Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Segunda-feira, 08 de setembro de 2003 - Nº 861 Edições Anteriores

Barra da Lagoa Porto das Artes Naturali Garden Center

Litoral Norte
Obras nas rodovias estão atrasadas, diz Alckmin
Projeto prevê nova estrada ligando Caraguá a São Sebastião


Caraguatatuba:
Bike Week leva 15 mil motoqueiros ao litoral
Central Reggae in Concert acontece dia 14 de setembro
Caraguá Bike Week terá reforço da Ditran na fiscalização de trânsito
Bloqueio da Martin de Sá prejudica 1º Bike Week
Caraguá se prepara para receber 2 mil atletas da Melhor Idade
Escolas da rede municipal de Caraguá já abriram inscrições
Quadrilha é presa após roubar loja de bicicletas em plena luz do dia


Ilhabela:
CEI de Ilhabela convoca as primeiras testemunhas
Alunos encerram curso com competição na Vela Oceânica
Primeira reunião do Panathlon acontece no próximo dia 10
Esgoto do hospital municipal de Ilhabela recebe tratamento de ponta
Câmeras de monitoramentos contribuíram nas investigações de seqüestro


São Sebastião:
Posto de combustíveis firma parceria com associação de deficientes
Cai índice definitivo de ICMS para 2004


Ubatuba:
Ubatuba leva ouro na ginástica rítmica
Itamambuca coleta 13 toneladas de materiais recicláveis
Curso de Extensão de Francês na Unitau
Fundo Nacional de Saúde libera verbas para Ubatuba
Comunidade do Perequê-Açú realiza almoço
Cooperativa de Costura dobra o seu faturamento
Ilha Anchieta se prepara para a próxima temporada de verão
Entrevista com o presidente da ONG Guardiões do Meio Ambiente

Seções:
Carta do Leitor
Foto do Dia


Notícias do Litoral Norte Topo

Obras nas rodovias estão atrasadas, diz Alckmin

Litoral Norte - Durante a visita, esta semana, ao Litoral Norte, onde inaugurou obras e fez entrega de viaturas policiais para ronda escolar, o governador do Estado de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB), admitiu um possível atraso nas obras da rodovia Rio-Santos (SP-55).
Em São Sebastião, em seguida à solenidade da inauguração da nova sede da DIG (Delegacia de Investigações Gerais), ao ser perguntado sobre reclamações que vêm sendo feitas por parte de usuários e políticos quanto ao ritmo das obras, Alckmin respondeu: “Sei que há um atraso e estarei me informando sobre os motivos esta semana”.
Durante o lançamento do pacote de obras, feito em abril, em Caraguatatuba, o governador prometeu entregá-las no aniversário de Caraguá, em 20 de abril.
O vereador Celso Pereira, o “Celsinho do Massaguaçu” (PSDB), aproveitou a presença de Geraldo Alckmin na região para encaminhar pessoalmente ao governador um ofício pedindo informações sobre o andamento das obras da rodovia no trecho entre Caraguá e Ubatuba.
Pereira questiona sobre uma possível demora no repasse das verbas do DER para as empreiteiras, o que estaria atrasando os trabalhos.
“A obra está quase parada, diferentemente de outros trechos”. Ele disse ainda que, por conta da demora no repasse, a empresa O.A.S. estaria deixando de pagar funcionários e fazendo demissões.
Rais confirma atraso no repasse - Por sua vez, o secretário de Transportes do Estado, Dario Rais Lopes confirmou a demora no repasse das verbas e atribuiu o atraso à queda na arrecadação do Estado. “Metade das obras são financiados pelo Governo do Estado e a outra pelo BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento). Se cair a arrecadação do Estado, cai o repasse”.
Lopes disse que a situação já se normalizou e que não há atraso na execução dos serviços. “As obras na verdade estão adiantadas em alguns trechos, e em outros estão dentro do cronograma”.
Ele afirmou que espera concluir algumas antes da temporada. “Inclusive o trecho entre Caraguá e Ubatuba”. O secretário disse ainda desconhecer que haja atrasos de pagamentos de funcionários e demissões nas empreiteiras.
Demissões - Segundo a assessoria de imprensa do DER, a OAS, contratada para a execução de dois lotes das obras, reduziu seu quadro de funcionários em virtude da diminuição dos serviços de terraplenagem.
Ainda de acordo com o DER, a OAS está, por outro lado, contratando novos funcionários para outras atividades.
Quanto a atrasos de salário, o engenheiro supervisor do lote 2 afirma que não existem. A empresa também esta fazendo remanejamento interno de funcionários, devido a diminuição do ritmo das obras. (Fonte: Correio do Litoral)

Projeto prevê nova estrada ligando Caraguá a São Sebastião

Litoral Norte - A Secretaria dos Transportes do Estado planeja a construção de nova malha viária para atender à demanda que virá com o crescimento do porto de São Sebastião, sem prejudicar o turismo. As obras fazem parte do PDDT (Plano Diretor de Desenvolvimento dos Transportes), que prevê obras em todo Estado até 2020.
Segundo o Secretário de Transportes do Estado, Dario Rais Lopes, a ampliação do porto e a nova malha propiciarão aumento da capacidade de movimentação ao porto, em torno de 2,7 milhões de toneladas de carga ao ano. “O primeiro passo já foi dado, com a ampliação e implantação de terceiras faixas na Rodovia dos Tamoios (SP-99). O próximo será a construção de uma nova rodovia”. A futura estrada tem um valor estimado de R$ 200 milhões e o prazo para o início das construções vai depender das alternativas de financiamento, ainda não definidas.
Pelo projeto da secretaria dos Transportes, os caminhões que descerem a serra pela rodovia dos Tamoios terão uma pista com novo traçado, ligando Caraguatatuba ao porto de São Sebastião.
Lopes não sabe ainda dizer o número de empregos diretos e indiretos que serão gerados, mas informou que os investimentos deverão incrementar vagas nas áreas de construção civil, além de atrair investimentos privados na área retroportuária, por meio de arrendamentos de terrenos portuários para desenvolver novos empreendimentos.
O gerente do porto de são Sebastião, Vilson Costa, acredita que o aumento de empregos será significativo na área de atividade do “porto organizado” (barcos que usam o centro náutico, área de travessia, o terminal da Petrobras e ainda atividades terrestres). “Hoje, o porto organizado gera cerca de 2200 empregos diretos. Com as obras, esse número deve aumentar consideravelmente”.
Turismo - Uma outra forma de geração de empregos que o porto ampliado poderá proporcionar é a exploração do turismo.
Vilson Costa acredita que, com a ampliação do local, o turismo ficará mais forte na região. Segundo ele, os navios de cruzeiro que ficaram fundeados no canal na última temporada transportaram cerca de 35 mil turistas. “Muitos não saem do navio porque têm medo de embarcar em lanchas para chegar até a costa. Com os novos berços, eles descerão em terra firme”.
Para o porto, está prevista a liberação de R$ 50 milhões e a obra deverá ficar concluída até 2006.
Porto espera faturar 10 milhões ao ano - A ampliação do porto de São Sebastião, que graças à configuração natural, é considerado o terceiro melhor do mundo pelas suas condições de calado e segurança, pode se transformar numa das principais fontes de renda para o Município.
Segundo o gerente do porto de São Sebastião, Vilson Costa, as obras de ampliação, de construção de dois dolfins e de armazéns e arrendamentos devem triplicar o ganho do porto. “Depois de pronto e operando a todo vapor, poderemos chegar a R$ 1 milhão em meses de alta produção”.O valor representa quase o triplo do faturamento atual e deve ser alcançado após obras e arrendamento de áreas.
Costa afirmou que o governo do Estado já liberou ao porto R$ 4 milhões, sendo R$ 1,5 milhão para o custeio do projeto executivo de ampliação e licenciamento ambiental, R$ 1,7 milhão para a construção de dois dolfins (estrutura de concreto para amarrar e estabilizar navios), e também R$ 800 mil para reparos e construção de um novo armazém. “É um sonho que começa a se realizar”.
O gerente disse ainda que o projeto executivo prevê a construção de uma ponte de acesso, com estrutura para receber mais quatro berços (local onde se estaciona o navio). “Na primeira etapa, serão construídos dois berços, um com 16 metros de profundidade e outro com 14, nos lados externo e interno da ponte, aproveitando a profundidade natural do canal”. A abertura das propostas de tomada de preço será dia 29 de setembro. O valor total da obra é de R$ 50 milhões e será pago com recursos do governo estadual e de parceiros ainda não definidos.
Costa explicou também que a reforma do armazém 3 está em fase adiantada. “Para a construção dos dolfins, a empresa que vai executar as obras será escolhida no dia 30 deste mês e deve começar o trabalho em 90 dias, e a reforma do armazém 3 termina no final do mês”. Ele disse ainda que, em seguida, começa a construção de um novo armazém com dois mil metros quadrados. “Chegamos a perder carga em função da área de estocagem”.
Os armazéns têm capacidade para cerca de quatro mil toneladas de produtos a granel como barrilha, ração e cevada, mas pode variar de acordo com a densidade da carga.
Com movimentação de 400 mil toneladas de carga no ano passado, a administração do porto espera, com a reforma, saltar para uma movimentação de 1,5 milhão de toneladas/ ano.
Ainda segundo Vilson Costa, para aumentar o movimento foi elaborado um estudo que revelou que no Vale do Paraíba e nas regiões de Campinas e Metropolitana existem sete milhões de toneladas de produtos sem logística definida (não têm fixado um método de exportação). “Pretendemos pegar 20% da fatia destes produtos”.
Costa explicou que a ampliação possibilita o arrendamento para exportações de diversos produtos. “Hoje, o navio descarrega e vai embora vazio, com o arrendamento ele teria outros produtos para carregar, com isso as taxas marítimas diminuem, com a entrada e saída de produtos”. Ele acredita que a vocação do porto são as movimentações de cargas secas (contêineres, carros e caixarias), e para o arrendatário operar, está previsto o pagamento de um aluguel ao porto com o compromisso de movimentar certo volume de carga.
O Porto Dersa movimenta uma média de 450 mil toneladas/ano.
As operações portuárias começaram em 1963. O Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S.ª) assumiu o papel de autoridade portuária em São Sebastião 30 anos depois, com a edição da Lei 8.630. (Fonte: Correio do Litoral)

Notícias de Caraguatatuba Topo

Bike Week leva 15 mil motoqueiros ao litoral
Caraguá sedia evento a partir de quarta-feira e espera receber 100 mil visitantes

Caraguatatuba - Cerca de 100 mil pessoas estão sendo esperadas em Caraguatatuba na quarta-feira para a abertura da 1º edição do Caraguá Bike Week. O evento de motociclistas está substituindo o Megacycle, que foi realizado durante cinco anos na cidade.
A expectativa da empresa Top Brasil, organizadora do evento, é receber durante quatro dias mais de 15 mil motociclistas de todo o país. A principal atração será a presença do ator de Hollywood Lorenzo Lamas, que vai representar os motociclistas americanos.
Esse ano, uma arena será construída dentro da praça de Eventos, na avenida Arthur Costa Filho, conhecida como avenida da Praia. No espaço haverá estacionamento, área de alimentação e palco para shows. Cerca de 40 empresas vão expor seus produtos de motociclismo no local.
Segundo o organizador, José Lopes, a idéia é atrair um público diferenciado. "Vamos fazer um encontro para os motoclubes, moradores e turistas", disse Lopes. O investimento no evento, que está sendo realizado em parceria com a prefeitura, foi de aproximadamente R$ 700 mil
Para o secretário de Turismo, Paulo Noronha, o Caraguá Bike Week vai movimentar a economia local. "O evento aquece o comércio nesta época do ano, considerada de baixa temporada. A rede hoteleira já está com mais de 50% das vagas reservadas", disse.
A arena do Bike Week contará 15 câmeras de vídeo e 80 profissionais vão fazer a vigilância do local. Nas ruas, durante o evento, cerca de 50 policiais militares e de agentes de Trânsito da prefeitura vão reforçar a segurança.
PROGRAMAÇÃO - Durante os quatro dias do Caraguá Bike Week estão programados shows musicais com bandas nacionais e regionais. A banda mais esperada é o RPM, que tem como líder o cantor Paulo Ricardo, no sábado.
Os shows começam na quarta-feira. Entre as bandas confirmadas estão Renato e seus Blue Caps e o Pholhas.
Evento vai durar quatro dias e terá shows, desfile de moto e exposição. (Fonte: ValeParaibano)

Central Reggae in Concert acontece dia 14 de setembro

Caraguatatuba - Caraguá vai contar com mais um atrativo durante o Caraguá Bike Week, trata-se do Central Reggae In Concert, que vai reunir sete bandas de reggae, no Campo do Clube XV de Novembro, no dia 14, domingo, a partir das 14 horas. Além de shows de reggae com Tribo de Jah, Jambra, Bichos da Costeira, Besouro Mangangá, Mystical Roots, Dagô & Radical Roots, Reggae Style, o evento vai contar com o DJ de Reggae, Samuel, filho do vocalista Fauzi. Também está na programação do evento um desfile da Garota Reggae. O Central Reggae in Concert é realizado pela Central Matatlântica e Lokoepoko Produções. Os ingressos custam R$ 7,00. (Fonte: PMC)

Caraguá Bike Week terá reforço da Ditran na fiscalização de trânsito

Caraguatatuba - A Ditran (Divisão de Trânsito e Transportes Coletivos) de Caraguatatuba irá reforçar a fiscalização de trânsito durante o Caraguá Bike Week. Segundo o diretor da Ditran, Cel Celso Rapaci, os turnos serão modificados para os períodos de pico. "Vamos mudar os horários dos agentes, que passarão a trabalhar de manhã e durante a madrugada da 6ª feira e do sábado. Os turnos serão de 10 ou 12 horas, ainda estamos definindo", disse. Ele acrescentou que a Polícia Militar deverá também participar desse reforço.
Ele informou que, a partir do dia 8, segunda-feira, o trânsito da Avenida Dr. Arthur Costa Filho (Avenida da Praia) será desviado por causa da montagem da Praça de Eventos para o Caraguá Bike Week. "O estacionamento do evento será instalado na própria avenida, por isso, os desvios", explicou.
Segundo ele, o desvio terá início na altura da Rua Guarulhos acessando a Rua Anchieta até o final para pegar a Rua Eng° João Fonseca e retornar à Avenida Dr. Arthur Costa Filho.
O Caraguá Bike Week deverá reunir cerca de 200 mil pessoas entre os dias 10 e 14 de setembro. (Fonte: PMC)

Bloqueio da Martin de Sá prejudica 1º Bike Week

Caraguatatuba - O presidente da Amocomsa (Associação de Moradores e Comerciantes da praia Martin de Sá), Alberto Conceição Caetano, declarou que a obstrução da praia Martin de Sá, que passa por reformas, vai prejudicar a primeira edição do Caraguá Bike Week, cuja previsão de público é de 200 mil pessoas.
O evento, que vai reunir motociclistas de diversas regiões do Brasil, começa na quarta-feira, 10, e se estende até o domingo, 14. “A obra de reurbanização seria dividida em três etapas, sem a necessidade de se obstruir toda a praia de uma única vez”, reclamou Caetano.
“Não teremos como receber os turistas na Martin de Sá, pois não existe um acesso à praia”, lamenta. “Nossa grande preocupação é com o final de ano, são três meses sem ganhar nada".
A reurbanização da Martin de Sá, uma das praias mais badaladas de Caraguatatuba, teve início há cerca de quatro meses. O projeto foi lançado em um pacote de obras no ano passado, orçado em aproximadamente R$ 23,7 milhões. A obra específica para a Martin de Sá tem custo estimado em R$ 729 mil, e foi firmada através de convênio com o DADE (Departamento de Apoio e Desenvolvimento das Estâncias).
As principais mudanças serão o direcionamento da via em mão única, sentido Caraguá/Ubatuba, o estacionamento nas ruas de acesso à praia, a retirada dos bloquetes para a colocação da pavimentação de asfalto, a construção de uma ciclovia com 2,5 metros, cercada por canteiros e ilhas de arbustos, calçadão com 6 metros sem invadir a areia da praia, leito calcário (rua) com 8,5 metros e um ponto de ônibus.
Ao todo, será reurbanizada uma área de 300 mil metros quadrados da praia, o que equivale à metragem de 4 km na avenida Aldino Schiavi, a principal da praia.
A grande preocupação dos comerciantes e moradores é quanto ao prazo de entrega das obras, com término previsto para o começo da temporada de verão. Só que, segundo a Amoconsa, ela vem sendo paralisada constantemente e com isso o atraso pode se tornar inevitável, culminando com datas em que a cidade praticamente triplica sua população com a chegada de turistas.
Tubulações podres - De acordo com Alberto Conceição Caetano, a empreiteira detectou uma rede da Sabesp com tubulações podres. “Por isso se decidiu abrir a praia toda e trocar a tubulação. Foi colocada uma tubulação de 100 milímetros para os moradores fixos e uma extra de 200 milímetros para a época de temporada”, destacou.
Ainda segundo Caetano, o atraso nas obras provocará uma queda no movimento de final de ano na praia.
Com esse empecilho, segundo o secretário de Obras Públicas, João Alarcom, o trabalho atrasou por aproximadamente três meses, impossibilitando a conclusão no prazo estimado inicialmente pela prefeitura. “Primeiro, é preciso resolver este problema para depois, a empresa contratada retomar o serviço”.
Para tranqüilizar os comerciantes e a população, o secretário informou ainda que até dezembro a obra deverá ser entregue. “A paralisação por conta das remodelações feitas pela Sabesp não comprometerá o trabalho das obras e, conseqüentemente, o prazo será cumprido”. Alarcom afirma que foram feitos alguns ajustes arquitetônicos, como o remanejamento de árvores, mudança nos passeios que dão acesso à praia, além da ciclovia, que teve seu itinerário modificado.
Cerca de 30 homens da empresa Massaguaçu S/A trabalham na obra que, segundo a prefeitura, visa melhorar o fluxo de veículos e turistas, revitalizar e valorizar a praia.
Na tentativa de colocar a população a par do andamento dos trabalhos, João Alarcom se reuniu com quiosqueiros, comerciantes e moradores do bairro para explicar algumas mudanças no projeto, como por exemplo, detalhes paisagísticos.
Foram discutidas questões como a instalação de novas caixas para drenagem das chuvas, com capacidades maiores; iluminação não aérea; bicicletários instalados em bolsões específicos; implantação de sanitários públicos; base de Corpo de Bombeiros em dois locais da praia; guias rebaixadas para o acesso de deficientes físicos nas entradas dos 14 quiosques e dos principais comércios, e que a ciclovia não seja reta, para o ciclista não andar em alta velocidade.
Moradores analisam retorno a longo prazo - Mais cautelosos no trato com os problemas causados pelas obras na Martin de Sá, alguns moradores se sentem incomodados, mas preferem pensar no futuro.
A auxiliar de escritório Patrícia Gomes Brandão acredita que as melhorias virão a partir do ano que vem. “Não adianta criticar agora, sem saber o que vai acontecer mais tarde. Teremos uma praia mais bonita, que vai atrair mais gente e, com isso, o comércio vai lucrar”, comenta. “Precisamos ter paciência”.
Já o estudante Marcelo Pires acredita que as obras beneficiarão turistas, moradores e comerciantes. “Temos de entender o momento e questionar sim, as coisas que visem beneficiar todos os lados”. (Fonte: Correio do Litoral)

Caraguá se prepara para receber 2 mil atletas da Melhor Idade

Caraguatatuba - Quase 2 mil atletas da melhor idade de todo Estado participarão dos Jogos Regionais do Idoso, que ser realizados na cidade dos dias 19 a 21 de setembro.
Na segunda-feira, acontecerá um Congresso Técnico, onde ser discutido com os delegados dos 45 municípios participantes, assuntos como a montagem da estrutura do evento e quais os serviços que a cidade vai oferecer para garantir segurança e conforto aos participantes.
O regulamento é outro assunto que também estará em pauta.
A reunião está marcada para às 13h, no Ceprolin (Centro Profissionalizante do Litoral Norte).
Durante o encontro, as tabelas e chaves dos jogos serão decididas através de sorteio para definir quais municípios se enfrentarão; além disso os delegados de Caraguá passarão as informações sobre o funcionamento dos jogos no município, incluindo locais dos jogos, plantões de saúde, alimentação, alojamentos, segurança, turismo.
A prefeitura de Caragua-tatuba está preparando uma estrutura completa para atender os quase dois mil atletas que disputarão o 7º Jori. Cada delegação terá um grupo de três guias turísticos à disposição, e poderão contar com as informações de um integrante dos Escoteiros, um do Gac (Grupo de Apoio Civil) e um aluno do curso de Turismo das Faculdades Módulo.
Também vai funcionar durante o Jori um plantão médico e odontológico no Centro Esportivo Ubaldo Gonçalves com duas ambulâncias. No local de cada competição uma equipe médica vai prestar primeiros socorros e atendimento imediato, com apoio de um do Corpo de Bombeiros que disponibilizará uma viatura de resgate.
Quanto à segurança, o prefeito Antonio Carlos da Silva pediu apoio ao Comandante da Polícia Militar do Estado, que sugeriu que cada município participante disponibilizasse um Policial do seu efetivo para atuar em Caraguá durante os dias do evento.
O município será representado por cerca de 50 idosos em várias modalidades. O casal de dançarinos Maria Luiza Cestari e José Alberto Guimarães, são os favoritos da cidade, que disputarão na categoria Dança de Salão. Outro forte candidato é Baltazar Nascimento, que joga Bocha e foi o primeiro colocado nos Jogos de Praia, em Bertioga, no mês de setembro. Na categoria Dama, João Rocha é o atleta que promete medalha. (Fonte: Imprensa Livre)

Escolas da rede municipal de Caraguá já abriram inscrições

Caraguatatuba - As escolas da rede municipal já estão com as vagas abertas para matrículas de alunos para o ano letivo de 2004. De acordo com a Secretaria de Educação, a realização das matrículas acontece em 3 fases.
A primeira fase teve início em 18 de agosto e terminará no próximo dia 19. Nesta etapa, serão realizadas as inscrições para alunos que ingressarão na 1ª série do Ensino Fundamental em 2004, e já freqüentam pré-escola municipal. Para inscrever as crianças, os pais ou responsáveis deverão comparecer à escola e confirmar na secretaria se o aluno continuará freqüentando a mesma escola no próximo ano.
A segunda fase das matrículas acontece até o dia 19, quando os pais de crianças com 7 anos completos ou a completar até dezembro de 2004, que freqüentarão a 1ª série do Ensino Fundamental, deverão comparecer à escola e inscrever o aluno que neste ano não está freqüentando a pré-escola. Esta fase é aberta também aos alunos que freqüentam escolas particulares e desejam mudar para a rede municipal de ensino. Todas as escolas da Prefeitura são postos para cadastramento de alunos, e cabe aos pais procurarem aquela que é localizada mais próximo a sua casa.
A terceira e última fase de inscrições para matrículas também acontece até o próximo dia 19 de setembro para todos os alunos acima de 8 anos de idade que estão atualmente fora da escola, e também para as demais séries.
Os interessados em freqüentar as Escolas de Ensino Fundamental de 5ª a 8ª série municipais, podem realizar sua inscrição nas EMEF’s Benedito Miguel Carlota, no Massaguaçu, Profª Maria Thereza Souza Castro, no Getuba e Benedita Pinto Ferrera, no Casa Branca.
Educação Infantil - Entre os dias 13 de outubro e 7 de novembro deste ano, estarão abertas as matrículas para alunos que já freqüentam a Educação Infantil, Maternal, Nível I e Nível II.. De 10 de novembro a 21 de novembro, poderão ser matriculados os alunos que ainda não estudam na rede, para o ingresso nos níveis I e II(5 e 6 anos). Entre os dias 24 e 28 de novembro, serão abertas as inscrições para alunos ingressantes no Maternal.
De 1º a 5 de dezembro de 2003 acontecem as matrículas para alunos do maternal, efetivando assim, as inscrições feitas na etapa anterior para garantia de vaga para 2004.
Nos Centros de Educação Infantil (creches), as matrículas para bebês de no mínimo 3 meses a crianças de 3 anos e 11 meses, no Maternal para crianças de 4 anos ou que completem essa idade até dezembro de 2004. Para matricular alunos no Nível I é necessário que a criança tenha 5 anos ou complete essa idade até dezembro de 2004, e no Nível II o aluno deve ter 6 anos, completos ta,bem até dezembro de 2004.
Documentação - Educação Infantil - xerox de certidão de nascimento, carteira de vacinação, xerox do RG do responsável e de um comprovante de residência(luz ou telefone).
Ensino Fundamental - Xerox de certidão de nascimento ou RG do aluno, da carteira de vacinação, RG do responsável e comprovante de residência(luz ou telefone). Fique atento ao cronograma e garanta ao seu filho uma vaga nas escolas da Prefeitura de Caraguá. (Fonte: Imprensa Livre)

Quadrilha é presa após roubar loja de bicicletas em plena luz do dia

Caraguatatuba - Uma quadrilha foi presa na manhã de ontem, após roubar uma loja de bicicletas no Centro. A Polícia Militar foi avisada e conseguiu prender os suspeitos fugindo em um Gol preto, de Guarulhos.
Eram 10h, quando três homens, sem capuzes e armados, entraram no estabelecimento, avisando do assalto. Eles pegaram dinheiro, celulares, talões de cheques e cartões de créditos, do dono e funcionário da loja e também de um vendedor que estava de passagem.
Para fugir, o trio entrou no Gol, que já o aguardava com o motorista C.R.R., 51 anos, no volante. O crime foi informado à Polícia Militar, que deparou com o veículo suspeito na ponte do Indaiá.
Apenas o motorista tentou fugir a pé, mas foi detido ainda nas proximidades. O trio P.S.N., A.R.S. e M.P.S., com idades entre 20 e 25 anos, não reagiu. Três revólveres, dois calibres 32 e um 38, todos municiados, foram apreendidos com os assaltantes, reconhecidos pelas vítimas.
A quadrilha, moradora no bairro Olaria, em Caraguatatuba, não tinha antecedentes criminais. Os quatro foram levados à delegacia de polícia e autuados em roubo qualificado. A polícia irá apurar se a quadrilha teria participação em outros roubos, que ainda estão sem autoria, ocorridos na cidade. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de Ilhabela Topo

CEI de Ilhabela convoca as primeiras testemunhas

Ilhabela - A Câmara de Ilhabela vai começar ouvir na próxima semana o depoimento de pelo menos 15 envolvidos na suposta transferência de áreas públicas para pessoas físicas, que teria sido patrocinada pela prefeitura.
A Câmara instaurou uma CEI (Comissão Especial de Inquérito) para apurar o caso. O alvo da investigação é a área do Encantado, no bairro Barra Velha, que tem um proprietário mas seria pública.
Segundo o presidente da CEI, vereador Rogério Ribeiro de Sá (PT), serão convocados para depor as pessoas que denunciaram a transferência das áreas e os supostos proprietários.
"Temos informações de pessoas que adquiriram as áreas. Outras tentaram comprar, mas descobriram que os locais eram públicos e fizeram a denúncia para a comissão", disse. A comissão terá dois meses para concluir os trabalhos.
O prefeito Manoel Marcos disse que a área do Encantado não é pública. Ele afirmou que caso seja convocado pela CEI vai comparecer para depor.
"Tenho comprovado em certidão expedida pelo cartório de registro de imóveis que a área do Encantado é faixa de Marinha", disse. (Fonte: ValeParaibano)

Alunos encerram curso com competição na Vela Oceânica

Ilhabela - Seis alunos da segunda turma do Projeto Navegar, que se formaram no último dia 29 de agosto, participaram no da 3ª Regata do Camarão, que aconteceu sábado passado, em Ilhabela. Mais uma vez, contaram com a parceria da escola de iatismo Ilha Sailing na classe Bico de Proa categoria B através de seu proprietário e instrutor Winston Guy, único tripulante adulto da embarcação.
Mesmo com o frio intenso e mau tempo a competição foi um sucesso com a participação de 17 veleiros inscritos sendo cinco deles na classe Bico de Proa categoria "B". A equipe Ilha Sailing-Navegar chegou em 3º lugar, mas, segundo o instrutor se não fossem os contratempos da nova tripulação na largada, poderiam ter sido os campeões.
"Devido a contratempos normais de uma tripulação nova, largamos por último e bem afastado da flotilha de veleiros. Graças a garra e determinação da jovem equipe, exploramos os pontos positivos, sem nem pensar por um minuto na derrota”, afirmou Wisnton. Dos alunos do Projeto Navegar, somente a Naiara e o Diego já haviam participado de uma competição de vela oceânica, na Semana de Vela de Ilhabela deste ano a bordo do veleiro Ilha Sailing,
“Fomos ganhando o terreno aos poucos e no contorno da primeira bóia, no Engenho D' Água, já tínhamos recuperado distância. Já na segunda, na Ponta das Canas, já tínhamos passado o quinto lugar e até a bóia de chegada na Vila, vencemos o duelo com o veleiro Amistar, que acabou em quarto lugar”, explicou. Este mesmo veleiro já venceu a equipe Ilha Sailing-Navegar na Semana de Vela de Ilhabela.
Wisnton lembrou que o veleiro Ilha Sailing está equipado e preparado para as condições de frio, chuva, ventos fortes além do equipamento de segurança obrigatório pela Marinha Brasileira e que o instrutor faz questão que sejam usados, trazendo assim total segurança para nossos jovens marinheiros, além de uma forma didática de mostrar que não há nenhum inconveniente em ganhar a regata e usar salva-vidas oceânicos, diferentes dos que eles estão acostumados em seus cursos de águas abrigadas. (Fonte: PMI)

Primeira reunião do Panathlon acontece no próximo dia 10

Ilhabela - O Panathlon de Ilhabela está sendo formado. Convidamos todos os esportistas em atividade e ex esportistas para junto fazerem parte desta associação que visa a organização e participação em eventos esportivos em Ilhabela, como também a ajuda mutua aos esportistas e a comunidade carente. O Panathlon trabalha nos mesmos moldes do Rotary Club e do Lions, com a diferença de que a maioria dos esforços são voltados para o esporte.
A primeira reunião acontecerá na próxima quarta, dia 10, as 19h no Lar do Ancião, na Barra Velha. Nesta reunião será oficializada a associação e a apresentação do presidente, vice-presidente, secretário, tesoureiro e um conselho diretivo.
Esclarecimentos sobre o Panathlon:
1- O Panathlon Clube de uma cidade é composto pelos esportistas de destaque da cidade, que queiram dar sua contribuição para educação esportiva e moral da juventude local, que lutem a favor do “Fair Play”, contra o doping e outras ilicitudes na área do esporte.
2- Ele é integrado por pessoas de ambos os sexos, que estejam na ativa ou que já ocuparam cargos diretivos ou de militância esportiva.
3- Não é condição básica ter sido campeão ou personalidade no esporte, basta gostar desta atividade e estar disposto a dar uma contribuição para a comunidade de Ilhabela.
Para contribuir basta participar!
Informações 9715-5656. (Fonte: PMI)

Esgoto do hospital municipal de Ilhabela recebe tratamento de ponta

Ilhabela - Dentro da programação de inaugurações previstas para a semana de aniversário da cidade, o prefeito Manoel Marcos inaugurou na ultima segunda, dia 1º, a Estação de Tratamento do Esgoto do Hospital Governador Mario Covas Jr. A empresa responsável pela obra foi a Catióca e o sistema empregado foi realizado pela Sanevale de São José do Campos. O custo da obra foi de R$ 70 mil.
Segundo a empresa construtora, se não fosse o aspecto psicológico, a água que hoje é eliminada na nova unidade de tratamento de esgoto do hospital, submetida a mais uma etapa de tratamento, poderia ser consumida tal é o índice de pureza que apresenta. De qualquer forma, pode ser reutilizada para jardinagem, para lavar pátios e nos sanitários. Suas características atendem as normas do artigo 18 da legislação estadual.
Segundo o secretário da saúde, Antonio Luiz Colucci, a mesma unidade implantada no hospital poderia atender a uma demanda de cerca 5 mil litros por hora o que indica ser suficiente para tratar o esgoto de uma população de cerca 500 pessoas.
Já existe um projeto em convênio com a Funasa, aprovado pelo então ministro da saúde José Serra e o pelo Deputado Julio Semeguini, para a implantação do mesmo sistema nos bairros do Bexiga e Ilhote. Segundo Colucci R$60 mil da verba para elaboração do projeto já se encontra na conta da prefeitura, faltando uma contra partida de R$ 15 mil do município.
Ilhabela teve oportunidade nesta última semana, durante a “Conferencia das Cidades” realizada em Caraguatatuba, de apresentar uma proposta para o Governo Federal. A idéia seria solicitar verba para que as prefeituras de algumas cidades providenciassem a implantação de sistemas semelhantes em bairros ou comunidades do município, uma vez que as características assim o exigissem.
Um exemplo é Ilhabela, que sendo uma ilha e com sua atividade voltada ao desenvolvimento do turismo ecológico, difere de muitas outras unidades da federação. O objetivo seria tornar mais eficiente o trabalho das empresas que prestam este tipo de serviço, abrindo espaço para que soluções mais avançadas e ágeis se integrassem aos atuais sistemas existentes. Embora tenha contado com uma votação expressiva de todos os presentes a proposta foi vencida por dois votos, tendo sido no entanto registrado nosso descontentamento. (Fonte: PMI)

Câmeras de monitoramentos contribuíram nas investigações de seqüestro

Ilhabela - A Implantação das câmeras de monitoramento realizada pela Prefeitura de Ilhabela, segundo o delegado Vanderley Pagliarini foi fundamental para a elucidação do seqüestro ocorrido na última semana que envolveu as famílias de dois funcionários do Banespa de Ilhabela.
Verificadas as gravações, pode-se se comprovar que a família deixou o município e então as investigações foram dirigidas para São Sebastião. Esta decisão, aliada a agilidade da polícia local, frustrou a ação dos seqüestradores esclarecendo o crime e libertando as famílias do cativeiro. (Fonte: PMI)

Notícias de São Sebastião Topo

Nautica

Posto de combustíveis firma parceria com associação de deficientes

São Sebastião - Há pouco mais de um ano, o Auto Posto Ecobrasil, da Praia das Cigarras, abriu as portas para os portadores de deficiências, especificamente, aos cadeirantes, que desde então, começaram a trabalhar como frentistas ou balconistas de lanchonete. Esta semana, o empresário Marcelo Sobrinho Pires anunciou uma parceria com a APDSS (Associação dos Portadores de Deficiências de São Sebastião).
Trata-se do repasse de meio centavo por litro abastecido. Parece pouco, mas não é. Em 100 mil litros de combustível vendido, o posto repassará R$ 500,00.
Segundo o proprietário, a média de venda chega a 140 mil litros/mês. “Na temporada de verão, a tendência é aumentar”, ressaltou.
Pires considera que qualquer empresa tem condição de colaborar com instituições filantrópicas. “Assim o mundo mudaria, pois não adianta só ficar esperando a solução dos políticos. Cada andorinha tem de ajudar a pagar o incêndio”, comentou o empresário.
Marcelo Pires diz que a proposta também visa conscientizar os clientes. “Podemos chamar de resgate de cidadania. Só pelo fato de escolher o posto, já estará ajudando a associação”.
De acordo com o proprietário do Auto Posto Ecobrasil, o gosto por ajudar o próximo cresceu a partir da contratação de funcionários portadores de deficiência. “Hoje, sentimos uma necessidade de servir, independente de crescer ou não. Com isso, nossa idéia é passar este conceito aos clientes. Se tivermos aumento do movimento, isso será conseqüência”, avaliou.
Na opinião do empresário, muitas empresas poderiam empregar deficientes. “Há um ano e cinco meses o posto se abriu para os cadeirantes, como pioneiro, mas até agora ninguém aderiu a este movimento”. A parceria com a APDSS começou oficialmente no dia 3 de setembro.
A funcionária Ana Soares, que por causa de uma esquistossomose teve uma lesão medular que a deixou paraplégica, aprova a iniciativa. “Não é somente a contribuição que conta, mas a quebra de paradigmas. Espero que outros possam aderir”. Grávida de cinco meses, a professora, formada em pedagogia, trabalha como frentista e no atendimento da lanchonete.
Sidney Duque, que também é paraplégico, trabalha há 11 meses no posto e destaca a importância das doações para as entidades assistenciais. “Só assim é que poderão ajudar outras pessoas”.
O presidente da Aciss (Associação Comercial e Industrial de São Sebastião), Artur Ramirez Balut, elogiou a ini-ciativa. Ele acredita que, atualmente, o grande número de desempregados no mercado acaba dificultando a contratação de deficientes. “Hoje a procura por emprego é tão grande que os empresários acabam não priorizando os portadores de deficiências. Este tipo de ação pode fazer despertar”, comentou.
Recentemente, a Aciss fez uma campanha junto aos associados, para a melhoria dos acessos aos estabelecimentos comerciais. Grande parte não possui, por exemplo, rampas e banheiros adaptados.
O presidente da APDSS, Alden Mello de Aguiar, afirma que a participação da comunidade é uma questão de sobrevivência. “Dependemos das doações para manter a entidade e ajudar os sócios”, alerta Aguiar.
Conforme informou, em breve, a associação deve mudar de sede. Atualmente, o atendimento é feito numa pequena sala em frente à Igreja Matriz. “Com a mudança, teremos espaço para iniciar a fabricação de fraldas, pois contamos com as máquinas”.
Para Alden Mello, a expectativa é que outras empresas se espelhem na participação do posto da Praia das Cigarras. “Não vieram com a intenção de vender mais, até porque já empregam deficientes. Então, que todos possam ajudar”, finalizou. (Fonte: Imprensa Livre)

Cai índice definitivo de ICMS para 2004

São Sebastião - O município de São Sebastião sofrerá queda no repasse de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) em 2004. Conforme a Secretaria Estadual da Fazenda, o índice definitivo caiu de 0,7014% para 0,5657%.
O secretário municipal da Fazenda, Osvaldo Julião, prevê que o repasse financeiro para o próximo ano deve ficar na ordem de R$ 55 milhões. Este ano, os valores devem totalizar em R$ 68 milhões a R$ 70 milhões, segundo ele afirma.
O secretário explica que a queda se deve à redução na movimentação de petróleo. De acordo com Julião, a Petrobras movimentou R$ 1,6 bilhões, em 2002, resultado que refletirá no repasse de ICMS em 2004. Para o calculo do imposto do ano passado, apurado em 2001, a movimentação de petróleo atingiu cerca de R$ 2,1 bilhões.
Mas Julião explica que o índice de ICMS para São Sebastião em 2004 seria ainda menor. É que o número provisório divulgado foi de 0,50%.
Houve trabalho do prefeito Paulo Julião e do ex-secretário da Fazenda, Luiz Leite Santana, junto à Petrobras, quando foi descoberta a diferença, o que fez o índice definitivo subir para 0,5657. Osvaldo Julião afirma que 99% da arrecadação de ICMS em São Sebastião se devem à movimentação de petróleo.
Conforme estimativa da Secretaria Estadual da Fazenda, o montante de ICMS para os municípios, em 2004, deve chegar a R$ 10,6 bilhões, o que representa 25% do total arrecadado. O Estado fica com 75%. As demais cidades do Litoral Norte terão aumento no repasse para 2004. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de Ubatuba Topo

Litoral Virtual Pousada Maranduba

Ubatuba leva ouro na ginástica rítmica
Atletas vencem regional em Cunha e garantem vaga na final

Ubatuba - Pelo terceiro ano consecutivo, Ubatuba vai disputar a final do torneio estadual de ginástica rítmica, que acontece de 24 a 26 de outubro, em Pontal, interior de São Paulo. A vaga foi garantida no último sábado, 30 de agosto, em Cunha, na regional de “Ginastrada”. As atletas da Je Academia disputaram quatro das cinco categorias e levaram ouro no aberto de ginástica, prata no infantil, bronze no grande grupo, além do quarto lugar na modalidade livre. O aberto é a categoria mais importante da competição, porque reúne atletas com mais experiência. “Tem meninas que estão comigo há mais de 10 anos”, contou a coreógrafa Jerusa Aparecida Parada Suguimoto, da Je Academia.
Formada por 11 jovens, a equipe de ouro apresentou a coreografia “Mensageiras de Dralium”, inspirada na cultura oriental. As meninas deram um show de flexibilidade, força, criatividade e equilíbrio, com movimentos acrobáticos arriscados e precisos, carregados de efeitos especiais, graças à utilização de arcos, cordas e fitas. São esses elementos que distinguem a ginástica rítmica, modalidade olímpica ainda pouco difundida no Brasil. “A GR, como é chamada, é mais difícil que a ginástica artística porque exige mais da atleta, que tem que carregar os elementos como se eles fizessem parte do próprio corpo”, explicou Jerusa. “O elemento mais difícil é a fita, que não pode parar em momento algum”, completou.
Reunindo 30 atletas, de 7 a 22 anos, o grupo que representou Ubatuba competiu com equipes de Cruzeiro, Jacareí, Guaratinguetá, São José dos Campos, São Sebastião, Ilhabela, Pindamonhagaba, Lavrinhas e Santa Branca. O jurado era composto por oito professores de educação física, de São Paulo, Santos e Itanhaém.
Inclusão - Há 23 anos dando aulas de ginástica rítmica, Gerusa reconhece que o esporte é uma importante ferramenta de inclusão social, tanto que coordena um grupo de voluntárias, cuja missão é ensinar ginástica rítmica e olímpica a um grupo de 300 crianças do bairro do Ipiranguinha, após o período escolar. Entre as voluntárias estão as meninas de ouro da Ginastrada. “A gente dá aula num corredor, mas ainda assim conseguimos fazer milagre”, conta a coreógrafa, cuja academia também é pequena, mas de um potencial imensurável. “Não dá nem para acreditar que essa mulher monta um espetáculo desses numa sala modesta”, confirma a ceramista Malu Ramos, que foi a Cunha prestigiar a ginastrada e ficou, como todos na platéia, admirada.
Aos empresários conscientes de sua responsabilidade social, fica aí uma sugestão para vincular sua marca a uma boa causa.

Itamambuca coleta 13 toneladas de materiais recicláveis

Ubatuba - O programa de Coleta Seletiva implantando em Itamambuca em março deste ano começa a apresentar resultados. Até agosto, foram coletadas 13 toneladas de materiais recicláveis, que renderam R$ 2.100,00 (dois mil e cem reais) a quatro famílias da comunidade, responsáveis pela coleta e triagem. Além de minimizar o volume de lixo enviado para o aterro da cidade e reduzir a exploração dos recursos naturais através da reciclagem, o programa tem ajudado famílias de baixa renda e colaborado na luta pela preservação do rio Itamambuca, sobretudo depois que foi expandido para comunidades vizinhas, como o Morro do Thiagão, a Vila e o Sertão de Itamambuca.
Ainda assim, o número de participantes está aquém do esperado (só cerca de 30% das residências colaboram), o que demonstra a necessidade de investimento em programas de sensibilização e educação.
A coleta seletiva em Itamambuca é realizada pela Ambiental Saíra, cujos projetos também incluem a produção de mudas de plantas nativas, conta com o patrocínio da Porto Seguro Alarmes Monitorados e com o apoio da SAI (Sociedade Amigos de Itamambuca) e EAB Imóveis.
Orçamento Inicial do Programa
(março a agosto de 2003)
1000 folders informativos para distribuição R$ 230,00
7 faixas de incentivo R$ 250,00
15 camisetas promocionais R$ 150,00
15 bonés R$ 150,00
80 litros de diesel para implantação R$ 125,00
Telas para impressão das camisetas R$ 65,00
Arte/desenho para camisetas R$ 30,00
3 cestas-básicas (trabalhos de preparação do depósito) R$ 120,00
3 suportes c/faixa para a camioneta da coleta R$ 160,00
1 banner com os resultados das coletas R$ 120,00
Manutenção do veículo(caixa-de-direção) R$ 400,00
5 cestas-básicas para as famílias dos coletores R$ 200,00
TOTAL: R$ 2000,00

Curso de Extensão de Francês na Unitau

Ubatuba - Curso aberto à Comunidade de Ubatuba, oferecido no Campus do Itaguá, a todos os interessados pela língua Francesa, seja para fins de viagem, uso profissional ou puro prazer. Método comunicativo , com recurso áudio, visando a expressão oral , escrita e leitura (Método Forum). Duração : 32 aulas de 75’, início previsto para 09 de setembro de 2003, terças e quintas feiras à tarde. Custo : 4 parcelas de R$ 38,00 (1º. módulo) + aquisição de material didático (utilizado em 2 módulos) R$ 84,00. Inscrição : 3832-2460 (c/ Erica) ou 3832-2949 (c/ Ana).

Fundo Nacional de Saúde libera verbas para Ubatuba

Ubatuba - O Ministério da Saúde - Fundo Nacional de Saúde informou, está semana, através de ofícios encaminhados ao Presidente da Câmara Municipal de Ubatuba, Rogério Frediani (PTB) a liberação de recursos financeiros para o município. O ministério envia estes recursos mensalmente para atender programas e atendimentos hospitalares. Foram liberados R$ 70.956,00 para o Piso de Atenção Básica - Fixo, referente a consultas, R$ 1.478.25, para o Programa de Ações Básicas de Vigilância Sanitária, R$9.267.65, Teto Financeiro de Epidemiologia e Controle de Doenças, R$ 19.440, Programa de Agentes Comunitários de Saúde, R$ 56.592,00 Programa de Saúde da Família, R$2.600,00 Programa de Saúde Bucal e R$ 840.08 para cirurgias de varizes. No total foram destinados R$ 161.173.98.

Comunidade do Perequê-Açú realiza almoço

Ubatuba - A futura Associação Comunitária do Perequê-Açú organizou no último sábado, dia 30, na Pousada Mawin um almoço de confraternização. Estiveram prestigiando o evento o Presidente da Câmara Municipal de Ubatuba, Rogério Frediani (PTB), o Deputado Estadual Roberto Alves (PTB) e o vereador Samuel dos Santos (PTB).

Cooperativa de Costura dobra o seu faturamento

Ubatuba - A Coostuba (Cooperativa de Costura de Ubatuba) venceu a licitação realizada pela subsidiária da Petrobras, Transpetro, para a confecção dos uniformes que são entregues diariamente aos alunos do curso de formação de Agentes Ambientais. O contrato inicial era de R$4.800,00 para a confecção de 300 bermudas e 300 camisetas. No entanto, com o aumento do número de alunos para 500, houve a necessidade de praticamente dobrar a produção dos uniformes e com isso quase dobrar o valor do serviço, que foi para cerca de R$8 mil. Esta foi mais uma iniciativa do secretário do Meio Ambiente da Prefeitura de Ubatuba, Virgílio Barroso, que ao conquistar os cursos de Agentes Ambientais e dois containners totalmente equipados para o município, reivindicou também a inserção da Coostuba para disputar o serviço de confecção de uniformes. Agora, a Cooperativa faz parte da lista cadastral de fornecedores da Petrobrás. A Coostuba é uma cooperativa com 22 cooperadas e que completou um ano no último dia 23 de agosto. PMU

Ilha Anchieta se prepara para a próxima temporada de verão

Ubatuba - O planejamento do Parque Estadual da Ilha Anchieta para a próxima temporada de verão foi pauta discutida por vários representantes de entidades e órgãos ambientais na última quarta-feira,3. A reunião aconteceu na base do Projeto Tamar e contou com as presenças do diretor do Parque Estadual da Ilha Anchieta, Manoel de Azevedo, representantes do Conselho Consultivo do Parque , Fabian Perez, assessor Técnico da Sema, Cícero Assunção, presidente da Fundart, Paulo Pires (Xiri), diretor do Píer do Saco da Ribeira, Beto Francine da Associação Cunhambebe, Thomas de Carli, representando a OAB, Cláudio dos Santos, presidente da Colônia de Pesca, Juliana Bussoloti, representando a Unitau e representantes da Associação de Monitores de Ecoturismo de Ubatuba. Ao final, marcou-se uma outra reunião para o próximo dia 1º de outubro para fechar o planejamento verão 2003/04. PMU

Entrevista com o presidente da ONG Guardiões do Meio Ambiente
Frank Althaus Medina, Fundador e Presidente da ONG - G.M.A.

Litoral Virtual: Como tudo começou?
Frank: Foi no começo dos anos 90. Eu e alguns amigos costumávamos passar alguns dias acampando na ilha das Couves. Ao sairmos, coletávamos o lixo não só na área em que havíamos acampado, mas sim em toda a extenção da praia, na picada e na parte do muro onde as pessoas costumam pescar. Na ocasião, fundamos uma entidade que na verdade não passava de uma brincadeira chamada “OS BRAVOS”, que não foi além, devido a problemas ocasionados pela falta de estrutura, e até por incompatibilidade de idéias.

Litoral Virtual: Foi aí que vocês resolveram fundar a GMA.?
Frank: Sim. Quando percebemos a importância que é você chegar com amigos e familiares a um lugar com a natureza preservada e deparar com grandes quantidades de lixo, aí você diz: como podemos contribuir para que isso não ocorra? Vamos fundar uma ONG ambientalista.

Litoral Virtual: Quando surgia a GMA.?
Frank: No ano de 2001. Eu, Fabio Rossi, Carlos Henrique, Cássio, Guti, Serjão, entre outros. Resolvemos fundar uma entidade chamada “GUARDIÕES DO MEIO AMBIENTE ”. Diferente da entidade “OS BRAVOS”. Resolvemos levar a idéia a sério e depois de todos os tramites legais, no dia 10 de dezembro de 2001, foi fundada a ONG Guardiões do Meio Ambiente.

Litoral Virtual: Quais as finalidades do GMA?
Frank: Dentre as várias atividades que estão sendo realizadas, ainda podemos citar em nosso estatuto as seguintes finalidades:
1) Atuar em conjunto com órgãos competentes, na fiscalização e proteção das reservas ecológicas, das áreas de proteção ambiental e demais áreas de interesse ecológico;
2) Contribuir na elaboração ou execução de programas de educação ambiental;
3) Desenvolver projetos técnicos e científicos em parceria com entidades públicas ou privadas na área de reflorestamento, agricultura e piscicultura, relacionadas com o uso dos recursos naturais renováveis;
4) Auxiliar os órgãos competentes na criação ou administração de parques e outras áreas de reconhecido valor ecológico, bem como manter convênio com instituições públicas ou privadas no sentido de preservar espécies ameaçadas de extinção;
5) Promover e participar de eventos relacionados ao meio ambiente;
6) Denunciar todos os agressores da natureza e meio ambiente e encaminhar aos órgãos públicos, medidas jurídicas contra os mesmos.

Litoral Virtual: Com relação a este último item, como funcionam estas denúncias?
Frank: Geralmente as pessoas têm um certo receio quando o assunto é denúncia. Talvez o anonimato seja a forma mais adequada. Através da internet a ONG possui um link na página www.imobiliariacentral.com.br/gma onde você pode denunciar mantendo o seu e-mail em total sigilo, diretamente pelo e-mail gma_gaia@hotmail.com ou também pelo telefone (12) 3833-1537. Essas denúncias são enviadas para os órgãos competentes, como a Secretaria do Meio Ambiente e a Policia Ambiental. Quando são denúncias de total interesse público, elas são encaminhadas ao jornal para o conhecimento da população. Relacionamos abaixo exemplos de duas denúncias anônimas que foram assinadas pela ONG:

GUARDIÕES DO MEIO AMBIENTE DENUNCIAM PESCA ILEGAL
A ONG GMA ( Guardiões do Meio Ambiente ) com respaldo na LEI NÚMERO 1955 DE 20 DE JUNHO DE 2000, ( Autógrafo nº 40/00, Projeto de Lei nº 70/00, de autoria do Ver. Antonio Epifânio ) que proíbe a captura de isca viva para utilização de barcos atuneiros, nas baías e enseadas da costa do Município de Ubatuba, faz um alerta contra os barcos atuneiros vindos de outros Estados que provocam uma agressão ao meio ambiente, inadmissível, além de causar grandes danos à comunidade pesqueira local, já que, tais embarcações praticam a captura de iscas vivas para serem utilizadas na pesca de atum, e com certeza estarão determinando a extinção dos mesmos de nossa costa, conseqüentemente dos peixes que por eles são atraídos e deles se alimentam. Estes peixes passarão a procurar outros locais para buscar seu meio de sobrevivência, ficando nossos pescadores artesanais sem a possibilidade de realizar sua tradicional pescaria, em razão da escassez dos referidos peixes de passagem.

GUARDIÕES DO MEIO AMBIENTE E NOSSOS PARQUES
Sabemos o quanto é difícil a análise de uma estrutura grande como nossos parques estaduais em um simples relato, ainda mais num País onde as dimensões de uma cidade muitas vezes ultrapassam áreas de pequenos Países da Europa.
Um claro exemplo é a pesca irregular que acontece próximo ao ilhote sul do Parque Estadual da Ilha Anchieta com barcos grandes na prática de arrastão e pequenos com arpões. Todas as quartas a Polícia Ambiental tira sua folga semanal e os transgressores sabendo disso fazem a chamada “festa”, que para nossa surpresa chegamos a encontrar até 25 embarcações no local.
Acreditamos que universidades, principalmente as de Biologia Marinha e Oceanografia como a Universidade de São Paulo que ministra cursos das referidas matérias incluindo doutorado e mestrado, possam fazer um convênio com as direções dos Parques e órgãos ambientais utilizando assim uma mão de obra específica com baixo custo representativo, restando mais tempo para a Policia Ambiental tratar de assuntos iguais ou tão mais urgentes.

Litoral Virtual: Fale um pouco sobre o projeto Limpeza de Praia.
Frank: Este projeto é realizado em parceria com a Associação Ubatuba de Surf e tem o apoio das Secretarias de Esporte e Meio Ambiente. Durante as etapas do Circuito Ubatuba de Surf, a ONG distribuiu para os voluntários sacos de lixo para que sejam feitas as limpezas das praias. Ao retornar troca o saco com o lixo por uma camisa da ONG. Geralmente esta ação ambiental é realizada no domingo, último dia de competição e consequentemente nas praias mais cheias e sujas. Inclusive este projeto vem sendo ampliado para outras praias, como por exemplo a limpeza realizada no domingo de Páscoa, dia 20/04/2003, na praia Vermelha do Norte. Na ocasião foram retirados aproximadamente 400kg de lixo. Também não podemos deixar de ressaltar a participação das entidades CESPEMA, AUS, e o Moto Clube Cruz de Ferro.

Litoral Virtual: Existe algum outro projeto em andamento?
Frank: Estamos estudando junto com as Secretarias Municipal e Estadual do Meio Ambiente a possibilidade de instalar em locais estratégicos de nosso município, uma boa quantidade de RECIFES ARTIFICIAIS, isso não só aumentará a defasada vida marinha como também poderá servir de ponto turístico para os praticantes de mergulho, que obviamente seriam monitorados por conceituadas escolas para que se evite qualquer tipo de degradação. Existem outros projetos que em tempo correto serão divulgados.

Litoral Virtual: Como entrar em contato com a ONG?
Frank: A ONG – GUARDIÕES DO MEIO AMBIENTE, tem a sua sede na rua Guaicurus, 270, no bairro do Itaguá. Os telefones são (12) 3833-1537, fax (12) 3833-5752, além dos endereços eletrônicos já relacionados nesta entrevista.

Litoral Virtual: Para finalizar. Você gostaria de dizer algo para os leitores?
Frank: Será ótimo e essencial para as futuras gerações, que as pessoas tomem consciência da importância que devemos ter com o Meio Ambiente. Ubatuba possui 80 % de território em áreas de conservação e é nosso dever proteger e preservar, para que nossos filhos e netos também possam usufruir num futuro próximo. Em nome da ONG, dos associados, dos voluntários, das Secretarias de Meio Ambiente e Esportes, AUS, Imobiliária Central e deste Jornal, agradeço a oportunidade e espero ter despertado o interesse de nossa luta pelo meio ambiente, deixando claro à população que sem o comprometimento de todos à nossa causa, infelizmente nossa luta será inglória. Obrigado a todos.

Carta do Leitor Topo

Guarujá - Edson Lobato, nossa geração teve para onde fugir depois que detonaram o Guarujá. E a dos nossos filhos? Isso aumenta ainda mais a nossa responsabilidade como cidadãos e ELEITORES!

Regina Teixeira
Itamambuca, Ubatuba, SP


Parabéns - Gostaria de lhes desejar meus parabéns pelo site Litoral Virtual, em especialmente pelas fotos que vocês publicam no site. Me tornei um fanático pelo litoral norte paulista por causa das fotos publicadas neste site. Eu estou querendo montar um album na net somente com fotos deste site. Posso? Mesmo se não me permitirem, eu continuarei amando este lugar, ao ponto de não troca-lo por nenhuma outra
maravilha do BRASIL.
Obrigado,

Quirino

Foto do Dia Topo

Caraguatatuba

Anchieta © Natto

Camaroeiro
©2003 Emilio Campi


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia
 

Gaivota FM
Participe você também com seu comentário, crítica ou sugestão no programa
Estação Ubatuba c/ Tony Luiz
De segunda a sexta das 12 as 14 hs na Gaivota FM 104.9
Sempre com entrevistados diários e variados, falando sobre todos os temas
Ligue 3833.5550


 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


Marcos Borges da Silva - artista plástico Free Wallpaper

As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.


GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral na versão:

Compacta (apenas as manchetes c/ Link)
Completa (todas as notícias na íntegra) 
e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor