Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Terça-feira, 06 de maio de 2003 - Nº 776 Edições Anteriores

Regisoft Pousada albatroz Naturali Garden Center

Litoral Norte:
   Frente fria reduz temperatura até sexta

Caraguatatuba:
   MP descarta ação de justiceiro em Caraguá
   1ª Conferência Municipal de Assistência Social
   1ª Copa Caiçara de Bicicross reuniu quase cem pilotos

Ilhabela:
   Semana da Cultura Caiçara começa no próximo dia 12
   Fuschini vence a 2ª etapa do circuito

São Sebastião:
   Poluente emitido pelo Tebar ameaça fauna marinha em São Sebastião
   Terminal promete novo sistema de controle
   Laudo descarta suspeita sobre remédio

Ubatuba:
   Líderes Comunitários conhecem proposta de desenvolvimento econômico
   Começa demolição de prédio em Ubatuba
   Ubatuba tem 4 assaltos a residências
   Moradores do Rio Escuro pedem adiamento da reintegração de posse
   Manoel da Nóbrega ganha cara de avenida
   Trilha Subaquática faz sucesso com crianças do ensino médio
   Projeto Empresa Amiga “Vista Esta Camisa”
   Chile e Ubatuba, grandes possibilidades turísticas
   Ubatubenses são os vencedores do SuperSurf
   Próxima etapa do SuperSurf será justamente em Ubatuba

   Carta do Leitor



Frente fria reduz temperatura até sexta
Inpe prevê chuvas isoladas no Vale e Litoral Norte; temperaturas na região devem atingir mínima de 15ºC

Litoral Norte - A frente fria que atingiu o Vale do Paraíba e o Litoral Norte no último final de semana deverá manter as temperaturas baixas até a próxima sexta-feira. Para hoje, a previsão é de chuva pela manhã e tempo nublado à tarde e à noite.
A previsão é do CPTEC (Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos), em Cachoeira Paulista, ligado ao Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais). Segundo o centro, o tempo permanecerá nublado com possibilidade de chuvas isoladas até o final da semana.
O meteorologista do CPTEC Antônio Sérgio Pereira da Silva disse ontem que a frente fria veio do Sul do país.
"Embora a frente fria já tenha passado e esteja com intensidade em queda, a consequência para a região será a diminuição da temperatura. A chuva deve permanecer mais forte até amanhã (hoje)."
Para hoje, as temperaturas no Vale e Litoral Norte devem variar entre 15ºC e 23ºC, repetindo os índices de ontem. Campos do Jordão registrará hoje mínima de 9ºC e São José, de 15ºC.
MUDANÇA - A diminuição da temperatura já mudou o cenário das cidades da região. Ontem à tarde, agasalhos e guarda-chuvas tomaram conta do cenário no centro de São José dos Campos.
"Quando começa a esfriar um pouquinho, já temos que agasalhar mais, principalmente as crianças", disse a dona-de-casa Léa de Jesus Oliveira, 20 anos.
A mudança de temperatura "aqueceu" as vendas de agasalhos. Entre sábado e ontem, o comércio já registrou um aumento de pelo menos 30% nas vendas, segundo lojistas ouvidos ontem pelo ValeParaibano.
Para a gerente da loja Torra-Torra, Selma Souza de Oliveira, o estoque de roupas de frio já começou a ser vendido. "Sentimos o aumento no movimento desde a chegada do frio."
A ambulante Paula Andrade também comemorou as vendas de guarda-chuvas ontem. "Hoje pela manhã vendi bem, como não acontecia há quase um ano."
LITORAL - Dez árvores foram derrubadas em Ubatuba no último domingo após uma ventania. Nos últimos quatro dias, a Defesa Civil registrou um índice pluviométrico de 37 milímetros na cidade.
"O vento e a chuva causaram quedas de árvores no km 5 e km 12 da rodovia Rio-Santos e em várias ruas e avenidas do Centro", disse o chefe da Defesa Civil, Arly de Oliveira Cruz.
Para o CPTEC, o forte vento ocorrido em Ubatuba anteontem pode estar ligado à chegada da frente fria.
Em Caraguatatuba, uma casa ficou alagada no bairro Morro do Algodão no final de semana devido à forte chuva. Duas pessoas --uma mulher e um adolescente-- tiveram que desocupar o local. Nas demais cidades --Ilhabela e São Sebastião-- não houve ocorrências graves devido à chuva. (Fonte: ValeParaibano)

MP descarta ação de justiceiro em Caraguá

Caraguatatuba - O Ministério Público de Caraguatatuba descartou a possibilidade de um grupo de extermínio estar agindo na cidade. A suspeita foi levantada em razão das semelhanças nos crimes ocorridos no início do ano.
A hipótese foi descartada após o esclarecimento da maior parte dos casos. Segundo o MP, de janeiro a abril ocorreram 25 mortes no município, sendo 21 apenas no primeiro trimestre.
A suspeita da ação de um 'justiceiro' foi levantada devido aos corpos apresentarem modos de execução similares, como marcas de tiros na cabeça e abandono em pontos desertos da cidade.
"Analisamos os inquéritos que já foram concluídos e não há relação entre os crimes. Cerca de 80% dos casos já foram esclarecidos", afirmou o promotor de Justiça de Caraguá, Anderson Geovam Scandelia.
De acordo com relatório da SSP (Secretaria Segurança Pública) do Estado, nos primeiros três meses do ano ocorreram 15 homicídios em Caraguá, seis casos a menos que o total apurado pelo MP.
Os números da secretaria excluem da estatística de homicídios casos de latrocínio (roubo seguido de morte) e mortes ocorridas após o crime, em hospitais, por exemplo. Em chacinas, o Estado contabiliza apenas um caso, independente do número de vítimas. (Fonte: ValeParaibano)

1ª Conferência Municipal de Assistência Social

Caraguatatuba - Mais de 180 pessoas participaram na 1ª Conferência Municipal de Caraguatatuba, que apontou alguns avanços no que diz respeito a participação da sociedade e também às políticas públicas do adolescente, do idoso, do homem de rua, entre outras questões. O evento reuniu autoridades como a secretária de Assistência Social de Caraguatatuba, Vera Peixoto e a presidente da Frente Paulista de Dirigentes Públicos Municipais de Assistência Social, Rosa Elisa Berton Federici, que ministrou uma palestra sobre assistência social e também a celebração da LOA-Lei Orgânica da Assistência Social, além de representantes de vários segmentos da sociedade, como Sociedade de Amigos de Bairro, Associação de Pais de Mestres, vereadores.
A Conferência discutiu os rumos das políticas públicas de âmbito municipal e definiu as prioridades a serem propostas tanto ao município quanto ao Governo do estadual e federal. Na esfera municipal , uma das prioridades solicitadas foi a construção de um abrigo transitório para homens de rua. Outra solicitação considerada prioritária foi a construção de um Centro de Orientação para a Família; reivindicação que já vem sendo providenciada há algum tempo pela Secretaria de Assistência Social de Caraguatatuba, com o projeto “Espaço Cidadão”, que já acontece nos bairros Pegorelli, Barranco Alto, Casa Branca, em centros com plantão social que contam com assistentes sociais e psicólogos. Em maio será inaugurado mais um “Espaço Cidadão” em Caraguá. Os participantes também abordaram a importância do fortalecimento das Sab´s.
À esfera nacional e estadual, foi solicitado o pedido de aumento da renda per cápita do Benefício de Prestação Continuada - BPC, para idosos e deficientes físicos, a população quer o aumento de renda de ¼ de salário para um salário mínimo. Foi solicitado ainda pela população que o benefício passe a ser gerenciado pela secretaria municipal e não mais pelo INSS. Outra questão foi a implantação da Norma Operacional Básica 3 na Assistência Social.
Para a secretária de Assistência Social, o encontro contou com um público bastante significativo. “A conferência foi muito proveitosa, com um excelente público, principalmente considerando-se que a política pública da Assistência Social é muito nova; também porque todos puderam entender como é importante a participação e a reivindicação da população. O público teve oportunidade de voz e também de voto por aqueles que foram eleitos delegados durante as reuniões que antecederam ao evento”. Ela explicou que durante o evento muitos já se candidataram a delegados da conferência estadual deste ano.
Na opinião da atual presidente da Comissão Municipal de Assistência Social, Clarice Maria de Campos Larcher, a conferência foi muito importante para o município por ter sido a primeira, o que significa um avanço no município. “Também por ter havido grande mobilização da sociedade, possibilitando que cada segmento pudesse ser ouvido e participado das proposituras em nível nacional”, comentou. (Fonte: PMC)

1ª Copa Caiçara de Bicicross reuniu quase cem pilotos

Caraguatatuba - A 1ª Copa Caiçara de Bicicross foi realizada em Caraguá com sucesso no último domingo, na Pista Ton Fereira, na praia do Indaiá. Realizada pela Secretaria de Turismo e Fomento do município em parceria com a Associação Caraguatatuba Bicicross Clube, a competição reuniu atletas de várias cidades do Estado de São Paulo e outros estados. Pilotos de São José dos Campos, Campos do Jordão, Jacareí, Bom Jesus dos Perdões, e das quatro cidades do Litoral Norte e uma grande maioria de Caraguá disputaram 15 categorias.
Podemos destacar diversos primeiros colocados de Caraguatatuba, como Dayane Freitas, 1º lugar na categoria feminino - 15 anos; Alexandre Ajimi, na categoria Jr Cruiser; Marcos Conceição, 1º na categoria 25 a 29 anos; Igor Souza, de São José dos Campos, 1º na categoria 6 anos; Renye Oliveira, de Caraguá, 1º na categoria 7 a 8 anos; Alan Marques, também de Caraguá, 1º lugar na categoria 9 a 10 anos; Renan Martins, de Caraguá, 1º na categoria 11 a 12 anos; Jeferson Soares, de Caraguá, 1º na categoria Expert 13 a 14 anos; Willian de Paula, 1º lugar na categoria 15 a 16 anos; Acácio Nonato, de Caraguá;1º na categoria 19+; Paulo César, 1º lugar na categoria Elite Mam.
Entre os principais destaques de outros municípios, citamos Carlos Moura, de Jacareí, 1º lugar na categoria Masculino 15 a16 anos; Marcos Belarmino, de Jacareí, 1º colocado na categoria Cruiser 19 a 24; Celso Antunes, de Jacareí, 1º na categoria 30 a 39 anos; Roberto Capelli, de Jacareí, 1º na categoria 40 +.
Segundo o presidente da Associação Caraguatatuba de Bicicross, José Batista Cezar, a primeira regional da Copa Caiçara reuniu um bom número de participantes, levando-se em conta que foi a primeira a ser realizada. As próximas etapas da Copa Caiçara estão marcadas para os dias 13 de julho, 5 de outubro e 7 de dezembro, todas em Caraguatatuba. (Fonte: PMC)

Semana da Cultura Caiçara começa no próximo dia 12

Ilhabela - O mês de maio é sempre de festa em Ilhabela. Durante a lua cheia, é realizada a Congada de Ilhabela, dentro da Festa de São Benedito. Extraída da aculturação africana Bantu, a Congada de Ilhabela representa dois grupos que se desentendem justamente por desejarem, ambos, festejar São Benedito.
A Festa de São Benedito é sempre marcada para a primeira quinzena de maio. O município oficializou, sob a forma de lei, que fosse realizada a Semana da Cultura Caiçara todo mês de maio, abrangendo a Festa de São Benedito e a Congada. Este ano, a Semana da Cultura Caiçara será realizada de 12 a 18 de maio. A Festa de São Benedito e a Congada acontecem nos dias 16, 17 e 18 de maio.
O início dos festejos, especificamente sobre a Congada, é marcado com o levantamento do Mastro de São Benedito e a apresentação da Congada Mirim, após uma procissão pelas ruas da cidade, na sexta-feira, 16. Depois do levantamento do Mastro, é servida para todos os presentes a “concertada” – bebida típica caiçara, uma espécie de licor, feita a base de folhas de laranja, canela, cravo, açúcar e um “cabinho” de cachaça.
São Benedito nasceu na Sicília, ilha do sul da Itália, em 1524. Filho de escravos etíopes, foi cozinheiro no convento Santa Maria, nos arredores de Palermo e canonizado em 25 de maio de 1807, em plena escravidão. Cognominado “o preto” ou “o mouro”, sua devoção já se fazia no Brasil no começo do século XVII, antes mesmo que a igreja autorizasse.
A lenda de São Benedito, simbolizada na Congada pela “Ucharia”, conta que ele foi cozinheiro do Rei do Congo e todos os dias, ao sair para buscar água, enchia os potes com comida e distribuía aos pobres. Despensa da casa real – Ucharia, Hucharia ou Ocharia, é considerado lugar de concentração de alimentos. Durante os três dias da Congada, congueiros, devotos, festeiros, familiares e convidados com sem pagar nada. A comida é preparada no “tucuruba”, fogão em Tupi e quem a prepara o faz por devoção ao santo.
A Prefeitura de Ilhabela através da Secretaria da Cultura e FUNDACI (Fundação Arte e Cultura de Ilhabela) preparou uma programação religiosa e cultural para comemorar a Semana da Cultura Caiçara e a Congada. Confira:
Seg - 12/05 – Abertura da Exposição “Congada”, com coquetel de comidas e bebidas típicas, na Secretaria Municipal da Cultura - Apresentação de Quebra-Chiquinha e Cirandinha (danças típicas) - Show com o grupo Caiçaras do Ritmo
Ter - 13/05 – Apresentações de Dança com os grupos da FUNDACI
Qua - 14/05 – Apresentação teatral com grupo da FUNDACI - Show com o grupo Raízes de Ilhabela
Qui - 15/05 – Show com a Banda Invasão
Sex - 16/05 – Levantamento do Mastro - Apresentação da Congada Mirim - Show com a banda Saracote
Sab – 17/05 – Meia-Lua e Missa de Congos - Bailes de Congo pelas ruas da cidade - Ucharia de São Benedito - Show com a Big Band de Ilhabela - Show com a Banda Herus
Dom – 18/05 – Alvorada - Meia-Lua e Missa de Congos - Missa Afro - Bailes de Congo pelas ruas da cidade - Ucharia de São Benedito - Baile com o grupo Raízes de Ilhabela - Show com o grupo Pronúncia no Olhar
Durante toda a semana funcionam barracas com comidas, bebidas e brincadeiras, além de homenagens a pessoas (caiçaras ou não) que contribuíram com a preservação das tradições culturais e religiosas. Medalhas comemorativas, diplomas, imagens de São Benedito, além da edição do Jornal da Congada são alguns exemplos da fé e devoção do povo de Ilhabela. Todas as apresentações serão realizadas em palco montado na Rua São Benedito (Rua do Meio), próximo à Escola Estadual Dr. Gabriel Ribeiro dos Santos.
A Prefeitura Municipal de Ilhabela, através da Secretaria Municipal da Cultura e a Fundação Arte e Cultura de Ilhabela – FUNDACI, promovem e organizam a Semana da Cultura Caiçara. Informações podem ser obtidas pelo tel (12) 3896-1747. (Fonte: PMI)

Fuschini vence a 2ª etapa do circuito

Ilhabela - A Prefeitura de Ilhabela através da Diretoria de Esportes e Secretaria da Saúde promoveram no último sábado, dia 3, na praia Grande, a 2ª Etapa do Circuito de Maratonas Aquáticas de Ilhabela “Prova Manoel Pereira Jr (Neco)” e Prova “Melhor” e “Menor” idade. Um público de cerca de 200 pessoas assistiram ao evento apesar do mau tempo.
A parceria com a Secretaria da Saúde foi a novidade desta prova, que compareceu com ambulância e frutas para os atletas. Prestigiaram o evento o secretário da saúde Antônio Luiz Colucci, que deu o tiro de largada da prova “Menor” e “Melhor” idade e o diretor administrativo da secretaria Márcio Tenório que deu o tiro de largada da maratona.
Em um pequeno discurso, Colucci elogiou a iniciativa da maratona cujo troféu leva o nome do ex-prefeito Eurípedes e colocou sua secretaria a disposição para eventual apoio. Já Márcio Tenório agradeceu a presença de todos os familiares do Neco, do motorista Ageu e ainda parabenizou a organização da prova e destacando o professor Mário Bello pelo excelente trabalho que vem realizando com idosos e deficientes físicos. O diretor também realizou o sorteio de camisetas patrocinadas pela Auto-Viação e Turismo Ilhabela, MC Comercial e Ilha Signs entre os nadadores e para a nadadora mais nova, Isadora, de 5 anos e Dona Cleuza, de 71.
Cerca de 63 atletas nadaram nesta etapa e apenas dois desistiram. O mau tempo foi a causa das 12 ausências de nadadores já inscritos computadas pela organização. A água estava quente, o mar com ondas grandes tornando o grau de dificuldade da prova muito difícil. O evento contou com o apoio de quatro embarcações.
Novamente Marcos Fuschini (Pousada dos Marinheiros/ Marsub) venceu a prova, desta vez com o tempo de 31 minutos. O segundo lugar na geral ficou para a nadadora santista Andréia Barreto Alves (Clube 2004), que completou a prova em 34 minutos. Andréia sagrou-se campeã de todas as provas de maratonas que participou em sua categoria. O Clube 2004 juntamente com o Master Nada Mais, são os clubes mais fortes da baixada santista para maratonas.
O destaque fica para o nadador Nivaldo dos Santos, 50 anos, que foi o último a completar a prova. Nivaldo representou o Brasil várias vezes em maratonas internacionais como a travessia Capri a Napoli e nas nacionais a prova de 74 quilômetros nadando Eldorado a 7 Barras. O nadador também participa a 30 anos da maratona 14 Bis, Guarujá até Bertioga, de 42 quilômetros. Atualmente passa por alguns problemas de saúde e está se recuperando, graças ao esporte, de seqüelas de um acidente de automóvel que o levou a usar muletas por seis meses. O professor Mário Bello o recebeu com uma pequena homenagem destacando seu espírito esportivo.
Homenagem “Neco” - O diretor administrativo da Secretaria da Saúde Márcio Tenório realizou uma homenagem ao pescador Neco, morto em 1987 entregando pratos decorativos com a foto da praia Grande para o filho de Neco, Ricardo, e o sobrinho Marcelo, que representou a esposa, Dulceli. O cantor Paulo Poeta não pode para cantar a música composta para o pescador “O Canoeiro”, por que estava doente. (Fonte: PMI)

Poluente emitido pelo Tebar ameaça fauna marinha em São Sebastião
Estudo de biólogo da USP revela que terminal lança no mar substâncias cancerígenas acima dos níveis legais

São Sebastião - Relatório divulgado pelo Condurb (Conselho Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo) de São Sebastião indica que os poluentes derivados de petróleo lançados pelo Tebar (Terminal Marítimo Almirante Barroso) no mar superam os níveis impostos pela legislação estadual.
O documento, assinado pelo professor titular da USP (Universidade de São Paulo), José Carlos de Freitas, aponta que as principais substâncias lançadas em excesso no canal de São Sebastião são amônia e hidrocarbonetos --considerados cancerígenos.
Enquanto a lei prevê o despejo máximo de 5 mg de amônia por litro, o terminal estaria emitindo uma quantidade aproximada a 100 mg por litro.
Segundo o relatório, enquanto o nível máximo aceitável de hidrocarbonetos nas águas marinhas é de 1 micrograma por litro, o Tebar estaria despejando, desde 95, mais de 4 microgramas por litro.
O documento é baseado em relatórios preparados por empresas contratadas entre 2000 e 2002 pelo próprio Tebar e trabalhos acadêmicos realizados por pesquisadores do Instituto de Oceanografia da USP.
IMPACTO- Segundo Freitas, o lançamento irregular de poluentes pode causar a extinção de espécies marinhas e a contaminação de peixes e crustáceos.
"Os poluentes são cancerígenos e, lançados em maiores quantidades que o permitido, podem contaminar peixes, crustáceos e seres humanos que ingerirem carne dos animais atingidos", disse o biólogo.
Quanto ao risco de poluição das praias, o especialista avalia que as correntes marítimas contribuem para a dispersão das substâncias, o que ameniza a ameaça para a balneabilidade no Litoral Norte.
DOSSIÊ- Segundo o vice-presidente do Condurb e presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Luiz Tadeu de Oliveira Prado, o documento fará parte de um dossiê, que deve ser enviado ao Ministério Público hoje, solicitando a apuração das possíveis irregularidades na emissão de poluentes do Tebar no canal de São Sebastião.
O terminal está funcionando com licença ambiental extraordinária provisória, que expira no próximo dia 30 de maio.
Para analisar os relatórios já elaborados pela Petrobras, a Prefeitura de São Sebastião contratou uma empresa de consultoria ambiental de São Paulo.
O contrato, orçado em R$ 30 mil, deverá ser pago com a verba da taxa de licença do Tebar.
Para o diretor de Meio Ambiente da prefeitura e membro do Condurb, Nivaldo Simões, o documento deverá ser analisado novamente pela consultoria, que inicia os trabalhos na próxima semana.
"O documento servirá para definirmos as novas normas com relação à licença ambiental do Tebar, que deve ser renovada no final deste mês."
Para o membro da ONG Mopress (Movimento de Preservação de São Sebastião), Eduardo Hipólito, que também faz parte do Condurb, o documento deve ser levado em consideração para os critérios de renovação da licença ambiental do terminal. (Fonte: ValeParaibano)

Cronologia

31/12/2002- Vence alvará de funcionamento do Tebar, que tinha validade de dois anos; Condurb aprova prorrogação de licença para até o final de março
31/03/2003- Prefeitura de São Sebastião prorroga alvará de funcionamento por mais 60 dias e concede licença extraordinária provisória;
30/04/2003- Relatório comparativo do impacto ambiental do Tebar é apresentado por especialista em reunião do Condurb;
30/05/2003- Prazo de vencimento da licença extraordinária provisória do Tebar. (Fonte: ValeParaibano)

Terminal promete novo sistema de controle

São Sebastião - O Tebar (Terminal Marítimo Almirante Barroso) admite o excesso de amônia emitido no canal de São Sebastião e afirma estar em "discussão técnica" com a Cetesb (Companhia de Tecnologia e Saneamento Ambiental) para a aprovação de novo sistema de lançamento de poluentes no mar.
"Estamos operando dentro da lei e com licença ambiental, que vence no final deste mês. Teremos que nos adequar às novas normas da prefeitura e da Cetesb para a renovação do alvará."
Com relação ao hidrocarboneto, o Tebar alega que não ultrapassa as quantidades permitidas --de 20 miligramas por litro.
Segundo o coordenador de Meio Ambiente, Segurança e Saúde, Rogério Picada, a Petrobras "está aberta para o diálogo com as instituições responsáveis e interessadas no meio ambiente".
"Estamos em monitoramento contínuo da emissão dos nossos poluentes e iremos analisar os considerações do estudo em questão." (Fonte: ValeParaibano)

Laudo descarta suspeita sobre remédio
Estado libera medicamento apontado como responsável por complicações em 8 parturientes no litoral

São Sebastião - O Centro de Vigilância Sanitária da Secretaria de Estado da Saúde descartou ontem a possibilidade de o medicamento Oxiton ter causado reações em oito parturientes do Hospital de Clínicas de São Sebastião.
No mês passado, uma mulher morreu e outras sete tiveram complicações pós-parto depois de ingerir o medicamento, que é usado para contrair o útero após cirurgia cesariana.
Segundo a Vigilância, o medicamento Oxiton dos lotes 212603 e 207007, suspeitos de ter causado reações nas parturientes, foram analisados pelo Instituto Adolfo Lutz da capital.
Segundo o laudo do instituto, o nível de Oxitocina no medicamento não poderia causar reações. A análise descartou ainda a suspeita de alta dosagem do medicamento.
O centro informou que vai continuar investigando as possíveis causas das complicações nas parturientes e o próximo procedimento é aguardar o resultado da exumação do corpo da dona-de-casa, Eliane Félix de Miranda, 33 anos.
O laudo deve ser divulgado pelo IML (Instituto Médico Legal) de São Paulo, nos próximos dias. Amanhã, o centro deve divulgar no Diário Oficial do Estado a liberação do uso do medicamento, que estava suspenso desde o dia 5 de abril.
A Vigilância também descartou a possibilidade de infecção hospitalar na maternidade e no centro cirúrgico, que tiveram as atividades suspensas por sete dias.
A provedora do hospital, Elisabeth Chagas, não foi encontrada para comentar o caso.
O laboratório União Química, responsável pela fabricação do medicamento, informou ontem que já esperava um resultado positivo da análise do produto.
Em abril, a empresa teria analisado em um laboratório próprio as amostras do medicamento --usado no hospital-- que não apresentaram problemas.
O delegado de São Sebastião, Odair Bruzos, abriu inquérito para investigar o caso. A polícia já recolheu depoimentos do marido da vítima e de pessoas que faziam parte do corpo médico que atendeu as parturientes. O delegado não foi localizado após as 18h de ontem para comentar o assunto. (Fonte: ValeParaibano)

Entenda o Caso

31/3 a 2/4- Oito mulheres que estiveram internadas na Santa Casa apresentam hemorragias pós-parto. Três tiveram o útero retirado;
2/4- A dona-de-casa Eliane Félix de Miranda, 33 anos, morre após cirurgia cesariana;
3/4- Direção do hospital e Vigilância Sanitária decidem suspender o atendimento do centro cirúrgico e maternidade;
4/4- Polícia abre inquérito para apurar a causa da morte da paciente e as complicações das sete parturientes. A Vigilância Sanitária faz vistoria no hospital;
5/4- Uma mulher recebe alta e duas deixam a UTI, mas permanecem internadas. A Secretaria de Estado da Saúde suspende o comércio e uso do medicamento Oxiton, suspeito de ter causado reações e descarta infecção hospitalar;
7/4- O laboratório União Química Farmacêutica Nacional, de São Paulo, responsável pelo medicamento, descarta problemas com o produto;
8/4- A Polícia Civil decide fazer exumação do corpo da vítima. O hospital retoma o atendimento da maternidade e centro cirúrgico;
5/5- O Centro de Vigilância Sanitária da Secretaria de Estado da Saúde descarta que o medicamento tenha causado reações nas parturientes. (Fonte: ValeParaibano)

Líderes Comunitários conhecem proposta de desenvolvimento econômico

Ubatuba - Nesta segunda-feira, 5, cerca de 40 pessoas, representantes de diversas Associações de Bairros e entidades assistenciais, comercial e cultural, participaram da primeira reunião com o Secretário de Turismo da Prefeitura de Ubatuba, Sérgio Luiz Alves Carvalho, que aconteceu na sala de reuniões da Secretaria de Educação. O encontro teve início às 16h e encerrou por volta das 18h30. O convite às lideranças foi feito pelo Assessor de Assuntos Comunitários, Arimar Vieira. O objetivo do novo Secretário foi de se apresentar pessoalmente aos líderes das comunidades, falar do processo que está sendo implantado para o desenvolvimento econômico do município e convidar a todos para o 1º Salão Profissional de Turismo que ocorrerá de 13 à 22 de maio.
De início, Carvalho falou dos seus 27 anos de experiência com o mercado turístico e relatou diversos casos de sucesso, como Parintis, no Amazonas, além de outras cidades, Estados e até de sua atuação no exterior. Deixou claro que não poderá desenvolver absolutamente nada sem a participação efetiva da comunidade. Para o Secretário este foi o primeiro passo e o 1º Salão de Turismo será o passo seguinte e preparatório para a implantação do PNMT (Programa Nacional de Municipalização do Turismo) com a formação de oficinas bairro à bairro, que pretende dar início até o final de maio. Carvalho adiantou que o PNMT é uma ferramenta poderosa que vale muito mais do que dinheiro, pois é conhecimento para a própria comunidade se articular.
O público presente recebeu com entusiasmo as novas propostas. No entanto, muitos questionamentos foram feitos ao Secretário, como as questões de saneamento, abastecimento, lixo, estradas de acesso ao município, saúde, segurança pública, entre outros aspectos que preocupam a coletividade. Carvalho concordou que hoje Ubatuba não é um produto que pode ser vendido do jeito que se encontra, mas que por meio da participação de todos levantando todas as demandas é que se poderá desenvolver ações emergenciais e educativas para a solução de muitos dos problemas que Ubatuba apresenta, além da busca de recursos e parcerias para as soluções dos problemas mais graves. “Com isso estaremos melhorando a cidade e criando o produto Ubatuba”, afirmou Carvalho.
A questão social está inserida com grande ênfase dentro dos projetos que serão implantados. Para Carvalho, não dá para pensar em turismo sem resolver a questão social. Com isso, estará trabalhando diretamente com a comunidade carente, inserindo-a dentro deste contexto de desenvolvimento econômico por meio de incentivo aos setores produtivos e culturais como o artesanato e a absorção e a formação de mão-de-obra profissionalizada e qualificada de adolescentes para este mercado de trabalho. Para Carvalho, a cidade só será boa para o turista quando for boa para a sua população. Mas, todo este processo, que terá a sua duração de seis anos para a sua consolidação, também passará pela participação efetiva de todos os setores empresariais do município.
Carvalho também falou da criação da Adentur (Agência de Desenvolvimento Econômico e Negócios do Turismo) e das extinções da Setur (Secretária Municipal de Turismo) e da Comtur (Companhia Municipal de Turismo). A Adentur terá a participação efetiva da comunidade por meio do Conselho Consultivo que terá participação no dia-a-dia da Agência com total transparência. Outro Conselho que também será criado é o de Turismo que será formado por cerca de 18 agentes da comunidade e de entidades, que serão nomeados pelo PNMT. A Adentur contará com 48 técnicos e atuará em quatro áreas específicas. Para Carvalho, o importante é articular a comunidade como um todo, fazendo parceiros que somem na formatação deste processo.
Ao final, o Secretário explanou sobre a importância da construção do Centro de Convenções e Eventos de Ubatuba para movimentar a cidade durante o ano inteiro, gerando emprego e renda para a população, além da quebra da sazonalidade na baixa temporada com o turismo de negócios movimentando todo o setor comercial da cidade. A cultura também não escapou. O representante dos Quilombos de Ubatuba ouviu de Carvalho que este setor cultural será resgatado e recuperado com a sua inserção dentro do roteiro turístico do município e do planejamento de marketing da cidade. Para Carvalho existem verbas do Governo Federal e de organismos internacionais para investir e cuidar da manutenção desta cultura e isto será feito. (Fonte: ACS-PMU)

Começa demolição de prédio em Ubatuba

Ubatuba - A demolição de um dos blocos do condomínio Anêmona, localizado na praia das Toninhas, em Ubatuba, começou ontem após dois anos do desabamento da estrutura do edifício, que deixou o prédio inclinado.
A demolição será feita pela empresa JAJ Construtora e Comércio. Segundo o chefe da Defesa Civil, Arly de Oliveira Cruz, a prefeitura aprovou o projeto de demolição do bloco A, solicitado em janeiro. A empresa tem 60 dias para demolir o prédio.
"Realizamos um estudo no local. A demolição será realizada com segurança. Não haverá explosão do prédio devido ao risco de abalar a estrutura das construções ao redor, inclusive do bloco B do condomínio", disse.
A empresa JAJ informou que a demolição será realizada de forma manual e mecânica. O custo previsto é de cerca de R$ 75 mil.
A RPA Construtora e Incorporadora, responsável pelo empreendimento, não quis comentar o assunto ontem com o ValeParaibano.
O condomínio tem dois blocos com 24 apartamentos cada um. Os imóveis foram financiados pela Caixa Econômica Federal. O preço de cada apartamento é de R$ 70 mil. Na tarde de ontem, nenhum diretor da Caixa retornou as ligações para comentar o assunto. (Fonte: ValeParaibano)

Ubatuba tem 4 assaltos a residências

Ubatuba - Um grupo de 10 pessoas ficou refém na madrugada de anteontem durante uma festa de aniversário no bairro Estufa II, em Ubatuba. Quatro homens armados invadiram a casa por volta da 0h40 e renderam as pessoas. No sábado e domingo, a Polícia Militar registrou outros três assaltos em que as vítimas ficaram reféns de criminosos.
A.P.V., 22 anos, comemorava seu aniversário com amigos quando a casa foi invadida. Eles ficaram na mira dos criminosos por 20 minutos.
A PM foi acionada por moradores. Ao avistar a viatura da PM, os assaltantes fugiram levando apenas uma aliança.
A polícia suspeita que o grupo tenha praticado outro assalto na noite de sábado no bairro das Toninhas. Os outros casos ocorreram no Jardim Marisol e Itamambuca.
A delegada Elizabeth Maluf Carvalho afirmou que somente no decorrer dos inquéritos a polícia vai saber se os assaltantes são do município ou de outra região. (Fonte: ValeParaibano)

Moradores do Rio Escuro pedem adiamento da reintegração de posse

Ubatuba - Uma comissão formada por moradores do Rio Escuro esteve, na tarde de terça-feira, dia 29, no gabinete da Promotoria Pública de Ubatuba para tentar conseguir a suspensão, pelo prazo de 60 dias, da ação de reintegração de posse, em favor da família de Ulisses Mesquita Miguez.
A justificativa apresentada para o pedido seria a necessidade de um levantamento sócio-econômico do bairro, pois a ação é contra apenas quatro famílias e hoje são mais de 70 famílias que residem no local, agrupando mais de 250 pessoas.
O secretário de Assistência Social, Edson Alves, disse que este levantamento já foi-lhe pedido pela família Miguez, mas que nada pôde fazer. “Preciso de uma ordem judicial para poder disponibilizar o meu pessoal”, explicou.
O promotor de Justiça Marcelo Alexandre de Oliveira explicou que o deferimento do pedido de suspensão da reintegração vai depender da juíza. “Já existe uma ordem do Tribunal para desocupação da terra, por isso a suspensão vai depender da boa vontade”.
O assessor jurídico, Luiz Bitetti, representando a prefeitura municipal, alegou que precisa de tempo para desapropriar uma área no bairro do Taquaral, onde vai tentar alojar as famílias que estão sendo retiradas do Rio Escuro, conforme sugestão do próprio promotor. “Acho que a juíza não vai deferir, mas farei o pedido em razão da boa vontade do secretário, do prefeito e da Associação de Defesa do Povo Caiçara (ADPC)”, esclareceu o promotor.
Segundo a comissão, um procurador da família Miguez está fazendo acordo com os moradores, o que o promotor considera a alternativa correta e até se dispôs a ajudar no que for possível, pois há reclamação de que os preços estão super faturados.
Segundo o que o jornal A Semana pôde apurar, esta área foi considerada devoluta e a União leiloou-a, sendo adquirida pela família Miguez. Ocorre que já tinha quatro famílias vivendo nas terras, pois constam registros paroquiais (batizados, casamentos, óbitos) de 1855. Essas famílias moveram uma ação de usucapião, em 1976, negada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo.
Em 1998, impetraram outra ação de usucapião, que aguarda julgamento na Justiça Pública de Taubaté/SP.
Até o fechamento desta edição, a situação continuava na mesma: ninguém mais saiu das terras e a juíza ainda não havia julgado o pedido de suspensão. (Fonte: Jornal A Semana)

Manoel da Nóbrega ganha cara de avenida

Ubatuba - A obra iniciada na avenida Manoel da Nóbrega, no Perequê-Açu está dando uma cara nova ao bairro. A obra se iniciou há poucos dias e não está nem com 10% pronta, mas já mudou o perfil da avenida. Quem antes entrava no bairro pelo trevo da rodovia, via uma avenida abandonada sem guias nem sarjetas e com o asfalto todo quebrado e remendado. Hoje, mesmo estando no início da obra, quem entra no bairro já nota que algo novo está acontecendo e já imagina como vai ficar bonita a nova avenida que está contemplada com várias rotatórias, uma em cada esquina. Com certeza, esta obra vai dar muita beleza ao bairro e segurança aos motoristas, o zig zag de carros vai acabar, pois para só pode retornar na rotatória seguinte.
A obra está em ritmo acelerado e logo o bairro terá uma cara nova.
Uma coisa que chamou a atenção de nossa equipe de reportagem é que uns duzentos metros antes do trevo a guia central da avenida não está sendo executada. Informaram-nos que alguns comerciantes da avenida reclamaram que a obra iria prejudicar seus comércios se o centro da avenida fosse fechado. Para tirar a dúvida, entramos em contato com o secretário de Obras, que nos informou que realmente era verdade, que havia recebido um pedido informal da Secretaria de Arquitetura e Urbanismo para uma possível mudança do projeto. Segundo Jeriel da Silva Rocha, ele solicitou a SAU que se for haver alguma mudança no projeto que seja pelos caminhos formais. Também pediu a empreiteira que aguardasse até segunda-feira, dia 05, para ter uma resposta da SAU se o projeto será ou não alterado, beneficiando desta forma somente os comerciantes.
Esta obra e a da avenida em frente ao mar, com certeza, são de muita importância para o bairro e para a cidade, e é financiada pelo DADE (Departamento de Apoio e Desenvolvimento das Estâncias), em parceira com a prefeitura de Ubatuba.
Já na avenida Abreu Sodré, em frente a praia, a obra está parada. Segundo o secretário Jeriel, ele recebeu várias reclamações sobre o serviço executado e não fez a medição da obra, pois os sextavados estão muito mal assentados e a empresa responsável pela obra vai ter que refazer o serviço, para que a prefeitura possa executar a medição e o pagamento da obra que está sendo executada. (Fonte: Jornal A Semana)

Trilha Subaquática faz sucesso com crianças do ensino médio

Ubatuba - A USP (Universidade de São Paulo), em conjunto com o Parque Estadual da Ilha Anchieta, criou a Trilha Interpretativa Subaquática. Esta inovadora opção de lazer e educação objetiva desenvolver uma metodologia que se utilize de técnicas de interpretação de estudo do meio, onde há uma integração homem-mar estreitando este que para muitos parece ser um mundo paralelo, mas que na verdade faz parte de toda uma cadeia única, compondo e garantindo nossa sobrevivência e de todas as outras espécies que há no planeta terra, curiosamente formado por 2/3 de água.
O projeto, que ainda passa por uma fase experimental, tem colhido resultados surpreendentes. Mas, segundo os administradores da Ilha Anchieta, o engº agrônomo e pesquisador cientifico Manoel de Azevedo Fontes e sua esposa, a pesquisadora científica Maria de Jesus Robim, trata-se de um projeto minucioso e que até sua implantação propriamente dita ainda passará por inúmeros testes e adaptações.
Em uma primeira fase, a trilha foi aberta para turistas visitantes nos meses de janeiro e fevereiro de 2002 e 2003, com acompanhamento da equipe de elaboração do projeto. Em uma segunda fase, foram convidadas escolas que ministram o ensino médio, onde os professores passaram por um treinamento antes de acompanhar seus alunos. Participaram nesta penúltima semana de abril as escolas: EE Cap. Deolindo de Oliveira Santos - Centro; EM José Berlamino Sobrinho - Puruba; EE Profª Sueli Ap. Figueira dos Santos - Estufa I. Os alunos que fizeram parte do projeto tiveram uma palestra interpretativa, onde foram informados sobre o ambiente marinho em que iriam vivenciar, marés, principais grupos de organismos, informações sobre o Parque, condutas de mergulho e, principalmente, sobre segurança em grupo.
A trilha que consiste em 350 m de extensão é toda demarcada e todo seu trajeto é acompanhado por bote inflável motorizado equipado por bóias de salvamento, salva-vidas, rádio (talk about) com comunicação direta com a equipe do Parque.
O trajeto que se inicia ao lado direito da Praia do Presídio tem seu término na Prainha e visita no Aquário Natural. Ao longo do percurso foram instaladas seis poitas submersas nos pontos interpretativos. Além das poitas para sinalização, existe uma estrutura de recife artificial, um cabo de cultivo de algas e um de mexilhão com a finalidade de demonstrar atividades realizadas no ambiente marinho costeiro.
O local não apresenta grandes ricos como correntes fortes ou bancos de rochas, mas por motivo de segurança, o número de participantes é de cinco para cada dois monitores, onde um realiza a interpretação ambiental e o outro faz avaliação individual.
Para maior segurança foi confeccionada uma estrutura flutuante de PVC e PET, que serve como local de apoio para as discussões (mesa redonda) e necessidades de um possível socorro emergencial. Todos utilizam-se de snoker e máscaras, mas para facilitar uma maior interpretação foram adequadas fichas impermeáveis com fotos dos organismos mais comuns naquela área, desenhos de animais mais complexos, assim como de peixes e algas.
A diversão não fica só nas descobertas deste mundo fascinante e silenciosos mas também nas gincanas cooperativistas. Neste passeio subaquático não precisa necessariamente saber nadar, porém para aqueles que não se sentem seguros em mergulhar foi criada uma pequena trilha interpretativa até a praianha onde podem vivenciar as conseqüências da influência do homem em seu habitat natural, além de desfrutar de uma incrível vista oferecida pelo mirante da ilha, tendo seu término no Aquário Natural onde é possível conhecer, através de cones adaptados funcionando como lupas, os seres mais incríveis do planeta azul, como, por exemplo, raros peixes coloridos que desfilam com suas cores, formas e tamanhos diversos nos fascinando os olhos e preenchendo a alma.
Os alunos ainda preencheram um questionário, que será encaminhado à USP para maiores conclusões do andamento do projeto que possivelmente despertará o interesse de turistas e alunos de toda parte do mundo, pois seremos os pioneiros em trilhas subaquáticas. Mas, segundo os comentários dos alunos que tiveram o privilégio de participar deste importante laboratório, o sucesso já está previamente garantido. (Fonte: Jornal A Semana)

Projeto Empresa Amiga “Vista Esta Camisa”

Ubatuba - “A responsabilidade social, fortemente ligada à consciência corporativa frente às questões sociais, pode ser vista como um exercício de cidadania. Uma empresa socialmente responsável, como parte integrante da sociedade, tem o dever ético de interferir nos problemas sociais, seja realizando projetos sociais, incentivando seus funcionários na prática do trabalho voluntário ou apoiando as ONGs.
A imagem corporativa é tida a partir de uma série de informações que ficam armazenadas no subconsciente humano, as quais serão levadas em conta na hora da escolha pelo produto. Segundo uma pesquisa publicada em junho de 2001 no jornal Valor, 76% dos consumidores dão preferência à marcas e produtos de empresas envolvidas em ações sociais.
Uma empresa que realiza projetos na comunidade, que estimula e cede parte dos horários de seus funcionários para a atividade social voluntária, ganha créditos com os consumidores, que armazenam a boa imagem da empresa e passam a dar preferência aos produtos e serviços desta empresa.
Logo, a responsabilidade social é um importante passo para anexar a idéia de empresa ética e cidadã frente à comunidade. As empresas que querem atuar socialmente podem realizar projetos próprios na área que desejar ou patrocinar iniciativas de outras instituições sem fins lucrativos.”
A Associação dos Deficientes de Ubatuba (Aduba) sabe que, na grande maioria, os empresários cumprem suas obrigações e como todas as áreas públicas, o governo peca na aplicação de tais recursos. Mas, algumas classes têm maior dificuldade em enfrentar o cotidiano.
Assim, a entidade trabalha para dar-lhes capacitação profissional para que não fiquem apenas sendo dependentes de programas assistenciais (como o Pecúlio, que aposenta com um salário mínimo) e, sim, retornem a ser trabalhadores que produzem, vivem e consomem, gerando riqueza.
Para tanto, possui muitos voluntários que doam algumas horas diárias para cursos, como Inglês, Espanhol, Informática, Estamparia, Linguagem de Sinais, entre outros. Mas eles doam horas e a entidade tem que oferecer um mínimo (local, água, luz, telefone), despesas não pode agregar a estes profissionais que mesmo sem poder colaboram.
A Aduba criou o Projeto Empresa Amiga “Vista Esta Camisa”, onde necessita de 30 empresários comprometidos em adquirir uma camiseta de igual qualidade das grandes marcas com temas referentes ao trabalho social. Esta aquisição pode ser descontada do Imposto de Renda e a entidade se compromete de fixar as Marcas destas Empresas em seus meios de informação, assim como no site: www.aduba.org.br .
O valor é de R$ 30,00 (trinta reais) mensais, os quais serão utilizados na manutenção da Sede, onde se inicia tudo. (Fonte: Jornal A Semana)

Chile e Ubatuba, grandes possibilidades turísticas

Ubatuba - Nesta penúltima semana do mês de abril, recebemos em nosso município a comitiva de autoridades e comerciantes da cidade chilena de Melippilla.
O contato realizado inicialmente através da pessoa que hoje representa nosso gabinete municipal, prof Eunápio Ramos, e estimulados pelos laços de amizade efetivados com alguns munícipes como, por exemplo, Dr. Eugenio Leite, provocou a descoberta de nossa fascinante cidade, a qual eles chamam de paraíso, criando assim o forte interesse de intercâmbio entre os produtos das duas cidades.
Em uma pequena Reunião de Negócios entre empresários chilenos e ubatubenses, realizada na sede da ACIU (Associação Comercial e Industrial de Ubatuba), nesta última sexta-feira, 25, foram apresentados por eles um vinho de excelente paladar, parte de sua mais rica safra, e um queijo igualmente especial, os quais eles visam implantar no mercado brasileiro. Eles também dizem que há possibilidades, caso haja interesse, de se intercambiar alunos ubatubenses para o Chile e turistas.
Melipilla desfruta de seus produtos agropecuários também como turismo como, por exemplo, a Granja Educativa e de um belíssimo artesanato.
Já Ubatuba pode oferecer-lhes as belezas naturais invejáveis a qualquer outro lugar do planeta, que, segundo eles, têm um grande público da Terceira ou “Melhor Idade” de chilenos esperando somente as propostas de melhores roteiros.
Búzios já desfruta desta irmandade entre as cidades, mas, sem dúvidas, Ubatuba tem um grande potencial para o mercado. Segundo o encarregado de Assuntos Internacionais de Melipilla, Wanderley Dias de Souza, esta é a quarta vez que a comitiva está em Ubatuba em busca da concretização desta irmandade, porém nunca recebeu nenhuma proposta do município, sendo assim esta a sua última tentativa.
Na ocasião da reunião, eles presentearam nossas autoridades e amigos com produtos de sua terra, como telas e artesanatos. Em Ubatuba realizaram algumas visitas a pontos turísticos como, por exemplo, o Parque Estadual da Ilha Anchieta e participaram de reuniões com autoridades locais.
A comitiva partiu deixando seus contatos comerciais para os interessados em firmar propostas o enlaçamento turístico, poderão ser realizadas através da ACIU, Secretaria Municipal de Turismo ou diretamente pelo e-mail: wander_ley@yahoo.com  , com Wanderley Dias de Souza, Encarregado de Assuntos Internacionais, site: www.melipilla.cl  ou com o Coordenador de Turismo de Melipilla e Chefe de Operações, René Altamiro Cornejo, e-mail: melipil@munitel.cl . (Fonte: Jornal A Semana)

Ubatubenses são os vencedores do SuperSurf

Ubatuba - Chegou a vez dos garotos de Ubatuba. Ontem, na segunda etapa do SuperSurf, em Torres, eles atropelaram as ondas de um metro e as estrelas da competição para levantar os troféus das duas categorias. No masculino, o antes coadjuvante Renato Galvão, de 21 anos, venceu o experiente Renan Rocha e, na decisão das mulheres, a vitória ficou com Suelen Naraísa, ubatubense de 18 anos, que venceu a sensação do surfe feminino, Silvana Lima. (Fonte: O Globo)

Próxima etapa do SuperSurf será justamente em Ubatuba

Ubatuba - Renan era o favorito da final. Entrou na água com a bagagem de uma década de conquistas na elite do surfe mundial, o WCT, e embalado pela incrível sucessão de sete baterias vencidas até a decisão. Convidado pelo SuperSurf a participar do evento, ele teve que entrar na competição pela primeira fase, enquanto seu adversário só estreou na terceira, como cabeça-de-chave. O ubatubense assegurou a vitória nos minutos finais, com a maior média do evento: 15,43:  Conseguir uma nota alta no início foi importante, já que o mar estava irregular. Além disso, a vitória da Suelen me deu um incentivo extra para dar mais um título a Ubatuba.
Renato e Suelen têm tudo para repetir a dobradinha na próxima etapa, que será realizada na Praia de Itamambuca em Ubatuba. Com o resultado, Renato, que havia ficado em 33 na primeira fase, em Maresias, assumiu o quarto posto no ranking brasileiro. O líder, após duas etapas, ainda é o paranaense Peterson Rosa.
No feminino, Suelen deixou para trás Silvana Lima, que foi vice-campeã também na primeira etapa do SuperSurf. (Fonte: O Globo)

Carta do Leitor

Parabéns Itamambuca! - Parabéns à Associação dos Protetores de Itamambuca - API e à Sociedade Amigos de Itamambuca pela Gincana Jogo Limpo realizada sábado último! São iniciativas como esta que realmente conscientizam nossas crianças da importância da Preservação Ambiental, transformando-os em multiplicadores desta ação pela natureza.
Bi Mello
Ubatuba, SP

Apoio - É com muito prazer que me dirijo ao Litoral Virtual para sacramentar meu apoio ao sr. Sérgio Luiz Alves Carvalho, secretário de turismo. Aproveito para deixar meu comentário: imagino que todos daqui desta nossa cidade, de alguma forma já depositaram sua confiança em algum destes que já passaram pelas admnistrações anteriores. Então porque não apoiar este, que de todos me parece o melhor e bem mais preparado e capacitado para retirar nossos trazeiros da lama?
Sem mais comentários...
Obrigado pelas informações que o Litoral Virtual disponibiliza pra mim e pra todos que conhecem seu trabalho.
Dirceu A. Filho
Perequê-Açú
Ubatuba, SP

FUNDESPA - A Fundação de Estudos e Pesquisas Aquáticas (www.fundespa.com.br) realiza há mais de 10 anos monitoramento do Canal de São Sebastião para entidades como a SABESP e a PETROBRAS. Como temos visto neste importante veículo de informação pela internet que interessados tem apresentado e comentado nossos relatórios, a nossa revelia, estamos dispostos a atender quaisquer questões que nos sejam propostas sobre a situação do canal de São Sebastião em termos de poluição de suas águas e sedimentos, de sua biota, de seus ecossistemas, das fontes de contaminação, de impactos ambientais, etc.
Para isso, basta que, através daquele mesmo veículo de comunicação, nos façam perguntas que responderemos com a maior satisfação.
Por outro lado, estamos a disposição de qualquer órgão municipal da região para atender suas preocupações, sem necessitar que outros apresentem ou discutam nossos resultados.
Em realidade, poucas instituições possuem a massa de informações que produzimos ou que tem sido geradas por diversas Unidades da USP às quais somos relacionados e damos apoio.
Prof. Luiz Roberto Tommasi
Diretor-Presidente
FUNDESPA


Clique Aqui para acessar o Manifesto de Apoio
a Proposta de Programas e de Ações para o Turismo de Ubatuba
apresentado pelo Secretário de Turismo, Sergio Luiz Alves Carvalho

 

Foto do Dia
Praia da Ponta Aguda
Ubatuba
Praia da Ponta Aguda
© Emilio Campi


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Clique Aqui para acessar o arquivo de Fotos Publicadas

 

Gaivota FM
Participe você também com seu comentário, crítica ou sugestão no programa
Estação Ubatuba c/ Tony Luiz
De segunda a sexta das 12 as 14 hs na Gaivota FM 104.9
Sempre com entrevistados diários e variados, falando sobre todos os temas
Ligue 3833.5550


 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui.


Marcos Borges da Silva - artista plástico Ubatuba Fascinante A.Coutinho

As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.


GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral na versão:

Compacta (apenas as manchetes c/ Link)
Completa (todas as notícias na íntegra) 
e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor