Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Segunda-feira, 29 de novembro de 2003 - Nº 921 Edições Anteriores

Barra da Lagoa Porto das Artes O mestre navegante

Região
Litoral tem 11 praias impróprias
Petrobras põe mais 66 salva-vidas nas praias


Caraguatatuba
Videoteca Lúcio Braun apresenta comédias em dezembro
Crianças da APAE participam de atividades no Modulo
Extraordinária aprova 80% da pauta


Ilhabela
Passeio de jipe é atração em Ilhabela
Dicas ajudam a evitar acidentes
Dersa define valor de tarifa da lancha que leva a Ilhabela
Especialista em segurança faz palestra no Conseg


São Sebastião
Curso para guardadores de carros começa hoje
Ambiental apreende cerca de 840 palmitos cortados em Boracéia
Boracéia foi arena para encontro de atletismo e cidadania
Morador critica demora para ligação de esgoto
Ação Cidadania chega a Juquehy no próximo dia 6
Prefeitura investe cada vez mais nos estudantes
Associação promoveu atividade no Dia Internacional do Diabético
Dia Mundial de Luta Contra Aids com Fórum de conscientização
Apesar da chuva, simulado Apell foi um sucesso
Nossa Arte na Itália


Ubatuba
Morador do Cambury pede melhorias ao Instituto
Deslizamento de terra mata ex-diretor da Custódia e faz 4 feridos
Ubatuba vai reformar o pronto-socorro este ano
Leishmaniose Cutânea

Seções
Segurança
Carta do Leitor
Foto do Dia



Notícias da Região Topo

Litoral tem 11 praias impróprias

Litoral Norte - Onze praias do Litoral Norte estão impróprias para banho, segundo a Cetesb (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental). A praia de Maresias, considerada uma das mais badaladas de São Sebastião, saiu da lista das praias contaminadas. No município continuam poluídas as praias São Francisco, Pontal da Cruz, Porto Grande e Preta do Norte. Em Caraguatatuba estão impróprias as praias Centro e Porto Novo; em Ubatuba, são Itaguá e Perequê-Mirim; e em Ilhabela, as praias Armação, Saco da Capela e Portinho. A Cetesb orienta que os banhistas evitem as praias impróprias por causa do risco de contrair doenças. (Fonte: ValeParaibano)

Petrobras põe mais 66 salva-vidas nas praias

Litoral Norte - A Petrobras contratou 66 salva-vidas temporários que vão atuar nas praias do Litoral Norte durante a temporada de verão. No início da semana, as prefeituras já haviam contratado 95 homens para reforçar o monitoramento do Salvamento Marítimo do Corpo de Bombeiros. A Petrobras vai patrocinar salários, equipamentos e uniformes. A Operação Praia Segura 2003/2004 começa no litoral no dia 5 de dezembro e termina no dia 10 de março de 2004. Os salva-vidas vão fiscalizar mais de 30 praias de Caraguatatuba, São Sebastião e Ubatuba. (Fonte: ValeParaibano)

Notícias de Caraguatatuba Topo

Caraguatudo Hotel sol de Verão

Videoteca Lúcio Braun apresenta comédias em dezembro

Caraguatatuba - Dando continuidade às ações da Videoteca Lúcio Braun, a Fundacc promove de 2 a 31 de dezembro de 2003, a programação “Gênios da Alegria”, com comédias escolhidas pelo cineasta Hélio Fernandes, responsável pelo projeto. As projeções acontecem de terça a domingo, às 19 horas. Os ingressos custam R$ 1 real. A Videoteca, com 50 lugares, equipamentos multimídia, home teather e ar condicionado, fica no Pólo Cultural Profª Adaly Coelho Passos , na Praça Dr. Cândido Motta, 72, no centro de Caraguá.
Dias
02 – Esse Milhão é Meu (Livre/Comédia) Carlos Manga/1958
03 e 06 – De Vento em Popa (Livre/Comédia) Cajado Filho/1957
04 e 07 – Em Busca do Ouro (Livre/Comédia) Charlie Chaplin/1925
09 e 12 – Amei um Bicheiro (Livre/Comédia) J. Ileli E Paulo W./1953
10 e 13 – Treze Cadeiras (Livre/Comédia) Francisco Eichhorn/1957
11 e 14 – O Circo (Livre/Comédia) Charlie Chaplin/1928
16 e 19 – Nem Sansão, Nem Dalila (Livre/Comédia) Carlos Manga/1954
17 e 20 – O Homem do Sputnik (Livre/Comédia) Carlos Manga/1959
18 e 21 – Luzes da Cidade (Livre/Comédia) Charlie Chaplin/1931
23 e 26 – Pintando o Sete (Livre/Comédia) Carlos Manga/1959
27 – Matar ou Correr (Livre/Comédia) Carlos Manga/1954
28 – Tempos Modernos (Livre/Comédia) Charlie Chaplin/1936
30 – O Grande Ditador (Livre/Comédia) Charlie Chaplin/1940  (Fonte: Fundacc)

Crianças da APAE participam de atividades no Modulo

Caraguatatuba - As crianças da APAE-Associação de Pais de Amigos dos Excepcionais de Caraguá e São Sebastião tiveram uma manhã especial na última sexta-feira, dia 28, quando participaram do 2º Festival de Atividades Físicas Adaptadas e, tiveram a oportunidade de mostrar o seu talento para as atividades artísticas.
O evento é promovido pelos alunos do 3º ano de Educação Física das Faculdades Integradas Módulo e envolveu cerca de 100 crianças e adolescentes com síndrome de down, deficiência mental e paralisia cerebral. A APAE de Ubatuba e a de Ilhabela também foram convidadas mas não puderam comparecer.
Alunos e professores agitaram a quadra da Faculdade com atividades recreativas e esportivas, entre jogos, pintura, dança. As crianças apresentaram coreografias e fizeram uma grande roda de capoeira. Para finalizar o Festival, os alunos serviram cachorro-quente com refrigerante a todas as crianças.
A professora Carolina Paioli Tavares, da disciplina Educação Física para Portadores de Necessidades Especiais, disse que a organização ficou por conta dos alunos. Na opinião da aluna Mylla Oliveira, do 3º ano diurno, participar do trabalho foi muito satisfatório. “Através desse evento colocamos em prática tudo o que aprendemos. Trabalhamos com as crianças o físico mas também o lado emocional com as crianças (o cognitivo), além da troca de afeto e amor”, comentou a aluna. (Fonte: Módulo)

Extraordinária aprova 80% da pauta
Presidência deve marcar mais 2 extraordinárias até o recesso

Caraguatatuba - A Câmara Municipal de Caraguatatuba realizou Sessão Extraordinária, a 12ª do ano, para desafogar os inúmeros projetos que acumulam no Expediente do Parlamento Municipal. Dos 12 projetos em pauta, 9 foram votados. A Mesa Diretora deverá marcar mais 2 Sessões Extraordinárias até o recesso, em 15 de dezembro.
Deixaram de ser votados os projetos do Executivo, que disciplina o Plano Plurianual de Educação e os de autoria do Vereador Omar Kazon (PL), que esteve ausente à sessão juntamente com o Parlamentar João Rodrigues de Godoy Filho - Baduca (PL).
Os projetos de Kazon instituem a Semana da Micareta no calendário oficial de festividades de Caraguatatuba e inclui no currículo escolar municipal - Ensino Fundamental de 1ª a 4ª séries, o estudo sobre dependência química.
No restante, foram votados projetos de denominação de rua e o projeto da Vereadora Madalena Fachini (PSB), que declara de Utilidade Pública a Cáritas Paroquial São João Batista, no bairro do Poiares, na zona sul da cidade.
Destaque se faz ao projeto da Mesa Diretora, que altera a Lei 876/00 que institui o subsídio dos agentes políticos para esta legislatura. Segundo o projeto, a alteração se faz no artigo 8º, dando direitos e obrigações a cada um dos poderes no município, de atualizar os vencimentos de seus servidores, a partir de 1º de janeiro. Antes a atualização da Câmara era feita apenas através de projeto do Executivo. Como ainda restam projetos na pauta e as próximas Sessões Ordinárias até o dia 15 de dezembro serão reservadas para a votação do Orçamento 2004, a Mesa Diretora deverá marcar mais 2 Sessões Extraordinárias até a data já citada. (Fonte: Câmara Municipal de Caraguatatuba)

Notícias de Ilhabela Topo



Passeio de jipe é atração em Ilhabela

Roteiros que exploram áreas preservadas e praias ainda selvagens fazem do programa uma sensação de verão

Ilhabela - Os passeios de jipes para as praias de Ilhabela prometem ser a sensação da temporada de verão no município. Os turistas poderão curtir vários passeios, que tem roteiros variado como trilhas, city-tour e cachoeiras.
Segundo o gerente de atendimento da agência MareMar, Marcos Azanha, um dos passeios de jipes mais procurados é para a praia de Castelhanos, que fica ao lado leste da ilha.
O acesso a Castelhanos é por dentro de uma mata fechada no Parque Estadual da Serra do Mar. Durante o percurso, que é feito por uma trilha de 24 quilômetros, os turistas podem encontrar pequenos animais, como esquilos, e apreciar a flora.
"Vamos subir a 900 metros de altitude. No caminho passamos por um mirante de onde pode ver a praia de Castelhanos", disse Azanha. Na praia, o visitante vai encontrar um bar que oferece refeições, porções, bebidas, banheiros e duchas. O turista também pode fazer locação de pranchas de surfe.
O passeio também inclui uma trilha de grau de dificuldade baixo até a cachoeira do Gato. O percurso até a trilha leva até 40 minutos.
"A cachoeira do Gato tem 90 metros de queda e forma uma piscina natural. O turista pode nadar com tranqüilidade e recuperar a energia para retornar até a praia", disse o gerente.
Os passeios são feitos em jipes Land Rover com capacidade para até 12 passageiros. O mínimo exigido são quatro passageiros. O passeio custa R$ 40 por pessoa. No valor está incluído o serviço de guia. A alimentação fica por conta do passageiro.
Durante os passeios de jipes, os turistas devem tomar alguns cuidados para evitar acidentes (leia texto abaixo).
Outros roteiros podem ser feitos para as cachoeiras como a Água Branca e para as praias de Jabaquara, Veloso, Grande, Julião, Portinho e Curral, considerada uma das mais badaladas do município.
"A pessoa pode escolher o seu roteiro. Alguns preferem um city-tour e outros um passeio mais radical com trilhas e cachoeiras", disse.
No verão, os passeios devem ser agendados. A saída é do pier do Perequê, às 10h e o retorno por volta das 17h.
ÁREA PRESERVADA - Para o assessor de investimentos Rodrigo Carvallho, 27 anos, de São Paulo, os passeios se transformam em uma aventura. Na última sexta-feira, Carvalho foi até a praia de Castelhanos. "Além de ser feito em um jipe, a trilha passa dentro do Parque Estadual da Serra do Mar. É fantástico observar as áreas que ainda são preservadas", disse.
"Passamos por uma trilha rudimentar. No jipe, a sensação de aventura aumenta", disse Carvalho. (Fonte: ValeParaibano)

Dicas ajudam a evitar acidentes

Ilhabela - Os turistas devem tomar alguns cuidados para evitar acidentes durante um passeio de jipes em Ilhabela. Um dos cuidados é na escolha de uma empresa especializada.
"Na temporada de verão várias pessoas clandestinas oferecem o serviço, que pode colocar em risco a segurança do passeio", disse o gerente de Atendimento da agência MareMar de Ilhabela, Marcos Azanha.
O gerente também afirmou que o turista deve ter cuidado com a saúde durante o passeio. O principal item é o uso de repelente e protetores solar e labial.
"Como passamos dentro do Parque Estadual da Serra do Mar é necessário um repelente contra os borrachudos. Orientamos o uso de protetor solar pois o sol é muito intenso", disse.
O gerente afirmou que o passageiro deve levar um par de meia, tênis, toalha e usar roupas leves.
"A meia serve para andar nas pedra e evitar acidentes. O tênis é ideal para as trilhas, que não podem ser feitas de chinelos", disse. (Fonte: ValeParaibano)

Dersa define valor de tarifa da lancha que leva a Ilhabela
Moradores da ilha vão pagar R$ 0,70, mas turistas desembolsarão R$ 3,50

Ilhabela - A Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S/A) definiu o valor da tarifa que será cobrado para a travessia de pedestres em lanchas entre São Sebastião e Ilhabela, que começa no dia 12 de dezembro. Duas embarcações vão realizar o transporte, que hoje é feito somente por balsas.
O valor da passagem será diferenciado. Os moradores vão pagar R$ 0,70 e os turistas R$ 3,50. Nos primeiros 30 dias a travessia de lancha será gratuita.
Segundo a Dersa, uma lancha terá capacidade para 100 passageiros e outra para 200 pessoas. Em Ilhabela, os embarques e desembarques serão nos bairros Perequê e Vila, no centro, e em São Sebastião próximo da estação da balsa. A travessia será feita no período das 7h às 21h, diariamente.
Os usuários terão que pagar passagem nos dois sentidos (São Sebastião-Ilhabela), diferente da balsa onde é cobrado apenas a travessia de veículos no sentido Ilhabela.
As lanchas terão cobertura, bancos e equipamentos de segurança --como coletes salva-vidas.
A Dersa vai controlar a diferença no valor da tarifa pela carteira de saúde do município, que deve ser apresentada pelo morador antes do embarque.
O pedestre que não quiser pagar a passagem, terá a opção de fazer a travessia nas balsas junto com os veículos, que continua gratuita. Das seis balsas que vão operar no verão, três estarão transportando os pedestres. As embarcações têm capacidade para transportar 120 veículos.
Em 1998, a Dersa desativou o sistema de travessia de balsa exclusiva para pedestres pois a maioria dos usuários optaram por outras embarcações onde não eram cobradas tarifas.
Na próxima semana, a Dersa vai divulgar a Operação Verão 2003/2004 para as travessias do Estado.
TARIFA - O transporte diferenciado para passageiros é uma antiga reivindicação dos moradores de Ilhabela. Vários usuários reclamam das condições das balsas durante a travessia.
O presidente da Associação Comercial e Industrial de Ilhabela, Marcelo Antônio de Freitas Carlos, disse que apoia a cobrança de uma tarifa diferenciada. Ele afirmou que o morador terá mais conforto na travessia.
"O valor da tarifa tem que ser menor para os moradores pois eles são os principais usuários. Não acho que a diferença de preço seja injusta. O turista que visita Ilhabela tem condição de pagar R$ 3,50", disse.
INCONSTITUCIONAL - A advogada de São Sebastião, Bruna Carvalho, afirmou não concordar com os valores da tarifa. Ela disse que o morador e o turista vão usar o mesmo serviço.
"A Constituição Federal aponta que não pode haver desigualdade entre as pessoas. O turista poderá entrar com uma ação na Justiça se sentir discriminado", disse. (Fonte: ValeParaibano)

Especialista em segurança faz palestra no Conseg
Gerente do setor alerta: informação é a melhor arma

Ilhabela - A droga é a porta de entrada da violência e somente a educação poderá conter o crime organizado que atinge o país. Este assunto e outros relacionados a segurança foram temas de palestra realizada esta semana na escola do Bexiga, proporcionada pelo Conseg (Conselho de Segurança) da cidade.
Os moradores do bairro e autoridades policiais e políticas foram conferir a palestra da equipe de segurança do Grupo Santander Banespa.
Conforme o gerente do setor, Ricardo Mitsouka, faz parte do plano de segurança do grupo realizar estas palestras, como medidas preventivas. Os dados colocados na explanação da equipe partiram de um estudo feito sobre o crime organizado no país.
Máfias - Mitsouka explicou que as máfias – coreana, japonesa, italiana - entraram no Brasil, pois tiveram “espaço”, assim como o PCC e Comando Vermelho. Estas “empresas” do crime organizado encontraram uma grande facilidade de corrupção na polícia a política nacionais. “Se não tivessem dado o ‘espaço’ eles não tinham atacado”, completou.
O país recebeu também o cartel colombiano, que veio com o tráfico de entorpecentes e armas. “É grande a facilidade com que a droga (a principal causa da criminalidade) chega à população”, denunciou o gerente. Segundo ele, o consumidor financia o tráfico e o crime organizado.
Lavagem de dinheiro - As “empresas” se mantém e se fortalecem em razão dos “pequenos”, que são aliciados e se tornam os facilitadores da ação criminosa. Estes colaboram para lavagem de dinheiro, aceitando abrirem contas ou serem donos de empresas fantasmas.
Por isso, educar e alertar a população são maneiras de conter o avanço das organizações, que são extremamente rigorosas e têm fortes relações entre elas. “Onde um atua o outro não entra. Cada um se especializa em um tipo de crime, como droga, seqüestro e roubos a banco e de cargas”, disse.
Para Mitsouka, se eles são tão organizados nós também precisamos nos organizar. Um exemplo da organização da facção ocorreu nos ataques às bases policiais, dando conta de ação do PCC. Conforme o gerente de segurança, essa foi uma forma usada pelo crime para “desviar” a atenção da polícia e imprensa, uma vez que neste período os “pequenos” agiam em estelionatos.
Cuidados - Pesquisas já mostraram que os seqüestros e roubos a bancos têm maior incidências em vésperas de pagamentos. Com isso, o setor procura adotar medidas de maior segurança neste período e é justamente este cuidado e atenção que toda a população deve ter, procurando também observar ao redor, procurando se proteger.
Segundo Mitsouka, a população deve mudar o pensamento de não se envolver na rotina da vizinhança ou pensar em si próprio. “É muito importante os moradores observarem a movimentação ao redor de suas casas e principalmente desconfiar e avisar a polícia, caso percebam algo estranho ou suspeito”, destacou.
Muitas destas informações são cruciais para desvendar um crime em andamento. “A população pode e deve ajudar, pois a ‘matéria-prima’ da polícia é a informação, que é a base de tudo”, destaca.
PCC quer virar partido político - O gerente de segurança do Grupo Santander Banespa, Ricardo Mitsouka, revelou ao dar exemplos de como a facção está conseguindo manter a organização, que o PCC está tentando se tornar um partido político, que seria o Partido da Comunidade Carcerária.
Os integrantes da facção estariam aliciando políticos que seriam financiados por eles. A idéia seria colocar membros em cargos públicos.
População precisa mudar hábitos para maior segurança - Para Ricardo Mitsuoka, gerente de segurança do Banespa e também diretor de escola, a população precisa mudar os seus hábitos. Como exemplo, ele cita um caso quando uma pessoa perde um documento de identidade. “Muitos não fazem queixa e ele (documento) pode acabar nas mãos dos bandidos”, disse.
Outra mudança necessária seria em relação à emissão de cheques e uso de cartão de crédito. Para o gerente, uma grande parte da população desconhece o uso seguro. “Quem acompanha o garçom ou o frentista até o caixa no pagamento com cartão de crédito?”, questionou Mitsouka.
Conforme ele, nestas horas nada impede que o cartão seja clonado. “As pessoas não têm este hábito por comodidade”, lamenta. Ele considera importante a atenção da população no que se refere ao uso de seus cartões e cheques.
Internet - Outro cuidado importante é nas transações bancárias pela internet. Como exemplo dos golpes, Mitsouka explica o realizado para inscrição em programas como Big Brother. Na tela aparece tudo correto, até o emblema da Globo.
A pessoa resolve fazer o cadastro sem saber que neste período alguém pode ter invadido seu computador. O invasor aguarda uma hora em que você for fazer uma transação bancária e consegue todos seus dados e senhas.
Conforme o gerente, a sociedade tinha que se mobilizar e ficar mais atenta com seu patrimônio, uma vez que se o bandido não tiver “espaço”, não consegue agir. “Na escola já deveriam explicar aos alunos a abertura de contas, uso de cheques, o que significa cada um”, disse.
Por fim Misouka acredita que a educação familiar também precisa de mudança. O diálogo constante entre pais e filhos, o respeito e o “ser um exemplo que ele possa seguir”, dentre outros conceitos de educação, são as ferramentas fundamentais para se formar um ser humano que possa dizer “não” às drogas e à criminalidade. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de São Sebastião Topo

Nautica Superchic

Curso para guardadores de carros começa hoje

São Sebastião - A Prefeitura vai promover cursos de treinamento para os interessados em participar da Associação dos Guardadores de Carros, entre os próximos dias 1 e 12 de dezembro.
O objetivo é organizar e melhorar a segurança do trânsito na região, principalmente, durante a temporada, quando aumenta de forma significativa o número de pessoas de outras cidades que aproveitam para atuar como guardador de carros.
A associação terá a parceria do Shopping Villa Mares e comerciantes da Rua da Praia. Segundo a assessora de Relações Comunitárias, Rose Costa, poderá ser ampliada para outros locais. Contará com um agente responsável por fiscalizar o comportamento dos guardadores de carro e o município fornecerá um colete para facilitar a identificação.
Serão chamados, inicialmente, os vigilantes que fizeram um curso no mês de janeiro passado pelo Plano Qualificação Municipal e, em seguida, as vagas serão somente para as pessoas que fizerem o curso de guardadores de carro.
No dia 1º, das 9h às 12h, no Ceprom (Centro de Ensino Municipal) da Topolândia, haverá uma palestra sobre Cidadania. Nos dias 2 e 3 de dezembro, na sede da Defesa Civil, exibição de filmagens aéreas dos locais onde os guardadores atuarão, enfocando a atual situação político-social, dando noções de atendimento a eventuais ocorrências, alertando sobre a importância de estar ciente de seus limites legais e o relacionamento com as Polícias.
No dia 4, das 8h às 9h30, haverá um curso que será ministrado pela Educação Ambiental, com palestra sobre turismo como fonte de renda e outros, na Videoteca Municipal. Encerrando o curso, o DETRAF – Departamento de Tráfego – promoverá palestra sobre postura, gesto e apito e placas de trânsito, do dia 8 a 12, no Porto Grande Hotel, das 13h às 17 horas.
De acordo com Rose Costa, os interessados em integrar a Associação dos Guardadores de Carro devem ter mais de 18 anos, residir no município há dois anos e apresentar comprovantes de residência e de antecedentes criminais. Mais informações pelos telefones 3892-3895 ou 3892-3669. (Fonte: Imprensa Livre)

Ambiental apreende cerca de 840 palmitos cortados em Boracéia

São Sebastião - A Polícia Ambiental deteve, na madrugada da última sexta-feira, às 5h30, uma quadrilha de cinco homens sob acusação de extração ilegal de palmito. Com eles, a polícia achou dentro de uma Kombi cerca de 840 unidades do produto.
Em patrulha na rodovia Rio-Santos(SP-55), os policiais encontraram o automóvel, no sentido São Sebastião/Bertioga, em atitudes suspeitas. Nela, W.S, E.S.S, M.A.C, L.C.L e E.D.S estavam com o produto que, posteriormente, seria encaminhado para a capital paulista, onde seria vendido como palmito artesanal.
Um dos integrantes do veículo, o desocupado W, seria reincidente no mesmo crime. Os integrantes foram ouvidos e liberados, mas devem responder a processo por crime ambiental.
Segundo a polícia, não houve resistência da quadrilha, que teria extraído o palmito no sertão de Boracéia, próximo à aldeia indígena Rio Silveira. Os palmitos foram destruídos por estarem impróprios ao consumo. “Foi cortado de maneira irregular. Não é bom para consumo, pois oferece risco à saúde.
A perícia encontrou bactérias e fungos”, disse a polícia. A ocorrência, registrada na 1º.Distrito Policial, no centro, foi atendida pelos soldados da Polícia Ambiental Ferreira e Fortunato. (Fonte: Imprensa Livre)

Boracéia foi arena para encontro de atletismo e cidadania

São Sebastião - Muito movimento, esta semana, na praia de Boracéia (foto), onde mais de duzentos alunos participaram do 1º ECA (Educação, cidadania e atletismo). O evento foi realizado pela Prefeitura Municipal com o objetivo de fazer a integração entre estudantes da região através de competições esportivas.
Foram convidadas seis escolas municipais da região, que puderam inscrever 32 alunos da quinta-série. A prefeitura ofereceu o transporte para deslocar as crianças da escola até o local das provas, que se realizou na praia do bairro.
O professor de educação física da secretaria da Educação, Hipólito Carvalho Santana, disse que a idéia do Eca é reunir os alunos de escolas diferentes para momentos de lazer. A escolha do bairro de Boracéia se deu devido às características da praia, que é uma das mais planas da Costa Sul.
Durante todo o dia, os alunos monitorados pelos professores realizaram diversas atividades, entre elas, a corrida, salto e lançamento.
A corrida foi divida em duas categorias: Fundo e velocidade. A primeira opção foi para testar a resistência dos competidores e teve um percurso de 800 metros. Já a corrida de velocidade foi de 75 metros. As escolas que participaram das competições foram: Dulce César Tavares (Maresias), Guiomar Aparecida Sousa (Boiçucanga), Henrique Tavares (Barra do Sahy), E.M. Cambury, Plínio Gonçalves de Oliveira Santos (Juquehy) e Sebastiana Bitencourt (Barra do Una).
Eduardo Miguel Nascimento Silva, de 11 anos, foi o vencedor da prova de resistência. O garoto da 5ª série, da escola de Juquehy, chegou na final com bastante vantagem do segundo colocado. Ele disse que não costuma praticar corrida e ficou surpreso com o resultado. “Eu queria ganhar desde o início, mas não imaginava que conseguiria”, comentou o estudante.
Para a professora de educação física da E.M. Cambury, Regina Ribeiro Carneiro, a iniciativa foi muito positiva para os estudantes. Ela conta que mesmo com dificuldades de espaço para treinar as provas de competição, os alunos se empenharam bastante durante todo o processo. Ela comenta que normalmente os professores trabalham mais recreação na escola do que competição, mas neste caso, houve um retorno muito bom por parte dos estudantes.
Regina acredita que seja importante realizar novamente eventos como este, que possibilitaria o aperfeiçoamento do trabalho. “Podemos melhorar ainda mais se tivermos mais competições na região. Os alunos estavam treinando a cerca de dois meses e já mostraram bons resultados”.
O evento contou com a participação da AVDEC e Bombeiros para proporcionar maior segurança aos atletas mirins. (Fonte: Imprensa Livre)

Morador critica demora para ligação de esgoto
Sabesp explica inviabilidade da ligação na rede da empresa

São Sebastião - José Lopes de Barros, morador de São Sebastião, afirma estar a espera de ligação de esgoto há seis meses, desde quando protocolou pedido a Sabesp, sob o número 7526/2003. Segundo ele, o serviço é para atender imóvel comercial na rua Caraguatatuba, 161, centro. Barros afirma que, em contato com a Sabesp, a empresa afirmou que a caixa de esgoto de seu estabelecimento não é viável para a ligação na rede da empresa. “Mas não me apresentaram laudo técnico”, ele reclama.
A Sabesp afirma que não há como atender o pedido de Barros. Segundo a empresa, o que o comerciante pediu foi substituição de ligação, mas na prática é uma nova ligação na Rua Caraguatuba. A Sabesp explica que o esgotamento do esgoto do local pode ser feito na instalação lateral, uma casa do mesmo dono, que fica na rua David do Val.
Conforme a empresa, o pedido do comerciante foi analisado em julho, por técnicos que compareceram ao local. O resultado da avaliação é a chamada soleira negativa, situação em que o imóvel fica abaixo do nível da rua ou da rede da Sabesp, inviabilizando a conexão do esgoto.
Segundo a empresa, a forma de resolver o problema é o proprietário fazer o esgotamento do esgoto no sistema de captação do imóvel na Rua David do Val. “Ele informou que precisaria fazer algumas adaptações”, completou a assessoria. (Fonte: Imprensa Livre)

Ação Cidadania chega a Juquehy no próximo dia 6

São Sebastião - A Prefeitura de São Sebastião realizará no próximo sábado, dia 6, em Juquehy, o projeto Ação – Cidadania, que acontecerá das 10h às 16h, na Escola Municipal de Juquehy, que fica na rua Maria Madalena Faustino, 870.
Esta é a quinta edição do projeto que tem como objetivo aproximar os serviços públicos da comunidade local. Para isso, cerca de 30 órgãos municipais, estaduais e federais oferecem seus serviços durante todo o dia. O último “ação cidadania” foi realizado em Boiçucanga, onde foram feitos quase três mil atendimentos. Ele também obteve bons resultados nos bairros Canto do Mar, Maresias e Morro do Abrigo, onde as pessoas puderam sanar dúvidas e resolver problemas pendentes, sem saírem do bairro em que residem.
De acordo com os organizadores do evento, o Ação- Cidadania foi criado para facilitar o acesso dos moradores de bairros mais afastados do centro, a serviços de grande importância para a comunidade. Por esse motivo, os locais onde ele acontece são definidos de acordo com as características demográficas e perfil sócio-econômico dos moradores.
Além de tirar documentos, como R.G., Registro Civil, as pessoas que comparecerem ao local poderão obter diversas informações, como por exemplo, o recolhimento de INSS para autônomos, parcelamento de IPTU (Imposto Predial, Territorial e Urbano), alvarás, consultar processos e ações judiciais que tramitam na prefeitura. Também poderão ser feitas as certidões de recém-nascidos, carteiras de trabalho, consultas sobre ações trabalhistas, cadastros para seguro desemprego e inscrições para as oficinas culturais.
Durante o projeto serão realizadas campanhas para conscientização da comunidade, e entre os temas abordados está a sinalização de trânsito. Além disso, estarão disponíveis informações sobre cooperativas, fundo de garantia, ligação de água e esgoto, obras de pavimentação e demais melhorias.
O Ceprom (Centro de Ensino Profissionalizante Municipal) vai oferecer aos visitantes corte de cabelo, manicure e pedicure gratuitamente, além de aulas de informática no laboratório móvel. Já os agentes do PSF (Programa de Saúde da Família) estarão representando a Secretaria de saúde e irão realizar, desde palestras e orientações, até marcação de consultas.
Para que os adultos possam usufruir os serviços com mais tranqüilidade, haverá uma equipe da Secretaria de Educação destinada a realizar brincadeiras recreativas com as crianças. Esse grupo deverá realizar exposições de fotos e artesanatos, danças, gincanas esportivas, rapell e oficinas de arte.
O Prefeito Paulo Julião participa do evento durante todo o dia, onde estará a disposição para conversar com a comunidade e tirar duvidas dos moradores.
Quem participa desta ação: Secretarias de administração, Assuntos Jurídicos, Educação, Fazenda, Governo, Meio Ambiente, Obras e Infra-estrutura, Promoção Social, Saúde, Turismo e Cultura, Fundo Social de Solidariedade, Assessorias de Relações Comunitárias e Defesa Civil, Bandeirante Energia, Sabesp, Correio, INSS, OAB – Ordem dos Advogados do Brasil -, PAT/ Banco do Povo, Caixa Econômica Federal, Ministério do Trabalho, Cartório de Registro Civil, Cartório Eleitoral, Delegacia Seccional, Receita Federal, Conselho Tutelar, Procon e Junta Militar. (Fonte: PMSS)

Prefeitura investe cada vez mais nos estudantes

São Sebastião - Com o intuito de proporcionar a importante experiência de trabalho prático-profissional aos estudantes do Ensino Médio, Técnico e Universitário do município, a Prefeitura de São Sebastião, por iniciativa do prefeito Paulo Julião, investiu na prorrogação do convênio com o Centro de Integração Empresa Escola - CIEE/SP, celebrado, pela primeira vez, em agosto de 2001.
O convênio firmado, vigente por mais 24 meses, tem como objetivo intermediar o estágio de estudantes na prefeitura, que paga ao CIEE uma taxa mensal de contribuição institucional de manutenção ao estágio no valor de R$ 62,00 por estudante durante um período de dois anos. Além desse valor, a prefeitura efetua o pagamento de bolsa-auxílio a 128 estagiários. Essa bolsa - que ajuda no transporte, lazer, alimentação, pagamento do curso, entre outros -, consiste no benefício de R$ 396,00 mensais para cada estudante do Ensino Médio e Técnico, e de R$ 528,00 ao mês para cada estudante do Ensino Superior.
Segundo o diretor administrativo da prefeitura, Daniel Bastos, o estagiário, geralmente, é esforçado, tem vontade de aprender e valoriza o seu emprego. “Muitos estagiários têm, na prefeitura, a oportunidade de seu primeiro emprego, com o qual podem, até mesmo, pagar por seus estudos. Acredito que este seja um grande benefício não só para o contratado (estagiário), como para a contratante,” disse.
Os estagiários da prefeitura atuam nas secretarias de Governo, Administração, Educação, Saúde, Assuntos Jurídicos, Cultura e Turismo, Fazenda, Obras e Urbanismo, Meio Ambiente e Esporte, além da Sub-Prefeitura Costa Sul. Segundo o chefe de divisão de administração da Secretaria de Educação (Seduc), Marcelo Muniz Paixão, cada secretaria possui um número limite de vagas. Somente na Seduc trabalham 48 estagiários. “O prefeito Paulo Julião está de parabéns por conceder a oportunidade de capacitação e integração da formação acadêmica com a experiência prática a muitos jovens sebastianenses, futuros profissionais, que, inseridos no mercado de trabalho, podem realizar atividades programadas junto aos setores produtivos, em conformidade com os requisitos legais”, ressaltou Paixão. “São Sebastião, Bonita por Natureza, está no caminho certo, dando experiência aos jovens que dela tanto necessitam”, finalizou.
Estagiários da Secretaria de Educação - "Aqui aprendo a parte prática, que não é trabalhada no curso técnico que estou fazendo. Além disso, com meu salário, pago meu curso e ajudo em casa”, disse William, que há um ano e dois meses é estagiário na equipe de Informática da Seduc.
Há dois anos na equipe de Informática da Seduc, a Júlia acabou de renovar seu contrato. Ela está fazendo um curso técnico e disse que o estágio está proporcionando mais conhecimento. “Estou podendo colocar em prática o que estou aprendendo e pagar o meu curso”, contou.
Também há dois anos estagiando na Informática, o Leandro faz faculdade de “Internet e Redes de Computadores”. “Essa área exige mais a parte prática do que a teórica. Adquirindo experiência tenho mais chances no mercado de trabalho”, disse.
Há onze meses no departamento administrativo da Seduc, o Pepê é responsável pelo xerox e entrega de documentos. Aluno do ensino médio, ele disse que, com a bolsa-auxílio, consegue ajudar nas despesas de sua casa. Junto com ele trabalha o Eduardo. Há nove meses ele também ajuda no xerox e na separação das pastas de benefícios aos professores. “Estou terminando o curso técnico de informática, mas estagiando na parte administrativa. Acabei de passar no vestibular para a faculdade de Sistemas de Informação, então vou tentar a transferência para a Informática”, falou.
Depoimentos de outros estagiários - Tatiane Tarcila, Verônica e Ana Paula fazem faculdade de Direito e são estagiárias do Procon. Lá, elas têm a oportunidade de crescimento profissional, podendo discutir assuntos relacionados não só à defesa do consumidor, mas também aprender outras leis. Para quem está procurando por um estágio, elas também deram a dica: “Fique atento ao mercado de trabalho, pergunte, vá de porta em porta, não fique esperando, pois nada cai do céu”. Para serem contratadas, todas passaram por uma entrevista e mostraram um pouco de seu conhecimento, redigindo um relatório que foi aprovado.
Também foi aprovada, há dois meses e meio, a proposta de trabalho apresentada pela Cristiane Vilma, que cursa o último ano da faculdade de Engenharia de Materiais, e é estagiária na Assessoria de Relações Comunitárias. Lá, ela assessora a cooperativa de sucata (Coopersuss), e realiza estudos de viabilidade econômica para os materiais que podem ser reciclados e reutilizados, além de um projeto de formação de grupos de geração de emprego e renda através da utilização de materiais recicláveis, como a fabricação de vassouras a partir de garrafas “Pet”, reutilização de móveis usados e madeiras em geral, e reciclagem de pneus para recapeamento de asfalto e confecção de sandálias.
“A bolsa-auxílio me ajuda muito. Com ela, pago meu curso técnico de Informática na ETEP”, contou Mariana, estagiária de Informática há três meses. Ela, que é responsável pela entrada e saída de equipamentos e ajuda no suporte, também disse que a escola não dá muita ênfase à parte prática. “Estou aprendendo muita coisa trabalhando com suporte”, disse.
Os interessados em um estágio na prefeitura também podem se cadastrar no PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador), que fica na avenida Guarda Mor Lobo Viana, 219. Maiores informações através do telefone 3892-1600. (Fonte: PMSS)

Associação promoveu atividade no Dia Internacional do Diabético

São Sebastião - A ASA-D (Associação Sebastianense de Apoio ao Diabético), em conjunto com a equipe do Programa de Assistência ao Diabético de São Sebastião (PRADIAS) e com o apoio da prefeitura de São Sebastião e do Sindserv (Sindicato dos Servidores) promoveu no dia 28, atividades educativas em comemoração ao Dia Internacional do Diabético.
Cerca de 80 pessoas estiveram presentes no evento, realizado no Sindserv, das 9h às 11h, que teve como objetivo prevenir e conscientizar a comunidade sobre uma complicação freqüente nos diabéticos: a doença nos rins, tema abordado este ano em todo o Brasil, e divulgado pela ANAD (Associação Nacional de Associações e Entidades em Diabetes) através do lema: “O DIABETES MAL-CUIDADO PODE CUSTAR UM RIM: PROTEJA-SE AGORA!”.
Segundo o médico coordenador do Programa de Diabetes no Município (PRADIAS), José Ricardo dos Reis Silva, entre as diversas complicações causadas pelo Diabetes, a Nefropatia (doença dos rins) é uma das poucas que pode ser prevenida ou revertida se tratada na fase inicial e, portanto, diagnosticada precocemente. “A grande importância do tema abordado é a conscientização dos diabéticos em potencial, das medidas que devem ser tomadas para a melhoria da qualidade de vida, bem como divulgar os inúmeros trabalhos desenvolvidos pelo PRADIAS e pela ASA-D, além de promover uma interação e confraternização entre os vários grupos voltados para a prevenção e tratamento do Diabetes existentes no município”, disse Silva.
“Nossa meta principal é conscientizar as pessoas de que não existe sacrifício em cuidar da própria saúde. Todas as pessoas, diabéticas ou não, devem cuidar do organismo como um todo, praticar atividades físicas, beber muita água, ter uma dieta saudável e balanceada”, disse o presidente da ASA-D, Antônio Alves dos Santos Filho.
Os rins controlam a quantidade de sal e água no corpo, produzem hormônios importantes para evitar a anemia e as doenças ósseas e eliminam excessos de medicamentos e outras substâncias ingeridas. Os sintomas de doença renal são: pressão alta, diabetes, insuficiência renal ou outra doença dos rins, inchaço (sobretudo no rosto, nas pernas ou no corpo todo), sangue na urina, infecções urinárias de repetição.
Na abertura das atividades, foi realizada uma palestra sobre Nefropatia Diabética, ministrada pelo dr. Ivanir Ferreira de Freitas Jr., especialista nessa área. Em seguida, o presidente da ASA-D e o coordenador do PRADIAS também conversaram com os presentes.
Logo após, a psicóloga Luzia da Fonseca Oliveira, membro da ASA-D, realizou uma dinâmica em grupo, na qual abordou “O Diabetes no Brasil”. Ela explicou que o Dia Internacional do Diabético é 14 de novembro, mas as pessoas que realizam trabalhos voltados aos diabéticos não comemoram a data necessariamente neste dia.
Após a dinâmica, as pessoas participaram de exercícios de alongamento e de um café da manhã repleto de produtos dietéticos, demonstrando a todos que o que é diet também pode ser muito saboroso.
Livro de Receitas - A associação está elaborando também - com o patrocínio da Confraria Santa Gula de São Sebastião, e o apoio da Prefeitura Municipal, através do Fundo Social de Solidariedade e da SEDEAS – Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Assistência Social -, um projeto para arrecadação de fundos. Trata-se de um Livro de Receitas Diet, trabalho coordenado pela psicóloga Luzia, que está para ser lançado ainda este ano. Além de um grande número de informações sobre diabetes, o livro contém receitas saudáveis e saborosas, e servirá como material de apoio para os cerca de duzentos membros da ASA-D, que desenvolvem trabalhos de conscientização, como o projeto “Educação em Diabetes”, que é voluntário e gratuito, com atividades como palestras e treinamentos sobre temas que envolvem diabetes (sintomatologia, complicações, tratamento, orientação nutricional, fatores de risco, entre outros).
Diabetes - São Sebastião possui mais de dois mil diabéticos, nas diversas faixas etárias. O Diabetes é causado pela falta absoluta (tipo 1) ou relativa (tipo 2) de insulina no organismo. Nessa situação, a glicose não é absorvida adequadamente pelas células, o que provoca sua elevação no sangue, ultrapassando as taxas normais (70 a 110 mg/dl, em jejum).
A doença só se manifesta pelo aparecimento de vários sinais e sintomas ao mesmo tempo, como sede e fome intensas, cansaço, familiares com diabetes, obesidade, pressão alta, impotência sexual, perda de peso, cicatrização difícil e problemas na pele.
A Associação Sebastianense de Apoio ao Diabético fica na avenida Engº Remo Correa da Silva, nº 471, Centro. Fone: 3892-4699. (Fonte: PMSS)

Dia Mundial de Luta Contra Aids com Fórum de conscientização

São Sebastião - A Prefeitura de São Sebastião irá realizar no dia 5 de dezembro, no Terrinos Hotel, às 8h30, o II Fórum Municipal sobre “Aids e Educação”.
O evento está sendo organizado pelo Centro Municipal de Infectologia e faz parte da programação do Dia Mundial de Luta Contra Aids, que tem o dia 1º de dezembro como marca do movimento.
O Fórum irá reunir professores, coordenadores pedagógicos, psicopedagogos, funcionários e integrantes das comunidades escolares, além de profissionais da saúde. A proposta é instituir, por intermédio da educação, um trabalho de combate às Doenças Sexualmente Transmissíveis/Aids, nas escolas, a ser iniciado nas creches até o segundo grau, com programas preventivos adequados para todas as idades.
Para tratar sobre o assunto estarão presentes o psicólogo responsável pelo programa Falando Sobre Sexo, da Rede Bandeirantes de Televisão, Cláudio Picazio; da presidente da Associação de Prevenção e Tratamento da Aids e consultora do Ministério da Saúde, Terezinha Pinto e da consultora da Fundação de Desenvolvimento da Educação, Maria Lúcia Vieira Libois.
Atualmente, São Sebastião desenvolve um programa de assistência ao portador, que abrange desde o diagnóstico da doença, até o tratamento e acompanhamento social, psicológico e familiar.
Em São Sebastião, desde 1991, todas as gestantes realizam os exames de detecção do HIV e, as soro-positivas, são acompanhadas. O resultado desta iniciativa é nenhum recém-nascido soro-positivo desde 1996.
Após o aparecimento da doença na cidade, as características do contagio do HIV foram sofrendo mudanças com o passar dos anos. Inicialmente a doença atingia, na sua maioria, viciados em drogas injetáveis.
Entre os anos de 1988 e 2002, foram registrados na cidade 337 casos de infecção pelo HIV. Hoje há 186 portadores em acompanhamento, sendo que a proporção é de uma mulher para cada homem infectado.
Além do encontro, o Centro de Infectologia também está organizando o Movimento “Fique Sabendo” nas Unidades Básicas de Saúde. Com esta ação, os postos passarão a contar com material educativo de incentivo à realização do teste anti-HIV.
Bons resultados - Devido ao trabalho que vem sendo desenvolvido na cidade. A equipe do Centro de Infectologia apresentou esta semana, no Rio de Janeiro, o projeto sobre redução e controle da transmissão do HIV durante a gestação, no V Simpósio Internacional de Pesquisa em HIV/Aids, promovido pela Fundação Oswaldo Cruz.
O trabalho intitulado como: “A redução da transmissão vertical de HIV/Aids em uma comunidade de alta vulnerabilidade: a experiência de São Sebastião”, foi aprovado pelo Comissão Científica Internacional antes de ser convidado para participar do simpósio. (Fonte: PMSS)

Apesar da chuva, simulado Apell foi um sucesso

São Sebastião - Apesar da chuva, cerca de mil pessoas participaram do sexto exercício simulado Apell (sigla em inglês para trabalho de Alerta e Preparação da Comunidade para Emergências Locais), realizado, na tarde de ontem, pela prefeitura de São Sebastião, no bairro Porto Grande. Além da Defesa Civil, o plano de contingência envolveu a maioria das secretarias municipais, hospital, pronto-socorro, Corpo de Bombeiros, Detraf, veículos de comunicação, entre outras instituições.
“Repetimos o sucesso da quinta edição do simulado, que aconteceu em dezembro do ano passado”, disse o chefe da Defesa Civil, Emerson Alonso. “Tudo correu muito bem, conforme o esperado. As pessoas que participaram estão de parabéns, pois todas colaboraram, questionaram, se envolveram e entenderam a importância do plano”, completou.
Segundo Alonso, a cada ano um setor de risco participa do simulado. Participaram, este ano, os alunos do Colégio Porto Grande e da Escola Estadual “Maísa Theodoro da Silva” (antigo Cene), além dos moradores da alameda Jundiaí e suas travessas, e das ruas Fábio Cássio, Eduardo Cássio, Fausto César e Europa. Ao todo, são 46 ruas cadastradas, mas nem todas em sua total extensão. A Praça da Vela é o Ponto de Encontro, no Porto Grande.
Durante o simulado, que teve cerca de três horas de duração, o prefeito Paulo Julião realizou a distribuição de brindes, como camisetas, bonés, bicicletas e bolas de vôlei, basquete e futebol, e a comunidade contou com muito entretenimento, além de pronto atendimento médico.
Na ocasião, também, uma novidade foi inserida: os bombeiros só souberam onde e em que estado estavam as “vitimas” do simulado, no momento do “pedido de socorro”.
Emerson também disse que, em caso de acidente no Terminal, é preciso tomar alguns cuidados antes de se dirigir aos pontos de encontro, como desligar o fogão, a chave geral elétrica, orientar crianças e idosos, trancar a casa e, principalmente, manter a calma.
Além do Porto Grande, também são próximos da área considerada de risco os bairros Vila Amélia I, Vila Amélia II, Vila Galvão e Topolândia.
Preparativos para o simulado - Para a realização do simulado 2003, a Defesa Civil realizou o recadastramento dos moradores das áreas de risco tecnológico. Agentes visitaram as residências, orientando a população, distribuindo cartilhas explicativas sobre como agir em caso de emergência e recolhendo dados de pessoas impossibilitadas de locomoção, como idosos acima de 60 anos com enfermidades, deficientes físicos e mentais e acamados, que têm atendimento prioritário em caso de emergência.
No dia 04 de novembro foi realizada uma palestra para a distribuição de funções entre os órgãos envolvidos. Já no dia 19, representantes da Defesa Civil, do Corpo de Bombeiros, do Detraf, da Petrobras/Transpetro, assistentes sociais, entre outros, participaram de um treinamento sobre o plano Apell, que consistiu num “simulado de mesa”, no qual cada equipe de socorro anunciou o que faria no dia. Para finalizar as atividades preparatórias do simulado, no dia 26, estudantes da Escola Estadual “Maísa Theodoro da Silva” (antigo Cene), acompanhados por professores e agentes da Defesa Civil, participaram de um treinamento de evacuação do prédio, seguindo em fila até à Praça da Vela.
O Plano - De acordo com a divisão de Tecnologia, Indústria e Economia do Programa da Organização das Nações Unidas (ONU) para o Meio Ambiente, o Plano Apell vem sendo implantado ao redor do mundo desde 1988, em parceria com indústrias e governos, para ajudar a prevenir acidentes tecnológicos de grande porte e minimizar seus impactos, nos casos em que venham a ocorrer.
Em São Sebastião, desde 1992 já eram feitos estudos para a elaboração de um plano de evacuação em caso de emergência, mas o Plano Apell só veio a ser implantado em 1997.
Segundo o chefe da Defesa Civil, os exercícios simulados são praticados no município desde 1998. “O Plano é um dos motivos que fazem com que São Sebastião seja reconhecida internacionalmente. É de fundamental importância darmos o exemplo para os países de primeiro mundo, exportando conhecimento e ensinando como lidar em caso de emergências”, concluiu.
Apell no Exterior - O prefeito Paulo Julião, acompanhado do assessor de gabinete, Luis Figueiredo, e do coordenador da SMS (Secretaria de Meio Ambiente e Saúde) da Transpetro/Petrobras, Rogério Picado, viajará no próximo dia 8 de dezembro para Marselha, na França, onde participará do Seminário de Riscos Urbanos. Nos dias 10 e 11, o prefeito irá ministrar uma palestra sobre o Plano Apell para prefeitos de várias cidades francesas, que participarão do encontro.
Segundo Figueiredo, que durante dois anos esteve à frente da Defesa Civil, a viagem não tem qualquer custo para o município, já que foi um convite da Prefeitura de Marselha.
Em maio deste ano, a convite do Programa de Meio Ambiente das Ações Unidas, o prefeito também apresentou o Apell em Genebra, na Suíça, no Encontro de Especialistas de Nível Sênior da ONU. Na ocasião, que contou com a participação de 28 países, São Sebastião foi citada como exemplo do Apell.
Segundo o chefe de gabinete, Ubirajara Nascimento, vários países aprovam o modelo de gestão do programa adotado por São Sebastião. “Isso é motivo de orgulho, pois sabemos que estamos no caminho certo”, completou. (Fonte: PMSS)

Nossa Arte na Itália

São Sebastião - O artista plástico, Caíto Campos, esteve no gabinete do prefeito de São Sebastião, Paulo Julião, nesta semana, onde entregou uma carta de agradecimento do ministro – conselheiro da embaixada do Brasil em Roma, Raul de Taunay, pelo apoio dado ao VIII Circuito Internacional de Arte Brasileira, com a curadoria de Iolanda Gontijo, do Colégio Arte de Uberlândia, em Minas Gerais.
Campos foi o único artista do Litoral Norte convidado para esta etapa do circuito, onde apresentou duas Esculturas em Cerâmica. “Agradeço o apoio dado pelo prefeito sem o qual não poderia ter participado deste evento”, afirma.
O convite para participar do Circuito Internacional aconteceu em agosto deste ano, por intermédio do Ateliê Márcia Moura e do Colege Arte de Uberlândia, mas até o envio das peças para a exposição foi um longo percurso.
Devido ao custo do transporte, Caíto procurou o prefeito Paulo Julião solicitando apoio, ao qual foi atendido. A exposição aconteceu entre os dias 3 a 14 de novembro, na Galeria Cândido Portinari, na Pizza Navona, 10 – Roma / Itália.
Durante o encerramento desta etapa do circuito, que reuniu todos os artistas brasileiros e convidados no Masp – Museu de Arte de São Paulo – no dia 22 de novembro, com um coquetel de confraternização, Caíto recebeu o certificado de participação e também uma placa de moção honrosa internacional pelo Masp.
“É muito importante para nós, artistas, esse intercâmbio com outros países porque abre novas possibilidades. Foi por intermédio do artista plástico, Marcelo Brasil, que esteve na Áustria, no mesmo circuito, apresentando seu trabalho, que surgiu o convite para a minha participação na exposição na Itália. Espero agora contribuir para que outros artistas da região tenham a mesma oportunidade”. (Fonte: PMSS)

Notícias de Ubatuba Topo

Restaurante Solar das Águas Cantantes Setur Pizzaria Bucaneiros

Morador do Cambury pede melhorias ao Instituto

Ubatuba - Moradores do bairro Cambury, região norte de Ubatuba, se reuniram na última sexta-feira ontem com representantes do Instituto Florestal para reivindicar melhorias para a comunidade. No início da semana, cem moradores ocuparam durante dois dias a sede do Parque Estadual da Serra do Mar, na rodovia Rio-Santos, em protesto à situação precária do bairro, que fica na área do parque. Na reunião, ficou definido a realização de uma obra na estrada que liga o bairro à rodovia. O instituto também vai analisar a instalação da energia elétrica. VALE

Deslizamento de terra mata ex-diretor da Custódia e faz 4 feridos
Casa de médico aposentado é soterrada na Vila Picinguaba; chuvas deixam famílias desabrigadas

Ubatuba - Uma pessoa morreu e quatro ficaram feridas entre sexta-feira à noite e a madrugada de sábado após um deslizamento de terra na Vila Picinguaba, em Ubatuba. Uma casa desapareceu na lama que desceu da encosta e outra ficou parcialmente destruída devido à intensidade da chuva.
O ex-diretor de Saúde da Casa de Custódia e Tratamento de Taubaté, o médico aposentado Francisco Pinto de Souza, 78 anos, morreu dentro de sua casa de veraneio que foi totalmente destruída. Não houve tempo para socorro e um amigo que estava junto conseguiu escapar por um buraco aberto na parede.
Souza trabalhou por cerca de 30 anos na Custódia e estava aposentado havia 15 anos. Membros da Defesa Civil precisaram remover a lama da rodovia Rio-Santos para chegarem à Vila Picinguaba e socorrer os demais moradores.
Quatro casas foram interditadas pela Defesa Civil devido ao risco de serem atingidas por novos deslizamentos.
O presidente da Defesa Civil de Ubatuba, Arly de Oliveira Cruz, disse que choveu entre as 22h e 3h sem parar. "Quinze pessoas já deixaram a área de risco e foram para a casa de parentes e amigos. Das casas interditadas duas terão que ser demolidas", disse Cruz.
PLANTÃO - Cruz disse que os trabalhos de socorro às vítimas durante a madrugada mobilizou cerca de 30 pessoas incluindo ainda homens da Polícia Ambiental e Guarda Municipal. A remoção da lama foi feita com a ajuda de tratores.
Devido à previsão de chuvas na região, os moradores foram orientados a ligar para a Defesa Civil, que ficará de plantão 24 horas. A Defesa pode ser acionada pelo telefone 199.
Segundo a Defesa Civil de Caraguatatuba, São Sebastião e Ilhabela, não houve registro de ocorrências graves nessas cidades em decorrência das chuvas. O Corpo de Bombeiros também está em alerta devido à previsão de chuvas.
Cerca de 40 mil pessoas moram em áreas de risco de inundação ou de escorregamento de encostas em 25 cidades da região que são monitoradas pela Defesa Civil. Ubatuba, São José dos Campos e Jacareí concentram o maior número de áreas com risco de ocorrências.
PREVISÃO DE TEMPO - A meteorologia está prevendo chuvas até amanhã em todo o Vale, Litoral Norte e Serra da Mantiqueira. Hoje haverá pequena queda na temperatura devido à ocorrência de chuvas na região.
Segundo o CPTEC (Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos), de Cachoeira Paulista, órgão ligado ao Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), a previsão para hoje é de céu com muitas nuvens e pancadas de chuva em toda a região.
As temperaturas previstas para hoje para o Vale do Paraíba são de mínima de 18ºC e máxima de 24ºC e para o Litoral Norte, previsão de mínima de 18ºC e máxima de 22ºC. Na serra da Mantiqueira a previsão é de temperatura mínima de 14ºC e máxima de 19ºC, segundo o CPTEC.
A previsão para amanhã é também de pancadas de chuva, mas com possibilidade de ocorrer principalmente à tarde e à noite em toda a região. VALE

Ubatuba vai reformar o pronto-socorro este ano

Ubatuba - A Prefeitura de Ubatuba vai reformar o pronto-socorro para a temporada de verão. As obras deverão começar em dezembro. Segundo o secretário de Saúde de Ubatuba, Carlos Fragnan, a reforma vai incluir troca do forro, piso e adaptações de alguns setores. "A nossa idéia é aumentar o espaço para atendimento como transferir a enfermaria para perto dos consultórios e criar nova sala de observação", disse. A obra está avaliada em R$ 250 mil e deverá ser concluída antes das festividades de Ano Novo. O valor deve ser repassado pelo Estado. VALE

Leishmaniose Cutânea

Ubatuba - A Secretaria Municipal de Saúde de Ubatuba vem a público manifestar-se a respeito da LEISHMANIOSE CUTÂNEA (LTA) que vem ocorrendo neste ano de 2003.
Trata-se de uma doença transmitida por um inseto de hábitos noturnos e encontrado na mata atlântica, que sempre ocorreu em pequena incidência.
A inserção do homem agride esta reserva natural provocando a contaminação ocasional seja do próprio homem seja de seus animais domésticos .
Em nosso município o que vem ocorrendo é uma agressão a mata , desrespeitando seus limites, ocupando indevidamente áreas de reserva e introduzindo nas áreas próximas insetos que passam a conviver no domicílio ou próximo dele , causando a doença.
A doença se manifesta através de uma ferida ou lesão ulcerada que geralmente não se cura , a não ser com um tratamento específico. O seu diagnóstico pode ser feito em qualquer unidade de saúde da Secretaria Municipal de Saúde.
Desde março deste ano observamos uma tendência regional do aumento do número de casos desta doença . Entendemos esta manifestação como uma somatória de distúrbios ecológicos que eventualmente ocorre em situações de desequilíbrio.
A partir daí temos mobilizado nossos esforços no sentido de identificar todos os casos humanos e de animais domésticos . As equipes da Saúde Coletiva , do Programa de Saúde da Família de Ubatuba e Secretaria de Estado da Saúde , em conjunto com as Associações de Bairros e as Escolas das áreas próximas estão totalmente mobilizadas no sentido da busca e controle de todos os casos existentes. Esta mobilização evidentemente vem produzindo um bom resultado no sentido de efetivamente minimizarmos esta grande incidência, o que já começamos observar.
alientamos , entretanto , que há - como sempre houve - a necessidade de cuidados de maior proteção ao permanecer na mata no período noturno. Recomendamos também a preservação dos animais silvestres e seu ambiente, o que minimizaria as manifestações desta e de outras doenças no meio humano. Se sua residência esta localizada em área de mata silvestre, procure retirar as folhas secas de perto de seu domicílio, pois é onde o inseto transmissor se procria, mantenha telas de proteção contra insetos e use repelentes.
Qualquer dúvida procure o serviço municipal de saúde, que está capacitado a conduzir o diagnóstico e tratamentos adequados .

Carlos A. Fragnan
Secretário Municipal de Saúde de Ubatuba

 

Segurança

Paticipação Popular

Parabéns pela sua correspondência de 25.11.03, sobre Segurança. Concordo plenamente com você e acho que realmente está faltando uma maior participação e união de nossa sociedade para a prevenção e o combate à assaltos e roubos a residências. Ainda outro dia, uma pessoa conhecida minha me contava que foram roubadas 5 casas de turistas aqui na nossa região (Sertão da Quina), perto de sua casa. Isso, numa mesma noite... Disse ainda, que tiraram a porta principal de uma dessas residências e que haviam furtado da mesma, uma geladeira duplex, novinha em folha. Pense bem! Como pode alguém se dar ao direito de carregar uma "Duplexizinha" sem que ninguém perceba a movimentação (no mínimo estranha) na casa de seu vizinho!!! Por favor amigos, vamos deixar pra lá essa história do "nóis tem medo" e vamos agir. Cuidando do que é nosso, mas também, zelando pela segurança dos imóveis dos nossos vizinhos veranistas.
Não nos custa nada avisar o 190, quando percebermos que nossos vizinhos estão sendo roubados. Vamos à Luta!!!
Abraços

Tânia Costa Ramil
Sertão da Quina - Maranduba
Ubatuba, SP

PS! à Bia e Verinha Figueiredo - Todos nós daqui da região de Maranduba e Sertão da Quina sentimos muitíssimo o que aconteceu com você e sua mãe a Dna. Lucia (assalto a mão armada em residência), mas acho que assim como aconteceu a vcs. poderia ter acontecido com qualquer um de nós. Lamentamos muito perder a convivência tão saudável que mantínhamos à tantos anos. Torço para que vcs repensem o fato de colocarem sua agradável casa a venda e nos privarmos de suas tão agradáveis companhia! Não podemos levantar a toalha. Vamos à luta! Talvez tenhamos a sorte de conseguirmos "unidos" minimizar tal situação, para o bem comum. Muitos beijos, da amiga, Tânia

RoubaBem Captação e Comercio Ltda.

A carta acima da leitora (e minha amiga pessoal) Tania Costa Ramil revela que devido a "lei do silêncio", a audácia dos marginais aumenta ao ponto de roubarem 5 casas numa mesma noite! Você já imaginou bandidinho carregando um geladeira duplex nas costas pela madrugada e ninguém perceber? E os outros objetos como TV, som, microondas, parabólicas e outras "cositas más"? Tem que estar no mínimo com um caminhão ou camionete, para poder transportar a "mercadoria" para o "depósito", aguardar o possível "cliente" interessado, e finalmente realizar a "venda", sempre por valores abaixo do mercado, com pagamento as vezes feito através permuta por substâncias de grande interesse do "captador" da mercadoria. Instituiu-se assim uma nova empresa, organizada e eficiente a qual poderiamos chamar RoubaBem Captação e Comercio Ltda.
As grandes lojas e magazines deveriam denunciar a RoubaBem Captação e Comercio Ltda pela concorrência desleal, injusta e predatória. A Prefeitura também deveria intensificar a fiscalização, pois não há recolhimento do Alvará, ISS, IPTU e demais taxas. O Estado também sai lesado sem a sua parcela do ICMS e demais taxas. O Governo Federal sem a sua fatia, pois a RoubaBem Captação e Comercio Ltda não declara e muito menos recolhe IR, INSS, CPMF (pois a transação sempre é feita em "cash" ou "crack").
Informação é matéria-prima para a polícia - A matéria acima sobre a palestra do especialista em segurança, Ricardo Mitsouka, ministrada pelo Conseg em Ilhabela, fica bem claro que com a participação popular, muito pode ser feito para diminuir a violência.
Segundo Mitsouka, a população deve mudar o pensamento de não se envolver na rotina da vizinhança ou pensar em si próprio. “É muito importante os moradores observarem a movimentação ao redor de suas casas e principalmente desconfiar e avisar a polícia, caso percebam algo estranho ou suspeito”, destacou.
Muitas destas informações são cruciais para desvendar um crime em andamento. “A população pode e deve ajudar, pois a ‘matéria-prima’ da polícia é a informação, que é a base de tudo”, destaca.
População, denuncie junto às autoridades crimes e acontecimentos suspeitos. Autoridades, investiguem as denúncias, os receptadores conhecidos, apertem o cerco a marginais ainda soltos, façam mais blitzes surpresas. Justiça, não faça vista grossa a criminosos em potencial, mesmo que menores de idade. O menor infrator de hoje pode ser o "champinha" de amanhã.
Segue telefones e links onde a população pode fazer sua denúncia de forma anônima, mas sempre com seriedade, pois falsa comunicação de crime também é crime, e não auxilia em nada na diminuição da violência.

Emilio Campi
Editor

Polícia Militar:
Disque PM 0800-555190
http://www.polmil.sp.gov.br:8080/disque.nsf/disqueinter?OpenForm

Polícia Civil:
Disque Denúncia - 0800-156315
http://www.policia-civ.sp.gov.br/

Secretaria da Segurança Publica
Disk Denúncia - (11) 3272-7373
http://www.seguranca.sp.gov.br/WebDenuncia/

Colabore você também mandando idéias e sugestões que possam auxiliar na prevenção e diminuição da violência na região: seguranca@litoralvirtual.com.br

Carta do Leitor Topo

Limpando a praia... - Foi realizado neste último domingo em Camburi, pela Ong Resgate Ambiental, com o apoio da Escola e Operadora de Mergulho Scuba Point e Hotel Praia Juquehy, dos funcionários da Sacy e voluntários, uma limpeza completa na praia. Foram retirados:
Bituca de cigarro - 1 kg (e olha que bituca é leve !)
Borracha - 1 kg
Plástico - 16 kg (também muito leve!)
Vidro - 5 kg
Metal - 20 kg
Pano (roupas) - 7 kg
Nylon - 3 kg
Isopor (material leve) - 0,2 kg
Madeira pintada e não pintada - 7 kg
Papel - 0,5 kg
Total encontrado = 60,7 kg
Esse material foi coletado das moitas do jundú (matinho na beira da areia). Alguns estavam semi -enterrados, outros tão escondidos que era quase impossível ver.
Foi muito bacana a participação de todos. Muito empenho, muito interesse. A turma do Resgate Ambiental, que já organizou limpezas como essa em outras praias, não só elogiou o apoio recebido como também disse ser essa a praia mais limpa encontrada até agora! Parabéns Escola e Operadora de Mergulho Scuba Point e Hotel Praia Juquehy!
Aproveitamos para pedir aos fumantes que tentem parar de fumar! Enquanto não conseguem, que pelo menos não enterrem as bitucas na areia!!
A Sacy já tem um novo telefone com o nº (12) 3864.9438. A telefônica disse que ele será instalado até o dia 2/12.

SACY
São Sebastião, SP


Comentários - Tenho lido e acompanhado as noticias aqui no Litoral Virtual, e posso perceber que existem muitas pessoas preocupadas com a segurança, reclamam, etc... outras, falam sobre problemas antigos que vem atingindo diretamente o bem-estar da população moradora no município, e outras, tem estado em seu absoluto silêncio, sem jamais expressar seus pensamentos, principalmente os ligados diretamente à política.
Por que? Será que eles tem medo de se manifestar?
Ou só se manifestarão quando for conveniente? Nas vésperas das eleições? Precisamos conhecê-los...
Sabe, na minha opinião, as coisas de um modo geral são mui difíceis de aocntecer aqui em Ubatuba, porque encontramos uma série de obstáculos criados pelas próprias pessoas que aqui vivem, algumas se estabeleceram ao longo de anos, e se acham donas da situação. Só que, será que fizeram alguma coisa para a melhoria das condições de vida? Ou simplesmente resolveram aqui habitar, curtir a paisagem e o clima, se enriqueceram e esqueceram de que a somatória das ações entre você e seu vizinho (PNMT), poderão fazer uma grande diferença, e que o caiçara, ou o ubatubense, e eu me refiro aqui, ao pescador, ao homem e mulher mais humildes, que aqui nasceram, e os "PODEROSOS", se assim querem que os chamem, vieram para sufocá-los... (não é por aí, pois ninguem gostaria que sua terra Natal fosse invadida por pessoas de fora, e eles deixassem de poder ao menos opinar sobre o como e o que fazer... só porque o dinheiro falou mais alto...)
Por isso, acho que eles merecem muito respeito, e nós, eu me incluo aqui, devemos, com um pouco de humildade, tentar ajudar, somar, e não atrapalhar como têm feito algumas pessoas, que formam Associações de Bairro que não funcionam, esperam oportunamente para fazer uma simples ponte, pois ela poderia ser super faturada (mas quando alguém foi lá, fotografou a ponte, e disse a um individuo que passava, "-.AGORA VAI SAIR ESTA PONTE!"), ficam fazendo joguinhos de política, tentam ser os pioneiros em coisas já conseguidas ou conquistadas. Não dá para aguentar, tenho que virar a mesa mesmo...
Porque a coisa é esta: OU VOCê ACREDITA, VESTE A CAMISA E AJUDA UBATUBA MUDAR, OU ENTÃO, POR FAVOR, SE CALE, E AGUARDE E VEJA AS COISAS ACONTECEREM.
Obrigada,

Carmen Leite
Maranduba
Ubatuba, SP

Foto do Dia Topo

Ensaio

O mestre navegante - Gisele Leite

©2003 Gisele Leite
O mestre navegante


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia
 

Gaivota FM
Participe você também com seu comentário, crítica ou sugestão no programa
Estação Ubatuba c/ Tony Luiz
De segunda a sexta das 12 as 14 hs na Gaivota FM 104.9
Sempre com entrevistados diários e variados, falando sobre todos os temas
Ligue 3833.5550


 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


Marcos Borges da Silva - artista plástico Free Wallpaper

As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As cartas devem conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.


GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral na versão:

Compacta (apenas as manchetes c/ Link)
Completa (todas as notícias na íntegra) 
e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor