Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Quarta-feira, 26 de março de 2003 - Nº 749 Edições Anteriores

Cooperativa Educacional Ubatuba Pousada das Cachoeiras Naturali Garden Center

Litoral Norte:
   CBH/LN se reúne na quinta-feira
   Gerenciamento Costeiro - "Uma política de planejamento ambiental"

Caraguatatuba:
   Caraguá participa de evento sobre Gerenciamento Costeiro
   Secretaria continua orientando moradores sobre conjuntivite
   Conselho Tutelar atende cinco denúncias de espancamento
   Educação é destaque no Congresso Brasileiro de Municípios
   "Dia Municipal da Família na Escola" em 1º de abril
   Escola de Pais Cidadãos: União e Harmonia abordará adolescência
   Caraguá participa do 8º Congresso Brasileiro de Municípios
   Violência Sexual será tema de capacitação para educadores
   Igreja discute a Lei 9840 - Corrupção Eleitoral
   Intercâmbio foi a melhor experiência do encontro da Avesp
   Comissão de Comércio ouve comerciantes da Miguel Varlez
   Comissão de Comércio ouve comerciantes da Miguel Varlez
   A Câmara de Caraguá e os números de fevereiro

Ilhabela:
   Grupo espanca rapazes em Ilhabela
   Secretaria de Saúde de Ilhabela compra Cardiotocógrafo
   Campeonato de Futsal de Ilhabela começa nesta quinta
   Atletas levam 41 horas para dar a volta em Ilhabela nadando
   Definida a equipe brasileira de Vela para as Olimpíadas de 2004

São Sebastião:
   São Sebastião sedia reunião sobre dengue
   São Sebastião é o município mais atingido pelas chuvas na região
   Itatinga é castigado pela chuva
   Câmara discute separação da Costa Sul e muda horário de sessões
   Judoca de São Sebastião conquista o Campeonato Brasileiro

Ubatuba:
   Armas roubadas do Fórum são encontradas em Ubatuba
   Avenida Iperoig será transformada em mão única após reurbanização
   Conseg de Ubatuba quer associação para assinar convênio com a prefeitura
   Empresa informa sobre exploração de petróleo
   Câmara discute projeto para modificação da Lei de Uso do Solo
   Eleições da ACIU: quem será o presidente?
   Motociclistas fazem mutirão de limpeza no Ubatumirim

   Carta do Leitor



CBH/LN se reúne na quinta-feira

Litoral Norte - A primeira reunião ordinária de deste ano do CBH-LN (Comitê de Bacias Hidrográ-ficas do Litoral Norte), será realizada na próxima quinta-feira, 27, às 9h30, na Pousada das Cachoeiras, Sertão da Quina, bairro Maranduba, em Ubatuba.
Na reunião haverá cerimônia para a posse dos novos representantes do CBH-LN para o biênio 2003/05. Também deve ocorrer a votação sobre a nova versão de seu estatuto, eleição da coordenação do comitê e indicação dos membros de suas câmaras técnicas.
Ainda na reunião ordinária, os conselheiros deverão deliberar sobre regras de financiamento de projetos com recursos do Fehidro (Fundo Estadual de Recursos Hídricos) e o prazo para entrega de projetos neste ano.
Também irão eleger os representantes do CBH-LN junto ao Fórum Paulista dos comitês no Estado e discutir o Plano de Trabalho para este ano. A pousada das Cachoeiras fica no Sítio Santa Cruz, à rua Benedito Heloi, 935, fone (12) 3849-8244. (Fonte: Imprensa Livre)

Gerenciamento Costeiro - "Uma política de planejamento ambiental"

Litoral Norte - Estão reunidos em Ilhabela, no hotel Pelicano, representantes do Governo do Estado de São Paulo, Prefeituras e Sociedade
civil organizada do Litoral Norte.
O grupo denominado “grupo setorial de trabalho – Litoral Norte” irá propor uma minuta de decreto para o Governador do Estado para estabelecer o zoneamento ecológico-econômico da região. Essa é uma política pública para direcionar o desenvolvimento da região e interferirá nas restrições e concessões de usos das praias, cidades e florestas do litoral Norte. O macrozoneamento é um instrumento da lei que estabelece o Gerenciamento Costeiro do Estado de São Paulo.
A pesar da polêmica do tema, os trabalhos do dia 24 transcorreram muito bem e o macrozoneamento – LN (zoneamento ecológico-econômico) caminha para um consenso entre o grupo tripartite – Governo, Prefeituras, e entidades da sociedade civil organizada.
Hoje, dia 25, o grupo continuará os trabalhos em busca de uma proposta consensual para o macrozoneamento do Litoral Norte.

Histórico do Gerenciamento Costeiro do Litoral Norte - Os estudos para elaboração do zoneamento costeiro do Litoral Norte de São Paulo foram iniciados entre 1990 e 1992, objetivando também subsidiar os planos diretores municipais.
Para tanto, foi feito um Termo de Referência, que submetido ao CONSEMA, considerou a importância do assunto, visto que a área estudada encontra-se no entorno do Parque Estadual da Serra do Mar.
Os procedimentos previam reuniões locais para acompanhamento e avaliação dos trabalhos.
No período entre 1993 e 1994 foi formulada e discutida com as ONGs e as Prefeituras a primeira proposta de macrozoneamento.
As discussões foram logo interrompidas em razão das dificuldades em se obter consenso sobre o então Projeto de Lei 962/93 do Gerenciamento Costeiro que tramitava na Assembléia legislativa.
Entre 97 e 98, parte dos estudos do macrozoneamento foram atualizados visando retomar as discussões do Zoneamento Ecológico Econômico - ZEE.
Com a aprovação da Lei estadual 10.019, o grupo de trabalho do Litoral Norte foi constituído em dezembro de 1998, e legitimado pelo secretário Estadual do Meio Ambiente.
Foram realizadas 19 reuniões, 1 seminário regional, e pelo menos 40 reuniões dos Fóruns municipais, principalmente em Ubatuba e em São Sebastião.

Em outubro de 2001, a procuradoria jurídica da SMA deu um parecer verbal de que a minuta de decreto elaborada pelo grupo de trabalho era inconstitucional, alegando que as indenizações indiretas e a interferência do Estado nas questões municipais impossibilitariam o zoneamento nos moldes que vinham sendo proposto.
Em novembro de 2001 o Grupo Setorial apresentou uma minuta de decreto, denominada "minuta 2", que propunha a municipalização praticamente completa do macrozoneamento do LN. Houve tentativas de legitimação desse ato; com "audiência pública", reuniões de última hora com o grupo de trabalho e "encontros técnicos", sem a devida informação ou participação da sociedade civil organizada interessada no tema.
Na busca de esclarecer o conflito e ampliar o debate, a comissão de meio ambiente da OAB-SP, e a ONG Alnorte-Ambiental Litoral Norte, organizaram um evento em Caraguatatuba, com a participação do Governo do Estado, por meio da Secretaria de meio ambiente, Prefeituras e Sociedade civil organizada, na qual a secretaria se comprometeu a obter um parecer jurídico e rever todo o processo do Gerenciamento
Costeiro - setor Litoral Norte se comprovadas as falhas.
Em julho de 2002 é editado o decreto federal 4297/02 estabelecendo os critério mínimos a serem respeitados para o Zoneamento Ecológico-Econômico do Brasil.

Ainda no mês de julho a procuradoria do Estado emite parecer sugerindo a revisão das duas minutas então elaboradas.
O Consema-Conselho Estadual do Meio Ambiente, em comissão especial para tratar do tema, deliberou que os debates públicos sobre o assunto deveriam ser nos moldes das audiências públicas orientadas por esse conselho.
Em novembro de 2002 a Alnorte organizou o Workshop para a elaboração do plano de ação e gestão para o desenvolvimento sustentável do LN. No evento foram desenvolvidos, nos moldes da Lei estadual 10.019/98, o plano de ação e gestão nas áreas de resíduos sólidos, recursos hídricos, áreas protegidas, desenvolvimento urbano, turismo sustentável, pesca, aquicultura e agricultura. Tudo isso para subsidiar o grupo de trabalho do Gerenciamento Costeiro.
Nessa ocasião, a Dra. Lucia Sena, coordenadora de planejamento ambiental da SMA/SP, informou que o grupo de trabalho teria que ser constituído por decreto do governador do Estado, e o grupo anterior não cumpria esse pré-requisito. E que, "em breve seria oficializado o grupo de trabalho - setor LN".

Em 18 de dezembro de 2002 foram eleitos, em plenária do Comitê de bacias hidrográficfas do LN, os representantes da Sociedade civil de São Sebastião, Caraguatatuba e Ubatuba. Os de Ilhabela foram escolhidos em reunião aberta com a participação das entidades locais.
No dia vinte e quatro de fevereiro de 2003, aconteceu a primeira reunião do grupo derabalho, agora reconhecido oficialmente e com caráter deliberativo.
Fonte: Meaning Assessoria de imprensa
Contato: Teo Balieiro
Tel: (11) 9741 5278


Caraguá participa de evento sobre Gerenciamento Costeiro

Caraguatatuba - O Secretário Municipal de Meio Ambiente, Auracy Mansano, está participando, nos dias 24 e 25 de março, a partir das 9h, de um evento sobre o Gerenciamento Costeiro no hotel Pelicano em Ilhabela. O objetivo da reunião é discutir como deve ficar a Lei do Gerenciamento Costeiro, para então, ser definido o zoneamento terrestre no mapa.
Fazem parte da Comissão do Gerenciamento Costeiro, representantes da Área de Planejamento Ambiental da Secretaria de Meio Ambiente do Estado de São Paulo, das prefeituras de Caraguatatuba, São Sebastião, Ilhabela e Ubatuba e membros da sociedade civil organizada.
Já foi definido que as 4 cidades do Litoral Norte serão divididas em 5 zonas, que vão de Z-1 a Z-5 e, a partir dessa divisão, será realizada uma regulamentação das áreas. Essa regulamentação consiste em analisar as áreas para possíveis construções sem prejudicar o meio ambiente local. (Fonte: PMC)

Secretaria continua orientando moradores sobre conjuntivite

Caraguatatuba - A secretaria de Saúde de Caraguatatuba acredita que os casos de conjuntivite no município deve se estabilizar nos próximos dias. Segundo o coordenador do Programa Saúde da Família, Lourival Costa, nos últimos quinze dias foram registrados 3.157 casos da doença. “Acredito que o número de casos deve se estabilizar nos próximos dias e, em seguida, reduzir”, afirmou ele.]
Lourival explicou que o aumento no número de casos já era esperado dentro do quadro de epidemia registrado na cidade. “ Do dia 10 ao dia 17 de março, passamos de 35 para 654 casos, quase vinte vezes a mais. Na semana seguinte, do dia 17 ao dia 24, chegamos a 3.157 caso, ou seja, cinco vezes a mais.” explicou ele.
A secretaria de Saúde continua intensificando as orientações junto à população para conter o aumento no número de casos. Os agentes comunitários de saúde e as USF_Unidades de Saúde da Família estão dando todas as orientações no sentido de impedir o aumento da doença. Todos os casos de conjuntivite estão sendo repassados a Vigilância Epidemiológica do Estado para que a Secretaria de Estado da Saúde possa avaliar o avanço da epidemia em São Paulo.
Dengue - Apesar do surto de conjuntivite, a Secretaria de Saúde continua atenta ao combate da dengue. As campanhas de prevenção ao mosquito e aos criadouros continua sendo feito no município. Em 2003 foram feitas 54 notificações suspeita, mas nenhum caso positivo da doença foi constatado. Foram 14 notificações em janeiro, 27 notificações em fevereiro e 13 notificações em março. (Fonte: PMC)

Conselho Tutelar atende cinco denúncias de espancamento

Caraguatatuba - O Conselho Tutelar de Caraguatatuba atendeu 178 crianças e adolescentes no mês de fevereiro. Das crianças e adolescentes atendidos, 146 residiam no município e outros doze deles, em outras cidades. Os bairros que tiveram mais crianças e adolescentes atendidos pelo conselho tutelar foram os do Perequê-Mirim, com 19 atendimentos e o do Tinga com 17 atendimentos.
Foram notificados 75 casos relacionados ao direito à convivência familiar e comunitária; 61 casos referentes ao direito à liberdade, ao respeito e a dignidade; 20 casos de direito à profissionalização e proteção no trabalho; e, 5 casos do direito à vida e à saúde. Em fevereiro foram registrados pelo conselho 26 denúncias de negligência dos pais, cinco casos de espancamentos e quatro casos de denúncia de abuso sexual.
Das 105 crianças envolvidas nos atendimentos do conselho, 54 pertenciam ao sexo masculino e 51 ao sexo feminino. Um total de 28 crianças tinham entre zero e 2 anos de idade. Dos 73 adolescentes atendidos, 42 deles eram meninos e 31 meninas. Foram atendidos também crianças e adolescentes das cidades de São José dos Campos, Pouso Alto, Jacareí, Praia Grande, Pindamonhangaba e Salesópolis. (Fonte: PMC)

Educação é destaque no Congresso Brasileiro de Municípios

Caraguatatuba - O prefeito Antonio Carlos da Silva participa, amanhã, em Brasília, da abertura do VIII Congresso Brasileiro de Municípios. Na Quinta-feira, dia 27, Antonio Carlos participará de um painel que avalia os avanços da educação no país, onde falará sobre a parceira feita entre a Prefeitura e a Fundação Orsa, que revolucionou a educação infantil em Caraguá. O congresso terá a participação de cerca de 5.000 municípios brasileiros e abordará entre outros temas, saneamento básico, habitação, transportes, saúde, educação e turismo.
Caraguá terá também um stand, em parceria com a Fundação Orsa, onde divulgará o turismo, a educação e a cultura no município. O prefeito disse ser muito importante a participação no congresso. “ Vamos divulgar nossa cidade e nosso sistema educacional, bem como, conhecer outros projetos importantes realizados por outros municípios”, comentou ele.
“ Essa parceria entre a prefeitura e a fundação Orsa facilitou as buscas que tínhamos em relação à educação infantil. O desempenho de todos os envolvidos ganhou maior segurança, e chegou a nos garantir o prêmio Mérito Municipal em 2001”, afirmou ele.
A secretária de Educação Roseli Morilla, afirmou que, trata-se de uma responsabilidade muito grande mostrar a todos os municípios presentes o sistema educacional de Caraguatatuba. “ A educação infantil em Caraguá é mantida por recursos da administração local e tem sido uma das prioridades da administração do prefeito Antonio Carlos da Silva”, afirmou ela. A cidade não tem nenhuma criança fora da escola. Atualmente, a prefeitura mantém 11 centros de educação infantil onde estudam cerca de 6 mil crianças de com idade entre um mês e seis anos de idade. (Fonte: PMC)

"Dia Municipal da Família na Escola" em 1º de abril

Caraguatatuba - A Prefeitura de Caraguatatuba, através da Secretaria Municipal de Educação, realiza no dia 1º de abril o "Dia Municipal da Família na Escola", dando continuidade ao projeto iniciado em 2001 pelo Governo Federal, que passou a realizar o "Dia Nacional da Família na Escola". Esta comemoração se repetiu duas vezes durante o ano letivo de 2002, e agora, em 2003, a data volta a ser comemorada como evento municipal, e por isso foi incorporada ao calendário escolar do município. De acordo com a Secretária de Educação, Roseli Morilla Baptista dos Santos, o "Dia Municipal da Família na Escola será realizado em duas datas: 1º de abril e 26 de agosto, e nessa ocasião, os pais podem compartilhar com os filhos as atividades diversificadas que estarão acontecendo em todas as unidades escolares. Essa é uma forma de trazer a família para a escola, incentivando-a a participar de oficinas, palestras e eventos, que serão preparadas pelas próprias escolas da rede
municipal", explicou Roseli Morilla.
Todas as unidades, incluindo os Centros de Educação Infantil estarão abrindo as portas à comunidade no dia 1º de abril, e promovendo atividades diferenciadas, inclusive envolvendo os próprios alunos. Trata-se de uma data especial em que os pais podem comparecer à escola e participar ativamente de tudo o que acontece na unidade e diferentemente das reuniões escolares, onde são discutidos assuntos pedagógicos, 1º de abril é um dia de lazer, descontração e integração entre família/escola e comunidade. (Fonte: SME/PMC)

Escola de Pais Cidadãos: União e Harmonia abordará adolescência

Caraguatatuba - Projeto "Escola de Pais Cidadãos: União e Harmonia", que começou neste mês a ser realizado para pais de alunos do Ensino Fundamental na EMEF "Benedito Miguel Carlota", no Massaguaçu, já tem a aprovação da comunidade. O curso, que teve início no dia 13, com 38 pais, a cada semana ganha novos adeptos.
Essa é a primeira vez que o projeto acontece para pais de alunos de 5ª a 8ª série. As primeiras experiências de Escola de Pais foram realizadas nos 1º e 2º semestres de 2002, envolvendo pais de alunos dos Centros de Educação Infantil dos bairros Travessão e Casa Branca, ambos administrados através de uma parceria entre a Prefeitura de Caraguatatuba e Fundação Orsa.
No dia 20 de abril aconteceu a 2ª aula da Escola de Pais do Massaguaçu, a qual foi ministrada pela supervisora da SME, Rosana A. Leite Albuquerque e pela psicóloga judiciária Nádia Gromov. O tema de reflexão debatido entre os Pais Cidadãos e as convidadas especiais foi "Diálogo sobre amor". Houve ainda retomada da aula anterior, dinâmicas de grupo e leituras de textos.
Na próxima quinta-feira 27, a palestra da Escola de Pais será ministrada pela psicóloga Bernadete Regina B. de Melo, sobre o tema "Fases do
desenvolvimento pré-adolescente". A reunião acontecerá das 18h às 21h, na EMEF Benedito Miguel Carlota, que fica na rua Vinte de Abril nº 125, no bairro Massaguaçu. (Fonte: SME/PMC)

Caraguá participa do 8º Congresso Brasileiro de Municípios
Prefeito de Caraguá encerra Congresso em Brasília no dia 27, falando sobre a Administração Municipal e a importância de investir em Educação

Caraguatatuba - A Prefeitura de Caraguatatuba estará presente no 8º Congresso Brasileiro de Municípios, que está acontecendo em Brasília até o dia 27 de março. No evento, a cidade se destaca na área de Educação, com a parceria de sucesso entre a PMC e Fundação Orsa na administração dos Centros de Educação Infantil.
Estarão presentes no evento o prefeito de Caraguatatuba, Antonio Carlos da Silva, a secretária de Educação, Roseli Morilla Baptista dos Santos e a coordenadora do Núcleo de Educação da Fundação Orsa, Vera Melis.
O objetivo do Congresso é promover intercâmbio entre os governos federal, estadual, entidades privadas, ONG's e a classe empresarial junto às 5.568 prefeituras. Entre os principais temas a serem discutidos estão Educação, Saúde, Turismo, Meio Ambiente, Responsabilidade Social, Lei de Diretrizes Orçamentárias, Ética Municipal, Lei de Responsabilidade Fiscal, entre outros.
O prefeito de Caraguá, Antonio Carlos da Silva, participará do Congresso no dia 27 de março, e falará da administração Municipal em palestra que acontecerá pouco antes do encerramento do evento. O tema a ser abordado será a parceria entre a PMC e Fundação Orsa. Em seguida, haverá palestra com a Coordenadora do Núcleo de Educação da Fundação Orsa, Vera Melis, que estará falando sobre o PROGEPI - Programa de Gestão Pedagógica para a Infância - que acontece nos Centros de Educação Infantil do município.
Em 2002, o 7º Congresso Brasileiro de Municípios reuniu 1.471 prefeitos, 4.012 prefeituras, 156 expositores e atraiu um público de 50.360 pessoas.
Além da participação de Caraguá nas palestras, desde a abertura do Congresso, que aconteceu nesta segunda-feira 24, Caraguatatuba divide junto com a Fundação Orsa um stand, onde os visitantes podem conhecer um pouco mais sobre cidade nas áreas de Turismo, Educação, Infra-Estrutura, e a parceria de sucesso entre o município e a Fundação Orsa, através do PROGEPI. (Fonte: SME/PMC)

Violência Sexual será tema de capacitação para educadores

Caraguatatuba - Professores da rede municipal de ensino, profissionais do PROGEPI - Programa de Gestão Pedagógica para a Infância, entidades e Conselhos Municipais estarão reunidos no dia 3 de abril, das 15h às 18h, no clube Ilha Morena, para participar da capacitação "A Construção da Rede para o Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes".
Esse 1º Módulo, de Sensibilização, é realizado pela Fundação Orsa em parceria com a Secretaria Municipal de Educação de Caraguatatuba e a Pacto São Paulo.
O evento terá a participação da secretária de Educação, Roseli Morilla Baptista dos Santos, que fará a abertura do programa juntamente com a
Coordenadora da área de Promoção Social da Fundação Orsa, Elizabete T. S. Rosa. Em seguida será realizada a palestra "A Construção da Rede para o Enfrentamento à Violência Sexual", que será conduzida pela coordenadora do Programa Respeitar, da Fundação Orsa, Linda Simone Mallak, pela representante Estadual Pacto São Paulo, Maria Gorete Vasconcelos e pelo representante da Pacto São Paulo da região do Vale do Paraíba, Marcos Valdir da Silva.
O 2º módulo do programa, no qual será realizada uma Capacitação Específica, acontecerá nos dias 23 de abril e 14 de maio, das 8h às 12h, na sede da Secretaria Municipal de Educação. Nessa segunda etapa, os mesmos palestrantes estarão reunidos com os coordenadores do PROGEPI, supervisores, diretores e professores-coordenadores da SME para a discussão do tema "Identificando os Sinais da Violência Sexual". A Secretaria Municipal de Educação fica na avenida Rio de Janeiro, 860, no Indaiá, em Caraguatatuba. (Fonte: SME/PMC)

Igreja discute a Lei 9840 - Corrupção Eleitoral

Caraguatatuba - A Diocese de Caraguatatuba se prepara para realizar o II Encontro diocesano da Pastoral Fé e Política, desta vez trazendo como tema e reflexão a Lei 9840 que trata sobre a corrupção eleitoral e os mecanismos legais de combate-la através da formação de Comitês.
O encontro acontecerá no próximo dia 30 de março, na Câmara Municipal de Caraguatatuba a partir das 8 horas e contará com a presença de Eva Turin, historiadora e coordenadora da Pastoral Universitária no Regional Sul 1 - estado de São Paulo, e do Pe. Marcio Anatoli de Souza Romeiro, coordenador do serviço de Pastoral Universitária da PUC-SP e assessor nacional da Pastoral Universitária da CNBB.
A participação é aberta a toda população, principalmente agentes comunitários, membros atuantes nas pastorais sociais da Igreja Católica, sociedades amigos de bairro, entidades organizadas, vereadores e partidos políticos. O evento é promovido pela Igreja católica, mas de cunho ecumênico, estando convidadas todas as lideranças de Igrejas cristãs.
As inscrições podem ser feitas antecipadamente na Cúria Diocesana de Caraguatatuba ou no dia e local do encontro. Há uma taxa simbólica de R$5,00. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (12) 3887.8287 ou 9142.0374. (Fonte: Diocese de Caraguatatuba)

Intercâmbio foi a melhor experiência do encontro da Avesp

Caraguatatuba - O intercâmbio de idéias e ações foi a melhor experiência que as Vereadoras de Caraguatatuba, Dalva Ricardo Santana (PPS) e Leonor Diniz Santos Ferreira (PDT), tiveram durante o 10º Encontro da Avesp (Associação das Vereadoras do Estado de São Paulo), realizado nas Câmaras de Assis e Tarumã, no interior do estado. As palestras versaram sobre Saúde e ICMS.
As Vereadoras Dalva Ricardo Santana - Profª Dalva (PPS) e Leonor Diniz Santos Ferreira - Drª Leonor (PDT), da Câmara Municipal de Caraguatatuba participaram no último final de semana, dias 22 e 23, do 10º Encontro da Avesp (Associação das Vereadoras do Estado de São Paulo), nas Câmaras de Assis e Tarumã, no interior do estado. As palestras tiveram como tema a Saúde e o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços).
Entre os 648 municípios do Estado de São Paulo, há cálculos aproximados de cerca de 8.800 Vereadores, sendo 804 somente do sexo feminino. Na Câmara de Assis compareceram apenas 16 Vereadoras das mais de 60 associadas a entidade, dentre os 30 presentes ao encontro.
A sessão foi presidida pela Diretora de Comunicação Social da Avesp, Soraia Nasser, da Câmara de Arujá. O presidente da Câmara daquela cidade, Nilton Duarte esteve presente ao evento. A anfitriã foi a Vereadora Isabel Bertogna. Os palestrantes, Ana Cláudia Aquino e Paulo Teixeira Júnior, falaram sobre a Meningite do tipo C e cirurgia para obesos.
A anfitriã também discursou e proferiu sobre o Câncer de Mama, doença que foi acometida há cerca de um ano. Já o presidente da Câmara de Assis falou sobre a discriminação sofrida pela Mulher que ocupa cargo no Legislativo e a da falta de união entre a Uvesp (União dos Vereadores do Estado de São Paulo) e a Avesp (Associação das Vereadoras do Estado de São Paulo), relacionado ao pouco caso que a APM (Associação Paulista de Municípios), tem com estas entidades.
No Expediente da entidade, feito após o debate e as perguntas dos participantes ficou decidido que o próximo tema será Comunicação e Marketing, com data agendada para 17 de maio numa Câmara do Vale do Paraíba, que será provavelmente em São José dos Campos, quando será feita juntamente a eleição da nova presidência da entidade.
Durante o Expediente as Vereadoras discutiram sobre o subsídio e gastos de viagem e diária, além de propor a criação de regionais da Avesp, para poder congregar o maior número possível de Vereadoras participantes. Antes do City Tour e do almoço pela cidade de Assis, foi proposto que a Avesp faça uma Moção, pedindo aos presidentes de Câmara uma maior colaboração para com as Vereadoras durante os encontros da Avesp.
Em Tarumã, no domingo, compareceram 16 Vereadoras, tendo como anfitriã a Parlamentar Célia Pinheiro e as presenças do presidente da Câmara, Darci Paitl e do prefeito do município, Oscar Gozi. O coral da CIEC (Centro Integrado de Educação e Cultura), de Tarumã apresentou-se durante o encontro.
A palestra no domingo versou sobre o ICMS e foi dada pelo Delegado Regional da Secretaria Estadual da Fazenda de Marília, Mauro José Alves, que explicou sobre os impostos, sua destinação e reparte entre União, Estado e Município. O advogado Aílton Vicente de Oliveira falou sobre a importância da Mulher. O encontro terminou com um almoço.
Para as Vereadoras o mais importante de tudo foi a experiência e o intercâmbio de idéias e ações. "Conhecer uma outra cidade, ver seu povo, conhecer seu dia-a-dia e problemas é uma grande experiência para um Parlamentar", disse Dalva Santana.
Leonor Diniz vê como importante conhecer outras Vereadoras e o sistema de outras cidades. "Conversei com outras Parlamentares e trocamos projetos, idéias, experiências e conhecemos uma a Câmara de outra", relata. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Comissão de Comércio ouve comerciantes da Miguel Varlez

Caraguatatuba - A Comissão de Assuntos Relevantes do Comércio, da Câmara Municipal de Caraguatatuba, esteve na manhã de hoje, terça-feira, dia 25 de março, conversando com os comerciantes da avenida Miguel Varlez, porta de entrada e saída do município. Os comerciantes fizeram abaixo-assinado protestando contra uma mudança realizada no trânsito daquela avenida.
A Comissão tem como presidente o Vereador Omar Kazon (PL) e como Relator o Parlamentar Pastor Anderson Bertoncini (PTB) e como membro Aureliano Gonçalves Pereira - AG Pereira (PTB). Acompanharam os Vereadores 3 funcionários do Legislativo.
Os comerciantes da mais movimentada avenida comercial da cidade reclamam da mudança de trânsito realizada na esquina daquela avenida com a avenida Prestes Maia. Na mudança o quarteirão no sentido bairro - centro, compreendido entre a Prestes Maia e a Benedito Francisco Oliveira teria mão única. Esta alteração trouxe problemas aos comerciantes daquele setor, que elaboraram um abaixo-assinado com mais de 100 assinaturas.
O abaixo-assinado foi a razão da visita da Comissão. Os comerciantes reclamaram de perdas de até 60% no faturamento mensal, após a alteração. Os mesmos foram unânimes em afirmar que após as mudanças, vários acidentes graves ocorreram e que não há respeito dos motoristas pelas mudanças e na preferencial, que passou a ser a avenida Prestes Maia.
Todos os comerciantes foram unânimes também em afirmar que o melhor seria o retorno do semáforo e que as mudanças deveriam ter passado por consulta aos comerciantes. As maiores reclamações foram quanto a redução do tráfego de veículos no quarteirão e a conseqüente redução nas vendas diárias. Muitos falaram que a energia da Miguel Varlez diminuiu após a duplicação da avenida da praia e que vários investimentos foram feitos, culminando com a alteração, que trouxe prejuízos. Alguns comerciantes apelidaram a mudança e o quarteirão de "Bobolândia".
A Comissão encerrou a visita visitando a sede do Ditran (Divisão Municipal de Trânsito), mas na falta do diretor Geral, o Coronel Celso Rapacci, ficou marcada uma reunião para a próxima semana, em data e horário ainda a ser definido. Para o presidente da Comissão a Miguel Varlez é uma questão fácil de ser solucionada. "Basta o Ditran colocar um agente no cruzamento ou reinstalar o semáforo e melhor ainda, retornar a mão dupla no quarteirão, para terminar com o inferno que assola estes comerciantes", disse Omar Kazon. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Nomes de rua predominam na Ordem do Dia em Caraguá

Caraguatatuba - A Ordem do Dia da 8ª Sessão Ordinária semanal, da Câmara Municipal, realizada ontem, terça-feira, dia 25 de março, terá apenas denominações de rua para discussão e votação. Boa parte dos projetos apresentados constavam na Ordem do Dia da sessão anterior.
A Sessão Ordinária semanal da Câmara de Caraguatatuba divide-se em 3 partes: Expediente, Tribuna e Ordem do Dia. Todas as sessões ordinárias tem início às 19h30 e acontecem toda terça-feira, com entrada franqueada à população.
No Expediente são lidos os projetos protocolados, seja pelo Executivo, bem como por algum Vereador, além de ofícios, Relatórios de Comissões de Assuntos Relevantes e Assuntos Diversos. Ainda no Expediente são discutidas as Moções e Requerimentos, como também ocorre, uma vez por mês, a Tribuna Livre, quando qualquer cidadão ou representante de entidade usa a Tribuna por 20 minutos para expressar-se. O Expediente dura 90 minutos.
A Tribuna dos Vereadores tem início às 21 horas e nela falam os Vereadores previamente escritos, o que, dependendo do número, pode variar o tempo de fala de cada um.
A Ordem do Dia tem início às 22h15, depois do intervalo, quando são lidas as Indicações. O período máximo da sessão é até às 24 horas e pode se estender se houver o apoio, por voto, da maioria. Na Ordem do Dia são discutidos e votados os projetos.
Na sessão desta terça, apenas denominações de rua. Valmir Gonçalves - Valmir da Colônia (PSDB) revoga a Lei 897/2000 que denomina "Praça das Crianças" no Loteamento Jardim Rio Santos, no bairro da Ponte Seca. O Vereador Aurimar Mansano (PTB) denomina "Sebastião Calixto de Souza" a atual rua 11 no Jardim Porto Novo.
O Vereador Aureliano Gonçalves Pereira - AG Pereira (PTB) altera a Lei 290/93 para corrigir a identificação da via pública denominada Jorge Burihan, nome do pai, já falecido, do Assessor de Imprensa da Prefeitura Municipal de Caraguatatuba. Finalizando, o Vereador Celso Pereira - Celsinho (PSDB), denomina rua "Thomaz Totti" o trecho da rua dos Tourinhos, com início na avenida Maria Carlota e término na rodovia Rio-Santos (BR-101), localizado no bairro do Massaguaçu. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

A Câmara de Caraguá e os números de fevereiro

Caraguatatuba - A Câmara Municipal de Caraguatatuba divulga os números de sua produção em fevereiro deste ano. Os índices se equivalem com o mesmo mês do ano passando, apresentando uma ligeira queda se comparados com 2001.
O Parlamento Municipal de Caraguatatuba produziu 140 proposituras no mês de fevereiro, assim, distribuídas: 11 Projetos de Lei; 1 Projeto de Decreto Legislativo; 3 Projetos de Resolução; 17 Requerimentos; 99 Indicações; 8 Moções e 1 Documento Diverso. É bom lembrar que no item Projeto de Lei, o mesmo pode ter a autoria do Executivo, como de algum membro do Legislativo.
Em termos de presenças, ou seja, dos contribuintes que comparecem às Sessões do Legislativo, que podem ser Ordinárias, Solenes, Extraordinárias ou de Prestação de Contas, foram registradas 150 pessoas no livro de entrada, localizado no roll do Legislativo. As maiores presenças são na Sessão de Prestação de Contas do prefeito Antonio Carlos da Silva e na Sessão Solene, para a entrega do Título de Cidadão "in-memorian", do empresário Hermann. A média mensal, com 5 sessões, foi de 30 pessoas/sessão.
As visitas na Câmara são registradas diariamente em outro livro e marcam os contribuintes que vieram ter audiências com os Vereadores. Em 18 dias úteis no mês de fevereiro, foram anotadas as visitas de 652 pessoas, com uma média diária de 36.2 pessoas/dia. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Grupo espanca rapazes em Ilhabela

Ilhabela - Dois rapazes foram agredidos por um grupo de 15 pessoas na madrugada de anteontem na saída de um clube em Ilhabela. Um estudante de 20 anos teve traumatismo craniano e outro, de 19 anos, ferimentos graves. Sete pessoas suspeitas da agressão foram identificadas pela polícia.
Segundo o delegado Vanderlei Pagliarini de Almeida Filho, as vítimas estavam saindo de um bar do clube quando foram abordadas pelo grupo. Os suspeitos estavam armados com pedaços de madeira. L.G.F. teve vários ferimentos no rosto, cabeça e costas. O primo, C.A.G., foi atingido na cabeça. Ele foi levado em estado grave para um hospital de São Paulo.
"Acreditamos que a briga tenha sido por ciúmes. As vítimas são de famílias de classe alta, possuem carro importado e estariam despertando a atenção das meninas da cidade. Os jovens poderiam ter morrido se não tivessem sido socorridos pelos seguranças do clube ", disse o delegado. (Fonte: ValeParaibano)

Secretaria de Saúde de Ilhabela compra Cardiotocógrafo

Ilhabela - O Hospital Municipal Governador Mário Covas recebeu nesta sexta, dia 21, um aparelho japonês da marca Toito de Carditocografia que será usado junto a maternidade.
Segundo o Secretário de Saúde Antonio Luiz Colucci a compra desse aparelho vem de encontro as diretrizes do Prefeito Manoel Marcos de dar prioridade a qualidade dos serviços de nossa maternidade. Colucci relatou que a maternidade de Ilhabela é a única do litoral norte que conta, a partir de agora, com esse serviço.
Anteriormente as gestantes eram encaminhadas para as cidades de Jacareí ou São José dos Campos que eram os locais mais próximos onde conta com este tipo de serviço. ”Com este aparelho a disposição de nossas gestantes, estaremos dando ao serviço melhores condições de avaliação da vitalidade dos bebês ainda dentro do útero materno, o que possibilita determinar condutas e decisões mais bem avaliadas”, afirmou o secretário.
O Cardiotocógrafo da marca Toito, é um aparelho de ultima geração, seu custo foi de R$ 25 mil reais. “É a tecnologia a serviço da saúde, que já está a serviço de nossas gestantes. Estamos trabalhando para que em curto tempo nossa maternidade conquiste o premio de Hospital Amigo da Criança sendo referencia para o litoral” disse Colucci. (Fonte: PMI)

Campeonato de Futsal de Ilhabela começa nesta quinta

Ilhabela - A Prefeitura Municipal de Ilhabela através da Diretoria de Esportes estará realizando nesta quinta-feira, dia 27 às 19h a cerimônia de abertura do III Campeonato Municipal de Futebol de Salão a se realizar no Ginásio de Esportes Gilson Gomes Pinna.
A cerimônia vai contar com a presença do prefeito Manoel Marcos, o Diretor de Esportes Luiz Carlos Nascimento, autoridades municipais além do desfile das equipes e um jogo de abertura entre o campeão de futsal do ano passado o Juventude (Itaquanduba) contra o time Armação, que acontece as 21h. (Fonte: PMI)

Atletas levam 41 horas para dar a volta em Ilhabela nadando

Ilhabela - O mau tempo durante o final de semana prejudicou a prova que foi realizada em Ilhabela. Dos 40 nadadores confirmados para compor a equipe, 10 desistiram da prova por causa das condições do mar.
A situação foi considerada tão crítica que dos 30 que concluíram a 1ª etapa da prova, 15 atletas retornaram à praia, devido à falta de experiência e enjôo. Os nadadores com vasta experiência em mar aberto, concluíram a prova com sucesso, apesar de bem acima do tempo previsto que era de até 36 horas.
Os nadadores deveriam iniciar a prova sentido Sul da Ilha, saindo da Ilha das Cabras seguindo pelas praias do Portinho, Feiticeira, até completarem o percurso. Mas esse trajeto foi alterado por orientação do Corpo de Bombeiros pois o mar estava revolto e ventava de Sul e Sudeste.
Com isso, eles seguiram nadando pelas praias da Barra Velha, Perequê, Itaquanduba até darem a volta completa na Ilha.
Toda a prova foi acompanhada por uma equipe de apoio formada pela escuna Marajó, lanchas Fenix e Belunga. Junto, também seguiu um caiaque de apoio aos nadadores, conduzido pelo campeão brasileiro de longa distância, Ari Antonio de Carvalho, que remou aproximadamente 10 horas sem parar.
Divisão - A prova foi dividida em quatro etapas, de acordo com o risco do percurso. A 1ª foi do canal de São Sebastião à Ponta das Canas onde os riscos são considerados mínimos para os nadadores; a 2ª etapa, apontada como de grande risco, foi da Ponta das Canas à Ponta Grossa – nesse trecho os nadadores já se encontram em mar aberto; a 3ª etapa foi da Ponta Grossa à Ponta do Boi, também de grande risco aos nadadores e embarcações, principalmente pelas condições que o tempo se encontrava.
Quando os nadadores estavam no meio dessa fase, entre o Farol da Ponta Grossa e o Farol do Boi, se depararam com um cardume de peixe espada. Mário Jorge Bello, organização do evento, conta que o cardume batia no bote inflável e no caiaque, “Por sorte nenhum nadador foi atingido pelo cardume”, relata Mario Bello.
Já na 4ª e última etapa, da Ponta do Boi à Ponta da Sela, os atletas foram obrigados a interromper a prova por algumas horas. A interrupção durou aproximadamente 16 horas porque a tempestade se localizava na região onde os atletas estavam nadando. Por conta disso, e sem poder nadar, eles foram levados de embarcações até a Ponta da Sela, no extremo sul da Ilha. De lá, nadaram mais 4 horas até concluírem a prova, às 11h de domingo, na Ilha das Cabras, local da partida.
Mario Fuschini, especialista em provas de fundo e campeão paulista, conta que a prova foi um sucesso, “A experiência em nadar à noite no mar revolto foi muito boa. O professor Mário Bello nos passou muita segurança, fazendo com que nadássemos sempre a favor da correnteza”.
Sem kits - Como o tempo estava muito ruim, a equipe de apoio não conseguiu parar em todas as comunidades tradicionais, como estava previsto, para entregar os kits comemorativos. A única parada aconteceu na praia do Saco do Sombrio, local considerado de abrigo para as embarcações. Toda a equipe pernoitou lá de sábado para domingo.
Amanhã a Prefeitura de Ilhabela, com a organização do diretor de Saúde Marcio Tenório, inicia a entrega dos kits, por terra, na praia de Castelhanos, e por mar, nas outras comunidades ao redor da Ilha.
Após esse evento, já estão surgindo novas idéias por parte da organização. “Há a possibilidade de darmos a volta na Ilha de Búzios e na Ilha de Vitória”, conta Mario Bello.
A idéia seria uma prova que durasse das 6h às 17h, ou seja, os nadadores nadariam somente no período diurno, com o objetivo de conhecer a região. (Fonte: Imprensa Livre)

Definida a equipe brasileira de Vela para as Olimpíadas de 2004

Ilhabela - A equipe permanente de Vela Olímpica (EPVO) que irá representar o Brasil nos campeonatos internacionais em 2003 e nos Jogos Olímpicos de Atenas em 2004, já esta formada.
Confirmando seu favoritismo, a dupla Torben Grael e Marcelo Ferreira, venceu a Pré-Olímpica de Vela na classe Star.
Os atuais vice-campeões mundiais e medalhistas de bronze em Sydney/2000, atuais vice-campeões mundiais e medalhistas de bronze em Sydney/2000, venceram as duas regatas que disputaram e conquistaram o título com 10 pontos perdidos.
A segunda colocação do campeonato ficou com Alan Adler (campeão mundial de Star em 1989) e Ricardo Ermel, com 24 pontos perdidos.
Robert Scheidt e Bruno Prada terminaram a Semana Pré-Olímpica na terceira colocação. No último dia de competição, eles chegaram duas vezes na quinta posição e uma na quarta e terminaram com 25 pontos perdidos (já com o descarte).
Na classe Finn, João Signorini venceu 7 das 9 regatas competidas e ficou com o primeiro lugar na Pré-Olímpica e mantém a primeira posição na EPVO. Disputando a segunda vaga, Jorge Zarif e Maurício Bueno protagoni-zaram uma das mais bonitas decisões do campeonato.
Com 18 pontos cada, o desempate foi feito com base nos melhores resultados. Vitória de Zarif que assume o lugar de Maurício na EPVO 2003.
Em busca das vagas - Antes de sonhar com os Jogos Olímpicos, algumas equipes terão um trabalho ainda mais importante em 2003, conquistar o direito do Brasil de participar da competição.
É o que acontece nas classes Tornado, 49er, 470 masculino e feminino e Prancha a Vela feminino onde o país ainda não tem a vaga garantida.
Segundo Nina Castro, da Federação Brasileira, ainda resta uma chance, caso a equipe conquiste um bom resultado no Mondo Vela, uma competição que reúne, em setembro, todas classes olímpicas para a realização de um único campeonato mundial.
Sete brasileiros rumo a Portugal -
Sete velejadores conquistaram o direito de representar o país na Copa Mundial da Juventude que acontece na Ilha da Madeira, em Portugal, em julho deste ano. São eles: classe 420 masculino, Thomas Summer e Mark Pineda, 420 feminino l Natália Hessel e Gabriela Bieckarc, Prancha a Vela masculino: Fernando Sâmara Pasqualin, Laser Radial: Odile Ginaid e Laser Standart masculino, Eduardo Couto.
O sebastianense Johny Atallah foi o vice-campeão na classe Laser Standart vencendo o terceiro colocado, o paulista Marcelo Bellotti por três pontos de diferença.
O último dia de regata (sábado) foi o mais disputado para Atallah que precisava ganhar de Bellotti e conseguiu venceu as três regatas do dia.
O campeão Eduardo Couto, do Rio de Janeiro, descartou a última regata e o sebastianense chegou em 1º, com ventos vindos de sudoeste e rajadas de ventos de 13 a 14 nós.
“O local da última regata (próximo ao Pontal da Cruz, no meio do Canal) me favoreceu porque foi onde eu treinei. Não consegui a vaga porque o Eduardo é muito experiente, mas essa disputa acirrada me ajudou a evoluir, foi uma ótima experiência”, disse Johny Atallah que é patrocinado pela Prefeitura de São Sebastião, Colégio Anglo e pelos dentistas André Tarcha e Davi Benedetti.
Outro velejador da equipe da prefeitura, Ubiratãn Mattos e Márcio Cruz, da Bahia, foram os 7ºs colocados na Classe Star.
Ilhabela - Oito velejadores da Ilhabela participaram da Semana Pré-Olímpica e Copa da Juventude com boas colocações.
A dupla Thiago Rodrigues Reis e Eduardo Matheus ficou em 3º lugar na Classe 420 pela Copa da Juventude.
Pela 470, a dupla José Vicente Mello Monteiro e Caio Teisen ficou na 9ª colocação.
O diretor de Esportes Náuticos da Ilha, José Roberto de Jesus e Pablo Noblaine ficaram na 4ª posição pela Classe Tornado.
Na Laser Standart, Luiz Roberto dos Santos foi o 8º e Rodrigo Carlucci da Luz ficou na 9ª colocação. (Fonte: Imprensa Livre)

São Sebastião sedia reunião sobre dengue

São Sebastião - O encontro regional sobre a dengue no Litoral Norte vai ser realizado amanhã, às 9h, em São Sebastião. O evento vai reunir representantes da DIR (Divisão Regional de Saúde) da região e secretários de saúde do litoral.
Segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura de São Sebastião, durante o evento serão discutidos os números de casos positivos e suspeitos de dengue do ano e as acões para combater o mosquito Aedes aegypti, transmissor da doença.
O encontro será no Teatro Municipal, localizado na avenida da Praia, no Centro. A entrada é franca.
O Litoral Norte registrou este ano cinco casos positivos de dengue. Em São Sebastião foram três casos autóctones, o maior número da região.
No ano passado, a cidade teve o maior índice de pacientes do litoral, com 972 casos positivos. Em Ilhabela, a Secretaria da Saúde confirmou um caso autóctone e Ubatuba um importado. (Fonte: ValeParaibano)

São Sebastião é o município mais atingido pelas chuvas na região

São Sebastião - Das cidades do Litoral Norte, São Sebastião foi a mais castigada pelas chuvas do fim de semana. Com um número excessivo de ocorrências, o município registrou desliza-mentos de terra, quedas de árvores, diversos pontos de alagamento e acidentes envolvendo veículos. Conforme informação da Defesa Civil foram 63 ocorrências em cinco horas de chuva. Os bairros mais atingidos foram Maresias e Boiçucanga, na Costa Sul, Morro do Abrigo, Itatinga, Topolândia, região central, e Canto do Mar, na Costa Norte.
A principal dificuldade foi atender às ocorrências, espalhadas pela cidade. Émerson Ramos, chefe da Defesa Civil do município, informou que algumas famílias foram retiradas de suas casas, por precaução, e encaminhadas a casas de familiares.
Em Maresias, na avenida Francisco Loup (rodovia Rio Santos), alguns buracos se formaram por causa da chuva, prejudicando a passagem dos veículos. Até o fechamento da edição, o DER (Departamento de Estradas de Rodagens) não tinha informações sobre uma possível operação tapa-buracos.
Em Caraguatatuba foram registrados alagamentos nos bairros do Perequê-Mirim e no Morro do Algodão. Duas famílias foram retiradas desses bairros e encaminhadas ao Centro Esportivo do Bairro do Perequê, mas uma não poderá voltar para casa. A Defesa Civil informou que está agilizando, junto à Promoção Social, a obtenção de uma nova casa para a família.
Ilhabela - A ocorrência mais grave em Ilhabela foi a queda de uma árvore da rua Alzira Siqueira Realy, no Centro. Segundo informação do pescador aposentado Ruy Gonçalves Pereira, o telhado de sua casa foi destruído e ele perdeu TV, DVD e antena parabólica. “Na hora que caiu, meus vizinhos é que vieram me socorrer, depois eu chamei a Defesa Civil.”
Klaus Bruder, presidente da coordenadoria municipal da Defesa Civil, informou que na sexta-feira a cidade registrou 109 milímetros de chuva, mas que a equipe está apenas monitorando as áreas de risco porque nos últimos três dias não foi registrado volume de água suficiente para mudar para o nível de atenção.
Já em Ubatuba, apesar da violência da chuva, não houve ocorrências mais graves. Segundo a Defesa Civil da cidade, nem quedas de árvores foram registradas. Ontem, a equipe permanecia apenas fazendo monitoramento das áreas de risco.
Previsão - De acordo com o CPTEC (Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos) a previsão para os próximos dias é de nuvens com chuvas fracas. (Fonte: Imprensa Livre)

Itatinga é castigado pela chuva

São Sebastião - O bairro do Itatinga, na região central de São Sebastião, está sofrendo com as chuvas que têm castigado a cidade. Depois da tempestade da última sexta-feira os moradores da travessa Karen Riela Marmo não sabem mais a quem recorrer.
Uma fenda se abriu por toda a passagem e as pessoas têm de utilizar os cantos que ainda estão firmes. Cansados de pedir ajuda aos vereadores, há seis anos os moradores esperam por uma solução.
“Nós não temos esgoto, não temos iluminação na rua e o caminhão de compras não sobe”, reclamou a moradora Neusa Aparecida Rodrigues, que esteve na Câmara há duas semanas solicitando ajuda ao vereador Erwin Mota, e diz ter conseguido apenas um pedido de paciência do parlamentar.
Quem não acredita mais nas promessas é a moradora Elisangela Vieira Rodrigues. “Já vieram dois vereadores: o Mota e o Marcos Fully. Os dois estiveram aqui no ano da eleição e não voltaram mais.”
O vereador Fully confirmou que esteve na rua e que já solicitou melhorias para o bairro. “Eu estive e tenho estado em várias ruas do Itatinga. Só que o poder de fazer está nas mãos do prefeito.” Da mesma forma, o vereador Mota explicou que já há um pedido de melhoria para o Itatinga, mas que não depende dele. “Agora depende da boa vontade do Executivo.”
Elisangela ressaltou que não se incomodaria de pagar imposto se a rua fosse arrumada. Ela explicou que além dos buracos e da lama, o pouco esgoto que existe nas casas foi feito de forma irregular. “O nosso esgoto cai na rua Nilson Soares de Lima e o pessoal lá embaixo está reclamando porque as galerias estão abertas.”
Outro problema causado pela chuva foi sanado pelos próprios moradores há cerca de quatro anos. A pedido da Defesa Civil, os vizinhos da rua se uniram e trocaram os postes de madeira por outros padronizados. A água que descia pela rua nos dias de chuva estava derrubando os antigos postes e colocando a vida das pessoas em risco.
Apesar do esforço dos moradores nada mais foi feito e agora, eles estão preocupados com a possibilidade da chuva arrastar os novos postes.
A rua Karen Riela Marmo tem dez casas e cerca de trinta moradores.
As crianças são as principais prejudicadas porque além de não terem uma área para brincar, não podem ir à escola em dias de chuva. Como aconteceu na sexta-feira, resumiu Elisangela, “ninguém desceu e ninguém subiu”.
Rua Antonio Tenório - Outra rua prejudicada com as chuvas foi a Antonio Tenório. Devido a uma galeria que está aberta há dois meses, a sujeira em excesso fez com que um buraco se abrisse próximo à calçada na sexta-feira passada.
Segundo o morador Paulo da Silva Alves, uma criança caiu no buraco e sofreu arranhões pelo corpo. “É descaso com a população. Esse serviço, se ficar em R$ 30 mil é muito”
Além do buraco na rua, um esgoto corre a céu aberto causando odor desagradável aos moradores. (Fonte: Imprensa Livre)

Câmara discute separação da Costa Sul e muda horário de sessões

São Sebastião - A Câmara de São Sebastião aprovou ontem, por unanimidade de votos, o Projeto de Resolução 03/2003, que altera o dia e horário das sessões ordinárias. Elas deixam de ser realizadas às segundas-feiras, às 17h, passando para terças-feiras, a partir das 10h.
Durante a votação do projeto que altera a data e horários das sessões, o vereador Wagner Teixeira defendeu proposta para a realização de uma das sessões mensais na Costa Sul. Ele comentou que a medida é importante para que a comunidade se familiarize com as sessões a fim de estar preparada numa eventual emancipação político-administrativa desta área.
Wagner é favorável à emancipação da Costa Sul, assunto antigo, por considerar que a distância do centro da cidade, onde está a prefeitura, dificulta o governo. Ainda na sessão, o presidente da Câmara, também disse ser fiel defensor da emancipação.
“Sou completamente favorável”, disse o presidente, acrescentando “é inaceitável que um vereador precise percorrer 90 quilômetros para chegar a Boracéia”, disse referindo-se ao último bairro ao sul da cidade.
Segundo Leopoldino, a emancipação possibilitaria um melhor governo em todos aspectos. “Estou pronto para isto”, respondeu, quanto a iniciar um novo movimento separatista.
O vereador Sérgio Pereira de Souza é totalmente contrário à emancipação da Costa Sul. “A questão é somente administrativa”. Ele diz que os problemas relacionados à distância podem ser resolvidos com uma estrutura bem organizada e autônoma na Costa Sul.
"Imagine. Com a emancipação teríamos outra Câmara, outra prefeitura, isto é absurdo, quando o correto é enxugar a máquina administrativa”, completou.
Pereira defende a necessidade de mais representantes da Costa Sul na Câmara. “A Costa Sul tem condição de eleger para isto”.
“Gracinha” - O vereador Carlos Antonio de Souza Borba, durante a discussão do projeto de mudança de horário das sessões, disse que votaria contra, mas no momento da votação ficou sentado, o que significa aprovação, e o presidente da Câmara, Marcos Aurélio Leopoldino, anunciou a aprovação unânime. “Vale o que eu disse”, falou Borba.
Antes da votação, Borba disse que votaria contra porque, com a mudança de horário, a maioria dos munícipes ficaria impedida de assistir as sessões. Ele explicou que recebeu reclamações a este respeito.
Irritado, o presidente da Câmara disse que Borba havia concordado com a proposta. “Agora, porque há três ou quatro munícipes contra, o senhor vem dizer que é contra; não é justo com os demais vereadores”, completou Leopoldino, sugerindo que Borba estaria fazendo “gracinha”.
Leopoldino garantiu que a alteração do horário das sessões não é definitiva. Segundo ele, se a experiência não der certo, será retomado o início das sessões às 17h.
Borba, também irritado, disse que não “fez gracinha”. Declarou que mudou de idéia e que sua posição tem de ser respeitada. Ele quer que o presidente da Câmara se retrate sobre a “gracinha”.
Conforme Leopoldino, há dificuldade para a realização das sessões às segundas-feiras, logo após do fim de semana, em razão da elaboração do expediente. Ele disse que, a cada segunda-feira, ocorre “atropelamento”, em razão da pressa. (Fonte: Imprensa Livre)

Judoca de São Sebastião conquista o Campeonato Brasileiro

São Sebastião - A atleta da equipe de treinamento de São Sebastião Rogéria Cozendey da Silva sagrou-se campeã brasileira de judô na categoria pesado, no Campeonato Brasileiro Super Máster de Katas, disputado em Araraquara no final de semana.
Segundo o técnico da equipe, o professor Uátila Ferreira, a judoca teve sorte porque saiu sozinha na chave e disputou apenas uma luta contra uma atleta de Brasília, e ao vencer conquistou o título.
Na luta da vitória, Rogéria derrubou a adversária com um Sassae – golpe de perna – e finalizou com uma mobilização.
“Essa foi minha primeira luta do ano após ter ficado um tempo sem treinar, fui receosa, não sabia como estava”, disse a campeã brasileira.
Com a conquista do Brasileiro, a judoca sebastianense garantiu uma vaga para o Mundial de Judô que será realizado em Tókio, no Japão, em junho.
“A Rogéria está se recuperando de um problema de saúde e sua condição física e técnica está evoluindo a cada dia; ela não estava 100% nesta competição, mas até o mundial vai estar preparada”, disse o técnico.
Outro possível nome para compor a equipe brasileira é o técnico de São Sebastião Uátila Ferreira na categoria meio pesado. Em Araraquara ele foi o 4º colocado, na disputa pelo bronze perdeu por uma pontuação mínima. “Nesta competição o tempo de luta estava inferior ao habitual, normalmente são cinco minutos e estávamos lutando em três minutos, foi muito rápido.”
O judoca Alessandro Vicente não conseguiu classificação.
Nesta quinta-feira, a equipe de treinamento viaja para Santos para treinar na Associação Rogério Sampaio de Judô e neste domingo eles irão para São José dos Campos para participar do Campeonato Jarbas Dias Ferreira, organizado pela Federação Paulista de Judô.
Os judocas de São Sebastião não param por aí. No dia 6 de abril acontece na cidade o Campeonato Regional, no Ginásio de Esportes José de Souza Gringo, para todas as categorias e todas as classes com o objetivo de incentivar o judô e difundir o esporte. Este evento será realizado pela prefeitura juntamente com a Federação Paulista com a supervisão do professor Uátila Ferreira e Rogéria Cozendey da Silva.
“Temos o apoio da prefeitura, precisamos de mais apoio dos empresários da cidade para ajudar a difundir o judô”, finalizou Rogéria. (Fonte: Imprensa Livre)

Armas roubadas do Fórum são encontradas em Ubatuba

Ubatuba - A Polícia Civil de Ubatuba prendeu na manhã de ontem quatro armas que podem ter sido furtadas do Fórum da cidade no último dia 18. Uma pistola 380 e três arpões usados para pesca submarina foram encontrados em uma casa no bairro da Pedreira.
A operação especial montada para localizar as 300 armas furtadas do Fórum está tendo o apoio do Deic (Departamento de Investigação sobre Crime Organizado) desde sexta-feira.
Segundo o delegado responsável pelo caso, José Eduardo Cembranelli, quatro pessoas, incluindo um menor, foram presas no local. A polícia encontrou ainda uma pistola 635, uma espingarda, cinco pedras de crack e 250 gramas de maconha. Ele afirmou que as armas serão comparadas com as demais registradas pelo Fórum. "Esse é o primeiro passo para a identificação de outros envolvidos."
O desempregado Leopoldo Ferreira Moura, 27 anos, Frederico Mariano Pinto, 20 anos, e Maria Francisca Romano, 20 anos, são suspeitos de tráfico de drogas, porte ilegal de armas e formação de quadrilha. O menor W.S., 16 anos, será encaminhado à Vara da Infância e do Adolescente. Moura era procurado da Justiça e tinha antecedentes criminais por tráfico e furto.
O investigador do Deic, Marcos Antônio Silva, disse que um dos suspeitos teria revelado que comprou a arma, mas as informações seriam passadas somente em juízo. (Fonte: ValeParaibano)

Avenida Iperoig será transformada em mão única após reurbanização

Ubatuba - A Prefeitura de Ubatuba anunciou esta semana as obras de reurbanização na avenida Iperoig, um dos locais de maior concentração de veículos e pedestres da região central da cidade. A principal alteração será em sua transformação em mão única.
Estão previstos também o aumento na área de estacionamento e passeio, além de modificações urbanísticas e paisagísticas.
A mudança com relação ao trânsito é a transformação em mão única que, de acordo com a prefeitura, facilitará o fluxo, tanto de veículos como de pedestres.
Para realização das obras, a prefeitura receberá uma verba do DADE (Departamento de Apoio e Desenvolvimento das Estâncias), estimada em R$ 1,9 milhão e será o único investimento do órgão para a cidade neste ano.
O projeto de reurbanização da avenida está sendo elaborado por uma equipe da Secretaria de Arquitetura e Urbanismo e já foi debatido no Legislativo da cidade.
A intenção do projeto é de que a avenida se torne um dos cartões postais da cidade.
Construção de pontes - A Defesa Civil do Estado liberou uma verba de R$ 278 mil para a construção de duas pontes na cidade: uma no bairro da Ressaca, na região central e outra na Maranduba, região sul.
A primeira, com 20 metros de comprimento, será construída no bairro da Ressaca, com um custo de R$ 120 mil.
Já a segunda ponte será construída no loteamento Maranduba, terá 27 metros de comprimento e um custo de R$ 158 mil.
As pontes servirão para melhorar o fluxo de veículos e pedestres. Um delas já estava desativada por apresentar problemas de estrutura. (Fonte: Imprensa Livre)

Conseg de Ubatuba quer associação para assinar convênio com a prefeitura

Ubatuba - O Conseg (Conselho Comunitário de Segurança) de Ubatuba deverá criar nos próximos meses uma associação de amigos do órgão.
A intenção desse projeto seria realizar um convênio com a prefeitura da cidade, visando melhorias na área de segurança do município.
O convênio só pode ser feito quando a entidade possui o CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica).
O Conseg foi reativado há alguns meses e é formado por cinco membros: Mohamad Ramadan El Ali, Luís Bischof, Rogério Frediani, Fábio Lamounier e Celso Rocha.
De acordo com o presidente do Conseg, Mohamad Ali, a filosofia do órgão é firmar convênios com a sociedade civil organizada e principalmente com a prefeitura.
“Queremos estabelecer parcerias na cidade e, com isso, investir na segurança. Estivemos reunidos há algumas semanas com o secretário de Segurança Pública do Estado, Saulo de Castro Abreu Filho, e fizemos algumas reivindicações em prol da segurança do município”, conta.
Na visita do governador Geraldo Alckmin, no último dia 9, foram entregues em Ubatuba três viaturas da polícia que ficarão responsáveis pelas rondas escolares.
Uma das reivindicações dos membros do Conseg ao Governo do Estado é o complemento do efetivo fixado para Ubatuba
“Temos conhecimento que o efetivo está defasado em aproximadamente 15 policiais. Precisamos, no mínimo, completar este número, sendo que o ideal ainda seria um aumento no efetivo fixado.”
Ele ressalta ainda que há mais de 10 anos esse número não é alterado, enquanto a população cresceu cerca de três vezes neste período, sem contar os turistas que o município recebe nos períodos de férias de verão e finais de semanas prolongados.”
Outras reivindicações em relação à segurança foram com relação a equipamentos de informática e de comunicação; melhora na qualidade da frota; viaturas para transporte de presos; reposição de viaturas; aumento no número de escrivães; implementação da criação do Distrito Policial; equipamentos de informática e a última, umas das mais discutidas, foi a criação de uma Delegacia Participativa.
“Diante do atendimento diferenciado da Delegacia Participativa, julgamos sua instalação indispensável em Ubatuba por ser uma unidade moderna, com mais conforto e melhor preparada para o atendimento das ocorrências diversas, possibilitando a separação, no plantão, do atendimento de crimes mais violentos daqueles menos graves.”
Segundo ele, Ubatuba tem hoje um número muito elevado de ocorrências comparada com outras cidades da região e por tratar-se de uma estância turística, que recebe pessoas de toda parte do mundo e de todas as classes sociais, a instalação de uma Delegacia Participativa passa a ser muito importante para o atendimento das ocorrências. (Fonte: Imprensa Livre)

Empresa informa sobre exploração de petróleo

Ubatuba - A empresa Hidrosfera Oceanografia e Meio Ambiente estará apresentando no próximo dia 14 de abril, segunda-feira, na sala de reuniões da Secretaria da Educação da Prefeitura de Ubatuba, um painel com as informações sobre as atividades de perfuração da Bacia de Santos pela empresa El Paso. De acordo com a Hidrosfera, o esclarecimento das atividades de exploração de petróleo faz parte da Implementação de Programas Ambientais propostos no relatório de Controle Ambiental (RCA), em atendimento ao processo de licenciamento da atividade de perfuração marítima no bloco BS-1 (Bacia de Santos) sob responsabilidade da El Paso do Brasil Ltda. A reunião permitirá a população tomar conhecimento das reais perspectivas das nova atividades com relação a perfuração na Bacia de Santos e as consequências para o meio ambiente e a economia do município de Ubatuba. (Fonte: ACS-PMU)

Câmara discute projeto para modificação da Lei de Uso do Solo

Ubatuba - O projeto para modificação da Lei de Uso do Solo começou a ser discutido pela Câmara Municipal. Assim como havia sido anunciado, os profissionais responsáveis pela elaboração do projeto participaram da audiência pública realizada na última sexta-feira, dia 14, para apresentar a proposta, tirar dúvidas dos presentes e discutir possíveis alterações.
Logo no início, os arquitetos Renato Nunes e Gilmar Rocha (que agora é também secretário de Arquitetura e Urbanismo) fizeram a apresentação do projeto.
Em seguida, foi aberta a palavra aos vereadores, que questionaram a forma como a lei estava sendo apresentada. O vereador Gerson de Oliveira foi um dos que mais questionaram o fato de a lei ser complexa, com muitos termos técnicos, o que, segundo ele, dificultava para os que não eram profissionais da área o seu entendimento.
Neste momento, foi perguntado pelo presidente da Câmara, Rogério Frediani, sobre quantos dos presentes à audiência tinham lido o projeto, que há meses está à disposição pela Internet, na página da casa de leis. Dentre os quase 50 presentes, menos da metade disse ter tido contato com a proposta. Inclusive o secretário de Meio ambiente, Virgílio Barroso, quando fez uso da palavra afirmou não ter conhecimento do teor do projeto.
Diante da posição dos presentes, Frediani decidiu deixar uma cópia à disposição dos interessados, que arcariam com o custo da impressão.
O vereador Domingos dos Santos foi o primeiro a levantar questões sobre o que está sendo proposto, como a que envolve os núcleos quilombolas existentes no município.
Ao abrir a discussão para o público - cuja maioria era de profissionais das áreas de arquitetura e engenharia - começaram a ser questionados itens técnicos como a divisão do município nos vários setores geográficos, como penínsulas, sertões e orla.
Os valores de áreas de recuo, altura de edificações e de percentual de preservação foram criticados.
A questão saneamento também foi discutida, no momento em que o secretário de Meio Ambiente solicitou informações sobre a forma como o assunto foi tratado pela comissão.
Ao final da discussão, ficou proposta uma nova audiência pública, marcada para o dia quatro de abril, às 18h, quando o grupo deverá contar com os demais membros da comissão - Flávio Malta e Luis Carlos Gostifritz - e apresentar novamente o projeto. Desta vez, porém, para facilitar o entendimento, transparências e recursos audiovisuais serão utilizados, já que muitos são os quadros e tabelas propostos, considerados de difícil compreensão.
Preocupação
Como já era previsto pela própria equipe que elaborou o projeto que está sendo avaliado pela Câmara, profissionais das áreas da construção civil e imobiliária estão preocupados com as restrições apresentadas pela equipe. Na opinião de alguns profissionais, o mercado quebraria se todas as normas estipuladas fossem aprovadas.
Alguns arquitetos ouvidos pela A Semana, que pediram para não serem identificados, reclamaram da mudança de zoneamento em locais específicos, onde, segundo eles, já existe um trabalho voltado à preservação do meio ambiente. É o caso dos loteamentos localizados na praia Vermelha do Sul, que são tidos como exemplos de urbanismo e paisagismo.
Uma das maiores reclamações é sobre os percentuais de área preservada, levando-se em conta o tamanho do terreno onde haverá uma construção. Por exemplo: segundo o projeto, há lugares onde um terreno de mil metros quadrados poderia, pela legislação atual, ter 40% da área construída, ou seja, uma obra de 400 metros quadrados. Já pelo novo projeto, a área de ocupação, em alguns casos, poderá ser de apenas 15%, ou 150 metros quadrados, o que para muitos irá inviabilizar o investimento e conseqüentemente o mercado.
Para discutir melhor o assunto, a Rádio Costa Azul, por meio do programa Espaço Aberto - que vai ao ar das 13h às 14h - irá abordar a questão nesta quinta-feira, dia 20, com a participação do arquiteto Renato Nunes e na sexta-feira, com a presença do presidente da Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Ubatuba, Mauro Bezerra. (Fonte: Jornal A Semana)

Eleições da ACIU: quem será o presidente?

Ubatuba - Hoje, dia 26, das 14h às 18h, serão realizadas as eleições para a escolha da nova diretoria da ACIU (Associação Comercial e Industrial de Ubatuba). Concorrem ao cargo de presidente, Josias Baltazar Nunes Sabóia - o Jija - e Dalva Maria dos Santos, já que Paulo Rico acabou não se inscrevendo como havia anunciado.
Ele preferiu concorrer ao cargo de conselheiro. Neste caso, são quatorze candidatos para sete vagas. A maior parte deles foi inscrita por Dalva, enquanto Jija só apresentou um candidato a conselheiro. A explicação é simples: Jija sabe que o postulante ao conselho pode se inscrever em separado.
Até hoje, a ACIU não realizou eleição para conselheiro. Esta será a primeira vez, numa tentativa da candidata de tentar amarrar os votos, pois com a inscrição de várias pessoas, há por parte delas um certo comprometimento com determinado candidato.
No entanto, é preciso lembrar que não importa quem ganhe a eleição para presidente, os conselheiros serão os mesmos. Jija ainda salienta que a coisa mais difícil que existe na ACIU é a convocação de conselheiros para as reuniões de diretoria. Na realidade, isto não ocorre, pois os conselheiros são consultados, no máximo, em separado.

Desenvolvimento - A Associação cresceu muito nos últimos anos e virou uma vitrine, motivo pelo qual muitas pessoas querem tomar partido. Há pouco mais de quatro anos, quando se falava em ACIU, ninguém queria saber. O único que brigava por mudanças era o saudoso Ney da Farmácia, que, muitas vezes, não concordando com uma entidade fechada montou chapa para concorrer à presidência.
Em nossa administração, diz Jija, abrimos a entidade e investimos como nunca em estrutura visto que ela sequer possuía cadeiras suficientes para receber a diretoria. Hoje, a ACIU possui uma grande sede graças à nossa diretoria.
“Nós abrimos a ACIU como nunca, pois cansamos de ouvir pelas ruas as pessoas falando que a Associação não passava de uma panelinha. Conseguimos, em dois anos, acabar com este conceito equivocado. Também fomos responsáveis pela volta do Super Surf à cidade; pela parceria com a TV Band Vale; pelo réveillon de três dias e o carnaval de 12 dais. Mantivemos contatos com vários deputados, de vários partidos, reivindicando melhorias para a cidade. Foram mantidas parcerias de mão dupla com a prefeitura, Fundart, Sindicato de Hotéis e Comtur, entre outros. Hoje, o que vemos é uma parceria de mão única, quando só a ACIU banca tudo. Motivo que a impede de conseguir investir na sua principal finalidade, que é beneficiar os comerciantes da cidade.
Na eleição passada já houve uma interferência do Prefeito na ACIU e não concorremos à reeleição. Desta vez, estamos vendo o filme se repetir, mas não ficaremos de fora da disputa.
A outra chapa tem falado pela cidade que arrumaram a casa e pagaram dívidas da diretoria anterior, o que não é verdade, pois entregamos a ACIU devendo apenas à Unimed. Dívida que teria de ser negociada, já que parte dela era decorrência de usuários que se utilizavam de forma equivocada dos serviços Unimed.
Vale lembrar que quando recebemos a ACIU, ela devia prestações de carro gol; prestação de todas as maquina de xérox. Quando entregamos, ela tinha uma parati zero, quitada; além de quitarmos as máquinas de xérox, além da aquisição de outras três máquinas.
Investimos na reforma da sede quase R$ 56 mil e aumentamos o patrimônio da entidade em mais de R$ 76 mil, fora as despesas do dia-a-dia, o que nos leva a entender que fizemos um ótimo trabalho à frente da entidade.
Queremos voltar, terminar o salão que nestes dois anos não recebeu grandes melhorias; investir na estrutura para o sócio; ativar novamente o departamento de cobrança entidade; ampliar o convênio médico. Ressaltamos que o que foi feito de bom pela atual diretoria será implementado. Iremos, ainda, incrementar um cartão de desconto para os sócios; ampliar as parcerias com todas as entidades da cidade; voltar a ser o melhor parceiro do Sebrae no Litoral Norte, diminuir novamente a distância entre nossa entidade e as outras co-irmãs do Litoral e Vale. Voltaremos a cobrar dos deputados ajuda para nossa cidade, além de abrir novamente a ACIU para todos os sócios. Entendemos que o associado não tem de ser recebido no balcão e, sim, dentro da entidade. Ele precisa saber o que ocorre com a ACIU.
Quando assumimos a presidência, a entidade contava com pouco mais de 400 sócios e chegamos ao pico de 565 sócios. Atualmente, ela conta com 598 associados, de acordo com a própria listagem emitida pela entidade, dos quais quase 500 estão aptos a votar.
Vamos voltar a fazer com que ela cresça, e, para isto, conto com o voto de cada sócio e, o mais importante, com sua participação e apoio”, explicou Jija.

Chapa de inscrição a eleição da Diretoria Executiva da ACIU:
Presidente - Josias Sabóia (Jija) - Jija Auto Posto
1º Vice-presidente - Jean Carlo Silva - Foto Avenida
2º Vice-presidente - Djalma Sabóia - Djalma Auto Peças
3º Vice-presidente - Ciro Martins - Gráfica São Lourenço
1º Secretário - Décio Merlino - Supermercado Uba-Oba
2º Secretário - Sergio Soares - Victor Moda Jovem
1º Tesoureiro - Rodrigo Lima - Center Tudo
2º Tesoureiro - José Soares - Construcenter
Diretor Social - Mônica Soares - Rei do Camarão
Diretor SCPC - José Americano - Americano Imóveis
Diretor Relações Públicas - Luciana Plácido - F.H.C.P
Diretor Patrimônio - Fernanda Lopes - Tachão de Ubatuba (Fonte: Jornal A Semana)

Motociclistas fazem mutirão de limpeza no Ubatumirim

Ubatuba - Preocupados com as questões ambientais, os membros do Moto Clube Cruz de Ferro realizaram um grande mutirão de limpeza na praia do Ubatumirim, entre os dias 15 e 16 de março. A atividade reeditou ações semelhantes que haviam sido realizadas em anos anteriores, sempre com grande sucesso. Pelo menos 12 pessoas participaram do trabalho de limpeza, denominado Operação Praia Limpa.
O grupo contou com o apoio da empresa Sanepav, que presta serviços para a prefeitura e enviou ao local um caminhão para recolher o lixo que foi retirado e ensacado pelos membros do Cruz de Ferro. Segundo os responsáveis pelo trabalho, não foi possível fazer a pesagem do lixo, mas a quantidade recolhida foi suficiente para encher a caçamba do caminhão, o que deixa claro se tratar de uma grande quantidade.
A ação realizada no Ubatumirim é apenas uma demonstração da preocupação que o Moto Clube possui com a manutenção das praias do município.
Por causa disso, o grupo faz um apelo aos freqüentadores das mais diversas praias do município, para que recolham o lixo que produzirem enquanto estiverem se divertindo. Levar o lixo embora, sem deixá-lo espalhado é um apelo que eles fazem a munícipes e turistas. “O Cruz de Ferro lembra às pessoas que costumam freqüentar as praias que, ao ir embora, levem o lixo gerado a uma lixeira próxima e não jogue na faixa que divide a praia da areia”, diz texto divulgado pelo Moto Clube. (Fonte: Jornal A Semana)

Carta do Leitor

Descaso Massaguaçu - Me solidariso com o Sr. Augusto Lopes, em sua carta sobre o bairro Massaguaçu, esta realmente deploravel este bairro, até o pouco asfalto que fizeram não faz muito tempo, devido a sua baixa qualidade já acabou. Vmos lá srs. vereadores, verifiquem vocês mesmo, ou sera que nunca vai terminar esta maldita politica que so aparecem para pedir voto!

Mauro Lopes
Caraguatatuba, SP


Caraguá: Prefeito não conhece a cidade que administra - Não é possível tomar conhecimento e ficar passivo diante da matéria publicada em 26/03/03 que informa sobre reunião entre o presidente da Cetesb e o Prefeito de Caraguá. Atribui-se ao Sr Antonio Carlos a lembrança de ser a cidade a única da região que não possui pier ou marina. Que seria então a empresa Yate Clube Martim de Sá, nessa mesma praia? Que tipo de empresas seriam todas aquelas que operam em Porto Novo às margens do rio Juqueriquerê? E a própria Náutica Camaroeiro? E as marinas da Tabatinga que fundeiam barcos em solo urbano? Todas guardam e consertam barcos. Todas fazem registros sobre saídas ao mar e tripulação. Todas exploram os recursos naturais de nossa região e todas cobram pelos serviços que prestam.
Vamos convidar o Sr Rubens Lara para conhecer Caraguá e constatar com seus próprios olhos a degradação ambiental provocada por empresas que operam sem licenciamento, sem autorização do Ibama, geram alta carga de poluição, contaminam nossos recursos naturais, reduzem as possibilidades de implementação do turismo sustentado e que nem o prefeito da cidade conhece.

Cesar Guerardi
Caraguatatuba, SP


Qualidade no Atendimento - Srs. Emilio Campi, Jorge Washington de Camargo. Admiro o conteúdo do Editorial do Litoral Virtual e fico ainda mais satisfeito sabendo do infinito poder de alcance deste meio de comunicação, agradeço pela manifestação do Presidente da Associação Comercial e Industrial de Caraguatatuba e ao comércio em geral filiados à ACIC que de fato se preocupam em garantir um atendimento digno e respeitoso em Caraguatatuba.
Fortalecer a entidade para proporcionar treinamentos específicos ao pessoal e garantir melhor qualidade no atendimento será a grande receita de sucesso e prosperidade nas relações de troca entre comerciantes e clientes para evitar o mau atendimento .
Compartilho com todos os leitores a inesquecível mensagem do presidente da TAM:

"Aprendi tambem, com esses quase 9 milhoes de passageiros transportados
nesses anos todos, que ninguem faz questao de que tudo funcione com 100% de precisão.
O que as pessoas desejam e, ao perceber algum problema, reclamar
e serem ouvidas, sugerir e serem atendidas." - Rolim Adolfo Amaro

Um grande abraço a todos e não deixem de lutar pelos seus direitos,

Sérgio Messias Baptista
Administrador/Ombudsman
Caraguatatuba SP


Parabéns aos jovens poetas! - Aos jovens, vencedores do Concurso de Poesia Idalina Graça, meus parabéns! À Lena - primeira colocada - meu beijo especial.
Lena, Débora, Isa e Felipe continuem assim!
Que a poesia permeie a vida de vocês e que sejam sempre vitoriosos!!!
À Cooperativa Educacional de Ubatuba, parabéns pelo incentivo de sempre!

Bi Mello
Ubatuba, SP


Foto do Dia:
Chapéus em Sete Fontes
Ubatuba
Chapéus em Sete Fontes
© Emilio Campi


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Clique Aqui para acessar o arquivo de Fotos Publicadas

 
Gaivota FM
Participe você também com seu comentário, crítica ou sugestão no programa
Estação Ubatuba c/ Tony Luiz
De segunda a sexta das 12 as 14 hs na Gaivota FM 104.9
Sempre com entrevistados diários e variados, falando sobre todos os temas
Ligue 3833.5550


 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui.


Marcos Borges da Silva - artista plástico Disk Denúncia Polícia Militar Museu Caiçara

As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.


GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:
Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral na versão:
Compacta (apenas as manchetes c/ Link)
Completa (todas as notícias na íntegra) 
e-mail:
Cidade:


Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br


©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor