho da alvorada quando parou, virou a cabeça em direção à praia e gritou, “qualquer noite voltarei para contar mais uns truques que faço com alguns chefes desse vilarejo, para que aceitem umas galinhas e um pouco de peixe com farinha para mudar as leis e desorganizar tudo, e ainda assim continuando a ser respeitados e tratados como pessoas importantes”. Ouvi uma enorme gargalhada e o perdi de vista.

Renato Nunes
cronista
Publicada no jornal “A Cidade” em fins de 1998
 

Foto do Dia:
Baía do Saco da Ribeira
Ubatuba
Baía do Saco da Riberia
© Emilio Campi


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Clique Aqui para acessar o arquivo de Fotos Publicadas

 
Gaivota FM
Participe você também com seu cometário, crítica ou sugestão no programa
Estação Ubatuba c/ Tony Luiz
De segunda a sexta das 12 as 14 hs na Gaivota FM 104.9
Sempre com entrevistados diários e variados, falando sobre todos os temas
Ligue 3833.5550


 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui.


MUseu Caiçara Ubatuba Solar das Águas Cantantes

As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  idenficação do autor.


GRÁTIS!!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:
Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral na versão:
Compacta (apenas as manchetes c/ Link)
Completa (todas as notícias na íntegra) 
e-mail:
Cidade:


Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br


©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor