Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Quarta-feira, 12 de novembro de 2003 - Nº 908 Edições Anteriores

Barra da Lagoa Porto das Artes Hansamarc

Região
Ibama apreende mais de meia tonelada de palmito açaí em supermercados da região


Caraguatatuba
Caraguá sedia última etapa do Campeonato Litoral Norte de Kart
Alô Prefeito trata de infra-estrutura e saúde
Festival do Mexilhão é atração do fim de semana em Caraguá
Festa Caiçara conta o passado, o presente e o futuro do caiçara
Martin de Sá estará pronta em 15 de dezembro
Saiba mais sobre a Martin de Sá
Urbanização da Praça Walfrido Arouca é iniciada


Ilhabela
Ilhabela multa por entulho na rua
Câmara regulamenta trabalho de jipeiro
Brasileiro tem disputa acirrada
Ilhabela participa do Campeonato Universitário de Travessias Aquáticas
Disputa acirrada no Hobie Cat 16 marca o segundo dia de regatas do Brascat
Ilhabela participa da Adventure Sport Fair


São Sebastião
Leopoldino: “Câmara não conhece minuta do Gerenciamento Costeiro”
Vereadores querem revogar alterações ou suspender efeitos por 90 dias
Dobra número de radares na Rio-Santos
Estado dá prêmio para agricultor do litoral
Cerca de dois mil alunos estão participando do II Fest Art


Ubatuba
Calçada e ciclovia são atração nas Toninhas
Asfalto facilita acesso à Comunidade Emaús
Região Norte: estabelecida comunicação via rádio
Canoa e pirão fazem domingo caiçara
3º Ubapesc Torneio em Duplas 2003

Seções
Artigo
Carta do Leitor
Foto do Dia



Notícias da Região Topo

Ibama apreende mais de meia tonelada de palmito açaí em supermercados da região
Produto não atendia as normas estipuladas pelo órgão federal para a comercialização. Multas passam de R$ 50 mil

Litoral Norte - O Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) apreendeu, na manhã de ontem, mais 315kg de palmito tipo açaí em supermercados da região. A operação foi coordenada pelos agentes da Estação Tupinambás, que já havia recolhido188kg do mesmo produto no início da semana, em São Sebastião e Caraguatatuba. O total das multas aplicadas ultrapassa R$ 50 mil.
De acordo com o Ibama, o objetivo é coibir o comércio ilegal de palmitos de origem nativa, que são vendidos em conserva com tamanho inferior ao permitido. O diâmetro mínimo de cada palmito tipo açaí é de 2 centímetros, com tolerância de 20%.
Ao ser flagrado vendendo o produto irregular, a multa varia de R$ 100 a R$ 500/kg. Grande parte do palmito açaí apreendido esta semana veio de Breves, no Pará, uma região onde o extrativismo predomina.
Mesmo tendo registro no Ibama para a extração, muitas empresas acabam não cumprindo a lei. Desta forma, cortam e embalam produtos irregulares.
Para se obter um vidro de palmito é necessário o corte de pelo menos duas palmeiras. Cada embalagem tem aproximadamente 300 gramas.
Além de multa, o comerciante que compra o palmito fora dos padrões exigidos ainda responde por crime ambiental. Se condenado, a pena vai de seis meses a um ano de detenção.
Segundo Roberto Reis, responsável pela fiscalização do Ibama de São Sebastião – Estação Tupinambás, após a apreensão no comércio, o órgão federal realiza vistoria na empresa fornecedora. “O palmito tem de ser produzido dentro da lei”, finalizou. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de Caraguatatuba Topo

Caraguatudo Costa Verde

Caraguá sedia última etapa do Campeonato Litoral Norte de Kart

Caraguatatuba - Caraguá vai sediar mais uma grande prova de Kart neste domingo, dia 16, a última etapa do Campeonato Litoral Norte de Kart. A prova vair reunir pilotos da capital paulista, de Ribeirão Preto, São José dos Campos, Litoral Norte, entre outros. No sábado, haverá treinos livres das 8 às 15 horas. Logo após o encerramento do treino haverá tomada de tempo da categoria RD 135 Carburação Livre e em seguida corrida dessa categoria. No domingo, o treino livre começa às 8 horas. As tomadas de tempo começam às 9 horas e as corridas às 11 horas.
Os organizadores acreditam que o público será 70 pilotos, superando as expectativas. Muitos pilotos já garantiram presença e reserva de Box. O público esperado também é grande.
As categorias disputadas são V4, RD 135 Carburação Simples, RD 135 Carburação Livre, Kadete, Parilla PCR 145 KG, Prilla PCR 160 KG, Fórmula Speed 135, entre outras. Como encerramento, será realizada uma corrida amistosa com todos os colaboradores do evento ao longo do ano. A corrida começa às 10 horas e tem entrada franca.
O Kartódromo de Caraguatatuba é considerado um dos melhores do Brasil. Segundo Thales Augusto Paes de Almeida Souza, um dos organizadores do evento, o Kartódromo de Caraguá é usado por pilotos de todo o estado para treinos de campeonatos paulistas e brasileiros. "A pista de Caraguá tem o asfalto excelente sem recauchutagem, além de ser mista com trechos de baixa e alta velocidade, por isso os pilotos gostam muito de treinar para campeonatos importantes que exigem condicionamento físico e postura no Kart", comentou. (Fonte: PMC)

Alô Prefeito trata de infra-estrutura e saúde
O prefeito de Caraguatatuba, Antonio Carlos da Silva, no programa Alô Prefeito, transmitido pela Rádio Oceânica AM, falou sobre diversas realizações da administração e respondeu às perguntas dos ouvintes

Caraguatatuba - O programa Alô Prefeito, transmitido pela Rádio Oceânica AM, todas as terças-feiras, a partir das 9 horas, teve hoje a participação de ouvintes, que questionaram o prefeito sobre pavimentação no bairro Jaraguazinho, falta de remédios nos postos, inauguração da creche do Morro do Algodão.
Sobre o Jaraguazinho, o prefeito disse que o bairro não tinha nenhuma rua pavimentada, e numa parceria com a SAB (Sociedade Amigos de Bairro), foi feito um mutirão para pavimentação, iluminação e ampliação do PAS (Posto de Atendimento à Saúde) que foi equipado. Foi feita a cobertura da quadra e contratada a construção do laboratório de informática da escola, numa parceira com o governo do estado. “Hoje, os moradores do bairro já tem calçadas e ciclovias. Mas, ainda existem ruas para pavimentar e galerias para fazer, e pretendemos fazer mais ruas, mas temos o problema do esgoto, que deve ser feito antes da pavimentação, para que não se perca o serviço. Para o ano que vem, estamos aguardando o saneamento básico do Perequê Mirim, Pontal Santa Marinha e Travessão e estamos lutando pelo Jaraguazinho, Rio do Ouro, Canta Galo e Cidade Jardim, que são as únicas faixas que ficaram sem esgoto. Vou deixar em dois mandados, a cidade, que tinha 8% com 90% de saneamento básico”, afirmou.
Uma ouvinte, que participou do programa, parabenizou o prefeito pelas realizações na Educação. “Estou adorando os trabalhos que o senhor está fazendo, principalmente, nas escolas porque eu faço parte da APM (Associação de Pais e Mestres) e acompanho de perto suas realizações”.
Outro assunto tratado pelo prefeito foi o setor de saúde. “O orçamento é de 23% para a Saúde, temos 20 equipes de PSF. O que atrasa é a parte burocrática, mas está sendo feita uma licitação no valor de 400 mil reais para compra de remédios. Temos uma consciência muito tranqüila porque não falta vontade política para melhorar a saúde”, disse o prefeito.
Sobre a creche do Morro do Algodão, ele disse que não houve agenda para a inauguração, mas a creche está funcionando desde o aniversário da cidade.
Ao final, o vereador Valmir Gonçalves, Valmir da Colônia, entrou no ar para parabenizar a iniciativa do prefeito e da rádio de realizar o programa e sugeriu que seja instalada na cidade uma Central de Atendimento para Exames. O prefeito disse que iria estudar essa possibilidade de uma central do Litoral Norte. (Fonte: PMC)

Festival do Mexilhão é atração do fim de semana em Caraguá

Caraguatatuba - Desde o ano passado fazendo parte do Calendário de Eventos de Caraguatatuba, o Festival do Mexilhão vem atraindo, para a cidade, um grande número de turistas, que passam a conhecer a cultura caiçara através de atividades gastronômicas, artísticas e culturais realizadas durante a festa. Em 2003, o festival terá sua segunda edição e acontecerá nos dias 14, 15 e 16 de novembro na Praia da Cocanha, região norte do município.
No ano passado, o público do festival superou as expectativas e atingiu um número aproximado de 3 mil pessoas e cerca de uma tonelada do mexilhão "in natura" foi comercializado no local. O evento, realizado em setembro, contou com gastronomia, venda de mexilhão, feira de artesanato, exposições e demonstrações sobre o cultivo do marisco, além de apresentações culturais promovidas pela Fundacc (Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba). Os pratos mais vendidos foram o lambe-lambe e o mexilhão ao vinagrete.
Segundo o Secretário Municipal de Turismo, Paulo Noronha, o festival serve como "uma maneira de divulgarmos que Caraguá é, hoje, a maior produtora de mexilhão do Estado de São Paulo". Atualmente, o município é considerado o maior produtor de mariscos do Estado, chegando a cultivar cerca de 50 toneladas por ano, o que significa 25% da produção estadual.
A cidade possui 19 produtores de mexilhões. Quinze deles, têm suas fazendas localizadas na Praia da Cocanha, sede do festival, e os outros quatro, na Ilha do Tamanduá - cada produtor trabalha em uma área de 2 mil metros quadrados dentro da água.
O marisco tem uma média de preço melhor que o peixe, segundo os maricultores. O valor médio, por quilo, é de R$ 3,00 até mesmo nos períodos de temporada. O preço também é mais baixo na época do festival. "Para nós pescadores, nada melhor do que ter nosso trabalho reconhecido. Com o festival, passamos a vender mais e divulgar nossa produção", disse o presidente da AMESP (Associação dos Maricultores do Estado de São Paulo), o pescador e maricultor José Luiz Alves.
Segundo informações do Ministério da Agricultura, o SIF (Serviço de Inspeção Federal) participa da maricultura em Caraguatatuba fiscalizando a higiene sanitária dos produtores de origem animal, no caso, os mariscos, e orientando os maricultores através de cursos e apostilas com explicações sobre conservação, comercialização e industrialização do produto. (Fonte: PMC)

Festa Caiçara conta o passado, o presente e o futuro do caiçara

Caraguatatuba - A 4ª Festa Caiçara promovida pela EMEF Profa. Maria Aparecida Ujil e comunidade do bairro Porto Novo, no último sábado, dia 8, contou com exposições de fotos antigas, documentários, filmes, maquetes, dança, música, apresentação de puxada de rede das oficinas culturais do Perequê-Mirim, fazendo um bonito mesclado da cultura caiçara.
Com apoio da Fundação Cultural, da Acaju-Associação Caiçara Juqueriquerê e das colônias de férias, seus organizadores atingiram o principal objetivo: resgatar e trazer ao conhecimento das crianças um pouco da cultura caiçara. "A festa é uma atividade muito importante, por que o bairro do Porto Novo tem muitos pescadores. Nossa intenção foi resgatar a cultura que está ficando esquecida. Desde a comida, a arte, a pesca, a puxada de rede... a festa contou com tudo o que as crianças precisam saber sobre a história do caiçara", comentou a diretora da escola, Olímpia Procópio.
Os alunos contaram a história do caiçara e falaram sobre a situação atual de degradação do meio ambiente, alertando para a importância da preservação, e mostrando o futuro que esperam para a cidade, com águas limpas e matas preservadas.
Uma barraca da Acajú vendeu Lambe-lambe, Azul-marinho e bolo de mandioca. A escola vendeu deliciosos pasteizinhos de camarão. No mesmo sábado, as escolas EMEF Prof. Alaor Xaver Junqueira, EMEF Prof. Geraldo de Lima e EMEF João Benedito Marcondes também fizeram festa com a comunidade. (Fonte: PMC)

Martin de Sá estará pronta em 15 de dezembro

Caraguatatuba - As obras da Martin de Sá deverão ficar prontas em 15 de dezembro, de acordo com as declarações do prefeito Antonio Carlos da Silva, no Programa Antonio Leite Livre, na TV Band, nesta terça-feira, dia 11. O prefeito disse que devido a intervenções da Sabesp, a obra esteve paralisada nos últimos dois meses. Segundo o prefeito, a reforma da Martim de Sá é uma antiga reivindicação dos moradores, que se queixavam do trânsito e da poluição causada pelo som dos veículos.
O prefeito concorda que os veículos sem disciplina interferem na qualidade de vida das moradores e, por isso a obra privilegiou as ciclovias e os bolsões de estacionamento. A praia está passando por várias transformações. Com a reforma, os estacionamentos ficarão nas ruas transversais, sendo que os dois primeiros quarteirões terão estacionamento de 45 graus. Com isso, o prefeito quer disciplinar o trânsito e a questão do som.
Durante o programa, o prefeito também comentou sobre a obra da Cocanha, outra praia em reforma. Segundo ele, a Cocanha estará pronta para este verão. A praia está recebendo obras de reurbanização, calçadas, estacionamento, drenagem e paisagismo.
Os quiosqueiros da praia do Centro foram parabenizados pelo apresentador Antonio Leite, que afirmou que os novos quiosques tornaram-se atração turística e foram projetados com muito bom gosto. A lei de proibição aos animais na praia também foi citada durante o programa. (Fonte: PMC)

Saiba mais sobre a Martin de Sá

Caraguatatuba - A Praia Martin de Sá Em 2003, a orla dessa praia está recebendo obras de reurbanização no valor estimado de R$ 729.000,00. Já está em andamento a construção de ciclovia em mosaico e no mesmo nível do passeio, a ampliação do calçadão, que de 3 passa a ter 5 metros, haverá canteiros com paisagismo separando a ciclovia do calçadão. A mureta terá mais aberturas para que haja maior integração das pessoas que caminham no passeio com a praia. No lado oposto à praia, haverá bicicletários e conteiners de lixo com identificação de reciclável.
Outra novidade serão as faixas de pedestres que terão o mesmo nível do calçadão, o que irá funcionar como obstáculo para os carros, que irão trafegar em mão única. A Praça Antônio Facchini será integrada à praia. Os estacionamentos serão extintos, levando os motoristas a deixarem seus carros nas ruas perpendiculares à Avenida principal. Não está determinado em projeto, mas ao final da obra, existe a possibilidade de ser feita a instalação de sanitários, de um Posto da PM, de um Posto dos Bombeiros e de um Posto de Informações Turísticas.
Localizada na Avenida Dr. Aldino Schiavi, a Martim de Sá é a mais badalada praia de Caraguá. Ponto de encontro dos jovens, que freqüentam a cidade nos fins de semana, feriados prolongados e temporada de férias. Barzinhos e quiosques, muitos com música ao vivo, disputam a preferência dos visitantes. A praia tem várias opções de lazer, como passeios de ski-banana e de escuna. São inúmeras as atividades esportivas praticadas durante as férias nas areias da Martim de Sá como aeróbica, futvolei, voleibol, frescobol e surfe. Ótima balneabilidade e posto de salvamento garantem a segurança dos banhistas numa praia de tombo, no canto sul, e mais rasa, ao norte. No canto norte, se aproxima da Prainha, e no canto sul, é ponto de partida para a Praia Brava, um recanto dos naturalistas. (Fonte: PMC)

Urbanização da Praça Walfrido Arouca é iniciada

Caraguatatuba - A prefeitura de Caraguá tem realizado diversas obras na cidade para melhorar a qualidade de vida do munícipe e receber os turistas, na temporada de verão, com mais infra-estrutura e conforto. Desde a última Segunda-feira, dia 7, a Praça Walfrido Arouca está sendo urbanizada
Há pelo menos um ano e meio, os arredores da Praça Walfrido Arouca receberam obras de drenagem e pavimentação, mas a urbanização da praça não aconteceu. Desde a última sexta-feira, dia 7, o local está recebendo atenção especial da Secretaria Municipal de Urbanismo, Habitação e Trânsito de Caraguá.
Segundo o secretário da pasta, o engenheiro Leandro Borella Barbosa, a praça receberá pavimentação em mosaico e, mais tarde, paisagismo. “O importante dessa urbanização é a melhoria das condições de travessia de pedestres que, em períodos de chuva, têm que atravessar pela lama, isso sem contar que o local vai ficar mais bonito”, disse.
O secretário informou ainda que o valor total da pavimentação está estimado em R$ 13 mil e a conclusão da obra deve acontecer em cerca de um mês. (Fonte: PMC)

Notícias de Ilhabela Topo



Ilhabela multa por entulho na rua

Ilhabela - A Prefeitura de Ilhabela vai multar os moradores que deixarem entulho em frente das residências, praças e ruas. A medida tem como objetivo manter a limpeza do município.
Segundo a diretora de Promoção Ambiental da Secretaria do Meio Ambiente, Maria Inês Fazzini Biondi, os moradores estão proibidos de deixar podas de árvores, entulho e sobras de material de construção em locais públicos.
O valor da multa, R$ 30,91, será cobrado por dia que o entulho ficar exposto. Caso o material seja recolhido pela prefeitura, o morador terá que pagar também uma taxa de até R$ 150. A autuação está baseda nas leis municipais aprovadas em 1989 e 1999.
"Haverá uma orientação ao morador para que o entulho não seja colocado em frente aos imóveis. A pessoa será notificada e terá um prazo para retirar o material. O desrespeito acarretará a multa", disse a diretora.
Maria Inês afirmou que o entulho pode ser despejado gratuitamente no aterro sanitário do bairro Agua Branca, localizado na região central. (Fonte: ValeParaibano)

Ilhabela regulamenta trabalho de jipeiro

Ilhabela - A Câmara de Ilhabela aprovou anteontem um projeto que disciplina o transporte de passageiros em jipes e táxis. Cerca de 40 jipeiros e taxistas trabalham na cidade, segundo a prefeitura. Os veículos são usados por turistas e moradores, inclusive para passeios em praias e cachoeiras. Segundo o autor da proposta, vereador Carlos Alberto de Oliveira Pinto (PMDB), para fazer o transporte os motoristas deverão ter licença, carteira de habilitação categoria D, ser morador na cidade por mais de cinco anos, entre outros. "O projeto garante a segurança dos usuários e dos próprios motoristas", disse o vereador. (Fonte: ValeParaibano)

Brasileiro tem disputa acirrada

Ilhabela - Com muito sol e vento variando entre 17 a 20 nós, o segundo dia de regatas do Campeonato Brasileiro de Hobie Cat 14 e 16, em Ilhabela, foi bastante disputado, principalmente na classe 16, que teve quatro regatas e quatro campeões até o final da tarde de ontem.
Depois das vitórias dos paulistanos Bernard Arndt e Renata Menegheto na primeira regata, e dos cearenses Robert Bezerra e Mequias de Queiroz na segunda, ontem foi a vez dos velejadores José Roberto de Jesus e José Vicente Monteiro, de Ilhabela, conquistarem uma vitória para a cidade sede. A dupla venceu a terceira regata - a primeira realizada ontem - enquanto os catarinenses Bruno di Bernardi e Suzana Pirillo chegaram na frente na segunda regata de terça-feira.
"Aqui está uma mistura perfeita de sol e vento e o clima da disputa está muito bom", disse o velejador José Roberto de Jesus Ferreira - o Beto de Mazinho -, que também é diretor de Esportes Náuticos da Prefeitura de Ilhabela.
No nacional de Hobie Cat 14, a liderança isolada é do paraibano Paulo Sérgio Costa, que venceu as quatro regatas realizadas até ontem.
FOLGA - Depois de dois dias de provas válidas para o Brasileiro, o campeonato terá uma folga hoje, quando haverá um passeio de escuna pela Ilha com os participantes.
Amanhã a disputa volta a acontecer, com duas regatas programadas. A competição segue até sábado, entre 85 velejadores. (Fonte: ValeParaibano)

Ilhabela participa do Campeonato Universitário de Travessias Aquáticas

Ilhabela - A equipe de natação do Panathlon de Ilhabela participou no último domingo, dia 9, da última etapa do 15º Campeonato Universitário e Aberto de Travessias Aquáticas, promovido pela FUPE – Federação Paulista de Esportes – que aconteceu na cidade de São Sebastião.
Dois atletas, Maíra de Souza Moraes e Mário Bello, representaram Ilhabela na prova entre mais de 800 nadadores de todo estado. Maíra (Categoria E) conseguiu o vice-campeonato na prova de 3 mil metros e em 4º lugar na prova de mil.
Mário Bello (Categoria K), que está em 5º lugar na classificação geral nos mil metros e em 3º nos três mil, terminou as duas provas em 4º lugar. (Fonte: PMI)

Disputa acirrada no Hobie Cat 16 marca o segundo dia de regatas do Brascat

Ilhabela - O segundo dia de regatas do Campeonato Brasileiro de Hobie Cat 14 e 16 aconteceram muito sol, vento e adrenalina. O vento leste ficou na média de 17 a 20 nós proporcionando perfeitos pegas entre as embarcações do Hobie Cat 16.
“Por ser uma classe pan americana, os competidores do Hobie Cat 16 são de alto nível mostrando um equilíbrio entre os primeiros lugares”, disse o velejador e diretor de esportes náuticos José Roberto de Jesus.
A prova dessa disputa acirrada é que em quatro regatas realizadas até agora houve quatro vencedores diferentes.
Nas regatas desta terça, os ilhabelenses José Roberto de Jesus e José Vicente Monteiro ganharam a primeira regata e a dupla de Santa Catarina Bruno Di Bernardi e Suzi Pirillo ganharam a segunda.
Na soma geral do campeonato houve um empate entre Robert Gil Gradyhol Bezerra e Mequias Vieria de Queiroz, do Ceará e Bernard Arndt e Renata Meneghelo de São Paulo com 11 pontos. José Roberto de Jesus e Bruno Di Bernardi estão em 8º e 9º respectivamente.
No Hobie Cat 14 o paraibano Paulo Sérgio da Costa mantém a liderança ganhando as duas regatas desta terça. Outro paraibano Julião Ferreira da Silva Filho segue em segundo lugar.
No geral, Paulo Sérgio está isolado na primeira colocação vencendo todas as regatas até agora. Nove regatas previstas para acontecer até o fim do campeonato nas duas classes.
Nesta quarta, não haverá regata. A equipe do campeonato e velejadores farão um passeio de escuna pelas praias de Ilhabela.
Na quinta, estão programadas para acontecer mais duas regatas (a quinta e a sexta do campeonato) com hora prevista para largar 12h30.
A organização e realização do evento são da Prefeitura de Ilhabela, através de sua Secretaria de Turismo e Diretoria Náutica. O apoio é da Federação Brasileira de Vela e Motor (FBVM), Federação de Vela do Estado de São Paulo (FEVESP) e Associação Brasileira da Classe Hobie Cat.
O BRASCAT será disputado sob as Regras Internacionais de Regata à Vela da ISAF 2001-2004; as determinações da FBVM; as regras da Classe; as Instruções de Regata, com as alterações feitas pelas Comissões de Regata e Protesto. (Fonte: PMI)

Ilhabela participa da Adventure Sport Fair

Ilhabela - Em São Paulo a partir desta quarta feira tem início a Adventure Sport Fair, a maior feira de esportes e turismo de aventura do Hemisfério Sul .O evento acontece no Pavilhão do Ibirapuera de 12 a 16 de novembro, reunindo cerca de 260 expositores, entre eles as principais operadoras de ecoturismo, os fabricantes de acessórios, equipamentos, roupas e calçados especializados, além de várias atrações para o público como parede de escalada, tanque de mergulho, pista de esqui, entre outros . A Adventure que no ano passado teve um total de 86 mil visitantes aguarda para este ano mais de 90 mil pessoas..
Ilhabela participa do evento pelo segundo ano, com estante próprio divulgando suas belezas naturais, o charme de sua rede hoteleira e os esportes como rapel, of road, mergulho, vela, Wind, bike, wakeboarding, entre outros .
A participação de Ilhabela no evento é mais uma parceira do Sebrae-SP entre a Prefeitura, Associação de Hotéis e Associação Comercial de Ilhabela.
Maiores informações acesse: www.adventurefair.com.br ou Sebrae-SP (12) 3882-1744.

Notícias de São Sebastião Topo

Nautica Superchic

Leopoldino: “Câmara não conhece minuta do Gerenciamento Costeiro”

São Sebastião - O presidente da Câmara, Marcos Leopoldino, realizou uma reunião para discutir a minuta 3 do Gerenciamento Costeiro do Litoral Norte, ontem. Explicou que a reunião foi necessária em razão das queixas de empresários e engenheiros contra o teor da minuta. “A Câmara não sabe nada sobre o Gerenciamento Costeiro”, disse Leopoldino. O assunto é previsto na Lei Estadual 10.019/98 e desde então vem sendo discutido por membros do Estado, das prefeituras e sociedade civil organizada, para a criação do decreto que deverá regulamentar o zoneamento ecológico-econômico da região.
Na reunião, realizada no plenário da Câmara, compareceram representantes do grupo setorial que elabora a minuta, alguns empresários, vereadores e público. Na ocasião, o presidente afirmou que cabe ao município definir as questões que lhe dizem respeito, a mesma posição de um grupo de empresários e engenheiros ligados à construção civil de São Sebastião. Eles consideram que a proposta de zoneamento ecológico-econômico provocará o “engessamento” da cidade e que o documento é “inconstitucional por tirar autonomia do município”.
Leopoldino se manifestou durante explicações de um dos membros do grupo setorial, o advogado Marcos Couto, que representa a sociedade civil no grupo.
Marcos Couto, em resposta ao presidente da Câmara, disse que a lei será concorrente, não havendo exclusividade a municípios em termos de matérias que tratam de meio ambiente.
O grupo setorial tripartite (Estado, municípios e sociedade civil organizada), é o que elabora a minuta 3 de decreto do Gerenciamento Costeiro.
A coordenadora do grupo setorial, Marta Emerich, falou sobre a forma de criação do grupo, o que procedeu por meio de decreto do governo do Estado. Ela considerou estranho o fato do presidente da Câmara falar sobre o total desconhecimento sobre o assunto, uma vez que o processo de discussão já estará na fase da terceira audiência pública, tendo já havido audiências anteriores em São Sebastião e Caraguatatuba, previamente publicadas no Diário Oficial e jornais da região.
As propostas destas audiências públicas serão estudadas pelo grupo setorial, verificando a possibilidade de inseri-las na minuta 3. Marta Emerich afirmou que todo o processo para elaboração da minuta tem sido feito com plena autenticidade e publicidade.
Hoje, às 9 horas, o grupo setorial do Litoral Norte realiza uma reunião de trabalho nas Faculdades Faculdades Integradas Módulo. A audiência pública em Ilhabela será dia 21 (Câmara Municipal, 17h), e em Ubatuba, dia 22 (Escola Padre Anchieta Centro, 13h30. (Fonte: Imprensa Livre)

Vereadores querem revogar alterações ou suspender efeitos por 90 dias

São Sebastião - A polêmica em torno das alterações na Lei do Uso do Solo, aprovadas em regime de urgência na Câmara e sancionadas pelo prefeito no mês passado, teve mais um capítulo na noite de ontem. Desta vez, os protagonistas foram os vereadores Benedito Amâncio e Marcos Leopoldino, que apresentaram novas propostas, divergentes entre si.
Amâncio protocolou o projeto de lei complementar 21/03, que dispõe sobre a revogação das leis 38 e 39/2003. “Não concordo com a maneira com que essas leis foram elaboradas, sem experiência técnica, para agradar interesses”, justificou o vereador, que votou contra a aprovação das duas leis.
Leopoldino apresentou, na sessão de ontem, o projeto de lei complementar 22/2003, que visa suspender a vigência da lei 39/2003 por 90 dias. “Esse tempo é para criar uma comissão que irá apreciar a Lei de Uso do Solo. Se precisar, vamos prorrogar. A idéia é sentir se realmente há interesse em discutir a questão”, explicou o presidente da Câmara.
Marcos Leopoldino é o autor dos projetos de lei complementar 15 e 16, aprovados em regime de urgência no dia 14 de outubro e que, depois de sancionados pelo prefeito Paulo Julião, viraram as leis 38 e 39/2003. A primeira autoriza a instalação de novos postos de combustíveis, mecânicas, garagens, entre outros serviços, do Centro a Costa Norte. Já a segunda altera a “zona de proteção” para “zona de média restrição” na área localizada entre a SP-55 e a encosta, da Prainha Preta ao Costão do Guaecá.
A principal mudança é redução do lote mínimo permitido de 5 mil m² para 600 m². Além disso, a taxa de ocupação sobe para 30% e a área pode ter aproveitamento de 60%, incluindo residências e estabelecimentos comerciais. O artigo 1º muda a “zona de média restrição” para “zona de baixa restrição” a área que se inicia no Rio Paúba e vai até a cota 40 em ângulo 90º, seguindo sentido sul até encontrar a SP-55, ou seja, a diminuição do tamanho mínimo de lote de 600 m² para 400m², no bairro Paúba.
Tais alterações motivaram protestos da sociedade civil organizada em duas sessões de Câmara. Várias entidades decidiram entrar com mandado de segurança para suspender as leis. Na semana passada, os vereadores Marco Antônio de Souza, Marcos Fuly, José Luiz Ribeiro, Joel de Matos, Ronaldo Lourenço e Dalton José da Silva apresentaram o projeto de lei complementar para a tirar o Costão do Guaecá dos efeitos da lei 039/2003. A proposta ainda não foi votada e passa por avaliação das comissões permanentes.
Novos projetos - Na sessão de ontem, por pouco, os novos projetos não foram votados em regime de urgência. Benedito Amâncio chegou a tentar colher assinaturas em um requerimento para antecipar a votação.
Contudo, o vereador Luiz Leite Santana pediu mais tempo para discussão. Desta forma, tanto o projeto do vereador Amâncio, que pede a revogação das duas leis, quanto do presidente Marcos Leopoldino, buscando a suspensão por 90 dias dos efeitos de uma delas, serão debatidos nas comissões parlamentares. “Não podemos votar novamente projetos polêmicos em regime de urgência”, enfatizou Santana. (Fonte: Imprensa Livre)

Dobra número de radares na Rio-Santos

São Sebastião - A Prefeitura de São Sebastião vai colocar em funcionamento mais oito radares eletrônicos na rodovia Rio-Santos, entre os bairros São Francisco e Topolândia, na região central. Oito radares já funcionam na rodovia, que é o principal acesso ao centro da cidade.
Os novos equipamentos já foram instalados e começam a operar até dezembro.
A assessoria de imprensa da prefeitura informou que os 16 radares vão funcionar em pontos alternados da rodovia para dificultar que os motoristas identifiquem os equipamentos. O limite de velocidade permitida na estrada é de 60 km/h.
Segundo a prefeitura, desde a implantação dos radares eletrônicos em janeiro, o Departamento de Tráfego registrou uma redução de 86% no número de acidentes no trecho.
O auxiliar de escritório José Carlos de Paula, 32 anos, que mora em São Sebastião e utiliza a rodovia com frequência, disse aprovar a instalação de radares. "Muitos carros ainda passam em alta velocidade pela rodovia. Os radares aumentam a segurança." (Fonte: ValeParaibano)

Estado dá prêmio para agricultor do litoral

São Sebastião - Pequenos produtores de São Sebastião e Ilhabela, no Litoral Norte, serão beneficiados com o projeto de subvenção ao prêmio do seguro rural agrícola lançado anteontem pelo governo do Estado.
As duas cidades foram as únicas do Vale do Paraíba e Litoral Norte incluídas no plano, que destinará R$ 10 milhões a 20 mil agricultores de 219 municípios de 24 regiões agrícolas do Estado. No caso do Litoral Norte, o incentivo será destinado à produção de banana.
Serão beneficiados pequenos produtores com renda anual de até R$ 100 mil, que cultivam milho, feijão, banana, laranja e uva. O incentivo será destinado à safra 2003/2004.
Os agricultores terão acesso à subvenção de 50% do prêmio do seguro. O Banco Nossa Caixa será responsável pela operacionalização e as seguradoras, como a Cosesp (Companhia de Seguros do Estado de São Paulo), farão o seguro. Os recursos já estão disponíveis.
"Esse projeto será muito importante para os produtores do Vale e Litoral Norte, que terão uma garantia em caso de perda da produção. Hoje, eles têm que arcar sozinhos com os prejuízos", disse o diretor da Cati (Coordenadoria de Assistência Técnica Integral) de Pindamonhangaba, João Bosco Pereira.
Durante o lançamento do projeto em São Paulo, o secretário da Agricultura e Abastecimento, Duarte Nogueira, afirmou que outras cidades serão posteriormente incluídas no incentivo. (Fonte: ValeParaibano)

Cerca de dois mil alunos estão participando do II Fest Art

São Sebastião - A prefeitura de São Sebastião realiza hoje, dia 12, e amanhã, no Teatro Municipal, a Etapa Final do II Fest` Art – Festival Estudantil de Teatro, que teve início no dia 04, com a pré-seleção, que seguiu até ontem, dia 11, selecionando os melhores grupos de cada região (costa norte, costa sul e centro) nas categorias infantil, infanto-juvenil e adulta. Hoje, dia 12, apresentam-se os melhores grupos da Costa Norte e do Centro; amanhã, os selecionados da Costa Sul.
Organizado pelo diretor teatral Carlos Pallmer, Wellington Palmeira e Lílian Galvão, o evento, este ano, distribuiu as apresentações cênicas em alguns bairros da cidade durante a pré-seleção, o que viabilizou a participação de mais pessoas. Desta vez os estudantes e participantes da comunidade escolar que residem nas costas Sul e Norte de São Sebastião não precisaram se deslocar até o centro da cidade, como no ano passado, para participar das atividades. Nos dias 04 e 05, os grupos da Costa Norte foram julgados na E.M. Canto do Mar, sendo selecionadas as peças “Exagerei no Rímel”, da E.M. Profa. Maria José da Penha Frúgoli, “Alice no País das Maravilhas”, da Creche Dona Laurinda, e “Saltimbancos”, da E.M. da Enseada. Nos dias 06 e 07, as apresentações dos grupos do Centro aconteceram na E.M. Henrique Botelho, que foi selecionada com a apresentação “Poemas de Fernando Veríssimo”. Também do Centro foi selecionado um grupo da E.M.Profa Verena de Oliveira Dória, que apresentará a peça “O Caçador de Borboletas”, uma adaptação de Maria Clara Machado. A diretora da escola, Mônica Sampaio de Freitas de Oliveira, acha a proposta do festival maravilhosa. “Inserir o Teatro na escola é fundamental, pois, por ser voltado para as artes, desenvolve habilidades que o aluno já possui, mas que estão adormecidas por não serem trabalhadas”, disse.
Nos dia 10 e 11, os grupos da costa sul se apresentaram na Escola Municipal Guiomar Aparecida da Conceição Sousa e na Praça do Pôr do Sol, em Boiçucanga.
O encerramento do II Fest´Art contará com a presença da atriz global Estér Góes, que fará a apresentação do evento. Estarão compondo o corpo de jurados a presidente do Fundo Social de Solidariedade, Elsa Julião, Maria Amélia dos Santos e Reinaldo Joaquim. Do Sindicato dos Artistas de São Paulo participam a presidente, Lígia Paula de Souza, junto com o diretor, Valter Stein, que também é diretor de capacitação profissional de atores e que, além de julgar, realizará um curso de teatro gratuito, no dia 12, das 16h às 18h, e no dia 13, das 15h às 18h, no Teatro Municipal. O curso é direcionado a estudantes de teatro, que possuam acima de 15 anos de idade, professores, diretores e educadores. Os interessados ainda podem se inscrever na Secretaria de Educação.
Programação - Hoje, dia 12, o festival acontece das 09h às 16h. Será realizada uma abertura solene, que contará com a presença do prefeito Paulo Julião e autoridades do município. Às 09h30, um grupo de alunos da E.M. Profa. Maria José da Penha Frúgoli apresenta a peça teatral “Pinóquio”, que possui uma simbologia pedagógica que incentiva a criança a estudar e a não mentir. Amanhã, dia 13, os selecionados se apresentam das 09h às 15h. Às 19h acontece uma abertura da APAE, e às 19h30, o Coral da E.M. Machado Rosa se apresenta. Em seguida, até às 22h30, serão apresentadas três peças da costa sul. Também se apresentam, neste dia, Neide Palumbo, com “Causos Caiçaras”, e outros convidados especiais. Os vencedores serão divulgados no final do evento, no qual serão conferidos os seguintes prêmios: primeiro, segundo e terceiro lugar para os melhores espetáculos, melhor ator/ atriz, e espetáculo mais criativo nas confecções de cenografia, figurino e montagem do espetáculo. Pontuarão, também, com maior valia, os grupos que fizerem a maior utilização de materiais recicláveis.
O Teatro Municipal fica na avenida Altino Arantes, Centro, e a entrada é aberta ao público.
Importância do Festival - “Acreditamos na importância dos projetos que buscam o envolvimento de crianças e jovens. O artista já nasce com o dom e, ainda pequeno, começa a desenvolver o seu potencial. É por isso, que achamos fundamental o incentivo e o apoio do poder público nestas áreas, percebendo que a cultura é a grande parceira da educação”, disse a presidente do sindicato dos artistas de São Paulo.
“Nós conseguimos promover a interatividade e a união entre as escolas, o humanitarismo realçado em cada participante e a emoção das crianças, todas as vezes que subiam ao palco”, disse Pallmer. Segundo ele, o festival é um movimento educacional e cultural, que tem como objetivo desenvolver a auto-estima, o lado comportamental e a vontade de estudar do aluno. “A função do Teatro não é só formar atores, e sim ensiná-los a lidar com as pessoas, a procurar um emprego, a interagir com os amigos na escola, a despertar o interesse pela leitura, a aprender sobre a importância dos estudos, e a trabalhar postura, dicção, percepção, expressão corporal e facial”, contou. “Gostaria de agradecer a todos os que estão nos apoiando, como a secretaria de Educação, a prefeitura em geral e, especialmente, à presidente do Fundo Social de Solidariedade, Elsa Julião, que sempre dos ajudou, apoiou e incentivou”, disse. “O Festival está sendo um grande sucesso, mobilizando a maior parte das escolas. Não imaginávamos que teria tanta repercussão”, finalizou Pallmer.
Festival em 2002 - Assim como o festival deste ano, o primeiro festival também reuniu cerca de oito mil pessoas (entre público, atores, organizadores e jurado), mobilizou 54 escolas da rede pública e particulares e levou ao palco dois mil novos talentos que cantaram, dançaram, interpretaram e, principalmente, emocionaram os presentes.
Foram alguns destaques do I Fest´Art as apresentações dos alunos da Apae, do grupo de dança flamenca Guadalquivir, e da Escola Municipal João Guilherme de Santana, de Toque Toque Pequeno, que adaptou a história do filme “Minha Amada Imortal”, uma interpretação da história de Beethoven, onde 51 pequenos artistas representaram trechos de um fenômeno imortal. (Fonte: PMSS)

Notícias de Ubatuba Topo

Marcenaria e Carpintaria Progresso Setur Pousada Maranduba

Calçada e ciclovia são atração nas Toninhas

Ubatuba - A Prefeitura e a Sociedade Amigos das Toninhas - SAT estão concluindo as obras de calçada e ciclovia com extensão de 1.300 m no trecho paralelo à praia. Nesta última semana a Secretaria de Obras da Prefeitura, responsável pela construção da ciclovia entregou uma passarela de madeira de 6 m permitindo a travessia da calçada. Outra passarela com 10 m também está programada. “A Prefeitura vem cumprindo com seu compromisso na parceria . Estamos lutando para concluir as obras até a temporada de verão para diminuir o risco de acidentes para pedestres e ciclistas que utilizam o acostamento da rodovia”, afirma Vilma Campana, presidente da SAT. A presidente reitera esta preocupação pois naquele trecho já ocorreram inúmeros acidentes. Na calçada, 100 patrocinadores utilizam um trecho de 10 m com mosaico para levantar fundos para a SAT realizar a obra que inclui ainda paisagismo.
A ciclovia da Prefeitura vem sendo pavimentado em asfalto e tem 2 m de largura e integra um projeto global de vários trechos construídos em diferentes bairros do município. (Fonte: ACS-PMU)

Asfalto facilita acesso à Comunidade Emaús

Ubatuba - O bairro Jardim Ipiranga, no Ipiranguinha, teve um dos seus principais acessos pavimentados. Trata-se da rua Cedro e parte das ruas Mogno e Sucupira, que dão acesso a Comunidade Emaús onde vivem famílias carentes que somam 118 pessoas divididas em 24 casas. Algumas ruas próximas receberão também boca de lobo para escoamento das águas de chuva. Os moradores do bairro contarão com um novo visual do bairro para o próximo Natal.
A obra atende antiga reivindicação da Sociedade Amigos do Jardim Ipiranga - SASI que vinha insistindo junto a Prefeitura para a conclusão da pavimentação que beneficiou a rua Frei Tarcisio. O presidente da SASI, Ronaldo Ribas Magrão tem se empenhado para a realização dos serviços da Secretaria de Obras que deverá concluir os trabalhos em 3 dias. “Todo o bairro ganha com esta obra”, diz Magrão.
A Prefeitura atinge 11 ruas pavimentadas na região considerando 7 ruas na Marafunda, 3 no Alto Ipiranguinha e 1 no Jardim Ipiranga. (Fonte: ACS-PMU)

Região Norte: estabelecida comunicação via rádio

Ubatuba - Os bairros do Camburi, Sertão do Ubatumirim e Poruba estão ligados a área central por meio de sistema de rádio comunicador UHF utilizando como base a sede da Defesa Civil. O sistema implantado pela Secretaria da Saúde foi montado pelo Programa Saúde da Família - PSF e contou com a presença do prefeito Paulo Ramos para os primeiros contatos. “ Nosso objetivo é tirar esta comunidade do isolamento dando condições de enfrentar situações de emergência principalmente no Camburi”, afirma o prefeito. Naquele bairro é utilizada a energia solar para carregar as baterias dos equipamentos da escola e Posto de Saúde. Moisés Fermino Soares, presidente da Associação dos Moradores do Bairro do Camburi - AMBACA, agradeceu a iniciativa da Prefeitura resolvendo um sério problema de comunicação que se arrastava há anos. “O ideal seria o telefone público”, diz Moisés.
O técnico Eli Barros coordenou os serviços nos tres bairros como voluntário. A Secretaria de Educação informou que nos próximos 60 dias será instalado um telefone público na escola do Poruba. (Fonte: ACS-PMU)

Canoa e pirão fazem domingo caiçara

Ubatuba - Mais uma vez quem esteve na Barra Seca domingo teve oportunidade de presenciar uma cena que vem, felizmente, se repetindo com mais frequência. Depois do mutirão de limpeza da praia, os remadores tomaram conta da cena com várias provas de canoagem com antigos e novos atletas da categoria. Promovido pela Sociedade Amigos da Barra Seca - SOMBAS e apoio da Prefeitura, por meio da Fundart, o público vibrou com a chegada das 7 provas com direito a, pela primeira vez, presenciar um empate na chegada de Nélio e Nelson na categoria de um remo especial. Renato, Jaime, Mário e Peralta ficaram com as demais colocações. “Vamos continuar apoiando esta modalidade que tem tudo a ver com as nossas tradições”, afirma o prefeito Paulo Ramos. O grupo do “Pirão Geral”, além de bingo e pagode marcaram presença para animar a festa que começou pela manhã e só terminou à noite. Destaque ainda para os pequenos remadores, meninos e meninas, que mostraram que estão a postos para preservar nosso folclore. Foram 7 provas com as seguintes colocações: 1 remo comum - Nelio, Erico, Nelson, Ramiro e Maio; 2 remos feminino - Margareth e Rosa, Tamara e Thais e Iara e Andréia; 1 remo especial- Nelio e Nelson empatados, Renato, Jaime, Mário e Peralta; Infantil - Lucas, Marcelo e Willians ; 2 remos comum - Nélio e Maio, Mario e Nelson, Erico e Danilo e João e Helias;
2 remos especial- Peralta e Renato, Nelson e Nélio, Jaime e Mário e Danilo e Erico e 2 remos mista - Renato e Eliane, Nelson e Tamara, Valdir e Margareth, Erico e Rosa e Nelio e Thais.
A II Festa SOMBAS, fecha o circuito de provas de canoagem em Ubatuba que teve competições realizadas durante este ano nas praias do Lázaro, Almada, Enseada, Itaguá e Poruba. (Fonte: ACS-PMU)

3º Ubapesc Torneio em Duplas 2003

Ubatuba - Muito sol e disputa acirrada. Assim foi a terceira edição do Ubapesc realizada nos dias 8 e 9 na praia do Cruzeiro em Ubatuba. A dupla Vilma S. Domiciano e Nilton Domiciano, do Clube de Pesca Caraguá foi o grande destaque, ganhando nas categorias Federado e Geral, com um total de 108 pontos e 37 peças (3.365 gr.). Os vice-campeões, Wagner Moreira e Henrique Miki também de Caraguá, finalizaram a competição com 102 pontos e 38 peças (2.520 gr.). Para coroar a atuação do Clube de Pesca Caraguá ficou também na terceira posição com Edmur Domiciano e Karina F. Domiciano que totalizaram 99 pontos com 43 peças (2.540 gr.). Na categoria Avulso os atletas da equipe Caracóis Joelder Lopes e José Carlos ficaram em primeiro, com 77 pontos, quatro à frente de Gerson Suzaki e João Godoi da equipe Tarpoon. . Representando a equipe Quebra Mar, Marcelo Santos e Sérgio Spinola ficaram em terceiro com 64 pontos. No Feminino o predomínio foi do Clube Mauá que fez dobradinha com Lídia e Rosa e Setsuko Asami e Renata Cordeiro terminando na primeira e segunda posição respectivamente. As atletas Eiko Suzukayama e Sonia Z. Azevedo do Clube Brasa ficaram em terceiro. No Master a vitória coube a Rosa Watanabe e Nobuhilo Watanabe da equipe Gaivota enquanto Takeshi e Kieko do Suzanpesca e Carlos Azevedo e Mario Suzukayama do Brasa completaram o pódio. O Clube Brasa levou o título no Juvenil com a dupla Tiago e Bruno, ficando para Jefferson Barbosa e Tarley Junior a segunda posição. A maior peça foi uma betara de 820 gramas capturada por João Godoi da equipe Tarpoon no domingo, enquanto a maior quantidade (39 peças), foi para a equipe CPEVAP – Paraíba formada por Dirceu Augusto e Mauricio Nogueira Filho. No total foram capturadas 1179 peças totalizando 79.761 gramas, que foram doados à Missão Jesus é Luz, do Bairro Monte Valério. Para o presidente do CPU, Juscelino Barbosa, o evento foi um sucesso, pois além da competição e do lazer proporcionado aos pescadores e seus familiares, a cidade também ganhou com o evento, pois muitos se utilizaram dos hotéis e restaurantes proporcionando movimentação fora de feriados ou temporada. “ O nosso objetivo, desde a primeira edição do Ubapesc era chegar a 100 duplas participantes em 5 anos e tenho fé, que alcançaremos esse número até 2005” , declarou Barbosa. Antes da premiação o presidente do CPU chegou às lagrimas ao lembrar do caminho percorrido desde a fundação do Clube até hoje: “ Vejo tudo como se fosse um filme passando diante de mim e vocês atletas e diretoria do clube, são os personagens principais.” A Federação Paulista de Pesca e lançamento já marcou a data para a quarta edição do Ubapesc: 6 e 7 de novembro de 2004. A organização do Evento agradece ao comando da Polícia Florestal e da Guarda Municipal de Ubatuba, que colocaram seus homens à disposição nos dois dias do torneio, e também o apoio de Ceregatti, Eletroleste e Utyama, além de comerciantes locais que acreditaram no evento e tornaram possível realiza-lo. O 3º Ubapesc foi organizado pelo C.P.U - Clube de Pesca de Ubatuba e contou com a direção da Confederação de Pesca e Desportos Subaquático, fiscalização da Federação Paulista de Pesca e Lançamento e a arbitragem da Comissão Nacional de Árbitros.

Artigo Topo

O gato de armazém
Irineu Nalin

A geração atual desconhece, mas no meu tempo de criança o suprimento das famílias era feito através de estabelecimentos rotulados como: "armazém de secos & molhados". Sim! Era assim que se denominavam. Em todas as cidades esses estabelecimentos se assemelhavam. Alguns maiores outros menores, mas mais ou menos tinham como característica básica grandes balcões de madeira, separando o cliente (freguês) dos funcionários, tendo encostado nas paredes enormes prateleiras aonde ficavam expostos os produtos mais nobres.
Mas, a maioria dessas mercadorias eram penduradas de qualquer jeito ou amontoadas, para serem vistas pelo freguês; era o marketing da época. Cereais, como arroz, trigo, milho que até hoje são acondicionados em sacos ficavam empilhados em algum canto.
Na periferia de algumas cidades e no interior do país esses estabelecimentos ainda podem ser encontrados, apesar dos supermercados assumirem um novo estilo para esse comércio.
Como vigilante ao ataque de roedores aos produtos era costume o proprietário manter no estabelecimento um ou mais gatos. E assim conhecidos como: "o gato de armazém".
Bem gordos, viviam sempre dormindo em cima da sacaria, abrindo vagarosamente os olhos a entrada de um novo freguês, voltando a fechá-los em seguida e se entregando àquele sono profundo. Faziam parte da casa, mansos e bem alimentados, com o que mais gostavam: cascas de queijo e de mortadela, e assim não cumpriam sua principal missão que era de espantar e devorar os ratos.
As crianças tentavam acaricia-los, tirando-os daquele sossego. Era comum nos finais de tarde aparecerem àqueles fregueses rotineiros, amigos do proprietário, para tomarem uma cachaça, permanecendo em prolongada prosa. Essa era a hora preferida dos gatos que saiam de cima da sacaria vindo esfregar-se nas pernas de um ou outro freguês com seu longo rabo levantado
Essa cena está em minha memória, fez parte de uma época, quando transparecia: "que o tempo corria mais devagar", que as pessoas eram mais amigas e honestas, mas já tinha sim juiz ladrão, eram árbitros de futebol.
Hoje, parece tudo tão rápido, vivemos controlado pelo cronômetro, não temos mais esses estabelecimentos, nem os fins de tarde. Virou um "corre corre". Afinal ! O que aconteceu com o "gato de armazém" ?
Bem! Como os velhos armazéns não existem mais, eles, parece que se mudaram de lugar.
Enquanto tentamos acompanhar e assimilar os efeitos da globalização, do poderio bélico, os últimos lances dessa violência toda, o movimento de capitais, o comportamento da taxa de juros e seus reflexos no nível de atividades e consequentemente no emprego e no salário de cada um, tem muita repartição pública repleta de verdadeiros "gatos de armazém".
Sonolentos, sem iniciativa, acomodados no seu canto, esperando o final do expediente chegar e a contagem de tempo se completar. Nenhuma produtividade lhes é cobrada. Afinal, a sua grossa fatia de mortadela está assegurada pela outra parcela da população que se encarrega de produzi-la.
Cuidado! Da forma como estão aumentando essa fatia só vai sobrar casca para quem produz. A Reforma Tributária caminha para um grande fracasso. Prefeitos que nos últimos dois anos aumentaram o IPTU em mais de 150% não mostraram ainda o destino dessa receita.
Carecemos de novas lideranças políticas capazes de implementarem novos métodos de gestão na administração pública e não simplesmente taxando-nos abusivamente, estimulando os bons funcionários no desempenho de suas funções, dando bons exemplos de autoridade, competência, honestidade, além de retornarem à população com serviços de qualidade e benfeitorias que atendam prioridades, minimizando problemas e melhorando a qualidade de vida.
O gasto público (prioridades e custos) deveria ser objeto de melhor fiscalização por parte dos representantes da população, que além de terem recebido votação de confiança são remunerados para isso.

Irineu Nalin é economista

Carta do Leitor Topo

Descaso com a Região Sul - Completando o pensamento de David Lemos e Ricardo Teixeira, gostaria de dizer que nós aqui da Região Sul de Ubatuba estamos desolados, abandonados, no que dependemos da Prefeitura estamos perdidos, caindo pelos barrancos. Será que a preocupação só está direcionada para a Praia Grande? O nosso acostamento aqui na Maranduba está em condições muito piores, e se nada for feito, na temporada os ciclistas correrão grande risco. Com certeza ocorrerá graves acidentes quando disputarem um pedaço de asfalto com os automóveis, pois o nosso acostamento está sem condições nenhuma. Estou apenas completando o pensamento deles, porque se for falar de tudo aqui que está sem condições, a conversa seria longa. Acorda Sr. Prefeito, seu mandato está acabando e o abandono que nós estamos É UMA VERGONHA !!!

Bel Dergham
Sertão da Quina
Ubatuba, SP


Lei de Uso do Solo - Lí os comentários na edição de 12/11/03 do leitor Luis Otto Faber Schmutzler, impregnado de forte teor de realidade. Ocorre que pouca gente tem participado efetivamente da discussão do assunto junto a Câmara Municipal da cidade e o projeto de lei, que em nossa opinião, se assim for aprovado, será um verdadeiro desastre para o meio ambiente, usuários e principalmente - desastre para a principal vocação econômica do Município - o TURISMO CONVENCIONAL e o ECOLÓGICO.
Dessa forma conclamamos os Munícipes, Proprietários, Membros de ONG´s e Simpatizantes do Município a participarem da audiência pública que será realizada 13 de novembro, 18:00 horas na Câmara Municipal de Ubatuba , para discussão das propostas alternativas a serem apresentadas. Esse será um ato concreto de cidadania e participação efetiva.

José Henrique S. Russo
Morador de Ubatuba
Membro da Sociedade Amigos do Prumirim - SAPRU


Seminário - A participação da Sociedade Civil Organizada no Projeto de Lei 106/02 (Lei de Uso e Ocupação do Solo de Ubatuba)
Data: 15/11/200 (sábado) - Horário: 18h
Local: Sede da SAI – Av. Itamambuca, 1021 - Loteamento Praia de Itamambuca - Ubatuba.
Público Alvo:
Representantes de Associações de Bairro, Entidades de Classe, Ambientalistas e outras.
Cidadãos em geral
Objetivos: Divulgação e Análise do PL106/02
Elaboração de propostas
Integração dos representantes das entidades do 3o Setor de Ubatuba
1a Parte: Contextualização (45 minutos)
- Aspectos Gerais 3o Setor : Carlos Barreto – Alfabetização Solidária
- Características Sócio-ambientais de Ubatuba – Caio Marco Antonio / ASSU
- Instrumentos de Participação da Sociedade Civil Organizada nas Políticas Públicas – Roberto Francine Jr / ACIA
2a Parte: Apresentação do PL106/02 (1 hora)
- Histórico e Detalhamento: Flávio Malta – UNITAU/ Comissão Responsável pela Elaboração do PL106/02
3a Parte: Debate e Proposições (1hora)
- Parecer da Câmara Técnica da Assoc. dos Eng. e Arquit. de Ubatuba - Mauro Bezerra / AEAU
- Debates e Proposições - Mediador: Carlos Felipe Abirached / ASSU
Maiores Informações – (12) 38451098 c/ Ronaldo, sai@iconet.com.br  ou assu@assu.org.br

SAI
Sociedade Amigos de Itamambuca
Ubatuba, SP


Agora toda quinta tem festa no Beethoven! - Se você tá a fim de mexer um pouco, vai lá. Dessa vez vai ter black music e tecno progressivo.
Com o Leandro, o Fernando e a Cláudia no som. E anote aí: Dia 20/11 é aniversário do Beto. E dia 27, da Suheil. Já estamos convidando.
Ah! Começamos cedo, às 21h30. Não tem couvert nem consumação mínima.


Lei de Uso do Solo de Ubatuba

Aproveitando a discussão sobre o Projeto de Lei de Uso do Solo de Ubatuba, estamos disponibilizando na íntegra o material para que nossos leitores possam conhecer, discutir, sugerir e opinar sobre este assunto que norteará o futuro de Ubatuba.

Projeto de Lei de Uso do Solo de Ubatuba
Clique Aqui para acessar

Foto do Dia Topo

Ubatuba

Ilhas Comprida e das Couves - Ubatuba

Ilhas Comprida e Couves
©2003 Emilio Campi


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia
 

Gaivota FM
Participe você também com seu comentário, crítica ou sugestão no programa
Estação Ubatuba c/ Tony Luiz
De segunda a sexta das 12 as 14 hs na Gaivota FM 104.9
Sempre com entrevistados diários e variados, falando sobre todos os temas
Ligue 3833.5550


 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


Marcos Borges da Silva - artista plástico Free Wallpaper

As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As cartas devem conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.


GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral na versão:

Compacta (apenas as manchetes c/ Link)
Completa (todas as notícias na íntegra) 
e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor