Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Sexta-feira, 21 de fevereiro de 2003 - Nº 728 Edições Anteriores

Cooperativa Educacional Ubatuba Pousada das Cachoeiras Naturali Garden Center

Litoral Norte:
   Litoral distribuirá 50 mil camisinhas
   Pescadores serão treinados para atuar em derramamento de petróleo
   No litoral, multa de R$ 800 no combate à dengue

Caraguatatuba:
   Perueiro é morto a tiros em Caraguá
   Caraguá remove famílias para iniciar obra
   BID aguarda transferência de moradores das margens da Tamoios
   Cavec - Yamaha faz evento beneficente em Caraguá
   Coleta de lixo será intensa no Carnaval
   Confira as datas e horários de coleta
   Atletas de Caraguá são destaque na natação
   Prefeitura inova programa habitacional

Ilhabela:
   Ilhabela constrói píeres em 6 praias
   Ilhabela é sede de mais um evento esportivo do Downhill
   Pista nova na 2º etapa da Tríplice Coroa de Downhill

São Sebastião:
   Alunos estudam em salas improvisadas em um clube
   Exposição em São Sebastião recorda antigos carnavais da cidade

Ubatuba:
   Prestação de contas mostra balanço de 2002
   Planeta Tenda aterriza em Ubatuba
   Piscina municipal será inaugurada neste sábado
   Fundart entrega - prêmios literários
   Participe do Concurso de Máscaras
   Fundart abre inscrições para diversos cursos
   O tradicional bloco carnavalesco Galo da Meia Noite
   Petróleo no Litoral Norte pode ser uma realidade
   Continuidade na oficina Pedagógica
   Comtur vai ao Congresso Nacional
   Bischof recebe representantes da Canção Nova
   Campanha contra as Drogas da CONDEPOL

   ESPECIAL: Clodovil e o Mar

   Carta do Leitor



Litoral distribuirá 50 mil camisinhas

Litoral Norte - Cerca de 50 mil preservativos serão entregues pelas prefeituras do Litoral Norte durante o Carnaval. A medida faz parte da Campanha de Prevenção à Aids e DST (Doenças Sexualmente Transmissíveis). Em São Sebastião, está previsto a entrega de 20 mil camisinhas entre 1ª e 4 de março na rua da Praia, Centro e Boiçucanga. A Prefeitura de Ilhabela vai distribuir 20 mil preservativos no período noturno na região central. Em Ubatuba, a meta é entregar em torno de 10 mil camisinhas. (Fonte: ValeParaibano)

Pescadores serão treinados para atuar em derramamento de petróleo

Litoral Norte - Pescadores de São Sebastião, Ilhabela e Caraguatatuba receberão treinamento para atuar como agentes ambientais contra derramamento de petróleo nas praias.
A informação foi divulgada ontem pelo engenheiro Rogério Migueis Picado, coordenador de Segurança, Meio Ambiente e Saúde da Transpetro, subsidiária da Petrobrás.
Picado explica que o curso ainda está sob organização e deve ocorrer entre março a junho, com apoio da Transpetro, dos órgãos de Defesa Civil e das Colônias de Pescadores dos três municípios.
O curso será nos mesmos moldes do aplicado a 1200 pessoas, a maioria jovens, em São Sebastião, no ano passado.
Os agentes ambientais, devidamente treinados para contenção do óleo nas praias e serviços de limpeza, são contratados pela Transpetro, quando há acidentes deste gênero.
Picado considera que o curso, também destinado a pescadores, será muito importante já que estes profissionais conhecem bem a região. Ele lembra que a empresa conta com apoio das embarcações dos pescadores para controle de derrames de petróleo. (Fonte: Imprensa Livre)

No litoral, multa de R$ 800 no combate à dengue
As prefeituras de Ilhabela e São Sebastião resolveram intensificar a fiscalização. Quem é notificado e não elimina o foco do mosquito paga multa

Litoral Norte - Os turistas e proprietários de casas ou estabelecimentos comerciais de Ilhabela e São Sebastião, no litoral norte, poderão ser multados em até R$ 800 se não colaborarem com o combate aos focos do mosquito Aedes aegypti. As prefeituras das duas cidades resolveram intensificar a vistoria para impedir a proliferação dos casos de dengue.
"Noventa por cento dos focos estão em ambiente doméstico. Se não houver a ajuda dos moradores e turistas, não haverá controle de nenhuma epidemia", afirmou o secretário de Saúde de São Sebastião, Aldo Conelian Júnior.
Segundo ele, as multas são aplicadas depois da notificação. "Nossa intenção não é simplesmente multar. É educar, conscientizar."
Os donos de casas ou comércio em Ilhabela e São Sebastião são avisados do problema e orientados a extinguir os focos. "Depois de uma semana, os fiscais retornam ao local notificado para verificar se os possíveis criadouros do mosquito foram ou não eliminados."
Em Ilhabela, a lei municipal que determina multa para quem não colaborar com o fim da dengue já existe há um ano. "A maioria dos notificados procura atender às solicitações dos fiscais. Mesmo assim, no ano passado, cerca de dez estabelecimentos foram autuados", informou o secretário municipal de Saúde do município, Antonio Luiz Collucci. As multas variam de R$ 200 a R$ 800, dependendo do número de criadouros encontrados.
Neste ano, a prefeitura de São Sebastião vem registrando índice de 13% de focos em cada cem casas vistoriadas. "O número caiu um pouco. No ano passado, eram 16,7%. Ainda assim, temos muito a fazer", disse Conelian.
O número de casos de dengue também diminuiu na região. Em São Sebastião, por exemplo, onde no ano passado foram registrados mais de mil casos da doença em sua forma clássica, a redução é de mais de 90%. "No mesmo período de 2002, tínhamos mais de cem casos confirmados. Neste ano, há apenas um e 14 ainda estão sendo analisados." (Fonte: Jornal da Tarde)

Perueiro é morto a tiros em Caraguá

Caraguatatuba - O desempregado Edgar Vieira Martins, 44 anos, foi assassinado com dois tiros no tórax às 7h45 de ontem na avenida Campo Sales, ao lado da rodoviária de Caraguatatuba. A vítima faria lotação clandestina no local, segundo informações da polícia.
Martins foi morto por um homem na frente da padaria Caraguá. Apesar do crime ter sido testemunhado por dezenas de pessoas que estavam no local, ninguém quis prestar depoimentos à polícia.
Segundo uma ligação anônima feita à Polícia Militar, um homem teria descido de um Gol branco e atirado contra Martins com uma pistola calibre 765. Dois projéteis foram recolhidos junto à vítima.
Martins foi socorrido com vida e morreu no Pronto-Socorro da Santa Casa. O desempregado tinha também um Gol branco, estacionado na rodoviária. Foram encontrados apenas documentos do desempregado no veículo. Segundo a polícia, ele tinha passagens por furto e receptação.
O delegado seccional, João Barbosa Filho, disse que a polícia já tem um suspeito identificado pelo crime, mas que ainda investiga os motivos. O delegado Fábio Joaquim de Carvalho, responsável pelo inquérito, não foi localizado ontem.
Um grupo de cerca de 20 motoristas fazem transporte clandestino de passageiros na rodoviária de Caraguá. Eles fazem lotação de ida e volta para São José dos Campos cobrando preços mais baixos que a passagem de ônibus. (Fonte: ValeParaibano)

Caraguá remove famílias para iniciar obra

Caraguatatuba - A Prefeitura de Caraguatatuba vai remover quatro famílias que moram na rodovia dos Tamoios (que liga São José dos Campos ao Litoral Norte), no bairro Rio do Ouro, próximo à Serra do Mar. Segundo a assessoria de imprensa da prefeitura, as famílias serão retiradas do local devido à execução das obras de recuperação da rodovia. Os serviços na pista serão executados pelo governo do Estado. A prefeitura informou que ainda não está definido o local para onde as famílias serão encaminhadas. As pessoas moram em uma região que é considerada de risco pelo município. A remoção deve ocorrer nos próximos dias. (Fonte: ValeParaibano)

BID aguarda transferência de moradores das margens da Tamoios

Caraguatatuba - O prefeito de Caraguatatuba, Antônio Carlos da Silva, disse ontem que as famílias que moram próximas à rodovia dos Tamoios (SP-99) serão transferidas o mais rápido possível.
Essa foi uma das exigências do BID (Banco Interame-ricano de Desenvolvimento) para autorizar o início das obras de recuperação do trecho de serra da Tamoios e da rodovia Rio-Santos.
A informação foi confirmada esta semana pelo secretário de Transportes do Estado de São Paulo, Dario Rais Lopes, que estave em São São Sebastião para apresentar o PDDT (Plano Diretor de Desenvolvimento dos Transportes).
Outra informação confirmada por Lopes seria de que as obras no trecho entre Caraguatatuba e Ubatuba não poderiam ter começado antes do fim da alta temporada, o que prejudicaria o trânsito nas cidades.
Mesmo com esses problemas o secretário disse que o início das obras nesse trecho acontecerá antes do carnaval. ”O início destas obras vem atender às necessidades da região com o objetivo de facilitar o fluxo de transportes e com isso ganhar uma maior comercialização de produtos, inclusive exportando-os”, destaca.
O prefeito de Caraguatatuba, Antônio Carlos da Silva, disse que as famílias serão transferidas do local rapidamente.
“Recebemos a informação que houve atraso em função da alta temporada, mas a prefeitura já tem conhecimento das quatro famílias que moram próximas à Tamoios, no bairro do Rio do Ouro. Estamos procurando uma casa para transferir essas famílias, lembrando que o custo será uma parceria com o Estado. Algumas obras já estão prontas como pontes, acesso ao bairro da Olaria e o trecho de marginal”, disse o prefeito.
Lopes informou que a primeira fase das obras de recuperação das rodovias do Litoral Norte compreende os trechos entre Bertioga e o bairro de Boiçucanga, em São Sebastião, além da construção da terceira faixa da Tamoios, no trecho de serra, com prazo de conclusão previsto de 12 meses.
Essas obras fazem parte do pacote de R$ 140 milhões que serão financiados pelo Governo do Estado e pelo BID para a recuperação das rodovias estaduais. (Fonte: Imprensa Livre)

Cavec - Yamaha faz evento beneficente em Caraguá

Caraguatatuba - Caraguá vai sediar um evento beneficente promovido pela revendedora de motos Cavec: a Cavec Yamaha Fest, que vai acontecer no dia 8 de março - Dia Internacional da Mulher, na Praça de Eventos. A principal atração do evento conta com shows do piloto Jorge Negretti, apresentando suas mais brilhantes e perigosas manobras. Jorge Negretti é piloto de reconhecida habilidade no Moto Cross brasileiro, com fama internacional.
A Praça de Eventos estará em clima de festa, enquanto o público participa de test-drives. Segundo os organizadores da Cavec Yamaha Fest, cada participante que realizar um test-drive receberá um cupom que, preenchido, valerá um quilo de alimento, que após a festa será doado à Assistência Social e Fundo Social da cidade.
No dia do evento, a Cavec vai doar uma moto para a Secretaria Municipal de Turismo, que poderá contra com mais um veículo para trabalhar. O evento conta com o apoio da Prefeitura Municipal através da Secretaria de Turismo de Caraguatatuba. (Fonte: PMC)

Coleta de lixo será intensa no Carnaval

Caraguatatuba - A Secretaria de Serviços Públicos de Caraguatatuba continuará realizando os trabalhos de intensificação de coleta de lixo no período que compreende o Carnaval. Na alta temporada de verão, a secretaria realizou o mesmo trabalho.
Em períodos de baixa temporada, são usados 8 caminhões de coleta, 1 caminhão basculante, 1 retro-escavadeira, 1 mini-carregadeira, 1 capinadeira, 1 varredeira de rua, 1 trator com roçadeiras, 25 homens na coleta e 20 na limpeza de praias. Já para a alta temporada desse verão, o número de caminhões coletores passou a ser 16, os basculantes foram 5 e as retro-escavadeiras, duas. Houve também 1 motoniveladora, 2 mini-carregadeiras, 2 varredeiras de praia, 1 trator rastelo, 2 capinadeiras, 1 varredeira de rua, 4 tratores com carretas, 3 tratores com roçadeiras, e 200 homens trabalhando, sendo 50 para coleta, 50 para limpeza de praias e 100 para limpeza geral. Todos os equipamentos e mão-de-obra contratados para a temporada vão trabalhar até o dia 10 de março.
De acordo com o diretor da Dilurb (Divisão de Limpeza Urbana), Gilberto Santos, serão feitos também serviços de capina. Ele reforça que a colaboração de todos é muito importante para tornar a coleta mais fácil. “Para que o trabalho tenha êxito pleno, é importante que as pessoas coloquem o lixo para fora das casas nas datas e horários certos”, disse. Ele informou que um serviço de atendimento 24 horas está disponível para dúvidas e pedidos no telefone 3882-5859. (Fonte: PMC)

Confira as datas e horários de coleta

SSP Regional Centro
Período: diariamente - a partir das 4 horas
Locais: Centro, Indaiá, Jardim Aruã e quiosques na orla marítima
Período: 2a, 4ª e 6ª - a partir das 4 horas
Locais: Estrela D’Alva, Jardim Califórnia, Benfica, Caputera, Poiares, Jardim Gaivotas, Sumaré, Ipiranga, Cidade Jardim, Canta Galo, Jaraguazinho, Rio do Ouro, Ponte Seca e Martin de Sá.
Período: 3a, 5a e Sábado - a partir das 4 horas
Local: Jardim Terralão, Jardim Guaximduba, Olaria, Casa Branca, Jardim Jaqueira, Jardim Samambaia, Jardim Primavera, Tinga, Jardim Itaúna, Prainha e Jardim Forest.

SSP Regional Sul
Período: 2ª, 4a e 6ª - a partir das 4 horas
Local: Porto Novo, Praia das Palmeiras, Morro do Algodão, Travessão, Jaraguá, Pegorelli e quiosques.
Período: 3a, 5a e Sábado - a partir das 4 horas
Local: Jardim Parnázio (Colônia de Férias), Jardim Britânia, Balneário Golfinho (Jardim das Palmeiras), Pontal Santa Marina, Perequê Mirim, Vapapesca, Barranco Alto e quioques.

SSP Regional Norte
Período: 2a, 4a e 6a - a partir das 4 horas
Local: Getuba, Portal da Cacheira, Portal da Fazendinha, Jardim Santa Rose, Jardim Caraguatatuba, Jardim do Sol, Jardim Mariela, Világio Verde Mare, Gardemar, Sertão dos Tourinhos, Massaguaçu (morro), Tabatinga, CondomInio As Gaivotas, Condomínio Mar Verde e quiosques.
Período: 3a, 5a e Sábado - a partir de 4 horas
Local: Capricónio I, II e III, Delfim Verde, Portal do Patrimônio, Parque Imperial, Massaguaçu (praia), Cocanha, Roteiro do Sol, Mococa, Condomínio Verde Mar e quiosques. (Fonte: PMC)

Atletas de Caraguá são destaque na natação

Caraguatatuba - Os nadadores de Caraguá, como sempre, orgulham a cidade com o bom desempenho, que vem sendo demonstrado em competições realizadas no Litoral Norte e na região. Oito atletas da Secretaria de Esportes e Recreação estão classificados para a última etapa no “Peixinhos e Golfinhos - Troféu Fabiana Molina”, com data marcada para o dia 22 de de fevereiro, em Taubaté. A disputa ocorreu no dia 18 de janeiro em São José dos Campos, quando 16 atletas de Caraguá disputaram com toda a região do Vale do Paraíba. Parabéns aos atletas Vitor Veloso, classificado na categ. 25m nado crawl e costa; e para Aparecida Juliana, 12 e 50m nado crawl e costa. No revezamento, destaque para a nossa equipe no 4 x 50 livre, com o trio Rafael de Godoi, Daniel de Godoi, Guilherme e Zaparolli.
E por falar em orgulho, as feras da Academia Linha D’Água continuam fazendo bonito por onde passam, ou melhor nadam. No último dia 15, um Biatlon (corrida e natação), em Ilhabela, vários nadadores da Academia representaram Caraguá e conquistaram ótimas colocações. Alexandre Freitas, foi o primeiro colocado; Arthur Ferreira Marinho, conquistou o segundo lugar; Cláudio Santos Santana, ficou em terceiro; e Michel Willian Carvalho, conquistou o 4º lugar. (Fonte: PMC)

Prefeitura inova programa habitacional

Caraguatatuba - A Secretaria de Assistência Social de Caraguatatuba está inovando o programa habitacional, com novas ações que visam melhorar a qualidade de vida e regularizar a situação de moradia de famílias carentes do município.
Para isso está realizando um levantamento sócio-econômico junto às famílias que residem nas casas populares do projeto Habita Brasil, para traçar um diagnóstico social que permitirá criar e operacionalizar projetos para o desenvolvimento econômico e social destas famílias.
Entre as ações, estão sendo feitos cadastramentos de famílias de baixa renda em alguns bairros, para a construção de casas populares e o cadastramento de famílias de baixa renda que possuam terreno, regularizando cada uma delas para o futuro programa de “Kit Construção”.
Trinta casas de vários bairros da cidade já foram cadastradas. O objetivo é ajudar as famílias que vivem em condições precárias no município para que elas possam fazer reformas em suas casas.
Conforme informou José Ernesto Pires de Campos, o prefeito investiu também no projeto Habita Brasil, do bairro Pegorelli, onde foi colocado iluminação nas ruas das duzentas casas que são ocupadas por famílias que moravam em área de risco e famílias necessitadas. (Fonte: PMC)

Ilhabela constrói píeres em 6 praias

Ilhabela - A Prefeitura de Ilhabela abriu licitação para contratar os serviços de construção de píeres em seis praias da cidade, com o objetivo de implantar rotas hidroviárias no arquipélago como alternativa ao transporte por via terrestre. A via marítima vai interligar sete praias e o centro do município. O objetivo é desafogar o trânsito de carros durante os feriados e a temporada. Os atracadouros serão feitos nas praias Armação, Curral, Portinho, Praia Grande, Campo de Aviação e Barra Velha. A previsão de investimento é de cerca de R$ 841 mil. (Fonte: ValeParaibano)

Ilhabela é sede de mais um evento esportivo do Downhill

Ilhabela - A cidade de Ilhabela será sede da 2ª Etapa da Tríplice Coroa de Downhill que acontece neste final de semana, dias 22 e 23, promovida pela Big Mountain promoções e apoio da Prefeitura de Ilhabela através da Diretoria de Esportes além de comércios locais como Hotel Petit Village, Pau-Brasil Paisagismo, Lokal Adventure e Juninho Bike Shop.
A prova acontecerá na Estrada do Camarão adaptada como pista de downhill especialmente para o evento e batizada de Camarão Hill pelos organizadores do evento. São esperados cerca de 120 pilotos de várias cidades do Brasil.
Durante toso sábado, dia 22, acontecerão os treinos com resgate (caminhão de apoio que leva os atletas para o alto do morro). No domingo, dia 23, acontece a prova principal com largada marcada para as 12h. A premiação acontece às 16h na agência de passeios Lokal Adventure, no Perequê.
Cerca de 25 atletas ilhabelenses já estão inscritos entre eles Juninho, André dos Anjos, Fernando Aires, Daniel Brandão entre outros. Os principais pilotos do Brasil já confirmaram presença como o bi-campeão do Desafio Internacional de Downhill 4x, Robson de Almeida o “Urubu”, Leandro Campovilla, Mauro Bergoc e ainda os irmãos Diogo Gonçalves o “Ti” e Douglas Gonçalves o “Cabelo”.
O Campeonato Tríplice Coroa de Downhill consiste em três etapas; a 1ª etapa aconteceu no Guarujá e a 3ª acontecerá em São Sebastião, na praia de Maresias. (Fonte: PMI)

Pista nova na 2º etapa da Tríplice Coroa de Downhill

Ilhabela - Finalmente fica pronta a mais nova pista de Downhill de São Paulo, Camarão Hill, este é o nome do mais novo point para pratica do downhill no estado. Localizada em plena Estrada do Camarão em Ilhabela.
A pista oferece aos praticantes e amantes da velocidade um incrível visual de todo o canal que separa a ilha do continente, do alto do Morro pode-se acompanhar a travessia das balsas, a entrada dos grandes navios petroleiros que atracam no cais da Petrobrás e também as lindas praias que se escondem nos contrafortes da Serra do Mar e que acompanham a rodovia Rio-Santos.
Marcada e limpa a partir de uma trilha já existente a mesma oferece aos praticantes de downhill excelente desnível o que aumenta muito a velocidade das bicicletas em seu trecho considerado aberto.
Já quando efetivamente entra na parte fechada de mata nativa, o piloto passa a usufruir os muitos obstáculos naturais como pedras, erosões, troncos caídos, valas e até uma estreita ponte que foi construída para ultrapassar uma enorme fenda por onde desce um riacho de águas cristalinas, esta trilha sem duvida será a grande mania do verão para todos downhillers que vierem a freqüentar as belíssimas paisagens de Ilhabela.
Como chegar ao paraíso: Vindo de São Paulo ou Rio de Janeiro pela rodovia Presidente Dutra até a cidade de São José dos Campos, seguir sentido litoral até chegar a Caraguatatuba, depois seguir para São Sebastião e atravessar a balsa até Ilhabela. Na ilha você deve contornar a rotatória sentido Vila e seguir por mais ou menos 300 metros, entrar a direita no muro branco, depois no final da rua sempre a direita e você já estará na estrada do Camarão, a pista está no final da estrada. (Fonte: PMI)

Alunos estudam em salas improvisadas em um clube
Escola municipal transfere estudantes devido ao número excedente de crianças; prefeitura promete solução

São Sebastião - Cerca de 180 alunos da Escola Municipal Dulce César Tavares, no bairro de Maresias, na costa sul de São Sebastião, estão estudando em salas improvisadas com divisórias de madeiras instaladas em um clube do bairro. Os alunos foram transferidos devido à falta de vagas para as turmas de 1ª a 4ª série.
A escola atende 857 alunos do ensino médio e fundamental. Os pais dos estudantes reclamam da falta de estrutura do local, que não possui espaço adequado para as refeições, e ainda possui alta temperatura e barulho.
Segundo a secretária da Educação, Irma Sanches, os alunos devem ser transferidos do local em cerca de um mês. A prefeitura está construindo uma escola pré-moldada no bairro.
"A nova escola não foi concluída antes do início do ano letivo por causa da chuva. As crianças não podiam permanecer fora da escola", disse.
A secretária admite que o clube não tem uma estrutura escolar para atender os alunos, mas a permanência é provisória. Ela disse que está previsto a construção de uma escola de ensino fundamental e de educação infantil no bairro.
"Estruturamos o local com seis salas de aulas, ventiladores e refeitório para atender as necessidades dos alunos", disse.
Maria Teline, 33 anos, mãe de uma aluna, disse que as divisórias não isolam o barulho entre as salas e a falta de uniforme prejudica a identificação dos alunos.
"Os alunos ficam dispersos durante as aulas pois prestam atenção no barulho de outras salas", disse. (Fonte: ValeParaibano)

Exposição em São Sebastião recorda antigos carnavais da cidade

São Sebastião - A partir de amanhã o clima carnavalesco começa a invadir São Sebastião. Mas desta vez, as marchinhas de carnaval e os confetes ficam por conta da imaginação das pessoas que passarem pelo Arquivo Histórico Municipal. Isso porque será aberta a exposição Confete e Serpentina, que vem com o objetivo de relembrar os velhos carnavais na cidade.
Esta é a terceira edição do evento organizado pela prefeitura por meio da Setec (Secretaria de Turismo, Esportes e Cultura), que tenta mostrar um pouco da história de São Sebastião.
A abertura da exposição acontece às 20h, na sala Edgard de Freitas Zinneck, na sede da Setec. A mostra vai enfocar a evolução da trajetória dos reis momos, das rainhas e das alas das baianas, que animam os carnavais da cidade desde a década de 70.
Ao todo, 30 banners com fotos em tamanho 20x30 estarão expostos, todos de autorias de profissionais locais, como Agnelo Ribeiro, Edvaldo Nascimento, Celso Moraes e Arnaldo Klajn, entre outros. Já as imagens mais antigas foram selecionadas do arquivo histórico.
Alguns instrumentos utilizados pelas baterias das escolas de samba em épocas passadas também estarão disponíveis durante a exposição, entre eles, bumbo, caixa de guerra, trombone, vara, pistão. Os mais recentes também terão sua vez no espaço cultural. Entre eles o violão elétrico e o cavaquinho.
A exposição acontece na Avenida Altino Arantes, 174 (Rua da Praia), e o horário para visitação é entre 10h e 22h. A entrada é gratuita. (Fonte: Imprensa Livre)

Prestação de contas mostra balanço de 2002

Ubatuba - A Secretaria de Finanças da Prefeitura de Ubatuba estará apresentando nesta próxima sexta-feira, 21, às 19 h, em audiência pública na Escola Municipal “Mário Covas”, no bairro do Ipiranguinha, a prestação de contas do terceiro quadrimestre do ano passado. O prefeito Paulo Ramos convida a população para participar pois trata-se de uma oportunidade do cidadão ficar sabendo onde estão sendo investidos os recursos arrecadados com os impostos. “ Esta exigência da lei, de reunião com a população a cada quadrimestre, aproxima a prefeitura com o povo e mostra o que estamos fazendo” , diz o prefeito.
A reunião será realizada no bairro do Ipiranguinha como forma de descentralizar pois , anteriormente, a exposição era realizada na Câmara Municipal. De acordo com a Secretaria de Finanças da Prefeitura, esta prestação de contas abrange todo o período do ano passado com o repasse ao público de informações já consolidadas. Serão apresentados todos os números relativos aos projetos e atividades do exercício de 2002 quando foi registrada a receita líquida de R$ 77,3 milhões e despesa de R$ 69,7 milhões, representando um superávit orçamentário da ordem de R$ 7,5 milhões.A prefeitura antecipa o cumprimento das metas exigidas por lei. Os gastos com pessoal ficaram em 46%. Os investimentos no setor de Saúde atingiram 18,5% e na Educação 25,43%. (Fonte: ACS-PMU)

Planeta Tenda aterriza em Ubatuba

Ubatuba - Em continuidade ao Projeto Verão Ubatuba 2003 a Kibon estará na avenida Iperoig, no centro de Ubatuba, a partir de amanhã até o dia 28 de fevereiro. O Planeta Tenda consiste em ação promocional denominada Kibon Cornetto Music Studio que tem como objetivo gerar envolvimento e uma super interatividade com o público alvo da marca, que são jovens presentes na praia. O evento conta com total apoio da Comtur e foram recolhidos todos os encargos municipais.
No período da ação ficará uma van personalizada junto com um trailer projetado (music studio) onde o participante irá soltar a voz dentro do Cornetto Music Studio e receberá um CD especial e personalizado como brinde com a sua canção preferida. A gravação será realizada na hora por meio do sistema de videokê e computadores de última geração. O funcionamento será das 16 às 24 horas. Para isso, basta trocar uma tampinha do sorvete Cornetto e participar da promoção.
O presidente da Comtur, Luiz Bischof, adiantou que com iniciativas como estas é que hoje Ubatuba tem recursos para financiar o carnaval 2003. “Trazer marcas como esta para Ubatuba por meio de ações promocionais, movimenta a cidade, traz mais recursos e proporciona um colorido maior e especial para o verão de Ubatuba. Isso é marketing puro de relacionamento, onde poderemos buscar num futuro bem próximo para patrocinar nossos eventos municipais”, afirmou Bischof. (Fonte: ACS-PMU)

Piscina municipal será inaugurada neste sábado

Ubatuba - As obras de reforma da piscina municipal, construída há quase 30 anos, estão concluídas. A entrega das obras será neste sábado, 22, às 9 horas, com a presença do prefeito Paulo Ramos (PFL), o vice Moralino Valim (PMDB), o secretário de Esportes, Richard Ricardo dos Santos, funcionários da secretaria de Esportes e diversas autoridades do município.
Iniciada em 22 de julho de 2002, esta reforma vem de encontro às necessidades estruturais e técnicas, com vários problemas que haviam como trincas, quinas de azulejos, azulejos soltos e quebrados, uma imensa profundidade. Hoje a piscina conta com plataforma de aço inox, teve o aumento de mais uma raia, foram colocados 35 metros de alambrado no muro da rua Conceição, 50 metros de jardim e pintura geral. Com isso facilitará o trabalho de adaptação de alunos da faixa etária de 6 a 10 anos, melhorará o nível de trabalho de hidroginástica com a terceira idade e funcionário públicos municipais, e também fortalecerá o trabalho com deficientes físicos iniciado em 2002.
“Esta reforma é de imensa importância para o melhor atendimento aos nossos alunos e melhores condições de trabalho aos professores, após tanto tempo de sua construção, é a primeira grande reforma estrutural. O setor de natação não conseguia atender à procura por vagas. Com a conclusão desta obra iniciamos um novo objetivo, que é a busca pela construção de uma nova piscina, lembrando que a atual, na continuidade deste trabalho, deverá ser coberta com iluminação adequada”, comenta Fábio Lima, coordenador do setor de natação da secretaria de Esportes e Lazer.
“Segundo estudos feitos pelo setor, a própria piscina, com o tempo, pagará sua reforma, devido ao custo mensal elevado de conta de água (vazamentos devido as trincas) e gastos com produtos químicos para o tratamento, que será diminuído em 65%. Com essa economia para o município prova-se que realmente esta reforma se fez necessária”, conclui Richard Ricardo dos Santos, secretário de Esportes e Lazer. (Fonte: ACS-PMU)

Fundart entrega - prêmios literários

Ubatuba - A Fundart (Fundação de Arte e Cultura de Ubatuba) informa, que os concursos Contos “Washington de Oliveira”; Poesias “Idalina Graça”- adulto e estudantil (14 anos) e Teatro “Tia Helô” terão seus encerramentos no próximo dia 25, terça-feira, às 20h, na Biblioteca Municipal “Ateneu Ubatubense”, com a entrega de prêmios.
A edição da antologia reunindo as obras premiadas está sendo concluída e será entregue aos vencedores dos concursos.
Para Cícero Assunção, presidente da Fundart, esses concursos só foram realizados graças a efetiva participação da Universidade de Taubaté e da sensibilidade da empresária Erothides de Oliveira Godoy, confirmando a importância de ações compartilhadas com toda a sociedade.
Concurso de contos “Washington de Oliveira”:
1º “Recanto, Recanto”, de Francisco Sérgio Nogueira
2º “O Santo de Cera”, de Júlio César Mendes
3º “O Choro das Crianças Pagãs”, de João de Souza
4º “Dona Cida”, de Maria Giselda Ribeiro
5º “Dimá”, de Dirce Camargo Marangoni
Os autores classificados são de Ubatuba. Os três primeiros colocados receberão livro de autores renomados e menção honrosa, cabendo aos 4o e 5o colocados, menção honrosa.
Concurso de poesias “Idalina Graça”
1º “Amor ubatubano”, de Carlos Augusto Rizzo
2º “Helicóptero”, de Jorge Ivan Ferreira
3º “Distraídos”, de Suzete Piovesan
4º “O Fogo”, de Ednelson Fiorentino da Silva
5º “Canoa”, de Carlos Bastos Xavier.
Os autores classificados são de Ubatuba.
No concurso de textos para Teatro Infantil “Tia Holô”, somente dois trabalhos foram inscritos e ambos do mesmo autor. Será premiada apenas a obra “Jacaré Huly Guly”, de Eliana Campora de Ubatuba.
Concurso de poesia “Idalina Graça” - categoria estudantil até 14 anos:
1º”Janelinha”, de Lena Lugão Carvalho Viggiani (9 anos)
2º “O Tic-tac”, de Débora Zorron Berlink (9 anos)
3º “A Vida”, de Isadora Morales Chaves (10 anos)
4º “Por quê?, de Luiz Rezende Telles Vaz Diniz (9 anos)
5º “Amor ao Contrário”, de Valéria Gonçalves dos Santos, da E.E. Maria Alice Pereira.
Os classificados do primeiro ao quarto lugar são alunos da Cooperativa Educacional de Ubatuba. (Fonte: Jornal A Semana)

Participe do Concurso de Máscaras

Ubatuba - A AAMuC - Associação dos Amigos do Museu Caiçara - Ubatuba, localizado junto ao Projeto Tamar, na rua Pescador Antonio Athanásio da Silva, 273 - bairro do Itaguá, cria o I Concurso de Máscaras de Carnaval.
Objetivos: Estimular o espírito carnavalesco ao povo Ubatubano e incentivar a criação artística-artesanal às crianças, jovens e adultos.
Dos participantes: Poderão participar todos os interessados do Estado de São Paulo, individual ou em coletividade como: escolas, assoc. de bairros, instituições sociais, etc.
Das obras: As máscaras poderão ser apresentadas em face lisa ou em alto-relevo com ou sem enfeites, com ou sem pinturas. Além da representação da face humana, as máscaras poderão ser apresentadas com representações de caras de animais, peixes ou insetos. As máscaras poderão ter qualquer tamanho e feita em material qualquer.
Inscrições: Cada concorrente ou grupo poderá inscrever apenas UM trabalho; identificado com nome e endereço. A inscrição é automática, mediante a apresentação do trabalho, que deverá ser até as 14hs do dia 28/02/2003, na sede do Museu Caiçara ou na Rádio Gaivota FM - Programa Estação Ubatuba - Shopping Iperoig - centro.
Julgamento: Dos trabalhos entregues, a Comissão Organizadora selecionará, no local, o corpo de jurados que irão premiar os três melhores trabalhos, em cada categoria (lisa e em relevo), que receberão os seguintes prêmios:
1° Lugar: Medalha de ouro e diploma de participação. 2° Lugar: Medalha de prata e diploma de participação. 3° Medalha de bronze e diploma de participação. 4° ao 10° lugar: diploma de participação.
Disposições finais: Os trabalhos premiados não serão devolvidos e farão parte do acervo do Museu Caiçara, durante um ano. As inscrições implicam a aceitação das normas estabelecidas por este regulamento. Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão Organizadora.
Seja criativo, entre no clima do Carnaval e faça Ubatuba mais alegre! Contamos com você! Participe!
Maiores informações: julinho@iconet.com.br  ou fone: 3832-1990. (Fonte: Jornal A Semana)

Fundart abre inscrições para diversos cursos

Ubatuba - A partir da próxima segunda-feira, 17, estarão abertas as inscrições para diversos cursos que serão ministrados na Fundart (Fundação de Arte e Cultura) e nos bairros do Itamambuca e do Perequê Mirim. As inscrições vão até o dia 10 de março, das 8h às 12h e das 14h às 18h, de segunda à sexta-feira.
O candidato deve levar uma foto 3x4, cópia da certidão de nascimento ou de casamento e comprovante de residência. As mensalidades são de R$ 10,00. Os cursos foram definidos pelo Conselho Deliberativo da Fundação, que esteve reunido na última segunda-feira, 10, e avaliou dezenas de propostas de cursos para a Fundação. Estiveram presentes os coordenadores e o suplentes de Artes Plásticas e Artesanato, José Paulo Alves Barreto, Sônia Maria Ribeiro Nogueira, Almir Mederios e José Pedro de Oliveira, respectivamente; o coordenador de Música, Eurivaldo Paschoalino; o coordenador de Folclore, Lígia Benedita de Arruda, e o coordenador de Fotografia, Ricardo Pimentel.
Neste ano, a Fundart estará oferecendo cursos de teclados, piano, violão, instrumentos de sopro, percussão popular, corais infantil e adulto, entalhe, cerâmica, crochê, tricô, ponto cruz, macramê, vagonite, capoeira, ballet clássico, desenho, pintura e aquarela. Serão levados para os bairros do Itamambuca e Perequê Mirim os cursos de capoeira, crochê, tricô, ponto cruz, macramê e vagonite.
Professores:
Teclados - Raquel Nogueira e Maria Emília Zuccoli Tozin
Violão - Pedro Paulo Carpinetti e Frederico J. Zimmermann Aranha
Instrumentos de sopros - Amarildo da Hora
Percussão popular - Hipólito José de Souza Almeida Mello
Coral infantil e adulto - Maria Emília Zuccoli Tozin
Piano - Carolina Mikie Sugimoto e Maria Fernanda Bischof César
Entalhe - Antônio Theodoro de Souza (Bigode)
Cerâmica - Maria Suzana Botine Cassoli e Fabiana Souza Mendes
Crochê, tricô, ponto cruz, macramê e vagonite - Laércia de Fátima Arruda, Nadir Tomás da Silva e Márcia Denise Gonçalves
Capoeira - Rogério Sales, Miguel Scalaps e Jaldo Motta Silva (Jequié)
Desenho, pintura e aquarela - Pauli Gil e Benjamin Gonzalez
Ballet clássico - Alexandra Penha de Carvalho Ferreira
Mais informações, pelo fone: (12) 3832-4584 (Fonte: Jornal A Semana)

O tradicional bloco carnavalesco Galo da Meia Noite

Ubatuba - Galo da Meia Noite nasceu no ano de 1996. Tudo começou em uma conversa entre os amigos Fábio Rossi, Alexandre Archanjo e tantos outros que faziam parte da roda de bate-papo. A idéia era criar um atrativo para a noite de sexta-feira que abriria as noites de carnaval. Logo colocaram a idéia em prática: confeccionaram algumas camisetas e venderam inicialmente para os amigos; logo mais pessoas quiseram participar, chegando quase ao numero de 100 participantes.
Com o dinheiro arrecadado compraram algumas latas de cerveja para serem distribuídas durante o percurso do animado bloco. Claro que no ano seguinte todos já contavam com o Galo da Meia-noite, que hoje tornou-se a maior atração carnavalesca da cidade de Ubatuba arrastando mais de mil pessoas na sua saída e chegando na avenida com quase cinco mil.
Os interessados em participar do bloco deverão adquirir sua camiseta pelo preço de R$ 20,00, com direito a desfrutar de seis mil latas de cerveja que serão distribuídas aos foliões, além da animação de um trio elétrico e queima de fogos durante o percurso.
A saída será dia 28 de fevereiro, às 23h, em frente a loja “Comercial Perequê, na Av. Padre Manoel da Nóbrega - Perequê-Açu.
Maiores informações pelos fones: (12)9141-9282, com Fábio ou (12)9142-8918 com Alexandre.Galo da Meia-noite, quem
quiser pode fazer parte desta festa! (Fonte: Jornal A Semana)

Petróleo no Litoral Norte pode ser uma realidade
Em março começa prospecção de óleo e gás na região

Ubatuba - Na manhã da última quarta-feira, 19, o presidente da Comtur (Companhia Municipal de Turismo) de Ubatuba, Luiz Bischof, e o secretário do Meio Ambiente, Virgílio Barroso, receberam a visita de representantes da Hidrosfera Oceanografia e Meio Ambiente, Fabrício Gandini Caldeira e Venâncio Guedes de Azevedo, para anunciar o início das prospecções de petróleo na Bacia de Santos pela empresa norte-americana El Paso. Os trabalhos terão início em março e serão realizadas quatro perfurações de Guaratuba no Paraná até Ubatuba. A duração do trabalho será de cerca de seis meses, para verificar se há óleo ou gás na região. A empresa El Paso adquiriu concessão da Agência Nacional de Petróleo para realizar as perfurações neste bloco da Bacia de Santos.
A plataforma de prospecção de 92 metros quadrados contará com 140 trabalhadores embarcados e será instalada a 80 milhas sudeste de Santos, com profundidade oceânica de 140 metros. As perfurações vão atingir 4800 metros a partir do solo do fundo do mar. Dois navios de apoio estarão transportando resíduos e alimentos aos tripulantes. Os representantes da Hidrosfera adiantaram que Ubatuba será a base de toda a equipe e que haverá um grande fluxo diário de helicópteros partindo do aeroporto Gastão Madeira de Ubatuba, transportando trabalhadores, técnicos e cientistas à plataforma em alto mar. A El Paso possui 75 anos de mercado e atua no Brasil há 9 anos, sempre com a parceria técnica ambiental da Hidrosfera que tem sede no Rio de Janeiro.
O gerente de Projetos da Hidrosfera, Fabrício Gandini Caldeira, falou que por medidas de segurança a frota pesqueira industrial não poderá navegar no raio de 500 metros da plataforma e que terá que ter conhecimento das novas regras de navegação para a própria segurança. A navegação da frota pesqueira artesanal não sofrerá alteração. Caldeira afirmou também que não há risco ao meio ambiente com vazamentos, já que haverá apenas a perfuração para identificação de gás ou óleo. “Os cuidados são máximos e atendem à Legislação Ambiental, aceitável pelo Ibama. Os trabalhadores são treinados pela Hidrosfera e todo o lixo de resíduo produzido será levado para Niterói, no Rio de Janeiro, que dará o destino correto”, afirmou Caldeira.
Luiz Bischof recebeu a notícia com entusiasmo. Para ele pode ser uma nova fase para Ubatuba. Falou que o importante neste momento é saber que Ubatuba é uma cidade estratégica, já que a base de operações será aqui. “Neste momento vamos gerar hotelaria, gastronomia, aquecer a parte comercial, além de toda a mídia que será gerada em torno do assunto”, concluiu Bischof. O secretário do Meio Ambiente, Virgílio Barroso, ficou satisfeito com as justificativas de monitoramento ambiental e considera toda a operação segura, sem possíveis danos ao meio ambiente. “Se esta expedição obter sucesso localizando óleo ou gás todos os municípios da região vão sair ganhando com royalties, que muitas vezes superam o próprio orçamento da cidade”, afirmou Barroso.

Maré de Esperança no Litoral Norte - Foi com este título que a revista ViaVale deu o furo de reportagem em toda a região do Vale do Paraíba, quando em dezembro do ano de 1999 sobrevoou, fotografou e entrevistou tripulantes do navio sonda norte-americano Deepwater Frontier, que estava há cerca de 120 milhas de São Sebastião. As perfurações atingiram mais de 4 mil metros de profundidade. A expedição foi concluída por volta de outubro de 2000 e técnicos da Petrobras confirmaram terem encontrado indícios de óleo na região. A próxima etapa seria uma expedição específica para identificar a quantidade e a qualidade do óleo e consequentemente um estudo de viabilidade mercadológica.
Na ocasião a ViaVale explicou que esta região está sempre em pauta por análises de geofísicos da Petrobras que possuem dados sísmicos que apontam para a incidência de reservas. Segundo geólogos, a costa paulista tem idade cretácea/terciária, formada a partir das rupturas dos continentes africano e sul americano e a sua separação. A origem da Bacia de Santos é tectônica, isto é, uma depressão que se afunda por influência de uma ou duas falhas geológicas. Essas falas se formam sobre uma área onde há o afinamento da crosta terrestre. Como a crosta se afina, então formam-se as falhas geológicas, que é o início da bacia sedimentar, local onde se forma o petróleo.

O sonho dos royalties - O que interessa para os municípios do Litoral Norte são os impostos que deverão ser recolhidos para os seus cofres. Conhecidos como royalties, esses tributos constituem em compensação financeira devida pelo concessionários de exploração e produção de petróleo ou gás natural, que devem ser pagos mensalmente aos municípios atingidos pela atividade.
Um exemplo de cidade beneficiada é a cidade de Campos dos Goitacazes, no norte do Estado do Rio de Janeiro. Seu orçamento anual de cerca de R$ 70 mil (semelhante ao de Ubatuba) é superado pelos royalties que em dobro, cerca de R$120 milhões anuais que são destinados para infra-estrutura, saúde e meio ambiente. A importância dos royalties para Campos é tão grande que a prefeitura da cidade tem uma assessoria especial para a questão do petróleo. (Fonte: ACS-PMU)

Continuidade na oficina Pedagógica

Ubatuba - Nos dias 11 e 12 a oficina pedagógica foi no Sítio do Pica Pau. Nos, dias 25 e 26 de fevereiro a oficina será na Secretaria de Educação quando os temas escolhidos no dia 12 serão expostas e discutidos para serem postos em prática em nosso Município.. Esta oficina é promovida pela Secretaria de Estado da Saúde , Coordenadoria de Saúde do Interior Direção Regional de Saúde de São José dos Campos e Secretaria Municipal de Saúde de Ubatuba.
O coordenação pedagógica ficou por conta de Lídia Batista Colomban da DIR de São José dos Campos e Zenaide Lázara Lessa da Secretaria da Saúde de São Paulo e Ednéia também da Vigilância Sanitária do Estado de São Paulo. Continuarão monitorando a oficina; Denize Maria Elizabeth Formaggia , Denise Terra Fernandes , Ivan César de Lima Chaves e Neilton Nogueira de Lima. Estiveram também presentes as chefias como Késia chefe da administração da Secretaria Municipal de Saúde, Suely chefe da enfermagem, Wladiléia (Léa) presidente do COMUS, a chefe do PSF - Programa de Saúde da Família Joseane Brunácio. (Fonte: ACS-PMU)

Comtur vai ao Congresso Nacional

Ubatuba - Após o carnaval, o presidente da Comtur, Luiz Bischof, estará agendando viagem à Brasília para reativar contatos anteriores junto a Embratur e a diversos ministérios do Governo Federal. Bischof contará com o total apoio do deputado Federal Carlos Sampaio (PSDB), com quem esteve na última sexta-feira, 14, no escritório político de Campinas. Durante o encontro com Sampaio, Bischof revelou que cerca de 30% dos turistas que vêm à Ubatuba têm origem da grande Campinas. Sampaio estará apoiando as reivindicações de Ubatuba protocoladas há mais de um ano na Embratur, que são a sinalização turística do município, folheteria e maior apoio à efetivação do Cruzeiro Marítimo. (Fonte: ACS-PMU)

Bischof recebe representantes da Canção Nova

Ubatuba - Na segunda-feira, 17, o presidente da Comtur (Companhia Municipal de Turismo) de Ubatuba, Luiz Bischof, recebeu representantes da emissora de televisão Canção Nova de Cachoeira Paulista da Fundação João Paulo II para adiantar o processo de assinatura do convênio com a Prefeitura de Ubatuba e a Paróquia Exaltação à Santa Cruz, para a colocação do transmissor da emissora que proporcionará a sintonia do canal por meio da tv aberta. A antena localizada no morro da praia Vermelha foi vistoriada por Bischof e membros da emissora, Filipe Garcez Jardim, Superintendente de Serviços Gerais, e Tarciana Matos Barreto, advogada da empresa. Estes convênios deverão estar concluídos até o início da próxima semana. Atualmente a emissora pode ser sintonizada por parabólica.
Em 1978 foi criada a Comunidade Canção Nova com o objetivo de evangelizar pelos meios de comunicação. Em 1980 passou a atuar com a Rádio Canção Nova que hoje tem potência que abrange todo o Brasil e Mundo pela internet. Em 1989 começou a atuar retransmitida pela TVE do Rio de Janeiro. Em 1997, foi adquirida uma geradora de televisão comercial em Aracaju e em 1999 a atual retransmissora de Cachoeira Paulista e abrange mais de 215 cidades do Brasil. (Fonte: ACS-PMU)

Campanha contra as Drogas da CONDEPOL

Ubatuba - Dois representantes da Confederação Nacional dos Delegados de Polícia de Carreira – CONDEPOL, Antônio Marracini e Alex Belmiro Amaro, estiveram em Ubatuba na quinta feira, dia 13 de setembro, entregando 750 cartilhas do Programa Nacional Contra as Drogas. A entidade reúne mais de 12 mil delegados em todo o país, que se dedicam a este trabalho incansavelmente.
Com o patrocínio da Petrobrás no Litoral Norte, as cidades de São Sebastião , Caraguatatuba e Ubatuba, também receberam as cartilhas de prevenção às drogas.
Marracini diz “É impossível eliminar as drogas pois estas existem desde que o mundo é mundo. Todos nós cidadãos temos que fazer nossa parte para que nossas crianças e adolescentes não caiam nas mãos dos traficantes. Cabe à sociedade como um todo estar envolvida nesta luta e a educação é primordial para a prevenção do uso de drogas”. Marracini disse ainda da importância do Conselho Municipal Contra as Drogas e do envolvimento das empresas locais para que a campanha possa ser ampliada, inclusive com a criação de um slogan, municipal”
Participaram desta reunião o Professor Eunápio Ramos, Assessor Municipal de Expediente, o Secretário Municipal da Promoção Social Edson Alves, Gonçalina Maria de Golveia Osera da Secretaria de Educação. Foram expostas todas as ações que Ubatuba vem adotando no combate às drogas na Saúde Mental na Secretaria de Educação através da cartilha “Bom dia Ubatuba” e também a participação da Secretaria de Promoção Social que faz encaminhamento para a APAF, entidade que tem parceria com a Prefeitura para recuperação de dependentes. (Fonte: ACS-PMU)

ESPECIAL: Clodovil e o MarClodovil e o Mar

Sílvio Di Nardo* especial para o Imprensa Livre
Fotos: Gustave Gama


A primeira reação de Clodovil Hernandez ao conhecer as belezas naturais de Ubatuba, no início dos anos 80, foi de surpresa total. Ele chegou a comparar toda aquela maravilha a outras belezas que tivera chance de conhecer pessoalmente, como a Côte D`Azur, a mundialmente famosa costa francesa.

Entusiasmado, tornou-se morador do local e, durante alguns anos, usando de sua influência junto à mídia, divulgou as belezas e mistérios da cidade que adotara como segundo lar. Hoje, o panorama é outro. Morando atualmente em Ubatuba, na Praia do Meio, Clodovil Hernandez está em guerra declarada contra algumas autoridades locais que, na sua opinião, são responsáveis por todos os problemas que afligem a comunidade, incluindo ele. E como um homem coerente – podem chamá-lo de irreverente, polêmico, teimoso, irascível, mal
educado, menos de incoerente -, Clodovil Hernandez diz que não vai parar de reivindicar seus direitos de cidadão de Ubatuba. Só o fará quando a cidade for alvo de mudanças que a transformem no paraíso que conheceu em sua primeira visita. Nesse dia, então, Clodovil promete promover um grande baile em sua casa, com direito a esticadas até a praia. Um baile lindo, que não terá hora para acabar, e que entrará para a história de Ubatuba. Com seus inimigos aplaudindo e morrendo de inveja em não poder participar.

Varinha de condão

Se lhe fosse dado o privilégio de empunhar uma varinha de condão possuidora de fluidos capazes de transformar o mundo, certamente Clodovil Hernandez, misto de estilista/apresentador de tevê, não hesitaria: dirigiria toda a energia potencializada pela varinha em direção à cidade de Ubatuba, transformando-a no paraíso que ele sempre sonhou e pelo qual vive batalhando intensamente há anos. Paraíso que conheceu no iní cio dos anos 80, levado pelas mãos de amigos donos de casas na então pacata cidade.

O encanto inicial por Ubatuba fez com que Clodovil Hernandez realizasse várias outras viagens como turista, até que no ano de l98l veio a decisão de adquirir um terreno e construir uma casa na Praia do Meio. Na época, Clodovil Hernandez estava em grande evidência. Dividia o comando do “TV Mulher”, programa semanal de muito sucesso da Rede Globo, com Marília Gabriela, Nei Gonçalves Dias, Xênia Bier, sob direção de Nilton Travesso. Paralelamente, desenvolvia suas atividades de estilista, um dos mais requisitados – se não o mais requisitado – pelas mais diversas personalidades do mundo feminino brasileiro, entre elas, primeiras damas e mulheres famosas dos cenários artístico, socialites e empresários brasileiros.

E a iniciativa de construir uma casa em Ubatuba deveu-se à necessidade de Clodovil Hernandez espairecer do “lufa-lufa” diuturno de terminado pelos seus compromissos profissionais. Ele descobrira naquele vilarejo chamado Ubatuba o local ideal para recuperar as energias dispendi-
das no dia-a-dia estressante imposto pela máquina chamada televisão e a criação de novas concepções da moda para atender suas exigentes e elegantes clientes.

Por isso, as longas caminhadas pelas praias brancas e desertas de Ubatuba, o cultivo das mais variadas espécies de plantas nos jardins de sua casa – hoje, Clodovil possui mais de 3.600 espécies de plantas - , a “caça” de mexilhões na areia molhada pelo mar e os papos na varanda, que varavam a madrugada, tendo como interlocutores amigos como Kadu Moliterno, Glória Pires e Nuno Leal Maia, tinham o efeito pacificador que Clodovil buscava ,visando armazenar forças para enfrentar a barra do cotidiano. Ir à cidade fazer compras, jogar conversa fora com os caiçaras, saber dos problemas que afligiam a comunidade, era outro passatempo predileto que oferecia uma boa dose de tranqüilidade.

Reivindicações

As queixas de Clodovil Hernandez contra o estado de coisas de Ubatuba são as mais variadas. Entre elas, o direito de novamente andar nas praias desertas da região sem correr o risco de ser atropelado por dejetos vindos do mar. Ter a possibilidade de sentar-se calmamente nas cadeiras de um quiosque, à beira da praia, e saborear um peixinho frito acompanhado de uma cervejinha. “Nada disso é possível hoje em dia. Você entra no mar e não pode nem mergulhar pois já tem a companhia de lixo. Não há um bar para você poder sentar, beber e comer algo.

O único bar que existia, o do Osmarzinho, citado na revista Veja como um dos mais importantes da região, onde as pessoas eram acolhidas com dignidade, foi derrubado em pleno começo de temporada. O quiosque tinha chuveiro, banheiro, enfim, todos os serviços de higiene. Eles não gostaram e derrubaram o estabelecimento sem qualquer explicação”, afirmou. Bem que Clodovil Hernandez gostaria de poder voltar à cidade, bater papo com os moradores, ficar a par dos problemas da comunidade. “Há anos que não vou para a cidade. Quando preciso comprar alguma coisa, mando um empregado. Lá, enquanto persistir este estado de coisas, eu não piso. Só pisarei lá depois do baile que um dia vou promover”, afirmou.

Clodovil diz que foi procurado algumas vezes pelo atual prefeito com propostas de colaboração . “Não aceitei e não aceitarei jamais me envolver com política. Em que pese o Faustão ter dito, em tom de brin cadeira no seu programa da Globo que eu deveria ser prefeito de Ubatuba.
“Tenho certeza de que seria um prefeito maravilhoso, mas eu não posso me imaginar no cargo porque a remuneração de um prefeito é muito baixa para o meu padrão de vida. E eu não desviaria um tostão do dinheiro público porque não é do meu temperamento. Agora, posso ajudar muito mais do que ser prefeito, sendo exatamente o arauto que eu tenho sido naquela região. Pois eu só falo das belezas da região, eu só divulgo as coisas bonitas de Ubatuba”.

Boa parte das pessoas envolvidas com política, em sua opinião, está mais preocupada em beneficiar-se do que propriamente ajudar a comunidade. “Quer um exemplo: alguns vereadores de Ubatuba, de comum acordo com alguns candidatos, trazem dezenas e dezenas de pessoas carentes do Vale do Jequitinhonha, Minas Gerais, para morar em Ubatuba. Dão um terreno pequeno e madeirite para que eles construam seus barracos. Aí nascem favelas enormes. Sabe pra que isso? Para garantir votos na próxima eleição. Isso é muito contundente, é uma porrada na moleira da gente, não dá pra engolir e ficar quieto”, desabafa.

Ele afirma com convicção que, em nome do progresso, as autoridades cometem as maiores aberrações, ao mesmo tempo que se diz consciente que Ubatuba não poderia se manter eternamente um vilarejo pacato cortado por ruas não pavimentadas. “Mas – ressaltou -, seria muito importante que o progresso andasse paralelo com a natureza, com as coisas bonitas e necessárias sendo preservadas. Mas, não. Quando se asfalta uma rua em Ubatuba, a obra é feita aleatoriamente. Porque a intenção é mostrar ao povo que a rua ficou bonita, esquecendo que o que se está fazendo é vedar a drenagem natural da água, impermeabilizando, não tendo para onde ir emerge para a rua. Ubatuba, então, está condenada a emergir dos dejetos e submergir nas águas represadas pelo asfalto”.

A política turística também é alvo de ácidas críticas de Clodovil Hernandez. Segundo ele, as regras estabelecidas pelas autoridades determinam que o turismo não é para ser explorado. Quem tem que ser explorado é o turista. “Quem toma conta do setor não tem a mínima noção do que seja uma política de turismo. Quando um turista aluga uma casa em Ubatuba para passar a temporada e precisa dos serviços de um pedreiro, marceneiro, encanador, não encontra nenhum. Por que? Estão todos a serviço do turismo, vendendo sorvetes na praia”. confidenciou

Mas é a política de meio-ambiente desenvolvida em Ubatuba, a partir da Lei de Preservação da Serra do Mar, que provoca a maior irritação no estilista/apresentador de tevê. Política que considera estar sendo péssima para o desenvolvimento da região. “Por duas vezes eu estive no Ministério Público do estado de São Paulo representando contra a promotora pública de Ubatuba contra os desmandos no que se refere ao meio-ambiente. Aí, a promotora pública foi transferida para a Promotoria do Meio-Ambiente. Fiz nova representação contra ela no MPE. Se dessa segunda vez ninguém tomar provi dências, não sei mais o que fazer”.

A praga de Cunhambebe

A explicação para tudo que acontece de ruim em Ubatuba, Clodovil Hernandez vai buscar em fatos ocorridos há dezenas e dezenas de anos, quando aconteceu a festa Paz de Iperoig, que visava unir os índios da região numa festa de três dias ininterruptos. “A festa era marionetada pelos jesuítas e tinha como meta juntar um grande número de tribos indígenas. A festa que deveria durar três, estendeu-se por cinco dias, especialmente porque havia muito cauim – pinga de mandioca – a ser bebida. No quinto dia, chegou a milícia da Corte do Rio de Janeiro e dizimou todos os índios – crianças, mulheres,velhos”. E Cunhambebe, que era o chefe de todos os índios, antes de morrer, disse: nesse lugar nada irá para a frente.

“Acho que essa praga pegou. Por isso o atraso que marca a trajetória de Ubatuba, onde nada vai pra frente. Caraguatatuba, São Sebastião e Ilhabela estão sempre na linha do progresso. Aqui, não”, finalizou.

Moda/televisão

Os planos profissionais futuros de Clodovil Hernandez envolvem o retorno para o mundo da moda e da televisão. Neste primeiro semestre, ele volta a mostrar suas habilidades na arte de confeccionar. Ele inaugurará em São Paulo um pequeno atelier onde trabalhará apenas na confecção de vestidos de noiva. “Nem bem comecei e já tenho dois pedidos agendados. Só que não vou dar ainda o endereço do meu futuro birô de moda em São Paulo, pois não sei se a nova Lei de Zoneamento vai impedir”.

Para a televisão Clodovil tem um projeto em âmbito nacional, do qual também prefere manter segredo. “Com certeza, não vai ter nada a ver com aquele programa matinal da Rede TV!, que eu deveria estar comandando. Cujo convite recusei por não compactuar com picaretagem”, alfinetou.

* Silvio Di Nardo é jornalista


Carta do Leitor

Revista Local - A Revista Local - www.revistalocal.com.br  - nossa revista virtual está funcionando. É apenas o começo. Será um espaço aberto aos leitores e muitos outros links interessantes estão em construção. Desde já agradeço aos primeiros colaboradores, que logo de início contribuiram de forma significativa com textos interessantes e de alto teor instrutivo. Espero que continuem municiando de informações nossa Revista Local. Gostaria de receber comentários sobre a Revista Local através do giasone@ruasdacidade.com.br
A todos meus votos de muita Paz, Saúde, Amor e Prosperidade
Atenciosamente

Giasone Rebuá
Ubatuba, SP


IPTU em São Sebastião - A minha questão vai ao Sr. Paulo Julião, Prefeito Municipal de São Sebastião. Tenho uma pequena casa em Barra do Sahy, costa sul de São Sebastião, adquirida de moradores do local há aproximadamente 30 anos. Pago impostos desde que comprei a casa e os antigos proprietários também o faziam.
A partir deste ano estou impossibilitado de pagar, porque alguém, na administração pública dessa Cidade, com as presas extremamente vorazes, achou que esse imóvel valorizou, como que por milagre em 147% de um exercício para o outro, isso mesmo, cento e quarenta e sete por cento de valorização e taxou o IPTU com esse aumento, ou seja o que era por exemplo R$ 100,00 virou R$ 247,00.
Sr Prefeito- isso é um absurdo- o contribuinte no Brasil é um dos mais onerados no mundo. Quando um Prefeito, como a de São Paulo, comete a barbárie que cometeu- com todas as sobre taxações que impõe ao contribuinte- seus outros pares em outras cidades entram no mesmo jogo perverso.
Vamos nos lembrar disso na hora das eleições. O exemplo do PT, que ganhou nas eleições federais e em ato contínuo liberou a fera devoradora para jantar nossos parcos rendimentos como assalariados ou aposentados, não vai ser esquecido.
Sr. Prefeito reveja essa situação, antes que a inadimplência generalizada seja uma trágica realidade, nem só do veranista vive o município.

José Henrique S. Russo
Contribuinte 3133.114.2259.0644.0000
São Sebastião, SP


Jet Ski - Último Comentário - Sr. Barreto. Agora o Sr. demonstrou educação. Não aquela demonstrada quando classificou diversos leitores do Litoral como aculturados. Embora não tenhamos recebido uma explicação aceitável para o lamentável ocorrido vou entender que o Sr. reviu vosso conceito a respeito de alguns leitores.
Agora, caso o Sr. fosse um assíduo leitor do Litoral teria tomado conhecimento que muitas queixas foram feitas, exatamente, pela inoperância
de diversas autoridades: as que não fiscalizam as praias, os veículos que nelas transitam, as embarcações que nelas navegam de forma irregular; as que permitem que se coloquem bóias limitando o espaço dos banhistas; as que permitem a colocação de poitas de forma irregular; as que permitem o tráfego de tratores com carretas carregando os barcos em vias públicas e nas areias da Tabatinga sem se importar se os condutores e os veículos são habilitados para tal; as que permitem o aluguél de jets a pessoas não habilitadas; as que permitem galões de gasolina expostos nas areias e no meio da população para reabastecer embarcações.
Nem me recordo de tanta coisa que já lí a respeito. Ou seja: os orgãos incompetentes somos nós cidadãos que não sabemos nem exigir que nossa cidadania seja respeitada.
De minha parte coloco um ponto final neste assunto esperando que tudo isto sirva para "sacudir a poeira" da população que pretende continuar a usufruir da ex-praia Tabatinga.

Juvenal Martins
Caraguatatuba, SP
 

Foto do Dia:
Praias Camburi e Brava
Ubatuba
Praias Camburi e Brava
© Emilio Campi


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Clique Aqui para acessar o arquivo de Fotos Publicadas

 
Gaivota FM
Participe você também com seu cometário, crítica ou sugestão no programa
Estação Ubatuba c/ Tony Luiz
De segunda a sexta das 12 as 14 hs na Gaivota FM 104.9
Sempre com entrevistados diários e variados, falando sobre todos os temas
Ligue 3833.5550


 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui.


Pousada Barra da Lagoa Vivenda do Flamboyant JCASTRO INFORMÁTICA

As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  idenficação do autor.


GRÁTIS!!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:
Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral na versão:
Compacta (apenas as manchetes c/ Link)
Completa (todas as notícias na íntegra) 
e-mail:
Cidade:


Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br


©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor