Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Terça-feira, 15 de julho de 2003 - Nº 822 Edições Anteriores

Barra da Lagoa Porto das Artes Naturali Garden Center

Litoral Norte:
   Obra afeta trânsito em Caraguá

Caraguatatuba:
   Obra afeta trânsito em Caraguá
   Trio faz comerciantes como reféns em Caraguá
   ACE faz parte do Conselho da Comunidade Carcerária
   Vereador Kazon quer o povo fazendo leis
   Nézão apóia reivindicação de comerciantes
   A Câmara e os números do 1º Semestre

Ilhabela:
   Vento forte adia regatas em Ilhabela
   Mais seis pilotos integram a equipe de bicicross da Ilha
   Equipe de Maratonas Aquáticas da Ilha participa de prova em Santos
   Ilha de Vitória recebe novo gerador
   Ilhabela sedia exposição com projetos de 50 profissionais

São Sebastião:
   Equipe paulista vence em Maresias
   Encontro reúne jornalistas e representantes da Costa dos Alcatrazes
   Ampliação do cemitério de Boiçucanga fica pronta na próxima semana

   Carta do Leitor



Obra afeta trânsito em Caraguá

Litoral Norte - A frente fria fez subir a maré e deixou o mar agitado ontem no Litoral Norte, onde as ondas chegaram a 2,5 metros.
Segundo o CPTEC, a maré alta deve continuar ainda hoje por causa dos ventos, mas a tendência é que o mar fique menos agitado nos próximos dias.
Apesar de não haver previsão de ressaca, o Corpo de Bombeiros pede cuidado a banhistas, pescadores e surfistas, que devem ter atenção redobrada ao entrar no mar agitado. O perigo está na ondulação e correnteza. O ideal é evitar locais menos movimentados e próximos de costeiras. (Fonte: ValeParaibano)

Obra afeta trânsito em Caraguá

Caraguatatuba - A obra de recuperação da rodovia dos Tamoios está causando vários pontos de lentidão e congestionamento em decorrência da interdição de vias públicas em Caraguatatuba.
A avenida Miguel Varlez, na região central, principal acesso entre os bairros e o centro, foi interditada há quatro dias. No local está sendo instalado uma galeria de águas pluviais pela Delta Construtora, responsável pela obra.
O trânsito foi desviado para as ruas laterais, mas o congestionamento ainda é intenso. O problema se agrava no início da manhã e final da tarde, quando o trânsito chega a ficar bloqueado.
Segundo a Ditran (Divisão de Trânsito) de Caraguá, na avenida passam em média 500 veículos por hora. Agentes da prefeitura estão no local para tentar orientar os motoristas e melhorar a fluidez do tráfego.
"Precisamos fazer uma galeria para dar continuidade ao trabalho. O trecho deve ser liberado ainda amanhã (hoje) após a pavimentação", disse o engenheiro responsável pela obra, Antônio de Pádua Filho.
No trecho de serra, onde será implantada uma terceira faixa, a pista está sendo interditada parcialmente durante o dia em vários pontos, entre os quilômetros 64,4 e 81. As obras serão concluídas em 12 meses, segundo o Estado.
RISCOS - A auxiliar de escritório de Caraguá, Simone Cristina Pinto, 22 anos, disse que a interdição do trecho da avenida está prejudicando os motoristas em horários de pico.
"O trânsito fica parado e os veículos passaram por ruas estreitas aumentando as chances de acidentes", disse. (Fonte: ValeParaibano)

Trio faz comerciantes como reféns em Caraguá

Caraguatatuba - Três homens armados fizeram reféns dois comerciantes por volta das 21h de anteontem, no bairro Perequê-Mirim, periferia de Caraguatatuba. Segundo a Polícia Militar, os assaltantes invadiram o Depósito dos Mineiros localizado na rua Izidoro Paulino Ferreira e renderam o proprietário e sua mulher. Durante o assalto, as vítimas foram ameaçadas pelos criminosos e ficaram trancadas em um banheiro do depósito. Os bandidos fugiram em um veículo levando em torno de R$ 320 em dinheiro. Os nomes das vítimas não foram divulgados pela PM. Até a tarde de ontem, nenhum assaltante havia sido localizado pela polícia. (Fonte: ValeParaibano)

ACE faz parte do Conselho da Comunidade Carcerária

Caraguatatuba - A ACE - Associação Comercial e Empresarial de Caraguatatuba, agora faz parte do Conselho da Comunidade Carcerária de Caraguá.
O Conselho da Comunidade é formado por três representantes sendo Maria Bassan da Associação Comercial e Empresarial de Caraguatatuba, Maura Tereza Cúria Medina, Assistente Social do Fórum e Dr. José Carlos Vardella Pinto da OAB - Ordem dos Advogados do Brasil, com a finalidade de promover o bem estar dos presos.
De acordo com a assistente social do Fórum, Maura Tereza, os três integrantes desse conselho estarão apresentando um relatório mensalmente a juíza da Vara de Execução Penal, Drª Adriana de Andrade Peci e ao promotor público Dr Guilherme Vorttadelo, mostrando as dificuldades e necessidade que os presos possuem dentro da cadeia, além de atividades produtivas, assistência jurídica, alfabetização, palestras de diversos assuntos como DST, AIDS, prevenções, violência, entre outras, nas atividades produtivas, os presos adquirem 01 (hum) dia de redução de redução de pena a cada três dias trabalhados.
A Lei de Execução Penal 7.210 de 11/07/1984 artigo 80 diz que haverá em cada Comarca um Conselho da Comunidade composta por no mínimo 03 (três) representantes sendo, um da Associação Comercial e Empresarial, um advogado indicado pela OAB e um assistente social escolhido pela Delegacia Seccional de Serviço Social. Outros órgãos governamentais ou não governamentais também podem estar fazendo parte do Conselho da Comunidade como as Pastorais que podem ajudar a reintegração do preso à Sociedade.
Todos esse trabalho tem como objetivo reeducar o preso para o convívio na sociedade. (Fonte: ACE)

Vereador Kazon quer o povo fazendo leis
Parlamentar quer criar Comissão de Legislação Participativa

Caraguatatuba - O Vereador Omar Kazon (PL), da Câmara Municipal de Caraguatatuba quer uma maior participação popular dentro do Parlamento. Para isso, quer criar a Comissão Permamente de Legislação Participativa, onde a população poderá fazer e apresentar projetos de lei.
Segundo a propositura do Vereador, a Comissão Permanente de Legislação Participativa terá como objetivo incentivar a participação popular dentro do Parlamento Municipal de Caraguatatuba, enviando sugestões de projetos, moções, emendas e outras iniciativas.
A Comissão funcionaria da seguinte maneira: Caso um contribuinte ou grupo de contribuintes sugira uma idéia para um projeto de lei, deverá protocolar a sugestão na Câmara, tendo apenas 2 (duas) exigências; Que a sugestão seja constitucional e que tenha justificativa.
Caso seja aprovado o projeto, a Comissão Permanente de Legislação Participativa será composta por um presidente e 3 Vereadores, apontados pelo presidente, que segundo a praxe, costuma ser o autor da proposta, mais um funcionário que irá secretariar as reuniões.
Desde que a sugestão seja constitucional e tenha uma justificativa, será protocolada e endereçada a Comissão, que irá encaminhá-la para leitura, pareceres das Comissões Permanentes, discussão e votação em plenário.
O Parlamentar quer o povo participando cada vez mais na Câmara. "Não posso aceitar que o contribuinte participe somente comparecendo às sessões. Quero a população mais atuante, integrando-se mais com os Vereadores e os problemas do município", disse Kazon.
A propositura deverá ser lida apenas em agosto, quando os Vereadores retornam do recesso de meio de ano. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Nézão apóia reivindicação de comerciantes
Estabelecimentos da SP-99 reclamam das obras feitas no local

Caraguatatuba - O Vereador Nilson Lopes da Silva - Nézão (PPS), da Câmara Municipal de Caraguatatuba está dando total apoio aos comerciantes estabelecidos na SP-99, a Rodovia dos Tamoios, quanto as obras realizadas pela Construtora Delta, na duplicação do trecho de serra da rodovia. Os comerciantes reclamam que irão perder a área de estacionamento em frente de seus comércios com a obra.
O Governo do Estado está duplicando o trecho de serra da SP-99, a Rodovia dos Tamoios, que liga Caraguatatuba à São José dos Campos. A rodovia tem 83 quilometros de extensão e o trecho de serra, apenas 16. O prazo de entrega é para abril do próximo ano.
As obras se estendem até o Terminal Rodoviário Municipal Aldo Navarro Magalhães, em Caraguatatuba e continuam nas obras da SP-55, a Rodovia Prestes Maia, que liga Ubatuba a São Sebastião.
A reclamação dos comerciantes estabelecidos no início da SP-99 é baseada na altura da ciclovia, que passará em frente aos comércios. Segundo os comerciantes, uma diferença de 5 centímetros colocará em risco a entrada do estacionamentos dos comércios ali instalados, num trecho que vai do trevo até a rodoviária, do lado esquerdo de quem sobe a serra com destino ao Vale do Paraíba.
Os comerciantes querem a redução na ciclovia feita pela construtora e após acionar o Vereador Nilson Lopes da Silva, o mesmo conseguiu, junto aos engenheiros da Delta, que a redução fosse feita. "Uma obra que vem melhorar o tráfego na principal estrada da cidade e região, não pode prejudicar os comerciantes que vivem do turista, do veranista, da estrada", disse o Vereador.
A redução já estava sendo feita na sexta-feira, dia 11 de julho, graças ao pedido do Vereador. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

A Câmara e os números do 1º Semestre
Casa de Leis divulga um balanço primário de seus afazeres

Caraguatatuba - O Parlamento Municipal de Caraguatatuba está em recesso desde o dia 30 de junho, conforme Regimento Interno e Lei Orgânica Municipal, retornando ao trabalho em 4 de agosto. Aproveitando a paralisação, a Assessoria de Imprensa divulga um balanço semestral da produção do Legislativo.
Até o dia 30 de junho foram protocolados 70 Projetos de Lei, 8 Projetos de Decreto Legislativo, 2 Projetos de Lei Complementar e 7 Projetos de Resolução, além de 1 (hum) Projeto de Emenda à Lei Orgânica Municipal.
No semestre também foram feitas 725 Indicações, 54 Moções e 75 Requerimentos. Em termos de público compareceram diariamente as dependências do Legislativo 6509 pessoas e nas mais de 20 Sessões do semestre houve o comparecimento de 1005 pessoas.
Em termos de média foram 11,6 Projetos de Lei, 1,36 Projetos de Decreto Legislativo, 0,33 Projetos de Lei Complementar, 1,16 Projetos de Resolução e 0,16 Projetos de Emenda à Lei Orgânica. As estatísticas continuam com a média de 120,8 Indicações/mês, 9 Moções, 12,5 Requerimentos, 1084,8 visitas e 167,5 presenças/mês. A média de Diversos foi de 1,16/mês.
Os meses que apresentaram as maiores altas em cada um dos tipos de propositura foram Maio para os Projetos de Lei, Junho para os Projetos de Decreto Legislativo e Lei Complementar e Abril, mês do aniversário da cidade para os Projetos de Resolução, Emenda à Lei Orgânica e Indicações.
Em Março foi registrado o maior índice para as Moções e as Presenças nas sessões do Legislativo e Janeiro, estranhamente um mês de recesso, teve o maior registro de proposituras diversas. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Vento forte adia regatas em Ilhabela

Ilhabela - As duas regatas do Grand Prix, competição que acontece paralelamente à 30ª Semana Internacional de Vela de Ilhabela, programadas para ontem foram canceladas. O motivo foi o vento leste muito forte que chegou a 40 nós (cerca de 60 quilômetros por hora) de velocidade. A organização do evento tomou a decisão com o objetivo de preservar os 30 barcos inscritos na disputa, pensando principalmente na Semana de Vela, que recomeça nesta quarta-feira com 170 embarcações.
A atração de hoje será o hexacampeão mundial da classe Laser, o paulista Robert Scheidt, que assume o comando do barco baiano Odoyá. Apesar de estar em Ilhabela, ele inicialmente começaria a competir apenas na quarta-feira. Ele está na cidade treinando para a disputa dos Jogos Pan-Americanos de Santo Domingo, em agosto, quando tentará o tricampeonato da competição.
"Não posso perder tempo na minha preparação para o Pan", disse o velejador, de 30 anos. "Mas como tenho este compromisso e estou na cidade vou me integrar logo à tripulação."
Com o cancelamento, estão previstas para esta terça-feira três regatas e não haverá mais descarte do pior resultado. Se as três provas acontecerem mesmo, o Grand Prix terá quatro e não cinco regatas, como estava previsto. (Fonte: ValeParaibano)

Mais seis pilotos integram a equipe de bicicross da Ilha

Ilhabela - A equipe do BMX de Ilhabela participou neste domingo, dia 13, da 2ª etapa da Prova Caiçara de Bicicross, que aconteceu em Caraguatatuba. Mais de 100 pilotos de várias cidades da região competiram entre eles os ilhabelenses Renye Oliveira, 7 anos, que 1º lugar na categoria, Felipe A. M. Torres, 10 anos, 4º lugar na categoria, Didi Cruz, 15 anos, 2º lugar na categoria, Julia Cruz, 7, 2º lugar na categoria e Bruna Cruz, 8, 1º lugar na categoria.
Além dos “veteranos” do BMX, desta vez mais seis atletas iniciantes também participaram do campeonato, são eles: José Donizete da Silva Filho, 13 anos, Diego Brandão, 14 anos, Luizinho, 13 anos, Junior, 15 anos e os pilotos Patrick, 14, e Marcos Vinícius Calado, 13, que chegaram a disputar a final da prova. Os garotos estão treinando na pista da Barra Velha com apoio e incentivo dos pais podendo ser possível a disputa da sua primeira prova.
A próxima prova acontece no próximo dia 3 de agosto no Clube Termas do Vale.
A Prefeitura Municipal de Ilhabela através da Diretoria de Esportes dá todo apoio e patrocínio para a equipe do bicicross além dos comércios locais que continuam acreditando no futuro destes garotos. Renye Oliveira é patrocinado por Juninho Bike Shop e Check up Car; Julia e Bruna Cruz por Juninho Bike Shop, Didi Cruz por Juninho Bike Shop e Felipe A. M. Torres por Trial Motos. (Fonte: PMI)

Equipe de Maratonas Aquáticas da Ilha participa de prova em Santos

Ilhabela - A equipe de natação de maratonas aquáticas de Ilhabela representou mais uma vez a cidade em uma importante competição realizada na Ponta da Praia (canal 6), em Santos no último domingo, dia 13. O 1º Circuito de Aquatlon “Atletas Solidários”, promovido pela Prefeitura de Santos e Secretaria de Esportes, teve um percurso de 500 metros de natação e 3 Km de corrida e contou com a participação de mais de 100 atletas sendo nove deles de Ilhabela.
Mesmo com a chuva que caiu durante toda a prova, os atletas da ilha se destacaram e conseguiram os primeiros lugares. São eles: Beatriz Bello, 37 anos, 3º lugar, Surya Bello, 12 anos, 9º lugar, Marina Silva, 12 anos, 7º lugar, Manoel Carvalho, 47 anos, 3º lugar, Sorran Bello, 11 anos, 4º lugar, Gerson Silva, 43 anos, 6º lugar, José Carlos dos Santos, 47 anos, 3º lugar, Ismael H. de Souza, 14 anos, 5ª lugar e Mário Bello, 65 anos, 1º lugar.
Ismael H. de Souza, 14 anos, conseguiu pódio na sua primeira prova patrocinado pelo supermercado Colina. Ismael é estudante do 1º colegial e treina natação ha dois anos com o treinador e professor Mário Bello na praia Pedras Miúdas. Já participou de várias maratonas, entre elas a tradicional Prova 14 Bis, que acontece todos os anos em Bertioga, nadando nove horas entre mais de 300 atletas de todo Brasil.
Segundo a avaliação de seu treinador, Ismael tem uma carreira promissora, tem mostrado evolução a cada prova e tem conseguido pódio nas últimas competições. O atleta pretende se dedicar à natação de maratonas treinando todos os dias na praia Pedras Miúdas.
A prova também homenageia atletas que se destacam no meio por seus trabalhos de incentivo e ações voluntárias. Esta etapa homenageou o professor Mário Bello pelo trabalho que realiza em Ilhabela com pessoas com paralisia cerebral além de outros trabalhos realizados ao longo de sua carreira. Bello recebeu um cartão de prata das mãos do secretário de esportes de Santos, Marcos der Rosis, além de uma emocionante homenagem assistida por um grande público e pessoas importantes do meio. (Fonte: PMI)

Ilha de Vitória recebe novo gerador

Ilhabela - Chegou na manhã desta segunda, dia 14, na comunidade tradicional da Ilha de Vitória um novo gerador com capacidade de gerar 4 Kwas de energia para cerca de 17 famílias da comunidade e beneficiando mais de 50 pessoas. O novo gerador vai substituir um outro muito antigo de capacidade menor.
Esse foi mais um compromisso do prefeito Manoel Marcos firmado com a comunidade na visita realizada dentro do Programa Fale com o Prefeito, quando a comunidade pediu o reparo do antigo gerador. Depois de ser consertado por duas vezes, foi considerado sem condições devido ao longo tempo de uso e trocado pelo novo.
O transporte do objeto foi realizado pelo helicóptero da Marinha do Brasil gentilmente cedido pelo Comandante Paulo Rogério de Souza Almeida. A instalação deverá ser feita na próxima semana por funcionários da prefeitura. (Fonte: PMI)

Ilhabela sedia exposição com projetos de 50 profissionais
Bellabitare expõe trabalhos de paisagismo, arquitetura, construção e decoração

Ilhabela - A cidade de Ilhabela vai sedir até o próximo dia 3 de agosto a 2ª Bellabitare. Na feira estarão em exposição trabalhos de arquitetos, decoradores, construtores e paisagistas da região.
O evento foi montado em uma mansão no Condomínio Ponta da Figueira. O imóvel possui 1.000 metros quadrados de área construída e mais de 1.500 metros quadrados de gramado.
Na Bellabitare é possível conferir projetos de 50 profissionais de quatro ramos de atividade --paisagismo, arquitetura, decoração e construção. O tema da feira este ano é o efeito estufa. Seguindo o estilo de Ilhabela, os espaços estão modernos e requintados.
Os projetos de arquitetura, paisagismo e decoração têm o objetivo de tornar a casa de praia um espaço bonito, confortável e aconchegante.
Além da exposição dos projetos, a Bellabitare vai oferecer aos visitantes em um dos píers da casa, um "Boat Show". Também estará à disposição do público uma balsa com bar itinerante.
A feira, que começou no último dia 4, funciona diariamente das 13h às 22h. Há estacionamento no lado externo do condomínio e serviço de valet parking. A organização da Bellabitare disponibilizou lanchas partindo de São Sebastião e da Vila para os visitantes.
As casas de madeiras são algumas das atrações da feira. Há imóveis montados com pinus e eucaliptos, por exemplo. Normalmente, as casas de madeira têm os banheiros e a cozinha construídos em alvenaria.
Mais informações pelo telefone (12) 3921-7410. (Fonte: ValeParaibano)

Equipe paulista vence em Maresias

São Sebastião - Numa disputa marcada por ondas fortes, que chegaram aos 3 metros, o catarinense Tiago Bianchini e o baiano Dennis Tihara foram os destaques do Billabong Brasileiro, sexta etapa do Circuito Brasileiro de Surf - Taça Roberto Valério 2003, encerrada neste domingo na praia de Maresias, em São Sebastião (SP).
Os dois talentos da nova geração chegaram às duas finais mais disputadas, Open e Júnior.
A competição também definiu os atletas que disputam nesta segunda-feira pela manhã, também em Maresias, o Billabong Game, seletiva da Confederação Brasileira de Surf, para o ISA Junior World Championship, na África do Sul, entre os dias 17 e 23 de agosto. Oito competidores Mirim e oito da Júnior brigam pelas últimas vagas na seleção brasileira.
Por enquanto, oito atletas estão garantidos. Na Júnior, entraram no time o carioca Leandro Bastos (campeão pan-americano) e Dennis Tihara. Na Mirim, o cearense Pablo Paulino - grande nome do Circuito - e o paulista Júnior Faria.
Na Feminino, a catarinense Marina Werneck (campeã brasileira júnior por antecipação), a potiguar Krisna de Souza e as profissionais convidadas Suelen Naraísa (SP) e Silvana Lima (CE).
A competição deste domingo foi marcada por boas disputas. Por equipes, São Paulo conquistou a primeia vitória no ranking deste ano e continua com chances de chegar ao oitavo título.
O Billabong Pro Júnior e o Billabong Brasileiro têm apresentação da Renault. Co-patrocínio: Bleat, Red Beach, High Point, Uluwatu, Tobago, KYW, Central Surf, SP Surf, Sthill, Overboard, Sun Peak, Legends e Nivana Surf Trips. Apoio: Fluir, Waves, Hotel Tambayba.
O Circuito "A onda dos Sonhos" - Billabong Girls Pro é apresentado por Surftrip, Fluir Girls e Waves Girls Only. Apoio: Sportv, ESPN Brasil e Universal Pictures. Todos os eventos têm patrocínio da Goofy e da Nutry e colaboração do Governo do Estado de São Paulo/ Secretaria da Juventude Esporte e Lazer, Prefeitura de São Sebastião, Associação de Surf de São Sebastião, Federação Paulista de Surf, Associação Brasileira de Surf Profissional (Abrasp), Association of Surfing Professionals (ASP) South America e Confederação Brasileira de Surf. Realização: Billabong Brasil. (Fonte: ASSS)

Encontro reúne jornalistas e representantes da Costa dos Alcatrazes

São Sebastião - Foi realizado ontem, 13/07, um encontro em Juquehy, Costa Sul, que reuniu a vice-prefeita de São Sebastião, Cláudia Batocchio Pinto Flausino, jornalistas de São Paulo e representantes da ACA (Associação Costa dos Alcatrazes). A idéia da reunião foi discutir assuntos referente a região abrangida pela Costa dos Alcatrazes, que vai de Boiçucanga a Boracéia Norte, para que haja o turismo na cidade mesmo em períodos de baixa temporada.
Entre os participantes da imprensa, havia jornalistas de Bauru, Americana e Grande ABC. Eles tiveram a oportunidade de passar um final de semana em São Sebastião, onde conheceram os principais pontos turísticos da região monitorados por uma equipe do ACA.
Mesmo com o mau tempo na região, os convidados puderam conhecer as belezas naturais da região que serão divulgadas em alguns veículos de comunicação nesta semana. Durante o encontro, a vice-prefeita pôde tirar duvidas da imprensa sobre os aspectos culturais e turísticos da cidade, além de apresentar o atual panorama de São Sebastião.
Após o encontro em Juquehy, o grupo de visitantes aproveitou para acompanhar a aula do Festival de Gastronomia da Costa dos Alcatrazes, que está sendo realizado na Praça pôr do Sol em Boiçucanga. Eles assistiram a aula de Neide Palumbo, que falou sobre cozinha caiçara. (Fonte: PMSS)

Ampliação do cemitério de Boiçucanga fica pronta na próxima semana

São Sebastião - A obra de ampliação do Cemitério Municipal de Boiçucanga, na Costa Sul, será concluída na próxima semana. A previsão é do engenheiro Áureo Olegário Leite, que está supervisionando as obras no local desde seu início, que aconteceu no mês passado. De acordo com Áureo, a reforma foi necessária porque o cemitério não comportaria novos sepultamentos, devido seu espaço limitado.
O local é utilizado pela comunidade local e, até o momento, todos os sepultamentos eram feitos na terra. Como o número de enterros foi aumentando a cada ano, não havia mais espaço para novos sepultamentos, ficando limitado apenas a famílias que já possuíam uma área no cemitério.
De acordo com o engenheiro, a verticalização do cemitério foi uma solução encontrada pela Secretaria de Serviços Urbanos para o bairro da Costa Sul. "Havia um espaço disponível de aproximadamente 40 metros quadrados que poderia ser utilizado", disse Áureo. Segundo ele, se o espaço fosse utilizado pelo método de costume em Boiçucanga, que é o enterro, seria possível fazer apenas dez sepultamentos, mas com a verticalização esse número pode aumentar.
Partindo dessa segunda opção, foram construídas nesse espaço 60 gavetas para sepultamento. Esse número pretende resolveu o problema por um período de pelo menos quatro anos, uma vez que atualmente o número de enterros está em torno de um ou dois por mês.
Além das gavetas, o telhado do velório também vai ser reformado. Ele vai receber um beiral de quatro cantos porque o atual sistema de calhas está danificado, onde a água está infiltrando pela própria tubulação, trazendo umidade para a área interna.
A sala de entrada do velório também será ampliada, podendo receber mais pessoas em local coberto. O valor total empregado na obra é de R$ 21.156,23. (Fonte: PMSS)

Carta do Leitor

ATÉ QUANDO??? - Por diversas semanas, desde quando aqui cheguei com a minha família, tenho acompanhado artigos escritos nas páginas do “Litoral Virtual”, jornais “A Cidade”, “A Semana” e outros periódicos que circulam em Ubatuba. Em princípio coletando informações e sugestões que possam contribuir com o atual processo que estamos desenvolvendo para a reestruturação e organização do setor turístico, ora em curso. Vários destes artigos realmente têm sido demais proveitosos para que possamos corrigir nossas ações, metas e objetivos que aplicamos em nosso dia-a-dia. Daí termos a coragem de publicar nosso Programa de Ações para o Turismo de Ubatuba e bem como a agenda semanal de trabalho da Secretaria de Turismo, como forma de ampliar ao máximo a nossa comunicação e relação com a comunidade do município.
Porém, para a minha tristeza, tenho lido artigos de pessoas sem escrúpulos ou no mínimo ignorantes e desinformadas como este tal “jornalista” Ricardo Faria (morador de São José dos Campos) e outros de plantão, que usam os canais da mídia afim de auto-promoverem ou mesmo criar situações de caos político e social objetivando seu próprio beneficio (leia-se “bolso”), não pensando nas asneiras que escrevem. O município tem sofrido por vários anos a falta de programas, planejamento e de profissionais que possuam conhecimentos práticos e não somente teóricos, que em conjunto com toda a sociedade desenvolva ações necessárias que busquem em curto, médio e longo prazos devolver Ubatuba ao seu lugar de destaque – dentro e fora do município.
Tenho lido artigos de várias pessoas que tudo (e poder) já tiveram para fazer em beneficio do turismo de Ubatuba, nada fizeram e hoje se acham experts no assunto e praticam o hobby de divagar sobre assuntos que mal conhecem (no caso da ADENTUR), deixando passar a oportunidade que hoje tem – em seus tempos outros não tiveram - de participar e colaborar consigo mesmo para que sua vida e de sua família na cidade seja melhor que no seu tempo.
Por diversas vezes tenho a vontade de saber o que estas pessoas que tanto criticam, de forma destrutiva, o que elas fizeram ou tenham feito para esta situação seja melhorada. Vou dar um exemplo: o senhor Ronaldo Dias, proprietário da Pousada Refugio do Corsário, por diversas vezes nos procurou na Secretaria de Turismo, ora pessoalmente, ora por telefone para reclamar de diversas situações do turismo de Ubatuba (como várias outras pessoas) e sugerir diversas ações complementares ao nosso Programa de Trabalho (como poucas pessoas). Por outro lado o mesmo senhor Ronaldo vem desenvolvendo um belíssimo trabalho na divulgação e captação de negócios para a sua Pousada, que com certeza estará colaborando para desenvolver um novo nicho de negócios para a cidade e melhor, de forma pioneira. E claro, estaremos ao seu lado para ajuda-lo para que sua empresa e o nome de Ubatuba desponte com mais uma alternativa de negócios para muitas outras empresas. Não tenho a mínima dúvida que os mesmos oportunistas de plantão virão um dia, nestas mesmas páginas divagar sobre as mesmas besteiras e asneiras.
ATE QUANDO ???? - Ao invés do INESCRUPULOSO “jornalista” Ricardo Faria e outros de plantão preocuparem com minha remuneração e minha capacidade profissional, por que não se preocupar em ler nosso PROGRAMA afim de sugerir correções, propostas ou algo que o valha??? Ser enganador e tomar atitudes covardes pela imprensa sem ter a coragem de falar pessoalmente de forma racional e civilizada.
Ubatuba, corretamente observado por muitos, possui problemas que todas as grandes cidades possuem. Eu mesmo, por pouco tive um assaltante em minha residência em plena 3 horas da madrugada. Ubatuba sofre sério problema de imigração. Ubatuba sofre de sérios problemas de saneamento básico. Ubatuba sofre sérios problemas de segurança. Ubatuba... enfim. Todos sabemos e nos indignamos por situações adversas que nos afetam e prejudicam a nossa qualidade de vida, porem, precisamos também buscar todas as soluções possíveis para reverte-las em nosso beneficio. Muito das pessoas que criticam nosso trabalho na imprensa, jamais tiveram a coragem de procurar-nos ou mesmo sugerir qualquer coisa, o mais absurdo que seja. Fica fácil criticar sem se mostrar ou se comprometer.
Desenvolvemos hoje diversas ações nos bairros da MARAMDUBA, LÁZARO, IPIRANGUINHA, ITAGUÁ, CAMBURI, PROMIRIM, ITAMAMBUCA, SACO DA RIBEIRA, PURUBA, PICINGUABA e PEREQUÊ-AÇU. Ações que visam estimular e recuperar a alto-estima da comunidade, organizar o setor produtivo do turismo nestes e em outros bairros, mesmo sabendo que ainda falta muito para adequarmos estas comunidades. Não será em meses que resolveremos problemas de anos. Precisamos de muita paciência e muito trabalho para recuperar a economia de Ubatuba. Ao tempo em que escrevo este artigo, certamente estou deixando de desenvolver algo produtivo para a comunidade. E preciso deixar de ser oportunistas com achismos e outros ismos e correr atrás do prejuízo em quanto há tempo. A urgência de nossos trabalhos deixa pouco tempo para preocupar com aquilo que não interessa para nossa equipe de trabalho (comunidade). Enquanto alguns utilizam nossas reuniões de trabalho com a comunidade, infiltradas para fazer política suja, estamos cumprindo o nosso papel buscando alternativas econômicas e sociais para equacionar problemas de toda a ordem. Para se ter idéia do que falamos, iniciamos nos primeiros 4 meses de trabalho, frente à Secretaria de Turismo em conjunto com a comunidade, algumas ações como:
1) Finalização do Projeto Sinalização Turística para toda a cidade;
2) Implantação da Câmara Setorial de Ecoturismo e Turismo de Aventura;
3) Implantação da Câmara Setorial de Marketing;
4) Implantação da Câmara Setorial de Infraestrutura Urbana;
5) Cursos de Qualificação e Aperfeiçoamento para 800 pessoas para os meses de Setembro, Outubro e Novembro;
6) Criação de 800 vagas de trabalho para moradores de Ubatuba na Alta Temporada;
7) Informatização e Profissionalização do Centro de Informações Turísticas;
8) 87 (oitenta e sete) Reuniões de Trabalho com a Comunidade;
9) Reforma do Centro de Informações Turísticas;
10) Programa de Excelência de Artesanato de Ubatuba para comunidades carentes;
11) Conclusão do Projeto Arquitetônico do CENTRO DE CONVENÇÕES DE UBATUBA;
12) 07 Reuniões com Autoridades Federais e Estaduais A Fim de Captar Recursos para Ubatuba;
13) Realização do 1° Salão Profissional de Turismo com a participação de 480 pessoas (320 alunos UNITAU + 130 LIDERES COMUNITARIOS + 30 EMPRESARIOS);
14) Captação de 03 Eventos (4.000 pessoas previstas) para 2003 / 2004.
Como se pode ver, apenas iniciamos nossas atividades que considero obrigatórias e emergenciais para tirar Ubatuba do atoleiro. Nosso precioso tempo esta destinado e voltado para a árdua tarefa que foram deixadas como herança por governos irresponsáveis e cujos titulares estão hoje travestidos de especialistas em turismo. A comunidade de Ubatuba não e boba e com certeza estará observando factóides de plantão revestidos em chapeuzinho vermelho, aguardando e torcendo pelo caos.
AO TRABALHO

Sergio Luiz Alves Carvalho
Secretario de Turismo de Ubatuba


Carta de uma mãe!
- Resolvi escrever esta carta porque foi a forma que encontrei de agradecer a "Deus" e aos seus anjos pôr tanto amor dedicado a mim, a meu filho e a minha família. Provavelmente hoje alguém abriu as portas do céu e deu de cara com um anjo com suas asas machucadas, com seu manto branco manchado de vermelho; mas com seu espírito repleto de luz pelo seu amor ao próximo. Pela medida de exatos três dedos, quase fomos separados de um de nossos maiores tesouros; nosso filho, Thiago Luiz, que no último dia 10 completou 21 anos e que hoje, dia 13/07, pôr uma brincadeira de crianças e marmanjos (que quase se transformaram em assassinos!!!); por muito pouco mesmo Thiago não partiu ferido pôr uma linha de pipa com "Cerol", quando dirigia sua moto a pedido do pai indo a Lagoinha fazer um serviço.
Peço a Deus que ilumine o coração dos pais e que procurem orientar melhor seus filhos, porque não é só com revólver ou faca que se tira a vida de um inocente. Mesmo existindo uma lei que, por incompetência ou falta de boa vontade, não é cumprida e nem fiscalizada; mas isso já é outra história. Não me perdôo por não perguntar na Santa Casa de Ubatuba o nome da pessoa e de sua família que socorreram meu filho; que o Criador cubra de bênçãos a ele e sua família pelo belo gesto de humanidade. Ao Dr. Marcos Corrêa e sua equipe de plantão no domingo a tarde meu muito obrigado, e a gratidão de minha família e desta mãe que não saberia viver sem seu filho. Em nome dos meus, Caroline, Tony e Thiago eu realmente agradeço e elogio o espaço deste magnífico jornal e o respeito com que seu editor trata a todos que dele precisa; parabéns a você Emílio Campi e continue na sua batalha porque estaremos sempre ao seu lado.

Mônica B S A Lima
Ubatuba, SP


Éramos - Ao levantarmos as bandeiras – verticalização e saneamento básico “Éramos Costa Sul”. Quando Maresias aparece na mídia, toda a Costa lucra, em seu percurso a moçada para nos restaurantes, bares, boates e etc, nunca foi excluída a Costa Sul, de qualquer melhoria solicitada por nós, segurança, saúde, educação e como exemplo recente o Centro de Zoonoses.
O Partido Verde do qual faço parte teve a maioria dos votos na Costa Sul, visto que elegeu dois vereadores, caminhei em todo o município fazendo campanha só não o fiz no meu bairro e nem pedi só para mim, e sim para o grupo, por entender que moro no município e torço para que todo ele tenha melhorias, lutávamos juntos.
O grupo de empresários que criou a Costa de Alcatrazes excluiu a minoria de quatro bairros, deveriam estes senhores ter feito esta simples pergunta:
TEM INTERESSE? E não alegar, Maresias já está na mídia, fulano deixou de fazer ou fez demais, a Serra é um divisor de águas, e as outras Serras não são?
E Paúba, Toque Toque Pequeno, Toque-Toque Grande, não tem hotéis, restaurantes e empresários com interesses? Pessoas que estão em todas as lutas, tais como Teo, Lala, Marco, Humberto, Wanderlei, Hamilton, Armando e outros, o que é isso Senhores?
Eu não sou empresária e nem comerciante, sou “quase” pobre de marré de si mas estou ofendida com a nossa exclusão e muitos devem estar, desejo de coração que os Senhores consigam muito sucesso, por que alguém com certeza vai subir a Serra.
O nosso município já tem divisões demais, Costa Norte, Costa Sul, Centro e agora Costa de Alcatrazes, só vamos crescer quando aprendermos a dar as mãos, São Sebastião além de alma precisa urgentemente de respeito principalmente com as minorias.
Ah! Ia esquecendo nós da Costa dos excluídos também vemos o lindo Arquipélago dos Alcatrazes, ou não?

Dircéia Arruda de Oliveira
São Sebastião, SP
Mensagem enviada a pedido da autora,
as respostas podem ser enviadas em papnet@uol.com.br ,
que estas serão encaminhadas a autora
.


Caramujos - Acho qua já passou da hora de começarmos todos juntos a nos preocupar com essa invasão dos caramujos... Tenho casa em Ilhabela, e fico horrorizada qdo vejo o quanto estão proliferando por lá. Devem ser feitos diversos mutirões para a "catança" desses perigosos moluscos. As autoridades e a população devem acordar para o fato do perigo que representa esses caramujos para a saúde
pública.
O povo deve ser concientizado disso. Andei pesquisando na Internet sobre a Achatina Fulica (nome científico do bicho), e fiquei realmente preocupada com as proporções que essa invasão está tomando. Vamos nos unir para tentar acabar com esse molusco... acho que depende de todos nós. Um abraço,

Eliane
Sao Paulo, SP


É preciso esclarecer
Ricardo Faria


Nesta segunda, como de costume, ligo cedo o micro e, pela Internet, me atualizo. O www.litoralvirtual.com.br, do Emílio Campi, é obrigatório. Nele leio uma carta, do leitor, assinada por Sérgio Luiz Alves Carvalho, secretário de turismo ubatubano, onde sou citado como “jornalista”, pessoa sem escrúpulo, ignorante, desinformada, moradora de São José dos Campos que objetiva benefício próprio.
Nenhum espanto causou-me. No decorrer da vida já me acostumei a estes tipos. Mesmo o secretário de turismo ubatubano quando critica outros escribas denominando-os de “ jornalistas de plantão”. A verdade dói naqueles que desejam, a qualquer custo, angariar a simpatia popular. Se partisse a crítica de um Eduardo Espiaut, Secretário de Turismo de Ilhabela, do Ramon Touron, do Cone Leste, do Herone Galhanone, da Lia de Barros, do José Magalhães, do Tamoios Iate Clube, do Carlos Alberto Barreto, do Clodovil, do Mamede (ACI), do Marco Antonio (Sindicato de Hotéis), do Benedito Góis, do Sérgio Sígolo, do Luiz Roberto de Moura, do Alfredo, do Senzala, do Michel, do Malibu, do Alberto, da Varanda, do Miguel Soares Rodrigues, Alvaro, da Praia Grande, do Antonio José Telles Pereira, do Henry Iken, do Équer Gonçalves, do JR da banca de jornais da 13 de Maio, do Percy da papelaria, do Zezinho Lanzoni, da Marlene Graff, do Léo Lerro, do Bira, da Marina Portinho, da D. Dirce Marangoni, da D. Alba, do Porto di Mare, do Júlio , do Rei do Camarão, do Paulo Xirí, ou de outra personalidade ubatubense, e são tantas, eu me preocuparia. Não foi o caso. Os acorrentados ladram e a caravana passa.
No entanto, é preciso contar como as coisas de fato ocorreram. Talvez o secretário de turismo ubatubano não saiba, mas o povo de Ubatuba, dos mais antigos do Brasil, adora conhecer os fatos, os “causos” nos seus mínimos detalhes. E me admira o secretário de turismo ubatubano tentar desqualificar o Litoral Virtual e A Semana por editarem e publicarem uma matéria, como ele mesmo diz, de um “jornalista” inescrupuloso.
Quem realmente chamou aos brios o secretário de turismo ubatubano, no Litoral Virtual, foi a moradora do Sertão da Quina, Bel Dergham quando publicou sobre o trabalho de Sérgio de Carvalho à frente do turismo ubatubense o seguiinte: “Informação Errada” “Pobre de nós habitantes deste paraíso abandonado, quando vemos uma luz no fundo do túnel tentamos nos apegar, acreditar, deixamos nossos compromissos e corremos atrás. Mas, quando vemos que o túnel pode se fechar, vamos perdendo a esperança, acredite, aqui já tem muita gente desacreditando, desanimando. Tudo começou como um furacão, muitas palestras, muita perspectiva de coisa boa pela frente, mas de repente vamos perdendo o ânimo novamente...”
Daí para frente nasceu a idéia de fazer a matéria denominada Legado maldito. Diga-se de passagem, é de louvar-se a coragem, primeiro do Emílio Campi, depois do Jija em A Semana de publicar a matéria. Como adoro esta Ubatuba! E, por várias vezes, a releio em busca de uma ofensa ao atual secretário de turismo ubatubano. Alguém pode me dizer onde ofendi ao parantinense?
Sem, é claro, oferecer a outra face não levarei o secretário de turismo ubatubano as barras dos tribunais, graças as orientações de um advogado amigo:” não adianta Ricardo, o cidadão pode nem estar no cargo, na cidade, de um dia para outro. E será que terá condições de arcar com uma indenização por danos morais e materiais? É gastar vela com defunto ruim.” Embora contradizendo o ditado de que quem não tem angu não caria cachorro, me convenci.
Mas, vamos aos fatos: no sábado último, 12/07, mais ou menos às oito horas, alguém ligou para o Newton´s Hotel e conseguiu meu telefone com voz macia e sotaque carioca. Esse mesmo alguém ligou para o número obtido em São José dos Campos e perguntou por mim. A partir do momento que imaginou estar falando comigo desandou nos xingamentos, o motivo foi a publicação da matéria Legado maldito, no Litoral Virtual, no dia anterior. Assim que fui informado, em Monteiro Lobato, tranqüilizei o amigo que atendeu o telefone: fique frio, deve ser algum estressado. Se ligar de novo, mande voltar a morder a fronha, brinquei.
Daí em diante, fui me inteirando da repercussão da matéria, e-mails, telefonemas... Pode parecer, mas não sou chegado a brincar com coisa séria e, nos muitos anos na comunicação, nada existe que me desabone. Mormente em Ubatuba, nesta minha terra querida de inúmeros amigos sinceros onde me emociono pelo carinho das pessoas. A credibilidade é como a árvore frondosa, demora a crescer mas sombreia os arredores e não é esconderijo de insatisfeitos que sempre existem. A verdade dói, como dói e o inimigo jamais esquece. Reconheço que fiz alguns poucos desafetos na Terra de Cunhambebe, não se consegue agradar a todos, muito menos o lesa-erário-público.
É bom repetir, enganou-se com a cor da xita o secretário de turismo ubatubano ao colocar aspas em “jornalista” Ricardo Faria bem como qualificá-lo de inescrupuloso. As palavras sobre mim revelam o caráter de quem as escreveu.
O que exijo do cidadão, enquanto secretário de turismo ubatubano, é que respeite as críticas, vindas de onde vierem pois o direito de opinião está consagrado na Constituição Brasileira. Não me preocupo com quanto você ganhe, mas gostaria de ver publicado o seu holerite.
Como, talvez, descuidadamente, o secretário de turismo ubatubano não tenha tomado conhecimento, anexo pronunciamentos e também um especial e-mail do guerreiro Dr. Roberto Mamede que bem esclarecerá como certas fatos ocorrem em Ubatuba:

"Endosso à Ricardo Faria - Quanto ao "Legado Maldito" publicado neste jornal, tenho apenas a acrescentar que nada é diferente na Lagoinha/Maranduba. Parabéns pela bela crítica. Ricardo Teixeira Amorim, Ubatuba, SP (www.litoralvirtual.com.br)"

"Prezado Ricardo. Bom dia. Li sua matéria 'Legado maldito, a estória se repete ...', no A SEMANA, com o habitual agrado pela precisão e elegância de texto. Sua crônica enfoca, em síntese de agradável leitura, a velha e corrompida conjuntura desta terra amaldiçoada por Cunhambebe.
Você sabe de minha saída da crônica escrita em Ubatuba: cansei de dar murro em 'ponta de faca' e senti estar 'dando milho prá bode ...': por isso admiro sua pertinácia.
Tive como contemporâneo na Universidade Mackenzie o Herone, que lá, nas lides acadêmicas, tinha o cognome 'Taubaté'. Bom colega, profissional de escól, com grande cabedal, aurido tanto no Brasil, como no exterior, quer em turismo, quer em hotelaria, já não bastasse sua formação jurídica como bacharel em Direito. Sua experiência geral no campo que tanto interessa a Ubatuba é imensa: há que ver sua importância no trabalho que desenvolveu, posteriormente, em outro estado. Foi irreparável perda para nossa comunidade sofrida e maltratada, por razões que beiram a escatologia.
Por fim, quero dar testemunho de minha experiência com o tal MP: com relação a assuntos da Saúde oficial de Ubatuba, tanto na Santa Casa quanto na Secretaria, denunciei, por escrito e documentadamente, grossas falcatruas.
Até quando tive inocência e paciência, acompanhei o processamento, que engrossou no gabinete do 'parquet', sem que, ao menos do meu conhecimento, tenha havido ajuizamento de procedimento judicial compatível com o dano causado aos bens públicos e sociais.
Com muito mais a dizer e fazer caso houvesse condições de qualquer eco positivo, aqui fico, ao menos alegre pela oportunidade de me comunicar com o amigo, via do presente, subscrevendo-me admirador às ordens, enviando meu abraço.
Roberto Mamede - Data: 7/13/2003 10:41:14 -0300"


"De: Luiz Roberto de Moura - Para: ricardo@vejasaojose.com.br
Li a matéria. Parabéns.
Luiz Roberto de Moura"


"Legado Maldito - Brilhante comentário do jornalista Ricardo Faria, espelha fielmente o que acontece no nosso litoral, os problemas apontados não são exclusivos de Ubatuba, espalham-se por todos os municípios do nosso litoral. Francisco José Marsiglia - São Sebastião, SP (www.litoralvirtual.com.br)"

"Prefeito Nota ZERO - Esse Prefeito Paulo Ramos realmente está querendo acabar com Ubatuba. Por trás dos bastidores está querendo aprovar a ZONA 4 em Ubatuba, ou seja CONSTRUÇÕES DE PRÉDIOS NAS MAIS BELAS PRAIAS DO LITORAL NORTE, INCLUSIVE ITAMAMBUCA, FÉLIX E PRUMIRIM!!!
Já basta a falta de estrutura e saneamento básico na cidade inteira, onde esse Paulo Ramos já é prefeito a quase 8 anos e não fez nada, agora quer detonar mais ainda Ubatuba.
Já imaginou chegarmos em Itamambuca, Félix, Prumirim e outras praias de Ubatuba e encontrarmos prédios por toda a praia e prédios maiores que da praia grande!!! Não vamos deixar que essa baixaria por dinheiro aconteça, vamos nos unir contra isso povo ubatubense!!
Para esse prefeito turismo não interessa, preservar as belezas naturais de Ubatuba que nada, o negocio é ganhar dinheiro detonando a cidade mais ainda!! Flávia Cristina, moradora de Ubatuba: www.litoralvirtual.com.br"

Ricardo Faria
Jornalista - São José dos Campos, SP
ricardo@vejasaojose.com.br  - tel (12) 9701.2234




Clique Aqui para acessar o Manifesto de Apoio
a Proposta de Programas e de Ações para o Turismo de Ubatuba
apresentado pelo Secretário de Turismo, Sergio Luiz Alves Carvalho

 

Foto do Dia

Barco de Pesca em Ilhabela

Barco de Pesca em Ilhabela
© Emilio Campi


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Clique Aqui para acessar o arquivo de Fotos Publicadas

 

Gaivota FM
Participe você também com seu comentário, crítica ou sugestão no programa
Estação Ubatuba c/ Tony Luiz
De segunda a sexta das 12 as 14 hs na Gaivota FM 104.9
Sempre com entrevistados diários e variados, falando sobre todos os temas
Ligue 3833.5550


 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


Marcos Borges da Silva - artista plástico Gianni Parziale

As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.


GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral na versão:

Compacta (apenas as manchetes c/ Link)
Completa (todas as notícias na íntegra) 
e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor