Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Sexta-feira, 06 de junho de 2003 - Nº 797 Edições Anteriores

Regisoft Anuncie Aqui! Naturali Garden Center

Litoral Norte:
   Ventos arrastam óleo e mancha atinge 3 ilhas e 8 praias
   Criador de mexilhão teme prejuízos
   Multa sai só após término da limpeza
   Especialista aponta risco ao mangue
   Tebar diz que coletou quase todo o óleo

Caraguatatuba:
   Quadrilha invade casa de vereador em Caraguá
   Enterro de empresário atrai 200
   Amigos querem ato contra violência
   6º Festival do Camarão - Pescadores comemoram fim do defeso
   Paulo Noronha participa do 4º Workshop de Hotelaria e Gastronomia
   Óleo atinge marisqueiro na Ilha do Tamanduá e Praia da Tabatinga
   Estudantes do Módulo vão restaurar Mercado Municipal de Jambeiro

Ilhabela:
   Ilhabela recebe paulista de travessia aquática
   1º Fórum de Ecoturismo de Ilhabela acontece nos próximos dias 11 e 12

São Sebastião:
   São Sebastião apresenta Festival Ecocine em São Paulo
   Sirene ligada: mais um passeio da PM com alunos de São Sebastião
   Secretário de obras visita a Costa Sul e faz avaliação de obras
   Competições do final de semana em São Sebastião - 07 a 08 de junho

Ubatuba:
   Vereador quer datas para comparecimento de prefeito à Câmara
   Policial de São Paulo é preso por desacato em Ubatuba
   Natação de Ubatuba dá show na Capital
   Projeto do Centro de Convenções está em fase final
   Vazamento de petróleo atinge litoral de Ubatuba
   Projeto de Desenvolvimento Econômico de Ubatuba envolve comunidade
   Acompanhe a agenda Setur da próxima semana
   Conselho da Educação é empossado
   Faça uma aliança com a vida

   Carta do Leitor



Ventos arrastam óleo e mancha atinge 3 ilhas e 8 praias
Área de mangue e ilha Anchieta são atingidas e preocupam prefeituras e pescadores; Tebar diz que situação está 'controlada'

Litoral Norte - O mau tempo e os ventos fortes arrastaram o óleo que vazou do Tebar (Terminal Marítimo Almirante Barroso), em São Sebastião, e ontem oito praias e três ilhas, incluindo uma área de mangue, já haviam sido atingidas pela mancha no Litoral Norte.
Entre as ilhas poluídas está a Anchieta, em Ubatuba. O local é área de preservação e, desde 1977, forma o Parque Estadual da Ilha Anchieta.
Até quarta-feira, o óleo havia atingido a parte sul da Ilha do Tamanduá, em Caraguá, e a praia da Ponta Aguda, em Ubatuba.
Ontem, vestígios de óleo foram encontrados na praia da Tabatinga (Caraguá) e, ainda pela manhã, a mancha chegou à criação de mexilhões na Ilha do Tamanduá (leia texto nesta página).
No início da tarde, o óleo já havia atingido também as praias Figueira, Mansa, Lagoa (praia e mangue), Saco da Banana, Ponta do Frade e praia da Prata, todas em Ubatuba. Pouco depois das 15h, parte da ilha do Mar Virado, em frente à praia da Maranduba, também foi poluída e, na sequência, as equipes de limpeza já haviam localizado óleo em três praias da Ilha Anchieta --Saco da Pedra Miúda, Praia do Sul e Boqueirão.
As informações são das prefeituras, Defesa Civil e agentes ambientais que estavam nos locais afetados. O Tebar confirma apenas quatro praias (Figueira, Lagoa, Ponta Aguda e Mansa) e duas ilhas (Tamanduá e Anchieta) atingidas pelo óleo (leia texto nesta página).
O ValeParaibano percorreu de barco o entorno da ilha do Tamanduá e, a pé, as praias da Ponta Aguda, Mansa e Lagoa.
Na ilha, foi observado pouco óleo na água. Na Ponta Aguda, os voluntários já haviam acabado de limpar a areia. Já nas praias Mansa e Lagoa ainda podiam ser vistas partes de areia com manchas de óleo. Nesta última, havia poluição no mangue também.
Segundo o secretário de Meio Ambiente de Caraguá, Auracy Mansano, os ventos e a ressaca no mar estão fazendo com que as manchas se espalhem rapidamente.
"Um óleo espesso afetou vários pontos da ilha (Tamanduá) e da criação de mexilhões, que certamente está condenada. Encontramos alguns peixes mortos que estavam sujos de óleo", disse.
A contenção de óleo está sendo feita pelos agentes da Petrobras e tendo apoio da Defesa Civil", disse o secretário de Meio Ambiente de Ubatuba, Virgílio Barroso.
Segundo a administração da Ilha Anchieta, a situação é preocupante pois os ventos e a maré alta podem arrastar as manchas para a parte principal da ilha --local de visitação.
O Instituto Florestal, responsável pela administração da ilha e do parque, informou que somente hoje terá uma avaliação da situação no local.
ACIDENTE - Cerca de 15 mil litros de petróleo do navio Norueguês Nordic Marita caíram no mar na terça-feira após vazamento no Tebar.
A operação para contenção está sendo realizada por 340 homens, 128 embarcações e um helicóptero. Segundo a Petrobras, 13,6 mil litros de óleo haviam sido recolhidos até ontem à tarde.
A Cetesb (Companhia de Tecnologia e Saneamento Ambiental) e as prefeituras aguardam o término da contenção do petróleo para avaliar o valor das multas (leia texto nesta página).
O vazamento aconteceu devido a problemas na conexão dos braços de carregamento entre o navio e o terminal. A embarcação transportava 108 mil litros de petróleo vindos da Bacia de Campos (RJ). (Fonte: ValeParaibano)

Criador de mexilhão teme prejuízos

Litoral Norte - Pescadores e criadores de mariscos do Litoral Norte temem prejuízos com o vazamento dos 15 mil litros de petróleo no Tebar. Ontem, uma das fazendas de mariscos de Caraguatatuba foi atingida pelo óleo.
O criadouro fica na Ilha do Tamanduá, perto da praia da Tabatinga, e foi atingido pelo óleo apesar do esforço dos pescadores para evitar que o produto se espalhasse.
"Estamos bastante preocupados. O nosso ganha pão é o mar. Nós vivemos do mar. Somos preparados para ajudar em caso de emergência, mas nós nunca imaginamos que isso (vazamento) fosse acontecer", disse Edmilson Ranulpho, um dos sócios da fazenda de marisco.
Segundo o pescador Cláudio de Oliveira Soares, 39 anos, se o óleo atingir as redes de pesca, elas terão que ser inutilizadas. "A rede é de nylon e se encostar petróleo nós a perdemos. Cada uma custa cerca de R$ 800 e no meu barco são cinco. O prejuízo pode ser grande", disse.
Para o pescador Álvaro Bento, 42 anos, a Petrobras deveria investir mais em segurança para evitar vazamentos. "A gente vai ficar a semana toda parado, a disposição da Petrobras. O vazamento interfere na pesca, até mesmo na pesca de bóia porque quando vamos retirar o peixe da água pode grudar óleo. Os vazamentos ocorrem por falha deles, que deveriam investir mais para evitá-los." (Fonte: ValeParaibano)

Multa sai só após término da limpeza

Litoral Norte - A Cetesb (Companhia de Tecnologia e Saneamento Ambiental) e as prefeituras de São Sebastião, Ubatuba e Caraguatatuba aguardam o término da contenção do óleo para avaliar o valor das multas que serão aplicadas. O valor será calculado de acordo com o dano ambiental.
A Cetesb informou ontem que está fazendo vistorias nas áreas atingidas para avaliar os danos.
O diretor de Meio Ambiente da Prefeitura de São Sebastião, Nivaldo Simões, disse que acredita que a quantidade de óleo no mar seja superior ao divulgado pela Petrobras --15 mil litros.
"O óleo não atingiu as praias do município, mas afetou o canal de São Sebastião. Somente após a conclusão dos trabalhos de contenção, poderemos avaliar as consequências do acidente", disse.
O diretor do Sindicato dos Petroleiros de São Sebastião, Walterli José Castrisana, disse que o órgão pretende encaminhar uma denúncia de negligência ao Ministério Público contra o terminal.
"Uma equipe do sindicato está acompanhando o trabalho da comissão formada pelo Tebar que vai identificar as causas do acidente."
A Polícia Federal informou que está sendo realizada uma perícia no navio e nos equipamentos que apresentaram problemas. A PF instaurou inquérito para esclarecer as causas do acidente. (Fonte: ValeParaibano)

Especialista aponta risco ao mangue

Litoral Norte - O oceanógrafo Hugo Galo, proprietário do Aquário de Ubatuba, disse que possivelmente a criação de mariscos na ilha do Tamanduá, em Caraguá, está contaminada pelo óleo. Outro prejudicado será o mangue da praia da Lagoa.
"Muitos animais correm o risco de ser afetados pois os mangues são os maiores criadouros da fauna marinha."
Segundo Galo, o petróleo pode causar a morte de vários animais marinhos, peixes e aves que mergulham no mar em busca de alimentos.
"O Litoral Norte tem uma grande concentração de tartarugas marinhas. Elas se alimentam de algas que ficam fixas nas pedras e rochas. Mesmo que os responsáveis sejam penalizados, a natureza vai precisar de vários anos para se recuperar." (Fonte: ValeParaibano)

Tebar diz que coletou quase todo o óleo

Litoral Norte - A Petrobras/Transpetro considera como área atingida pelo óleo em Ubatuba apenas a ilha Anchieta e as praias da Figueira, Lagoa, Ponta Aguda e Mansa. Em Caraguatatuba, a empresa aponta somente a ilha do Tamanduá.
Segundo o gerente geral de Terminais Aquaviários da Petrobras, Antônio Lauro de Moura Campos, a situação está sendo controlada nas áreas atingidas.
"Estamos em fase de contenção das pequenas manchas de óleo. Acreditamos que há pouca quantidade de petróleo no mar pois recolhemos 13,6 mil litros dos 15 mil litros que vazaram", disse.
Campos afirmou que os ventos e a agitação do mar estão carregando as manchas para outras regiões.
A Petrobras divulgou uma nota oficial no início da noite de ontem informando que as equipes de contingência vão continuar trabalhando nos pontos de emergência. A situação está controlada nas áreas afetadas, segundo a nota.
De acordo com a empresa, os técnicos estão atuando na retirada de uma camada iridescente (como um brilho colorido e sem espessura) de óleo entre as ilhas do Tamanduá (Caraguá) e Anchieta (Ubatuba).
Estão sendo recolhidas pequenas pelotas de petróleo que atingiram os trechos das praias da região sul de Ubatuba. Segundo a empresa, os locais são poucos frequentados e de difícil acesso. (Fonte: ValeParaibano)

Quadrilha invade casa de vereador em Caraguá
Bandidos fazem cinco reféns e agridem vereador de Lorena; polícia procura os três suspeitos, que fugiram

Caraguatatuba - Uma quadrilha armada e encapuzada invadiu na noite de anteontem a casa do presidente da Câmara de Caraguatatuba, Wilson Gobetti (PPS). Ele, a esposa, e outras três pessoas ficaram reféns dos bandidos por mais de meia hora. Duas pessoas teriam sido agredidas pelos assaltantes durante a ação.
Entre as vítimas também estavam o presidente da Câmara de Lorena, Wagner da Silva (PL), o assessor dele e mais o presidente da Associação de Bairro da Vila Zélia, de Lorena.
O grupo foi feito refém pelos três assaltantes e depois foi trancado no banheiro da casa. Foram levados relógios, telefones celulares, dinheiro, jóias e tênis. A polícia não informou o valor roubado da casa do vereador, localizada no bairro Praia das Palmeiras.
Os vereadores se reuniam para discutir a formação da Associação dos Presidentes de Câmaras do Cone-Leste Paulista, da qual Silva seria o presidente e Gobetti, o vice.
Gobetti não quis comentar o assalto ontem e limitou-se a dizer que estava muito abalado com o assalto. A esposa do vereador ficou sob a mira de um revólver engatilhado. Ela não ficou ferida.
Segundo o presidente da Câmara de Lorena, Wagner da Silva, os assaltantes invadiram a residência com as armas em punho, pedindo os pertences pessoais e ameaçando atirar nas vítimas.
Todos estavam na sala-de-estar no momento, segundo a polícia. Silva disse que levantou-se e foi agredido pelos bandidos. "Levei um chute na costela e achei que eles fossem disparar. Só pensava em meu filho", afirmou.
O vereador disse que a ação durou cerca de 30 minutos. "Após levarem nossos pertences, eles nos trancaram no banheiro para poderem fugir."
Investigação - A Polícia Civil de Caraguatatuba investiga o caso. Segundo a equipe de investigação, até as 19h de ontem, a polícia ainda não tinha achado nenhum suspeito.
O delegado responsável pelo caso, Marcelo Magalhães, não foi encontrado para falar sobre o assunto.
PM - Segundo o comandante da Polícia Militar de Caraguatatuba, Valter Padula, as rondas policiais têm sido intensificadas nos bairros, mas precisam de apoio da comunidade.
Ele esteve na casa de Gobetti horas depois da ocorrência e acha que um terreno baldio foi um possível local onde os bandidos se esconderam antes de praticar o assalto.
"Se nós mobilizarmos a população ainda dentro das casas, podemos aumentar o efetivo sem contratações, por meio de denúncias e outras ações", disse Padula. (Fonte: ValeParaibano)

Enterro de empresário atrai 200

Caraguatatuba - Cerca de 200 pessoas acompanharam na manhã de ontem o enterro do empresário Rogério Gatti Guerra, 54 anos, de Caraguatatuba, encontrado morto com quatro tiros anteontem em Ubatuba.
O crime revoltou familiares, motociclistas e amigos do empresário. A polícia suspeita de latrocínio (roubo seguido de morte). No final da tarde de ontem, a caminhonete do empresário foi encontrada.
"Estamos abalados pois sua morte é uma grande perda para todos", disse o irmão do empresário, Álvaro Guerra. O vendedor José Antônio de Luca, 50 anos, amigo de Guerra há 14 anos, disse que o sonho do empresário era transformar Caraguá na capital do motociclismo. Ele afirmou que estão organizando uma manifestação pela paz em homenagem ao empresário (leia texto nesta página).
Guerra era dono do bar temático Roger Garage e da loja de conveniência Frango Japa. Ele era amante de motos e carros antigos e organizava vários eventos na cidade, como a comemoração do aniversário do motoclube Garotas do Asfalto, realizada no mês passado.
A esteticista Yara de Castro, 52 anos, disse que Guerra era uma pessoa calma e não tinha inimigos. Ela participa do motoclube Mari Moto, fundado pelo empresário há 4 anos.
"Estamos assustados pois ele (Guerra) era muito amigo de todos. Esse crime não pode ficar impune", disse.
CARRO - A caminhonete do empresário, modelo Dakota, foi encontrada na tarde de ontem no bairro Saco da Ribeira, em Ubatuba. O corpo de Guerra foi localizado no bairro Monte Valério, com tiros na cabeça e na mão.
Segundo o delegado de Ubatuba, Luís Henrique Miranda, a principal suspeita é latrocínio pois foram roubados vários objetos pessoais da vítima como cartões de crédito, talão de cheque, documentos e dinheiro. Ele disse que uma folha de cheque da vítima no valor de R$ 5 mil havia sido repassada.
"As investigações estão adiantadas e esperamos solucionar em breve o crime." (Fonte: ValeParaibano)

Amigos querem ato contra violência

Caraguatatuba - Amigos do empresário Rogério Gatti Guerra, 54 anos, vão organizar uma manifestação pela paz. Segundo o vendedor José Antônio de Luca, 50 anos, amigo do empresário, vários motoclubes estão sendo comunicados da manifestação.
"A nossa idéia é fazer um encontro na cidade e na capital pois ele (empresário) era muito conhecido", disse.
Luca afirmou que vai entrar em contato com os familiares do empresário pois os motociclistas querem manter o bar Roger Garage funcionando.
"O bar, que é considerado o ponto de encontro dos motociclistas, vai manter a imagem dele (Guerra) viva", disse. (Fonte: ValeParaibano)

6º Festival do Camarão - Pescadores comemoram fim do defeso

Visando valorizar a cultura caiçara, difundindo a cada ano os costumes dos pescadores artesanais, a Fundacc - Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba e a Setur -Secretaria de Turismo e Fomento, em parceria com a Associação de Pescadores do Camaroeiro, vêm realizando o Festival do Camarão, em comemoração ao final do período de Defeso, quando fica proibida a captura do crustáceo. Iniciada em 1998, a festa cresceu e hoje é considerada uma das mais importantes do calendário, quando a cidade recebe muitos turistas, que vêm comprar camarão fresco a preços promocionais, saborear deliciosos pratos típicos e assistir a corridas de canoas disputadas entre pescadores e seus filhos, vindos de várias comunidades pesqueiras da cidade.

Caraguatatuba - O 6º Festival do Camarão, acontece nos dias 6, 7 e 8 de junho de 2003, na Praia do Camaroeiro, e é sem dúvida, uma das maiores festas da cultura caiçara no Litoral Norte, atraindo para Caraguatatuba, milhares de turistas e também toda a comunidade, que festeja junto aos pescadores o final do defeso do Camarão, e o início da pesca do crustáceo.
Com a abertura oficial prevista para o 12h do dia 6, a organização espera um público de 40 mil pessoas nos três dias de evento. Nos outros dias, a festa acontece das 10 às 23 horas.
Visando valorizar a cultura caiçara, o Festival do Camarão vem cumprindo um papel muito importante dentro da comunidade de pescadores artesanais, que vêem na parceria com o poder público uma alavanca para venda de seus produtos e uma maneira de estarem transmitindo um pouco de seu cotidiano caiçara.
Novamente a festa será realizada após o rio, na ponta da Praia do Camaroeiro, sob os coqueiros, proporcionando uma maior acomodação do público sob a Tenda de Alimentação e o livre acesso à praia, tornando o cenário mais pitoresco.
Barcos ao Mar - A cerimônia religiosa “Barcos ao Mar”, acontece dia 31, sábado, às 17 horas, no Entreposto de Pesca Artesanal. Este ano, acontecerá uma também uma procissão marítima em homenagem à São Pedro, prevista para as 15 horas com percurso até o Rio Santo Antonio, terminando no Entreposto, quando os pescadores e seus barcos receberão benção para voltar à pesca e acontece a homenagem dos pescadores escolhidos pelas comunidades pesqueiras do município, Centro, Porto Novo e Massaguaçu, com a participação de suas famílias, autoridades e religiosos.
Os pescadores homenageados - Os pescadores que serão homenageados nesta edição da festa foram indicados pelas comunidades pesqueiras da cidade.
Benedito Francisco do Espírito Santo é conhecido por Dito Chico, e é do bairro Ipiranga, nascido em 1944, na Martim de Sá, criou sete filhos e hoje é aposentado, mas ainda pesca com os amigos, e continua tirando seu sustento do mar.
Já Osvaldo Custódio da Conceição, nasceu em 1939, no bairro da Tabatinga, e pesca desde os 10 anos, seguindo a profissão de seu pai, Joaquim do Nascimento. Criou seus oito filhos com a pesca e somente um de seus filhos é pescador.
Benedito Xavier da Cunha, conhecido por Benedito Virgílio, nasceu em 1927 na praia da Mococa, e começou a pescar aos 22 anos. Vive no Massaguaçu. Seus 9 filhos e uma neta, foram criados com a pesca. Atualmente é aposentado e não pesca mais.
Sinézio Vitório Paes, do Barranco Alto, nascido em 1925, aposentado da Marinha, foi escolhido para ser homenageado por seu companheirismo e amor à pesca artesanal.
A venda do camarão - Haverá venda de camarão in natura no Entreposto de Pesca Artesanal durante os três dias de festa, das 7 às 19 horas. Lá poderão ser adquiridos camarão Sete barbas e o camarão branco a preços convidativos. Os pescadores estão com boas perspectivas em relação à quantidade de camarão pescada neste ano.
Em 2002, foram pescados 1200 quilos de camarão branco e 16.750 quilos de Sete barbas.
Valorização da Cultura Caiçara - Durante os dias de festival, o público pode vivenciar vários aspectos da cultura caiçara, mas o que todos esperam mesmo é pela Corrida de Canoas Caiçaras e Canoa a Pano, que acontece no dia 8, domingo, a partir das 9h30. A prova reúne os pescadores do norte, sul e centro da cidade, numa grande festa. Com as categorias Canoa a Remo Duplas, Adulto, Infantil, Lobo do Mar(acima de 60 anos), e Canoa a Pano. Às 13h, acontece o Torneio de Futebol “Festival do Camarão”, com a participação dos pescadores.
Outra grande atração do festival é a Tenda das Artes, aberta à partir das 10 horas, onde o público pode apreciar e adquirir obras dos artistas e artesãos locais, peças sob o tema “O Mar” confeccionadas especialmente para o festival, resultando em peças de muita expressão e identidade com o evento, com peixes e ambientes marinhos, pescadores, sereias, luminárias, cofres de tesouros, e vários materiais e inúmeras técnicas, numa profusão de cores e formas que vêm a cada ano, enriquecendo o Festival do Camarão.
Gastronomia - Nas barracas são servidos pratos típicos da culinária caiçara preparados pelas famílias dos pescadores; as tradicionais porções e espetinhos, bobó de camarão, porções de cação e moquecas, casquinha de siri, e Azul Marinho, prato tradicional da cultura caiçara, e as novidades, como os bolinhos com massa de mandioca e fruta pão recheados e a feijoada de camarão, com feijão branco.
Enquanto o público saboreia as delícias caiçaras, conjuntos musicais locais e regionais e grupos das oficinas culturais da Fundacc apresentam-se no palco, tendo como tema, a cultura caiçara.
Programação Artística
Dia 6 - Sexta-feira
12h - José Maria e Giselle, com repertório de mpb, são de Caraguá.
20h30 - Banda Municipal Carlos Gome.
22h - Grupo Musical Nosso Som, com repertório, bossa nova e mpb, de Caraguá.
Dia 7 - Sábado
12h30 - Grupo Musical Essência da Terra, com serestas, mpb e chorinho é formado por músicos da região.
20h - Caiçaríssimo - causos, contos e música, de São Sebastião.
22h - Grupo Musical Raízes de Ilhabela.
Dia 8 -domingo
12h30 - Grupo Swing Brasil, repertório: samba de raiz, mpb.
20h - Grupo Carlos Grillo, repertório música regional.
22h - Moleque Atrevido, repertório pagode de mesa, fundo de quinta.
Fundacc - Nos dias de festa, as Oficinas da Fundacc apresentam-se entre as 16 e as 19 horas, com teatro, dança, capoeira, puxada de rede, maculelê, e entre as 17 e 22 horas, alunos das Faculdades Módulo estarão promovendo recreação para crianças com atividades como corrida de saco, dobraduras, pintura, entre outras.
Enfim, o Festival do Camarão, em sua 6ª edição em 2003, tornou-se evento do calendário municipal, e está se firmando como um das festas mais importantes e de maior expressão na cidade, e a cada ano, vem conquistando mais público e parcerias.
Mais informações sobre o festival na Fundacc, Rua Santa Cruz, 396 no centro. Mais informações na Fundacc pelos telefones (12) 3883 7555 / 3883 3737 / 3883 3606. (Fonte: PMC)

Paulo Noronha participa do 4º Workshop de Hotelaria e Gastronomia

Caraguatatuba - O secretário de Turismo de Caraguatatuba Paulo Noronha, visitou o 4º Workshop de Hotelaria e Gastronomia, que aconteceu no Hotel Maison Jolly, em Ilhabela, na última terça-feira, 3. O secretário visitou cerca de 40 standes de expositores e cumprimentou o prefeito de Ilhabela, Manoel Marcos, presente no evento. Os hoteleiros de Caraguá e o presidente do Comtur, Paulo Bijus, estiveram visitando o workshop. Na ocasião, o secretário assistiu a palestras sobre gastronomia, motivação e desenvolvimento. (Fonte: PMC)

Óleo atinge marisqueiro na Ilha do Tamanduá e Praia da Tabatinga

Secretário de Meio Ambiente de Caraguá, Auracy Mansano, acompanha mancha de óleoCaraguatatuba - O óleo, derramado ontem no Tebar em São Sebastião, atingiu hoje, pela manhã, o marisqueiro da praia sul da Ilha do Tamanduá e a Praia da Tabatinga. A Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Caraguá mobilizou, desde ontem, cerca de 50 agentes ambientais para monitoramento e limpeza das áreas próximas ao acidente, além de 10 embarcações, que estão trabalhando em barreiras de contenção. Hoje, o número de agentes subiu para 200. Segundo a Petrobrás, foram derramados 15 mil litros de óleo
Os trabalhos realizados para a contenção da mancha de óleo no mar do Litoral Norte Paulista se iniciaram na madrugada de ontem em Caraguatatuba, quando a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca acionou seis agentes ambientais com duas embarcações para protegerem a foz do Rio Juqueriquerê, área mais próxima do local do vazamento. Foram colocadas barreiras de contenção que impediriam a entrada do óleo no rio e no mangue.
Devido às correntes marítimas e aos ventos, a mancha de petróleo se espalhou com grande velocidade e foi desviada para mar aberto na Região Norte de Caraguá, não atingindo, portanto, a região do Juqueriquerê, que fica ao Sul da cidade. O desvio foi considerado fato positivo, pois a maior parte das praias de Caraguá não foi atingida. “Se as condições do mar e do tempo fossem contrárias, todas as nossas praias teriam sido atingidas pelo óleo”, disse o secretário de Meio Ambiente de Caraguá, Auracy Mansano, que acompanhou, de perto juntamente com a assessoria de comunicação da Prefeitura, todas as fases do acidente.
Via rádio, o secretário pôde se comunicar com os pescadores, que estavam embarcados trabalhando na contenção da mancha, e constatou que o número de barreiras absorventes não era suficiente, Mansano acionou a Petrobrás, que está providenciando esse e outros equipamentos para a continuidade dos trabalhos.
O marisqueiro, localizado na Praia Sul da Ilha do Tamanduá, sofreu uma invasão de óleo espesso em grande quantidade.
À beira da Praia da Tabatinga foram encontradas manchas pequenas e também sete garrafas de plástico sujas com óleo espesso, mas os agentes já realizaram uma limpeza no local, eliminando os vestígios de contaminação. Segundo informações dos agentes ambientais, na Praia da Lagoa, em Ubatuba, há cerca de 10 metros da areia, existe uma grande e espessa mancha de óleo, onde está sendo feito um trabalho de contenção. Também em Ubatuba, a costeira Ponta Aguda, na Praia de Ponta Aguda, foi atingida ontem à tarde pelo óleo. Ainda não foi confirmada a presença de óleo na areia dessa praia.
O secretário Auracy Mansano informou que considera razoável a gravidade do problema do óleo nas praias da cidade, mas que uma nova avaliação, mais detalhada deve ser feita para tirar conclusões mais precisas.
Todos os agentes ambientais que estão trabalhando embarcados ou por terra são contratados pela Petrobrás. Eles estão divididos em grupos realizando um monitoramento nas Praias Tabatinga, Ponta Aguda e Lagoa, e também na Ilha do Tamanduá. (Fonte: PMC)

Estudantes do Módulo vão restaurar Mercado Municipal de Jambeiro

Caraguatatuba - As Faculdades Integradas Módulo, de Caraguatatuba, em parceria com a Prefeitura de Jambeiro, participarão de um projeto para restauração do mercado municipal da cidade do Vale do Paraíba.
O projeto pertence à professora Dilene Zaparoli e aos alunos do 3º ano de arquitetura, Carmem Denise Ramalho e Alex Sander Pinheiro Lemes.
As obras começarão ainda este mês no mercado, que foi construído em 1896, em estilo neoclássico, com alvenaria de tijolos. Atualmente o local conta com bares, mercearia, açougue e loja de consertos de eletrodomésticos.
A idéia do projeto começou quando os alunos viram uma reportagem com o prefeito de Jambeiro, José Geraldo Vasconcelos Coelho, na TV Vanguarda, onde ele dizia ter intenções de restaurar o mercado municipal.
Foi assim que, no dia seguinte, os alunos procuraram a professora Dilene, que é arquiteta especialista em patrimônio histórico e pediram que a mesma entrasse em contato com o prefeito e ver se conseguiríam algum trabalho.
Como a faculdade está acostumada a fazer projetos de parceria com a comunidade a professora tomou a liberdade de ligar para a prefeitura e deu certo.
“O prefeito me recebeu, gostou da idéia, mas a princípio teríamos que cobrar as minhas horas aulas, além de ajuda de custo para meus alunos. Foram quase quatro meses de negociação sem que nada desse certo. Ele dizia que a prefeitura não tinha verba suficiente. Bem desanimada, já ia desistir quando um arquiteto da prefeitura de Jambeiro disse que o prefeito iria intervir no mercado, mesmo sem projeto algum. Ficamos preocupados com o prédio, que tem história e deve ser preservado. Então disse que iria doar o projeto à prefeitura em troca de vinculação do meu nome e da faculdade ao projeto e a obra, além do pagamento de nossas refeições sempre que fôssemos a Jambeiro. Deu certo, o prefeito aceitou e estamos trabalhando desde fevereiro deste ano”, conta.
A professora salientou que o trabalho se resumirá a fazer o projeto de restauro.
“Não é uma reforma, pois no projeto de restauro levantamos todo o histórico do prédio para saber ao certo onde podemos intervir, e para se ter diretrizes concretas de o que retirar e o que manter. Além disso, levantamos todas as doenças do prédio - as patologias, e para cada uma são indicadas às curas. Fizemos também um inventário dos bens de interesse histórico da cidade, identificando o estado de conservação dos imóveis, período de construção, estilo, entre outros aspectos de importante relevância para nossa proposta”, destaca.
Outros levantamentos também estão sendo realizados pelos estudantes, como por exemplo, o uso e ocupação do solo, pois existe a pretensão de propor um limite de área de preservação na cidade, para que daqui a alguns anos, o centro da cidade se mantenha preservado.
Em 2001, os alunos fizeram um levantamento semelhante na cidade de Ilhabela, onde realizaram um inventário dos bens de interesse histórico.
Reunião - Na última segunda-feira, a professora esteve reunida com o prefeito de Jambeiro, apresentando a proposta de intervenção no mercado.
Dentre as diretrizes apresentadas estão a manutenção das características originais do prédio; ocupar melhor os espaços internos, pois atualmente a disposição faz com que haja perda de espaço que poderia ser útil; melhorar o aspecto visual do interior colocando uma unidade nos futuros boxes que serão mais bem dimensionados e planejados.
“Mas o que é de mais importante nesta intervenção é que pretendemos fazer do mercado um mercado, o que hoje ele não é. Precisamos trazê-lo de volta para a população que precisa de mais lugar para o comércio, que é pequeno na cidade”, salienta.
Os alunos e a professora fizeram uma entrevista com 100 moradores da cidade e em sua maioria disseram que não podem entrar no mercado por conta do número de bêbados, pelo aspecto que tem hoje de decadente.
Eles esperam o apoio da comunidade, pois o do prefeito já conseguiram. O projeto será apresentado no Legislativo e os autores pretendem ter o apoio dos vereadores.
“O que visamos é a melhoria da qualidade de vida dos cidadãos de Jambeiro. Estamos fora das questões políticas, só estamos tentando fazer bem nosso trabalho e, por estarmos de fora, enxergamos coisas que a população e outros interessados não conseguem ver.
A preservação, revitalização e restauração do mercado podem mudar a vida dos moradores de Jambeiro, só não vê quem não quer”, finaliza a professora.
A previsão é de que o projeto seja finalizado em julho e a restauração terá o prazo de 12 meses para a conclusão. (Fonte: Imprensa Livre)

Ilhabela recebe paulista de travessia aquática

Ilhabela - Ilhabela recebe neste domingo a 5ª etapa do 15º Campeonato Universitário e Aberto de Travessias Aquáticas, promovido pela Federação Universitária Paulista de Esportes (Fupe). A prova terá inicio às 9h, com largada na praia do Pequeá, e previsão de término por volta das 13h30. A travessia deve reunir cerca de 700 atletas em cinco categorias: de 1000m para todas as idades; 3000m aberta a partir dos 12 anos; 3000m equipada somente para militares; categoria universitária e revezamento 4x250m. No total, o evento deve reunir cerca de 1500 pessoas entre nadadores e acompanhantes. A equipe de natação de Ilhabela vai participar com cerca de 30 nadadores. (Fonte: ValeParaibano)

1º Fórum de Ecoturismo de Ilhabela acontece nos próximos dias 11 e 12

Ilhabela - O Instituto de Ecoturismo do Brasil (IEB) promove em Ilhabela o 1º Fórum de Ecoturismo do município a ser realizado no Hotel Itapemar nos dias 11 e 12 de junho a partir das 9h. O fórum conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Ilhabela através de suas Secretarias de Turismo e Meio Ambiente.
O fórum é direcionado a empresários ligados ao turismo, guias e monitores ambientais, proprietários de meios de hospedagem, serviços de alimentação e transporte, Instituto Florestal, órgãos governamentais, representantes de ong’s e oscip’s e demais prestadores de serviços turísticos diretos e indiretos além de técnicos federais e estaduais, representantes dos órgãos ambientais e turísticos, autoridades municipais e técnicos do órgão público municipal.
O objetivo do fórum é sensibilizar, estimular e assessorar as lideranças municipais na organização, planejamento e gestão de um projeto de desenvolvimento ecoturístico de modo legal e participativo.
Entre os palestrantes estarão pessoas importantes ligadas a área como a diretora do Parque Estadual de Ilhabela Kátia Regina Biagini Arean, o presidente da ANAMA de São Paulo João Ricardo Guimarães Caetano, entre outros. Estarão participando do evento o prefeito Manoel Marcos, o secretário de turismo Ricardo Fazzini e a secretária do meio ambiente Cássia Redó entre outras autoridades municipais.
Dias: 11 e 12 de Junho de 2003
Local: Hotel Itapemar
R. Av. Pedro Paulo de Moraes 341 – Saco da Capela - Ilhabela
As vagas são limitadas
Taxa de inscrição: R$10,00 para monitores R$20,00 para o restante. (Fonte: PMI)

São Sebastião apresenta Festival Ecocine em São Paulo

São Sebastião - A prefeita interina de São Sebastião, drª Cláudia Batocchio Pinto Flausino, e as cineastas Ariane Porto e Tereza Aguiar, da ONG São Sebastião Tem Alma, apresentaram na noite de ontem, no Sesc- Vila Mariana, uma pequena mostra do que acontecerá na cidade no mês de novembro, quando será realizado o III Ecocine - Festival Nacional de Cinema e Vídeo Ambiental.
“O Fundamental do pré-lançamento é a oportunidade de articulação do poder público e da organização do Ecocine, possibilitando a viabilização de recursos externos. Nosso objetivo hoje é unir, firmar parcerias e fazer do Ecocine e do Encontro dos Povos do Mar um grande evento”, afirma a prefeita.
A idéia da realização do pré-lançamento da mostra Ecocine surgiu a partir do convite de Denise Marta, programadora de cinema do Sesc- Vila Mariana. “O Sesc tem parceria com vários festivais e a idéia é expandir essa idéia para uma rede de cinema”, disse.
Para a cineasta Ariane Porto o evento simboliza o início de um longo processo. “O Ecocine vai ao encontro da proposta do Sesc, que é a formação de um novo público através de debates e discussões sobre temas importantes como o meio ambiente, por exemplo”, explica.
Até o próximo dia 7 de junho, sábado, o auditório do Sesc- Vila Mariana apresentará filmes do II Ecocine, realizado em São Sebastião como Animareco, Amyr Klink - Mar sem Fim, A Traça Teca, A Gota Borralheira, entre outros. (Fonte: Imprensa Livre)

Sirene ligada: mais um passeio da PM com alunos de São Sebastião

São Sebastião - Os alunos da EMEI Pingo de Gente, no Morro do Abrigo, puderam conhecer de perto, um pouco do trabalho da Polícia Militar.
O bate-papo com o soldado Cícero Antonio Sousa da Cruz, que explicou para as crianças a importância dos policiais para tentar acabar com o medo que elas têm dos soldados da PM, aconteceu na terça-feira, em dois períodos.
Ao todo cerca de 100 alunos passearam na Base Comunitária. É a segunda vez este ano que o soldado participa dessa atividade em escolas.
No final do mês passado ele esteve na EMEI Chapéuzinho Vermelho, escola onde sua filha, Jéssica Faria Sousa da Cruz, de cinco anos, estuda. Dessa vez, a intensidade e euforia das crianças durante o passeio com a polícia foi o mesmo do passeio anterior.
Segundo Iolanda Maria da Costa Nunes a idéia de levar a polícia até a escola surgiu, justamente, no dia em que foi realizado o passeio com os alunos da outra escola.
Ela contou que as crianças ao escutarem a sirene do carro, ficaram encantadas e que por isso ela solicitou a visita da PM ao local. “O nosso projeto no morro é sobre o bairro, incluindo meio ambiente e segurança,” justificou.
Dessa vez, Cícero contou novamente com a ajuda de Jéssica que, fardada, explicou para as crianças a maneira correta de atravessar a rua.
Já a soldado Terezinha Aparecida Pinheiro de Lima explicou que não se deve falar com estranhos e nem permitir que pessoas toquem seus corpos.
Caso isto aconteça, a orientação é que as crianças procurem os professores para contar. Apesar de nunca ter atendido, pessoalmente, nenhuma ocorrência de abuso sexual com menores, ela disse estar preocupada com os boletins que costuma ler.
O momento do passeio era o mais esperado. As crianças passearam pelas ruas do bairro dentro do Base Comunitária com a sirene ligada, o que chamou a atenção dos moradores.
No entanto, dois alunos não quiseram participar e, com medo, preferiram ficar na escola. Cícero ainda contou que um aluno da manhã teve tanto medo que chegou a ficar com diarréia. É justamente esse tipo de reação que o soldado quer evitar. (Fonte: Imprensa Livre)

Secretário de obras visita a Costa Sul e faz avaliação de obras

São Sebastião - O Secretário de Obras Públicas de São Sebastião, Ueneri Reich, visitou na última quarta-feira, a Costa Sul da cidade e aproveitou a ocasião para fazer uma avaliação das obras que estão em andamentos na região. Ele também anunciou alguns projetos que serão colocados em prática a curto e médio prazo. A presença do secretário em Boiçucanga se deu a convite do vereador Wagner Teixeira, que solicitou a participação dele no programa que apresenta todas as quartas-feiras das 11 às 12h na rádio comunitária Costa Sul FM.
O vereador diz que essa visita era necessária porque os moradores tinham muitas dúvidas que precisavam ser respondidas. Ainda comenta que conhecendo os problemas de perto, a Secretaria de Obras poderá agilizar algumas obras ou até mesmo, identificar outras necessidades em caráter de urgência da comunidade da Costa Sul.
Durante a visita, o secretário foi à Barra do Una e Juquehy, verificar o andamento da pavimentação e construção da ponte, respectivamente.
Questionado sobre a ausência de calçadas na Costa Sul, Ueneri disse que o segundo semestre poderá ser chamado do “semestre das calçadas”, porque a Prefeitura vai dar uma atenção especial a este setor. Outro assunto que ele comentou, foi à ampliação dos cemitérios na região sul do município. Somente o cemitério de Boiçucanga irá receber 64 novas gavetas. Os cemitérios de Maresias, Juquehy e Barra do Sahy, que também precisam de uma ampliação, tiveram os pedidos aprovados, que agora estão em fase de licitação para a realização das obras.
Quanto ao mutirão de limpeza, que terá seu encerramento hoje, 06/06, Ueneri garante que o projeto não parou por aí. Agora haverá uma equipe volante no município, que vai ficar responsável pela manutenção dos bairros. Eles estarão passando num dia pré-determinado em cada região da cidade, para realizar as ações necessárias.
O secretário de obras também falou sobre as 13 pontes metálicas que a Prefeitura ganhou da Secretaria de Agricultura. Apesar da garantia das instalações, as pontes só virão para a cidade quando as estruturas, feitas pela própria secretaria, estiverem prontas. Nesse processo, outros municípios foram contemplados com as pontes e por esse motivo, existe uma lista de cidades esperando as obras, que estão sendo realizadas de acordo com a necessidade de cada local.
A Prefeitura pôde indicar os lugares que receberão as pontes, sendo que duas delas devem ir para Cambury.
De acordo com Reich, a Prefeitura vai investir em breve na Praça pôr do Sol, o equivalente a R$ 100 mil. Esse valor inclui toda a calçada da área que abrange a praça, a construção de um palco e o projeto de paisagismo do local.
No setor esportivo, Ueneri comentou sobre a reforma de quadras na Costa Sul do município. A quadra de Juquehy, por exemplo, vai entrar no pacote e receberá um investimento de R$ 130 mil. Esse valor inclui a construção de vestiário, iluminação, cobertura entre outros. Ele anunciou que o ginásio esportivo de Boiçucanga vai receber uma reforma completa ainda este ano.
Ele aproveitou para explicar que a pavimentação em Barra do Una vai atrasar mais uma semana, porque depois do término da instalação de guias e sarjetas, foi detectada a necessidade de tratar o solo antes de asfalta-lo. Assim, essa etapa dever ser finalizada nesta semana, para que então na próxima, seja espalhado o material para a pavimentação. Também foi anunciado que na próxima semana, chega em Cambury o agregado siderúrgico para o início do asfalto no bairro. (Fonte: PMSS)

Competições do final de semana em São Sebastião - 07 a 08 de junho

MALHA - A equipe de malha viaja para Jacareí para mais uma disputa do Torneio João barba de Malha contra a equipe do São Benedito, dia 08 de junho às 09:00 horas.
BOCHA - A equipe de Bocha sebastianense joga no dia 07 de junho às 10:00 horas na quadra de bocha do Pontal da Cruz, pela I Copa Regional de Bocha contra a equipe de Suzano.
BASKETBALL - A invicta equipe de basketball adulto, comandada pelo técnico Prof. Adriano Ruiz tenta manter a invencibilidade no 1º turno da XI Taça São Paulo de Basketball, organizado pela L.P.B e jogará contra Cubatão dia 06 de junho às 20:00 horas em Cubatão.
A também equipe masculina , só que do mirim joga no dia 08 de junho às 16:00 horas no ginásio municipal José de Souza “Gringo” contra a equipe do Taubaté, pela Liga de Basquete do Vale do Paraíba e Litoral Norte, o técnico Prof. Ricardo Rosa, espera que o público compareça para incentivar a jovem equipe.
VOLLEYBALL - A equipe de volleyball masculino comandada pelo técnico Waldemar Talarico, disputa mais uma partida da Federação Paulista de Volleyball, novamente contra a equipe do Alphaville, só que desta vez em casa, dia 07 de junho às 18:00 horas, no ginásio municipal José de Souza “Gringo”.
FUTEBOL - A equipe de futebol sub 21 em mais um jogo preparativo para os jogos Regionais, vai para Ubatuba e joga contra a equipe local, no domingo às 10:00 horas. (Fonte: PMSS)

Vereador quer datas para comparecimento de prefeito à Câmara

Ubatuba - A Câmara de Ubatuba aprovou, em primeira discussão, na sessão da última terça-feira, o projeto de emenda à Lei Orgânica do Município nº 03/03, de autoria do vereador Charles Medeiros.
O projeto acrescenta o inciso XIII/A, ao artigo 57 da Lei Orgânica do Município, dispondo sobre o comparecimento do prefeito Paulo Ramos à Câmara de Ubatuba.
O novo texto diz que o prefeito deve comparecer no Legislativo na primeira sessão ordinária do ano e na subseqüente ao recesso de julho, bem como, sempre que o solicitar, ou quando for regularmente convocado pela Câmara, dentro de 15 dias da convocação, utilizar a Tribuna para expor sobre a situação do município e prestar os esclarecimentos de sua alçada.
Na justificativa, o vereador salienta que o prefeito nunca comparece às convocações da Câmara e com isso não expõe aos vereadores e a população como andam os trabalhos da prefeitura.
“Acho que essas convocações não servem para prejudicar o prefeito, mas sim ajudá-lo a mostrar o que é feito pela atual administração. Se até o presidente da República vai ao Senado Federal e Câmara dos Deputados, porque Paulo Ramos não vai à Câmara”, destaca. O projeto passará por segunda votação daqui a 15 dias. Se aprovado, a Secretaria de Assuntos Jurídicos da Prefeitura de Ubatuba deverá analisar o projeto sobre sua constitucionalidade. (Fonte: Imprensa Livre)

Policial de São Paulo é preso por desacato em Ubatuba

Ubatuba - O policial civil M.A.O., 26 anos, lotado em São Paulo, foi preso na noite de terça-feira, por desacato, resistência, disparo de arma e embriaguez. O caso aconteceu na praia do Pereque-Açu, em Ubatuba, onde a Polícia Militar atendeu o fato.
O adolescente B.F.A., de 15 anos, estava sentado na praia conversando com um amigo, quando viu o policial, que estava junto com o pai, o advogado e também policial aposentado, J.C.O., de 59 anos, a alguns metros de distância.
Durante a conversa, o adolescente viu o policial sacar uma arma e fazer disparos em direção ao mar. Assustado, ele acionou a Polícia Militar. Os policiais pegaram as características dos suspeitos, que já não estavam mais na praia.
Desacato e resistência - Pai e filho foram localizados em um bar, no mesmo bairro. A princípio, M.A.O. se identificou como delegado. Alterado, ele começou a xingar os policiais, que precisaram mobilizar o policial, conduzido à Delegacia de Ubatuba.
A briga no bar teve testemunho do gerente do estabelecimento e de um freguês. Feita a pesquisa, foi descoberto que M.A.O. é policial do 36° Distrito Policial, onde funciona uma Delegacia Participativa, no bairro Paraíso, em São Paulo. Até a tarde de ontem, o setor não estava sabendo do ocorrido com o policial, que está de folga, retornando no plantão na sexta-feira, dia 6.
O pai de M.A.O. é morador em Ubatuba. Embora seja advogado, ele não está inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil da comarca de Ubatuba. M.A.O. foi liberado após o pagamento da fiança arbitrada em R$ 180. O pai também pagou uma fiança de R$ 60.
Apuração na Seccional - Muitos dos processos administrativos, apurados pela Delegacia Seccional do Litoral Norte, envolvendo conduta ou crime de funcionários, são de policiais lotados em outras cidades. A informação é do delegado Seccional, João Barbosa Filho. “Aqui tem mais sindicância com policial de fora”, completa.
Conforme Barbosa, este policial irá responder, além do inquérito na delegacia de Ubatuba, por um processo administrativo na Corregedoria da Polícia Civil, que será apurado pela Delegacia Seccional, que já tomou conhecimento do caso. (Fonte: Imprensa Livre)

Natação de Ubatuba dá show na Capital

Ubatuba - Agenda lotada para os nadadores da Secretaria de Esportes e Lazer de Ubatuba. Em menos de 24 horas a equipe SEL/PMU/Vale Saúde participou de dois campeonatos.
O primeiro aconteceu em São Paulo. Foi o Campeonato Paulista de Inverno, tradicional no calendário aquático.
Com um total de 972 atletas e mais de 80 clubes de todo Estado, o campeonato contou com um altíssimo nível técnico dificultando assim qualquer possibilidade de medalha.
Mas felizmente, para surpresa de todos, os nadadores de Ubatuba fizeram bonito. O primeiro a se destacar foi o atleta Rômulo Ayron Cabral dos Santos de apenas 11 anos, categoria petiz I.
O ubatubense enfrentou uma disputa eletrizante com o segundo colocado até os últimos metros na prova dos 400 m livre. Rômulo levou a melhor e sagrou-se campeão paulista com o tempo de 5’36".
Outro que obteve um excelente resultado foi o atleta Antônio Pinto Neto, de 15 anos, categoria juvenil I, que ficou como o vice-campeão paulista no 100 m peito.
Jorge Eduardo dos Santos Oliveira (Dominíque) ficou com o terceiro lugar nos 400 m livre com o tempo de 4’39".
Já o atleta Maurici Pereira Filho (Assai/Oto Motos), de 14 anos, venceu os 100 m peito com o tempo de 1’10" e os 200 m medley com o tempo de 2’25" e também foi vice-campeão nos 50 m livre.
A nadadora Natália Lages do Nascimento, única representante feminina da equipe. Ela conquistou a quarta colocação nos 400m livre.
O saldo foi positivo. Com apenas cinco atletas Ubatuba conquistou seis medalhas: três de ouro, uma de prata e uma de bronze.
Pró - Natação - A outra competição dos nadadores de Ubatuba foi o Pró- Natação de Caragua-tatuba. Toda a equipe de natação da SEL/PMU/Vale Saúde conquistou vaga para a próxima fase do torneio, e também venceu quase todas as provas. A próxima etapa será no dia 4 de outubro, em Guaratinguetá.
A equipe tem o apoio da prefeitura através da Secretaria de esportes e lazer, Vale Saúde, patrocinador oficial da equipe e AMAN (associação de Mães e Atletas de Natação). (Fonte: Imprensa Livre)

Projeto do Centro de Convenções está em fase final

Ubatuba - Os arquitetos João Batista Silva e José Marques Mendes, da Secretaria de Arquitetura e Urbanismo da Prefeitura de Ubatuba, estão na fase final de conclusão do projeto arquitetônico do Centro de Convenções e Eventos de Ubatuba. Acionados pelo Secretário de Turismo, Sérgio Carvalho, os arquitetos se debruçaram sobre a idéia e estarão entregando o desenvolvimento completo até o final da próxima semana. Para Carvalho é importante este primeiro passo, já que há grande parte da verba necessária disponibilizada pelo DADE (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento às Estâncias) e área cedida pelo DAESP (Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo), ao lado do aeroporto Gastão Madeira, disponível para a construção deste importante instrumento para o desenvolvimento econômico do município.
O projeto está sendo desenvolvido em uma área total de 22 mil metros quadrados, sendo cerca de 15 mil metros de área construída. O Centro de Convenções terá 3 mil metros quadrados de área total. A capacidade projetada é para atender 2900 pessoas. Também estão no projeto uma sala de trabalho para instalação de equipamentos de tecnologia e informática, duas salas de reuniões e área exclusiva para intervalos e café. Na área para feiras, shows, eventos e outras atividades, são 6 mil metros quadrados com a capacidade para cerca de 5 mil pessoas. O restaurante terá a capacidade rotativa de 500 pessoas e contará com bar. À área de serviços foram destinados 1400 metros quadrados e contará com posto de atendimento médico. O Centro de Convenções e Eventos de Ubatuba contará com dois elevadores panorâmicos e amplo estacionamento.
Segundo os arquitetos, houve a preocupação em projetar todas as instalações com rampas e sanitários adequados para atender plenamente portadores de deficiência física. O secretário Sérgio Carvalho pretende estar anunciando esta obra ainda este ano, com início previsto para outubro e que terá a duração de no máximo um ano. “Esta ferramenta estará mudando o perfil turístico de Ubatuba. Este segmento do turismo de negócios movimentará a cidade, que será trabalhado prioritariamente na baixa temporada gerando emprego e renda para grande parte da população do município. Aliás, não podemos pensar em turismo sem agregar a questão social”, concluiu Carvalho. O prefeito Paulo Ramos (PFL) considera esta sua iniciativa o início de uma nova era econômica para todos os setores produtivos do município de Ubatuba. Fonte: ACS-PMU)

Vazamento de petróleo atinge litoral de Ubatuba

Ubatuba - O vazamento do navio “Nordic Marita”, ocorrido na última quarta-feira, 04, no terminal marítimo de São Sebastião, atingiu as praias da Figueira, Praia da Ponta Aguda, Lagoa, Ponta do Frade, Praia da Prata e Saco das Bananas, na região Sul de Ubatuba. Além disso, a mancha também atingiu as Praias do Sul, Saco da Pedra Pequena e Boqueirão, na Ilha Anchieta.
A Defesa Civil de Ubatuba manteve contato com os coordenadores da limpeza e remoção do óleo - Petrobrás, Defesa Civil de Caraguatatuba e Cetesb - e foi constatar a dimensão dos estragos no próprio local. “ Na região de Ubatuba foram mobilizados 43 barcos, 430 homens e um helicóptero para o sobrevôo. Os agentes ambientais da Petrobrás já tem experiência em sinistros dessa natureza e sabem como atuar nessas situações. ”afirma Arly Oliveira Cruz, presidente da COMDEC.
De acordo com Silvio Bohn, Gerente Regional da CETESB, as penalidades a serem impostas a PETROBRÁS, caso ocorram, estão na dependência do volume do vazamento e os números finais da quantidade do óleo que se espalhou pelo mar, praias e costeiras. Deverão ser considerados ainda os antecedentes como empresa infratora e a eficiência nas operações de contenção. O gerente diz que são utilizados rodos, pás e o produto “peat-sorb”, espécie de serragem de origem orgânica que absorve apenas o óleo e não a água. O óleo vai se agregando até formar pequenas bolas facilitando a coleta. Os fortes ventos, a frente fria e o uso de embarcações na mancha colaboraram para acelerar a fragamentação da mancha e sua dispersão. O óleo recolhido é colocado em barcaças e retorna de caminhão para o TEBAR. Fonte: ACS-PMU)

Projeto de Desenvolvimento Econômico envolve comunidade

Ubatuba - O Secretário de Turismo da Prefeitura de Ubatuba, Sérgio Carvalho, vem cumprindo uma agenda dinâmica para o fortalecimento e a consolidação do projeto de Desenvolvimento Econômico de Ubatuba por meio do Turismo. O processo de implantação teve início com o apoio do setor hoteleiro e vem conquistando diariamente diversos outros apoios de setores comerciais, serviços, políticos, lideres comunitários e população. Outra importante etapa cumprida foi a realização do 1º Salão Profissional de Turismo que envolveu estudantes técnicos e universitários de turismo, comunidades e iniciativa privada. Já na segunda quinzena deste mês de junho terá início o PNMT (Programa Nacional de Municipalização de Turismo), que conta com os apoios federal da Embratur e do Ministério do Turismo. A construção do Centro de Convenções e Eventos de Ubatuba é outra iniciativa que está avançando para a sua realização com o objetivo de estabelecer no município o turismo de negócios. No próximo dia 27, Sérgio Carvalho estará recebendo o presidente da Embratur, Eduardo Sanovicz, e diretores do DADE (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias) e do Daesp (Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo). Em agosto Carvalho anunciará todas as iniciativas e planejamento para o ano de 2004.
Nesta semana Carvalho participou de diversas reuniões em bairros com comunidades, líderes e empresários. No sábado, 31 de maio, das 19 às 22h, realizou a primeira reunião no bairro do Ipiranguinha. Lá tiveram cerca de 20 pessoas, entre líderes comunitários e diretoria da Associação de Moradores. Na segunda, 2, às 9h no auditório da Secretaria de Educação, esteve reunido com membros da Secretaria de Agricultura e Pesca da Prefeitura de Ubatuba, onde discutiram assuntos de ambos os interesses. Neste mesmo dia, às 15h, Carvalho foi conhecer a entidade assistencial Gaiato e firmar parceria para estimular e fortalecer a comercialização dos artesanatos produzidos pelas crianças e adolescentes da entidade. Na terça, 3, das 19 às 23h30, realizou a terceira reunião com empresários do bairro do Itaguá, onde discutiu com mais de 40 empresários a reorganização e a reestruturação do setor turístico e hoteleiro do bairro. Durante toda a tarde de quarta-feira, 4, esteve na Picinguaba, em primeira reunião com um grupo de 15 pessoas e à noite, das 20 às 23h50, foi a terceira reunião de reestruturação da região com a comunidade da Maranduba, onde participaram mais de 100 pessoas. Na quinta-feira, 5, no gabinete da Prefeitura recebeu agentes de viagens, associação de guias e empresas de receptivo de ecoturismo, diretoria do Parque Estadual da Serra do Mar e professores da Unitau (Universidade de Taubaté| - Campus Ubatuba), onde discutiram a definição de políticas de regulamentação da atividade de ecoturismo em Ubatuba, organização do setor, fiscalização e promoção nacional e internacional. Na sexta-feira, 6, Carvalho, acompanhado dos arquitetos da Secretaria de Arquitetura e Urbanismo, esteve em Jundiaí com a diretoria da Construtora Camargo Corrêa para apresentar o projeto arquitetônico do Centro de Convenções e Eventos de Ubatuba. Às 18h realizou a primeira reunião com a comunidade do Promirim, região norte do município. Fonte: ACS-PMU)

Acompanhe a agenda Setur da próxima semana

- Segunda-feira (9) na parte da manhã, reunião com Daesp sobre área para construção do Centro de Convenções e Eventos de Ubatuba;
- Segunda-feira (9) às 19h, segunda reunião de trabalho no bairro do Ipiranguinha;
- Terça-feira (10) às 17h, segunda reunião de trabalho no bairro da Itamambuca;
- Terça-feira (10) às 20h, quarta reunião na Maranduba;
- Terça-feira (10) em horário que será definido, reunião no bairro do Itaguá;
- Quarta-feira (11) às 15h, segunda reunião na Aldeia Boa Vista no Promirim, com representantes da Funai e lideranças indígenas;
- Quinta-feira (12) às 17h no auditório da Secretaria de Educação, reunião com Associação de Guias de Ecoturismo;
- Quinta-feira (12) às 19h, reunião na Praia Grande com Associação de Quiosqueiros;
- Sexta-feira (13) às 19h, reunião no Camburi com líderes da comunidade e Associação de Monitores de Ecoturismo;
- Sábado (14) durante o dia inteiro, em local que será definido, haverá Oficina de Planejamento com agentes de viagens, associação de guias e empresas de receptivo de ecotusimo, diretoria do Parque Estadual da Serra do Mar e professores da Unitau (Universidade de Taubaté| - Campus Ubatuba)
A agenda da Setur pode sofrer alterações, com aviso prévio aos interessados. Fonte: ACS-PMU)

Conselho da Educação é empossado

Ubatuba - "O desafio da Educação está sendo enfrentado com coragem e a prioridade com o atendimento aos alunos será mantido. A equipe da Secretaria tem se mostrado atuante e os resultados são a consequênia desse trabalho" afirmou o prefeito Paulo Ramos durante a posse do Conselho da Educação na Câmara Municipal na última quarta-feira,04. Na oportunidade, o Secretário da Educação, Corsino Aliste Mezquita fez um balanço geral das atividades da pasta informando que na atual administração foram construídas 64 salas, adaptadas 14 melhorando os ambientes de todas as escolas municipais. No momento são 6 obras em andamento, duas em processo de licitação e outras duas em fase de aprovação na Companhia Paulista de Obras e Serviços, além de cinco quadras cobertas em escolas estaduais e duas em escolas municipais. Outros ítens foram citados como realização: criação de 5 classes de educação especial; 400 alunos da alfabetização solidária em 20 polos do município; distribuição de 30 mil passes escolares com a média de 500 alunos/dia em 16 veículos próprios e distribuição de 21 mil merendas diferenciadas em 63 pontos da rede de ensino.
Além do Conselho da Administração foram empossados ainda os membros do Conselho de Acompanhamento e Controle Social do Fundo de Manutenção e Valorização do Magistério- CACs e diplomados os integrantes do Conselho de Alimentação Escolar - CAI. A cerimônia foi presidida pelo Presidente da Câmara, Rogério Frediani e contou ainda com as presenças do prefeito Paulo Ramos , do vice Moralino Valim Coelho, vereador Ricardo Barbosa além de diretores , professores e funcionários da área da educação. Fonte: ACS-PMU)

Faça uma aliança com a vida
Dia 06 de Junho - “Dia Municipal da Luta Contra a AIDS

Ubatuba - Todos os dias a equipe de prevenção contra a AIDS, agora com a coordenação da Dra Maria da Graça Gil Mattos, estão trabalhando na prevenção e atendimento aos portadores da doença.
Em Ubatuba há oito anos foi criado o dia Municipal de luta contra a AIDS, sendo estabelecido a 1ª sexta feira do mês de junho. Este ano será dia 06 de junho, quando a equipe estará pela manhã na rádio costa Azul no programa “ Ponto de Encontro”, com o Dodinho, a tarde no programa “Rede Caiçara” com Allan Ricardo as 16:30 horas e à partir das 08:30 até as 17 horas estarão no Calçadão na tenda da Secretaria de Saúde. Os profissionais que compõem a equipe, neste dia estarão dando maiores esclarecimentos sobre a doença e esperam que todos se unam a equipe na mesma luta em fazer “uma aliança com a vida.”
A cura da AIDS ainda não foi descoberta, mas atualmente é possível melhorar a qualidade de vida de um doente por meio do uso de coquetéis de medicamento, mas o mais importante é prevenir. E para isto é preciso ter conhecimento de como a AIDS é transmitida, quais os principais sintomas e como utilizar a camisinha.
A equipe aproveita a ocasião para agradecer a assistente social Maria Joana Monte Claro, que acaba de se aposentar, e que durante anos dedicou seu trabalho na coordenação da equipe de luta contra AIDS, com muito amor e dedicação. Fonte: ACS-PMU)

Carta do Leitor

Propostas de Crescimento - Gostaria de estar novamente falando a respeito desta Proposta para o Turismo de Ubatuba que está sendo dirigida pelo Sr. Sergio, atual Secretário de Turismo. Nós, empresários,comerciantes e comunidade da Região Sul de Ubatuba, estamos confiantes e iniciando os trabalhos junto com ele, pessoa que nos transmite extrema competência e dignidade.
Da reunião de anteontem, dia 04, já ficaram designadas equipes de trabalho das comunidades para apresentarem no próximo dia 17, planilha de trabalho do lixo seletivo e indicação para o local do Posto Turístico; também, outra equipe para projetar o plano de trabalho para 2004, este plano da Região Sul será entregue ao Sr. Sergio na reunião do dia 05/07. As Reuniões serão realizadas as 19:30 hs. na Padaria e Restaurante Maranduba e está aberta a todos os interessados.
O Sr. Sergio foi muito claro quando explicou que o Conselho Deliberativo será composto por pessoas indicadas pela comunidade, são essas pessoas que decidirão onde as verbas serão aplicadas e ele será o Diretor Executivo, executará o que o Conselho Deliberativo decidir, é tudo muito claro, tem tudo para dar certo, mas dependemos que os nossos representantes na Câmara dos Vereadores aprovem a criação da Adentur, agência de turismo, onde o Sr. Sergio será o Diretor Executivo e nós comunidade, o Conselho Deliberativo e Fiscal, e ali não faremos política, faremos Ubatuba crescer.
Temos um grande problema com a Comtur, que está sob júdice, não pode e nem deve ser extinta, está ação judicial tem que ir até o fim e punir os culpados que bem sabemos quem são, mas isso não pode impedir a criação da Adentur, nós precisamos dela para podermos como comunidade trabalhar juntos.
Então Senhores Vereadores, parem e pensem, não só como político, mas como ser humano, nós precisamos que Ubatuba cresça, a situação está pior a cada dia, não tenham medo que dê certo e o nome o Prefeito Paulo Ramos venha a crescer assim prejudicando alguns de vocês que serão futuros candidatos a Prefeitura, não tenham esse receio, porque nós é que estaremos trabalhando com o Sr. Sergio, nós saberemos de quem será o mérito, do atual prefeito já conhecemos muitas histórias e a cada dia mais coisas sendo desvendadas, este não tem a mínima chance a reeleição. Mas não se esqueçam que somos nós que fazemos a campanha de vocês, somos nós que elegemos vocês e agora somos nós que estamos pedindo para nos representarem a favor da criação da Adentur.
Hoje foi dado a entrada na Câmara, o pedido de aprovação para a criação da Adentur, em poucos dias será votado e esse dia será decisivo para Ubatuba e nós estaremos lá, acreditando que Ubatuba tem jeito, acreditando que vocês estão realmente nos representando, até lá !!!!!!

Bel Dergham
Sertão da Quina
Ubatuba, SP


É CERTO e é errado! - É certo, que o ponto de partida para a solução de todos nossos problemas de sazonalidade, bem como da recuperação de nossas atividades econômicas, começa com a recuperação total de nossas estradas de acesso. Errado é se conformar com esta “meia sola” (apenas nos acostamentos) sem recuperação do leito, sem pistas duplas, sem balizamentos (nos trechos onde a “estrada” virou rua) com as suas inúmeras e perigosas lombadas, entre tantos outros detalhes pertinentes (que não estão previstos) a uma rodovia moderna. É certo que o PNMT (Programa Nacional de Municipalização do Turismo) se bem aplicado, trará excelentes resultados. É errado acreditar que não é necessária a participação de todos nós, inclusive de você. Errado, são os municípios vizinhos que, sistematicamente, tem “despejado” em nossa cidade um número absurdo de mendigos, doentes mentais e desocupados. Errado é o responsável, inerte, não tomar atitudes. É certo que há uma enorme proliferação de construções clandestinas (que não sofrem nenhuma fiscalização) ao longo de “trilhas” (inicialmente de pedestres) em quase todos os finais de rua, de todos os bairros. Morro acima ou morro abaixo. Do lado de mananciais ou não. Em áreas de preservação ou de Parque. É certo que serão problemas insolúveis em breve espaço de tempo. É certo que temos 80% do território disponível como área de Preservação. É errado não ter controle de sua ocupação. É certo que, já, já não vai caber todo mundo (dentro da lei). É errado fingir que cabe. É certo que, um barco projetado para dez pessoas, flutue. É errado pensar que colocando 20 pessoas, ele não irá afundar. É certo, que lixeiras nas vias públicas, (sem higiene alguma) são focos de proliferação de inúmeras doenças infecto-contagiosas, além de “poluírem” o meio ambiente. É errado, o descaso, a tolerância, a conivência e, a omissão das autoridades responsáveis. É certo, que a compactação e a estabilidade dos paralelos (nas ruas do centro que estão sendo asfaltadas) são a base ideal para a cobertura. É errado pensar que é um desperdício. É certo que somos a Capital do Surf? É errado, o nosso esporte “oficial”, não ter o apoio merecido. É certo que o transito da Praia Grande será (novamente) caótico no próximo verão. É errado não planejar alambrados e passarelas (patrocinadas) com a devida antecedência. É certo que é necessária a disciplina (em nome da segurança que a caótica rodovia em si, não tem) das placas indicativas e ou comerciais ao longo das rodovias, mesmo tratando-se de uma cidade turística. É errado o DER “retirar” ou se “contrapor” apenas a algumas. Dá o que pensar. É certo que temos de oferecer o “melhor” aos turistas. É errado pensar que esta “oferta” não tem custo. É certo cobrar estacionamento em zonas de interesse turístico. É errado não oferecer serviços e comodidades correspondentes. Vou parar por aqui, porque dentre estas e, tantas outras observações, o mais certo é que temos muita coisa errada.

Ronaldo Dias
Ubatuba, SP


Pês da vida - Pense por poucos períodos. Podemos procurar por possibilidades possíveis (pleonasmo?). Porém, parece pouco provável, para poucos parvos, que possamos progredir. Para os pessimistas poderemos, para a posteridade, permanecer pobres, na pulha. Parece, por isso, pouco provável prover ao Poder Público projetos proveitosos.
Povo pedinte e passivo por poucas possibilidades. Promessas pré-pleito promulgadas por políticos populistas. Promessas postergadas, propostas pífias, política e políticos podres que propiciam parcas provisões para a plebe, para seu padecimento.
Poucos porcos, porém possuidores de poder, passam dos parâmetros permitidos. Pessoas que poderiam provocar protuberâncias purulentas nas próprias peles para pelejar por propósitos prejudiciais para o povo. Promotores de pobreza que parecem pensar pelos pêlos pubianos. Poucas palavras poderiam protegê-los. Parcos panos pretos que povoam o paraíso e parafraseiam prosas e poesias de poetas populares para pequenizar a pequenez de seus próprios pudores, preparando as pessoas para o pior. Piolhos, pulgas ou percevejos poderiam proliferar no perímetro peniano destes pérfidos palacianos, provocando pruridos. Pessoas pútridas poderiam perecer com a pleura perfurada por parasitas. Porém não perecem, não padecem; perduram perenemente.
Procuremos, pois, por portas promissoras. Podemos pedir pro Poderoso Pai por providências e que perdoe os pecadores do Paço. Peçamos aos pacóvios no poder para parar com a palhaçada, sem pestanejar. Pressionar promotores públicos para pô-los na prisão. Perpétua, se possível.
Pensemos positivamente: passamos por períodos piores. Possuíamos e praticávamos pouca perspicácia. Protejamos o Planeta – peixes, pássaros, plantas, pessoas. Proponhamos projetos para propagar o progresso do Paraíso, para que as pessoas prefiram permanecer por perto, plenas de prazer. Precisamos provocar pedreiros, padeiros, psicólogos, professores, o povo padecido para promover pacificamente propostas potentes e pujantes pela prosperidade pedida e perdida. Preestabeleçamos preços nos preciosos produtos perenes postos no perímetro protegido pelo Patrimônio ou pagaremos um preço pesado por protelar providências. Precisamos, por paixão pela praça, pararmos de pensar nos próprios pés.
Precisamos pôr no poder pessoas pacatas e produtivas, que pensam para o público que os pleiteou. Proteger-nos de pseudo-puritanos. Precisamos de pessoas que pensam profissionalmente, priorizando o progresso e a paz. Providenciais protetores pr'esta província paradisíaca.
Progenitores poderão propiciar às próprias proles períodos de prosperidade. Performance permanente, prolongada. Porém, possibilidades possíveis passam de puros palpites. Precisam de pessoas para processá-las plenamente. Ponhamos, portanto, um processo pululante em prática, sem paciência, sem parcimônia; partindo do povo, para o povo, pelo povo.

Álvaro Gonçalves
Ubatuba, SP


Viver um dia de cada vez... - Estou assustada com a violência...! Antigamente os idosos morriam por velhice, por doença, ou mais que subitamente, do coração... Hoje os idosos estão vivendo mais, por não saírem de casa, e os jovens morrendo cada vez mais cedo, das maneiras mais tolas, mais bárbaras que sequer podíamos imaginar há poucos anos. Estamos vivendo no caos, lutando pela democracia, pela cidadania, e ao mesmo tempo vendo nossos sonhos para o futuro se dissolverem, quase sempre na fumaça da pólvora quando se dispára uma arma...
Campanhas pelo desarmamento, campanhas pela fome, investimentos pela educação, projetos sociais... tantas iniciativas acontecendo ao mesmo tempo, e ao invés de vivermos num mundo melhor, estamos todos cada vez mais reclusos, com medo de sair de casa, de caminhar à noite no calçadão... medos diferentes para diferentes tipos de situações. Ninguém está seguro em lugar algum. O ato de matar virou uma coisa tão rotineira, que mata-se em qualquer lugar, em qualquer horário... no trânsito, quando se pára para estacionar o carro na garagem, na rua, nos bares, em festas de aniversário... os ladrões matam também por relógios, pares de tênis, jaquetas, por vingança, por respostas atravessadas, por reações, ou simplesmente por um desejo incontido de matar quando acordam pela manhã... Eles matam também por dinheiro, e também a mando de outras pessoas, que encomendam a morte da mesma maneira que pedem produtos em um catálogo...
Além dessa violência provocada pela desigualdade social, está surgindo um novo tipo de violência... a gerada pelo desespero... pais matando filhos, filhos matando pais, avós, maridos matando esposas... tudo isso por drogas, por liberdade e até por um bom seguro de vida... fora as crianças que morrem sem justificativa, sem culpa, por fome, maus tratos e às vezes sem motivo.
Somos o tempo todo violentados, pela inflação, pelos juros, pelo dinheiro que não temos no final do mês para acertarmos todas as nossas dívidas... pelo medicamento caro que temos de comprar e não podemos pagar, mas que necessitamos para aliviar nossas dores... precisamos comprar comida, mas a cada dia nosso carrinho está mais vazio e nossa lista de compras mais reduzida e estamos reaprendendo a comprar o necessário, embora cada dia surjam novas coisas para despertar nosso desejo consumista... precisamos de dinheiro para comprar um agasalho para que possamos ter um pouquinho de calor na temporada fria, já que calor humano está cada dia mais raro... não existe nas prateleiras dos mercados, empacotados ou enlatados e também não encontramos nas ruas. Ficamos todos barbarizados com a guerra do Iraque e nem percebemos que a maior guerra está aqui e estamos diariamente na batalha, sem saber se voltaremos para casa no final do dia.
Hoje pela manhã, ouvi pelo rádio sobre a morte do empresário Rogério Gatti Guerra, que em sua melhor idade, morreu barbaramente assassinado... cedo... e sem motivo... quando abri minhas correspondências, li sobre uma mãe que matou um filho viciado em drogas, com cinco tiros, e sobre uma jornalista de 23 anos, que escrevia sobre cultura para um jornal da região do ABC, e recebi um e-mail sobre uma menina de 14 anos desaparecida ao sair da aula de inglês. Se eu procurar, vou encontrar mais notícias... mas como todos dizem “a vida continua” ... mesmo sem sabermos até quando... ! Não sei se existe solução para tudo isso. Minha mãe diz que faz parte do ciclo da vida nos despedirmos de nossos pais e guardarmos as boas lembranças, mas hoje são os pais que se despedem dos filhos... Imaginem como é para um pai, para uma mãe... dar a vida a um filho e acompanhar cada pedacinho de sua existência... suas descobertas... torcer para que ele seja íntegro, para que estude, para que vença na vida e tenha no futuro uma linda família... acompanhando ano-a-ano suas vitórias e de repente ver esse filho tão amado morrer em seus braços, contrariando ciclo da vida, deixando uma lacuna... um vazio que jamais será novamente preenchido... Será que devemos fazer planos para o futuro ou viver um dia de cada vez aproveitando cada minuto como se fosse o último? Devemos desabafar nossos medos, nossas angústias, ou sofrermos calados? Acho que a única coisa que nós, jovens, devemos... de verdade, é pensar antes de fazermos planos para termos nossos filhos... Aos que já têm... resta rezar por um mundo melhor... já que não sabemos se estaremos aqui daqui 10 anos, ou 1 ano, ou 1 mês... ou apenas um dia... uma hora! Não existe resposta para nossas angústias com relação à morte... destino é destino... mas já que não podemos nadar contra a corrente... que possamos todos os dias dizer EU TE AMO a quem amamos... para que tenhamos a certeza que, se algo acontecer... não teremos deixado de dizer tantas coisas que poderíamos ter dito se tivéssemos tempo.

Rosana de Castro
jornalista
Caraguatatuba, SP


Para você que nasceu antes de 1975 - Pensando bem, é difícil acreditar que estamos vivos até hoje!
Quando éramos pequenos, viajávamos de carro (aqueles que tinham a sorte de ter um...) sem cintos de segurança e sem air-bag!
Os vidros de remédio ou as garrafas de refrigerantes não tinham nenhum tipo de tampinha especial... E tinham também aquelas bolinhas de gude... que vinham embaladas sem instrução de uso...
A gente bebia água da chuva, da torneira e nem conhecia água engarrafada! Que horror!!!!
A gente andava de bicicleta sem usar nenhum tipo de proteção.. E passávamos nossas tardes construindo nossos pipas ou nossos carrinhos de rolimã.. A gente se jogava nas ladeiras e esquecia que não tinha freios até que não déssemos de cara com a calçada ou com uma árvore.... E depois de muitos acidentes de percurso, aprendíamos a resolver o
problema.... SOZINHOS....!!!!!
Nas férias, saíamos de casa de manhã e brincávamos o dia todo; nossos pais às vezes não sabiam exatamente onde estávamos, mas sabiam que não estávamos em perigo.
Não existiam os celulares! Incrível!!!!!!!!
A gente procurava encrenca. Quantos machucados, ossos quebrados e dentes moles dos tombos... !!!???
Ninguém denunciava ninguém.. Eram só "acidentes" de moleques: na verdade nunca encontrávamos um culpado. Você lembra destes incidentes? Janelas quebradas, jardins destruídos, as bolas que caíam no terreno do vizinho...
Existiam as brigas e, às vezes, muitos pontos roxos.. E mesmo que nos machucássemos e, tantas vezes, chorássemos, passava rápido; na maioria das vezes, nem mesmo nossos pais vinham a descobrir...
A gente comia muito doce, pão com muita manteiga... Mas ninguém era obeso... No máximo, um gordinho saudável...
A gente dividia uma garrafa de suco, refrigerante ou até uma cerveja escondida, em três ou quatro moleques, e ninguém morreu por causa de vermes!
Não existia o Playstation, nem o Nintendo...
Não tinha TV à cabo, nem videocassete, nem Computador, nem Internet... Tínhamos, simplesmente, amigos!
A gente andava de bicicleta ou à pé. Íamos à casa dos amigos, tocávamos a campainha, entrávamos e conversávamos.... Sozinhos, num mundo frio e cruel!!!!!!!! Sem nenhum controle! Como sobrevivemos????!!!
Inventávamos jogos... com pedras, feijões ou cartas... Brincávamos com pequenos monstros: lesmas, caramujos, e outros animaizinhos, mesmo se nossos pais nos dissessem para não fazer isso! Os nossos estômagos nunca se encheram de bichos estranhos!!!... No máximo, tomamos algum tipo de xarope contra vermes e outros monstros destruidores... Um tal de óleo de ríceno...!
Alguns estudantes não eram tão inteligentes quanto os outros, e tiveram que refazer a segunda série.. Que horror! Não se mudavam as notas e ninguém passava de ano, mesmo não passando... As professoras eram insuportáveis! Não davam moleza...
Os maiores problemas na escola eram: chegar atrasado, mastigar chicletes na classe ou mandar bilhetinhos falando mal da professora....
Correr demais no recreio ou matar aula só pra ficar jogando bola no campinho..
As nossas iniciativas eram "nossas", mas as conseqüências também! Ninguém se escondia atrás do outro... Os nossos pais eram sempre do lado da Lei quando transgredíamos a regras!
Se nós nos comportávamos mal, nossos pais nos colocavam de castigo e incrivelmente nenhum deles foi preso por isso! Sabíamos que quando os pais diziam "NÃO", era "NÃO".
A gente ganhava brinquedos no Natal ou no aniversário, não todas as vezes que ia ao supermercado... Nossos pais nos davam presentes por amor, nunca por culpa... Por incrível que pareça, nossas vidas não se arruinaram porque não ganhamos tudo o que gostaríamos, que queríamos...
Esta geração produziu muitos inventores, artistas, amantes do risco e ótimos "solucionadores" de problemas.. Nos últimos 50 anos, houve uma desmedida explosão de inovações, tendências...
Tínhamos liberdade, sucessos, algumas vezes problemas e desilusões, mas tínhamos muita responsabilidade... E não é que aprendemos a resolver tudo? ...Sozinhos...
PARABÉNS !!!!!!!!

e-mail redirecionado por Ronaldo Dias
Ubatuba, SP


Clique Aqui para acessar o Manifesto de Apoio

a Proposta de Programas e de Ações para o Turismo de Ubatuba
apresentado pelo Secretário de Turismo, Sergio Luiz Alves Carvalho

 

Foto do Dia

Barra Velha Ilhabela ©Emilio Campi

Ilhabela
Barra Velha
© Emilio Campi


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Clique Aqui para acessar o arquivo de Fotos Publicadas

 

Gaivota FM
Participe você também com seu comentário, crítica ou sugestão no programa
Estação Ubatuba c/ Tony Luiz
De segunda a sexta das 12 as 14 hs na Gaivota FM 104.9
Sempre com entrevistados diários e variados, falando sobre todos os temas
Ligue 3833.5550


 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui.


Marcos Borges da Silva - artista plástico Ubatuba Fascinante Igreja Ágape

As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.


GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral na versão:

Compacta (apenas as manchetes c/ Link)
Completa (todas as notícias na íntegra) 
e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor