Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Terça-feira, 17 de junho de 2003 - Nº 804 Edições Anteriores

Cunhambebe vem ai... Ilha do Pontal Pousada Naturali Garden Center

Litoral Norte:
   Cetesb estima vazamento de 25 mil litros de óleo no mar
   Polícia pede atenção devido à neblina
   Secretários de Meio Ambiente do Litoral pedem criação de Apell

Caraguatatuba:
   Prefeitura poupa R$ 114 mil com ação de reutilização de asfalto
   Agência de Bacia Hidrográfica volta à pauta
   Caraguá atinge meta na 1ª Etapa da Campanha de Multivacinação
   Equipe de Caraguá vai para o brasileiro de karatê

Ilhabela:
   Prefeitura de Ilhabela promove curso de eletrocardiografia
   Campanha de vacinação infantil atingiu 102% da meta vacinal
   Atleta de Ilhabela é Vice-Campeão Paulista em São Paulo

São Sebastião:
   Família dará volta ao mundo em veleiro
   Prefeitura inicia Pavimentação da Via Principal de Barra do Una
   Campanha de vacinação atende 97% das crianças
   Surfista morre no mar da Juréia

Ubatuba:
   Ação de areeiros é vetada em Ubatuba
   Grupo busca apoio para cooperativa
   Grupo de Amigos de Ubatuba
   Camara municipal em pé de guerra
   Presidente pede verba ao prefeito para auditoria na Câmara
   Cemitério de veículos públicos
   Lixão em bom estado
   Cachoeira das Sete Quedas, pérola do sertão!
   Favoritos perdem e campeonato ganha em equilíbrio
   Violência em campo
   Educação ambiental é discutida em Plenária
   Campanha do Agasalho 2003
   Circuito Ubatuba 2003

   Carta do Leitor



Cetesb estima vazamento de 25 mil litros de óleo no mar
Quantidade derramada em acidente supera números da Petrobras, diz estudo preliminar

Litoral Norte - A Cetesb (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental) divulgou ontem estimativa preliminar segundo a qual 25 mil litros de óleo teriam vazado durante o acidente no Tebar (Terminal Marítimo Almirante Barroso), instalado em São Sebastião, no último dia 3.
O volume é quase o dobro do anunciado inicialmente pela Petrobras/Transpetro no dia do acidente --15 mil litros. A última avaliação do terminal seria de que 15,9 mil litros do produto já haviam sido recolhidos do mar.
Segundo a Cetesb, o número foi obtido por meio dos relatórios preliminares de acompanhamento do acidente, que poluiu nove praias e quatro ilhas de Caraguatatuba e Ubatuba.
A companhia vai se reunir com diretores da Petrobras no dia 30 para definir a quantidade 'oficial' de petróleo que teria vazado no acidente.
O vazamento aconteceu devido problemas na conexão do braço de descarregamento entre o navio e o terminal. No último final de semana, as equipes de ambientais concluíram o trabalho de monitoramento das áreas atingidas.
O terminal informou ontem que a Petrobras ainda não finalizou o relatório do volume do vazamento e da quantidade de óleo recolhido no mar.
A comissão formada pela Petrobras para investigar as causas do acidente solicitou uma prorrogação de 10 dias para concluir o laudo sobre o caso, que seria finalizado ontem.
A Petrobras recebeu duas multas pelo vazamento de óleo. A primeira, aplicada pelo Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) na última terça-feira, foi de R$ 500 mil.
Na quarta-feira, foi a vez da Cetesb autuar a empresa em R$ 344,7 mil.
PLANO - Os secretários de Meio Ambiente de Caraguá, Ubatuba, São Sebastião e Ilhabela, solicitaram ao Tebar a criação de um plano de contingência regional. Os secretários se reuniram na manhã de ontem com representantes do Tebar.
"A nossa proposta é montar uma ação conjunta entre os municípios para atuarmos em casos de acidentes", disse o diretor de Meio Ambiente de São Sebastião, Nivaldo Simões.
Os municípios solicitaram capacitação de agentes ambientais e equipamentos de contenção. As prefeituras ao realizar no dia 30 uma vistoria no terminal por causa do vazamento.
O coordenador do SMS (Segurança, Meio Ambiente e Saúde) da Petrobras, Rogério Picado, disse que a união com as prefeituras é importante para ajudar em casos de emergência. O Tebar treinou 1.200 agentes ambientais no litoral no início do ano.
"A primeira ação é iniciar dentro de 60 dias o treinamento de agentes ambientais em Ubatuba, que não tem uma equipe qualificada para atuar nos acidentes. A diretoria da empresa estará avaliando as demais solicitações e a posição será apresentada durante reunião com os municípios no dia 1º de julho", disse. (Fonte: ValeParaibano)

Polícia pede atenção devido à neblina

Litoral Norte - A Polícia Rodoviária Estadual orienta o motorista a ficar atento devido à intensa neblina nesta época do ano nos trechos de serra das rodovias Floriano Rodrigues Pinheiro (Taubaté-Campos do Jordão), Tamoios (São José dos Campos-Caraguatatuba) e Oswaldo Cruz (Taubaté-Ubatuba).
Segundo a polícia, entre os quilômetros 28 e 46 da Floriano Rodrigues, das 23h30 às 8h, a intensa neblina prejudica muito a visibilidade. O motorista deve dirigir usando farol baixo também durante o dia. O trecho de mais atenção fica entre os quilômetros 33 ao 38.
O horário mais crítico na rodovia de acesso a Campos do Jordão é as 4h30, quando a neblina geralmente está mais intensa.
O comandante da Polícia Rodoviária Estadual do Litoral Norte, tenente Lourival da Silva Júnior, disse que alguns trechos da rodovia dos Tamoios e da Rio-Santos estão em obras. Segundo ele, os obras não provocam pontos de congestionamentos. (Fonte: ValeParaibano)

Secretários de Meio Ambiente do Litoral pedem criação de Apell

Litoral Norte - Os secretários de Meio Ambiente das quatro cidades do Litoral Norte reuniram-se ontem, pela manhã, na Transpetro para discutirem a criação de uma Apell para atendimentos de emergência ambiental na região
Durante a reunião entre os quatro secretários de Meio Ambiente do Litoral Norte na Petrobrás foi discutida a possibilidade de implantação de uma Apell (Alerta de Preparação da Comunidade para Atendimento a Emergências Locais) para que a região esteja sempre pronta para agir em situações emergenciais de risco.
Segundo o secretário de Meio Ambiente de Caraguá, Auracy Mansano, os secretários solicitaram da Transpetro o treinamento de voluntários, equipamentos básicos e simulações de acidentes.
Ele disse que haverá uma nova reunião no próximo dia 1º de julho para serem definidas as ações da Apell, que deverá atuar em quaisquer tipos de emergência. "Essa organização será importante, não somente para resolver casos de derramamento de óleo no mar. Ela servirá para acelerar o atendimento de qualquer situação de risco. Com a Apell estaremos melhor preparados para os acidentes", falou Mansano. (Fonte: PMC)

Prefeitura poupa R$ 114 mil com ação de reutilização de asfalto

Caraguatatuba - A Prefeitura de Caraguá, através da Secretaria de Serviços Públicos, está recolhendo, desde a última quarta-feira, dia 11, todo o material asfáltico proveniente da frezagem de 19 Km da Rodovia dos Tamoios, para reutilização em ruas que ainda não têm pavimentação
A Secretaria de Serviços Públicos de Caraguá vem realizando desde o dia 11, quarta-feira, a coleta do material asfáltico que vem sendo retirado da Rodovia dos Tamoios, pela Delta (empreiteira responsável pelas obras de revitalização da rodovia no trecho de Caraguá), através de uma frezagem. Esse procedimento é realizado sempre antes de um recapiamento de pistas asfaltadas. Segundo informações da empreiteira, do trecho, que se inicia no Km 64 e termina no Km 83 próximo ao trevo de Caraguá, serão retirados cerca de 6 mil metros cúbicos de resíduo.
O secretário de Serviços Públicos, José Pereira de Aguilar, disse que todo o resíduo asfáltico recolhido será reutilizado para a melhoria de ruas da cidade, que ainda não têm pavimentação. "Normalmente, nós utilizamos a bica corrida nessas ruas, e com a reutilização desse material asfáltico, faremos uma economia de R$ 114 mil (centro e quatorze mil reais), já que cada metro cúbico de bica corrida custa R$ 19 (dezenove reais)", disse o secretário de Serviços Públicos e vice-prefeito José Pereira de Aguilar. Ele acrescentou que o material obtido da frezagem é excelente para compactação.
Ainda segundo Aguilar, os trabalhos de coleta deverão ocorrer por mais 60 dias. Até que sejam definidas as ruas que receberão o material, tudo que for recolhido pelos caminhões da Secretaria de Serviços Públicos será depositado no Pátio de Obras da Prefeitura.
Impacto Positivo - Segundo o Secretário Municipal de Meio Ambiente de Caraguatatuba, Auracy Mansano, a ação de reutilizar esse material asfáltico entra na regra ambiental dos três Rs, que significam Reduzir, Reutilizar e Reciclar os resíduos sólidos. "Ambientalmente falando, reutilizar é mais importante do que reciclar, pois não é necessário nenhum procedimento industrial para que esse resíduo seja reaproveitado", disse. (Fonte: PMC)

Agência de Bacia Hidrográfica volta à pauta
Projeto do Executivo visa encarregar entidade para o controle dos corpos d'agua na região

Caraguatatuba - A Câmara Municipal de Caraguatatuba coloca na Ordem do Dia, da sua 20ª Sessão Ordinária semanal, projeto de Lei do Executivo que o autoriza a participar da Agência de Bacia Hidrográfica, a ser instituída nos corpos d'agua superficiais e subterrâneos na região. Esta propositura está na pauta há pelo menos 2 semanas.
Conforme a propositura, o Comitê de Bacias Hidrográficas do Litoral Norte - CBH-LN, faz parte da Agência de Bacia Hidrográfica, que será criada para administrar, gerenciar, monitorar e fiscalizar os corpos d'agua superficiais e subterrâneos de domínio da região e em todo o Estado de São Paulo. Este projeto é de igual teor nas Câmaras Municipais da região e há orientação do CBH-LN que deverá ser aprovado sem emendas, para que haja uma ação única e eficaz em toda a região.
Outro projeto tem a autoria do Vereador Aurimar Mansano (PTB) e cria o Conselho da Pessoa Portadora de Deficiência. Este conselho terá como obrigação cuidar dos interesses dos Deficientes Físicos do município. A Vereadora Leonor Diniz Santos Ferreira - Drª Leonor (PDT) quer criar em Caraguatatuba o Dia Municipal de Prevenção às Lesões por Esforços Repetitivos (LER), ou tendossinovite, no jargão médico.
A Vereadora Dalva Santana - Profª Dalva (PPS) quer aprovar Título de Cidadão Caraguatatubense para o Procurador Geral do município, o advogado Sidney de Oliveira Andrade e finalizando, o Parlamentar Aureliano Gonçalves Pereira - AG Pereira (PTB) denomina "Francisco Polillo Júnior" a rua A, que tem início na avenida Geraldo Lopes e termina na rua B, no Morro do Algodão, zona sul da cidade. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Caraguá atinge meta na 1ª Etapa da Campanha de Multivacinação
No último dia 14, sábado, 7.553 crianças de 0 a 5 anos receberam vacinas contra Paralisia Infantil, Tuberculose, Hepatite B e Haemophilus B em 16 pontos de vacinação em Caraguá. A meta foi atingida.

Caraguatatuba - As equipes da Secretaria Municipal de Saúde de Caraguatatuba trabalharam no dia 14, sábado, na 1ª Etapa da Campanha Nacional de Multivacinação. Foram vacinadas ao todo 7.553 crianças, atingindo 95,5% do município. Caraguá recebeu 10 mil doses e o atendimento à população aconteceu, das 8h às 17h, em 16 pontos de vacinação. Foram eles, UBS Perequê Mirim, EMEF do Pegorelli, UBS Porto Novo, CIEFI Barranco Alto, UBS Morro do Algodão, Posto Volante no Poço das Antas, PACS Centro, UBS Jaraguazinho, EMEF do Indaiá, PSF Tinga, EMEI do Rio do Ouro, PSF Massaguaçu, PSF Jardim Casa Branca, EMEF do Jardim Casa Branca, PACS Jetuba e UBS Tabatinga. A região que mais vacinou foi o Centro de Caraguá.
A vacina DPT (contra Difteria, Coqueluxe e Tétano), que esteve em falta em todo o Estado no dia da vacinação, estará disponível em todas as Unidades de Saúde da cidade, a partir da próxima quarta-feira, dia 18. A Vigilância Epidemiológica informou que essa vacina tem um prazo de validade muito curto, então, os responsáveis por crianças, que estão com essa vacina atrasada, devem procurar vacinar seus filhos o quanto antes não esquecendo de levar a caderneta de vacinação. Quem não estiver com a caderneta, poderá obtê-la nas Unidades de Saúde, com antecedência.
Mais informações no Centro de Saúde, à Rua São Sebastião, 56, telefone 3882-3887, ou na Secretaria Municipal de Saúde, 3882-2025. (Fonte: PMC)

Equipe de Caraguá vai para o brasileiro de karatê
Caraguatatuba, que foi a cidade que obteve o maior número de medalhas, entre as cidades do Litoral Norte e Vale do Paraíba, com uma de prata e duas de bronze.

Caraguatatuba - A equipe de Karatê de Caraguatatuba obteve posições de destaque na etapa final do campeonato Paulista de Karatê, realizada no dia 14 de junho em Americana-SP. A competição foi organizado pela Federação Paulista de Karatê e aconteceu no Ginásio Municipal de Esportes “Roberto Polatti”, de Americana.
Onze atletas representaram Caraguatatuba, que foi a cidade que obteve o maior número de medalhas, entre as cidades do Litoral Norte e Vale do Paraíba, com uma de prata e duas de bronze. A atleta Priscila Bispo Delgado Alvares, 17, 2º Kyu, foi vice-campeã e trouxe para casa uma medalha de prata na categoria Feminino, Tiago Gomes Amorim,17, 2º Kyu, e Edson Mendes do Amaral, 42, 3º DAN, trouxeram para casa as duas medalhas de bronze.
Os atletas Tiago Gomes Amorim e Priscila Bispo Delgado Alvares garantiram classificação para disputar o campeonato Brasileiro de Karatê que acontece nos dias 25, 26 e 27 de julho em Campo Grande. O técnico da equipe da Secer-Secretaria de Esportes e Recreação Edson Mendes do Amaral também competiu na categoria master e ficou em 3º lugar conquistando assim a medalha de bronze. (Fonte: PMC)

Prefeitura de Ilhabela promove curso de eletrocardiografia

Ilhabela - A Prefeitura Municipal de Ilhabela através da Secretaria da Saúde e Centro de Especialidades, que é referencia do Programa de Saúde da Família (PSF), iniciou nesta segunda, dia 16 e seguirá nos próximos dias 23 e 30 de junho e 07 e 14 de julho, das 18h às 21h o primeiro Curso Básico de Eletrocardiografia de Repouso. As aulas serão ministradas pela cardiologista do PSF de Ilhabela, Dra. Ada R. Horvath Ferreira, no CAPS da Vila.
De acordo com o diretor administrativo da saúde, Márcio Tenório, o curso de eletrocardiografia será dirigido a profissionais de saúde que trabalharão junto aos pacientes na gravação do ECG, na anamnese, como também na triagem dos exames prioritários, agilizando com segurança resultados do serviço de cardiologia.
”O evento demonstra, novamente, a preocupação da administração do prefeito Manoel Marcos em melhorar cada vez mais a saúde e a segurança dos nossos munícipes, investindo em treinamento para os servidores” afirmou Tenório.
Segundo a coordenadora do PSF Sônia Monteiro, a Secretaria da Saúde trabalha para a melhoria no serviço básico de saúde, lançando mão inclusive de recursos de alta tecnologia como o Eletrocardiógrafo Digital, adquirido com recursos próprios, em processo de implantação no serviço de cardiologia referencia ao PSF.
“Sem esquecer de investimentos no treinamento de profissionais, o que é procedimento imprescindível para o sucesso de qualquer operação, principalmente no setor da saúde, confirmando nossa meta de valorização profissional e qualidade no atendimento”, disse a coordenadora do PSF.
Em 2002 a Eletrocardiografia completou 100 anos de existência após a invenção do galvanômetro de corda por EINTHOVEN. Desde então os Eletrocardiógrafos analógicos estão presentes em todas as entidades de Saúde de porte significativo. Com a evolução tecnológica e aumento de demanda, o Eletrocardiógrafo digital surge para agilizar e automatizar a gravação e interpretação do eletrocardiograma (ECG).
O ECG é um método de diagnóstico valoroso em cardiologia, medicina interna e à beira do leito. O exame é de fácil obtenção, mas exige profissional treinado na gravação dos sinais elétricos gerados pelo coração. O cardiologista então, frente aos dados responsavelmente gravados, poderá gerar laudos seguros sobre o estado do coração estudado. (Fonte: PMI)

Campanha de vacinação infantil atingiu 102% da meta vacinal

Ilhabela - A Prefeitura de Ilhabela através da Secretaria da Saúde realizou no último sábado, dia 14, a primeira etapa da Campanha Nacional de Multivacinação Infantil atingindo a cobertura vacinal de 102%. Foram vacinadas 2263 crianças, sendo a meta de 2218 crianças menores de 5 anos.
A abertura da campanha aconteceu às 8h na Unidade Básica de saúde da Barra Velha com a presença do prefeito Manoel Marcos, do secretário da saúde Antonio Luiz Colucci, o diretor administrativo da saúde, Márcio Tenório, a diretora da Vigilância Epidemiológica, Fabiana C. Gonçalves, a coordenadora do PSF de Ilhabela, Sônia Monteiro e a diretora de saúde coletiva Maria de Lourdes Salomão.
A Secretaria da Saúde agradece a todos os servidores que se dispuseram a trabalhar nesta campanha, aos patrocinadores Auto viação e turismo Ilhabela, Barateira Ilhabela, Açougue do Maurinho e Braga Estamparia e parabeniza aos pais que compareceram entendendo a importância da prevenção em saúde. (Fonte: PMI)

Atleta de Ilhabela é Vice-Campeão Paulista em São Paulo

Ilhabela - A cidade de Ilhabela foi muito bem representada no Campeonato Paulista de Optimist categoria Principiante, que aconteceu nos dias 07, 08, 14 e 15 de junho, no Yacht Clube Santo Amaro, em São Paulo. Os quatro atletas do Grêmio de Vela de Ilhabela obtiveram ótimo aproveitamento nas sete regatas disputadas com um total de 20 velejadores inscritos.
O campeonato terminou com o velejador Ronion Silva no 2º lugar, Nicolas de Jesus no 4º lugar, Carlos Felipe no 7º lugar e Danielle Cardial no 11º lugar na geral e 2º na categoria feminino. Vale destacar que os três garotos são recém saídos do projeto Navegar.
Os atletas viajaram com o apoio da Prefeitura Municipal de Ilhabela, que forneceu o transporte dos barcos e atletas, e mais uma vez contamos com o brilhante apoio do YCSA, que propicia o alojamento e refeições dos atletas. (Fonte: PMI)

Família dará volta ao mundo em veleiro
Projeto Viagem Compartilhada leva funcionária da Prefeitura de São Sebastião a morar em veleiro com a família

São Sebastião - Com um veleiro maxi de 38 pés, preparado e adequado para cruzar oceanos, a funcionária da Secretaria de Educação da Prefeitura de São Sebastião e professora de História, Maurinês Cursi F. Vicente – mais conhecida como Maura - irá embarcar, em julho, no veleiro Beethoven, no qual irá morar durante dois anos junto com o marido Marcelo e os filhos, Marcelo, de 16 anos, e Mateus, de 13. Maura e o marido velejam desde 1984, e os filhos, desde 1995. “Meu marido é técnico em eletro eletrônica naval e meu filho Marcelo já representou a cidade em vários eventos e regatas”, contou Maura.
Nas paradas do veleiro, a família coletará informações sobre o local onde estiverem, como população das cidades, dimensões geográficas, festas típicas, datas de fundação, tipos de povoamento e de migração, fontes de renda, pontos turísticos, educação, saúde, costumes, cultura, culinária e línguas, e enviará, via Internet, às escolas municipais. Além disso, também enfocará a troca de experiências entre cidades litorâneas com relação à globalização, sem que haja perda das raízes caiçaras.
Esta troca de informações faz parte do projeto Viagem Compartilhada e possibilitará aos professores criar temas e elaborar estudos e trabalhos para seus alunos, que acompanharão a viagem da família ao redor do mundo.
O projeto conta com apoio da prefeitura, em função do pioneirismo, na busca por patrocínios. “Estamos realizando um sonho de 15 anos. Vamos levar o nome da cidade pelos quatro cantos do mundo”, disse Maura.
Educação na Aventura - O projeto levará para a sala de aula conhecimentos gerais e específicos. São Sebastião ficará em evidência, principalmente nos setores de Educação e Turismo. “O projeto trará benefícios ao município e aos alunos, como fonte de conhecimento e atualização de conceitos”, completou Maura. Todas as informações serão enviadas a uma comissão multidisciplinar da Secretaria de Educação e a um outro órgão designado pela Administração Municipal, atendendo a didática exigida, organizada em forma de aula para ser exibida nas unidades escolares. “Nosso objetivo é, além de divulgar o município, compartilhar com os alunos da Rede Pública Municipal – através de uma visão moderna, dinâmica, instrutiva, extracurricular e de alto interesse - do contato com as cidades e portos. Vamos elaborar uma ampla documentação sobre os lugares que visitarmos, fazendo uso de fitas VHS, e-mail, fotos digitais e todos os recursos que a informática puder nos oferecer”, explicou Maura.
Internet e equipamentos - Outras pessoas, em qualquer lugar do mundo, também poderão acompanhar a viagem pela Internet. Transmissões fotográficas e textos serão enviados diretamente do barco – que está equipado com telefone celular, filmadora compacta, máquina fotográfica digital, computador e GPS III Plus -, para o site http://www.saosebastiao.sp.gov.br, onde será possível acompanhar a rota dos navegadores, vivenciando, a cada dia, uma nova experiência. Em dias previamente agendados, as unidades escolares e secretarias de Educação, Cultura e Turismo poderão entrar em contato com a tripulação para um bate papo ao vivo on-line.
“O Marcelo e o Mateus estudarão via internet, sendo monitorados pela Escola Mestre (Sistema Anglo – Ensino Médio) e Colégio Progresso (Sistema Anglo – Ensino Fundamental)”, explicou Maura.
Rota e Regatas - A família também participará de regatas da Classe Oceânica em Ilhabela, Escola Naval (Rio de Janeiro), Vitória/Trindade (Eldorado Brasilis), Recife/Fernando de Noronha (Refeno) e outras. “Pretendemos zarpar em julho, após a Semana de Vela de Ilhabela e correremos a Regata Eldorado Alcatrazes por Boreste. Subiremos a costa brasileira, contatando cidades costeiras, e depois seguiremos até Guianas e Venezuela, na América do Sul, e Caribe, Golfo de México e Costa Americana (Flórida). Desse ponto, as opções são as seguintes: ou atravessamos o Canal do Panamá, no Oceano Pacífico, rumo à Polinésia ou à Califórnia, ou atravessaremos o Atlântico rumo à Europa”, contou Maura.
Tripulação - Natural de Santos, a família veio definitivamente para São Sebastião em 1997. Em 2002, resolveram vender a casa e comprar o Veleiro Beethoven. “Somos uma família unida, com fortes laços de amor, respeito mútuo e amizade e estamos nos lançando ao mar numa viagem com planejamento, competência e uma boa dose de aventura”, disse Maura.
Marcelo Ferreira Vicente, 42, veleja desde 1984, de monotipos e veleiros oceânicos em regatas e pequenos cruzeiros. Técnico em eletro eletrônica naval, atuando na área, em veleiros e lanchas.
Maurinês Cursi F. Vicente (Maura), 42, veleja desde 1984, de monotipos e veleiros oceânicos. Professora de História, é funcionária da Prefeitura de São Sebastião, lotada na secretaria de Educação.
Marcelo Cursi F. Vicente, 16, veleja desde 1995 com a família e a partir de 1997 nas classes Optimist, 420, Holder – onde acumulou vários títulos, representando São Sebastião em vários eventos e regatas, atualmente patrocinado pela Prefeitura Municipal de São Sebastião e prestando serviços à BL3, como tripulante de veleiros oceânicos, cursando a 3a. série do Ensino Médio.
Mateus Cursi F. Vicente, 13, veleja desde 1995 com a família e a partir de 2001, na classe Optimist, Holder na Escola de Vela da Prefeitura Municipal de São Sebastião, cursando a 8a. série do Ensino Fundame. (Fonte: PMSS)

Prefeitura inicia Pavimentação da Via Principal de Barra do Una

São Sebastião - A Prefeitura de São Sebastião iniciou a pavimentação da Rua Itapeva, principal acesso de Barra do Una, na Costa Sul. Iniciada há pouco mais de um mês, a obra é pioneira no município, porque trata de um novo método de pavimentação. Nesse caso, ele substitui a forma convencional do asfalto, por uma base que é feita com agregado siderúrgico. Os trabalhos estão indo bem rápido, dos 700 metros de via, faltam apenas 40 metros para receberem o agregado.
A obra está sendo realizada pela Prefeitura de São Sebastião, por intermédio da sub-prefeitura, que cedeu os maquinários e mão-de-obra para a execução. O sub-prefeito da Costa Sul, Benedito Ribeiro do Prado Filho, disse que solicitou a compra do material para que a comunidade de Barra do Una recebesse a melhoria em pouco tempo. Ele conta que essa pavimentação foi uma necessidade percebida pela administração da região devido a dificuldade do acesso ao local pela comunidade e visitantes.
De acordo com o secretário de Obras, Ueneri Reich, a Prefeitura optou por fazer a pavimentação por esse método, porque além de ter um custo mais baixo, apresenta ótimos resultados. Na quarta-feira, os representantes das regionais da Costa Sul, Vanderlei de Mattos, Luiz Otávio e Miguel Delgado acompanharam o andamento da obra, com Ueneri e o vereador Wagner Teixeira. Luiz Otávio e o assessor técnico, Áureo Olegário Leite, têm supervisionado a realização da obra.
Primeira etapa - A primeira etapa do processo, que foi a instalação das guias e sarjetas, terminou na última semana e teve um atraso devido às chuvas do último mês. Os funcionários também tiveram que dar um tratamento na rua, que apresentava muitos pontos problemáticos, como locais com acúmulo de água e umidade. Para Ueneri, o resultado vai ser compensador. “Estamos usando um material que já deu certo em outras cidades, como São Vicente, que foi toda pavimentada com o agregado”.
Para a doméstica Maria Irene de Oliveira, que trabalha no bairro, a obra é muito importante porque também traz muitos benefícios aos pedestres. “Era ruim passar por aqui tanto nos dias de sol, quanto nos dias de chuva, porque ou a rua estava cheia de lama ou tinha muita poeira”.
Para o morador Marcos da Silva, que reside há vários anos no local, “é bom saber que a rua está recebendo a melhoria, porque há tempos estavam precisando dela”. Ele conta que as casas estavam sempre sujas em decorrência das más condições da rua.
Agora, de acordo com o sub-prefeito, a Prefeitura já está providenciando a compra do material para dar continuidade à pavimentação de outras ruas na Costa Sul. Ele conta que as vias de maior acesso na região deverão receber a melhoria. O acesso no Areão, em Camburi, será o próximo a receber o agregado siderúrgico. Ueneri comenta que o processo vai possibilitar que outras ruas sejam asfaltadas em todo o município. (Fonte: PMSS)

Campanha de vacinação atende 97% das crianças

São Sebastião - A campanha de vacinação contra a paralisia infantil, realizada no sábado, dia 14, alcançou um resultado favorável em São Sebastião. De todas as crianças do município, de 0 a 5 anos, a Secretaria de Saúde conseguiu abranger 97, 57%, o que equivale a 6285 crianças.
De acordo com o diretor da Vigilância Epidemiológica, Eduardo Eiras, na semana passada foi divulgado pela DIR (Diretoria Regional de Saúde), que o número de crianças que deveriam ser imunizadas com a dose da vacina contra Poliomielite, passava de sete mil. Mas esse dado foi reparado, verificando-se que existem apenas 6441 crianças nessa faixa etária em São Sebastião.
Eiras comenta que o resultado alcançado na cidade foi satisfatório, uma vez que a meta inicial a ser cumprida era de vacinar 95% das crianças com até cinco anos. (Fonte: PMSS)

Surfista morre no mar da Juréia

São Sebastião - O surfista Alexandre de Matos, 22 anos, morreu afogado na manhã do último domingo na praia da Juréia, na costa Sul de São Sebastião. Segundo o Corpo de Bombeiros, Matos, que era de São Paulo, estava surfando quando foi carregado por uma correnteza.
Ele tinha um corte na cabeça, provavelmente provocado pelo choque nas pedras que ficam na costeira. Matos estava acompanhado de um amigo que conseguiu escapar da correnteza.
O amigo de Matos disse ao Corpo de Bombeiros que ele estava acostumado a surfar na praia da Juréia.
O tenente do Salvamento Marítimo do Corpo de Bombeiros, Igor Klein, disse que anteontem o mar estava agitado.
"A atenção dos banhistas deve ser redobrada neste período do ano. Orientamos que, caso o mar esteja agitado, os surfistas menos experientes devem evitar entrar na água", disse.
O corpo de Matos foi encaminhado para São Paulo onde moram seus familiares. (Fonte: ValeParaibano)

Ação de areeiros é vetada em Ubatuba

Ubatuba - A Polícia Ambiental de Ubatuba fechou o cerco contra os areeiros da cidade que faziam extração ilegal de areia em três rios.
Cerca de 100 profissionais que atuam de forma artesanal estão proibidos de trabalhar por falta de licenciamento dos órgãos competentes.
Os mineradores de areia trabalhavam como autônomos em 30 pontos de extração nos rios Grande, Itamambuca e Taquaral.
Nenhum deles possui licença da Cetesb (Companhia de Tecnologia e Saneamento Ambiental do Estado de São Paulo) e do DPRN (Departamento Nacional de Proteção aos Recursos Naturais).
O comandante da Polícia Ambiental de Ubatuba, tenente Alexandre de Oliveira Guimarães, afirmou que já havia fiscalização na cidade, mas ela foi reforçada após a denúncia de que todos os mineradores de areia trabalhavam de forma irregular.
"Checamos isso na Justiça e comprovamos que eles não tinham licença. Antes de autuarmos qualquer um em flagrante resolvemos reuni-los para explicar a situação", disse Guimarães.
A reunião foi realizada com os areeiros, a Polícia Ambiental, membros da Promotoria de Meio Ambiente e representantes da prefeitura.
Durante a reunião, foi explicada a irregularidade da extração e indicada uma solução, que seria a formação de uma cooperativa (veja texto nesta página).
"Como eles não conseguem formar empresas, eles devem tentar a cooperativa para conseguirem as licenças ambientais", afirmou Guimarães.
Ele disse também que a extração de areia sem acompanhamento técnico causa assoriamento nos rios e desbarrancamento das margens, tornando os rios rasos e largos. (Fonte: ValeParaibano)

Grupo busca apoio para cooperativa

Ubatuba - Os areeiros de Ubatuba realizaram na manhã de ontem uma reunião com representantes da prefeitura para pedir auxílio na formação de uma cooperativa que irá facilitar a regularização de extração de areia no município.
O assessor de Assuntos Externos da prefeitura, Mauro Barros, afirmou que a única forma de regularizar o trabalho dos cerca de 100 areeiros da cidade é formando a cooperativa.
"É a única forma, mas mesmo assim é ruim, porque a formação de uma cooperativa demora de 45 a 60 dias", disse o assessor da prefeitura ao ValeParaibano.
Os areeiros precisam de autorização da Cetesb (Companhia de Tecnologia e Saneamento Ambiental do Estado de São Paulo) e do DPRN (Departamento Nacional de Proteção aos Recursos Naturais).
TRADIÇÃO - O areeiro Joaquim Guedes, 44 anos, afirmou que a categoria está passando fome desde que foi impedida a extração de areia na cidade.
"A gente está se mantendo com cesta básica da prefeitura. A retirada de areia passou de pai para filho na cidade", afirmou Guedes. (Fonte: ValeParaibano)

Grupo de Amigos de Ubatuba

Ubatuba - Caro amigo, seja bem-vindo ao “Grupo de Amigos” que luta por uma cidade mais justa; uma cidade com transparência e participação em suas ações.
O grupo tem a finalidade de reunir o maior número de pessoas com um objetivo comum, que é bem de Ubatuba. O grupo não tem finalidade político-partidária. Somos sabedores de que iremos esbarrar na política, e talvez, em algum momento, o grupo poderá vir a discutir política, mas sempre com a finalidade de ajudar no crescimento de nosso município.
Em nenhum momento, os membros do grupo poderão querer tirar vantagens pessoais de sua participação.
É necessário ressaltar que os assuntos são discutidos, tratados e, depois de votados, todos os membros passam a fazer de tudo para o que o objetivo seja alcançado.
Podem participar do grupo quaisquer pessoas físicas ou jurídicas. O único requisito exigido é que ela queira uma cidade melhor.
O grupo iniciou-se com quatro pessoas que estavam insatisfeitas com coisas que andavam acontecendo em nossa cidade. Como todos são sabedores, a única forma de uma cidade crescer é a união e a participação de todos nos fatos que fazem a cidade andar. O grupo começou a se reunir e discutir assuntos relevantes para a cidade e a tomar medidas para tentar mudar tais rumos. Desta forma, outros foram convidados a participar da reunião. Já passaram pelo grupo vários amigos que vieram somar as esperanças de uma cidade melhor.
Seja bem-vindo ao grupo! Sua opinião e participação são muito importantes para o nosso crescimento. (Fonte: Jornal A Semana)

Camara municipal em pé de Guerra

Ubatuba - A última sessão ordinária da Câmara Municipal realizada terça-feira, dia 10, foi mais uma vez marcada pela troca de acusações entre vereadores. Entre o horário previsto para o início da sessão e a leitura do primeiro projeto posto em votação foram exatas duas horas e quinze minutos, em que os legisladores fizeram uso da palavra para acusar e rebater acusações.
O primeiro a se pronunciar foi Ricardo Barbosa, que mais uma vez questionou a presidência da Casa de Leis por não ter aceito o pedido de instalação de CPI contra Charles Medeiros por excesso de gastos em telefone, durante o período de campanha do ano passado, quando foi candidato a Deputado Federal.
Ao final, Barbosa disse ter a informação sobre a possibilidade de pedirem o seu afastamento da Câmara. Quanto a isso, ele afirmou que mesmo que esteja fora da Casa irá continuar a denunciar irregularidades junto ao Ministério Público.
Em seguida, Charles Medeiros também se pronunciou, tentando justificar os gastos com telefone como sendo em trabalho, na busca de recursos e melhorias para o município. Porém, não apresentou as conquistas obtidas a partir dos telefonemas.
Além disso, ele não ficou apenas nas explicações e também partiu para o ataque, questionando o fato de estar Barbosa respondendo a processos na justiça por crime eleitoral.
Em meio a todas essas colocações, um grupo de moradores esteve na Câmara Municipal para protestar contra a Santa Casa. Segundo eles, a demora no atendimento era muito grande e alguns doentes não se sentiram bem durante a espera. O grupo dirigiu-se ao plenário e manifestou sua indignação. Imediatamente o presidente, Rogério Frediani formou uma comissão composta por advogados do setor jurídico da Casa e uma jornalista para acompanharem o caso. Cerca de 30 minutos depois o problema havia sido resolvido e as pessoas foram atendidas normalmente.
Paz
Na sequência, o vereador Andrade Henrique usou a palavra para pedir paz entre os edis. Ele ressaltou que as discussões e acusações que têm sido feitas só servem para desestabilizar a Câmara e retardar o trabalho dos vereadores em prol da cidade.
Contudo, ele não deixou de dar sua parcela de colaboração ao questionar mais uma vez o fAto de documentos contra os vereadores estarem sendo feitos no próprio prédio da Câmara, questionando a moradora Maria Aparecida Cunha sobre quem a estaria ajudando na elaboração das ações que têm sido propostas por ela.
Resposta
Questionada sobre a pessoa responsável pela elaboração dos documentos que ela vem apresentando junto à Câmara, Maria Aparecida fez questão de se utilizar da tribuna para responder ao que lhe perguntavam.
Inicialmente, ela fez questão de ressaltar que em nenhum momento quis mostrar uma imagem do que não era. “Não fiz uso da tribuna para dizer que eu era formada, que eu tenho a capacidade. Já quiseram me trancar em uma sala para que eu fizesse de próprio punho”.
Em seguida, Maria Aparecida revelou que quem a ajudava era o advogado Vicente Pagliuso, que agora ocupa um cargo na Fundart. “Pelo que me consta ele é funcionário público, trabalha na Fundart, que é o doutor Vicente Pagliuso e que tem dado as orientações a coordenação, todo esse tempo, me acompanhando. Por saber que ele se afastou, passou para o outro lado, ele se vendeu, pois queria um cargo para trabalhar, então eu tenho hoje uma assessoria jurídica em São Paulo”, disse.
Ela destacou ainda que durante muito tempo foi acusada de estar sendo usada e diante das afirmações, falou que agora acredita que sim. “Eu acredito hoje que sim, porque ele tem um cargo, como vocês sabem na Fundart(...) Então o que ele queria era isso, onde ele parou. Porque se o prefeito não tivesse dado um cargo para ele, ainda estaria me assessorando, hoje ele estaria sim, porque ele tem interesse, e o que eu vi hoje é que esse interesse é totalmente profissional, é dinheiro, o que ele quer é dinheiro”, foi taxativa. (Fonte: Jornal A Semana)

Presidente pede verba ao prefeito para auditoria na Câmara

Ubatuba - Enquanto as acusações e discussões tomam conta da Câmara Municipal, a população assiste a novos capítulos das disputas políticas entre situação e oposição. Devido ao pedido de auditoria da contas da Casa de Leis feito pelo vereador Ricardo Barbosa ao Ministério Público, o atual presidente Rogério Frediani decidiu contra-atacar. Esta semana, ele enviou ao prefeito um pedido de suplementação de verbas da ordem de R$ 100 mil para realizar uma auditoria.
Frediani justifica o pedido como uma forma de manter a “clareza e a transparência no gerenciamento dos Recursos Públicos pelo Poder Legislativo”. Ele lembra ainda a solicitação leva em conta a sugestão de Barbosa , mas que deverá considerar os últimos cinco anos.
Portanto, a intenção do atual presidente é, além de auditar suas próprias contas, fazer um levantamento aprofundado dos números dos presidentes que o antecederam.
Frediani não justifica a alta soma, apenas informa que é para a realização de um serviço técnico especializado, deixando claro que será feita a contratação de uma empresa para efetuar o serviço.
Ele ainda ressalta no documento protocolado junto ao Executivo que a dotação orçamentária para o exercício de 2003 já está compromissada com o que o presidente chama de “despesas essenciais para o andamento dos trabalhos legislativos, até o final do exercício”.
Liberada a verba, a auditoria deverá investigar as contas de Frediani e de outros quatro presidentes. Seriam eles: Gerson de Oliveira, Andrade Henrique, José Maria Patrício e Antonio Epifânio.
Nas investigações poderão ser respondidas questões que ficaram sem resposta ao longo dos últimos tempos. Afinal, foram fortes os comentários de que houve ano em que o prefeito foi obrigado a cobrir o excesso de gasto feito por certos presidentes que não conseguiriam fechar suas contas sem a ajuda do chefe do Executivo.
A abertura da auditoria, caso o prefeito libere a verba, pode complicar a vida de alguns ex-presidentes, mas poderá servir para tranquilizar outros, ou seja, para tapar a boca dos que vivem de especulação.
A transparência deve fazer parte do processo democrático e um levantamento como que se pretende pode servir justamente para isso. Além do mais, caso sejam constatadas irregularidades, talvez ainda estejamos em condições resolvê-las, punindo-se os culpados e ressarcindo os cofres públicos se for o caso.
É claro que existe a possibilidade de que ao final desse processo investigativo se chegue a conclusão que não houve nenhuma irregularidade e aí é zerar tudo e começar um novo caminho, que possa ser trilhado sem desconfianças e sem acusações, para que a preocupação única seja o bem da cidade.
Vale lembrar que foi uma auditoria que permitiu constatar falhas nas contas da Comtur. Portanto, um trabalho sério é sempre bem visto, e como já apresentou resultados, quem sabe o prefeito libera a verba para que todas as possíveis dúvidas possam ser tiradas.
É certo que o valor é alto, mesmo que seja para investigar contas de cinco anos. Agora, o que será feito se desses R$ 100 mil sobrarem alguns reais. Eles serão devolvidos aos cofres da prefeitura ou remanejados pela contabilidade da Câmara? Talvez só se venha a saber isso, após as respostas sobre os outros presidentes serem respondidas. (Fonte: Jornal A Semana)

Cemitério de veículos públicos

Ubatuba - O pátio da Endurb mais parece um ferro velho automobilístico, onde há a certeza de que o nosso dinheiro foi jogado às traças. Lá estão estacionados mais de cinqüenta veículos, entre Kombis, caminhões, motos, ambulâncias, máquinas e outros. Estes veículos, se é que podemos chamar assim, poderiam ter sido revertidos, por meio, de leilões em novos veículos.
Mas o descaso para com a coisa pública é muito grande, pois deixar veículos que já poderiam ter sido leiloados apodrecendo, é um crime contra o patrimônio publico.
O Prefeito Paulo Ramos, na sua administração passada, promoveu um leilão com diversos carros e, pelo que nos lembramos, todos os veículos foram vendidos, inclusive as sucatas que em princípio pareciam que não serviriam para nada.
O prefeito já poderia ter feito a venda e se livrado destes veículos que a cada dia que passa têm menos valor. Se pararmos para pensar, a atração do leilão poderia ser o Passat importado - que chegou a custar o afastamento do prefeito de seu cargo. Vale lembrar que logo após sua volta, em carta aberta à população, o prefeito prometia leiloar o Passat, mas como promessa de político e nada são a mesma coisa, até o presente momento não houve leilão.
Está certo que o prefeito em sua carta aberta não informava quando faria o leilão; pelo visto, isso só irá acontecer no dia em que o Passat estiver como os que estão jogados na Emdurb, em estado de sucata.
Muitos dos veículos que se encontram jogados ainda poderiam ser usados, mas senão forem tomadas providencias urgentes, com certezas todos estarão em estado de sucata, e o município vai perder muito dinheiro.
Deveria haver uma lei na qual os veículos não poderiam ficar baixados tanto tempo sem ser leiloados, e que responsabilizasse os administradores públicos pelo descaso. (Fonte: Jornal A Semana)

Lixão em bom estado

Ubatuba - Nossa equipe de reportagem esteve visitando, esta semana, o Lixão do município e pôde constatar que o local condenado a um curto tempo de vida, aparentemente, encontra-se dentro das regularidades. Na ocasião, acompanhamos o descarregamento de um caminhão com aproximadamente 12 toneladas de lixo. O material foi compactado, o que reduziu o volume da descarga, possibilitando que pudesse ser enterrado com facilidade.
Porém, foi possível observar um grande desperdício de material reciclável que compõe o morro, como plásticos, alumínios, vidros, papelões, etc..., que economicamente estão sendo soterrados. Talvez, uma campanha maciça dentro do município, que venha a envolver toda a comunidade nos seus vários segmentos, como escolas, condomínios, igrejas, sociedade amigos de bairros, etc....
A idéia é conscientizar e implantar a reciclagem do lixo a partir dos próprios lares, instituições, comércios e outros; deixando claro assim a importância desta atitude, que viria beneficiar não só o meio ambiente, como também o poder rentável deste que hoje é um verdadeiro comércio. As associações de bairros e outras organizações poderiam ter o seu próprio centro de reciclagem, seja com o intuito de comercializar os produtos para outra cidades ou mesmo criar oficinas de confecção de produtos já reciclados.
Como exemplo do amplo mercado existente, temos as ações já são realizadas dentro de nosso município, como o trabalho executado pelas mulheres do projeto Alavanca que confeccionam bolsas e mochilas com sacos plásticos elas estão caminhando para exportação.
O Tamar também aderiu ao projeto de confecção de papel reciclado. Talvez, esta fosse uma alternativa para bairros carentes, um recurso financeiro que poderia ser usado em beneficio das comunidades e que, ainda, contribuiriam com o progresso de nossa cidade.
O local, naturalmente habitado por muito urubus (os lixeiros naturais), não tem o cheiro insuportável de outros tempos, quando até mesmo pessoas misturavam-se ao lixão em busca de objetos recicláveis. Muito pelo contrario, o lixão esta bem “limpo” e organizado, sendo considerado um dos melhores do Litoral, tendo recebido boas avaliações da Cetesb.
O volume de chorume não esta visível como em outras ocasiões. Apesar disso, moradores do Parque dos Ministérios reclamam ocasionalmente do odor que em certos dias ensolarados espalham-se insuportavelmente por todo o bairro. (Fonte: Jornal A Semana)

Cachoeira das Sete Quedas, pérola do sertão!

Ubatuba - Quando nos embrenhamos por entre a mata, levamos o espírito aventureiro que há em cada um de nós. Viver com a possibilidade do inesperado é que conduz o movimento de abrir e fechar os olhos todos os dias de nossa vida! Cheirar... sentir... tocar... nos permitir experenciar... “histórias para contar”!
Conhecer um lugar novo é muito mais que tudo isso... é vida! Em todas as suas possíveis conotações. E não saber ao certo o que vamos encontrar pode ser um tanto excitante... testar nossos limites... e, muitas vezes, nos surpreender com seres em extinção ou até mesmo cenas únicas que talvez nunca mais tenhamos a possibilidade de reviver... assim parte de nossa eternidade... Agora, imaginem caminhar uma hora e meia de uma trilha de classificação difícil, onde habitam cobras venenosas, borboletas azuis, aranhas peçonhentas, tucanos, ervas daninhas e caetés de cores raras. Ora ter que pular troncos enormes pelo caminho, ora tapetes de maria-sem-vergonha, passar por inúmeras pequenas corredeiras de pedras escorregadias que enveiam as colinas, ou por um toca formada por uma pedra enorme onde podemos nos abrigar, caso haja qualquer eventualidade. Cores... cheiros... sons... formas... fundem-se a um único universo, do qual divinamente fazemos parte; às vezes, nós o driblamos, outras somos driblados e, como se tudo isso fosse pouco, chegamos a uma bela cachoeira chamada Sete Quedas.
Não descobri o porquê do seu nome, mesmo porque não achei sete quedas; mas, na verdade, o que importa? É uma das mais paradisíacas que os meus olhos já viram. Na sua simplicidade e sutileza, a beleza digna de cenas cinematográfica de amor (seria um bom lugar para filmarem paradise). As pedras “quase todas” são revestidas por musgos, ou seja, são verdes aveludadas. Quando chegamos, nos deparamos primeiramente com uma pequena queda d’água (que lembra aquelas cachoeiras artificiais de jardim), onde podemos nos sentar e curtir uma boa massagem. Um pouco acima, descortina-se a nossos olhos muito discretamente um cenário, por hora ainda desconhecido, protegido por uma pedra que forma uma toca, embaixo da qual forma-se uma pequenina praia à beira do lago da cachoeira. Mas com um pouco de atrevimento e muito cuidado, pois as pedras são perigosamente escorregadias, descobrimos a perfeição suprema da natureza e paramos para contemplar, a 350 metros do nível do mar, mais um espetáculo de nosso belo município, Ubatuba.
A Cachoeira das Sete Quedas é mais uma das pérolas do Sertão da Quina. Sua trilha inicia-se à cerca de 4 km da rodovia SP-55, mas o melhor é contratar um guia local.
Maiores informações com Carlos, pelo fone: (12) 3849-8869. (Fonte: Jornal A Semana)

Favoritos perdem e campeonato ganha em equilíbrio

Ubatuba - O campeonato da primeira divisão ganhou mais emoção após a última rodada. Itaguá e Brasília, favoritos ao título 2003, perderam seus jogos e se distanciaram do Internacional, atual campeão e que possui 100% de aproveitamento até aqui, com duas vitórias em dois jogos.
A situação mais delicada é a do Brasília, que obteve apenas um ponto, em seis disputados, e por isso amarga a última colocação. No último domingo perdeu para o Marafunda por um a zero, no estádio municipal. Porém, a perfomance da equipe no início da competição é visto como uma repetição do ano passado, quando a equipe foi mal nas cinco primeiras rodada, mas se recuperando ao longo da competição até obter a vaga para a final, quando foi derrotado pelo time das Toninhas.
O Itaguá caiu em casa, diante do Caiçara, também por um a zero, resultado que surpreendeu, já que os últimos resultados da equipe haviam sido de goleada. Preso à forte marcação do Caiçara, o Itaguá não conseguiu criar grandes oportunidades e em um dos poucos momentos que esteve para abrir o placar, Zé Magrão perdeu um pênalti. Aliás, foi na cobrança de uma penalidade máxima que o Caiçara garantiu a vitória.
Neste domingo, Brasília e Ipiranguinha fazem o que alguns já chamam de clássico dos desesperados, já que os dois times amargam a lanterna da competição com apenas um ponto.
Segundona
Pela segunda divisão, o destaque ficou para a vitória do Piauí sobre o Ubatubense por quatro a um. Com o resultado, o time assumiu a liderança isolada da competição com nove pontos ganhos, em três jogos, um aproveitamento de 100%.
O jogo, ocorrido no estádio municipal, foi tranqüilo, mas muito disputado e mais uma vez o rápido ataque do Piauí fez a diferença.
Neste fim de semana, o líder jogará contra o Real Perequê que amarga as últimas colocações da segundona com apenas um ponto em três jogos.
Já o Ubatubense enfrenta, em casa, o Independente para tentar se recuperar da derrota. Para isso, aposta suas fichas no apoio da torcida e no ataque, que deixou a desejar diante do Piauí. Um jogo que deverá ser bastante equilibrado. (Fonte: Jornal A Semana)

Violência em campo

Ubatuba - Se na primeira e segunda divisões a rodada do último final de semana foi tranquila, na terceira divisão o clima ficou quente. No jogo entre Praia Vermelha do Sul e Canarinho, realizado no campo do Horto, uma confusão generalizada fez com que a partida fosse suspensa.
De acordo com as informações prestadas pelas pessoas presentes, uma discussão que iniciou-se da desavença entre dois jogadores acabou resultando no envolvimento de praticamente todos os jogadores das duas equipes, à exceção do atleta Alencar, do Canarinho, que preferiu ficar sentado no banco de reservas assistindo ao tumulto.
Depois de mais de 10 minutos de paralisação, o árbitro da partida decidiu acatar o pedido dos diretores das duas equipes que pediram a suspensão da partida, pois temiam novo conflito.
No entanto, apesar do fim do jogo, a discussão voltou a acontece e alguns jogadores chegaram a trocar ameaças. Diante disso, um atleta saiu campo e retornou em seguida portanto arma, como havia ameaçado. Por conta disso, a Guarda Municipal foi acionada e o atleta foi levado para a delegacia, já que segundo declarações do sub-comandante, Ricardo Benete, foi constatado que o atleta estava em posse de um revolver calibre 38, com a numeração raspada.
Encaminhado à delegacia, ele foi preso em flagrante por porte ilegal de armas. Até o fechamento desta edição, a Liga não havia anunciado nenhuma punição aos clubes envolvidos no tumulto. (Fonte: Jornal A Semana)

Educação ambiental é discutida em Plenária
Evento acontece nesta quarta-feira, na Unitau

Ubatuba - A Rede Paulista de Educação Ambiental (REPEA) realiza nesta quarta-feira, dia 18 de junho, uma Plenária no campus da Unitau, em Ubatuba, para a apresentação do Projeto “Fortalecendo a Rede Paulista de Educação Ambiental”. O encontro também visa orientar os participantes sobre como participar do II Encontro Estadual de Educação Ambiental.
Dia: 18 de junho de 2003
Local: Auditório do Campus da UNITAU - Universidade de Taubaté
End. Av. Machado de Assis, s/nº - Itaguá - Ubatuba
Informações: Secretaria da Pedagogia tel 012-38334066
Hora: das 19h às 22h
Para demais informações:
Ligue: (0xx11) 3871 1944 - Secretaria Executiva da REPEA - Escreva: repea@repea.org.br

Campanha do Agasalho 2003

Ubatuba - O Grupo Escoteiro Iperoig (GEI) comunica a todos que esta é a última semana de arrecadação da campanha do agasalho.
O GEI colocou caixas de arrecadação nos principais supermercados, escolas e igrejas da cidade de Ubatuba e conta com a colaboração de todos para que seja arrecadado a maior quantidade possível de roupas e cobertores.
O GEI teve um encontro com o cônsul de mônaco e na ocasião apresentou o projeto da campanha do agasalho, e presenteou-o com um lenço do grupo escoteiro, o qual ficou bastante agradecido, sendo ele um grande adimirador do escotismo mundial.

Circuito Ubatuba 2003

Ubatuba - A cidade de Ubatuba, litoral norte de São Paulo, estará realizando a partir do próximo dia 20 de Junho, a primeira etapa do seu já tradicional Circuito Municipal de Surf. No decorrer dos últimos três anos, o evento contou com uma média de 190 inscritos em 16 categorias, tornando-o o maior do gênero em todo o Brasil.
Conhecida internacionalmente como a capital do surf, Ubatuba também é considerada um dos maiores berços de novos talentos do surf nacional. Contando com muitos títulos, a cidade, que visa se manter como um celeiro de campeões, tem um foco específico para as categorias de base, contando hoje com 350 alunos na Escolinha Municipal de Surf da Secretaria de Esportes e Lazer da Prefeitura.
HISTÓRIA - Fundada em 1995, a Escolinha Municipal de Surf de Ubatuba foi idealizada pela Prefeitura Municipal com o objetivo de ensinar os fundamentos básicos do surf. Contando com a coordenação do experiente técnico Alberto Jacob, a Escolinha de Ubatuba conta hoje com mais de 350 alunos, em sua maioria crianças carentes. Muitos alunos se destacaram a partir da escolinha, chegando a conquistar diversos campeonatos importantes. Nomes como Renato Galvão, Odirlei Coutinho, Edgley Santos, Mateus Toledo, Luiza Romann e Hizunomê Bettero são alguns exemplos.
A VEZ DOS PRÓS - A participação da elite de Ubatuba em nossos eventos nem sempre é possível, uma vez que os atletas acompanham uma carregada agenda durante o ano. Visando motivar ainda mais a categoria, a premiação aos profissionais será o ponto alto do evento. "Até o ano passado só tínhamos alguns brindes, o que desmotivou a categoria a trocar os circuitos externos (com seus prêmios em dinheiro) pelo local. Agora sim temos uma boa condição para os profissionais", afirmou Edgar Bischof, atleta profissional de Ubatuba. Este ano o Circuito Ubatuba de Surf distribuirá R$ 2500,00 aos vencedores, envolvendo as categorias masculino e feminino.
O Circuito Municipal Ubatuba de Surf 2003 terá quatro etapas, a serem realizadas nas seguintes datas e locais: 20 a 22 de Junho (Praia Grande); 29 a 31 de Agosto (Vermelhinha); 24 a 26 de Outubro (Vermelha do Norte); 28 a 30 de Novembro (Itamambuca). Poderemos ter alterações neste calendário, lembrando que as praias estão sujeitas a mudanças em função do tipo de ondulação na data. O grande destaque dos últimos anos será repetido uma vez mais: contando com a aprovação total dos atletas que participam do Circuito, a cada etapa tem sido realizado um churrasco de confraternização durante a entrega de prêmios. Neste ano não será diferente, pois os eventos de encerramento já estão agendados para todas as etapas.
PATROCÍNIO - Neste ano o Circuito Municipal irá contar com o patrocínio decisivo do Governo do Estado de São Paulo. Graças a um trabalho executado pelo Secretário de Esportes local, Richard dos Santos, junto à Secretaria da Juventude, Esportes e Lazer do Governo do Estado, teremos a presença de um patrocinador forte. De acordo com o diretor técnico da Associação Ubatuba de Surf (AUS), Alberto Jacob,o nível do circuito irá melhorar graças à presença do Governo do Estado no Circuito: "O primeiro reflexo deste patrocínio é que poderemos dar uma premiação mais consistente aos nossos atletas profissionais. Com este atrativo, com certeza teremos a presença de nomes ilustres do nosso surf prestigiando e abrilhantando o Circuito local", afirma Jacob.
APOIADORES - Além do Governo do Estado, a revista Alma Surf já confirmou seu apoio, com a criação e produção dos cartazes do evento. Diversos apoiadores também já manifestaram interesse em participar do Circuito neste ano: Localiza Rent a Car, Astrodeck, Bica do Curió, Sthill, Zecão Surfboards, Hotel São Charbel, Açaí do Diu e Bruzzi Sushi Bar, estão entre os que deverão colaborar com o Circuito. A supervisão ficará por conta da Federação Paulista de Surf, com realização da Associação Ubatuba de Surf. Inscrições e maiores informações na Secretaria de Esportes de Ubatuba, através do fone (012) 3833-3818.
O site oficial da Federação Paulista informará todas as notas das etapas: www.fpsurf.com.br .
Divulgação: www.ubatubasurfcam.com.br

Carta do Leitor

Respondendo Alfinetadas - Plagiando frase conhecida lembro que, a desinformação é o ópio dos povos. Gostaria de notar que, cerca três anos atrás, a grande maioria dos munícipes de Caraguatatuba classificava a praia de Tabatinga como de excelente padrão em qualidade de águas e freqüência. A atuação de moradores e organizações não governamentais, junto à imprensa e órgãos públicos, chamou atenção ao estado de deterioração para o qual caminha essa praia (comprometendo o patrimônio turístico da cidade) e hoje, o assunto é conhecido da grande maioria dos munícipes. As causas, de domínio público, são reconhecidas em laudos ambientais: excesso de embarcações motorizadas despejam óleos e graxas naquela baía, além de outras irregularidades e ilegalidades.
Mas, em sendo o foco desta carta a cobrança de leitor, gostaria de informá-lo que, associado do Instituto Ambiental Ponto Azul, foi o primeiro a ocupar este espaço apelando para identificação e penalização dos responsáveis pelos danos "não mensuráveis e seguramente irreparáveis" ocorridos com o vazamento de 18.900 litros de óleo.
Três de nossos associados receberam treinamento da Petrobrás/Tebar compondo a brigada do litoral norte para atuar em situações de urgência por derramamentos de óleo. Todavia, a ação depende de convocação da empresa e os mesmos não foram chamados.
Juntamente com outras ONG´s estão sendo avaliadas as possibilidades de ações judicias que, como todos sabem, possuem custos, a serem bancados pelos associados destas organizações. Pessoas cujo nível de compromisso com as questões ecológicas não estão limitadas ao discurso, aparentemente correto, mas também com as despesas que delas advém.
E ..., lembrando orientação do Sr Editor do Litoral Virtual, para que este espaço seja usado não so para reclamações, mas também para propostas e ainda, o canto de Geraldo Vandré: "quem sabe faz a hora, não espera acontecer", informo ao Sr Ysmail Almeida que pode dirigir seu "desagrado ao ocorrido e pedir providências" aos órgãos abaixo, uma vez que, nós do Instituto Ambiental Ponto Azul, estamos fazendo a nossa parte:
Petrobras Transporte S.A. (Transpetro), Agência Nacional de Petróleo, Ministério das Minas e Energia, Ministério do Meio Ambiente e Secretaria Estadual de Meio Ambiente.

Carmelita Begnozzi
Coord. Executiva – Instituto Ambiental Ponto Azul
Caraguatatuba, SP


Gestão Estratégica - A hotelaria está inserida no ambiente do turismo e isto, embora aparentemente óbvio, não é. Quando um turista resolve viajar ele raciocina: vou para tal localidade, ou vou pescar, surfar, espairecer, vou... Ele não diz, de imediato, e sem que alguém pergunte: eu vou para esse ou aquele hotel!
Revendo conceitos, hotelaria é um fator de apoio e não um destino turístico. Significa que o empresário hoteleiro, além de investir no seu negócio intrínseco (o seu hotel), precisa e deve apoiar todas a iniciativas voltadas para a sua região, para o seu próprio crescimento, ao lado das instituições públicas e privadas, com ou sem fins lucrativos.
Nem sempre observamos essa predisposição dos hoteleiros, em determinadas regiões cujo potencial turístico é alto, pois a ausência de entrosamento do trade local dificulta o seu desenvolvimento, que é interesse de todos.
O turismo é uma indústria de risco, extremamente sensível ao impacto de fatores estruturais e conjunturais, tanto no âmbito nacional como internacional.
O efeito da globalização e a agilidade da comunicação hoje em dia permite-nos acessar informações as mais variadas, seja de onde for, em tempo real, afetando negativa ou positivamente os negócios de cada país.
É exatamente essa velocidade, sem precedente histórica, que obriga os empresários, notadamente do turismo e hotelaria, desenvolverem mecanismos e mudanças eficazes, rapidamente, flexibilizando realinhamentos, para se adequarem ao mercado. E mais, efetuar avaliações dos riscos e oportunidades potenciais que estão sendo desenhados no atual cenário, traçar um perfil de tendências, de maneira a proteger o seu patrimônio, negócio e permanência no mercado.
A única certeza que dispomos nos dias de hoje é a estabilidade da instabilidade, sobretudo no turismo, com fatores de mudança cada vez mais heterogêneos e de alto impacto nesta indústria. Até há pouco tempo os hoteleiros enfrentavam somente a variável da sazonalidade, que por si é um grande desafio para os gestores hoteleiros; agora já dispõem de outros mecanismos de defesa, como atrair eventos, grupos de melhor idade, ecoturismo, grupos de incentivo, etc., com ações integradas das secretarias de Turismo, Conventions & Visitors Bureau e outras associações, atenuando sensivelmente os efeitos da baixa temporada.
O empresário hoteleiro necessita adotar nova postura para assegurar sua permanência e crescimento no mercado: visão estratégica!
Visão estratégica é o ato de ver-se no tempo e no espaço.
O ato de ver-se significa uma introspecção, acima de tudo humilde, corajosa e honesta, para reconhecer os acertos e os erros (principalmente), sem transferir a responsabilidade para ninguém ou para fatos exógenos que fugiram de sua percepção (alta do dólar, terrorismo, concorrência predatória, ...)
Também o excesso de confiança é um perverso anestésico para as mudanças: ‘‘isso não vai acontecer comigo’’, ‘‘sempre fiz desta maneira e sempre deu certo’’, ‘‘estou no mercado há 30 anos!’’...
Mudar significa um encontro consigo mesmo, sincero, verdadeiro, despojado de vaidades e também de culpas!
O ambiente em que trabalhamos e vivemos, embora silencioso, muda inexoravelmente e, com ele, muitos modelos de realidade se desfazem como as folhas de outono, atualmente com incrível rapidez! Que o digam as grandes organizações que recentemente saíram do mercado, após anos de agonia e (que me perdoem) teimosia em manter seus parâmetros de resultados imediatistas.
Surgem novos paradigmas e relutamos. É próprio do ser humano resistir às mudanças como mecanismo de defesa (medo do desconhecido, interesses psicológicos como poder, status, etc. e receio de perdas materiais).
A visão estratégica rompe o ‘‘circuito fechado’’ onde miramos apenas o espelho das nossas vitórias passadas e abrimos corajosamente a janela para uma visão mais ampla e segura do que está realmente acontecendo agora, quais as tendências, ouvir muito e falar pouco, para enfim adotarmos uma postura de mudança constante e ajustada a novos focos e conceitos.
É um processo dinâmico e contínuo, essencialmente pró-ativo!
No Planejamento Estratégico analisamos os pontos fortes e fracos relativos ao ambiente interno do hotel ou região turística, as ameaças e oportunidades exclusivamente do ambiente externo, como a avaliação de cenários, os quais estão relação com os fatores críticos de sucesso que são alguns poucos indicadores que garantem a permanência da empresa no seu ramo de atividade.
O diagnóstico permite estabelecer qual o posicionamento atual, para em seguida traçar para um determinado período (geralmente 5 anos) os objetivos (qualificação), as metas (quantificação), os planos de ação e determinação de responsabilidades para o monitoramento e administração estratégicas.

Sylvio de Araújo Le Sueur
Diretor da Le Sueur — Consultoria da Planejamento Estratégico S/C Ltda, com atuação nacional e internacional em hotéis, resorts e operadoras de turismo. Ministrou palestras em várias cidades do Estado de São Paulo, na Bahia e Ceará. É professor do Senac Santos. E-mail: sylvio@estrategico.com.br


Clique Aqui para acessar o Manifesto de Apoio
a Proposta de Programas e de Ações para o Turismo de Ubatuba
apresentado pelo Secretário de Turismo, Sergio Luiz Alves Carvalho

 

Foto do Dia

Sonrisal na Sununga - ©Emilio Campi

Ubatuba
Sonrisal na Sununga
© Emilio Campi


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Clique Aqui para acessar o arquivo de Fotos Publicadas

 

Gaivota FM
Participe você também com seu comentário, crítica ou sugestão no programa
Estação Ubatuba c/ Tony Luiz
De segunda a sexta das 12 as 14 hs na Gaivota FM 104.9
Sempre com entrevistados diários e variados, falando sobre todos os temas
Ligue 3833.5550


 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui.


Marcos Borges da Silva - artista plástico Mykonos

As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.


GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral na versão:

Compacta (apenas as manchetes c/ Link)
Completa (todas as notícias na íntegra) 
e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor