Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Sexta-feira, 04 de julho de 2003 - Nº 816 Edições Anteriores

Barra da Lagoa Porto das Artes Naturali Garden Center

Litoral Norte:
   Especialista incentiva prática de esporte por deficientes físicos
   No Dia do Bombeiro, queimadas atingem vários pontos da mata
   Prefeitos querem critérios para cidades candidatas a estância
   Gerenciamento Costeiro discute zoneamento ecológico-econômico

Caraguatatuba:
   Projeto Mexilhões reúne-se com Petrobrás
   Caraguá pode sediar Jogos Regionais do Idoso
   Prefeitura isenta contribuintes de multas e juros
   Ditran volta a fiscalizar ciclistas em Caraguá
   Prefeito participa da abertura dos 47º Jogos Regionais
   ACE disponibiliza convênio odontológico aos associados
   Comerciante reclama de obra em avenida da Martin de Sá
   Encontro de Hip Hop reúne grupos da região no Massaguaçu

Ilhabela:
   Cerca de 350 embarcações prometem movimentar o Litoral

São Sebastião:
   Royalties: São Sebastião terá conselho para acompanhar aplicação
   Cebimar/USP estará aberto para visitação

Ubatuba:
   Ubatuba fica sem telefone por quatro horas
   Sabesp vai assumir tapa-buracos de Ubatuba
   Itamambuca teme danos ambientais
   Mata Atlântica da região será o cenário do filme Tainá 2
   Festa Julina promete esquentar o Perequê-Açu

   Carta do Leitor



Especialista incentiva prática de esporte por deficientes físicos

Litoral Norte - O professor de educação física, Steven Dubner, realizou palestra na noite de terça-feira, no Teatro Municipal de São Sebastião, e sensibilizou o público sobre a alta potencialidade dos portadores de deficiências físicas na prática de esportes.
Dubner, especializado nesta modalidade, é coordenador geral e fundador da ADD (Associação Desportiva para Deficientes), uma instituição não governamental sem fins lucrativos, com sede em São Paulo, desde 1996.
A palestra denominada “Não sabendo que era possível, ele foi lá e fez”, fez parte do “1º Encontro Litoral Norte de Mãos Dadas com a Deficiência”, promovido pela a APDSS (Associação dos Portadores de Deficiências de São Sebastião).
O objetivo do evento foi conscientizar a população e profissionais para a prática de esportes das pessoas com necessidades especiais.
Dubner trabalha com deficientes físicos há 25 anos. É filho de pai norte-americano e mãe francesa, mas nasceu no Brasil. Por ter morado nos EUA por muito tempo, tem sotaque inglês, mas fala fluentemente o português.
“Fábrica de deficientes” - “O Brasil é fábrica de fazer deficientes, seja por tiro ou por acidente automobilístico; são 10 mil pessoas que ficam paraplégicas a cada mês”, Dubner disse. “Há no mínimo 25 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência”.
Atualmente, a ADD promove a capacitação esportiva de 50 crianças entre 5 a 12 anos, provenientes de famílias muito pobres. Trinta são atendidas em São Paulo e 20 em outra unidade da ADD em Uberlândia (MG). Com apoio da TV Vanguarda, a ADD também garantirá o ensino médio a todas.
A ADD tem patrocínio de várias outras empresas da iniciativa privada que podem ser conhecidas pelo site www.add.org.br.
Dubner considera que as cidades do Litoral Norte podem criar equipes de atletas formadas por portadores de deficiências físicas. A ADD pode ceder auxílio, mostrando sua experiência.
Ele lembra que empresas podem contribuir financeiramente, descontando 100% das despesas no Imposto de Renda. “Além disso, a empresa parceira tem o retorno da boa imagem; hoje, os empresários não estão engajados com propostas sociais perdem potencial no mercado”.
Dubner cobra para realizar suas palestras. O preço é duas cadeiras de rodas para crianças, que custam R$ 800,00 cada uma. Sua exposição é composta por 60 minutos de muita informação, incentivo, exibição de vídeo sobre a performance excelente de portadores de deficiências em inúmeras competições internacionais.
O professor começou a se interessar pelo trabalho com os portadores de deficiências, há 25 anos, quando era técnico de basquete do São Paulo Futebol Clube para “andantes”, como ele denomina. “Um cadeirante que havia assistindo ao jogo me perguntou se ele poderia aprender a jogar basquete”, lembra. Hoje, Dubner também é fundador do primeiro clube de esportes para cegos.
Mercado de trabalho - O professor observa que, em termos de mercado de trabalho, ainda é baixo o número de funcionários, portadores de deficiência física, no Brasil. “Mas existe a falta de qualificação”. Afirma que um deficiente físico, vendedor de balas pelas ruas de São Paulo, ganha até R$ 2 mil ao mês, outro fator que não incentiva a necessidade de qualificação.
Segundo ele, 99% dos atletas da ADD trabalham. “O rendimento dos deficientes físicos é sempre melhor porque ficam felizes e querem se superar”.
Dubner critica o fato de haver poucos estabelecimentos públicos e particulares adaptados para o acesso dos deficientes físicos. “Esta si-tuação faz com que eles fiquem escondidos em casa, sofrendo de depressão, presos ou superprotegidos pelas famílias; o esporte pode mudar esta situação”.
Ele mostrou imagens de deficientes físicos em todo mundo, como as Paraolimpíadas, nas modalidades atletismo, basquete, halterofilismo, natação, ciclismo voleibol, arco e flecha, saltos em altura e distância, hipismo, ciclismo, futebol de salão, judô, tiro ao alvo, tênis de mesa, etc. “São eles quem nos ensinam; é muito mais difícil jogar voleibol sentado”, exemplifica Dubner.
Desinformação - Ele considera que um dos maiores entraves para a qualidade de vida dos deficientes físicos é a falta de informação que provoca o conceito “coitadinhos”. O professor afirma que ousar é a única forma de se alcançar os objetivos. “É são normais os vários erros, fazem parte do crescimento”.
Dubner conta que um atleta sem uma das pernas quis escalar 8 mil metros de altitude no Monte Everest. “Um médico disse que ele jamais conseguiria, mas na terceira tentativa conseguiu”.
Poderes públicos - O prefeito de São Sebastião, Paulo Julião, que estava na abertura do evento no Teatro Municipal, afirmou que os portadores de deficiência física têm de contar com a atenção de toda sociedade, em especial do poder público.
Disse que a palestra de Steven Dubner deve ser marco de ações regionalizadas em apoio aos deficientes físicos. “Nós, em São Sebastião, nos orgulhamos por ser a sede deste encontro”.
O presidente da Câmara de São Sebastião, Marco Aurélio Leopoldino, afirmou que a Câmara vai apoiar o que for necessário para o crescimento da Associação dos Portadores de Deficiências de São Sebastião. O vereador Marco Antonio de Souza anunciou que a Câmara doará mais uma cadeira de rodas para a ADD.
O diretor executivo da TV Vanguarda, Rogério Caldana, também presente ao evento, disse que o papel da emissora também é trabalhar pela comunidade onde ela atua.
O evento ainda contou com a presença da vice-prefeita de São Sebastião, Cláudia Batocchio, que falou sobre o Centro de Reabilitação no Bairro de Boiçucanga e elogiou o trabalho da Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais). “Ainda estamos longe do que devemos fazer, mas hoje cada um tem de pensar o que pode realizar; a palestra é lição de vida”.
Também estiveram presentes o gerente do Tebar (Terminal Marítimo Almirante Barroso), Luiz Alberto de Faria, o presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) de São Sebastião/Ilhabela, Luiz Tadeu de Oliveira Prado, o presidente da APDSS, Alden Mello de Aguiar, representantes das prefeituras de Ubatuba e Ilhabela, de associações voltadas aos deficientes da região e outras pessoas que lotaram o Teatro municipal, com capacidade para 400 pessoas. (Fonte: Imprensa Livre)

No Dia do Bombeiro, queimadas atingem vários pontos da mata

Litoral Norte - O Dia do Bombeiro foi marcado por vários pontos de fogo em mata na região. Pelo menos até a tarde de ontem, os bombeiros e agentes da Defesa Civil atenderam cinco pontos, quatro deles em São Sebastião, nos bairros Cigarras, Barequeçaba, São Francisco e Arrastão.
No Arrastão, uma equipe com mais de dez pessoas, entre bombeiros, voluntários e agentes, trabalhou por mais de uma hora para conter o fogo, que se aproximava de uma casa.
O chefe da Defesa Civil, Emerson Alonso, disse que a queimada chegou a ficar a dois metros de um chalé de madeira. Cerca de 400 metros quadrados de mato foram atingidos pelas chamas.
Conforme Emerson, o fogo deve ter sido colocado por algum roceiro. "Embora seja crime ambiental, a pessoa que roça costuma amontoar o mato e atear fogo", lamenta. Além dos quatro casos de ontem, Emerson lembrou que desde domingo há pelo menos um caso por dia.
Mais fogo - No domingo teve no bairro São Francisco; na segunda, em Guaecá e Morro do Abrigo e no dia seguinte na Olaria, Barequeçaba e São Francisco. Conforme Emerson, nesta época de estiagem, com o mato seco, cresce o número de queimadas, pois qualquer fagulha provoca um incêndio.
No Arrastão, os bombeiros e agentes usaram vassoura de bruxa, além do Auto Bomba e até a viatura de resgate, pois em razão da fumaça e alta temperatura, que atinge 300 graus, eles podem precisar de atendimento médico.
Emerson faz um alerta às pessoas, sobre o perigo das queimadas, procurando evitar atear fogo na mata. Várias pessoas foram mobilizadas para atender às queimadas, que são casos que podem ser evitados com prevenção.
"Se no mesmo horário ocorre um acidente, com maior gravidade, em que se necessita de nossa presença, o atendimento poderia ficar prejudicado", ressaltou. Ubatuba também registrou queimada no morro da Praia Grande. Como o local não é dotado de Corpo de Bombeiros, o fogo foi controlado pela Defesa Civil e Polícia Ambiental.
No meio do terreno abandonado, moradora faz um jardim - No meio daquela queimada no Arrastão, que atingiu cerca de 400 metros quadrados de um morro abandonado, parte dele estava intocável pelo fogo. Foram os 30 metros quadrados que a dona de casa Neusa Maria Moura dos Santos escolheu para fazer um jardim, onde há gramado, árvores e diferentes plantas.
Sem ter a propriedade do local, que fica na frente de sua casa, do outro lado da rua, ou interesse pela posse dela, dona Neusa se preocupou com o meio ambiente e decidiu melhorar o visual de sua frente. "Não é a primeira vez que pega fogo neste morro", garantiu.
Fora a fumaça e sujeira que fica na casa com a queimada, dona Neusa lembra do perigo, já que há crianças que brincam naquele morro. "Resolvi limpar e plantar na área para evitar também que joguem lixo, pois com o jardim fica mais fácil manter a limpeza", explicou.
A dona de casa mora há 24 anos no local e há cerca de cinco mantém o jardim, que em razão da umidade, não pega fogo. "Faço minha parte. Se todos fizessem igual...", concluiu dona Neusa. (Fonte: Imprensa Livre)

Prefeitos querem critérios para cidades candidatas a estância

Litoral Norte - A decisão de se estabelecer critérios para evitar que municípios paulistas que não tem vocação para o turismo se transformem em estância foi o ponto alto da reunião realizada na tarde de ontem pela Aprecesp (Associação das Prefeituras de Cidades Estância do Estado de São Paulo), na sede da Secretaria da Juventude Esportes e Lazer, em São Paulo.
De acordo com o diretor do Dade (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias), Ronaldo Assumpção, já existem cerca de cem projetos protocolados por prefeitos que desejam ver seus municípios transformados em estância. Com a elevação à categoria de estância, a cidade passa a receber repasses do órgão, à medida em que as prefeituras encaminhem projetos voltados à área de turismo. O valor total repassado pelo Estado às estâncias, entretanto, é fixado constitucionalmente, e não cresce à medida em que novos municípios “viram” estâncias.
Atualmente o Estado de São Paulo possui 66 estâncias. Nesta semana, a cidade de Tupã, no interior, foi elevada à condição de estância. No mês passado, foi a vez de Santa Fé do Sul.
Ainda de acordo com Assumpção, já esta tramitando na Assembléia Legislativa um projeto de lei complementar que estabelece novos critérios para a concessão do titulo. “Vamos definir novos regras, como realização de uma auditoria por um período de dois anos, objetivando verificar o fluxo de turistas. Essa auditoria seria feita por um órgão do Governo do Estado” , explicou Assumpção. O projeto pode ser aprovado a qualquer momento, uma vez que já passou por todas as comissões permanentes. O presidente da Aprecesp e prefeito de São Sebastião, Paulo Julião, definiu, após sugestões dos prefeitos presentes, a realização de uma audiência com o presidente da Assembléia Legislativa, para discutir o projeto de lei. As concessões também serão levadas ao conhecimento do governador Geraldo Alckmin. Houve também a sugestão de que todos os projetos ligados ao assunto passem por análise da Aprecesp.
O diretor do Dade destacou que até mesmo as estâncias já existentes passarão pelo crivo do Dade para avaliar a manuntenção ou não da concessão. Os critérios seriam colocados em prática a cada cinco anos. (Fonte: Imprensa Livre)

Gerenciamento Costeiro discute zoneamento ecológico-econômico

Litoral Norte - O grupo de setorial do Gerenciamento Costeiro do Litoral Norte se reuniu ontem no Hotel Ilhabela, para formatar o zoneamento ecológico-marinho da região. Conforme o diretor de Meio Ambiente da Prefeitura de São Sebastião, Nivaldo Simões, que faz parte do grupo, os estudos foram praticamente concluídos.
Segundo ele, faltam definir alguns aspectos como fundeio, estruturas e atividades náuticas. Uma equipe especial do grupo setorial irá concluir as propostas para apresentá-las na próxima reunião do Gerenciamento Costeiro, a ser realizada dia 1º de agosto, em Caraguatatuba.
Cerca de 30 pessoas compareceram à reunião, ontem, entre os representantes das prefeituras, do Estado e da sociedade civil organizada, que compõem o grupo setorial. O zoneamento ecológico-econômico marinho envolve a linha de maré alta e a profundidade de 23,6 metros.
O grupo setorial tem a atribuição de elaborar a minuta de regulamentação da Lei Estadual de Gerenciamento Costeiro. O zoneamento terrestre das quatro cidades já foi discutido e mapeado. Em breve devem ocorrer audiências públicas, com objetivo de expor todo o assunto à comunidade e obter seu aval para a apresentação da minuta à Secretaria de Meio Ambiente do Estado. Aprovada por setor jurídico da secretária, o documento segue para a regulamentação do governador Geraldo Alckmin.
O zoneamento terrestre também abrange os aspectos ecológico e econômico da região. A Lei Estadual do Gerenciamento Costeiro prevê zonas de restrição ambiental de 1 a 5, a primeira a mais restritiva.
De acordo com a minuta do Litoral Norte, a zona 1 abrange o entorno do Parque Estadual da Serra do Mar, com extensões diferenciadas, conforme a caracterização de cada área porque há locais já degradados pela ocupação urbana. A zona 1 envolve também outras unidades de conservação, como nascentes de corpos d’água. O Parque Estadual é considerado “zona 1 especial”. (Fonte: Imprensa Livre)

Projeto Mexilhões reúne-se com Petrobrás
Representantes do Projeto Mexilhões participaram de uma reunião, ontem, dia 2, na Petrobrás para definirem uma possível parceria na produção de marisco em Caraguatatuba, já que a venda do produto foi interrompida na ocasião do último derramamento de óleo no Tebar no dia 3 de junho

Caraguatatuba - Uma reunião realizada ontem, dia 2, na Petrobrás em São Sebastião, definiu que o laudo sobre possíveis danos aos mexilhões de Caraguá deverá estar pronto em 10 dias. Participaram dessa reunião representantes do Ministério da Agricultura, da AMESP (Associação dos Maricultores do Estado de São Paulo), da AMAPEC (Associação dos Maricultores e Pescadores da Praia da Cocanha), do Instituto de Pesca de Ubatuba e da Prefeitura Municipal de Caraguatatuba, que juntos, compõem o Projeto Mexilhões.
O motivo da reunião foi a paralisação da venda dos mexilhões produzidos nas fazendas da Praia da Cocanha e Ilha do Tamanduá desde que o óleo do último vazamento no Tebar atingiu a região no início do mês de junho. A iniciativa de paralisar a comercialização do produto partiu dos próprios maricultores, visto que o mexilhão é um animal filtrador e poderia ter absorvido alguma substância que pudesse causar danos à saúde de quem consumisse o marisco contaminado. "Isso demonstra a responsabilidade e a preocupação que esses produtores têm com seu trabalho e com a saúde pública", disse a oceanógrafa do Instituto de Pesca Valéria Gelli, coordenadora do Projeto Mexilhões.
Segundo ela, após o laudo da Petrobrás ser divulgado, a comercialização do produto voltará ao normal. Os produtores vendem seus mexilhões na Praia da Cocanha ou por telefone. Atualmente, são 19 os maricultores da região. (Fonte: PMC)

Caraguá pode sediar Jogos Regionais do Idoso
Caraguatatuba está negociando a realização da 2ª etapa do VII Jogos Regionais do Idoso para o mês de setembro. A primeira etapa aconteceu no mês de maio na cidade de Sorocaba.

Caraguatatuba - Cerca de 100 municípios do Estado de São Paulo participam todos os anos do Jori (Jogos Regionais do Idoso) e, esse ano, a segunda etapa pode acontecer em Caraguá com a presença de mais de 1500 atletas.
Secretários municipais irão se reunir com o Secretário da Juventude, Esporte e Lazer do Estado de São Paulo, Lars Schmidt Grael, e com representantes do Fundo Social de Solidariedade do Estado para firmarem um convênio que traga o evento para a cidade. A reunião acontece no próximo dia 07 de julho, segunda-feira, na Secretaria Municipal de Educação de Caraguá, a partir das 16 horas.
Estarão presentes nessa reunião, a Presidente do Fundo Social de Solidariedade de Caraguatatuba, Myrlene Veneziane da Silva, a Presidente da Fundacc, Eloiza Aparecida Andrade Antunes de Oliveira, o vice-prefeito e Secretário de Serviços Municipais, José Pereira de Aguilar, o Secretário de Esportes e Recreação, Nivaldo Alves, o Secretário de Turismo, Paulo Noronha, o Secretário de Obras Públicas, João Alarcon, o Secretário de Saúde, Pedro Norberto dos Santos, o Assessor de Comunicação, André Procópio, o Diretor da Ditran, Cel. Celso Rapaci, o Professor de Educação Física, Paulo Vantini e o Comandante da Polícia Militar, Capitão Valter Padula. (Fonte: PMC)

Prefeitura isenta contribuintes de multas e juros

Caraguatatuba - A Prefeitura Municipal de Caraguá está dando mais uma oportunidade aos seus contribuintes e estará recebendo créditos tributários, inclusive contribuição de melhorias, vencidos até 31 de dezembro de 2002, com dispensa total de multas e juros de mora, até o dia 31 de julho de 2003.
Esta é a última oportunidade para que os contribuintes regularizem sua situação, evitando procedimentos judiciais de execução fiscal. O benefício também será estendido aos contribuintes com parcelamentos pendentes e ainda não liquidados, desde que efetuem o pagamento do saldo devedor nas condições estabelecidas na Lei Complementar, considerando-se as parcelas já pagas como quitação parcial, sem direito a qualquer restituição.
Os contribuintes interessados deverão comparecer à Procuradoria Fiscal do Município ou à Seção de Dívida Ativa, no Paço Municipal, para pleitear o benefício. Os benefícios estão sendo concedidos de acordo com a Lei Complementar nº 12, de 10 de abril de 2003. (Fonte: PMC)

Ditran volta a fiscalizar ciclistas em Caraguá

Caraguatatuba - A Ditran - Divisão de Trânsito de Caraguatatuba - dará início à campanha "Ciclista: seja vivo"- de Educação no Trânsito, à partir de segunda-feira, dia 7 de julho. De acordo com o diretor da Ditran, Cel. Celso Rapaci, ainda é preciso conscientizar os ciclistas sobre o comportamento adequado no trânsito.
A Campanha volta a ser intensificada com objetivo de prevenir e evitar acidentes no trânsito. Os ciclistas deverão circular em mão correta, atravessar em faixas para pedestres a pé ao lado da bicicleta ao invés de atravessar pedalando, e também não poderão trafegar em praças públicas. Estas serão as principais exigências dos agentes da Ditran , que ficarão fiscalizando principalmente a área central.
Os ciclistas que forem abordados pelos agentes, serão conscientizados com material educativo ou autuados em casos de infração. Quando o ciclista for reincidente, terá a sua bicicleta apreendida, só obtendo-a de volta após fazer o Curso de Segurança Viária, que tem duração de quatro horas e é feito na Ditran. A Ditran já registrou e aplicou multa educativa (simbólica) para 1.200 ciclistas infratores e ministrou o curso para mais de 60 ciclistas desde o início da campanha "Ciclista: seja Vivo" , em maio de 2002. (Fonte: PMC)

Prefeito participa da abertura dos 47º Jogos Regionais
Evento acontece hoje em Pinda, em seguida prefeito recebe título de cidadão Lorenense para o Deputado Madeira

Caraguatatuba - O prefeito de Caraguá, Antonio Carlso da Silva visitará os municípios de Pindamonhangaba e Lorena, hoje, dia 4 de julho, quando participa de duas importantes solenidades, a da abertura dos 47º Jogos Regionais, em Pindamonhangaba e; a da cerimônia na qual receberá o título de cidadão Lorenense para o deputado Federal Arnaldo Madeia/PSDB, que por motivo de força maior não poderá estar no local.
Antonio Carlos da Silva recebeu o título de Cidadão Honorário Lorenense em 26 de julho de 2002. O prefeito recebeu o título pelo fato de ter sido um cidadão Lorenense, mesmo tendo nascido em Jacareí. "Antonio Carlos passou sua infância, adolescência e juventude em Lorena, deixando lembranças de um verdadeiro cidadão, e hoje é um político de destaque no Litoral Norte, o que nos reserva muito orgulho", comentou o vereador Tenente Cláudido Pereira, um dos indicadores do título.
Quanto aos Jogos Regionais, Caraguá já está montando as comissões de organização para sediar os 48º Jogos Regionais de 2004. É a primeira vez que o município sediará os Jogos e, para que tudo corra bem, já estão sendo formadas as comissões de alojamento, transporte, segurança, apoio, manutenção, administração, imprensa, entre outras. (Fonte: PMC)

ACE disponibiliza convênio odontológico aos associados

Caraguatatuba - A ACE - Associação Comercial e Empresarial de Caraguatatuba, disponibiliza aos seus associados, o convênio odontológico, sem carência, com mais de 100 profissionais especializados. A Soesp é uma unidade de Pronto Atendimento aos sábados, até às 12h, na Av. Castelo Branco, 109, Sumaré ao lado da Duclim e, também em São José dos Campos aos domingos e feriados.
Atendimento nas áreas do Vale do Paraíba, Litoral Norte, Mogi das Cruzes, Mogi Guaçu e Região com atendimento personalizado e hora marcada. Além desses benifícios, a Soesp possui Unidade Móvel de Atendimento.
A corbetura de 100% inclui diagnóstico, restauração (obturação), radiografia de canal, canal, odontopediatria (tratamento especializado para crianças), limpeza e remoção de tartaro. Descontos especiais em parcelamento em até 6 vezes iguais para clareamento (estética), Prótese, Oclusão (Tratamento ATM), Implantes e Enxertos e Restauração em resina - Dentes Posteriores (estética)
Plano Ortodôntico com a documentação incluída na mensalidade R$ 72,00 mensais.
Plano Individual R$ 12,00 mensais.
Plano Familiar R$ 30,00 mensais.
Os interessados deverão entrar em contato com a Associação Comercial no telefone: (12) 3883-1303 com o departamento de convênios - Solange. (Fonte: ACE)

Comerciante reclama de obra em avenida da Martin de Sá
Tubulação de água causa paralisação de construção de ciclovia em Caraguá

Caraguatatuba - Comerciantes da avenida Aldino Schiavi na praia Martin de Sá, Caraguatatuba, reclamam das obras iniciadas pela prefeitura há mais de 30 dias. A administração pretende acabar com o estacionamento no local para implantar uma ciclovia e ampliar o calçadão. A avenida, que é a principal da praia, tem 1.500 metros de extensão, sendo que 1.000 estão quebrados em função das obras, o que dificulta o acesso das pessoas.
Segundo o comerciante Julio César Diniz, 35 anos, estas obras vão prejudicar o comércio durante e após o término. "Depois de concluídas as obras, como nós vamos ficar? E agora nas férias, quem virá para cá?", questiona Diniz.
Para ele, os turistas vão procurar pontos de lazer em outras praias de mais fácil acesso e maior comodidade, já que em Martin de Sá os banhistas serão obrigados a parar nas ruas adjacentes para usar a praia.
Os comerciantes também afirmam que as obras estão paralisadas há mais de 10 dias por causa de uma tubulação antiga da Sabesp, responsável por todo abastecimento de água local.
Moradores do bairro afirmam que o projeto da prefeitura deve gerar benefícios para a comunidade, mas reclamam da demora e dos transtornos causados pelas obras.
Segundo eles, entre os pontos positivos estão a criação de um espaço seguro para ciclistas e pessoas que costumam caminhar pela praia e melhoria do fluxo de carros no local.
"O que me deixa irritado é o tempo que está demorando e também esta paralisação, pois deixaram tudo aberto, quebrado, sem condições de trafegar no local", disse Isaias Crisprin, 40 anos, que há 18 anos mora no bairro Martin de Sá.
OUTRO LADO - Segundo o secretário de Obras de Caraguá, João Benavides, a paralisação das obras, que devem ser concluídas em dezembro, ocorreu porque houve interferência de ligações antigas da rede de água, mas o problema já está sendo solucionado.
"Essa paralisação não vai interferir no prazo estipulado para a conclusão das obras."
A Sabesp informou que as obras só poderão prosseguir após a substituição de toda tubulação. Serão trocados 3.200 metros de adutores e redistribuidores.
Em reunião de representantes da empresa com a prefeitura, ficou decidido que será elaborado um novo projeto para aprovação da Sabesp.
No encontro também foi acertada uma parceria para realização da troca das tubulações --a Sabesp fornecerá material e supervisão técnica e a prefeitura a mão-de-obra. (Fonte: ValeParaibano)

Encontro de Hip Hop reúne grupos da região no Massaguaçu

Caraguatatuba - Música, movimento e atitude é o que o I Encontro dos Grupos de Hip Hop vai apresentar, sábado, às 21h, no Castellus de Caraguá. Com o objetivo de fortalecer o movimento na região e desvinculá-lo da marginalidade, apresentações de rap, break e performances de djs e free style vão agitar a noite e esquentar o clima de inverno.
O evento é uma realização do H2O – Hip Hop Organizado, que tem o apoio da Fundacc (Fundação de Arte e Cultura de Caraguatatuba).
Transmissores da paz, Consciência Nacional Rap, Mano Celhão do Massaguaçu, Grupo WE, do Perequê Mirim e Riva Decibéis, de São Sebastião, são presenças já confirmadas para o evento, que ainda vai contar com apresentações de dança e shows musicais que relembram o funk de raiz dos anos 70.
Para Cléberson Santana, o DJ Aliado C, que é um dos organizadores do evento, a idéia “é conscientizar as pessoas sobre drogas, violência e política”, através da música. Mas nem só de Hip Hop vivem os envolvidos com o movimento.
Antes de cantar, os grupos ainda conversam com o público sobre o tema. “Quando se fala em Hip Hop a primeira coisa que as pessoas pensam é em marginalidade, crime e apologia às drogas. Mas não é bem assim.”
Assim, o H20 é um grupo que existe desde 1999, que vem realizando bailes beneficentes no Massaguaçu, envolvendo a Sociedade Amigos de Bairros, e arrecadando alimentos e agasalhos como ingresso, que são distribuídos aos necessitados.
Dessa vez vai ser um pouco diferente. Os ingressos vão custar R$3 para homens e as mulheres têm entrada franca até a meia-noite.
Após esse horário, o ingresso custa R$ 1. A renda será revertida para a compra de equipamentos para os grupos participantes. O Castellus de Caraguá Danceteria fica na Rua Itália Feffe Magni, 40, no Massaguaçu. (Fonte: Imprensa Livre)

Cerca de 350 embarcações prometem movimentar o Litoral

Ilhabela - Os preparativos para a 30ª Semana de Monotipos estão de vento em poupa. É um dos mais emocionantes e disputados eventos do iatismo brasileiro, que atrai velejadores de todo país. Este ano são esperados cerca de 500 velejadores em 350 embarcações.
As inscrições terminam na amanhã, às 9h e a cerimônia de abertura está marcada para o mesmo dia, às 11h, no Centro Municipal de Regatas, na sede da Secretaria de Turismo.
Participam da Semana de Vela de Monotipos as classes Tornado, Star, Laser (categorias Stander, Radial e 4.7), Finn, Hobbie Cat 16, Hobbie Cat 14, 420, Day Sayler, Dinghy, Snipe, Holder, Opitmist, Wind Surf e Kite Surf. As Classes Tornado e Holder serão válidas para a primeira etapa do Campeonato Paulista.
O bicampeão brasileiro de Holder, Johny Atallah, de São Sebastião, já confirmou presença. Ele é o favorito ao título. No ano passado ele terminou em primeiro lugar na classificação geral. Seu irmão Josef também participará na mesma categoria. Ele foi medalha de bronze na semana de vela do ano passado. Outro velejador que promete dar trabalho é José Vicente, de Ilhabela.
As regatas serão realizadas em cinco raias. A primeira, para o Kite Surf, será montada na praia do Perequê. A segunda, para o Wind Surf, será próxima ao Farol da Ponta das Canas, ao Norte da Ilha, na escola de iatismo BL3-Armação. As outras três raias serão montadas no Canal de São Sebastião para a realização das regatas das outras classes.
Ao final da Semana de Monotipos, acontecerá a tradicional regata “Eldorado Alcatrazes”, no sábado, dia 12, com a presença do Cisne Branco, da Marinha do Brasil e apoio da Rádio Eldorado.
Race Village - A agitação ficará por conta do Race Village, uma espécie de “QG”, quartel general da vela. O centro histórico da cidade, a Vila, se transforma no Race Village durante a semana de vela, onde estão programados diversos eventos que acontecerão diariamente.
Todos os anos o local é adaptado de forma a envolver o público, entre velejadores, turistas e moradores, com o clima do evento se tornando palco para apresentação de filmes, palestras, shows, vídeos das regatas do dia, exposições fotográficas, museus, exposições da Marinha e dos Bombeiros, tudo isso ao som de uma boa música. A entrega de prêmios, abertura e encerramento também acontecem no Race Village.
A partir do dia 4 vai rolar no Race Village o ‘piano ao cair da tarde”. O pianista José Henrique Castellane de Carli tocará diariamente, ao ar livre, músicas clássicas das 17h às 19h. Também na sexta-feira, acontecerá um show de Blues, com Vasco Faé e Banda, às 21h30.
A 30ª Semana de Monotipos é realizada pela Prefeitura de Ilhabela, Secretaria de Turismo, Diretoria de Esportes Náuticos, D&S Marketing e Fevesp (Federação Paulista de Vela).
Serviço:
Local: Centro de Regatas (antigo Campo de Aviação - Pequeá)
Programação: Dia: 3 e 4 – 9h Inscrições
Dia: 4 – 11h Cerimônia de abertura
12h Tiro de aviso de largada
13h 1ª Regata do dia
Informações: Secretaria de Turismo: (12) 3896-1091 e 3896-2440 ramal 31. (Fonte: Imprensa Livre)

Royalties: São Sebastião terá conselho para acompanhar aplicação

São Sebastião - O vereador suplente Marcos Vinícius Zanelli, que substituiu Edvaldo Reimberg até a semana passada, deixou a Câmara Municipal com uma vitória na bagagem. Ele conseguiu a aprovação por unanimidade do projeto de lei 040/03, que cria o conselho municipal para acompanhamento, aplicação e fiscalização dos royalties.
Em sua justificativa, Zanelli relata que o objetivo é estimular o debate sobre as prioridades da utilização dos royalties - uma espécie de compensação financeira repassada pela Petrobras aos municípios onde há movimentação petrolífera - e ampliar a transparência da despesa pública. Segundo o vereador, até o mês de maio, foram repassados à administração pública pouco mais de R$ 16 milhões. Em 2001, o município recebeu cerca de R$ 19 milhões e, em 2002, aproximadamente R$ 25milhões. "O intuito do projeto é aproximar a comunidade, visando saber aonde a Prefeitura vem utilizando a verba", destaca.
De acordo com Marcos Zanelli, a própria Petrobras considera necessária a realização de uma prestação de contas. Conforme afirmou, a empresa não tem conhecimento sobre a aplicação do dinheiro.
O vereador Sérgio Pereira de Souza explicou que o conselho, com base em dois dispositivos da proposta, será mais consultivo do que fiscalizador. "É uma maneira de clarear o assunto da aplicação dos royalties. Não vejo mal porque não engessa o Executivo. A fiscalização vai depender sempre desta Casa".
Para o vereador suplente Luís Antônio Santana Barroso, a criação do conselho é uma forma da prefeitura mostrar transparência. Já o presidente da Câmara, Marcos Leopoldino ressaltou que o projeto não tira o poder dos ve-readores, mas dá mais oportunidade de esclarecer aonde a verba vem sendo aplicada.
Conselho - Previsto na lei federal 7.525/86, o conselho consiste no desenvolvimento de ação permanente e voluntária a ser exercida por cidadãos e entidades legalmente organizadas, visando à supervisão popular plena da utilização do referido recurso. Ainda de acordo com a proposta, todos os dados e informações necessários ao exercício do controle sobre o ingresso e a aplicação dos royalties deverão ser divulgados, mensalmente, pelo conselho, devendo ser incluídos no site da prefeitura e publicados em jornais impressos da cidade.
A organização será composta por quatorze membros titulares e quatorze suplentes, sendo metade indicada pelo prefeito e a outra parte ocupada por representantes da socie-dade civil organizada.
O presidente será o secretário municipal da fazenda. Quanto à representação da comunidade, os integrantes serão escolhidos pelas seguintes entidades: Associação Comercial e Industrial, Federação Pró-Costa Atlântica, Federação Facenorte, OAB, Mopress (Movimento de Preservação de São Sebastião), AVDEC (Associação dos Voluntários da Defesa Civil) e ACSS (Associação dos Contabilistas de São Sebastião). Nenhum membro será remunerado. O projeto foi encaminhado à sanção. (Fonte: Imprensa Livre)

Cebimar/USP estará aberto para visitação

São Sebastião - O Cebimar/USP (Centro de Biologia Marinha da Universidade de São Paulo), em São Sebastião, estará aberto para visitação monitorada a partir da próxima semana. Os passeios serão acompanhados por docentes e alunos.
O objetivo básico é mostrar os ecossistemas dos animais marinhos, pela praia, e os aspectos zoológicos e botânicos de organismos em tanques e aquários.
A secretária do Cebimar, Simone Galante, explica que os passeios irão ocorrer entre terça-feira, 8, a sábado, 12, e na próxima semana, entre os dias 15 a 19, das 14 às 17h. Cada grupo de até dez pessoas fará a visita de 30 a 1 hora e 30 minutos, no máximo, o que dependerá do interesse dos visitantes.
Não há necessidade de agendamento. Basta comparecer ao Cebimar, que fica na Praia do Cabelo Gordo, acesso pela Rodovia SP-55, região central da Cidade. Não há limite de idade.
Os passeios de grupos fechados, como escolas, serão abertos a partir de agosto e mediante agendamento. Mais informações são fornecidas pelo telefone 3862-7149, do Cebimar/USP. (Fonte: Imprensa Livre)

Ubatuba fica sem telefone por quatro horas

Ubatuba - O sistema de ligações interurbanas e internacionais em Ubatuba ficou bloqueado por quatro horas ontem devido ao rompimento de um cabo, provocado por uma obra na Rio-Santos, no bairro Casa Branca, em Caraguá. Das 14h30 às 18h30, foi possível apenas fazer ligações locais. Vários serviços como prefeitura, delegacia, escolas e hospitais foram afetados. Segundo a Telefônica, um dos cabos foi cortado, interrompendo o sistema de conexão entre as cidades e as centrais da empresa. A Telefônica não soube informar o número de linhas atingidas. (Fonte: ValeParaibano)

Sabesp vai assumir tapa-buracos de Ubatuba

Ubatuba - A Prefeitura de Ubatuba transferiu ontem para a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) a responsabilidade pela pavimentação de todos os buracos abertos pela empresa na cidade, com base em projeto aprovado em dezembro de 2002. O secretário de Obras, Jeriel Rocha, informou que "o trabalho das empreiteiras, principalmente da Sabesp, interfere no dia-a-dia do município e após a conclusão das obras não tem sido feita a recuperação do pavimento". Segundo a assessoria, a prefeitura não tem condições para fazer os reparos. A Sabesp informou que a prefeitura deve solicitar a pavimentação, quando necessário. (Fonte: ValeParaibano)

Itamambuca teme danos ambientais

Ubatuba - Temendo que o campeonato de Super Surf que começou dia 2 e vai até o próximo domingo provoque danos ambientais na praia de Itamambuca, em Ubatuba, a SAI (Sociedade Amigos de Itamambuca) está negociando alternativas com os organizadores do evento e com a prefeitura.
A SAI está pedindo colocação de mais banheiros, reforço na segurança e maior controle do trânsito durante o evento.
Segundo os moradores, também precisam ser redobrados os cuidados com o jundu, vegetação característica da região e responsável pela fixação das dunas de areias, para evitar sua degradação.
"Os organizadores se comprometeram com a prefeitura que assim que o campeonato chegar ao fim, tudo estará organizado e deixado do mesmo jeito que era antes", disse o coordenador da Associação de Surfe de Ubatuba, Alberto Jacob.
O secretário do Meio Ambiente de Ubatuba, Virgílio Barroso Pinto, afirmou que este tipo de evento gera ao município muito mais benfeitorias do que malefícios. "A prefeitura vai fiscalizar os trabalhos de limpeza prometidos pelos organizadores." (Fonte: ValeParaibano)

Mata Atlântica da região será o cenário do filme Tainá 2

Ubatuba - Depois do sucesso do primeiro filme “Tainá - Uma aventura na Amazônia”, o cineasta Pedro Rovai já iniciou as filmagens da seqüência “Tainá 2”.
A equipe da Tietê Produções Cinematográficas que já está em Manaus trabalhando uma parte do roteiro, irá filmar também em Ubatuba, graças às caraterísticas ambientais da cidade.
Segundo a assessoria de imprensa da produtora, a idéia de filmar em Ubatuba surgiu da necessidade de diminuir custos. Assim, o município, que tem uma vasta área de mata atlântica, é o local mais indicado para as locações, pela proximidade com o Rio de Janeiro, cidade da Tietê Produções.
Com um roteiro que conta a história de uma indiazinha que defende a Amazônia, cerca de 2 milhões de pessoas já assistiram o primeiro filme.
Agora, na seqüência, Tainá vai ensinar outra índia a ser como ela, também uma defensora do meio ambiente. Voltado para o público infantil, o filme já participou de vários festivais.
De acordo com os produtores, em Ubatuba, as cenas serão rodadas no rio Poruba, Horto Florestal e Fazenda Capricórnio. Para o prefeito Paulo Ramos, a cidade “com sua imensa área de preservação, buscará tirar o máximo de proveito do filme para difundir o conceito de respeito ao meio ambiente no município”
“O filme mostra aspectos da cultura brasileira, devendo-se destacar o papel da educação ambiental e a preocupação em despertar interesse pela riqueza de nossa biodiversidade”, salientou o ministro da Cultura, Gilberto Gil, ao comentar o projeto. Marina Silva, ministra do Meio Ambiente também apóia o projeto. Para ela o filme cumpre o papel de educação ambiental e desperta interesse pelo nosso imenso patrimônio cultural.
“Tainá 2” conta com apoio da Petrobrás, Banco Votorantim, BNDES, Grupo Ultra, Eletrobrás, Infraero, Seara Alimentos, Toyobo do Brasil e Columbia Pictures. (Fonte: Imprensa Livre)

Festa Julina promete esquentar o Perequê-Açu

Ubatuba - Nos próximos dias 11,12 e 13 de julho, a partir das 18 horas, na quadra de futebol em frente a Guarda Municipal ocorrerá o 1º Arraia do Perequê-Açu. Apresentação de grupos de dança, capoeira, shows musicais, barracas de comidas típicas, bingo, são algumas das atrações. Vale a pena conferir.

Carta do Leitor

Backdoor está de volta - Gostaria de lembrar ao Sr.EDUARDO PALMIERI proprietário do Backdoor e à GARNIER FRUCTIS patrocinadora do referido animal, que de acordo com lei estadual é proibido levar cachorro à praia, independentemente dele fazer ou não suas necessidades nas areias... Embora eu não concorde totalmente com a lei, acho que não deve ser transgredida e nem incentivada, independentemente da raça ou fama do animal...

M. Guimarães
Ubatuba, SP

Clique Aqui para acessar o Manifesto de Apoio
a Proposta de Programas e de Ações para o Turismo de Ubatuba
apresentado pelo Secretário de Turismo, Sergio Luiz Alves Carvalho

 

Foto do Dia

Costeira da Caçandoca

Ubatuba
Costeira da Caçandoca
© Emilio Campi


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Clique Aqui para acessar o arquivo de Fotos Publicadas

 

Gaivota FM
Participe você também com seu comentário, crítica ou sugestão no programa
Estação Ubatuba c/ Tony Luiz
De segunda a sexta das 12 as 14 hs na Gaivota FM 104.9
Sempre com entrevistados diários e variados, falando sobre todos os temas
Ligue 3833.5550


 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


Marcos Borges da Silva - artista plástico Gianni Parziale

As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.


GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral na versão:

Compacta (apenas as manchetes c/ Link)
Completa (todas as notícias na íntegra) 
e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor