Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Segunda-feira, 27 de outubro de 2003 - Nº 896 Edições Anteriores

Barra da Lagoa Porto das Artes Hansamarc

Região
Municípios se organizam para cuidar do lixo produzido no verão
Migrantes de Minas Gerais predominam na região


Caraguatatuba
Ex-herói das estradas ainda tem muitos fãs
DER promete estudar mudanças nas obras da Rio-Santos
Sebrae explica passo-a-passo sobre a participação em feiras
Câmara retorna ao Expediente dia 29


Ilhabela
Delegado denuncia ocupação de terrenos em áreas de preservação


São Sebastião
Prefeito sanciona as alterações na Lei de Uso do Solo
Vereadores “admitem erro” e pedem veto
Comdurb também pediu anulação
Jornalistas de vários países têm contato com São Sebastião na Abav
Crianças de Maresias ganham noções básicas de segurança


Ubatuba
Licenciado, Paulo Ramos entrega prédio reformado da Secretaria de Educação
Inaugurado novo prédio da Saúde
Suposta queda de aeronave no mar mobiliza dez bombeiros
Julião receberá Título de Cidadão Ubatubense
Dez botonistas ainda brigam pelo título municipal
3º Ubapesc e a 6ª etapa do Campeonato Paulista de Pesca

Seções
Artigo
Carta do Leitor
Foto do Dia



Notícias da Região Topo

Municípios se organizam para cuidar do lixo produzido no verão

Litoral Norte - Com o aumento de turistas na região, em razão das férias de verão que se aproximam, aumenta também o volume de lixo produzido pelas cidades. Por isso, as prefeituras traçam previamente um plano de ação para coleta, limpeza e tratamento do lixo neste período.
Em Caraguatatuba, há estrutura montada também para a limpeza do principal atrativo das férias: a praia. Para manter as 17 praias em boas condições ao lazer dos usuários, 15 caminhões compactadores vão atender a região central do município. Conforme a prefeitura, cada veículo tem capacidade para recolher oito toneladas por dia.
O novo esquema de limpeza nas praias ainda conta com varredeiras, roçadeiras mecânicas, tratores e caminhões basculantes. As ruas, avenidas, praças públicas, margens de rios e rodovias também receberão o atendimento da secretaria de Serviços Públicos, neste período de festas.
De acordo com a prefeitura, o volume de lixo produzido na baixa temporada-cerca de 80 toneladas-, triplica nos meses de verão. O dado, fornecido pela assessoria de imprensa, é do ano passado.
Ubatuba também muda o esquema de coleta, a partir de 1º de dezembro. O chefe de serviços públicos, Pedro Paulo de Souza, disse que o número de caminhões terá acréscimo em cinco unidades, passando de 15 para 20 veículos.
Além disso, a coleta de lixo orgânico passará a ser diária em todos os bairros. “Para o lixo reciclado não haverá alteração. A coleta continuará a ser feita em rodízio nos bairros”.
Ilhabela e São Sebastião - A secretaria de Meio Ambiente de Ilhabela informou que 10 caminhões de lixo atuarão em bairros do município. Destes, cinco farão a coleta de lixo orgânica, dois para lixo reciclável e três recolherão o lixo seco. A secretaria informou ainda que, as 20 toneladas de lixo produzida na baixa temporada, triplicam nos meses de verão chegando a 60 toneladas.
Em São Sebastião, ainda não há plano definido oficialmente. Segundo a prefeitura, na primeira semana de novembro haverá reunião entre as secretarias ligadas ao tema para definir a estratégia. (Fonte: Imprensa Livre)

Migrantes de Minas Gerais predominam na região

Litoral Norte - Nas quatro cidades do Litoral Norte, a origem de migrantes de outros estados predomina de Minas Gerais. Os dados são do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), com base no censo populacional de 2000.
Conforme a estimativa, são 8.064 mineiros residentes em Caraguatatuba, 7.259 em Ubatuba, 6.703 em São Sebastião e 2.614 em Ilhabela. Os dados também revelam o contingente de migrantes conforme o sexo. Entre os mineiros residentes na região são 13.011 homens e 11.630 mulheres.
O número de migrantes nascidos na Bahia e residentes no Litoral Norte é o segundo maior. São 2.910 em Caraguatatuba, 2.498 em Ubatuba, 4.877 em São Sebastião e 1.702 em Ilhabela.
Os migrantes vindos de Pernambuco são o terceiro em maior incidência, num total de 5.564 pessoas, 2.148 delas ou a maior parte residente em São Sebastião.
Ainda conforme o IBGE, baseado no censo 2000, são 158. 155 pessoas nascidas no Estado de São Paulo e residindo no Litoral Norte, além de 1.547 vindas de outros países.
O Censo/2000 aponta que Caraguatatuba tem um total de 78.921 habitantes, Ubatuba tem 66.861, São Sebastião 58.038 e Ilhabela 20.836. Mas de acordo com a Estimativa anual, divulgada em setembro pelo IBGE, o número populacional já é maior: 86.944 (Caraguatatuba), 72.857 (Ubatuba), 65.477 (São Sebastião) e 23.084 (Ilhabela).
Em 2005, o IBGE fará a contagem populacional, que é um trabalho de campo mais apurado, sobre quantidade e o sexo. O censo é divulgado a cada dez anos; o próximo será em 2010. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de Caraguatatuba Topo

Caragua Virtual Nova Opção Imóveis

Ex-herói das estradas ainda tem muitos fãs

Caraguatatuba - Depois de 42 anos da estréia do seriado 'O Vigilante Rodoviário', o ator Carlos Miranda, 70 anos, ainda tem uma legião de fãs por todo país. O vigilante foi a primeira série produzida por profissionais brasileiros na América Latina.
O seriado, que era líder em audiência, foi exibido pela extinta TV Tupi na década de 60. O vigilante junto com o seu fiel parceiro Lobo, um cachorro Pastor Alemão, combatiam o crime nas rodovias. Vários artistas participaram do seriado como Stênio Garcia e Ary Toledo.
Depois do sucesso, o ator deixou a profissão para ser policial. O vigilante trabalhou durante 25 anos na Polícia Militar Rodoviária e se aposentou como tenente-coronel.
O ator recebeu a reportagem do ValeParaibano durante a realização do Veteran Car, exposição de carros antigos, na sexta-feira, em Caraguatatuba.
Com muita simpatia e bom humor, ele contou com emoção a sua experiência como o "herói das rodovias" e recebeu centenas de pessoas para fotos e distribuição de autógrafos na abertura do evento. Miranda ficou o tempo todo ao lado da viatura oficial do seriado, um Simca Chambord, de 1959, e usou o uniforme da Polícia Rodoviária Estadual da época.

ValeParaibano - Como surgiu o seriado O Vigilante Rodoviário?
Carlos - Fazia teatro e comercial para televisão desde os 23 anos. Junto com o Alfredo Palácio, diretor da série, resolvemos criar um seriado brasileiro pois não tinha nenhum programa original. Foram vários meses de preparação até a estréia em 1961. Ficamos no ar até 1964 e a série foi reprisada no Vale Apena Ver de Novo, na TV Globo, em 1976.

VP - Como era gravar um seriado na década de 60?
Carlos - Era muito difícil pois não tinha tecnologia. O seriado era gravado nas rodovias de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. Os capítulos eram filmados em negativos e depois de um longo processo de montagem as vozes eram gravadas. Trabalhava de 12 a 14 horas por dia e as viagens para os locais das filmagens eram feitas de ônibus pois não tinha recurso. Recebia por mês em torno de R$ 480.

VP - Como era trabalhar com o Lobo (cachorro)?
Carlos - Eu e o Lobo nos apaixonamos no primeiro encontro. Ele era um cachorro inteligente. Tinha um carinho muito especial pelo meu companheiro. Como ator, a minha única exigência era ficar sempre com o Lobo. Ele dormiu embaixo da minha cama em um quarto do Copacabana Palace no Rio de Janeiro. Infelizmente ele morreu em 1971, mas hoje tenho um cachorro que é a quinta geração do Lobo.

VP - Você era herói ou galã do seriado?
Carlos - Era o herói pois agradava a todos. Diferente do galã que é preferido somente pelas mulheres. Também tinha várias fãs devido a boa aparência e o corpo atlético. Hoje, sou o símbolo dos policiais.

VP - Como você entrou para a polícia?
Carlos - Com o fim do seriado participei dos testes da escola da Polícia Rodoviária em Jundiaí (SP). Tive a oportunidade de criar o setor de Relações Públicas dentro da polícia. Antes os policiais não eram bem vistos pela população, faltava simpatia e carisma. Nos últimos anos a aproximação com público mudou essa imagem negativa.

VP - Como é ser reconhecido pelo público depois de mais de 40 anos da estréia do Vigilante Rodoviário?
Carlos - É muito gratificante receber o carinho dos fãs. A minha felicidade é que o meu público tem várias idades, desde aqueles que acompanharam a série até os jovens. Quando estava a caminho do evento (sexta-feira) um caminhoneiro me reconheceu na estrada. Tive que estacionar para dar autógrafos. (Fonte: ValeParaibano)

DER promete estudar mudanças nas obras da Rio-Santos

Caraguatatuba - Comerciantes estiveram reunidos com o gerente da unidade do DER (Departamento de Estrada e Rodagem) responsável pelo município, Flavio Carneiro Cesare, propondo mudanças nas obras de duplicação da rodovia Rio-Santos.
O vereador Omar Kazon, que participou da reunião, ficou responsável pelo envio de um ofício com propostas para análise do DER.
Algumas das propostas: rebaixamento de pista, entre o trevo do bairro Poiares até o Pontal Santa Marina.
Os comerciantes desse trecho, de quase 2 quilômetros, estariam sendo prejudicados pelo difícil acesso pela rodovia; construção de duas alças de saída, na altura da Madeireira Betel e outra em frente a Fazenda Serramar; uma rotatória ou retorno também em frente a Fazenda Serramar; duas travessias de pista com colocação de semáforos nas esquinas da Escola Colônia dos Pescadores e do Colégio Objetivo, colocação de acostamento desde o bairro Poiares até o Perequê Mirim, divisa com São Sebastião.
“Entendemos que é melhor um acostamento no lugar de ciclovia neste último trecho. Sabemos que toda obra causa impacto, mas buscando amenizar os problemas, atendendo os pedidos possíveis”, explica o vereador Omar Kazon, representando a CAR (comissão de Assuntos Relevantes) do comércio.
Por sua vez, o engenheiro do DER explicou que as propostas serão enviadas para análise do projetista, que não tem prazo determinado para enviar a respostas sobre as eventuais mudanças aprovadas. Ele explica que há pedidos viáveis e outros não. Por exemplo, é possível parar a colocação de guias e sarjetas de um lado da pista, por tempo determinado e a construção de acostamento.
Para Flavio, seria inviável o cruzamento de nível - que não é permitido por lei em rodovias. “Eles podem enviar todas as sugestões, mas acredito ser difícil alterar o projeto, apesar da boa vontade do DER em atender todas solicitações. O que comprometer a segurança na rodovia, provavelmente não será mudado”, considera.

Manifestação - As obras de duplicação da Rio-Santos tem sido motivo de manifestações há meses. Na semana passada, moradores do Porto Novo fecharam um lado da pista da Rodovia, próximo à ponte do Rio Juqueriquerê, pedindo principalmente a retirada das guias e sarjetas que separam as duas pistas, comprometendo a segurança de pedestre e ciclistas que precisam atravessar a rodovia.
Na verdade, dentro do cronograma da obra, a colocação de guias e sarjetas seria uma das ultimas ações a serem feitas na obra, segundo informações do engenheiro Flavio. “Mas, como a obra não está com a licença ambiental legalizada por motivos mais ‘políticos’ do que técnicos, o DER autorizou a colocação das guias e sarjetas para que a obra não parasse”, enfatiza.
Se o cronograma da obra estivesse sendo cumprido, a pista nova da rodovia estaria sendo feita, mas para isto a licença ambiental deveria estar liberada para a construção das pontes na rodovia. Duas pontes já foram levantadas no acostamento.
Também foi solicitada, na manifestação do ultimo dia 23, a colocação de redutores de velocidade, tais como lombadas, radares e sinalização; construção de uma rotatória, e que neste momento a obra seja mais bem sinalizada.
Isaias Filho, vice-presidente da Associação de Moradores do bairro e também presidente do Conseg (Conselho de Segurança) Regional Sul, explica que, se os pedidos não forem atendidos o mais rápido possível, estará organizando outra manifestação, só que desta vez, organizada com antecedência e comunicada a toda imprensa na região.
Segundo Flavio Cesare, o trecho do Km 217, que fica entre a Colônia de Férias Ministro João Teófilo e a Sub Prefeitura do bairro, tem grandes chances de ser municipalizado, de acordo com conversas que teve com o prefeito Antonio Carlos. Com isto, poderia ser instalado radar eletrônico, para garantir maior segurança no trecho.
O projeto aprovado pelo DER prevê o recapeamento da rodovia existente, que se transformará em mão única, ficando separada da nova pista por guias e sarjetas, além da construção de uma ciclovia.
A construtora Delta ganhou a licitação da obra, e por sua vez sub contratou a empresa Serveng Civilsan para executá-la. A empresa Enger é a responsável pela fiscalização da obra e foi contratada pelo DER.
A construtora OAS, licitada para fazer as obras entre o trevo de Caraguá até Ubatuba, há meses diminuiu o andamento das obras, devido a problemas no repasse de verbas do Estado. O engenheiro Flavio considera que somente em janeiro, já com orçamento de 2004, a obra retomará seu ritmo normal.
Segundo a Assessoria de Imprensa de Caraguá, o prefeito Antonio Carlos esteve reunido na terça-feira com o secretário Estadual de Transporte para falar sobre as obras da rodovia, e estaria reunido com a Delta, que ganhou a licitação da obra. O prefeito não foi localizado para comentar sobre as reuniões.

DER atende pedidos de Bertioga - Em vários trechos no município foram encontradas alternativas para não prejudicar o comércio local
Após várias gestões do prefeito Lairton Gomes Goulart junto ao Departamento de Estradas e Rodagem para que as obras de recuperação da Rio-Santos não provoquem o fechamento do comércio na região, o órgão aceitou algumas sugestões e apresentou alternativas em benefício dos comerciantes.
Em outras áreas afetadas ainda pelas obras, as negociações continuam entre a administração municipal e o DER, explica o secretário municipal de Serviços Urbanos, Wilson Roberto da Silva.
A preocupação com a possibilidade de fechamento de acessos importantes para o comércio em toda a extensão da Rio-Santos levou o prefeito a procurar o secretário esta-dual dos Transportes, Dario Reis Lopes, em 13 de março. No dia 18 do mesmo mês, Lairton esteve na Superintêndia do DER e retornou em 5 de agosto com o secretário de Serviços Urbano e um empresário do município. Na ocasião, Lairton voltou a solicitar apoio do órgão levando em conta que o eixo comercial conta com cerca de 30 estabelecimentos, alguns instalados há mais de 25 anos, que geram cerca de 500 empregos diretos.
A reunião resultou em um relatório detalhado, protocolado no DER, apontando os problemas com o fechamento de acessos previstos no projeto original das obras de recuperação. Em alguns casos, foram encontradas alternativas como a manutenção dos acessos nas ruas Nicolau Obedi ( km 216 + 840), Eduardo C. Costa Jr. (km 217 + 730), an Vista Linda, e na Rua São Gonçalo (trevo do Hanga Roa). Nesses locais, a passagem de pedestres prevista no projeto original acabou sendo deslocada para liberar os acessos.
Outra reivindicação atendida foi a manutenção e melhoria do acesso à marginal da Riviera de São Lourenço, no km 212 + 100 metros, no trevo que faz a ligação com o Auto Posto Esso, Churrascaria Riviera, Cozinhas Todeschini, Pastéis Pezão e Geny Home Shopping Litoral.
De acordo com o documento encaminhado pelo DER à Prefeitura, esses comércios têm acesso pela entrada principal da Riviera de São Lorenço que fica a 300 metros do trevo não-oficial.
No documento, o órgão explica que o acesso pela rotatória a ser implantada oferecerá mais segurança e organizará o fluxo de entrada e saída da marginal e, principalmente, da Riviera. “No entanto, não serão efetuadas modificações até que a via marginal seja concluída”.
A decisão foi um alívio para o proprietário do Posto Esso que está instalado no local há 11 anos. “Se o prefeito não tivesse corrido, nem sei o que teria acontecido. Se fechassem o trevo, eu teria de mandar 50% dos funcionários embora”, disse João Batista.
Quem também agradeceu o empenho da Prefeitura foi a comerciante Miriam Guimarães, que há 12 anos mantém a Lanchonete Natully’s, em Guaratuba, no km 199 + 640 metros.
Como em todo o loteamento, o DER fechou o acesso aos comércios do bairro onde residem cerca de 4 mil pessoas. Porém, o órgão autorizou os comerciantes a abrirem um novo acesso e construírem um estacionamento para atender os clientes do restaurente, pousada e mercado instalados na área. (Fonte: Imprensa Livre)

Sebrae explica passo-a-passo sobre a participação em feiras

Caraguatatuba - Divulgar produtos nos mercados nacional e internacional com custos baixos - essa é uma das vantagens para os empresários de micro e pequenas empresas participarem de feiras.
Algumas feiras possuem inclusive rodadas de negócios, que são um eficaz instrumento na negociação com empresas de grande porte, sejam elas nacionais ou internacionais.
Na próxima terça-feira, o Sebrae-SP/Escritório Regional Litoral Norte mostrará aos empresários os cuidados que devem tomar ao decidir participar de uma feira na palestra Como Participar de Feiras de Feiras e Exposições. A apresentação será às 19h na Associação Comercial de Caraguatatuba.
A palestra trata ainda de avaliação da concorrência e do mercado, como saber se o produto é adequado para participar de uma determinada feira, dicas sobre formas de divulgação, construção do estande, montagem de banco de dados, o pós-feira e os subsídios que o Sebrae-SP oferece. As inscrições devem ser feitas pelo telefone (12) 3883-1303, com antecedência. As vagas são limitadas.
Serviço: Associação Comercial de Caraguatatuba Av. Frei Pacífico Wagner, 295 - Centro - Caraguatatuba Tel: (12) 3883-1303 Horário: 19h. (Fonte: SEBRAE-SP)

Câmara retorna ao Expediente dia 29
Paralisação visa economia juntamente com feriado do Servidor Público

Caraguatatuba - A Câmara Municipal de Caraguatatuba não funcionará nos dias 27 e 28 de outubro, segunda e terça-feira, retornando ao Expediente somente no dia 29 – quarta-feira, a partir das 12 horas. A paralisação atende ao feriado do Dia do Servidor.
Devido ao Dia do Servidor Público, em 28 de outubro, terça-feira, não haverá Expediente na Câmara Municipal de Caraguatatuba. Visando manter a doutrina de economia, estabelecida por esta atual Presidência, o Vereador Wilson Agnaldo Gobetti (PPS) viu por bem decretar Ponto Facultativo na segunda-feira, dia 27 de outubro.
Com isso, o retorno ao trabalho se dará em 29 de outubro, quarta-feira, com o Expediente iniciando-se aos funcionários às 12 horas e o atendimento ao público a partir das 12h30. Ainda com base no feriado, não haverá Sessão Ordinária semanal na terça-feira, passando a 34ª Sessão para o dia 4 de novembro. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Notícias de Ilhabela Topo



Delegado denuncia ocupação de terrenos em áreas de preservação


Ilhabela - O delegado titular da Polícia Civil de Ilhabela, Dr. Vanderlei Pagliarini Filho, denunciou a ocupação irregular de terrenos públicos por particulares em áreas de preservação permanente do município.
A denúncia foi feita durante seu depoimento a Comissão Especial de Inquérito da Câmara Municipal, que apura irregularidades no cadastramento de áreas públicas por particulares, na última terça-feira.
De acordo com o delegado, o objetivo da denúncia é aumentar a fiscalização e a defesa do patrimônio público, alertando a população para este tipo de degradação que atinge os recursos hídricos do município.
Ele aproveitou a ocasião para entregar um dossiê com fotos de áreas depredadas, e reiterou seu pedido para que a CEI ampliasse o âmbito das investigações.
Na documentação constam fotos de vários ribeirões, nos bairros da Feiticeira, Estrada do Camarão, Av. Faria Lima e Morro dos Mineiros, que estão completamente comprometidos, com leitos pavimentados e canalizados, mudança de curso para abastecer piscinas naturais e particulares, ou recebendo esgoto das propriedades vizinhas.”A situação é alarmante, e caso não tomemos providências, num futuro próximo haverá falta de água na ilha”.
O delegado disse ainda estar muito preocupado com a situação e comentou que vários inquéritos policiais foram instaurados neste sentido. “Esses pequenos abusos estão crescendo e se tornando grandes abusos”, desabafou o delegado.
Ele colocou-se à disposição, como cidadão e delegado de polícia, para trabalhos relacionados à educação ambiental, limpeza e preservação dos mananciais.
Dr. Vanderlei ainda citou a Lei 4771/65, que instituiu o Código Florestal, “num dos artigos refere-se ao limite de 30 metros dos rios e ribeirões de preservação das matas ciliares e que não estão sendo respeitados”.
O presidente da CEI, vereador Rogério Ribeiro de Sá, prof. Catolé elogiou a iniciativa do delegado e prometeu investigar as denúncias. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de São Sebastião Topo

Nautica Superchic

Prefeito sanciona as alterações na Lei de Uso do Solo

São Sebastião - Mesmo sob críticas da sociedade civil organizada, o prefeito Paulo Julião sancionou, na quinta-feira, os projetos de lei complementar 015 e 016/2003, que alteram a Lei de Uso e Ocupação do Solo.
As duas propostas, de autoria do vereador e presidente da Câmara, Marcos Leopoldino, foram aprovadas em regime de urgência no último dia 14.
O primeiro projeto autoriza a instalação de novos postos de combustíveis, mecânicas, garagens, entre outros serviços, do Centro à Costa Norte. Já o projeto 016/2003, em seu artigo 2º, altera de “zona de proteção” para “zona de média restrição” a área localizada entre a Rodovia Manoel Hyppólito do Rego e a encosta, da Prainha Preta ao Costão do Guaecá.
A principal mudança é a redução do lote mínimo permitido de 5 mil m² para 600 m². Além disso, a taxa de ocupação sobe para 30% e a área pode ter aproveitamento de 60% podendo ser utilizada para residências e estabelecimentos comerciais.
O artigo 1º muda a “zona de média restrição” para “zona de baixa restrição” a área que se inicia no Rio Paúba e vai até a cota 40 em ângulo 90º, seguindo sentido sul até encontrar a SP-55. Trata-se da diminuição do tamanho mínimo de lote de 600 m² para 400m², no bairro Paúba.
Durante a semana, várias entidades protestaram contra os projetos, apresentados e votados na mesma sessão. Entre elas, a Federação Pró-Costa Atlântica, que reúne as principais sociedades amigos de bairro da Costa Sul, e a Federação Facenorte, dos bairros Costa Norte. A Aciss (Associação Comercial e Industrial de São Sebastião) criticou a liberação de novos postos de combustíveis.
O Diretório Municipal do PT também encaminhou manifesto contra os projetos.
Ontem à tarde, o prefeito Paulo Julião explicou porque sancionou as mudanças na Lei de Uso do Solo. “Concordo que não houve discussão, mas resolvi sancionar o 016, principalmente, pelo tamanho dos lotes e por ser uma zona limitada, com perspectivas de alterações de uso do solo. Em Paúba, iguala a ocupação que já existe próximo à praia. Não vi nenhuma agressão”, disse Julião.
Quanto à possibilidade de danos ambientais, o prefeito ressaltou a existência de outras leis complementares. “A idéia é orientar a ocupação e os bairros são urbanos. São áreas que eram de alta restrição e passam para média restrição”.
No caso da Praia Preta ao Guaecá, ele afirmou que a mudança proporcionará uma melhor utilização. “É mais restritiva, pois os lotes são de 600 metros quadrados, sendo que em Barequeçaba, por exemplo, podem ter 300 metros quadrados”, citou.
Paulo Julião diz que não existe risco de atingir a Área de Proteção Ambiental (APA) do Costão do Guaecá. “Esta lei não tem poder de ir contra as demais leis. A área de proteção continuará do mesmo jeito”, enfatizou o prefeito.
Em relação ao projeto 015/2003, que libera novos postos de combustíveis entre o Centro e a Costa Norte, Julião diz que não houve alteração. “Trata-se de um projeto que já estava definido no ano passado, mas agora é uma lei mais clara. É importante que não se confunda as bolas. Em todo o município já era permitido, e apenas iguala o trecho entre São Francisco e Praia Deserta”, finalizou. (Fonte: Imprensa Livre)

Vereadores “admitem erro” e pedem veto

São Sebastião - Depois de pouco mais de uma semana sob críticas da sociedade civil organizada, seis vereadores da bancada do prefeito Paulo Julião na Câmara resolveram pedir o veto do projeto de lei complementar 016/2003, aprovados em regime de urgência no último dia 14. Marco Antônio de Souza, José Luiz Ribeiro, Ronaldo Lourenço, Marcos Fuly e Dalton José da Silva, que votaram a favor, e ainda Joel de Matos, ausente no dia da aprovação, protocolaram na última quinta-feira um requerimento na Secretaria Parlamentar.
No documento, eles afirmam que o projeto de autoria do presidente da Câmara de São Sebastião, Marcos Leopoldino, “foi apresentado cinco minutos antes da sessão e que não houve tempo hábil para profunda análise”.
Os vereadores justificaram a votação pela “parceria” no grupo. “Somente após a aprovação do referido projeto constatou-se falha de nossa parte, pois não ouvimos os seguimentos afetados na aprovação e alterações da Lei do Uso do Solo”, relataram.
Segundo Marco de Souza e José Luiz Ribeiro, em reunião realizada ontem, os verea-dores decidiram que só irão comentar o requerimento na próxima sessão, que será realizada na quarta-feira, devido ao feriado do Dia do Funcionário Público.
A reportagem não conseguiu ouvir o presidente da Câmara, Marcos Leopoldino, autor dos projetos de lei, na tarde de ontem, porém ele já havia defendido a abertura de novos loteamentos e postos de combustíveis em entrevista publicada esta semana. (Fonte: Imprensa Livre)

Comdurb também pediu anulação

São Sebastião - O presidente da Federação Pró-Costa Atlântica, Téo Balieiro, informou, ontem à tarde, que o Comdurb (Conselho de Meio Ambiente e Urbano) também deliberou e aprovou um ofício pedindo o veto dos projetos de lei 015 e 016/2003, na reunião realizada quinta-feira à noite.
Ele comentou a sanção do prefeito. “Não foi por falta de envolvimento das associações, mas percebemos que os interesses privados foram colocados à frente dos públicos”, avaliou Balieiro.
De acordo com o presidente da entidade, as sociedades amigos de bairro deverão se reunir para tomar uma decisão sobre quais medidas poderão ser tomadas. “Nós percebemos qual é o anseio da comunidade”, encerrou.
Já o advogado Eduardo Hipolito do Rego, membro do Mopress (Movimento de Preservação de São Sebastião) disse que medidas jurídicas serão tomadas. “Muitas entidades pensam da mesma forma e não vão ficar de mãos atadas. A Justiça, com certeza, vai reparar estes danos”, finalizou. (Fonte: Imprensa Livre)

Jornalistas de vários países têm contato com São Sebastião na Abav

São Sebastião - A prefeitura continua com seu trabalho de divulgação no 31º Congresso da ABAV, realizado este ano no Riocentro, no Rio de Janeiro. Na sala de imprensa, onde estão reunidos jornalistas de todo o Brasil e de países do exterior, como Portugal, Argentina, Uruguai, Bolívia, Peru e Estados Unidos, o material de divulgação da cidade continua sendo distribuído e o resultado vem sendo surpreendente, com muitos veículos se interessando em conhecer mais das belezas naturais e da cultura do local.
Com este número e com os inscritos este ano, a Feira das Américas quebra todos os recordes, aumentando sua área útil para 17.118 m2, 55,74% maior do que a do ano passado, em Recife.
O evento está reunindo cerca de 600 empresas expositoras, nos quatro pavilhões. (Fonte: Imprensa Livre)

Crianças de Maresias ganham noções básicas de segurança
Combate às drogas e trânsito são alguns dos assuntos estudados em base da PM

São Sebastião - O Conseg (Conselho de Segurança) de Maresias, na costa sul de São Sebastião, em parceria com a unidade da Polícia Militar do bairro, lançou o projeto Buscapé, uma iniciativa que tem como objetivo despertar o sentido de solidariedade nas crianças da comunidade, com noções de segurança e responsabilidade social. Os moradores também apoiam a proposta.
O Projeto Buscapé foi criado em Ribeirão Preto (SP), com o objetivo de oferecer dicas de segurança às crianças e informá-las sobre a importância do combate às drogas, além de oferecer noções sobre sinalização de trânsito, treinamento em mata, noções de primeiros socorros e manutenção de bicicletas.
A idéia de trazer o projeto Buscapé para São Sebastião partiu dos resultados positivos obtidos no interior do Estado.
A primeira turma da cidade teve início na semana passada e conta com 15 participantes de várias classes sociais, com idades entre 7 e 11 anos, que foram selecionados através das escolas municipais do bairro.
As aulas do projeto Buscapé em Maresias são divididas em teóricas e práticas. Nas aulas teóricas, as crianças aprendem sobre cidadania e educação moral e cívica, além de segurança no trânsito. Estas aulas acontecem na Base Comunitária da Polícia Militar do bairro. As aulas práticas são realizadas nas ruas da cidade e orientadas pelos policiais militares. Nas aulas extracurriculares também acontecem doações de cestas básicas para famílias carentes da cidade.
Segundo Aldo Amadei, um dos organizadores do projeto, o trabalho desenvolvido pelo Conseg em parceria com a Polícia Militar tem como meta ocupar o tempo destas crianças para que elas não fiquem na rua.
Atualmente a turma participa das aulas com recursos próprios. De acordo com o Conseg, a próxima turma deve ser iniciada em novembro e já foi providenciado patrocínio com empresas da região. O Conseg informou que já recebeu 40 bicicletas e uniformes.
O projeto Buscapé tem duração de um mês. As aulas acontecem aos sábados e são ministradas pelos policiais militares. (Fonte: ValeParaibano)

Notícias de Ubatuba Topo

Marcenaria e Carpintaria Progresso Jornal A Semana Pousada Maranduba

Paulo Ramos entrega prédio reformado da Secretaria de Educação

Ubatuba - O prefeito Paulo Ramos de Oliveira entregou, na manhã de quinta-feira, a reforma do prédio da Secretaria Municipal de Educação, em clima de despedida. Ele passou o cargo temporariamente ao vice Moralino Valim Coelho para poder fazer uma cirurgia nos olhos.
Ramos sofre de astigmatismo e, por isso, buscará uma correção da visão, ficando afastado por pelo menos 15 dias. Ontem, durante a inauguração do prédio, que ganhou o nome do ex-prefeito “Francisco Matarazzo Sobrinho – Ciccilo Matarazzo”, ele falou da importância do investimento na área de educação. “Até o término do ano que vem vamos construir mais três escolas”, adiantou.
Paulo Ramos também rebateu críticas da oposição. “É complicado querer agradar a todos. Não vou insistir em erros. Nosso negócio é transparência. Quem quer assumir a prefeitura tem de ser bom exemplo, um homem integro.
Para governar tem que ter bom senso, isso que faz o homem sábio acertar”, declarou o prefeito de Ubatuba.
De acordo com o secretário municipal de Educação, Corsino Aliste Mesquita, o prédio restaurado foi construído no final da década de 40. “Desde então, tanto o telhado quanto a estrutura externa nunca tinham sido reformados. Conseguimos vencer as dificuldades”, lembrou.
Mesquita disse que, além da parte estrutural, a Secretaria de Educação ganhou novos móveis e rede de telefonia e informática. O acesso ao Centro Odontológico, que fica ao lado, também foi ampliado. “Nunca pense o que a educação pode fazer por você, mas o que você pode fazer pela educação”, destacou.
A cerimônia ainda teve a presença de representantes da família do ex-prefeito Francisco Matarazzo, professores, vereadores e secretários municipais. Cerca de 200 pessoas acompanharam à solenidade, que contou com a participação da Banda Municipal e da fanfarra e grupo de dança da Escola Padre Anchieta.
No encerramento, o prefeito agradeceu a dedicação dos funcionários. “Esta Secretaria de Educação é um prédio para passar sabedoria, que conta com um grande coração dentro”, finalizou.
Homenagem - Francisco Matarazzo Sobrinho, o Ciccilo, que hoje dá nome ao prédio da Secretaria Municipal de Educação, foi prefeito de Ubatuba de 1964 a 1969. Lançou e concretizou a Bienal Internacional que, em 2002, completou 50 anos.
Ciccilo participou da abertura do Museu de Arte Moderna e presidiu a Comissão do 4º Centenário da Fundação de São Paulo, sendo considerado o criador do Parque do Ibirapuera, projeto do arquiteto Oscar Niemeyer. Além disso, ele instituiu as bienais internacionais do livro e, com elas, o Seminário de Literatura das Américas e o Prêmio Interamericano de Literatura.
Também contribuiu para a fundação do Teatro Brasileiro de Comédia e apoiou a Companhia Cinematográfica Vera Cruz. A Prefeitura de Ubatuba foi sua primeira experiência política. Durante sua gestão, iniciou a construção da Santa Casa, construiu o novo prédio da prefeitura na praça 13 de maio e fez o calçamento das ruas do Centro, entre outras obras.
“Como prefeito, sinto-me orgulhoso em ter indicado à Câmara Municipal como patrono da Secretaria de Educação, a figura de um dos homens mais ilustres e de renome internacional que Ubatuba já teve. Com esta homenagem resgatamos sua memória e engrandecemos nossa cidade”, concluiu Paulo Ramos. (Fonte: Imprensa Livre)

Inaugurado novo prédio da Saúde

Ubatuba - O prefeito Paulo Ramos inaugurou esta semana o prédio do Almoxarifado e Centro de Especialidades da Secretaria de Saúde.
Onde hoje funciona a Secretaria de Saúde, as obras estiveram paralisadas durante a gestão passada, e agora foram reiniciadas e concluídas. Houve tempo e espaço, ainda, para o Centro de Especialidades e o Novo Almoxarifado.
O prefeito disse que essas obras visam um lugar que propicie para os funcionários uma melhor qualidade de trabalho, para que os pacientes também tenham um melhor atendimento, que a finalidade de sua administração.
No novo prédio, além de um espaço bem grande e confortável para o almoxarifado, serão atendidos os pacientes com moléstias infecto - contagiosas, a EPAA - equipe de atendimento e prevenção a AIDS - também terá sua sala no novo prédio e as enfermeiras terão sua sala. Os pacientes estarão sendo muito mais bem atendidos num espaço bem mais confortável.
Escolas - A prefeitura está iniciando a construção de quatro escolas nos bairros do Sertão da Quina ( 6 salas), Saco da Ribeira ( 6 salas), Bela Vista (Marafunda - 10 salas) e Perequê-Açu ( 12 salas). Serão investidos, em parceria com o Governo do Estado, R$ 2, 3 milhões para a construção das 34 salas. Os prazos para construção variam de 6 meses, no caso do Saco da Ribeira até um ano com relação ao Perequê-Açu.
“ Com estas novas salas estaremos atingindo 100 salas de aula durante a nossa administração”, afirma o prefeito Paulo Ramos. (Fonte: Imprensa Livre)

Suposta queda de aeronave no mar mobiliza dez bombeiros

Ubatuba - A suposta queda de uma aeronave na noite de quinta-feira, no mar da praia de Ubatumirim, próximo da divisa com Rio de Janeiro, mobilizou 10 bombeiros da Salvamar Paulista, que desde a manhã de ontem fizeram buscas no local.
Um banhista, que está em um camping na área e cujo nome não foi divulgado, afirmou ter visto o que parecia ser um helicóptero se chocar na ilha a cerca de 500 metros da costeira e cair no mar.
O acidente teria ocorrido por volta das 20 h, quando o tempo na região era de chuva e vento. O banhista avisou a Polícia Militar, que chegou a ir ao local. Por volta das 5h, os bombeiros iniciaram as buscas.
Destroços de uma aeronave ou objetos boiando não foram localizados.
Durante a noite os bombeiros ainda fizeram contatos com vários órgãos de aviação da região e até com a Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária).
Os setores informaram que não havia nenhuma aeronave perdida ou que tenha apresentado problema na área.
Um trote foi descartado pelos bombeiros, pois a pessoa que viu seria idônea e estaria com uma outra pessoa que também presenciou a suposta queda. Diante da inexistência de objeto na água e da certeza do banhista, até o surgimento de um Ovni (Objeto Voador Não Identificado) foi cogitado entre moradores do bairro.
Segundo o tenente Igor Sergei Klein, que participou das buscas, a região onde o aparelho teria caído tem uma profundidade de três a seis metros, portanto se houvesse algo seria fácil de localizar.
Para o tenente, o banhista, que não chegou a ouvir barulho, pode ter se enganado, vendo a aeronave passar por trás da ilha e não perceber ela surgir do outro lado. “Ele imaginou que o aparelho bateu na ilha”, acrescentou.
Ovni ou não, a Salvamar fez uma busca detalhada com a lancha comandante Paulo Marques durante todo o dia de ontem e talvez fosse recomeçar os trabalhos hoje. (Fonte: Imprensa Livre)

Julião receberá Título de Cidadão Ubatubense

Ubatuba - O prefeito Paulo Julião receberá o título de cidadão ubatubense em uma sessão solene, que será realizada na terça-feira, dia 28, data em que Ubatuba comemora 366 anos de emancipação político- administrativa, às 20h, no auditório da UNITAU, que fica na rua Castro Alves, 392.
O título de Cidadão Ubatubense será dado ao prefeito em função das melhorias que ele proporcionou ao município quando exercia o mandato de deputado estadual. A propositura foi de autoria do vereador petebista Samuel dos Santos.
“O Litoral Norte ganhou e, conseqüentemente, Ubatuba também, pois foi por intermédio do então deputado Paulo Julião que a cidade recebeu mais verbas em diversas áreas, entre elas, Saúde e Segurança”, destacou o vereador, que está em seu primeiro mandato. Ainda de acordo com o parlamentar, “o município teve mais acesso aos órgãos estaduais e secretarias devido à representatividade e liderança de Julião junto ao Governo do Estado”.
O prefeito Paulo Julião disse que recebe a homenagem com humildade. “É o resultado do trabalho feito durante os seis anos de mandato como deputado estadual e o reconhecimento veio mesmo na condição de prefeito de São Sebastião”.
Ele destacou que o fato da concessão do título acontecer mesmo após não exercer o mandato de deputado “é mais significativo, pois não é um momento político”.
O ex-deputado disse aos vereadores presentes ao jantar que, mesmo sem exercer o cargo de parlamentar na Assembléia Legislativa, poderá auxiliar a cidade de Ubatuba na captação de verbas a serem aplicadas na área do turismo, uma vez que é o atual presidente da Aprecesp (Associação das Prefeituras de Cidades Estância do Estado de São Paulo), onde exerce seu segundo mandato.
Por intermédio da associação, que reúne 67 prefeitos de cidades estância, Paulo Julião vem lutando pelos interesses desses municípios, obtendo verbas por meio do Dade (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias). Só para este ano, o governo Geraldo Alckmin liberou R$ 86,7 milhões. (Fonte: Imprensa Livre)

Dez botonistas ainda brigam pelo título municipal

Ubatuba - Ednelson Prado continua na liderança do campeonato mais importante do futmesa ubatubense, o Municipal, que realizou no último Sábado a 10ª e 11ª rodadas, mas agora o líder isolado tem apenas 1 ponto de vantagem para o novo vice-líder, André Rafael, que numa partida dramática, venceu Edu Macedo Jr e jogou o rival para a 3ª posição. O grandes destaques da rodada dupla, entretanto, foram as alternâncias entre os "doutores" Adauto Júlio e Alexandre Augusto. O Dr. Adauto pulou da 9ª para a 4ª colocação e o Dr. Alexandre caiu da 5ª para a 9ª. Daniel Gusmão em 5º, Ralph Solera em 6º, Rodrigo Lobo em 7º, Anderson Gomes em 8º e Sílvio Fonseca em 10º são os outros participantes que, matematicamente, continuam mantendo chances de disputar o título, mas poucos acreditam que a taça não ficará entre Ednelson, André e Edu Jr. Outra disputa, paralela ao Municipal, que vem chamando a atenção é a pelas vagas restantes na Copa dos Campeões, evento que fecha a temporada e conta com os 8 melhores do ano. André Rafael e Fernando Macedo estão garantidos por terem conquistado títulos 5 estrelas e as demais vagas serão garantidas pela posição no ranking após o Municipal (cujo campeão também garante vaga automática). O campeonato continua neste Sábado, 1º de Novembro, a partir das 16:00h na sede da AUFM (Associação Ubatubense de Futebol de Mesa), na Av Prof. Thomaz Galhardo s/n, Ginásio de Esportes "Tubão". Mais detalhes no site da associação www.futmesaubatuba.hpg.com.br

3º Ubapesc e a 6ª etapa do Campeonato Paulista de Pesca
Ubatuba vai se transformar na “Capital da Pesca” no mês de novembro. Dois grandes eventos acontecerão na cidade

Ubatuba - O Ubapesc vem se transformando no maior torneio de pesca em duplas do estado de São Paulo e esse ano chega a sua terceira edição. A praia do Cruzeiro deve receber mais de 150 pescadores de vários estados do Brasil, nos dias 8 e 9 de novembro. Neste ano a competição passou a fazer parte do Calendário Desportivo Nacional e o principal objetivo é estimular e difundir a pratica da pesca, promovendo também o congraçamento entre os praticantes federados e os avulsos, incentivando assim a descoberta de novos valores, que possam algum dia talvez, se filiar a clubes. As inscrições devem ser feitas antecipadamente e custam 40 reais por dupla e o sorteio dos boxes acontece dia 8 à partir das 11 horas. A etapa de sábado tem início às 14 horas, terminando às 18, quando tem início a pesagem. No domingo a etapa começa às 8 horas com encerramento às 12, com a pesagem, seguida da premiação . Inscrições e informações através do telefone (0xx12 3832-7074) ou do e-mail clubepescaubatuba@yahoo.com.br, sendo que as inscrições se encerram na sexta –feira 7 de Novembro ás 16 horas. O regulamento pode ser encontrado no site www.cbpds.com.br/html/reg-ubapesca.htm .A realização é do C. P. U - Clube de Pesca de Ubatuba, direção CBPDS – Confederação de Pesca e Desportos Subaquático, fiscalização FPPL – Federação Paulista de Pesca e Lançamento e a arbitragem da CNA – Comissão Nacional de Árbitros.
Premiação:
1º ao 10º Lugar - Troféus............Categoria Geral
1º ao 5º Lugar - Troféus............. Categoria Federado
1º ao 5º Lugar - Troféus............. Categoria Avulso
1º ao 3º Lugar - Troféus............. Categoria Master.
1º ao 3º Lugar - Troféus............. Categoria Juvenil
1º ao 3º Lugar - Troféus............. Categoria Feminino
Maior Peça - Troféu................... Geral ” Individual ”

Campeonato Paulista de Pesca - No dia 23 de novembro acontece a 6ª e última etapa do Campeonato Paulista de Pesca, nas categorias Individual e Interclubes, simultaneamente, nas categorias Masculina, Master, Juvenil e Feminina. É a primeira vez que Ubatuba recebe uma etapa do Campeonato Paulista.No Masculino o líder é Roberto Kawabe do clube Mauá, no Máster a liderança é de Nobuhilo Watanabe, do clube Gaivota. No Feminino Vilma Domiciano do Caraguá ocupa a primeira posição enquanto Phillipe Silva, do Mauá, lidera entre os Juvenis. A premiação obedecerá o mesmo critério dos cinco últimos Campeonatos, excetuando-se que haverá um troféu em homenagem ao atleta que, com 65 anos de idade ou mais, vier a obter, no Campeonato Paulista de Pesca e Lançamento de 2003, obedecido o mesmo critério de apuração para a categoria Individual, o maior número de pontos. A prova começa às 8 horas na praia do Cruzeiro, sendo esperada a participação de quase 200 atletas A realização é da FPPL – Federação Paulista de Pesca e Lançamento, com o apoio do CPEVAP (clube de Pescadores do Vale do Paraíba) e do CPU (Clube de Pesca de Ubatuba).

Programação Aniversário da Cidade

Ubatuba - As comemorações do 366º aniversário da emancipação político-administrativa de Ubatuba contarão com atrações diversificadas com destaques para inauguração de escola e ginásio de esportes no Taquaral, prédios das Secretarias da Educação , Assistência Social e anexo da Secretaria da Saúde ,além da estátua em homenagem ao caiçara e do asfaltamento da estrada municipal UBT - 355, ligando o bairro do Rio Escuro ao Monte Valério.
tradicional desfile será realizado dia 28 de outubro na Av. Iperoig estando confirmada a participação de 80 entidades. Este ano, a Secretaria de Esportes e Lazer - SEL inclui uma série de competições na modalidades de pedestrianismo , natação e partida de futebol com artistas da TV Globo e a final do campeonato municipal no dia do aniversário.

27 de outubro ( segunda-feira)
20h00 - Culto Evangélico promovido pelo Conselho de Pastores - Local: Av. Iperoig
27 a 31/10 - Projeto “SEBRAE na rua” - Palestras e oficinas

28 de outubro (terça-feira) - ANIVERSÁRIO DA CIDADE
8h00 - Cerimônia de Hasteamento da Bandeira
8h30 - Desfile Oficial. Tema: Pluralidade Cultural - Local: Av. Iperoig
15h00 - Final do Campeonato Municipal de Futebol
Local: Estádio Municipal “Francisco Matarazzo Sobrinho” - Bairro do Perequê-Açu
19h30 - Missa na Igreja Matriz
20h00 -Sessão solene na Unitau - Entrega de títulos de “Cidadão Ubatubense”

31 de outubro (sexta-feira)
20h00 - I Salão de Artes Plásticas de Ubatuba
Local: Salão Igreja São Francisco  (Fonte: ACS-PMU)

Artigo Topo

Manga Madura
Irineu Nalin

Chegar a São Sebastião, em uma tarde, na primavera, quando o Sol já começa a esconder-se atrás das montanhas é uma sensação só capaz de ser descrita pelos poetas.
Não tenho essa capacidade, mas mesmo assim faço o registro. Perdi a conta das vezes em que percorri esse trajeto, nesse período e horário, mas esse sentimento sempre é renovado.
A beleza visual que vai surgindo entre as curvas da velha estrada que estreita-se entre as encostas da montanha e o azul do mar, o reflexo dos raios solares nas águas do canal, o verde dos morros e velhas e frondosas mangueiras que se inclinam em reverência, projetando suas sombras sobre os que passam.
Essa é a sensação vindo via Caraguá, tendo como opção a Carvalho Pinto. Apesar do padrão dessa rodovia o acesso ao litoral pela Tamoios oferece um traçado de serra superado, apesar das obras de melhoria no asfalto, tendo ainda o trecho entre "Caraguá-Enseada", outro ponto crítico, pois a estrada se transformou em típica avenida de tráfego urbano.
A solução para o futuro será a construção de um novo trecho de serra e uma variante que aproveite o traçado original da "Rio-Santos" em direção a Maresias com acesso a São Sebastião por túneis. Isso será necessário não só para dar vazão ao crescente fluxo de turistas como, principalmente, para melhorar as condições de escoamento do Porto e acesso à Ilhabela.
Mas, enquanto isso não acontece o jeito é ir alternando o trajeto, ora neste, ora via Bertioga. Nesta via, a recuperação da estrada segue com várias frentes de trabalho, mas o que se observa mesmo, como em toda obra pública é a falta de planejamento: recupera-se o asfalto, sem antes remover postes ou providenciar mais áreas de escape, ou ainda a 3ª faixa em subidas mais críticas, para evitar que veículos pesados e lentos segurem o tráfego ou recuos nas paradas de ônibus, feitos apenas em um lado da estrada, como se estes coletivos só trafegassem no sentido do centro.
Bem! Mas como o objetivo neste texto não é abordar sistemas viários, voltemos a chegada pelo velho caminho. Nas curvas que antecedem o Bairro de São Francisco, se coincidir, poderemos encontrar embaixo das sombras de velhas árvores da família das anacardiáceas muitos garotos com carrinhos cheios de seus saborosos frutos. É época de safra! Que varia um pouco em função do regime de chuvas.
Parar, conversar com eles, comprar "mangas-rosa" uma variedade rudimentar, porem muito doce, é uma atitude que recompensa a parada, pelo valor que esse ato proporciona.
Há muita diferença neste gesto ao compará-lo com a aquisição em supermercados ou quitandas, dos mesmos frutos de variedades comerciais, geneticamente mais perfeitas, porem sem o sabor inigualável destes que incluem além das propriedades extraídas das encostas do beira mar o calor humano de garotos simples, sadios e felizes na expectativa de ganharem algum dinheiro.
Faz me lembrar meus tempos de infância, no interior de São Paulo, na Chácara de meu avô, ao escalar a copa das árvores em busca dos melhores frutos. O desafio maior eram as da variedade ”espada", as mais altas e as mais saborosas.
Talvez, por isso, é que admiro muito essas árvores "mangifera indica", de origem asiática e que se adaptaram muito bem em nosso país. Deveria ser utilizada mais em paisagismo, nas proteções de encostas, pois são imponentes e belas.

Ir/v3/23/10/03.
Irineu Nalin é economista.

 
Carta do Leitor Topo

Pedido de Informações - Gostaria de saber mais detalhes sobre o projeto que a prefeitura está executando nessa praia. Como freqüentador por possuir uma residência no local, desconheço detalhes das modificações que estão sendo executadas no local.
Gostaria de sugerir que a prefeitura recolocasse os pontos de iluminação pública da rua da praia, desativados a muito tempo, por ter sido instalada iluminação melhor, que fossem instalados na marginal construída na Rio-Santos, pois a mesma é muito escura e perigosa.
Gostaria de saber se existe planos para continuidade da rede de esgoto desse bairro, que não temos hoje, e continuidade do calçamento das ruas do mesmo.

Luiz Antonio Callegari
São Paulo, SP


A cidade que temos, a Ubatuba que queremos - O prefeito Paulo Ramos, por ocasião do aniversário da cidade fez um balanço de sua gestão através de comunicado à imprensa. A cidade que temos, a Ubatuba que queremos. Com esse título sugestivo, um texto enumera as realizações da atual administração. Um feito digno de nota seria colocar ordem no caos que é o trânsito da cidade. Em certos momentos do dia algumas ruas ficam bloqueadas, as bicicletas, em flagrante desrespeito às leis nacionais, trafegam em filas duplas ou triplas, na mão e na contra-mão, desafiando a todos. Se um motorista reclamar corre o risco de ser agredido. Enquanto impedem a passagem, os ciclistas infratores divertem-se, rindo da irritação dos motoristas. Eles podem tudo, não há leis de trânsito para bicicletas, em Ubatuba. Aproveitando o título do comunicado, tomo a liberdade de expressar o pensamento da maioria dos moradores. Na Ubatuba que nós queremos não há lugar para esse trânsito anárquico, irresponsável e criminoso. A cidade exige que sejam tomadas providências.

Sidney Borges
Ubatuba, SP


Manifesto - A Sociedade Amigos de Itamambuca (SAI) vêm a público manifestar grande preoucupação quanto ao projeto de lei que tramita na Câmara do Vereadores de Ubatuba que trata sobre a mudança da ocupação do solo desta cidade.O projeto prevê enorme adensamento populacional, destruição de áreas de preservação ambiental, poluição de rios e consequentemente dos oceanos, nenhuma rede de tratamento de esgotos , água, e fossas. No caso da Praia de Itamambuca e praias do Norte o projeto preve construção de prédios .Este projeto está sendo costurado às pressas, não foi realizado qualquer estudo e nenhum relatório sobre o impacto ambiental( RIMA) que esta região sofrerá.A população sequer foi avisada e comunicada publicamente para participar dos trabalhos desta comissão.
É necessário observar características , as quais já estão inclusive descritas no próprio projeto de lei: O solo de Ubatuba é predominantemente encharcado( com o adensamento populacional haverá alagamentos),na orla há grande dificuldade de absorção de água pluviais e de saneamento,(agravaria com mais edificações),nas praias do norte não há rede de coleta de lixo nem rede de esgotos, ocupação indiscriminada de áreas de preservação ambiental e etc.
Está claro qua não podemos de maneira nenhuma verticalizar as praias do norte. Lutaremos para que nelas permaneçam ocupação predominantemente unifamiliar e com baixa densidade populacional. Diga não à verticalização.

SAI - Sociedades Amigos de Itamambuca
www.salveitamambuca.com.br
Ubatuba, SP


Disk Meio Ambiente - Você sabia que existe um meio para reclamar desses veículos poluidores, movidos a óleo diesel, tipo "chaminé de carvoaria ambulante" ?
Aqueles "pau-véio" que andam por aí sem a menor consideração quanto à qualidade do ar que respiramos, já podem ser denunciados por você. Existe um telefone especial para reclamar dessa aberração ética cometida, intencionalmente ou não, pelo cidadão mal educado. Basta anotar a placa completa do veículo (município, letras e números), local e horário da ocorrência e ligar para 0800-113560. O motorista receberá uma notificação da CETESB para fazer uma vistoria/regulagem no veículo etc. Caso contrário, a multa pode ser alta...

Luiz E. C. Rey
Ubatuba, SP


Lei de Uso do Solo de Ubatuba

Aproveitando a discussão sobre o Projeto de Lei de Uso do Solo de Ubatuba, estamos disponibilizando na íntegra o material para que nossos leitores possam conhecer, discutir, sugerir e opinar sobre este assunto que norteará o futuro de Ubatuba.

Projeto de Lei de Uso do Solo de Ubatuba
Clique Aqui para acessar

 

Foto do Dia Topo

São Sebastião

Paúba - São Sebastião

Praia de Paúba
©2003 Alcides Trauzola Filho


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia
 

Gaivota FM
Participe você também com seu comentário, crítica ou sugestão no programa
Estação Ubatuba c/ Tony Luiz
De segunda a sexta das 12 as 14 hs na Gaivota FM 104.9
Sempre com entrevistados diários e variados, falando sobre todos os temas
Ligue 3833.5550


 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


Marcos Borges da Silva - artista plástico Free Wallpaper

As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.


GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral na versão:

Compacta (apenas as manchetes c/ Link)
Completa (todas as notícias na íntegra) 
e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor